Esposa de FHC tratou-se no Sírio Libanês e petistas respeitaram

A diferença entre esquerda e direita é também de caráter – sim, ideologia tem caráter. Enquanto demo-tucanos vão atacar petistas em velórios e hospitais, como no caso do ex-presidente do PT José Eduardo Dutra e de dona Marisa Letícia, esquerdistas respeitam a dor dos adversários. Dona Ruth Cardoso tratou-se até o fim no Sírio Libanês e ninguém foi lá reclamar da péssima gestão do SUS no governo de seu marido. Até porque seria um absurdo.

Eleição indireta em 2017 seria golpe dentro do golpe

É irônico que os que agora citam a Constituição ao defenderem eleição indireta em 2017 caso Temer seja derrubado sejam os mesmos que sempre relativizaram a mesma Constituição no processo de cassação de Dilma. Porém, tirem o cavalo da chuva. Se quiserem pôr FHC na Presidência sem voto na urna, ou ele será escorraçado ou terá que virar ditador.

FHC presidente-tampão? Quem comprou uma reeleição, compra duas

Conforme cresce a possibilidade de Temer perder o cargo, meus cabelos se arrepiam. Não só porque não seria nada bom para a economia o choque do segundo afastamento de um presidente em menos de um ano, mas porque há planos declarados dos tucanos de colocarem FHC no lugar de Temer, como presidente biônico, sem votos, via Colégio Eleitoral. E, se isso ocorrer, poderíamos ter que ficar com ele até 2026. Não acredita? Ora, FHC já fez isso. Por que não faria de novo?

Golpe está derretendo antes do que se pensava

Vai se cumprindo a previsão de que bastaria deixar a direita governar para ela se enterrar sozinha. O governo tucano-peemedebista fará pelo PT e pela esquerda em geral o que nenhum marqueteiro faria. Só o que está surpreendendo é a velocidade da deterioração temerária. Após seis meses no cargo, Temer já cometeu crimes novos que podem justificar seu impeachment. E o Congresso não cassá-lo havendo prova de que cometeu crime comum provará definitivamente que houve um golpe no Brasil.

Empresários gastaram 1 milhão no Alvorada para conforto de FHC

Reforma feita no Alvorada por empresários no governo FHC custou 1,192 milhão de reais. R$ 836 mil foram gastos em mobiliário, tapetes e ar condicionado. Já a reforma no Alvorada sob Lula custou R$ 18,4 milhões; foram reformados 10 mil m2 do Palácio e 7,9 mil m2 de anexos. Toda a rede elétrica e 80% das instalações hidráulicas foram substituídas e a piscina teve o piso trocado. Agora, o quarto novo de Michelzinho e outras reformas feitas pela recatada “primeira dama” no Alvorada custaram uma baba. Será que a PF vai investigar?

No voto, FHC não se elege nem síndico de prédio

Sobre o balão de ensaio que FHC soltou – ser nomeado presidente da República pelo Congresso se o TSE cassar Temer -, não vamos nos esquecer que quem comprou uma reeleição pode comprar duas. Mas o risco é só em eleição indireta. Já notou que o nome de FHC nunca está nas pesquisas sobre 2018? É porque seria um vexame. Aliás, várias pesquisas mostram que FHC é eleitoralmente inviável. Daí querer dar outro golpe: eleição indireta.

FHC se enrola ao “explicar” golpe a intelectuais e sofre protesto

FHC confundiu o maior evento sobre a América Latina promovido por centenas de intelectuais em Nova Iorque com uma plateia formada por leitores da Veja e revoltados on line. Tentou enrolar os acadêmicos “explicando” o golpe e se deu mal. Citou diversas “razões” para o golpe, menos a “razão” oficial, as “pedaladas”, e se desmoralizou diante de acadêmicos e intelectuais do mundo inteiro. Os golpistas já começam a pagar o preço histórico por seus crimes.

Haverá “vazamentos” no inquérito da PF sobre FHC?

A jornalista Mirian Dutra, pela qual FHC se encantou nos anos 1990, cobria política em Brasília. Era, como dizem, uma “raposa”. Conhece até hoje todos os bastidores, todas as tramoias demo-tucano-midiáticas da época em que foi exilada na Europa. E muitas outras. A boca pequena, espalhou que tem muitos documentos. Muitos mesmo. E será a primeira pessoa que a PF irá ouvir. Em breve.