Lava Jato torra R$ 140 bi para recuperar R$ 650 mi

O MPF fez estardalhaço ao “devolver à Petrobras” R$ 653,9 milhões desviados da estatal. Porém, segundo estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a Lava Jato paralisou a economia e reduziu o PIB em R$ 142,6 bilhões. Diz o estudo que o prejuízo poderia ter sido evitado se a investigação fosse discreta, mas aí não haveria bajulação aos golden boys da República de Curitiba, não é mesmo?

Moro ouvirá dono de imóvel alugado a Lula que mentiu sobre recibos

Glaucos da Costamarques, dono de imóvel alugado ao ex-presidente Lula, deve ser ouvido pelo juiz Sérgio Moro no dia 15 de dezembro para esclarecer contradições em que caiu sobre recibos referentes aos pagamentos do aluguel do imóvel em questão. Do contrário, Moro não terá como fazer nem condenação fraca de Lula como a do triplex

Lava Jato foi acusada de extorquir delatores!

A investigação feita pelos deputados federais Wadih Damous (PT-RJ) e Paulo Pimenta (PT-RS) na Espanha em nome da CPMI do Congresso Nacional sobre JBS trouxe uma situação política nova em relação à Lava Jato. Agora, a dita “República de Curitiba” está sendo formalmente investigada por suspeita de extorquir delatores para fazer acordos de delação premiada. Por que não nos espantamos com isso, não é mesmo?

Abusos e parcialidade fazem Lava Jato perder apoio

Pesquisa Ipsos divulgada recentemente corrobora percepção de que a Lava Jato vai sendo desmascarada como o que é, uma operação parcial levada a cabo para tirar o PT do poder e que, sobretudo na figura de Sergio Moro, tem forte viés político em prol de corruptos como Aécio Neves, filiados a partidos simpáticos à Justiça brasileira, atualmente conhecida como “partido da justiça”. Confira.

Moro e MPF condenam recibos de Lula antes mesmo de ver

Assista ao programa do Blog da Cidadania sobre a recusa do juiz Sergio Moro em aceitar uma audiência para entrega de  recibos que ele e o Ministério Público disseram ser falsos antes mesmo de sequer tê-los nas mãos, sugerindo que querem que sejam falsos, o que deu á defesa de Lula o direito de exigir proteção das provas, negada arbitrariamente pelo juizado de Curitiba. 

Lava Jato cobra “recibos originais” que defesa de Lula já vinha oferecendo

A defesa do ex-presidente Lula vem reiterando pedidos de que a Lava Jato pericie os recibos de locação que entregou em atendimento à exigência do juiz Sergio  Moro, devido às acusações da mídia de que tais recibos seriam “falsos”. Agora, o Ministério Público diz que os documentos são falsos e exige perícia que quem vinha pedindo era a defesa do ex-presidente.