Por que tanta gente defende que Lula seja indicado ao Nobel da Paz?

Uma das frases mais marcantes de Lula tão logo assumiu a Presidência da República resume, em pouco mais de 20 palavras, aquele que é para muitos o maior legado do seu governo. “Precisamos superar a fome, a pobreza e a exclusão social. Nossa guerra não é para matar ninguém: é para salvar vidas”, prometeu o ex-presidente, que encerrou seus dois mandatos depois de retirar quase 30 milhões de brasileiros que viviam abaixo da linha da pobreza.

ONU e Nobel da Paz para Lula agitarão eleição 2018

Os próximos meses prometem ser ingratos para os que encarceraram Lula para tirá-lo da eleição presidencial de 2018. Enquanto o Brasil dorme em berço esplendido, anestesiado por um partido político disfarçado de “imprensa” e ludibriado por um conclave de leões-de-chácara disfarçados de “juízes”, o mundo se horroriza e protesta contra o fim da democracia brasileira e se prepara para uma mega denúncia internacional…

Justiça tenta acordo com Lula. Arregou!

A intenção da mídia e do Judiciário era a de que Lula “sumisse” após ser preso. Porém, nunca se falou tanto dele. Foi preso no dia 7 de abril e até agora, todos os dias, o nome dele domina o cenário político. O desespero da mídia e da “justiça” é tanto que começaram a fazer ameaças tentando convencer o ex-presidente a não ser candidato de dentro da cadeia. Estão perdendo tempo.

Prisão de Lula faz Europa propor sanções contra Brasil

Aumenta a pressão internacional sobre o Brasil por conta da prisão ilegal de Lula. Quem relata isso é o SBT, com Sheherazade em carne e osso dizendo que, no mundo inteiro, predomina a visão de que há “exagero” contra o ex-presidente. E mais: a União Europeia estuda sanções comerciais contra o Brasil por perseguir o mais forte candidato a presidente a fim de tirá-lo da eleição.