“Sobrou para os mais pobres”, diz Randolfe sobre Reforma da Previdência

Foi anunciada como combate aos privilégios. Mas os ditos privilégios, que são as grandes aposentadorias dos serviços públicos e dos políticos, só representam 20% da economia de R$ 1,1 trilhão anunciada pelo ministro Paulo Guedes. R$ 900 bi estão no regime geral da previdência pública, que é parte dos mais pobres. É a retirada de direitos. A isso vamos nos opor.

Haddad, o candidato dos negros e pobres; Bolsonaro, o dos brancos e ricos

O candidato de extrema direita Jair Bolsonaro (PSL) venceu o primeiro turno das eleições brasileiras. Conseguiu 46% dos votos e superou seu principal rival, Fernando Haddad (PT), por 17 pontos. Mas o domínio de Bolsonaro não chegou a todo o país. Uma análise dos resultados em 5.500 municípios detectou padrões claros: o desempenho Bolsonaro foi muito melhor nas cidades mais ricas e mais brancas.

Assessor de Bolsonaro diz que só pobre “com talento” pode ir para a universidade

Para o general Aléssio Ribeiro Souto, guru de Bolsonaro na área da educação, “pobres” que não são “talentosos” não precisam fazer o ensino superior. Segundo ele, não é todo mundo que conseguirá ficar rico. Porém o estudo não é apenas uma tentativa de enriquecer, mas também uma forma de não se tornar um ignorante (e de ignorância ele entende bem).