Agentes do Ibama e ICMBio podem perder porte de armas

Alvos constantes de ataques armados por grileiros, madeireiros e demais criminosos que exploram a floresta, agentes de fiscalização do Ibama e do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) correm o risco de perderem o direito a portarem armas em suas ações. É o que prevê um projeto de lei apresentado nesta quarta-feira, 19, pelo senador Telmário Mota (PROS/RR).