Racistas se protegem protegendo William Waack

Pretendia escrever um longo post sobre as defesas repugnantes que Augusto Nunes, da Veja, Raquel Sheherazade, do SBT, e Reinaldo Azevedo, da Rede TV, fizeram da agressão infame que o ex-âncora da Globo William Waack assacou contra, segundo o IBGE, 54% dos brasileiros. Porém, achei que barbaridades como a que essa gente disse merece uma resposta sonora, vívida, contundente. Eis porque aí vai minha resposta EM VÍDEO a esse surto de corporativismo racista.

Desmascarando “medo de Lula” que Veja diz ter

A capa da Veja desta semana é uma farsa ao dizer que Lula e Bolsonaro assustam por serem extremistas. Lula extremista? Beberam? Com Lula, o Brasil superou Alemanha, França e Inglaterra em investimentos externos, tornou-se o país que mais atraía montadoras, conseguiu grau de investimento, fortaleceu o combate à corrupção. Do que Veja tem medo quanto a Lula? Só se for medo da justiça social que ele promoveria

Após Collor e Aécio, Veja lança candidatura de Luciano Huck à Presidência

O lançamento da candidatura presidencial de Luciano Huck é o melhor dos mundos para a esquerda porque divide a direita entre Bolsonaro, Alckmin, Huck e, talvez, Doria, se sair do PSDB para obter legenda para disputar a Presidência. Além disso, a tentativa de pintar Lula como “perigo desconhecido” após ele governar 8 anos e sair com 80% de aprovação, mostra como a direita está perdida no espaço

Listas de “petralhas” estariam sendo usadas para perseguições

Declaro-me alvo de perseguição política e acuso um colunista e um ex-colunista da Veja de serem responsáveis por isso e por tudo o mais que possa ocorrer com os alvos de listas criminosas de “petralhas” (nas quais este blogueiro figura) levadas a cabo para prejudicar pessoas por conta de suas opiniões políticas, como acontece em toda ditadura. Confiram as listas criminosas feitas por Augusto Nunes e Rodrigo Constantino. Listas que, segundo testemunhos, estariam sendo usadas para perseguições políticas. Afinal, ninguém faz listas à toa.

Veja inventa “fuga de Lula” para justificar prisão arbitrária

Pela terceira vez neste ano, Veja requenta história sobre fuga de Lula que, primeiro, seria pra a Itália, em acordo com o embaixador italiano. Após o diplomata desmentir Veja, seu braço na Blogosfera, financiado de forma obscura, disse que Lula fugiria para o Uruguai. Nesta semana, a revista publica armação entre ela, Serra e Temer. Os três inimigos figadais de Lula acham melhor prendê-lo senão ele foge. Será que a matéria tem um ou mais dedos da Lava Jato?

Deputado desmente Veja sobre delação premiada de Vaccari

O autor do Blog da Cidadania esteve no domingo com o deputado Paulo Teixeira e este relatou que esteve com o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto no dia em que a revista Veja disse ter ouvido dele que pretendia fazer delação premiada contra o PT e que a CUT poderia matá-lo por isso. Note a gravidade da afirmação, leitor. Pois o deputado em tela diz que Veja inventou tudo isso. Ele estava lá quando Vaccari deu declarações distorcidas pela Veja. Seria inacreditável se quem divulgou essa barbaridade não fosse quem foi.

Veja sofre protesto virtual; link de matéria da revista diz que ela mente

Se você for um dos felizardos que ler este post pouco após ser publicado, terá oportunidade de dar boas risadas com o protesto virtual de que Veja foi alvo.
Pode ser um hacker que fez a brincadeira, ou pode ser algum funcionário que não concorda com o jornalixo que a Veja produz. O fato é que, por volta das 17 horas desta terça 31 de maio, essa é a notícia mais lida no portal, apesar de que todos já sabem que Veja mente.

Jurista diz que conduta de promotor que acusa Lula revela falta de provas

O promotor paulista Cassio Conserino procurou a Veja para anunciar que já teria indícios para denunciar Lula por “lavagem de dinheiro”. Contudo, o doutor em Direito (titulado na Alemanha), professor na Escola Superior do MP e ex-conselheiro nacional do Ministério Público Luiz Moreira, a conduta do promotor revela o contrário do que diz. “Ele não tem nada”, pois se tivesse não divulgaria para não atrapalhar investigação. Ele cometeu infração funcional para aparecer às custas de Lula”, disse o jurista ao Blog