O capitalismo ainda vai te pegar

Crônica

A mídia vende Cuba como se fosse o inferno na Terra, mas se este povo soubesse o que nos custa o capitalismo e o que propicia o socialismo cubano, seguramente não pensaria assim. Vou lhes contar, pois, a história que estou vivendo para que possam refletir sobre como o capitalismo (sobretudo o brasileiro) é uma obscenidade gerida com doses cavalares de burrice.

Novamente, minha filha Victoria está internada. Já faz mais de um mês. Portadora de paralisia cerebral e de uma síndrome que já ingressou num célere estágio degenerativo, precisa que todos os procedimentos médico-hospitalares lhe sejam dados com presteza porque sua situação de saúde se agrava a cada dia.

Por força de sua enfermidade, não tem como se alimentar por via oral. Após o fracasso de uma gastrostomia (colocação de sonda no abdome para receber alimentação pastosa), pois seu corpo rejeitou o procedimento, agora está se alimentando por uma sonda que lhe entra pela narina e vai até o estômago.

Victoria não pode se alimentar por via oral porque, devido à paralisia cerebral, “broncoaspira” alimentos e líquidos, ou seja, estes passam para o pulmão durante o processo de deglutição. Com a sonda nasal a menina não aspira líquidos ou alimentos, mas aspira a própria saliva.

Para sanar o problema, no fim do ano passado os médicos lhe retiraram as principais glândulas salivares de forma a diminuir o que chamam de “Sialorréia”, que nada mais é do que salivação excessiva. Não adiantou. As glândulas cresceram e ela voltou a salivar intensamente.

A criança não sai do hospital porque está, simplesmente, afogando-se na própria salivação, o que lhe produz uma pneumonia após a outra. Estava melhorando da que pegou quando foi parar no hospital, mas a salivação é incontrolável e, nos últimos dois dias, voltou a ter problemas pulmonares.

E por que ela piorou? Porque não está sendo feito um procedimento que pode lhe salvar a vida. E por que não é feito? Simplesmente porque a seguradora Sul América não autoriza, dando seguidas desculpas falsas para recusá-lo, pois não está querendo gastar.

O procedimento é conhecido como “botox salivar”. Com aplicação de botox dentro da boca, Victoria pararia de salivar e, conseqüentemente, de adoecer. O efeito desse procedimento é imediato. Mas o plano de saúde não autoriza porque diz que a bula do medicamento não cita o uso que os médicos estão recomendando.

É um procedimento conhecido e reconhecido. Não há dúvida de que funciona, segundo a equipe do hospital Santa Catarina, onde Victoria está internada. Mas o plano de saúde questiona a sua validade e vai segurando a autorização.

Os médicos de Victoria já disseram à nossa família que se ela contrair uma pneumonia mais grave, dificilmente resistirá. Ela já está muito debilitada. A cada dia que ela passa se afogando na própria saliva corre risco de morte, portanto.

E o convênio segura a autorização e expõe minha filha a tal risco.

Claro, resta o recurso à Justiça, mas é um recurso extremo que se tenta evitar ao máximo. Se até o fim desta semana a Sul América continuar com essa atitude imoral, produto do capitalismo mais obsceno que se possa imaginar, certamente recorrerei à lei que supostamente protege inocentes da ganância desses mafiosos que dirigem essas arapucas ditas “planos de saúde”.

Mas e daí? E se até fazer tudo isso for tarde demais? E se até que passe o prazo razoável para recorrer a um recurso extremo como ir ao Judiciário, até procurar advogado, até pagá-lo, até ele entrar com a ação e até o juiz decidir, minha filha não puder esperar?

O capitalismo está a um passo de matar uma criança inocente. Mais uma entre as milhões de crianças que mata todos os dias pelo mesmo método que descrevi e por miríades de outros.

Por que falei de Cuba? Porque naquele país não se pode comprar carros de 500 mil dólares nem vestidos de dez mil, mas quando um ser humano precisa de cuidados tem o que há de melhor na medicina moderna. Jamais um grupo de burocratas colocará a vida de uma criança cubana em risco para economizar dinheiro para o patrão.

É por isso que no último ranking de Desenvolvimento Humano (IDH), mensurado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Cuba figura em 51º lugar na escala intermediária dos países de desenvolvimento elevado, enquanto que o Brasil figura na 75º posição (dados referentes a 2007).

Voltando à Victoria, o pior é que os burocratas da Sul América são burros. Se ela continuar nessa trajetória sem o procedimento de que precisa, não demora e irá parar na UTI. Se isso ocorrer, em uma semana a seguradora gastará talvez o dobro ou o triplo do que está tentando economizar.

Vejam o custo social de todo um povo para que alguns poucos possam comprar carros de 500 mil dólares ou vestidos de 10 mil. E o pior é que nem pagando caríssimos planos de saúde se consegue fugir dessa tragédia, o que mostra como essa classe média leitora da Veja atira no próprio pé ao defender e exaltar um sistema econômico tão obsceno e burro.

E o mais trágico é que, cedo ou tarde, grande parte dos que defendem essa insanidade acabarão sendo vítimas dela, como bem simboliza a imagem acima.

86 comments

  • Edu,

    Não perde mais o teu tempo, amigo: se entrares na instância judiciária correta, ganharás quase que imediatamente os teus direitos. Aproveita pra salvar a Victoria enquanto puderes, pois, futuramente, terás como cravar uma estaca no peito da Sul América bem bonito.

    Não é nem pelo dinheiro. Mas, certamente, ganharás uma bela bolada, que poderás utilizar de formas muito mais nobres do que comprar um carro de 500 mil dólares ou um vestido de 10 mil para cada uma das mulheres da tua vida. E poderás documentar isso aqui, com dezenas de milhares de amigos pra replicar a tua causa em milhares de blogs.

    []'s,
    Hélio

    • Edu,

      Se puderes, assiste o quanto antes ao documentário SICKO, do genial Michael Moore. Ele relata exatamente aquilo que tu disseste no teu post. E será uma ferramenta judicial poderosíssima, garanto!

      []'s,
      Hélio

  • Meu caro Edu,
    Não espere mais para ajuizar tal ação que conterá pedido de tutela antecipada com obrigação de fazer, qual seja, o fornecimento do medicamento imprescindível para a melhora da saúde da terna Victoria.
    Tal ação é chapa nos tribunais, quero dizer: é algo recorrente e não há magistrado neste país que deixará de deferir liminarmente tal pedido. Pelo relato, os requisitos para a tutela antecipada (art. 273, Cód. Proc. Civil) estão de sobremaneira presentes. É o direito à saúde, consectário lógico do direto à vida. Aqui em Bsb, a ordem judicial sai no mesmo dia, em casos como tais.
    Independentemente disso, Deus está no comando. Continuaremos pedindo pela saúde de Victória.
    Meu respeito e admiração.
    Um abraço!

    • Ja devia ter acionado judicialmente a Sul America. Há Juizes em Berlim, digo, São Paulo!!???

      Não sei em São Paulo, mas a Defensoria Pública funciona em outros Estados e conseguiu inumeras decisões favoraveis ao pedido de antecipação de tutela com a imediata concessão da liminar. Tudo sem ônus financeiros para o assistido. É pedir tambem que o Juiz fixe pena de multa alta – R$5.000,00 dia – para o caso de descumprimento da liminar pela Ré.

  • Eduardo impossível não nos emocionar e sensibilizar com um relato como este, recorra logo a justiça, já aconteceu na minha família necessidade de atentimento em fonoaudilogia e tivemos que nos valer da justiça e fomos protamente atendidos, desejo a vocês toda a força do mundo e para esta menininha que é uma verdadeira guerreira, pois continua resistindo, um abraço com todo carinho.

  • Casos de negação de plano de saúde para proceder determinado tipo de tratamento que as seguradoras garantem que não cobre, tem-se resolvido através de liminar.

    Boa sorte pra vc e sua familia, especialmente para a menina Victoria.

  • Acho que vc não deve esperar mais, já esperou o suficiente para ter a consciência ( se é que podemos falar de consciência num caso tão grave e com o plano de saúde tendo essa atitude) tranquila de que esperou por uma decisão que seria justa e amigável. Então, o caminho é a justiça mesmo, talvez até o próprio plano já esteja prevendo que vc fará isso ( e com razão). Boa sorte a vcs e à Vitória. Abraços.

  • A medicina baseada no nosso capitalismo simplesmente mutila as pessoas, digo isso por experiência própria, o médico tem que ter uma ferrari, uma fazenda cheia de gado, não interessa o bem-estar do paciente

  • Caro Eduardo, infelizmente, você está sentindo na carne o engodo dos chamados "planos de saúde"; que são mentirosos até no nome, pois são planos de qualquer coisa, menos saúde… Deveriam chamar-se "planos de enganação", "planos para sugar o sangue de quem pretende 'assegurar' atendimento" ou "planos para ganhar o dinheiro daqueles que têm medo do sistema público de saúde"… Essa deformidade de transformar a saúde, que é uma das obrigações mais básicas do estado (junto com a educação e a segurança), em fonte de lucro para a mesma meia dúzia de sempre, é típica do Brasil. Vivemos em um país que cobra impostos astronômicos (qualquer um que tenha uma microempresa, sabe do que estou falando) e não oferece o mínimo aceitável de qualidade naquilo que, deveria, ser o retorno pelos impostos pagos… Aqui no Brasil, pagamos em impostos o que pagam os cidadãos da Suécia, Suiça, Canadá ou Dinamarca; só que eles podem usufruir com tranquilidade da saúde, educação e segurança oferecidas pelo estado; pois estas são de qualidade altíssima. E nós, brasileiros? Tente recorrer ao sistema público de saúde, coloque seu filho no "ensino" oficial ou precise de imediato de atendimento policial por qualquer razão, e você perceberá imediatamente o que estou dizendo!… Essa situação é absolutamente imoral e vergonhosa, embora todos nós tenhamos, tristemente, nos habituado a ela… Não está longe o dia em que, além de pagarmos por uma saúde e uma educação privadas que têm qualidade, no mínimo, discutível – e que não estão preocupadas em melhorar, pois têm clientela garantida, dada a absoluta "falência" do estado nesses setores que "seriam" sua obrigação essencial – ainda teremos de pagar por mais segurança, por melhor limpeza pública (vide a "taxa do lixo", em São Paulo), pelos sinais e faróis de trânsito, pelo calçamento, da mesma forma que já pagamos caro pelas estradas (vide o Zé Pedágio), pelos aeroportos (vide a Infraero) e por outros serviços que deveriam caber ao estado. Já passou da hora de nós, cidadãos cumpridores e que vivemos do nosso trabalho, gritarmos com toda força: BASTA! Chega de sustentar juízes e políticos que nada fazem e nada valem, a peso de ouro! Chega de engordar capitalistas que vivem, pura e exclusivamente, do descaso do estado para com suas obrigações essenciais! CHEGA! É preciso reagir ou em breve nos tirarão até o sangue das veias e – ainda por cima – teremos de pagar pelo ar que respiramos! Bom, é isso. Desculpe-me pelo desabafo, mas é o que penso dessa situação toda. Tenha força amigo, para sustentar a Victoria e sua família, em todos os sentidos. E não hesite; vá imediatamente ao judiciário (é para isso que serve essa casta, que recebe salários imperiais e trabalha – se trabalhar – muito pouco!).

    • Valeu, caro concidadão, seu desabafo é um belo diagnóstico do quadro em que vive o cidadão brasileiro, do nível de cidadania a que ainda nos mantém a classe dominante. Um povo com medo, doente, sem cultura, torna-se indolente… mais fácil de ser enganado e dominado. Você diz: "Já passou da hora de nós, cidadãos cumpridores e que vivemos do nosso trabalho, gritarmos com toda força: BASTA!". Como fazer? Com o PT e seus aliados? Faço minhas as palavras do ex-petista Ivan Valente: “A construção do PT representou um marco histórico de consciência e organização da classe trabalhadora brasileira. Mas é necessário reconhecer que o pragmatismo da chegada a todo custo ao poder desvirtuou seu programa, seus princípios e seus compromissos mais profundos com a transformação social”.

      • Caro Robson, até concordo com você que o PT que temos hoje em dia é outro, muito diferente daquele das épocas áureas de militância, quando eu (e, provavelmente, você também) saia às ruas, às vezes de madrugada, para fazer panfletagem, pintar slogans políticos ou colher filiações. Entretanto, dadas as alternativas políticas que temos no país, me parece que o PT, com todas as suas mudanças e defeitos, ainda é a opção preferível que nos resta. Votar em quem, se não for no PT? No PSTU? No PSOL? Ou em algum dos partidos nanicos da esquerda, tipo PCB, PCO ou coisa que o valha? Não sei quanto a você, mas eu sou velho demais para ainda acreditar na inexorabilidade da revolução proletária… Acredito que o caminho para melhorar o Brasil é por meio de um partido reformista e que vise o poder; pois sem o poder, não haverá mudanças. Esse partido, até aqui pelo menos, tem sido o PT. As alianças do PT são boas? Não sei; mas sem elas, amigo, o acesso ao poder fica inviável e estaremos submetidos, de novo, às velhas oligarquias que sempre mandaram neste país. Portanto, meu caro, entendo sua objeção, mas meu voto é Dilma, com toda segurança!

        • Caro DiFini, postei logo após a continuação do texto, que por alguma razão não foi publicada. Ei-la: "Sendo assim, pela história, pela dignidade, pela coerência, dele, pessoal, e de todos nós, brasileiros de verdade, voto em Plínio no 1º turno. No 2º, pelo andar da carruagem desta campanha – que parece consolidar no Brasil a falsa dicotomia PT X PSDB, à semelhança dos burros e elefantes estadunidenses -, votarei na anti-Serra, dona Dilma Rousseff, que pelo menos traz a "novidade" de ser uma mulher…(difícil é ainda aguentar sarney, renan, lobão, collor, temer, jucá, jader… enfim, essa nova cumpanheirada… PS.: Ao nosso caro e valente Eduardo, a sincera solidariedade e votos de sucesso na luta por sua Victoria, que é um pouco nossa também…

          • Robson; só comentando isto em sua resposta: "…parece consolidar no Brasil a falsa dicotomia PT X PSDB, à semelhança dos burros e elefantes estadunidenses…". Você realmente acha que os burros e elefantes americanos são uma "falsa dicotomia"? Me mostre um, unzinho só, presidente americano que não pertencesse a um dos dois partidos reais: o republicano e o democrata. O que está configurado, nesta eleição pelo menos, é uma dicotomia muito real, que não é PT x PSDB; mas sim, retrocesso x mudanças, conservadorismo x renovação, estrutura arcaica x novo modelo. Acho que é por aí. De qualquer forma, aplaudo seu voto pelo Plínio, pois gosto dele e o respeito muito.

          • Falsa dicotomia, meu caro, porque, no grosso, não se diferem, a postular a confiança dos endinheirados para "administrar" esse caos… Ao chegar lá, Lula entregou a chave do cofre ao Meirelle$, então quadro do "arquirrival" PSDB, que vem cumprindo direitinho seu papel… Essa batalha já foi perdida desde a tal Carta aos Brasileiros, quando o projeto Lulo-Petista e de seus aliados alinhou-se aos interesses dos rentistas especuladores. FHC criou o monstro – praticando juros de 45% na taxa Selic, deixou a tal herança maldita da dívida interna em 700 bi, que, sob as barbas de Lula, está hoje em 2,2 trilhões, a nos consumir quase 400 bilhões, todos os anos, com juros e amortizações. Para a Saúde são 60 bi, Educação – 45 bi, pro Bolsa-Família – 13 bi… Isso é redistribuir renda?! Serra, Dilma e até a Marina nem tocam no assunto. De fato, o povo perdeu essa batalha…

          • Robson, compreendo sua objeção; agora pense: será que o Brasil teria atingido as vitórias e sucessos que atingiu (dívida externa eliminada, juros em ritmo de queda, crescimento do PIB, aumento das exportações, inclusão de milhões de despossuídos na classe C, abertura de várias novas universidades e escolas técnicas, etc.), se o governo Lula tivesse, simplesmente, dado o calote na dívida e uma banana aos investidores? Acho que é difícil chegar-se a alguma coisa, simplesmente chutando o pau da barraca… No plano econômico você não pode parar tudo e dizer "Não brinco mais!"… Isso jogaria o país na marginalidade, estaríamos enfrentando as mesmas dificuldades que Cuba enfrenta há décadas…

          • Chamemos, então, a sociedade a essa discussão. Uma força-tarefa, pela internet (blogueiros progressistas?), com milhões de panfletos distribuídos pelas cidades, com ativistas com megafones, carros de som etc… E valerá cada esforço, pois, afinal, é vital mostrar ao povo que a razão maior de não termos melhores saúde, educação, segurança, lazer e tudo mais deve-se a essa verdadeira sangria, a escoar, todos os anos, para os bolsos dos especuladores. Fazer uma auditoria séria, patriótica, de todas as dívidas, como fez o Equador de Rafael Correa, o que, diga-se de passagem, é previsto na "Constituição Cidadã" de1988. Senão… será assim todos os anos, seja com Serra, com Dilma, Marina… 400 bilhões para 20/30 mil rentistas… 13 bilhões para 40/50 (?) milhões de "bolsistas". Já levantei essa bola com o Edu, aproveitar este espaço para essa discussão…

          • É uma boa idéia esse debate aqui no blog. Mostrar isso, com certeza, é um passo importante e pode trazer dividendos. Conte comigo para o que precisar. Abraço,
            Fabio

          • Ok, meu caro Fabio, creio que, de fato, o tema merece consideração por parte de todos os patriotas. Penso ser um passo inicial interessante o conhecimento do trabalho já desenvolvido por aqueles que já vêm se debruçando sobre o assunto, a exemplo do pessoal da Auditoria Cidadã (http://www.divida-auditoriacidada.org.br/). Recebo deles, quase que diariamente, boletins informativos acerca das transações financeiras envolvendo as dívidas e suas implicações. Um esforço pioneiro que vale a pena ser conhecido e apoiado… É isso aí, e sigamos adiante, pois, como já afirmou um dia o HOMEM: “A messe é abundante, mas poucos são os operários; pedi, pois, ao dono da messe que mande operários para a sua messe”. Saudações.

          • DeFini: "Você realmente acha que os burros e elefantes americanos são uma "falsa dicotomia"? Me mostre um, unzinho só, presidente americano que não pertencesse a um dos dois partidos reais: o republicano e o democrata":

            Voce esta enganadissimo. Os EUA teem tido somente republicanos na presidencia por 20 ou 30 anos. Eles DIZEM que sao democratas, teem historico de democratas. Mas sao mesmo infiltrados. Tanto que Hillary foi terminar seus tristes dias enfiada no departamento de Estado, e pra piorar durante o governo Obama.

          • ianmoraes, minha interpretação do trecho acima do Robson, foi a de que ele se referia a uma "falsa dicotomia" por haverem, na realidade, outras opções. Mas pelo visto, não foi isso o que ele quiz dizer… Ele se referiu, na verdade, a serem os burros e elefantes "farinha do mesmo saco"; o que é um tema discutível, mas que foge do que abordamos aqui. Nosso foco foi PT x PSDB. Para mim, o PT apesar de todos os pesares, ainda representa uma opção progressista para o Brasil.

    • (Continuando…) Sendo assim, meu caro concidadão, pela história, pela dignidade, pela coerência, dele, pessoal, e de todos nós, brasileiros de verdade, voto em Plínio no 1º turno. No 2º, pelo andar da carruagem desta campanha – que parece consolidar no Brasil a falsa dicotomia PT X PSDB, à semelhança dos burros e elefantes estadunidenses -, votarei na anti-Serra, dona Dilma Rousseff, que pelo menos traz a "novidade" de ser uma mulher…(difícil é ainda aguentar sarney, renan, lobão, collor, temer, jucá, jader… enfim, essa nova cumpanheirada… PS.: Ao nosso caro e valente Eduardo, a sincera solidariedade e votos de sucesso na luta por sua Victoria, que é um pouco nossa também…

  • Eduardo. Concordo totalmente com os comentários acima, pois a cada instante que passa, o risco aumenta e ao final o culpado, perante a si mesmo, será voce por se achar não ter tomado a providencia no momento correto. Coragem e muita tranquilidade a todos voces. Alexandre.

  • Caro Eduardo.

    Lhe desejo toda a força contra esse máfia da "saúde".

    Planos de saúde e industria farmaceutica são o que há de pior nesse tal capitalismo!

  • Você fez uma colocação precisa, que reflete a minha maneira de pensar : PAÍS DESENVOLVIDO É CUBA, ONDE NÃO SE PODE COMPRAR CELULARES QUE LATEM; MAS PODE-SE ESCREVER EM UM OUT DOOR(COMO UM QUE EXISTE EM HAVANA) : HOJE, 300 MILHÕES DE CRIANÇAS NO MUNDO, DORMIRÃO NA RUA : NENHA DELA É CUBANA. OU, TÃO IMPORTANTE QUANTO, TER-SE UM SISTEMA DE SAÚDE, EXTRAORDINÁRIO E GRATUITO, ACESSÍVEL A TODOS OS CIDADÃOS. COMO TAMBÉM UMA EDUCAÇÃO MARAVILHOSA PARA TODOS. Isso é desenvolvimento, Humanização, o resto é conversa fiada de babaca repetidor da Veja. Falam em liberdade de expressão, em Cuba há tanta liberdade de expressão, que aquela cretina Yoani Sanchez, mora em Havana e, de lá mesmo, posta um blog em que ataca ferozmente o Governo, sem sofrer qualquer repressão(Fidel até deu-se ao trabalho de debater com ela pela web: coisa que eu jamais faria). Continua…

  • Continuação : Além do que, QUAL É A LIBERDADE DE EXPRESSÃO, NO CAPITALISMO, PARA MILHÕES DE PESSOAS QUE NÃO TÊM ACESSO À INSTRUÇÃO E À CULTURA PORQUE NÃO PODEM PAGAR? SEM CONTAR QUE OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO, QUE DE FATO FALAM, SÃO PRIVADOS E NELES SÓ FALA QUEM OS DONOS QUEREM QUE FALE. OS DEMAIS SÃO CENSURADOS? Desculpe-me por essas reflexões, num momento em que você atravessa um sofrimento terrível, mas elas são exatamente para mostrar a correção de seu raciocínio e também para desmistificar algumas ilusões que os dominantes criam para justificar um Sistema injusto, desumano, que de fato só beneficia 0,5% do planeta(condenando os outros 99,5%. De formas diferentes, mas condenando; sendo que, nesses 99,5%, também estamos nós da classe média, de onde saem alguns IMBECIS que vêm enste espaço defender a ordem que os oprime).Continua…

  • Continuação : Quanto à sua filhinha, além de hipotecar-lhe toda a minha solidariedade, o conselho que de te dou é de ENTRAR IMEDIATAMENTE COM UMA AÇÃO. PODE SER NUM JUIZADO DE PEQUENAS CAUSAS(É MAIS RÁPIDO E VOCÊ NÃO PAGA AS CUSTAS). NESSA AÇÃO VOCÊ DEVE PEDIR A TUTELA ANTECIPADA(UMA LIMINAR EM QUE, ANTES DA ANÁLISE DO MÉRITO, O JUIZ PODERÁ CONCEDER O DIREITO EXIGIDO, A CIRURGIA EM VICTORIA, POR SE TRATAR DE ALGO CUJA NÃO REALIZAÇÃO IMEDIATA CAUSARÁ PREJUÍZO INSANÁVEL, NO CASO O RISCO À SAÚDE DA CRIANÇA). APÓS A CONCESSÃO DA TUTELA ANTECIPADA(LIMINAR)PARA A REALIZAÇÃO DA CIRURGIA, A AÇÃO CORRERÁ NORMALMENTE, E NELA SE JULGARÁ O MÉRITO. SE VOCÊ ESTIVER CERTO(O QUE EU TENHO CERTEZA QUE OCORRERÁ), O PROBLEMA JÁ FOI RESOLVIDO COM A TUTELA ANTECIPADA. SE NÃO, TERÁ QUE RESSARCIR A EMPRESA. ALÉM DO QUE, NO MÉRITO PODE-SE JULGAR TAMBÉM UM PEDIDO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS E MORAIS(PRINCIPALMENTE ESSE ÚLTIMO), QUE CABE NA AÇÃO. CONVERSE COM SEU ADVOGADO E ELE O INSTRUIRÁ MELHOR.

  • Meu caro Eduardo. Entre na justiça pela menina Victoria, agora mesmo, já, faça isto. Salvei a vida de uma criança em minha casa quando um médico desalmado se negava a interná-la, em conluio com esta máfia perversa que atende pelo cognome de Plano de Saúde. O juiz concedeu a ordem e os salafrários que escarneciam arrogantes da minha cara, na véspera, correram rápido e rasteirinho para cumprirem a ordem judicial. E, após isto, os canalhas do tal plano já então solícitos e atenciosos ainda propuseram na justiça que eu retirasse a queixa para obter indenização por danos morais. Jamais esquecerei do rosto debochado destes facínoras enquanto a vida da criança oscilava. É chato falar de política nestes casos, mas o "melhor" ministro da saúde, o sr. serra tem tudo a ver com a entrega quase que completa da saúde pública nas mãos do mercadores espertalhões e dos privateiros donos destas máquinas de arrecadar dinheiro, o filé da saúde dos brasileiros que eles abocanham visando tão somente lucro.

  • Crítica Radical faz forum anticapitalista em Fortaleza

    Marcado para a primeira semana de agosto, fórum reúne, na UFC, vários conferencistas internacionais
    Thiago Paiva
    [email protected]
    28/07/2010 00:30
    O Instituto Crítica Radical promoverá, entre os dias 1º e 5 de agosto, o Fórum Transnacional da Emancipação Humana – Desafios da Humanidade e do Planeta, cujo principal objetivo é debater ideias sobre o atual momento do sistema capitalista, o qual, segundo os organizadores do evento, está em “colapso”, constituindo desta forma uma ameaça à humanidade e ao planeta, cujo desfecho pode representar o fim da humanidade e a destruição da natureza.

    Fonte: http://opovo.uol.com.br/app/o-povo/politica/2010/

    site forum: http://www.forumdaemancipacaohumana.org

  • Numa manhã, diz a história, apareceu na cidade uma gata especial.
    Desse dia em diante seus habitantes se transformaram.

    Bastava a gata olhar as pessoas para que elas assumissem cores diferentes.

    Isso ficava ainda mais nítido com quem queria e apostava na emancipação humana.

    Um belo dia, identificadas através da gata, as pessoas que buscavam uma nova relação social se reuniram. Na reunião, uma nova crise global inusitada foi perscrutada e as fronteiras históricas do sistema produtor de mercadorias foram identificadas. Em seguida, dimensionaram que o limite do sistema capitalista/socialista não poderia ser confundido com o limite do ser humano. Afinal, a criatura não pode ser maior que seu criador(a). Na oportunidade lançaram a proclamação para o desenvolvimento de uma nova teoria com sua práxis correspondente. No final da reunião deram à gata o nome de Crítica Radical.

    Anos se passaram. Imensos obstáculos foram enfrentados. Tentativas para um encontro transnacional foram realizadas. Agora, diante de uma conjugação histórica surpreendente, resolveram convocar o Fórum Transnacional da Emancipação Humana.

    Este site está a serviço desse encontro e de seu desdobramento. Você não pode perder esse debate profundo, ousado, criativo e decisivo para enfrentarmos com êxito os desafios da humanidade e do planeta.

    Você está convidado(a)!
    Um abraço!

    Fonte: http://www.forumdaemancipacaohumana.org/

      • Eduardo,
        Tenho parente com doença grave. Usa o plano de saúde para coisas, digamos, triviais. O tratamento mais especializado e, portanto, mais caro vem sendo feito pelo SUS. Não sei se pode haver paralelo com o caso da Vitória. Vc. já se informou sobre isso?

  • Edu:
    Não dê trela para o azar: por via das dúvidas, disponibilize uma conta bancária para que nós, seus amigos, possamos formar um fundo para esse tratamento da Victória. Prometo ser o primeiro a depositar "algum" que não vai me fazer falta. Outra opção é mandar o número da conta para o e-mail, meu e dos amigos que no momento podem ajudar…

    • Valdir, assim que li o post pensei a mesma coisa, ou seja nós, leitores e amigos do Edu, poderíamos tranquilamente nos cotizar, e colaborarmos com o tratamento da Vitória, se assim ficar decidido, coloco-me à disposição para ajudar. Um abraço. Eliane-Brasília

  • Esse relato me deixou transtornado, cheguei a lacrimejar com a historia da sua filha, que praticamente está sendo assassinada pela Sul América, esse capitalismo selvagem precisa de um basta, condenar um criança a morte por não querer gastar dinheiro é o cumulo do absurdo…

    PS: Quanto a Cuba, nem sempre eles tem o de mais moderno lá, pois o embargo econômico também impede que eles comprem alguns tipos de equipamentos médicos, mas eles nunca sacrificariam ninguém dessa forma

  • Eduardo. Muitas vezes eu não concordo com o que você diz, mas dessa vez eu concordo 100%. Isso mostra que nem sempre pagar muito por algo nos traz retorno. Isso é o puro capitalismo, como você disse. A saúde pública está um lixo em grande parte dela, salvo a algumas exceções, graças a sua má gestão e corrupção que assola nosso país. A saúde privada está um lixo também, graças ao seu sucateamento. Espero que você tenha sucesso na sua empreitada e que sua filha, e sua família inteira, sofram o menos possivel nesse caso.

  • Tive plano de saude por 10 anos e hoje eu e minha familia de 5 pessoas optamos por não ter plano durante estes outros 10 anos que se passaram. Sempre fomos bem atendidos no posto de saúde do meu bairro em Belo Horizonte e quando era alguma coisa mais grave iamos para um posto de maior porte com varios profissionais na região. Logico com o valor que seria pago para os planos eu consegui juntar e se precisar de um dinheiro para colocar minha familia em um hospital particular. Alem do mais os segurados por planos são mal atendidos pelos medicos que precisam atender mais pessoas em menos tempo e isso quando consegue consultar. Eu quando tenho que marcar com um médico falo que é particular, eles arrumam um horário no outro dia. E um absurdo.

  • era um texto daqueles"o q tem a ver isso".mas tem.esse é o"deus mercado"q a oposição(mídia)tanto endeusam.ou o antigo programa do silvio santos:"topa tudo por dinheiro".esse modelo está esgotado.ou melhor,ultrapassado.sucumbiu na crise de 2008/09 mas tem gente q ainda insiste em manter-lo.mudando um pouco de assunto,sua são paulo,está falida.o lula aumentou recentemente o endividamento das cidades-sede desta copinha de 2014(crédito).mas são paulo não pode mais aumentar esse endividamento por causa das altas dívidas.e pouquissimos comentaram sobre isso.se o alkimin ganhar,será q essa terra(sampa)aguenta,devendo deus e o mundo?

  • Bom dia Edu.
    Voce consegue este procedimento no mesmo dia em que entrar com uma ação cautelar, sem ouvir a parte contrária e com a tutela antecipada. No mesmo dia vc tem o resultado obrigando a Sul América a fazer este procedimento.
    Grande abraço.
    Luiz Felipe

  • Eduardo, entre com uma liminar na Justiça. Há vários precedentes e todos os juízes são sensíveis em casos como esse. É mais uma dor de cabeça, fazer o que?

  • Sempre fazem falsas comparações com relação à Cuba, comparando o país com os EUA, um país com capitalismo estabelecido há séculos e que, de uma forma ou de outra, conseguiu o seu desenvolvimento econômico(embora o seu desenvolvimento humano deixe bem a desjar). É como compara o Brasil aos EUA. Cuba é um país que tem suas mazelas, mas será que suas mazelas são piores que de países vizinhos, capitalistas subdesenvolvidos. Falam de infrações aos direitos humanos em Cuba. Mas vemos que isso é um cinismo sem tamanho. Infração aos direitos humanos é um país não garantir o direito básico à saúde para as pessoas. É entregar as pessoas a natureza sórdida do darwinismo social.

  • AMIGO

    FALE O SUMERO DE SUA CONTA BANCARIA E AGENCIA QUE O PESSOAL QUE ACOMPANHA SEU BLOG VAI FAZER O DEPOSITO, MESMO QUE SEJA 10 REAIS… O QUE ACHA?

  • Lamento pela sua filha, Eduardo. Como médico vejo isto acontecer diariamente. No nível individual o que tem funcionado é uma ação judicial que, geralmente é ganha. Desejo a voce e à Victoria muito boa sorte.

  • Caro Eduardo. Como não entendo dessa área jurídica, mas lendo os comentários acima, venho me juntar aos demais e transmitir-lhe forças para incentivá-lo a procurar, o mais breve possível, os recursos jurídicos disponíveis. Veja que existe a possibilidade de que durante os trâmites legais, o processo caia sempre em mãos de pessoas mais humanas e solidárias, do que destas pessoas insensíveis dessa seguradora. No mais, ficam os meus votos de que ela se recupere desta fase difícil em que está passando e que vc consiga receber com urgência os benefícios que pleteia.

  • Eduardo, seu relato me fez lembrar do famoso Sicko, do Michel Moore. O fato é que a classe média brasileira discute Cuba com olhos de…classe média. Não importa se há 50 anos o país sofre com embargo comercial, terrorismo e diversas formas de sabotagem e, ainda assim, o Estado consegue garantir educação, saúde e outros serviços básicos de qualidade para seus cidadãos. Não importa que, das milhões de crianças que vão dormir nas ruas esta noite, nenhuma delas seja cubana. O que importa é que o papai não vai poder dar um Playstation para o seu filho no seu aniversário de 5 anos. É por causa dessa mentalidade pequeno-burguesa que picaretas como Yoani Sánchez têm tanta repercussão.

  • Continuando…

    Acompanho os relatos sobre sua filha Victoria publicadas nesse e no antigo blog há algum tempo e me solidarizo com ela e com sua família. Vi como ela sorria de forma tão inocente no almoço de natal, vi seu post indignado com os "carniceiros de branco", dentre outros. Da mesma forma, há muitos brasileiros que sofrem de forma tão ou mais revoltante com a mercantilização da saúde. Mas, ao mesmo tempo, me surpreende o fato de que, entre os profissionais da saúde privada, discute-se muito que o mercado de planos de saúde torna-se cada vez mais inviável financeiramente. Diante destes fatos, lamento não termos, entre os principais candidatos à presidência, propostas profundas para a reformulação da saúde pública no Brasil.

  • Entre imediatamente com uma ação Ordinária com Pedido Liminar contra a Seguradora. Uma das maiores reclamações dos juízes é i) a demora para ingressar com a ação; e ii) pedir intimação pela via mais morosa.

    A liminar é certa. Peça para seu advogado requerer a intimação urgente, via Oficial de Justiça, e despache o pedido liminar com o juiz.

  • Edu
    Assim como foi feito um documento representativo em nome do MSM frente ao comportamento da mídia, não poderíamos, de forma independente (sem vinculação ao MSM), protocolar um documento arguindo o plano de saúde SulAmérica quanto ao atendimento da Vitória? Ou encher a caixa de e-mails dessa instituição pedindo explicações para o não atendimento da cirurgia de Vitória? Bem, o que nós, que estamos desse lado do computador poderíamos fazer?

  • Os que defendem o tal "Estado mínimo" e a privatização de serviços básicos como Saúde e Educação, ganham o bastante para não sofrerem uma situação como esta. Já fui vítima, e resumo: minha mãe (63 anos) precisava de uma cirurgia vascular de urgência, sob ameaça de um enfarto. O seu convênio da época, Cruz Azul (ela era viúva de major PM e pagava o máximo existente) a muito custo, aceitou cobrir a cirurgia, mas a médica exigiu que o anestesista fosse seu próprio pai, médico no Rio de Janeiro e não conveniado. Seu preço era um absurdo, que nós já exauridos em gastos, não podíamos pagar de imediato. Enquanto lutávamos para conseguir o dinheiro, veio o enfarto e minha mãe "foi a óbito" – é como os cínicos registram a morte de um ser humano.
    Casos como esse ocorrem todos os dias no Brasil paraíso dos planos privados – quem não tem nenhum está simplesmente condenado – já que o SUS é uma questão de sorte. Em Cuba, meu guia sofreu uma queda e, por ser diabético, teve complicações no joelho. Imediatamente foi levado a uma clínica onde não apenas trataram do problema localizado, mas o submeteram a um check-up completo, multi-disciplinar. Visitei-o mais tarde em sua casa, e o vi cercado de cuidados que aqui no Brasil custariam uma pequena fortuna.
    Não há como comparar. Solução: artigo Primeiro da tal "reforma política" tão decantada: todo ocupante de cargo público eletivo ou não é obrigado a utilizar-se, exclusivamente, da Saúde e da Educação públicas, bem como familiares até o terceiro-grau. Não são idealistas que só querem servir o povo?
    Em seis meses, aposto que o Brasil teria os melhores hospitais e escolas do Ocidente…
    Minhas melhores vibrações pela Victória, nossa menina-símbolo.

  • A seu lado, para caminhar junto na reincidência da dor. Um gesto de energia saudável para Victoria.

    E mais: Não é que o "capitalismo vai te pegar", "o capitalismo já nos constrangeu a todos". Felizmente, agora já podemos pregar o socialismo libertário e livre, sem nos taxarem de "comedores de criancinhas. Devagar e sempre para desbastar o grude capitalista.

  • Prezado Eduardo,

    Lute pela sua filha agora e não demore nem um segundo a mais. Use todas as armas possíveis.
    Desculpe ser tão incisiva. Sou mãe, e quando a minha filha quebrou a perna, para ser mais precisa 75% da tíbia, fiquei uma semana cuidando dela dia e noite. Faltei ao trabalho. Eles, a empresa não aceitou nem o atestado do medico, nem toda a documentação apresentada. Radiografia, laudos, etc. E fui descontada.
    A minha filha sabe muito bem agora o que foi feito com ela. Na prática ensinei a ela que acima de tudo está a VIDA. Nenhuma escola ensinará isso a ela.
    E fui com ela a uma das manifestações promovida pelos Sem Mídia.
    Boa sorte em tudo e continue lutando bravamente pela sua amada Vitória e família.
    Saiba que você nós emociona e sensibiliza. Você, Vitória e sua família dignificam e humanizam a vida de uma maneira profunda e formosa.
    Cordialmente e muito AXÉ, María Edith

  • Dê graças a Deus por ser um representante comercial internacional do ramo mais do que capitalista de auto-peças. Sem essa condição, talvez, teu anjinho, que Deus a proteja, já estaria no céu.

    • Caro Décio, sua observação é cruel. Todo mundo sabe que problemas sérios de saúde podem consomir praticamente toda a renda de uma família. Como é que você pode ser cruel assim com o Eduardo e sua família? Julga você que está acima de ficar doente e precisar de recursos que extrapolam as posses de sua família? Quem você pensa que é, Deus? Lembro também (não a você, mas aos leitores desse blog) que a Constituição Brasileira, que também estabelece as bases do capitalismo nacional, preconiza o direito à saúde. O capitalismo precisa ter mecanismos para assegurar saúde e o direito de viver às pessoas.

  • Edu, faça rápido o que tantos aconselham aqui. Se este seu post circular na red é provável que a tal seguradora autorize o procedimento com medo de "perder mercado", mas pode demorar. Força e abraços a toda sua família.

  • Eduardo, a mensagem que você deixou de que o capitalismo vai acabar pegando cada um de nós (se é que não pegou ainda) é verdadeira. Precisamos parar de ter uma postura de classe média que pensa que lutar por uma sociedade melhor é lutar por seus direitos exclusivamente. Como ficam aquelas pessoas que não tem plano de saúde? Como ficam aquelas pessoas que tem até vergonha de pedir uma informação num estabelecimento público, quanto mais de exigir um direito seu garantido por lei? Enquanto tivermos uma sociedade capitalista vai ser isso que está aí ou para pior.

  • Exitem pessoas que quando ouvem a palavra socialismo se arrepiam, já pensam em perder sua casa, seu carro etc. Acontece que todas esses medos e mentiras foram incutidos pela ideologia capitalista através dos meios de comunicação. Apesar de acreditar num futuro governo de Dilma e numa sensível melhora da vida das pessoas, não acredito em mudanças substanciais enquanto não pensarmos uma sociedade diferente da que está aí. Chega de monopólio, chega de mentira, chega de hipocrisia.

  • Eduardo, a circulação da notícia de que uma criancinha não está recebendo tratamento para salvar sua vida por que a empresa seguradora não se importa não pode ser boa para a imagem e a marca dessa empresa. Tomara que os dirigentes dessa empresa leiam esse blog e repensem o que está sendo feito. Como é que fica a responsabilidade social dessa empresa? E o valor da marca dela, como é que fica?

  • Boa sorte Edu!
    Desejo de coraçao que você e sua esposa vejam uma luz nessa escuridao momentânea que se encontram e que seja o melhor para sua menina.
    Abraços,
    Neide

  • Mais uma copia das coisas podres do "capetalismo" americano. Aqui nis estates estas casos sao de rotina e quantos morrem ate desistindo de brigar e se deixando morrer, pois nao tem nada de justica de emergencias. Esta coisa de "seguro" de saude e o maior cambalacho que eu ja vi na vida.

  • Eduardo,acompanho seu empenho e carinho com a sua filha.Que Deus te de forças.Quanto a Cuba ontem perdi a paciência com 2 colegas de trabalho.Eles falavam da miseria cubana.Falei q bem perto de onde estavamos tinha gente com fome.Apelei.Aguntei muito tempo esses leitores da Veja e do JN.

  • A promoção da saúde, educação, etc., jamais poderiam ser MERCADORI. Em 2001, nos últimos dias de vida do meu querido e digno pai, recebi um telefonema de um atendente do plano de saúde (às 3 horas da manhã), solicitando que a família providenciasse a sua transferência da UTI do Instituto do Coração, para um hospital de retaguarda. Simples assim, como se estivessem tratando de um “saco de batatas”. Uma semana depois ele veio a falecer, com dignidade (se é que podemos dizer assim), depois de muita briga e no mesmo hospital. Foi uma das situações mais tristes de minha vida. Sem advogado, só com a força do meu amor e a voz da indignação. Um dos valores que meu pai nos deixou como legado foi o do respeito à vida, ao próximo e aos direitos civis. Por esses valores seguirei, com ou sem plano de saúde, passando aos meus e a outros o respeito à HUMANIDADE, igualdade, exercício da CIDADANIA e acreditando serem esses os princípios que norteiam e nortearão as políticas públicas voltadas à promoção da vida.

  • Eduardo, acompanho seu blog por motivos políticos, mas também tenho acompanhado a trajetória da vitória e torcido por ela. Sobre o momento atual, eu gostaria muito de saber: você conhece alguém do instituto da Criança do HC ou de algum outro hospital especializado no caso da Vitória? há alguma possibilidade de transferi-la? Digo-lhe isto pq meu pai se tratou de câncer por anos no HC. Eu sei que naum se trata do mesmo caso, e sua filha é pequenina, mas uma coisa é fato: infraestrutura privada de saúde não vai tentar todos os procedimentos mesmo, pq custam caro, e sim, uma instituição privada visa lucro (é horrível mas é exatamente o q vc está vivendo). Nos casos realmente complexos, é só a estrutura pública q dá conta, e no caso do HC inclusive por ter pesquisa vinculada. Sobretudo, naum quero gerar mais angústia em vc, só apontar outros caminhos. espero poder ajudar, e melhoras pra querida Vitória!!!!

  • Eduardo, desculpe-me se talvez esteja sendo ingênuo, mas você já recorreu à ANS? Tive um problema com a liberação, para mim mesmo, de um procedimento. Gritei, esperneei, ameacei a operadora de processo, fui aos sites de reclamação, à jornais, mas não chegava sucesso, e olha que era com relação a um dos meus rins, mas entrei em contato com a ANS através de mensagem pelo próprio site da agência e em 5 dias obtive a liberação.

    Boa sorte, espero muito que as coisas melhorem em breve.

  • Não sei se a informação serve para alguma coisa,mas o vigilante que trabalha aqui ao lado tem um filho que tem paralisia cerebral e já está na terceira aplicação de botox via SUS e APAE. 0800. a história dele é muito linda, de como ele descobriu os seus direitos, parou de pagar plano de saúde, é bem atendido pelo SUS e com a economia e mais o abono a que a criança tem direito comprou um carro 0km para que possam levá-lo a todas as atividades. Hoje a criança faz várias terapias, tem órtese, prótese, já fez três cirurgias e tem melhorado a olhos vistos, fisica e mentalmente. e como ele diz, "até os remédios são de grátis, com ele eu não gasto nada,porque até a alimentação e as roupas é o governo que paga através do abono".
    Bem, eu só ia dar a informação, acabei me estendendo, pq acho a história linda.

  • Os seus posts são sempre perfeitos quando tratam da insanidade do sistema capitalista e dos males que ele causa sem que a sociedade se dê conta disso minimamente.

    O grande truque do capitalismo é ter criado uma máquina midiática – cinema, TVs, revistas, internet (maior parte) que serve como agente propagador desses ideias, a criança já vai sendo ensinada a achar essas aberrações do capitalismo como coisas "NORMAIS" que são assim mesmo.

    Como o sistema educacional da imensa maioria é pobre e não ensina a pensar, a ter pensamento crítico sobre as coisas – e a elite que tem acesso a um bom sistema educacional, este antes reforça o capitalismo do que o questiona -, está feito o círculo perpétuo da manutenção desse sistema.

    O Brasil é provavelmente o país onde o pobre mais defende o patrão e o direito que este tem de explorá-lo.

    E daí da-lhes ridículos papagaios repetindo críticas que sequer compreendem a Cuba, ou condenando a Dilma "terrorista" e coisas do tipo.

    O fim da concentração da mídia na mão de poucos grupos é urgente para quebrar este pensamento único que torno o povo escravo que pensa ser livre.

    Por fim, você ainda tem acesso aos "luxos" de um hospital particular, mas sei que sabe bem que se sua filha dependesse do INDECENTE E SUCATEADO serviço público de saúde do estado de São Paulo ela não teria tido a mínima chance de vida.

  • Pois é o capitalismo cada vez tira a qualidade da educação e o acesso a saúde daqueles que mais precisam pra dar objetos de capricho para poucos enquanto muitos morrem de fome!
    Desejo que sua filha melhore logo e que de tudo certo, porque uma criança não tem culpa do sistema injusto no qual vivemos!
    Eu tenho um fotolog onde escrevo sobre os problemas causados pelo capitalismo, http://www.fotolog.com.br/ideaiseverdades caso se interesse, passe lá pra dar uma lida!
    Abraços!

Deixe uma resposta