Cuidado com brigas na internet

denúncia

A princípio, pensei em deixar de lado o assunto de que trata este post, mas, como após dois ataques impressionantes que recebi por conta do que faço neste blog acabo de receber um terceiro e perturbador ataque, dei-me conta de que tenho o dever de avisar o meu público do que acabei de vislumbrar, os riscos concretos de brigar na internet.

Aí está coisa que vemos todos os dias, sobretudo os que discutem política na rede, sejam como comentaristas, sejam como blogueiros, tuiteiros ou coisa que o valha.  Todavia, a maioria pensa que essas desinteligências virtuais ficam no éter digital, mas fatos recentes me mostraram que não é assim e que, portanto, há que ter cuidado.

Na quarta-feira, publiquei post dando conta do estado de saúde de minha filha Victoria, da qual tantos amigos da internet sempre perguntam quando nos reunimos fisicamente – no encontro nacional de blogueiros, que aconteceu no último fim de semana, fui perguntado bem umas cem vezes. Esse post gerou um dos ataques mais espantosos que já vi.

O post supracitado trazia uma bela foto da minha menina, uma criança inocente de doze anos que luta pela vida e que tem sofrido com internações longas e recorrentes em hospital, cirurgias e os mais dolorosos procedimentos. Que tipo de ser humano usaria essa criança para atingir alguém de quem discorda politicamente?

Reproduzo, abaixo, comentário àquele post que cheguei a publicar porque escapou do “filtro” durante liberação apressada e pouco atenta que fiz de uma leva de comentários.

—–

Post – Notícias de Vitória

Data – 23 de junho de 2011

Apelido do comentarista – Silvio

E-mail do comentarista – [email protected] (falso)

IP da máquina do comentarista – 189.38.208.135

Texto:

Puta menina feia. Parece o demonio. Tem cara de debilóide mental. Acho que é por essa razão que você apoia esse governo de ladrões do PT e essa corja que nos assalta há 8 anos. Bando de merdas corruptos e sem escrupulos. Você só gosta de coisa ruim, feia e podre. Ela é sua filha ou de Satanás?

—–

Até aí, “nada demais”. Em 2009, quando a minha filha ficou internada por três meses na UTI e comentei o assunto neste blog tomado pelo desespero diante do risco de vida que a criança corria, alguém (a mesma pessoa?) postou comentário desejando a “morte dessa petistinha”. Contudo, outros fatos sugerem que tanto ódio pode não se restringir ao virtual.

No último fim de semana, durante o II Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas, em Brasília, ocorreu um fato surpreendente que pode ser a segunda perna de um tripé de ataques que este post ilustrará.  O nome da pessoa que praticou o que relatarei será omitido porque este texto não é uma retaliação, mas um serviço de utilidade pública.

Durante os vários posts que publiquei neste blog sobre a agonia política do ex-ministro Antonio Palocci, um comentarista se destacou de outros pela quantidade de mensagens contestadoras que publicou, que chegaram às dezenas. Acabei vetando esse comentarista porque começou a fazer ataques pessoais que eu começava a responder.

Na sexta-feira, 17 de junho, cheguei atrasado ao Encontro de Blogueiros em Brasília. O vôo atrasara e o avião que me trazia de São Paulo ficou parado na pista por quase duas horas esperando autorização para decolar devido ao excesso de tráfego aéreo. Quando adentrei o complexo da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio, Lula já tinha falado.

Fiquei por alguns minutos à porta do local do evento e logo apareceu alguém para me avisar de que havia um cartaz com um protesto contra mim afixado no salão principal do complexo da CNTC. Os cartazes me detratando que aquele leitor que divergiu de mim no caso Palocci levou para o evento foram exibidos durante os seus três dias.

Um dos cartazes, no qual prestei mais atenção, tinha mais ou menos um metro por um metro e meio, era colorido e trazia uma montagem em que eu falava ao megafone para um rebanho de bois (se não me engano). Havia uma legenda que parecia provir do megafone em que pedia que acreditassem em mim e outra, como se fossem meus pensamentos, desdenhando dos que acreditavam.

A supersecretária Daniele, do Barão de Itararé, que organizou o Encontro, disse-me que os outros cartazes que não foram permitidos para exibição eram muito piores do que aquele que adivinhava meus pensamentos. E me afiançou que quem os fez queria “acabar” comigo.

Logo após Lula deixar o complexo da CNTC, na sexta-feira, os cartazes foram retirados. Protestei. Disse à organização do evento e a muitas outras pessoas que vieram comentar comigo o ineditismo e a bizarrice daqueles cartazes que deveriam deixar que o protesto fosse feito.

Quem fez o protesto foram dois rapazes. Um deles, o que divergira de mim aqui neste blog, e o outro, seria seu irmão “gêmeo” – quem me disse que eram gêmeos foram outras pessoas no evento. Eram dois rapazes corpulentos e com cara de zangados.

Ignorei os cartazes, que voltaram a ser afixados. Depois, acabei até brincando com eles. Deixei-me fotografar ao lado de um deles, até. Antes, porém, ocorreu um momento de tensão.

No sábado, esses rapazes que fizeram os cartazes me cercaram em alguma parte do complexo da CNTC. Aquele que divergiu de mim aqui no blog chegou se apresentando e já foi me insultando com palavrões e por alguns momentos cheguei a achar que a dupla iria me agredir. E me “recomendaram” que tivesse “cuidado” com aquilo que escrevo.

Obviamente que este blogueiro não se deixa assustar facilmente. Já recebi ameaças antes e sei que fazem parte do “pacote” que envolve meu ativismo político. Disse aos rapazes que não tinha medo deles e os deixei falando sozinhos.

Voltaram a se aproximar mais algumas vezes e, como perceberam que estava até me divertindo com o que fizeram e que a grande maioria dos presentes não dera a menor bola, desistiram de me assediar.

Um desses rapazes, aquele que divergiu de mim aqui no blog, ainda acabou se envolvendo num bate-boca com o Altamiro Borges, pois interrompeu aos berros a palestra do ex-ministro José Dirceu quando a mesa decidiu que não haveria perguntas dos presentes.

No sábado, último dia em que o agressor foi ao Encontro, ao fim da tarde acabou me entregando uma das camisetas do evento que levou lá para vender, provavelmente para cobrir os custos dos cartazes que fez contra mim, que eram vários apesar de só terem sido exibidos dois. Parecia querer enterrar a briga…

Detalhe: ninguém retirou os cartazes no último dia do Encontro (domingo), quando os autores deles não foram.

Essa história dá bem a dimensão do que brigas na internet podem gerar. Imaginem que aqueles rapazes se deslocaram até o Encontro com o objetivo de “acabar” comigo pelo que penso, por minhas opiniões. Gastaram dinheiro, dedicaram-se a parar pessoas no evento para me detratarem e, de início, estavam furiosos.

O que será que aconteceria se os encontrasse em uma rua deserta?

Mas, até esse ponto, ainda não vira o que acabei vendo ontem (quinta-feira, 23 de junho). No fim da tarde, este blog recebeu o seguinte comentário:

—-

Post – Presidenta se fortalece com lei de mídia

Data – 23 de junho de 2011

Apelido do comentarista – VAITOMARNOCU

E-mail do comentarista –  [email protected] (falso)

IP da máquina do comentarista – 295.113.79.459

Texto:

fica esperto otario

—–

Ligando esses fatos, percebe-se que não é exagero supor que algum demente que se irrita com divergências na internet é bem capaz de praticar violências de vários tipos movido pelo ódio àquilo com que não concorda ou até por uma troca de farpas. São pessoas obsessivas e no limiar da insanidade que podem perder a cabeça por uma questão virtual.

Não aceitarei jamais que me calem com ameaças reais ou virtuais. Não aceito mais isso no Brasil. Não me calo. Todavia, essas discussões com comentaristas ou no Twitter ou em qualquer outra rede social não levam a parte alguma. Tornam pessoais divergências de cunho político e podem gerar até uma desgraça, sem falar em processos etc.

Sugiro aos navegantes que evitem os bate-bocas neste ou em outros fóruns na internet. Há muitos psicopatas na rede e não dá para confiar no bom e velho dito popular de que cão que ladra, não morde. Alguns ladram e mordem. Cada vez mais me convenço disso.

292 comments

  • Fui ao II Encontro dos Blogueiros em BSB e ví dois destes cartazes. Olhei sem compreender a mensagem. Primeiramente pensei que tivesse sido você quem mandou fazer os cartazes. Somente após ter lido seu blog foi que entendi por que as mensagens eram incompreensíveis para mim.
    Eduardo, estas pessoas podem está sendo paga por terceiros para fazer intimidações a você. É uma possibilidade. De qualquer maneira eles mostraram a cara. Que o Onipotente Criador atue em seu corpo, mente e alma hoje e sempre.
    Abraço.

  • Meu caro Edu, admiro sua seriedade e mais ainda, sua coragem no enfrentamento destas questões. Faço questão de reproduzir este artigo, a exemplo de tantos outros. Embora entenda sua preocupação, e concorde que devemos nos precaver, não podemos nos curvar e não nos curvaremos a este tipo de intimidação. Jamais.

    • Ué? Nazistas perigosos no encontro de blogueiros “progressistas”?
      Ter PHA, representante do Bispo Macedo, encabeçando os “progressistas”, só poderia ter dado nisso.
      O Azenha e o Nassif já pularam fora, por que será?

        • É, Zeza, se vai, é chapa branca e recebe dinheiro público. Se não vai, é motivo para desqualificar todo um movimento.

          O que eles querem é discordar pura e simplesmente. Mas ir ao cerne e travar uma discussão que traga crescimento ao debate, não!

          Depois reclamam dos indicativos de trolls.

          Mas vamos em frente.

          Um abraço.

  • E me “recomendaram” que tivesse “cuidado” com aquilo que escrevo.

    Afinal de contas o que é mesmo que vc escreve de tão grave,

    A única gravidade não tem a ver com o conteúdo mas com a forma com que vc escreve, isso que incomoda. Enfim, a audiência incomoda, e se há audiência é porque há gente lendo. Se há gente lendo é porque há entendimento, as pessoas compreendem de forma rápida suas mensagens. Este entendimento se dá por causa da forma com que vc escreve. Voltando ao início: não é o conteúdo e sim a forma, isso que incomoda.
    A dupla de “gêmeos” musculosos na verdade te reconderam que tenhas cuidado como escreves.

    A nossa solidariedade

  • Edu, pego dos versos da Linda Ponteio, de Edu Lobo/Capinan para vc:

    “Era um dia, era claro, quase meio, era um canto calado, sem ponteio
    Violência, viola, violeiro, era a morte em redor mundo inteiro
    Era um dia, era claro, quase meio, tinha um que jurou me quebrar
    Mas não lembro de dor nem receio, só sabia das ondas do mar
    Jogaram a viola no mundo mas fui lá no fundo buscar
    Se eu tomo a viola, ponteio, meu canto não posso parar… não!
    Quem me dera agora eu tivesse a viola pra cantar

    Quem me dera agora eu tivesse a viola pra cantar

    Quem me dera agora eu tivesse a viola pra cantar

    Quem me dera agora eu tivesse a viola pra cantar, pra cantar, pontear ”

    Segue em frente, amigo, mais tens a te apoiar do que a te ‘aperrear’!

    Abraços a vc e a Victória.

    Saroba

  • Acho que não seria “revanche” revelar os nomes dessas pessoas, afinal elas se tornaram públicas ao se mostrarem poravozes do PIG paulista. Devem morar perto da nossa casa aqui no centro de SP ou em algum condomínio de luxo. Gostaria de saber ainda se não são financiados por “alguém”.

    Me impressiona muito sua coragem Edu, mas precisamos nos proteger afinal ativista no brasil (e em SP) geralmente são desprovidos de proteção. Sinto pelos seus familiares, estranho é o mesmo não ocorrer com quem se manifesta de forma contrária. Não tem um tucano por aí encarregado de coordenar esse tipo de agressão na web? Tinha uma superequipe engajada no twiter, facebook e etc…?

    Será que não estão apliando os horizontes? Meu o pior de tudo é saber que São Paulo está ficando pra trás por causa desse tipo de cretiniçe. Está enraizado nesses descendentes europeus hipócritas. Falam mal do brasil quando saem daqui, não se dizem brasileiros, votam no Tiririca (embora tenham atirado em um e acertado em outro) como “protesto”, sustentam um TUCANATO de 20 anos e se dizem ainda donos da opinião pública.

    Nem o Bolssonaro parece ter perfil assim. Enquanto puderem se esconder por aí…..mas esse é o perigo…

    Desejo muita sorte pra você e sua família Edu, saiba que principalmente por você não ser jornalista que considero muito sua opinião ponderada e abrangente.

    Não se esqueça, no brasil não há justiça para a maioria…principalmente em São Paulo ainda existe o sistema da ditadura, com imprensa, judiciário, elite e executivo engajados em manter são paulo nos anos 70 do súclo passado.

    Proteste contra o governo estadual…..bateram em estudantes, em bombeiros, e até em policiais civis, sem contar os trabalhadores que são carne de pescoço.

    • São financiados com o teu dinheiro, através da Petrobras e outras empresas que usam dinheiro público, ou de governos petistas. Aliás, pra ser bem exato, são financiados pelo Barão de Itararé, que por sua vez é financiado com dinheiro público.

      • Este heterônimo é novo por aqui.

        Qual dos heterônimos deixou de ser usado para usar este?

        Por acaso este heterônimo é assalariado do grupo do ex-Graeff?

      • Eduardo, um dos pilares para que essas ameaças comecem e se tornem frequentes são os comentários desses “trolls” que você, democraticamente, deixa passar. Eles estão por aí para isso mesmo: criar cizânia. Alimentá-los é colocar-nos a todos, e não só a você e seus familiares, em risco. Eu, por exemplo, sempre me identifiquei com o nome completo. Esse “troll” Jaime já disse que ele não é ele, é sabe-se lá o quê ele é? Isto posto, se vale o alerta, vai o bordão: nao alimente o troll, pois poderás ser devorado por ele. E outra coisa, Eduardo, desculpando-me antecipadamente por alongar-me: já não chega nós, do espectro político de esquerda sermos pautados pelo PIG, somos pautados também por estes “trolls” nos vários blogs progressistas. Eles vem com um papo meio “cabeça”, chama a atenção de todos e quando você vai perceber o objeto do post perdeu-se nas discussões comezinhas. Pode levantar no seu blog mesmo, ou até neste comentário do Jaime que não é o Jaime. A direita é extremamente estrategista, e nós, de esquerda, coléricos, ficamos respondendo às provocações e perdendo cada vez mais o nosso foco: a defesa de um governo que deve dar continuidade ao que foi bom e cobrar avanços no que ficou devendo o do Presidente Lula. O resto, amigo, delete e mande chorar no blog do tio rei. Abraço e atenção ao dar alimento aos porcos.

  • Nossa! Isso deixa a gente de boca aberta. Podem te acusar de tudo nessa vida, Edu menos isso de usar da sua filha, isso sim é de deixar nos nervos. Poxa, uma criança não tem nada haver com os embates virtuais. Como professora e Psicopedagoga me vejo no dever de apoiar sua família, mesmo que seja solidariamente, contra estes maníacos virtuais.

  • Edu,
    Não importa quantas vezes já tenha visto atos virulentos e odiosos,sempre choca.Vou continuar me indignando ,não quero me acostumar. Mesmo que as palavras bestiais não tenham nenhuma força de macular a nossa amada Vitória,devemos afastar esse montrengo para junto de seus pares.Percebi um aumento de provocadores e com isso aumentou a tensão,eu mesmo que não costumava responder mutas vezes não resisti ,principalmente depois do caso Palocci.No início você pensa que é uma divergência bem intencionada,depois percebe que é um chato ou um provocador(isso com os novos).Agora os nomes já estão manjados.As ameaças Edu devem ser investigadas porque crime é crime em qualquer lugar.Isso tudo é muito absurdo ,muita covardia.Os covardes realmente não merecem atenção,melhor deixar falando sozinhos até voltarem para seus buracos.Um abraço e beijo na Vitória.

  • Edu,

    fico assustada com esse tipo de coisa. Claro que as pessoas têm todo o direito de não concordar com você, podem fazer protestos e tudo mais, mas partir para agressões (de qualquer tipo) já é demais.
    Acho um absurdo extremo ofenderem você e sua filha, ainda mais dessa maneira, não há razão nenhuma para isso. Acho também horrível protestarem da forma desrespeitosa como estão fazendo. Se querem mostrar que não concordam com você, ok, mas tudo pode ser feito de forma civilizada, certo? Já que é para discutir e protestar, que seja algo construtivo, que leve a um debate, mas não agressivo. Se bem que pelo jeito isso seria querer demais, né…
    Essas ameaças que você tem recebido podem ser coisa de desocupado mesmo, mas nunca se sabe, como você mesmo disse. Acho que o melhor a fazer é entrar em contato com advogados e com a polícia. Um absurdo termos que pensar nisso, mas infelizmente às vezes é necessário…
    Você tem o meu apoio!

  • Edu, é sempre bom deixar bem claro que os dois rapazes são “progressistas” como você, certo?!
    Ai, quando educadamente alguém contesta o que você escreve ou discorda de que Lula seja o Cristo ressuscitado, é agredido violentamente e chamado de “Troll” por estes mesmos “progressistas”.
    Você, até creio, por ingenuidade, está fazendo o mesmo que PHA e Nassif fazem por questões comerciais: criam monstros radicais capazes de tudo.
    Não quero aqui, acreditem!, fazer propaganda pro PSDB ou pra quem quer que seja, mas acho este um momento oportuno para que aqueles mais sensatos analisem as coisas que estão ocorendo no Brasil. Corruptos estão soltos e não podem sequer serem questionados porque são petistas ou da base aliada. Ninguém pode emitir sua opinião porque corre o risco até de morte por estes lunáticos esquerdistas de merda. E esses idiotas que não queriam deixar o Eduardo se manifestar fazem isso em nome de quê: da liberdade de expressão!
    Edu, espero nunca ter de lhe dizer, com relação a estes dois radicais, que vocês se merecem.

    • Como não quer ser chamado de troll? Isso que você escreveu é uma trollagem de muita ma-fé.
      O Edu alertou sobre desavenças na internet que podem descambar para algo mais sério. Deixou claro, com o exemplo dos gêmeos, que pode acontecer entre “esquerdistas” e petistas, que supostamente estão do mesmo lado.
      Você vem e tentando mostrar-se solidário, utiliza o relato não ideológico do Edu para desancar “petistas corruptos” que além de ladrões do dinheiro público são “potencialmente violentos”.
      Isso é trollagem covarde e velhaca

    • Taí Eduardo, escrevi meu comentário acima sem ter lido este outro cometário desta figura. Este comentário é a assinatura da ameaça que você recebeu. Preste atenção em todas as palavras dele e reflita. Queres o criminoso? Está ficando quente!

  • Triste isso, é pensando nessas coisas que não tomo a iniciativa de ter um blog, pois já vi brigas de adolescentes blogueiros deflagrar agressões sérias em estabelecimentos escolares, algumas, inclusive, resultarem em BO policial. Acho você e outros blogueiros progressistas muito corajosos, parabéns.

  • Comigo aconteceu um caso em que o sujeito fez uso de má-fé.

    O sujeito (que também não citarei o nome porque não vem ao caso tendo em vista apenas alertá-los da má-fé como expediente recorrente dos que querem confusão) iniciou uma conversa no twitter que em princípio me pareceu amistosa e eu dei prosseguimento. Quando de repente o sujeito se virou, pegou um trecho do diálogo, e partiu dizendo que já tinha a prova que precisava. Seguiu com acusações de que eu fizera ameaças à pessoa dele, chegando ao ridículo de comunicar o factóide a uma senhora, procuradora do Ministério Público, que pelo teor da conversa, repassada pelo sujeito a ela, deve ter concluído que não passava de uma conversa boba.

    Lição: nunca confiar em estranhos, como desde criança nossos país nos alertam.

    • Vc me ameaçou fisicamente.

      Rastreou meu endereço comercial, ameaçou vir ao meu estabelecimento comercial e me dar uma surra se eu não me comportar no Blog Cidadania, e ainda ameaçou explodir minha loja.

      Seu debilóide.

      Só não entrei com processo contra vc, pq o Eduardo colocou panos quentes.

      Quanto ao Ministério público, com os fatos em mãos, fui aconselhado a procurar a Delegacia de crimes virtuais.Inclusive recebi nome tel e email da pessoa que estaria a cargo de meu processo.

      BABACA

      Se vc acha que é brincadeira ficar ameaçando as pessoas, vai em frente seu idiota energumeno.

      Vai fundo

      Ja falei, mais uma sua e eu te processo.

      Não vem aqui neste espaço brincar de esconde esconde.

      Obviamente este comentário será devidamente censurado.

      Mas fica aqui meu registro Sr. Eduardo.

      • Este Ex-Christoph ou será Campineiro? Ou será Ex-Campineiro ou então outro heterônimo? Este Ex-Sei Lá que Nome Assume também é um daqueles famosos heterônimos que vem neste blog ameaçar de processar as pessoas?

        Por que será que todo heterônimo ameaça de processar as pessoas que criticam as ideias destes heterônimos?

        • Sujeito sem educação.

          A sua especialidade é catar coquinhos e ameaçar processar as pessoas?

          Vê-se que isto é uma característica dos heterônimos!!

    • Pessoal,

      Faltou comentar sobre o II Encontro de Blogueiros Progressistas em Brasília que o Eduardo citou no texto. Foi um espetáculo. Lula arrasou na abertura. E ainda teve palestras da Luiza Erundina, José Dirceu e Brizola Neto, além de outras feras.

      Não percam o próximo que deverá acontecer em Salvador-BA.

      É uma delícia curtir a oportunidade de estar pessoalmente com os feras da Blogosfera Progressistas. E na hora do bate-papo no boteco então… viiixe mãinha, vocês não imaginam a felicidade que é.

      É a prova de que a Blogosfera Progressista deve ser apreciada de forma prazerosa. Degustada, sorvida.

      Vamos curtir. Isso aqui é uma delícia para quem sabe aproveitar. Deixemos o mal humor para quem é mal humorado. 🙂

  • Edu fica triste não, voce tem que aguentar essas sandices de gente estranha. Eu aturo coisa parecida (sem agressão física) na família e amigos, imagino que daqui a 10 anos a maioria da classe média (não é alta , não) será nazifacista. Aqui em Teresópolis, onde moro, não conheço uma só pessoa socialista ou pelo menos progressista.
    Saúde para Vitória.

  • Apresento minha solidariedade de leitor assíduo e admirador de seu blog.
    Cumprimento-o pela qualidade de suas postagens e pelo bom senso de suas colocações.
    Discordar e contraargumentar faz parte do processo dialógico que leva ao crescimento dos contendores em debates.
    Infelizmente, tem gente que pensa com o fígado ou sei lá o quê.
    É uma pena haver esse tipo de intimidação / intolerância em nosso democrático espaço virtual.

  • Estou contigo e não abro. Conheço seu blog há alguns anos e não comento muito pois grande parte das vezes aquilo que desejo comentar já foi dito por algum outro leitor e, para garantir uma boa fluência nos comentários, me abstenho de repetir argumentos já expostos.

    Gosto demais daqui pois tenho uma afinidade ideológica muito grande com você. Gosto do seu estilo “radical”, mas a conotação positiva da palavra: você é um humanista e intransigente em relação a isso. Essa talvez seja a sua maior virtude, a de defender a dignidade da pessoa humana acima de tudo.

    Com relação aos dementes que te ameaçam, não vejo isso como uma coisa estranha, nova. Ameaças àqueles que ousaram levantar a palavra contra a “ordem” estabelecida sempre existiram. O que acontece, creio eu, é que com o advento da Internet e dos blogs, várias pessoas resolveram levantar a voz contra as mazelas que há décadas assolam nosso país. São idiotas acostumados a tempos antigos e que não toleram a capacidade de pensamento alheia, pois eles mesmos são incapazes de pensar.

    Sou apenas um reles trabalhador, mas com a consciência de que podemos fazer mais por nossos semelhantes.

    Coloco-me a disposição para auxiliá-lo naquilo que for possível.

    E, como diria o poeta, não se preocupe. “Quem semeia vento, diz a razão, colhe sempre tempestade.”

  • deixo aqui minha total solidariedade ao Sr. e vossa familia, desde o segundo turno da eleição , venho constatando a mudança de atitude, por parte dos psdbistas aqui de são paulo, com relação a discussão politica apelando a intimidação , tentativa de desqualificação e ameaças , chegando a ligarem para patrões a fim de que estes se concientizem do perigo petista dentro das empresas, enfim esperemos que tudo isso seja apenas o rescaldo daquele clima da eleição mais suja da história desse país.

    • Você está preocupado com as ações de gente do PSDB???
      Esses dois malucos são tucanos ou petistas?
      Oras, se alguém aqui ficou chocado com o que Eduardo Guimarães escreveu no Post, é simples, esses dois malucos são facilmente identificáveis, devem, inclusive, ter blogs “progressistas”, é fácil saber quem são e, principalmente, a quem estão ligados.
      Mas eu compreendo vocês todos, é bem mais fácil jogar a culpa no PSDB, como o mestre Lula lhes ensinou. Como assumir que vocês foram enganados durante toda a vida militando para o PT? Eu imagino, não deve ser nada fácil assumir que jogaram suas vidas foras apoiando Lula, Zé Dirceu, Genoíno, Palocci, Delúbi Soares, Erenice Guerra e tantos outros santos.
      Que país vocês estão construindo para nossos filhos e netos?

      • Jaime,

        Pela resposta obtida por seu comentário, deve ter tocado na ferida.

        Tenho sempre observado que uma das forças que movem os devotos de qualquer seita, é ( além da fé obviamente…) o desejo de estar certo; ou, de outro modo: o medo de se reconhecer no erro.

        Daí essa fúria contra qualquer um que pretenda demonstrar o erro…

        E, o mais fácil, o que está mais à mão, nesta hora, é rotular de “troll” o “dissidente” ou o “herege”.

        Parabéns pela sua lucidez e pelo bom nivel de seus comentarios.

        Não se deixe levar pelos esperneios, pelas tentativas de ofensa….

        Quem acompanha o blog, quem lê os comentarios sabe distinguir muito bem quem argumenta de quem apenas xinga….

        • Como chamar de argumentação e não tollagem, o sujeito chegar aqui e desvirtuar o alerta do Edu? Um alerta que ao citar os dois “esquerdistas”, apenas frisou que o perigo é que discordâncias políticas descambem para o lado pessoal, independente da ideologia dos discordantes.
          Aí o sujeito aproveita o exemplo desses dois esquerdistas sem noção e solta seu proselitismo tucano anti-petista. Proselitismo nada, que o argumento dele é muito fraco para ser chamado assim. É trollagem oportunista e velhaca.
          E se você lhe dá o parabéns por isso, apenas se iguala a ele. Lamentável

        • O cara escreve “lunáticos esquerdistas de merda” e ainda é elogiado pelo bom nível dos comentários. Imagine quando baixar o nível! Cada cabeça uma sentença. A mais nova estratégia dos trollzinhos (copiada, é claro) é elogiarem-se mutuamente. Kkkkkk

  • O que aconteceu com o Eduardo Guimarães é mais uma prova de que alguns dos comentaristas que criticam as posições de Eduardo (e da maioria dos comentaristas) são regiamente pagos por um grupo e que esse grupo age de forma fascista e ameaçadora. Estes sujeitos sempre vêm a este blog ou outro ameaçar de processos ou de querer encontrar as pessoas fisicamente para resolverem as questões em discussão do blog. Eles são realmente dementes, doentes mentalmente, pessoas desqualificadas para agir numa sociedade democrática, pessoas que querem ganhar a discussão ameaçando que vai processar (e isto eu já li várias vezes) e pessoas que mandam dezenas de mensagens num mesmo tópico (tentando convencer por osmose que a sua ideia reacionária é superior).

  • Que loucura isso, Edu. Quem mandou esse e-mail a você não passa de um doente, um louco completo! Não tem como denunciar a pessoa, já que você tem o IP dela guardada? Com relação aos cartazes, eu também, no início, não entendi muito bem do que se tratava, mas depois, quando li melhor as frases que lá estavam, imaginei que alguém mal-intencionado tivesse feito aquilo. Para ser sincero, não estava entendendo por que aquilo havia sido permitido, mas vi você passando algumas vezes ali por aquele corredor principal e admirei seu sangue frio.
    Abs

  • Puts. ter que aguentar esses “comentários” de desequilibrados covardes que xingam crianças doentes. E senão bastasse isso ainda ter que aturar boçais “de esquerda”?
    Edu, sua coragem é louvável, mas não és superhomem. Que tal vocês blogueiros de ponta levar adiante a sério e o mais rápido possível, o projeto de criar um corpo jurídico para protegê-los?
    Eu sei, tem a questão financeira. Nós membros do MSM, exetuando alguns poucos, não chegam junto como se proporam. Mas sendo a coisa grave assim é preciso uma maior mobilização. Se for agredido, pelo que escreve aqui, me sinterei responsável também

  • Caro Edu. Total solidariedade! Já sou sexagenário. Sempre achei que o povo brasileiro fosse um povo cordial; e no geral é. Mas só através da internet é que descobri que o ódio das classes mais favorecidas é muito maior do que eu imaginei que existisse por aqui. Sou de classe média e meus relacionamentos familiares e de amizade também, na sua maioria, o são. Quando comecei a usar o Facebook, descobri quão decepcionante. egoísta e muitas vezes agressivo é o comportamento de um grande número deles. O que a Globo, a Veja, a Folha e outros meios dominantes da imprensa diz, é lei para eles. Não há discussão, não há argumento contrário que os faça pelo menos pensar. Por isso eu abandonei essas redes. Quando é inevitável um contato pessoal evito ao máximo falar qualquer coisa mais séria do que futebol e outras futilidades. Infelizmente não sou como você. Minha saúde fica afetada com tanto preconceito.
    Um abraço e felicidades a você e sua linda família!

    P.S. Isso tudo não significa que não tenho um olhar crítico para o que julgo de errado na esquerda. Senão seria um cego e fundamentalista como os que acima critiquei.

  • Olá grande Edu! Como disse, não pude ir ao encontro por meu ofício e estava em um encontro de bancários no Ceará naquele fim de semana.

    Acho que você precisa tomar alguns cuidados, sim. Com relação à agressões físicas (quero dizer), pois elas ocorrem sem mais nem menos. Infelizmente isso é real. Mas, estou contigo também companheiro! Se precisar, é só nos chamar.

    Abraços a você e sua linda família, William Mendes

  • Edu, me orgulho de ser um de seus leitores diários, ou melhor, quase que diário. O que me dá esse orgulho é reconhecer a sua clareza de ideias, posições, seu amor, sua coragem e determinação.

    Lembro-me do episódio daquela ameaça real, à noite, quando você, para fumar, estava ao lado do Hospital Sta. Catarina onde acompanhava a Victoria em mais uma das vossas lutas vencidas. Uma ameaça ao vivo e em cores, cores da covardia, é bem verdade, mas em cores.

    Lembro-me, também, daquela mensagem que recebeste na qual um sujeito escancarava o sigilo da sua vida finaceira e fiscal, ainda, até, se arvorando de PF ou de fiscal da RF, se bem me lembro. Absurdo!

    Além de outras ocasiões baseadas em simples comentários absurdos, sujos, covardes e pequenos.

    Sei que não és ingênuo e nem estás desamparado, no entanto não custa reafirmar, cubra-se de provas e informe tudo às autoridades, pois, bem sabes, estes também são atos de cidadania e para o bem desta.

    Vale o seu alerta de que não vale a pena nos envolvermos em discussões com quem não quer discutir e nem sequer entender. Valeu.

    Só a título de curiosidade, como ficou aquela situação da quebra ilegal do seu sigilo fiscal?

    Caso não queiras publicar este comentário, entenderei. Meu objetivo, afinal, é declarar-te o meu apoio, mesmo que insignificante frente à sua luta.

    Um grande abraço.

    • Tranqüilo, pode falar. Não fui atrás. Não me preocupo com isso. Já ameaça física é outra coisa… Contra essas, já tomei providências.

  • Pelo jeito, os caras devem ser psicóticos, o pior tipo que existe (O dr. Guido Palomba explicou esse assunto outro dia num programa de rádio – o sujeito vive em uma realidade paralela) Por via das dúvidas é bom andar com spray de pimenta!

  • Inacreditavel Edu!

    Mas desde que o blogueiro aqui do Rio que critica o governo Estadual e Municipal sofreu um atentado, vejo que o desespero do establishment. Certamente esta dupla que fez estas ameaças deve ter costas quentes e muito $$ por tras. É importante que você torne publico não só suas imagens, como nomes e IPs e apresente uma denuncia formal. Ë contra esta minoria radical e belicosa que temos de nos posicionar, conte com minha solidariedade.

  • Caro amigo Edu…

    Me solidarizo com você e assino em baixo todas as suas palavras e recomendações…

    Como sabes, ocupo uma das cadeiras da Câmara de Vereadores da pequena, mas nem tão pacata Rolândia aqui no Interior do Paraná…

    Como sou o 1º vereador petista eleito na história política da cidade e como tenho dedicado o mandato a mim conferido para fiscalizar com veemência a aplicação dos recursos públicos já fui também vítima de ataques rasteiros pela net, circularam e-mails distorcendo meus pronunciamentos na Câmara, no orkut fakes e trolls tentam constantemente me denegrir e me atacam no campo pessoal…

    A princípio parti para briga e gastava muito tempo elaborando respostas e justificativas para cada um dos temas levantados… O que gerava ainda mais ataques rasteiros e sórdidos…

    Depois de algum tempo e de ouvir as sensatas palavras de minha amada esposa Margarete, passei a simplesmente ignorar fakes e trolls e a rir da situação…

    Os ataques diminuíram sensivelmente!!!

    Deixei aqui esse pequeno depoimento para mesmo que de forma simples e humilde ratificar essa postagem feita por ti!!!!

    Um forte abraço e força na luta, pois estamos contigo!!!

  • Edu, publique a fotos dos fortões, vamos ver como eles se comportam ao passarem de perseguidores a perseguidos.

    Continue em frente.

    Saúde para a Vitória.

  • Olá Edu

    Lamentável, que as pessoas não consigam manter um debate qualificado, que sejam intolerantes. Concordo que você não deva aceitar essa intimidação, mas de qualquer forma, contate as autoridades tá cheio de doido na net.

    Abraços

  • Edu,
    Até Jesus, que só pregava o amor, teve seus desafetos e incomodou muito por seus ideais.
    Mesmo sem te conhecer pessoalmente, percebe-se que você procura ser justo e que anseia pelo bem comum, então isso incomoda os que gostariam de manter as coisas como eram antes do governo Lula (concentração de renda entre as minorias) e o governo trabalhando para os ricos.
    Você é um cara do bem, que nos esclarece o outro lado da moeda do que a imprensa golpista noticia.
    Sou sua fã, leio todos os dias o que escreve e assim como você me sinto indignada com muitos acontecimentos absurdos na nossa política.
    Esse post falando da sua filha muito me entristece, pois fico imaginando até onde vai a maldade de uma pessoa, que tem coragem de atacar uma criança.
    Por outro lado, sinto-me confortada por saber que existe a ‘lei do retorno’, ou seja, tudo o que fazemos de bom ou de ruim, tem retorno.

  • Edu,
    não se assuste, eles agem assim porque eles é que tem medo. Já encontrei vários sujeitos estranhos tipo esses em debates na blogosfera, eu já vejo quando são bandidos logo no início, são trolls em sua maioria e sempre apelam à liberdade de expressão… Incrivelmente esse argumento deixa muita gente em dúvida se deve aceitar tanta violência em nome da tal liberdade, como se liberdade de expressão pudesse incluir as baixarias todas que vemos.
    Teve um troll que ao final do debate, já sem qualquer argumento e percebendo que não conseguia mais atrapalhar o rumo da conversa nem baixar o nível, ele então se revelou policial aposentado. Não intimidou ninguém, a conversa seguiu, tempos depois ele foi expluso do grupo (mas ele fez um grande estrago, muita gente saiu, deviam ter tirado ele antes)
    o seu blog incomoda por sua honestidade e simplicidade.
    Não desista nunca!
    Um grande beijo para Vitória, a menina mais linda e querida da blogosfera.
    Bjs.
    ps: Não hesite, bloqueie esses comentários, tire esses cartazes, isso não é liberdade de expressão.

  • Fala Edu! Blz cara?
    Ninguem chuta cachorro morto. Essa sequencia de fatos é sinal que vc ta no caminho certo.
    Força ai e grande abraço!

  • cuidado, Edu. se eu mesmo ja fui ameaçado por “amigo” tucano, imagino desconhecidos o que nao sao capazes. amlém disso, o ambiente politico ta virulento. me chama atençao ele usar o nome de “satanás” nesse contexto. como vc defende causas humanitarias tbm, dentre as quais os direitos dos LGBTT, pode despertar raiva de malucos religiosos (que nao sao poucos) patrulhando pela rede… foi uma impressao, enfim… abracos.

  • Prezado Eduardo
    Em primeiro lugar eu acho que você não deveria publicar os comentários desses trolls nazistóides. Por outro lado, se a agressão for ao vivo esses CANALHAS têm que ser denunciados imediatamente à Polícia Federal e desmascarados publicamente. É claro que tem gente graúda atrás disso, provavelmente alguém a soldo dos PIGs da vida. NÃO PODEMOS DEMONSTRAR NENHUM TEMOR. Eu sei que é fácil dizer isso batucando as teclas de um computador e muito mais perigoso MOSTRAR A CARA como você corajosamente sempre fez. Mas de uma coisa não tenhamos a menor dúvida: VAI SER DAÍ PRA PIOR! A apresentação de uma nova lei para as comunicações (“Ley de Medios”) será crucial para o futuro do país.
    Infelizmente, essa lei só sairá na “PORRADA” e quando digo “PORRADA” não me refiro a nada fora dos caminhos constitucionais, mas sim a uma DECISÃO férrea de um governo apoiada na vontade inquestionável do povo que o elegeu. Se me perguntarem se eu acho que isso vai acontecer, como no caso da Argentina, pelo andar da carruagem eu diria que não.
    Mas continuemos tentando. Sem medo. Pelo menos vamos desmoralizar essa mídia safada que há tanto tempo mantem os grilhões da ignorância e da alienação sobre o povo brasileiro.

  • Amigo Edu,penso que politica se faz por amor a verdade e não por ódio a mentira.Seu artigo vem de encontro a minha posição quanto aos militantes de esquerda e socialistas,que agem com a intolerância da direita.O que a esquerda tem que entender é que o que nos une é maior do que o que nos separa.Não se deixe intimidar por esses radicais intolerantes.

  • Nossa Edu, que absurdo isso! Tô pasma! Não dá pra acreditar num absurdo desses.
    Bom, antes de mais nada, receba meu carinho. Eu, que tive a felicidade de conhecer a Victória pessoalmente e de abraçar a ela e a sua família que me recebeu tão bem, não posso aceitar esse tipo de coisa.
    Só fico admirada com sua coragem e seu sangue frio. Isso é pra poucos.

    Uma arma nas mãos de sujeitos como esses, causaria estragos de grandes proporções. Pelo menos pra esses também causaria.

    Eu confio em Deus, Edu. Confio tanto, mas tanto, que tenho absoluta certeza de que isso não está passando despercebido aos olhos Dele! Confie também. Mas a justiça daqui da terra também precisa tomar suas providências, então, faça o que tem de ser feito pra que isso sirva de lição aos demais.

    Como eu sempre digo: liberdade é bom, mas há que se ter responsabilidade!

    Veja os casos dos pitboys contra os gays, os elitistas contra a “gente diferenciada”, os ataques contra nordestinos, entre tantos outros casos de intolerância que presenciamos nos últimos tempos.
    Precisamos acabar com isso. Quando a justiça começar a punir esses fulanos, o exemplo começará a fazer com que os demais pensem 200 vezes antes de postar o que querem, em nome da “liberdade de expressão”.

    Força, Edu! #TamoJunto

    Beijo pra você e pra família!

  • Edu,

    Todo apoio a você e a sua família.
    Mas penso que a PF deve ser acionada. Foi grave, e a impunidade fomenta outras ações, as vezes mais graves. A questão não é se é de esquerda ou de direita, mas a ação em si.
    Como disse Brecht
    “Na primeira noite, eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim: não dizemos nada.
    Na segunda, já não se escondem. ”

    Não espere o cão ser morto…

    Ana Paula

  • Edu,

    Fiquei muito triste com os fatos relatados acima. Acompanhamos e torcemos por aqui pela saúde de sua filha. Uma pessoa (se é que podemos chamá-la assim) que faz uma comentário deste tipo sobre uma criança é capaz de coisas que nossa imaginação não consegue alcançar.

    Quando postei no twitter minha foto que tirei com você no Encontro de Blogueiros, recebi vários tweets agressivos e depreciativos, apenas ignorei e bloqueei.

    E o que mais me deixa indgnada é que usamos as nossas fotos, as nossas caras, a nossa família verdadeira, nossos próprios nomes para falarmos virtualmente. Sem máscaras. E quem nos ataca, geralmente, está escondido em um avatar falso, nome falso, endereço eletrônico falso. De quem é a verdade no meio de tudo isso, dos que assumem ou dos que se escondem?

    Continue firme!

    Há-braços (para lutar)

  • Olá Eduardo!!!
    Quando vc se posiciona, de certa maneira, provoca algumas pessoas que se revelam nestes comentários que optaram por um país excluisivista, injusto, homofóbico, preconceituosos, portanto, serristas.
    Parabéns pela sua luta que extrapola a macropolítica e demonsta que a política se dá no cotidiano, como se revela no seu amor de pai.
    Abraços à sua eterna e terna família.
    Carlos

  • Cara a tolerância é um dos valores que não passa pela educação destas pessoas que acredito estejam sendo pagas para fazer bagunça. É a mesma idéias dos hackers, quando mais se dá bola, mais eles gostam. Eu registraria tudo, fotos, ips etc e daria ciência às autoridades. No mais, estamos juntos apoiando você. O deputado Neder está sofrendo ameaças de morte porque denunciou um esquema no Hospital dos Sorocabanos, hoje está com proteção policial.
    A direita não quer diálogo, quer imposição.

    • E depois, eles são os “civilizados” de boa cultura européia/americana. Só cultura. Humanidade, nenhuma. Os torturadores nazistas ouviam Vagner enquanto davam ordem de bombardeios sobre inocentes.

  • Este tipo de intolerância me deixa depresivo. Imagino estas pessoas repassando a intolerância a seus filhos, precisa tomar providencias jurídicas acho que este é o caminho da educação para os “ignorantes” não é questão de medo mais de cidadania. Sucesso.

  • Só mesmo um demente, um espírito das trevas para escrever o que escreveu em relação à sua filha, Victória.
    Eles se valem da covardia do anonimato. Esses dois de Brasilia mesmo, devem ser dois baderneiros profissionais. Estão a mando de alguém. Receberam uma merrequinha para fazer aquilo. Se agissem por convicção, não tirariam fotos com você. Talvez sejam de Brasilia mesmo. Mas, todo cuidado é pouco. Como diz o Dalai Lama:” Confie em Deus mas tranque o seu carro”. Nossa solidariedade a você e sua família.

  • Vamos a luta .
    Bem achou que algo neste pais foi dado de graça se enganou muito .
    Lembro dos rapazes ,mas como não fiz parte dos coordenadores não sei a tendência dos mesmo.
    Mas conversei com eles e percebi que unica coisa que eles queriam era vender camisetas e venderam e muitas .
    Isto não desqualifica o encontro ,porem o relato e somado a fala de Comparato nos mostra que apenas cobrar e fácil ,gritar pular a questão é fazer e fazer certamente não agrada a todos .
    Hoje temos direitos ,mas pouco lembramos dos que morreram para nos garantir estes ,principalmente os que vem aqui criticar opiniões visto que os que eles defende pregaram pelo silencio,acho quem em memória destes estes deveriam fazer o que os seus caciques sempre pregaram calar a boca a seguir os seus caciques .
    Questão de ordem .
    Problemas sobre organização deve ser resolvido pela organização .
    300 não tem medo de 2 vamo pro pau .
    manifestar se sim intimidar não.
    Agora pedimos para nossos parlamentares ir para o pau ,PT ir pro pau todos com endereço fixo .
    Dilma enfrentar a todos e fazer sempre como nos queremos e nunca como em democracia partidária e representativa .
    Bem sem uma maioria ,sem apoio nada sera mudado .
    Edu quanto mais queremos ,mais conquistamos ,mais lutamos ,ficara pior afinal os incapazes ou capazes apenas pelo poder não vai querer perder o de sempre .
    Sugestão para encontros .
    Temos a coordenação geral esta é soberana .
    Agora deve se estabelecer a coordenação no local de encontro.
    Encontro com 300 ,30
    Encontro com 1000 ,100 responsáveis eleitos nos encontros estaduais por cotas de estado .
    Graças a liberdade teremos pontos de vista diferentes,
    Os coordenadores do encontro cuidara apenas das coisas praticas referente ao encontro ,segurança manutenção do dialogo e diferenças .
    Marreteiros que podera vender algo no encontro afinal a custo e melhor seria vender apenas camisetas do barão ou dos que transmitiram o evento .
    E sala da democracia para garantir o direito de todos .
    Organizar não é crime ,não concordar é direito ,mas intimidar ,ameaçar ,intimidar não .
    Bem como tudo na vida tem dois lados a sala da democracia resolveria isto em 2 minutos .
    Lembranças ao exilado de Marilia que esteve no encontro .
    E ele não saiu na foto e não é famoso ,muitos não saberá por tudo que ele passou e passa .
    valeu Edu

  • Em primeiro lugar quero salientar que e totalmente inaceitável qualquer tipo de intimidação seja física ou moral seja de que lado for. Mas tambem gostaria de sugerir a pessoas que defendem o PT com unhas e dentes que parem um pouco e reflitam a respeito das coisas que propagam. Pois da maneira que agem e como se dissessem: estamos acima do bem e do mal.

    • Garanto-lhe que há bem menos gente que defende o PT e acredita no uso da violência, do que há os que comemoram as ações de esquadrões da morte, ou o assassinato do que chamam de “terroristas”, ou com as “revoluções redentoras”, etc.

      Sugiro preocuparmo-nos primeiro com os que são mais abundantes, nos que são quase a regra, do que com os que são exceções a ela.

  • Sabemos o que move este tipo de gente (gente?). É até bom mostrá-los, pois são essas coisas que repudiamos. Ainda bem que você não se intimidou.

  • Puxa Edu, tá pesada a coisa, chega uma hora que devemos agir, documenta tudo e faz ocorrência, pela experiência na advocacia criminal posso te dizer que o que vc vem passando é perigoso sim, não estão brincando, num primeiro momento poderia ser uma tentativa de te frear vc, mas quando mostram a cara é porque já passou essa fase, não deixa pra lá, faz o trâmite completo, entra na justiça e toma cuidado sim. Certamente o financiador dos agressores está escondido, não esqueça que os covardes são sempre os mais perigosos. Beijos menino e te cuida 😉

  • Eduardo, conheci o seu blog há pouco tempo. Curto muito sobre o que vc escreve e como escreve.
    Antes de ler esta postagem, me comoveu muito o outro post sobre sua filha.
    Muita força a você e à pequena.
    Quanto aos “dissidentes”, o melhor é ficar calado pra não arrumar briga.
    Um grande abraço!

  • Edu, não se intimide, más tenha todo cuidado do mundo, pois vc é para mim um exemplo de vida a ser seguido, más para os radicais de direita, é um tiradentes, que tem que ser abatido o quanto antes melhor…

  • Edu: idiota, puxa-saco, ignorante, fascista e erva daninha dá em todo lugar. Todos esses males são extirpados com facilidade, com exceção das ervas daninhas. Essa escória toda já citada é eliminada por si própria: são auto-destrutivas. Abraços!

  • A maioria desses jovens foram criados pela TV.
    Faltou uma mão pesado… Ao invés disso, tiveram conversa, muita conversa.
    Atualmente os pais são amiginhos dos filhos, esqueceram que primeiro deveriam ser pais deles.
    Ficam de conversinha com “bêbes” de 8,9,10 anos, querem jogar a responsabilidade na cabeça das crianças.
    Depois viram esses animais que desobedecem e desrespeitam tudo mundo.
    Os meus se fizessem o que fizeram com você Eduardo, correriam risco de vida nas minhas mãos..rarrararra
    O pau ia comer aqui em casa! rarrarar

    Fique firme senhor! A vida tem dessas coisas.

    Rogério Neibert Bezerra
    De Floripa, onde os pais também pensam que as crianças são príncipes…

  • O episódio abaixo é descrito num livro de um diplomata estrangeiro sobre o clima existente no Brasil (especificamente no Rio de Janeiro) nos primeiros anos da década de 50:

    “Não havia festa de aniversário de criança de classe média pra cima que lá pelas tantas não subisse um sujeito numa cadeira e desfiasse um rosário de insultos ao presidente Getúlio Vargas. Não era de estranhar, portanto, que 90% da imprensa atacasse também aquele que fôra eleito pela esmagadora maioria do povo pobre do país.”

    Os que apoiavam Getúlio calaram-se e daí resultou o seu suicídio em 1954 e, posteriormente, o golpe militar de 1964.
    Fiquemos quietos com tantas agressões agora pra ver o que acontece. Essa luta será sempre a mesma.

  • e depois nós de esqueda é que somos mal-educados grossos , assassinos, intolerantes, …até essa imagem de falsos bonzinhos eles conseguem passar digo, conseguiam..agora temos a bloguesfera…para nos informar….dai o desespero dessa gente…estão perdendo o poder de manipular as pessoas….isso explica o comportamento deles….sobre o que escreveu uma pessoa a respeito de sua filha… só mostra o quanto perigoso pode ser esses psicopatas no poder!!!…..que falta de educação e tolerancia democratica(filhote da ditadura só pode)…atacar uma menina para atingir seu pai…covardia,…quanto esses dois rapazes que estavam no encontro pelo que entendi não são dos nossos o que faziam lá????

  • Edu, denuncia à PF, há um endereço específico na página da PF pra crimes dessa natureza. Esses valentes se borram quando um federal lhes bate à porta.

  • Caro Edu.
    Cuidado. Acho que a questão pode não ser só ideológica. Com essa gente não se brinca, principalmente se envolver dinheiro.
    Meus respeitos e solidariedade.
    Abraços.

  • Eduardo Guimarães ,nesse mundo tem gente pra tudo,principalmente se prejudicar ou contrariar seus intere$$e$ financeiro$,te cuida! Ai vai um pensamento do nosso Martin Luther King Jr., “A verdadeira medida de um homem não se vê na forma como se comporta em momentos de conforto e conveniência,mas em como se mantém em tempos de controvérsia e desafio”.Vitória,Vitória,Vitória. Até a Vitória sempre.E que Deus te ilumine e tua familia.

  • Sabemos bem aonde esses delinquentes buscam inspiração para esse tipo de covardia.
    Mentes pútridas e corações vazios. Indignos desprovidos de senso de humanidade.
    Canalhas. Ratos que se escondem na escuridão do anonimato.
    Ou simplesmente criminosos.

    Vamos em frente, caro Eduardo.

  • Embora vc já seja uma figura pública de peso(o que já inibe muitos ataques),Edu,recomendo que procure a Polícia Federal para investigar quem são e que tipo de interesses esses rapazes representam.

  • Eduardo, lamento profundamente que algumas pessoas desçam ao nível da crueldade e covardia de ofender você e sua família. Espero que sua denúncia seja apurada pela Safernet e investigada pela polícia.
    Receba minha solidariedade e um abraço.

  • de Eduardo Alves da Costa, poeta fluminense.

    NO CAMINHO COM MAIAKOVSKI

    Na primeira noite eles se aproximam
    e roubam uma flor
    do nosso jardim.
    E não dizemos nada.
    Na segunda noite, já não se escondem;
    pisam as flores,
    matam nosso cão,
    e não dizemos nada.
    Até que um dia,
    o mais frágil deles
    entra sozinho em nossa
    casa,
    rouba-nos a luz, e,
    conhecendo nosso medo,
    arranca-nos a voz da
    garganta.
    E já não podemos dizer nada.

  • Edu,

    Isso não está com cara de simples dementes, mas gente (mercenários) paga por alguém ou grupos que você incomoda através dos seus comentários.

  • Eduardo,
    Antes de medo, o sentimento que me vem é o da raiva. Não se trata de um gesto simples de solidariedade a você, mas um alinhamento mesmo. Sinto-me ofendido também por atitudes como essas de tentativa de intimidação. Você sabe que tem amigos advogados, profissionais da área de segurança, gente que também fica fula da vida com esta falta de respeito, este atentado ao direito de livre expressão de todos nós. Mantenha pois, um contato por e-mail particular com seus amigos e preparemos uma recepção para estes caras quando voltarem a aparecer.

    Um abraço.

  • Eduardo, no universo virtual, como no físico, não faltam mentes perturbadas e gente espiritualmente doente, devido ao ódio que nutre e ao veneno que continuamente destila… Tais casos são fenômeno irrefutável do convívio humano e, me parece, vêm se tornando mais e mais comuns devido à decadência e depauperação moral, social e cultural, em meio à qual nos encontramos todos… Acredito que essa triste realidade seja sintoma do fim de uma era; após a qual, tempos melhores e uma nova cultura sobrevirão, com menos egoísmo, intolerância e egocentrismo… Pelo menos, é nisso que quero crer e me esforço para fazê-lo, ainda que muitas vezes me falte por completo fé nos seres humanos; algo que ocorre quando leio mensagens como essa que você recebeu, onde se percebe claramente um imendo transtorno psíquico e o consequente desvio de conduta que, certamente, não ocorreu só essa vez e se repete regularmente, colocando esse tipo de pessoa à margem de qualquer coletividade. Trata-se de um marginal em todos os sentidos, ao qual só se pode dirigir piedade e encaminhar a atendimento especializado.

  • Caro Edu, tens a minha solidariedade e apoio. No entanto , qdo militava no movimento estudantil, no início dos anos 80, ainda sob regime de exceção, senti o que faziam e do que eram capazes a nossa direita fascista. É típico da direita reagir desse modo. Fazendo ameaças, pressionando, amedrontando. Você está incomodando porque está tocando na ferida. Incomocando porque estão te ouvindo. Incomodando porque está se tornando um importante formador de opinião. E forma opinião porque têm crèdito com seus leitores. Incomodando porque o número de leitores está crescendo sem parar. Incomodando porque têm identidade com seu povo. Incomodando porque fala verdades que muitos não têm coragem sequer de balbuciar.
    Meu caro Edu, saiba que não estás sozinho. Saiba que tens uma bela família. Tens uma linda filhinha e que Deus sempre a abençoe e que sempre tenha saúde. Você, como todos , que o acompanhamos, somos idealistas , mas não estamos lutando por causa perdida. Você já representa uma luz para uma infinidade de pessoas. Você já é o porta-voz de tantos brasileiros que lutam por uma vida digna e sem opressão que não podemos mais prescindir de tuas análises , de tuas idéias e principalmente da tua liderança sempre sensata e voluntariosa. Porém o que decidires, tomando-se em conta os riscos das batalhas e das lutas, humildemente acataremos. Saludos.,.

  • Cara,que é isto,ou voçe aceita minha opinião ou voçe aceita minha opinião senão vou te dar po…….
    Esta é a extrema direita brasileira.Só uma coisa Edú,que eu divirjo frontalmente de voçe,não tome como crítica,cada um age conforme a sua conscienciaq,mas se eu encontrasse o sujeito que insultasse minha filha,tambem pequena,como insultou a sua(só pelo carinho,e muito,que nutro por ela,já me causou engulhos no estomago este post),a coisa ia nivelar por baixo igual a ele,entende?

  • Eduardo, minha solariedade.
    Uma pergunta: Essa dupla de gêmeos, foram fotografados ou filmados? Todo o cuidado é pouco.
    O amigo não precisa de meus conselhos, mas tomar as devidas precauções.
    Muita saúde e luta para combater esses escrotos.

  • Entendo você, Eduardo. Lidar com idiotas é realmente muito difícil, principalmente idiotas que querem vencer alguma “guerra”, que eles nem sabem qual é, na violência física e verbal. Discutir com gente assim é a maior perda de tempo, não vale a nossa saliva. Já tentei, pode acreditar. A melhor política é deletar esses debiloides. Grande abraço. E pode ter certeza que Vitória é muito LINDA!

  • Eduardo:
    É preciso ter cuidado. Tem louco, tem fascista e tem, o que é mil vezes pior, fascista doido. Mas, vale também o aviso dos colegas de que eles podem ser simplesmente capangas pagos por alguém. O que não lhes diminui o perigo.
    Vez por outra entro no Estadão e uma dessas, recebi um recado dizendo que sabia quem eu era e de onde (Natal). E aproveitava para em baixissimo calão, contar uma história sobre um pseudo amigo que morreu afogado aqui, aproveitando para distilar preconceito e ameaças aos natalenses e nordestinos em geral. Continuou em outro post e acabou por deixar escapar ter sido a notícia copiada de um blog daqui. Só depois eu me toquei que há no Estadão uma espécie de cadastro nosso, inclusive com os posts que nós já fizemos, que possibilita um perfil de nossas preferências, nossa localização, sexo etc.
    Veja que essa é uma batalha suja. Nós entramos de peito aberto, como você e eles usam o anonimato para conhecer, classificar e atacar inimigos.
    É claro que os interesses são muito maiores. Você é o legítimo representante do Brasil para nós e o outro lado…ah! é o outro lado! Precisa dizer mais nada?

  • Eduardo

    Acho que toda blogoesfera progressista deve ser solidária a você ( e a nós), que busca ser uma voz contra a ditadura midiática. Acho que é caso de denúncia e devemos estar todos atentos a essas manifestações.
    Estamos com você.

  • Eduardo, um detalhe que talvez você não tenha percebido: estes elementos tomaram partido contra você por sua postura favorável ao Palocci, em contraponto à eles. Se você tivesse sido contrário ao Palocci – como a maioria da esquerda, inclusive, eles estariam a seu lado. Tê-los ao seu lado, seria mais temerável que tê-los contra. Pense nisto.

  • A cada dia me convenço que os frustrados ainda não aceitaram as derrotas que tiveram nas urnas.

    É comum eles com falta de argumentos partirem para o ataque com uso de agressões e palavrões.

    Não leve em conta o que dizem da inocente Victoria, pois tanto ela como o seu pais merecem o nosso respeito e consideração.

  • Edu,

    Evite colocar fotos na internet, pois tenho uma amiga que sofreu muito com isso

    Edu,

    Isso é coisa de fascista derrotado.
    São covardes e amorais e acabam nos atingindo.
    Um dia mandei uma opinião, educada e coerente, para um blog fascista e até hoje não a publicaram.
    Quando for desse calão, delete, pois um sacropanta desse aje na penumbra do anonimato.e não merece atenção.

  • Edu, muita fôrça cara. Você é um daqueles imprescindíveis, segundo Brechet. Essas “coisas” são covardes, são os tigres de papel, capazes de, no anonimato, cometerem as maiores atrocidades. Quando descobertos se escondem embaixo da mesa. Precisam ser denunciados e conhecidos para que possamos nos precaver.

  • Eduardo isso não é exclusividade da esquerda ou da direita, vc não deixou claro no texto, mas creio que fica subentendido.

    Militontos tem dos dois lados e esta coisa de bonzinhos e malvadinhos (os inimigos) que usam na política tem este resultado. (esperavam o que flores?).

    Aos que sempre questionam pq não uso meu nome esta ai a resposta.

    Sobre “ menina.. tenho pena da pessoa que escreve isso.

  • Bom, além de grosseirôes, têm mau gosto.Dizer que a Victória é feia, só pode vir de alguém que tem muita inveja e se odeia. Se eu tivesse uma filha, queria que fosse com a carinha dela.Tem mais, Edu: não li nada de alguém de esquerda que não fosse debatendo( por vezes, calarosamente,faz parte)sobre o assunto a ser debatido.Mas os eleitores e leitores da direita, por favor, parace que tudo os atinge diretamente e partem para o terrorismo com uma brutalidade covarde.

  • Eduardo,

    Sei que está bastante longo, mas leia, por favor, este relato:

    Em fins de 2005 o que chamamos “grande imprensa” no Brasil dava o Lula como politicamente morto e acabado, como você sabe, por causa do que veicularam como “Escândalo do Mensalão”; sentíamo-nos, os que percebiam toda a seletividades dos indignados daquelas redações, impotentes diante do poderio imenso dessas organizações. Quem não se lembra, só pra ficar num exemplo, das tais “Meninas do Jô”? Certa vez uma delas, proclamada “cientista política”, chegou a dizer que não se devia mencionar a origem tucana da “tecnologia” chamada de mensalão, pois isso “confundiria o eleitor” já que, na opinião dela, estaríamos colocando todos, tucanos e petistas, “na mesma lama”; e o alvo, sabia-se, eram apenas os petistas e o objetivo da campanha, que não tinha nada a ver com ética, era mesmo desalojar Lula do poder. Ficar num exemplo? Impossível. Quem não se lembra do primado jornalístico outorgado por Sua Santidade Ali Kamel, aquele que “testava hipóteses”, todas num único sentido – contra os fatos. E aquele colunista da Folha que fotografou um peixe morto no espelho d’água do Palácio do Planalto e estampou como prova de que Lula não “cuidava bem do Brasil”?

    Pois bem, naquele momento, em 2005, quando a blogosfera brasileira era um conceito incipiente, não usávamos, os brasileiros, o FaceBook, não existia – ou não era popular por aqui – o Twitter, estávamos todos no Orkut; e naquela rede travávamos as guerras, todos os dias. Eu me lembro que as pessoas costumavam identificar no perfil as suas opiniões políticas, a favor ou contra o governo, em suas apresentações pessoais e por meios das comunidades a que se ligavam; meu perfil era o de um lulista, estava claro. Num belo dia recebo um “scrap”, como chamávamos os recados no Orkut, cobrindo-me de ofensas, vindo de um perfil notadamente falso, uma pessoa covarde que não se identificava e me atacava por conta das minhas opiniões políticas. Eu caí na besteira de responder àquela ofensa, imagine você, indo até a página do sujeito e… argumentando. Sim, deixei recados dizendo a ele que lamentava aquela postura, mas que estava disposto a conversar, já que eu tinha clareza sobre o que defendia e de por quê o fazia. A resposta foi mais insultos, agora não apenas daquele perfil, mas de muitos outros perfis falsos que “flodavam” a minha página de recados. Gente que nunca me havia visto, que não sabia quem eu era, como eu era, porque eu era, resolveu me ofender por aquele meio público apenas por conta das minhas opiniões políticas. Aquilo dava raiva, muita raiva. E com raiva, entrei na guerra, comecei a responder no tom que eles usavam. As coisas pioraram bastante. Não apaguei meu perfil, mas decidi tirar da minha página todos os dados pessoais, qualquer coisa que pudesse me identificar pra aquela gente. Tornei-me um “fake” também.

    Acontece que aquele ódio aos petistas ou governistas em geral estava bem organizado; era uma luta encarniçada aquela e o ódio era dirigido a qualquer pessoa ou ação que denotasse qualquer identificação com causas de esquerda. Certa vez uma mocinha “se aproximou” de mim nessas redes; da mesma forma que as minhas primeiras tentativas, ela ensaiou argumentos e fez-se passar por alguém que respeitava opiniões distintas das delas. Trocamos endereços de e-mail e começamos a conversar pelo MSN; com isso ela descobriu meu nome, a cidade onde eu morava e algumas outras poucas informações que permitiam me identificar. E essa pessoa escreveu numa comunidade chamada “Fora Lula”, que era onde a maioria deles se organizava virtualmente, todos esses dados, conclamando aquela horda sem rosto a agredir-me por causa das minhas opiniões políticas. Segundo ela, eu era um “petralha”.

    A partir daí, até ameaças de morte eu recebi; me mandavam e-mails, que guardo até hoje, dizendo-se da Polícia Federal, que iriam “me buscar”, que iam me “ensinar” isso e aquilo. Após isso, um rapaz do Espírito Santo chegou a descobrir meu telefone e começou a ligar; além dos e-mails e das ligações, dizia ele que iria – imagine você! – “fazer uma visitinha” à minha mãe, que mora em outra cidade, uma senhora que hoje está em seus 82 anos.
    Bem, eu encontrava algum alento no Blog do Luís Nassif e nos comentários sempre pertinentes do Franklin Martins, mas era desigual a tonelada de desinformação a que estávamos todos expostos e parecia impossível furar o bloqueio dos golpistas da “grande imprensa”. Mas no início de 2006, um amigo do Sul circulou um e-mail com uma lista de blogs e sites que estavam justamente na luta para furar esse bloqueio; um dos sites listados era o Blog Cidadania, do Eduardo Guimarães. Passei a seguir assiduamente o blog pela qualidade das informações e da argumentação veiculadas aqui; e já pude dizer-lhe isso pessoalmente: esse blog foi, não me resta dúvida, uma das principais trincheiras que permitiram furar o bloqueio midiático ao Governo Lula em 2006. Enfim, o relato não serve pra nada além de compartilhar mesmo essa experiência. Aqueles ataques e ameaças que sofri naquele período arrefeceram; o rapaz que descobriu meu telefone e ameaçava a mim e a até a minha mãe, consegui entrar em contato com a família dele; o pai e a irmã, pessoas muito diferentes dele, pediram-me que não o levasse a sério; tratava-se de uma pessoa transtornada por um problema de saúde que o fez trancar-se num quarto da casa com o seu computador apenas, de onde lançava ataques e ameaças e de onde podia sentir-se poderoso sem o ser, de fato. Sei que o seu caso é mais grave, afinal quase foi coagido presencialmente, diferente de mim. E está muito mais exposto, pela audiência que tem o Blog Cidadania. Enfim, não pare de lutar e conte com os amigos, como eu. Eu contei contigo num dos momentos em que me senti mais derrotado na vida, quando cheguei a acreditar que golpistas, cafajestes e gigolôs de todo tipo, dessa mídia barata que se vende caro, teriam êxito em solapar a democracia e o mais fabuloso projeto de Brasil que já pôde ser posto em prática.

    Um abraço.

  • Eduardo,

    Sei que está bastante longo, mas leia, por favor, este relato:

    Em fins de 2005 o que chamamos “grande imprensa” no Brasil dava o Lula como politicamente morto e acabado, como você sabe, por causa do que veicularam como “Escândalo do Mensalão”; sentíamo-nos, os que percebiam toda a seletividades dos indignados daquelas redações, impotentes diante do poderio imenso dessas organizações. Quem não se lembra, só pra ficar num exemplo, das tais “Meninas do Jô”? Certa vez uma delas, proclamada “cientista política”, chegou a dizer que não se devia mencionar a origem tucana da “tecnologia” chamada de mensalão, pois isso “confundiria o eleitor” já que, na opinião dela, estaríamos colocando todos, tucanos e petistas, “na mesma lama”; e o alvo, sabia-se, eram apenas os petistas e o objetivo da campanha, que não tinha nada a ver com ética, era mesmo desalojar Lula do poder. Ficar num exemplo? Impossível. Quem não se lembra do primado jornalístico outorgado por Sua Santidade Ali Kamel, aquele que “testava hipóteses”, todas num único sentido – contra os fatos. E aquele colunista da Folha que fotografou um peixe morto no espelho d’água do Palácio do Planalto e estampou como prova de que Lula não “cuidava bem do Brasil”?

    Pois bem, naquele momento, em 2005, quando a blogosfera brasileira era um conceito incipiente, não usávamos, os brasileiros, o FaceBook, não existia – ou não era popular por aqui – o Twitter, estávamos todos no Orkut; e naquela rede travávamos as guerras, todos os dias. Eu me lembro que as pessoas costumavam identificar no perfil as suas opiniões políticas, a favor ou contra o governo, em suas apresentações pessoais e por meios das comunidades a que se ligavam; meu perfil era o de um lulista, estava claro. Num belo dia recebo um “scrap”, como chamávamos os recados no Orkut, cobrindo-me de ofensas, vindo de um perfil notadamente falso, uma pessoa covarde que não se identificava e me atacava por conta das minhas opiniões políticas. Eu caí na besteira de responder àquela ofensa, imagine você, indo até a página do sujeito e… argumentando. Sim, deixei recados dizendo a ele que lamentava aquela postura, mas que estava disposto a conversar, já que eu tinha clareza sobre o que defendia e de por quê o fazia. A resposta foi mais insultos, agora não apenas daquele perfil, mas de muitos outros perfis falsos que “flodavam” a minha página de recados. Gente que nunca me havia visto, que não sabia quem eu era, como eu era, porque eu era, resolveu me ofender por aquele meio público apenas por conta das minhas opiniões políticas. Aquilo dava raiva, muita raiva. E com raiva, entrei na guerra, comecei a responder no tom que eles usavam. As coisas pioraram bastante. Não apaguei meu perfil, mas decidi tirar da minha página todos os dados pessoais, qualquer coisa que pudesse me identificar pra aquela gente. Tornei-me um “fake” também.

    Acontece que aquele ódio aos petistas ou governistas em geral estava bem organizado; era uma luta encarniçada aquela e o ódio era dirigido a qualquer pessoa ou ação que denotasse qualquer identificação com causas de esquerda. Certa vez uma mocinha “se aproximou” de mim nessas redes; da mesma forma que as minhas primeiras tentativas, ela ensaiou argumentos e fez-se passar por alguém que respeitava opiniões distintas das delas. Trocamos endereços de e-mail e começamos a conversar pelo MSN; com isso ela descobriu meu nome, a cidade onde eu morava e algumas outras poucas informações que permitiam me identificar. E essa pessoa escreveu numa comunidade chamada “Fora Lula”, que era onde a maioria deles se organizava virtualmente, todos esses dados, conclamando aquela horda sem rosto a agredir-me por causa das minhas opiniões políticas. Segundo ela, eu era um “petralha”.

    A partir daí, até ameaças de morte eu recebi; me mandavam e-mails, que guardo até hoje, dizendo-se da Polícia Federal, que iriam “me buscar”, que iam me “ensinar” isso e aquilo. Após isso, um rapaz do Espírito Santo chegou a descobrir meu telefone e começou a ligar; além dos e-mails e das ligações, dizia ele que iria – imagine você! – “fazer uma visitinha” à minha mãe, que mora em outra cidade, uma senhora que hoje está em seus 82 anos.
    Bem, eu encontrava algum alento no Blog do Luís Nassif e nos comentários sempre pertinentes do Franklin Martins, mas era desigual a tonelada de desinformação a que estávamos todos expostos e parecia impossível furar o bloqueio dos golpistas da “grande imprensa”. Mas no início de 2006, um amigo do Sul circulou um e-mail com uma lista de blogs e sites que estavam justamente na luta para furar esse bloqueio; um dos sites listados era o Blog Cidadania, do Eduardo Guimarães. Passei a seguir assiduamente o blog pela qualidade das informações e da argumentação veiculadas aqui; e já pude dizer-lhe isso pessoalmente: esse blog foi, não me resta dúvida, uma das principais trincheiras que permitiram furar o bloqueio midiático ao Governo Lula em 2006. Enfim, o relato não serve pra nada além de compartilhar mesmo essa experiência. Aqueles ataques e ameaças que sofri naquele período arrefeceram; o rapaz que descobriu meu telefone e ameaçava a mim e a até a minha mãe, consegui entrar em contato com a família dele; o pai e a irmã, pessoas muito diferentes dele, pediram-me que não o levasse a sério; tratava-se de uma pessoa transtornada por um problema de saúde que o fez trancar-se num quarto da casa com o seu computador apenas, de onde lançava ataques e ameaças e de onde podia sentir-se poderoso sem o ser, de fato. Sei que o seu caso é mais grave, afinal quase foi coagido presencialmente, diferente de mim. E está muito mais exposto, pela audiência que tem o Blog Cidadania. Enfim, não pare de lutar e conte com os amigos, como eu. Eu contei contigo num dos momentos em que me senti mais derrotado na vida, quando cheguei a acreditar que golpistas, cafajestes e gigolôs de todo tipo, dessa mídia barata que se vende caro, teriam êxito em solapar a democracia e o mais fabuloso projeto de Brasil que já pôde ser posto em prática. Um abraço.

  • Prezado Eduardo:

    Ameaça é crime, independente do meio.

    De posse dos IP’s tome uma providência legal na Delegacia de Crimes Virtuais (PF).

    Você sabe como fazer.

    Abraços e solidariedade!

  • Caro Eduardo
    Muito ingenuamente, eu diria que voce está incomondando as pessoas, acredito que o passo seja maior, voce e outros, estão incomodando a classe que tira vantagem de um Brasil arcaico que não se deixa mostrar, mas que nunca deixa de agir, na construção desse primitivismo.
    Na continuidade desses ataques, policia neles.
    Saudações

  • Caru Edu:

    Daqui das Gerais, conte com minha solidariedade diante dessa situação e sei que sua maturidade e lucidez saberá contornar este lamentável fato.

    quanto ao que escreveram sobre sua filha, eu fiquei refletindo aqui:

    é conveniente usar de uma super necessidade de colocar alguém por baixo pra se sentir melhor, pra sair por cima ??

    só Deus mesmo para ter esperança sobre nós, seres humanos…

    um abraço para ti e sua família… do seu fiel escudeiro.

  • Eduardo, que coisa mais louca!!! Quer dizer que esses caras ainda vão lá e vendem camisetas??? O que é isso? E ainda tem gente que compra? O que esses caras estavam fazendo lá?
    Na minha opinião, esse pessoal não está só. Tem peixe grande atrás.
    Acho que você está incomodando… Afinal, ninguém chuta cachorro morto. Há tempos, acho que tem gente do esgoto postando comentários no seu blog para estimular brigas, desentendimentos entre seus leitores.
    Sei lá, seu fosse você denunciaria isso para a PF.
    Por favor, conte com a nossa solidariedade, sempre.
    Grande abraço.

      • Eduardo,

        De vários blogs que leio, você é o que mostra um idealismo de querer o melhor e um país mais justo e solidário. Há blogs com vários perfis, mas você faz porque acredita que as coisas podem ser diferentes e melhores para se não todos, mas a maioria. O fato é que tem gente que se incomoda com esse idealismo e a busca do melhor com justiça e coerência. Alguns chamam isto de quixotismo, mas eu, particularmente, vejo como grandeza do alguns seres humanos; portanto, acaba incomodando muito gente, mas o que incomoda é a inveja, porque há pessoas que não conseguem ter esse tipo de visão acerca dos outros seres.

        Portanto, acaba gerando agressões que podem ir além de um simples discordar, pois muitos fazem para irritar e tirar o outro do sério. Mas sugiro a você que seja cuidadoso, pois querer o melhor para o outro sempre, vai incomodar a muitos, porque como costumam dizer num lugar que frequento, você está e quem pensa dessa forma, está na contramão do real. Mas são pessoas que pensam à frente que sempre transformam o mundo. O primeiro paço para transformação está no pensar, e isso você faz com amor, paixão e acurácia, mas cuidado com estas ameaças. Li ainda há pouco o primeiro assassinato de um blogueiro no Brasil.

  • Não sei não….. Você se lembra do episódio do Riocentro? A bomba ia ser colocada por militares, para dizer que foi por comunistas ou subversivos de qualquer espécie, para dar argumentos para violenta repressão posterior. Dessa direitona nossa pode-se esperar qualquer coisa, inclusive uma “defesa” falsa de Palocci, para incriminá-lo ainda mais.

  • Fica esperto camarada!
    Antes mesmo de ser blogueiro eu já militava nas redes, basicamente o orkut. Defendia a cidade de Niterói (onde residi quase toda minha vida) da especulação imobiliária e da ação de uma Câmara Municipal vendida e corrupta, prefeito idem, quiçá pior.
    Depois de um ano defendendo a manutenção do tombamento de um cinema de rua (Cine Icaraí) o grupo foi ameaçado por um vereador, ex policial e comandante do carro da linguiça (esquadrão da morte local) e autor de uma lei de ‘destombamento’ do bem Cultural. Era 2007. Uma noite, dias depois da ameaça, outro vereador local, que apoiava a moção de ‘destombamento’ do imóvel, esfacelou um copo de cerveja em meu rosto num bar, à traição na sorrelfa.
    No fim se deu mal por que o MP aceitou a denuncia da polícia e os laudos do corpo de delito, teve que pagar um porrilhão de cestas básicas. No cívil entretanto (conhecia o juiz) safou-se de qualquer indenização.
    Ainda me ameaça.
    Tem covardes de todos os tipos por aí, com disposição pra tudo.
    Por isso repito:
    Fica esperto camarada, mas não se encolha!
    Um abraço e minhas melhores vibrações pra Vitória

  • Conte com a minha solidarieda também Eduardo. Esses energumenos que utilizam dessa linguagem pra intimidar, provavelmente devem ter algum problema de impotência sexual. Sempre firme e forte.

  • Eduardo, muito cuidado, esse pessoal está desesperado e é capaz de tudo para manter as coisas como estão.(sem lei de medios), e, como voce é um dos principais soldados nesta empreitada com seus fortes argumentos, está cutucando muita gente com vara curta. Mais uma vez eu digo, muito cuidado e que Deus te proteja.
    Juréia.

    • Só uma pergunta: por que necessariamente “de direita”? Sr. Eduardo, nesse seu caso eh possível identificar o assinante do serviço de internet pelo IP da mensagem. Se interessar, me mande um e-mail que lhe explico como.

        • Edu, também acho que não merecem uma vingança.
          Mas não se trata de vingança. Uma denúncia a canais competentes deveria ser feita: há que se mostrar a esses tipelhos que não podem agir impunemente. Há que se mostrar que sabemos morder também e que esse tipo de intimidação custa caro.
          Se você os enfrenta mas não os faz pagar, podem voltar mais agressivos ainda. Certamente voltarão.
          Meu amigo, acho que você deve tomar providências que lhes quebre as garras: somente assim pensarão duas vezes antes de partirem para o enfrentamento.
          É minha opinião.
          Um forte abraço.

        • Ele pode não valer uma vingança,mas com certeza vale uma denúncia aos orgãos formais.Não menospreze a capacidade de agressão de uma pessoa com essas características e que tomou as atitudes que você relatou,ele tem sintomas de patologia,sim!ele mesmo pensa que é só alguém brigando pelo que acredita,mas não é só isso,não!.Se cuide,mais do que tudo por sua família e por sua pequena Victoria.
          grande abraço

        • Eduardo me desculpe, mas você da muito espaço para essa corja. E não se engane com o tal de Abel Botelho – é um pulha, super manjado aqui no blog. Tenho uma grande admiração por você, e frequento o seu blog praticamente desde que começou. Lembro que certa feita fiz um comentário que dizia que você poderia saber a hora que eu ia dormir e a hora que acordava só pela entrada e saída do seu blog. Mas ultimamente não em sido assim, o seu excesso de democracia me tem cansado: você trava debates com pessoas desqualificadas – não por mim – mas pelos próprios comentários deles. A sua tolerância deve ser ao contraditório civilizado e coerente. E mas uma vez me desculpe pelo palpite: Você tem sido tolerante com pessoas que não sabem o que é democracia ou divergência politica. Mas de uma coisa eu tenho certeza esses ataques a você é pela condição de ser (talvez) o único blogueiro que não tem histórica atividade jornalística anterior. Você é a meu ver, o símbolo do cidadão que decidiu ser o que todos deveriam ser: protagonistas da história do seu país. Eduardo não alimente o troll.

          • VOCÊ, um troll, tentando “ajudar” em algo sério?

            Sabe, acusarme de fazer picuínhas seria MUITO mais convincente se não tivesse sido VC – apesar da seriedade do assunto – a trazer a baila uma picuinha sobre algo que ninguém realmente falou, aquela história sobre o agressor ser ou não “necessariamente de direita”.

  • Eduardo, é simples: esse tipo de comentário desse tipo de gente não deve ser publicado aqui nem respondido por você. Democracia é para quem respeita. Minha sugestão é você bloquear. Outro ponto importante é fazer BO – Boletim de Ocorrência sempre que alguém alguém postar uma coisa assim.

  • O QUE IMPORTA: diante de tudo isso, é que a Vitória não sabe o que é a maldade!!!! na verdade essa pequenina é uma soldadinha que luta pela sua vida, sentiu muita dor….deve ter chorado muito…. vive no seu aconchego quentinho rodeada de carinho. Eu queria ler seus pensamentos…ah como eu queria !!!!lá na sua imaginação as pessoas para ela são só carinho, e fico aliviada que nunca chegará aos seus ouvidos….aos seus olhos tamanha maldade!!! tenho certeza que hoje essas pessoas estão com remorsos, doendo por dentro…. que observem mais o sorriso da Vitória , ele só nos faz bem!!!!!!!!!!!!!!” e que façam bem a eles , só queremos PAZ ….muita PAZ!!!!!!!!!! ficas com UM BATALHÃO DE ANJOS protejendo o senhor e toda sua familia!!!!!!!!!!!!

    • Sirlei,vc agora é que me fez chorar de emoção,por causa da nossa querida bebê Victória!Doe o meu coração,soluça a minha alma,por ver tanta vilania nestes seres abjetos,que atacaram o nosso irmãosinho Eduardo Guimarães e toda a sua linda família!!!CHEGA PRESIDENTA DILMA,CHEGA DEPUTADOS FEDERAIS,ESTADUAIS,SENADORES,VEREADORES,PRESIDENTES DO PT,DE SE CALAREM PERANTE A IMPRENSA MALDITA!!!Bjs Sirlei,e demais leitores e especialmente a nossa querida Victória!

      • TERE!!! obrigada!!! vamos fazer sempre deste blog sempre uma grande familia e não importa o lado !!!!! eu li comentários que chorei ; mas de alegria , muitos que aqui temopinião contrária na politica dando forças para esse blogueiro honesto!!! vai lá outro abração e não só para vc tere , mas para todos que postam aqui!!!!!!! olhas eu aqui tomando o LUGAR DA VICTÓRIA E DIZENDO: CRIANÇA FELIZ ….FELIZ A CANTAR !!!!….OH MEU BOM JESUS QUE A TODOS CONDUZ OLHAI AS CRIANÇAS DO NOSSO BRASIL!!!!!!!

  • Esse tipo de gente é o mesmo que colocava milhões de pessoas em câmaras de gás e depois jogava os corpos na vala. O Direitismo Patológico é o executor dos genocídios. Está contido na personalidade autoritária.

  • Meu sangue ferveu com o relato dos comentários sobre sua filhinha, pois me considero quase um padrinho, tantas vezes me preocupei com ela e me alegrei com as conquistas. Porém, na impossibilidade de sair no braço com gente que nem sei quem é, precisei levantar e ir tomar água e no caminho encontrei minha filhas que perguntaram por que estava com cara de bravo, expliquei a elas que estava puto da vida com a canalhice humana e contei a história.

    Mais calmo, pude refletir que à medida que as forças populares crescerem em entendimento e mobilização, mais canalha vai ser a atuação dos reacionários.

  • Uma pessoa que é tão desequilibrada a ponto de usar ofensas abjetas contra uma criança pra tentar te atingir já se desqualifica por si mesmo.

    E não se iluda Edu, quem faz isso não tem consciência. Muito menos se arrepende.

    É uma loucura gente que leva divergência política para o campo pessoal.

    Mas não sei. Acho que os dois rapazes de Brasília não se exporiam publicamente se tivessem algo a ver com esses outros fatos.

    E por mais azedas que tenham sido as discordâncias em relação ao caso Palocci não creio que descambaria pra ameaças e ofensas dessa baixeza. Embora mesmo do lado de cá tenha gente que perca a linha e parta pra ofensa pessoal como eu mesmo fui vítima aqui no blog.

    Radicais existem dos dois lados, mas quem apela sempre é a direita.
    Esteja certo disso.

  • Ôpa Dudú, algo está passando e deixar a coisa rolar não é a maneira correta de agir.
    Antes de mais nada me solidarizo com vc e com todos aqueles que sejam ou venham a ser ameaçados, pois idéias e visões diferentes são importantes para se avançar, mas ficar paradao não ajuda em nada.
    Não devemos em momento algum recuar ou nos amedrontar, mas temos que tomar providências, pois o nada fazer só dá força aos desequilibrados, que acabam achando que tudo podem.
    Vc deveria dar parte das ameaças e, não sei ao certo, colocar à polícia para pelo menos identificar os animais e que sejam notificados pelas autoridades.
    A inação, como sabemos, tem levado inclusive o Governo a continuar sendo esculhambado pelo PIG, que acha que tudo pode. Se o Governo houvesse inquerido algumas mídias eles pensariam 2 vêzes antes de criar fichas falsas como fizeram com a Dilma.
    Estamos juntos.
    P.S. – Por falar em estamos juntos, estarei voltando pro Br em aproximadamente 2 meses e aceitaria sem qq problema um convite para tomar umas caipirinhas em Sampa.
    Tá, não reclama, eu pago brother.

  • Quando alguém não tem argumentos, o que lhe resta é a violência. Em vez de convencer, tenta impor a própria opinião.

    Não são muito diferentes da velha imprensa que tanto combatemos: enquanto eles ameaçam a integridade física, a imprensa ameaça a fama, a integridade moral.

    No fundo, impotentes, precisam recorrer à chantagem – ou nos calamos. Ou, covardes, miram nos mais indefesos, buscam o ponto mais frágil e se escondem atrás dos números.

  • BLOG CIDADANIA,

    Me permitam usar do espaço de imprensa alternativa de voces para enviar um recado para os Hackeres Vândalos Pseudo Nacionalistas:

    Nós sabemos o que voces fizeram na campanha presidencial passada!Nacionalistas são cidadãos que no mínimo respeitam as regras do jogo democrático e, porquanto, respeitam os governantes eleitos pelo voto popular.Não subestimem nossa inteligência.Tenham a honradez de reconhecer a derrota. No Brasil não tem terceiro turno, não…Pelo jeito a ficha de voces ainda não caiu!Já não se fazem caras pintadas como antigamente. Nossos jovens não se escondiam atrás do anominato, saiam para a ruas e bradavam por um país mais democrático. Se voces são tão nacionalistas assim, façam como eles, mostrem suas caras!

    CIDADÃ DO BRASIL

    • O mais engraçado é que esse grupo, segundo o Estadão (e tudo o que vem desses caras não é confiável, por isso o caveat), afirmou ter obtido informações que demonstram um tipo de super ou subfaturamento das obras da copa, ou desvio de dinheiro, ou algo assim.

      E o Estadão publicou essas acusações anônimas e com credibilidade negativa, como se fosse matéria jornalística.

      Ora, que interesse pode existir em publicar o que um grupo de criminosos que invadiu um servidor de acesso público (onde CERTAMENTE ninguém seria idiota o suficiente para “esconder” informações sobre tais coisas) afirmou?

      E ainda tem aqueles que afirmam que a imprensa é “fiscal do governo”, quando tudo o que eles querem é derrubá-lo, mesmo com informações desse quilate, e dessa procedência.

      Só falta a Veja estampar mais esse “escândalo” em sua capa.

  • Esses tipos infelizmente existem e são as piores espécies do conjunto da existência humana. São figurões que existem no mundo para incomodar, não são seres de luz, são figuras tristes que carregam consigo apenas o peso das energias mais negativas deste planeta, o mal.

    As palavras destas figuras são a expressão da ignorância , encravada nestas almas, de uma forma tão enraizada, que estes, já são seres dominados pela energia do mal e a maldade é que tem vez em suas vidas.

    Edu suas palavras são importantes e para este momento necessárias, pois convivemos com seres do mal em nossa sociedade. Todo cuidado é pouco.

    O bem sempre vencerá estes indivíduos do mal.
    Força companheiro e cuidado sempre.
    Estes, no passaran

    Abraços

  • Edu
    Mesmo que você esteja convicto de que nada mais grave poderá ocorrer, peço que tome todo cuidado possível, pois ameaças não são feitas, muitas vezes, para só amedrontar. Como você mesmo disse, psicopatas estão em todos os lugares e são muito mais do que pensamos.
    Esses rapazes, provavelmente, percebem sua mediocridade diante de sua lucidez. Portanto, distruí-lo (moral/qualquer outro tipo), estarão se salvando do reconhecimento de não valerem o que comem.
    Esses escrotos têm olhos e coração vazados, por isso não conseguem ver a belezura que é a Victória. Provavelmente não tiveram nem mãe, nem avó e muito menos alguém que lhes olhasse com carinho.
    Bjs

    • Não, não é o caráter do povo brasileiro, mas de alguns indivíduos.

      Se ocorresse nos EUA, na França, na Itália, Alemanha ou qualquer outro lugar do mundo, sempre terá gente capaz de fazer esse tipo de coisa, em qualquer lugar.

  • Prezado Edu,

    tudo ki vc disse não mi causa nenhuma reação e sabe pq? Pq na minha própria familia sofro discriminação

    por achar que LULA foi o melhor presidente ki tivemos e DILMA será igual ou melhor.

    Saudações

    Carlos

  • Prezado Eduardo,

    Faça seu plano B, C, D, F e quantos mais precisar, mas bola pra frente. Não deixe que a guerra psicológica desse troller afete a sua moral e, sobretudo, as suas posições políticas e o seu entusiasmo de militante pelo direito dos sem mídia.

    Notei que o IP dele deve ser falso também como o e-mail. É que o último octeto jamais poderia ser 459 pois o número mais elevado que poderia aparecer num IP verdadeiro nunca pode ser maior que 254, sendo o 255 reservado para a faixa do multicast na pilha do protocolo IP. Seria interessante averiguar como esse IP 295.113.79.459 foi registrado no log do servidor que aceitou a conexão desse marginal quando ele visitou seu blog e postou o comentário.

    Saúde e força pra pequena-grande Vitória e coragem pra vc continuar a luta.
    Abração

  • Eduardo

    A violência e a intimidação é a arma de quem não sabe debater no campo das idéias. Parabéns pelo Blog e pelas idéias veiculadas.

  • Eduardo, minha solidariedade contra ato de tal baixo nível. O cara fala em satanás. Deve ser um radical religioso que deu o cérebro como dísimo.

  • Que história louca, Eduardo! Cuidado! Um indivíduo que é capaz de fazer comentários como esses sobre uma criança, não merece a mínima confiança. É um monstro, pronto para qualquer tipo de violência.

  • Caro Eduardo, tenho debatido bastante os desvios doentios de personalidade que levam algumas pessoas a trollar nos foruns da internet e tenho convicção que ao permitir comentários que são trollagem pura e simples o moderador acaba involuntariamente estimulando esse tipo de comentário provocativo,

    E pior, as trollagens são como drogas, vão se auto-estimulando e o troll sente compulsão de ser cada vez mais agressivo.

    A única forma de combater as trollagens é não publicar comentários que sejam feitos de má fé.

    É apenas uma opinião, você é que decide sobre seu próprio blog. Apenas estou passando uma opinião pessoal.

    • Concordo com você, Ruy.

      O contraditório faz parte do debate democrático, mas simplesmente pára por aí.
      Dar voz a quem sempre discorda, pelo simples prazer de discordar, e ainda faz comentários provocativos é ceder a vez a que o tumultuador se sinta à vontade para cada vez mais provocar e desdizer o que pode ser óbvio. Não dar espaço para o Troll pode ser o início do caminho para que eles procurem seus espaços afins.

  • Caro Edu, primeiramente fico feliz com a sensível melhora de nossa Victória. Com referência aos “pitbulls”, eu acho que esses dois sujeitos lhe provocaram com a intenção de formarem um tumulto no evento, caso você reagisse. Aposto que havia comparsas deles filmando tudo, pra depois entregarem as imagens pras rede de televisão. Imagine o que Boris Casoy ou o Willian Bonner diriam sobre os “episódios lamentáveis” que teriam ocorrido no encontro. Mas você agiu com serenidade e eles quebraram a cara. Vamos em frente e conte com nossa solidariedade.

  • Discordo totalmente do fato de a organização do evento ter deixado os cartazes. Você podia até não se importar, mas deveriam ter sido teridos. Cuidado meu amigo. Você pode dizer que não tem medo de ameaças, mas mesmo assim se proteja contra esse tipo de gente o máximo possível. Dá nojo até ler os comentários diante do post com a foto de sua filha. Cuide-se. por nós, seus leitores, que gostamos de você. Mas especialmente por sua família, pela sua esposa e por Vitória. Um grande abraço e toda a minha solidariedade.

  • …E eles querem o que? Que elegemos bêbados hipócritas, corrruptos irresponsáveis para a presidência?

    “Presidente regional do PSD, Índio da Costa teve a carteira de motorista apreendida nesta madrugada pela operação Lei Seca, no Rio.Ex-DEM, ele foi candidato a vice-presidente de José Serra (PSDB) na última eleição.

    A apreensão da carteira foi decidida após Índio da Costa se recusar a fazer o teste de alcoolemia com o bafômetro.Em sua página do Twitter, Índio da Costa afirma que não fez o teste porque havia bebido vinho.Índio terá de pagar multa de R$ 957,70 e responderá a processo…”

    O então candidato a vice-presidente na chapa do tucano José Serra, Indio da Costa (DEM), disse durante um debate realizado pela Record News que o Presidente Lula estava bêbado quando, em evento disse que era preciso “extirpar o DEM” da política brasileira.”

    O CACIQUE JÁ CAIU DO CAVALO
    AGORA, FOI A VEZ DO ÍNDIO.

    http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2011/06/bebado-ex-vice-de-jose-serra-perde.html

    Forte abraço, Eduardo

  • Companheiro Edu, todos sabemos da sua luta, somos solidários a nossa querida Victótia e ao seu trabalho, vc não está sozinho, #tamojunto
    Um forte abraço
    Cido

  • Perdão Eduardo, mas é inaceitável que os teus companheiros não tenham arrancado aquele cartaz de lá. Vc. querendo ou não. Minha solidariedade pelos ataques a Victoria

  • Eduardo,

    O que você relata é grave, faz parte da cultura do dono de tudo. No Brasil ainda temos “donos” e lacaios da pior espécie. Minha sincera sugestão é fazer uma tempestade com o fato. Levar o fato, as ameaças até as últimas instâncias ( nacionais e internacionais). Matar no ninho com a força da internet. Precisamos, aprender a combater essa gente ( temos a chance do exercício), precisamos agir e manter tudo muito bem divulgado para todos saberem como agir, para desmoralizar essa gente. Ação, ação, ação.

    Abraço forte

  • Eu só queria saber o que os trolls propõe no lugar do PT?
    Seriam os “honestos a toda prova” do PSDB-DEM?
    Pra fazer o país afundar de novo como no governo FHC?

  • Mas talvez vc tenha razão.

    E vez de contraditório cada um fica na sua trincheira acusando o outro.

    Assim ficam todos contentes.

    Aqueles que tem seu único objetivo em identificar Trolls podem se ocupar de coisas mais importantes.

    Aquele que xinga, esbraveja e enche o espaço de palavrões, poderá faze-lo sem contestação.

    Aqueles que ameaçam fisicamente outros comentaristas neste espaço não terão mais ninguém para atacar.

    Mundo maravilhoso este.

  • Concordo com o pessoal que lhe aconselhou tomar mediadas mais efetivas contra esses gorilas. Acredito( ou pelo menos tento acreditar) , que hoje já estamos em um outro patamar, onde nossos companheiros não precisam mais se expor nem cumprir papél de martir solitário, colocando em risco a si e a sua família na tentativa de defender um sonho que não é só seu. Por mais ineficientes que ainda seja nossa justiça acredito que ainda assim devemos recorrer a ela para nos proteger como cidadãos. Acredito que agindo juntos e de forma organizada podemos exercer pressão sobre esses orgãos de forma a obriga-los a cumprir seu papel, impedindo assim a livre ação desses criminosos históricamente tão acostumados à impunidade. Estamos construindo um novo Brasil assim como uma nova imagem e um novo significado de nós mesmos e de nosso povo. E isso passa pela trasformação das relações entre esse novo povo e esse novo brasileiro- cidadão e sujeito histórico, e os ditos “poderes pré-estabelecidos”.
    Por isso ” CHEGA DE DAR A OUTRA FACE”!. Não quero dizer que deva comprar briga direta com essa gente que é capaz de jantar a própria mãe. Mais não pense que levar na esportiva ou evitar conflitos vai impedir que essa gente( se é que podemos chama-los assim) cuntinuem intimidando, ameaçando, e até mesmo matando gente que pensa e que age como nós. Por mais que queiramos acreditar na possibilidade de convivermos todos em armonia, no fundo sabemos que assim como não há lugar pra nós no mundo deles, não há lugar para eles no mundo que sonhamos construir. Não gente. Por mais tentadora que seja a idéia, não estou falando em usar os mesmos métodos que esses animais. O que eu quero dizer é que já vem o tempo em que precisamo – seja via leis, seja via organizações sociais com pressão sobre o parlamento, seja através de mobilização de militância digital- desenvolver formas mais efetivas de coibir e punir ações dessa natureza. Chega de ser complacente! Chega de esperar que um dia se conscientizem por si só! Chega de dar a outra face! Até porque sabemos que dando a outra face a essa gente com certeza no próximo golpe arrancam a nossa cabeça.

  • Bem falamos que a mídia não aceita critica ,lógico que sou contra intimidação física.
    Mas acho que vc deveria tirar umas fotos ao lado do cartaz ,postar em blog .
    E manifestar o direito de opinião .
    Os rapazes se forem do PSTU,PCO ou PSOL ao voltarem para o núcleo deles passara por herói.
    Afinal a deles é gritar pular fazer barulho e marcar terreno ,encostar em movimentos prontos sem colocar a mão no bolso para manter

  • Grande Eduardo:

    Minha solidariedade e também meu endosso na corrente dos que sustentam a necessidade de um boletim de ocorrência para cada episódio destes.

    Nosso carinho para Victoria.

  • Tornar públicas as ameaças é a melhor coisa que podemos fazer. Estes brutamontes sem idéias abraçam os conceitos que bispos, evangélicos e políticos da direita dissiminam a rapazes e moças desprovidos de senso social. A cada vitória do PT e de seus apoiadores, ficam mais doentes mentalmente. Mas, não parecem ser a maioria. Se eu sou o amigo, registro todas estas ameaças na polícia.

  • Não parece ser o tipo de gente com ideologia política, mas fanáticos religiosos que se deixam usar por grupos que não querem perder privilégios (como a História sempre registra). Caberia uma denúncia ao Ministério Público, porque o que esses sujeitos estão praticando está tipificado no Código Penal. Eles e os que estão por trás mexendo as cordas. Você é um homem de fé e corajoso, dos que fazem a História. Força sempre!

  • Edu,

    Eu estive com os dois caras, eu disse para eles: Eu tenho as mesmas convições e opinião, acho que houve exageros no caso Palocci e em outros diversos que atigem diretamente o Governo que eu ajudei a eleger! Eu não acho que nenhum tipo de militante politico, virtual ou que seja deve faz o enfrentamento pessoal. Sinto que temos que tomar diversos cuidados realmente, mas como vc disse, não podemos nos intimidar com ataques pessoais, temos que a partir de ações como esta que vc sofreu começar a discutir como agirmos em rede, a partir do momento que um cidadão desse é pautado e questionado tenho certeza que vão pensar duas vezes antes de ser beligerante.
    Pode contar com os amigos (as) de Minas Gerais!
    Abraços,

    @michaelrosa13

  • Caro Eduardo,

    Por acaso, estive tomando umas brejas com os seus desafetos “gêmeos”, juntamente com um casal de petistas “antigos”, pessoas finíssimas, e mais um blogueiro amador, professor universitário. Entendi que todos do Rio, menos eu.

    Os garotos estavam magoados porque, segundo concluí, devem ter sido massacrados por você,em termos ou retóricos ou intelectuais, durante a discussão sobre Palocci. Ressalto que, na ocasião, me afastei de seu blogue por estarmos em posições diferentes nesse momento, daí não ter eu a menor idéia do discutido por vocês.

    Os horrendos comentários atacando sua menina são totalmente indefensáveis. Não devem ter partido de seres humanos em condições de normalidade psicológica.

    Sem a pretensão de conhecer a psique de pessoas em poucas horas de convívio recreativo, social, a julgar pelas palavras, idéias e atitudes passadas naquela ocasião pelos “gêmeos”, ponho minha mão no fogo: eles nada têm a ver com as nojentas palavras usadas contra sua inocente criança.

    Como o “Cidadania” é seu, você tem todo direito de não publicar esses lixos, nem lhes dar resposta, pois talvez se trate de pessoas doentes querendo vitrine.

    Ameaças devem ser levadas a sério, porém sem paranóia. Olhe para os lados ao entrar e sair dos lugares, evite percursos rotineiros e, sobretudo, mantenha-se corajoso ou se inspire na coragem de Vitória.

    Desejo-lhe paz e felicidade.

  • Edu, enquanto tipos como estes não sofrerem penalidades que sabemos serem brandas por parte da justiça porém, no meu modo de ver, necessárias, muitos outros continuarão a agir da mesma forma ou quem sabe, pior.
    Te cuida.
    Abços

  • OI Edu é chocante que em pleno século 21, da era digital de grande avanços da humanidade ainda existam brucutus como esses, esquecem-se que um dai serão pais e que dor que dá em Chico tb dá em Francisco e que somos responsáveis pelos nossos atos e responderemos por eles ao Criador e toda dor que provocamos ao nosso semelhante volta a nós com a mesma intensidade ou até maior, não que deseje que eles passem por tudo que vc passou, mas é a Lei Imutável de Deus, que cada um recebe de acordo com o que dá. A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória. Feliz da Vitória em ter nascido em uma família igual a sua, pois esp´ritos como ela que reencarnam no nosso planeta são especiais e vc e sua família são especiais, imagine esses debilóides um dia como pais e se receberem um ser especial desse em sua família, será que eles teriam a capacidade de amar como vcs têm? Teriam a capacidade de suportar a dor e o sofrimento que vcs passaram, creio que não, então é por isso que esses debilóides nunca receberiam das mãos de Deus essa incumbência. pois os mesmos não possuem caráter, amor e coragem para receberem em seus seios esses espíritos especiais, que como Vitória, mostram a Magnitude do Pai de Amor e Justiça que é Deus .São espíritos que resgatam e se purificam através da dor galgando a sua escalada evolutiva como espíritos imortais que todos nós somos..
    Se existem brucutus que o destrata, existem nós seus amigos que o admiramos e estamos contigo em todos os momentos de sua vida, e não são poucos, viu?
    “Amigo é coisa pra se guarda do lado esquerdo do peito, e a seta chaves.” Nunca se esqueça disso.
    Um grande abraço

  • Edu, nos comentários em geral vejo as pessoas dizendo que sua tolerância alimenta os ataques, que vc dá espaço. não posso concordar com isso. primeiro, porque a vítima jamais pode ser responsabilizada pelo ataque. segundo, porque a sua tolerância, a sua visão democrática é uma das suas qualidades mais admiráveis que o gabaritam como verdadeiro cidadão. ataques dessa natureza não podem abalar isso (e sei q não abalarão). fosse vc intolerante, estaria contradizendo tantos valores…

    porém, obviamente que a agressão e a ameaça não podem ficar impunes. concordo com os demais que é necessário tomar alguma atitude corretiva.

    mas a sua tolerância não é a responsável por nada disso. continue sendo quem vc é.

    um abraço.

    PS.: uma lição dessa história foi que a vibração negativa contra a nossa querida Victoria, por pior que tenha sido, não conseguiu vencer a corrente de vibrações positivas em torno dela saídas de todas as partes. estou feliz por vê-la feliz e saudável. e estou feliz por ter colaborado com a minha vibração por isso.

  • Caro Eduardo,

    Estava nesta mesa que o amigo Edemar se refere e acho importante também dar minha impressão. Tudo que nos pareceu, num clima de absoluta descontração, era que a partir de uma divergência um pouco mais acirrada aqui no seu blog em torno da questão Palocci, os jovens irmãos resolveram, fazer um protesto pacífico e bem humorado (mesmo que ácido) . Eu achei correta e bacana a sua atitude de deixar que os cartazes ficassem ali, pois tratava-se de uma forma de expressão artística e pacífica, onde a pessoa imprime suas emoções, sentimentos.. Mas jamais nos pareceu mesmo – como também estava lá acho válido deixar essa impressão – algo odioso, uma fixação pessoal , ou algo do tipo que pudesse atingir esses níveis que você se preocupa com toda razão. Não pareceu isso mesmo. Eles eram pessoas de bom trato, tem aquele jeitão, falam muitas gírias mas os caras nos mostraram ser do bem, e estar apenas com essa questão “engasgada”.. Inclusive chegamos, eu, o Edemar, até o Rovai, no sábado a noite, na hora da confraternização , a brincar com você, pois era dessa forma, sem ver um atrito mais sério, que estávamos entendendo a situação.

    Não nos pareceu um ódio desvairado ou algo dessa natureza que gerasse uma ação execrável e doentia como essa que aconteceu aqui.

    Um grande abraço,
    Adilson

    • É porque você não os viu me interpelando aos palavrões e bufando… Mas, como democrata, tenho que respeitar a manifestação de idéias, conquanto – e até que – não descambem para a violência. E foi o que fiz.

        • achei um absurdo o que fizeram contigo com os cartases, os que dizem ser teus amigos não devia ter permitido. Cuidado com amizades de mentira

          • Tiririca:
            Concordo. Que fossem protestar na rua, mas deixar que pendurassem os cartazes dentro do próprio local, já passa a linha do suportável.
            Afinal, em tudo há que ter área privativa. Vamos parar com liberdade demais.

  • Caro Eduardo,
    No caso do Palocci divergi muito dos seus posts. O que acontece é muitas pessoas quqrerem debater e não estão preparadas para isso. Também tem aqueles que são pagos para terem este comportamento.
    Afinal, para muitos políticos ainda estamos vivendo o tempo que quem fala mais alto.
    É preciso ainda um bom tempo para aprendermos o que é democracia de fato.
    É necessário cuidado, pois, não sabemos qté que ponto podem chegar, mas não se deixe abalar.
    “O mal vence quando os bons se calam”.

  • Caro Edu,
    Não dê valor às considerações amenizadoras do Adilson e do Edemar. Diz o ditado: Seguro morreu de velho.
    Que Deus continue dando-te forças para a que realizes teus propósitos.

  • Protesto pacífico e bem humorado??? Gente do bem?? Imaginem se fossem bélicos, mal humorados e do Mal??? Essas “coisas” não têm defesa, não!!!!

  • Dirigir ofensas a uma criança e as ameaças que você sofreu, são coisas que só podem ter vindo de gente insana, pessoas carentes que talvez precisem de compaixão, tipo: “perdoai-lhes porque eles não sabem o que dizem!” Porém, não atire pérolas aos porcos! Deixe esses insanos e esses vadios infelizes para lá! A caravana passa e os cães ladram! Eduardo, força, saúde para você, a Vitória e muita fé no seu trabalho que é muito importante e necessário.Deus lhe abençoe e lhe ilumine! Um abraço…a luta continua!

  • É muito triste, mas já vi nos comentários de matéria de um jornal de grande circulação esta gente rindo, xingando e debochando dos torturados pela ditadura militar. O que esperar destas pessoas? Agem sempre assim, sem nenhuma educação, sensibilidade, humanidade, consciência. Não é por acaso que temos tanta desigualdade no Brasil, trabalho escravo, tortura, presídios lotados, educação falida e tanta violência. Tomaram o poder em 1964 e sem competência alguma para nele se manter, após arrasar com o país, entregaram-no aos civis. Mas ainda estão por aí atrapalhando e até impedindo nossos avanços na construção de um país melhor. Eduardo Guimarães, não somos iguais a eles, não alimentamos ódio em nossos corações. Você tem o amor de seus amigos, familiares, de muita gente que acompanha o seu trabalho e uma família linda. Acho que é por aí. Fica com Deus companheiro.

  • Sempre me debato com relação ao uso da internet. Ocorre às vezes que um comentário de crítica e uma reflexão contrária a algum interesse o provedor logo ameaça nos punir. Eu pergunto, como pode um e.mail ser aceito com a id vaitomarnocu? Absurdo. Os covardes, loucos estão por trás de uma tela mandando mensagens de todo tipo e não tem como contê-los?
    Concordo com o blogueiro que não devemos alimentar briga pela internet, mas tipos de pessoas como os defeto de Eduardo tem que receber alguma rebordosa. Se não eles pensam que são os tais e que nós os blogueiros vamos no intimidade.
    Parabéns pela forma como você tirou de letra o assédio dos gêmeos. ótima lição.

  • Eduardo, receba minha solidariedade. Olha não deixe de avisar a Polícia Federal, pois é a impunidade que garante as ousadias. Outra coisa: de modo nenhum você deve publicar fotos de sua família no blog, pois é um perigo que algum desses pitbuls tente alguma coisa contra a Vitória. E eles são capazes de qualquer coisa, afinal a moda agora é ser politicamente incorreto, veja o exemplo seguinte: Um blogueiro pernambucano que sempre punha as fotos dos três filhos adultos e da filhinha recém-nascida recebeu certa vez um post em que se dizia que a menina estava boa para ser estuprada, e que os rapazes filhos do blogueiro tinham cara de débeis mentais. Outra coisa: no blog da dilma foi necessário suprimir o bate-papo porque esses pitbuls invadiram-no, inclusive um chamou minha mãe de galinha. E nas discussões quando eu disse que internet não era espaço livre, os caras disseram que o anonimato lhes garantia a segurança, e que eles podiam escrever o que quisessem pois não haveria lei que os incriminasse. Vi no You Tube um português nazista (parece piada, mas eles existem) que ameaçou a um brasieiro dizendo que podia descobrir-lhe o endereço e mandar matá-lo. E eu creio que ele é capaz disso mesmo.

    • “os caras disseram que o anonimato lhes garantia a segurança, e que eles podiam escrever o que quisessem pois não haveria lei que os incriminasse. ”

      É bom ressaltar que a CF protege a liberdade de expressão da forma mais ampla possível, mas veta o anonimato.

      Ou seja, se o cara escreve anonimamente, ele não está exercendo a liberdade de expressão, e bloquear esses comentários não é censura.

      Ou seja, o blog do planalto (aliás, qualquer blog) poderia exigir que os manifestantes se registrassem e identificassem, com confirmação via email, e isso não apenas seria completamente legal, como seria muito melhor do que eliminar os comentários para se livrar dos trolls.

  • Tem algo no ar e está escancarado pelos ataques de hackers aos sites governamentais, pela incitação ao ódio daqueles que não sabem, não conhecem em suas vidas nada além do que seus próprios desejos mesquinhos, dos seus interesses financeiros sem limites e do que mais couber nessa história. Não há vestígio de inteligência nem sutilezas nos confrontos. Falta humanidade. Que pena. Não devemos perder o foco do que é importante para nosso país, para a vida em comum e a busca inesgotável de sermos seres melhores a cada dia. Coragem não lhe falta, Eduardo, nem a nós que o acompanhamos.Vamos em frente.

  • Sinto muito, mas se algum merda desses me provocar, responderei com muito maior agressividade! Por sinal, discordo da sua opinião, acho quye esses pilantras usam a violência exatamente proque não têm arguementos(e sei do que falo, conheço os tipos desde minha época no movimento estudantil)e TENHO CERTEZA ABSOLUTA DE QUE SÓ SE CALARÃO COM MAIS VIOLÊNCIA AINDA! A maioria não tem intenção de chegar a extremos, mas posso garantir que para os que têm, o caminho mais fácil para levá-los a isso é agirmos com frouxura. Desculpe-me a sinceridade, mas seu post me lembrou a mesma postura revoltante dos narradores esportivos dos jogos entre Brasil, Argentina ou Uruguai. Os “pacifistas” midiáticos, ao verem os atletas daqueles países espancando os nossos; que geralmente apanham graças a uma covardia que merecia um tese sociológica para explicá-la; tecem loas para que “não reajamos”, “não entremos na provocação deles”, quando só a reação com ainda mais agressividade levará os “hermanitos” a pararem com a violência. Não percebem, ou fingem não perceber, que é exatamente a certeza da impunidade, de que não correm risco ao nos atacarem, de que vão bater sem levar, o que estimula argentinos e uruguais, no futebol, a nos atacarem, postura que não adotam ao enfrentar outros países. De minha parte, assim como o faria se estivesse em um jogo de futebol, quem me ofender receberá o triplo de volta. Por último, acho que o melhor caminho para você, como proprietário do blog, evitar a ação desses pilantras é, de uma vez por todas, ACABAR COM A TERRÍVEL CONFUSÃO QUE VOCÊ FAZ ENTRE DAR LIBERDADE AO CONTRADITÓRIO(QUE É A POSTURA CORRETA PARA UM DEMOCRATA) E DAR ESPAÇO PARA BADERNEIRO. CONFUSÃO QUE FICOU EXPLICITADA NA ATITUDE DE PERMITIR QUE NÃO FÔSSEM ARRANCADOS OS CARTAZES QUE DOIS SAFADOS PENDURARAM PARA TE DESMORALIZAR. SE ESTIVESSE EM SEU LUGAR, DIANTE DESSE ABSURDO, EXIGIRIA A RETIRADA DE TODOS OS CARTAZES E COLOCARIA OS DOIS PARA FORA NA PORRADA! AMIGO, DIVERGÊNCIA É DABETE DE IDEIAS, SAUDÁVEL, SEM ATAQUES PESSOAIS. SE VOCÊ MANDASSE RETIRAR CARTAZES QUE CONTESTAVAM SUAS OPINIÕES, EU SERIA O PRIMEIRO A POSTAR-ME CONTRA ESSA ATITUDE E A DEFENDER OS OPOSITORES(APESAR DE CONCORDARMOS EM UM SEM NÚEMRO DE ASSUNTOS). MAS PERMITIR CARTAZ, COMENTÁRIO OU O QUE QUER QUE SEJA QUE DESTINA-SE A ATACAR O AUTOR, SEJA POR FATORES PESSOAIS OU POR PECUINHAS RETIRADAS DE QUESTÕES MENORES DO TEXTO, É FACILITAR PARA MALANDRO, DAR MOLE PARA BABACA REACIONÁRIO QUE APENAS DESEJA TULMUTUAR. Sei o que estou falando, já brigava com esse tipo de fascista quando nem se sabia o que era INTERNET. Por isso, quer começar a diminuir as discussões, NÃO PUBLIQUE AS IMBECILIDADES DOS TROLLS QUE APARECEM AQUI PARA ATACAR VOCÊ OU SEUS COMENTARISTAS. FALO EM ATACAR NÃO EM DIVERGIR INTELECTUALMENTE, ESSE SEGUNDO ASPECTO É SALUTAR E INDISPENSÁVEL, MAS, PARA QUEM CONHECE O MODUS OPERANDI DA DIREITA, RARAMENTE ELA DIVERGE ATRAVÉS DE IDEIAS. DA MINHA PARTE, QUEM POSTAR ALGUM ATAQUE CONTRA MIM RECEBERÁ UM REVIDE AINDA MAIS VIOLENTO.

    • Você já está me enchendo de novo. Não tem jeito, um homem adulto que age como criança. Fica tentando transformar este blog no seu playground de psicopatia. Acabo com a sua festa logo, logo.

  • Prezado Carlos Henrique entendo sua revolta. Mas temos de tomar cuidado porque existe no Código Penal, artigo 345 o crime de exercício arbitrário das próprias razões, cujo artigo é o seguinte:

    Art.345. Fazer justiça pelas próprias mãos, para satisfazer pretensão, embora legítima, salvo quando a lei o permite:
    Pena – detenção, de 15 (quinze) dias a 1 (um) mês, ou multa, além da pena correspondente à violência.
    Parágrafo único. Se não há emprego de violência, somente se procede mediante queixa.

    Lógico que você agindo como propôs na primeira linha do seu comentário, você infligiria ao agressor algumas lesões corporais e responderia por isso. A pena menor seria de três meses a um ano, se você fosse incurso no artigo 129., caput. É verdade que o § 4º tem um atenuante, que é o motivo de relevante valor social ou moral, mas você teria que ter um advogado cobra criada para demonstrar isso no juri (caso da sua ação o sujeito morresse) ou no julgamento comum.

      • Pelo jeito o senhor Ex-…, Ex- o que mesmo? Não é surdo, muito menos cego!

        Qual sentido você quer dar para a sua expressão “Gritar para mim é porco quando pego de cabeça para baixo.”?

      • Meu caro, gritar e espernear é o que vc mais faz aqui.

        Vc lança uma discussão e foge dela. Pergunta, e não comenta a resposta. Não acrescenta nada, só tenta incendiar e contrariar.

        Não tens moral pra reclamar de ninguém.

  • Ah Edu, os rapazes são seus leitores e fãs de seu trabalho, eles se sentiram muito ofendidos por você os chamar de “demotucanos” em um de seus comentários (eu também ficaria brava se alguém me xingasse assim). O que eles estavam contestando é como foram (des) tratados por você. Mas eles são boa gente, pode apostar.

    • Não acusei ninguém de nada, apenas relatei o que fizeram. Nunca disse que foram responsáveis pelos outros ataques. Isso não está no texto. Porém, não deveriam intimidar as pessoas como fizeram comigo. Agiram como mafiosos. E olhe que um deles nem teve problema comigo. Agiram como quadrilha. Eles lhe contaram uma história falsa. Não os chamei de “demotucanos”, apenas reagi quando um deles começou a fazer considerações pessoais sobre mim e a postar dezenas de comentários sem parar. E mesmo que tivesse chamado de demotucanos, fizeram cartazes desleais, atribuindo-me pensamentos, como se pudessem ler mentes. Todavia, paguei a falta de civilidade de me dizerem palavrões e de usarem tom ameaçador com urbanidade e espírito democrático, defendendo-lhes o direito de expressão, ainda que enviesado. Acho que agi muito melhor com esses “meninos” do que agiram comigo. E estou satisfeito por isso.

  • Edu,entendo seus argumentos.Me desculpe,mas eu respondi ao Sílvio.Não consegui apenas observar. São covardes aqueles que se escondem sob nomes falsos e atacam uma menina,apenas por discordar das opiniões do pai.São os resquícios das eleições.As fatídicas eleições,onde um candidato irresponsável buscou trazer a tona,os piores sentimentos e pré conceitos.Tudo para armar a direitona fascista e raivosa.Desculpe,mas não deu para calar. Cuide-se.Caldo de galinha e cautela não fazem mal a ninguém.

  • Eduardo,

    Sabe por que você é ameaçado?

    É porque você é bom.

    Só os bons incomodam e são ameaçados.

    Eu, por exemplo, se não fosse bom não haveria branquinho ameaçando me processar 🙂

  • Tio, to chocada…. ele sim deve ser o próprio demônio para usar uma coisa assim ainda mais para falar da Victorinha que é linda demais e um doce de menina que só traz alegrias!
    E ele é que é um limitado mesmo, burro demais… e ingênuo né… ele acha que nosso queridinho fofíssimo FHC nunca nos roubou né? Ahhh gracinha…
    Aff me revolto com isso, mas dai o cara brincar com uma coisa seria dessas… mas deixa ele… o q é dele tá guardado, vai agredindo os outros e “amaldiçoando” assim as pessoas… tudo que vai, volta muitas vezes mais forte….

    É isso tio, beijos!

  • FORÇA AMIGO, NESSE MUNDO CAPITALISTA ONDE O POBRE É ESQUEÇIDO, ESSE TIPO DE GENTE QUE A GENTE TEM QUE ESQUEÇER E SEGUIR EM FRENTE O ODIO DOMINA ELES!!! SE JESUS NAO ESCAPOU DESSES TIPO DE PESSOAS RANCOROSAS E ODIOSA QUE O MATARAM IMAGINEM NÓS!!! MAS JESUS FOI UM HEROI E VENCEU O MUNDO E O DINHEIRO NAO A COMPROU!!! FORÇA AMIGO E GUERREIRO ESQUEÇE ESSE TIPO DE PESSOAS RANCOROSAS E ODIOSAS!

  • só a coragem nao é o suficiente, Edu, sugiro q vc tome alguma medida defensiva p evitar acoes de diabos como esses, pois vc sabe como é a impunidade nesse país. Melhor prevenir.

  • Alguém que não consegue divergir sem agredir só pode ter sérios problemas mentais. Levar à vida real querelas virtuais é coisa de gente insana e incapaz de um convívio social saudável.

  • Eduardo e pessoas
    Eu li há uns meses que nos EEUU estão criando “robôs” para usarem a internet como se fossem pessoas. E, com dispositivos que não permitem identificação de IP. Na CIA, se não me engano. O objetivo seria discutir assuntos importantes, fazer oposição para temas humanitários e democráticos sem serem descobertos, desqualificar campanhas ou discussões de temas sociais em benefício de pessoas, de grupos. Aliás, parecido com isso já anconteceu antes das eleições de 2010, lembram? Será que já estão por aqui tb?

  • Eduardo e pessoas
    Eu penso que existe uma campanha rasteira, como antes das eleições… e pode se imaginar quem está por trás disso… a maldade e maledicência fermentada em 2010 continua fermentando. Talvez sejam da “elite cheirosa”, com tecnologia e tempo de sobra, sem precisar buscar o pão de cada dia. Continuam fermentando maledicências, maldades, agressões, porque não tem nada de bom para fazer.

  • Meu querido Edu, o João ta certo: mexeu contigo conosco… Bom o aviso a todos nós, além de servir para exorcisar os demônios. Força e sucesso! Vindo tais críticas e baixarias, de onde vem temos a certeza de que estamos no caminho certo: o da igualdade, fraternidade, compreensão e solidariedade entre as pessoas de bem e a tolerância com todos.
    Beijo no coração, meu amigo!

  • Quando u vi pela primeira vez o retratinho da menina disse com os meus botões:
    – Menina, nunca te vi e sempre te amei. Em seguida orei por ela.
    Agora, se você quiser saber onde são “fabricadas” essas criaturas (os gêmeos), entre no Blog do Élio Gáspari e leia a matéria: “COLÉGIOS CAROS E MANDÕES”.

Deixe uma resposta