Colunista da Folha diz que mídia obriga Dilma a demitir ministros

Últimas notícias

Surgiu uma excelente evidência de que a decisão da presidente Dilma de manter o ministro Orlando Silva no cargo desencadeou a fúria de uma imprensa que aposta alto em seu inegável poder de produzir crises e de desarticular o governo através de denúncias.

O colunista da Folha de São Paulo Fernando Rodrigues, em vídeo, faz comentário em tom insolente, jactando-se em nome da “imprensa” por ela estar obrigando a presidente a demitir ministros. Segundo o colunista, ela só não demitiu o do Esporte, “ainda”, para não passar recibo de que as quatro demissões de ministros por corrupção, neste ano, decorreram do poder midiático.

Como se verá mais adiante, a locução do jornalista está alguns tons acima do tom jornalístico, tendo clara conotação de disputa política, uma espécie de queda de braço. Antes, porém, vale fazer algumas considerações.

A fúria midiática tem uma “razão” de ser que para qualquer pessoa de juízo normal parece absurda, ou seja, revolta com o governo do país por ele não ter obedecido a capricho de empresários de comunicação que querem que suas denúncias se transformem em medidas governamentais sem maiores apurações, só porque esses empresários querem.

Claro que a mídia tem medo de perda de credibilidade por ter se antecipado e decretado a demissão do ministro. É o que dá origem ao tom que o jornalista usou nesse comentário de arrogância espantosa. Os portais UOL, Estadão e G1 passaram dias comunicando a demissão do ministro em manchetes garrafais e, depois, nada aconteceu.

Ainda é difícil dizer se o jornalista não tem razão. O histórico deste governo o favorece, mesmo que a presidente diga que todas as demissões ocorridas até hoje foram a pedido dos demitidos. Enfim, leia, a seguir, o comentário do jornalista Fernando Rodrigues. Ou, se preferir, assista ao vídeo, reproduzido logo abaixo da transcrição do comentário.

—–

A situação de Orlando Silva. O ministro do Esporte está “cai, não cai”. É possível que ele saia nos próximos dias, mas é impossível dizer quando isso vai acontecer, porque Dilma Rousseff simplesmente detesta ler na imprensa e assistir notícias na televisão ou ler na internet que ela já decidiu pela demissão de Orlando Silva. A presidente não quer consolidar a imagem que existe – e é verdadeira – de que ela foi sempre a reboque da mídia nas demissões de todos os seus ministros acusados de corrupção. Agora será da mesma forma, não importa se Dilma espere um pouco mais ou um pouco menos. Se demitir Orlando Silva, terá demitido o ministro do Esporte porque a IMPRENSA investigou o que acontecia por lá.

—–

153 comments

    • .
      .
      DILMA
      .
      .
      ELES – a extrema-direita-juridico-midiatica – atravessaram o Rubicão. Cansaram de te esperar…
      .
      .
      Agora, ou bate ou apanha…
      .
      .
      Mas que coisa feia o mais forte apanhar do mais fraco…
      .
      .

    • Infelismente a Presidenta Dilma está pagando o preço da tentativa de convivência civilizada com a mídia brasileira, reacionária, lesa-pátria, golpista desde a década de 50 e escandosamente partidarizada desde janeiro de 2003, quando tomou posse o ex-Presidente Lula/PT.

      Espero que as demonstrações diárias de desprezo, arrogância e prepotência que a mídia demonstra contra a figura política da Presidenta Dilma e seu governo estejam lhe abrindo os olhos, pois a arrogância desse jornalista não deixa nenhuma margem a dúvidas: o PIG – Partido da Imprensa Golpista diz claramente que está no poder e o governo federal vai ter que continuar a fazer o que eles quiserem, demitir tantos ministros quanto eles quiserem, até que as denúncias forjadas e a última cabeça a ser pedida seja a da própria Presidenta Dilma, via impeachment.

      A direita não tem outra forma de voltar ao poder a não ser através de um golpe, desta vêz através do uso maciço do poder dos oligopólios da comunicação.

      A Presidenta Cristina da Argentina bem que podia dar uns “conselhos básicos” para nossa Presidenta de como enquadrar e enfrentar a mídia golpista, a da Argentina está com o rabinho entre as pernas e quietinha no seu canto.

  • Pô Eduardo, você me fez ver esta excrescência ?

    A coisa é tão acintosamente indecente, que este vídeo deveria ser enviado aos outros presidentes da AL, especialmente os do MERCOSUL e UNASUL (Cristina Kirchner, Hugo Chaves etc…)

    Aliás, já passou da hora de irmos para a porta da ABI (aqui no RJ) e exigirmos que esta imprensa vagabunda respeite os votos de dezenas de milhões de brasileiros .

  • Mas ela vai demitir. Vocês verão. Estou dizendo isso há dias aqui no blog. Raciocinem: Dilma convidou FHC para ir ao Palácio do Planalto. Definitivamente, essa mulher não bate bem da cabeça. E, acreditem, digo isso com tristeza.

    • “(… ) Definitivamente, essa mulher não bate bem da cabeça. E, acreditem, digo isso com tristeza.”

      Diz não querido!

      E depois vocês se queixam do PIG.

      “Essa mulher” é a Presidenta da República, merece ser tratada com respeito.
      Uma grosseria dessas vinda do outro lado eu não aceito, mas até entendo.
      Mas vindo do nosso… não aceito, não entendo!

    • A Dilma está recebendo uma organização internacional que foi fundada pelo Nelson Mandela,reunindo políticos e personalidades influentes idosas que lutam pala paz e entendimento entre os povos do mundo. O FHC faz parte dessa instituição internacional que solicitou audiência com a Dilma,aliás é o único brasileiro que faz parte dela. Portanto,ela como Presidenta ao receber a instituição, só se não tivesse a dignidade e maturidade de estadista é que iria deixar de convidar o FHC.
      http://blog.planalto.gov.br/presidenta-dilma-recebe-grupo-os-elders-para-jantar-no-palacio-da-alvorada/
      Não sejamos pequenos no pensar. E já chega a mídia conservadora para perseguir e criticar a nossa Presidenta o tempo todo.
      Vamos nos colocar no lugar dela gente. Desde que ela assumiu já fez tanta coisa boa, comporta-se sempre de uma maneira a nos encher de orgulho,mas é cada paulada que ela leva! E só crítica, armação, baixaria. Sinceramente, às vezes penso que ela deve estar arrependida de ter assumido essa missão. É muita agressividade, muito desrespeito, de tudo quanto é lado. O que será que está havendo com as pessoas, meu Deus. Será que ficou proibido a gente gostarve respeitar a nossa Presidenta, tão gentil e inteligente?
      Pessoalmente acho-a excelente, com imensas qualidades e extrema simpatia.
      Nunca pensei que ia ver alguém com tantas qualidades sendo eleita,porque vejo o eleitor brasileiro tão mal informado e imaturo.
      Acho todo muito muito cruel com a Dilma. Ela não merece isso não, gente.É uma pessoa que inspira toda a confiança e merecia melhor tratamento da nossa parte.
      Vejo o carinho e o respeito que o povo argentino tem pela Cristina. Que coisa linda um povo agir assim! Bem que podíamos aprender com eles. Sinceramente, se eu fosse a Dilma renunciava e ia para casa curtir o netinho lindo, a filha tão doce. Os brasileiros são muito estranhos. Parecem não ter coração. Tenho pena da nossa Presidenta. O Brasil não está preparado para ter uma Presidenta com as qualidades dela.
      Eu desisto de frequentar blogs. Adeus.

    • Você está se referindo à presidente do meu país, eleita pela maioria e empossada conforme a lei. O senhor tem todo o direito de discordar dos atos dela e, absolutamente, nenhum direito em ofendê-la.

      • Não estou preocupado com presidenta nenhuma. Poderia dizer a mesma coisa com palavras doces. Por certo vocês saborariam deliciosamente… A questão é apenas de estilo. O meu é direto e contundente, que talvez seja mesmo um problema. Mas ela, assim como todos nós, vai passar. O que fica é o Brasil. E a pergunta é: o que essa senhora tem feito há um ano pelo Brasil??? Foi nisto que votamos??? Foi para que FHC volte ao Palácio do Planalto como um herói??? O homem que vendeu o Brasil a preço de banana??? Em cujo governo não havia emprego nem trabalho para ninguém??? Foi nisto que votamos??? Para que FHC tenha a sua vaidade saciada??? O seu ego nutrido???

        Não, não foi nisto que eu votei. A verdade nua e crua é que fui enganado por uma pessoa que se dizia de esquerda, que se fantasiava de vermelho e que parecia que não iria transformar a política num baile de máscaras, num jogo sem regras e sem definição de que lado cada um está.

        Na próxima passeata contra a corrupção, se eu puder me deslocar até São Paulo, me farei presente.

        De resto, nem meus comentários nem minhas visitas são mais necessárias neste blog.

        E, por fim, Orlando Silva caiu. Disse que cairia diversas vezes aqui. O próximo é o ministro do Trabalho. Em 2013, vai ser a própria presidente, afinal, se Orlando Silva é responsável pelo que acontece no ministério dos Esportes, por que Dilma também não o seria, se ela é chefe de todos os ministros? Uma hora cai a ficha de vocês.

    • Augusto:
      Quanto a demitir ministro, vc até tem razão. Dilma não pode se deixar guiar por imprensa de uma nota só.
      Mídia partidária não tem isenção para acusar os indesejáveis.
      Mas erra no tratamento desrespeitoso à Presidenta (essa mulher, não, meu caro, reserve essa expressão para as de sua família ou para nenhuma).
      Também não há mal algum em receber FHC, relacionamento civilizado não quer dizer cumplicidade. Por sinal, o ex-presidente tem sido bastante comedido em relação às denúncias de corrupção, disse até que “são normais”.
      Vc está sendo xiita demais, isso não combina com uma democracia de fato. O que quer, guerra? Enfrentamento?

      • Até quando você se deixar enganar???
        Não há tratamento desrespeitoso coisa nenhuma, muito menos ofensivo. Não me venha com essa.
        O panorama no futuro não é bom. Se as previsões estiverem corretas, com a crise na União Européia, a economia brasileira não estará tão bem em 2013, menos ainda em 2014. É questão de tempo até que comecem a culpá-la tanto pela corrupção quanto pelo mau desempenho econômico. E as defesas terão sido todas minadas até lá. Quanto a receber FHC, bastava recusar protocolarmente o convite. Isso politicamente é o que mais acontece. É coisa normal da política. Inventasse um compromisso qualquer. Não tem nada a ver com demonstração de civilidade. Na verdade, é mais uma arapuca. Só isso e mais nada. Uma arapuca armada para garantir o narcisismo e o exibicionismo delirante de FHC e de toda a mídia a que ele responde. É o reconhecimento da impotência, da fraqueza e só.

        • Augusto:
          Se eu ouvi bem, a mídia disse que FHC integra o tal grupo de “anciãos” pela paz, e Dilma foi anfitriã. Tenho a impressão que não dava para ignorar o Farol.
          Fica apreensivo não, no dia anterior ela estava ao lado do Lula, em Manaus, alegria estampada no semblante. É inegável a admiração que a Presidenta tem pelo seu “patrono”.

  • A indiferença é o pior dos sentimentos. Presidenta, não dê cartaz a “eles”. Faça como o Presidente Lula, não os leia. Isso vale pra gente também. Devemos ler com piedade “deles”. Pois a revolução “deles” ninguém fará. Cairão de podre. Ficaram parados no tempo. Mete a tesoura Presidenta, corte os gastos com a “publicidade” em jornais e revistas e TV’s. E aonde publicar? Seja seletiva, como “eles” são. “Eles” merecem.

  • Putz, não tô podendo ver o vídeo agora, mas pela trascrição, vá se fu… o “colonista”, usando PHA!
    Esses caras não tem vergonha na cara mesmo!

    É off pra cá, diz que diz prá lá!
    E agora intimando que vai ter que demitir.

    Isso é estratégia, tipo se a Dilma mantém o O.S. é para dizer que não é pautada pela mídia, mas o é, pois queria demitir, não demitiu para fazer “bico”, se demitisse, a mídia demitiu. (Aff! Silogsimo VAGABUNDO!) Mas o fato é, que houve decisão política e acertada da presidenta pela permanência de O.S., e que tudo o que a mídia apresentou como fato de desvio, era poeira!

    Flw

  • Edu,

    Tu saberias me dizer se existe alguma limitação para utilização da cadeia nacional de rádio e tv por parte do Governo Federal?

    Se não há, esta seria uma boa manobra de defesa a ser utilizada: Já que a mídia só noticia o que lhe interessa, que o GF apresente semanalmente e em horário nobre, utilizando-se deste instrumento, notícias de seus feitos, da situação do país ou simplesmente para rebater as informações deturpadas que a mídia nos traz.

    Abraços.

      • só se pode usar a “rede nacional” em programas como o “Observatorio da Imprensa”, né?

        O programa de hoje foi lindo Dines ‘superdemocrático’ , desmascarou o PCdoB, ele e os demais jornalistas mostraram como os comunistas são de araque, não fazem NADA para o povo, só se locupletam com suas ONGs de fachada…

        Ainda não publicaram o video no canal da Tv Brasil no YouTube. Recomendo a assistência…

        Essa “nossa” tv brasil está com uma linha editorial de primeira, no que tange ao jornalismo. E é pública! Amo muito tudo isso…

        8(

        • É o que eu digo Werner, NÓS pagamos para a tv publica existir e ela está a serviço dos que perderam as eleiçoes e aàs ordens da direita do país, nós os eleitores desse governo há 8 anos e 10 meses que criou a tv brasil temos que aceitar caladinhos que ela replique o pig 24 horas por dia para sermos chamados de ‘ republicanos e democratas’… ah vá para o inferno com essa tv que não nos oferece o minimo que seria um jornalismo decente e nem pra isso ela presta.

  • Esse falastrão aí ajuda nas crises fajutas que o Partido da Imprensa Nazista sempre impõe aos governos petistas, depois “entra” na Jovem Pan Serra ele fala em tom de espanto, Tipo: “Em apenas ‘n’ meses a presidente já demitiu ‘n’ ministros.
    Malandro que é, sabe que as demissões são resultantes das crises fajutas que o Partido dele impóe à Dilma Roussf.

    • Vamos torcer para a a presidenta Dilma aproveite sua próxima visita à Argentina, para a posse de sua colega Cristina, e aprenda algo sobre o tigre de papel que é a mídia antiga. Se lá a dona do Clarín ganhou um bebê de presente dos militares, que torturaram e assassinaram a mãe biológica, aqui um dos barões emprestou seus carros para transportar brasileiros para a tortura e a morte.
      Não há “cavalheiros” do outro lado, não há acordo possível. Há golpistas, fascistas, sem-Pátria, que sonham com a volta de uma ditadura que venda o Brasil e os locuplete. Gente deste tipo não merece respeito: merece a Ley de Medios e, em muitos casos, o Código Penal.
      Presidenta: ouça Cristina Kirchner, salve seu mandato e, muito mais importante, preserve a Democracia, que pertence a todos nós e é maior do que este Governo, que Lula, que o PT.

  • Putzs!!! Que figura asquerosa!

    Será que a Dilma se deixará ser pautada pela mídia udnista? E se deixar, qual será o próximo Ministro à cair? Ou, será que todo o Ministério tem rabo preso? Não seria melhor fazer um reforma ministerial urgentemente?

    • No programa Todo Seu do Ronnie Von (!!) da tv Gazeta, o tio ronnie como ele se intitula (a dinastia dos tios) desceu a lenha nos corruptos do governo FEDERAL, aquele antro onde mora o mal, desceu o sarrafo e indignado chamou para ajudá-lo uma comediante Neide Boa Sorte para dar uma receita de como eliminar a corrupcao e ela de pronto: BALA PERDIDA! Uma bala perdida por aí encontra a cabeca do politico corrupto e pronto, eliminou a corrupcao.
      Olha o nivel do ‘humor’ da pessoa, com tanto louco solto por aí ela solta ‘inocentemente’ essa solucao da bala perdida, olha a mídia está orquestrada de uma fforma que só falta o golpe viu, até nos programas onde vc nunca vê nenhuma discussao politica resolveram abordar a Corrupcao do PT e só do pt! Em nenhum momento foi falado a palavra corruptores.
      Programa de terca feira às 23:05 .

  • Edu, como ponho fé em seu ativismo contra esta porca mídia, lhe darei uma dica :

    Amanhã, quarta feira, dia 26 às 20:00h, a direção nacional do PT, através de Renato Simões ( Secretário Nac.de Movimentos Populares) fará um bate papo virtual com a militância Petista que atua especialmente através da web .
    Seria importante a sua participação e dos demais simpatizantes do projeto de poder implantado a partir de 2003, para que cobremos da direção do PT uma maior agilidade nas respostas a todas armações e golpismos da mídia/imprensa .
    Diante deste cerco midiático, é fundamental este aprofundamento da inter-relação virtual .

    Abração !

    • Amanha é dia de PRESSAO PARA IMPEDIR A APROVACAO DO AI-5 DIGITAL QUE O AZEREDO VAI TENTAR APROVAR NA CALADA E NA SURDINA, SE DEIXARMOS QUIETO ELE VAI CONSEGUIR E BABAU LIBERDADE NA INTERNET, PRESSAO SOBRE OS PARLAMENTARES PARA DERRUBAR ESSE PROJETO MONSTRUOSO DO IGUALMENTE MONSTRUOSO AZEREDO.

  • Investigou nada. Deram espaço para um corruptor o tal PM. Ele é que tentava se safar de pagar o que deve corrompendo os funcionários. Não há provas de que conseguiu, efetivamente, objetivamente e o ministro já mandou investigar Ah lembrei agora o que li no blog Communard. http://ocommunard.wordpress.com/2011/10/25/midias-sociais-revolucionam-o-mundo-ou-os-ultimos-dias-das-midias-de-massa/

    “As mídias sociais são completamente horizontalizadas, se organizam em redes como as células de guerrilha, os donatários desses sites ainda que possam de uma forma ou outra censurar ou intervir como ocorrera com a censura do Occupy Wall Street no email do Yahoo, são imediatamente desmascarados e denunciados, e acabam recuando. As mídias sociais são um tecido social complexo, autônomo, que cada vez mais se aproxima do espelhamento da sociedade civil na proporção da massificação do computador e da banda larga. Ela não só não é verticalizada, como ainda é descentralizada, dinâmica, expontânea, e está na raiz de todas as revoluções e mobilizações recentes que vão da Primavera Árabe ao Occupy World, movimento ocorrido mundialmente tendo a crítica ao capitalismo do Occupy Wall Street como modelo”

    E então palavras de Orlando Silva no aniversários do PC do B http://g1.globo.com/politica/noticia/2011/10/me-sinto-indestrutivel-diz-orlando-silva-em-carta-ao-pc-do-b.html
    “Neste momento, como disse Pablo Neruda em sua carta ao Partido, me sinto indestrutível, porque contigo, meu partido, não termino em mim mesmo”

  • Caro Eduardo
    Acredito em voce, mas não vou assistir, proibição médica.
    A midia está de um lado da trincheira, o povo está de outro.
    A midia sabe o que quer, e não tem espaço para negociação.
    Saudações

  • Alguém viu o bode velho nojento do Mário Couto, senador pelo Pará, falando sobre o Ministro dos Esportes, agora de noitinha? Silêncio constrangido geral.
    Se vocês tiverem estômago para ver aquela anta decadente cuspindo – ele cospe mesmo! – veneno, despeito e ódio! Ele só faltou explicitar que o Ministro é um …, por isso não merece confiança.
    Fica claro que o ódio dele decorre do fato de que a Presidenta não vai demiti-lo.
    E tenta a tática de introduzir uma cunha na amizade de Lula e Dilma.
    Mas, ato falho! Esquece e ataca Dilma.

    Quem sabe vocês estão querendo indulgências! Então assistam!

    E pensar que já estou até com saudades de Mão Santa!

    • Mariana,
      Toda essa Operação Derruba Ministros só tem um objetivo: atacar Dilma. Nada mais do que isso. Já que não têm perspectiva alguma de chegar ao Planalto num futuro próximo, vai no tapetão. Assim foi com Lula, assim está sendo com Dilma e assim será num segundo mandato. É assim que a banda toca.

  • O mais triste nisso tudo é ver gente como o Ricardo Kotscho e o PHA se aliarem a este pelotão de fuzilamento que, pela truculência, e só por ela, lembra aquela galera que estraçalhou o ditador KADAFI. Sem dó nem piedade. ORLANDO SILVA até este momento não cometeu crime algum (pode até tê-los cometido, mas ainda não se apresentou qualquer prova). Mas Azevedo, ACM, Alvaro, VEJA, Folha Eatadão, Globo (radio, jornal e tv´s) e outros menos votados já julgaram e querem fuzilá-lo.
    Muito triste ver PHA e Kotscho formarem fileiras com esta escório do esgoto. Ao Conversa Afiada (ou comprada?) e ao Balaio não volto mais e CONVIDO A TODOS QUE CONSIDEREM ESTE CONVITE.

    Dantas

  • A Dilma tem que mostrar quem manda, nem que este país entre em uma crise política, como tantas outras que já tivemos. Está mais do que na hora de o Brasil sair deste eterno meio termo, onde o governo, mesmo com o apoio do povo, só faz aquilo que nossas elites desejam, e para o próprio povo, sempre as migalhas. Se é para ter um governo frouxo e que não reage a quem quer desestabilizá-lo e a de toda uma nação, só porque seus caprichos não são atendidos, sinceramente, é preferível que se entregue o poder de uma vez por todas aos poderosos bandidos da elite, e deixemos de hipocrisia! Pelo menos assim não viveremos em eterna frustração, por nunca vermos este país alcançar um patamar onde se possa dizer que realmente vivemos numa democracia. Saberemos quem realmente manda neste país e quais os planos destes para o próprio país e seu povo. Aliás os planos para o país e seu povo todos já sabemos: É nada mais, nada menos, do que o saque das riquezas do país e a escravidão total de seu povo.

  • Não podemos negar que a mídia está agindo em pool, quando do factóide Lina Vieira também era assim, mas como Lula tinha casco duro, ficava por isso mesmo

  • Eduardo, não sei se voce viu a manifestação do “aceminho” na audiência em que Orlando Silva discutia a lei da copa. Foi uma das coisas mais caricatas que já ocorreu na câmara. O “aceminho” e seus partido não tem moral nem para gritar “pega ladrão!” com medo de ser preso foi dar uma de vestal na comissão. O ministro em entrevista após a audiência cuidou de colocar o “babaca” ou “babacas” nas suas devidas dimensões.

  • Caro Eduardo
    Procurar e achar noticias atualizadas sobre a Transposição do Rio São Francisco, no Google, é um tanto quanto complicado.Quando aparece, só reportagens negativas.
    Alguém sabe alguma coisa atual, sobre esse projeto?!Como está, fotos etc etc..
    Saudações

  • É questão de ponto de vista. Não entendo que a mensagem seja essa que o artigo traduziu. Não é que a imprensa obrigue a presidente a demitir ministros, a questão é que a presidente só demite depois que a imprensa divulga a corrupção. Respondam as seguintes perguntas: Se os ministros são inocentes por que foram demitidos? Se são culpados, por que esperar a divulgação dos fatos para demiti-los? Qualquer que seja a resposta, a conclusão é que a presidente é menor que o cargo que ocupa e está a reboque dos acontecimentos e refém das alianças partidárias que a elegeu.

    • É Sr Dorian???? mais me responda o seguinte: porque que o Sr tambem não chega a esta conclusão quanto aos escandalos dos governos do PSDB que a midia quase não cita????

    • Nenhum dos ministros foi demitido. Um deles sequer foi por corrupção – a menos que votar no Sera seja uma forma de corrupção.

      Todos pediram demissão cedendo à chantagem da imprensa.

      E é essa a palavra mesmo: chantagem. A imprensa diz: ou vc pede o boné (e com isso enfraquece o governo politicamente e nos fortalece), ou vamos inventar cada vez mais denúncias, até que o governo não possa fazer nada além de defendê-lo das nossas sandices (que cuidaremos para que ninguém se lembre mais, depois de serem demonstradas como mentiras), enfraquecendo o governo e nos fortalecendo da mesma forma.

  • É bom observar que a cada dia essa imprensa comprometida tem colocado as unhas de fora, eles estão mais afoitos, estão atacando abertamente o que não faziam até pouco tempo atras. Eduardo tem razão quando detecta um cheiro estranho no ar. Para quem conhece a história é bom colocar a barba de molho.

  • Infelizmente este jornalista esta coberto de razão,todas as demições foram porque a midia bateu forte no governo e vai continuar até chegar a vez da presidenta.

    • Tudo bem. Mas o objetivo da mídia é a moralidade e o bem do país ou simplesmente uma disputa política? Basta mostrar que a mídia tem interesses em jogo.

  • A imagem que ilustra este post diz tudo
    Olha só a pose desafiadora do figura
    Petulância pouca é bobagem
    O pig tá só treinando para fazerem com Dilma amanhã o que o que fazem com os ministros hoje
    Como numa guerra, estão em regime de treinamento
    E tem dado certo né
    Ninguém falou mais de Palocci, alguém sabe de alguma prova de que os ministros demitidos tenham cometido algum ilícito, um unzinho sequer
    Os auxiliares sim, os ministros mesmo, não. Esta regra se aplica a Orlando Silva, kd as provas contra o Ministro, umazinha sequer
    Enfim, o barulho do pig é ensurdecedor, a máfia midiatica tem trabalhado muito bem, também pudera, estas poderosas redes de Tv, rádio, jornais, portais na internet
    Não era de se esperar resultado diferente
    É assustador
    Qual será o desfecho disso
    Algum tipo de golpe?
    Aliás, que planos estão traçados para o que parece ser um golpe em andamento
    É muito triste assistir a tudo isso, eu pessoalmente não tenho assistido a Tv, quem tem um mínimo de discernimento não consegue, não suporta ver o viés negativo a qualquer noticia que diga respeito ao governo federal, mas quando o assunto é governo tucano ai fica tudo azul

  • Edu, e se o Orlando Silva não for nenhum anjo? E se, realmente, ele tiver transformado aquilo numa barafunda de negócios? A Dilma mantém o ministro só pra mostrar pra imprensa que ela é quem manda? Eu não boto minha mão no fogo por ele.

    O Lula disse quando foi eleito que ele teria que governar 1000 vezes melhor que a direita, porque se ele fizesse m… todo mundo iria cair matando. Ele tinha razão. E a Dilma sabe que esse é o jogo. Se tem gente desonesta por perto, tem que afastar mesmo.

    • É bem provável que o Orlando tenha seus problemas, como é certo que 99% dos políticos têm algum tipo de problema. Não vamos confundir a moralização com a disputa política. São coisas muito diferentes. Quem está interessado em coibir a desonestidade e a corrupção? A imprensa? A oposição? Claro que não, pois são os primeiros corruptores e corruptos respectivamente.

    • Xandão
      Numa boa.
      Isso de sair linchando é coisa de “rebeldes líbios”made in USA.
      Aqui é Brasil.
      O processo que o próprio Orlando iniciou, pedindo que o investigassem, já está no STF.
      Por outro lado, o processo judicial que ele interpôs contra o acusador está correndo.
      As investigações na Polícia Federal vão a todo vapor.
      Que tal um pouco mais de equilíbrio e maturidade. E principalmente de senso de legalidade.
      Ficar presumindo culpas e julgando sumariamente a honra alheia é prova de mau caratismo.
      Siga o exemplo da nossa Presidenta. Esse é o primeiro ministro que,acusado, paga para ver. Se diz inocente e pede Justiça. Vai à Justiça por duas vias e à Polícia Federal , como cabe.
      Será que somos todos bárbaros fascínoras linchadores?
      Julguemo-nos a nós mesmos.

  • Passaram dos limites há tempos. Torcer contra o país é canalhice esperada da nossa ‘elite’, mas fazer terrorismo e sabotar ações governamentais, é crime. Uma ‘Lei dos Meios de Comunicação’ é inevitável. Coragem PT.

  • O Aceminho, não engana ninguém, nem os seus pares, quanto mais os ‘impares’. Assisti a um trecho da sua ‘imposição’ ao ministro e decididamente este senhorzinho é ‘um fim de linha’, cuja inutilidade no parlamento, falta de compostura, educação, civilidade, envergonha à todos.
    Pensar que essa criatura estudou nos melhores colégios do país e não tem preparo nem educação elementar, além não parir nem idéias nem projetos decentes para o país; teve privilégios que 99% dos brasileiros não tiveram -, até porque gente como ele teve e tem -, e se arroga no direito de tratar mal, ofender uma pessoa em nome do “povo brasileiro”. Como é patético, risível e triste essa caricatura de político ‘ACiMa de qualquer suspeita’.

    • Foi esse mesmo ACMinho que falou na tribuna do congresso que daria “uma surra” no presidente Lula. E não foi metaforicamente. Bem, neto de quem é, não poderia ser diferente…

  • Conforme bem alertou o Brizola Neto no seu blog Tijolaço, é a República do Galeão desses novos tempos. Se repete-se como um simulacro, isto pouco importa.
    Dilma vai ceder, parece-me. Pois saiba ela que será um ERRO político MONUMENTAL. E um erro na política, mais do que um erro, é um crime. Frase, parece-me proferida pelo falecido deputado Ulysses Guimarães.
    Não há até agora absolutamente NADA que comprometa pessoalmente o ministro Orlando. Seu único “crime”, avalio, foi ter contrariado interesses.
    Resta saber quem será o próximo da vez porque a fila tem que andar. Apostaria num de bigode, ex-senador por São Paulo que responde pelo nome de Aloisio Mercadante.
    Quem viver verá? Verá.

  • Por que a Presidenta não se pronuncia em cadeia nacional a respeito desse assunto? Basta a Presidenta falar à Nação que de agora em diante “ninguém vai decidir por ela” quem fica ou quem sai. As acusações feitas pela mídia terão que vir acompanhadas de provas e entregues à polícia e não a qualquer revistinha que, por estar à margem, quer ficar “pautando” a manutenção ou não dos ministros do governo. Nós não elegemos nenhum “meio de comunicação” para governar o país. Quem investiga é a polícia que, após todo o tramite legal do inquérito o encaminha para a justiça se manifestar. Neste país, já há algum tempo, se inverte o ônus da prova. Basta a mídia divulgar qualquer acusação vinda de qualquer notícia de “ouvido” que logo um ministro é demitido. E o devido processo legal onde se encaixa? E o pior, se algum desses acusados ingressar na justiça para pedir a condenação de algum meio de comunicação que promoveu acusações infundadas, a sentença e/ou acórdão somente sairá quando não adiantará mais nada.

  • Para quem ainda não tinha lido, eis um excelente artigo de Maria Inês Nassif:
    Maria Inês Nassif: Marketing da moralidade vende jornal
    Colunistas| 29/09/2011 | Copyleft

    DEBATE ABERTO

    A UDN, os IPMs e a mídia brasileira

    O “jornalismo de denúncia” que se tornou hegemônico na grande imprensa traz o componente de julgamento sumário dos IPMs pós-64 e o elemento propagandístico udenista do pré-64. Assume, ao mesmo tempo, as funções do julgamento e da condenação, partindo do princípio de que, se as instituições não funcionam, ele as substitui.

    Maria Inês Nassif, na Carta Maior

    Logo após o golpe militar de 1964, os “revolucionários”, inclusive os de ocasião, aproveitaram o momento de caça às bruxas para eliminar adversários. O primeiro ato institucional cuidava de tirar da arena política os que haviam cometido “crimes de opinião”, condenados no rito sumário de uma canetada, de acordo com os humores das autoridades de plantão.

    Os Inquéritos Policiais Militares (IPMs) davam conta dos opositores que não podiam ser enquadrados na acusação de subversão: eram tribunais que, simultaneamente, investigavam e condenavam acusados de corrupção. Sem direito à defesa num caso e no outro, os políticos incômodos aos novos donos do poder saíam de cena, pelas listas de cassados publicadas pelo Diário Oficial, ao arbítrio dos militares, e pelos resultados de inquéritos aos quais não tinham acesso nem para saber por que estavam sendo cassados.

    A bandeira da anticorrupção tomada pelos militares do braço civil da revolução, a velha UDN, que havia comovido as classes médias, foi consumada pelos IPMs. A presteza da exclusão de “políticos corruptos” [aqui entre aspas porque os processos não foram públicos e eles não tiveram direito à defesa] do cenário por esse mecanismo era um forte apelo às classes que apoiaram o golpe, ideologicamente impregnadas pelo discurso udenista anticorrupção que prevaleceu na oposição a João Goulart, antes dele a Juscelino Kubitschek, antes de ambos a Getúlio Vargas, na falta de uma proposta efetiva que permitisse a essa parcela da elite conquistar o poder pelo voto.

    Era, no entanto, uma via de mão dupla: ao mesmo tempo em que satisfazia os anseios de moralização da política da classe média e das elites (o número de punições e a exposição pública dos supostos meliantes conta muito mais para o público conservador do que a justeza da condenação), era um instrumento de reacomodação das forças políticas civis que se dispunham a dar apoio ao poder militar. A delação – tanto política como moral – foi usada para redefinir a geografia do mando local, os grupos preferencialmente perfilados ao novo governo.

    O fiscal de quarteirão não era um parceiro a ser desprezado pelo novo regime: foi uma peça importante na reacomodação de forças políticas e deu número, volume amplificado, às supostas apurações de denúncias de corrupção. Quanto maior o número de cassações por desvio de dinheiro público que saíssem no Diário Oficial, mais a imagem de moralização era imprimida ao poder militar, independentemente da culpa efetiva dos punidos. Os inocentes jamais tiveram chances de provar a sua inocência. Mesmo devolvidos à vida pública após 10 anos de cassação (essa era a punição), carregaram por toda a vida a pecha de “cassado por corrupção”.

    Existiam os casos de políticos notoriamente corruptos, é lógico, mas após 10 anos de cassação eles voltaram à arena eleitoral dispostos a convencer os seus eleitores de que eles haviam sido injustiçados. Tinham mais capacidade para isso do que os punidos injustamente, até porque eram chefes de grupos políticos locais e nesses lugares a política de compadrio se misturava e se aproveitava da corrupção para manter votos em regiões de baixa escolaridade e muita fome.

    É tênue a linha que separa o julgamento sumário – pelo Estado ou por instituições que assumem para si o papel de guardiães plenipotenciários da justiça e da verdade – da injustiça. O “jornalismo de denúncia” que se tornou hegemônico na grande imprensa traz o componente de julgamento sumário dos IPMs pós-64 e o elemento propagandístico udenista do pré-64. Assume, ao mesmo tempo, as funções do julgamento e da condenação, partindo do princípio de que, se as instituições não funcionam, ele as substitui. Da mesma forma que o IPM, a punição é a exposição pública. E, assim como os Estados de regimes autoritários, o direito de defesa é suprimido, apesar da formalidade de “ouvir o outro lado”?.

    Este é um lado complicado da análise da mídia tradicional porque traz junto o componente moral. Antes de assumir o papel de polícia e juiz ao mesmo tempo, consolidou-se como porta-voz da moral udenista. Hoje, as duas coisas vêm juntas: o discurso de que a política é irremediavelmente corrupta e a posição de que, sem poder na política institucional, já que está na oposição, a mídia pode revestir-se de um poder paralelo e assumir funções punitivas. A discussão é delicada porque, não raro, quem se indispõe contra esse tipo de poder paralelo da imprensa é acusado de conivente com a corrupção, mesmo que a maioria das pessoas que ouve o argumento reconheça que o julgamento da mídia tradicional é ilegítimo, falho e tem um lado, isto é, não é imparcial.

    O marketing da moralidade vende muito jornal e revista na classe média, mesmo quando os erros do julgamento sumário pelas páginas da imprensa sejam muitos e evidentes. O udenismo também tem o lado da propaganda política, de desqualificação do processo democrático – não está em questão o fato de que existem políticos corruptos, mas a ideia de que a política é, em si, corrupta.

    Diante desse histórico da imprensa brasileira, a notícia da tal Folhaleaks é particulamente preocupante. Em vez de Wikileaks – uma organização não governamental que lida com informações vazadas de governos e as submete ao escrutínio da apuração de veículos para divulgação – é Folhaleaks: um canal aberto a denúncias anônimas, que podem envolver os mais diversos e obscuros interesses por parte de quem denuncia. O risco é que essa forma de captação da informação reinstitua a política da denúncia do fiscal de quarteirão, mas desta vez executada não pelo Estado, mas como demonstração do poder de fazer e desfazer reputações que se autodelegou a mídia.

    (*) Colunista política, editora da Carta Maior em São Paulo.
    http://www.viomundo.com.br/denuncias/maria-ines-nassif-marketing-da-moralidade-vende-jornal.html

  • Com um filho, temos o direito e dever de criticá-lo quando faz alguma coisa que entendemos precisar ser corrigida, mas por outro lado temos a obrigação de defendê-lo com todas nossa forças contra as ações dos criminosos.

    A presidenta, nós a elegemos, é a nossa representante no comando do Estado que é nosso, por isso, sem abrir mão de eventuais críticas (concordo com você), temos a obrigação de encontrar uma maneira de defendê-la dos ataques criminosos da mídia mentirosa, porque no final das contas os ataques atingem a nós.

  • O que eu não entendo Edu, é que diabos de polícia ( Justiça) nós temos neste país, onde se é permitido caluniar, humilhar , invadir quartos de hotéis, falar mentiras , etc… em pleno meio dia , na maior cara de pau e nada se faz…..Que diabo é isso!!!??

    Fala-se tanto do poder ma mídia e da complacência do governo … e o que falar desta porcaria de justiça.

  • É lamentável ver esse tipo de jornalismo de esgoto todos os dias. Mais lamentável é a figuração da oposição para aparecer na novelinha da Veja e do JN. Roteirinho fajuta, desgastado, com péssima direção. Corrupto e corruptores são vocês todos (esses a quem me referi), loucos para meter a mão no dinheiro da copa, distribuir entre amigos, Marinhos, Frias, Teixeirinhas e alguns colonistas de meia-tijela. Tudo gato do mesmo saco. Que saco!
    Dilma, continua firme, que já, já,esses vão arrumar o que fazer. Deviam começar com faxinas na própria casa, nos próprios partidos: PSDB, PPS, DEM, Na ABril, NA Globo, na FSP e no ESP. Só para começar…

  • Notícias STF Imprimir
    Terça-feira, 25 de outubro de 2011
    Ministra defere parte das diligências solicitadas no inquérito contra Orlando Silva
    A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), deferiu parte das diligências requeridas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) no Inquérito (INQ) 3333, que investiga o ministro dos Esportes, Orlando Silva, e o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, pela suposta prática de crimes contra a administração pública, envolvendo desvio de recursos do programa Segundo Tempo.
    Em seu despacho, a ministra determinou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) que encaminhe ao Supremo, em até 48 horas, os autos do Inquérito 761, que tramita naquela Corte contra Agnelo. Determinou, ainda, que sejam enviados ofícios ao Tribunal de Contas da União e à Controladoria-Geral da União, para que esses órgãos informem, em até 10 dias, se foram instaurados procedimentos relativos a eventuais desvios de recursos públicos do programa Segundo Tempo.
    Por fim, determinou ao Ministério dos Esportes que envie ao Supremo, também em dez dias, cópia integral dos procedimentos relativos aos convênios com a Federação Brasiliense de Kung Fu, a Associação João Dias de Kung Fu, o Instituto Contato e a ONG Bola pra Frente/Pra Frente Brasil, no âmbito do Programa Segundo Tempo.
    Cumpridas essas diligências, concluiu a ministra, o processo deve ser encaminhado à PGR, para que o órgão se pronuncie quanto aos demais pedidos apresentados pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, não deferidos pela ministra, que envolvem a oitiva de diversas testemunhas, além de Orlando Silva e Agnelo Queiroz.
    MB/AD
    Em tempo:O PIG está fazendo tempestade em copo d`agua, a ministra Carmem Lucia deu um cala boca no Roberto Gurgel, o que tem de concreto foi iniciativa do Ministério do Esporte. A midia está furiosa e a guerra ainda nem começou! O Arnaldo Jabor enlouqueceu, não fala coisa com coisa! Bem feito para eles, quem mandou acreditar em papai noel!

  • Digo tudo isso que o colunista da Folha disse só que em sentido contrário. Ele afirma que “a imprensa investigou”. Que investigou! Cadê as provas que a imprensa disse que iria apresentar e até hoje não apresentou?

    Fato é, a imprensa estava mal acostumada ao ponto de investir em um factóide acreditando que daria certo mais uma vez. Ou seja, por estar mal acostumada a imprensa contou com o ovo no fiofó da galinha. Só que dessa vez não deu certo. E aí bateu o desespero e saiu produzindo uma série de notícia falsas e antecipadas na tentativa de concretizar a invenção.

    Nesse caso a imprensa foi desmentida a cada factóide que produziu. E agora a imprensa é que está tendo dificuldades em se explicar e esconder a trapalhada em que se meteu.

    Acreditou que a simples produção de manchete, como a de que “Dilma já teria afastado o ministro Orlando Silva”, conduziria a decisão da Presidenta. Dessa vez a imprensa se deu mal. Caiu do cavalo tal qual o Aécio Neves.

    A primeira e principal notícia sobre o caso, a de que”O ministro recebia dinehri na garagem” caiu por terra, o acusador já nem toca nessa versão. Ou seja, descrédito total para a imprensa, o que fez surgir até um atrito entre Rede Globo e Grupo Abril em função da não aparição das tais provas.

  • Essa é nossa luta. Se os partidos politicos, se os governantes de plantão, se os atacados justa ou injustamente, não fazem, não se defendem por covardia, não tomam posição, não defendem nossa Amada Nação, não lutam contra a BARBARIE CANIBAL CAPITALISTA/DIREITISTA, NOS O FAZEMOS. Aqui não tem o tal “arrego” covarde não. Aqui tem os MELHORES jornalistas/Patriotas do mundo, UNIDOS EM TORNO DE UM IDEAL. NÓS AMAMOS NOSSA PÁTRIA. NÓS SOMOS BRASILEIROS. Nosso ideal, nesta nossa vida, ou “pequena aventura terrestre”, é o de fazer deste nosso planeta, deste nosso mundo, UM LUGAR MAIS DECENTE DE VIVER. Um lugar mais solidário. Um lugar onde tudo seja mais ORGANIZADO. A MENTIRA, até então e via essa direita partidaria-midiatica capitalista canibal(consomem almas e carnes humanas) IMPEROU. NÃO É MAIS ASSIM! E a tendencia é a de termos mais e mais SOLDADOS DA LUZ. Todos os dias milhares de novos combatentes somam-se a nosso EXERCITO de gente decente, de gente trabalhadora, de gente honesta e de intelectuais com ou sem diploma. Nós combatemos aqui, e diariamente, desmascaramos esses CAPITALISTAS DIREITISTA CANIBAIS, falando a verdade,com nossos amigos, nas praças, nas ruas, nos escritórios, nas fábricas, nas igrejas. Se eles, politicos de plantão, não defendem nossa Nação, NÓS DEFENDEMOS. Eles são covardes, nós não. O que essa direita ainda não entendeu é que NÃO DESISTIREMOS JAMAIS, pois SOMOS BRASILEIROS!

  • Não devemos nos esquecer que esse Fernando Rodrigues é o iluminado que exigiu num debate (na questão de Protógenes) que os agentes secretos usassem crachá. Muito inteligente!

  • Eu acho que o ministro Orlando Silva deve ter sangue de barata, ouvir do muso da G Magazine que ele deveria ja estar fora do governo que ele e o povo brasileiro querem o ministro fora. Com todo respeito pelos gays, mas esse filhote de cruz credo de ACM já tá com os dias contados. Saudações

    • Robson! Não foi bem assim, foi decisão, só discutir o que estava na pauta, a questão da copa, “o intruso”(eles são contra a COPA, são contra o Brasil) levantou a questão só para tumultuar, aparecer na telínha da Globo, ele deu com os burros n`agua até gente da oposição ficou indgnada, depois da reunião o Ministro deu o troco, não saiu na telinha da Globo! Esse Ministro não leva desaforo para casa! Abraços

  • No caso Orlando Silva, o PIG se excedeu, passou dos limites. Colocar um cidadão sem provas e com problemas judiciais, além de ser desafeto do ministro, para atacá-lo, francamente!

    A presidenta não pode tirar o ministro, passou dos limites. Dane-se o PIG. Para mim, deixou de ser importante se a denúncia é falsa ou verdadeira. Sem prova, é falsa e pronto. Quem acha que o ministro é culpado, que prove, ou então se cale.

    Veja é, como diz Paulo Henrique Amorim, detrito de maré baixa. Deve ter perdido muita grana com o governo Lula e quer derrubar Dilma a todo custo. Sonha Marcelino, sonha…

    Ley dos Medios no PIG.

  • agora cedo, na BandNews radio, o ‘simpatico’ Boechat em editoria de abertura do noticioso, disse que “não sabe porque, sente que o ministro Orlando Silva cai ainda hoje”…

    A midia continua batendo na tecla da queda do Ministro.
    Batendo. Batendo. Sem provas, sem investigação.

    Que imprensa, que midia podre. LIXO!

    E D Dilma deve arreglar. Para que a imprensa ‘se acalme’. Até o próximo Ministro a ser denunciado com inverdades e ser defenestrado.

    É podre. Podre.

    ACMinimo Neto de vestal de probidade, é DEPRIMENTE!

    A imprensa segui-lo, lamentável, lamentável…

    Que País é este?

  • O que a imprensa se esqueceu é que o PCdoB é osso! A militância do Partido acredita na inocência de Orlando (sua culpa seria uma bomba atômica) e, sendo assim, que sentido faz participar de uma farsa, elaborando um falso pedido de demissão? Se Dilma quiser demiti-lo então ela o demitirá e será a responsável pela decisão. Acredito que Orlando só pediria demissão se essa onda de ataques (e a sanha dos coiotes que querem o ministério da Copa) tornarem sua vida no governo insuportável. Fora isso, é resistir.

  • Enquanto a mídia faz o seu papel oposicionista e cada vez mais perde credibilidade, o governo federal continua trabalhando para diminuir a pobreza através do Min do desenvolvimento social(MDS):

    55 milhões serão investidos até o final do ano no Ceará

    Um total de R$ 55 milhões deverão ser investidos, até o fim deste ano, para complementar a construção de 27.500 cisternas, no Ceará. O anúncio foi feito, ontem, pela secretária extraordinária para Superação da Extrema Pobreza (Sesep), do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), durante audiência pública na Assembleia Legislativa do Estado.

    Segundo a secretária, o Governo Federal já transferiu para o projeto “Água para Todos”, R$ 15 milhões, e transferirá mais R$ 40 milhões, até dezembro. “O Ceará tem metas claras com relação ao tema da água. Isso é prioritário. Por isso estamos apoiando o Estado nesse desafio”, afirma.

    O investimento faz parte do programa “Brasil sem Miséria”, que prevê também a oferta de assistência técnica rural, nas regiões do Cariri, Crateús e Inhamuns e o fomento de R$ 2.400,00 por família de agricultor familiar, pagos em três parcelas, além da oferta de sementes e água.

    Ainda dentro do programa, O Governo do Estado ganhou um edital de chamada pública para arranjos produtivos e inclusão produtiva local, ficando o Ceará em oitavo lugar entre os 19 estados selecionados. “A região Nordeste nos preocupa, porque possui 58 milhões de habitantes, ou seja 28% do total de brasileiros, que é 190 milhões. No entanto, 59% dos extremamente pobres no Brasil, isto é 9,6 milhões, estão no Nordeste”.

    De acordo com o secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado, Nelson Martins, o programa Brasil sem Miséria também é responsável por quadruplicar o programa estadual de Aquisição de Alimentos, que passou do investimento de R$ 1,5 milhão para R$ 6 milhões, este ano. “Nesse programa, o agricultor familiar produz o alimento e fornece para o Estado, através de convênio entre município e governos estadual e federal. Com a compra desse alimento, o Estado distribui para famílias carentes”, explica.

    Da mesma forma, é executado o Programa de Laticínios que passou da distribuição de 58 mil litros diários para 100 mil litros por dia, beneficiando 100 mil famílias. Em todos esses programas, a contrapartida de investimento do governo federal é de R$ 80%, contra 20% do governo estadual.

    “O Estado, por sua vez, também entra com o trabalho de melhoramento genético do leite, a assistência técnica e uma série de equipamentos, como a rede de tanques de leite”, acrescenta. Ele diz ainda que o governo também está ampliando o programa de irrigação para pequeno produtores.

    SERVIÇO

    Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome
    Informações: Telefone: 0800 707 2003

    Site: http://www.mds.gov.br

    Quando eles tomarem outra surra em 2014, não saberão o porquê.

  • A mídia golpista, como sempre, está jogando sujo. Não há mais (se é que algum dia houve alguma…) nenhuma preocupação com a qualidade daquilo que se está publicando. O Estadão, por exemplo, que é o único “jornalão” pelo qual ainda passo os olhos, está cometendo gafes inacreditáveis… Veja: http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2011/10/estadao-confunde-prefeita-do-pps-com.html
    Já a Globo, no seu showzinho pseudo-jornalístico matinal “Bundinha Brasil”, faz menção destacada à investigação do ministro Orlando Silva pelo STF, a pedido do Procurador Geral da República, Roberto Gurgel (que é outro que adora “aparecer bem na cena”…); entretanto, não fez menção alguma ao fato de que foi o próprio Orlando Silva quem pediu ao Procurador Geral da República a investigação, pela “certeza de que as denúncias são mentirosas e os fatos narrados na revista nunca existiram”. E assim vamos levando; uma mentira aqui, uma história mal contada ali e uma calúnia pura e simples acolá… Tudo isso visando a que a Presidenta Dilma atenda a mais esse capricho da máfia midiática: demitir Orlando Silva… Eu, sinceramente, não sei o que o governo espera para denunciar a arrogância do baronato midiático e desmascará-lo, expondo publicamente a ação dessa quadrilha, cujo único propósito é criar instabilidade e “por fogo no circo” para tornar o país ingovernável… Se atitudes fortes e contundentes não forem tomadas de imediato pelo governo, no sentido de “dar nome aos bois” e tornar claros à população os propósitos espúrios da mídia golpista, não sei que futuro podem esperar Dilma e sua administração…

  • Edu, quem esse povo pensa que é? Onde já se viu afrontar a presidenta dessa forma?
    Dilma, passou da hora de realmente bater de frente com o PIG. Não apenas concedendo “exclusivas” para a Record, mas implantando a Ley de Medios! JÁ!
    Abraços fraternos.

    • Opa! Aqui eu não entendi.
      Conceder “exclusivas para a record”?
      Ora, mas, mas.
      Se não queremos a imagem dela associada à Folha et caterva, agora vamos associar à imagem do Grupo de Macedo?

      Naquele café deles com Dilma no mês passado, assisti até a hora em que a emissora tornou-a garota propaganda da Record na transmissão do PAN. Foi ridículo e achei que ela estava bastante constrangida, como quem engole à força.

      Poderiam ser dadas mais coletivas , isso sim. Disciplinadas como em todos os países civilizados e não no vale-tudo de agressões a ela que costumam ser entrevistas no Brasil.
      E aproveitar todos os espaços para entrar na casa das pessoas, principalmente no espaço das mulheres, que em sua maioria não vê noticiário e precisa conhecer “aquela mulher igual a mim que é presidente”.
      A ideia do café da manhã é muito boa. Devia ser em todos os canais que se pudesse ter espaço.

      E além de tudo, qual é audiência da Record? Está em queda.

      Outra coisa que precisa também, é que as televisões nas escolas públicas divulguem a tv Brasil, especialmente os noticiários que mostram a nossa realidade.
      E os documentários tão bons que têm.

      É preciso ocupar espaços de modo positivo.
      Exclusividade é um risco!

      • A TV Brasil também já demitiu o Ministro Orlando Silva através do programa observatório da imprensa. alberto dines e seus três convidados: um diretor do jornal estado de São Paulo, um comentarista da ESPN, que além de demitir o Orlando diz que o Brasil não tem competência para sediar Copa e Olimpíadas, e um jornalista do lance, todos unânimes, “Orlando Silva já não é mais o Ministro dos Esportes”.

    • Ele não deveria ter pedido para sair. Lamento dizer, mas o que este cara está falando aí é verdade, pois o que ele expressa é apenas a empáfia que se não todos, mas a maioria sabe que esta gente tem.

      Lamento, Eduardo, mas não é apenas Dilma, mas os políticos que precisam da mídia e quem têm relações simbiótics, mas por divergências ideológicas, eles são de direita, o fato é que, o que ele fala é imensamente arrogante, mas é assim que eles agem. Vamos aguardar trinta? dias para vermos qual será o próximo?

      Vamos às apostas? Ou alguém resiste ou este fim será trágico. Mais um covarde que se vai. Vou ser repetitiva, ou se mata esta cobra ou ela matará todos vocês.

    • Engracado. Quando o Collor e FHC eram presidentes, a militância petista não apurava as denúncias e saía ãs ruas gritando fora Collor e fora FHC, o Dirceu que o diga.
      Agora, as coisas mudaram. Com os petistas no poder, tudo muda de figura, não é mesmo? primeiro apura-se, depois prende. Então tá.
      E tem gente que ainda acredita na inocência desses corruptos.
      Tudo culpa da m’dia. Então tá.
      Então…tá, então.

  • O que tem de errado nisso? Alguem me esclarece por favor?
    Que à midía derruba ministros e governos não começou com o governo do PT e nem é algo só brasileiro. Isso acontece em qualquer país democratico.

    Se as denúncias são infundadas ou exageradas elas caiem tão rápidas como chegaram ou a tal pessoa(s) renuncia(m), principalmente quando a situação e a pressão da midia e da oposição se tornam insuperaveis. Isso é um processo completamente normal. Acredito que em uma democracia séria isso é um papel fundamental da mídia, porque sem ela muitos mal feitos passariam despercebidos ou não existiria pressão suficiente pra que alguém tenha que renunciar.

    O que o PT fazia quando estava na oposição? Não apoiou o impechament contra o Collor? Não foi contra o Plano Real? Não foi contra as privatizações? Não exigiram renuncia de ministros que se envolveram em escandalos de corrupção?

    Tudo o que está acontecendo hoje não é nada novo, a unica diferença é quem esta no poder. E vamos ser bem sinceros, sem a midia que o PT e seues aliados criticam hoje provavelmente Lula não teria chegado ao poder em 2002.
    Que tal dar uma restrospecitva nas capas da Veja anteriores a 2002?

    http://www.conversaafiada.com.br/pig/2010/10/21/nao-perca-as-melhores-capas-da-veja-coitado-do-fhc-e-o-ej/

    O que é mais provavel, que o PSDB da noite pro dia comprou o tal “PIG” ou que a midia continua fazendo o papel que sempre exerceu?

    • O Ministro foi acusado de ter recebido dinheiro vivo, em notas de R$ 50,00 e R$ 100,00, numa caixa de papelão na garagem do Ministério dos Esportes.
      Suponha que o Ministro seja corrupto. Ele seria tão imbecil assim a ponto de se expor dessa maneira ?
      O Ministro, então, solicita provas.
      O denunciante não apresenta nada: um aúdio, um vídeo, uma assinatura, uma testemunha, etc.
      Como a imprensa não se conforma com o fato do Ministro não ter sido demitido, muda de foco e avança com denúncias sobre irregularidades na aplicação de recursos públicos combatidas pelo próprio Ministério.
      É Kafkiano. Como o Governo não aguenta a pressão da imprensa, demite o Ministro.

      E por que a imprensa utiliza essa estratégia. Tem como objetivo chantagear o Governo por mais verbas de publicidade. É simples.

      • brilhante Jorge. É por aí.

        O governo federal deveria suspender todas as verbas publicitária na grande imprensa até que esta apresentasse PROVAS – junto com as denuncias vazias. Resta óbvio que as denuncias vazias desestabilizam o governo e ao pais.

        Claro que iriam urrar, espernear, gritar ditadura, comunistas, e que tais. Paralelamente, aprovação no Congresso Nacional da Lei de Meios, sem mais contemporização com este esgoto midiatico.

        A gente não pode ter a sensação de ter lutado tanto pela continuidade de Lula, defendendo Dilma até os dentes para que ela hoje esteja SEMPRE ao lado dos que a caluniaram, difamaram, humilharam… Dilma serva do PIG é inaceitável, nada mais.

        Que comece o jogo da verdade. Não dá mais pra por panos quentes, tentar tapar o sol com peneira.

        Ou Dilma está com o Brasil e nosso povo – que a elegemos, ou está com o Esgoto, com o PIG, com a vilania desta malta mafiosa midiatica que quer derruba-la… e nos f*der a todos.

        Arre!

        • Denúncias de alguém do governo é denúncia vazia. Da oposicão é tudo verdadeiro.
          Vocês pensam que as pesssoas são o quê? otárias?
          PC do B: quem diria! o partido da ética, da moral e dos bons costumes!!!
          Gustavo Petta: você nunca me enganou.
          Eta governo mais fajuto.

    • Precisa mesmo perguntar o que está errado?

      A imprensa não pode derrubar ministro ou governo. APENAS o povo pode fazê-lo, e a imprensa não é representante, nem a voz, do povo.

      O que pode – e deve – derrubar ministros é o fato dele ser corrupto ou incompetente. A imprensa ao denunciar FATOS com evidências, ao descobrir o que estava velado NÃO derruba o ministro. O que o faz são os próprios fatos.

      O infeliz do vídeo comete um ato falho. Ele, assim como a maior parte dessa imprensa vagabunda que aí está, acredita ser um poder paralelo, cuja VONTADE não pode ser negada. Eles acreditam que a imprensa, independentemente dos fatos, usando de malícia e manipulação e através de pura pressão politiqueira, deve derrubar um ministro do qual eles não gostam. E vc concorda com isso.

      Vc pergunta o que o PT fazia na oposição. Sim, ele se posicionou politicamente contra um monte de coisas e pediu a cabeça de um monte de ministros. Mas é esse o seu papel, pois é um partido político.

      E aqui vai uma novidade pra vc: a imrpensa NÃO É um partido político. Ela não tem nada que fazer política. Ela deve estar FORA da política, além e acima dela. Não é admissível que uma empresa privada seja um poder maior do que o do Estado, maior do que o do povo e de seus representantes, a ponto de poder mandar prender e soltar – ou, no caso, apontar e derrubar ministros.

      Se vc acha que a atitude político-partidária da imprensa é “essencial à democracia”, lamento muito, mas sua ideia de democracia é uma ditadura de um pequeno conjunto de empresas privadas. Na medida em que vc quer que essa imprensa – que, por hora tem o mesmo desejo que vc – determine qual ministro deve ou não cair, como o judiciário deve ou não julgar e quais leis o Legislativo deve ou não erigir, o que vc que, na realidade, é concentrar o poder que deveria ser democrático, nas mãos de uma pequena curriola, uma plutocracia dona dos meios de comunicação.

      • Pra mim existe uma diferença entre derrubar e demitir. Quem pode demitir é naturalmente o(a) presidente. Mas a mídia derruba atráves da pressão criada através da divulgação dos acontecimentos.

        Na sua lógica o povo tambem não pode exigir que um ministro denuncie porque não é partido politico. Exigir a demissão de algum politico não é fazer politica ao meu ver, mas usar da liberdade que todo mundo usufrui nesse país. Isso é liberdade de expressão.

        Todo mundo no Brasil tem o direito de tomar partido, de ter sua própria opinião. è meu colega, também a midia.

        • “Na sua lógica o povo tambem não pode exigir que um ministro denuncie porque não é partido politico”

          Precisa desenhar?

          Do que são feitos os partidos polítcos? Pra que eles existe?

          O POVO é o poder, a razão por detrás dos partidos. Ou deveriam ser. É o povo, em última análise, que DEVE fazer política, e não empresas ou uma curriola elitista. Os partidos são, apenas uma forma de organização desse povo.

          Logo, o que os partidos podem fazer, ainda mais pode o povo, diretamente.

          “Exigir a demissão de algum politico não é fazer politica ao meu ver, mas usar da liberdade que todo mundo usufrui nesse país. Isso é liberdade de expressão.”

          Não, isso é cidadania. APENAS cidadãos tem a legitimidade de exigir que um servidor público seja demitido.

          Empresas não são cidadãs. Mais, a ideia de que emrpesas tem direitos como pessoas físicas, muito embora não tenham os mesmos deveres, é de uma indigência mental singular. Emrpesas não devem ter liberdade de expressão, assim como não podem deter cidadania.

          Em relação à imprensa, então, ela é que não pode ter opinião ou partido de forma alguma. Ou a informação que nos tráz não é nem crível nem confiável, uma vez que quem tem opinião é parcial, e quem é parcial, mesmo sem querer, distorce o conto pra ganhar um ponto.

          A imprensa, como empresa sequer deve ter o direito de ter uma opinião – afinal, ela não tem cérebro, e “sua” opinião nada mais é do que a opinião de quem a controla. E muito menos pode ter liberdade de expressão, ou seus controladores garantem para si mesmos o DOBRO da liberdade de expressão de todos os demais cidadãos – e apenas por ter dinheiro. Mais ainda, isso lhe garante um direito de escolher quem, dentre todos os cidadãos do país, terá uma voz maior do que os demais, cidadãos comuns.

          Enfim, essa tese de que a mídia pode ter opinião e possui liberdade de expressão APENAS serve para criar duas classes distintas de cidadãos: os que tem mais e os que tem menos liberdade de expressão. Os que podem falar mais alto, e os que podem apenas sussurrar.

  • É muita cara-de-pau do Fernando Rodrigues! Deve ser duro trabalhar de coleira…
    Ele sabe que todas as possíveis irregularidades denunciadas desde 2008 estão sendo investigadas pelo próprio Ministério, e por órgãos do Governo federal. O que não houve foi “presunção de culpa”, o que é uma aberração jurídica e moral.
    Se o Bob Civita (o golpista auto-proclamado) publicar uma informação dada por um bandido de que Dilma Roussef é ladra, isso bastará para um impeachment? Se eu publicar que Bob Civita é mafioso, será isso suficiente para colocá-lo na cadeia? Ora, é óbvio que eu teria que provar documentalmente minha afirmação, sob pena de ser preso, eu sim, por calúnia, difamação e injúria.
    Bob Civita e o PIG querem abolir as leis, o direito de defesa, a autoridade da Presidenta eleita, a Constituição. Nós sabemos o que eles querem.
    Não passarão!

  • Até acho que a Dilma não demitiu nenhum dos ministros, acho que eles não agüentaram a pressão da mídia e o fogo amigo de seus partidos e eles mesmos se demitiram. Acho que se o Orlando Silva resiste ela o mantém até o fim de seu governo. E a imprensa está completamente raivosa, nas manchetes diz que o STF abriu investigação contra o Ministro, sem dizer que isto foi a pedido do próprio. Nos textos, ora a abertura das investigações são contra o ministro, outras vezes o alvo das investigações são os convênios ou ainda as ongs conveniadas. Para tentar se manterem no ataque mentem deslavadamente para os leitores, que pagam cara por estas desinformações. Só estou lendo jornal de graça, não vou pagar por mentiras.

    • Concordo! Principalmente com “e o fogo amigo de seus partidos e eles mesmos se demitiram”.
      Mas, acrescentaria, o fogo amigo inclusive de muitos que aqui escrevem dizendo-se a favor do governo, mas dizendo que “a cigana me enganou” e “eu quero ética na política”.

  • Como as coisas mudam.
    Lembro-me perfeitamente de Fernando Rodrigues na Faculdade Metodista de São Bernardo, nos anos 80, barbão e camisa do PT. Estudávamos jornalismo. Ele, de uma turma à frente da minha, defendia, à época, idéias diferentes das do patrão.

  • MAIS UM “BOBÃO” DA FOLHA …
    que se acha eterno heheheh
    a vida cuida desta gente, Edu!

    Frase citada pelo Frei Leonardo dia deste:
    “é mais fácil dividir o átomo do que acabar com o preconceito do ser humano”

  • ”Prefiro o barulho da imprensa livre ao silêncio das ditaduras”

    Infelizmente nossa presidenta achou que ia ter uma relação amigável com a ”midia” somente com essa frase, agora está ”colhendo os frutos” da inércia em estabelecer a verdadeira liberdade de imprensa no país.

    Se bem que essa inércia vem desde a campanha, onde a então candidata apanhava da midia de todos os lados, com falsas denúncias, entrevistas-tortura em telejornais, panfletos de igreja, etc…E NÃO FEZ NADA!!!!

    agora o mal está ai feito: temos 4 conglomerados de midia mandando no país….e pelo visto, a perseguição vai ser daqui pra pior, já que todos abaixam suas cabeças e aceitam os desmandos desses grupos….

    • O que você sugere que ela faça?
      Fiz essa pergunta muitas vezes no governo de Lula, quando essas mesmas queixas eram feitas contra ele.

      E agora repito.
      No governo de Lula achava-se que o seu complexo de inferioridade o fazia curvar a cabeça e agora que Dilma é frouxa, covarde, fraca por ser mulher.

      Nada disso.
      Ele sempre soube o que fazer, inclusive quando a escolheu .

      • fazer o que o PIG, capitaneado pela SUJISSIMA Veja e demais orgãos PIG é TUDO que D Dilma não deveria fazer.
        Simples assim.

        Inveja dos argentinos e sua bela e corajosa CFK.

        ► O jornal da Itatiaia agora (12:30/13h) disse que Orlando Silva já está no Planalto para entregar carta de demissão ao Civita, digo à presidente…

      • “O que você sugere que ela faça?”

        Que tal imitar a Cristina Kirchner, e agir de maneira soberana, sem se curvar jamais aos que não a querem no poder?

        Mas não, ela não consegue. talvez esteja enxergando no episódio só mais uma oportunidade para agradar à mídia e, também, reafirmar o poder feminino colocando mais uma ministra em um governo de “gênero”, como foram tantos dos governos dos machistas autoritários de antes do Lula.

        Saudações.

  • Finalmente o pig foi fisgado! Ja dizia um velho ditado “peixe morre é pela boca”. Agora quero ver como vai ser, já anunciaram a saida do Ministro, e o Ministro continua lá! A Presidenta só demitirá o auxiliar se aparecer provas contra, devidamente apresentadas pela justiça, não adianta falar em demição, ou provas de ouvir dizer, aposto que em um mês no maximo, o pig vai dar aquela velha de “migué” e fingir que nada aconteceu, Quem se abilita à aposta, vái ? Fernando Bundão!

  • Confirmando a postura do PIG
    Nesta manhão de 4ª feira, a colunista do jornal faz anuncio bombástico: “O governo pode tentar estender a agonia, mas não poderá ignorar por muito tempo que a pasta do Esporte está vaga.”
    Neste momento urge avisar a presidente Dilma que seu posto acaba de ser ocupado pela família Mesquita.

  • Quem sera o proximo ministro a cair, por causa de denuncias na revista veja?Eu não sei,mas esperava mais do governo Dilma, nessa relação com essa máfia que domina a comunicação no Brasil. Estou sem esperança, e cada dia mais assustado com a tranquilidade da presidenta ,caindo como um patinho nessa armadilha dos setores mais reacionários do país.Que Deus nos ajude.

  • Ontem, depois que o ACMinho pulou sobre as pantufas, com fúria fingida, um olho no Ministro Orlando Silva e o outro nas câmeras e disse aquelas asneiras, enviei um e-mail a ele, dando-lhe uma esculhambação pois ele não pode falar em “nome do Brasil”. Sugiro que façam o mesmo. Pelo menos, p/ torrar a paciência dele.
    Quanto à questão do Min. Orlando Silva, penso que ele sairá numa reforma ministerial que certamente será feita. Enquanto isso, a Pres. Dilma deve deixar esses moleques da imprensa velha babarem suas bílis.

    • O UOL informando que o Min. Silva pedirá demissão esta tarde.
      Pensando bem, aos poucos a Pres. Dilma vai fazendo a reforma do Ministério, com a ajuda do PIG.

  • Creio que “HÁ” uma outra argumentação para o comportamento do PIG.
    Se por ventura, o Governo da Tia Dima tentar implantar algo parecido com uma “Ley dos Medios”, o PIG
    irá argumentar junto a população que a Presidenta quer esconder a corrupção denunciada por ele.
    Não devemos esquecer que no tabuleiro, existem muitas peças.

  • Se existe corrupção ela foi materializada muito antes da presidenta Dilma assumir o governo, nõa cabe a ela ser responsabilizada por falcatruas ocorridas no passado.

  • Dilma deveria suspender temporariamente toda a Verba Publicitária a Grande Mídia até que tudo se esclareça com relação a essa chantagem que essa imprensa golpista está fazendo contra o seu Governo.

    No Estado de São Paulo o governador Geraldo Alkmim distribuiu verbas para a Editora Abril, Revistas ( Veja, Época e Isto É) Jornal Folha de São Paulo e Estadão e por incrível que pareça deixou de Fora A Revista Carta Capital.
    Pergunta: Qual foi o motivo da Revista Carta Capital não ter levado nem um tostão em publicidade do referido Governo do Estado de São Paulo?

  • Edu, assim como o Radamés eu também assisti ontem o observatório da imprensa, só que foi por acaso, chequei na sua abertura, quando Aberto Dines anunciava a fala do Orlando Silva, por curriosidade fiquei no canal.Como era de se esperar a eliana ,o Juca Kifuri, um editor do estadão e outro do lance, desceram a lenha no ministro pedindo a sua demisão.O Orlando Silva fez a sua defesa . Dines fez então as perguntas aos lacaios do PIG, daquele jeito que ele faz bem, levanta a bola e eles cortam.Eu não sei qual é desse tal de dines o cara já deu o que tinha que dá, jogaram ele na TV Brasil e ele fica fazendo média.Por que não convida um cara que tenha opinão diferente, que discuta a tema em toda sua extensão, além o ministério dos Esportes, CBF, Ricardo Teixeia, FIFA etc.Ia trocar de canal quando o nosso dines, encaminhou uma pergunta sobre o envolvimento do Ricardo Teixeira e o presidente da FIFA em desvios de dinheiros e comprovadas corrupções, ao editor da Estadão, o cara falou, falou, falou e não tocou um vez se quer no nome de mister Teixeira, pelo contrário falou do governo.Ainda dizem que TVBrasil é chapa branca.Enfim dá nojo.Na minha opinião o Orlando vai dançar, o bombardeio da mídia não para um segundo. Não sei se Dilma vai bancar após este inquérito no STF.Já estão falando no nome da Jandira ´para susbtituí-lo e assim manter o PC do B na base do governo.Com toda essa o fensiva da mídia via Veja, Globo, Estadão, Falha de SP,Band,CBN etc,ainda assim acho que esses cara estão dando um tiro no pé, isto vai estourar lá na frente nos próximos anos durante o governo Dilma.Presidenta enfia nesse PIG a Ley dos Médios.

    • Acho que se quisermos a Lei dos Meios de Comunicação (Ley de Medios) nós é que temos que fazer um projeto de lei de iniciativa popular, e obter o apoio do maior número de entidades possível e apresentá-lo ao Congresso Nacional. Proponho que o Movimento dos Sem Mídia elabore um projeto que seria submetido à aprovação de sindicatos, associações de bairro e partidos da base governista. Chega de esperar pela Presidenta. Ela é muito fraca. Vejam as provas da fraqueza dela:

      1-Não ter ainda feito nenhum assentamento de reforma agrária. O ano de 2011 está perdido para a Reforma Agrária. E pelo jeito que vai, os outros também estão perdidos.

      2-Chamar de ”meu querido”, um governador fora da lei, que está incurso no art.34, incisos VI e VII da Constituição Federal, casos de intervenção federal no Estado. Fizeram o maior auê por causa do boné do MST, e nem uma palavra para o tratamento íntimo que a Presidenta deu ao governador Anastasia em plena greve dos professores, que se viram abandonados a própria sorte.

      3-Não ter proposto ainda a Lei dos Meios de Comunicação.

      4-Ter obedecido à mídia no caso dos ministros demitidos, sem mais exame, quando poderia ter feito o que Itamar fez quando se acusou de irregularidades o Henrique Hargreaves. Licenciou-o do cargo, e como nada constava contra o ministro, este reassumiu.

  • Quando eu leio uma declaração dessas o meu sentimento é de tristeza, muita tristeza. A arrogância desse infeliz é nojenta. Lamentável.

  • Caro Eduardo, não deixarei de apoiar o governo Dilma em função de ataques da imprensa , mas o que este ”jornalista ” disse é a imagem que fica do governo , onde atitudes são tomadas após as denúncias da mídia.

  • A organização de Carater Criminoso e Golpista que abriga o Lacaio em Questão deveria utilizar seu ” Soft Power ” para obrigar os Governos do PSDBUNDA ( de onde só sai M…) á aprovarem cpis nas assembleias legislativas nos estados em que DESgovernam ou demitirem Aspones pegos com as calças na mão nas centenas de casos de corrupções perpetrados pela Tucanalha desde o nefasto dia de sua Fundação .

    Ops , esqueci , eles são cumplices .

    Agora me surgiu uma pergunta de profundidade transcendental , que gostaria que fosse esclarecida por tão honestos e probos integrantes deste Jornal , o qual carinhosamente chamo de ” Pasquim da Cracolândia ” :

    Quem paga ou pagou mais para ter o seu apoio amplo, geral e irrestrito ?

    A Tucanalha ou a Ditadura ?

    Sei que emprestar camionetes para que pessoas inocentes fossem torturadas até a morte deve ter sido uma tarefa cuja a logística foi complexa ( gasolina , pneus, calibragem e etc ) , ou seja havia muitos gastos , portanto deve ter sido um bom investimento , não é Tavinho ?

    Agora , nos tempos do Real , receber parte da Rapina praticada contra o erário público pelo PSDBUNDA em
    forma de mensalão publicitário , tambem não deve ser desprezível , né Lacaio ?

    Sinceramente gostaria muuuuiiittooo de obter este esclarecimentos.

    Minha intenção é apenas esclarecer ….

  • Essa corja, TUCANOS, DEMÔNIOS, Folha, Estadão, LIXOVeja, IstoÉ e a elite escravocrata do Brasil, treme de medo da volta do Lula, só em pensar que ele possa voltar em 2014 os deixa raivosos e as consequências estão aí com a derrubada de Ministros, essa corja são capazes de toda baixaria por que sabe que eles não são páreo para o grande LULÃO, o plano para derrubar os Ministros do gov. Lula e agora no governo Dilma, com isso eles querem mostrar ao povo, ao Brasil, que o governo Lula foi corrupto, a finalidade é desconstruir a imagem dele, o objetivo dos DEMOTUCANOS é se apossar da chafe do cofre para surrupiar o nosso dinheiro, manter o controle por meio do PIG e engessar o país, o povo tem que reagir a esse golpe, esse plano que está em curso. A Presidenta Dilma está totalmente batida e à mercê do PIG.

  • Presidenta Dilma, hoje tive a primeira grande decepção com o seu (?) governo ……

    Demitir Orlando Silva por pressão da midia é a maior prova de que a senhora não governa nosso Brasil e sucumbe ao denuncismo barato e sem provas da midia…

    Qual a garantia que a senhora dá a seus aliados para assumirem seus cargos??? Pois com qualquer reportagem do PIG a senhora se amedontra e logo manda seus aliados para a rua para serem execrados pela sociedade….Eu é que não queria ser aliado da senhora….

    PEÇO URGENTEMENTE QUE A SENHORA REASSUMA O CARGO DE PRESIDENTE DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL !!!!!! OU RENUNCIE E DEIXE QUE ALGUÉM COM PULSO FIRME O FAÇA.

    eu votei na senhora para governar meu pais, para dar continuidade ao maior governo que nosso país já teve E HOJE VEJO O PAÍS GOVERNADO PELA ”JUNTA MIDIÁTICA” (Frias, Civita, Marinho e Mesquita)….

    Antes que alguém me pergunte ”o que vc sugere que ela faça”, como fizeram em outro comentario meu mais cedo, eu digo, por partes:

    1) leve a militancia pra rua, derrube a junta midiática e reassuma o cargo, hoje a senhora não é mais a presidenta do Brasil

    2) quando reassumir o cargo, pare de ficar indo fazer omelete com ana maria braga, ir na festinha da Falha, pare de elogiar FHC em público,etc…Isso não vai te fazer agradável a midia, a não ser que vc aumente as verbas publicitarias pro PIG

    3) Apos isso, elabore uma lei para regulação dos meios de comunicação, incluindo direito de resposta imediato, processos pro calunia, difamação, etc.., pagamento de gordas indenizações as vitimas de denuncias sem provas etc..

    4) Processe todos aqueles que até agora só inventaram escandalos, ocuparam a maquina do estado para investigar seus factóides

    5) Corte TODA verba publicitária para os veiculos da junta midiática

    6) Saia em 2014 e deixe Lula competir nas eleições, a senhora ainda precisa amadurecer muito pra assumir tal cargo. Capacidade a senhora tem, mas falta-lhe CORAGEM para enfrentar os inimigos da nação….

  • depois disso lembrei: Dilma é ex-PDT, o partido de tantas glórias do inesquecivel Brizola (que falta ele faz nesse momento)

    e esses ex-PDT costumam ” virar a direita”, vide o exemplo de Garotinho, César Maia, Otavio Leite, Marcelo Allencar, Saturnino Braga, etc…essa semana foi a vez do Wagner Montes trocar o PDT pelo PSD

    será que Dilma é a proxima????

  • O colunista disse alguma mentira? É isto mesmo. A Presidenta podia ter tentado segurar o ministro pelo menos mais uma semana. Agora o ministro, que é inocente, foi demitido como se fosse o maior dos corruptos.

    Sinto muito, mas quem manda no Brasil é Roberto Civita. A Dilma é apenas a presidente nominal.

  • A imprensa deve ser isenta,imparcial,apartidária.Exatamente ao contrário do que se passa aqui.A arrogância desse e dos demais colonistas da mídia,é um alerta de que não aceitam Dilma,como não aceitaram sua candidatura,assim como não admitem sua vitória e tampouco respeitam a vontade da maioria. E aí eu me pergunto:Porque daria importância aos que usam coleiras com o nome de seus donos,e delas se vangloriam?Porque deveria dar relevância a alguém que anterioriormente,já se mostrou contra construir um Brasil com igualdade? Talvez porque o cão está mostrando os dentes.A oposição está apostando todas suas fichas em desacreditar o governo que veio do trabalho.Está cobrando uma perfeição que não cobrou e sabemos,até por que,dos governos que vieram do capital. O mesmo capital que predominou acima do SOCIAL e do TRABALHO.É sobre isso que as pessoas estão indo às ruas,no mundo inteiro.Cobrando direitos sociais.Alíás,estamos carecas,cansados e desdentados de saber,que os que latem,sempre apoiaram o capital,apoiaram ressaltar as diferenças,em detrimento da igualdade.Há interesses da mídia,que sempre se mostrou defendendo interesses privados,contrariando desde sempre,a máxima do jornalismo,que é isenção,lisura,imparcialidade.Por essas e por muitas outras,respeitando as pessoas,que como eu,querem acabar com a corrupção,com os corruptores,com o corporativismo desse judiciário,não vou às manifestações.Se Dilma quiser ser tratada com isenção e imparcialidade,deve apresentar as leis de regulamentação dos meios de comunicação.Se Dilma quiser que a respeitem,terá que fazer as reformas que são necessárias.As vezes penso ” como seria se não fosse a copa?” Qual seria a bola da vez? Um a um,se Dilma não frear o denuncismo vazio,a condenação antes de serem apresentadas provas,os mesmos de sempre irão investir contra ela.Nesse dia,veremos se o social e o trabalho irão às ruas,para defender seus direitos ADQUIRIDOS e PEITARÃO o CAPITAL.

  • É COM ESSES MERDAS QUE VOCÊ QUER SER BONZINHO! O QUE É QUE VOCÊ ACHA QUE ESSE MONTE DE ESTRUME MERECE : DIÁLOGO!!!!!!!!????????????????? POR SINAL, A ÚNICA COISA QUE ESSA AMEBA ARROGANTE MERECE É SER ESMAGADA, É QUE SE GRITE NA SUA CARA : SEU LACAIO DE MERDA, SEU ZUMBI DESCEREBRADO, SEU IMBECIL INSANO, SEU FASCISTA, SUA BESTA ANÓDINA A SERVIÇO DOS CAPRICHOS DO PATRÃO : NÃO ADMITIREMOS QUE SUA ARROGÂNCIA, RESPALDADA POR UM GOVERNO FRACO, CONTINUE! VAMOS DENUNCIAR O PARTIDARISMO DO TEU AMO, E DOS LACAIOS QUE O SERVEM, A TODOS OS BRASILEIROS, E ENCHEREMOS AS RUAS EXIGINDO A DEMOCRATIZAÇÃO DAS COMUNICAÇÕES NO BRASIL. ESSA LINGUGEM, ELE ENTENDERÁ BEM!

  • Sou de esquerda, votei na DILMA e sempre a nível nacional e estadual votei no PT, apenas não voto a nível municipal porque conheço o topete e a arrogância da turma. Estou plenamente convencido que o medo tomou conta do governo e que a DILMA passou de minha esperança em um fracasso no enfrentamento da grande mídia, mídia essa que se diz e prova em suas ações ser ela o governo e para nossa tristeza ser a dona do país também, manipula a política, a saúde, o transporte, o sistema financeiro, o esporte em fim, manda e desmanda no governo DILMA, essa mídia poe o ministro que quer e tira na hora que quer. Antes o governo tinha os inimigos e donos de sempre, a globo, veja, folha, estadão, a igreja católica e etc., agora tem também os blogs ligados a igreja universal e o seu grande conglomerado de mídia que passou a ser o fogo mui amigo. O governo enfraquece a cada dia de forma melancólica e é de da dó.
    DILMA não se sustentará se não enfrentar essa mídia com as armas legais o seja usar o texto constitucional e enquadrar os excessos, tem que valer de sua autoridade, debulhar a justiça bandida, o legislativo bandido e o governo bandido tem ser extinto por iniciativa própria e não pelos bandidos midiáticos, e que passe a confiar mais no povo que a elegeu, más vai ter que enfrentar, senão teremos de ir as ruas, não é mais possível apoiar governo fraco. Se fosse um governo forte viria em rede nacional, quantas vezes fosse necessária dizer ao povo a verdade dos fatos, porque colocou tal ministro e porque ele esta saindo, texto com segundas intenções da mídia tem que ser cobrado na justiça e com pedido de indenização. Defendo de forma categórica um governo sem mídia, sem gastar um centavo com esse bando. Se for para desestabilizar o governo, que seja olho no olho, na verdade de igual para igual, sem nenhuma propaganda nem de governo e nem de estatais, que a situação se articule de forma linear nos estados e municípios uniformemente. Governo forte é o que enfrenta, quem não se aliar de forma a defender o governo, esse não pertence a base tem que ser excluído, pois não é base mesmo, não aceitar cobra de duas cabeças, isso nunca funcionou e nunca vai funcionar. DILMA enfrente, por favor, saia dessa letargia, oposição boa é a que fiscaliza e não a que governa no lugar do governo.

  • Ele só disse a verdade, Dilma está demitindo porque a mídia joga como fato e todo mundo acredita. Agora dizer que a imprensa foi la e investigou…hahaha, aí já não dá né.

Deixe uma resposta