Ela bebe até cair, ele abusa dela e a sua família assiste

Crônica

Vejamos do que se trata o caso. A garota e o rapaz participam de uma festa televisionada para dezenas de milhões de brasileiros. Durante a transmissão, vão entornando litros incontáveis de álcool. Previsivelmente, com a autocensura entorpecida, moça e rapaz atendem ao chamado da natureza e trocam beijos e carícias sem se importar com quem estiver assistindo.

O interessante desse caso do integrante do programa Big Brother que está sendo acusado de fazer sexo com uma “sister” alcoolizada e supostamente desacordada é que nem bem termina o programa (que vai para a tevê aberta) e todos já correm para a tevê a cabo para verem o previsível desenrolar da insinuação de sexo, agora sem censura.

Como o programa vai para a tevê aberta, todos sabem o que procurar no You Tube e nas redes sociais, blogs etc. Os modernos celulares, no dia seguinte, já estão reproduzindo o vídeo do suposto estupro, mas não só. Antes, todos viram a situação que levou a moça a supostamente ser abusada, ou seja, ela ter bebido até cair em um lugar cheio de gente desconhecida.

Passei o dia lendo ou ouvindo discutirem se essa moça “pediu” ou não pelo abuso e se o suposto abusador deveria ou não ser expulso do programa ou até sofrer sanções legais caso fique comprovado que fez sexo com ela sem que a mesma estivesse em condições de decidir se queria ou não, já que tomara álcool em quantidade exagerada.

Diante disso, a ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Iriny Lopes, oficiou ao Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro para que tome “providências” contra o suposto abuso sexual devido a “demandas encaminhadas por cidadãs de várias cidades brasileiras à Ouvidoria da SPM, pedindo providências”.

Ótimo. A lei considera crime fazer sexo com alguém desacordado, mesmo que antes essas pessoas tenham trocado beijos e carícias íntimas. Mas fiquei me perguntando por que ninguém reclamou com o governo ou com alguma instância qualquer por essa safadeza toda ter começado na tevê aberta e instigado até crianças a acompanharem seu desenrolar.

Detalhe: conheço ao menos duas meninas de dez anos que já sabem de tudo mesmo sem ter assistido ao programa no dia, porque viram tudo na escola no dia seguinte.

Se fosse só sexo, vá lá. Mas aquelas jovens serem postas em situação de vulnerabilidade pela oferta de álcool que o programa fez e, assim, tornarem-se presas fáceis para um bando de “garanhões” igualmente irresponsáveis e alcoolizados e isso tudo ser servido à sociedade, tenho certeza de que em qualquer país civilizado seria considerado uma afronta.

A glamourização da bebedeira e do sexo irresponsável e o decorrente abuso de vulnerável na tevê são exatamente o que precisa um país campeão de gravidez precoce, de desastres de trânsito causados por condutores alcoolizados e de tudo mais que condutas como a que o Big Brother estimula causam. E a sua família vendo isso na tevê, na internet ou no boca a boca.

Mas disso ninguém reclama. Até porque, como não há regulamentação da mídia no Brasil, não há a quem reclamar.

266 comments

    • Não vai dar em nada isto aí. Se fosse um país sério, o programa já teria saído do ar e o MP agido. Ora, não esqueçam, é a Globo e está dentro do Rio de Janeiro, seu QG, que vive agora, depois da pacificação, rendendo loas à polícia e, esta a chama para investidas na favela. Aliás, é a única emissora, denunciada pelo Sindicato de Jornalistas do Rio, que seus jornalistas têm coletes semelhantes ao da polícia.

      Como sabemos como isto funciona, o inquérito será feito e não vai acontecer nada. Nunca houve nada, não passa de frisson e especulação do povo. Não adianta, a Globo está acima do bem e do mal, é uma divindade que faz milhões de adoradores, basta ver no que isto se tornou no Brasil, ou seja, só falam disto e tem gente entendendo que a ação do cara foi correta.

      O programa já é um bacanal do Bial, a única coisa que foi acrescida é que estupro vale. Como o vídeo caiu na internet, não a Justiça teve de agir, mas a emissora que agiu e não vai permitir que ninguém atrapalhe o que se ganha de publicidade com este programa.

      Se quem cometeu isto fosse um político contrário à ideologia da Globo ou uma emissora concorrente, o espetáculo já teria sido armado: repetições e reptições ao longo do dia, sobre à noticia, fulaninho de ONGs, líderes religiosos já estariam postos para falarem e a pressão em cima da Justiça para encerrar o programa ou cassar a concessão da emissora já estariam a pleno vapor, mas como é a Globo, isto não houve, nunca existiu e vcs estão vendo demais debaixo dos cobertores. Não se enganem a “divindade” tudo pode, inclusive nesta versão, estupro.

  • E a globo, ora a globo! essa não sofre nada. Tem os políticos na mão!! e a sociedade passiva assiste tudo e depois vai dormir!! tudo bem?

    • Acho que, se existe algo que pode ser chamado de positivo nesse episódio lamentável, é que o caso levanta a lebre da necessidade de se ter o controle social da mídia, ainda mais quando se trata de concessão pública.

      O caso permite ilustrar bem o que se quer com os mecanismos de controle: não se quer impedir a liberdade de expressão, mas preservar liberdades individuais que são ameaçadas pela absoluta falta de limites da nossa mídia.

      • …”..Ah,quem sou eu pra lhe dar conselhos,imagina.Se seu filho estuprar alguém que esteja ” dormindo ” ( alcoolizada ) ou sua filha beber além da conta e acontecer com ela,caso semelhante ( sofrer estupro ) você não terá o direito de ficar triste nem de reclamar.Eles aprenderam isso dentro de casa.Lembra..??!!..você consentiu que isso tenha sido compartilhado ..né..!!! “.

    • E ainda existem pessoas contrárias ao Conselho Federal de Comunicação e à análise prévia dos programas jornalísticos e de entretenimento…..

      O Brasil está na contramão do restante do planeta. Enquanto por aqui se defende a total liberdade para a permissividade, com apologia explícita para o consumo de álcool, drogas e o sexo livre, o governo chinês acertadamente decidiu intervir na programação de TV das emissoras locais no sentido de evitar exatamente isso que estamos presenciando.

      O que virá depois do BBB?

  • O assunto está em voga com os adolescentes. Fervilha na rede. Fale mal, mas fale de mim… Já passou do tempo, esse fruto Big Brother está podre, podre demais. Por mais que tente me afastar desse lixo eletrònico ele invade minha vida. Eu me sinto estuprado pela Globo. E o governo, assiste TV. Diz que o controle remoto controla. Controla nada. Está na internet, nos Portais dos PIGnolentos. Por mais que eu fale que é um lixo eletrônico meu filho de 14 anos sabe das estórias. Pode até assistir na encolha. Meu sobrinho de 11 anos adora esse lixo eletrônico. Enfim, fazer o quê? Jogar uma bomba no PROJAC e alegar legítima defesa, já que o controle remoto não controla nada? Desforço imediato? Vou alegar o quê? E o governo (com g minúsculo nesse assunto) assuste TV…

  • Eduardo = foi cometido um abuso claro, não importa a qualidade do programa- se foi ao ar em canal aberto, se foi mostrado apenas circuito fechado- a menina estava bebada e isso é verdade, mas o cara cometeu um atitude inadequada, tanto é que foi expulso do programa e expulso por qual razão? ter praticado um ato sexual sem o consentimento da parceira, cometeu um estupro- lei é lei- no BBB ou fora dele-alias esse programa não esta sendo produzido em mundo irreal, isolado, distante, ele esta sendo filmado, produzido em um pais- sexta economia do mundo, chamado Brasil- qual é o debate? – porque antes foi permitido a esculhamaça? se ele ingeriu bebida alcoolica alem da conta? que isso e mais isso e mais aquilo- é muito debate pro ato escandaloso e vil como esse-ontem apesar de toda a barulheira na internet- olha ela ai de novo- e toda a direção da globo tinha conhecimento desse burburinho, pintou um silencio mortal sobre esse assunto durante todo o programa- pacto de silencio? conivencia ou orientação da produção, ou ambos? essa situação é caso de policia- é caso de Ministerio Publico. Agora a moça não sera ouvida em uma delegacia? a policia ira ter que ir ao Projac, pedir autorização pro Boninho pra ouvi-la? a coisa esta em um nivel de degradação que chega a dar nojo e ansia de vômito. Tem uma coisa que é grave é a dissimulação geral do programa sobre o episodio- isso tudo tem que ser investigado- o BBB como dizem mostra tudo- sera que a Justiça, o Ministerio das Comunicações não irão enxergar?

  • Exatamente, não há a quem reclamar, pois não temos governo, nem Municipal, nem Estadual, nem Federal.
    A suruba é livre. E viva o mercado e a liberdade de expressão.
    Por acaso alguém leu ou ouviu alguma reclamação de parte da Igreja Católica e da Evangélica ? É, aquelas que eram contra o abôrto, lembram ?
    A Tia Dilma, se dá por satisfeita com o PAC 2 e Minha Casa, Minha Vida; o resto, é não está nem aí.
    Triste sina a nossa de não ter políticos competentes.

    • É mesmo, cadê a turma moralista de plantão? Cadê o bispo de Guarulhos? Cadê o Serra e sua esposa, que afirmou que “Dilma mata criancinhas”?

      Moralismo à parte, esse BBB é uma grande m… (me perdôe, Eduardo, a palavra chula).

      E como é que uma emissora põe um bando de pessoas para beberem até cair? Onde é que nós estamos? Incentivo ao alcoolismo? Incentivo ao abuso sexual? Onde é que nós estamos?

      Os participantes do BBB são improdutivos, mas são seres humanos e isso não deveria ser permitido. Não numa concessão pública. Como cidadã, não aceito isso. Espero que os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário tomem tenência e façam algo sério sobre esse fato do BBB.

      Não sei se é o caso de proibir o BBB, mas ele deveria passar em TV a cabo, não na TV aberta, e não deveria ser permitida a prática de tomar alcóol.

      • Continuando, entendo que os brasileiros precisam enviar emails aos patrocinadores e aos membros dos três Poderes, solicitando providências enérgicas. Tudo bem que o Brasil é um País alegre e de pessoas flexíveis, mas o que ocorreu passou muito dos limites do razoável.

      • Luiza, aproveitando seu questionamento: cadê os conservadores entre a população? O BBB tem uma audiência estratosférica. Aposto que os mesmos pais que não permitem que a filha use vestidos curtos assistem ao BBB. Êita moral hipócrita!!

        • Você imagina, meu sobrinho de 8 anos, espertíssimo, fica vendo cenas desse programa e absorvendo essa baixaria.

          Claro que os pais têm o dever de proibir e vigiar, mas não conseguem evitar 100% do tempo, por conta dos reclames e das chamadinhas durante o dia.

          Tem cabimento? Será que a solução é proibir criança de ver a Globo? Estou achando que sim. Passou dos limites.

          • Que tal um punição da Globo, com a retirada de seu sinal do ar por algumas horas? Isso seria sensacional, chamaria a atenção do Brasil para a questão das concessões públicas de comunicação.

    • Cara, o que tem a ver oum caso com outro? O que um chefe do executivo tem a ver com o suposto abuso sexual? Qual a atitude que ela deve tomar? Duvido que qualquer cidadão democrático que senta naquela cadeira faria alguma coisa em relação ao ocorrido. É um caso claro para o Ministério Público que o encaminhará para o Judiciário, se assim o desejar. Vivemos num estado de direito, por mais que as instituições estejam dissonantes com a população, ultrapassar os limites não faria bem algum a nossa tão frágil reconstrução de um país livre.

      Somos nós, cidadãos, os verdadeiros responsáveis pela transformação, somos nós eleitores que faremos a diferença.

      Enquanto ficarmos nessa de esperar pela lei dos médios, que os políticos que COLOCAMOS lá não querem nem ver pela frente, tudo para? Precisamos continuar cobrando, mas não do jeito que aquela apresentadora do SBT/DF metida a Datena fez, precisamos ir no coração da causa, não somente nos seus efeitos, isso é enxugar gelo.

  • Eduardo, mais uma vez concordo contigo em quase tudo, exceto quando diz que “em um país civilizado seria considerado uma afronta”. Por favor, Eduardo, gostaria que me dissesse em que país do considerado primeiro mundo da civilização ocidental não existem casos assim. Seria bom você realmente pesquisar sobre os Big Brothers na Europa, nos quais cenas de sexo não são flagradas pela câmera infravermelha, embaixo do edredon, mas em piscinas, banheiras e explicitamente. Em uma edição do Big Brother inglês que reunia pessoas famosas, uma participante, uma atriz indiana, foi vitima de preconceito, de racismo, ficando isolada dentro da casa. Obteve a vitória no programa, ganhando o prêmio, mas sofreu várias humilhações durante o decorrer do programa. Isso na Inglaterra. Nos EUA, em relação a bebedeiras, sexo e péssimo comportamento, você poderia pesquisar sobre o fenômeno “Jersey Shore”. Você está certo no conteúdo, mas, ao meu ver, erra no arremate, não é uma questão de país incivilizado e civilizado. É uma questão de ser humano, voyeurismo e capitalismo.

        • E essas cenas de sexo na piscina passaram na TV aberta? E o tal do Ofcom? Dessa eu não sabia, então. Eles fazem tudo que fazem aqui? Que horário passa?

          • Parece que cometi um erro e que o Channel 4 não é um canal público, mas privado, contudo é um canal importante na Inglaterra. Mas lá havia coisas como Teen Big Brother. Aqui um link sobre uma noticia de sexo no programa, cujo video já foi retirado do ar:

            http://salaswildthoughts.blogspot.com/2008/05/sex-in-teen-big-brother-uk-house-oh-my.html

            No Big Brother da Austrália, dois participantes seguraram um, enquanto este dormia, ao passo que um terceiro batia em seu rosto com o pênis.

            Ao redor do mundo, mesmo na Alemanha, onde ocorreu o sexo na banheira, há casos muito mais bizarros do que bebedeiras e sexo debaixo do edredom.

          • Acho que você está misturando as bolas. Vou pesquisar com um especialista, amanhã. Barbaridades existem em qualquer parte, mas não passam na TV aberta às 10 da noite.

          • Um site com várias histórias bizarras sobre as várias edições do Big Brother ao redor do mundo:

            http://www.sitedosfamosos.com.br/ultimas-dos-famosos/as-cenas-mais-picantes-dos-big-brothers-pelo-mundo/

            Destaque para:

            “No segundo Big Brother americano uma ameaça de morte desclassificou um participante. Justin pegou uma faca, encostou no pescoço de uma colega e perguntou: “você ficaria brava se eu te matasse agora?”. O malucão foi tirado da casa na mesma hora.”

            “Um escândalo atingiu o Big Brother Austrália em 2006. No meio da noite, um dos confinados segurou uma colega, enquanto o outro bateu no rosto da garota com o pênis. No dia seguinte, Ashley e John foram expulsos do programa.”

            “… No BB Dinamarca a coisa foi além. Em 2003, a confinada Sissel engravidou de Robert ainda na casa.”

          • Eu quero é saber é se isso tudo não teve consequências. Pode acontecer tudo, em uma situação dessa, mas o que importa é que providências sejam tomadas e não aconteça de novo. Dito assim, pensam que acontece todo dia. Vou investigar.

      • Caros Edu e João,

        não percam tempo discutindo qual BBB, de qual país, libera mais ou menos baixaria e tal…pois essa discussão pode dar a entender que o problema é moral, e não é bem isso…

        Penso que os Blogs interessados em discutir a mídia deveriam tomar cuidado para não cair no discurso moralista ou moralizante…isso não ajuda em nada, ao contrário: atrapalha.

        o ocorrido deveria, isso sim, ser investigado pela polícia…pois se houve (se houve) estupro, então é caso de polícia e tal. Este é um ponto.

        Quanto ao programa em si…ora, vamos ser sinceros com nós mesmos: todo canal de TV hoje tem seu BBB (da Record a Band…todos canais). E aqui que vejo problema na discussão sobre a mídia feita nos blogs: a Globo vira alvo, mas se esquecem dos outros canais. Na Fazenda, por exemplo, ja teve de tudo…de luta de box até striptease…então vamos com calma no quesito “moral”. A Globo está até recatada perto da Record neste ponto…e olha que o Bispo já pisou numa santa e condenou cenas de novela da Globo em nome da Família, da Moral e dos bons costumes…hehe…Naquele tempo a estratégia do Bispo era a Moral, não deu certo, então passou a rezar pra santa dos peitos de fora mesmo…pra ganhar uma grana tá valendo qualquer coisa…hehe

        vejo a coisa assim: não é a Globo o problema maior…mas sim aquilo que se denominou de industria cultural global (de globalização, nada a ver com a Rede Globo). E este é um fenòmeno do capitalismo recente, em todo o mundo…seja no Brasil, na Inglaterra ou na Transilvânia.

        Algumas das características dessa indústria cultural global, que teve início por volta dos anos 90 (um pouco antes até): barateamento dos custos (é mais barato fazer um reality que uma mini-serie, por exemplo), amplificação do espetáculo (no sentido de espetáculo de Guy Debord, sociedade do espetáculo), padronização extremada da produção (daí que para cada BBB tem-se uma Fazenda, para cada Fantástico tem-se um Domingo Espetacular e por aí vai), acabando com qualquer possibilidade de criatividade (seja na TV, na música, no cinema aonde for)…e tudo isso regido por uma tecnologia digital de último tipo e por grandes somas de capital concentrado.

        Ley de medios? Tá, só se for pra quebrar o grande capital internacional concentrado nos media, quebrar monopolios, acabar com a padronização e destruir o autoritarismo dos media…caso contrário, se for só pra tirar o BBB do ar e trocá-lo pela Fazenda então não serve de nada…e se for em nome de uma norma Moral, pior ainda…

        enfim…

        abraços

        • É pra tirar Fazenda, BBB e tudo que atente contra a formação mental de jovens e adolescentes e que estimule o vício. Não estou discutindo, estou afirmando que país civilizado pode até ter abusos, mas esses abusos têm consequências. Eu me incomodo com minha neta de dez anos discutindo estupro na escola apesar de eu e os pais dela acharmos que o programa é muito pesado para sua idade. O caso é muito sério. Você pode não se incomodar com suas crianças – se é que as têm, se não pode ser de um filho, neto, irmão – verem isso, mas eu me incomodo.

          • Edu,

            não tenho filhos, mas isso não me impede de pensar a respeito dos media…ao contrário, os media fazem parte do meu trabalho na universidade.

            o que eu quis dizer é que trata-se de um fenômeno global, assim como o capitalismo o é. Não estou defendendo e nem tão pouco justificando ou dando aval. Aliás, os media são hoje a sustentação do capitalismo e por isso se torna mais importante ainda discutir essa questão. E a esquerda precisa discutir muito bem isso, pois não tem como lutar contra o capital sem lutar contra os media, uma coisa se plasmou na outra na globalização…enfim…

            Claro, concordo com vc, em alguns países certos abusos têm consequência e no Brasil não acontece nada. Sem dúvida. Mas não podemos nos esquecer que os grandes barões dos media não são brasileiros e nem tão pouco o formato BBB (ou reality) foi uma invenção nossa: Murdock é um australiano radicado nos EUA e o formato BBB foi inventado na civilizada holanda (John de Mol é holandês). A diferença é que em casos extremos um Murdock é processado (como o foi de fato)…já o Boninho ou o Bispo…nem pensar….

            No entanto, mesmo com processo e tudo o mais, a FOX do Murdock continua atuando da mesma maneira…pois o buraco é bem mais embaixo…trata-se da própria lógica do capitalismo recente, a atual mídia (com seus BBBs e tudo o mais) se plasmou no capitalismo e é hoje seu pilar principal. O capitalismo hoje não passa mais pela GM, Ford etc, mas pelo controle do poder sobre a subjetividade (via TV, internet, música, cinema etc.), pelo controle e reprodução ad nauseum da mídia espetacular…e o espetáculo (e tudo hoje virou um espetáculo, da família real britânica ao cabelo do Neymar, da guerra contra o Iraque ao sexo no BBB) se tornou o próprio capital, ou melhor, é a força motriz da reprodução do capital.

            Daí que o BBB de hoje e o grande hit “um tapinha não dói”, estão na mesma esteira…entre outras “genialidades” que já tivemos e outras que ainda teremos…

            abração meu caro

    • Olha, Adriano, não sei como é na Inglaterra, mas pensando como agem lá certos torcedores de futebol, não duvido de que seja baixaria. No entanto, como você disse, é uma tv fechada. E isso faz muita diferença, pois não é concessão pública.

      Pela lei, a concessão pública deve obedecer rígidos parâmetros. A lei levou em conta que a tv e o rádio abertos tem milhões de telespectadores/ouvintes, por isso deve pertencer ao Estado, que concede o direito de utilizar, mas nunca a propriedade. É hora de rever a concessão da Globo.

  • Ola Edu.

    Não seria o caso da gente ir as ruas, porém as esquerdas são muito divididas,
    me parece que não adiantaria nada. Todavia, a gente pode organizar um baixo assinado
    pedindo a concessão da Emissora, ao Ministério das Comunicação, outra coisa é
    entrarmos em massa com processo indenizatório pela TV ter forçado, através das propagandas,
    as nossas famílias a presenciarem esse ato criminoso contra a mulher, sei lá, eu sei que há outros
    meios que não conheço que se podem usar contra a Globo.

  • E a família da moça, provavelmente para não prejudicar sua participação na baixaria, parece que resolveu silenciar e se omitir.

    Ou seja, parece que a família vai mesmo deixar a moça ir para o matadouro.

    Afinal, um milhão está em jogo.

    Mas o MP não pode se omitir. Mesmo que o crime de estupro exija representação do ofendido, o caso exige que o MP, como fiscal da lei, esclareça a moça sobre as circunstâncias em que os fatos se deram.

    Se de fato houve crime, há mais de um responsável por ele. A emissora e seus produtores têm que responder também por ele.

  • Tem um ponto positivo, fica a mensagem bem clara para as mulheres (e para os homens) quem abusa da bebida pode ser vitima de violência, melhor quem abusa de qualquer droga pode ser vitima de violência.
    …………
    Não fica meio estranho as esquerdas defenderem as drogas e traficantes e condenarem quem abusou da bebida que é uma droga, usuários de outros tipos de droga se expôem aos mesmos riscos.

    • Esquerda defende drogas e traficantes… Deve estar falando de FHC. Que absurdo. Por isso vocês perdem uma eleição após a outra. Isso é medo de debater seriamente. Chamando o adversário de defensor de traficante, você elimina o debate. Resta prender todo esquerdista, como na ditadura que sua turma tanto curte

      • O AliancaLiberal confunde a “descriminalização para uso lúdico” com “defender as dorgas”. São coisas diferentes.

        Descriminalização significa acbar com a hipocrisia de que a proibição vai diminuir o uso. Ao enfrentar o problema de forma aberta a sociedade pode sim diminuir os problemas causados pelo uso e até diminuir o consumo.

        Lembremos que na Holanda o consumo de maconha e ervas pelos holandeses é de 30%, os outros 70% são consumidores de outros países.

    • Esse troll “Aliança Liberal” anda em um desespero danado desde que foi lançado o livro “A Privataria Tucana”.

      Se antes ele já fazia provocações grosseiras, agora demonstra desespero total com acusações descabidas sem a menor correlação com o assunto do tópico.

      Aparentemente devido ao fato do seu amo e senhor ter suas maracutaias desvendadas, agora o troll resolveu abrir uma metralhadora giratória de acusações infundadas para ver se alguma cola e ele consegue mudar de assunto.

      Essa ação desesperada só está servindo para ele cair em um ridículo ainda maior do que já estava.

    • Onde ja se viu as esquerdas defenderem o uso do álcool, você está confundindo a descriminalização do usuário,que é uma vitima,com orgias estimuladas ao vivo por uma concessão pública,que não tem defesa.Como dizem a emenda ficou pior que o soneto,falou merda.

  • A conclusão é a de sempre: a única coisa que presta na globo é ( ou seria) o programa globo repórter, que hoje tem melhores temas e produções na Record e no Sbt, em programas semelhantes. Porém, atualmente, a cada quatro ou cinco programas, somente um globo repórter presta.
    .
    Ou seja, se a gente fizer as contas e descontando umas dez horas de “programação” só com novelas e a madrugada que quase ninguém assiste, basta ver o que sobra na globo pra ser visto na semana: praticamente nada que realmente preste, salvo uma ou outra exceção ( cito aqui, agora, só pra comparação, um programa excelente da TV Brasil: o Sem Censura).
    .
    Que programa realmente presta na globo? Ela só é mais vista por puro costume e porque acostumou a turma a ver programas hediondos e gostar deles. De fato, com coisas como esse bbb, a certeza é absoluta: a Ley de Medios é urgentíssima.

  • O pior é que o povo continuará assistindo, para ver o desenrolar da situação e o que os outros “brothers” vão comentar. E assim vira um círculo vicioso. Quem não assiste ou se importa em saber o que está acontecendo no programa é considerado “um chato”. O povo só terá cultura quando derem cultura à ele. E a TV aberta só quer alienar, então, dão somente programas lixo para que as pessoas não pensem que pode existir algo melhor.

  • Eduardo, peço, se cachar relevante, que divulgue minha iniciativa.

    Quando da época do “cansei” entrei no site da Philips Internacional e perguntei se eles concordavam com o presidente da Philips do Brasil que patrocinava o movimento.

    Agora pergunto no site da Fiat:

    Prezados Srs.
    Os Srs. vão continuar patrocinando as cenas de estupro do BBB12?
    Concordam com a manipulação das imagens que a Globo fez para minimizar o ocorrido?

    Espero sua resposta

    Eduardo, vamos incentivar o Brasil inteiro a tomar partido nesse caso!

    • Otima sugestão Claudio!!! vamos todos entupir a caixa de e-mails dos patrocinadores destes tipos de programas, não importa em que veículo. É este tipo de atitude que os cidadões de paises onde existe alguma forma de cidadania fazem nestes casos. Outra atitude seria por conta da justiça, da regulamentação dos meios de comunicação, mais isto aqui nos trópicos é confundido, hipocritamente, como censura.

    • Isso, sim, é uma ação afirmativa. Ficar só falando mal e exigindo controle por parte do governo não adianta.

      tem que mostrar para quem paga a conta (patrocinadores) que não há audência para esse tipo de absurdo. esse é o verdadeiro e legítimo controle da mídia: o do público consumidor.

      • Depois do “estupro” e de todas as crianças deste país estarem discutindo hoje se ele “traçou” ela, você vem dizer essa batatada. Vá se catar

        • Me desculpe, mas as minhas crianças não estao discutindo o tal estupro na TV, pois elas só assistem a canais infantis. Aliás, se alguém falar em traçar algo perto delas provavelmente vão pensar que se trata de algo relacionado a desenho.

          em minha casa não se assiste a BBB e quejandos. se todos os pais tomassem essa atitude não estaríamos tendo essa conversa.

          por fim: vai se catar você, grosso.

          • Minha neta também está proibida de ver em casa, mas no dia seguinte, na escola, não se falava ou via outra coisa nos celulares das amiguinhas

      • Caro Abel, permita-me discordar: precisa ter uma ação do Poder Público sim. Ocorre que:

        1) A TV Globo é uma concessão pública e, ainda, uma TV aberta.
        2) O programa incentiva o uso de bebidas alcóolicas. Toda hora você vê gente atropelando gente por conta do alcolismo.
        3) O programa cria o ambiente para “pegações alcoolizadas’: confinamento, festinhas regadas a bebidas alcóolicas, testes ridículos (como por exemplo, muitas pessoas ficarem presas num carro por várias horas. Não sei como uma Fiat deixa eles fazerem isso com um produto de sua marca).
        4) Pelo que pude perceber, a moça estava alcoolizada. Mesmo que tivesse certa consciência do que houve, essa consciência estava certamente afetada.
        5) Assim sendo, pode ter havido, sim, algum abuso do rapaz expulso. No limite, o abuso seria legalmente caracterizado como estupro, mas isso teria que ser apurado.

        Na minha opinião, o ocorrido foi muito sério, muito sério. O Poder Público precisa entrar, sim. Quanto aos patrocinadores, estes também deveriam ter mais cuidado para não ligarem suas marcas com um programa que propala o abuso do alcóol e que favorece eventos como o ocorrido.

  • Em um país sem governo quem manda é a Globo. Que providência o governo iria tomar, o mesmo que o governo de são Paulo tomou na cracolândia, dispensar o publico com bala de borracha. Vai ter um policial em cada janala para ver se você está assistindo BBB, se estiver, sua tv lavara um tiro de borracha. Ou o governo é a Globo??? Dilma deveria colocar seu slogan ao invés de “País rico é pais sem pobreza”“ País rico é país com cultura”

    BBB tem tudo que não presta, agora arranjaram um estuprador, no próximo convidarão Fernandinho Beira Mar, Paulo Maluf, e o povo gosta. Povo sem cultura ou Burro mesmo? Desculpe-me!!! Nem todo mundo pensa igual a mim, eu gosto de comer porcaria, e você?

  • Não existe uma liminar, Alguma coisa que retire esse programa do ar? Nada pode ser feito? Ministerio publico, Não existe nada neste país??? Cadê o Marco Alrelio de Melo, OAB??

  • Pois é Edu, as pessoas não estão com o foco certo. Ok, o sujeito pode sim ser processado por crime. Mas a questão vai além disso.
    É o poder, o midiático, que tudo pode, não se submete aos limites da lei, como todo cidadão e institiuição é obrigado a.
    A lei de medios é isso, não é de esquerda nem de direita. Não é censura. Ou melhor, é no sentido que você é censurado em seu desejo de estuprar, matar e tripudiar sobre o direito do outro. Diretamente como o tal garanhão predador ou indiretamente como a patrocinadora desse espetáculo ultrajante, degradante e indigente, a Globo

  • Eu não assisto, por isso não sei comentar.
    Na minha casa, até agora, consegui controlar isso aí.

    Mas, não precisa assistir para saber tudo o que acontece porque os jornais tratam o BBB, Fazenda e novelas, como se realidade fossem. São manchetes de primeira página.

    Vez por outra eu que não conheço os personagens, me assusto com as explosivas chamadas dos jornais. Vou saber e é sobre personagens e situações de novelas.

    Isso é bom para não sobrar espaço para debate sério sobre as situações de verdade do cotidiano.
    E para o povão, viver a vida da novela tem mais glamour.

    Não concordo com quem diz que o governo de Dilma está omisso. Foi por causa da determinação da Ministra que o MP foi investigar e a Globo teve de afastar o rapaz. O governo manifestou-se já sobre a novela que patrocinava cenas de violência contra a mulher e sobre a propaganda com Giselle.

    É preciso que a sociedade se manifeste contra essa nojeira toda que o governo sozinho não pode acabar.

  • Infelizmente o declinio dos meios de comunicação ditos “hegmônicos” que entram na casa dos brasileiros a qualquer hora do dia e da noite, está mais para emburrecimento coletivo, incitação à violência, preconceitos de toda ordem, além da sexualização exacerbada , que para diversão. O bbb 12 deveria ser encerrado diante da gravidade de ser postado ao vivo e a cores um estupro, e fico a pensar nas novelas que tem pegação Nas 24 h por dia, além de cenas patéticas de crimes sendo planejados e cometidos, a sangue frio, haja vista a novela fina estampa e os filmes americanos que beiram ao ridiculo com teorias conspiratórias , xenófobas, ataques terroristas, entre outros delírios. Graças que meus filhos estão já iados, fico a pensar na pfalta de opção e a baixa qualidade oferecida nas programações das tvs aberta e fechada. . Como exemplos começam pelos desenhos da manhã , que vez ou outra vejo na globo,não tem um cujos personagens não estejam à beira de uma ataque de nervos, gritaria, barulho, vinganças, eliminação sumaria dos adversários, apologia às armas, depois querem crianças, adoslecentes pacificos. As novelas todas as mulheres estão em papéis degradados , não tem uma novela em que a mulherada não ai na pancada , otimas atrizes rolando no chão aos puxõesde cabelo. e tapas.Os mocinhos sempre sarados, sem camisa,exalando testosterona e literalmentente pegando todas as meninas bonitas da novela.Os núcleo dos ricos e o dos pobres; a mediocridade grassa, os temas são repercutidos nos jornais, nos salões, nas rodas, no povão e classe alta . Além de um jornalismo da espetacularização, enganação, o denuncismo barato, a emanipulação politico partidaria de um lado só. E a nova modalidade é o estupro ao vivo. Será Por outro lado tudo se transforma em celebridade, haja mediocridade.. Está na hora do basta, . A tv brasileira precisa urgentemente reiventar-se , ou será este pais ,esta educação e cultura que queremos para nossos filhos e netos? Como concessão pública, espera-se um nivel melhor , com valores, ética; e cabe a quem foi eleito para governar, fomentar e gerir as politicas públicas para o setor, cobrar qualidade e transformação.
    Vamos à Ley de Medios!

  • Dizer mais o quê? Um programa de conteúdo 0, agora se transforma em caso de polícia.Realmente,o que mais me espanta, é constatar que empresas,ditas idôneas,patrocinem isso.A rede Globo hoje, ostenta mais um título. A CAFETINA Platinada.

  • Edu,

    aproveitando a oportunidade, gostaria de deixar indicado, caso alguem que acompanha o blog se interesse, um livro muito bom sobre TV, BBBs e afins. Trata-se do livro “Videologias”, da Maria Rita Kehl e do Eugenio Bucci. Aqui tem uma entrevista com a autora, um pouco antiga (a TV Cultura ainda era boa, pra vc ver quanto tempo já faz….os Tucanos não tinham acabado com ela ainda), mas muito oportuna e de certo modo atual:

    http://pphp.uol.com.br/tropico/html/textos/2474,1.shl

    destaco um trecho :

    “a grande perversão que se encena nos ‘Big Brother Brasil’ e ‘Casa dos Artistas’ não é sexual. É a perversão da concorrência sem leis, espelho do estágio do capitalismo selvagem e decadente em que vive o país. Em pouco tempo o público passou a se interessar mais pelas sacanagens da concorrência pelo prêmio final do que pelas sacanagens sexuais.”

    Tal como Maria Rita Kehl, vou pelo caminho de entender o BBB mais pela perversão do capitalismo neoliberal, que pela perversão sexual ou coisa do tipo. O estupro maior se dá em qualquer traço de solidariedade que o programa já havia matado no nascedouro, 12 anos atrás.

    Esse suposto estupro do BBB 12 é um caso de polícia, se confirmado. O estupro neoliberal, do capitalismo globalizado, não. É um caso de política, de luta política…muito mais complicado de se resolver ou mesmo de se perceber.

    parabéns pelo blog e grato por esse espaço de debate.

    abração

  • A Sociedade precisa antes definir o que quer. E sair desse eterno fingimento.

    Há uma glamourização da erotização sob o lema “Vem! Pra ser feliz”, e a Sociedade inteira se deixa seduzir.

    Houve um estupro. Exibido ao vivo para todo o país. O que deveria acontecer?
    Suspender o programa e submeter o estuprador às penas da lei.

    Declaro-me totalmente insensível a qualquer barbaridade que possa acontecer no tal BBB.

    Principalmente após ter lido em edição anterior a declaração do diretor do programa, o tal Boninho, dizer que “se morresse um na piscina seria bom porque aumentaria a audiência”.

    Eu até torço para que aconteça mesmo barbaridades no BBB para ver se a Sociedade cai na real e exija o fim dessa porcaria.

    Aliás, se eu tiver que me indignar com estupro no BBB, terei antes que me indignar com estupros em Sodoma e Gomorra. Senão cometerei injustiça.

    O que podemos esperar de um programa que junta uma dezena de mulheres e uma dezena de homens, que nunca tiveram contato antes, e dá-lhes alcool, incentiva a erotização e a prática sexual, e coloca-os na mesma cama? Nada de bom pode sair dali.

    No dia seguinte após o apresentador ter delcarado “O amor é lindo” ao exibir as imagens do suposto abuso, retrocedeu, após visita da policia ao PROJAC, e declarou que “após análise das imagens concluiram que o participante Daniel infringiu normas do programa”, sem citar que “infração foi essa.

    Ok, a Globo vai expulsar o tal Daniel. E quanto aos filhos de delegado e donos da RBS, em Santa Catarina, que estupraram uma garota de 13 anos de idade? Este caso a Globo abafa.

    Não se enganem. A Globo não será penalizada por isso.

    A começar pelos telespectadores que, muitos, indignados com o suposto estupro, continuarão dando audiência ao BBB.

    E o Ministro das Comunicações do PIG não irá se pronunciar. Vai ficar quietinho, para não aparecer na capa da Veja e ser, em seguida, expulso do cargo.

    Na tela da TV no meio desse povo,
    Estupro só vê, na GLOBO !!!

    • Perfeito Gerson, este caso mostra a hipocrisia da sociedade. A Globo ou qualquer outra emissora é responsável pelo que transmite e nao vai ser punida, pelo contrario, a sociedade hipocrita que condena à cadeia uma pobre miseravel que se ve quase que obrigada a cometer um aborto pela situação de extrema miséria, vai aumentar a a audiencia destes ixos.

  • Ja é um estupro
    contra a inteligência do povo
    o tal padrão global de tv
    feito por essa rede
    que pode ser considerada
    uma espécie de vaticano
    com leis próprias
    O governo que ousar
    regulamentá-la
    sabe bem o risco
    que corre …

    • A Fiat do Brasil vai mudar o seu slogan nas chamadas do BBB para “Fiat, o carro oficial do estuprador no BBB”?

      Quem patrocina a baixaria é contra a cidadania.

      A Fiat patrocina a baixaria e tudo o que ocorre no BBB?

  • Edu

    Muito simples, vamos diculgar as empresas que patrocinam o programa e entao boicotar seus produtos, pois elas sao coniventes com tudo que se passa.

    Abcos Luis

  • Penso que a rEDE gLOBO tem mesmo que ser responsabilizada pela exposição de cenas degradantes para a população, contudo, só acredita que Monique tenha mesmo sido estuprada quem não ouviu o depoimento da moça é muito inocente ou simplesmente hipócrita.

  • E com isso o debate que realmente interessa foi interrado: a MP 557.
    A tropa de choque do Ministro Alexandre Padilha agradece.

    E sabe o que vai acontecer? A tal “sister” quando sair “da casa” vai se encontrar com o “brother” e os dois vão acabar se casando.

  • É UM ABSURDO! UMA CANALHICE! UMA BARBARIDADE! UM CRIME! UMA TORPEZA! EM QUE SOCIEDADE VIVEMOS, ONDE COISAS DESSE TIPO OCORREM NUMA CONCESSÃO PÚBLICA(OU SEJA, QUE EXPLORA UM BEM QUE PERTENCENTE À COLETIVIDADE), SUSTENTADA POR DINHEIRO PÚBLICO, E ESSAS DUAS PROPRIEDADES COLETIVAS SÃO USADAS PARA DENEGRIR ESSE PÚBLICO(PRINCIPALMENTE A PARCELA FEMININA, ATRAVÉS DO DESRESPEITO A UMA MULHER, MAS TAMBÉM AOS HOMENS QUE NÃO QUEREM SENTIR SEU GÊNERO IDENTIFICADO COM ESSE ANIMAL), TRANSFORMANDO-O NUMA COBAIA COLETIVA PARA A EXPOSIÇÃO DO QUE EXISTE DE MAIS VIL E DEPRIMENTE NA NATUREZA HUMANA! QUAL A “OPINIÃO” QUE A FAMÍLIA OLIGÁRQUICA, PROPRIETÁRIA DA EMPRESA DE COMUNICAÇÃO QUE TRANSFORMA UMA CONCESSÃO PÚBLICA EM SEU “PARQUE DE DIVERSÕES TERRIFICANTE” PRIVADO TEM SOBRE OS BRASILEIROS? CONSIDERAM-NOS UM BANDO DE BILTRES, VERMES E IDIOTAS QUE MERECEM RECEBER SÓ O QUE EXISTE DE MAIS SÓRDIDO, PARA QUE COM ISSO “GARANTAM” A CONSTRUÇÃO DE MENTES TOLAS E SUPERFICIAIS O SUFICIENTE PARA SEREM MANIPULADAS POR SEU NOTICIÁRIO DIRECIONADO(GARANTIA QUE JÁ FOI DESTRUÍDA PELA REALIDADE, A QUAL PROVOU QUE OS BRASILEIROS, APESAR DE TODO O ESFORÇO DOS DONOS DA COMUNICAÇÃO EM TRANSFORMÁ-LOS EM ROBÔS DESCEREBRADOS, SÃO CAPAZES DE PENSAR POR SI PRÓPRIOS E ESCOLHER SEU FUTURO EM OPOSIÇÃO AO QUE PRETENDIAM IMPOR-LHES OS DONOS DA MÍDIA). TODAVIA, INDEPENDENTEMENTE DISSO, NÓS TEMOS O DIREITO(LEGAL E ECONÔMICO) DE EXIGIR QUE SEJAMOS RESPEITADOS NA UTILIZAÇÃO DE NOSSO ESPAÇO RÁDIO-FÔNICO E DE NOSSO DINHEIRO E, SE ABERRAÇÕES EXECRÁVEIS COMO ESSE LIXO DE “PROGRAMA” EXPONENCIAM UM DESRESPEITO QUE ACONTECE O ANO INTEIRO(AS NOVELAS, OS NOTICIÁRIOS QUE NOS TRATAM COMO IMBECIS SÃO UMA TAPA DIÁRIA NA CARA DOS CIDADÃOS)TEMOS QUE EXIGIR, INDO ÀS RUAS, QUE ESSE RESPEITO SEJA IMPOSTO ÀQUELES QUE “ACHAM-SE” DONOS DA COMUNICAÇÃO NO BRASIL E TÊM QUE APRENDER COM A MOBILIZAÇÃO POPULAR QUE AS COMUNICAÇÕES PERTENCEM AO POVO, POR ISSO DEVEM SER DEMOCRATIZADAS, COMO TAMBÉM QUE COMO TUDO NA VIDA NECESSITAM DE LIMITES PARA NÃO SEREM TRANSFORMADAS EM ARAMAS PARA A DESINFORMAÇÃO, QUE É UMA MAL DISFARÇADA FORMA DE CENSURA, E PARA A DISSEMINAÇÃO DA VIOLÊNCIA. ESSA MOBILIZAÇÃO TEM QUE COMEÇAR IMEDIATAMENTE.

  • Ontem, após a polêmica, tentei um canal ao vivo do BBB.O que me chamou atenção foi que um dos participantes bebia uma latinha de cerveja com a seguinte frase em sua camiseta(em Inglês): ”ECONOMIZE ÁGUA, BEBA CERVEJA”!!!
    Putz!!!

  • Pessoas que se sujeitam a participar desse tipo de programa por dinheiro fácil, sabem muito bem o que lhes esperam lá dentro. Tal programa só existe por que a grande maioria da população gosta de ver o que acontece na vida alheia, é “voyer”, curte pornografia, adora assistir desgraças e tragédias que infestam nossos telejornais, e depois faz pose de moralista. Se eles não tivessem audiência o programa não existiria. Por que não mudam de canal, não vão ler um bom livro, escutar uma boa música, tocar um instrumento, assistir um bom filme no DVD!! Boas opções não faltam. Na minha opinião eles merecem tudo de bom e de ruim que possa acontecer a eles nesse jogo, pois se sujeitaram por dinheiro a exposição pública de suas vidas!! Me parece que, apesar de ser uma concessão pública, essa emissora tem muito mais poder do que o Estado, que também tem grande interesse em que a população assista esse tipo de programa, pois CULTURA nunca foi prioridade de governo nenhum!!! A alienação é a “Ordem”!!! Manter o povo em sua ignorância para que possam aprovar seus projetos esdrúxulos, seus aumentos salariais vergonhosos, manter a impunidade, e quando chegar as eleições, votemos em “Tiriricas” e outros palhaços da nossa política!! DINHEIRO FÁCIL TEM SEU PREÇO!! QUEM ESTIVER DISPOSTO A PAGAR, QUE SE HABILITE!!!

  • pois é

    antes eu dizia que desanimava em ver o povo se interessar e radicalizar tanto por novela, carnaval e futebol

    ..hoje eu lamento em ver os BBBs, Fazenda e Casa dos artistas

    e quando tudo parecia já ter chegada ao fundo do poço ..agora os midiáticos, destes que instigam o uso de drogas lícitas e ilícitas, destes que insuflam a bulimia e a anorexia, tudo dentro dum contexto de consumo ..dos mesmos que já nos mostram sem tarja e a qq hora do dia as tripas espalhadas pelas vias ..

    ..agora os caras nos brindam com a tal da UFC

    ..francamente, castigo pra mim, quem mandou eu imaginar que a ignorância e maldade humanas, as taras e ganância tinham limites ?

    http://www.youtube.com/watch?v=-qGLFO3I8RE&feature=fvst

    nf – pra variar, todas estas fórmulas nos foram importadas ..legal né ?

  • eu gostaria muto de fazer um apelo a dignissima senhora dra. eliane calmon corregedora nacional de justiça que pelo amor de deus nos ajudem os governos de tudo fez para acabar com os baixos meretricios que existiam em todo pais e hoje complicouse de uma maneira absurda eles invadirm nossos lares e fazem sexos abertamente na frente de nossas crianças e ainda sao bem pagos por uma rede de televisao como para eles nao existe sensura pos ate parece quem comanda os orgao de censura sao eles gente pelo amor de deus nao existe mais boca do lixo nao somos obrigados a eceitar este tipo de coisa isto e pura prostituiçao pagas pela rede globo isto e violaçao dos direitos do cidadao nao venha com esta onda de ver quem quer ou muda de canal isto ta na boca do povo na intarnet pedimos as autotidades constituidas que tomem uma providencia urgente isto e prostituiçao das piores que existem neste pais e uma tremenda aberraçao acabem com isto de uma ves por todas comunicaçao e uma coisa prostituiçao e outra ja basta estas novelas que tanto coisa ruim ja ensina aos nossos filhos. jose pinto paulista pe.

  • Não assisto tal programa por isto pergunto: Quem são os patrocinadores do dito cujo? É para que eu não compre nenhum produto dos patrocinadores e para que eu enviei um e-mail para os mesmos.
    Abraços!

    • Eu estou na mesma situação. Sei que a Fiat patrocina e já enviei um questionamento à montadora. Alguém pode informar outros patrocinadores? Sei que é uma gota no oceano, mas acho que vale a pena o boicote.
      Abraços.

      • Fiat é o carro oficial que transporta os integrantes do estuprador BBB.

        OMO é o sabão oficial que vai tentar limpar a sujeira promovida pelos integrantes do estuprador BBB.

        Guaraná Antártica é o refrigerante preferido pelos integrantes do estuprador BBB.

        Cerveja Dessava: para quem admira e quer participar do estuprador BBB.

        Niely Cosméticos e o seu shampoo Gold: vão fazer a sua cabeça para você se parecer mais com o estuprador BBB.

        estuprador BBB, o programa da Rede Globo que mais audiência tem graças aos telespectadores.

  • Na calada da noite, (suposto estupro) aconteceu na “prisão” (BBB) muito bem vigiada,o mundo e o Brasil assistindo, sairam bebados de uma festa organizado pela emissora de maior auduência, financiado por patrocinadores, homens de “bens” ou benz, o que a nossa juventude vai pensar! “Eu também posso, péssimo exemplo, traz consequencias, “Viva a liberdade de imprensa”!

  • Sou pai de 3 adolescentes, de 12, 16 e 18 anos. Todas Mulheres. Eu e minha esposa conversamos muito sobre os malefícios do tal BBB. Conseguimos, sem nenhuma dificuldade, convencê-las a não assistir ao tal festival de baixarias…. Se por um lado elas ficam excluídas das rodinhas de conversas sobre o tal programa nos dias seguintes, por outro, creio estarmos contribuindo para formar cidadãos mais conscientes.

  • Eu espero que por “regulamentação na TV”, não esteja se referindo à censura, pois o estado deve sim contribuir com a estrutura familiar brasileira, mas provendo educação, e assim, ferramentas para o discernimento cultural e intelectual.

    Um dos frutos da democraticamente indispensável 1ª Emenda da Constituição Americana (modelo que herdamos parcialmente), é a liberdade que o cidadão tem de ser o imbecil que ele bem queira ser, sem ninguém interferir no processo.

    Isto seria, em uma utopia intelectual, praticamente imperceptível, uma vez que onde há instrução, há discernimento e senso crítico. O que obviamente não é o caso do Brasil, onde estes mesmos imbecis fazem leito e encabeçam todas as classes, inclusive a governista. E é por isso que nenhum tipo de censura por parte destes poderia ser vantajosa para quem espera ver qualidade no entretenimento e na informação disponibilizada para o povo. Você confiaria à um “chef de rua” chinês, a tarefa de elaborar seu cardápio cotidiano?

    Só nos resta a confortante liberdade de optar pelo conteúdo adquirido, a mesma liberdade que permite às porcarias de existirem, e aos imbecis de as consumirem. Simples e complicado.

  • Aqui na minha casa essa porcaria não entra não!! Ok, meus filhos podem até ficar sabendo etc… não podemos evitar que fique sabendo dessas bobagens pelos amigos, redes sociais. Mas aqui em casa a Globo (e a maioria das TV abertas) simplesmente é REMOVIDA do controle remoto. Simples assim. Claro que é pedir demais, mas todos os pais conscientes deveriam fazer o mesmo: censura através do controle remoto. O que não retira a necessidade de uma ley de medios, pra ontem.

  • A perversidade é tão grande que não é de duvidar – é até bem possível – que não tenha havido a agressão sexual e que a própria Globo tenha levantado a hipótese para incrementar mais o Ibope. Esses tipos são capazes de qualquer coisa por dinheiro. Que saudades do destemido Brizola ! Ainda teremos um governo com a coragem de enquadrar a Globo, que age como se tivesse o domínio pleno – propriedade – de um bem público, que é o espaço eletro-magnético, do qual tem somente a concessão. Um dia isso terá que mudar.

  • Um fato assim era esperado,a Globo a cada edição vinha claramente direcionando para que o sexo fosse mais “valor agregado” do programa.Candidatos jovens, atléticos,moças bonitas,homens também,confinados e com isso induzindo a intimidade levando a uma tensão sexual,um estímulo a libido,principalmente entre os homens.Depois vem as tais festas regadas a álcool em que a inibição e quaisquer senso de responsabilidade e respeitos são suplantados.Aconteceu este fato degradante com milhões de famílias assistindo,com seus filhos.E o exemplo,beber é bom,legal,sexo também,não importa com quem,seja galinha(homens e mulheres),mesmo que não se lembre de p….nenhuma no dia seguinte.Não estou defendendo o rapaz,muito pelo contrário,o programa estimula algo que perdura na nossa cultura,que mulher é um pedaço de carne,um mero objeto ao nosso dispor,para satisfazer nossos desejos mais primitivos.O jovem que tem sua cota de culpa,vai pagar sozinho,ele sera “apedrejado em praça pública sozinho” para salvar o culpado maior.

  • Edu,

    Como diz um amigo meu, não fossem as redes sociais este acontecimento teria passado em branco.

    Não serei irresponsável de acusar o rapaz de estupro, mas que a conduta de ambos no dia do fato deve ser investigada não tenho dúvidas.

    Como bem citado por você, o fato de antes do suposto abuso terem trocado carícias não credencia o rapaz a ter sexo contra a vontade da garota. Se isso realmente aconteceu, consuma-se o estupro e não somente o rapaz, mas toda a direção do programa, bem como o pessoal da técnica, devem ser responsabilizados por não terem impedido uma violação de Direitos, no caso o sexo não consentido pela menina.

    Sabemos que tentarão culpá-la por isso, afinal, vivemos em um país machista e “cu de bêbado” não tem dono.

    O que mais me incomoda no fato é que, mesmo sendo uma suposta ilegalidade gravíssima o que ocorreu, a Globo está adorando, pois de uma forma ou de outra o BBB repercute na sociedade.

    E, para exemplificar o que digo, basta lembrar que Bial e a direção do programa tiveram a desfaçatez de creditar a expulsão do rapaz depois de “criteriosa avaliação da direção” que constatou “conduta inadequada do brother” e não em decorrência da visita policial. Ou seja, a Globo julga todos os brasileiros como se fossem os imbecis que compõem sua audiência.

    Ao menos o fato serviu para elevar o debate da real necessidade de “atrações” como essa na TV aberta. Provavelmente não dará em nada, haja vista que a Globo está inserida no caso e, quer queiramos ou não, a Globo ainda manda nesse país.

    Cabe a nós continuar “cornetando”. Se não mudar nada, ao menos desestrassa aqueles que ainda vislumbram um país melhor para todos os brasileiros.

    Abraços fraternos, como de hábito.

    Renato Cortez

  • A famiglia Marinho incentiva estupro em rede nacional para lucrar.

    A Rede Globo é uma organização mafiosa que ganha dinheiro organizando um bordel e manipulando as marionetes do programa-lixo chamado BBB.

    A mafiosa Rede Globo não tem vergonha em promover um estrupro no seu programa-lixo, pois o interesse maior é a audiência, esta vai aumentar ainda mais.

    O Ministério das Comunicações, na pessoa do senhor Paulo Bernardo “Medroso”, deveria tomar medidas práticas para impedir (ou diminuir ao máximo) a promoção dessas atividades e cenas pela mafiosa Rede Globo.

    O Ministério da Justiça, na pessoa do Zé Eduardo Cardoso, deveria pedir para a Polícia Federal instaurar um processo de investigação para averiguar se a Rede Globo está promovendo estupro no programa-lixo com a intenção de ganhar dinheiro (audiência).

  • “É preciso colocar amarras nesse monstro criado pela ditadura chamado Organizações Globo, que deveria escandalizar todos aqueles que defendem a democracia.”
    Igor Felippe Santos

  • Já mandei e-mail para a Fiat, e sobre o que certos cérebros privilegiados voltam sempre a defender sobre que a mesma m… acontece nos EUA e não sei mais o quê, é ridículo conformar-se em ser um animal como alguns que lá existem, que acham certo urinar em cima de cadáveres de pessoas cuja pátria invadiram, saquearam e destruíram. Tem até quem reivindique o direito de ser imbecil, ora que vá sê-lo sem que outras milhares de pessoas sejam expostas a tais estímulos a essa imbecilização.

    • Fiat do Brasil patrocina as baixarias e o estupro no BBB?

      A Fiat poderia usar um novo slogan nas chamadas desse bordel denominado BBB: “Fiat, patrocinador oficial do estupro no BBB”.

      Quem patrocina baixaria e estupro defende a cidadania?

  • E a Globo ? Vai sofrer alguma punição por colocar no ar um programa que só visa o sexo, os escândalos e a falta de pudor. Imagina. Como disseram acima, ela tem todos nas mãos, nas mangas das camisas, etc….

    • Radical e nada inócuo é esse programa de m. direcionado a jovens adolescentes e tb ao público infantil na base do “se colar colou”…Semelhante a propaganda do cigarro Camel (a daquele camelinho inocente)

      O programa é todo cheio de cores, com bonequinhos engraçados, gincanas, com roupas da moda jovem, conversas de jovem, sobre lugares, tendências etc. A diversidade é representada ali quase como cenário, coisa pra inglês ver, pois entra ano e sai ano, o que vinga mesmo para o público (de forma intencional) é o perfil de um determinado tipo de jovem brasileiro: baladeiro, doidão ou doidona, futil e hedonista.

      Como se o jovem brasileiro, em sua maioria trabalhador e guerreiro fosse esse lixo humano que eles tentam “vender”.

      Adolescentes e crianças são muito vulneráveis, mais suscetíveis a modismos etc_e não bastasse a luta diária dos pais com o mundo lá fora, vem essa avalanche de idiotice – vendida como vida real – por todos os lados e mídias pra infestar a cabeça de seus filhos…

      Um estupro vira “o amor é lindo”, na boca do poeta global!

      Sinceramente, a sociedade brasileira não merece todo mês de janeiro ter que se preocupar se seus filhos terão que ver e repercutir o que lhes chega (por tudo quanto é meio..) em cenas de incentivo a orgias, a droga, a futilidade e a violência.

      Depois que o Boni falou pro Bial que o BBB era uma porcaria, e depois desse episódio de violência, esse programa podia era aproveitar pra acabar de vez.

      Já deu!

  • A Globo é isso aí mesmo. Alguém ainda se surpreende?
    Agora tem também o tal do UFC, onde brutamontes se arrebentam de pancada, sob os gritos histéricos do indefectível Galvão Bueno.
    Ou seja, não fazem outra coisa do que apelar aos instintos mais baixos do ser humano.

    • Que tal mandar esse texto para os Twitter e Face de todos que patrocinam essa baixaria AmBev (Guaraná Antarctica), Fiat, Niely, Schincariol (Devassa) e Unilever (Omo)

    • Contraditório o comportamento de OMO utilizar-se de um produto imundo como o BBB, para divulgar o seu produto de limpeza.
      A Devassa, tudo bem, qualquer semelhança ou analogia não será uma mera coincidência.

  • A Rede Globo é uma organização mafiosa que ganha dinheiro promovendo estupro.

    A lei brasileira permite que uma pessoa física ou jurídica ganhe dinheiro promovendo estupro?

    A mafiosa Rede Globo cometeu o crime de promover o estupro, induziu o estupro e não fez nada para impedir o estupro. Essa organização mafiosa ganhou dinheiro e vai ganhar mais dinheiro com o aumento da audiência do seu programa-lixo BBB.

    A Rede Globo admitiu o estrupro ao expulsar o participante do seu bordel (o programa-lixo BBB), ela é ré confessa, portanto o ministério público, o Ministério das Comunicações e o Ministério da Justiça têm que tomar providências prática e concretas contra o lucro ilícito da mafiosa Rede Globo.

    • Estupro agora virou violação as regras do BBB no país da globo não é mais crime hediondo é profundamente revoltante o poder que essa globo ainda tem no Brasil será que isso nunca vai mudar

    • Perfeito tem q ue processar o Diretor do BBB12, o tal de Boninho por permitir acontecer tudo isso , por acaso ele não para o programa para dar bronca nos participantes? Por qué ele não parou o momento do estupro e como o caso do capitão do navio Italiano ficou vendo de fora e ainda fica falando que foi racismo, Ele e o primeiro racista que não coloca mais de 2 negros no programa sempre são recheios para não dizer que a Globo tem preconceito. Ta cheio de estuprador loiro de olho azul. Babaquice o ministerio público deveria acabar com oprograma e ponto final.

      • Obrigada Roberta, vc tocou num ponto que me incomoda bastante, que é a postura do bendito diretor do programa. Por que este individuo não interviu nesta triste situação como sempre faz banalmente? Por que no mínimo deve torcer pra que essas coisas aconteçam. É um moleque pirraçando o público brasileiro, alguém tem que colocá-lo de castigo, antes que apronte outra!

      • Realmente toda essa palhaçada poderia ter sido evitada, se os moradores sao viagiados o tempo, o monitoramento falou feio, permitiu o suposto “estupro”, além do que o programa insita a situação ao permitir o consumo de bebida e que . Agora venhamos e convenhamos “bela sujeita essa moça” é abusada sexualmente e no outro dia não consegue nem saber se praticou ou não a conjunção carnal. se ele foi expulso, ela deveria ser também, afinal os dois quebraram as regras.

  • Acredito que o álcool não é justificativa de nada, é hora de nossa sociedade dar um basta a essas atitudes machistas de culpar a mulher estupadra.
    Esse cara cometeu um crime sim, ele violou o corpo de uma mulher inconciente. Todos tem o direito de beber e se acabar na cachaça se quiser desde que não façam mal pra ninguém.
    A mulher tem direito de beber, a mulher tem direito de se vestir. Ninguém tem o direito sobre o corpo de outrém.
    Fico com vergonha alheio do autor da matéria.
    Esse cara tem que ir pra cadeia.

    • ELE ATÉ PODE IR PRÁ CADEIA , MAS SE EU FOSSE MÃE DESSA MENINA COM CERTEZA TAMBÉM IA GANHAR UMAS BOAS PALMADAS NA BUNDA . POIS ELA TAMBÉM FOI INCONSEQUENTE, DEITOU NUMA CAMA SE ESFREGOU COM UM HOMEM JOVEM “VIRIL” DESCONHECIDO!!!!tAH SE FOSSE MINHA FILHA!!!!!!SÓ TENHO PENA É DA FAMILIA!!! E OUTRA NINGUEM TEM MESMO O DIREITO DE ABUSAR A MULHER , MAS CONVENHAMOS QUE TEM MUIÉ ABUSADA E BURRA ISSO TEM E PALMAS PARA AS INTELIGENTES!!! ESSA SIM SÃO AS VERDADEIRAS MULHERES , AQUELAS QUE FAZEM O HOMEM CHORAR SEM SENTIR DOR…SÓ NA GINGA E NO CHARME!!!APRENDAMOS NOS MULHERES O CEREBRO TÁ NA CABEÇA, O CORPO APENAS É COMANDADO!!!! FICAS COM DEUS NO CORAÇÃO , NÃO LEVES POR OFENSA!!!! UM DIA ME DARÁS RAZÃO!!!!!

      • A mulher dorme sem calçinha, com um homem q ela tinha deixado passar a mão na piriquita dela…..ah!!!…vai me desculpar, é uma vadiaaaaaaaaaaaaaa minha gente!!!!!!!

  • SR. EDUARDO!!! Ontem estava eu com essas mesmas palavras suas engasgadas na minha garganta e me perguntei: o que eu e meu esposo enfim a familia toda os irmãos fariam , se vissem essas cenas de minhas filhas ? com certeza meus filhos homens ficariam com muita vergonha de ter uma irmã táo inconsequente!!!! e não é mais adolescente já tem uma idade suficiente para saber dos riscos ou melhor dos riscos que provoca a base da bebida e esfregação.No meu tempo chamava isso de sarro da cara da trouxa, ou melhor: tirar casquinhas . Eu gostava do bbb mas de um tempo prá cá enjoei de ver todo ano a mesma coisa se repetindo, os caras enchendo a cara dos trouxas de bebida e depois aquilo e mais aquilo!!! Na verdade ali são as “bundas diga-se passagem lindas , masé na bunda que o cerebro se acomoda!!!srsrsrsrsr ESTUPRADOR? se foi que pague, mas que toda mulher se de um pouquinho mais de valor , pelo menos respeite sim seus pais !!!!ISSO NÃO FOI UMA BARBÁRIE ,MAS SIM UM TESTE PRÁ TODO HOMEM DO BEM ; SABER QUE TUDO QUE ESTÁ NO SEU ALCANÇE , MUITAS VEZES É UM PERIGO PRÁ SI MESMO!!!!! NA VERDADE A MULHER SEMPRE VAI SER A MAIOR TENTAÇÃO DE UM HOMEM …” QUE SAIBAMOS USAR SUTILMEMTE E COM INTELIGENCIA NOSSA “FORMOSURA SRSRSRSRSRRS “Tudo que é muito fácil de conseguir perde logo seu valor!!!! Mas esse cara teve toda culpa? Existem homens que não são de ferro, pois o cara não tá morto!!!!! srsrsrrSÓ QUE ERROU …ERROU!!! E VAI PAGAR POR ISSO SÓZINHO!!!

    • O corpo pertence à mulher…..a forma de sexo válido é a consensual. Nem que fosse uma prostituta se ela não quiser “transar” ou não puder consentir com o ato…é estupro. A lei tutela todos…independente de ter sido “bem criada” ou “mal criada”.

      • VC NÃO ME ENTENDEU!!! COM CERTEZA QUE SEMPRE SEREI CONTRA O ESTUPRO!!! e sobre prostitutas…não somos nada mais nem menos que elas somos simplismente mulheres, mulheres que sofrem, mulheres que nunca sofreram cada uma com sua vontade própia!!!! cada uma com seu destino ou que quiz assim ou que a vida lhe proporcionou!!!

      • VC NÃO ME ENTENDEU!!! COM CERTEZA QUE SEMPRE SEREI CONTRA O ESTUPRO!!! e sobre prostitutas…não somos nada mais nem menos que elas somos simplismente mulheres, mulheres que sofrem, mulheres que nunca sofreram cada uma com sua vontade própia!!!! cada uma com seu destino ou que quiz assim ou que a vida lhe proporcionou!!!e mais DÊ!!! A menina deveria ter saido também , !!!!

      • Mas estupro não foi não. Já fui jovem, já bebi e sei que a gente pode estar molinha, mas não perde a consciência.
        E se não estiver a fim, alguma reação de desagrado, a mulher manifesta.

    • Eduardo e Sirlei, desde que tomei conhecimento pela Internet do que aconteceu no BBB, suas palavras são aquelas com as quais mais concordo. O rapaz errou ao abusar da menina inconsciente e ela não se deu ao respeito.

  • Caro Edu… O Ministério das Comunicações e da Justiça, são os grandes responsáveis pelo descalabro chamado TV no Brasil. A nossa constituição é muito clara a respeito… e ela nesta ponto, virou letra morta!!

    Art. 221. A produção e a programação das emissoras de rádio e televisão atenderão aos seguintes princípios:

    I – preferência a finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas;(…)

    IV – respeito aos valores éticos e sociais da pessoa e da família.

    Abrs

    • Para aqueles que esperam alguma atitude do MiniCom ou do Ministério da Justiça, respectivamente comandados pelos petistas Hibernardo e Zé Cardoso deixo o meu conselho: ESPEREM SENTADOS!

      Se vier alguma coisa será da Secretaria de Política das Mulheres.

      Boa semana,

  • O casal deveria ser retirado da casa, não só o rapaz. A justiça deveria fazer uma investigação minuciosa do caso e usá-lo como exemplo para a sociedade brasileira. A própria sociedade deve abrir uma discussão sobre o assunto. Como você disse, a falta de regulamentação na TV, expõem crianças ao alcoolismo e a sexualidade precoce. Além do mais, existe sim um crime nesse caso. Ou o rapaz cometeu abuso sexual, o que é um crime repugnante, ou a moça está fazendo uma simulação, não qual implica um crime de calúnia. É preciso apurar, e punir com as leis cabíveis.

      • Outra coisa que me impressiona que no início do caso , pessoas famosas e muitos outros tuitavam para que o rapaz fosse expulso do BBB. Ora, se essas pessoas acreditavam que viram um crime na TV, eu me pergunto, a única indignação delas é que o rapaz continuaria no jogo? Que raio de sociedade é essa que não sabe nem classificar a gravidade de um crime? Às vezes eu não sei se essas pessoas são infantis e alienadas, ou cruéis e insensíveis mesmo!
        Ainda bem que a polícia teve um pouco de bom senso até agora!

    • Concordo com tudo que o João disse, será mesmo que ela não estava simulando !!!!., mas no final das contas é um programa que deveria acabar alias já está se prolongando por muito tempo, um programa que não acrescenta nada a ninguem muito pelo contrario

  • Alguns dos patrocinadores que financiam o BBB: energético da Ambev Brasil; Avon, FIAT, Guarana Antartica, Niely (cosméticos), Unilever (OMO) cerveja Devassa, Fusion e Assolan.
    Faça a sua parte, entre no contato dessas empresas e mostre que a família brasileira não está mais disposta a aguentar esses abusos.

    • Amigo, você foi no ponto!
      Bastava que se fizesse uma campanha nas rede sociais em que ninguém consumisse produtos das empresas que você relacionou, enquanto estes dois não fossem postos para fora da “casa mais vigiada do Brasil” (menos por mim, que eu tenho mais o que fazer….)
      Alíais, este programa sequer existiria caso tivéssemos decidido não assistir isso…
      1 abraço,

  • É por estas e outras mais que há a necessidade de se implementar uma legislação específica para conter a ânsia pelo lucro fácil da mídia e a manipulação das informações. Quaiquer recursos, por mais imorais e aéticos que sejam,para subir alguns pontos nas pesquisas e faturar com os telefonemas dos incautos submetidos a esta baixaria, são válidos, desde que revertam em dividendos para a concessionária de um serviço público. O pior é que as tentativas de se estabelecer um marco regulatório para a questão, são tratadas como CENSURA À IMPRENSA. Está claro porque???

  • concordo plenamente com tudo o que vc disse, sou de acordo e assino embaixo, a famosa Rede Globo é a pior Máfia que podia existir, manipulação total e completa, lavagem cerebral a todos os brasileiros, infelizmente esse é o nosso Brasil corrupto e brutalmente violento.

  • Sr. Eduardo, me lembro que alguns anos uma emissora estava passando o filme Caligula e foi tirada do ar no meio do filme, por que todos tem medo da globo pra não tomarem nenhuma atitude, primeiro as “autoridades”, a seguir entidades de direitos humanos, juristas e cidadãos? essa emissora pode fazer o que quiser que ninguem terá coragem de pedir providencias ?

  • Por isso que eu tenho ojeriza a este programa, eca eca! Podem me chamar do que quiserem, de infantil, pseudo-cult (agora virou moda atacar aqueles que não assistem dizendo que nos achamos super cultos, mas que no fundo não somos nada bla bla, mas ora, quando é que eu disse que era melhor que alguém ou o maior gênio do mundo? ), mas eu não assisto. Nem eu, nem meus pais.
    E o que me deixou mais P da vida, é que parece que a Globo sempre arruma um jeitinho de todos comentarem o seu programa, mesmo que isso seja um assunto horrível como esse.
    Mesmo nós, que fugimos desse cocô televisivo, acabamos sabendo disso de alguma forma, no trabalho, no facebook, com os amigos comentando.
    E me chocou mesmo, fiquei horrorizada.
    E o pior, milhões de pessoas criticando, falando que a mulher que provocou tudo bla bla.
    Não digo que ela é uma santa indefesa, mas sedução nenhuma neste mundo dá direito a alguém forçar outra pessoa a fazer sexo.
    É como se estivéssemos voltando àquela atração pela barbárie, como na época dos romanos e gladiadores.
    Montam o circo e ficam todos bitolados assistindo e torcendo para algum dos lados se ferrar.

    Só que agora é com outro tipo de agressão, a que mais chama a atenção das pessoas.
    Muito triste viu…

    Bjos, tio!

  • Olha, me desculpe mas não concordo com a sua crítica. Ao contrario do que foi dito, o que foi televisionado na tv aberta foi apenas o início de uma festa, em que consome bebida alcoolica apenas quem quer. No porgrama transmitido na Globo para que qualquer pessoa veja, sequer foi insinuado a possibilidade de um ato sexual, muito menos um ato sem o consentimento da participante.
    Quem teve acesso a essas imagens foram as pessoas que PAGARAM para ter acesso a canais de 24horas de transmissão, principalmente porque o fato ocorreu após as 4 da manhã, horario que crianças não devem estar assitindo televisão e sim dormindo.
    POis bem, se algum menor de idade assistiu a essas imagensisso não se deu por irresponsabilidade ou imprudencia da emissora de TV. O fato ocorreu, e o programa sequer o mencionou no programa transmitido pela tv aberta, justamente para evitar criticas como essa, o que até dá pra entender mas que também foi reprovado por muitos telespectadores.
    Enfim, a obrigação de filtrar e selecionar o que sua familia vê, é o chefe dessa família, quem tem a obrigação de impedir que as crianças assitam tais imagens são os seus pais e responsáveis. A imprensa não pode impedir que crianças tenham acesso a tais imagens, pois são veiculadas através de um canal de tv pago e dado acesso apenas a seus assinates. Acontece de varios desses assinantes copiarem tais videos e jogarem no youtube, ou outros portais de videos, o que possibilita o livre acesso a elas, mas se uma criança vai ao youtube , ou a qualquer outrro site para ver, ela deve ser orientada por seus pais. Ou se seus filhos tiveram acesso a tais imagens dentro da escola, o problema está na educação desse país, está na falta de controle dentro das escolas e dos seus educadores, não do programa de televisão..
    Além disso, ninguem disse que é legal beber e estuprar umka moça inconsciente, e ainda que isso fosse dito, não se pode imputar à televisão educar seus filhos, fingir que coisas erradas não acontecem, não faz com que as pessoas não façam as coisas erradas, é ignorancia achar que ter ocorrido um possivel crime dentro de um reality show vá estimular que os seus filhs façam igaul!!!! Cabe a cada pai dar a educação e formação ética a seus filhos, se vc os deixar largados no mundo, meios não vão lhe faltar para levá-lo a fazer coisas erradas Bancar o puritanismo de que os erros do mundo são resultados de programas de televisão é querer fugir de suas responsabilidades..

    • Estranho que querem proibir propaganda de álcool e fazem um programa que estimula seu uso e aparece aqui quem não vê nada demais. Enquanto isso, meninas pré-adolescentes e garotos impúberes transam e procriam sem condições ou saem dirigindo por ai sob efeito de álcool e ceifando as próprias vidas ou de quem nada tem que ver com isso e que provavelmente nunca viu o seu BBB. PS: os pais só podem cuidar dos filhos quando estão presentes. Quero ver como farão para que na escola não vejam o que é proibido em casa

    • “Bancar o puritanismo de que os erros do mundo são resultados de programas de televisão é querer fugir de suas responsabilidades..”
      Num país com o o Brasil a TV tem sim sua culpa pelas muitas desgraças que acontecem. Aqui nossos adolescentes são influenciados pela mídia sim e não são só adolescentes não.Muitos idiotas acreditam em tudo que a veja,a folha de São Paulo e a famigerada globo divulgam.

    • “Bancar o puritanismo de que os erros do mundo são resultados de programas de televisão é querer fugir de suas responsabilidades.” Tiraria o “puritanismo”, pois acho que ninguém esta banaco o tal, pelo menos aqui, mas no tocante ao resto da frase, concordo. E se existe a discussão nas escolas, acho até bom, mas traga essa mesma discussão para sua sala (não precisa ver essa bosta, é claro!), não a deixe simplesmente na rua.

  • Nunca olhei um BBB, mas, pelos comentários e conhecendo a globo e sua louca correria por indíces de audiência, não ficaria surpresa ao saber que esse estupro foi “ensaiado” para alcançar o ibope que a globo necessitava.Esse “programa”, pelo que ouço falar, não passa de um grande incentivo ao oportunismo, à prostituição, consumo exagerado de àlccol. Enfim, um programa que parece tratar os participantes e seus expectadores como escórias.. Talvez mereçam, por se sujeitarem a ser o que a globo deseja que sejam.

  • Disse e repito, essa famigerada globo é o CÂNCER do Brasil. Seus noticiários são doses de pessimismo,de alienação,de enganação, de ocultação das falcatruas dos da sua trupe,de perseguição aos que querem um Brasil melhor e para todos.Sua grade de programação é um deserviço a educação dos nossos filhos e dos inocentes uteis,os incautos.Nos seus dramalhões os ensinam a não respeitar os mais velhos,a serem salafrários para levar adiante a “lei do Gerson”(levar vantagens em tudo)mesmo que para isso sejam como um dos seusI(serra),pisar no pescoço da própria mãe.

  • Ja fazem mais de 10 a 12 anos que em outros paises o BBB caiu de moda. No Brasil tem todos os anos e cada vez mais apimentados; Isto quer dizer que tem audiencia.
    Questao; De quem é a culpa? Cada pessoas é livre de escolher sues programs de televisao e cabe aos pais esatbelecer quais sao os programs que seus filhos podem ver. Desligue a TV e de um livro ao seu filho ou faça uma atividade com ele e assim ele seguira

  • Sugestão:
    Existe um projeto de lei de regulação das mídias, cujo o Paulo Henrique Amorim, apelidou de “Ley de Medios”. Pois bem, a sugestão é criar uma petição online ou qualquer outro tipo de abaixo-assinado para que dê celeridade a votação dela e compartilhasse o link entre os blogueiros progressistas.
    Eu mesmo não só assinara, mas compartilharia o link no Twitter, Facebook e onde mais conseguir compartilhar.

  • Ja faz mais de 10 anos que o BBB caiu de moda no resto do mundo, mas no Brasil tem cada ano.
    Isto quer dizer que tem audiencia. De quem é a culpa da existencia deste tipo de programa! Eis a questao.
    Cabe aos pais de escolher que tipo de programa seus filhos podem ver. Nao penso que BBB seja indicado para crianças. Cabe aos pais por limites e dar um bom livro ao seu filho ou acupa-lo com outra atividade para que ele aprenda a refletir sozinho e julgar sozinho no futuro o que le convem ou nao. Nao é a Tv quem deve educar, isto é oficio dos pais.
    O que se deve fazer é boicotar este tipo de programa e com certeza nao entrara mais no ar. Isto é direito de cidadao mais é tambem obrigaçao. Cabe a cada um escolher que tipo de mundo ele quer viver. Se cv so fica em casa assistindo o mundo passar, com certeza nao podera julga-lo oua cusa-lo amis tarde. Entre em açao e faça sua parte. Ensine seu filho os bons valores da vida. Somos todos responsaveis pela existencia deste tipo de programa e cabe a nos acabar com isto.

  • Bom, Edu, como eu não assisto programas da Globo (só algum filme de produção não-global), fui poupado de mais essa baixaria.

    A Humanidade atingiu, nesta época, uma era de liberdade (quase) total. Pelo menos nos países regidos pelo consórcio Hollywood-Dólar (ou Hollydolar), a verdadeira igreja de 95% da população da área (as outras igrejas, inclusive a Católica, pagam royalties a esse consórcio). Realizou-se, portanto, uma utopia desimaginada nos séculos 18, 19 e 20.

    Isto é bom ou é mal? Nem uma coisa, nem outra. Isto é diversidade. Se você tem uma utopia, não vai conseguir implantá-la, como não o conseguiram os utópicos dos séculos citados. Ou melhor, você não vai conseguir implantá-la numa grande área; apenas em áreas restritas ou países pequenos (como Cuba e Coréia do Norte). Portanto, bye bye Mundo Ideal!

    Vamos aceitar o mundo como ele é? Aquele consórcio tenta implantar no mundo (e está conseguindo, pelo menos parcialmente) um sistema Matrix-Zion, com Matrix cheia de sonâmbulos que pensam viver. e homens-máquina de Zion (alegoria para seres de uma pretensa “raça superior”) ligados à vida real. Vocês assistem BBB enquanto “eles” furam e refuram, vigiam e revigiam o planeta.

    Esse episódio do BBB deve ter sido planejado nos mínimos detalhes. É boi de piranha. Vocês ficam comentando e se indignando com essa bobagem inocente, enquanto elementos do consórcio Hollydolar agem debaixo do pano para mandar vocês e os BBB, juntos, para o Inferno de Dante. A maior vingança contra Hollydolar é agir no mundo real. Plante sua horta, fotografe uma abelha-rainha, brigue com as formigas (sem agrotóxicos), construa sua própria casa (fugindo do Minha Casa, Minha Vida, com seus preços bolha-estratosféricos). Faça Ciência no campo, e não na sua casa ou escritório, em ambiente refrigerado. Enfrente jacarés. Arrisque quedas em pirambeiras da Mantiqueira. Construa uma máquina. Leia Victor Hugo para discordar do triste fim de Gilliat. Dê 10% de sua renda a um mendigo e não a uma organização. Vamos lá! Torne-se Homem!

    • Maravilha,Valdir.É exatamente o que penso.Se bem que sonho com um mundo ,senão ideal,pelo menos possível,para todos.Mas a volta à natureza e ao que é puro,isso com certeza,liberta.

  • Talvez até como se trata de ganhar um “grande” prêmio em dinheiro….Dinheiro, dinheiro,,, a família provavelmente não se importará , afinal os filhos estão “batalhando” por uma boa grana. Eu creio que funciona assim.

  • Engana-se quem pensa que esse processo de robotização das massas atraves da violencia e do sexo começou agora. Isso vem se arrastando por decadas degradando as familias atraves da aceitação “doce” do que é reprovavel dentro dos padrões da sociedade em que vivemos. O homosexualismo é uma prova indiscutivel desse processo de manipulação. Não que tenha nada quanto a quem é homosexual porem hoje com a midia batendo parece ate que o heterosexual é um doente. E daqui a algum tempo,prestem atençao, o crime de abuso de incapaz (mas chamado de pedofilia) e o estrupo vão ser coisa normais pois “docemente” vão infiltrando essa ideia na cabeça da população, principalmente na menos culta. O Brasil precisa ter um choque de educação e cultura urgentemente para que as pessoas aprendam a rebater programas do nivel de big brother e tantos outros que infestam nossa tv.

  • A quem reclamar? a polícia diante da poderosa Globo se rende, crimes são incentivados na Tv aberta e ainda patrocinados pelos $$$$milhões. Lei dos medios já. Suspensão do Programa e cancelamento de Concessão Pública. Nuca vi e jamais verei uma porcaria como esse BBB.

    • Meu caro, não sou policial, nem tenho procuração para defendê-los, mas ocorre que a polícia apenas investiga, cabe ao MP e ao Judiciário fazerem o resto e é aí a desgraceira! Já pensou os nobres Gilmar Mendes, Peluso e Marco Aurélio sem holofotes?

  • Eduardo, o que dizer dos programas que exploram a violência cotidiana, principalmente quando vítimas e réus são pobres, pretos, moradores da periferia… O corpo estendido no chão, sangue, os piores instintos humanos expostos como meio de audiência… Sugiro uma pressão da sociedade, dos blogs sérios como o seu para a busca de leis que proíbam tais programas… Eis porque necessário a regulamentação das comunicações no Brasil… Ela fez da violência algo banal!!
    “Se Xuxa já ensinava os baixinhos coisas imprestáveis, imagine programas que exploram a violência”

  • O que dizer então dos patrocinadores “renomados” até internacionalmente, dessa porcaria de programa?
    Será que o produto deles é tão ruim quanto esse programa?

    Ou será que as empresas tem a mesma conduta moral que o programa?

    Já enviei um e-mail para uma montadora de automóveis que mantinha(no passado) uma propaganda na TV, onde o motorista atirava uma criança recém saída da ESCOLA (coleguinha de seu filho), ao descobrir que a criança na verdade, não era colega de seu filho, apenas tinha curiosidade de andar naquela “maravilha” de máquina (carro).

    Informei a empresa na época e confirmo aqui agora pela 2a. vez, que não aceitaria o modelo ZERO KM do automóvel NEM DE GRAÇA, pelo atentado moral, que ele representava à época com aquela propaganda, mantida no ar na TV por quem pregava e prega “criança esperança”, um ABSURDO!

    Como se não bastasse as crianças já jogadas nas ruas do Brasil! Quem precisa de uma multinacional ensinando as pessoas atirarem crianças de um carro nas calçadas da rua. Grande porcaria de carro.

    Assim também acredito que a imagem dos patrocinadores sejam abaladas por quem ainda não perdeu a noção de moralidade e ética no Brasil.

    E tem gente morrendo de vontade trabalhar numa porcaria de empresa dessas! Devem gostar de patrocinadores de programas que incentivam o ESTUPRO ao vivo. E logicamente também por seus produtos. A C O R D A BRASIL!

  • Não sou a favor da pornografia na TV. No entanto acredito que existe a real nescessidade de ocorrer mais dialogos nas familias brasileira, uma vez que está todo mundo aterrorizado com o que houve com a BBB, isso acontece diariamente nas saidas das baladas, em noitadas e afins, cabe a nós pais alertarmos nossos filhos(as) a respeito de tais situações, e menos ruim que vejam isso pela Tv , do que sofrerem esse tipo de abuso por pura falta de informação, com isso não digo que o que houve foi informativo mais certamente foi alertante para pais que vivem cheios de Tabus.

  • Eduardo, segundo o Blog do José Dirceu, o governo baixou uma medida de regulamentação para os leilões de concessões de emissoras de rádio e TV. Não era para todos os blogs, que cobram do governo a regulamentação dos meios de comunicação, estarem divulgando e debatendo tais medidas?? Não era para explodir grandes reuniões??/ Essas medidas já não é um bom início do governo começar o enfrentamento com os grandes grupos de rádio e TV?? Por que o Barão de Itararé, os blogs que cobram do governo a regulamentação da mídia, as entidades que participaram das conferências de comunicação nem tentam se mobilizar para apoiar, pedir mais, debater, se manifestar ou criticar?? Será que querem tudo pronto ?? Será que a programação das TVs e rádios não geram o descontentamento de uma boa parcela da sociedade??? Será que não dariam boas manifestações??? Se ninguem se dispõem a nada, como poderemos cobrar o governo?? Queremos que o govêrno compre essa briga sózinho??? Se êle vencer aí é que vamos aparecer?? É muito facíl para o conversa afiada, trabalhando para o Grande bispo, cobrar o governo e o Ministro. Se o Govêrno assume essa briga e perde, o que acontecerá?/ para o conversa “fiada”, nada.Nem o emprego do Bispo perderia. Para o Governo seria o desastre.

    • Penso que o governo é que tem que ter a iniciativa de procurar os blogs, assim como procura a grande mídia para divulgar – ou, pelo menos, deveria ser mais acessível às demandas de blogueiros por informações. A mídia consegue saber tudo do governo com dois telefonemas, blogueiros não

    • Se houve crime, a grande culpada é a Globo, que induz a isso e assistiu passivamento o que estava acontecendo .No meu entender a Globo é a responsável pela integridade física dos participantes. O rapaz, também alcolizado, não tem como saber se a “moça” está consentindo ou não, não tem como saber se ela vai lembrar ou não. Palhaçada e hipocrisia querer julgar o rapaz. As pudicas cidadãs que encaminharam queixas à ministra, por acaso estavam assistindo? Não eram nem para estar se preocupando com o caso. Viva a putaria e viva a hipocrisia !!!!

    • Não confunda o moralismo político com moralismo de costumes. Infelizmente essa sua interpretação de atitudes políticas é que mantém os corruptos no poder.

  • É por esse motivo que o BRASIL e o povo brasileiro não é respeitado no exterior… la fora dizem que o Brasil é um país do TERCEIRO MUNDO…
    Me respondam: como é que a nação Brasileira pode justificar perante as demais nações – que uma CONCESSÃO PÚBLICA… OU É PROPRIEDADE PRIVADA ? – dê bebida alcoólica a uma mulher até ela ficar inconsciente, e depois transmita AO VIVO para todo o país essa mulher sendo ESTUPRADA. ????
    O pior é que a cena já rodou o mundo, sendo motivo de muitos comentários.
    Mas foi bom que isso acontecesse, para que ficasse confirmado o que dizem do Brasil lá fora: O Brasil é um país sem LEI !
    É bom lembrar que só existe crime, se existir uma LEI que tipifique, sendo assim, a GLOBO não infringiu nenhuma LEI, porque não existe Lei da MÍDIA. A Globo vai sair ilesa desse acontecimento, e o rapaz vai pagar dobrado: isto é, vai pagar por ele e pela Rede Globo, alguém duvida ?.
    Freud afirma: “tudo gira em torno do sexo”, e a GLOBO já comprovou e sabe muito bem que um programa PORNÔ como é o BBB eleva sua audiência para a estratosfera e vai encher seus cofres de dinheiro.
    Agora eu pergunto: alguém nesse fórum acha que uma cena coma essa seria transmitida em alguma TV na Ásia ? no Oriente Médio ? na Europa ? nos EUA ?

    O problema do Brasil não é a GLOBO, é a falta de uma Lei para regulamentar a MÍDIA.
    Charles De Gaulle estava certo, o Brasil não é um país sério !!!!

    • Não é por isso não que o Brasil não é respeitado. Putaria tem no mundo inteiro e muito pior que aqui. O Brasil não é respeitado porque é um lugar onde a corrupção impera descaradamente e ninguém se importa. Os politicos vão se reelegendo na maior cara de pau. Todos tiram vantagens do ambiente que estão, tanto no setor público quanto na iniciativa privada. É o país do atestado médico frio, do roubo na balança, nas datas de validade. Isso tudo é muito mais imoral do que esse BBB

  • Sras. e Srs. Eis a resposta que tive da Fiat, para esclarescimento desse fato ocorrido, desde já, acho que essa resposta é insuficiente e internamente a Fiat, tem que tomar outra providencias.

    Prezado Sr.Emerson, Primeiramente, agradecemos o recebimento de seu e-mail contendo observações sobre o “reality show”, promovido e realizado pela Rede Globo de Televisão,o Big Brother Brasil. Salientamos que a Fiat esclarece que é apenas patrocinadora do programa televisivo BBB não possuindo ingerência ou responsabilidade sobre o conteúdo do referido programa. A Fiat consigna que acredita e confia na direção do programa que saberá tomar as medidas cabíveis em razão dos fatos que estão sendo veiculados na imprensa. Agradecemos o contato e colocamos à sua disposição nossa Central Fiat de Relacionamento pelo telefone 0800.707.1000. Atenciosamente, Aline Santos. CENTRAL DE RELACIONAMENTO FIAT

  • Alguns anos atrás uma famosa grife produziu um folder com cenas de um estupro “esteticamente” arranjado. Vinha na onda das propagandas da Benetton de chocar, mas não tinha na peça a crítica contra os preconceitos como era os casos do Olivieri (criador das peças da Benetton). Contra a grife houve reação da sociedade e o folder foi recolhido. Já tentaram com marcas de lingerie coisas semelhantes e não vingou. A questão principal é a que tem aparecido com razão no debate: é a incitação ao crime. Se prendem rapper por incitar ao uso de maconha, no caso de um reality show, mesmo que as pessoas envolvidas assinem contrato permitindo o suo ilimitado de suas imagens, aquilo é uma brincadeira real cujos limites não são calculados. Isso já foi discutido mesmo em casos de filmes de ficção, mas sob suspeita de terem usado cenas reais de violência incluindo mortes e que geraram produções sérias (ficção mesmo) em que tudo isso era de novo debatido. A Globo tem que responder juridicamente por isso, já que ela recebe os maiores dividendos ($$$$$$$$) por essa produção.É uma grande oportunidade para se rever as leis de concessão nesse país. O rapaz que cometeu o ato e todos ali, produção, equipe e os brotters que nada fizeram são autor e cúmplices no crime.

  • Edu, você fez o resumo da ópera. Uma emissora de TV produz um programa em que uma menina desmaia de tanto beber e em seguida é estuprada. Precisa dizer mais alguma coisa?

  • Edu,
    Bem sei que não vai adiantar muita coisa, mas acabei de mandar e-mails para os patrocinadores do programa BBB12 para deixar registrada a minha INDIGNAÇÃO com a posição daquelas empresas em veicular suas marcas com programas televisivos desse nível.
    Acho que o MP e Polícia deveriam tomar atitudes para desvendar o caso e tomar as medidas necessárias para CRIMINALIZAR a ação da emissora de TV que veicula em sinal aberto, cenas dantescas como as que pudemos assistir. Não se fala de outro assunto, mesmo nas rodas de crianças e adolescentes. Não porque o sexo seja assunto proibido, mas pra tudo tem hora e local adequados, sem falar no senso de responsabilidade vez que trás no seu bojo, doenças contagiosas e gravidez indesejada, até mesmo para crianças e adolescentes.
    Acho, também, que os órgãos de fiscalização das comunicações, deveriam interpelar, judicialmente até, a emissora por transmitir as imagens impróprias em horário igualmente impróprio, bem como de tentar tirar a importância dos fatos e seus reflexos na sociedade brasileira.

    • Que reflexo na sociedade brasileira? Quem assiste está lá para ver putaria mesmo e se distrair. Vamos deixar a hipocrisia de lado. O que provoca reflexos na sociedade são as novelas, num horário muito mais acessível. No BBB é putaria só, explícita, já nas novelas, além da explícita tem a imoralidade é camuflada, abalando e desrespeitando todos preceitos éticos e morais num horário que todos acabam assistindo. Será que se enquadraria em imoralidade subliminar? Nas novelas todos transam com todos, não se sabe quem é “mocinho ou bandido”, porque a Globo manipula de acordo com o interesse de audiência o carater dos personagens. Uma hora o cara é bom noutra é ruim. Isso sim é influenciar no comportamento da sociedade.
      Vamos deixar de lado esse puritanismo hipócrita contra o BBB.

  • Caro Eduardo
    O interesssante é ganhar dinheiro, o como não interessa, segundo a visão deles, tanto é assim como o que aconteceu com as privatizações, e com essas duas pessoas. Pode ter certeza, eles irão ganhar inúmeras boladas ao longo da vida, a partir desse ato.A globo tá pouco se lixando para a ética, aliás Alckmin, Serra etc também não.
    Saudações

  • Este caso para mim está parecendo aquele da polêmica envolvendo a propagada de lingerie protagonizada por Gisele Bündchen. A indignação de alguns setores e a exposição do caso resultou no aumento de 100% no número de interessados em abrir uma franquia da Hope.

  • três perguntas:
    ainda tem bbb em outros países?
    pode isso na sexta economia do mundo???
    como assim, bial??? (amo qaundo os bróderes fazem essa pergunta, vcs não?)
    eu acho que o bbb é um entre as muitas baixarias que se vê na tv, mas daí a proibir? eu acho que os pais têm que conversar com os filhos e dissuadi-los de ver essas porcarias através de uma educação um pouco mais sofisticada, com mais esporte, leitura e música. que os pais mostrem as coisas boas da vida a seus filhos! isso não custaria muito dinheiro (existem bibliotecas, museus, parques, áreas de lazer, com acesso gratuito), mas tomaria tempo e tempo para educar é o que as pessoas menos têm para oferecer aos filhos… pelo menos incentivaria as crianças e adolescentes a ter um pouco mais de distanciamento crítico e senso estético, que é o que falta tanto à televisão quanto aos telespectadores.

  • Que tal se nós agíssemos mais, além de só falar, criticar, ofender… e trocássemos de canal e não déssemos IBOPE a esse tipo de programa – porque, senão, corremos o risco de estarmos replicando situações do tipo – ‘falem mal mas falem de mim’ – ou – ‘um tapinha não dói’ – ou ainda – ‘brasilero gosta é disso mermo – olha a nossa audiençia !!!’

  • Raimundo Costa muito oportunamente cita a Constituição Federal, podemos, se quisermos, entrar com uma Ação Popular pedindo a retirada do programa do ar, por usurpar do nosso direito à programação de qualidade, ferindo os preceitos constitucionais. A prova? Cenas do episódio recente.

  • Isso que dar ser fantoche da grande rede, pois as pessoas que entram ali sabe muito bem o vai acontecer e o que devem fazer, senão tiver bebida de alcool e sexo, o pograma não dar em nada… por isso ficam ali se expondo , se fazendo de bonecos comandado por uma equipe que só pensam em grana e que a dignidade dos participantes que se lixem…
    Pior que tem milhões de brasileiros que não perde um dia dessa imundice, e quanto mais audiencia tiver, mais os participantes caem no ridicúlo, até chegar a este ponto que chegou!
    Se ele é culpado na minha opnião, ela também é pois elas os provocam com suas sensualidade tudo a mostra, para não dizer outra coisa…. Ambos sabiam muito bem onde ia dar tudo isso!
    Portanto não ah inocentes nesta história!
    vai andar pelada para ver o que acontece né?
    Por tanto ela não foi estuprada nem aqui e nem na china, pois quem é estuprada fica com trauma, em muitos casos carregam isso por toda vida…. e se fosse verdade ela seria a primeira a pedir para deixar o pograma, pois além do “trauma”,sofrido sentiria vergonha, coisa que nehuma delas tem, basta ver as esfregações delas nos homens,quer dizer me dizem que fazem isso , porque nem assisto essa imundice!
    Triste é saber que o pais dessas moças vibram quando as filhas saem do tal paredão. Jamais eu deixaria se tivesse uma filha, participar dessa zona, morreria de vergonha ver minha filha exposta semi nua se esfregando nos homens!

  • BIG BROTHER

    Por favor não sejam injustos
    Xingando de bobo e de inculto
    Um homem como Pedro Bial
    Lembrem que quem incentiva o Big Brother
    É o povo de cabeça pobre
    Que acha tal programa sensacional.

    O Bial apenas apresenta
    O programa que se alimenta
    De telespectadores sem essência
    Os quais perdem o seu tempo precioso
    Achando aquele embuste gracioso
    E assim vão lhe dando audiência.

    O Bial está ganhando o seu dinheiro
    Enquanto o povo brasileiro
    Ajuda a pagar o seu salário
    Ao telefonar em cada paredão
    E assim de tostão em tostão
    Seres fúteis se tornam milionários.

    Tanta gente com conteúdo
    Passa a vida fazendo de tudo
    Para destacar-se na sociedade
    Enquanto o Big Brother como uma máquina
    Faz a proeza fantástica
    De transformar tolos em celebridades.

    Use o seu poder de cidadão
    Desligando a televisão
    Quando entrar no ar tal programa
    Vá ler um livro de romance
    Saia para comer ou mesmo dance
    Ou se preferir vá para a cama.

    Mas não fique criticando o Bial
    Pois não é nele que está o mal
    Causado por este programa escroto
    Demonstre ser alguém gentil
    E com educação mude o Brasil
    Apertando o controle remoto.

    Eduardo de Paula Barreto
    SP – SP

  • “Mas fiquei me perguntando por que ninguém reclamou com o governo ou com alguma instância qualquer por essa safadeza toda ter começado na tevê aberta e instigado até crianças a acompanharem seu desenrolar.”

    A começar por ti?
    Acho muito curioso quando alguém afirma que “ninguém fez nada”… No próximo post talvez seja mais interessante afirmar “ninguém além de mim fez nada”, por a responsabilidade em quem (pelo menos) fez alguma coisa me parece covardia.

  • Lamentável essa rede globo !!
    O pior é que não é multada pelo Ministério das comunicações e nem da Justiça, os quais são incumbidos de reverem a concessão a cada 10 anos.
    Qual é a contribuição cultural que a rede globo oferece ao país ?
    Pelo que eu saiba nenhuma, pois é parcial, tendenciosa e manipula a opinião púbica dos mais leigos.
    No último big brother uma gaucha embebedou-se e passou a pedir uma ” balinha” ( extase) para os participantes.
    Belo exemplo para a juventude.
    No caso desse ” estupro concensual” a moça enche o rabo de cachaça, arrasta o trouxa pra cama e depois alega estupro ??Ah…brincou né ?
    Não entendi o porque da polícia invadir o Projac, se não foi chamada por ninguém e a suposta apuração do crime depende da manifestação expressa da suposta vítima !
    Foi tudo combinado ?
    Eu penso que o programa reune tudo o que não presta : busca fácil de fama, pessoas despreparadas, vulgaridade e promiscuidade.
    E finalmente a patrocinadora Rede Globo.

  • SENHORES LEITORES

    ESTOU REUNINDO DIVERSOS AMIGOS PARA ENVIARMOS E-MAIL AOS PATROCINADORES, CRITICANDO O PROGRAMA POR ELES PATROCINADO, AVISANDO-OS QUE DURANTE O TEMPO EM QUE O PROGRAMA FOR EXIBIDO OS PRODUTOS SERÃO BOICOTADOS.

    – guaranaantartica.com.br

    • Que puritana ridícula! Vai gastar teu tempo com a imoralidade que é a corrupção no Brasil. Pensa numa maneira de boicotar deputados, senadores, ministros. Faça uma campanha divulgando os roubos. Cadê o dinheiro que foi para ajudar as vítimas das enchentes de Blumenau e região? As vítimas no Rio nem sei. Isso é que é imoral. Nosso congresso é imoral. Nosso senado é imoral. Estupram os brasileiros diariamente. Nossos ministros são imorais. Tu estas sendo estuprada e nem sentes e nem te importas. ACORDA !

  • Acho que pensar que a Globo planejou isso tudo esteja mais para uma teoria da conspiração do que realidade. A globo quer ganhar dinheiro, e para isso, é melhor que funcione do jeito que estava. ela não precisa de escândalo para se promover.Segundo as manchetes, nos jornais internacionais, o nome dos jovens e o da Globo estão associados á palavra “estupro”, o que, para quem vive de imagem, é o fim da picada. Cabeças vão rolar, com certeza, e apostar novamente no formato vai ser extremamente difícil. Até porque os patrocinadores podem não fazer nada agora, uma vez que há contratos milionários assinados. Já para uma próxima edição, eles poderão repensar. Uma saída da globo seria mostrar que a audiência não se abalou ou aumentou até o final da TV. Depende do povo.
    para os brothers, que ansiaram a fama, só tenho algo a dizer: muito cuidado com o que vc deseja: vc pode conseguir!

    • Acorrrrrrrrrrrrrrrrda Alice!, quer dizer, D. Lúcia. Não posso acreditar que você seja tão ingênua a ponto de imaginar que simplesmente o maior grupo de comunicação desse país, chamado Globo, que manipula a informação como quer, que tem o poder de eleger e derrubar presidentes da república, que indica e derruba ministros de comunicações e tantos outros, não tenha cacife suficiente para engendrar uma tremenda armação apenas com o intuito de elevar audiência deste espetáculo rídiculo chamado BBB que, por sinal, vem diminuindo a cada ano. O pior de tudo é ver as pessoas, concientemente ou não, perdendo o foco e colocando a culpa de tudo o que ocorreu apenas nos dois jogadores que estavam lá dentro, quando, na verdade, é a Globo sim que está lá atrás dos bastidores manipulando como marionetes cada um dos participantes a fim de aumentar os lucros com sua verba publicitária. Afinal de contas, tudo se resume a um único objetivo: lucro, lucro e mais lucro…

    • Com certeza a Globo planejou isso. Veja bem, eles fazem festa, oferecem muita bebida forte (o próprio Boninho disse em entrevista que cortaria as bebidas “fracas” da casa) e colocam poucas camas de casais em quartos mistos, obrigando as pessoas a dormir “apertadas”. É claro que eles planejaram e esperavam que algo acontecesse.

      O que fugiu dos planos da Globo foi o cara fazer isso com a guria apagada de tão chapada. Mesmo assim, a Globo ainda achou que podia contornar a situação, não contando com algo que não existia nas primeiras edições do BBB: a força da Internet. É por isso que a opinião daqueles que só viram o que foi transmitido na TV aberta é diferente daqueles que viram as cenas no PPV ou conseguiram ver as cenas no You tube antes da Globo retirá-las sob pretexto dos direitos autorais.

      Além disso, pelas reações iniciais do Boni, acho que nem ele esperava esse auê todo. Sabe como é, a guria estava bêbada, deu trela para o cara na festa, então ele imaginou que as pessoas não se importariam. É provável também que ele não soubesse da mudança na lei (a maior parte das pessoas não sabem), que agora é bem mais rígida e abrangente. Por isso que ele ligou o “to nem aí” no início e só tomou uma iniciativa depois que a Polícia bateu na porta na Globo e ele ficou ciente da gravidade da coisa.

      Mas não se engane, a Globo continua mexendo os pauzinhos para que tudo saia conforme o esperado. Com certeza essa guria – depois de dois dias de reuniões com produtores e advogados da Globo, e contrariando tudo o que já disse e o que as pessoas viram no vídeo completo – , dirá que ela estava acordadíssima e que foi superparticipativa na hora.

      Ele se tornará o novo herói injustiçado da nação brasileira, dará muitas entrevistas e posará para revistas. Talvez até se torne galã de alguma novela da Globo. Ela, quando sair da casa no primeiro paredão que participar, também dará muitas entrevistas, posará para revistas masculinas e namorará um jogador de futebol (isso se não se tornar garota-alguma-coisa de alguma emissora concorrente).

      O que aconteceu será abafado, a Constituição será novamente solapada e ano que vem teremos o BBB13.

      (E o pior de tudo é que eu continuo com uma sensação de impotência desde que vi o vídeo no You Tube. Se bobear, me incomodo mais com a atitude cafajeste dele do que ela. Triste.)

    • Lúcia…eupara penso sim que foi uma estratégia para reverter os bxs índices de audiência que, não só o BBB mas a Globo andam amargando. No dia que a Fátima bernardes se despeiu do JN a Globo registrou míseros 28 pontos, que, segundo os entendido é um número inexpressivo. Só que como eles têm certeza que o povo já está devidamente emburrecido, depois de anos de lavagem cerebral capitneadas por eles mesmos, iriámos cair nessa. E o tiro saiu pela culatra.

    • Lúcia, vc escreveu:
      “Acho que pensar que a Globo planejou isso tudo esteja mais para uma teoria da conspiração”.
      Então vamos ver quem tem boa memória. Eu tenho. No ano passado esse lixo BBB também foi bem comentado e criticado. Em uma entrevista – não lembro para quem – o tal Boninho disse que “o BBB estava morno e que para a próxima edição – 2012 – iria liberar geral: bebida, sexo, etc”… quem lembra, por favor?

      Então, vamos começar pelo começo: mesmo que ele não tivesse falado essa frase, quem é que idealiza e prepara algo que vai para o ar numa emissora? funcionários da emissora, diretor, etc… logo, responsabilidade da emissora. Antes do fato estupro, eu li em um site, uma pessoa da globo dizendo como são as reuniões de pautas de programas por lá. Quando vão iniciar – especialmente esse BBB – o diretor e seu “assistente” falam: “chegou a hora de emburrecer esse povo”. Quem mais leu esssa?

  • Sugestâo de comercias aos patrocinadores da baixaria:

    Fiat: Quer um carro seguro? Nossos cintos são os melhores: imobilizam a presa!

    AmBev:
    Para quem tá de bobeira;
    Energético assim é bão;
    Empina o aríete do garanhão;
    E derruba qualquer barreira!

    Unilever: Caldo knorr: a galinha fica melhor!

    Schinkariol:
    Sujeito, mostre a sua raça;
    Embriague a caça;
    E estupre a devassa!

    • Recebi email sugerido que se boicoitasse os produtos destas empresas que financiam o bordel do globo BBB. Vi que pode-se passar sem esses produtos. Infelizmente o consumidor brasileiro não tem a menor ideia do poder que juntos temos.

  • Edu

    Não concordo com o termo “vulnerável” para qualificar a moça. Ela se inscreveu voluntariamente no programa, em busca de alguma fama e dinheiro. O programa é conhecido há anos pelo nível de baixaria. O que rolou foi mais uma das baixarias. Teria sido a primeira ? Claro que não. O problema foi ter ido ao ar.
    O “incidente” não pode ter sido proposital, para levar a moça e o rapaz rapidinho à fama ?
    Chamar a moça de vulnerável, neste caso, é como tratar de “vítima” de acidente de trânsito o cara que se estoura num poste durante um racha.

    • Concordo com este comentário… quando entramos num jogo e sabemos das suas regras somos todos cúmplices de suas consequencias…
      Portanto, a fama desta chegou, talvez antes do que ela previa, mas está ai… agora, é só curtir.

      • O problema gerado por isso não se resume aos dois participantes do ato!
        O impacto e reflexo disso é na mensagem subliminar as pessoas e as crianças que veem na atitude uma maneira “normal” de agir em sociedade. Usando e abusando da bebida para “conquistar” alguém!
        Essas pessoas não assinaram qualquer contrato.

        • Pelo menos no BBB é tudo explícito mesmo, é sacanagem, putaria e diversão para quem quiser. O problema, insisto, são as novelas onde tudo isso ocorre num horário acessível e de forma subliminar. Isso já aconteceu em várias novelas e ninguém nunca se importou.

          • É tudo hipocrisia! Eles já estavam se acariciando e se ela estava acordada ou não, teria permitido já que “lavou, tá novo”. Culpar o rapaz de estupro que também tava “chapado” e não saberia a diferença entre uma mulher e uma boneca inflável também é “esticar a baladeira”. Foi tudo armação da GLOBO, mas as coisas sairam um pouco de controle e ela resolveu “abafar” o caso. Concordo com o pessoal que diz que coisas piores ocorrem nas novelas, em horários nobres e ninguém acha anormal.

  • E os patrociadores do BBB da REDE GLOBO – são a AmBev (Guaraná Antarctica), Fiat, Niely, Schincariol (Devassa) e Unilever (Omo)?

    Eles são a favor de estupro no BBB da REDE GLOBO? É essa a associação que eles esperam que as “organizações” (?!?!) GLOBO façam aos eus produtos e marcas?
    Essas empresas vão continuar patrocinando esse LIXO CULTURAL da REDE GLOBO, pra ficar apenas nesse adjetivo?
    Com a palavra os Patrocinadores do BBB da REDE GLOBO. Todo o Brasil está de olho no que farão esses patrocinadores do lixo da REDE GLOBO.

  • Seu comentário está aguardando moderação

    E ainda falam que no Brasil não pode ter uma lei de regulação democrática das comunicações, como existe há décadas nas maiores democracias do mundo.
    Esses que se levantam contra, querem que a mídia continue assim, ela mesma se regulando sozinha, cometendo abusos contra constituição do país.
    Regular a concessão pública é dever do estado.
    Com bem observado por Fernando Brito : http://www.tijolaco.com/a-constituicao-e-letra-morta/

    O que está em jogo, aqui, é o uso de um meio público de difusão, cujo uso é regido pela Constituição:

    Art. 221. A produção e a programação das emissoras de rádio e televisão atenderão aos seguintes princípios:

    I – preferência a finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas;(…)

    IV – respeito aos valores éticos e sociais da pessoa e da família.

    O que dois jovens, embriagados, possam ou não ter feito no “BBB” é infinitamente menos graves do que o fato de por razões empresariais, pessoas sóbrias e responsáveis pela administração de uma concessão pública fazem ali.

    Não adianta dizer que um participante foi expulso por transgredir o regulamento do programa. Pois se o programa consiste em explorar a curiosidade pública sobre comportamentos-limite, então a transgressão destes limites é um risco assumido deliberadamente.

    Assumido em razão de lucro pecuniário: só as cotas de patrocínio rendem à Globo mais de R$ 100 milhões. Com a exploração dos intervalos comerciais, pay-per-view, merchandising, este valor certamente se multiplica algumas vezes.

    Será que um concessionário de linhas de ônibus teria o direito de criar “atrações” deste tipo aos passageiros, para lucrar?

    Intependente da responsabilização daquele rapaz, que depende de prova, há algo evidente: a emissora assumiu o risco, ao promover a embriaguez, a exploração da sexualidade, o oferecimento de “quartos” para manifestação desta sexualidade, a atitude consciente de vulnerar seus participantes a atos não consentidos. É irrelevante a ausência de reação da jovem, ainda que não por embriaguez. Se a emissora provocou, por todos os meios e circunstâncias, a possibilidade de sexo não consentido, é dela a responsabilidade pelo que se passou, porque não adiante dizer que aquilo deveria parar “no limite da responsabilidade”.

    Todos os que estão envolvidos, por farta remuneração, neste episódio – a começar pelo abjeto biógrafo de Roberto Marinho, que empresta o nome do jornalismo à mais vil exploração do ser humano – não podem fugir de suas responsabilidades.

    Não basta que, num gesto de cinismo hipócrita, o sr. Pedro Bial venha dizer que o participante está eliminado por “infringir as regras do programa”. Se houve um delito, não é a Globo o tribunal que o julga. Não é uma transgressão contratual, é penal.

    Que, além da responsabilização de seu autor, clama pela responsabilização de quem, deliberadamente, produziu todas as cirncunstâncias e meios para isso.

    E que não venham a D. Judith Brito e a Abert falar em censura ou ataques à liberdade de expressão.

    E depois não se reclame de que as demais emissoras façam o mesmo.

    O cumprimento da Constituição é dever de todos os cidadãos e muito maior é o dever do Estado em zelar para que naquilo que é área pública concedida isso seja observado.

    Do contrário, revoquemos a Constituição, as leis, a ideia de direito da mulher sobre seu corpo, das pessoas em geral quanto à sua intimidade e o conceito social de liberdade.

    A Globo sentiu que está numa “fria” e vai fazer o que puder para reduzir o caso a um problema individual do rapaz e da moça envolvidos. Nem toca no assunto.

    Tudo o que ela montou, induziu, provocou para lucrar não tem nada a ver com o episódio. Não é a custa de carícias íntimas, exposição física, exploração da sensualidade e favorecimento ao sexo público que ela ganha montanhas de dinheiro.

    Como diz o “ministro” Pedro Bial ao emitir a “sentença” global: o espetáculo tem que continuar. E é o que acontecerá se nossas instituições se acovardarem diante das responsabilidades de quem promove o espetáculo.

    Atirar só Daniel aos leões será o máximo da covardia para a inteligência e a justiça nestes país.

    Observação:
    É inacreditável a omissão do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, a respeito do assunto. Estaria esperando uma pesquisa de opinião, antes de se pronunciar?

  • É simples fazer uma Ley de Medios
    (e evitar estupro)

    Saiu no Blog do Planalto – clique aqui para ler – um resumo do decreto que regula FUTURAS concessões do rádio e tevê.

    Ele altera procedimentos de 1963 ( governo Goulart), que são abertamente desrespeitados.

    Por exemplo, quanto ao tempo dedicado ao jornalismo e à programação local.

    O problema é quanto às concessões já existentes e a renovação (automática) da concessão, no Congresso.

    A Bancada da Globo não deixa mudar nada.

    Mas, veja amigo navegante, basta um decreto para fazer um estrago.

    E cumprir a Constituição.

    Por exemplo, no artigo que impede a realização de um estupro ao vivo – clique aqui para ler o que disse o Tijolaço sobre a matéria.

    Há também artigos na Constituição que impedem o monopólio, por exemplo.

    Situação em que se encontra a emissora que tem o progama educativo chamado de BBB: ela detem aproximadamente 80% da verba publicitária em tv e defende a “livre iniciativa”.

    É só querer, não é isso, Cristina ?
    Paulo Henrique Amorim

    Na Argentina Cristina kishner e seu governo teve coragem de criar o marco regulatório da comunicação , como já existe a décadas nos EUA e nas grandes democracias do mundo.
    O Brasil está atrasado, e no setor de comunicações pratica a ditadura perfeita.
    A democracia está ameaçada no Brasil enquanto a lei de marco regulatório democrático das comunicações, com o fim da prorpriedade cruzada, não for criada para por fim a esses abusos contra a constituição e os direitos humanos do povo brasileiro .

    • Pois é, Ricardo… a Cristina é uma mulher de verdade. Diferente da Dilma – que votei e quero meu voto de volta – que está do lado do PIG. As atitudes da Dilma estão demonstrando seu lado ditatorial. Deve ter aprendido quando esteve presa e parece que gostou. Ela enviou a MP 557 ao congresso que é um desrespeito aos direitos humanos e aos direitos das mulheres… essa Mp não tem o barulho de um BBB. Corremos o risco de ver os direitos humanos das mulheres sofrerem enorme regressão, bem diferente dos países adiantados e dos pequenos da América, que estão aprovando leis para atualizar direitos humanos. A Dilma está de braço dado com os fundamentalistas religiosos e contra a população. Ela tem medo do PIG, dos religiosos? ou será que concorda com eles e está nos traindo?

  • É simples fazer uma Ley de Medios
    (e evitar estupro)

    Saiu no Blog do Planalto – Para ler um resumo do decreto que regula FUTURAS concessões do rádio e tevê.
    Copie e cole esse link :

    http://blog.planalto.gov.br/governo-define-novas-regras-para-o-servico-de-radiodifusao-no-pais/

    Ele altera procedimentos de 1963 ( governo Goulart), que são abertamente desrespeitados.

    Por exemplo, quanto ao tempo dedicado ao jornalismo e à programação local.

    O problema é quanto às concessões já existentes e a renovação (automática) da concessão, no Congresso.

    A Bancada da Globo não deixa mudar nada.

    Mas, veja amigo navegante, basta um decreto para fazer um estrago.

    E cumprir a Constituição.

    Por exemplo, no artigo que impede a realização de um estupro ao vivo – clique aqui para ler o que disse o Tijolaço sobre a matéria.

    Há também artigos na Constituição que impedem o monopólio, por exemplo.

    Situação em que se encontra a emissora que tem o progama educativo chamado de BBB: ela detem aproximadamente 80% da verba publicitária em tv e defende a “livre iniciativa”.

    É só querer, não é isso, Cristina ?
    Paulo Henrique Amorim

    Na Argentina Cristina kishner e seu governo teve coragem de criar o marco regulatório da comunicação , como já existe a décadas nos EUA e nas grandes democracias do mundo.
    O Brasil está atrasado, e no setor de comunicações pratica a ditadura perfeita.
    A democracia está ameaçada no Brasil enquanto a lei de marco regulatório democrático das comunicações, com o fim da prorpriedade cruzada, não for criada para por fim a esses abusos contra a constituição e os direitos humanos do povo brasileiro .

  • De mal gosto também foi o seriado sobre Derci, exibido na semana passada.
    Apesar do capricho na formatão plástica de Jorge Fernando o programa
    foi uma alto-promoção do Poderoso Chefão Boni, incensado como o benemérito
    que custeou as despesas hospitalares da humorista ao fim da vida.
    A atriz Periseé de muito talento representou bem, mas o texto abusou de
    palavrões. Lembrando que na região nordeste a programação entra uma
    hora mais cedo.
    Sem esquecer que Derci foi banida pela Globo nos anos setenta quando
    foi implantado o padrão Global, oriundo do acordo Time-Life.
    Podem me chamar de conservador e careta, mas não tive condições de
    acompanhar os episódios ao lado de minha filha de quinze anos.

  • Á colega Lucia deixo uma reflexão: se o falecido sr. Roberto Marinho fosse realmente uma pessoa digna e respeitosa, honesta, ciente de suas obrigações como pai e avô, e acima de tudo tivesse consciência da responsabilidade que tem o dono de uma emissora de tv com o alcance que a dele tinha e ainda tem, você acredita que Maria das Graças Meneghel teria o ‘sucesso’ que tem até hoje, após aquele estapafúrdio episódio da ‘produção independente’?

  • corda povo brasileiro,,,vao continuar dando audiencia e grana pra esse merdas da globo???????????baicharia oque aconteceu td premeditado ,,,oferecendo alta quantia de alcool ,,,as mulheres bebem mostram o corpo e da hibope,,,, como uma familia vai sentar no sofa e assistir uma baicharia dessas??????????????

  • 18/01/12
    BBB: A Reportagem que Ninguém Fez Ainda

    A reportagem que está para ser feita, mas que infelizmente não tenho tempo de fazê-la: Procurar os dois brothers que deixaram o confinamento no hotel, antes de seguirem para o programa, porque não aceitaram alguma coisa que o contrato exige que eles mantivessem em sigilo.

    Vou testar hipóteses, a exemplo de um consagrado jornalista. Conhecendo o temperamento do Boninho, diretor do BBB, será que eles não concordaram com a ideia maluca do diretor, de inventar um estrupo na casa para, com a polêmica, alavancar a audiência do programa?

    Dias atrás, a mãe de um dos que desistiram declarou que seu filho jamais faria o que queriam que ele fizesse, lembram-se? Por isso, talvez, o rapaz tivesse desistido do confinamento prévio… Um bom repórter conseguiria levantar toda essa história em off e publicar também uma cópia do contrato que eles assinam com a emissora. Está aí a dica.

    Só não pode ser repórter do Globo, nem da Veja, por razões mais do que óbvias. Quem sabe a Carta Capital, a Istoé ou mesmo a Folha, num arroubo, se animam? Na Falha, digo Folha, só mesmo a Mônica Bergamo encararia, suponho.
    fonte: Blog DoLadoDeLá

    • Alex, o contrato é ultra sigiloso. Ninguém tem acesso. O advogado do Daniel quer e nem o próprio Daniel que assinou possui cópia. Quanto a falar, são proibidos.

  • O e-mail que recebi da Fiat a única que me respondeu até agora..

    Prezado Sr, Primeiramente, agradecemos o recebimento de seu e-mail contendo observações sobre o “reality show”, promovido e realizado pela Rede Globo de Televisão,o Big Brother Brasil. Salientamos que a Fiat esclarece que é apenas patrocinadora do programa televisivo BBB não possuindo ingerência ou responsabilidade sobre o conteúdo do referido programa. A Fiat consigna que acredita e confia na direção do programa que saberá tomar as medidas cabíveis em razão dos fatos que estão sendo veiculados na imprensa. Agradecemos o contato e colocamos à sua disposição nossa Central Fiat de Relacionamento pelo telefone 0800.707.1000. Atenciosamente, Aline Santos.

  • Em 2010 um filho dos donos da RBS de SC E RS, que transmitem a GLOBO no Sul, estuprou uma menina em Floripa e o caso foi abafado, coloque no GOOGLE o que esta no parentese e vejas as reportagens da epoca (Filho de Sérgio Sirotsky dono da RBS confessa estupro pela internet) …Hoje vi o pai da suposta BBB estuprada dando entrevista na mesma RBS ao meio dia, o proprio pai falou que aquilo era NORMAL pra jovens em festa, que certamente iria promover mais ainda sua filha….Ai vcs vejam o tipo de gente que aparece nesses reality show.

  • Acho que o BB é um programa que não acresenta nada para população, isso já deveria ter saído do ar logo na primeira edição, só que como no Brasil a censura não trabalha fica este programas idiculos no ar ..
    Veja bem, porque a emisora não coloca programas educativos no ar, pq não da ibope e claro então o que da ibope e mulheres nuas e homens sem carácte abusando delas .. e demais…
    Está na hora de dar um basta nessa pouca vergonha ..

  • …NADA de “estupro” …TUDO (e só) de propaganda. Um verdadeiro CIRCO dotado de um picadeiro bastante infeliz que contou até com tomada de depoimentos. Dado a flagrante intenção de subestimar a “inteligência” dos simpatizantes desse tipo de programação (mais uma vez) …resta apenas descobrir se OS PALHAÇOS desse circo miserável se estão CÁ ou ACOLÁ …da tela da TV.

  • Ela queria isso!Uma mulher que se deita com dois homens e de CAMISOLA e retira o short…???????? È.????…ela na verdade é uma mulher bem séria…hushushus

  • Como é de conhecimento público “De bebado não tem dono”.
    Possivelmente após sentir ardência estranha, ela vai culpar a marca da vodca, dizendo ao garçom: Não,desta marca não!!!, tá me deixando o R… ardido que só o cão.

  • Se a mulher é séria ou não, se ela devia ou não ter bebido até cair, se estava pelada ou não…. isso NÃO DÁ o DIREITO de outra pessoa usar o corpo dela sem o seu consentimento ou enquanto ela estiver sem condições de reagir por estar dopada, alcoolizada ou seja lá oque for.
    Não podemos julgar a moral, temos que julgar o fato, usar um corpo inerte para satisfação sexual é no mínimo macabro, mas claro que no Brasil, terra da sacanagem TUDO é normal, a maioria dos casos de estupro acontecem dentro de casa, imagina se iriam achar bárbara a cena do bbb12, triste cultura.

  • ah e sobre a Globo, o Wolf Gadelha foi perfeito
    “A Globo sentiu que está numa “fria” e vai fazer o que puder para reduzir o caso a um problema individual do rapaz e da moça envolvidos. Nem toca no assunto.”… punir “apenas” o Daniel é realmente covardia, poderiam no mínimo ter soado uma corneta pra acordar todo mundo e disfarçar a cena deprimente envolvendo os alcoolizados e há quem ache que é jogada de marketing da Globo (anti-marketing, isso sim)

  • Estupro em baladas é banal. Muitas amigas minhas já relataram. Até mesmo pelo guarda, que se aproveita. Muitos casos foram pra midia mais séria. Houve casos em trotes de Universidades famosas. Desde os tempos do LSD que isso acontece em festas. Acontece muito entre namorados também. O instinto sexual é forte e se liberta com a bebida, e se as mulheres não se protegem ou se vão sós à balada ou festa isso pode acontecer.

  • Só alcool ? E quanto às drogas ? Será que alguém acha que ali dentro não rola o pó ? Claro que sim. Como é que esses filhinhos de papai viciados, que a Globo escolhe a dedo, iriam suportar meses de abstinência sem cheirar uma mísera carreirinha ?

  • Tenho enormes divergências com a programação da Globo e sua despreocupação com a formação do caráter do brasileiro, com concessão pública que é. Quem viveu a política nacional, ainda que como observador, sabe o que aconteceu em várias oportunidades: o Boní diz isso no livro. Portanto, não devemos subestimar a capacidade dos profissionais da emissora que são, na verdade, muito bons e estrategistas. Por isso, acredito em coisa premeditada. Mas, o que em traz aqui é uma questão que me aprece estar sendo esquecida nos diversos comentários e avaliações que tenho acompanhado pela internet e na própria mídia televisiva que tem sido pautada pela Globo, com esse episódio. É um verdadeiro “trabalho escravo”. Ou seja, todos noticiam a globo e ela nada paga a ninguém. É burra? Sinceramente, não. Daqui a pouco não se fala mais nisso e a emissora foi divulgada por todos, discutida por todos e volta a ser a amor audiência. Talvez nem saibamos o resultado do episódio por ser problema policial e judicial. Porém, enquanto estamos falando, deixo aqui umas perguntas que gostaria que alguém respondesse: – se houve estupro (não vamos considerar aquele conceito antigo, antes da renovação da lei sobre o tema tornando-a mais rígida e ampla na conceituação, segundo advogados que tenho ouvido), o veículo que o transmitiu também não cometeu estupro pro co-responsabilidade? Qual o posicionamento oficial da emissora sobre a questão? Se existe contrato, o mesmo deveria conter orientação do que pode ou não pode. Existe observação contratual sobre o comportamento sexual dos participantes, já que todo contrato estabelece os paradigmas da relação contratual?
    Baseado em que princípio o rapaz negro foi afastado, já que não está provado, pelos órgãos competentes, o estupro. Se houve ato libidinoso, qual a intensidade do gesto para tipificá-lo tendo em consideração que o que se vê é um escárnio à liberdade, ão havendo que falar em espaço de confinamento, restrito pois que a tv mostra ao público o que acontece na casa? Foi o primeiro episódio do gênero em programa desse formato. Creio que não. Como foi ou foram tratados? Lembro-me que em edição anterior também vi o mesmo remelexo em edredon e muita gente se esfregando em trajes sumários (verdadeiro atentado ao pudor!). Oque me parece, ao final, é que existe um elemento oculto neste episódio que precisamos conhecer e que, espero, não seja o excesso de melanina do rapaz. Recebi um e-mail dando conta de que um radialista de um estado brasileiro disse, em linhas gerais, que era absurdo um negro fazer aquilo com uma loura gaúcha. Ato contínuo, fui informado que tal e-mail fora enviado pelo movimento negro do RS à PF. Será que isto tem a ver com a repercussão do caso? Pelo amor de Deus, meu povo!!!
    Se conseguirem responder a essas indagações trazendo a público as respostas, um novo rumo será dado ás nossas discussões.
    Mas, com todo o respeito a todos e a todas da “casa em movimento”, gostaria que fosse feita uma justa reflexão: – quem vai para um programa desse gênero, vai com que cabeça em busca do prêmio maior? Não vale mentir, embora possa silenciar como, aliás, não silenciou uma ex-BBB que afirmou esta semana em um canal de TV o seguinte: Não dá para ir para lá e não beber. São todos jovens e sem bebida não tem graça!!! vaticinou. Estamos diante de uma lei seca e de um quadro em que jovens morrem por bebidas em acidentes de trânsito. Esforço governamental pela proibição de propaganda de bebida alcoólica, e de toda e qualquer droga como o sexo desrregrado.
    Essa é a nossa mídia que mede esforços para deteriorar o valor ético da família brasileira.
    Ah! E as novelas, heim?!…
    E o espetáculo não pode parar?… Que espetáculo!…

Deixe uma resposta