PT tenta o suicídio em São Paulo

Análise

O desastre eleitoral que se abateu sobre o PT paulistano não poderia ser mais grave se a mídia e o PSDB o tivessem planejado. Por isso, a candidatura de Fernando Haddad sofreu um ferimento mortal do qual poderá até se recuperar, mas não será fácil.

A aliança entre o PP e o PT paulistanos, por si só, era difícil de aceitar. Mas a foto de Lula, Paulo Maluf e Haddad confraternizando entre si tornou intragável o que já era difícil de engolir. Além disso, a imagem será usada pelos adversários de Lula até o dia em que ele permanecer na política.

Dirão que a culpa é toda de Lula porque foi dele a decisão de fazer a aliança maldita “com Maluf”. Todavia, não é verdade. Apesar da falta de percepção do ex-presidente sobre a política paulistana Erundina poderia ter resistido, pois sabia da aliança.

Desistir da chapa de Haddad não isentou a ex-prefeita. Ela atribui tudo à foto, mas se aceitou a aliança contanto que não houvesse foto sugere que se tivesse sido feito tudo às escondidas não se importaria de estar ao lado de Maluf. A emenda saiu pior do que o soneto.

Se Erundina não tivesse renunciado haveria muito burburinho, mas, em alguns dias, tudo teria sumido. Contudo, como ela parece não ter convicções de seus atos deixou-se intimidar por uma militância embriagada, incapaz de enxergar prioridades.

Sim, a aliança com o PP de São Paulo é repugnante porque quem manda no partido, aqui, é Maluf. Em nível federal o partido não é dele, mas, em São Paulo, é. Todavia, a militância entregar o jogo por uma foto é condenar a cidade a continuar piorando.

Sem um bom prefeito, São Paulo continuará piorando. Caso Serra vença, o rumo em que a cidade está será mantido porque é ele quem a governa desde 2004. Se o eleito for Russomano,  Chalita ou Soninha talvez seja até pior, pois nenhum deles é administrador como o tucano ou Haddad.

A militância não quis saber. Agiu como manada. Insuflada por militantes tucanos travestidos de “petistas arrependidos”, começou a propagar slogans contra Erundina até que ela se deixasse intimidar e materializasse o desastre.

Claro que o erro maior foi de Lula. Subestimou a passionalidade da militância e superestimou Erundina e a si mesmo. Além disso, adotou uma postura autocrática ao empurrar Maluf pela goela de todos. Mas ele tem desculpa. Está voltando do inferno.

Não foi por falta de aviso, porém, que essa hecatombe ocorreu. Antes de qualquer um, ainda na sexta-feira passada publiquei post contendo denúncia contra Maluf. No sábado, elenquei as razões pelas quais aquela aliança maldita seria ruim. Mas não fiz escarcéu.

Todos poderiam ter marcado posição sobre a inconveniência da aliança, mas não era preciso fuzilar Erundina até que seu lado titubeante aflorasse.

Agora, se a candidatura Haddad não resistir, São Paulo pode vir a ter um prefeito pior do que Kassab  caso Serra não se eleja – ele ainda seria menos ruim do que seu pupilo. Seria pior, pois, um Russomano vencer. Ou, no limite do impensável, uma Soninha.

Todavia, há um fio de esperança. Conhecendo o povo de São Paulo, é mais do que certo que expressiva parcela da população não considera que se aliar a Maluf é se aliar ao demônio. Muito pelo contrário. O prejuízo real, portanto, pode ter sido pequeno ou até zero.

A menos, é claro, que a militância petista continue dando uma banana para São Paulo e fazendo jogo de cena sobre a aliança com o PP paulistano…

Por outro lado, talvez tenha sido bom Erundina não ser vice de Haddad. Ela seria um foco permanente de crises ao se deixar guiar pela mídia ou pelas redes sociais da internet. Ninguém consegue governar ouvindo só a opinião pública.

Por outro lado, bom seria se o comando da campanha de Haddad não continuasse repetindo as burradas da campanha de Marta Suplicy em 2008, que, como agora, decidiu jogar sua história no lixo usando as mesmas armas que os adversários – ou seja, o preconceito.

Usar o preconceito contra Kassab em 2008 ou se aliar ao restolho da política brasileira em 2012 são faces da mesma moeda, a moeda da ânsia de obter a vitória a qualquer preço. E o que é pior: apelando para “atalhos” que não se tem segurança sobre aonde vão dar.

Há um só caminho para Haddad vencer a eleição: há que fazer o povo pensar em sua vida e convencê-lo de que sabe como melhorá-la. Jogadas políticas espertalhonas são o campo em que a direita midiática joga. Não dá para vencê-la nesse campo.

—–

O Blog ficou 24 horas fora do ar para migração do servidor. Era para ser meia dúzia de horas, mas tudo deu errado. E o pior: o servidor novo não funcionou e tive que voltar pro antigo – mas vou resolver isso. Contudo, tomara que esta semana termine logo.

211 comments

  • Haddad rumo a vitória. Agora a militancia de verdade aparecerá. Não sou filiado, mas virou questão de honra.
    Esperamos que o vice seja alguém de esquerda, bem intencionado e que não ache que vice deve apitar mais que o candidato. Acho que a crise veio para transformar a candidatura, que estava muito morna, em algo mais no gosto do brasileiro. Uma polemica sempre vem a calhar. Quando sai a próxima pesquisa, Edu?

      • Gostei muito do link e acho que as pessoas deveriam ler pra entender um outro lado da questão que não o do moralismo que ele naturalmente inspira. Uma abordagem filosófica muito clara da questão moral e ética. Como diz o autor, alianças não se fazem com semelhantes, que deveriam ser aliados por princípio, mas com os diferentes. É o jogo político da democracia. Negociar, ceder, trocar. O oposto disso é a ditadura, que não negocia. Apesar do desconforto e surpresa que me causou, e a tantos outros milhares, creio que Lula fez certo, comportou-se como um político astuto e sagaz que é. Se atingirá os objetivos só o tempo dirá. Talvez pudesse ficar clara para o eleitorado qual teria sido a contrapartida, mas isso já são outros quinhentos…

    • “Fiquei indignado com a foto do Lula e Maluf.” Pô, quanta frescura, meu. Vão lamber sabão. Lula está certo. Como dizia Churchill,” se Hitler invadir o inferno, eu me alio ao diabo”. Foi o que o Lula fez, para combater o mal maior que são os tucanos governando São Paulo ou qualquer coisa como o condomínio de um prédio. Lula pensa e respira São Paulo. E quer o bem de São Paulo.

  • Que bom, vê-lo de volta, Eduardo. Bem no olho do furacão, hein? Eu continuo achando que o PT de São Paulo não precisa de inimigos, ele se destrói sozinho mesmo. Foi um pouco difícil de explicar para o meu filho de 16 anos, que vai votar nessa eleição, qual o cálculo político que o Lula fez. Ele errou a mão, e errou feio.
    Hoje li em algum lugar uma análise que diz que o político que tende a ser caudilho, como Brizola, e Getúlio, e Lula, hoje, se acostuma a negociar política com base em sua experiência e sua força pessoal e deixa um pouco de lado a instituição Partido Político, e acaba ficando com a mão pesada.
    Um lamentável erro de cálculo. Lula errou, Erundina errou e acabou se tornando uma espécie de Marina Silva da vez, servindo como uma luva para os tucanos.

    • Perfeito, Luis Fernando. o PT paulista não precisa mesmo de inimigos. São de uma incompetência de dar dó. Por isso Serra domina os paulistas há tanto tempo.

    • Tendo a fechar com sua opinião, caro Luis Fernando. Lula dessa vez pesou a mão. Mas a coisa só terminou em ópera bufa do tipo tiro no pé, com a lamentável performance da mocinha pura e confusa.
      Com isso, o que era uma derrota do Serra, a perda do apoio do PP, transformou-se em vitória para ele.
      Caso a Erundina não fizesse essa novela toda (via pig!), a tal foto acabaria no esquecimento. Se juntaria às outras, Lula com Collor, Lula com Sarney e etc, que volta e meia os “petistas” arrependidos postam nas redes sociais

  • Repito aqui comentário aumentado em relação a outros feitos em outras plagas:

    Pois eu acho que infelizmente todos erraram!

    O PT errou por achar que o PP de Maluf ajudará alguma coisa além de tempo de TV (no passado Marta Suplicy jà desfrutou desse “apoio” e perdeu), quem é malufista convicto não vota no PT.

    Lula não deveria ter ido a casa de Maluf, essa foi uma exigência que não deveria ter sido aceita, afinal Lula é a estrela no céu, Maluf é um político em afundamento abissal, ele é quem deveria ter ido a sede do PT formalizar a “aliança”, mesmo porque se essa tal exigência tivesse o poder de impedir esse “acôrdo”, então é sinal que ele não deveria sair mesmo, pois o objetivo de constranger estaria declarado.

    E por fim, Erundina também errou, pois sabia de antemão do “nauseabundo acordo”, e entrou e depois saiu da chapa, dando “piti” que não cabe em político experiente como ela é, proporcionando toda essa trela para a direita se esbaldar. Há histórico de alianças esdrúxulas do PSB, Erundina no meio… Além do que, outros comentadores (o Nassif foi um) também lembraram com propriedade, que ela também abriu mão da que provavelmente seria sua última oportunidade de influir na administração de Sampa, pois trata-se de cargo executivo, uma pena…

    É óbvio que tenho convicções políticas bem enraizadas e manteria o voto em Haddad em qualquer circunstância, caso votasse em Sampa, pois ele realmente é o melhor nome, no melhor partido atualmente (ou ao menos, o menos ruim). Mas estão sendo dias infelizes para velhos eleitores simpatizantes do PT como eu…

    Um abraço.

    • tá certo ..mas e sobre HADDAD nada ? ..até agora ele me passa a impressão dum menininho assutado sendo guiado por um bando de ADULTOS PEDÓFILAS, não ?

      e então, o que ele pensa, o que pensa o candidato, nada ? ..duma coisa sei, ele NÃO tem perfil de líder

      • Lembrem-se do poste.Contra o diabo e a favor de São Paulo tudo pode. Chamam Lula de Ladrão e este não pode aceitar o apoio de Maluf . Já Cerra PRVATARIA ,que dizem os piguentos é “onesto” e não queria abrir mão de Maluf , pode aceitar o apoio sem problemas. Contra o diabo vale qualquer apoio. LULA mais uma vez vai provar que o caminho da vitória é o empregado.

        • BEBETO, NUNCA votei no SERRA, muuuuito menos em Maluf .. eu, da minha parte, estava muito feliz com o casamento entre elles, sempre achei que eles se mereciam e se pareciam ..agora, verdade, agora que LULA frequenta aquelas rodas, agora é que me preocupa

          abrá

    • sergio, edu, e outros
      Fazia parte do grupo que antes achava que todos erraram.
      O partido dela já faz parte do governo do estado junto com o PP, e eu me horrorizei foi com fotos de Pinheirinho e me parece que pro PSB tá tudo bem pois continua lá, alem do mais não vi gente deste partido por ocasiao da tragedia de SJC.
      O tempo passou e alguem lá no Nassif falou algo interessante: de uma hora pra outra o Haddad entrou na boca do povo, inclusive da mídia.
      Mas o fato relevante pra mim foi o que descrevo abaixo.
      No RJ havia, pós redemocratizaçao, dois campos populares: o de uma certa intelectualidade e aqueles chamados de ” lumpesinato” , ou seja, pobres conscientes da sua situaçao mas sem fazer a conexao disto com a politica. A ala intelectual foi pro PT e a outra ala apoiava o Brizola. Desconfianças e olhares de lado de cada ala. O s partidos queriam um penetrar na ala do outro e ensaiaram alianças e, por motivos que nao cabe aqui, os dois se perderam. Hoje o PT RJ tenta sair dos escombros e o PDT perdeu o seu protagonismo aqui.
      Em SP acho que, com muitas variaçoes, estamos agora vivendo este momento principalmente pelo ocaso do Maluf, um politico idoso e decadente.
      O que o Lula está pensando vai além de 2012, por exemplo.
      Ele quer, por exemplo, o Haddad dialogando com o taxista malufista, coisa que seria dificil para a Marta visto as rusgas do passado.
      O Lula quer herdar os votos do Maluf, ele esta pensando muito lá na frente.

      • é ..tão lá na frente, mas tão lá na frente, bem naquele tempo em que todos nós estaremos MORTOS

        ..ou num tempo em que a própria correlação de causa e efeito será difícil de ser comprovada, pois afinal, em ultima analise, CABRAL (o Pedro de 1500 e não o atual ligado a DELTA) é em ultima instancia o culpado por tudo o que passamos hoje, de bom e de mal, não ?

        Agora o momento é este mesmo, a palavra de ordem é de ENSAIO, quem sabe qq uma dessas teorias cola e acaba por nos aliviar a CRUEL realidade que os eventos e FATOS nos trazem

        http://www.youtube.com/watch?v=m3XYcV1JpFA

  • Condenei o PT de minha cidade quando, por duas vezes, se sujeitou a sair como candidato a vice-prefeito de candidatos de direita!!! Mas, concordei com o Presidente Lula, quando escolheu José Alencar, do PR, porque vice, a não ser por uma desgraça, não manda nada!!! Conheço o Maluf e sei do que esse safardana é capaz, mas ele não será nem mesmo vice do Hadad, então não entendo por que tanta tempestade em copo d’água!!! Entendo perfeitamente o Presidente Lula!!! Ele está pondo em prática o que disse tempos atrás: “Se Jesus viesse à Terra, teria que se aliar a Judas pra poder governar”!!! No caso de Maluf, ele está tendo que se aliar ao próprio demônio, fazer o quê??? Vamo pra frente que atrás vem gente!!!

    • Vera, Maluf não faz aliança de graça. Essa aliança envolve, certamente, uma secretaria de Haddad. Provavelmente a da habitação. Logo essa!! Além disso, a aliança é importante para Maluf eleger o máximo de vereadores malufistas que puder. E olha que já há muitos atualmente na Câmara.

      • Eu sei disso, Roberto!!! Mas, às vezes é preciso entregar os anéis pra se manter os dedos!!! Se o Presidente Lula não tivesse se aliado com o direitista PR, do José de Alencar, talvez hoje o Brasil já tivesse sido vendido de vez pelos tucanalhas na ALCA!!!

  • Será que a Erundina tem a consciência que virou a heroína de gente como Augusto Nunes, Reinaldo Azevedo, Eliane Cantanhede e Ricardo Noblat?

    • No ponto, e isso pra mim basta.
      Eu estou do outro lado do PIG. E ponto.

      O PIG é muito mais nefasto que o condenado maluf. Muito pior. Até porque é sempre impune e nem criticas pode sofrer.
      Mesmo quando o banditismo é descarado, caso do PIG.
      Herundina chorar pitangas e enxugar as lágrimas na Veja Bandida me parece BEM PIOR que obter o apoio do partido malufento. Bem pior!

    • infelizmente jogou fora a sua história. eu sempre votei nela, mas essa atitude foi um ponto final na minha relação de eleitor. espero que ela também desista da comissão do marco regulatorio das comunicações, pois agora virou parceira do pig. muito triste.
      reinaldo carletti

  • O Eduardo lembrou bem: Erundina sabia da aliança. Deveria ter alertado o PT de que não aceitaria estar ao lado de Maluf. Mas ela ficou indecisa, ora dizendo que iria sair, ora afirmando que ficaria. E foi chorar suas mágoas justamente na Globo, Veja, etc. Será que ela não aprendeu nada sobre a mídia golpista quando foi prefeita? Ou quando compareceu aos encontros de blogueiros progressistas?

    Lula e o PT erraram várias vezes. Lula impôs a candidatura de Haddad na marra. Resultado: Marta se retirou. Depois, Lula impôs a aliança com Maluf, com direito a fotos, a meu ver, humilhantes. Resultado: Erundina se retirou. Em seguida, militantes petistas no twitter chamaram Erundina de todos os nomes possíveis. Ela chegou a ser comparada ao senador Demóstenes Torres! Agora ficou difícil que ela sequer participe da campanha de Haddad. Fica a pergunta: se Erundina é mesmo a crápula que os tuiteiros petistas descreveram (alguns deles são pessoas de certo peso na Blogosfera), por que o PT a convidou para ser vice de Haddad?

    Enquanto Dilma fizer omelete na Globo e der entrevista exclusiva à revista do Cachoeira, estamos mal. Enquanto uma pessoa ligada ao movimento de massas como Erundina for correndo à Globo e Veja para criticar o PT, estamos mal.

    Agora o líder do movimento “Cansei”, Flavio D’Urso, do PTB, diz que foi convidado para ser vice de Haddad, fato negado pela assessoria do pré-candidato. Mas depois do acordo com Maluf, fica-se na dúvida sobre quem está dizendo a verdade.

    Chávez não faz aliança com a direita. Ele se alia ao movimento social. Cristina Kirchner não se alia à direita. Ela se alia aos sindicatos. O resultado é que os avanços sociais nesses dois países são bem maiores do que o que nós conquistamos aqui no Brasil sob governo Lula. A Venezuela é líder de crescimento na América do Sul, e a Argentina a segue de perto. O índice de desigualdade social na Venezuela é bem menor do que o do Brasil. E olha que lá eles partiram de um patamar bem abaixo dos nossos. E não venham me dizer que o povo da Argentina ou da Venezuela é mais “de esquerda” do que o povo brasileiro, porque não é.

    Gente como Maluf, Flavio D’Urso, Gustavo Fruet e outros não fazem aliança sem obter algo em troca. E o que eles querem é reduzir ou até interromper os avanços sociais em nosso país.

    • complete ..nem R.Jeferson, Valdemar da Costa Neto, J.Sarney, Collor e Calheiros por exemplo

      penso que a pergunta que devemos fazer, será que a longo prazo, ficar dando de braços e afagos a afogados e BANDIDOS, será que isso soma ao que queremos da vida política pro BRASIL ?

    • Lula erra mais uma vez. Ele não entende nada de política. Fracassado, já tinha se aliado à Sarney e ao próprio Maluf durante seu governo de meia pataca. Parvo, seus movimentos são erráticos e de péssimas consequências, visto que só faz besteira e é incapaz de eleger seus escolhidos, verdadeiros postes que acabam no limbo. A aliança com Maluf, jogada de incapaz politicamente, foi condenada unanimemente no twitter por Caiado, Eduguim, Noblat, dentre outros, o que comprova que de estratégia política ele nada entende. Infelizmente Lula não tem aquela paixão cega para fazer política, nem aquele sectarismo ideológico necessário para impedir manobrar no meio dos indesejáveis, fazendo dos limões uma limonada, o que demonstram suas derrotas anteriores e seu pífio governo, no qual foi apoiado por Sarney e Collor, para o nosso horror, preferindo usar seu cérebro pequeno de operário, no lugar do coração, para tentar ganhar as eleições e tirar os tucanos do poder em Sampa. Parabéns ao Eduardo, e parabéns a Erundina, que se manteve firme e coerente, saltando fora dessa acordo espúrio quando foi surpreendida por ele, denunciando-o prontamente na Veja e na Folha de São Paulo, desmoralizando de vez o sr. Lula para toda a nação. Haddad já era.

    • LULA perdeu, perdeu e perdeu três vezes. Fez alianças ganhou,ganhou e fez a POSTE presidenta. Parceiro contra o DIABO da Privataria vale todo o apoio.

  • Edu, pela primeira vou divergir de você, o título do post é um exagero, se não te conhecesse tão bem o que vc escreve e como escreve pelo título eu diria que estava no blog do chapeleiro da Veja (risos).
    O Stanley Burburinho reforçou algo que o PIG está omitindo, pq tal como os tucanos, eles sentiram o golpe….esse 1,5 minutos nas inserções durante a campanha vão representar 4 horas a mais para Hadad e 4 horas a menos para Serra….isso é muito significativo em eleição no Brasil, onde o eleitor só se interessa e sintoniza quando aparecem as campanhas na Tv.
    Se algo foi mal calculado pelo Lula (foto), até quando ele erra acaba acertando, pois conversei com muita gente que não sabia que o Hadad era candidato, do PT e apoiado pelo Lula, ou seja, eu aposto contigo que nas próximas semanas o Hadad aparece com pelo menos uns 12% nas pesquisas.
    Tal como a Dilma, Hadad só crescerá devidamente nas pesquisas quando for reconhecido e identificado, isso é um processo inexorável ! Se a campanha na Tv seguir o padrão Lula-Dilma, essa eleição vai ser uma barbada no 2o turno contra aquele da privataria tucana.
    Forte abraço desse que tanto admira seu trabalho à frente do nosso MSM e do blog.

  • Vamos com calma, Edu.

    Primeiro, não é aliança com Maluf, mas apoio do PP. Política é isso mesmo, a arte da negociação. Pelo menos em uma democracia corporativista como a nossa. Ruim seria se fosse um acordo feito por baixo do pano. Mas foi um acordo transparente e direto e NÃO deu nenhum poder para Maluf e cia dirigir Sampa – na verdade, o maior beneficiado foi mesmo o PP nacional.

    Segundo, a crítica da imprensa marrom não passa de marolinha, pois o destinatário da mensagem não é o eleitor indeciso, mas o eleitor petista e este NÃO irá deixar o Serra levar essa, com Maluf ou sem Maluf.

    Mais, pros indecisos o tal apoio não faz a menor diferença. Afinal, eles consideraram votar no Serra mesmo com o Maluf por trás e não é pq agora ele está apoiando o PT que eles vão passar a pensar diferente, com ou sem propaganda da imprensa marrom.

    Claro, pros anti-tucanos, o apoio não fede nem cheira.

    Enfim, os únicos afetados pela propaganda marrom são os próprios petistas. São os únicos, na verdade, que detestam o Maluf. E eles vão reclamar, vão gritar, mas vão engolir o sapo e votar no PT por ser a única opção racional.

    Por fim, o 1:43 minuto a mais para o PT, e o 1:43 minuto a menos para Serra serão mais eficientes para convencer os indecisos do que a hipócrita crítica marrom. Ainda mais por faltar tanto tempo pra eleição – enquanto a crítica hipócrita perde força com o passar do tempo, a propaganda eleitoral sequer começou.

    E a saída da Erundina pode até ser bom. Se ela não é capaz de dialogar com quem é diferente, com o inimigo, e se melindra com a propaganda marrom, ela não serve pra ser vice.

    Melhor ter alguém que diga, claramente, que não há inimigos numa democracia, mas apenas adversários que representam uma parte da população que, por pior e mais atrasada que nos pareça, DEVE ser respeitada a ponto de haver, pelo menos, diálogo.

    A alternativa ao diálogo é o conflito permanente, e isso não leva a lugar algum.

    Enfim, o problema não é o acordo, ou o apoio ou a aliança, as sim o conteúdo dessas coisas. É possível – e desejável – ganhar mais do que perder num diálogo como esse. Aliás, a melhor maneira de combater as pretensão de gente como Maluf é tirá-lo de uma posição de influência e isolá-lo em uma posição subordinada e sem importância.

    No meio da tucanada, Maluf encontraria ouvidos simpáticos. Mas no meio de petistas e comunistas, ele será apenas um incômodo a ser tolerado. Completamente irrelevante em termos políticos.

    Acho que Lula acertou de novo, isso sim. Vamos ver se a aposta dele dá certo.

  • Aqui na Bahia chamamos a isso de “presepada” (mistura de hipocrisia e demagogia com pirotecnia) . Dona Herondina sabe do apoio, não só do Maluf, mas também do Sarney, ambos da base o governo há mais de 8 anos. Se fez “presepada”, é idiota ou mal intencionada.

  • 1- PP e PT são aliados desde o 1º mandato de LULA. Só a mídia golpista não sabia…

    2- Leci Brandão é um nome muito mais POPULAR que Erundina

    3- Haddad conseguiu uma exposição inédita na mídia golpista. Deixou de ser um desconhecido da Grande Massa para ser o candidato de LULA.

    4- É de conhecimento de todos que o tempo da TV é crucial na conquista dos votos dos indecisos.

    5- A próxima pesquisa confirmará q Lula acertou de novo… chupa mídia !

    • Meodeos. Achar que o Lula deu um golpe de gênio é demais! Nem é surpresa essa aliança, muito menos nova. Tirar foto abraçado ao urubu em seus jardins (pensem naquela música do Caetano que a PTzada ama)

      Com quem o PT anda? Ué: Sarney, Collor, Maluf, Renan. O que queriam? É O PARTIDO DO ZÉ DIRCEU! (perguntem a opinião do procurador geral da república a respeito deste douto e santo senhor treinado em Cuba)

      E pensar que no começo o PT não fazia alianças para se manter “puro”…

      E o PT ter apoio do PSB não é nenhuma coisa maravilhosa. Com o dinheiro federal jorrando aos montes (menos em São Paulo, é claro. Pra que desenvolver o ninho maldito dos tucanos?) a aliança na base do “quem dá mais” será todas do PT, todas. Pra que aumentar a dívida interna se não for pra se perpetuar no poder (aos desavisados, a dívida interna não só triplicou como a dívida externa voltou! mas a “mídia golpista” não falou nada)

      Quero ver o que vai acontecer com essa campanha durante o julgamento do mensalão…

      • É, pelo jeito o Maluf que apoia o Alckmin é um santo, mas o que apoia o PT é um demônio, né não? Até agora vc não tinha nada pra reclamar do Maluf e, de repente, “descobriu” que ele é isso e aquilo.

        O mesmo vale pra Renans, Sarneys e quetais que prestavam enquanto apoiavam FHC, mas agora são bandidos.

        É conversa de marido traído. Antes, a mulher era santa, mas depois do corno, passou a ser vadia…

  • Doença contagiosa, a suicidite se manifesta com breve tempo de incubação do egovírus: depois da visita do fhc, vieram o ratinho, o maluf…
    Ataca preferencialmente ex-presidentes. Pode ser fatal.
    Se tratada em tempo, não mata mas deixa sequelas.
    Em tempo: só Deus e a Erundina conhecem o coração da Erundina.

  • Que triste !
    Como foi possível chegar a esse infeliz resultado? Escesso de pragmatismo, talvez !
    Dificuldades de entender que tudo tem limites.
    A ausência de sensibilidade para entender que os tempos mudaram. Que talvez – mais certamente que talvez – não se precisasse dessa aliança sinistra, feia, deformante.
    Aqui no Estado do Rio, o PT optou na maioria dos municípios do interior, por entregar o Partido a aventureiros direitistas. O eleitor em muitos casos ficou sem opção de voto.
    O que é isso? Teria o PT sido invadido como foi o PDT?
    Onde está a esquerda? Precisamos renascer das cinzas. E como? Não sei.
    Bancar o avestruz, é que não se pode e não vale a pena.

  • Interessante a coincidência das fotos e das manchetes da matéria de Luíza Erundina ao lado ou acima da de Delfim Neto na Carta Capital. E quem acompanhou a política brasileira na época em que Delfim Neto foi ministro da direita e hoje é um dos aliados do PT não compreende essa repulsa de Erudina, tardia por sinal, porque veio mais de vinte e quatro horas depois, repelir Paulo Maluf. Prova ela que retroage, retrógrada é, a concretização da “Esquerda Burra”. E a configuração de uma pessoa tresloucada e traidora.
    Parte 2: Que na comissão da verdade age cheia de ódio e rancor, vingativa. Invertesse o caso e lhe dessem poder absoluto sabe-se lá qual seria o tamanho da maldade de sua vingança sob o ardor do fogo de seu ódio.
    Toda a concentração de energia que pulsa em explosão nas suas decisões entre um sim e um não são as mesmas, volátil alguém definiria. Um perigo para a sociedade analisariam, pois aparentemente o que se menos levou em conta em sua decisão foi a melhoria para o povo.
    Parte 3: Uma faísca que por um tempo riscou o céu com luz e se apagou, para sempre. Com petulância de desesperada defesa a Estrela Guia com seus argumentos apagou. Lula-lá passou dos limites, disse, pelo povo. Luíza Erundina melhor do que ele moralmente se achou. Seria o mesmo que dizer.
    Parte 5: Quem és tu Lula Estrela Guia diante de apagado risco no céu que um dia pouca luz lançou? Ainda obrigado, Lula, a ouvir o que não é nada em qualquer espaço, além de escuridão. Ousar dizer que quem passou dos limites foi tú, Lula-lá, ainda estrela guia brilhante no céu do coração do povo brasileiro.
    E quem és tu Erundina para para falar o que quer que seja do Lula e criar-lhe problemas para a eleição de São Paulo. Dizendo inclusive que ele foi longe de mais?
    E você para onde foi? Onde esta? E se foi e chegou a algum lugar, foi por quem? Por mérito político seu? E se, o que fez para merece-lo? Quem é você como liderança para o nosso país?
    Foi prefeita de São Paulo nas costas de quem? De sua liderança política de nada e de ninguém como é até hoje, ou por Zé Dirceu, Lula, Suplicys e PT?
    Que arrogância é essa para se achar com o direito de desistir dizendo que foi porque o Lula foi longe nessa ao coligar-se como o partido de Paulo Maluf? E ainda querer atrapalhar Lula e PT, isso tem nome, é covardia e traição! Típico de um tresloucada.
    Mas estranhamente só se decidir depois de mais de 24hrs?
    Pergunte-se a si mesma, quem sou eu? O que represento para o meu país como pessoa e política? Que falta eu faço para o Brasil? Antes de arrogar-se ao que quer que seja. Por que senão a pergunta quantos Malufs valem uma Erundina que fizeram na Carta Capital pode ser respondida por você mesma, e você com toda a certeza já se deu mal.
    José da Mota.

  • O que parece que ninguem esta entendendo é que a eleição em SP, faz parte de um projeto maior.O PT precisa fincar um pé solidamente em um de tres estados: SP, RJ ou MG para poder concorrer com chances na eleição presidencial.O PT não existe nestes tres estados.Devemos prestar atenção nos movimentos do Eduardo Campos.Crise com a Erundina em SP, candidato proprio em Recife e candidato proprio em Fortaleza.Em SP com certeza o PSB vai apoiar o Serra, como queria o Marcio França desde o inicio (por baixo do pano).O Lula esta jogando todas as fichas.Candidato novo (não esta queimado) e ate apoio explicito do Maluf.La na frente, a direita entra com dois candidatos, Aecio e Eduardo.Quem for para o segundo turno apoia o outro e ai ja era, não adianta chorar.A hora é de apoio ao Haddad com Maluf, sem Erundina, do jeito que for.

  • ou seja, otimista, vc aposta na falta de opção e na instabilidade, ou imaturidade do eleitorado paulistano em não saber escolher, ou em se ser vazio de princípios e pouco exigente, pra salvar-se a candidatura de Haddad ?

    Acho que muitos ainda chegarão a conclusão de que nosso maior problema não é ideológico muito menos programático, mas MORAL mesmo.

    AO nos filiarmos ou darmos ABRIGO a bandidos adiamos reformas, protelamos conceitos e práticas que de há muito não deveriam existir.

    FATO, P.Maluf é agente público e ex-prefeito de SP condenado, tem dinheiro aprisionado e só não foi aqui apenado porque vive de alianças e conchavos.

    E o que fazer num casos como esse ? Deixá-lo a míngua, pra morrer de inanição, no mínimo ..e não dar-lhe qq espaço pra ter poder de influência e decisão

    Infelizmente penso que seu escrito erra em 3 pontos ..se não mais

    Primeiro, ao isentar LULA tentando atribuir-lhe uma certa inconsistência emocional pelos problemas de saúde que enfrenta e que estariam afetando seu discernimento ..não, infelizmente a prática de se aliar ao diabo tem sido uma constante na vida do líder ..pratica esta que a mim ainda NÃO provou estar gerando todos os frutos que dizem que gera, NÃO ao menos no quesito de amadurecimento Institucional e construção de uma sociedade mais cidadã, justa e plural.

    ..em segundo ao tentar INVERTER o ônus da prova ao imputar a Erundina a maior responsabilidade por esta lambança feita ..aqui fico com outros colegas que dizem que as maiores lideranças só o foram porque NÃO cederam ao aparentemente fácil ..e não como vc tenta nos fazer crer que no caso da Erundina teria sido por conta de seu perfil “titubeante”, negando ou diminuindo os aspectos históricos, de consciência e ÉTICOS envolvidos no processo.

    ..e finalmente, outro ponto é quando vc subestima a militância ou a maioria dos colegas, os simpatizantes mais progressistas, dizendo que estes se comportaram como manada e se deixaram influenciar (é mesmo, por quem ? qdo votam e lutam a favor, ou quando são contra às teses dos líderes ?)

    ..oras, digo, se fosse pra ficarmos indiferentes a situações como estas então melhor seria que desde criancinha estivéssemos aninhados com os demo/tucanos ou de braços dados com seguidores de Maluf e de Quércia por exemplo.

    Da minha parte eu lamento pois há anos tenho defendido o lançamento do NOVO ..há anos que digo que nossas lideranças estão ficando velhas, ultrapassadas, que male-mal conseguirão se sustentar em mais uma ou duas rodadas..

    ..então lamento, laçamento mesmo que o novo tenha sido nos apresentado por vias é métodos tão velhos e abjetos, destes que não rubram em se fazerem alianças na defesa de teses que tentam nos dizer que “não importam os métodos” desde que os objetivos sejam alcançados ..é mesmo? a propósito, e quias seriam os nossos ?

    http://www.youtube.com/watch?v=TK0OfMC4bFU

  • Olá Edu, muito tempo se passou, a impunidade faz as coisas erradas acabar virando certas, esse fenômeno é visto claramente nesse episódio.
    Fico feliz com a atitude do Lula, pois como você mesmo disse no post, não da pra fazer politica sempre olhando a opinião publica, Ele salvo engano, parece ser “predestinado” a mudar o Brasil.
    Jamais pensei que ele fosse abandonar seu povo após o fim de seu mandato como presidente, e a prova disso nós assistimos no dia a dia, passa por todas as provações que a vida nos impõe e não desiste, mas não desiste de que? O que o impede de terminar seus dias com todo conforto que todos nós lutamos para ter e poucos conseguem.
    Acho que na sua ultima frase esta a visão do Lula, “Jogadas políticas espertalhonas são o campo em que a direita midiática joga. Não dá para vencê-la nesse campo”, já que esse campo é o deles e é mesmo, vamos tirar a muleta desse povo, pra ver como fica. Essa aliança todo mundo sabe (até o reino mineral) é justamente para tirar o tempo deles, agora me diga quem teria força para fazer isso se não Lula?
    O Maluf, é apenas um detalhe, pois como disse acima a impunidade o fez “bom”.

  • Uma imagem vale mais que mil palavras. Mais ainda numa população que tem preguiça de ler. Lula precisa ter mais cuidado. Agora, PT nos decepciona cada vez mais… Aqui na minha cidade, o atual prefeito se desfiliou do partido contrariando militantes que o ajudaram a ganhar três eleições…Saiu do PT e está apoiando coronéis de 11 partidos entre eles o PSDB. Isso porque o candidato que ele apoiava não venceu as prévias. É revoltante. Cadê o caráter dessa gente que se diz correta? Vale tudo para conquistar o poder? Estão ignorando tudo mesmo. Uma hora o povo vai se perguntar: será que o mocinho virou bandido?

  • Se já não consigo aguentar as alianças do PT com a “direita nanica”; partidos como o PP ou o PTB; ou mesmo com vermes como Sarney, feitas em nome da tal “governabilidade” e para um suposta, mas para mim inexistente, palatividade do partido para uma parte dos conservadores; embora tenha consciência de que ao menos a governabilidade obriga a realização de alguns desses acordos; imaginem a repugnância que não senti diante do “acordo” com um canalha e um assassino como Maluf(talvez não tenha matado ou torturado diretamente na ditadura, mas é cúmplice e provavelmente mentor de várias mortes e torturas realizadas pelos monstros à serviço da classe dominante). A foto de Lula apertando a mão daquele pilantra foi a gota d’água nesse show mórbido; no qual o PT renuncia a princípios diante da perspectiva de poder : o que é péssimo, sem princípios nada vale a pena. Todavia não devemos deixar de ressaltar nesse processo a hipocrisia da ditadura midiática, que ficou caladinha quando o agente da ditadura Maluf apoiou o outro agente dos ditadores, José Serra, ou andava aos beijos com o fascista Alckmin; a titubeante postura de Erundina; que deveria sim ter saído da aliança, mas no momento do acerto com Maluf e não para satisfazer à plateia e a nova burrice do PT se de fato colocar D’Urso como vice de Haddad, um sujeito que não agrega nenhum voto e vem do direitíssimo PTB, ferindo uma aliança histórica com o PSB. Compreender os problemas de sua cidade(que sem dúvida pode não dar importância à aliança com Maluf, dada à despolitização e conservadoríssimo doentio de seus conterrâneos, mas isso não a torna menos repugnante para o o resto do Brasil que pensa)e fornecer soluções de esquerda; as mesmas que levaram os Governos Lula e Dilma a transformarem o Brasil numa potência; são o único caminho para Haddad, com o apoio de Lula nesse discurso, chegar ao poder de uma maneira em que ganhar seja a coroação de um processo que transforme a vitória numa honra.

  • Esse episódio foi a gota d’água a entornar o copo de minha tolerância com o pragmatismo desenfreado, sem limites. Todos sairam mal na foto, mais eu ainda acho que Lula foi o que saiu pior.
    Quanto à sua decantada visão estratégica, venerada com um fanatismo quase que religioso por um bando de amestrados, eu só queria lembrar que, se não fosse um certo caseiro que se tornou responsável por defenestrar o “impoluto” Antonio Palocci, o governo de Lula não teria dado a guinada que lhe permitiu enfrentar e vencer a guerra que se movia contra ele. Por essa razão, em certos meios, em tom de blague, se diz que o Brasil tem duas eras: AC e DC, ou seja, antes e depois do Caseiro.
    “O certo é marcar a diferença que nos separa, não a indiferença que nos une, e o certo é preservar o que se tem de lastro político e credibilidade. Se isso for incompatível com vencer uma eleição, então melhor perder do que vencer associado a uma das mais completas sínteses do que seja um ser desprezível.”
    http://sul21.com.br/jornal/2012/06/maluf-petista-desde-criancinha/

  • Eduardo

    É engraçado como um fato pode ter vários lados e cada um enxerga o lado ou escolhe um lado de acordo com seu estado de espirito.
    Vou te dizer uma coisa o desastre de Erundina foi ruim só para ela, isso não colou no PT e a coisa foi do ponto de vista politico extremamente produtivo .

    Em menos de 24 h o PT conseguiu o apoio incondicional do PSB sem a obrigação de lhe dar um vice ( isso abre possibilidades ), tem apoio do PP que na camara municipal será super importante. Aqui em Brasilia o golpe contra o Agnelo só não teve exito por causa da maioria governista naquela casa. Mesmo tendo duvidas se o vice de Agnelo está conspirando contra ele, o Agnelo está mais forte hoje do que quando foi eleito e isso será materializado em 2014.

    As forças politicas que estavam inertes diante do PT em SP, pareciam está esperando o lider. Veja bem como a direita está se inclinando para as bandas do PT!!! Começaram a se movimentar só por causa da bendita foto. Sim bendita, maldita JAMAIS.

    Edu, você não percebeu, agora o PTB está atiçado e PSDB está sentindo o peso da foto e criaram um fato politico muito interessante. Estão dizendo que o D´urso vai ser vice, fato já desmentido, mas se isso está sendo colocado é porque esse partido está tendendo mais para a esquerda .

    O PT JÁ DISSE: Estamos em conversação. Acho sim que o PTB que até agora estava tendendo para a direita começa a pensar. Se até o Maluf está lá é porque há algo no ar . É parece que D´Urso cansou de tanta canseira.
    Essa historia só acreditou quem não prestou a atenção na estratégia de campanha.

    O PT já disse, só vai colocar vice que tenha expressão de esquerda ou possa aglutinar forças da direita, esse senhor D´Urso não conseguiu juntar nem 1000 pessoas em manifestação, então… Acho que a saída de Erundina abre grandes e boas possibilidades tanto a nivel de esquerda se aglutinando como a direita que sabe que se ficar coligada ao Serra é morte na certa.

    Quem é alheio a politica não sentiu absolutamente nada com a entrada de Maluf e saída de Erundina, quem é verdadeiramente de esquerda ,quando acontecer a campanha, será contaminada por ela com Maluf dando apoio ou não. Não existe essa historia que o PT deu tiro no pé, na hora ¨H¨ a militancia segura a bandeira porque lá no palanque estará o Haddad e seus padrinhos e sendo um vice de esquerda melhor ainda, mas não altera a ordem das coisas. Quando se vota só se olha para o candidato o vice é um coadjuvante, mas mesmo assim o PT está sendo muito, mas muito profissional na escolha do vice.

    P.S. Dizem as más linguas que Kassab está muito preocupado com a rejeição tanto dele quanto do Serra. Está preocupado em morrer afogado junto a seus correligionários. Se o Serra não ganhar ele perde poder junto ao partido que criou, não sei se tem volta para Kassab, mas as coisas estão caminhando bem. Se houver segundo turno o Kassab pode se reavaliar e quem sabe apoiar Haddad. Então o Kassab tem que fazer das tripas coração para colocar o Serra no segundo turno, pois a chance do Haddad ser eleito já no primeiro ganha corpo.

    Fica tranquilo Edu, está melhor do que eu esperava. Esses fatos recentes são altamente positivo.
    Vamos cantar a musica do elefantinho para a imprensa e para o Serra.
    Se um PP incomoda muita gente, um PP e um PTB incomodam incomodam muito maaaaaaaiiiiiiis.

    Vamo que vamo que pode ser primeiro turno…

  • Sorte no novo servidor parrudo.

    Quanto ao post, é isso aí: ou acreditamos no melhor pra cidade, mesmo com os engulhos e o nojo inevitável que a foto da ‘aliança’ com Maluf desperta e se segue em frente, com o apoio do mesmo, ou se brinca de esquerdinha purista udenista sabendo como a vida é – e tome mais 4 anos do horror que a direita representa. Enfim…

    • Sou da mesmíssima opinião. A gente tem que focar no Serra e no PSDB. Sem foco, vamos continuar a chorar pitangas. AS METAS SÃO: PRIMEIRO, PREFEITURA E EM SEGUIDA O ESTADO DE SÃO PAULO. Fiquei chocada com o vai-não-vai da Erundina e, pior ainda, o barraco que ela fez de graça na velha mídia. E tem mais, concordo com aqueles que consideram que foi até bom isso ter acontecido já agora. Sofri muito na hora, mas foi melhor assim.

  • No passado os liberais chamavam o PT de “A VIRGEM NO BORDEL”. O PT não age mais assim, mas a Erundina continua a ser o que os liberais chamavam o PT.

  • Sobre a aliança com Maluf (que o PIG e o PT insistem em chamar de “acordo”), um comentarista no VioMundo colocou bem a questão: o fato de Serra querer essa aliança não quer dizer que o PT também deva querer. Ao contrário: se Serra quer Maluf ao seu lado, é um forte motivo para nós NÃO querermos.

  • O PT fez duas burradas para eleição p/ prefeitura de São Paulo:

    1 – Tirou a Marta (que teria muito mais chances) e colocou o Haddad.
    2 – Fez aliança com o Maluf.

    Assim fica fácil pro Serra…

  • fora de PAUTA ..importante, veja a resposta de RAFAEL CORREA à BBC quando fala sobre a liberdade de imprensa no Equador ..acho que essa tb cabe por aqui:

    “Convido você a ir ao meu país para ver se de alguma forma se limita a liberdade de expressão. O que certa imprensa quer é a liberdade de EXTORSÃO, liberdade de MANIPULAÇÃO sem responsabilidade”

    ..e que não se enganem, a EXTORSÃO PODE VIR TANTO da mídia travestida convenientemente de OPOSIÇÃO, como aquele que momentaneamente se faça de CHAPA BRANCA tb ..sacomé, busines busines, pensam

    Há que se impor regras TRANSPARENTES, isonômicas e democráticas a estas análises rasas.

    A propósito, alguém viu a análise de J.Freitas hoje ? ..não deixa de ser uma visão ..embora entre a aparente dureza que ele diz ser tipico de Erundina, e o BAMBOLEIO programático metamorfósico, ideológico e de princípios dos atuais LULISTAS (acusados hoje tb de insuflarem o surgimento dum novo CAUDILHO ..que pra mim JÁ FOI parido), confesso que pelo meu temperamento, eu fico com a primeira

    abrá

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/janiodefreitas/1107929-a-sorte-de-haddad.shtml

  • “O desastre eleitoral que se abateu sobre o PT paulistano não poderia ser mais grave se a mídia e o PSDB o tivessem planejado.”

    E o Eduardo Guimarães escreve um artigo mais fatalista epresunçoso do que se o Eduardo Guimarães o estivesse escrito.
    Quer que rompa a aliança com Maluf. Da mesma forma que os militantes mais aguerridos desejaram a queda do Palocci. E dai veio um efeito dominó de “vitórias da mídia”.

    Todos sabem do efeito manipulador da mídia. E todos caem.

    Prova dos nove: se o PIG não gostou, é por que é bom.

    E não é o Maluf que dizem que o “o povo vota nele mas não no PT?”. Então, se vota nele e não no PT, melhor que seja nele e no PT.

    Seo Maluf tem milhões de eleitores, que esses votem no Haddad, não no Serra.

    Como é bom não morar emSPe observar de longe como o PIG faz a cabeça até mesmo dos militantes anti=PIG.

    • magina ..primeiro que o PIG adorou

      e quanto a PALLOCCI e MALUF, desculpe, mas em ambos os casos há provas, evidências, censuras e/ou condenações

      . .pior, conchavos e proteção, e é aqui que é o diabo, a IMPUNIDADE, ao menos pra quem sonha em ver no país práticas mais éticas e responsáveis para com a COISA pública e comum.

      O BRASIL ainda esta recheado de homens públicos com interesses privados inconfessáveis ..triste

  • “Jogadas políticas espertalhonas são o campo em que a direita midiática joga. Não dá para vencê-la nesse campo”.

    Por isso a aliança com o PP foi um erro. Querer agora se nivelar ao PSDB, por este ter sido aliado a Maluf, será insuficiente. A mídia não noticiará aliança PSDB/Maluf. Mas fará todo estardalhaço possível com a foto Lula/Maluf.

    Quanto à passionalidade da militância, muitos não são políticos tradicionais. O PT conta com muita gente que trabalha ativamente para eleger seus candidatos, com pessoas que se dedicam mesmo sem sequer serem filiadas ao partido. Justamente por ser um partido com uma face diferente, ele pôde agregar essas pessoas em torno de si. Característica que tem sofrido um refluxo por conta dessas alianças espúrias. Não dá para esperar o pragmatismo da foto Lula/Maluf de trabalhadores comuns com interesse em política. O pragmatismo fica para os profissionais. Ainda bem que hoje em dia o PT já dispõe de militância paga. Os abnegados de outrora se tornarão cada vez mais raros e poderão muito bem engrossar fileiras mais à esquerda ou mesmo alternativas fora da política.

    Sou de uma família que sempre fez campanha gratuita para o PT, na qual nenhum dos membros é filiado ao partido. Antigamente, andávamos com bandeiras do PT em época de eleição, pintávamos o muro da casa com nome de candidatos petistas, andávamos com camisas, íamos a carreatas, pedíamos votos para os candidatos petistas etc. Hoje em dia não nos é mais possível fazer isso. Sou muito sensível e ingênuo, portanto prefiro não me vincular mais a um partido que na maior cidade brasileira se alia talvez ao maior corrupto das últimas décadas, na minha cidade natal possui uma prefeita que fala barbaridades sobre movimentos grevistas, logo ela que já foi tão radical e no plano federal se recusa a apresentar uma proposta decente para os professores das universidades federais que se encontram em greve e se limita a uma expansão do ensino custe o que custar, sem qualidade. Logo o PT que era tão crítico do sucateamento da universidade pública.

    Essas novas características são demais para uma família de bancários, pequenos funcionários públicos e humildes profissionais liberais. O PT para nós foi uma boa ideia que ficou na lembrança.

    Essas novas

  • Presente ao encontro, o jornalista Augusto Nunes teria lembrado, aos néscios que desaprovavam a aliança, palavras do grande estadista Tancredo Neves, que diziam que na política tudo é imutável como as nuvens no céu.

  • O bom mesmo é Maluf, não é petistas tuiteiros?

    Edu, concordo com o título plenamente. O PT e alguns petistas gostam de atrair problemas para si. Pecam demais da conta por burrice e/ou por querer ganhar eleições de todo jeito. Apenas para lembrar, se dormirem de touca, quem vai para o 2o. turno é o Chalita. Não sei dizer, mas deve ter baixa rejeição e está em um partido que não, é nanico e tem tradição política, goste ou não. A meu ver é outra porcaria, mas é esperar para ver.

  • Eduardo,

    Admiro você e a sua luta mas, por favor, retire esta frase sobre a Erundina:…”como ela parece não ter convicções de seus atos”.

    Uma coisa que a Erundina tem é principios e convicções.

    Eu prefiro, 1000 vezes, ter como aliada essa mulher ( que mora no mesmo apartamento desde antes de ser prefeita de São Paulo ) do que um corrupto procurado pela interpol.

    O Lula errou e errou feio !!!

    Ele errou em Recife, em Belo Horizonte e agora em São Paulo !!!

    Ele está tratorando os diretórios regionais e substimando o eleitorado.

    É indiscutível a habilidade política dele mas, será que ele acha que só ele sabe fazer política ?!?

    Será que ele conhece todos os diretorios regionais, todos os membros, sabe o momento e o clima de cada cidade ?!?

    O Haddad ERA um bom nome…com o auxílio da Erundina ficaria melhor ainda, porém, com essa reviravolta… acbaou de vez a possibilidade de eleição.

    Agora eu entendo o recuo da Marta Suplicy….tem certas coisas que não dá para engolir mesmo.

    Uma coisa é o Lula ser o presidente da republica e por liturgia do cargo, subir em um palanque onde está o Collor e demais coronéis. A gente até entende….

    Outra coisa completamente diferente é ele, sem mandato e no comando de uma chapa, procurar aliados para o seu candidato !!!

    Entendeu ?!?

    Uma coisa é receber por obrigação de ofício…outra é ir buscar por vício…

  • “…Claro que o erro maior foi de Lula. Subestimou a passionalidade da militância e superestimou Erundina e a si mesmo. Além disso, adotou uma postura autocrática ao empurrar Maluf pela goela de todos. Mas ele tem desculpa. Está voltando do inferno. Não foi por falta de aviso, porém, que essa hecatombe ocorreu. Antes de qualquer um, ainda na sexta-feira passada publiquei post contendo denúncia contra Maluf. No sábado, elenquei as razões pelas quais aquela aliança maldita seria ruim. Mas não fiz escarcéu…”

    Valeu Edu, suas opiniões sempre muito claras e honestas, isso aí que você disse é realmente tudo o que vem acontecendo no PT, infelizmente não só em Sampa, aqui mesmo em Curitiba-PR estamos vivendo esse mesmo dilema tudo porque o Paulo Bernardo e a Gleisi que mandam aqui no PT nos fizeram engolir uma aliança com um ex-tucano que amanhã estará de volta no ninho, saiu agora por puro oportunismo e o PT burramente o abraçou mesmo com a militância de base dizendo que isso vai trazer futuras consequências, infelizmente no PT não se houve mais as bases. Mas a Erondina pisou na bola feio, quando Sampa tinha a oportunidade de sair das garras dos tucanalhas/demoniacos o que ela faz? Isso é patético o povo de sampa que estão sofrendo horrores por conta das políticas excludentes dessa turma conservadora não deve esquecer jamais esse gesto mesquinho e egoísta da tal Erondina, que decepção.

  • A aliança com Maluf foi sim trágica, porém não é de longe, motivo para desespero.

    Eu fui um crítico feroz dessa aliança já prevendo o que estava se desenhando no horizonte, entre esse desenho trágico estava a desertação de Erundina. Outro desenho seria a revolta de parte da militância. Sim, pode ter tido tucanos infiltrados, se fazendo passar por petistas arrependidos-porém teve sim gente de esquerda legítimos descontentes. Destaco a Conceição Oliveira (Maria Fro), que teve algumas discussões no twitter com José de Abreu.

    Edu, discordo de sua opinião a respeito do Celso Russomano. Acho, inclusive que com ele seria melhor do que com Serra, ou quando muito igual. Não há nada de bom que Serra tenha feito nessa cidade que Russomano não possa fazer. Aqui, como diz o Tiririca: pior que tá não fica.

    Na hipótese de Russomano e Serra no segundo turno, sou muito mais Russomano.

    Abçsss

  • Pelo post, o blogueiro acha que o melhor candidato é Haddad mas nunca justificou essa preferência. O histórico do candidato é, no mínimo, suspeito com relação à competência e sabemos que a oposição irá explorar ( e aumentar ) casos como o Enem e o tal kit gay.

  • Todos falam aqui de que afinal PP já apoia o governo do PT, todos fazem aliança mesmo sendo de ideologias completamente distintas, como o PCdoB com o PSD de Kassab no sul, o DEM com o PV no nordeste, etc.
    No caso do PP de São Paulo existe um simbolismo importante: a militância odeia Serra, da mesma forma que no passadao odiava Maluf. Isso faz a militância pensar na repugnânte possibilidade de um dia ver Lula de mãos dadas com Serra, pois cálculo político por cálculo político, tudo passa a ser possivel.
    Aí não dá!

  • O Lula entra forte na campanha, põe a cara para foto junto do Maluf para conseguir tempo de mídia – porque mídia para o PSDB não falta, né? leitores –, emfim, se expõe na militância para ganhar a eleição e a militância o acusa de autocrático e de que cometeu um erro primário – não reconhecem o ato de coragem e força do cara. Na minha opinião, primárias são as análises que sustentam que política se faz só entre camaradas. Para vencer um adversário em comum, dois adversários se unem – estou falando de forma genérica. E Erundina mostrou que não deveria nem ter vindo. Agora, caro Eduardo, não entendi que Lula tem desculpa para ser autocrático porque está voltando do inferno.

    • amigo, pense no BRASIL que vc sonha ..vale ?

      pense nos INTOCÁVEIS, no produto de tudo

      Nobre presidente LULA vc esta enganado, MALUF não tinha que ter palanque, mas CADEIA !!!!!!!!!

  • Eduardo, desse bafafá todo em torno da adesão do facínora Maluf à campanha de Haddad, ficam para mim duas coisas:

    1) Erundina, que sempre tive e continuarei tendo em alta conta, dessa vez escorregou… Se deixou manipular pela mídia, que a usou de todas as maneiras que pôde, para demonstrar uma pretensa “fraqueza” da campanha de Haddad. Pelo seu titubeio, Erundina fez o jogo da mídia e involuntariamente a municiou contra Haddad; o que não era de se esperar de uma guerreira veterana como ela e que sabe muito bem como funcionam as coisas aqui em São Paulo… Uma pena; mas qualquer ser humano às vezes comete um erro. Espero que a velha guerreira saiba reparar seu erro apoiando com firmeza a campanha de Haddad, daqui por diante…

    2) Percebe-se que, apesar dos dois mandatos de Lula e da eleição de Dilma, onde foram necessárias as mais amplas alianças do PT com outras correntes políticas, algumas inclusive indigestas para a maioria dos “petistas autênticos”, certos segmentos de nosso partido permanecem imaturos para o jogo político. Esses segmentos, ao fazer todo esse carnaval pela adesão de Maluf à campanha de Haddad, acabaram por dar a Maluf um status muito maior do que aquele que realmente lhe caberia… Maluf é só um crápula decadente, que se vende pela melhor oferta; a adesão dele à campanha de Haddad foi apenas uma “aquisição” de ordem estratégica, que garantirá certos trunfos eleitorais a Haddad e, por conseguinte, uma certa perda à campanha adversária; esta sim, é aquela que deve ser combatida com unhas e dentes… Os “autênticos”, ou como se queira chamá-los, com seu extremismo infantil e purismo exacerbado, parece que nesses anos não aprenderam muito sobre o jogo político brasileiro e, em especial, sobre aquele vigente no estado e na cidade de São Paulo… Não é o momento de exibir discordâncias internas na campanha do PT; deveríamos, isto sim, estar demonstrando força e coesão, para assustar nosso maior adversário, pois ele tem pés de barro!…

    Finalmente, Eduardo, sua declaração neste post, “Conhecendo o povo de São Paulo, é mais do que certo que expressiva parcela da população não considera que se aliar a Maluf é se aliar ao demônio. Muito pelo contrário. O prejuízo real, portanto, pode ter sido pequeno ou até zero”, me parece muito ajuizada. Com base nela, espero que você volte a promover a campanha de Haddad com a mesma força e ímpeto de sempre. Estou certo de que você sabe qual o caminho a seguir, após essa bagunça injustificada toda… Vamos à frente, pois!

  • Pelo jeito os tucanos invadiram esta caixa travestidos de petistas arrependidos!

    Anotem aí: na próxima pesquisa o Haddad vai estar com 12% só pela exposição gratuita que obteve na mídia.
    E, depois da palhaçada da Erundina, o PT ganhou o apoio do PSB sem o ônus da vice!
    E o fato de o Maluf ter vindo para a aliança de Haddad sinalizou que o Serra diminuiu suas chances.

  • Napoleão dizia que quatro periódicos hostis seriam muito mais daninhos que cem canhões. A importância da mídia na política é incontestável. O condottiere francês, porém, faleceu em 1821 e só em 1826 seu compatriota Niepce, “usando a já experimentada propriedade dos sais de prata de escurecerem sob ação da luz, gravou numa placa uma vaga impressão luminosa, obtida através de uma lente, da vista que tinha de sua janela”. Surgiu a fotografia e, a partir daí, uma foto passou a valer mais que os ataques de quatro periódicos hostis, como dizia o capo francês. A esquerda brasileira morre de medo de fotos. Não sei o que explica essa fobia: aliança com Maluf sim; foto em sua mansão, jamais! Falam no “simbolismo” da foto, denotando forte influência junguiana. É preciso superar essa fobia. O eleitorado paulistano de classe média não aprova uma chapa puro sangue da esquerda. Em boa hora Erundina deixou o barco. O vice ideal seria o D’urso, que o PT diz que não convidou, mas, que declarou ter sido convidado por Serra, Chalita, Russomano e, agora, por Hadadd. Aí tem um problema: o PT terá de sentar com o PTB e discutir a relação. Os trabalhistas de Roberto Jefferson podem ceder o vice, penso eu, se tiverem maior participação na administração federal. Não se trata de um mero acordo local, mas, de uma “concertación” bem mais ampla.

  • Fiquei contente ao saber da dupla Haddad-Erundina. Isso porque, se por um lado ele tem uma face mais intelectualizada, com um discurso de gestão e planejamento nos grandes temas da cidade, ela teria muita interlocução com a periferia, com os movimentos sociais. Ou seja, bela dobradinha. Só que o PT segue pensando que todo mundo tem estômago forte. Não, gente, há pessoas que vomitam de nojo de determinadas coisas. Nem todo mundo tem estômagos vigorosos. E, sim, a foto é problema, porque não é só uma foto, indica uma disposição. A disposição de se jogar na sujeira, de fingir que o passado não existe, de tentar limpar o esgoto que é Maluf. A submissão desse encontro foi espetacular: na maior cidade do Brasil, a mais cosmopolitana, um coronel político, corrupto até o pescoço, faz, exige, manda, que um político considerado justamente o oposto dele, faça uma foto, aperte sua mão. Não, gente, definitivamente, nem todo mundo tem estômago pra isso e talvez o da Erundina já esteja bem fraco.

  • Mas que coisa,ein, Eduardo ? Se essa trama fosse armada pelos tucanos a gente até entendia.
    Acho que já comentei em seu blog a respeito da sina que caracteriza a esquerda brasileira :
    quando não tem problema, inventa um bem complicado. Brigas, acusações, precipitações absurdas.
    Veja a chamada “Intentona” de 1935. O que aquela gente esperava ? Revolta popular ? no Brasil ?
    Foi todo mundo para trás das grades…
    Parece que estou vendo a ex-juiza Denise Frossard , então deputada, comentando o comportamento
    dos petistas, durante uma CPI: sorte nossa e azar deles que brigam entre si e nunca se entendem.
    A verdade é que, esse Lula que vcs adoram, com o prestígio que tem, ainda pode arrumar muito
    rolo para o Brasil.

  • Sobre Erundina.Saída ruidosa,nos braços da Veja e de toda imprensa, atacando o Lula em entrevistas dadas com todo estardalhaço até hoje.Heroìna da hora ,a mais nova arma contra Lula dos articulistas do esgoto.Todo direito de não querer fazer parte da chapa,mas ela sabia porque está dito em entrevista.A forma que fez foi vergonhosa,entregou o Lula para os leões.
    Sobre Lula.Uma foto como essa que circula, um tempo atrás seria imperdoável.Depois de viver na prática a experiência dos governos Lula,compreendi a nescessidade da política de alianças , sem a qual infelizmente nunca chegaríamos ao poder nesse atual sistema político.Quem como eu,acredita que o Lula não é um político populista,mas um homem que melhorou a vida de milhões de brasileiros e tem o desejo legítimo de continuar ajudando a melhorar,depois do choque inicial ,entende que errando ou não,para o Lula aquela foto foi um enorme sacrifício.Os resultados não sei avaliar,só não se pode virar as costas para os fatos.

  • Edu,

    Lula está tentando romper a crosta fascista em Sampa, só que usou um explosivo danificado.
    Quanto a Erundina, que muito estimo, ela estava esperando um pretexto pra largar o barco, só que
    esqueceu que teve o apoio de Serra quando foi eleita prefeita em Sampa.

  • CARA… KAS!!!

    Você voltou com tudo, companheiro!

    24 HS de descanso te fizeram muito bem!

    Tudo que eu queria dizer, você já disse!

    O melhor texto que você já escreveu!

  • LULA O SABIO continua DANDO NÓ na AMADORA DIREITA. Só precisa descansar mais Presidente LULA. Precisa se RECUPERAR INTEGRALMENTE Presidente. Nossa Amada Pátria precisa do Sr.. O mundo igualmente.

  • Serra, ao que parece, levou fortunas de dinheiro das Privatizações para paraísos fiscais.

    Maluf é cheio da bufunfa em paraísos fiscais.

    Maluf se alia ao PT.

    Se, eventualmente, apurarem a engenharia financeira de Serra, chegarão à de Maluf. Talvez os contadores, advogados e outros profissionais que deram suporte a ambas as evasões do dinheiro público sejam até os mesmos, afinal, todos sabemos que Maluf terminou ficando amigo do PSDB, conforme mostra a foto com que Eduardo Guimarães ilustra este post.

    Se punirem as remessas de Serra, terão que punir a de Maluf.

    Punirão um aliado?

    Talvez a aliança com uma personalidade com os atributos de Maluf seja, no final das contas, uma garantia de impunidade para Serra. Seria uma tremenda ironia, já que se pretende, com a tal aliança, justamente alijar Serra da prefeitura de São Paulo.

    Devo estar viajando. Não deve ter sido isso o acertado com Lula antes da pose para a famigerada foto. O diabo é isso. A foto é pública. Já a conversa e os acertos, privados. Sim, algo foi acertado. Um homem como Maluf não faz nada de graça.

  • “Perguntaram-me quantos paulistanos querem que São Paulo continue caótica. Respondi de pronto: \”pelo Datafolha: 30%. Mas deve ser menos, né?\”.”
    — Bernardo Dror Felsenfeld

  • Nas voltas que a política dá, seria possível encarar com naturalidade uma aliança entre PT e PSDB? Entre Lula, FHC e Serra? Seria possível afirmar, como Churchill, que contra Hitler faria um pacto com o demônio?

    Se isso tudo é possível, então a política no Brasil acabou…

    • lembro dum “cabron” que se atreveu a escrever sobre o “FIM da HISTÓRIA’, e ficou milionário com isso

      verdade é que ela não acabou e nem promete tão cedo, pois neste mundo de desrespeitos, convenhamos, estamos muito longe de qq perfeição que nos leve a tal feito

      ..quem sabe da crise surjam novas e mais transparentes agremiações ?

      ..confesso que pra mim, pelo festival de COMPROMETIMENTO, por praticamente quase todas tolerarem e conviverem com companheiros suspeitos e seus mal feitos ..acho que é bem possível vermos surgir dentro em pouco propostas para o nascer de NOVAS e promissoras bandeiras ..eu mesmo já estou de saco cheio

      ahh sim, bom lembrar que na história da humanidade MUITAS besteiras já foram ditas e preditas ..só pra lembrar

      http://www.reticenciasdigitais.com.br/2012/06/86-frases-equivocadas-sobre-o-futuro.html

  • “Se o eleito for Russomano, Chalita ou Soninha talvez seja até pior, pois nenhum deles é administrador como o tucano ou Haddad”. O Haddad já administrou o que mesmo, além da loja de tecidos da família? Acho que dizer que ele é preparado, um sujeito com novas e boas idéias, etc, etc, vá lá, agora dizer que o que o qualifica para ser prefeito de São Paulo por ter sido “administrador” (?) me parece um pouco forçado. Nesse ponto a Soninha tem mais experiência administrativa do que ele, pois já foi subprefeita na Capital. #soninhaprefeita

    • O quê? A Soninha tem grande experiência administrativa. Foi superintendente da Sutaco (Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades). O Serra quando chegou ao governo pela primeira vez também já tinha experiência administrativa. Administrava a banca de frutas de seu pai no mercado municipal.

      • É, e o Botelho vai votar na Sonsinha, rapaz, que coisa. Ela foi subprefeita e bota sub nisso.
        Botelho, porque votar num subSerra? Vote logo no próprio. Ele é uma roubada (em todos os sentidos) em escala industrial. A Sonsinha é artezanal, coisa de amadores

  • Caro Eduardo
    Tem hora que política tem que ter estomago de avestruz e não de cristal, como já disse um outro comentarista.Eu também não gosto do Maluf, e nem do Sarney, mas de momento, o inimigo maior é o Serra e o que ele representa e que toda mídia esconde, uma das fortalezas neoliberal. Se no futuro, Aécio for o inimigo principal e Serra não, o PT terá que repensar numa aliança com ele.Erundina pensou grande em termos de ética, mas pequeno em termos de momento político.
    Inimigo ontem e sempre, hoje aliado, mas não deixa de ser inimigo.
    Saudações

  • Tem muita foto que o PIG não publica. Certa vez a Folha publicou uma foto do Alckmin tomando chope em frente ao Pinguim, em Ribeirão Preto. A foto ficou só uns minutos na rede e tive tempo de fazer uma cópia. Eu tinha certeza de que iriam censurar a foto. O PIG faz uma varredura nas fotos tiradas por seus repórteres e só publica o que é politicamente conveniente.

      • Hehehe… Terão sido os “petistas” da Folha que publicaram na primeira página do uma ficha policial falsa da Dilma, uma acusação de que Lula é estuprador e outra de que é assassino? Palhaço

        • A mesma Folha que omite a greve das Universidades Federais fruto da “excelente” gestão Hadadd/Lula, publica textos dos terroristas do MST e mantém, entre outros, Gilberto Dimenstein em seus quadros.

          Mas diante de sua retumbante ignorância, recomendo:

          http://www.olavodecarvalho.org/semana/111113fsp.html (sobre a USP e a Folha)

          e

          http://www.olavodecarvalho.org/semana/111124dc.html (sobre os quadros comunistas na grande mídia desde a década de 1960)

          E se chamar de palhaço é argumento para um parvo como vc, digo para pegar a tinta vermelha do comunismo/petismo e usar para pintar seu próprio nariz, pois és responsável moral pela execução direta de centenas de milhões nos regimes idolatrados por sua trupe

          • Você que é responsável pela morte de brasileiros durante a ditadura que os teus patrões impuseram a este país por duas décadas ininterruptas. O que aconteceu no resto do mundo, tanto pela esquerda quanto pela direita, é responsabilidade do resto do mundo, os brasileiros só são responsáveis pelo que fizeram do país deles, e, neste país, quem matou, torturou e aprisionou o povo foi a sua laia

          • Caramba Andrew, a muito tempo que eu não via uma retórica dessas! Você devia ter vergonha de se lambuzar assim tão fácil no pior fascismo mentiroso, visto que a “história” (ou estória) sem noção que você vomita só passa em mentes deformadas, no mundo real, “seres” como você são risíveis. Vou te dar uma dica, você está só e fala apenas para meia duzia de celenterados… Por outro lado, continue rosnando e babando, eu adoro ver lixo como você nessa situação!
            AdeWs.

          • Se morreram centenas de milhões nos países do bloco comunistas como que esses países não acabaram? Seje mais inteligente em seus argumentos. Não dispare a falar a imbecilidades. Qualifique os seus argumentos. Críticar esses países é aceitável. Vomitar asneiras inracionais é imperdoável.

          • Olha só, um formando do cursinho do Olavo de Carvalho!

            “Pregar para o gentio” é parte do trabalho de conclusão do cursinho do astrólogo-filósofo?

            Aproveitando que você está aqui, explique de onde seu “mestre guru” tirou coisas como

            – a invasão de Angola liderada por Che Guevara em 1975
            – o fato de Bill Clinton ser agente infiltrado de Pequim no governo americano
            – Isaac Newton ser um idiota por ser ateu, além da Lei da Inércia ser uma farsa

            Entre outras revelações geniais…

      • Claro que é possível sim um jornal conservador como a Folha de São Paulo ser “forrada” de petistas, pois este partido após sua chegada ao poder, tornou-se hoje é um enorme balaio de gatos de todas as matizes e cores que simpatizam com suas politicas inclusivas; mas indefinido ideologicamente, a começar pelo seu líder mor…Afinal, isto é apenas um mais um termo do linguajar mui usado no PIG e adjacências à direita, que denomina de “petistas” , qualquer um que não reze adequadamente a cartilha da unanimidade, do pensamento único, idiótico e obediente a abominável ordem estabelecida do capital…simplesmente substituiu o antigo termo “comunistas” da finada “guerra fria” …

      • Bah, tchê!
        Mas que barbaridade é esta de a lei da inércia ser uma farsa….
        Farsa é o que fizeram com Protógenes e Paulo Lacerda.
        Farsa é a tal bolinha de papel.
        Farsa é o tal diploma de economista que nunca foi visto.
        Farsa é o tal grampo sem audio.
        E vai por aí…

        Andrew, toma um sal de fruta , vai….

  • Tem gente que acredita que Maluf, Sarney, Calheiros, Collor e cia. são melhores que o Serra? Que o Serra é a “fortaleza neoliberal”? kkkkkkkkkkk

    Delírio!

    • Não, eles não são “melhores”. São menos piores por terem menos poder. Eles podem ser contidos, o Serra precisa ser combatido.

      Enquanto isso, gente como vc e Olavo de Carvalho (é piada, né? Citar o Olavo e querer ser levado a sério é realmente o fim da picada!) podem simplesmente ser ignorados.

  • Eduardo,
    Sobre os problemas de migração, tenha paciência, é como um parto: muitas horas de dor e depois uma alegria imensa.
    Neste momento, a carga de páginas está rapidíssima.
    Boa sorte!

  • Eduardo:
    indefensável a união de Lula & Maluf… Minha pergunta é: Lula e Alzheimer se abraçaram? Depois da conversa com Gilmar Dantas, tudo faz crer que sim… Lula: pede pra ….. e sai!

  • Li dois artigos sobre a Venezuela, um no Blog do Miro e outro no Rodrigo Vianna (Escrevinhador).

    Então, é o seguinte: de fato, o Brasil de Lula conquistou avanços inéditos em crescimento e justiça social. Dito isso, é preciso reconhecer que os avanços na Venezuela foram imensamente, gigantescamente maiores.

    – analfabetismo erradicado (segundo auditoria da Unesco e do Partido Republicano dos EUA);

    – o melhor índice de distribuição de renda da América Latina e Caribe;

    – redução e quase extinção da pobreza;

    – o maior crescimento econômico da década na América Latina e Caribe.

    Isso foi possível porque o presidente Chávez não faz alianças com a direita. Ele se alia ao movimento popular. A “governabilidade”, que aqui é obtida em alianças com Sarney, Maluf, Collor, Roberto Jefferson e outros, lá é mantida pela força das organizações da sociedade civil. É uma governabilidade de esquerda.

    De fato Haddad é, de longe, o melhor candidato dos que estão aí. No entanto, a aliança com Maluf fará com que mais vereadores malufistas sejam eleitos. Alguém acha isso bom para São Paulo? A aliança com Maluf envolve, certamente, a entrega de uma das secretarias da prefeitura ao malufismo. Provavelmente será a Secretaria Municial de Habitação. Alguém acha isso bom para São Paulo?

    O fato é o seguinte: já que o PT não tem mais raízes no movimento de massas, porque abdicou dessa aliança, então o partido precisa mesmo se aliar com qualquer um que consiga alguns segundos a mais na TV.

    E digo mais: o PSOL, PSTU, PCO e outros estão conquistando a direção de cada vez mais sindicatos, centros acadêmicos e DCEs, um atrás do outro. O Sindicato dos Metroviários de SP é só um exemplo. Se o PT não quer mais os sindicatos, há quem os queira. E, na minha visão, a influência desses partidos não é a melhor para o movimento popular. Só que eles estão lá, na luta. Enquanto isso, o PT está fazendo omelete na Globo e almoçando na mansão do Maluf.

    • Locatelli (aliás, tem um Locatelli, gente finíssima, que estudou comigo e se formou um ano antes de mim na Unisantos… é parente seu?), não dá pra comparar o Brasil com a Venezuela.

      A exploração do povo por lá era uma ordem de magnitude, ao menos, maior do que no Brasil. Tanto que Chávez não precisou de apoio nenhum da direita pra se eleger, enquanto aqui Lula tentou e tentou e nadou.

      Além disso a Venezuela é o quarto maior exportador de petróleo do mundo, e os proventos disso iam todos para as mãos de meia dúzia. Chávez transferiu todo esse mar de dinheiro para o povo e transformou o país, o que lhe garantiu duas coisas: a oposição intransigente da direita, e o apoio incondicional do povo.

      A questão da Venezuela se centrava num só ponto, os proventos da exploração do petróleo. Ou seja, as diferenças entre a direita e a esquerda de lá eram completamente irreconciliáveis. Sempre foi “tudo ou nada” e não havia o que transigir, o que negociar.

      No Brasil, porém, a exploração é mais diversificada. Há setores da direita não ligados a uma forma ou outra de exploração, com as quais Lula podia negociar. Mais, com as quais Lula PRECISAVA negociar pra ter poder pra fazer o que poderia fazer.

      Instaurar um bolsa-família num país do tamanho do Brasil não é pouco, não. Não deixa nada a dever para qualquer uma das conquistas individuais venezuelanas. Tirar tantos milhões da miséria, idem.

      Todas as conquistas nossas foram fruto de intensas negociações com partes da direita. Chávez jamais pôde fazer isso, e só conseguiu fazer alguma coisa por contar com o apoio popular imenso que se traduziu em uma maioria maciça no Legislativo. No Brasil, apesar da aprovação recorde de Lula e Dilma, essa aprovação não se traduziu em uma maioria similar pelo simples fato do Brasil ser muito maior e mais populoso e mais diverso que a Venezuela.

  • Edu, se queremos um País com educação de qualidade, saúde, menos desigualdade temos que deixar de lado essas picuinhas do tempo da guerra fria. Maluf está apoiando um projeto vencedor liderado pelo PT , Lula e agora Dilma, assim como Sarney, Collor, Renan entre outros reaças. E não o contrário, isto é, Pt, Lula e Dilma apoiando-os. Lula faz os acordos às claras, e isso tem que ser admirado e não criticado. Em outras situações Lula fora criticado, e você foi um dos poucos a apoiá-lo, mas agora todos, exceto PHA , mostraram-se indignados com as ações de Lula. Com certeza Lula já previra isso, e deve tá dando gargalhadas dos que o criticam. Abraço

  • Questão de assessoria. As pessoas do conturbado 1° mandato estão voltando. Isso é ruim. Lula precisa tomar cuidado. Senão… O famigerado pig já está explorando.

  • Tem um velho ditado que diz: “o uso do cachimbo deixa a boca torta.” Por outras palavras, de tanto me aliar ao Diabo vou morrer abraçado com ele no Inferno.
    Quanto à decantada visão estratégica de Lula, venerada com um fanatismo quase que religioso por um bando de amestrados, eu só queria lembrar que, se não fosse por um certo caseiro, que se tornou responsável por defenestrar o “impoluto” Antonio Palocci, o governo de Lula, muito provavelmente, não teria dado a guinada na política econômica que lhe permitiu enfrentar e vencer a guerra que se movia contra seu governo. Por essa razão, em certos meios, em tom de blague, se diz que o Brasil tem duas eras: AC e DC, ou seja, antes e depois do Caseiro.

  • Prezado Eduardo: Não esqueça que “em política não há amigos para sempre, nem eternos inimigos”.A política nada mais é do que uma guerra e esta para ser vencida precisa das armas – OS VOTOS DOS ELEITORES – , além da vontade de vencer, ou seja, moral elevadas da tropa – OS ELEITORES – . A jogada política que LULA fez deixou a direitona totalmente atordoada e a esquerda confusa, acreditando que entende de política. As pessoas sabiam que o PP de Paulo Salim Maluf é aliado do PT, então, nada de estranho nesse apoio que já vem de algum tempo.
    A candidata que desistiu de ser vice na chapa Haddad tinha pleno conhecimento dessa situação, e ao aceitá-la e depois desistir , acredito que sabia da repercussão que essa atitude teria e que seria usado pela grande imprensa, o que foi feito imediatamente pelo PIG sem pestanejar, inclusive com entrevista em páginas amarelas da Veja, segundo alguns blogs estão noticiando.O que a direitona está fazendo é o que sempre fez e a turma da esquerda ou simpatizantes, ou aqueles que desejam um futuro melhor parece não ter percebido é que ela busca é levar o desânimo e o abatimento moral aos militantes anti PSDB e anti PIG.
    Não se deixem abater. Opinem, critiquem, reclamem, mas lembrem-se de votar em quem tem compromisso de luta por um futuro melhor.

  • Eduargo, ninguém atentou que a decisão de Erondina de não participar da chapa de vice do Haddad não ter nada a ver com Maluf. Como todos devem saber, no ano passado, Erondina foi condenada pelo Tribunal de Contas do Município de São Paulo a devolver dinheiro aos cofres públicos.

    A decisão do Tribunal de Contas é colegiada, e, como tal, torna Erondina inelegível, segundo a Lei da Ficha Limpa.

    Portanto, a desistência de Erondina de não figurar na chapa como vice do Haddad foi uma antecipação do que, fatalmente, iria acontecer, com um pedido de indeferimento de seu registro à Justiça Eleitoral.

    É claro que Erondina não vai dizer isto em público. Por isto arranjou essa desculpa esfarrapada da visita de Lula a Maluf para expressar sua indignação, fato este que ela sabia antecipadamente, e mesmo assim aceitou compor a chapa com Haddad.

    Então, quando ela se deu conta de seu impedimento, saiu com essa conversa de cerca-lourenço.

  • Senti uma porrada na cara com essa foto.
    Mas (tem sempre um “mas”) com o PSDB pode?
    Enquanto Maluf estava nos braços do PSDB, com fotos ou sem fotos não havia problemas, né?
    PSDB aceita até cachoeira. PT tem que ter cuidado para não sair na foto… Quem mesmo?
    P…a… Lula; precisava fazer foto?
    Que mancada imperdoável.
    O grande estrategista político de grandes embates deu á oposição um prato cheio. tsc, tisc, tisc…

  • O Maluf é maquiavélico, todo mundo sabe. Não duvido nada dele tirar a “escada” do Lula e voltar a apoiar o seu irmão siamês Serra! De bôbo ele só tem a cara! Mesmo sabendo que o Maluf, se comparado com o Serra, é apenas um batedor de carteira, o custo/benefício desta aliança só saberemos de fato em Outubro.

    • Um pouco de ilação:Maluf é “mafioso”, digo, “matreiro”, o suficiente para “fazer de conta” que fez a aliança com o PT, tirar a foto “propositadamente” para, em seguida, “cair nos braços do outro lado.” A foto seria apenas para servir para a campanha em prol da derrubada da candidatura do PT. De certos políticos pode se esperar o impensável!

  • Edu, compreendo e respeito o seu posicionamento, mas todos nós devíamos ficar apenas com lembranças de fotos de Lula em seus momentos como um grande estadista. Principalmente, nós do nordeste e mais ainda de Pernambuco, onde há polarização entre a esquerda e a direita.Ainda estou chocada com a foto com Maluf! Parece um pesadelo!! Quando será que o PT de São Paulo vai parar de governar o PT Nacional? Vale a pena destruir tudo que até hoje foi construido pelo PT em outros estados, assim como, a imagem do grande presidente Lula, apenas para tentar, veja bem, tentar, a prefeitura de São Paulo? Pergunto-me: Como Lula com a sua reconhecida sabedoria entrou nessa fria? Vale lembrar que São Paulo sozinho não elege um presidente da república. Quem vai recolher os “cacos” do estrago nos outros estados? Essa foto vai aparecer em todos os guias eleitorais pelo Brasil a fora, juntamente com áudio onde os candidatos de esquerda dizem cobras e lagartos de Maluf.

  • Eduardo, não penso que houve um desastre, talvez uma “encostadinha”, seja lá onde foi. Se os paulistanos querem outro governo, melhor, não vão votar em Serra, podem votar até em Soninha, mas o natural é votar em Haddad, um bom ministro, alinhado com o governo federal, com maior capacidade de trazer recursos financeiros para a capital paulista.

  • Uma taça para Lula: a avenida Paulista (via O Cafezinho)

    Lula aprendeu com os políticos que quem tem princípios não pode fazer política, pois política democrática é, antes de tudo, negociação contínua, e princípios são princípios, ou seja, são coisas que “vem antes”. Nada pode vir antes na negociação. A negociação é tudo. Só importa nela o resultado, ou seja, o acordo fechado contra o adversário comum. Saber costurar isso e, ao mesmo tempo, medir as conseqüências disso no eleitorado é uma arte que não é para qualquer um. Só Lula sabe fazer isso, hoje, no Brasil. O resto é amador.

    Leia mais: http://ghiraldelli.pro.br/2012/06/19/uma-taca-para-lula-a-avenida-paulista/

  • O limite entre o pragmático e o idealismo. Perfeição já, de imediato? É possível o céu na Terra? Qual o limite para que a prioridade “pais rico é pais sem pobreza” se concretize ao nível de uma Noruega que já tem seu presal como passaporte para o futuro.
    Este anátema lido em um templo católico anos atrás “Enquanto vocês fazem congressos para discutir minha fome, estou passando fome”.

    Lula não é infalível, porem é atuante. Um cabo eleitoral decisivo. Quão necessário são os 3 minutos de TV (1,5 + 1,5 que Serra perdeu)? Ao Serra tudo é permissível dentro da sua realpolitik– privataria tucana, bolinha de papel. Lembram das trapalhadas na escolha de seu vice a presidência?

    Alem do Nassif que considerou o gesto dela como algo por demais individualista quanto aos estratos sociais periféricos que poderia representar como vice prefeita; estou a lembrar entre vários outros isto que tirei daqui http://esquerdopata.blogspot.com.br/2012/06/etica-da-idealista-erundina.html

    “O PT foi oposição radical a Collor e continuou sendo a Itamar. Não fazia concessões em seu oposicionismo. Era pau puro, porrada em cima de porrada, não admitia nada que estivesse um milímetro fora de sua cartilha idealista/ética/socialista.

    Esse mais forte ainda de http://esquerdopata.blogspot.com.br/2012/06/erundina-trabalha-de-graca-para-direita.htm
    “Não me lembro bem do fim da nossa conversa, acho que não consegui nada para os meus colegas, mas me recordo exatamente de uma frase dita pelo tal patrão, com certeza o pior de todos que já conheci. A frase, porém, tal o seu grau de cinismo, era muito boa:
    – Adoro os idealistas, pois eles trabalham por pouco, não preciso pagar quase nada para eles.

  • O PP..apoia o Governo Federal,desde 2004,com Lula….e continuou com Dilma.Lula pode ter arriscado todo seu cacife eleitoral,na foto com Maluf!!Mas o PP da apoio ao PT,com minutos na TV/Radio….O PT nao apoia o PP parece esta a reciproca!!Este tempo tambem foi cortejado por Cerra….não podemos fazer o jogo do pig..
    batendo nesta tecla….o pig quer por areia na subida do Hadadd de 3%% a 8 %%%,impedir seu crescimento! Vamos virar a pagina dar todo apoio ao Hadadd,que tem otima performance no radio/TV,o vi no Band/eleiçoes..Viva a blogosfera!!! Espera que este Blog esta OK!….agora!!

  • Bom dia Eduardo.
    Pela admiração que tenho por você e seus textos, pela sua coerência com a cidadania, e por seu desconforto com a situação que é nítida, me obrigo a lhe fazer uma questão; uma questão simples mas que para mim um cidadão mediano, sem 3º grau, meia idade, ocupando um posto de trabalho conquistado na base da competência suada, me obrigo a perguntar a alguém que julgo mais competente para responder.
    O que devo dizer a meu filho, quando ele vê a foto de Lula com Maluf ?
    Tenho várias respostas pra isso, mas gostaria da resposta de uma pessoa que admiro de verdade, para ver se consigo me embasar melhor.

    Obs.: vamos perder mais uma eleição em São Paulo, e desta vez não será na raça dos companheiros, nas madrugadas na internet (twitando/ vendo as twitcams), não será discutindo os programas dos candidatos, desta vez perderemos por falta de algo, algo que pode ter se perdido em uma simples e “impensada” foto, ou mesmo algo que àqueles que sempre tentam nos desencorajar sobre a questão de sermos idealistas sempre nos dizem… “vocês são infantis, românticos, utópicos”.

    Obrigado e por favor se tiver a oportunidade me responda.
    Abraço;
    Rodrigo Agostini.

    • Rodrigo, diga ao seu filho que Lula transformou o Brasil para melhor, mas que Lula é humano e, por isso, também comete erros, e que aquela foto que estará mostrando foi um deles.

  • Edu: concordo contigo. Enquanto a militância de esquerda se entrega, mais uma vez, ao jogo da máfia midiática pré- eleição. O serra está aliado com o partido mais corrupto do pais(dem) e tudo bem. O paulistano, ainda, se curva aos apelos midiáticos. Quanto a erondina, fez o que toda esquerdista tem feito em períodos eleitorais: abandona o barco e jura que foi por idealismo, senta no colo da direita, fala mal do Lula para a veja, folha, estadão, globo e desestabiliza um projeto político, que, todos viram, deu certo nacionalmente. A infantilidade dos eleitores de esquerda, tem, sempre, ajudado a acapultar a direita. Será que um dia terão capacidade de priorizar o projeto e não uma foto? Se, até hoje, ainda se permitem ser usados pela mídia quando isso interessa a ela(sempre é assim, tudo se repete, ano pós ano), não acredito mais que isso mude e eles se percebam massa de manobra.

  • Insisto em um ponto, que me parece ser o principal.

    Quando Erundina concorreu com Maluf (e ganhou), ele era o representante da extrema direita paulistana com todos os seus preconceitos e intolerâncias.

    Hoje essas mesmas forças do atraso estão alinhadas na candidatura tucana, sendo que Serra ocupa hoje o lugar que Maluf ocupava naquela época.

    Não é que Maluf tenha melhorado. Como pessoa ele continua execrável. Tão execrável quanto outras lideranças políticas tradicionais de direita que fazem o varejo político partidário de negociação do horário eleitoral. Tão execrável que até ontem estava aliado aos tucanos.

    Mas precisamos fazer uma análise política. Quem representa a direita, o preconceito, a intolerância, a exploração dos trabalhadores, o elitismo e tudo mais que queremos combater para melhorar nossa cidade e a vida de sua população? Hoje é o Serra que representa tudo isso. Seria ótimo que pudéssemos vencer eleições sem o balcão de negócios do horário político e das coligações opoertunistas, dando uma banana para os partidos de aluguel. Mas isso não é possível devido ao nosso sistema político que só uma reforma política para valer pode alterar. enquanto isso não ocorre é necessário sim conversar e compor inclusive com forças conservadoras para evitar o mal maior. São negociações necessárias para quem tem perspectiva de vencer. Para quem não tem, fica a posição confortável de fazer-se de ético só como jogo de cena.

    Eunão acho que a jogada hipócrita e mentirosa da trollagem demotucanalha que se finge de “petista arrependido” vá surtir efeito. A própria militância de esquerda vai identificar a hipocrisia e as mentiras por traz dessas manifestações orquestradas pela direita. Trollagem não muda rumo de eleição nem muda a opinião de ninguém.

    • Concordo inteiramente com voce Ruy e acrescento o seguinte: como estaria o Brasil hoje se o Lula não tivesse ganhado as duas eleiçoes???? estariamos com mais de 10 anos de governo tucano. Para ele ganhar foi necessario fazer alianças que não gostamos. Pensem bem: como estaria o Brasil hoje com 10 anos de governo tucano??? não quero nem imaginar!!! E esta é a grande diferença entre o Lula e outros politicos de esquerda: o Lula por um bem maior tem coragem de assumir suas posições e “beber desta bebida amarga”, outros não tem…. Um abraço

    • Pra mim “jogada hipócrita” e “trollagem” é dizer que o “Serra ocupa hoje o lugar que Maluf ocupava naquela época” e que “é necessário sim conversar e compor inclusive com forças conservadoras (Maluf) para evitar o mal maior (Serra) “.
      Para mim esse seu discurso é de uma desonestidade intelectual incomensurável, bem pior que “trollagem”.

      • Mas é isso, Serra é a cara da São Paulo de hoje. Ela é reflexo do que vai na cabeça desse sujeito. Se encontrar algum paulistano que diga que a cidade melhorou desde que Serra assumiu seu controle, ele integrará um grupo que não enche uma Kombi

        • Você está imputando coisas à cabeça “desse sujeito”.
          “Esse sujeito” que vos fala não disse que a cidade melhorou ou piorou quando o Serra era prefeito.
          “Esse sujeito” que vos fala apenas acha que é um absurdo igualar o Maluf ao Serra.
          Seria absurdo igualar o nível de corrupção do Maluf na prefeitura de São Paulo tanto com Serra quanto com Covas quanto com Marta quanto com Erundina.
          Entendeu?

          • Ô seo Sebo, ops, digo seo Sebá, a maior parte dos malufistas tucanaram, o Maluf de hoje não chega aos pés do Maluf de uns quinze anos atrás, pois a maior parte da malufada tucanou.

            Hoje o Nosferatu Cerra é o Maluf de ontem. O Maluf de ontem é o Nosferatu Cerra de hoje. Os dois se especializaram em enganar grande parte da população paulistana e paulista.

            Apesar do Maluf de hoje não representar mais aquele Maluf poderoso de tempos atrás, este Maluf atual deveria estar na cadeia e ser obrigado a devolver aos cofre públicos uma boa parte do seu patrimônio.

      • TODOS os que eram malufistas roxos na época da eleição de Erundina são serristas roxos hoje e não ligam mais para o que o Maluf está fazendo. Isso é um FATO que se pode observar facilmente conversando com os direitistas.

        Não há desonestidade intelectual nenhuma no que eu estou afirmando. É minha opinião e um fato observado por mim que você poderia discordar no âmbito de um debate honesto. Não apresentei provas falsas nem tentei dissimular minha opinião e muito menos enganar alguém.

        Agora, você sim está agindo com desonestidade intelectual. Você discorda de mim, até aí tudo bem, mas em vez de apresentar seus argumentos, apontar um fato ou simplesmente dizer que não concorda, você prefere tentar enganar os outros leitores me acusando de uma coisa que eu não fiz, como se a acusação em sí fosse um argumento. E não é, é uma falácia. Trata-se da famosa falácia “ad hominem”, onde você acusa alguém de alguma coisa, para tentar desqualificar suas afirmações. O uso dessa falácia denota a tentativa de enganar as pessoas, portanto é claramente desonestidade intelectual.

        Repare que eu não precisei xingar, apenas apresentei uma argumentação lógica provando que quem está cometendo desonestidade intelectual aqui é você. Isso independentemente de minahs afirmações estarem certas ou erradas (e reafirmo que estão corretas).

        Não sei o que te motivou a ser desonesto intelectualmente. Pode ser falta de argumentos, pode ser má-fé ou outra coisa qualquer. Mas seja o que for, boa coisa não é.

        • Não. Você está desvirtuando o que está em questão. De novo esta tergiversando. Se houve eleitores que antes votaram no Maluf e agora votam no Serra é outros 500.
          Quer dizer então que só porque os eleitores do Maluf agora votam no Serra ele é por tabela tão desonesto ou pior que o Maluf? Muito bom esse seu exercício de lógica hein?
          O que acontece é que no seu discurso você está dizendo implicitamente que o PT tem sim que se aliar ao Maluf para combater um mal maior que é o Serra.
          Dizer que o Serra (ou até mesmo algum dos petistas mensaleiros) é pior que o Maluf é sim ser desonesto.
          Todo mundo sabe que o nível de corrupção do Maluf está bem acima de qualquer um dos integrantes do PT ou PSDB. Talvez só o Quércia ganhava dele.
          Tentar justificar a aliança do PT & Maluf para o combate a um “mal maior” chega uma coisa boçal.

          • Quem está tergiversando é você.

            1) Você não respondeu a questão principal de mina réplica. Você me acusou de ser intelectualmente desonesto, mas a desonestidade foi sua porque atacou a pessoa para enganar os leitores fazendo passar acusações como argumentos. E ainda por cima fez uma acusação mentirosa sem conseguir fundamentar ao menos a acusação. Você continua xingando em vez de argumentar, em uma atitude boçal.
            Repare que você está me acusando daquilo que você faz. Isso é projeção. Você é um bosta e me xinga dizendo que eu sou um bosta. Só que eu estou provando com argumentos a sua imbecilidade, você no entanto não consegue provar nada. Apenas projeta em mim sua própria estupidez.

            2) Confrontado com a falta de argumentna ação você procura defender que é um absurdo a minha afirmação inicial. Mesmo que eu tivesse afirmado um absurdo, seria minha opinião, portanto não justifica seus xingamentos. Seu imbecil. Porém em sua boçalidade nem a argumentação que tentou fazer tem validade.
            Você mente, seu cretino dizendo que minha argumentação seria para dizer que o Serra é tão desonesto quanto o Maluf, Eu disse que O SERRAS É O REPRESENTANTE DA EXTREMA DIREITA paulistana, portanto o argumento que os malufistas de omtem são os serristas de hoje é perfeitamente adequado, ao contrário de sua tréplica que é desonesta porque me atribui afirmação que eu não fiz. Seu burro mentiroso.

            3) E se não disse antes digo agora: O SERRA É TÃO LADRÃO QUANTO O MALUF. Só que os argumentos que fundamentam essa afirmação são outros, palhaço. Esses argumentos estão muito bem explicados no livro “A Privataria Tucana” de Amauri Ribeiro Junior, que não é uma besta como você. Se quiser mais podemos citar as peripácias do Paulo “afrodescendente” preto e as denúncias de Pagot sobre a roubalheira no Rodoanel e a repartição do roubo entre Serra, Alckmin e Kassab. Seja menos burro e entenda a diferença entre as afirmações e os argumentos, seu animal.

            4) Xinguei bastante em minha resposta porque parece que é a única linguagem que você entende e é nesse nível que você deseja debater. Seu cabeça de merda.

          • Ahhh perdeu a linha hein?
            Como se vê fica difícil discutir com pessoas como você.
            Deve ser triste pra quem convive lado a lado com pessoas como você que se acham os donas da razão e não podem ser confrontados.

        • Plenamente de acordo com você Ruy. Esse tal Sebastião, ao afirmar que não é verdade que “Serra ocupe hoje o lugar que Maluf ocupava naquela época”, está mostrando que é, no mínimo, tucano e defensor do Serra; assim sendo, esta discussão para mim está encerrada, pois não vejo por que discutir assuntos internos do PT com alguém que está aqui para jogar lama e denegrir nossa bandeira vermelha estrelada… Que vá lamber a careca do Nosferatu bicudo…

          • Nossa! Mas que argumentos!

            Então fica assim, a discussão está encerrada por que eu sou um “tucano” interferindo nos assuntos internos do PT…. Ui! Essa doeu.

          • Sebatião, não se faça de coitadinho. Isso só mostra mais ainda sua desonestidade. Você xingou primeiro, agora aguente as consequências. Embora pela sua atitude fique evidente que não é homem suficiente para isso.

          • Nossa, olha o Ruy falando que não sou homem suficiente pra alguma coisa…
            Que valentão…
            Perde a linha e parte pra ameaça. Que feio.

  • Senhores petistas.

    Depois que os senhores consagraram o Lula como um deus e ele aceitou esta condição, os comportamentos que vêm demonstrando confirmam como perderam quaisquer compromissos com o bom senso! Em hipótese alguma lamento! Ao contrário, faço votos que continuem assim!

    Att. Eugênio José Alati

    • Ninguém coloca Lula como um deus. Mas ele é sim o maior e mais importante político da história do Brasil, além de ser o melhor presidente que este país já teve. Não é errado e nem falta de bom senso ter essa opinião.

      O que é errado e falta de bom senso é colocar um comentário xingando as pessoas sem dizer o porquê desse xingamento. Isso denota falta de argumentos, o que compões um quadro patético junto com a amargura do ressentimento de perdedor inconformado que transparece em seus resmungos (assim devemos chamar seu comentário porque sem argumentos sua mensagem não passa disso, resmungos).

      A inveja é mesmo uma merda, corrói o invejoso por dentro e o faz passar vergonha.

  • O Nordeste e o ceará se desenvolvem.INVESTIMENTOS geram empregos e renda.Azar dos DEMonios e dos Tucanos:

    PROFISSIONAIS E ESTUDANTES20/06/2012 – 09h00

    239 vagas para capacitação na construção da Siderúrgica do Pecém-CE

    A Universidade Federal do Ceará (UFC) está com inscrições abertas para 239 vagas na capacitação de profissionais e estudantes, para atuar na construção da usina da Companhia Siderúrgica do Pecém. A seleção, realizada por meio da Agência de Estágio da Pró-Reitoria de Extensão, é uma parceria com a Posco Engenharia e Construção do Brasil Ltda.

    Entre os requisitos, há a exigência de nível de inglês avançado/fluente (comunicação verbal e escrita eficaz) para todos os candidatos.

    Para os cargos de engenheiro e arquiteto, o requisito mínimo é o inglês avançado/fluente e já ter concluído o curso de graduação. Candidatos aos demais cargos podem estar cursando o Ensino Superior, desde que atendam ao requisito do idioma e possuam as competências técnicas essenciais para a função, segundo explica o analista de recursos humanos da Posco, Venicius Sabóia.

    Até o dia 30 de junho, ficam abertas inscrições para o preenchimento de 73 vagas assim distribuídas:

    Almoxarife (8); analista de contratos (2), arquiteto (9), assistente administrativo (12), assistente administrativo – administração da construção (1), assistente administrativo – controle de custos (2), comprador (2), engenheiro civil (12), engenheiro civil – rodovias e drenagem (2), engenheiro civil – terraplenagem (2), engenheiro eletricista (7), engenheiro mecânico (5), engenheiro mecânico – inspetor de solda (1), gestor de materiais (1), intérprete inglês-português (5), scheduller (1) e topógrafo (1).

    Mais 166 vagas ficarão abertas até dezembro deste ano, para preenchimento progressivo. São as seguintes:

    Administrador geral (1), almoxarife (25), analista de contratos (2), arquiteto (22), assistente administrativo (12), assistente administrativo – administração da construção (2), assistente administrativo – controle de custos (3), comprador (2), engenheiro ambiental (1), engenheiro civil (23), engenheiro civil – cadista (1), engenheiro civil – controle de qualidade (2), engenheiro civil – ferrovias (2), engenheiro civil – planejamento (1), engenheiro civil – rodovias e drenagem (4), engenheiro civil – terraplenagem (2), engenheiro eletricista (21), engenheiro mecânico (25), engenheiro mecânico – inspetor de solda (1), gestor de materiais (2), intérprete inglês-português (9), scheduller (1) e topógrafo (2).

    Os interessados devem entrar em contato com a Agência de Estágios da UFC:
    Prédio da Reitoria (Avenida da Universidade, 2853 – Benfica)
    Telefone: (85) 3366.7413.

    > OBS: Compromisso com o blog da cidadania efetuado.

  • Carta aos brasileiros,a blindagem do Meirelles,o não enfrentamento da mídia,os rega bofes da Dilma,sua “adulações” a FHC.Cero que o PT ainda tem uma visão e programas sociais de ampla relevância para a população,mas vai perdendo (e rápido) suas raízes sua identidade,está visivelmente trocando seus ideais por um projeto de permanência do poder,contabilizando a fraca oposição e a decadente queda do monopólio midiático.E se acontecendo a inocência do José Dirceu no STF pelo “mensalão”,teremos mais uma cabeça dominante a aprofundar este processo.Se o PT conseguir a prefeitura de SP e colocar a máquina para trabalhar o social e atingir as camadas mais pobres da população,e também um parcela da classe média.Adeus oposição, alguém falou que os partidos da extrema esquerda estão se instalando em diretórios e sindicatos,mas isto não adianta muito,pois estes partidos não tem capilaridade,nem estrutura para virem a ser uma real oposição ao governo Lulo-Dilma-Dirceu-PT .A verdadeira oposição,critica,séria,embasada sairá do seio dos partidos de esquerda que compõem o governo bem como dos movimentos sociais organizados,da blogosfera,Mas não uma oposição como fazem a direita e a a extrema esquerda.Sera critica quando necessária, propositiva,e até aliada em questões de interesse par o país.Quando a campanha começar,este episódio sera esquecido(Maluf-Erundina),o que vai acontecer ,sempre que o Serra esta envolvido,é a nivelação por baixo,pro esgoto da campanha, factoides,difamações.Resta saber se o povo vai querer mudar ou continuação,esta sera de fato a decisão que ele tomará nas urnas.

    • Esse papo de “projeto de manutenção de poder” é de uma indigência intelectual ímpar.

      TODO partido quer e precisa ficar no poder. É ridículo “acusar” o PT de fazer aquilo que todos os partidos NASCERAM pra fazer.

      O que esse argumento falacioso tenta sugerir nada sutilmente, é que o PT desejaria o poder pelo poder somente, sem nenhum objetivo que não seja o benefício próprio de seus integrantes. É essa a verdadeira acusação por trás dessa bobagem de “projeto de manutenção de poder”.

      Mas é uma acusação que pode ser facilmente demonstrada falsa. Basta ver o que o PT tem feito com o poder que tanto deseja: redução de desigualdades, justiça social, crescimento econômico. Não é um poder para se locupletar, mas sim o poder para transformar. E o PT tem mais é que se agarrar a esse poder mesmo, e continuar a fazer o que está fazendo!

      Se tiver que fazer acordo com Sarneys e Malufs, que seja, desde que continuem a reduzir a fome, a desigualdade social.

      No dia em que vc tiver alguma evidência de que o PT deixou de lado as suas intenções de melhorar o país para o POVO (e não para meia dúzia de bilionários), aí sim vc poderá falar de “projeto de manutenção de poder”. Antes disso, é mero sofisma pra disfarçar uma acusação mais grave e evidentemente falsa.

      • Meu caro ,em algum momento do comentário eu deixei de citar a opção do PT pelo social,agora que ele tem um projeto de permanência no poder esta claro pelas sua não ações,mais que pelo contrário.Eu aqui em Minas ajudei a fundar este partido,se voçe é aqui de Minas,como qualquer observador politico,é só ver,perguntar onde estão os fundadores,as cabeças que formalizaram,pensaram o partido,a energia que atraiu mais mais pessoas e jovens,onde estão esta maioria de fundadores?quase todos saíram,se decepcionaram com os rumos do partido.Eu critico uma “criatura” que eu ajudei,lutei,abri as portas de minha casa.Se você não gosta do que leu paciência,mas veja quem critica ,e principalmente de fatos,vier com essa de indignado,pra cima de muá.Eu sou membro filiado,e não sou um xiita fanático como você demonstra, vá cantar em outra freguesia que aqui não!

        • Eu ataquei sua afirmação com uma série de argumentos. E vc me responde chamando-me de “xiita” e advogando, para sim, uma “autoridade moral” que valida seu julgamento do PT “que vc ajudou a fundar”, sem sequer mencionar qualquer um dos meus argumentos, mas apenas a minha pessoa e a sua.

          Preciso dizer mais alguma coisa pra demonstrar quem é o “xiita” aqui?

          Pois bem: quero que se dane se vc é “fundador” do PT ou se vc “decepcionou-se”. O argumento se mantêm por sua própria força: todo partido PRECISA manter-se no poder para fazer o que quer que almeje fazer, e apontar para essa necessidade NÃO é uma demonstração de “perda de rumo e valores” ou o que quer que seja. Ponto.

          Se vc não tem nada a dizer em relação a isso, esse papinho furado de “vc sabe com quem está falando?” não me interessa nem um pouco.

          • Então fique com a sua opinião,eu fico e mantenho a minha e sobretudo o respeito e minha dignidade,não preciso baixar o nível e nem vou para sustentar uma visão pessoal,fique com a ultima palavra.

  • .
    Acho que Lula está tentando o “golpe de mestre”… resta saber se vai dar certo. No fundo é uma estratégia para tirar os tucanos do domínio pleno no reduto paulista. Manobra ariscada, está desafiando tanto o poder político quanto o midiático, alvoroçando alguns companheiros, falsos companheiros e adversários bobos, esses nada teriam a ver com isso. Se não fosse o personagem Maluf, nada seria estranho, pois o PP já apoia o PT no âmbito federal. Maluf é considerado ferida para o PT, se fosse para o PSDB ninguém falaria nada, tudo seria normal.

  • Muito bom seu texto Edú.
    Reza o ditado que na vida devemos evitar três coisas: “Nunca tome atalhos na vida, nunca tenha curiosidade pelo mal e nunca tome decisões em momentos de ódio ou raiva”.

  • Edu,
    Realmente, é muito falta de visão do PT paulistano essa maldita alliança do Maluf (argh!)!!
    Será possível que, depois de tantos reveses na vida política nacional, esse povo não tenha tirado uma lição esclarecedora???
    É muita clara, nesse caso, para qualquer criança que já comece a ler, o caduco argumento “Os fins justificam os meios”!!!!
    Acho difícil outro brasileiro admirar Lula como admiro. Por isso doeu-me imensamente ver aquela foto!!!
    Perpetrou-me um intenso sentimento de desilusão, descrença, frustração em tudo…
    Tomara que esse triste episódio seja o mais rapidamente reparado e, se Deus quiser, visto como o maior erro da história do Partido dos Trabalhadores, que, por conta desse tipo de coisa (cada vez mais frequente), perdeu galopantemente sua credibildade.
    Sou educador e confesso que fiquei meio perdido diante das incotáveis perguntas dos meus queridos alunos!!!
    Não merecemos isso: nem nós, nem São Paulo, muito menos o Brasil!!!
    Abraço!!!

  • A pior coisa que poderia acontecer pra Sampa é ter 1 ano e meio de Serra e 2 e meio de sabe-se lá quem será seu vice, com Maluf a tiracolo e cercado de gente que, basicamente, pensa da mesma forma que ele e está mais do que disposta a dar-lhe ouvidos.

    Mais, é o pior cenário para o país, na medida em que sabemos como as prefeituras e governos estaduais são usados para irrigar campanhas eleitorais.

    Ao tirar Maluf do lado de Serra, Lula não apenas reduziu a possibilidade de Serra ganhar mas, ao mesmo tempo, aumentou as chances de qualquer outro candidato vencer. Além disso, ainda limitou a influência de Maluf pois, mesmo que Haddad vença com ele a tiracolo, ele estará cercado de gente que NÃO pensa como ele, e que não estará inclinado a dar-lhe ouvidos e a fortalecê-lo.

    Ou seja, de uma só tacada, movendo apenas uma peça desdentada e moribunda no tabuleiro, Lula impediu o pior cenário possível. Antes da eleição, ele já teve uma vitória enorme para a cidade e o país.

    A maior prova disso é a reação de Serra e da imprensa marrom e seus miquinhos amestrados, que agem como maridos traídos, condenando a ex-mulher. Doeu e muito neles, e isso só pode ser bom para o país.

    Qualquer que seja o resultado da eleição, Maluf sairá dela muito, mas muito menor do que é hoje, praticamente garantindo sua ostracização – se Serra vencer, Maluf será carta fora do baralho, se qualquer outro candidato vencer, idem, e se Haddad vencer, Maluf estará sob controle e seus pontos de vista terão muito menos expressão do que na alternativa. Esse acordo é simplesmente o prego que faltava no caixão do malufismo.

    Mas Maluf não é trouxa. Como ele pôde aceitar um acordo que seria tão ruim pra ele? E a resposta é simples: a alternativa é pior. Do ponto de vista do malufismo, a pior situação é a de ser um subordinado de uma corrente mais jovem, que tende a engoli-lo e absorvê-lo. En qualquer situação, Maluf será um mero coadjuvante. Com Serra, Maluf seria apenas mais um representante da direita em meio a um mar de reacionarismo que tende a afogá-lo. Com Haddad, Maluf será o representante da direita com mais poder em Sampa. Quem precisar de alguém pra advogar uma tese de direita terá que procurá-lo. Não é muito, mas é mais do que conseguiria do lado de Serra.

    E, é claro, ainda contará com uma secretaria “melhor” pra fornecer o sustento de sua campanha.

    • Nossa!
      O pessoal aqui faz um esforço enorme, quase sobrenatural, pra justificar essa ação do Lula de fazer aliança com Maluf…

      Eu como um tucano (imputado por muitos aqui) não fiz nenhum esforço pra justificar a aliança do Serra com o partido do mensaleiro Valdemar Costa Neto até agora… Vamos ver o que eu poderia dizer; deixe-me tentar… Deixem-me fazer meu esforço hercúleo que só os advogados do diabos tentam fazer…
      Ahh já sei:

      O Waldemar Costa Neto é um mau menor pra evitar que o PT tome o poder em São Paulo.
      Afinal teríamos apenas um mensaleiro no poder e não vários que tem no PT…

      Não levem isso a sério hein? Foi só um raciocínio análogo… hehehe…

      • Ora, se a tucanada não pensasse apenas no próprio bolso, esse raciocínio seria perfeitamente racional.

        Em outras palavras, vc não apontou nenhuma inconsistência no meu argumento, ou alguma falha lógica. Vc apenas criou uma hipótese que, se a premissa estivesse correta, seria perfeitamente válido.

        O fato é que Maluf é um zero a esquerda hoje em dia, e política não se faz no passado, mas no presente. E, hoje, Serra é um milhão de vezes mais danoso do que ele. E o acordo com Maluf enfraquece Serra e contém Maluf em uma posição menor, tudo por um preço bastante reduzido.

        Uma pechincha, na verdade.

  • Parece que o troca-troca de servidores acabou não fazendo bem ao poder de análise do blogueiro.
    Assim que sair a próxima pesquisa, retorne ao assunto para os devidos créditos ao cara, mas antes, aproveite e leia o artigo de Janio de Freitas, hoje na Folha.

  • bem todos nós sabemos do histórico do maluf, mais ele sempre foi bem votado e tem seguidores fanáticos….eu só penso nestes votos, a militância Ptista tem que pensar em eleger Hadad, esquecem essa foto…. e dai…. grande coisa tirar uma foto ao lado do maluf…e se o serra usar essa foto…que o Hadad leve para todos os debates o livro da Privataria Tucana e em cada debate mostre o resumo de um capitulo…entre a foto e o livro eu prefiro o livro….a militância não deve fazer o jogo dos comentaristas midiáticos de SP e dos telejornais e jornais locais do PIG….a militância deve nem estar ai para essa foto ….a militância deve estar na rua fazendo campanha para o Hadad e principalmente conseguindo votos……ou a militância Ptista de SP vai fazer que nem a Erundina dar ouvidos para os colunistas do PIG Local????

  • Eu não sou o cara mais chegado em realpolitik, em pragmatismo político, mas aqui deixo uma reflexão para os que a condenam por princípio: se não fosse esse pragmatismo, hj Serra seria presidente, não teríamos bolsa-família, o país estaria falido e completamente subordinado aos EUA em meio a uma ALCA, com a miséria crescendo e a imprensa marrom mais poderosa do que nunca.

    TUDO o que Lula conseguiu foi sendo pragmático. Foi fazendo acordos com adversários, foi dialogando com o ideologicamente oposto. Devemos o país de hoje a essa realpolitik.

    Será que estaríamos melhores com uma política ideologicamente “pura”?

      • Que aliança?

        O apoio do Maluf, sim, irá melhorar as chances de Haddad, além de reduzir as de Serra. Ou, pelo menos, que os responsáveis pelo acordo acreditam nisso. Por que outra razão eles fariam o acordo, afinal?

        A diferença é que esse benefício não se dá pelo mau-caratismo e canalhice de Maluf, ou por seu passado, mas pelos 1:40 minuto de tempo que ele tem. Não há precisamente nenhuma recomendação do PT em relação a Maluf, seu caráter e seu passado, mas apenas um apreço pelo seu tempo de propaganda eleitoral.

    • Politica ideologicamente pura existe apenas num pais do faz de conta,como não vivemos no pais do faz de conta,mas no pais real,com suas agudas contradições,com reais desigualdades,só a politica real consegue sobreviver.Se for preciso se aliar ao inferno para derrotar Serra,eu dou a mão para o Demonio.

  • Como dizia o ex-ministro Ciro Gomes: a mídia em São Paulo nada mais é do que um partido político disfarçado de “imprensa”. Incrivel é ver que muita gente ainda acha que não é.

  • Fico impressionado de ver como os paulistas e paulistanos são tão facilmente manipuláveis pela mídia,inclusive blogueiros e militantes,. Todo mundo ignora o pluripartidarismo brasileiro,que impede qualquer vitória eleitoral sem alianças. Lula fez aliança com José Alencar. Quem governou foi Lula. Dilma fez aliança com PMDB, PP de Maluf, PSB de Eduardo Campos, etc, etc. Quem governa é Dilma. Se dependesse de bobocas como essa Erundina, Heloisas Helenas, Suplicys, Mercadantes e outros,o PT jamais seria governo. Porisso digo sempre, o PT sem Lula e Zé Dirceu(o mentor das alianças), jamais passaria de oposição, sempre derrotado nas eleições para executivo, a não ser para suceder governos totalmente fracassados, como fhc e Pitta..

  • Companheiro Eduardo, eu pensei que você tivesse fechado o blog…

    Em relação ao post, acho absolutamente certo pôr a foto de Haddad com Maluf na primeira página mesmo. O PT não era o “paladino” da ética? Então… O problema é que isso só vai ajudar o Haddad, não prejudicá-lo, como supõe a imprensa.

    De fato, ao contrário de você, penso realmente que a aliança com Maluf só vai beneficiar Haddad. Pode acreditar. Haddad vai crescer muito agora. Para minha infelicidade, ele está praticamente eleito. Vai derrotar Serra fácil com a ajuda de Maluf.

    Outra coisa. A saída de Erundina também beneficia demais o Haddad. Erundina só fazia ele perder votos, perder muitos votos. Ela seria um estorvo na campanha de Haddad. Uma pena que tenha saído.

    Droga! Está dando tudo certo na campanha do petista.

  • Há vários pontos.
    O desconforto é inegável, mas a verdade é que o PP já namora com o PT há bastante tempo. Em nível nacional, faz parte da base do governo desde 2003, sempre ocupando ministérios e dando apoio bastante razoável na bancada do Congresso.
    Falar que há acordo entre PT e a figura de Maluf, como insiste a mídia, é uma safadeza ideológica. Em realidade, a aliança é entre PT e PP, o que é sensivelmente diferente. Veja que quando Serra recebeu apoio do PR ninguém acusou os tucanos de se aliarem ao “mensaleiro” Valdemar da Costa Neto, ou, menos grave, não se viu nenhum intelectual tucano reclamando do acordo Serra-Tiririca.
    Em 2004, Maluf, em pessoa, apoiou Marta Suplicy contra Serra no segundo turno. Insistentemente cobrada pelo incômodo apoio, a petista mandou muito bem, lembrando a todos que em 1998 o estado inteiro ficou abarrotado de outdoors de Maluf, candidato a governador, ao lado de FHC, candidato a presidente, sem que ninguém tivesse reclamado.
    E não comungo dos que acham que o impacto eleitoral pode ser desfavorável a Haddad. O motivo é simples: os velhos malufistas mais da classe média pra cima, ainda que guardem razoável simpatia pelo procurado da Interpol, já migraram de há muito para o PSDB; os malufistas mais da classe média pra baixo, da periferia assustada com violência e tal, é do tipo que não tem bronca de Lula e políticos do PT ligado a suas regiões. O apoio de Maluf, neste grupo, mesmo que sem muito impacto, pode acabar até dando uma ajudada.
    A ver.

  • Eduardo,
    Discordo em parte da sua análise.
    O PT/Lula não cometeram suicídio político de jeito nenhum. Concordo com o Jandui, Luiz Monteiro de Barros, Ruy Acquaviva e Pierry. Lula luta como um leão para tirar SP da bandidagem serrista/kassabista/alckimista. Recém recuperado, faz todo o possível para tirar SP da escuridão. Pergunto: quem hoje representa o poder maléfico, entreguista, vendido, que deixou nosso estado e a prefeitura de SP no caos que hoje se encontra? O apoio do PP, que digamos, em SP significa o maluf é mero apoio. A foto? Existem tantas fotos de antes adversários políticos se congratulando de forma muito pior. Não gosto do maluf e nunca votaria nele, mas,no caso o apoio vem do PP e dele; e não significa compactuação, pois o PP apoia o PT em nível federal e não tem problema.
    Quem errou muito feio foi D.Erundina, que sabia do apoio quando aceitou ser vice, e depois se”constrangeu” com uma foto e saiu atirando, via mídia, em tudo e em todos. Para mim, foi um “balde de água gelada numa noite fria de inverno”. Ela poderia ter desistido tão respeitavelmente como entrou. Mas não, saiu da pior forma possível e por isso perdeu todo o respeito e a razão. Portando, continuo acreditando que o Lula está fazendo tudo que pode para tirar SP do atraso, o que o dignifica muito mais.

  • A polêmica aliança entre Maluf e PT ainda está quente. É assunto do editorial da Folha de hoje, de colunas da Cantanhede e Janio de Freitas (esta a primeira a criticar Erundina); no Estadão, continuou o assunto principal na coluna da Dora Kramer; no Globo, Merval Pereira usa o tema para falar de aloprados e mensalão.
    Então falemos – espero que pela última vez – deste imbróglio. Tenho acompanhado com atenção os desdobramentos deste caso junto à blogosfera. Um post do Nassif, criticando Erundina, gerou mais de 500 comentários, quase todos acalorados. Li quase tudo, para analisar o caso à luz não apenas das estratégias políticas de Lula, mas considerando também as reações dos internautas.

    As conclusões a que cheguei, em relação à estratégia política do PT, são as seguintes:

    Lula apostou alto. Não é possível que ele não imaginasse a reação da militância de seu próprio partido. Foi uma estratégia eleitoral, maquiavélica e pragmática. Aliás, não faz sentido jogar toda responsabilidade sobre Lula. O encontro com Maluf teve a presença do presidente do PT, Rui Falcão e do candidato a prefeito, Fernando Haddad. Todo mundo apostou alto.
    Pode ter havido o objetivo de produzir um factóide político de grande impacto midiático. Se houve, foi bem sucedido. Se não houve esta intenção, foi uma consequência positiva. A máxima “falem mal mas falem de mim” é uma das mais antigas da política brasileira.
    O alto custo político para o PT de exibir para o mundo uma imagem tão forte como a foto de Haddad, Lula e Maluf demonstra que o partido está realmente interessado em ganhar as eleições em São Paulo. Disputar com José Serra não é brincadeira. O tucano joga com armas pesadas, como se viu na eleição contra Dilma. A campanha deverá, portanto, trazer ainda muitas polêmicas e baixarias.
    O PT possivelmente vai usar a privataria tucana contra Serra. Não teria sentido Haddad cometer a valentia eleitoral de aparecer abraçado a Maluf e acovardar-se na hora de denunciar os documentados crimes de Serra no processo de privatização.
    As eleições municipais deste ano estão sendo encaradas como extremamente estratégicas para o PT nacional. Há o entendimento que é melhor pagar agora o preço das alianças constrangedoras do que fazê-lo em 2014. Na campanha de reeleição de Dilma, PP e PSB ver-se-ão em dívida com o PT, e não poderão fazer cobranças abusivas. É melhor constranger Haddad agora do que Dilma em 2014.
    Leia mais: http://www.ocafezinho.com/2012/06/21/ultimas-consideracoes-sobre-o-caso-erundina/

  • Caro Edu
    Respeito seu texto mas nao aprovo, ja dizia Churcill que se Hitler invadisse o
    inferno ele se aliava ao demonio, neste caso o Hitler eh o Serra.

  • Nunca se falou tanto de Haddad/Lula como agora, e no Brasil inteiro!!! E ainda mais, JUSTAMENTE pela imprensa reacionária que boicotava Haddad!!!
    LULA é um gênio político que os reacionários temem e por isso o odeiam até a morte e os esquerdistas puritanos e derrotados não alcançam sua inteligência…

  • Eduardo eu discordo do seu edital. O Lula que ganhar a eleição, e pra ter sucesso tem que fazer acordo com os partidos de direitas. O pig está criticando porque o acordo foi feito com o PT, se o Maluf tivesse apoiado o Serra o pig estaria elogiando o Maluf.

  • Eduguim, que suicidio? Quem tá no volante é o “CARA”, o melhor de todos, ÊLE não erra, ÊLE sabe tudo. O Hadad precisa aparecer, é pouco conhecido. Seu adversário vai ter muito tempo extra na imprensona tôda. Um minuto e meio a mais na campanha do Hadad é muito tempo. Tambem é um minuto a menos da campanha do “privataria”. O Maluf tem muito, mas muito, voto na periferia. A Erundina foi incoerente. Não aceita fazer campanha com o Maluf, mas aceita ser do PSB paulista, a fina flôr da ética paulistana. O apoio de Maluf não afetara em nada a campanha. A campanha do Hadad, o programa, tem tudo para ser uma das melhores. Tá reunindo um monte de gente, artistas, intelectuais. Vai botar o PT e os partidos aliados nas ruas. Vai ser uma campanha cheia de vida e de entusiasmo. Ninguem mais aguenta o PSDB e a imprensona dirigindo o Estado e o municipio. E, é isso o que queremos: Derrotar a imprensona e o PSDB. Dá para imaginar o tamanho da festa da vitória???

  • “PT tenta o suicídio em São Paulo”. (????)
    Se fosse assim os demotucanos teriam se suicidado muitas vezes.
    Nunca se interessaram pelo que Maluf é ou deixou de ser na hora de querer seus votos. O certo é que Maluf AINDA tem voto em SP. Isto é que tá em jogo. Isto é disputa política.
    Política se ganha com voto, que não é do Maluf, são de seus seguidores.
    O modelo, gestão e administração do PT é outra coisa. Mesmo com Maluf por perto.
    Desta vez quem ganhou a disputa dos votos que Maluf ainda tem em SP foi o PT por estratégia de Lula.
    Em se tratando de voto é uma grande hipocrisia se Maluf é ou deixou de ser. Ele é votado.
    São Paulo sabe conviver com Maluf.
    Lula ganhou mais uma.

    • Também penso assim, mas confesso que está sendo difícil de assimilar. Mas no jogo político, como você diz, é preciso jogar xadrez. Tomara que Lula de novo dê um baile em quem acha que ele errou. Não conheço são paulo, nunca passei perto, mas acho que ela já passou do tempo de ser governada por alguém que preste, Haddad merece uma chance.

      • Maluf existe e tem eleitorado. A questão central são os votos e seu tempo de TV.
        Nada pessoal.
        A administração não está em jogo. O modelo PT de gestão e seus objetivos permanecem.
        O certo é que Lula passou uma RASTEIRA nos demotucanos. hehehehehe…
        O que eles davam como certo, perderam. E sentiram o golpe de estratégia.
        O eleitores de Maluf são bem vindos. E somam.
        Lula, mais uma vez, saiu na frente…

    • A história política do Brasil é fascinante, não só pelas mudanças abruptas dos seus personagens principais, mas também pelo modo de fazer política. Quem imaginaria Lula- que já declarou: em carnavais passados: “Se o civil tiver que ser o Paulo Maluf, eu prefiro que seja um general”; “A impressão que se tem é que Cristo criou a terra, e Maluf fez São Paulo”; “O símbolo da pouca-vergonha nacional está dizendo que quer ser presidente da República. Daremos a nossa própria vida para impedir que Paulo Maluf seja presidente”; e tantas outras mais- acomadra-se com Maluf. E este, dividirá o palanque nos discursos de Haddad e Lula; mas tenho certeza que o Paulo não poderá adaptar seu famoso chavão: “Votem no Pitta, e se o Pitta não for um bom prefeito nunca mais votem em mim”, ao canditado do PT; já que Haddad é renovação, dessa forma, merece chavões novos.

    • Essa foto manchou o currículo do Lula? essa foto manchou o currículo do Maluf, que aliás já deverias estar preso.
      Imagina os outros da foto , então.

  • Certas atitudes do Lula são difíceis de entender! Está dando mole para o inimigo. Não entendo como em tão pouco tempo, ele tenha feito a suprema burrice de cair numa armadilha, ao se encontrar com o Jobim e com o Gilmar, no apartamento do primeiro e, logo em seguida pedir o apoio do Maluf para a candidatura do Haddad, num encontro com fotógrafo e tudo. O circo montado tem tudo a ver com as próximas eleições, e sobretudo a eleição para presidente logo após.

  • “…Se Erundina não tivesse renunciado haveria muito burburinho, mas, em alguns dias, tudo teria SUMIDO. Contudo, como ela parece não ter convicções de seus atos deixou-se intimidar por uma militância embriagada, incapaz de enxergar PRIORIDADES…”
    Há muita coisa oculta nos dois termos que assinalei em letras maiúsculas, a convicção de que o povo esquece as alianças malditas feitas para atingir as prioridades mais malditas ainda do PT.

  • Li tudo e cheguei á seguinte conclusão:
    Se é pra ganhar do serra, vale qualquer coisa.
    São Paulo tá precisando há anos de uma mudança radical de modo de administrar.
    E olha que não moro mais aí…..
    Se vai sem Erundina, que seja.
    Mas que vai com Haddad, vai!
    O Lula teve que se desdobrar e se juntar a outros cacarecos (não é o hipopótamo…) pra ser presidente e estamos onde estamos por conta disso. Não será o maluf que vai estragar esta candidatura.
    Haddad Lá!!!! (com ou sem erundina e maluf)

  • O Serra está indignado; a Folha espuma; o Estadão está furibundo; o Globo esbraveja. Todos decepcionados com a vergonhosa foto do Lula com o Maluf. Lula teria manchado sua biografia. Ora, tenha paciência, desde quando esse sujeito inexpressivo e essa mídia entreguista teve qualquer preocupação com a coerência do Lula? Se não gostaram, e não gostaram porque queriam ver o Maluf apoiando o seu candidato, é porque a aliança foi boa para o Hadad. Dirão alguns que o Lula deu argumentos para atacarem o Hadad. Mas desde quando essa mídia monopolista precisou de motivos para atacar o Lula e o PT? Atacariam e atacarão de qualquer jeito, então que pelo menos fiquemos com mais três minutos (1,3 para o PT menos 1,3 para o Serra, pois para ele iriam) para defendermos a candiidatura da renovação. A mídia quer, como a direita sempre fez, dividir a esquerda. É isso que vem fazendo, fala deste episódio para esse segmento. Não sejamos ingênios, como ingênio não é o Lula. Ou alguém imagina que ele não previu que sua foto com o Maluf seria estampada em toda imprensa? Será que conhecendo a trajetória de vida desse grande brasileiro, que enfrentou tantas adversidades e foi Presidente por duas vezes, ainda temos dúvidas sobre a sua visão política? Sabe que temos um adversário poderoso a ser batido e junta todas as forças possíveis, até, por certo, tapando a nariz. É assim que procede os líderes, não se preocupam com sua biografia, mas com o destino de seus liderados. Esse episódio não tirará nenhum voto da esquerda e, para a direita, demonstrará que o PT deixou de ser um partido radical, o que pode vir a diminur sua rejeição. Talvez por isso que a mídia conservadora esteja tão alarmada.

  • É Eduardo, parece que o Lula desaprendeu de fazer política. O caso do encontro com Gilmar e Jobim e toda a repercussão gerada em função desta pelo PIG e a costura dessa aliança suicida e burra com Maluf me fez pensar desta maneira!

    Abraço,

    Geraldo Martins.

  • o pt, liderado pelo pt paulistano,
    vem fazendo monumentais besteiras, rompendo acordos com partidos de esquerda (casos de Ceará e Pernambuco),
    vai tomar uma surra nas eleições,
    nem lula salva o pt, depois da aliança com o 2o. político mais acusado de corrupção (roriz é hors concurs)

  • Eu acho que a candidatura do Haddad saiu reforçada do episódio:

    1 – ele não tinha mesmo muito a perder com seus 8% de intenção de voto;

    2 – agora muito mais gente sabe quem é o candidato do Lula e da Dilma;

    3 – os malufistas que não iam votar no Haddad mesmo com o apoio do Dr Paulo, agora, depois que esculacharam seu líder podem até mudar de opinião;

    4 – se o Haddad conseguir vencer as eleições (o que eu particularmente sempre achei muito difícil), a Erundina vai levar fama de que não ajudou na hora em que ele mais precisava; se perder, fica com a pecha de traidora;

    5 – os candidatos a vereador do Maluf continuam na campanha do Haddad e eu acho que isso dá muito mais voto do que ter Erundina como candidata a vice.

    6 – é melhor ganhar sem a Erundina (embora eu reconheça a força eleitoral da deputada), pois pelo que ela vem demonstrando ao longo do tempo trata-se de uma pessoa de difícil relacionamento. Acho que ia atrapalhar mais do que ajudar um possível governo do PT.

  • Haddad nunca deu seu apoio para os técnicos administrativos federais da educação e professores que estavam e estão de greve no seu período como Ministro da Edacação, hoje um técnico administrativo federal da educação ganha 1.034, 00 reais, o salário mais baixo do serviço público federal. Haddad, lula e maluff não é surpresa para mim, pelo contrário, isso mostra que Haddad vai tratar o educação do municipio de São Paulo como sempre tratou a educação no governo dilma, com o sucateamento da educação, começando pelo salário de fome e a implantação da bolsa miséria do PT para os servidores da educação federal.

  • Parte 1: Erundina diz não ao Canto Certo que o Galo Cantou.
    Primeiramente um toque sobre o preconceito político oportunista: Sarney salvou o PT da derrota por três vezes, senão é a coligação com o PMDB e outros partidos como inclusive o PP de Paulo Malufe o PT perdia as três eleições que venceu para presidente da República, e, se o PMDB apoiar o PSDB é o PSDB quem ganha.
    E junto ao PMDB vieram os partidos do Renan, Delfim Neto e até Paulo Maluf que ocupa ministério no governo da Dilma e uma secretária no Governo do Estado de São Paulo. Ou seja Paulo Maluf tem um Ministro dele aí dentro da sua casa Dona Luíza Erudina (Paladina da moral e ética por interesse próprio), do PT, e ministros do PMDB, PDT, PPS e etc…
    Agora antes de ir direto ao ponto quero esclarecer o título Três em uma(decepções):
    Primeira: Por conta da confusão de um nome de Blog como “Transparente como um Cristal vamos questionar!?” e que coincidentemente questionava a coligação PP, Maluf, PT haddad e Lula, e PPS luiza Erundina. Com foto de Paulo Maluf, Lula e Haddad juntos para o anúncio desta coligação, por Paulo Maluf. Com a seguinte frase: “Pois é, o IMPOSSÍVEL não é tão impossível, quando o lado “INVENDÍVEL” se vende !!!
    Lamentável, pra não dizer mais…”
    Parte 3: Segunda: O nome do Blog, que entrei por causa da coligação, já por ele questionada, lembrou-me do que me aconteceu como se por encomenda da outra força, por alguém que se dizia amigo meu. Um mestre espírita de uma ordem que deposito toda a minha confiança nela com alguma desconfiança do crescimento dos homens nela, que disse que só se prontificaria a me auxiliar em um momento delicado de minha vida. Assim que eu ficasse “Transparente como um Cristal”. Me perguntei desde então que ser humano arrogantemente à Deus, se diria ser “transparente como um Cristal!” E cobraria de outro homem, da humanidade, que assim como ele, eles o fossem?
    Terceira: No artigo para a coligação que repito resumos abaixo antes de dar o parecer final ao três em um, peço certa atenção ao seu título e autorização ao moderador deste blog para republicá-lo:
    “O Galo Cantou Canto Certo”
    Parte 4: São Paulo forma a mais genial e eclética aliança política que sequer o maior dos gênios do marketing político poderia imaginar. O que naturalmente levará à vitoria da disputa eleitoral mais cobiçada do país, a prefeitura de São Paulo.
    São tantos acertos políticos em todas as suas áreas, que vai de costuras políticas em pequenos municípios, prefeitura de São Paulo em si, governo federal, aproximação definitiva e concreta do PSB com a aliança governista e, principalmente a demonstração de confiança total do PSB na Presidente Dilma.
    O parecer final: A coligação não vingou, eu deixei de frequentar os estudos espíritas também por conta da afirmação daquele que se dizia mestre e nem sei se é mais. o Blog “Transparente como um Cristal vamos questionar!? provavelmente dava se questionar. Parte 5: Porque ao que tudo indica ao meu ver, opinião pessoal, tais cristais se espatifaram em frangalhos incoláveis. Pois todos eles não passavam de uma comparação ilusória da pureza do homem, que por natureza erra, à pureza da transparência de um cristal. Que quebra, na alusão até “”três em uma” taça de cristal de ilusões. 1 – Blog “Transparente como um Cristal vamos questionar!?” como meu ex-mestre. 2 – o encanto do Canto Certo que O Galo Cantou para o meu ex-mestre espírita. 3 – Luíza Erundina abandona candidatura depois de dizer que não era mulher de voltar atraz em uma decisão.
    E o que ficou? Podemos afirmar que é o mistérioso “Canto Certo que o Galo Cantou”. Só revelado para quem recebeu o merecimento.
    Sobrando aos simples mortais, festas de conjecturas.
    José da Mota

  • Parte 1-2-3: Agora sim eu posso dizer com segurança e certeza:
    “O Galo Cantou Canto Certo”
    E só agora fui saber que o certo deste canto era; para São Paulo
    caminhar de mãos dadas com Manuela Dávia, Renato Rabelo, Haddad, Tarso Genro, PC do B e PT.
    A falta de preconceito e farsas, apoiou Hadadd, e se chama Renato Rabelo. Botando a prova todos os seus anos de luta pelo bem do Brasil. Ao lado da maior liderança política jovem que surgiu nos últimos anos no país, Manuela D’Ávila, com certeza em carreira breve e mulher ainda no mínimo da idade exigida para tanto, possivelmente nossa presidenta da República.
    Parte 4: Porto Alegre ao elege-la, Manuela Dávila, prefeita, dará-lhe a oportunidade de mostrar aos brasileiros toda a sua capacidade de governar, inclusive a nação na hora certa politicamente.
    E o que um dia em vários Blogs foi comentado por mim exageradamente emocionado para a aliança Haddad e Erundina, descubro que foi puro engano, do que entendi sobre “O Canto Certo que O Galo Cantou”.
    Então repito tudo o de bom que descrevi, substituindo os personagens errados pelos certos, obedecendo ao canto do galo.
    “O Galo Cantou Canto Certo”
    São Paulo forma a mais genial e eclética aliança política que sequer o maior dos gênios do marketing político poderia imaginar.
    Parte 5 : O que naturalmente levará à vitoria da disputa eleitoral mais cobiçada do país, a prefeitura de São Paulo. São tantos acertos políticos, da prefeitura de São Paulo à Prefeitura de Porto Alegre, governo federal, à até a Presidente Dilma. De onde naturalmente gerará maior aproximação, melhor administração e mais projetos para os estados de São Paulo e Rio Grande do Sul. Agora sim, é de se admirar e repetir para acreditar, estratégia política racionalmente inimaginável, um golpe de sorte, dar a vitória da disputa pela prefeitura de São Paulo, mudando todo o quadro político nacional.
    Como se projeto planejado em universidades como Federal de Juiz de Fora, UFRJ ou UFRS, mas por político conhecedor de nossas mazelas. P.S. Dividido em partes. Como se fosse uma tese de doutorado, PHD, com o título, “Passo a passo para mudar a política brasileira de mãos para sempre” ou “Os novos rumos do Brasil” ou mais brilhante ainda;
    Parte 6: “Brasil acordado em solo esplendido”, ousando um pouco mais, “Brasil acordado em solo esplendido com Manuela Dávila futura presidente”.
    Como para o PT no início das negociações para a campanha eleitoral de São Paulo perder o apoio de Kassab foi considerado uma derrota fatal. A surpresa da chegada da surpreendente Manuela Dávila (PC do B, do gigante Renato Rabelo (PC do B) e do próprio PC do B na aliança com Haddad foi sensacional.
    E ainda como a cereja do bolo ganharam o apoio do cobiçado, e também ápto líder à assumir a presidência do Brasil, Tarso Genro, como padrinho e costurador político de uma aliança PT PC do B para Porto Alegre.
    Paro por aqui, porque sobre este tema há muito o que conjecturar. Em outra oportunidade volto à ele com prazer, e haverá, um tanto bom. E diferentemente da primeira vez, verdadeiro, verdadeiramente compromissada a coligação aqui anunciada.
    José da Mota.

Deixe uma resposta