Teórico alemão teria sido avisado para “não se meter” no mensalão

denúncia

 

Estudar desde o zero o processo do mensalão é uma tarefa gigantesca que, levada a cabo, poderia consumir meses, se não anos. São 50 mil páginas, mais de 600 testemunhas. Não se imagina que um homem de 82 anos, um influente dogmático do direito penal alemão que conquistou reputação internacional como Claus Roxin fosse assumir missão como a ventilada pela mídia, qual seja, fazer um parecer sobre o caso brasileiro.

Segundo emissários do jurista alemão, ele não criticou o uso que a maioria do colegiado do Supremo Tribunal Federal fez de sua Teoria do Domínio do Fato. Aliás, uma explicação inócua porque ele nem poderia fazê-lo. Como iria criticar um processo dessa envergadura sem tê-lo estudado? Seria uma leviandade que alguém que construiu tal reputação não praticaria.

Os pistoleiros da mídia saíram disparando que a blogosfera teria dito que Roxin criticou o Supremo Tribunal Federal. O desmentido que teria sido escrito por pessoas ligadas ao teórico alemão, sendo verdadeiro significaria que ele embarcou nessa versão deturpada do que se comentou sobre sua entrevista à Folha de São Paulo.

Desde os primeiros momentos após a entrevista do alemão à Folha, o que se destacou foi a parte em que ele rejeita que o Domínio do Fato seja usado sem se fazer acompanhar de provas sólidas, as quais, no caso do mensalão, de sólidas não têm nada porque se resumem a elementos circunstanciais ou viciados, como por exemplo o testemunho do maior inimigo de José Dirceu – Roberto Jefferson.

A introdução se faz necessária porque um site “jurídico” ligado ao conclave político-empresarial-judiciário que montou um tribunal de exceção para julgar a ação penal 470, bem como os Mervais da vida, deturparam o que se destacou das palavras do teórico alemão.

Não é esse, entretanto, o xis da questão. O xis é informação de fonte fidedigna que procurou o Blog para afirmar que a reação intempestiva de Roxin após mais de uma semana do fato que a gerou, não saiu do nada. Segundo essa fonte, um ministro do STF que fala alemão e tem influência na comunidade jurídica alemã fez chegar a Roxin um verdadeiro terrorismo sobre ele eventualmente se imiscuir no processo brasileiro.

Segundo as informações, Roxin teria sido “avisado” de que a imprensa brasileira passaria a levantar dúvidas sobre suas razões para assessorar a defesa de José Dirceu, podendo “surgir” denúncias como aquelas da Veja – sem áudio, sem vídeo e sem vergonha –, no sentido de que o dogmático ariano teria “se vendido” para produzir um parecer favorável aos réus do mensalão.

Tudo à toa. Não é preciso acrescentar nada ao que disse esse cavalheiro. Sua explicação sobre o Domínio do Fato é mais do que suficiente para nós, brasileiros, que sabemos que o STF contrariou toda uma história de jurisprudência a fim de condenar réus contra os quais não pesa nada mais do que o cargo que ocupavam à época dos fatos que desencadearam a ação penal 470, vulgo “mensalão”.

188 comments

  • Creio q Roxin tá pouco se lixando p/ tal ministro “c/ influência na comunidade juridica alemã” e os assassinatos de reputações cometidos pelo PiG…Ele soltou verbo sobre uso de sua Teoria,e só…O cero é q os ministros quebraram a cara,se estabacaram juridicamente e moralmente.Avento ‘dizer’ q,talvez,eles sejam piores q o PiG -e olha q sabemos q monstro é o PiG

    • Klaus Roxin é um renomado jurista, um dos maiores de nossa época, respeitado na comunidade jurídica internacional, não iria se deixar chantagear por um membro do judiciário brasileiro e, este sim, é que ficaria desmoralizado, se é que tem algum prestigio na mesma comunidade jurídica internacional. Agora, os réus do mensalão, condenados da forma que foram, levando suas insatisfações à Corte de Direitos Humanos da OEA, e tudo indica que farão, obtiverem decisões favoráveis, importará em completa desmoralização do STF.

  • Caro Edu.
    São muito importantes, pelo menos para mim e, acredito, para todos os qje o acompanham no seu blog, twiter, etc. informações como esta, que a gente não consegue sempre. Sem prescindir do seu blog, já pensou em, junto com outros blogueiros progressistas, criar um jornal virtual? Um espaço conjunto, partilhado com os demais blogueiros, onde postariam notícias, comentários, análises, enfim, tudo (ou quase tudo) o que um jornal possui normalmente? Mesmo que fosse só através de links remetendo aos blogs, mas que indicassem o tema. Algo como uma centralização das notícias e posts dos blogs.
    Desculpe-me se “viajei na maionese”, como se costuma dizer, mas de repente me veio essa idéia pela carência que tenho de informações e de tempo para procurá-las.
    Abraços.

      • Pena. É exatamente por isso que o poder está sempre do lado de lá. O vil metal é que move esse “admirável mundo novo”; a realidade é pintada com a cor que eles (os donos de tudo, incluindo a mídia) querem que ela tenha. Lamentável.
        Mesmo assim, vale a pena continuar dizendo ‘não”.
        Saramago que o diga:

        “Chega sempre um momento em que é preciso dizer não.
        A palavra de que eu gosto mais é não. Chega sempre um momento na nossa vida em que é necessário dizer não. O não é a única coisa efectivamente transformadora, que nega o status quo. Aquilo que é tende sempre a instalar-se, a beneficiar injustamente de um estatuto de autoridade. É o momento em que é necessário dizer não. A fatalidade do não – ou a nossa própria fatalidade – é que não há nenhum não que não se converta em sim. Ele é absorvido e temos que viver mais um tempo com o sim. José Saramago , in ‘Folha de S. Paulo’ (1991)”

        Obrigada e esses poucos loucos blogueiros que heroicamente continuam dizendo “não” conosco.

      • Infelizmente a realidade brasieira é essa, desanimo total.

        Conversa Afiada
        A Globo cada vez
        mais forte e a Dilma …

        Uma única empresa de capital fechado e intransparente mete no bolso 60% de TODA a publicidade do país !

        Amigo navegante telefona para corrigir o ansioso blogueiro: você errou !

        A Globo está mais forte do que você diz.

        Como assim ?

        Veja bem – ele corrige:

        Com apenas (?) 50% da audiência da tevê aberta, a TV Globo detém, pelo menos (?), pelo menos 80% de toda a verba publicitária da tevê aberta.

        80% !

        Agora, ansioso bogueiro, a tevê aberta não controla apenas (?) 50% de toda a publicidade brasileira, como você tem dito.

        A tevê aberta tem 60% (!!!) de TODA a publicidade brasileira.

        Logo, a TV Globo, uma única empresa, de capital fechado e intransparente – isso ficou por conta do ansioso blogueiro – controla 50% de toda a publicidade brasileira (80% de 60%).

        Metade de tudo !!!

        Não, não acabou !

        Continua o amigo navegante.

        50% só a TV Globo…

        Mas, se você somar Globosat, O Globo, CBN, internet, revistas e editora, isso chega a espantosos (também ficou por conta do ansioso blogueiro !) 60% !!!

        Veja bem, amigo navegante, 60% !

        Uma única empresa de capital fechado e intransparente mete no bolso 60% de TODA a publicidade do país !

        Do tijolinho para vender uma moto em Campina Grande, ao outdoor na AvenidaPaulista, 30” do jornal nacional – de tudo isso, no país continental inteiro, de tudo, a Globo, sozinha, de capital fechado, fica com 60%.

        De “capital fechado” e Golpista !

        Não é à toa que ela ousa , em 18′, determinar o curso do julgamento do mensalão (o do PT) para eleger o Cerra em São Paulo.

        O amigo navegante poderia ir à tabela de preços do jornal nacional e calcular quanto custam 18′ num break nacional.

        E somar os custos fixos diretos – por exemplo, os mirrados salários do William Bonner e do Ali Kamel.

        Quanto a Globo investiu para derrotar o Haddad e desmoralizar o PT – em apenas 18′ ?

        Não é à toa que ela se torna o Grande Julgador do mensalão (o do PT), conforme análise aguda de Tarso Genro.

        Não é à toa que seu Colonista (*) Maior, Ataulfo Merval de Paiva, detém as informações centrais, a ponto de influir sobre quem vota e quem não vota.

        Peluso votou e Zavascki não votou até hoje – como quis a Globo …

        A Globo marca o Tempo – o Dirceu foi condenado a tempo de eleger o o Cerra …

        Os telejornais da Globo são gestados na editoria “O Brasil é uma m…”

        Só tem notícia ruim – é uma m…

        As únicas notícias boas são as de eventos esportivos sobre os quais a Globo tem domínio exclusivo: o Brasileirinho e a F-1.

        (Por falar nisso – o que a Petrobrás faz entre os patrocinadores da F-1, um evento em que atleta brasileiro não ganha e não ousa ganhar …)

        O Brasil é uma m…

        Em compensação, o Neymar e o Ronaldo Gordo são uma gracinha …

        Por essas e outros é que mais vale um minuto no jornal nacional do que duas notas de pé de página na História do Supremo.

        Este ansioso blogueiro já disse que, como no Ato IV da Aída, o jornal nacional vai emparedar a Dilma e o Lula.

        Não é só ele quem diz isso.

        O Saul Leblon – quem será ele ? Primo do Stanley Burburinho ? – na Carta Maior , com superior argucia, acaba de publicar artigo sobre as platitudes da Dilma quando trata liberdade de expressão.

        Leblon chama a Dilma e o PT às falas.

        Calar-se diante do crescente gigantismo da Globo é lutar a batalha anterior.

        O Brasil mudou, a Globo mudou e a Dilma, não.

        Pensa que ainda dá para maneirar, com uma omelete aqui, uma festa centenária ali.

        O poder da Globo é compatível com uma Democracia ?

        Não, claro que não.

        Isso aqui é uma PiGocracia (**).

        É, portanto, uma “democracia de fachada”, onde o ex- (ufa!) Presidente Ayres Britto se sente à vontade para defender a utilização do “domínio do fato”, numa inesperada pratica de vudu.

        O poder da Globo é compatível com a Quinta Economia do Mundo ?

        Ou isso aqui é uma vilarejo, às margens do rio Congo, em que o Ali Kamel faz o nosso Kurtz, o Chefe da Estação ?

        E para adicionar ao raciocínio agudo do Leblon: e se um Exército marciano invadir o Brasil ?

        A quem a Dilma vai recorrer para defender o povo brasileiro e dar instruções para um contra-ataque ?

        E se a Globo aderir aos marcianos e instalá-los no Palácio do Planalto ?

        A quem ela vai recorrer ?

        Ao Orson Welles – já perguntou o ansioso blogueiro ?

        Sim, porque para disseminar epidemias e catástrofes o jornal nacional é mestre.

        Depois sai o Ministro da Saúde atrás, esbaforido, para acalmar a população dos horrores que os repórteres da Globo descrevem nas tragédias.

        Em Nova Friburgo, por exemplo, onde um repórter da Globo soterrou três gerações consecutivas na chuva precipitada pela Dilma.

        Uma Ley de Medios não é só para defender o Governo Dilma.

        Nem assegurar o direito sagrado à comunicação imparcial.

        Mas, o direito sagrado de o cidadão se informar para orientar sua vida – e seu voto.

        É também do interesse nacional.

        Dos moradores de Nova Friburgo.

        Pergunte ao Ministro da Defesa se ele se sente “defendido” de um ataque do Exército marciano, se tiver que depender da Globo, do Ali Kamel e do Merval …

        Quem a GloboNews protegerá: o Exército marciano ou o Brasil ?

        (Como se sabe, a GloboNews foi a única Seção Eleitoral em que o Lula perdeu a eleição.)

        E se a Quarta Frota americana resolver puxar o pré-sal pelo canudinho da hydraulic fracturing and horizontal drilling.

        Amigo navegante pondera: mas, ansioso blogueiro, seja compreensivo com a Presidenta.

        Ela enfrentou os bancos.

        O Henrique Meirelles, com os juros e o câmbio, desidratou a indústria brasileira e agora pagamos o pato.

        E ela mudou o Banco Central !

        Ela enfrentou as distribuidoras de energia – e isso é uma roubalheira desenfreada !

        Não seja tão rigoroso !

        Ela não pode assustar a classe média !

        Amigo navegante, não perca mais o seu tempo: vá ao Saul Leblon.

        Paulo Henrique Amorim

      • Edu, hay plata sí. Basta regular os meios, e dividir melhor a publicidade do governo, é muito importante, na regulação constar ajuda aos blogs, isso é muito importante para a democracia, Vamos batalhar para isso, que na regulação dos meios tenha um item ajudar os blogs que ajudam a levantar o país, pois, graças aos blogs acabou o golpe através das mídias, elas foram desmascaradas. Dilma atende nosso pedido, em nome da democracia.

      • Legal Danilo, vi o seu jornal. Todo dia dou uma passada pela maioria dos sites de onde você tirou as matérias, e isso leva tempo. Vou, pelo menos de vez em quando, confiar no seu “press release” (é assim que se diz? sei la).
        abraço

      • Oi, Danilo.
        Valeu! Era mais ou menos isso que pensei. Mas, como disse no meu comentário, minha grande questão é o tempo disponível para postar. Pode contar que vou passar sempre por lá.
        Abraços e, mais uma vez, obrigado pela dica.
        Adilton

      • Danilo, excelente sua iniciativa, acabei de adicionar nos meu favoritos seu Jornal! eu particularmente sou meio preguiçoso pra mexer e criar site, blogs, etc.. ate porque nao sei fazer, apenas sou muito curioso sobre informática! parabéns, continue assim
        Edu, grande abraço e bjus a sua familia, especialmente a Victória!

  • A reação virá logo. Como será?
    1 – Reeleição de Dilma e nova vitória do PT nas eleições do congresso;
    2 – Interrupção por meio de lei do mandato dos atuais ministros do STF (infelizmente terão que ir todos, inclusive os nossos Levandovisky e Tofolli), que serão aposentados compulsoriamente para dar lugar a ministros que terão mandato de 4 anos;
    3 – Colocação na clandestinidade, por força de lei, de partidos, que notoriamente agem de forma ilegal, PDSB, DEM e PPS (quanto ao PSOL pode até escapar por falta de provas);
    4 – Ley de Medios com a cassação das licenças da TV Globo, por desvio de atuação, por esta estar notoriamente agindo de forma ilegal e a interrupção forçada da distribuição de jornais e revistas que estejam notoriamente agindo de forma ilegal, como Folha, Veja, O Globo e Estadão;
    5 – Supertaxação da riqueza com redistribuição para o povo pobre;
    6 – Expropriação, sem pagamento de indenização, de empresas multinacionais que notoriamente agem na ilegalidade auferindo lucros absurdos, contra a economia popular.
    Essas leis serão aprovadas facilmente devido ao fato de, nas próximas eleições para o congresso, o PT fazer maioria absoluta na Câmara e Senado, mais a ajuda dos nossos companheiros do PMDB, PP, PTB, PR, PSD, PSB e outros menores, para formar os 3/5 necessários para mudar a constituição em leis que necessitarem. Não haverá oposição em número suficiente para impedir que essas leis sejam aprovadas.
    Finalmente, com o fortalecimento do governo popular do PT, sem ter contra ele o PIG, que estará minado pela Ley de Medios, a oposição, que quase não terá mais representantes pela massiva votação no PT e aliados, e o STF, que terá membros alinhados com o governo, novas leis serão aprovadas que levarão o Brasil a tornar-se uma verdadeira república socialista.
    Guardem esse meu comentário. A corja da oposição, o PIG e o Supremo, mais o PGR, não perdem por esperar.

      • Inexoravel é America Latina berço de uma nova civilização. Sim na medida em que a educação brasileira se aprimore. Devido as energias negativas, as que teimam aplicar valores, ideias, politicas, erroneas para sair da crise como na Europa, guerras como as praticadas por Israel, o intervencionismo americano como a filososfia do “Destino manifesto” ou “PAX americana politica” (pesquise no Google) vão gradualmente perdendo força. Eu, você e mesmo os adversarios deste destino-missão do Brasil à cada toque no teclado do computador, são gotas que vão formando um imenso e indestrutivel “mar”. Uma forma pensamento, um sincronismo, um inconsciente coletivo, uma nova realpolitik.
        Participemos.

    • Querido chirico, vice nao tem nem dez por cento do bom humor, nem cinco or cento da capacidade de redação e nem um por cento da ironia do Prof. Hariovaldo.
      Mas recomendo que você continue lendo-o, quem sabe com a prática …
      Abraços,
      Alexandre Sacha

      • Cuba é o nosso maior exemplo. Lá o povo vive bem, com educação e saúde. Um governo igual ao de Cuba deve ser o objetivo de quem pensa no povo, de quem odeia os EUA e as elites.
        Lá o modelo de governo não é ditadura de direita, que é o pior modelo que existe. Lá existe a ditadura do proletariado.

    • “Colocação na clandestinidade, por força de lei, de partidos, que notoriamente agem de forma ilegal, PDSB, DEM e PPS”.

      Ou seja, proibir o exercício da oposição. Quem é contra o PT “age de forma ilegal”. Quem é a favor pode vir com Maluf, Collor, Sarney e tudo bem.

  • Caro Eduardo,
    o conjur, site que publicou as últimas declarações do Prof. Roxin, que vc comentou, não merece confiança, mas a matéria possui nomes de três de seus alunos que se encarregaram de colher a declaração dele. No seu caso, vc cita uma fonte anônima, o recado de um juiz que fala alemão, a transmissão desse recado para pessoas do meio jurídico alemão, sem dar nome a nenhum personagem. Por mais que eu desconfie do conjur, sua matéria não ajuda.
    Restam ainda pontas soltas. Por que procurar pessoas influentes no meio jurídico alemão para mandar recado ao Prof. Roxin, se bastaria procurar um de seus alunos? Vc acha mesmo que o prof. Roxin, alemão, respeito construído em seu país ao longo de décadas, 80 anos, temeria o que a mídia brasileira teria a dizer contra ele? Merval pode amedrontar os nossos frouxos juízes do STF. Lá fora, ele não significa nada. Um sujeito ser juiz do STF no Brasil não confere a ele prestígio no meio jurídico alemão. Ele pode não passar de um aplicador aplicado das teorias lá formuladas. Para ter prestígio, ele precisaria ser mais de que um repetidor, ele deveria ser o formulador. Isso, não creio que nossos juízes são. Basta ver a atrapalhada aplicação da teoria do domínio do fato. Foram inventar e produziram um monstro. O Prof. Roxin disse que esta teoria foi usada corretamente no Peru. Indica que eles têm juízes mais capazes do que os nossos.

    • Corretissimo, Alcides…..
      Totalmente inverossimil a tese de que o Prof alemao teria sido “aconselhado” a nao se envolver com questoes ligadas a AP 470.

  • Cirico,

    Como eu queria ver essas ações realizadas. Espero isso desde 1989, quando pela primeira vez votei em Lula. É um mínimo para o país deslanchar e se alinhar entre os melhores. Pensei que Dilma fosse mais enérgica, nesse sentido. Pensei também que o povo sairia às ruas apoiando a Presidenta numa plataforma como essa. Vou até copiar as suas idéias, guardá-las, na esperança que aconteçam. Mas infelizmente tenho as minhas dúvidas. Quanto ao primeiro ponto, pode até ser. Mas se Dilma não tomar cuidado com a imprensa golpista, ela corre o risco de nem se eleger.

    • Mais um candidato a humorista….
      Fazer apologia de transformar o Brasil numa ditadura a exemplo de Cuba e Coreia do Norte soh pode ser roteiro de piada de mau gosto!

  • Edu, esse Gilmar Mentes se faz de embaixador do juridiquês-tupiniquim na alemanha. Ele vive em competição com Barbosinha para ver quem fala melhor. Ah, Barbosa, se tu morasse na alemanha, em 1930, parava com essa palhaçada. Gilmar, moreninho com cara de careta iria virar pó, sem direito a tiro na nuca. Dois puxa-sacos desses exterminadores de gente: só me falta o judeu Fux elogiar alemão nazista. Bem, conhecendo ele isso é fácil. Tudo depende da vaga que se deseja.

  • Pela Teoria do Domínio do Fato, o mandante não pratica diretamente a conduta criminosa, mas determina, controla e manda que interpostas pessoas executem o núcleo da ação tida como crime.

    Um exemplo é o crime de pistolagem. Outro exemplo bem típico: ninguém vê um mega traficante vendendo trouxinhas e papelotes na esquina.

    Mas num e noutro caso, o fato tem de ser provado, e também o domínio desse fato. Não pode um juiz condenar uma pessoa qualquer, que foi “indiciada” pela mídia, e achar que o mandante “só possa ter sido” aquela pessoa indiciada. No caso do traficante, tem de haver provas de que ele é mesmo o controlador do tráfico na área, não podendo o juiz encarcerar um líder comunitário “pinçado” pela mídia, achando que “não é crível que não seja ele o chefe”. No caso de pistolagem, tem de se identificar e provar que determinada pessoa contratou o pistoleiro, não podendo o juiz pegar qualquer desafeto da vítima e achar que “só pode ter sido ele”.

    No caso do mensalão, o STF diz que adotou a Teoria do Domínio do Fato, mas na verdade pirateou a referida teoria, isto é, usou-a de forma distorcida e indevida, com o intuito de promover a repressão política em cima dos petistas.

    • Excelente Almir, é isso mesmo.. dominio do fato não é simplesmente achar pelas aparências; mas tem que haver provas de ligação(ligação concreta, não suposição) entre o suposto chefe com o seu suposto subalterno!

  • A Folha publicou uma entrevista com o Claus Roxin, não foram os blogs sujos.

    Os blogs sujos deram o tratamento que deveriam dar, a repercussão das afirmações do jurista alemão negando que sua teoria jurídica se prestava para utilização do Supremo condenar réus sem provas.

    Além disso, é forçar a barra de que houve isso ou aquilo, inclusive a contratação do Roxin para defender Dirceu, talvez por conta de uma notícia atravessada num sítio de internet onde se lê que o advogado do Dirceu faria consultas sobre a Teoria do Domínio do Fato com o próprio autor, na Alemanha.

    Que o autor da Teoria não poderia trabalhar no caso é de uma obviedade ululante. A partir disso, cria-se um fato apresentando-se desmentidos sobre o eventual trabalho que não mais será feito. Nossa imprensa livre é patética. Conversa com ela mesma e pensa que enrola todo mundo. O tempo dos imbecis que se guiavam nesse tipo de imprensa partidarizada e golpista já passou. Só Carolina não viu.

    O Supremo se meteu numa enrascada e tenta criar factóides para se defender desse teatro de comédias.
    Há um blog na internet que vem apresentando os documentos apensados ao processo da AP 470 e que foram desprezados por procurador e relator. Se por má fé ou incompetência (de Gurgel e Barbosa) só uma investigação para descobrir.
    Esse blog, cujo nome é “megacidadania” (basta acrescentar o ponto com e abre-se a página), vem trazendo ao conhecimento público todos esses documentos que provam, entre outras questões importantes, que o dinheiro do Fundo Visanet não é público, por meio de documentos do Banco do Brasil entregues a Barbosa há mais de quatro anos.
    Lá estão os dispêndios de 92% do total de 73 milhões do fundo consumidos em publicidade vinculada pelo Banco do Brasil nos anos de 2003 a 2005, todas relacionadas aos cartões da Visa com bandeira ourocard do BB. Assim como o regulamento do fundo Visanet onde se lê sobre a origem dos recursos e o único meio de utilização deles, via gastos com publicidade, e sob fiscalização do gestor do fundo, o qual precisa aprovar previamente sobre a qualidade e conteúdo da publicidade.

    Pois que neguem até ao infinito de que não houve “caixa 2”, embora se prove que houve e sob anuência do Banco e da Visanet.

    • É isso aí, Sérgio Viana! E tem mais, porque somente o Pizzolato foi considerado réu no mensalão e condenado e os outros 4 diretores do BB que estavam diretamente envolvidos no processo sequer foram citados na AP 470? Simples, só porque ele é petista. Simples assim. Agora, depois desse “aviso” ao Sr. Roxin, que tal averiguarmos se a tal viagem do BatBarbosa para a Alemanha foi mesmo para uma consulta médica. Diga-se de passagem, vimos, pelas encenações teatrais no STF, que o Bat é orgulhoso demais para admitir seus erros. E que outro ministro do STF viaja constantemente para a Alemanha dizendo que tem uma filha morando lá, inclusive utilizando do avião particular do Cachoeira?

  • Importante não perdermos de vista que a ação penal 470 é apenas uma fase de um movimento muito maior, que visa condenar Lula, cassar o mandato de Dilma e cassar o registro do PT na justiça eleitoral, para que o partido não possa mais disputar eleições.

    Em Honduras e no Paraguai foram aplicados golpes de estado por iniciativa ou co-participação do poder judiciário. E no Brasil, em 1945, o stf cassou o registro do Partido Comunista. Então, não se pode argumentar que “eles não fariam isso”. Já fizeram.

      • Tem um livro cheio de documentos sobre a filha do Serra, documentos que não há contra os filhos de Lula, mas você, capacho do PSDB, não lembra. Perdi a paciência. Não adianta. Não consigo me conformar com a sua falta de vergonha na cara. Por favor esqueça este blog.

  • isso é que dá viver num país de bananeiros ..eu não preciso de ninguém do estrangeiro pra guiar o que penso ..e nesta caso eu fico com o SUPREMO

    Pra mim provas NÃO faltaram, os álibis foram FRACOS (alguns fraudados) e muitos beneficiários foram identificados

    Corruptos foram pegos (a turma do PTB, PL, PP e PMDB, banqueiros e a gangue do Marcus Valério por exemplo) ..FONTES e quantias do dinheiro desviado foram localizadas, tabuladas, datadas e rastreadas (no mínimo, a valores de hoje, R$ 300 milhões)

    DELUBIO não tinha interesse direto nem visão do jogo, era um soldado raso do esquema ..ele NÃO negociou preço com os líderes dos partidos, MUITO menos o apoio que tal cooptação garantiria

    Reuniões e encontros foram agendados e se realizaram, e isso entre AUTORIDADES com diversos DESCONHECIDOS da República – e por diversas vezes havidos com o CAREQUINHA –

    desculpe, não me chamem de idiota pois eu ainda os tenho como pessoas íntegras

    O que peço sim é que a tal régua seja estendida a todos os outros DELINQUENTES que infestam e deformam mais ainda esta nossa fantasiosa e INCONSEQUENTE democracia ..delinquentes presentes em tudo quanto é bandeira e não é exclusiva de nenhuma fmília

    ps 1 – você sabia que contra o 2o homem do esquema nazista, o substituto direto de Hitler – o idealizador da solução final – HEINRICH RIMMLER – nenhuma prova documentada e/ou escrita foi localizada que o ligasse ao esquema genocida ? ..nenhuma ordem direta, assinada em pena ?

    sim sim, concordo sim com os que dizem que o ENREDO descrito é pouco crível (o tal mensalão, regular e dado a dezenas de deputados diretamente) ..concordo também que uma ou outra classificação de crime pode ser encarada de diversas maneiras, ou até mesmo exagerada ..mas muitos hão de concordar que havia margem pra se classificar muitos dos malandros de diversas outras maneiras (como sonegadores por exemplo)

    ps 2 – REITERO mais uma vez que, pelos meus valores, um DEDO DURO (sócio no delito) jamais pode ser comparado com um DENUNCIANTE legítimo (que busca defender seu direito) ..por isso me espanta que muitos, fora de não terem apontado pros corruptos, ainda chamam um Delubio de MEU COMPANHEIRO

    ps 3 – OUTRO ponto favorável, que deveria receber atenção das pessoas de bem, é que a MAIORIA do STF (menos Levandosky) não deu chance a chicanas que visavam a fazer com que muito malandro viesse a se beneficiar do decurso de prazo e/ou da prescrição de pena (outro ponto em nosso direito que junto com o direito a mentira e os fóruns especiais me faz ter VERGONHA de ser brasileiro)

        • DIRCEU assumiu – e as agendas confirmavam – que fez reuniões com todos do esquema, inclusive no Planalto, com todos, TODOS e por mais de uma vez. ..ele é cobra criada, fora da FUNÇÃO INSTITUCIONAL que detinha, ele sempre soube por dever de ofício – no mínimo – quem era quem, quem era um Marcos Valério por exemplo

          …colega, ele é filho adotivo de Fidel, ele pode ser muita coisa, menos bobo e ingênuo ..ele sabia dos riscos que corria e resolveu pagar pra ver (com o presidente falecido do PTB deu certo, já com o Jefferson – homem de Collor – não) .aliás, se eu fosse ele eu encarava como ofensa quem acreditasse em tamanha ingenuidade e incompetência havida por parte dele

          ..todos sabem que ele chamava pra si a autoridade sobre a coordenação e sobre os acordos políticos do PT e governo ..todos sabem que ele era o MAIOR líder do partido e que por eles era ouvido, respeitado e temido ..que tinha a maior visão de LP sobre o que acreditava ser melhor pra mim e você, pro páis (só pq ele quer, penso)

          ..fora que eu não vi ele se indignar e enfiar o dedo na cara dum DELUBIO por exemplo ..e pq ? PORQUE ? ..oras, francamente, se fosse comigo esta “pseudo” traição ..

          GENUÍNO mesmo não escondeu que fazia o acordo em dobradinha ..ele fazia o SOCIAL e formal (em contrato com MV), a reunião sorriso e tapinhas ..e praticamente todos os incriminados disseram que o Zé Dirceu batia o martelo e botava preço, ..ou aqui tb vão dizer que era coisa do DELUBIO e que ele tinha autonomia ?

          Não espere de pessoas como ele uma confissão, gravação e ou declaração formal ..no máximo uma equiparação de praticas e uma classificação em delito de menor envergadura (tipo CAIXA 2 – como se fosse DOAÇÃO descompromissada de uma Madre Tereza – como tentaram pra ver se colava)

          ps1 – OLHA, ao contrário de muito jornalista, eu, DE GRAÇA, defendi o Dirceu da cassação como poucos ..defendi porque ela foi feita fora de FORMA e de regra (ele não era deputado quando do delito) ..mas a CESAR o que é de CESAR, mais do que a lei e as instituições, eu devo mesmo satisfação a minha consciência

          ps2 – DELUBIO declarou que encara o “castigo” como missão partidária ..vai ver ainda espera uma rua e/ou nome em sua homenagem ..aqui, apenas um exemplo do que FANÁTICOS estão dispostos a pagar só por estarem vivendo perto de seus líderes (coisa de maluco mesmo)

          ps3 – defender J.Dirceu e suas atitudes (uma aonde entre tantas não houve pedidos de desculpas nem REPRIMENDA e/ou censura a quem foi pego com a bunda suja) ..negar as evidências que pesam contra ele e dizer que são insuficientes, pra mim, seria o mesmo que se exigir que pra todo crime contra a vida o assassino ou confessasse, fosse pego em filme e/ou em flagrante delito

          ps4 – mesmo condenado MALUF diz que é inocente, pois não tem conta em seu nome no estrangeiro (isso pq as contas estão em nome de off shorse) ..cara de pau, fez escola

          • “ele sempre soube por dever de ofício – no mínimo – quem era quem, quem era um Marcos Valério por exemplo”. Prove que Dirceu sabia quem era Marcos Valério e eu deposito uma grana na sua conta, Dizer que ele devia conhecê-lo por dever de ofício é não dizer nada, mesma coisa que o Papa saber quem era o padre pedófilo da paróquia do interior do Brasil. Estranho seria se ele não fizesse reunião com ninguém, devido ao seu cargo.O próprio acusador, o PGR, disse que não tinha provas contra Dirceu no começo do julgamento argumentando que quanto mais se sobe na “organização criminosa” menos provas se tem. Só depois mudou a versão para “provas abundantes” por pressão da mídia. E se fossem mesmo abundantes porque invocar a teoria do domínio do fato? Não precisariam dessa muleta, que nunca foi usada antes pelo STF. Sua argumentação não bate com a lógica, juridicamente falando. Quanto ao Brasil ser uma “República Bananeira” deve ser porque ainda há tantos bananas quanto você, que apenas papagaiam o que a mídia diz.

          • Que legal.
            Você quer condenar Dirceu pelo que ele TINHA que fazer como Ministro: reuniões políticas com representantes de partidos políticos, principalmente aliados. Essa prova que você destaca QUE A AGENDA DELE comprova é risível.

            Vá ver as agendas dos ministros e você condenará todos, independente do partido.

    • Vc é uma piada de mal gosto. Fracas são as ditas “provas”. E esses R$ 300 milhões, que inflacionamento absurdo é este? de R$ 72 mi para R$ 300 mi, é o índice veja que diz isto?

      Um julgamento baseado na teoria do domínio do fato, onde não houve nem domínio e nem fato.

      Direitóides, vcs estão cada vez mais perdidos no malabarismo que tentam usar para condenar seus desafetos.

        • BB não entra nesta conta, pois foi somente o visanet, que não é do BB, como tentam forçar, mas o valor foi R$ 72 milhões, e não 150 mi… mesmo assim, a sua inflação veja está muito alta com 150 mi para 300 mi…

    • pergunta pra voce, romanesco: seo que tu gosta da inquisiçao de malfeitos politicos – é a tua cara- mas cade a prova de compra de votos para votaçoes no congresso e prova da montagem dessa compra?
      -quem foi o antecessor do pizzolato no BB e que fazia exatamente a mesma coisa para o tucanato no governo FH?
      Fico comovido com a tua incom ensuravel fé no pig.
      pior ainda na boa,fé do pig na qual o romanesco tem fé.
      PS.
      quanto ao comentario que uma ameaça do pIG brasileiro nao fazer cócegas no Roxin, eu concordo que nao faz mesmo. Mas isso nao significa que o complexo PIG-Ministros do STF nao tenha feito a tentativa. Principalmente depois que a blogosfera começou a esculhambar com o dominio do fato e o germanio viria ao Brasil. Tá na cara que tem logica.

    • Romanelli vc por aqui DE NOVO? esqueceu o escrevi em post seu dias atrás? vc apontou um monte de coisas agora pergunto cadê akelas referente ao esquema mensalão demotucano que querendo ou nao EXISTEM PROVAS ATE SEU ULTIMO FIO DE CABELO.
      eu sei vc nao quer enxergar por ser UM IDIOTA (pensou que eu teria medo de dizê-lo.. enganou-se), tudo bem vc é de EXTREMA-DIREITA.. SÓ NAO TEM CORAGEM DE ASSUMIR, pois se ASSUMIR você estaria bem dentro no ESQUEMA MENSALÃO DEMOTUCANO por DOMINIO DE FATO.. que IRONIA NÂO? RISOS!

  • O nosso eterno complexo de vira-lata nos faz esquecer que o básico do direito é julgar com prudencia, daí o nome jurisprudencia. Não precisamos de juristas da Alemanha, da Inglaterra, França, ou EUA para fazer justiça.

    Quando Joaquim Barbosa usou a doutrina alemã que julgou os nazistas e depois todo o resto o fez porque precisava de uma bengala para apoiar sua frágil coluna moral, juridical , bananal e coisa e tal.

    A vida é simples. Hoje você nasce, depois disso a morte é a coisa certa.
    Julgar é simples, basta que sejamos simples. Quando rebuscamos demais, colocamos armadilhas no meio do caminho onde nós proprios vamos pisar.

    O STF complicou demais esse julgamento, plantou demais bananas, terá agora que circular nesse bananal.

    De bananas pode-se fazer doces, diria Cora Coralina na sua eterna e tão instigantemente elegante simplicidade . ( salve Carlos , o Drumond que descobriu tão e tal alma cheia de dignidade)
    Adoro vitamina de banana, banana passa , banana flambada e você Edu?

    • ANA, vc há de convir comigo que um esquema de USO INDEVIDO de dinheiro foi usado – todos, TODOS os advogados falaram abertamente em CAIXA 2 – e que CORRUPTOS foram pegos, NÃO ? ..todos falaram que pecaram, só que tentavam ser classificados no pecado que lhes desse de menor pena (*), ou até da prescrição pra elas

      vc acredita na existência deles, dos corruptos, sem a figura de corruptores ?

      eu sempre votei pelos meus princípios, por acreditar no que muitos me diziam (hoje me sinto enganado e iludido por quem já considerei amigo)

      ..NUNCA dei carta branca a ninguém (embora saiba que nosso modelo tiririca, de voto secreto no parlamento, facilita isso) e nem advoguei que os fins (que nem sei quais são) justificassem os meios (que sequer saberemos um dia de todos os que se usam)

      Sim, causas, fins e motivos podem ter sido diferentes (podem, não HÁ certeza ..mas ninguém pode jurar que são mais ou menos limpos e leais

      ..do que sei é que houve ABUSO DE PODER ECONÔMICO, quer feito via órgão público e trafico de influência ..e/ou em sociedade com autoridades e banqueiros ..e aqui, minha colega, todos sabemos, nada sai de graça pro pvo, não é mesmo ?

      sempre VOTEI pra mudar, não pra imitar praticas que sempre condenei…

      (*) por este simples motivo e REALIDADE é que acho um desserviço retardatários virem agora dizer que o processo carece de base..

        • já as citei acima ..se não o convenceu, é um direito seu

          ..inclusive de escolher um ZÉ MANÉ qq pra cristo ..de achar que tudo partiu da cabeça, do conhecimento, visão e “autoridade”, a interesse direto de um DELUBIO SOARES que, aliás, SEQUER REUNIÃO com os corruptos fez (refiro-me aos líderes cooptados dos partidos historicamente fisiologistas e diretoria do Banco Rural, BMG, Câmara e BB)

      • Ô neobabaca,

        Eu já disse quatrocentas trizilhões de vezes que “caixa 2” partidário NÃO É CRIME. Vou dizer mais uma vez: “caixa 2” partidário NÃO É CRIME.
        Se você acha que é, então cite qual a lei, artigo, parágrafo, inciso ou alínea que disponha sobre isso.
        Vai, diga aí.
        Ah, você também não sabe?
        Então pare de falar (repetir) besteira, seu babaca..

      • Cara, você é brilhante! Pede uma vaguinha pro joaquinzão no supremo. São pessoas como você, que pensam com as vísceras, que ainda farão esse país voltar à idade média, como querem nossas valorosas elites!

  • Essa informação é gravíssima! Quer dizer que Claus Roxin foi ameaçado para não dizer a verdade sobre o absurdo “fabricado” para condenar de qualquer jeito; ou seja, sem provas; José Dirceu!!!!!!!!!!!!!?????????? Todos sabemos quem provavelmente foi esse “conhecedor” do alemão que fez chegar a ameaça ao jurista. ESSA DENÚNCIA EVIDENCIA O PODEROSO JOGO DE INTERESSES QUE ESTÁ POR TRÁS DESSA PIADA CHAMADA DE “JULGAMENTO” DO INEXISTENTE MENSALÃO, QUE NÃO PASSOU DE UMA CONDENAÇÃO SUMÁRIA COM O INTUITO NÃO SOMENTE DE “VALIDAR” ANOS DE MENTIRAS ABSURDAS DA DITADURA MIDIÁTICA E DOS SEUS “JORNALISTAS” AMESTRADOS, COMO TAMBÉM DE SEDIMENTAR O GOLPE DE ESTADO EM CURSO NESTE PAÍS, DESTINADO A PRENDER LULA, INVIABILIZAR SUA PARTIDIPAÇÃO NAS ELEIÇÕES DE 2014, COMO TAMBÉM RETIRAR DILMA DO PODER. A FORÇA DOS INTERESSES ENVOLVIDOS FICOU MAIS DO QUE EXPLÍCITA NESSA AMEAÇA FEITA A CLAUS ROXIN(NÃO É POUCO A “ELITE” BRASILEIRA, OU SEUS EMISSÁRIOS, QUE ADORAM ABANAR O RABINHO DIANTE DE UM GRINGO, AMEAÇAREM UM ESTRANGEIRO COM A DESMORALIZAÇÃO E A CALÚNIA CASO OUSE CONTRAPOR-SE ÀS MENTIRAS DOS CORONEIS ELETRÔNICOS). A gravidade do caso torna urgente que José Dirceu, seu advogado, como também a Sociedade Civil organizada denunciem-no às organizações internacionais de direitos humanos(ainda que seja uma suspeita – só o STF transforma suspeita em provas – é necessário que o mundo a conheça). Do mesmo modo, torna-se ainda mais imprescindível que o jurista alemão, até mesmo em nome de sua ilibada reputação, tome conhecimento do processo e, se solicitado, forneça um parecer sobre a fantasiosa utilização da tese por ele desenvolvida pelo STF(pois Roxin não referiu-se especificamente ao processo do inexistente mensalão quando da entrevista, falara apenas em tese já que, ao contrário dos “jornalistas” amestrados da mídia, sabe que ninguém sério deve prestar-se a fazer elucubrações sobre o que não conhece). Todavia a possível ameaça de que foi vítima, além de explicitar a assossiação clara entre ao menos um membro do STF e a oligarquia midiática, também obriga um defensor do verdadeiro estado de direito a mostrar que não se curva a conclaves golpistas e assumir uma posição íntegra, ratificando o verdadeiro conteúdo da Teoria que criou, não compactuando com a deturpação nela realizada para condenar um inocente.

  • Esse mesmo Ministro esteve na Alemanha? Foi para isso? Mais uma vez destruir o Dirceu.?A mídia no Brasil é a mais poderosa do mundo. É preciso diminuir esse poder ou a ditadura já se aproxima…

  • Edu, se houvesse realmente provas contra o Zé Dirceu, como diz o Romanelli, o Glorioso STf não precisaria ter usado o tal domínio do fato, não acha?

  • Muito interessante essa conexão entre mídia, judiciário e o crime organizado. Senão vejamos:

    – membro do stf teria ameaçado o jurista alemão com represálias que viriam… da mídia.
    – esposa de Cachoeira ameaçou juiz: ou ele libertava Cachoeira ou a Veja iria criar um “escândalo” contra ele.
    – Marco Aurélio Mello, do stf, concedeu liminar para livrar Marconi Perillo (suspeito de pertencer à quadrilha de Cachoeira) de depor na CPI. Segundo juristas, a liminar também impede a CPI de indiciar Perillo.
    – “coroné” Gilmar Dantas (dono da cidade de Diamantino – GO) deu dois habeas corpus ao banqueiro Daniel Dantas (o herói da privataria demotucana) em 48 horas, apesar das esmagadoras provas contra ele.

    Constatamos, então, que há um esquema oposicionista que envolve o judiciário, a velha mídia e o crime organizado. Nesse esquema, os partidos oposicionistas são o que menos importa. Eles são apenas coadjuvantes.

  • revista mensal RETRATO DO BRASIL tem publicado matérias informativas e até um livro com jefferson e dirceu na capa
    da pra entender todo o roteiro anti lula e anti pt
    que o joaquim barbosa resolveu encenar sob refletores
    mas a raiz do problema é
    o mau exemplo do lula
    ter sucesso sem as bençãos dos
    você sabe com quem tá falando?

    enquanto isso senador sarney reclama
    de quem quer tirar
    o deus seja louvado das cédulas
    que ele talvez agradecido da presidencia
    que herdou da ditadura e dum defunto
    decretou pra casa da moeda imprimir
    nas cédulas que deve acumular
    diz sarney: é coisa de quem não tem o que fazer
    desfazer o que fez quando não tinha nada mais concreto pra fazer
    como presidente
    mas como esperar coerência
    dum ser que pinta o bigode já branco
    e quer ser imortal?

  • Deste STF que temos fico pensando quando houve necessidade de Moisés instituir o Conselho de Anciãos para julgar problemas do povo. Moisés não conseguia mais julgar sozinho. Agora temos um conjunto de juízes aqui que se acham os maiorais. Passam por cima das leis e da Constituição. Só falta mais alguns momentos para se declararem divindades. Pois a mídia brasileira já os declarou salvo alguma exceção.

  • Edu, permita-me publicar uma resposta que “Ramalho”, um leitor de Nassif e se não me engano seu também, deu a um tal de “Argolo”, que acho que vi aqui também. Esta resposta foi dada por Argolo ter dito que Lewandowski era ignorante quanto ao entendimento da teoria do domínio do fato, e usando pequenos trechos da explicação de Lewandowski, o tal elemento, como bom aluno do PIG, deturpou o fato.

    Segue resposta:

    “Você não provou coisa alguma, meu caro Argolo. Repete ad nauseam os enunciados de suas teses desconsiderando fatos notórios contrários a elas, fatos comprováveis, pois há o vídeo no Youtube. Repetir enunciados apenas, como você sabe, não torna teses verdadeiras, há que prová-las.

    O domínio da língua alemã por Lewandowski é provavelmente melhor, para não se dizer muito melhor, do que os de Barbosa, Celso de Mello e Ayres Britto. Como noticiado, Lewandowski aprende alemão desde criança, o que não é o caso de Ayres Britto e, tampouco, de Joaquim Barbosa e Celso de Mello. Então, se alguém não entendeu a teoria por desconhecimento da língua alemã, diferentemente do que você afirma, este alguém não é Lewandowski definitivamente. Aqui, também, você parece estar equivocado.

    Ayres Britto, com o apoio de Celso de Mello – que lançou mão da esdrúxula tese de que a apropriação da teoria pela doutrina nacional (que nacionalismo!) teria o condão de tornar correta a visão deformada que alguns da Corte têm da teoria –, mas em desacordo com o que diz Roxin, defendeu a ampliação da aplicação da teoria a casos banais (e não os especialíssimos). Ignorou o fato de que os acusados na hierarquia inferior e intermediária (hierarquia que teria Dirceu e Genoíno no topo) não são fungíveis, contrariamente aos casos das “mulas”, no tráfico de drogas, e dos soldados que matavam na Alemanha Oriental os que tentavam atravessar o muro de Berlim – casos estes em que a teoria é aplicável. Tais soldados, em seguida aos eventuais assassinatos que cometiam, eram substituídos, em razão de revezamento de turno de trabalho, por outros anônimos que cumpriam o mesmo papel – invariante era a ordem vinda de cima para matar os que tentavam fugir, caracterizando, portanto, o domínio indubitável do fato criminoso por quem deu a ordem. Analogamente, tal acontece com as “mulas”. Ignorou, ainda, que a tese aplica-se somente a casos especialíssimos como o de Fujimori, que, comprovadamente, comandou torturas e assassinatos e outros tais como motim, genocído, violação de direitos humanos.

    Por que a teoria do domínio do fato só pode ser aplicada em casos especialíssimos? Porque, dentre outras razões, a teoria PODE ensejar, como aliás está a acontecer, exageros frutos de ilações desarrazoadas. Se mal interpretada, permite, sob falso amparo teórico, o afloramento indesejável de subjetivismo exacerbado do julgador. Deriva daí, por exemplo, sem provas, mas porque o acusado tem posição hierárquica x ou y, que o julgador – na maioria das vezes nunca tendo comandado qualquer estrutura organizacional complexa, em geral, portanto, um ignorante da Teoria Administrativa – sinta-se confortável em “convencer-se” de que acusado tem domínio de fato criminoso. Ora, ter o comando da organização não significa, nem mesmo, ter o domínio dela: qualquer um que milite na área administrativa-gerencial está careca de saber disso. Quem chefia organização não detém ipso facto o domínio dela, e, muito menos, de fatos criminosos cometidos por membros dela, óbvio – até na casa da gente tal truísmo é constatável. A ilação de que necessariamente o detém é absurda, e o absurdo é passível de ser demonstrado empiricamente e teoricamente. Assim, a aplicação da teoria implica risco majorado de cometimento de injustiça por aumentar o grau de subjetivismo e de discricionariedade do julgador. Só deve, portanto, ser aplicada quando o bem jurídico a ser protegido é incomensuravelmente maior do que o risco da aplicação da teoria. Este não é o caso da AP 470, como demonstrou Lewandowski no vídeo que você menciona.

    No direito, como em muitas outras áreas do conhecimento, busca-se reduzir a discricionariedade das decisões aumentando-se a sustentação delas com critérios objetivos e universais, ao invés do “ao meu sentir”. A Teoria do Domínio do Fato infirma esta propensão desejável do direito, pois aumenta a influência do subjetivismo do julgador na decisão. Exemplo da exacerbação do subjetivismo da maioria dos ministros do Supremo é o julgamento mesmo da AP 470 assentado no “domínio do fato” – o subjetivismo tem como raiz um conjunto enorme de não-virtudes das quais todo o indivíduo, mesmo se ministro do Supremo, é prisioneiro em maior, ou menor grau, tais como moralismos, ideologismos, preconceitos, vaidades e que tais. Cotejando o tratamento dado pelo STF à AP 470 com o tratamento dado pelo mesmo Tribunal ao chamado mensalão tucano, análogo ao mensalão, evidenciam-se as incongruências.

    Ora, se há suspeita no mensalão tucano de dinheiro escuso na eleição de Eduardo Azeredo, dinheiro obtido através de esquema que tinha Valério como operador – o mesmo Valério –, é razoável inferir que tal dinheiro teve também por propósito comprar decisões governamentais e leis (como “sentido” pelos ministros na 470) nas quais Azeredo interviria depois de eleito – se a ilação vale para um caso, tem de valer para o outro. Além disto, talvez tenha havido também compra de parlamentares. Portanto, sob a teoria do domínio do fato, a cúpula do PSDB, incluindo Fernando Henrique, teria de ser punida, pois, em razão da posição hierárquica de que desfrutavam, tinham de saber o que estava acontecendo. Mas tal não se deu: os ministros não “sentiram” que Azeredo, FHC e outros tivessem domínio do fato, e que o fato fosse a compra de decisões governamentais. Ora, devem ter pensado, Azeredo não poderia agir assim, pois prócer do PSDB… Subjetivismo é isso aí. Então, distribua-se um crimezinho de caixa dois para o PSDB com julgamento a perder de vista, e um julgamento do século adredemente preparado para “esculachar” o PT e as esquerdas.

    Analogamente, por exemplo, desembargadores e juízes teriam de ser punidos por crimes reiterados e notórios de corrupção passiva cometidos por serventuários de cartórios (as “mulas”) para, por exemplo, adiantar ações: tais autoridades teriam o domínio do fato criminoso em razão de suas posições hierárquicas no judiciário, e, talvez, até levassem uma graninha por fora. Mas o julgador não “sente” assim. Diante da assimetria, só resta aos condenados da 470, sob o viés da eficácia da promoção da Justiça, reclamar às cortes internacionais, pois os bispos hoje em dia no Brasil não são instância na qual ela seja promovida, e o judiciário é o que é.

    Há, porém, casos gravíssimos em que a teoria deveria ser aplicada, mas não é. Veja-se os seguintes exemplos: a polícia de São Paulo, na invasão de Pinheirinho, segundo denúncias, agrediu moradores, destruiu seus bens móveis, violentou mulheres; o morticínio de Carandiru comandado por coronel recentemente assassinado; a aparente guerra entre a polícia e o PCC em São Paulo, com bandidos e policiais matando uns aos outros; no Rio, a agressão sistemática e criminosa a moradores de favelas feitas por policiais nas incursões da PM (hoje menos frequente); as centenas de assassinatos perpetrados por policiais e registrados como “autos de resistência”, prática sistemática e institucional das polícias – não dos policiais – bem semelhante à dos policiais alemães que matavam no muro de Berlim. Nesses casos, ninguém foi punido, e há, claramente, fato criminoso e domínio do fato neles. Soldados não “esculacham” cidadãos por mera psicopatia (embora seja fator contribuinte) mas por obediência a seus comandantes, ou por leniência destes – os soldados são, inclusive, treinados para agir assim.

    Há, ainda, o exemplo do genocídio que sucessivos governos israelenses vêm praticando em Gaza e ao qual a teoria se aplica, mas isto é com o TPI.

    Outro ponto que você desconsidera, Argolo, é que a Teoria do Domínio do Fato vem sofrendo evolução, vem sendo aprimorada até hodiernamente. A teoria na versão de 1963 não é necessariamente a de 2012, pois, certamente, sofreu aprimoramentos. Lewandowski apresentou crítica recentíssima de jurista alemão publicada na Inglaterra à Teoria, mostrando que está ainda a merecer melhorias. Mesmo Celso de Mello, em seu pronunciamento (pedante como sempre) sobre a teoria, admite que ela teria sido apropriada pela doutrina tupiniquim com modificações. Há, por conseguinte, mais de uma teoria do domínio do fato. A qual versão delas Lewandowski se refere, você sabe, Argolo? Creio que não, e você não tem como saber, a menos que pergunte a Lewandowski. Não sabendo qual é, não pode afirmar que Lewandowski desconhece a teoria pelo trecho do comentário dele que você explicita e grifa.

    Ademais, parece que você não percebeu a sutileza da crítica que Lewandowski fez ao plenário. Ele, por educação, creio eu, não quis afrontá-lo dizendo que os ministros não entenderam o que leram sobre a teoria. Claro que ele sabe que tem de haver fato e domínio do fato provados, mas, educadamente, preferiu a tese de que a teoria está ultrapassada e que é alvo de críticas mundo afora. Melhor dizer que a Corte está desatualizada, do que explicitar a burrice dos ministros. No entanto, absolve Dirceu por não haver prova que sustente a aplicação da teoria (45:22), o que desmonta a crítica que você, Argolo, faz ao ministro. É também por isto que o ministro afirma que nem Roxin conseguiria aplicar o domínio do fato ao caso, pois faltam provas.

    O que interessa mesmo, porém, é o seguinte, e este é o fulcro da crítica de Lewandowski à aplicação da teoria na AP 470 contra o qual ninguém no plenário se insurgiu, e que é também defendido por Roxin: o domínio do fato tem de ser provado, e não restou provado na AP 470. Aliás, nem o fato. A teoria do domínio do fato, por isto, foi usada para sustentar ilações frutos de ignorância da ciência da administração, preconceito e politicismo. Segundo a visão distorcida, Dirceu, por ser ministro da Casa Civil, teria, necessariamente, de ter comprado votos de parlamentares, porque o PT é intrinsecamente fraudulento e come criancinha. Ora, como qualquer pessoa com um mínimo de bom senso sabe, não houve compra de voto de parlamentar, não houve fato, e, por não haver fato, não houve domínio de fato; houve caixa dois para pagamento de dívidas de campanha. E mais, apesar de tudo, o PT é o partido mais ético dentre os grandes partidos, como provam as estatísticas do TSE, afora ser o que melhor desempenho teve no poder. Abraço.”

    Fonte: http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/teorico-do-dominio-do-fato-repreende-stf#comment-1152026

    E por sinal, parabéns a “Ramalho” pelo excelente texto. Muito bem escrito.

    • SIM, eu acho que a mesma teoria pode ser aplicada a turma do PSDB ..a THC não digo (no caso de MINAS), mas ao governador Azeredo sim

      SIM, eu acho que as provas contra um COLLOR foram mais que suficientes (os depoimentos, os presentes, os gastos extravagantes, a CONTA no Uruguai, as tratativas e negociatas do PC)

      SIM, eu acho que João Alves não ganhou tanto na mega sena ..aliás, duvida que ele tenha ganhado uma só vez

      SIM, acho que os comandantes da PM ..os diretos, deveriam ser sim responsabilizados assim como o tenente na recente execução

      EU penso que o mais importante deste processo todo NÃO é o de tentarmos fulanizar pra pintar este ou aquele como o pior de todos, mas sim o de encararmos que inúmeras pessoas cometem sim delitos e crimes que ao cidadão comum jamais seriam tolerados

      ..crimes e delitos que carregam SIM um enorme potencial negativo ..e claro, CAIXA 2 em si é um dos crimes mais perversos pois ele não é filantropia, ele é escondido, muitas vezes derivado de outros delitos, e que espera por RECOMPENSA, um que de cara atenta e toma a democracia como refém

      Imagine vc por exemplo se um Maluf (pai e filho) preencheu diretamente os cheques que lhes creditaram na conta ..evidente que não (aliás, me surpreenderia saber se eles sabem preencher um cheque sequer ou mesmo se eles conseguem, sem ajuda, amarrar seus cadarços e sapados de cromo alemão) ..o problema aqui é que psicopatas como eles sabem identificar pessoas que se prestam a fazer os servicinhos porcos pra eles, inclusive as suas defesas carentes da mais simples lógica e racionalidade

      UM EXEMPLO de onde a lei ainda pode ser aplicada – ontem eu ouvi uma entrevista do secretario de energia de SP, JOSE ANIBAL ..ele dizia dum projeto de energia solar que será instalado no Pq Vila Lobos ..um que incluirá painéis seguidores .aliás, fui na feira de tecnologia em SP, e um painel pequeno, com seguidor, era oferecido pelo SENAI ao custo (CUSTO) de MIL REAIS ..a repórter perguntou quanto o projeto do Estado custaria e ele respondeu que R$ 13,3 MILHÕES ..e depois a mesma repórter perguntou a ele de quanto seria a economia pra SP ..e aí o secretario desconversou ..pressionado ele confessou que não sabia, mas que o mais importante era a população tomar contato com tal inciativa ..sei sei ..francamente ..e aqui vão querer o que ? que o secretario assuma que sabe que a coisa esta superavaliada ..que o preço é irreal e que a economia não justifica o gasto ? ..resumido cumpadi, exemplo como este não falta ..(KASSAB mesmo, o mais novo aliado federal, disse que pagou R$ 55 milhões pra reformar uma praç que contou com demolição e novos BANCOS de madeira e concreto)

      sinceramente, se os gatos querem ter exito, há que serem mais rápidos e astutos que os ratos, vici ..pois caso contrário um dia eles levam toda a dispensa

        • Para todos os casos acima, independente do mensalão do PT, que não teve nem domínio e nem fato, todos têm que ter provas, ou seja, os atos de ofício.

          O mensalão do PSDB tem sim provas de ofício envolvendo Azeredo e Marcos Valério, com vários telefonemas, além da fortíssima ligação de Valério com Dantas nas negociatas, é fácil de achar na internet. A fonte deste também foi de estatais, dinheiro público.

          É porque nem falei da privataria ainda e de outro que vc viu acima citados por Ramalho.

    • A desaparecida deixou um vídeo acusando formalmente o goleiro Bruno de pretender assassiná-la. Sua comparação é uma barbaridade. Não há nada nem parecido contra Dirceu.

      • E esse vídeo, deixado pela própria vítima, prova alguma coisa?
        Eu mesmo, motivado por sabe-se lá, quais motivos torpes, posso acusar qualquer pessoa, de qualquer coisa que eu quiser.
        Isso é prova de alguma coisa?

        Além disso, é dogmático afirmar que, sem um corpo, não há um assassino.
        Você é um cara de pau, a serviço de um bando de corruptos, que subtraem um naco enorme da riqueza produzida pelo suor de todo povo brasileiro, com o claro objetivo de se locupletar, e se manter no poder.

        • Eu mesmo, motivado por sabe-se lá, quais motivos torpes, posso acusar qualquer pessoa, de qualquer coisa que eu quiser.
          Isso é prova de alguma coisa?

          Substitua “Eu” por “Roberto Jefferson” e qualquer pessoa por “José Dirceu”, Néscio. Cara de pau é você.

  • Oi Edu. Ontem no JN o apresentador do jornal (Willian Boner) anunciou com alegria indisfarcada a declaracao que Dilma deu na Europa sobre o julgamento do mensalao. Ali estava expresso, pra nos que acompanhamos os debates em seu blog e demais blogs progressistas, o pensamento de que nao mexa conosco da Globo. A presidenta tem medo da Globo e foi contra a nota do seu partido, divulgada dias antes. E triste, mas e verdadeiro.

  • Prezado Eduardo: ontem, dia 19 de novembro o ministro Marco Aurélio de Mello concedeu um Habeas C ao senhor Marcondes Perillo , governador pelo PSDB, de Goiás. Eu quero é o julgamento do mensalão do PSDB e não HC . Assim fica dificil não duvidar o STF.

  • uma coisa é certa
    se não forem mais uma vez golpeadas
    as minorias
    até aqui desprezadas & reprimidas
    se unirão a cada eleição
    e a minoria que ainda manda
    vai cair atirando
    vencida

  • Uma coisa é certa! Para absurdos como esses que o STF vem praticando, da mídia eu nem vou falar, pois são gangsters comprovados, poderem ser aceitos, torna-se fundamental que existam idiotas do tipo desse romanelli e outros, que engolem tais fatos. E essas aberrações “humanas” agem fundamentalmente por má fé e/ou por ignorância. Como não há outra opção, eles que escolham onde se enquadram: se corruptos como a mídia e STF, ou, se, simplesmente asnos mesmos.

  • se esse velho com 82 anos tem medo de proclamar a verdade, então ele foi uma fraude a vida inteira.
    O que tem ele a esconder nesta altura da vida?
    Alguém tem que avisar a ele que irá passar para a história falando a verdade e não ,se escondendo.
    Além do mais o quê um juiz do stf Brasileiro pode influenciar na sua vida lá na Alemanha?

  • “Segundo essa fonte, um ministro do STF que fala alemão e tem influência na comunidade jurídica alemã fez chegar a Roxin um verdadeiro terrorismo sobre ele eventualmente se imiscuir no processo brasileiro.

    Segundo as informações, Roxin teria sido “avisado” de que a imprensa brasileira passaria a levantar dúvidas sobre suas razões para assessorar a defesa de José Dirceu, podendo “surgir” denúncias como aquelas da Veja”

    Desculpe, mas nesse post você pisou na bola — divulgar teorias desse tipo (“teria sido avisado”) é coisa do PIG, não da blogosfera progressista.

    Em primeiro lugar, será que a sua fonte tem acesso a esse “ministro do STF que fala alemão e tem influência na comunidade jurídica alemã” para poder saber o que ele teria feito chegar a Roxin?

    Em segundo lugar, você acha mesmo que um ministro do STF faria algo tão primário quanto ameaçar um jurista internacional com o poder da mídia brasileira?

    E, finalmente, você acha que Roxin se preocuparia com o que a imprensa brasileira diz ou deixa de dizer sobre ele? Seria mais ou menos como um ministro do STF argentino avisar para um importante jurista brasileiro que o Clarín vai publicar um artigo sobre ele.

    Por qualquer ângulo que se olhe, isso não faz sentido.

    • Edu não publicou o que a fonte disse como verdade absoluta, já o PIG publica mentiras e deturpações como verdades absolutas. Inclusive, Edu não diz que isto seja verdade ou mentira.

      Uma coisa e fato verdadeiro da farsa do julgamento do mensalão do PT, onde nitidamente vê-se o tribunal de exceção. Outra são as fontes, que neste momento crucial, podem ser passadas a público, desde que seja informada como fonte, e não como verdade absoluta, pois cabe a quem achar que é verdade simplesmente achar. Eu acho que a fonte diz a verdade, mas tenho certeza de que o julgamento foi uma farsa.

        • Infelizmente, Lula nomeou inimigos. Tudo bem que não precisava nomear amigos, mas nomear inimigos foi uma tremenda inocência.

          Infelizmente, o que eu sei e que não é opinião e sim fato, não atestado somente por mim, mas por muitos, inclusive juristas sérios, advogados, promotores, juízes, etc, do julgamento ser uma fraude, totalmente arbitrada por um tribunal de exceção, não é forte para desbancar a fraude. Os fraudadores possuem o poder da arbitrariedade, de dizerem que estão certos e de dizerem que não erraram. A única coisa que pode corrigir esta aberração, visto que cometida pela última instância da justiça, é um intervenção da corte interamericana de direitos humanos.

  • Francisco Barbosa e Gilmar “Dantas” se gabam de serem fluentes no idioma alemão. Mas diante do que aconteceu no julgamento da AP 470, a polêmica da teoria do Domínio do Fato, uma coisa ficou clara para mim. Os dois marmanjos podem até ler em alemão – isso eu também faço – mas, assim como eu, não entendem nada.

  • Eduardo.

    Sinto falta no seu blog de uma forma de enviar mensagens diretas a outras pessoas independente do provedor que usa. Aquele ícone com forma de envelope que é só clicar e enviar para qualquer um.
    Isso ajudaria muito a disseminar as informações para um universo maior.
    Não sei se isso tem custo mas pense nessa sugestão. Facilitará a sua vida e a nossa também.
    Abraços.

  • As negras nuvens se aproximam.

    O Ministro Joaquim Barbosa, demonstrou que leu a teoria do “Domínio do Fato”, porém não estudou a mesma em profundidade. Apesar disso, aplicou a dita teoria.
    Os outros Ministros acompanharam o relator, a exceção do Ministro Ricardo, o que significa que não conhecem a teoria mas assinam embaixo do que disse o Ministro Joaquim Barbosa. Significa dizer que aceitaram ser manipulados e demonstraram também, que lhes falta competência para o cargo.
    O Ministro Joaquim Barbosa, será o novo Presidente do STF e assim podemos esperar mais decisões estapafúrdias e claras demonstrações de incompetência.
    Deus, salve nossa frágil Democracia.

  • Teria sido? Isto é jornalismo sério, hein? Como você chegou a esta conclusão? rs Fonte FIDEDIGNA??? rs

    Olha, a sua claque pode até fingir que acredita, mas nós sabemos de onde vem estas histórias…rs

    Teria sido?????? rs Fonte fidedigna??rs

    Continue fazendo seu trabalho, deve confortar seu coração você achar que está trabalhando para um Brasil melhor. Conforta o EGO.

  • O PIG safado é a única esperança do consórcio do satanás.Eles têm remotas chances.só uma hecatombe econômica tiraria a vitória da Dilma em 2014. Vejam isso;

    Dilma chama espanhóis para obras no Brasil

    Publicado em 20/11/2012 – 5:01 por Egídio Serpa | Comentar

    Está retornando da Espanha a presidente Dilma Roussef.

    Ontem, 19, em Madri, ela convocou as grandes empresas espanholas a investirem no Brasil.

    E avisou a elas: até o fim deste ano, lançará pacotes de concessão de ferrovias – trem bala no meio – rodovias e portos.

    Investimentos superiores a R$ 150 bilhões.

    Os espanhóis disseram à Dilma que virão.

  • O PIG rosna ,mas o que importa são investimentos,empregos e Renda para povo trabalhar,estudar e prosperar :

    Siderúrgica Aço Cearense recebe estrangeiros

    Publicado em 13/11/2012 – 4:54 por Egídio Serpa | Comentar

    Diretores e executivos de uma grande siderúrgica europeia virão na próxima semana a Fortaleza para reuniões com o empresário cearense Vilmar Ferreira, sócio majoritário da Aço Cearense.

    Tratarão com ele sobre o fornecimento de placas de aço para a futura siderúrgica que a Aço Cearense construirá no Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

    O projeto de Vilmar Ferreira prevê a produção de um milhão de toneladas/ano de bobinas de aço plano, aquele que é utilizado pelas indústrias da linha branca (máquinas de lavar, refrigeradores e fogões) e de automóveis.

    Revela Ian Correia, vice-presidente da Aço Cearense, que há conversas com vários fornecedores nacionais e estrangeiros.

    Ele também informa, sem citar onde, que já foi escolhido o terreno onde a laminadora será construída.

    A Industrialização do Nordeste não tem volta.Por aqui, no Ceará, Há ampliação do aeroporto, Nova universidade federal (UFCariri ) , nova linha(Leste) do Metrô de Fortaleza e mais 02 Siderúrgicas ( CSP e SILAT) .além da futura Refinaria da Petrobrás.Tucanos e DEMonios estão extintos por aqui. Só o PIG de resto.

  • Mais noticias boas para os Cearenses,Nordestinos e Estrangeiros.Ruim para tucanos e DEMonios:

    Siderúrgica aguarda a Licença Ambiental

    Publicado em 12/11/2012 – 4:35 por Egídio Serpa | Comentar

    Está tudo pronto para o início da construção da Usina Siderúrgica Latino-americana, que o grupo espanhol Hierro Añon vai erguer em área de 148 hectares, na geografia do distrito de Primavera, em Caucaia.

    Para o início dos trabalhos, o que está faltando?

    Exatamente: a esperada Licença Ambiental.

  • Pessoal, por favor a expressão “domínio do fato” não pode ser usada pois está totalmente incorreta, no caso tipificado na ação penal 470 é corretíssimo usar a expressão “DELÍRIO DO FATO”. Vou ali na esquina tomar uma, pois hoje em Uberaba é feriado, pra ver se eu consigo delirar como o stf, a deles é da boa.

  • Com todo o respeito ao Brasil, mas acho que o jurista alemão está pouco ligando para o mensalão e nem sabe quem são os ‘juristas’, Barbosa, Mendes, Brito, Peluso e outros. Ele disse que o caso não tem importâcia científica e não iria ler. Estão querendo encher a bola desses ‘juristas brasileiros’ com uma repercussão internacional que esse caso não teve. Aliás, nem aqui no Brasil teve, pois a população em geral está pouco se lixando ou nem sabe o que é mensalão.

  • Estamos perdidos!!!! Confiar em quem???? So no $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

  • DIA 20 DE NOVEMBRO (Cláudio José)

    Rios de sangue inundaram e mancharam essa nação
    A mãe África chorou e sofreu com a essa vergonha criminosa
    As correntes e as chibatas não tinham limites
    Zumbi e Anastácia não se calaram e lutaram
    Liberdade só no ventre e nos quilombos
    As elites opressoras até hoje pregam a escravidão
    Somos todos irmãos de sangue e brasileiros de coração
    Somos irmãos de uma só nação
    Gente de muita fibra com uma missão
    Transformar o mundo num lugar melhor para todos
    Viva Zumbi o líder de um novo tempo
    Viva Anastácia a santa milagreira e guerreira
    Viva o povo brasileiro, viva a liberdade dos nossos irmãos
    Viva esse povo que moldou, lutou e mudou essa nação
    Dia 20 de novembro, dia da consciência negra, dia de celebrar a liberdade e o amor.

  • Edu

    Em todas as partes de Brasília existem relatos do avistamento de um misterioso “Homem da Capa Preta””.
    Ele surge misteriosamente do nada, aterrorizando todos aqueles que acreditam em democracia. Seu rosto não tem expressão, seus olhos são descritos como vermelhos cor de fogo e sofre de dor na coluna (quinta vértebra ou quinta coluna). O que seria essa estranha criatura?

  • Entre o Supremo e o PIG, o primeiro é anos-luz pior, pois o PIG não vale o que o gato enterra, mas o Supremo deveria ser o guardião da Constituição e, ao invés, a assassina dia após dia. Vide a liminar dada pelo sinistro Mello ao “impoluto” governador de Goiás. PHA, não chame mais o sinistro de (Collor) de Mello, pois que o verdadeiro Collor de Mello é o único que está mostrando que tem “aquilo roxo”, enfrentando o procurador-geral (o que será que ele tanto procura?), o Jô Gurgel.

  • Saiu esta porcaria no Blog de Noblat:

    “Jurista alemão afirma que jornal fabricou notícia favorável a mensaleiros condenados”. Por Augusto Nunes

    Na edição de 11 de novembro, a Folha de S. Paulo amparou-se em declarações atribuídas ao jurista alemão Claus Roxin, um especialista na teoria do domínio do fato, para socorrer na página 5 os condenados no julgamento do mensalão. Participação no comando do esquema tem de ser provada, diz o título da reportagem que promoveu um desfile de frases muito animadoras para os companheiros punidos pelo Supremo Tribunal Federal. Por exemplo: “Roxin diz que essa decisão precisa ser provada, não basta que haja indícios de que ela possa ter ocorrido”,

    Neste domingo, um esclarecimento público divulgado por Roxin em Munique e reproduzido pelo site Consultor Jurídico atestou que a reportagem, assinada por Cristina Grillo e Denise Menchen, é tão verdadeira quanto um palavrório de Paulo Maluf sobre contas em paraísos fiscais. Durante a conversa ocorrida no Rio no fim de outubro, em nenhum momento o jurista imaginou que as perguntas estavam associadas ao julgamento em curso no STF, que não tem acompanhado e cujo conteúdo desconhece.

    “O professor se limitou a repetições das opiniões gerais que ele já defende desde 1963, data em que publicou a monografia sobre “Autoria e domínio do fato” (Täterschaft und Tatherrschaft)”, esclarece o documento redigido pela assessoria de Roxin, que se declarou especialmente perplexo com outro espasmo de criatividade dos autores da reportagem: “O jurista alemão disse à Folha que os magistrados que julgam o mensalão não tem (sic) que ficar ao lado da opinião pública, mesmo que haja o clamor da opinião pública por condenações severas’”.

    O esclarecimento público resgata a verdade: “A Folha já havia terminado suas perguntas quando um dos participantes (da mesa-redonda na Universidade Gama Filho), em razão de uma palestra em uma escola para juízes (a EMERJ) que Roxin proferiria, indagou se havia alguma mensagem para futuros juízes, que, muitas vezes, sofrem sob a pressão da opinião pública. O professor respondeu a obviedade de que o dever do juiz é com a lei e o direito, não com a opinião pública”.

    Além de demolir a reportagem, o texto desmonta uma invencionice: Roxin se espantou “ao ler, no dia 18 de novembro de 2012, notícia do mesmo jornal em que consta que ele teria manifestado “interesse em assessorar defesa de Dirceu”. O professor afirma tratar-se de uma inverdade. O professor declara tampouco ter interesse em participar na defesa de qualquer dos réus. Segundo ele, não só não houve, até o presente momento, nenhum contato de nenhum dos réus ou de qualquer pessoa a eles próxima; ainda que houvesse, o professor comunica que se recusaria a emitir parecer sobre o caso, que desconhece quase por completo”.

    Em resumo: Claus Roxin não acompanha o julgamento do mensalão, não está interessado no assunto, não fez comentários sobre o caso, não analisou o desempenho dos ministros do STF, não foi convidado para assessorar advogados de defesa de qualquer condenado e, se for convidado, recusará. Os leitores do jornal aguardam explicações. Se é que existem.

    —–

    Esta gente não se cansa de mentir, inventar e tentar deturpar para se favorecer. A afirmação que eles dizem que Roxin disse não saem de palavras de sua boca, este trecho está muito suspeito:

    “O professor afirma tratar-se de uma inverdade. O professor declara tampouco ter interesse em participar na defesa de qualquer dos réus. Segundo ele, não só não houve, até o presente momento, nenhum contato de nenhum dos réus ou de qualquer pessoa a eles próxima; ainda que houvesse, o professor comunica que se recusaria a emitir parecer sobre o caso, que desconhece quase por completo”

    Bem, o resto, é o indefectível Augusto Nunes desmentindo os repórteres da Folha. Na certa, ele viu uma ameça na entrevista da “Falha”, que talvez já esteja prevendo que a farsa por eles arranjadas pode não durar.

  • Este jurista alemão também não tem nada que vim se intrometer nos assuntos
    internos da nação brasileira; muito menos jogar sob suspeita um dos poderes da
    nossa República: o STF.

    Pelo que li na imprensa e sei da opinião de advogados, a “teoria do domínio dos
    fatos” foi bem aplicada no julgamento da ação penal 470.

    • Tente ler o contraditório em outros veículos que não o tradicional e faça uma análise fria. Eu já fiz o mesmo, e realmente acataria à condenação se houvesse ato de ofício. Não vá pela animosidade de não gostar do desafeto. Não faço isto com meus desafetos, não quero que um desafeto meu seja condenado sem provas. Tente fazer o mesmo, tente vencer um desafeto da forma legal e honesta, que é pelo voto.

  • “Pelo que li na imprensa”, apenas isso já coloca todo o resto sob suspeita, uma vez que essa “imprensa” não é imprensa e sim uma facção criminosa em conluio com criminosos do tipo Cachoeira.

    • Dizer que a imprensa brasileira, com poucas exceções, é venal, irresponsável e indigna é
      chover no molhado. Porém, isto vale para os dois lados: o governismo também tem seus
      “cães de aluguel” espalhados pela grande mídia e pela blogosfera para defender seus
      interesses e atacar furiosamente seus adversários políticos, com pouco pudor ético….

      • …o que é o ‘governismo’, fabrizio? e quem seriam os cães? Os que nada ganham com isso, como PML,
        eduardo guimaraes, maria fro? o pequeno traço da Tv publica?
        quanto ganham o nunes, cantanhede etc. é notorio. Quanto ‘percebem’ é muito mais.
        Eu por ex. tenho muito ‘governismo’ em minha cabeça de segunda a domingo, nao mordi ninguem mas nao me limito a defesa. Julgamento desse sob a o machado + o holofote da midia é linchamento.
        E vou rir quando tiveres que engolir Genoino no plenario da camara, em seu pleno direito, em Janeiro, fabricio.
        E eu quero que a condenaçoa de dirceu, genoino e os outros seja feita junto, na mesma proporçao , num só pacote como a de azeredo, dantas, valerio pelo periodo fhc . e INCLUIR aecio no que for cabivel.
        mas para teu azar, a cada dia mais detalhes sordidos do linchamento surgirão. Ja começou.

        • Augusto2, você achar que Azeredo ou alguém ligado ao PSDB será condenado, é ingenuidade sua meu caro.
          Haja visto o que fez Marco Aurélio Mello ao conceder um habeascorpus para Perilo nã precisar depor na CPMI (que já acabou e não ouvirá mais ninguém) por entender que um órgão federal não pode invstigar o executivo estadual, na verdade o que ele pretendeu, foi impedir que o Perilo seja indiciado com base nas apurações da CPMI, pois se não pode investigar, tal investigação não serve para indiciar. Ah se fosse o governador de Brasília Agnelo Queirós que tentaram arrastar para o lodo, queria ver onde ele ia conseguir tal habeascorpus. Essa é a nova linha dura do STF contra políticos, só contra políticos do PT e aliados é claro.

        • DÁ-LE, AUGUSTO. EXISTEM MUITOS TOLOS QUE ADORAM ESTES FARSANTES DA TOGA.
          RESPEITO DA MÍDIA GOLPISTA, NEM COM O ESTUDIOSO ROXIN.
          É O FOCO CEGO NA DESINFORMAÇÃO, PARA DEFENDER O INTERESSE DOS PODEROSOS.

        • Não vou citar nomes porque ninguém pode ser tão ingênuo que não perceba que
          alguns jornalistas graúdos aderiram ao governo federal, ou melhor dizendo, ao
          lulismo por puro interesse…. Basta comparar seus textos e suas ideias de antes
          de Lula assumir o poder. Alguns eram fervorosos defensores do liberalismo de
          FHC há quinze anos, por exemplo.

          Não é o caso, obviamente, deste blogue no qual comento: ele defende o governo
          por ideologia e por opção política. Escolha que respeito e é totalmente legítima.
          De outro modo, nem aqui comentaria.

  • A verdade é uma só, nua e crua: O Julgamento da Ação Penal 470 irá entrar para a história! Só resta saber se teremos capacidade de contá-la cristalinamente! Só assim nossos filhos e netos irão saber quem são realmente os mocinhos e os bandidos desse episódio.

    • Claro! Isto porque os “mocinhos” são aqueles que estão sendo julgados,
      já os “malvados” são os juízes…. Francamente, além do maniqueísmo pedestre,
      existe aí uma inversão de papeis sem sentido!

  • Edu pode-se concordar ou discordar de você, porém, este blog é importantíssimo.
    Dos três poderes o pior é o Legislativo. O seu espaço tem que ser preenchido pelo Executivo e pelo Judiciário. Qualquer pendenga, os deputados ou senadores optam pela solução no Judiciário. O que me preocupa como cidadão é sobre quem controla o Judiciário? Inclusive quem controla a PGR? Que poder é esse? A mídia não tem freios porque o Legislativo é fraquíssimo e pejado de interesses que não o público. Por que não se regulamenta a Constituição nesse quesito. Hoje, Edu, nós deveríamos estar comemorando , esse dia tão importante, com um vencedor: o Ministro Barbosa. No entanto, essa figura emblemática, deixou-se cooptar pela mídia, sentiu-se dominado pela vaidade extrema e, nem se apercebeu que a elite branca e perversa deste país vestiu-o com um super herói com embalagem negra, mas, dentro está um branco.

  • Este jurista alemão não veio se intrometer nos assuntos internos brasileiros e muito menos lançar suspeitas sobre o STF. A Folha de s.Paulo é que foi atrás dele e ele não se referiu em nenhum momento ao julgamento da AP 470, que ele não conhece.. Explanou suas opiniões sobre a teoria que ELE desenvolveu e pelo que eu também li, ela foi mal aplicada no caso, pois o ministro-relator ajustou a teoria ao que ele queria: condenar. Os outros foram atrás.

    • Se o jurista alemão nem sequer leu os autos do processo penal 470, como ele
      pode afirmar que a “teoria do Domínio dos Fatos” foi mal aplicada?!!

      Isto é pensamento condicionado pelo desejo de quem desejava a absolvição
      de José Dirceu….

      • Você leu meu comentário? Quem afirma que a teoria foi mal aplicada SOU EU. Não é o jurista alemão. EU é que afirmo: a teoria foi mal aplicada. É a minha opinião. O que você escreveu “é pensamento condicionado pelo desejo de quem desejava a absolvição de José Dirceu…”. “Desejo de quem desejava” é ótimo. Vá ser redundante assim na … é isso mesmo que você pensou. E o que você escreveu é pensamento condicionado de quem desejava a condenação de José Dirceu. Fique tranquilo. Ele já foi condenado.

      • Ô sua besta quadrada,

        Esse julgamento repercutiu no mundo inteiro. E para saber que os ministros condenaram sem provas, não é preciso ler as 50 mil páginas do processo. Basta ler o trecho dispositivo do voto de cada ministro para ver que não há qualquer prova, nem do fato e muito menos do domínio do fato.

        Agora gente burra como você acredita que a multinacional Visa transformou-se numa subsidiária do Banco do Brasil, que o governo compraria apoio parlamentar apenas numa das casas de um congresso bicameral, e que os “chefes da quadrilha” hoje estão mais pobres do que antes de supostamente roubarem durante anos.

        • Te desafio aqui a provares que José Genoíno é rico. Ele conseguiu, em lustros de atuação parlamentar, comprar um apartamento de classe média baixa, com dois quartos.
          Os outros não sei, mas vale o desafio também. Números, faz o favor. Porque “alegatio et non probatio casi non alegatio”, se alegas sem provas é quase como se não tivesses alegado. Mero ruído. Provas, amigo, ou achas que és isento dessa obrigação, como os nosso insígnes membros do stf?

          • Mas taí o grande “X” da questão: o Mensalão foi ainda mais escandaloso porque não foi um
            caso de corrupção para enriquecimento pessoal, mas uma compra de consciências com o
            intuito de continuísmo de poder, de assimilação gramscianiana do Estado pelo partido, de
            tentativa de transformar o PT num PRI à brasileira.

      • Fabrizio, pelo que eu entendi o jurista alemão Claus Roxin não falou nada a respeito da AP 470.
        Ele deu uma entrevista para a Folha na qual ele falou sobre sua teoria, a do “Domínio do Fato”.
        Ocorre que, ao ler a entrevista do jurista alemão, várias pessoas com o mínimo de inteligência, perceberam que ao citar esta mesma teoria para condenar José Dirceu o Ministro Joaquim Barbosa a distorceu. Por que? Porque para condená-lo, baseado nesta teoria, era preciso PROVAS.
        Aliás, com base nesta teoria e, em qualquer outra com o mínimo de lógica.
        O jurista alemão em nenhum momento se manifestou sobre o trabalho dos ministros do STF.

    • Temos pra onde correr sim, eca. Podemos ir para a Europa, que mesmo em crise é um paraíso comparado com isso aqui, ou até pra Venezuela, que tem mais bandidos, mas pelo menos também tem mais respeito pelos seus cidadãos. Salário mínimo que é o triplo do nosso, todo mundo recebe após uma certa idade, a comida e a moradia são baratas, a saúde é ótima etc.
      Agora se algum idiota vier falar em ditadura ou liberdade de imprensa, eu mando de volta à Veja. Cada bobalhão tem a informação que merece.

  • Mas não há problema algum se o jurista alemã for contratado para dar um parecer sobre a questão, ainda mais se ela for parar em tribunais internacionais. Os juristas habitualmente são contratados para darem parecer. O Dr. Roxim ainda não o fez, mas se fizer, é legítimo, é normal no mundo jurídico.

  • O MELHOR TEXTO SOBRE O TEMA:

    Todos sabem tudo, por Carlos Brickmann

    Carlos Brickmann, Observatório da Imprensa

    Quem disse que o Brasil não muda? Muda, claro que muda. Os 200 milhões de técnicos de futebol agora são especialistas numa teoria jurídica de alta complexidade, de um jurista alemão, Claus Roxin.

    Este colunista, que de Direito só sabe que se deve chamar juiz de “meritíssimo”, jamais tinha ouvido falar em Roxin. Perguntou então a vários advogados conhecidos, disputados por bons clientes, e nenhum jamais tinha ouvido falar em Roxin.

    Mas um monte de gente que jamais tinha ouvido falar em Roxin antes do julgamento do mensalão, que certamente não leu nenhuma obra dele, e se lesse não a entenderia, está discutindo sua teoria em minúcias. E há quem leia, e há quem responda!

    A tese do “domínio do fato”, de Roxin (pelo menos é o que este colunista acha: vai ver, ele é apenas um dos juristas que estudam o assunto, ou o mais conhecido dos seguidores do verdadeiro idealizador da doutrina, seja quem for), virou assunto popular, em consequência do clima de guerra entre torcidas que se trava entre defensores e críticos das decisões do Supremo Tribunal Federal no caso do mensalão.

    Os meios de comunicação não ajudam muito seus clientes: eles, como quase toda a população, não mergulharam nas 50 mil páginas do processo, não têm como avaliar a densidade e coerência de cada voto e precisaram recorrer à Wikipédia para saber quem, afinal, é o tal Roxin.

    O jornalismo caiu na armadilha da saída fácil: quem queria a condenação dos mensaleiros elegeu o ministro-relator Joaquim Barbosa como seu novo ídolo e nomeou Claus Roxin para o posto de sacerdote-inspirador do moderno Direito; quem queria a absolvição dos réus elegeu Ricardo Lewandowski como o corajoso xerife capaz de enfrentar a opinião pública e desmoralizar aquele alemão que andou falando bobagem e subvertendo os princípios jurídicos mais sagrados.

    E a avaliação do julgamento, do lado de fora, sem torcida? Isso é difícil, sai caro. Deixa pra lá.

    Aos vencedores, a alegria – embora, num caso que envolve perda de liberdade, mesmo que não se possa decidir diferentemente, a alegria soe como mau gosto. Aos perdedores, o esperneio. Espernear é justo.

    Mas atribuir aos oposicionistas (a zelite, o zianque, os golpista, a mídia parcial de extrema direita conservadora e alienada) as condenações efetuadas por um tribunal em que, dos dez ministros, nove foram nomeados pelo atual governo e por seus aliados, é um pouco meio muito.

    Esperneio, vá lá, mas também não é necessário cair no ridículo.

    • O melhor texto é aquele que diz que o julgamento foi justo porque teve 9 ministros em dez nomeados pelo atual governo e aliados? Esta é a condicao pra verificar a justica do mesmo?

      Que dizer que se os mesmos fossem inocentados é porque os juizes foram desonestos?

      Quanta reducao, vc poderia mostrar o texto mas dizer que é o melhor so demonstra que vc tem pouca capacidade de compreensao das coisas.

      So pra mostrar um argumento, um só, utilizarei as palavras de dois personagens e ai talvez vc se envergonhe de espalhar asneiras, afinal de contas asno vc nao deve ser:

      ROSA WEBER: ” NAO HÁ PROVA CABAL MAS A LITERATURA JURIDICA ME PERMITE CONDENA-LO”.

      CLAUS ROXIN: ” CONDENAR SEM PROVAS NAO É CORRETO, É NECESSARIO UMA ORDEM”.

      AS palavras do roxin nao sao literais, mas é o sentido do que ele disse. As da rosa weber sao literais e inclusas no debate sobr a teoria do dominio do fato.

      Entao, nao importa se a rosa weber foi nomeada por A, B ou C. Importa o julgameto dela.

      Se vc tem argumentos, apresente. Mas o texto que vc apresentou é fraquissimo. Vergonha alheia pra quem escreveu e pra quem o propaga.

      • em tempo:
        A justica acabou de mandar liberar o cachoeira.
        Nao post “brilhante” apresentado pelo sr fialho podemos encaixar tal fato da seguinte forma:

        O julgamento so seria justo se o cachoeira “tivesse nomeado” a juiza. Ainda bem que nao foi ele que nomeou pois so assim podemos dizer que a sentenca é ruim. OH REDUCIONISMO ESTUPIDO.

        Ou seja, ja que o presidente é quem indica os ministros do STF e STJ, os governadores os desembargadores, entao fica claro que os indicados sempre estarao sendo desonestos se julgarem a favor destes governos que o nomeou. Pelo visto semore teremos juizes vendido pois seria impossivel a imoarcialidade.

        Quanta asneira.

    • Já vi muito direitóide, que nem vc, ter dito antes do julgamento que este julgamento seria uma farsa, já prevendo os votos de inocência para o núcleo político, alegando que os ministros votariam a favor da inocência por serem indicados por Lula. Quanto hipocrisia, agora fica mais fácil dizer que eles legais.

      O fato real não é os ministros terem ou não sido indicados por Lula, ou até mesmos a maioria votar de acordo com o relator pela condenação, mas a condenação sem um ato de ofício, sem uma prova cabal, independentemente da existência do domínio do fato, onde um dos próprios doutrinadores desta teoria diz que a prova é necessária.

      Acho positivo que as pessoas procurem saber de algo desconhecido, mesmo os leigos, então o momento trouxe a oportunidade. Se existe a disputa político partidária, que trouxe isto à tona, que venha, mas o mais importante disto é o que pode se extrair da verdade, que foi um julgamento injusto e tendencioso, favorável ao PIG/PSDB/DEM/PPS e que está sendo usado como tentativa de golpe judiciário, a nova modalidade crescente na América Latina.

  • Isso ai meu caro Eduardo.
    Esse pig – “detritos de maré baixa” (PHA) – não tendo na sua bagagem, já
    desgastada de boas reportagens, inventa infâmias contra qualquer um mesmo que sejam
    renomadas figuras respeitadas.
    Não há, para esse pig e seus sabujos, respeito que só é dado aos seus iguais.

    • O imenso poder da imprensa brasileira não atravessa nossas fronteiras nem ao Paraguai. Na Alemanha, nos reconhecem pelo que o país tem de mais expressivo: uma floresta Amazônica cada vez mais devastada, um Rio de Janeiro cada vez mais violento e uma população de putas, viados, travestis, transexuais etc.
      Como dizia Gregório de Matos sobre a Bahia e Sergipe, “e é isso o Brasil”.

      Alemão não tem que sentir orgulho de nada, jamais vi povo tão desastrado. Mas ter medo de imprensa brasileira? Que imprensa? Que Brasil? LOL

  • Depois quo stf (é caixa baixa mesmo, revisor), lançou mão da teoria do “Delírio de Fato”, demonstrando claro viés político e midiático, assistimos a justiça liberar o Cachoeira para cumprir pena em regime semi-aberto.
    Nossa justiça não passa mesmo de um samba do Crioulo Doido.
    Estamos fud…. !

  • Cara, você tinha razão; uma enorme manifestação tomou as ruas de Buenos Aires. Apenas um pequeno detalhe; era contra o governo.
    Como analista da política internacional, você é um ótimo vendedor de autopeças.

  • Agora os magistrados brasileiros serão porta vozes das ameaças da mídia tupiniquim pelo mundo? Acho isso tão vergonhoso como o Celso Lafer ter tirado os sapatos pra entrar no quintal do Tio Sam. Parece que quanto maior a graduação das antas, menos vergonha elas têm de envergonhar o Brasil no exterior.

    Isso não é mais golpismo, é insanidade mesmo.

    • Anderson, este episódio envolvendo o então Ministro das Relações Exteriores, Celso Lafer,
      foi vergonhoso mesmo: foi uma humilhação para a nação brasileira, uma indignidade para
      com o nosso povo ele ter aceitado se submeter a isso!

      Porém, lembro que coisa pior houve no governo Dilma: na época da visita de Obama ao Brasil,
      o governo brasileiro deu uma autorização especial para que agentes de segurança americanos
      pudessem revistar cidadãos brasileiros em pleno solo do nosso país. Conheço gente que foi
      revistada no meio de uma praça, repito em território brasileiro e por AGENTES AMERICANOS,
      só porque estava passeando num raio de 1 km de onde Obama fazia uma visita no Rio de Janeiro.
      Se isto não é subserviência também e complexo de vira-lata, não sei mais o que é….

      • Faz bastante tempo que o Brasil deixou de ser um país soberano. Desde Dom Pedro I, que declarou uma independência fajutíssima que beneficiava os interesses econômicos dos portugueses daqui. Desde os milicos, que até treinador de torturas receberam com honras (e que os uruguaios, pequeninos pero cumplidores, executaram bem direitinho como o cabra merecia) e em BH até hoje existe uma rua em homenagem ao herói: Dan Mitrione (se estiver meio errado deixa, não merece nem uma consulta ao Google pra certificar). Desde que nossa música foi abafada e morreu… a única coisa que sabíamos fazer bem.
        Bom, exemplos eu poderia dar ad nauseum, mas acho que deu pra captar, né?
        E, com respeito a presidentA Dilma, foi lá mas o Obama não a pôde receber, pq estava fazendo o coelhão numa festa de páscoa pra criancinhas na casa branca. E a mulher engoliu. E se o cara vier, vai ficar de quatro pra ele e deixar de novo que revistem nossos compatriotas.
        Tchau, Brasil, estás sendo engordado prá uma invasão, ou dos gringos, ou dos chineses, sei lá… qdo o clima do mundo ficar inviável, é jogar uma de hidrogênio em SP, outra em Brasília, e tomar conta das terras cultiváveis. O Rio irão poupar pq é muito bonito e até americano gosta.

  • O blogueiro não tem uma defesa melhor pra defender os mensaleiros?
    Depois querem ser levados a sério!
    Só falta o blogueiro falar que foi uma conspiração da CIA.
    Senso de ridículo de vez em quando é bom.

    • Alô, alô “Houston, temos um problema”, há uma alienígena que caiu na Terra e não sabe o que diz. Ele deve ter caído sem pára-quedas e de cabeça no chão.

    • É, senso de ridículo é bom para você também.
      Os mensaleiros foram condenados com base em provas frágeis, adulteradas. E os corruptos tucanos estão livres, mesmo com todas as provas.

      O RIDÍCULO AQUI É VOCÊ.

  • Tem algo de podre na nossa república, na medida em que algumas pessoas, não eleitas pelo voto popular, perseguem livremente outras pessoas, por motivos políticos e não podem ser contestadas nem punidas por ninguém. Estranho não? Afinal que direito os ministros do tribunal de exceção teem de ficar acima do bem e do mal? Onde está escrito que eles teem esse direito?
    Já que é assim, o mínimo que a Câmara dos Deputados deve fazer é não cassar o mandato de nenhum dos deputados perseguidos pelo stf.
    Mas o que mais revolta nisso tudo é ver um grupo de pessoas, em conluio com a imprensa marron, representando uma minoria, tentando mudar o resultados das últimas e penúltimas eleições. Em resumo, é isso que estão tentando fazer.

  • O poder executivo está com o PT, democraticamente escolhido, este poder é político.

    O poder legislativos, atualmente, pelo que me parece, tem maioria do PT, salvo-engano, talvez tenha o PMDB como maioria, e mesmo assim, maioria que apóia o governo, este poder também é político

    O poder judiciário, que não deveria ter animosidades politico-partidárias, é do PIG/DEM/PSDB/PPS, o que é uma aberração. Que se julga Deus na terra, e tem poder para arbitrar sem achar que pode sofrer alguma consequência. De fato, um grande estrago eles estão fazendo. A minoria de 4% do eleitorado está se sentindo em casa com este poder.

    O ministério público, que não é um poder, mas que também possui “grande poder” de agir de forma arbitrária, faz tabelinha com o STF/PIG/DEM/PSDB/PPS.

    Dilma, abra o olho, limpe este judiciário nomeando gente honesta e com compromisso com o direito.

  • A blogosfera lulopetista agora fica dando de Maria Madalena chorosa mas saciada. Entrou de sola a defender o meliante condenado Zé Dirceu na ação penal do mensalão, partindo da matéria mal feita pela Folha de São Paulo – agora desmentida pelo jurista alemão. E agora fica aí se remendando. E a propósito de ministros da Corte que falam alemão e que teriam avisado o jurista que estavam distorcendo sua entrevista, temos pelo menos dois, Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa. Pode haver outros, mas o fato é que fizeram muito bem de avisar o chucrutz, porque até uma viagem do advogado do condenado Zé Dirceu para se orientar com ele foi anunciada no noticiário gôche.

    • Ninguém entrou de sola para defender o “meliante” Dirceu agora. Dirceu é meliante para vcs, mas é meliante sem provas, sem ato de ofício, com aval do arbitrário e partidário STF. Nós já estamos o defendendo deste o início da farsa do mensalão, não é de agora como vc falsamente diz.

      E que desmentido Roxin fez? Nenhum, somente vi uma postagem do indefectível Augusto Nunes, apoiador da ditadura, mostrando texto do tipo “grampo sem áudio”, que ele mesmo escreveu sem as palavras de Roxin, dizendo ser ele. Parece a revista esgoto patroa deste elemento, que tem provas contra Lula, provas de Marcos Valério ter dito que Lula era o chefe do esquema, sem mostrar é obvio (porque não existe).

        • Então, seguindo sua Lógica, Marcos Valério jamais irá dizer que FHC é o chefe do mensalão do PSDB. Ele, homem probo, ao lado de Azeredo e Aécio. Se for para fazer brincadeirinha da veja, eu também faço.

          • Essa logica é sua, cara. FHC não tinha nada a ver com o mensalão das geraes, uma tampinha regional perto da lambança que a alta burguesia petista desenvolveu nas cercanias da corte brasiliense. Eu não sou tucano, sou direitona, mas acho bobagem você medir o FHC pela régua do apedeuta. Aliás, a sua é bem modesta.

          • O finado FHC não tem nada a ver mesmo com o mensalão das gerais (vulgo mensalão do PSDB), ele tem mesmo é muita coisa a ver com as Privatarias Tucanas!!!!

          • Essa logica é sua, cara. FHC não tinha nada a ver com o mensalão das geraes, uma tampinha regional perto da lambança que a alta burguesia petista desenvolveu nas cercanias da corte brasiliense. Eu não sou tucano, sou direitona, mas acho bobagem você medir o FHC pela régua do apedeuta. Aliás, a sua é bem modesta.

            A lógica é sua e da indefectível veja esgoto, pois eles tentam dizer sem provas que Marcos Valério disse isto em reportagem factóide. FHC, seu santo que nunca rouba, ficou rico pela bondade dele. Deixa de ser hipocrita, pois se seu amado Azeredo o fez, por que não o seu amado FHC? Só porque foi regional, aliás a investigação mostra que não foi somente regional, que isto também chegou no pagamento da campanha presidencial.

            Para vc, fazer o que a veja esgoto faz com Lula fazendo com FHC para vc é bobagem, pois o santo FHC não pode ser medido com a mesma régua, só vale para o “apedeuta” Lula. Quer dizer que se for para condenar, então vamos em cima dos desafetos, e se for para livrar, vamos ajudar os amados. Entendi.

            Vcs direitóides são patéticos mesmos, não se curam do velho preconceito e da arrogância de chamar alguém que vcs julgam inferiores de apedeuta.

        • Thomaz, você como adepto da organização antinacional chamada Neo-UDN (PSDB-PFL-PPS) dá muito crédito à imprensa mafiosa do PIG. Por que será?

          • Porque ele é um ”maria-vai-com-as-outras” que acredita ser possível fundir as células do boi com as do tomate (caso boimate) só porque a Veja disse.

  • Atencao.

    Nao alimentem os TROLs

    Estes “Fabrizio Alves” e outros com a mesma linguagem sao provavelmente a mesma pessoa
    da tropa mafiomidiatica que tenta perturbar a blogosfera progressista.

    Basta Ignorar …..

  • Edu, com certeza você já percebeu que a ‘mirdia’ nativa está dando um grande destaque à teoria de Claus Roxin. Agora são artigos e mais artigos falando do papel garantista do stf. Pode-se perceber que já preparam uma guinada de 360 graus. Condenados Dirceu, Genoíno e Delúbio, chegou a hora do stf voltar ao lugar de onde nunca deveria ter saído. Enquanto isso, o grande Ministro Lewandowski é achichalhado por todo e qualquer rábulo de porta de cadeia. Na verdade, foi o único que mostrou grandeza e coragem para enfrentar os cachorros loucos da grande imprensa. Vida longa a Lewandowski. Vergonha na cara para os demais.

  • Roberto Jefferson é um sujeito escroto, aquele soco que ele levou num dos olhos foi um soco bem dado.

    Alguém sabe dizer quem foi o herói que socou o rosto do escroto Roberto Jefferson?

  • … E a nossa presidenta ainda acha que o único controle que deve haver é o controle remoto… Querem saber? Não acho ela burra ou idiota, apenas estou começando a achar que ela vai se distanciar de Lula e se tornar a nova cara da direita. Ela não fez ley de medios; se afastou dos movimentos sociais; é muito “institucionalista”; gerentona e acha que sendo honestinha e ajudando os pobres a entrarem no mundo capitalista a credenciará a ser a nova lider-gerente do país e – quiçá – do mundo.

    A teoria de que o alvo é Dilma não sei se é certa, talvez ela ache que o alvo é Lula e ela será poupada. Precisa avisar a ela que mesmo que ela mude de lado, ela jamais será aceita pela elite branca separatista e excludente, até porque colaborou para que o “cheiro” do pobre chegasse aos aeroportos, lojas, universidades e supermercados. Isso é inadmissível.

    Com a palavra a presidenta.

    O que você acha, Edu?

Deixe uma resposta