Gilmar Mendes o caluniou e a mídia o amordaçou. Você quer reagir?

Manifesto

 

Na semana passada, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), exortou o Ministério Público a investigar a arrecadação financeira levada a cabo por amigos e parentes dos condenados no processo do mensalão a fim de pagar as multas que lhes foram impostas. E sugeriu que os doadores teriam praticado “lavagem de dinheiro”.

A imprensa repercutiu à farta acusação de Mendes a pelo menos 4 mil pessoas físicas que fizeram doações de vários valores. O procurador-geral da República prometeu investigação do Ministério Público, que já anunciou que está investigando.

Estranhamente, só quem pôde se contrapor na mídia à acusação desse ministro do Supremo foram alguns políticos do Partido dos Trabalhadores, inclusive o presidente desse partido. O PT tentou interpelar Mendes no STF com base no artigo 144 do Código Penal. Confira, abaixo, o texto legal.

—–

CP – Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940

Art. 144 – Se, de referências, alusões ou frases, se infere calúnia, difamação ou injúria, quem se julga ofendido pode pedir explicações em juízo. Aquele que se recusa a dá-las ou, a critério do juiz, não as dá satisfatórias, responde pela ofensa

—–

Contudo, no exame prévio da interpelação proposta pelo PT ao STF, o ministro Luiz Fux entendeu que a ofensa, se ocorreu, não foi dirigida ao PT, mas, sim, a quem fez as doações, ou seja, às milhares de pessoas que depositaram recursos nas contas de José Genoino e Delúbio Soares.

Para Fux, no entanto, caberia aos possíveis ofendidos protocolar uma ação.

Ora, os ofendidos – eu, você e tantos outros – não pudemos nem nos defender na mídia, que alardeou ao máximo a acusação de Mendes, mas que, em momento algum, teve interesse em ouvir as vítimas primordiais do ministro nomeado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

O PT, sem legitimidade jurídica para interpelar Mendes criminalmente, vai recorrer ao artigo 867 do Código de Processo Civil para que o agressor dos seus simpatizantes e militantes se explique na Justiça comum.

Mas e esses seres invisíveis que foram caluniados, não farão nada? Fomos acusados de lavar dinheiro para pagar as multas de pessoas que entendemos inocentes. Já há até proposta de um deputado tucano para inclusive nos impedir de exercermos nosso direito de ajudar aqueles que considerarmos injustiçados. Ele quer tornar ilegais as doações que fizemos.

Enquanto elucubram as mentes ditatoriais de um ministro do Supremo e do partido com o qual ele reiteradamente concorda – seja qual for a questão –, os que doamos recursos aos condenados do mensalão continuamos amordaçados. Contudo, podemos estar amordaçados, mas não estamos amarrados. Podemos tirar essa mordaça.

Na última quinta-feira (13), este blogueiro, cumprindo promessa que fez a amigos do Facebook, foi procurar um advogado para saber das possibilidades de abertura de nova interpelação a Mendes com base no artigo 144 do Código Penal. Só que, desta vez, por quem tem legitimidade para fazê-lo, ou seja, pelos que foram efetivamente caluniados.

O resumo da ópera é muito simples: quem doou a Genoino ou a Delúbio e guardou seu recibo de depósito tem legitimidade para interpelar Mendes criminalmente. Pode ser empreendida uma ação coletiva. Os custos seriam repartidos entre os participantes. E, conforme a quantidade de proponentes, o valor individual seria pequeno, equivalente às doações.

Pelo Facebook, acredito que umas 30 ou 40 pessoas já se dispuseram a participar. O ideal, para que o custo seja suficientemente baixo para não pesar a ninguém, será conseguirmos ao menos cem proponentes para essa ação.

Marquei para a próxima terça-feira (18) nova reunião com um advogado que se dispôs a abraçar causa que muitos de seus pares, por razões óbvias, não abraçariam. Se até lá tivermos pessoas suficientes para patrocinar a ação, poderemos desencadeá-la. Quem for de São Paulo e quiser me acompanhar nessa reunião, será bem-vindo.

Inicialmente, haveria uma interpelação de Mendes. Seria perguntado a ele se confirma a acusação que fez. Se ele reiterá-la, terá que se explicar. Com base em que ele fez essa acusação? Quais são os indícios que viu de que pessoas como eu e você lavamos dinheiro? Se ele sustentar essas acusações, terá que prová-las.

De minha parte, estou confiante na lisura do processo de arrecadação que permitiu aos condenados supracitados pagarem suas multas e que ainda deixou sobras para outros. Estou disposto a seguir em frente. Se for o seu caso, se a sua honra não tiver preço e valer qualquer esforço para ser defendida, ofereço meio de buscar reparação.

A bola está com você. Minha parte está feita. Se conseguir número suficiente de proponentes para essa ação coletiva, não haverá retorno. Se não conseguir, terei que continuar amordaçado junto a todos os outros que, até aqui, não tiveram uma só chance de se defender de forma equânime das acusações irresponsáveis de Gilmar Mendes.

Caso queira participar, deixe seu comentário informando seu e-mail.

546 comments

  • olá, Edu. gostaria de participar, posso contribuir até R$100,00. impossível dar mais, ficaria comprometido o meu orçamento do mês. se não ultrapassar esta quantia podes contar comigo. abraços estendidos para os teus e um especial para a guerreira Vitória.

  • Eu quero participar, porque fiz minhas doações com sacrifício e com dinheiro do meu salário. Este senhor não tem o direito de denegrir e caluniar nossa solidariedade aos companheiros injustamente condenados e que precisam de ajuda agora.

  • Concordo em participar do grupo de doadores que cobre justificativas e ressarcimentos por danos morais causados pelo juíz Gilmar Mendes. A inclusão de juristas de renome que participaram das doações seria desejável.

  • Pretendo participar e aguardo orientação sobre como fazê-lo. Também gostarua de informações sobre qual o número mínimo de pessoas será necessário para que uma ação como essa seja aceita pelo stf.

  • Topo participar, Eduardo.

    Moro no Recife/PE. Tenho guardado o comprovante da contribuição. Só não posso me deslocar para São Paulo.

    Abraço.

  • O Nassif explica o modus operandi desse mala: Consiste no seguinte: Toda vez que uma bomba está prestes a explodir no seu colo ele(GM) convoca a imprensa para soltar agum factóide e assim criar uma cortina de fumaça e ai o pig deixa ele de lado e não repercute seus podres, assim neste caso da “vaquinha” ele tentou matar dois coelhos com uma cajadada só: Evitar que a imprensa noticiasse os mais de 10 milhões de reais do TJ/BA qie ele embolsou atravéus de sua escolinha o IDP, e ainda por cima teve a intenção de desmobilizar o movimento de doação para Zé Dirceu, ah, vou agora mesmo fazer meu depósito com muita honra
    http://www.jornalggn.com.br/noticia/os-dois-intocaveis-da-republica

  • Eduardo

    Não fiz doação a Genoíno e ao Delúbio, mas participei da doação a José Dirceu. Se não puder ser inscrito nesta ação para interpelar Gilmar Mendes, pode contar comigo para o rateio dos custos desta empreitada.

    Um abraço.

  • Eduardo, bom dia!

    Não faz uma ação coletiva não. ORIENTA A TURMA TODA A ENTRAR ISOLADAMENTE E EM TODO O BRASIL. Explico melhor. Se entrar com uma ação coletiva ele vai responder a muitos uma fez só, eu acho que o ideal é orientar todo mundo que doou para entra em sua comarca, e combinar uma data única de entrada, tenho certeza que ia doer bastante nele, pois teria que responder não um único processo, mas milhares. Isso seria um verdadeiro BO, isso seria sensacional.

  • Edu, se queremos mudar algo não dá para enfiar a cabeça no buraco… Estava e estou receosa, não só por não confiar nos Fuxs da vida, mas também porque fiz as doações para os três e também para o fusca, mas sou “ovelha negra” da família e irão querer minha cabeça por contribuir com “corruptos”… Por isso que no Face manero um pouco… (bem mais do que gostaria). Mas vamos lá, quem luta por aquilo que acredita tem que estar preparada… e se for preciso estarei. Minha contribuição, assim como da maioria aqui, não poderá ser alta, mas pode contar comigo.

  • Também vou participar, se houver número suficiente de pessoas que reduza o custo a níveis praticaveis. Por morar em outro Estado, não posso participar da reunião, mas conforme o que for discutido e divulgado, mandarei e-mail. O Ministro Fux é uma Quimera!

  • Podem contar comigo, o que esse Gilmar Mendes fez é inconcebível, ainda que esteja querendo fazer cortina de fumaça pras suas próprias incoerências e ilegalidades.

  • Eu topo, Edu. Embora more em Santo Andre (SP) não vou poder participar das reuniões com regularidade e também não vou poder arcar com despesas que superem R$ 80,00 pois isso desequilibraria minha vida financeira. Quero mais é ver Gilmar Mendes explicar sua acusação e difamação. Não podemos ficar passíveis diante dessa acusação infundada que fere a nossa honestidade. Vamos nos defender.

  • Caro Edu,
    Tenho interesse na acao. Assim como varios me senti atingido e ofendido. Como filiado ao PT, aguardei a reacao do Partido, a qual tenta-se inviabilizar com uma chicana. Resido em Pelotas e nao tenho como participar da reuniao. No entanto, irei procurar o Diretorio do Partido e me informar sobre o tipo de apoio que poderemos ter. Acho que todos que estao nesta mesma condicao podem fazer o mesmo. Igualmente, contactar os beneficiados por nossas contribuicoes, ou seja, ate o momento Genoino e Delubio, para que possamos construir uma acao coordenada, sem deixar espaco para novas chicanad. Afinal, eles e seus apoiadores foram igualmente atingidos.

  • Caro Edu,
    Tenho interesse na acao. Assim como varios me senti atingido e ofendido. Como filiado ao PT, aguardei a reacao do Partido, a qual tenta-se inviabilizar com uma chicana. Resido em Pelotas e nao tenho como participar da reuniao. No entanto, irei procurar o Diretorio do Partido e me informar sobre o tipo de apoio que poderemos ter. Acho que todos que estao nesta mesma condicao podem fazer o mesmo. Igualmente, contactar os beneficiados por nossas contribuicoes, ou seja, ate o momento Genoino e Delubio, para que possamos construir uma acao coordenada, sem deixar espaco para novas chicanas. Afinal, eles e seus apoiadores foram igualmente atingidos.

  • Edu, abraços, estou aguardando o CHURRAS.
    Edu, devido alguns problema pessoais, nao deu para participar das doaçoes, mas se houver necessidades participo na despesas do custos do processos?
    O PT é muito mal assessorado juridicamente e na area de inteligencia, pois este resultado já era esperado, pois os Ministros nao vao querer nunca julgar seus pares, a nao ser quando nao houver nenhum jeitinho, eles sao especialistas em violentar as LEIS, e este processo nao deveria dar entrada pelo CNJ ???
    Edu, como foi a Midia Corrupta que noticiou a CALUNIA, nao sei se vc tem todas as copias e videos, dos jornais, telejornais, sites, revistas já arquivados em modo seguro, pois eles vao limpar tudo???

  • Tô dentro, Edu. Vou procurar o comprovante do Genoino. De qualquer forma, senão achar, mandei os dados todos para o site. Ele computaram minha doação. Está tudo devidamente registrado. Aguardo as orientações

  • Bom dia Edu;

    Ontem, no post sobre a dívida com o ZD, já tinha me manifestado de como fazer para entrar com uma ação contra esse ministro boquirroto. Tenho os meu depósitos e estou afim de entrar nessa mas moro em Florianópolis, como faço?

    Grato

    Mário Nobre

  • Eu topo ajudar, porem por descuido não encontro os comprovantes dos depositos. Para o Genoino em dinheiro em caixa eletronico. Tanto que depois tiveram o cuidado de me pedir via email que me identificasse. Foi o que eu fiz.

    Para o Delubio por circunstancias varias não contribui.

    Já para o Dirceu eu fiz um deposito identificado e preenchi o formulario conforme o site. Imperdoavel mas por hora tambem não encontro o comprovante.

    Tudo isso tendo em vista pontos jurídicos necessários.
    Reafirmo que quero ajudar.

  • Eduardo, também topo participar dessa ação mesmo sabendo que, se a ganharmos, a mídia não dará um pio sobre isso. Ficará tudo escondido ou sairá uma notinha escondida em algum canto do jornal para que ninguém a veja.
    Ontem, assistindo ao Jornal da Cultura, um dos comentaristas disse que o STF está certo de contestar esse tipo de “vaquinha” dando como exemplo uma “vaquinha” feita pro Fenandinho Beira-Mar (como se Genoíno, Dirceu e Delúbio fossem criminosos equiparados ao traficante) e disse que quando se faz uma doação tem que se comprovar, pagar os impostos e declarar no Imposto de Renda, ou seja, tudo o que exatamente foi feito nesse caso. Estão lá no site todas as instruções para que as doações sejam totalmente legais. Você acha que eles não sabem disso???? O que eles querem é exatamente confundir os incautos.

  • Um dado curioso é o fato do deputado João Campos, aparentemente (claro que só aparentemente) autor da kafkiana proposta, integrar a chamada bancada evangélica.

    Sem entrar no mérito religioso em si, coisa pra lá de complicada, a notória fórmula de arrecadação de doações levada a termo durante os cultos e – apenas avento a possibilidade, quem sou eu, etc? – durante as campanhas eleitorais, aquela heterodoxa fórmula não deveria ser alvo de uma lei própria também?

    Sugestões nesse sentido poderiam ser feitas ao curioso deputado do PSDB (como se sabe, o berço histórico da social democracia é o neo-pentecostalismo).

    Kafka, se renascesse nos dias de hoje, ficaria sem assunto.

  • Doei para o Genoino, fazendo uma transferência em nome do meu filho, mas enviei o comprovante e os dados para o email dele. Doei para o Zé Dirceu e vou preencher o formulário. Precisamos esclarecer não só para o ministro citado, mas para a população, que não sabe quantos estão indignados com toda essa manipulação.

  • Meu dinheiro é contado, limpo e fruto de trabalho honesto.
    Não admito insinuações levianas sobre meu caráter, ainda mais em público, e por quem quer que seja. Também quero participar da ação acusando de calúnia e exigindo explicações do ministro do STF Gilmar Mendes sobre suas declarações a respeito da minha doação ao deputado José Genoíno.

  • Edu, perdi o “bonde” e não fiz a doação para Genoino, mas vou fazer doaçao para Dirceu! Assim mesmo, não quero perder mais este “bonde”! Quero entrar na justiça contra este cidadão, posso? Moro no Ceará!!!

  • Prezado Eduardo e todos os demais leitores, BOM DIA!

    A minha doação foi ao Zé Dirceu e, justamente por assim ser, questiono-lhe(s):

    – A interpelação do Gilmar Dantas , digo, Daniel Mendes, digo, Gilmar Mendes é possível mesmo tendo sido efetuado depósito posterior à sua “fala”?

    Por favor, esclareça(m)-me.

    Lado outro, o referido sujeito (que pode ter até três nomes, como acima informado), só poderá ser interpelado junto ao STF ou em qualquer circunscrição judiciária?

    Seja como for, aguardando um seu(vosso) pronunciamento e esclarecimento, COLOCO-ME DESDE JÁ À DISPOSIÇÃO PARA SOMAR-ME À POSSIVEL INTERPELAÇÃO.

    Muito obrigado.

  • Doei para Genoíno e para Zé Dirceu, tenho os recibos. Tô dentro. Para aqueles que perderam os recibos, os bancos podem facilmente fornecer cópias, 2ª via, comprovante, etc. É só correr atraz…

  • CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988
    […]
    Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição.
    […]
    Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
    I – homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição; (aqui não diz que juízes e demais autoridades são “deuses” e/ou diferentes – Grifo.)
    […]
    V – é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem; (Aqui diz que: É ASSEGURADO e não outra coisa – Grifo)
    […]
    X – são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação;
    (Aqui diz: SÃO INVIOLÁVEIS, portando neste caso faço uma analogia “perdoa-me”, mas, não conseguiria ser mais claro se não o fizer; ser inviolável, é ser virgem. Portanto, esse cidadão cometeu um crime “ESTRUPOU a moça”, a HONRA DAS PESSOAS – Grifo)
    […]
    XXXIV – são a todos assegurados, independentemente do pagamento de taxas:
    […]
    a) o direito de petição aos Poderes Públicos em defesa de direitos ou contra ilegalidade ou abuso de poder; (E esse cidadão comete uma série de ilegalidades e abusa do poder, não só ele, mas, outros também – Grifo.)
    […]
    XXXV – a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito; (Diz: NÃO EXCLUIRÁ. Então o poder judiciário, DEVE SE PROTEGER ele PRÓPRIO das AMEAÇAS AO DIREITOS hoje dos cidadãos, e amanhã o da própria instituição – Grifo.)
    […]
    XXXVII – não haverá juízo ou tribunal de exceção; (Não devemos permitir de forma alguma a existência desse tribunal. E se implantado, podemos inclusive resolver à BALA – Grifo.)
    […]
    XLI – a lei punirá qualquer discriminação atentatória dos direitos e liberdades fundamentais; (Ao discriminar atentatoriamente o direito de doar, e exercer sua liberdade de fazer do seu dinheiro o que quiser e inclusive de queimá-los, esse cidadão ATENTOU CONTRA UM DOS PRINCIPAIS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS A LIBERDADE. E acrescento: A LEI PUNIRÁ – Grifo.)
    […]
    LXIX – conceder-se-á mandado de segurança para proteger direito líquido e certo, não amparado por “habeas-corpus” ou “habeas-data”, quando o responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder Público;
    (Aqui Edu, acho inclusive, que deva ser pedido mandado de segurança para garantir o DIREITO LIQUIDO E CERTO; (Já que você, e sua entidade se enquadram, inclusive como se segue – Grifo.)
    […]
    LXX – o mandado de segurança coletivo pode ser impetrado por:
    […]
    b) organização sindical, entidade de classe ou “ASSOCIAÇÃO LEGALMENTE CONSTITUÍDA E EM FUNCIONAMENTO HÁ PELO MENOS UM ANO, EM DEFESA DOS INTERESSES DE SEUS MEMBROS OU ASSOCIADOS”; – Grifo e Destaco.
    […]

    Acho que é por ai, Edu. Grande Abraço! Já disse outras vezes, mas,vou repetir: EU O ADMIRO MUITO, e DIZER que você é um grande BRASILEIRO.

  • e no Fuquis, não vai nada?
    “quem se julga ofendido pode pedir explicações em juízo”
    os políticos do PT que entraram contra o Gilmar Dantas não tem o direito de se julgar ofendidos?
    ou o Fuquis não sabe ler?
    o supremo (de phrango) está com a data de validade vencida.
    vários juízes não merecem o salário!
    eu não entendo nada de leis, acho que primeiro deveriam ter ido a uma delegacia e lavrado um b.o. ou um t.c. contra o boquirroto.
    deve haver algum delegado que tenha coragem para isto.
    assim garantiria os diversos graus de jurisdição à pessoa do juiz. (o que eles próprios negaram aos acusados do mensalão)

  • Edu, agora que o stf arquivou a interpelação do PT, acho que devemos levar adiante esse projeto. Doei para Genuíno, Delubio e Dirceu. Tenho os recibos.

  • “Não senhor, obrigado. Com meu dinheiro, faço coisas nas quais acredito”.

    Quando voltou ao trabalho e se preparava para sair às ruas foi chamado por seus superiores, ouviu um elogio, recebeu abraços de seus companheiros e quando seu chefe lhe disse que o departamento iria lhe ressarcir o dinheiro gasto de seu próprio bolso, Larry recusou e disse: “Não senhor, obrigado. Com meu dinheiro, faço coisas nas quais acredito”.

    Eduardo, mandei esse trecho final, da história do policial que comprou botas para um morador de rua nos EUA. O departamento queria ressarci-lo pela repercussão que causou e ele respondeu dessa forma.

    Isso foi uma inspiração para as doações. Esse povo quer mandar até no dinheiro de nossos bolsos!

    Estou junto, misturado, mesmo achando que mexendo com os donos da justiça, corre o risco de mandarem a gente pra Papuda! Mas sem problemas, conte comigo!

  • Poder dizer à Gilmar Mendes, através de uma ação, que ele é mentiroso, caluniador, desprezível……não tem preço. Pode me incluir Edu. Quanto a dizer que ele é um pistoleiro do MT e corrupto tanto ou mais que Cachoeira e Demóstenes, fica para a próxima.

  • Edu, atente bem para a letra da lei: “…QUEM se julga ofendido pode pedir explicações em juízo”. “QUEM” é PESSOA FÍSICA. Acontece que o Presidente do PT entrou com o pedido de explicações em nome do partido, que é PESSOA JURÍDICA.
    Portanto, pelo menos neste caso, o Fux acertou.

  • “Doravante, porém, sem subterfúgios que dificultem a fiscalização, como este de usar sites hospedados no exterior para angariar doações moralmente espúrias..”

    Gilmar Mendes, 12 de fevereiro de 2014.

    Este cidadão é o mesmo que fechou um contrato milionário no TJ da Bahia. Ele presidente do CNJ e dono da empresa beneficiada.

    E chama minha humilde doação de R$20,00 como moralmente espúria.

    Vocês podem ler a carta que este senhor escreveu para o Senador Suplicy aqui:

    http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/130231/Gilmar-insiste-vaquinhas-ridicularizam-multas.htm

  • Eu doei p/ o Genoino e p/ o Dirceu, só não doei p/ o Delubio, porque nem deu tempo antes de poder fazer a doação ele já tinha atingido 1.000.000 graças a cut.

    Pode contar comigo inclusive na vaquinha pra pagar advogados.

  • Eduardo, contribuí para ajudar a pagar a multa do Genoíno, do Delúbio e do José Dirceu e tenho os recibos. Me envie as instruções assim que você estiver de posse delas. Ah, contra estes tiranos quero ir à desforra. Não me deixe de fora.
    Obs.: não tenho conta no facebook.
    Abraço a todos.

  • Doei para Genoíno , Delúbio e vou contribuir com Dirceu! Minha contribuição foi simbólica, mas o dinheiro era meu! Tenho meus comprovantes e interesse em participar da ação…Moro no interior de Minas Gerais.. Como faço para participar?

  • Doei somente para o Dirceu, como as acusações foram feitas em período anterior não sei se seria válido, mas caso seja, estou à disposição, colaborando da forma que for possível.

  • Caro Edu,

    Bobeei e quando fui depositar a contribuição para o Genoino era tarde. Vou depositar para o Zé Direceu e topo entrar nessa ação. Só um reparo: Por favor, pare de se referir à AP 470 como “mensalão”. Esse termo foi combinado entre o Jeferson e o PIG como estratégia de marketing na campanha midiática para pautar o julgamento da AP 470.

    Abs.

  • Edu, perdi o recibo do Genoino (não contribuí com o Delúbio porque nem deu tempo…), mas acho que tenho a foto que mandei ao site para comprovação.
    Serve?
    Se não servir e precisar do original, não poderei participar, mas faço questão de contribuir no rateamento pra pagar o advogado.

  • senao reagimos, eles avançaram, ao ataque.

    Para penas desproporcionais, já que completamente desvinculadas do critério jurídico para a fixação das penas de multa (condição financeira do réu), os doadores encontraram uma resposta razoável, sacrificando-se para mostrar seu apoio aos condenados. Eles não sabotam e ridicularizam a Justiça. Eles se comprometem em conferir alguma justiça aos condenados, aquela mesma que faltou e vem faltando aos sentenciados no tratamento que eles recebem de alguns de seus julgadores. – See more at: http://www.ocafezinho.com/2014/02/14/leitor-manda-carta-aberta-a-gilmar-mendes/#sthash.KTa6EzGz.dpuf

  • Penso que tem ministros cagando, sabendo da nova composição do STF, vejamos, Barroso, teory, Lewandovisk, Toffoli, Carmen Lucia e Rosa quanto ao Celso de Melo, caso seja brioso como ja foi em outras ocasiões, não vai aceitar as mentiras de joaquim. Outro ponto que atinge a consciência do Ministro Celso de melo, é GRANDE MENTIRA QUE VIROU O MENSALÃO, TOTALMENTE DESACREDITADO NO MUNDO JURÍDICO.

  • Estou com vocês. Isso está indo longe demais. Esse sujeito tem que respeitar as pessoas de bem desse país. Quem ele pensa que é? Está acima da Lei ou é o novo dono do Brasil?
    É só encaminhar o quanto devo contribuir com essa ação, pelo meu e-mail ([email protected])

    Vamos nessa, o Brasil quem faz somos nós…

    Nelson Marisco

  • Quero participar sim , esta me fazendo muito mal essa sensação horrível de ver esses crápulas massacrando pessoas que sabemos que são desprendidas e que dedicaram e dedicam suas vidas lutando pelo bem estar de todos. E esses ordinários querem aniquilar a integridade e transformar a história deles em mentiras . Na verdade querem transformar no que na verdade eles são , com por exemplo o gilmar é, o que solta estuprador , o que protege banqueiro ladrão, que usa sua posição para ter vantagens e contratos duvidosos com o que fez com o Tj da Bahia . Não é fácil lutar contra o poder dessa mídia manipuladora e bandida , mas mais difícil é ficar vendo tudo isso passivamente

  • Preclaro,

    eu não fiz a minha contribuição. Contudo, queria saber se é possível contribuir para que esta ação tramite, pois gostaria que, através dela, eu pudesse expressar a minha indignação.

  • Eduardo,
    O valor da minha contribuição foi pequeno, mas caso isto não implique em um custo alto, estou dentro. Julio Grillo

    Comprovante

    SISBB – Sistema de Informações Banco do Brasil – 17/01/2014 – Autoatendimento BB – 14:09:07
    Agência: 3387-1 – Conta: 50374-6 – Cliente: JULIO CESAR GRILLO

    Debitado Creditado

    Agência: 3387-1
    Conta: 50374-6
    Nome: JULIO CESAR GRILLO

    Banco: 104 CAIXA ECONOMICA FEDERAL
    Agência: 269 BORBA GATO
    Conta + DV: 00000000222777
    CPF: 996068798-87
    Favorecido: JOSE GENOINO NETO
    Finalidade: CREDITO EM CONTA CORRENTE

    Data envio: 17/01/2014 Valor: 50,00
    Documento: 11.701
    DOC ‘E’
    Número Autenticação: 82A855E3A0B1BE3B

    • Transação efetivada com sucesso!

  • Eduardo quero ajudar no custo da ação, so dizer o quanto vai tocar pra cada que passo minha parte. Não tenho medo de ser feliz, pois a felicidade é uma busca infinita, transformada em sonhos, sendo que o primeiro é um BRASIL justo para todos e não para um cidadão como o sr. Gilmar, que defende uma elite sem princípios morais.

  • Eu tento fazer um doc online pelo banco do brasil pra ajudar a pagar a multa do Zé Dirceu mas não tem como informar a operação 013, parece que o dinheiro nesse caso vai para a conta corrente, mas no blog do zé diz que a conta é poupança. Acho que sem a operação 013 vai pra corrente. Ai não sei se o dinheiro nesse caso pode ser aproveitado pra pagar a multa. Alguém sabe? Fazendo isso estou dentro pra participar da ação contra G Merdes.

  • Olá Edu quero sim participar. Ainda não fiz a doação do José Dirceu, farei hoje puno fim de semana. Mande o endereço para que eu envie a cópia dos recibos. Vamos encarar mais esta com toda coragem e confiança.
    Abrs

  • Algum escritório ou órgão (tipo OAB) disposto a dar o pontapé inicial e propor a ação? Eu assino, já que doei a dois ‘petralhas’ e continuarei doando enquanto houver arbítrio judicial e midiático no Brasil.

  • Edu,
    Eu não doei para o Genoino e o Delubio por erro meu, mas doei para o Jose Dirceu e tenho comprovante. Mesmo não tendo doado para os primeiros estou disposto a colaborar financeiramente com as custas do processo contra Gilmar Mendes. Ver o O Gilmar engolir as calunias que disse não tem preço! Conte comigo!
    abs
    Marcos Gabriel Padilha

  • Eduardo, irmao. Voce tanto quanto eu sabe que ministros do STF nao podem ser julgados nem por seus pares. Irrita a covardia do PT. O caminho nao e’ esse de processo contra Gilmar Dantas. O caminho e’ uma representacao civil, com “obrigatoriedade de mandar fazer” para que o senado abra um processo contra o cara. O processo em si, ainda que tenha pouca chance de prosperar, e’ a resposta. Ja seria um bom ataque. fora disso, qualquer acao e’ distracao!

    jaime

  • Caro Eduardo
    Quando fiz o depósito (no caixa eletrônico) para o senhor Genuíno e para o senhor Itamar dos Santos(não doei para o senhor Delúbio), não pensei que fosse precisar do comprovante. Aprendi e sempre entendi que quando ajudamos alguém não é educado e muito menos meritório sair dizendo aos quatro ventos o que fizemos, porquanto, entender-se-ia que, desejamos ser recompensados por isso. Tanto eu quanto meu marido lidamos com muito papel o tempo todo e por esta razão, sempre rasgamos todos os papeis que não necessitam ser guardados. Também jamais me passou pela cabeça, se quer aventei a possibilidade de que alguém fosse sequer sugerir comprovação. A mim bastava apenas que o dinheiro chegasse a conta dos senhores Genuíno e Itamar. Afinal, o dinheiro é meu e eu o doo a quem eu queira. Ontem fiz minha doação para o senhor Zé Dirceu, como o sítio, certamente por precaução, pede o comprovante, este sim, tive o cuidado de trazer para casa para mandar os dados via internet. Contudo, conte comigo para ajudar nas custas do processo. É só avisar de que modo devemos proceder.
    O senhor ministro Gilmar Mendes, figura “honestíssima e de reputação ilibadíssima”, mandou uma carta resposta ao senador Eduardo Suplicy dizendo que “as doações feitas a petistas sabota e ridiculariza o cumprimento da pena, visto que é intransferível e restrita ao condenado e que a ação aumenta a sensação de impunidade no País”. A nossa ação sabota e ridiculariza o cumprimento da pena! Isto porque as doações não chegam à casa dos milhões e foi feita por pessoas simples e honestas. Dar habeas corpus na calada da noite ao banqueiro comprovadamente fraudador e corruptor Daniel Dantas não é ridícula nem sabota o cumprimento das leis do País?! Quem aumenta a sensação de impunidade no País é ele e a choldra ignóbil (e aqui me refiro não apenas aos pares no Supremo que com ele se coadunam, mas também à mídia comercial que lhes favorece) a qual pertence quando condena pessoas baseado numa teoria escrita para ser usada única e exclusivamente em período de exceção e sem nenhuma prova material. Ir a lançamentos de livros de jornalistas e pretensos jornalistas que condenaram sem ser juristas os petistas, em pleno julgamento, não sabota e ridiculariza a jurisprudência e o País?! Não traz sensação de impunidade? As justificativas deste senhor são apenas aquela velha conversa pra boi dormir, contudo o boi precisa ser burro. Porque, se for boi, não vai engolir. O que fazemos é apenas amenizar de maneira sensivelmente humana as injustiças cometidas por ele e seus pares de afinidade ideológica.
    Maria antônia

    • Maria Antônia, em todos canais dos bancos, são armazenados no sistema. Basta ir à qualquer agência da Caixa e solicitar a 2ª via, sai na hora, basta imprimir, não sei na caixa, mas, no Banco Santander é impresso em pdf.
      Edu, fiz transferência para o José Dirceu e tenho o comprovante, não sei se posso entrar, mas, quero muito. Meu e-mail: [email protected]

      • Cara Nádia,
        Obrigada pela gentileza. Os depósitos do dep. Genuíno e do senhor Itamar, fiz direto no caixa eletrônico de seus respectivos bancos e como disse no meu comentário eu os rasguei e nunca me identifico. Simplesmente coloquei o dinheiro e peguei o recibo. O depósito do dep.Zé Dirceu, também fiz no caixa eletrônico, no entanto por alerta do próprio sítio, está guardado. De qualquer modo, não creio que a ação possa deixar de ocorrer por conta de meu excesso de discrição.
        Grata
        Maria Antônia

  • Edu. Eu não doei porque não tinha.

    Mas, sou uma defensora ferrenha desses companheiros injustiçados. Penso que seria muito fácil aproveitar a caravana do Lula pelo Brasil, na campanha da Dilma e levantar muitas assinaturas para obrigar o Congresso a fazer algumas reformas: da mídia em primeiro lugar e, depois, a eleitoral e judiciária. No caso da reforma da mídia bastava perguntar se “a mídia deveria ser regulamentada de acordo com a Constituição. Deveríamos aproveitar. O Lula carrega multidões.

  • Sim. Eduardo Guimarães, fiz as três doações solicitadas e gravei os recibos, me disponho também a participar da vaquinha para pagar custas judiciais e do advogado que pegar a causa.

    Um abraço

  • Sómente indignar-se de nada adianta. Temos que nos manifestar, nos unir e cobrar responsabilidade de quem nos acusa de lavagem de dinheiro. Doei para o José Genoino e tenho comprovante. Me sinto ofendido em miha honra. Não podemos permitir que a leviandade do Sr. Gilmar Mendes nos atinja em hipótese alguma.
    Sabemos muito bem da “qualidade moral” deste senhor. Que este senhor não nos meça pela sua própria régua. Interpelação judicial já. Estou junto nesta ação.

  • Gostaria de participar sim. Fiz uma doação ao José Genoíno e tenho me sentido muito mal com as especulações sobre lavagem de dinheiro. Processar esse senhor é uma questão de honra!

  • Edu, Eduardo Suplicy está tendo uma boa oportunidade de dizer para o Sr, Gilmar Mendes que os 100 mil da AP 470 (que eles alegam ter sido roubo do PT), podem ser pagos pelo próprio Gilmar com aquela mesadinha que ele recebeu da Lista de Furnas.
    Gilmar Mendes só poderia ter sido indicado pelo FHC mesmo.

    • Ou então, quem sabe, Suplicy pudesse solicitar que Gilmar Dantas e o seu parceiro Barbosa indicassem, com precisão e sem lenga-lenga, o valor do dinheiro PÚBLICO desviado, conforme exigiu Paulo Cunha e até o momento não foi respondido. Esse ministro é um falastrão e é chegada a hora de fazer-lhe calar a boca torta.

  • Sou um trabalhador consciente que luto com dificuldades, não aceito a pecha de participar dessa lavanderia, a qual o ministro se referiu… Doei para Genoíno; Delúbio e agora para J. Dirceu. Aceito participar da ação coletiva, rateando os custos da causa.
    E-mail para contato: [email protected]

  • Edu…………….uma pergunta: sendo o judiciário um corporação terrível, onde os juízes e acham, e se portam como deuses, a portanto se acham a própria lei, e se julgam acima da lei, a quem recorrer??? um juíz de primeira instância acolheria o processo??? e se for para o STF???………o que nós sentimos é que os pares de JB e GM, com a valorosa excessão de Ricardo Lewandowski se borram de medo dos dois………será que alguem terá coragem para peitar Gilmar????

  • Prezado Eduardo
    Obrigado por liderar esta iniciativa.
    Doei para o Delúbio. Como cidadão responsável, não aceito a alegação do Ministro Gilmar Mendes de que participei de uma lavanderia de dinheiro. Quero fazer parte da ação coletiva.
    Também doei para o Zé Dirceu.
    Um abraço solidário.

    • Acontece que tanto Lula qto Dilma continuaram escolhendo entre os indicados, SEM TER NECESSIDADE NENHUMA DISTO.
      Tem que escolher juízes ligados à causas sociais, trabalhistas, populares e progressistas.
      Além de HONESTOS, é claro.
      E não entre os conservadores e da elite.

  • Estou dentro. O grande jurista Celso Antonio Bandeira de Mello poderia liderar a lista dos que se sentiram ofendidos em sua honra, o que daria um grande peso ao documento.

  • Oi, Edu,
    Doei e continuarei doando. Parece que agora ele nao so confirmou o que disse, como assinou embaixo (carta ao Suplicy).
    Quero participar da acao, se for possivel, ja que estou morando fora do Brasil.
    Abracos!

  • Olá, Eduardo. Pude contribuir com duas das vaquinhas organizadas até aqui e quero participar dessa ação com outros que se sentiram ofendidos com as afirmações levianas do ministro Dantas, digo, Mendes. Você tem e-mail no comentário. Aguardo orientações. Forte abraço.

  • Doei para Genoino, tenho o comprovante, estou interessada em participar da ação coletiva, mas gostaria de ter uma noção dos honorários e custas, pois não tenho muito dinheiro, mas quero muito participar. Aguardo informações e posso ir à reunião dia 18. Não tenho facebook.
    Abs,
    Regina Galdino

  • Sim,

    Li a carta resposta de Gilmar ao Suplicy dizendo que as doações desmoralizam o tribunal, gostaria de manifestar que: o que desmoraliza é a condenação sem provas, a seleção e ocultação de provas consistentes como Auditorias do TCU BACEN Banco do Brasil de Laudos policiais feitos pelo delegado responsável pelo inquerito, da separação de diretores que assinam liberação de valores de contratos públicos julgando apenas um, que sequer assinava, sem falar no escandaloso tratamento de duplo grau de jurisdição entre ações idênticas, e por aí vai.

    Vamos por etapas primeiro a interpelação judicial,ok

  • Eduardo, eu acho que você deveria aproveitar esta mobilização e também organizar um pedido de impeachment do Gilmar Mendes ao Senado. Com tanta gente assim assinando o pedido mais a repercussão que isto ganhará na blogosfera, vamos ver o que o Renan vai responder.

  • Atenção gente…….tenho a impressão que doações a Dirceu não entram nessa ação pois o pronunciamento….ooops….a ofensa foi anterior a estas………mas Genoíno e Delúbio sim, tiveram doações que geraram as ofensa do Gilmar “Dantas”…..

  • Eu doei para Genoíno, Delúbio e Dirceu.
    Também quero participar da ação e darei minha contribuição para o pagamento das custas.
    Peço que quem ainda não doou para o Dirceu, que o faça incluindo o número 13 no valor. Pode ser final com 13 centavos, por exemplo.
    10,13 ou 50,13 ou 113,13 etc.

    abraços a todos que estão juntos nessa luta.
    A solidariedade e o inconformismo com a injustiça podem mais do que a politicagem e a falta de noção do Gilmar Dantas!

  • Caro Edu…

    to nessa… daqui a pouco depositarei minha parca contribuição (se pudesse, pagava toda)… José Dirceu é um herói de nosso povo… meus filhos se orgulharão de saber que o pai deles não se acorvadou diante da injustiça…

    Quanto ao Gilmar Dantas, o problema é que ele mede o caráter dos outros pela altura da régua com que mede o seu próprio…

    Vamos interpelá-lo… Vamos também descobrir onde está o Darf da Globo Overseas…e como poderemos, trabalhando, comprar um Ap. em Miami por U$ 1 milhão…

    Leonidas Mendes Filho
    (Parauapebas/)

  • eu topo, isso me fez lembra um filme muito antigo:
    ” A Reação do Deserto”, onde pequenas tribus se
    reúnem e atacaram um poderoso reino que sucumbiu
    diante da união de muitas pequenas e organizadas tribos
    do deserto.

  • Eduardo, fiz uma transferência para o José Dirceu e informei meu CPF e se for para processar essa figura eu envio uma cópia do comprovante e meu R.G. para você.

  • De caso pensado o senhor Gilmar Mendes continua achando que o Brasil é Diamantino,cidade matogrossesense onde ele e sua familia(ou seria quadrilha?).mandam e desmandam.Porem,para a felicidade de todos os brasileiros,Diamantino não é o Brasil e o senhor Gilmar Mendes,embora pense,não é definitivamente dono do Brasil.Em boca fechada não entra mosca mas tambem não sai asneiras e bem que o senhor Gilmar Mendes poderia ter ficado de bico calado.Mas bom senso é coisa que passa longe da pessoa de Sua Excelencia e alem do mais,o senhor Gilmar Mendes tem muitas explicações a dar ao cidadão brasileiro,como os dois HCs dados ao banqueiro delinquente e condenado pela Justiça a dez anos de prisão,Daniel Dantas.Sua excelencia tambem tem que explicar os nebulosos contratos de sua empresa(IDP-Instituto de Direito Público)com o TJ da Bahia.Sua excelencia tem tambem que explicar,afinal de contas,porque deu uma habeas corpus ao estuprador Roger Abdelmassih,que hoje se encontra foragido no Libano.Sua excelencia tem que explicar,afinal de contas,sobre os cento e oitenta e cinco mil reais recebidos do valerioduto.O senhor Gilmar Mendes mede a estatura moral dos outros,pela sua propria estatura moral,se é que ele tem alguma estatura moral.O senhor Gilmar Mendes,na sua arrogancia,julga os outros por aquilo que ele é.Sua excelencia,alega,que a doação feita pela militancia para pagamento das multas aos lideres petistas presos seria uma forma de ridicularizar a Justiça.Não, senhor Gilmar Mendes,um ato de solidariedade feito por pessoas comuns não ridiculariza a Justiça.O que ridiculariza a Justiça e põe em descredito um poder tão essencial para a cidadania e para a democracia como o Poder Judiciario,são figuras ridiculas e sem o minimo senso moral como vossa excelencia,senhor ministro Gilmar Mendes.

    • Que tal o senhor Gilmar Mendes abrir o sigilo fiscal e bancario dele?Que tal ele deslindar a relação espuria que mantem com notorios delinquentes,como o banqueiro condenado a dez anos de prisão,Daniel Dantas,entre outros?Claro que nenhuma dessas coisas ele irá fazer ate mesmo porque o telhado de vidro dele é enorme.Eu se fosse Gilmar Mendes,botava o rabinho entre as pernas.Azeredo,um dos mentores intelectuais do mensalão do PSDB, já declarou que se cair muita gente vai cair com ele e provavelmente o senhor Mendes estará entre os que cairão com Azeredo.Portanto um recadinho ao senhor Gilmar Mendes:recolha se à sua notoria insignificancia ou avenha se com as consequencias,porque é quase certo que pau que bate em Chico uma hora pode bater em Francisco e isto é tão certo quanto dois mais dois são quatro.

      • Eu concordo! Todos sabemos disso, mas será que o senhor Gilmar Dantas sabe? Ele está acima de todas as leis, acho eu! Isso ele tem certeza. Gilmar Dantas é uma copia autenticada daquilo que temos no congresso.

  • Ainda tenho um ano pela frente para terminar o curso de Direito na UNISAL em Americana,caso contrario,pegaria essa causa de graça,apenas pelo prazer de ferrar uma figura tão sinistra,tão calhorda quanto o senhor Gilmar Mendes.Afinal não é tão dificil derrota lo em juizo,tendo em vista o fato de que Davi derrotou Golias,que por ser gigante se gabava de ser invencivel e apenas com uma simples funda.Todo mundo tem o seu calcanhar de Aquiles e com o senhor Gilmar Mendes não é diferente.

  • Eu me senti ofendido também. Fiz a doação ao José Dirceu no dia da criação do site. Só não doei para Genoíno, pois quando ia doar já havia completado o valor. Se precisar doo de novo.
    A quem eu contato para a ação coletiva!

  • Eu me senti ofendido também. Fiz a doação ao José Dirceu no dia da criação do site. Só não doei para Genoíno, pois quando ia doar já havia completado o valor. Se precisar doo de novo.
    A quem eu contato para a ação coletiva?

  • Quero ser protagonista desta história. Quero interpelar o Gilmar Mendes sim. Só tenho uma fonte de renda, fruto de 35 anos de trabalho e 32 anos de contribuição a previdência social (trabalhei 3 anos sem carteira assinada), por tanto, a doação que fiz ao Genoino, ao Delúbio e ao Dirceu foi tem origem lícita.

  • Eu quero entrar nessa ação contra Gilmar Mendes. Mas e se ele não confirmar o que havia dito, se desculpar-se antes, a ação ainda será julgada? Quanto pediremos de reparação a esse escroque?

  • Eu quero entrar nessa ação contra Gilmar Mendes. Mas e se ele não confirmar o que havia dito, se desculpar-se antes, a ação ainda será julgada? Quanto pediremos de reparação a esse escroque? O que faremos com o valor eventualmente recebido?

  • Caro Eduardo,

    Esta iniciativa deveria, deve e deverá ser encampada por todos aqueles que (doadores para uma ajuda humanitária, sim senhor!) tenham um mínimo de amor-próprio. Ou vão agir tal qual o os senadores do PT? Ah se eu tivesse contribuído (me arrependo até agora de não ter feito, mesmo que os valores já tivessem alcançados o teto exigido, só assim poria meu nome nesta relação).
    Portanto, não marquem passo! Adiante! Vão em frente! Mesmo que não dê em nada, mas façam um calo de sangue na testa desse debocil!

  • Edu, eu doei apenas para o Zé Dirceu, posso participar da ação também? Se sim, faço questão de participar, acho que já passou da hora de nós cidadãos começarmos a manifestar nossa indignação com as ações dessa corja, que são verdadeiras bofetadas na cara dos cidadão de bem e do bem. Bota meu nome aí.

  • Muita gente que contribuiu para o pagamento das multas impostas pelo STF aos lideres petistas,ou seja,cem por cento das pessoas que ajudaram os lideres petistas a pagarem as referidas multas tem como comprovar a origem do dinheiro com que contribuiram.Já sua excelencia o senhor ministro Gilmar Mendes tem como comprovar a origem ou o porque dos cento e oitenta e cinco mil reais recebidos do valerioduto?O senhor Gilmar Mendes está envolvido em negocios escusos e vem acusar pessoas comuns,muitas das quais nem sequer são filiadas ao partido,mas que mesmo assim contribuiram com seu dinheiro,para reparar uma flagrante injustiça.Oras,se o senhor Gilmar Mendes está acostumado a fazer lavagem de altissima somas,isso não significa necessariamente que pessoas comuns façam a mesma coisa.Até mesmo porque nas mãos dos mortais comuns não passam quantias de oito milhões de reais como passou nas mãos do senhor ministro Gilmar Mendes,para pagamento de um socio de sua empresa o IDP-Instituto de Direito Público,sediada em Brasilia.Das duas uma:ou o senhor Gilmar Mendes é um fanfarrão e portanto não deve ser levado a serio ou o senhor Gilmar Mendes é um canalha e portanto merece ser processado criminalmente.Acredito que a segunda opção é a mais adequada.

  • Mais uma vez conte comigo, Eduardo, vamos encurralar esse ministro, vamos encurralar o STF, vamos encontrar um meio de rever essas condenações espúrias e políticas.

  • Edu, sou metroviário aqui de SP e acompanho há algum tempo esse seu blog, quero te parabenizar pela luta e disposição em criar esse meio para a nossa militância, mesmo que virtual, parabéns mesmo. Para os companheiros José Genoíno e Delúbio Soares não contribuí, demorei um pouco pra reagir, mas agora quero ser o protagonista e participar. Fiz uma transferência ontem e já enviei o comprovante para o e-mail do [email protected] quero me juntar a todos nessa interpelação judicial contra Gilmar Mendes.

  • Ainda bem que você tomou essa iniciativa meu caro! Eu já tinha postado comentários em blogs sugerindo ação coletiva, até pensei em procurar advogado, mas não fui em frente. Pode contar comigo!

  • Tenho o comprovante do depósito feito para a vaquinha do DIRCEU e já anexei no site da campanha dele, estou com vocês, é um absurdo que os contribuintes para as campanhas sejam caluniados e o caluniador fique impune, a INFÂMIA DEVE SEMPRE SER DESACRETIDA!!! Apenas informo que resido em em outro Estado!!!

  • Embora minha colaboração tenha sido para a compra de cobertores, quero reagir, pois o seu gilmar diz que não posso fazer o que quiser com meu dinheiro. Assim como eu, os réus da AP 470 também podem, pois o dinheiro é deles. Se resolveram juntar para pagar a multa injusta e exorbitante, é problema deles.

  • Eu já havia consultado a família, composta por advogados, sobre se poderia processar Gilmar Mendes. Eles responderam que sim, mas alertaram que, se eu fizesse isso sozinha, poderia vir a sofrer perseguições. Como já sou visada, por deixar claras minhas posições ao escrever, como jornalista, sobre a Palestina, defendendo os direitos de seu povo, decidi aguardar que algum grupo propusesse o que você, Eduardo, está propondo. Pode contar comigo.
    Eu gostaria de acompanhá-lo na reunião com o advogado. Mas, como não moro em São Paulo, dependo do local do encontro e do horário para ver se consigo ir.

  • Edu, não doei ao Genoino e ao Delúbio porque o valor necessário foi atingido muito rápido. Tô doando pro Zé Dirceu, após as declarações do Gilmar Mentes e acho que isso me exclui do rol dos litigantes legítimos. Mas se for indicada uma forma de contribuir-se pro pagamento do advogado, gostaria muito de pareticipar. Seria a forma de redimir-me da lerdeza quanto ás doações ao Genoino e ao Delúbio.

  • Estava esperando esta iniciativa de natureza coletiva, Eduardo. Parabéns pela pro-atividade. Participei até agora da campanha de Delúbio Delúbio e de Zé Genuíno. Pode contar comigo.

  • Por que Gilmar Mendes não processou Joaquim Barbosa quando este, empleno julgamento no STF, transmitido para todo o país, o acusou de ter capangas no Mato-Grosso ? Medo ?

  • GILMAR MENDES, O BUFÃO DA REPÚBLICA

    É PRECISO INDIGNAR-SE…

    Autoridades da República menosprezam e ridicularizam nossa compreensão de vida, nossa cultura, nossos paradigmas, enfim, nossa cidadania. Entre aqueles que abusam de seu direito de expressão e nos brinda com suas hipocrisias e desatinos – dia sim, dia também – o ministro Gilmar Mendes não perde oportunidade. Em mais uma fanfarronice Mendes recebeu de resposta uma carta-aberta de um cidadão que resolveu demonstrar publicamente toda sua contrariedade, toda sua indignação.

    Na carta de Victor Hugo Barbosa – um assistente de Juiz de Direito de Execuções Criminais – o missivista diz que “Mendes caçoa das pessoas, caçoa da boa-vontade de inúmeras pessoas que por um ideal ou por boa-fé, resolveram arcar com o ônus suportado por pessoas que foram julgadas num rito processual que causa espanto a qualquer jurista mais comedido.”, e diz ainda: “O Eminente Ministro, por ser Ministro do Supremo Tribunal Federal, era de se esperar dele um maior conhecimento técnico e maior rigor em suas manifestações, sob pena de desinformar os jurisdicionados e, no mínimo, de afrontar nosso direito.”. A carta merece ser lida por inteiro, publicada pelo blog do Rodrigo Vianna.

    Digo eu: – Belíssimas palavras, oriundas do fundo da alma do Victor Hugo (dá para perceber) que clama pela justa e real ‘Justiça’, o que faltou em todo o processo, julgamento e condenação dos réus, aqueles que foram transformados em troféus da mídia, para farta distribuição aos ignorantes e estúpidos, auto declarados campeões de crença ingênua, infantil, no teatro mambembe montado numa sala do Supremo Tribunal Federal. E quem afirma isso nem sou eu, mas vários juristas, inclusive o Ives Gandra Martins, bem próximo dos tucanos.

    Ter lido sobre o “Caso do Capitão Dreyfus”, que somente veio a público – e por isso propiciou a correção de uma grave injustiça, ainda que muitos anos depois – por força e obra do jornalista e escritor Émile Zola, um fato que comoveu e ainda comove o mundo até hoje, ocorrido na França do século XIX, permite-nos compreender a possibilidade dessa farsa ter ocorrido, e alivia-nos de pensar que tal barbaridade é obra e graça apenas do Brasil. Não é! Na verdade, o Brasil também é vítima desses ilustrados todos que se aboletam nos poderes da República.

    Pois se a França do final do século XIX, ela mesma a pátria-mãe do Iluminismo – movimento que eclodiu no século XVIII para colocar fim à barbárie da sociedade medieval – foi capaz de produzir um “mentirão” mais de um século depois da obra de Diderot e d’Alembert, compreende-se mais facilmente que depois de outro século nossos ministros e nossa mídia conseguissem copiar aquela farsa; e em pleno século XXI produziram o “mensalão” brasileiro, que na verdade é a repetição do “mentirão” do caso Dreyfus; acobertado na França pela guerra entre monarquistas e republicanos e, no Brasil, pela desfaçatez de nossas podres elites, que não se encorajam a disputar eleições sem a criação de pequenos e grandes golpes.

    Gilmar Mendes está abrindo mais essa bravata com a doação voluntária aos condenados do nosso “Mentirão” para tentar esconder a Correição que o CNJ – Conselho Nacional de Justiça – vai realizar no Tribunal de Justiça da Bahia, onde houve a contratação do IDP – Instituto Brasileiro de Direito Público, empresa que tem como proprietário o mesmo Gilmar. Segundo o Ministro-Corregedor do CNJ, Francisco Falcão, tudo “vai ser apurado com todo o rigor. Doa a quem doer.”, referindo-se o corregedor ao fato de que em 21 de abril de 2012, por ato do seu presidente, desembargador Mário Alberto Simões Hirs, o TJ-BA ter contratado – SEM LICITAÇÃO – os serviços do IDP (o cursinho de direito do Gilmar Mendes) por R$ 10.520.754,54. E já em outubro, apenas seis meses depois, um aditivo elevou o valor total do contrato para R$ 12.996.811,00.

    O objeto da contratação da escolinha do professor Gilmar Mendes era dar cursos de capacitação para juízes e funcionários (do Tribunal baiano) se adaptarem às resoluções do CNJ. TREZE MILHÕES DE REAIS para dar cursinho de capacitação.

    Pelo visto, o Gilmar Mendes está preocupado com seus negócios escusos, e tenta disfarçar atacando as campanhas de arrecadação que não agradam ao seu humor. Gilmar é o expoente máximo, SUPREMO, da hipocrisia reinante na trágica elite brasileira!

    Não tem jeito! O ministro Gilmar Mendes é o “BUFÃO” do Poder Judiciário brasileiro.

    • O Tribunal que condenou o capitão Dreyfus não fez JUSTIÇA na verdadeira acepção da palavra.
      O STF que autorizou a extradição de Olga Benário para morrer no campo de concentração de Hitler na Alemanha não fez JUSTIÇA na verdadeira acepção da palavra.
      O STF que chancelou a Ditadura de 1964 não fez JUSTIÇA na verdadeira acepção da palavra.
      O Tribunal que condenou JESUS CRISTO a tortura e morte por crucificação não fez a JUSTIÇA na verdadeira acepção da palavra.
      gilmar não sabe e nunca saberá o que é Justiça. Então, ele não sabe o que fala. É mais um palhaço no circo de horror que a Globo transformou o stf.

  • ♫ Esta gosma inominável despirocou de vez. Os jornais televisivos da noite noticiaram que ele agora quer comandar o que será feito com o que “sobrou das coletas para pagar as multas safadas impostas ao Genoíno e ao Delúbio. A insensatez dessa gente é tamanha que às vezes eu desanimo de esculachar.
    Mas não devo – não posso desistir. Há que denunciar todos os arreganhos autoritários ou crapulosos dessa corja que um dia após o outro estertora, estrebucha e vomita a podridão que corrói sua alma…
    P.S: Parece que a vaquinha do Dirceu está acumulando mais de 100 mil reais por dia. Já contribuí e contribuireis sempre, para mostrar aos crápulas que eles podem muito, mas não mandam no mundo. Acima de tudo, não podem calar a sede de justiça do povo brasileiro.

    • ♫ P.P.S.: Não vou participar dessa ação contra o Gilmar Dantas, porque não acredito mais na justiça do meu país. Mas quem sabe, um dia, este período negro possa ser deixado para trás, como foram deixadas as barbaridades cometidas pela quartelada…

      • Nem para deixar o douto doidinho de preocupado?
        Pode ser arquivada a ação(com certeza será), entretanto fará um estrago desgraçado na cabeça dos ministros que se acham acima da lei. E para a mudança sempre é necessário o primeiro passo.

        • Concordo plenamente! Será um privilégio fazer parte da história! Eu poderei dizer de boca cheia: “Tá vendo aquele ser “superior” se explicando? Eu contribuí para que isso acontecesse!”.

  • Só lavo o meu dinheiro com recibo…..solidariedade aos companheiros é um dever do militante e cidadão deste pais.

    Conte comigo nesta lista.

    Vamos saber porque esse juiz tem tanto medo de nossa mobilização. Melhor ainda é saber como ele está lavando o dinheiro da escola dele.

  • Caro Eduardo, direto ao ponto. Sou interessado em acionar judicialmente o Gilmar Dantas. Fiz modesta, porem bem intencionada contribuição. No entanto, por relapso que sou, não guardei o comprovante de depósito; tenho-o apenas gravado em imagem no computador aqui de casa. Ainda assim, espero ser possível incluir-me nessa. Abraços.

  • São quantos doadores?
    Dividam as interpelações (INÚMERAS) em grupo de 10 litisconsortes.
    Pelo menos farão os ministros do STF trabalharem com a sobrecarga de ações que lhes serão distribuídas. Eles vão merecer, principalmente depois do mal que fizeram ao Judiciário ao patrocinarem no mentirão um show de horror quando vilipendiaram a Constituição Federal que tinham por dever de oficio respeitar e zelar pelo cumprimento. Nem o pior dos rabulas assim agiriam e com certeza estão enrubescidos com a petulância dos doutos. Não se esquecer também de representar no CNJ. Podem até arquivar TUDO mas vão ter que trabalhar para isso.

  • Quando me dispus a doar para campanha do Genuíno, já tinha encerrado as doações. Vou doar para o Zé Dirceu na segunda dia 17 principalmente pela sua causa, e em segundo lugar pra ter o prazer de fazer parte daqueles que com muita coragem irão interpelar judicialmente o ministro Gilmar Mendes, pela sua falta de decoro, de respeito e, porque nao dizer de honradez.. Edu nos mantenha informado sobre a ação, não moro em São Paulo. Incondionalmente estarei engajado.

  • Edu, tô dentro
    Tenho os meus 3 comprovantes, só não tenho do João Paulo por que ele não pediu
    Com um certa dificuldade fiz hoje de manhã minha doação para Zé Dirceu na lotérica perto de casa. Tentei no dia 13, mas a lotérica disse que havia excesso de deposito naquela conta naquele dia e que era para tentar no dia seguinte, ontem não foi possivel, mas hoje na abertura da lotérica FINALMENTE depositei pro Zé

    É incrivel, para o Genuino e Delúbio foi tranquilo, pro José Dirceu foi quase uma novela. Tenho o comprovante da tentativa do dia 13 para provar que eu tentei e não consegui.
    Enfim me manda o valor do valor da ação contra o Gilmar por e-mail que tô dentro.
    Essa ação tem efeito PURIFICADOR daquela casa.
    O Cadu tem que ter um presidência de Suprema Corte , a partir de março, mais arejado.
    Primeiro foi o Barbosão, segundo o Gilmar e do Marco Aurélio tá guardado e o Luis Fux vai ter o que merece pra aprender a ser gente.

    • Fiz três doações até o momento: Genoino,Delúbio e Direceu e tenho os comprovantes.Quero me unir àqueles que, como eu, se sentem insultados e desrespeitados pelo desvairado Gilmar Mendes.

  • Caríssimo Eduardo.

    Fiz minha doação para o José Genoino em 15/01/2014, mas como o comprovante foi impresso em papel térmico, ele está praticamente ilegivel, mas tenho cópia que enviei para o site do Genoino.

    Também me senti insultado, e ele tem que se explicar.

    Sou de Dourados – Mato Grosso do Sul, e se puder assino minha procuração “ad judicia” e envio para vcs por Sedex.

    Esse Ministro precisa ser desmascarado, e reparar suas maledicências que faz no STF.

    Conte comigo e me envie detalhes de como proceder.

    Grande Abraço.

    Luiz Antônio

  • Tudo muito lindo e maravilhoso…porém, nesse momento, além da ação contra o Gilmar Mendes, era preciso enviar para o Senador Suplicy uma carta, contendo algumas perguntas para que ele as entregue ao Sr. Gilmar Mendes.

    O Ministro Gilmar Mendes tem muito mais respostas a dar do que perguntas a fazer…

    Responde aí…Gilmar:

    1) Ministro Gilmar Mendes, o senhor não fica “perplexo com o comportamento e as insinuações despropositadas” de um ministro do supremo que chama um presidente “às falas”, dizendo-se vítima de um grampo que nunca existiu e de um “estado policial” que ficou a ser provado, ao preço de uma crise institucional?

    2) Ministro Gilmar Mendes, “vamos dizer que o Demóstenes me oferecesse uma carona num avião se ele tivesse. Teria algo de anormal” em alguém questionar o meu grau de proximidade com o senador? E se isso ocorresse com um ministro do Supremo Tribunal Federal e o senador em questão fosse alvo de fartas acusações, haveria algo de anormal nestes questionamentos?

    3) Ministro Gilmar Mendes, o senhor se disse vítima de “gângsteres”, “chantagistas” e “bandidos” que estavam espalhando notícias falsas para atrapalhar o julgamento do “mensalão”. O ministro Gilmar Mendes não estaria pré-julgando os réus do processo? O ministro prevaricou ao não denunciar formalmente os senhores Luiz Inácio da Silva e Nelson Jobim, bem como os “chantagistas” que o senhor acusa? Ou o senhor não o fez porque simplesmente não há a mínima prova do que diz, além da sua palavra? Se não o fez porque não há provas, pode acaso um juiz acusar ou condenar sem provas?

    4) O senhor demorou mais de um mês para denunciar a suposta tentativa de chantagem. Quando o fez foi por meio da revista Veja, após a revelação de que um “Gilmar” teria viajado em voo reservado pelo esquema de Carlinhos Cachoeira, segundo informações colhidas pela Polícia Federal. A indignação do ministro tem 30 dias de prazo para entrar em vigor?

    5) Deve um ministro do STF submeter-se a uma superexposição na imprensa, emitindo, a todo tempo, juízo de valor e opiniões sobre fatos concernentes ao caso que o senhor julgará? O senhor acusa a quem, especificamente, quando disse que havai “bandidos” interessados no adiamento do julgamento do “mensalão”? Às partes do processo? Se a resposta for afirmativa, isto não deveria constar no processo e ser comunicado formalmente aos seus pares? Se negativa, eu poderia “inferir” que o senhor estaria influenciando a decisão de seus colegas e pré-julgando, por meio da imprensa, ao levantar questões tão graves sem provar o ocorrido, sugerindo a participação dos réus e testemunhas do processo na trama protelatória?

    6) Os demais ministros do Supremo Tribunal Federal deverão acompanhar qual órgão de imprensa para que tenham conhecimento das suas novas acusações, se elas ocorrerem?

    7) Ministro Gilmar Mendes, ao ministro do STF é vedado qualquer participação política-partidária. Diante de sua conduta no caso do grampo que nunca existiu e, agora, no caso de suas relações com senador Demóstenes Torres e da denúncia contra o ex-presidente Lula, prontamente desmentida, eu poderia “entender, depreender e inferir” que o senhor não está se comportando de acordo com a liturgia que o cargo exige?

    8 ) “Na coluna do jornalista Bastos Moreno, no jornal O Globo, está dito que Gilmar Mendes, ao sair do escritório de Jobim, foi, enfurecido, a uma reunião com a cúpula dos Democratas”, lembra Wálter Maierovitch. Isso é verdade? Se afirmativa a reposta, o senhor não acha que seus colegas do Supremo Tribunal Federal deveriam ter a primazia, diante dos fatos? Com quem e sobre o que o senhor conversou com o DEM? O DEM sabe destes fatos há um mês, e também se calou?

    9) Ministro Gilmar Mendes, segundo matéria da Folha de São Paulo “o ex-ministro de Defesa, Nelson Jobim, teria recebido, há alguns dias, um telefonema do ex-governador José Serra pedindo que falasse com a revista Veja. Jobim atendeu o pedido e só então soube da reportagem sobre o encontro entre Lula e o ministro Gilmar Mendes”. O senhor também recebeu algum telefonema de José Serra pedindo que o senhor falasse à revista Veja? José Serra sabia então, antes da divulgação da revista, sobre o teor da matéria? Quem contou foi o senhor? A revista Veja?

    10) O termo “liturgia do cargo” tem, na sua opinião, qual sentido?

    11) Para esclarecer dúvidas sobre o seu passado, Ministro, gostaríamos de saber o sentido ético-político da indicação. Quais seriam as partes -sobretudo empresas, escritórios de advocacia e interesses de governos- que o senhor se sentiria suspeito para julgar imparcialmente?

    12) Qual a filiação política, atividades ou causas políticas que abraçou no correr de sua vida?

    13) Qual o histórico da sua vida associativa?

    14) Sua declaração de bens?

    15) Tem parentes no setor público?

    16) O sr. como juiz, tem cumprido as metas de produtividade do CNJ?

    17) O sr. sabe algo sobre o assassinato de Andréa Paula Pedroso Wonsoski, jornalista que denunciou o seu irmão, Chico Mendes, por compra de votos em Diamantino, no Mato Grosso?

    18) Qual a natureza da sua participação na campanha eleitoral de seu irmão, Chico Mendes em 2000, quando o sr. era advogado-geral da União?

    19) Qual a natureza da sua participação na campanha eleitoral de seu irmão, Chico Mendes em 2004, quando o sr. já era presidente ministro do Supremo Tribunal Federal?

    20) Quantas vezes o sr. acompanhou ministros de Fernando Henrique Cardoso a Diamantino, para inauguração de obras?

    21) O sr. tem relações com o Grupo Bertin, condenado em novembro de 2007 por formação de cartel? Qual a natureza dessa relação?

    22) Quantos contratos sem licitação recebeu o Instituto Brasiliense de Direito Público, do qual o sr. é acionista, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso?

    23) O sr. considera ética a sanção, em primeiro de abril de 2002, de lei que autorizava a prefeitura de Diamantino a reverter o dinheiro pago em tributos pela Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Diamantino, da qual o sr. é um dos donos, em descontos para os alunos?

    24) O sr. tem alguma idéia do porquê das mais de 30 ações impetradas contra o seu irmão ao longo dos anos jamais terem chegado sequer à primeira instância?

    25) O sr. tem algo a dizer acerca da afirmação de Daniel Dantas, de que só o preocupavam as primeiras instâncias da justiça, já que no STF ele teria “facilidades”?

    26) O segundo habeas corpus que o sr. concedeu a Daniel Dantas foi posterior à apresentação de um vídeo que documentava uma tentativa de suborno a um policial federal. O sr. não considera uma ação continuada de flagrante de suborno uma obstrução de justiça que requer prisão preventiva?

    27) Sendo negativa a resposta, para que serve o artigo 312 do Código de Processo Penal segundo a opinião do sr.?

    28) Por que o sr. se empenhou no afastamento do Dr. Paulo Lacerda da ABIN?

    29) Por que o sr. acusou a ABIN de grampeá-lo e até hoje não apresentou uma única prova? A presunção de inocência só vale em certos casos?

    30) Qual a resposta do sr. à objeção de que o seu tratamento do caso Dantas contraria claramente a súmula 691 do próprio STF?

    31) O sr. conhece alguma democracia no mundo em que a Suprema Corte legisle sobre o uso de algemas?

    32) O sr. conhece alguma Suprema Corte do planeta que haja concedido à mesma pessoa dois habeas corpus em menos de 48 horas?

    33) Por que o sr. disse que o deputado Raul Jungmann foi acusado “escandalosamente” antes de que qualquer documentação fosse apresentada?

    34) O sr. tem alguma idéia de por que a Desembargadora Suzana Camargo, depois de fazer uma acusação gravíssima – e sem provas – ao Juiz Fausto de Sanctis, pediu que a “esquecessem”?

    35) É verdade que o sr., quando era Advogado-Geral da União, depois de derrotado no Judiciário na questão da demarcação das terras indígenas, recomendou aos órgãos da administração que não cumprissem as decisões judiciais?

    36) Quais são as suas relações com o site Consultor Jurídico? O sr. tem ciência das relações entre a empresa de consultoria Dublê, de propriedade de Márcio Chaer, com a BrT?

    37) É correta a informação publicada pela Revista Época no dia 22/04/2002, na página 40, de que a chefia da então Advocacia Geral da União, ou seja, o sr., pagou R$ 32.400 ao Instituto Brasiliense de Direito Público – do qual o sr. mesmo é um dos proprietários – para que seus subordinados lá fizessem cursos? O sr. considera isso ético?

    38) O sr. mantém a afirmação de que o sistema judiciário brasileiro é um “manicômio”?

    39) Por que o sr. se opôs à investigação das contas de Paulo Maluf no exterior?

    40) Já apareceu alguma prova do grampo que o sr. e o Senador Demóstenes denunciaram? Não há nenhum áudio, nada?

    Por favor, Senador Eduardo Suplicy, envie estas perguntas ao Ministro Gilmar Mendes….

    Será que o Sr Senador Suplicy terá coragem de enviá-las ?

    Será que o Ministro Gilmar irá respondê-las ?

    • Cabra bom este Tião!
      Tião, peço-lhe autorização pra divulgar este rol de perguntas, as quais sei que, se respondidas, causariam o impeachment desta anta diplomada de juiz.
      Tem umas criaturas aqui em SC que põem a mão no fogo por esta praga…

        • O senhor ministro Gilmar Mendes jamais responderia às perguntas formuladas pelo camarada Tião Macalé por uma simples razão:ninguem é obrigado,num processo penal,a produzir provas contra si mesmo.E cada uma das respostas às perguntas que foram feitas,seria uma prova contundente contra o referido elemento,que é o senhor ministro Gilmar Mendes.Simples assim.Mas tais perguntas podem constar do processo a ser movido contra ele,posto que,em juizo,o silencio pode ser muito esclarecedor.

          • Dimas, o problema é anterior: acha que o pusilânime Suplicy, aquele que emprestou solidariedade ao Demóstenes (mas não falou um “a” quanto à solidariedade a Dirceu, Genoino e demais apenados na AP-470) e bancou o cicerone da blogueira cubana da CIA, teria interesse ou coragem para arguir o Gilmar?
            Suplicy não passa de um canalha arrivista, mais interessado nas páginas amarelas da Veja.
            Pelo lado desse vagabundo, nada a esperar.
            []’s

    • Caro Tião,
      Excelentes as suas perguntas. É uma pena que a criatura a quem são dirigidas não tem o mínimo de brio e hombridade moral. Exige que os outros tenham, mas ele está acima de qualquer costume! E o cumprimento da lei?! Ah! Isso é coisa pra zé-povinho…

    • Tião Macalé
      15/02/2014 • 10:43

      Caro.
      Gravei as 40 perguntas ao sr. mendes que vc formulou.
      Se me permite farei uso desse seu magnífico trabalho.
      Abraços.
      Salvador

    • Muito bom!
      Acrescentaria uma pergunta: o que conversaram ao telefone, retirando-se das vistas dos repórteres, em plena campanha eleitoral, o candidato Cerra, e o ilustre Supremo entre os Supremos Presidente do STF Gil Mar(inho) Cardoso Mendes, ao qual o candidato tucano (pré condição para total e absoluta blindagem contra qualquer indiciamento efetivo) respondeu de forma intimista e até afetuosa com um “alô. ..meu presidente”? A guisa de esclarecimento, o que pensa o Gilmar(inho) sobre os protagonistas do escandaloso dossiê “A Privataria Tucana” precioso livro recheado de evidências, possivelmente provas do maior escândalo em roubalheira contra o patrimônio da nação? Para isto não se deve esperar que o ministro “que manda subir” segundo uma das gravações da PF venha a espumar de tanta indignação? Será que os mais de 100 exemplares da “Privataria” dormem em berço esplêndido adequadamente acondicionados nos escaninhos do MPF aguardando a vez e a hora da VERDADE que tarda mas que aparece? Mostra a tua face politica Gilmar (inho).

  • Ola Edu
    Como você orientou, confirmo aqui meu interesse em participar da ação. Ja te encaminhei meus dados e o comprovante escaneado por email, e aguardo as instruções.
    Abraço
    Flavio de Oliveira Lima

  • Eu doei para Genoino, Delúbio e Dirceu, foi pouco gostaria de ter doado muito mais. Estou disposta a entrar neste processo. Meu dinheiro não vem de lavanderia.

  • Gostaria de participar da ação, Edu.
    Doei para Genoíno e Dirceu de cara limpa, sem medo, e não aceito ser caluniada por um juiz do STF que não respeita os cidadaõs brasileiros e não se dá ao respeito minimamente.

  • EDU , EU DOEI SÓ 20,00 REAIS PARA JOSÉ DIRCEU NO DIA 14/02 /2014, GOSTARIA DE TER DOADO AOS OUTROS , MAS ,EU ACERTEI TODAS AS CONTAS DE DOCUMENTAÇÃO DE VEÍCULOS E IPTU A VISTA ,AI FIQUEI MEIO SEM GRANA, POREM SEM DÍVIDA , EU TENHO O PAPEL DA DOAÇÃO DE 20,00 REAIS SE INTERESSAR , MANDE NO EMAIL O QUE DEVO FAZER.

  • Caro Edu, não fiz doação anteriormente por razões de dificuldades de tempo para me dirigir a alguma agência bancária( moro na zona “quase” rural, ou foi desleixo mesmo). Na próxima semana, estarei contribuindo para o Zé Dirceu e também, como muitos já comentaram aqui, pretendo fazer parte desta interpelação. Só explicar como fazer isto.

  • Fiz doações com origem clara, claríssima, meus proventos de aposentado, a dois dos condenados membros do PT que estão presos.

    Tenho, naturalmente, os comprovantes.

    Apontarei as operações, seguramente, em minha declaração de ajuste do I.R. na época própria.

    As declarações do Ministro Gilmar, ainda mais se confirmados documentalmente os termos grosseiros e jocosos da resposta à pretensa carta do Senador Suplicy, merecem repúdio.

    As contribuições às chamadas “vaquinhas” foram realizadas – ao menos por mim – pelo conjunto da obra – AP 470, instrução, julgamento, execução – contestado publicamente por inúmeros advogados, juristas, estudiosos de outros assuntos correlatos e por um expressiva e crescente quantidade de cidadãos incomodados com esse “ponto fora da curva” (palavras de um colega de STF do Ministro Gilmar).

    A destacar que as críticas à condução do processo partiram inclusive de figuras de espectro ideológico muito distantes das que tradicionalmente apoiam o Partido dos Trabalhadores e suas teses. O destaque, nesse particular, é o jurista Ives Gandra Martins, cultuado por dez entre dez conservadores que conheço.

    O Direito, longe de ser um totem, é fundamentalmente, expressão e marca distintiva da dominação dos interesses burgueses. De certa forma, sob pompas e circunstâncias, enverniza a opressão dos detentores do capital.

    Mas à luz da correlação de forças atual, assim como constituiria erro grave abandonar o projeto de emancipação (embora parcial e sob controle) de massivos contingentes de brasileiros a partir de argumentos puristas, péssimo seria igualmente ignorar a necessidade de buscar um mínimo de reparação diante das agressões verbais (para não dizer das físicas) com que nos bombardeiam diariamente próceres do capital, em regra por meio de seus operadores.

    Senti-me ofendido, acho que não pratiquei nenhum tipo de delito ao ter efetuado as doações, e gostaria imensamente de ver o Ministro Gilmar esclarecer e reparar as acusações levianas que teria feito, segundo o que consta do noticiário.

    Convido a todos os que doaram a guardarem seus comprovantes, declararem ao fisco os depósitos feitos e participarem do esforço nacional pela prevalência dos pilares constitucionais que – teoricamente – assegurariam um mínimo de democracia em nosso país.

    O Ministro Gilmar não se comporta como um Ministro: dá declarações estapafúrdias, impensadas, discute com colegas no plenário, aparentemente – ao que tudo indica – mantém negócios privados no ramo da educação com órgãos públicos e por aí vai.

    É triste. O reino do capital é triste. Muito triste. Embora procure se mostrar alegre, colorido, com suas “missões, valores, sustentabilidade” da carochinha.

  • Olá! pode incluir o meu nome nessa ação contra esse pulha que é ministro do stf. Eu realizei o depósito para o Genoíno e vou efetuar o depósito para o Zé Dirceu na segunda-feira, 17/2, tenho o comprovante e caso precise de qualquer outra informação ou documentos, pode me contatar. Vamos colocar esse indivíduo no verdadeiro lugar que lhe cabe. E, Viva o Povo Brasileiro!

  • A situação do senhor ministro Gilmar Mendes não é tão confortavel como possa aparentar.Azeredo vem aí e se Azeredo resolver abrir o bico,o senhor Gilmar Mendes vai junto com Azeredo.Não ha mal que sempre dure,depois da noite vem o dia.Sua excelencia pode achar que é um gigante,porem,um gigante com pés de barro,um gigante vulneravel,como Golias que foi derrotado pela funda de um simples pastor,Davi,que depois veio a ser Rei de Israel.Pode ser uma lenda a historia de Davi e Golias,porem,o fato a ressaltar que independente de ser uma historia inventada pelo redator do Livro de Samuel ou não, ela tem um fundo de verdade que é inquestionavel,ou seja,por mais solido que seja um poder,ele não é indestrutivel.

  • Em 15 de fevereiro de 2014

    Sou aposentada do serviço público federal e tenho poucos recursos, mas mesmo assim contribui para Genoino e Dirceu, porque acredito na inocência dos tais condenados petistas.

  • Edu, gostei da iniciativa. Doei para os três e tenho os comprovantes. Se a gente conseguir dar um teco nesse homem do PSDB vai ser muito bom. Um abraço. Aguardo suas notícias. Vera

  • Um detalhe aos que contribuiram com o Genoíno e Delúbio e pretendem contribuir com o Zé Dirceu: tirem uma xerox do comprovante, pois o do banco se apaga em 3, 4 meses.

  • Eduardo, o mais bacana é que, graças ao Fux, agora posso dizer tranquilamente o que penso do próprio Fux, do Gilmar e do Barbosa. Se, como entendeu o Fux, o PT não teria legitimidade para questionar judicialmente o Gilmar Mendes por suas declarações de que as doações a Genoíno, JPC e Dirceu seriam “lavagem de dinheiro”, uma vez que só os doadores poderiam se sentir ofendidos, o que concluí eu, usando o mesmo raciocínio? Concluí que podemos todos nós dizer que Gilmar, Barbosa e Fux são filhos de meretrizes. Isto não é ofensa a eles, somente às mamãezinhas… Desejo sucesso a todos que ingressarem com ações contra o indigno ministro Gilmar Mendes.

  • Eu doei parta Dirceu à título de protesto.
    Me senti ofendidíssima com as acusações de Gilmar Mendes.

    Gostaria de saber mais sobre as implicações da ação;
    Quero participar.

    Abraço.

  • O supremo e o terço
    Gilmar Mendes, ministro do STF. Esse é o cara! Que solta representante da verdadeira escória brasileira. Ou deixa solta. Melhor pra nós, dizem “eles”. Uma touceira com robustas provas. Roger Abdelmassih, um “santo”, no Líbano, pitando narquilé e comendo esfiha. No Habib’s. A casa agradece, venham sempre que puderem e o STF permitir. Visão esquálida, tenebrosa, inexplicável de um representante da Corte. Pena de 278 anos de prisão. 37 mulheres dilaceradas, humilhadas, estupradas barbaramente. Infinitamente não basta… Solta pela promissora “Indústria” do habeas corpus, assassino perverso, Reginaldo Pereira Galvão. Matador sanguinário da missionária Dorothy. Banqueiros, Dantas…, a eles nem uma ranhura nos corpos. Sem necessidade de Junta Médica de compadres. Pena aplicada: habeas corpus. Orate pro nobis. É para isso que se têm os amigos. Fora ou no submundo da marginalidade. E não são pretos, pobres, prostitutas e petistas. Têm bala na agulha. Como diz o amigo Cururu. Haveremos de indagar, eles… Pagam as contas? Não se sabe ainda. Perdemos as contas. Em um país civilizado, pra sobreviver, devido às irregularidades jurídicas praticadas, no mínimo responsabilizadas criminalmente pela conduta. Na forma da lei. Que desrespeitam até dormindo. Teriam que vender pastel no beco. Barbosa chega de férias. Um rolezinho na Europa. Com direito a diárias graciosas. A festa vai começar. Aos zumbis, escolham os pares, amolem os dentes. Cá no Piauí, preparem o HEMOPI, vai ser doação forçada e respingo de sangue pra todos os lados. O dono da milícia anticonstitucional vem para o último ato. Consolidar o processo de degeneração e enterro do Supremo, combalido e esfacelado. Fatiado. Prenúncio da facção política, do comitê eleitoral. Lá instalado para concorrer nas eleições. (I) responsabilidade em parte, do pedaço da Corte, que se transformou em templo da Idade Média, e de terço na mão, reza na cartilha. Gilmar agora sai da toca escura, o dono deu o comando. Agride GRATUITAMENTE, não mais apenas os condenados, sob o regime de tortura psicológica. Perdeu a míngua aparência de magistrado e cai na vala comum dos golpistas de plantão, a serviço das camadas dominantes. Não tem mais máscara, é tudo ou nada. Insinua que todos os militantes e simpatizantes que se solidarizaram e contribuíram para o pagamento das multas imorais. Draconianas, advindas do processo espúrio que foi a AP 470, o maior julgamento de mentiras da história brasileira, são também corruptos. Barbosa vai explodir, a cada dia que passa a toga de Rei vai caindo. Mais que provado, pela postura autoritária que envergonha o país, (que a mídia esconde), tem antecedentes. Esquivou-se da decisão do Supremo em favor dos torturadores, no julgamento da ADPF 153/DF, em 2010. Mantendo o Supremo a Lei da Anistia 6.683/79, extensiva aos torturadores do aparelho policial-militar, torturaram ,assassinaram e esconderam os corpos de vários que lutaram contra a ditadura militar. Amarelou. Adoeceu. Eros Grau, Ayres Britto, Celso de Mello e Gilmar Mendes, tiveram a coragem de premiar os torturadores. Ou a indecência de assim proceder. Pela ausência de provas na AP 470, as esconderam, as que provariam a inocência de vários condenados, no íntimo gostaria de usar: A Cadeira Inquisitória, Esmaga Polegar, A Roda Alta, Viola das Comadres, Açoite, Cavalete, Berlinda, Balcão de Estiramento, alguns instrumentos de tortura da Idade Média. Nós temos afirmado em vários artigos sobre a paciência e o silêncio do PT, que nos afeta os tímpanos de vergonha. A militância de base grita, as direções acomodadas nos gabinetes e salas refrigeradas e assépticas no Brasil inteiro, precisam ouvir. Ou o toque das cornetas. Rancoroso, raivoso, Barbosa e Gilmar, vão aprofundar a crise institucional, com a conivência do Supremo. Em qualquer país civilizado já estariam afastado das funções e respondendo na forma da Lei. Aos fora da Lei, ela própria. A OAB, os juízes e juristas sérios do Brasil perceberam o perigo que as instituições estão correndo. O ato final se aproxima. E você Mané, bate palmas. Ora pro nobis.
    Por Renato Uchôa (Educador)

  • Caro Eduardo e frequentadores do blog, já notaram como o excelentíssimp ministrísimo Gilmar Mendes é

    parecido com o inesquecível ditador italiano Benito Mussolini?

  • Sabem aquele prefeito la do amazonas? que foi preso semana passada por pedofilia e outras coisas mas. Eh ele ja esteve preso antes, ganha um doce que advinhar qual ministro do STF mandou solta-lo.

  • Até onde Gilmar Dantas, segundo Ricardo Noblat, vai? Esse senhor parece ter uma certeza tão grande de estar acima de tudo e de todos que não se importa de desrespeitar um senador da República.

    O senador Suplicy precisa perder o medo, ser corajoso e ir à tribuna. Por exemplo, que tal o senador perguntar ao ministro Gilmar:

    1) Por que Gilmar soltou um médico acusado de estuprador (e que fugiu em seguida)?

    2) Gilmar confirma que é dono de um instituto e que ganha dinheiro com ele, mesmo a lei da magistratura proibindo?

    3) Por que Gilmar tratou Daniel Dantas de forma diferente de outros brasileiros, dando ao mesmo dois HCs?

    Somente essas três singelas perguntas desmontariam Gilmar.

  • Estamos estarrecidos com o comportamento do Gilmar Mendes.Durante o julgamento da ação 470,com seu sono profundo, alheio aos argumentos dos advogados,revelando de antemão,qual seria o desfecho daquela teatro do absurdo,os Reus já estaram condenados.Também não é comportamento, digno de uma magistrado, usar a tribuna do Tribunal para ofender o PT e seus filiados,como fez agora.Considero-o indigno do cargo que ocupa.Desejo fazer parte, desta ação.Vamos mostrar a este telhado de vidro,que lutamos para derrubar a ditadura e lutaremos para coibir seus abusos!

  • Do mesmo modo que este senhor ministro questiona se estou lavando dinheiro com a minha doação ao José

    Dirceu, acho que como cidadão brasileiro, além dos questionamentos já feitos, posso também inferir que o

    senhor ministro recebeu algum dinheiro ( muito? pouco?) para conceder 2 habeas corpus em menos de 48

    horas a um banqueiro flagrado tentando corromper um agente da lei.

    Não estou afirmando! Mas posso inferir.

    Do mesmo modo que e ministro ( com M minúsculo mesmo) fez.

    • eu afirmo categoricamente que o senhor ministro Gilmar Mendes recebeu uma altissima quantia em dinheiro do banqueiro delinquente(aquele que diz que possui certas facilidades em tribunais superiores)para lhe conceder dois habeas corpus em 48 horas.Não tenho como provar,mas as reiteradas atitudes contrarias ao decoro do lugar que o senhor ministro Gilmar Mendes ocupa ,me levam a tal conclusão.

  • Doei pro Genoíno pelo MOIP mas ainda estou aguardando o estorno. Tenho o comprovante do Delúbio e vou fazer pro ZD. Mas estou dentro. Conte comigo ! Bjs.

  • Como pensar que aposentado lava dinheiro? Fui atingida. Obviamente, estou dentro. Ah, tenho todos os comprovantes dos depósitos. Vamos juntar uma quantidade de papéis enorme ao reunir os comprovantes de todo mundo.

  • O que precisa ser explicado são as denúncias de Rubens Valente no livro “Operação banqueiro”. A calúnia contra milhares de cidadãos de bem é claramente uma manobra diversionista deste gangster para desviar a atenção contra seus inúmeros crimes.

    • Eduardo, como dizer que “o combustível do justo é a indignação”. E é como me sinto nesta situação. Como pode um funcionário público que é pago para servir ao público, atentar contra a dignidade daqueles que pagam seu salário e beneficios.. Quero contribuir com certeza!

  • Edu, contribui com Genoino, e agora vou contribuir com Zé Dirceu. Com Delúbio não deu nem tempo, mas estou plenamente de acordo. então, quero estar dentro dessa ação. Com toda convicção. (Até rimou).

    Tenho outro e-mail, caso este dê problema: [email protected]

  • Fiz doação a Dirceu e me senti tão ofendido quanto quem já tinha feito a doação, pois só não fiz por não ser nescesário , uma vez que outros já tinham feito e alcançado o valor nescessário, ja para Dirceu fiz nas primeiras horas.
    Estou junto e me senti ofendido tanto quanto quem doou, pois ele ofendeu todos os petistas.

    Antonio Machado de Lima

  • AINDA NÃO FIZ DEPÓSITO, MAS QUERO FAZER. AJUDAR ASSIM QUE RECEBER AS

    INSTRUÇÕES/ORIENTAÇÕES

    QUANTO AO JULGAMENTO DA 470 TENHO CERTEZA QUE FOI UM JULGAMENTO

    CONTRA O PT, OU SEJA FOI UM JULGAMENTO POLÍTICO. E QUE BANDIDO MESMO

    ELES DEIXAM LIVRES – VEJAM O CASO DO MÉDICO QUE ESTUPRAVA SUAS PACIENTES,

    GANHOU HABEAS E FUGIU. ESTÁ VIVENDO FELIZ NA EUROPA.

  • Caro Edu,
    Tenho interesse em participar da ação. No entanto, como sou residente em Pelotas – RS, não tenho como participar diretamente das ações necessárias. Contribui para os companheiros Genoíno e Delúbio e igualmente o farei para o companheiro Zé Dirceu. Como sugestão, considerando que um grande número de apoiadores devem ser ligados ao Partido dos Trabalhadores, acho que um contato com a Direção Nacional seria apropriado para verificar se é possível algum apoio com relação à ação.

  • Edú~

    Participei da ação solidaria dirigida á Delúbio e José Dirceu.Tentei apoiar Genoino mas o MOIP não aceitou “este tipo de operação”… Quero participar da interpelação a Gilmar Mendes.Obrigada!

  • Fiz a minha doação para Genuíno, Delúbio e Zé Dirceu. Guardei os recibos dos depósitos…
    Quero participa … Vamos a Luta… Tou dentro…

  • Fiz doações para Genoino, Delúbio e Zé Dirceu e faria tudo de novo caso precise, fiz com orgulho e satisfação e o gilmar dantas e o ministério público não tem nada a ver com o meu dinheiro.

  • Senhores,

    Gostaria de participar da interpelação. Fiz depósito para Genoíno. Não tive tempo de ajudar o Delúbio, pois foi a conta mais rápida a ser paga.
    Vou contribuir para a multa de José Dirceu.

    Curiosamente, o Ministro confunde culpabilidade com solidariedade. Talvez não saiba mesmo o que é solidariedade. A exorbitância da multa já é um indício forte da exceção. Mesmo que eu julgasse que eles fossem realmente culpados, ainda assim, seria capaz de ajudar ao perceber que as multas foram imputadas para causar espécie na população. O próprio juiz já se manifestou de forma absurda sobre os réus. Não é de sua competência fazer o que faz publicamente.

    Ah! Roberto Jefferson vai vender patrimônio para pagar sua multa. O diferencial de classes aqui se torna evidente.

    Boa sorte.

    [email protected].

    Preciso de orientações.

  • Doei apena para José Dirceu. Autorizo a divulgação e, se necessário, posso participar e contribuir com a divisão de despesas de ação a ser impetrada contra o caluniador.

  • Eduardo,

    Tambem fiz deposito/contribuicao para o Genoino, valor retirado do meu salario de trabalhador, e senti-me frontalmente desrespeitado pelas declaracoes debochadas e irresponsaveis do Gilmar Mendes, razao do meu interesse irrestrito de participar da demanda.
    Meu endereco eletronico: [email protected]
    Conta comigo!

  • Fiz doação para os companheiros José Genoino e José Dirceu pelo fator de acompanhar a vida pública destes dois senhores e ter a convicção de que os mesmos foram condenados injustamente, pelo simples fato de serem politicos do PT, a qual uma parcela do setor politicoe da midia não conseguiram até hoje aceitar e reconhecer que estas pessoas conseguiram mudar para melhor em muito o nosso País.
    Estou dentro.

  • MENTIROSO! É ESSA A CLASSIFICAÇÃO QUE ESSE VERME GILMAR MENDES MERECE RECEBER, DENTRE TODOS OS 11 REACIONÁRIOS QUE COMPÕEM O FRONT MÁXIMO DE SUSTENTAÇÃO DO STATUS QUO, MENDES E SEU COLEGUINHA BARBOSA SÃO DE LONGE OS QUE MAIS ESCRACHADAMENTE MOSTRAM O REACIONARISMO! Suas afirmações levianas mostram a certeza da impunidade, garantidora dos ataques de terrorismo político que dirige sempre contra o mesmo lado, as forças populares e o projeto político includente liderado pelo PT. Mais uma vez; como no famoso caso do grampo sem áudio(outra sordidez de Mendes que, junto com o senador ladrão, Demóstenes Torres, afirmaram que uma conversa entre ambos fora grampeada, acusação JAMAIS provada); Gilmar Mendes(ou Dantas, pelos serviços prestados ao banqueiro bandido?)faz uma acusação leviana e absurda, em relação à qual não possui nenhum mínimo indício que possa sequer caracterizar o crime que fabricou em seus delírios inconsequentes, afinal lavar dinheiro é dar uma origem legal para recursos obtidos de maneira ilícita para que assim possam ser justificados para a Lei e utilizados impunemente por seu proprietário. E COMO PODERIA ALGUÉM LAVAR DINHEIRO AO DOÁ-LO PARA OUTREM, AFINAL NÃO HÁ NENHUMA “JUSTIFICATIVA” DA ORIGEM DOS RECURSOS AO DOÁ-LOS PARA ALGUÉM(PELO CONTRÁRIO, EXPÕEM-SE SEMPRE O DOADOR AO MOSTRAR QUE POSSUÍA TAIS VALORES); ALÉM DE SER PARA LÁ DE ABSURDO IMAGINAR QUE ALGUÉM ARRISCARIA-SE PARA OBTER RECURSOS DE FORMA ILEGAL E EM SEGUIDA DOÁ-LOS E, SE JÁ NÃO BASTASSEM TAIS ARGUMENTAÇÕES, QUEM DOARIA RECURSOS ILEGAIS E DEIXARIA O CPF PARA SER IDENTIFICADO, SERIA O MESMO QUE ACREDITAR QUE ALGUÉM ASSALTARIA OUTREM E DEIXARIA SEU ENDEREÇO E TELEFONES PARA QUE A POLÍCIA POSSA LOCALIZÁ-LO! SÓ RINDO DESSE DESPAUTÉRIO, SE NÃO SOUBÉSSEMOS QUE MENDES NÃO COMETE TAIS DESATINOS GRATUITAMENTE. Seu terrorismo de direita tem objetivos claros, neste caso de desmobilizar o apoio gigantesco que Genoíno, Delúbio e agora Dirceu receberam dos brasileiros, que já começam a perceber a palhaçada em que se constituiu o “julgamento” do mensalão(um “julgamento” político sórdido, em que pessoas foram condenadas sem provas por crimes que sequer tiveram sua caracterização estabelecida)E A CADA DIA AUMENTAM SEU APOIO ÀS VÍTIMAS DESSA PERSEGUIÇÃO CONSERVADORA; cujo objetivo golpista fica cada vez mais claro, principalmente agora quando Joaquim Barbosa já assume sua candidatura à presidência(o fez aonde?! na Veja, nada mais apropriado!)e terá de responder aos cidadãos em que momento decidiu ser “político” : agora, repentinamente, ou já o planejava antes quando “julgava” a AP 470 não como juiz, mas como um político tentando eliminar seus adversários. POR ISSO O TERRORISMO DE MENDES TENTA INTERROMPER ESSE PROCESSO DE CONSCIENTIZAÇÃO, OU AO MENOS ATRASÁ-LO PARA QUE AS FORÇAS CONSERVADORAS FABRIQUEM NOVOS FACTOIDES CONTRA O PT. Além disso, o terrorismo de Mendes tem um segundo objetivo, mas “particular”, qual seja fabricar um factoide para desviar a atenção das suspeitas, BASTANTE CARACTERIZADAS, que lhe são atribuídas. “Suspeitas” novas, não as já conhecidas, que referem-se às suas “relações” com Daniel Dantas, agora referentes à sua “empresa”(outro dos absurdos de Mendes, também protegido pela impunidade, já que pela Lei Orgânica da magistratura, juiz não pode ser sócio de empresa. Só podendo exercer, fora da Magistratura, a atividade de professor), o Instituto de Direito Público que, segundo as investigações do CNJ, teria firmado sem licitação um contrato de R$10 milhões com o Tribunal de Justiça da Bahia, para “capacitação” de magistrados e funcionários daquela instituição. MENDES PODERIA, NUM FUTURO PRÓXIMO, ROTULAR AS ACUSAÇÕES DO CNJ DE “PERSEGUIÇÃO POLÍTICA” DO GOVERNO A ELE, AJUDADO PELA MÍDIA QUE CENSURARIA O “DETALHE” DE QUE, AO CONTRÁRIO DAS IRRESPONSABILIDADES DE MENDES, AS ACUSAÇÕES DO CNJ NÃO SÃO FRUTO DA IMAGINAÇÃO, SEM BASE LÓGICA E FACTUAL, MAS SIM COMPROVADAS POR DOCUMENTOS E RESULTADO DE INVESTIGAÇÃO DETALHADA, QUE JÁ FOI RESPONSÁVEL ATÉ PELA DESTITUIÇÃO DE UM PRESIDENTE DO TRIBUNAL BAIANO. De qualquer forma, e principalmente porque a leviandade de Mendes é só um entre outros lances que acontecerão neste ano, lances que fazem parte do ataque que a direita(e seus braços jurídico, midiático e econômico)farão para tentar impedir a reeleição de Dilma, APOIO COM TODAS AS LETRAS A AÇÃO QUE O CIDADANIA PRETENDE MOVER CONTRA MENDES; SÓ NÃO PARTICIPO DELA POR NÃO MORAR EM SÃO PAULO; E CORROBORO AS RAZÕES DO BLOGUEIRO AO DEFENDÊ-LA, JÁ QUE SE NOS CURVARMOS AOS TIRANOS QUE TENTAM IMPOR OS CAPRICHOS DE UM MINORIA DE PRIVILEGIADOS PELA FORÇA, ESTAREMOS ENTREGANDO O NOSSO FUTURO E O DE NOSSOS FILHOS À ESCÓRIA MAIS DESPREZÍVEL DESTE PAÍS, VERMES QUE SÓ ENXERGAM O BRASIL E CADA UM DE NÓS COMO ESCRAVOS DESTINADOS A SERVÍ-LOS NA SUSTENTAÇÃO DE SEUS PRIVILÉGIOS. ESTÁ NA HORA DE SAIRMOS DA APATIA E MOSTRARMOS A MENDES QUE NOSSO FUTURO É UM PROJETO COLETIVO QUE CONSTRUIREMOS PASSANDO POR CIMA DE SUA ARROGÂNCIA DESPÓTICA E RIDÍCULA.

  • Meu nome é Wellington Ferreira de Jesus, NEGRO, filho de Manoel Ferreira de Jesus e Maria Francisca de Jesus, tenho 49 anos, nasci em Penedo, Alagoas; morei em São Paulo entre 1968 e 1989, atualmente estou radicado no Distrito Federal, estou professor (com muito orgulho) desde 1984, não estou militante nem filiado ao PT desde 2002, tenho críticas, mas não posso me furtar a participar desta luta luta contra um novo golpe (como em 1961 e, militarmente, em 1964). Eu CIDADÃO LIVRE, COM TODOS OS MEUS IMPOSTOS EM DIA, ABRINDO MÃO DE MEUS SIGILOS FISCAL, TELEFÔNICO, BANCÁRIO, PROPRIETÁRIO DE TRÊS IMÓVEIS (UM APARTAMENTO E UMA SALA EM BSB, E UMA CASA EM PRADO-BA), UM AUTOMÓVEL LIVINA-NISSAN, UM TELEFONE CELULAR E 700 EXEMPLARES DE LIVROS EM MINHA BIBLIOTECA PESSOAL, BENS OBTIDOS EM CONJUNTO COM MINHA MULHER COM QUEM SOU CASADO HÁ 23 ANOS, NÃO SOU BANDIDO, LADRÃO, NÃO LAVO DINHEIRO, NEM SOU AMIGO DO DANIEL DANTAS, NÃO MANDEI MATAR SEM-TERRAS E NÃO AGI COMO UM CAPITÃO DO MATO (POR VEZES UM NEGRO QUE “CAÇAVA” TORTURAVA NEGROS ESCRAVOS… QUE TRISTE SEMELHANÇA…) DOEI R$ 100,00 (FOI O QUE ME RESTOU, EM VIRTUDE DE TER COMPRADO MATERIAL ESCOLAR DO MEU FILHO E DE USAR REMÉDIOS PARA DOENÇA) PARA JOSÉ DIRCEU DE OLIVEIRA E SILVA, QUE FOI FEITO EM CHEQUE DO BANCO DO BRASIL. INDIGNADO, GOSTARIA DE PARTICIPAR DE AÇÃO CONTRA A ATITUDE VIL DO SR. GILMAR MENDES.

  • Tenho comprovantes de doação de Genoíno, amanhã farei doação para José Dirceu. Quero participar da ação coletiva contra o Sr. Gilmar Mendes.

  • Doei para o companheiro José Dirceu com dinheiro do meu trabalho, espontaneamente e com grande satisfação em participar deste movimento de solidariedade com este brasileiro que muito respeito e admiro.

  • Fiz minha doação para o Genoino e, motivada pelo Gilmar Mendes, contrbui também com a vaquinha para o Zé Dirceu. Quero muito entrat com a representação judicial. Me diz o que devo fazer para isso!

  • Que grande idéia, Eduardo Guimarães! Que bom ver que estamos partindo para ações efetivas, com doações, militância e, agora, medida judicial. Hoje doei 50 reais para José Dirceu. Infelizmente, perdi a chance de doar para Genoíno. Mas estou de peito lavado. Ver Gilmar Mendes esperneando não tem preço.

  • Eu quero tb! Fiz campanha e doação p/ JG, Delúbio, JD e Trincheira da Resistência. E ainda lavei dinheiro das crianças pq eu tava dura igual a um coco.

  • Caro Eduardo, bom dia.

    Eu como doador da campanha do Genoino gostaria de me juntar a vocês nessa ação conjunta. Peço a gentileza de maiores esclarecimentos quando estiverem disponíveis. Muito obrigado!

  • Caro Eduardo Guimarães,

    Parabéns pela iniciativa. Manifesto meu interesse em participar desta ação coletiva. O que devo fazer? Enviar uma cópia do depósito que fiz em favor dessa figura respeitável que é o companheiro Genoíno?

    Att.

    Flávio.

  • Quero participar da ação contra o Min. Gilmar Mendes que o interpela a respeito das declarações feitas sobre a origem do dinheiro doado por militantes e simpatizantes aos réus condenados da AP 470.

  • Só pra garantir. Eu quero fazer parte de ação contra o coronel gilmar Mendes. Já dei um tapa na cara do Joaquim Barbosa com minhas doações, agora chegou a vez do dito cujo…

  • Oi, Edu.
    Nora Cúneo e eu só fizemos uma doação para o Zé Dirceu. Foi no sábado passado.
    Eu queria muito participar da ação, mas acho prudente consultar com o advogado se isso é conveniente.
    Explico: a ofensa desse senhor que hoje ocupa uma cadeira no stf ocorreu antes da campanha de apoio ao Dirceu começar. Ou seja, nesse caso, a calúnia precedeu o ato.
    É possível que, se gente que fez a doação depois das declarações ridículas daquele senhor entrar nessa ação, possa parecer um inchaço artificial do grupo de ofendidos.
    Caso o advogado diga que está ok pode contar conosco.
    Abraço, sucesso e parabéns mais uma vez pela iniciativa!

  • Edu,
    contribuí para o Genoino. Eu o conheço pessoalmente há 30 anos e sei de sua índole, limpa.
    Me senti ofendido com a postura desse indivíduo, que infelizmente representa e desmoraliza o STF. Subscrevo essa interpelação. Não podemos nos calar!
    Aguardo orientaçoes. Abraços.

  • Caro Eduardo,

    De livre e espontânea vontade fiz uso de recursos financeiros pessoais e contribuí, modestamente, para as correntes solidárias organizadas para pagamento das injustas e arbitrariamente altas multas financeiras impostas pelo STF aos condenados do PT, na farsa jurídica em que se transformou a Ação Penal 470.

    Ao fazê-lo, para além de um gesto de solidariedade, fui movido por um sentimento de inconformismo e indignação com a ação desastrada e tendenciosa do STF. Pela ação de alguns ministros e a inação de outros, o julgamento se revelou uma nítida campanha de criminalização da política em geral e do PT, seu governo e suas lideranças em particular. Jamais imaginei ouvir, em alto e bom som, de um ministro da suprema corte (com minúsculas) frases do tipo: “ora, o que é a verdade? a verdade é uma quimera…”, “não encontro nos autos provas contra o réu José Dirceu, mas como a literatura me permite, vou condená-lo”.

    Assim, ao contribuir para o pagamento das multas de Genoíno, Delúbio e Zé Dirceu revelei, junto com tantos e tantos companheiros anônimos, disposição para o enfrentamento político dessa farsa! Ir à justiça contra a prepotência, a má fé e leviandade de Gilmar Mendes é apenas mais um capítulo nessa história. Juntos, iremos à luta!

  • Doei, sim, e com satisfação. Maior ainda (a satisfação), quando, interpelada por minha mãe de 88 anos, expliquei meu gesto, e ela, para minha surpresa, prontamente sacou de seu dinheiro de aposentada e doou também. Me senti profundamente atingida com os comentários irresponsáveis de Gilmar Mendes: julga todos por si próprio? Não conhece solidariedade, dignidade, cidadania? Por causa destes sentimentos quero participar da ação. Tenho os recibos de doação a Delúbio e José Dirceu.

  • Doei a Delúbio e José Dirceu e tenho os recibos. As palavras ofensivas de Gilmar Mendes são próprias de quem desconhece os sentimentos solidariedade, dignidade, cidadania. Quero participar da interpelação.

  • Somente não o fiz ainda individualmente por desconhecer advogado competente para iniciar uma ação. Agora, coletivamente, manifesto minha intenção em subscrever tal ação.

  • Bom dia, Eduardo. Quero fazer frente com o grupo de pessoas caluniadas pelo ministro Gilmar Mendes quanto as doações a pessoas do processo AP470. Como faço para participar desta ação? grato pela atenção.

    Naor Moraes MElo

  • Caro Eduardo,
    Participei apenas da campanha a favor de José Dirceu, pois a minha doação a Genoino foi cancelada pelo pagSeguro com a alegação que este tipo de transação não seria permitida pelo Banco Central.
    Caso haja possibilidades, também estou nesta ação. Obrigado.

  • Quero participar da ação coletiva, tendo inclusive proposto a mesma. Senti-me profundamente ofendido por este ministro do STF, da mesma forma como muitos outros. Espero não estar me manifestando tardiamente. Faço questão de ser um dos que moveram ação coletiva contra esse desvairado.

  • Me sinto ofendido pelo minstro. Doei de cara-limpa e fiz campanha pra meus amigos doarem.Nosso dindim tem origem. Por favor me inclua na ação!

  • Quero processar o Gilmar Mendes. Mas gostaria de exigir 900 mil de danos morais e destinar os recursos que ganharmos para pagar a multa do Zé Dirceu.

  • Edu mande informações de como devo proceder para participar da ação.

    Não é possível que um ministro da Suprema Corte do país fale, em público, aquilo que bem entender e disso não advenha consequência alguma.

    Aos que exercem cargos públicos dessa envergadura recomenda-se cautela e recato.

  • Este senhor já fez e praticou todo tipo de desserviço à nação. A presidenta da República pode mandá-lo pra onde quiser; é quem nomeia e cassa. Por favor, alguém me corrija se eu estiver errado. Caso eu esteja certo devemos iniciar uma campanha apoiando a presidenta pedindo o fim do mandato deste “senhor”.

  • embora contrario ao pagamento das multas, por entender que ao faze-lo se estava de uma certa forma dando legitimidade a um julgamento que deve ser questionado, acabei por contribuir na campanha do dirceu em funçao do carater que as doaçoes tomaram; assim gostaria de também subscrever essa açao.

  • Não sei o que ocorre. Enviei por tres vezes o meu nome e agora pede uma resposta. La vai de novo: Quero fazer parte da ação contra o Gilmar Mendes

  • Edu semana passada deixei nome e e-mail solicitando informações sobre como proceder para aderir à ação. Até o momento não recebi nenhum e-mail do site.

    Por favor encaminhe os documentos para que eu possa providenciar o necessário.

    E-mail alternativo : [email protected]

    Abç,

  • Quero sim participar dessa interpelação contra esse canalha que ora ocupa uma cadeira no n STF, com licença da má palavra, o Gilmar Mendes.

  • Bom dia eu doei para colaborar com o Companheiro Genoíno, e sim me senti ofendido pelo Min. Gilmar Mendes e gostaria de participar de uma ação onde ele fosse responsabilizado pelas suas manifestações em público onde insinua que as doações foram ilegais ou fruto de corrupção.

  • Só agora, neste momento (20:46 hs. do dia 16/03/2014) fico sabendo dessa ação. Na ocasião em que esse sacripanta do GM proferiu aquela besteira – mais uma, nada anormal – eu, por ter contribuído, me senti atingido na minha honra. Cheguei a conversar com um primo advogado a fim de protocolar ação contra aquele verme.
    Como acesso pouquíssimas vezes este blog, não tive conhecimento da movimentação aqui proposta.
    Entretanto, se ainda for possível, autorizo a quem de direito colocar o meu nome no processo:

    Maurício Deodato Gil, brasileiro, casado, servidor público estadual, residente e domiciliado em Florianópolis (SC).

    Se precisar do CPF, me avisem.

    Tudo o que se fizer, mas tudo mesmo, contra as arbitrariedades e bobagens ditas e feitas por essa “coisa” que nos envergonha como ministro do STF, é pouco.

    Contem comigo!

Deixe uma resposta