Mas vocês não pregavam “aceitação” de decisões da Justiça?

Opinião do blog

 

Não poderia haver prova maior da hipocrisia surreal que se estabeleceu neste país a partir do julgamento da Ação Penal 470 (vulgo mensalão) do que a reação da mídia e de parte dos ministros do STF ao perderem a última etapa de um jogo que ganharam de lavada em 2012 ao conseguirem condenar a penas duríssimas os condenados pelo julgamento daquela ação.

Ironicamente, pouco antes de o Supremo votar os embargos infringentes interpostos pelos condenados ao fim da primeira etapa do julgamento em tela, os jornais antipetistas exaltaram a conduta do delator do mensalão, Roberto Jefferson, ao proclamar que aceitaria a pena que lhe fora imposta, à diferença do que fizeram os condenados petistas, o próprio PT e seus simpatizantes, que teimam em repelir aquele juízo.

Uma apresentadora de telejornal chegou a propor a concessão de uma “medalha de honra ao mérito” ao delator, condenado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Para que não reste dúvida, vai, abaixo, a locução estarrecedora de alguém que vem dando sucessivos shows de irracionalidade ao vivo, à cores e em uma concessão pública.

 

A farta apologia à submissão incondicional às decisões da Justiça, assim, vai se mostrando a farsa que sempre foi.

Na Folha de São Paulo de 27 de fevereiro, por exemplo, manchete principal de primeira página tratou de pressionar os ministros que ainda não tinham votado pela rejeição do crime de formação de quadrilha ao praticamente criminalizar a decisão do ministro Luis Roberto Barroso, que rejeitou o crime de quadrilha a 8 réus do mensalão.

Uma colunista desse jornal chegou a qualificar a revisão do STF sobre sua decisão de apenar os condenados do mensalão por formação de quadrilha como “Cena própria de Santos versus São Paulo”.

Na sessão do Supremo transmitida para todo o país pela televisão no mesmo 27 de fevereiro foi a vez da minoria de juízes que manteve a condenação por quadrilha de se pronunciar, haja vista que, no dia anterior (26), à exceção do ministro Luiz Fux, fora a vez da maioria que absolveria aqueles réus.

Os ministros Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Joaquim Barbosa excederam Fux, que manteve sua decisão de 2012, e passaram a acusar veladamente os ministros Luís Roberto Barroso, Dias Toffoli, Carmen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Teori Zavascki e Rosa Weber.

Aliás, Barbosa acusou Barroso, explicitamente, de ter chegado ao Supremo Tribunal Federal com a missão de votar como votou, sugerindo que seguia ordens da presidente Dilma Rousseff, que o nomeou…

Mendes, os dois Mellos e Barbosa aludiram a uma “maioria conjuntural” que absolveu os réus, insinuando que, caso a constituição do STF fosse outra, tais réus teriam sido condenados.

A pergunta que não quer calar, pois, é a seguinte: a reviravolta no STF não prova que quem condenou os réus em 2012 a quadrilha e a outros crimes também integrou uma mera “maioria conjuntural”?

Em que a “maioria conjuntural” de hoje é menos legítima do que a de ontem? Maiorias só são legítimas quando votam como querem esses ministros ora derrotados e a mídia à qual tanto agradaram no ano retrasado?

A verdade dos fatos é uma só: os ministros do STF têm preferências políticas. A maioria que votou agora tem uma posição política e ideológica diferente da maioria que votou em 2012. Se o ex-presidente Lula e a presidente Dilma tivessem sido mais criteriosos ao escolher alguns ministros que escolheram e se um ex-presidente não tivesse colocado um correligionário naquela Corte antes de entregar o poder ao PT as condenações de políticos petistas poderia nunca ter existido.

A condição de Corte politizada que tem o STF, pois, fica evidenciada na decisão de quarta (26) para quinta-feira (27). É o que deve ser entendido. Muitos não gostaram da decisão dessa Corte em 2012, tantos outros tampouco gostaram da decisão inversa de agora. Que todos reflitam, pois, sobre a fórmula para escolher ministros do Supremo.

José Dirceu, José Genoino, Delúbio Soares e João Paulo Cunha foram condenados politicamente por uma maioria conjuntural e, por conta do viés político daquela condenação, alguns dos que poderiam não ter sido condenados acabaram sendo, pois suas condenações serviram a propósitos políticos.

Esses são os fatos.

É fato, também, que a posição política dos ministros que chegaram ao STF só no ano passado reverteu as condenações de quadrilha e, como temem (com toda a razão) os ministros ora derrotados, com isso desmoralizou a decisão anterior favorável àquelas condenações.

Eis por que a irritação – e até mesmo o descontrole emocional – que atingiu Gilmar Mendes, Celso de Mello, Marco Aurélio Mello e Joaquim Barbosa, ainda que Luiz Fux tenha se preservado ao não dar chilique.

Resta dizer que quando se alude a posições políticas dos ministros não vai aí nenhum juízo demeritório contra eles. Nesta tese, aceita-se posicionamento político como decorrência do processo de escolha de ministros do STF, ou seja, através de decisões de políticos – do presidente da República e do Senado.

O que sobra, portanto, é a hipocrisia, o oportunismo, a literal falta de vergonha na cara dos que, há poucos dias, pregavam que decisões do STF tinham que ser aceitas incondicionalmente inclusive pelos condenados do mensalão, mas que, quando aquela Corte os contraria, jogam tal premissa no lixo e se entregam ao bom e velho jus sperneandi.

Ao menos disfarcem a incoerência, senhores.

169 comments

    • A vitória foi mostrar que houve erros no julgamento anterior. Mas pra entender isso precisa de neurônios. Os ministros que condenaram em 2012 entenderam e ficaram furiosos porque têm neurônios. Pena que neurônios são intransferíveis. Você vai morrer sem

        • Alienado é você seu panaca, que assiste a Globo News e se acha o máximo. No fundo é mais um classe média que perdeu seus adoráveis símbolos de status e como não é um ser pensante, só consumista, morre de raiva do PT

          • As vezes esses coxinhas nada perderam financeiramente. Perderam apenas a privacidade de andar nos “seus” aeroportos sem encontrar os “severinos”, os “silvas”, as “marias”.

            São coxinhas que têm raiva e odio do PT porque Lula fez pelo país ajudando os pobres e estes tiveram acesso ao que só eles – coxinhas – tinham. Isso é inadmissível… mas tratável! Se quiserem, coxinhas, podem me procurar.

          • “No fundo é mais um classe média que perdeu seus adoráveis símbolos de status e como não é um ser pensante, só consumista, morre de raiva do PT”. Essa foi boa. Gostei:” (…) não é um ser pesante, só consumista,(…)”, que viaja todo ano para Miami para consumir, e de volta ao Brasil, tenta burlar a alfandega para não pagar impostos.

          • Gente, esse é mais um coxinha otário que fugiu do Mobral. Muito difícil faze-lo entender o obvio. Ele não pensa ele só c.g.
            Se conseguisse pensar veria que exemplo CRASSO de corrupção, corruptores e mensalão é a compra dos deputados NÃO TUCANOS, como RONIVON SANTIAGO, para votarem a favor da EMENDA da REELEIÇÃO que favoreceu FHC e os TUCANOS é MENSALÃO. O objetivo, tornar factível o desejo dos TUCANOS ( Ministro Serjão CONFESSOU) de permanecerem 20 anos no minimo no poder. Na época houve GRAVAÇÕES e o próprio deputado RONIVON SANTIAGO CONFESSOU. Ou seja, existiram PROVAS CABAIS E INSOFISMÁVEIS do CRIME. Nada foi feito pois o ENGAVETADOR GERAL de fhc engavetou o INQUÉRITO.

        • Guilherme, Você deve gostar da época do Engavetardor Geral da República, das 3 quebras do Brasil entre 94 e 2002, dos intermináveis apagões, da inexistência da uma política pública de acesso a Universidade, da falta de moradia e por aí vai.
          Gasto esse meu tempo, apesar da minha inexistência de neurônios, porque me resta a memória.
          No mais, pode continuar tentando.

    • Do blog do Zé Dirceu:

      Com base em supostos depoimentos, em diz-que-diz, em ouvi dizer, a imprensa vem noticiando que os réus petistas condenados na AP 470 têm recebido “regalias”. Esses supostos privilégios existem somente em relatos de reportagens e até agora não foi apontado qualquer outro indício mostrando sua existência. Pelo contrário.

      Ontem a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) fez uma vistoria no Centro de Progressão Penitenciária (CPP), onde estão Delúbio Soares e outros que cumprem pena no regime semiaberto. O mesmo local onde parte da mídia destacou, com base em um alegado relato de um interno, que há privilégios para os petistas.

      E qual foi a conclusão da OAB? Não há privilégio algum. E os jornais deram essa informação? Não. Com exceção de um curto parágrafo no final de uma reportagem do Estadão que tenta reforçar a ideia de que há privilégios.

      Ao jornal, o advogado Alexandre Queiroz, da Comissão de Direitos Humanos da OAB, disse que os condenados foram autorizados a ter uma frigideira e um liquidificador, regalias que os demais condenados que cumprem pena no presídio também já possuem.

      Ou seja, está aí com todas as letras: não há privilégios. Mas os jornais não se interessam pela informação.

      Nem tampouco se interessam por ouvir o advogado de Delúbio. Arnaldo Malheiros confirmou ontem que não há regalia alguma. “Tem essa história da feijoada, que é uma fantasia. De fato, os companheiros de cela dele compraram na cantina uma costela de porco em lata, misturaram com a xepa e chamaram de feijoada. Nem foram eles, o pessoal do mensalão. Foram os outros presos da mesma cela. Mas como é comum nas cadeias, é tudo coletivo. O que é de um é de todos. Não houve feijoada nenhuma nem tem a menor condição de fazer”, disse.

      Aproveitamos e recomendamos a leitura do artigo de Fernando Brito “Vergonha, uma Justiça dirigida pela imprensa”

    • Calma, Guilherme. Essa história não terminou. Ou você imagina que essa história não chegará à OEA? Anote aí, panaca, a desconstrução da farsa está apenas começando.

    • VC está enganado,corruptos e corruptores são aqueles que compraram a emenda da reeleição por duzentinhos mil.Corruptos e corruptores são aqueles emplumados que ha vinte anos estão “mamando” nas tetas da alston,siemens,etc.Corruptos e corruptores são aqueles que superfaturam obras em São Paulo. Corruptos são aqueles pegos dirigindo bêbados e com a habilitação vencida.Corruptos são aqueles que usam helicóptero abastecido com dinheirto público para transportar o que gostam de cheirar.Corruptos são aqueles que escondem como a filhinha conseguiu a merreca de CEM MILHÕES para se associar a uma indústria de sorvetes.Corruptos são aqueles que quando não conseguem “comprar” jornalistas,usam “juizes”(?) da confraria para prende-los. Portanto,vá escrever as suas babaquices junto aos seus,nos blogs ditos cheirosos,pra vcs,cujo odor todos nós conhecemos quando vamos ao banheiro.

    • Não perca seu tempo: troque de “amigos”.
      Se eles ainda não se convenceram vendo todas as estrepolias do Barbosinha, é muito pouco provável que você consiga algo positivo.
      Esqueça-os. Não se misture aos idiotas.
      []’s

  • Você não tem vergonha na cara de montar um blog pra defender essa quadrilha ai?
    Você faz como o PHA que recebe dinheiro pra manter um blog pra puxar o saco do governo e da quadrilha ou faz de graça? Se faz de graça é que é muito tonto mesmo.

  • A condenação política ocorrida na AP470 é a cada momento mais evidente. Agora dentro do próprio Supremo, há esta clara certeza, ao menos para alguns dos ministros. A história não tardará a evidenciar que esta foi a MAIOR FARSA DO JUDICIÁRIO BRASILEIRO, e o título de o Mentirão é apropriado.

  • Tudo bem, agora só um detalhe:

    O Joaquim Barbosa admitiu ao vivo e em cores para todo o Brasil que aumentou a pena do Dirceu artificialmente, portanto pergunto:

    O que os cretinos, canalhas, covardes, pusilâmines dos SENADORES do PT vão fazer?. Eles tem a obrigação constitucional, ética e moral de pedir o impeachment do Barbosa, não merecem mais nosso voto, estão mais preocupados em não desagradar a GLOBO.

  • O tribunal que absolveu os assassinos da ditadura validando a aberração jurídica da lei de anistia é o mesmo que condenou pessoas sem provas numa espécie de desgravo às elites por não conseguir, pela via eleitoral, eleger seus candidatos.

    A derrota desses grupos no STF aliado à boa expansão do PIB 2013 vai fazer dos festejos de momo um pesadelo aos perdedores de sempre e um carnaval feliz para quem acredita na democracia e no país.

    E já que a asa do homem morcego quebrou, vai ai uma marchinha nova para curtir o ‘carna’:

    “Só para irritar o Gilmar eu vou doar…” lá, lá, lá, lá…..

  • STF comprado a serviço dos petralhas quadrilheiros corruptos e mensaleiros. A corrupção venceu, pobres dos brasileiros nas mãos de um governo corrupto e hipócrita feito este. As eleições virão neste ano. O povo saberá retribuir a vitória da corrupção nas urnas.

        • A absolvição de um crime que gerou condenação em 2012 mostra que se outros crimes fossem julgados agora de novo também poderiam resultar em absolvição. Por isso que Gilmar, Barbosa e cia. surtaram. Sabem que pegou mal

          • Rosa Weber votou pela condenação “mesmo não possui prova cabal contra Dirceu”! Arrependeu-se e votou a favor!!! Quer mais?

      • Quando interessam pros Coxinhas a decisão da Corte deve ser cumprida sem contestação, mas quando lhes são desfavoráveis ele s chiam.Você não está vendo ai o Joaquim Barbosa e o Gilmar na maio chiadeira. O que vale não é a maioria dos votantes. Agora que lhes foram desfavoráveis eles ficam com cara de bunda. Vou aproveitar o final de Semana e o Carnaval e me esbaldar no mesmo, vou tomar todas geladinha em comemoração a derrota desta turma de salafrários.
        Edu, vamos nesta !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      • Edu, não vale a pena discutir com esses canalhas, eles são pagos para isso. Esses taizinhos, fazem parte da quadrilha dos tucanos, ganham para isso. Melhor seria nem postar.

    • É Sr João???? você e todos os outros são um bando de hipócritas, imbecis e falso moralistas com sua indignação seletiva.. pergunto:

      O Sr não esta indignado com o mensalão tucano que não será julgado???

      O Sr não esta indignado com os bilhões do trensalão tucano???

      O Sr não ficou indignado quando o seu príncipe FHC comprou a reeleição????

      O Sr não ficou indignado com a privataria tucana????

      O Sr não ficou indignado com a dispensa de licitação do TJ da Bahia para a empresa do Gilmar???

      O Sr não ficou indignado quando o seu herói hipócrita do Joaquim pegou diárias para sair de férias??

      O Sr não ficou indignado quando um ministro da nossa mais alta corte abre uma empresa fantasma em Miami para se livrar do imposto de transmissão americano???

      O Sr não fica indignado com os preços dos pedágios tucanos???

      O SR não fica indignado com o metro paulista???

      Eu poderia continuar esta lista indefinidamente, mais não adianta pessoas hipócritas e falso moralistas como sua laia são a desgraça do mundo.

    • O povo saberá retribuir a vitoria da corrupção nas urnas,senhor João?De fato o PSDB está aí que não me deixa mentir,pois o mensalão do PSDB corre o risco de prescrever e os envolvidos ficarem impunes,o que acarreta automaticamente a vitoria da corrupção,tanto é assim que em outubro o povo saberá retribuir mais uma vez nas urnas a vitoria da corrupção,com a quarta derrota consecutiva do PSDB para o PT.

    • Voce vai apoiar que a Corte analise o processo do mensalao mineiro do PSDB/Azeredo…que o barbosa infle sua penalidade em 75%%…..para nao prescrever como fizeram com os Petistas???? ou este refresco so serve para o mensalao do PT????? contribuiras para pagar a multa do azeredinho……???estamos neste Front ha 9 anos!!!!!!

  • Está provado que não houve uso de recursos públicos nesse esquema de caixa 2 eleitoral, como está claro também que Lula não comprou deputados eleitos para a aprovação das reformas que fizeram avançar esse pais. Espero que tais erros sejam corrigidos, por uma questão de justiça. Justiça boa é justiça. Justa

  • Houve mensalão, decidiu o Supremo Tribunal Federal. Quer dizer: houve crime de corrupção ativa e passiva.

    Mas, segundo a nova formação do STF, não houve crime de formação de quadrilha. Isto é: pessoas que se conheciam e que costumavam almoçar juntas saquearam os cofres públicos por mera coincidência. Apenas por mera coincidência. Não por que formassem uma quadrilha. Esse é um país da piada pronta mesmo!!!

    • Bem mal tua análise “Houve mensalão, decidiu o Supremo Tribunal Federal”. Isso deixa a coisa implicitamente clara que foi o STF que decidiu. por pressão da mídia. sem levar em conta os autos do processo. Saquear cofres públicos, como que a Visanet fosse empresa pública. Está bem fora da casinha.

      • Por que ‘isso deixa a coisa implicitamente clara que foi o STF que decidiu. por pressão da mídia.” Penso que esteja muito enganado. E quem os pressionaram agora para anular o crime explícito de formação de quadrilha?

      • Rogero, preocupa não meu filho, o inquérito 2474 foi aberto à defesa dos réus e na revisão criminal a gente conversa. Só pra refrescar a sua memória que anda curta, esse processo foi escondido dos réus por 7 longos anos pelo supremíssimo Barbosa, onde se você tiver decência irá ler e ver as provas de que Visanet é empresa PRIVADA e que PIZZOLATO nunca assinou nenhum papel liberando dinheiro para a DNA propaganda. Toma vergonha na cara e para de ser papagaio que só repete o que a mídia diz, vai estudar.

    • Carlos, você precisa se esforçar mais para entender o que é o tipo ‘associação criminosa”, este tipo penal é formal e extremamente técnico que exige preencher requisitos explícitos descritos no seu artigo do CP. Entendo sua torcida, mas sei também que não dá para exigir muito da sua capacidade de avaliação. Sem conhecimento técnico, esqueça, você jamais entenderá. Está acabando os 15 minutos de fama dos Ministros midiáticos fanfarrões.

    • Mais um sabichão, mostre quanto e quando houve desvio de dinheiro público, se vc souber avise imediatamente pro seu herói o capitão do mato Barbosão ( aquele herói da direitona que compra ap em Miami com empresa fantasma) por que nem ele, seu grande herói soube dizer, seu enorme e gigante Mané.

  • Para todos os hipócritas:

    Então o STF só presta quando faz o jogo da mídia. Este é meu ultimo comentário para este texto, pois não aguenta mais tanta babaquice dos zumbis do PIG

  • O que o tucano Guilherme Santos não entendeu é que a aprovação dos embargos infringentes equivale a uma anulação da AP470. Pensar faz bem e é de graça…

  • Das conclusões:

    Ficou provado q se o Governo substituisse todos os Ministros do STF q votaram pela condenação dos mensaleiros por marionetes leais ao PT, os mensaleiros seriam absolvidos por unanimidade!

    “Vitória!!”

    rsrsrs

  • João: Pobre dos brasileiros não!! Pobre de você e dos demais acéfalos que acham que o julgamento da AP 470 foi justo. Se você tivesse lido o inquérito 2474, o mesmo que o joaquimzão sentou em cima, para esconder a prova da inocência do Pizzolato, entre outros, talvez você pensasse diferente. Mas, como os demais coxinhas, você prefere assistir o BBB150 ‘a perder tempo’ lendo algo aproveitável. Se você fosse intelectualmente honesto, saberia que essa ação não passou de um engodo, uma manobra para derrotar o PT nas eleições de 2012. Uma tentativa frustrada de aplicar aqui o mesmo golpe que aplicaram em Honduras e no Paraguai. O problema é que a picaretagem falhou. Agora estão todos desesperados porque terão que julgar e aplicar o domínio do fato em personagens que têm muito poder. Sabem que hoje os blogs estão aí para informar, diferente do que ocorre com a grande mídia. Vamos ver a ‘ira’ do joaquimzão quanto tiver que se manifestar sobre o Azeredo. Quero ver também quando tiverem que julgar o Daniel Dantas. Aí eu quero ver ‘o menino pobre que mudou o Brasil’ vociferar. Talvez por isso ela já esteja ensaiando uma fuga. Vai fugir de forma pusilânime e ainda posar de herói. O herói que comprou apartamento em Miami, usando empresa fictícia e violando a Lei Orgânica da Magistratura. O mesmo herói que usou o apartamento funcional como sede dessa mesma empresa. Um herói que vai passear em Paris, à custa da ‘viúva’ e, flagrado, apressa-se a arranjar palestras para justificar mais um desatino. Saibam, ó coxinhas acéfalos, que ainda na Roma antiga, se dizia que a mulher de César não bastava ser honesta. Ela necessariamente precisava parecer honesta. Olha, vou lhes dizer uma coisa: vocês coxinhas são dignos de comiseração. Grande abraço, Edu.

  • Depois do ministro Batman interrompendo o ministro barroso, este respondeu pedindo ao presidente do STF que respeitasse sua opinião. Ele chegou a lembrar ao presidente, que seu voto valia tanto quanto o dele e disse mais que desrespeitar quem pensa diferente, é um DÉFICITE CIVILIZATÓRIO..
    Depois de tantas brigas com ministros que pensam diferente, JB tem DÉFICIT CIVILIZATÓRIO E JURÍDICO

    • Bem lembrado meu caro Fernando. Vibrei muito com a resposta do Ministro Barroso sobre o peso de seu voto. Acho mais, o voto dele valeu o dobro do voto do JB, pois se votasse contra fatalmente os recursos seriam derrotados. E também o voto favorável, além de fazer justiça, colocou a empáfia do presidente da corte em seu devido lugar, que a boa decência me impede de dizer aonde. A grande mídia, o PIG, em nenhum momento comentou a feliz resposta do Min. Barroso.

  • Parabéns Edu pelo refresco na memória deles! Eu, de minha parte acho que vou beber aquele Chateaunef du Pape que aqueles repórteres queriam beber, mas morreram na praia. Abraço.

  • É quase impossível alguém não tomar partido. Em se tratando de ministros do supremo também. É lógico que a animosidade e a parcialidade podem passar por cima da razão – o que, teoricamente, não deveria ser em se tratando de juízes. Pode até ser que Teori e Barroso tenham tendências ideológicas, mas um gilmar dantas da vida também tem, e muita. Pelo menos, Teori e Barroso, eles se basearam na verdade dos fatos e na lei.

    Pode-se até dizer que há ministros do PT e do PSDB. Diante deste fatos, o que tem se mostrado é que os ministro do lado do PSDB, até agora, são bem descarados, como exemplo gilmar dantas e barbosa, principalmente.

    Só poderíamos avaliar os ministros do PT se houver um dia algum julgamento contra PSDBistas ou DEMOs que não haja provas, e porventura, um julgamento de exceção pudesse existir. Só que estas duas coisas, julgamento do PSDB/DEM pelo STF e ainda sem provas, são totalmente impossíveis de acontecer, o PIG nunca deixaria.

  • Não, Edu, ” a maioria conjuntural” passou a ser “maioria conjuntural” agora com a escolha a “dedo” dos ministros Teori e Barroso. Se você defende, agora, a maioria que “inocentou” os réus, por que não aceitar a maioria que os condenou? Lembre-se que eles ainda estão condenados, por outros crimes, por uma “maioria não conjuntural”

    • Ah, entendi… A maioria é boa quando faz o que você quer e ruim quando faz o que você não quer. Se tivesse lido o texto que está comentando teria visto que eu disse que tanto a maioria de 2012 quanto a de agora agiram sob viés político. Mas gente como você não se dá ao trabalho de conhecer e refletir sobre a opinião contrária. Leu só o título e saiu comentando. Típico da direita ignorante, iletrada que infesta o Brasil, que lê a Veja e se orgulha disso

  • Em uma parte o Gilmar Dantas Bermudes Furnas Gautama, CRISTINA MARIS MEINICK RIBEIRO, Roger Abdelmassih, Ali Mazloum, Jugmann, e etcs, MENDES??, meteu o pau no PT? mas esqueceu dos seus e dos outros quatro, quem sao os seus patroes corruptos da GLOBOGATE, PSDB, DEM, PSD, PPS, PV, PMDB, PSB e etcs..
    Chora PSDB, GLOBO e a super-quadrilha, os seus Bandidos de Toga nao conseguiram vencer o BEM, desta vez, nao adiantou as pressoes e falcatruas, o BEM venceu o MAL, chora Bar……Bosta e cachorrinhos, desta vez, perdeu….e irá perde mais, quando os processos 2474 e 2828 forem para a Italia, e desmontar a maior fraude juridica do Brasil a AP470 que na verdade era um GOLPE BRANCO no OTIMO GOVERNO DILMA, tentaram, mais o povo brasileiro tambem nao dorme, viu Bandidos de Toca, Bandidos Tucanos, Coxinhas, Black Bosta, Medicos da Elite, e Direita Imunda……viu, PERDERAM…..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    VIVA DILMA, VIVA LULA, VIVA O BRASIL que esta bombando para desesperos dos COXINHAS!!!!

  • Caro Eduardo e demais
    Os tucanos e demais seres desonestos, sentiram o golpe.
    A justiça deles, é o sofrimento do povo, a derrota deles, é a vitória do povo.
    JB não sentiu dores na coluna, mas a sua moral, se é que ele tem, irá precisar de morfina.
    Saudações

  • Edu, agora vamos ficar aguardando a defesa do Pizzolato. A hora que ele falar e mostrar suas provas não vai sobrar pedra sobre pedra. Ele sabe de coisas que vem desde a privatização das teles ocorrida durante o desgoverno do príncipe. Vai ter tucano voando pra tudo quanto é lado. Tanto faz ele falar da Itália ou daqui mesmo.

  • Como fica a situação do Henrique Pizzolato? Cabe algum recurso de sua condenação ou fica tudo como está?
    Sim, porque se deixar as coisas rolarem, o processo que, ”dizem”, foi enviado para a Itália traduzido, vai ficar muito mal para nós brasileiros saberem que o julgamento foi sem provas e conduzido por um desequilibrado, o JB. Capaz
    de até receber uma condecoração. Isso sem falar que ”nunca, nunquinha…” irão extraditá-lo. Será um troco ao caso de Batistti.
    Resta agora á mídia aceitar a decisão e procurarem outros assuntos. Aliás, quero assistir de camarote e claro ler seu comentário sobre o PIB, que figura entre os melhores e mais consistente do planeta.

    Douglas Quina
    Mogi Guaçu – SP

    AH! e o churrasco?

  • Prezado Eduardo:
    A foto do ministro dando uma cochilada em plena audiência lembra-me duas músicas.
    1. ACALANTO – de Dorival Caymi ” dorme anjo o boi pega nenen…”
    2. A segunda é de Juca Chaves ” por quem sonha Ana Maria…..”

    “Aliás, Barbosa acusou Barroso, explicitamente, de ter chegado ao Supremo Tribunal Federal com a missão de votar como votou, sugerindo que seguia ordens da presidente Dilma Rousseff, que o nomeou…”.

    Quem foi que disse “mato no peito”? foi Barroso ou Fux ?
    Será que Lula disse ao ministro que ele nomeou ” Vá lá e puna todos eles” ? essa é tambem uma missão.
    nós brasileiros temos um ditado que diz ” a mentira tem pernas curtas ” e aos poucos a farsa do mentirão e o
    contorcionismo jurídico de teorias de” domínio de fato”, de que Visanet é uma empresa pública, de fato parece estar chegando ao fim.

  • Quem viu RIU com a tal conta de chegada de conta do Barroso.

    Barroso disse que determinado crime (qq um dos aplicados) teria sido acrecido em, digamos, 20-35% (diferença entre a pena mínima e máxima), e que no caso de quadrilha (um crime que entre máximo e mínimo varia de 1 a 3 anos), que tal acréscimo se dava na proporção de 50-70%.

    Diante desta desproporção Barroso cravou que houve exagero na tipificação aos quadrilheiros com o fito de os mada-los pra regime fechado, estes que se condenados com menos de DOIS ANOS, teriam a punição pro quadrilha prescrita.

    Interessante que Barroso falou sempre que houve exagero com o agravante pra QUADRILHA, e nunca que houve subavaliação pras outras tipificações (fato que por sua matemágica de chegada, tb seria passível de ter ocorrido).

    Mais interessante ainda foi não ver Barroso protestar que TODOS os POLÍTICOS cabeças do esquema, os maiores beneficiados com a fraude democrática cometida (tanto os que encomendaram, como os que entregaram) tiveram penas que ao todo bateram, NO MÁXIMO, em 1/3 da pena dos outros menos famosos, dos operadores (da turma do banco Rural e do Marcus Valério por exemplo) …coisa na minha cabeça isso tb não faz sentido.

    Verdade é que acabado o teatro do euclidiano Barroso, Carminha estava desiludida com o menino, pois, com quase todas as letras, ela pediu para que o ministro deixasse claro que “não se trataria de PRESCRIÇÃO, ou conta de chegada pra livrar os companheiros”, mas sim de absolvição do crime de quadrilha, fato que não tinha ficado muito claro.

    Barroso titubeou, entendeu a meleca que fez ..Carminha sem deixá-lo pensar direito, disse que seria importante pra biografia dos condenados ..aí Barroso pegou o recado e disse que se assim, então, que ele NÃO concordava com a condenação por crime de quadrilha..

    Convenhamos, será mesmo que só por isso a biografia dos QUADRILHEIROS prescritos não ficaria manchada pra sempre ?

    Pra mim, fora a mea culpa que não veio, o arrependimento, o circo e a falta de humildade diante do erro, o pedido de DESCULPAS que não escutei, pra mim, pelo circo continuado, este que deixou uma mancha indelével não só neles, mas em TODAS as Instituições que tiveram contato com estes esquema de moleques, pra mim não basta, e a manha é sim irremovível, ficara pra sempre nos anais do PT.

    Verdade é que foi um casuísmo digno dos milicos. Verdade é que perdemos TODOS, inclusive o país por ver tanta demora e tanta exploração RASA da a faltas que lá atrás já poderiam ter sido sanadas.

    em tempo – Quadrilha, bando, associação criminosa ou gangue são denominações atribuídas a um grupo de pessoas (no mínimo 4 quando do mensalão) que tem por objetivo praticas regulares e continuadas de crimes ou atividades consideradas ilegais em determinado ordenamento jurídico.

    ..agora só nos restas o TUCANATO com seus setentões e suas prescrições ..já posso sentir a PIZZA de queijim e doci_di_letchi assando ..hummm, nham nham

    e que no julgamento destes de agora, dos tucanos de Minas, os que atentaram contra a lógica e a ética em favor destes primeiros, que ao menos tenham a dignidade de ficarem calados e fingirem que isso é assunto, mesmo que sendo brasileiros, que não lhes diz respeito a eles ..mesmo porque a jurisprudência já foi criada, uma que diz que aquele BANDO não era quadrilha, mas sim talvez um grupo de partidários patriotas preocupados com o futuro do país ..ah tá

  • Olá, Edu! Olá, Cidadãos do Blog da cidadania!!

    Uma nota de esclarecimento: Esse joão que está aí espumando não é o João Brasileiro!!!
    João Brasileiro sou eu!!!
    João significa “povo” e Brasileiro significa “do Brasil” traduzindo: João Brasileiro = povo do Brasil”!!!

    Olá, João, Guilherme Santos e quetais,

    Não fiquem esperneando com quem é a Favor do Brasil e do Povo Brasileiro!!!
    Reclamem dos que enganaram vocês fazendo com que vocês odiassem o Brasil e o Povo Brasileiro!!!

    Recebam um abraço do João Brasileiro( = Povo do Brasil)!!!

    • perdão ..os crimes de peculato, corrupção ativa e passiva, gestão fraudulenta, e lavagem de dinheiro caíram ?

      e quanto aos tucanalhas, esquece, eles vão se valer do mesmo tipo de defesa (pedindo prescrição por idade, tempo etc), inclusive vão dizer que aquele BANDO não estava arregimentado em quadrilha, cometendo crime esquematizado, com funções definidas, continuado, mas sim que era uma reunião de amigos pra jogarem bingo.

      tchinquina !!!

  • Edu, na sessão de ontem JB, qdo discutia com Barroso admitiu q a pena para ‘quadrilha’ tinha sido estipulada para q não houvesse prescrição e o regime inicial fosse fechado. Um leitor de PHA q também assistiu fez um post sobre isso. Para mim, isso é gravíssimo já q vem da boca de JB. O PIG, obviamente não repercutiu. Penso q os ‘sujos’ não estão repercutindo isso como deveriam. O q acha?

    • Evidente que HOUVE crime de quadrilha

      ..Evidente que não faz sentido os MENTORES e beneficiários (corruptores e corrompidos ou chantagistas) receberem penas mais brandas que seus paus mandados (Bco Rural,e Marcus Valério e sócios)

      ..mas é perfeitamente factível esta hipóteses que vc levanta e que Barroso tb falou

      ..assim como é factível dizermos que por resto dos crimes a pena foi branda (tudo é relativo)

      Mas este é o nosso sistema e NENHUM dos presentes negou que não tivesse havido crime quando Barbosa perguntou …verdade é que tudo isso é muito grave, são defeitos graves que com esta guerra DISSUASIVA, pra ver que BANDO livra a cara primeiro, o PAÍS jamais encontra oportunidade pra questionar, além de verificar que o nosso ordenamento jurídico é frágil, HIPÓCRITA de dar pena

      • Não é frágil.
        E não é dado a Juiz nenhum o direito de forçar situações para condenar quem quer que seja, até porque no direito penal mais do que em qualquer outra área porque envolve um bem precioso a liberdade não se admite ilações e suposições para condenar, muito menos para condenar a penas maiores como fez joaquim, que tentou de todas as formas enquadrar os réus no crime de quadrilha para aumentar a pena e prender no regime fechado quando poderia torturar os condenados como está a fazer com Dirceu e Genoíno. Atuou joaquim contra a lei e continua cometendo inúmeras arbitrariedades.
        No direito penal vige o IN DÚBIO PRO REO. Apenas se pode condenar COM A CERTEZA e PROVAS CABAIS E INSOFISMÁVEIS do crime e da culpa.Inexistia nos autos aquilo que o juiz mais preza, mas que foi por Joaquim Barbosa, totalmente, desprezada: a prova do crime.

        O próprio Supremo – no discurso técnico do processo – admitiu abertamente que foi invertido o ônus da prova: os réus, que já estavam condenados pelo linchamento midiático, é que deveriam provar a sua inocência, pois já tinham sua culpa definida na consciência média da sociedade.
        “O julgamento, político e ideológico do MENTIRÃO, com início e duração escandalosamente ajustados ao calendário eleitoral e ao “horário eleitoral adicional” dos telejornais, abraçou as teses da “direita penal” e a perspectiva do “direito penal do inimigo”, para isso atropelando aqui e ali as garantias individuais e coletivas fundamentais do devido processo: direito à ampla defesa, presunção de inocência, exigência de provas e não meros indícios ou testemunhos suspeitos para condenação, etc. “

  • Edu,

    É estarrecedor achar que o Lula teria de ter mais cuidado ao escolher os ministros do STF. Você está dizendo, e isto é estarrecedor, que um presidente tem que colocar no Supremo ministros que votem com as suas causas e não de acordo com os autos! Está é uma das opiniões mais estapafúrdia que ouvi nestes 68 anos de vida.

    • Você deve estar ficando gagá. FHC manteve por 8 anos o engavetador-geral da República (Geraldo Brindeiro) e duvido que você tenha reclamado. Eu disse que Lula tinha que ter escolhido juízes de verdade, não oportunistas como Barbosa, que condenam pessoas sem provas pra conseguirem elogios na mídia

    • JOAQUIM BARBOSA, em tom solene e preocupado, disse praticamente com todas as letras que o que aconteceu hoje foi o começo dum ESQUEMA que não termina aqui, pois o “projeto” continua ..evidente que aludindo ao aparelhamento da Justiça que estaria em andamento, e que vai se acelerar com a saída dele e do Celso de Melo, depois o Agilmal Mentes ..fato que hoje, sinceramente, da forma como foi conduzido este julgamento, começa a me preocupar sim..

      • Aparelhamento que não deu certo não é?
        Vide Ze Dirceu, Genoino, que não obstante INOCENTES, se encontrarem presos, cumprindo Dirceu pena sob um regime que não foi condenado, enquanto os mensalistas TUCANO se encontram livres, leves e soltos com uns com prescrição já ocorridas e outros a espera da prescrição intercorrente como o dudu azeredo.
        Se houve aparelhamento do Judiciario houve pela direita pois nas PRISÕES só têm PRETO, PROSTITUTA, POBRE E PETISTA.

        Na sua grande maioria os membros da magistratura, incluindo os dos Tribunais superiores -STJ e STF- são elitistas, que significa da DIREITA, que aparelhou bem esses
        São Paulo é o maior exemplo, ao ponto do TJ-SP promover Seminário para representantes de BANCOS doutrinarem Juízes que foram convocados (obrigados) a participar por causa da baixa adesão.
        O MP-SP é outro poleiro TUCANO, que dá aula de aparelhamento.

        • Tudo isso, mais o despreparo dum Toffoli, o sentimentalismo piegas dum Levandosky que se dedicou aos padrinhos como poucos, por exemplo, ao tentar melar o julgamento logo no início, reintroduzindo matérias já discutidas, ou com ele quase vertendo lágrimas, pedindo pelo “desdobramento” do processo que beneficiaria com prescrições seus réus preferidos, que teriam “suas vidas desgraçadas”, segundo ele.

          Me preocupa os mandatos vitalícios e as nomeações de JOVENS (tipo Celso de Melo por Sarney, Marco Aurelio por Collor e, agora, Toffoli por Lula) que fazem do que deveria ser uma contribuição transitória como prova de SABER, uma atividade de carreira tendo sob si um objeto estável de exercício vitalício do Poder e manutenção do status quo. (some isso a existência dum Senado, ainda mais desproporcional, e certifique-se do pq que aqui raramente alguma coisa muda, DE FATO)

          Me preocupa o desvirtuamento quando da nomeação de pessoas, não pelo mérito que carregam, mas sim como prova do reconhecimento das bandeiras que simbolicamente elas possam representar, como dizem que foi o caso das mulheres (em nome da bandeira SEXISTA, e do Barbosa, em nome da bandeira racial ..e será que foi ?

          Me preocupa decisões apaixonadas criarem jurisprudência pra, lá na frente, escancararem as fraquezas e mazelas do sistema, ou provocarem DOR, revolta e/ou sensação de impotência quando outros cidadãos tentarem procurar o abrigo da lei (tipo hoje como quando vamos a um Hospital publico e ninguém nos recebe, ou quando ligamos pra PM e ela diz que não tem viatura)

          Colega, particularmente eu acho isso tudo muito lamentável, verificar que o sistema é pra lá de frágil, que nossos presídios são muralhas, que ainda há celas e tratamentos diferenciados, e que ninguém tá nem aí pra isso, nem o ministro responsável ..que ainda os criminosos se livram pela idade, ou pela prescrição do tempo x o crime ..aqui eu pergunto, e as VÍTIMAS ? será que elas conseguem se livrar das feridas ?

          HOJE, mais do que nunca, eu entendo o pq o STF inocentou um dia Collor, noutro soltou Maluf, ou quando imitando alienígenas racistas, não rechaçou de bate pronto as COTAS RACISTAS em prol das cotas sociais que seriam as mais corretas e apropriadas pra nós ..lá a coisa funciona por encomenda, conveniência, aparência ..tudo é muito triste, um enorme TEATRO.

          Me preocupa ver um STF se preocupando com causas não constitucionais, e NÃO pegando as ratas nas nossas leis, por ex como aquela que diz que mesmo que um parlamentar seja condenado pela Justiça, que ele só poderá perder o mandato se o CORPORATIVISMO permitir (é ladrão julgando ladrão) ..

          ..ou quando doutores da lei não previram que pela existência do indigno FORO especial, que com isso deixaria de ocorrer o duplo grau de jurisdição (quer dizer, enquanto servia pra protelar tava bão ?!) ..ou quem sabe me preocupa ver JUIZ bandido ficar em casa recebendo benefício garantido.

          Me preocupa processos pararem DEZ anos numa Vara de Pequenas Causas (como foi o meu caso), ou o modelo aceitar tantos “data veneas” , não punir o apenado e deixar o queixoso esperar por ANOS pela indenização e reparo, tudo a ponto do modelo estar mais parado que as ruas de SP

          ..tudo isso enquanto os morcegões ficam posando pra câmera e dando, dia após dia, um show de boçalidade, radicalismo, insensibilidade e partidarismo.

          Da minha parte eu preferia que tudo isso, o escândalo de TODOS os partidos, não tivesse existido, mas para tanto nós teríamos que ter contado com o apoio deles, dos BANDIDOS que nos fazem as leis que eles mesmo desrespeitam..

          ..e como eles não ajudaram e nos traíram, praticando aquilo que diziam que condenavam em seus “inimigos”, que nos libertariam e vingariam, no mínimo eu preferia que o castigo fosse rápido e BEM SERVIDO, na dose exata de quem esquece dos seus deveres e passa agredir a própria lei que um dia ele se atreveu a escrever pra todos..

          ps – EVIDENTE que o mensalão nos moldes da Mídia sensacionalista não existiu ..mas isso não quer dizer que um conjunto de delitos GRAVES não foram cometidos, como a compra da consciência de lideranças, e o uso e abuso do Poder, quer político e/ou econômico, exercido em BANDO.

          e reitero, agora aqui nessa terra vai ser difícil dizer quando alguém operou em quadrilha, inclusive os tucanos.

          “As pessoas estão tão acostumadas a escutar mentiras que sinceridade demais choca e faz com que você pareça arrogante” (Jó Soares)

          abra

    • E a memoria deles é seletiva assim como a justiça. Esquecem propositadamente o ENGAVETADOR GERAL e o gilmarzinho dois HCs para Dantas, envolvido até a medula no crime de lesa pátria que foi a privataria, quando se chegou ao limite da irresponsabilidade no uso do dinheiro publico.

  • A Mídia está indignada pois comandava o Supremo e os Quartéis para manter os seus privilégios. Nunca tiveram voto. Percebem agora que a medida que o país se politiza e a democracia se consolida seus estratagemas golpistas ficam mais fragilizados, e partem para argumentos irracionais, desclassificando o que antes diziam ser irrefutável. Assim, com o fazem ao dizer que o povo não sabe votar. Hoje se dizem de luto, pois esse conglomerado midiático associado a corrupção não conseguiram todo o seu intento. Em breve só lhes restará clamar pela invasão da Armada Americana.

  • Caro Eduardo, cobrar “coerência” de extremistas, seja de direita ou de esquerda, é besteira e perda de tempo.
    O mais grave e perigoso, no entanto, é quando extremistas vestem a toga. A Alemanha nazista mostrou isso sobejamente na época!

  • Em qualquer país mais civilizado não teria havido esse julgamento-espetáculo, turbinado por uma mídia que apoiou a ditadura.

    O direito dos acusados sem foro privilegiado de serem julgados em instâncias inferiores teria sido respeitado.

    E não teria havido condenações sem provas.

    Agora ficou mais claro que nunca que no STF existem ministros que julgam conforme sua ideologia política.

    Não estou me referindo aos que não concordaram com a acusação de formação de quadrilha.

    Ou alguém poderá dizer que Rosa e Carmem são petistas?

  • Edu, é fácil entender a raiva do Ministro Joaquim Barbosa: vai ter que passar pelo constrangimento de dar explicações à Globo e à Veja por não ter conseguido entregar tudo que prometeu.

  • O rei está completamente nú,pois a farsa juridico-midiatica está se parecendo cada vez mais com aquilo que jamais deixou de ser,ou seja,uma farsa juridico-midiatica.O objetivo a ser atingido por essa farsa era o de atingir Lula,Dilma e por conseguinte criminalizar o PT e seus militantes.Não conseguiram,embora tentassem,nem atingir Lula ou Dilma.Tentaram criminalizar militantes e simpatizantes por conta das contribuições feitas para o pagamento das multas impostas pelo STF às lideranças petistas condenadas na referida farsa patrocinada pela midia.Apesar da intimidação de notorias figuras do submundo,tais como Gilmar Mendes e Merval Pereira,as multas foram devidamente quitadas com os recursos oriundos não apenas de militantes,mas tambem de simpatizantes.Quanto às demais acusações que pesam sobre José Dirceu,José Genoino ,Delubio e João Paulo,elas tambem irão cair,porque,em relação a isso nunca é demais lembrar o voto emitido pela Ministra Rosa Weber,quando da condenação de José Dirceu:¨Não tenho provas cabais contra José Dirceu,mas a literatura juridica permite que eu o condene¨.Ou seja,so esse voto proferido pela referida ministra ja denota o carater politico,de exceção,da farsa juridico-midiatica encomendada pela midia ao Judiciario,com o intuito de aniquilar o PT.

  • Sinceramente, Edu, eu assisti o debate de Barbosa com o Barroso e achei realmente que Barbosa tem sérios problemas mentais. Você não conhece nenhum psiquiatra que possa fazer uma análise de alguns vídeos de JB para tentar levantar esta hipótese?
    Ele tem um destemperamento repentino quando é interrogado ou quando alguém vai contra as ideias dele que assusta qualquer pessoa. Será que se nós fizéssemos um convite para ele fazer um exame ele iria?
    Isto é sério. De repente temos um louco no STF e ninguém sabia.

      • O cara aí tem razão: ficar se contrariando com esses comentários levianos e desonestos intelectualmente não vale a pena.

        C deveria simplesmente deletá – los.

        Quem quiser ser contra o ponto de vista do seu blog, que use o cérebro e que o faça em alto nível. Não gostando, que procure outro lugar.

        O que mtas vezes acontece aqui que eu vejo é você tratar de uma forma mto comedida e até honesta (inclusive expondo seu ponto de vista e emitindo juízo de valor sem receio algum), enquanto que outros não possuem a grandeza de dizer que vc esteja enganado sem te dizer o porq, preocupados apenas em ofender.

        É o mesmo que duas pessoas estarem jogando uma partida de xadrez e no momento em que um dos jogadores está para dar o xeque mate no oponente e a jogada derradeira está para acontecer, o adversário de súbito levanta – se da mesa, derruba todas as peças e passa então a berrar a plenos pulmões que a esposa de seu oponente tem um caso extraconjugal.

  • …resolvido que não houve quadrilha, resta a minha dúvida: as demais condenações (ao menos parte delas) foram baseadas em uma quadrilha que agia para cometer delitos, agora, sem a quadrilha, as demais condenações permanecem inalteradas?
    Sem o fio condutor presente (a quadrilha), penso que é caso de uma ação de revisão.

  • Que o STF é um organismo político nem se discute. Afinal, é um dos três poderes da República.

    O que não se admite é um STF politiqueiro, com ministros subordinados às seis famílias midiáticas.

    O ideal é que os membros do judiciário sejam eleitos por voto popular, assim como o são os outros dois poderes.

    O judiciário é submetido ao voto na Venezuela, na Bolívia e em diversos estados dos EUA. Nesses locais, os juízes são eleitos e têm mandato, ao invés de ficarem no cargo até a aposentadoria ou o falecimento.

  • Um julgamento totalmente injusto esse do mentirão, essa gente nem precisava ter sido condenada à prisão pq a condenação do tribunal midiático já teria sido cruel para elas da mesma forma que o foi as vítimas do caso Escola Base, cujos autores do crime, o SBT por exemplo, foi condenado a pagar uma merreca de 100 mil reais após 20 anos de espera, e o Silvio Santos não foi condenado à prisão, a pena foi apenas pecuniária e, como se vê, um cafezinho em comparação ao valor de quase 1 milhão de reais ao qual Zé Dirceu foi condenado a pagar, além dos vários anos de cadeia. Quem vai pagar por isso, faço a mesma pergunta: O Estado? As empresas de mídia? Espero que o próximo o erro a ser reparo nesse julgamento farsesco seja o caso do fundo Visanet que, como se sabe, é fundo privado. Outra coisa: O dinheiro arrecadado junto a rede bancária, a título de empréstimo e devidamente quitado, foi usado para pagar campanhas eleitorais dos candidatos da base tendo em vista a necessidade de ampliação do apoio no Congresso, não tendo havido compra de deputado eleito, fosse assim os deputados que se “venderam” teriam que se punidos também, e aqui entrariam muitos membros do PSDB, que apoiaram a aprovação das reformas. Virar a página dessa injustiça jamais, não podemos dar sossego a estes golpisas, não podemos aceitar que pessoas fiquem presas injustamente.

  • Infelizmente o estrago já está feito, a morte civil desses homens também e nunca mais terão eles a sua vida ao normal e estarão estigmatizados até o fim de suas vidas.

    O que fica mesmo é a desmoralização de uma suprema corte que já é desmoralizada em sua própria história.

    Para quem não gostou dessa injustiça, infelizmente só daqui há 50 anos para todos os fatos serem elucidados e levados à tona.

    Fazendo uma comparação que julgo cabível msm, foi a mesma coisa que Fidel levado a julgamento por Fulgencio Batista, onde pasmém, Fidel foi acusado de atentar contra as instituições e acusado de tentar um golpe de Estado num regime que já vivia em golpe de Estado.

    Hoje claro que todos sabemos que aquele foi um julgamento farsante e mentiroso e um fato obscuro, mas enquanto pôde foi algo explorado pela elite daquela ilha contra seu inimigo e partidários.

    Aqui no Brasil será a mesma coisa.

  • Prezado Eduardo,

    Infelizmente o Barbosão não descansa após a derrota de hoje.

    Agora a pouco no Jornal Mentirão da Rede Bobo, o qual quase não relatou a absolvição do crime de quadrilha, resolveu terminar a edição de hoje com uma última notícia a favor.
    Eles informaram que foi negado o pedido de trabalho para Delúbio Soares em virtude das denúncias de regalias na prisão vinculadas pela má imprensa.

    O Barbosão só pode ter ligado para o Juiz de execuções penais para solicitar o endurecimento das concessões de regime de trabalho aos presos políticos do PT.

    É osso!! Viva ao Brasil!!

  • Não assisti ao vídeo da fanática direitista da Sherajade (ou seria Cheira Mal?), gostaria de saber quem está falando por essa jornalista medíocre, se é ela mesma ou se são palavras do patrão dela.

    Tenho certeza que o mascate do Sílvio Santos tem uma dívida moral com o Governo Lula, mesmo assim a emissora do mascate se alinhou aos demais integrantes do PIG e vem atacando insistentemente quem salvou o grupo Sílvio Santos da bancarrota.

    É necessário a Ley de Medios. Também é necessário cobrar o DARF do mascate Sílvio Santos (acho que ele não consegue mostrar o DARF).

    Quanto ao Mentirão, provou-se por A mais B que ele foi um engodo, uma mentira. Agora os condenados da ação penal 470 tem que exigir a anulação do Mentirão.

  • Edu, eles estão se vingando nos presos. Li que o Delubio perdeu o direito de trabalhar e não poderá mais passar o carnaval com a família. Essa perseguição tá ficando complicada e, de fato, só vai ter jeito com o JB fora do STF. Eu achava que eo juiz tucano que o JB colocou na VEP já tinha saído. A continuar desse jeito, é fugir na primeira oportunidade; eu sei que é isso que eles querem que os presos façam mas ninguém está obrigado a ficar submetido a sanha vingativa de um psicopata, notório. Eu estou chocada com o Senado da República; nem qdo eles mesmos e a Presidência da República são atacados, esses caras se mexem. Não tem Carnaval que justifique a exposição de toda a sociedade, inclusive os próprios pares, a JB. Os que o amam e veneram que me perdoem, que votem nele para senador, prefeito, presidente, síndico, etc.. Joaquim Barbosa é uma pessoa perigosa e seus mentores parecem avisar ao país o tempo todo, nós temos JB e não temos medo de usá-lo. Hoje, JB atacou o Senado e a Presidente da República; a Câmara de Deputados ele já esculacha faz tempo e o Judiciário, idem… Pois bem, quem afinal é JB?
    Fiquei muito feliz com o resultado do julgamento mas não me animo a engrossar o coro dos que estão pirando com o voto do Barroso ( tô postando aqui pq aqui eu não vi isso ); ora, o que ele e Teori fizeram foi acompanhar o voto da Rosa Weber; nada mais que a obrigação de qq juiz; a discussão acerca da exacerbação das penas no crime de quadrilha visando evitar a prescrição e aumento da pena objetivando um regime mais gravoso, já havia sido feita em plenário pelo Lewandowski e pelo Toffoli. Encarar a fúria de JB é especialidade do Lewandowski que recolheu todas as ferraduras de JB, até ontem. Não entendo esse evento todo por conta de uma situação que, com todo respeito, até a Rosa Weber compreendeu. Fossem tão grandes juristas assim, teriam encontrado um meio de colaborar com o julgamento, antes do último dia. Mas não, deixaram o cara carregar o piano nas costas, sozinho, por dois anos, para no final, um deles aparecer como o cara que desmontou a patranha. Quero ver esses gênios na Revisão Criminal, até aqui, pra mim, acompanharam a divergência inaugurada pela Ministra Rosa Weber e mais nada, desde que chegaram ao STF. Se foi uma estratégia, eu não entendi. Quem desmontou a AP 470 foi o Ministro Lewandowski, que aliás, nem aceitou a denúncia por formação de quadrilha. Vamos ver como se comportam os dois dando de cara com a compra de consciências. Por enquanto, ótimo para virar o placar mas foram gols de penâlti. Raça mesmo, eu espero ver na Revisão Criminal.

    • Cara Companheira Cristiana…

      Desculpe minha ignorância, mas você poderia me informar quando será esta revisão criminal?

      Também estou contigo na critica que fazes aos Ministros Barroso e Teori: não fizeram mais que a obrigação, mais do que se espera de um juiz decente.

      O Ministro Barroso disse, com todas as letras, que só não concordava com o crime por formação de quadrilha, todavia estava de total acordo quanto ao julgamento dos outros crimes e inclusive não se cansava de tecer loas à atuação dos ministros e em especial a relatoria de Joaquim Barbosa chegando ao ponto deste ter de lhe dizer que não precisava de seus elogios. PA TE TI CO!

      Grande Abraço, Cristiana. Se puder me informe sobre a questão da revisão criminal.

      • A Revisão criminal é após o trânsito em julgado ( ainda tem o julgamento da lavagem de dinheiro que ficou para o dia 13 ); a partir daí a qq momento… Mas, como tudo nessa AP é diferente e já houve trânsito em julgado antes do fim do julgamento, eu acho que vão esperar a poeira baixar e JB pular fora para agir.
        Com relação ao voto do Barroso, achei as reações do pessoal meio exageradas mas, creio que mais em função do resultado do julgamento e do ataque de JB do que do voto em si. Até pq, originalmente, ele não descartava a quadrilha ( era uma coisa meio parecida com o voto do MAM) seu voto apontava no sentido da prescrição e não da inexistência da quadrilha; então para evitar maiores debates, evoluiu e acompanhou o voto da Ministra Rosa Weber. Por isso que o JB perguntou duas vezes, mas então, V.Excia está ABSOLVENDO todos os réus na formação de quadrilha??

    • Nem eu… Ele não podia votar, de jeito nenhum. O decano só faltou xingar a mãe da gente mas como tava votando, a gente não tem o que fazer. Mas o GM acusou a gente na mídia e ainda veio com aquela conversa mole de que não estavam condenado representantes de ninguém e sim, criminosos que cometeram crimes comuns e blá blá blá.. Precisava, agora, um parlamentar nosso ir a Tribuna pq eles tem imunidade parlamentar e xingar eles de quadrilheiros, tb. Pq isso sim é uma quadrilha. Seu Ayres Britto ( é o pior ),Seu Peluso,Seu GM, Seu JB, Seu Gurgel, Seu Antônio Fernando e, Seu Fux, o mongo da quadrilha, dá até pena… não serve a nada que preste mas se alguém encostar naquela arquitetura capilar, periga sair até tiro em plenário.

  • No canal do Silvio Santos não tem mais a semana do presidente aquele trailer mostrando o que os milicos fizeram. Muitos crucificam os Marinhos, mas Silvio Santos se favoreceu também com a ditadura e seu ovos brotaram seus filhotes, a prova disso, é essa moça ai.

  • A FARSA ESTÁ DESMONTADA! COMO VAI-SE PODER JUSTIFICAR A CONDENAÇÃO DE JOSÉ DIRCEU POR “DOMÍNIO DO FATO”(AÇÃO DE SEUS SUBORDINADOS)SEM QUADRILHA!!!!!!!!!!???????? SE NÃO HAVIA QUADRILHA, CADA UM AGIU LIVREMENTE, E, PORTANTO, NÃO HAVIA UM “CHEFE” PARA COMANDAR. ISSO, EVIDENTEMENTE ANALISANDO-SE ESSA PALHAÇADA A PARTIR DAS “PREMISSAS” PATÉTICAS FABRICADAS POR ESSES ONZE FANÁTICOS DE DIREITA DO STF. AFINAL, ESSE “PROCESSO” CONSEGUIU O ABSURDO DE CONDENAR PESSOAS SEM PROVAS POR CRIMES QUE NEM MESMO FORAM TIPIFICADOS. Nesse aspecto, quero ressaltar uma discordância que tenho de você : é lógico que os membros do STF têm inclinações políticas(e Dilma deve deixar de temer a classe dominante e passar a nomear para o Supremo magistrados que tenham sintonia com seu projeto político, até porque foi o projeto que o povo democraticamente escolheu para ser implantado no Brasil, e não que ocupem o cargo com o objetivo de sabotar sua administração); como também é verdade que essa inclinação influenciará as decisões deles; por isso a necessidade de nomear-se Ministros alinhados com o projeto progressista do PT; contudo “inclinação política” nenhuma PERMITE QUE VOCÊ NEGUE FATOS OU CONDENE PESSOAS SEM PROVAS, MESMO QUE ACHE QUE AS ACUSAÇÕES CONTRA ELAS SEJAM VERDADE. OU SEJA, DENTRO DA EXISTÊNCIA DE UM CERTO NÚMERO DE PROVAS, A “INCLINAÇÃO POLÍTICA” VAI INFLUENCIAR NA INTERPRETAÇÃO QUE O JULGADOR TERÁ DESSAS PROVAS; MAS INCLINAÇÃO POLÍTICA NENHUMA, AO MENOS NUM JUIZ SÉRIO, É JUSTIFICATIVA PARA SE CONDENAR PESSOAS SEM PROVAS NENHUMA, CHEGANDO-SE AO CÚMULO DE UTILIZAR, DE FORMA DETURPADA, UM TEORIA DO DIREITO ESTRANGEIRO(A TEORIA DO “DOMÍNIO DO FATO”), PARA “ARRUMAR-SE” UM JEITO DE CONDENAR ALGUÉM, COMO FOI O CASO DE JOSÉ DIRCEU. E VOLTO A DIZER, ATÉ ESSA TEORIA ESTRANGEIRA FOI USADA DE MANEIRA ERRADA, POIS, SEGUNDO O PRÓPRIO AUTOR DA TEORIA DO “DOMÍNIO DO FATO”, KLAUS ROXIN, SE A SUA TEORIA FOSSE USADA CORRETAMENTE, DIRCEU NÃO TERIA SIDO CONDENADO. A mesma constatação valeria se um juiz com inclinações políticas de esquerda fosse julgar uma acusação contra políticos do PSDB, que ele até acreditasse ser verdadeira, mas não existissem nos autos provas para condenar os acusados : SERIA OBRIGADO A ABSOLVÊ-LOS, SE FOSSE UM JUIZ SÉRIO, SOB PENA DE ESTAR PRATICANDO UM JULGAMENTO DE EXCEÇÃO. FOI ISSO QUE PERMITIU POR EXEMPLO QUE FERNANDO COLLOR DE MELLO(QUE NOMEOU O PATÉTICO PRIMO, MARCO AURÉLIO MELLO, PARA O STF)FOSSE ABSOLVIDO NO STF DAS ACUSAÇÕES QUE LEVARAM AO SEU IMPEACHMENT : NÃO HAVIA PROVAS QUE O INCRIMINASSEM DAQUELAS ACUSAÇÕES QUE, AO MEU VER, ERAM VERDADEIRAS. CONTUDO, JUSTIÇA NÃO É LUGAR PARA “OPINIÕES”, MAS PARA FATOS E PROVAS QUE DEMONSTREM A OCORRÊNCIA DESSES FATOS. SE TAIS ELEMENTOS NÃO EXISTEM, COMO NÃO EXISTIAM CONTRA COLLOR, NÃO SE PODE CONDENAR, A MENOS QUE SE FAÇA UM JUÍZO DE EXCEÇÃO. Assim, a “decisão” que condenou anteriormente os réus por “formação de quadrilha” não pode ser “desculpada” pela “inclinação política” dos Juízes(essa desculpa vale para as baboseiras ditas no botequim da esquina). Os membros do STF poderiam odiar o PT e achá-lo o mais corrupto dos partidos, mas se fôssem sérios e não estivessem naquele Tribunal como agentes políticos da direita, guardariam suas opiniões para si(para a hora do voto na urna eleitoral ou para influenciar o voto de amigos e parentes)e absolveriam os acusados por não haver PROVA CONTRA ELES NOS AUTOS. Essa é a postura de um juiz sério; coisa que não houve nesse julgamento. SE PENSARMOS SÓ EM UM ASPECTO DO CASO, O NÃO DESMEMBRAMENTO DO PROCESSO PARA A JUSTIÇA COMUM NO CASO DOS RÉUS SEM FÔRO PRIVILEGIADO, VEREMOS AINDA MAIS EXPLICITAMENTE O QUANTO ESTOU CERTO : A LEI É CLARA, ACUSADO SEM FORO PRIVILEGIADO VAI PARA A JUSTIÇA COMUM, NÃO É JULGADO NO STF; JÁ VIMOS ESSA PREMISSA FOI USADA INÚMERAS VEZES COM OUTROS ACUSADOS, MUITOS DOS QUAIS CHEGAVAM AO CÚMULO DE “SAIR E VOLTAR” PARA O STF OU OUTROS TRIBUNAIS SUPERIORES A MEDIDA QUE SE ELEGIAM, VOLTANDO A TER FÔRO PRIVILEGIADO, E DEPOIS CONCLUÍAM SEUS MANDATOS SEM CONSEGUIR A REELEIÇÃO, PASSANDO A TER DIREITO AO JULGAMENTO NA JUSTIÇA COMUM. ORA, COMO É QUE, NO CASO DO “MENSALÃO”, ACUSADOS COMO DIRCEU, GENOÍNO E DELÚBIO, SEM DIREITO A FÔRO PRIVILEGIADO, FORAM JULGADOS NO STF, PERDENDO ASSIM A CHANCE DE RECORRER QUE TERIAM SE O JULGAMENTO FÔSSE NO PRIMEIRO GRAU!!!!!!!!?????? A DESCULPA DE NÃO QUEBRAR A “LÓGICA” DO PROCESSO É RIDÍCULA, AFINAL TODOS OS OUTROS PROCESSOS JULGADOS NO STF, COM DESMEMBRAMENTO, NÃO DEIXARAM DE TER “LÓGICA” POR SÓ UMA PARCELA, GERALMENTE A MENOR PARCELA, DE SEUS MEMBROS SER JULGADA NAQUELE TRIBUNAL(A LÓGICA VEM DA LEITURA DA DENÚNCIA, QUE PODE CITAR TODOS OS ENVOLVIDOS, RESSALTANDO QUE OS DEMAIS ESTÃO NA JUSTIÇA COMUM POR NÃO TEREM FÔRO PRIVILEGIADO, MAS DANDO AOS JUÍZES O ARCABOUÇO LÓGICO, FACTUAL E PROBATÓRIO NECESSÁRIO PARA JULGAREM). Assim, é a Lei, assim sempre foi aplicado antes, só não o foi nesse caso, e será aplicada de maneira correta com Eduardo Azeredo. A “revolta” da esquerda não é por Azeredo receber um benefício legal a que tem direito(perdeu o fôro privilegiado ao renunciar ao mandato de Deputado Federal e deve ser julgado na Justiça Comum), mas por esse direito não ter sido dado aos petistas. Não gosta-se da Lei por parecer injusta? Concordo, mas é ela que está valendo agora e deve ser respeitada, PARA TODOS E NÃO SÓ PARA OS AMIGOS. QUEM NÃO GOSTAR DELA, INCLUINDO-SE MEMBROS DO STF, QUE LARGUEM A TOGA, CANDIDATEM-SE A UM MANDATO PARLAMENTAR E ELEGENDO-SE TENTEM MUDÁ-LA, AFINAL, APESAR DO STF DEMONSTRAR PENSAR O CONTRÁRIO, LEIS SÓ PODEM SER MUDADAS NO PARLAMENTO. Observações como essa evidenciam o caráter político e de exceção desse “julagmento”, onde pessoas foram CONDENADAS SEM PROVAS E NÃO PELA “INTERPRETAÇÃO” QUE ALGUÉM DEU A UMA PROVA CONFORME SUA INCLINAÇÕES POLÍTICA, POIS NÃO HAVIA PROVA NENHUMA, EXPLICITANDO A QUE PONTO CHEGOU O GOLPISMO DO STF E DO JUDICIÁRIO BRASILEIRO(QUE SEMPRE FOI REACIONÁRIO, MAS DIANTE DO DESESPERO CONSERVADOR PELO SUCESSO DOS GOVERNOS PETISTA E A PROXIMIDADE DE UMA VITÓRIA ACACHAPANTE DE DILMA EM 2014, PERDEU TODOS OS PUDORES E PISOTEOU AS GARANTIAS E RITOS PROCESSUAIS MAIS ELEMENTARES, INSERIDOS NO DIREITO OCIDENTAL ATRAVÉS DE SÉCULOS DE LUTA DOS OPRIMIDOS PARA AO MENOS IMPLANTAREM NO ARCABOUÇO LEGAL, CONSTRUÍDO PELOS DOMINADORES, ALGUMAS REGRAS QUE OS PROTEGESSEM; COMO POR EXEMPLO A NECESSIDADE DE PROVAS PARA SE CONDENAR ALGUÉM POR ALGO OU A PRESUNÇÃO DE INOCÊNCIA; EVIDENCIANDO-SE ASSIM QUE O BRASIL SOFREU UM RETROCESSO CIVILIZATÓRIO DIGNO DE UM GOLPE, NÃO MILITAR, MAS TOGADO E MIDIÁTICO, PERPETRADO PELO QUE EXISTE DE MAIS ATRASDO NO PAÍS PARA TENTAR DESTRUIR AS MUDANÇAS QUE VÊM OCORRENDO NO BRASIL DESTINADAS A CONSTRUIR-SE UMA NAÇÃO DIGNA. GOLPE ESSE QUE COMEÇA A SER REVERTIDO.

  • Ficou tão evidente a politização ideológica desse julgamento que o supremo começou a temer o legado histórico do “maior escândalo de corrupção da história” até porque a acusação não se sustentará num curto espaço de tempo, a farsa esta se desmoronando, o inquérito secreto engavetado pelo Barbosa vai sair do armário, Pizollato na Itália diz que possui provas que a grana do visanet não era dinheiro público, muita coisa vai aparecer sobre o “mentirão”

  • GRAVE ALERTA DO MINISTRO JOAQUIM BARBOSA Á NAÇÃO

    “Esta é uma tarde triste para este Supremo Tribunal Federal, porque, com argumentos pífios, foi reformada, jogada por terra, extirpada do mundo jurídico, uma decisão plenária sólida, extremamente bem fundamentada, que foi aquela tomada por este plenário no segundo semestre de 2012. Peço vênia à maioria que se formou e voto pela rejeição dos embargos infringentes.

    Uma maioria de circunstância, formada sob medida para lançar por terra todo o trabalho primoroso levado a cabo por esta corte no segundo semestre de 2012. É a isso que nós acabamos de assistir. Inventou-se inicialmente um recurso regimental totalmente à margem da lei com o objetivo específico de anular, de reduzir a nada um trabalho que fora feito. Sinto-me autorizado a alertar a nação de que este é apenas o primeiro passo. Essa maioria de circunstância tem todo o tempo a seu favor para continuar na sua sanha reformadora.”

    Acorda, Brasil antes qeu o golpe esteja consumado

  • O partido oPSOLeto também tá defendendo patrulhamento ostensivo e perseguição máxima aos réus da farsa do mensalão. Luciana Genro, uma de suas porta-vozes (que aceitou ser vice do Randolfinho, amigo dos Capiberibe, dinastia política do PSB do Amapá), disse com todas as letras que ‘mensaleiros têm privilégios’ -> ela também é leitora da Veja, pelo visto. Depois se dizem socialistas, progressistas e o escambau, mas andam sempre junto com o chorume.

Deixe uma resposta