Cobertura do Mais Médicos em SP fortalece Padilha e explica ataques

Análise

Uma breve pesquisa na internet ajuda a explicar a tempestade que se abateu sobre o pré-candidato do PT a governador de São Paulo, Alexandre Padilha. São Paulo, para quem não sabe, é um dos principais destinos dos profissionais do programa Mais Médicos, implantado pelo pré-candidato do PT durante sua gestão no Ministério da Saúde.

Vamos aos números. Até aqui, o Sudeste foi a região que mais recebeu profissionais do programa federal, com 4.170 médicos; o Nordeste ficou em segundo, com 4.147 médicos; o Sul, com 2.261; o Norte, com 1.764; o Centro-Oeste, com 893. Juntas, as regiões Sul e Sudeste receberam 6.431 dos 13.235 profissionais do Mais Médicos existentes hoje no país.

São Paulo tem 287 municípios contemplados pelo Mais Médicos, ou 44% dos seus 645 municípios. Nesse universo de pequenas e grandes cidades paulistas, a população mais carente desses lugares passa a ter, muitas vezes pela primeira vez, a presença de um médico por perto.

São Paulo, portanto, agora tem 100% da sua demanda por médicos atendida pela iniciativa do governo federal. São 2.101 médicos em 287 municípios. A atuação desses profissionais vai beneficiar 7,2 milhões de paulistas, ou quase um quarto do eleitorado do Estado – hoje com cerca de 30 milhões de eleitores.

As classes média-média e média-alta, com seus planos de saúde, acham que embromam o povão com essa história de médicos cubanos escravos. O povão está vivendo ao lado desses médicos. Devido à natureza do povo cubano, seus médicos estão se misturando à população, estão ficando conhecidos. Alguém acha que nesses locais beneficiados irão acreditar nessa história?

O povo atendido pelo Mais Médicos sabe muito bem quanto esses profissionais eram necessários nessas regiões em que médico não dava as caras, obrigando legiões de pobres coitados a se deslocarem para as regiões que dispõem de médicos, mas sofrendo durante horas com a viagem para muitas vezes conversarem com eles durante 15 minutos.

A expectativa da direita paulista é a de que exista mais classe média-média e média-alta em São Paulo do que povão sem plano de saúde e que não tinha acesso a médicos e que agora passa a ter. Tolice. Ignorância da realidade. A classe social beneficiada pelo Mais Médicos é maioria esmagadora.

Ora, mas são “só” 7 milhões de beneficiados pelo Mais Médicos em São Paulo, dirão os mais desatentos. Não é bem assim. Os 7 milhões beneficiados são os atendidos diretamente, mas essas pessoas beneficiadas têm amigos, parentes, colegas de trabalho etc. E sobre essas pessoas de seu círculo de relações sociais exercerão influência, contando do benefício.

O mesmo vale para o Brasil. Quem tenta enxergar a realidade do país através da mídia acha que todo mundo é contra o PT. Ocorre que na mídia quem fala é um contingente diminuto, quem ouve é um contingente diminuto dos brasileiros. A maioria vive em outro mundo e não é ouvida nem em pesquisas de opinião.

Padilha, portanto, ainda será muito alvejado, nesta campanha. Isso porque na hora em que o eleitorado beneficiado pelo Mais Médicos souber que o autor do programa é candidato a governar o Estado por certo irá votar nele em peso, pois o programa implantado pelo pré-candidato do PT tem uma aprovação próxima à unanimidade no país todo.

O PT tem uma candidatura forte para o governo do Estado e um adversário dessa candidatura que está se enfraquecendo e que pode se enfraquecer muito mais quando as pessoas passarem a pensar em eleição.

O cartel tucano no metrô e na CPTM sumiu da mídia para não afetar Alckmin, mas durante a campanha eleitoral o assunto vai ressurgir. Uma CPI está sendo criada no Congresso. Não vai dar para esconder dos paulistas que o sofrimento deles nos trens decorre da corrupção na compra e na reforma destes.

Alckmin não é cobrado na mídia, mas será cobrado na campanha.

Aliás, a premissa que embasa este texto vale para as eleições em todos os níveis. Hoje, só a oposição fala – através da mídia “isenta”. Mas se a campanha na TV e no rádio for bem feita, ficará difícil convencer os brasileiros a trocar a melhora de vida que vêm experimentando por catilinárias ideológicas contra Cuba ou sobre “corrupção”.

Na hora em que o brasileiro tiver que colocar seu ganha-pão e seu novo padrão de vida em jogo numa aposta eleitoral, quem conhece este povo sabe que irá votar pelo que tem na mão, não pelo que lhe prometem dar aqueles que, quando ocuparam o Poder, não deram nada, razão pela qual foram defenestrados pelos eleitores.

178 comments

  • Uma resposta objetiva não seria ruim desta vez, sem proselitismo: por que os cubanos trabalham no Brasil ao arrepio da CLT?
    Os fins, a causa, a saúde da população, justifica o desrespeito à lei trabalhista?

    Ps se alguém se der al trabalho de responder, que seja direto, não falei nada da ditadura hereditária dos Castros para não melindrar os filhotes do comunismo.
    Viva a Coréia do Norte. Lamarca vive em pensamentos lá.

    • Gozado que os cubanos trabalham no Brasil “ao arrepio da CLT” e a Justiça, o Ministério Público, ninguém faz nada. Sabe por que, porque você inventou isso. A segurança jurídica do Mais Médicos é total. Não existe ilegalidade alguma. Mas é tão comovente vocês extremistas de ultradireita preocupados com os cubanos. Preocupe-se um pouco com crianças, adultos e idosos que jamais na vida se consultaram com um médico e que só agora estão conseguindo. Esses são seus compatriotas. Preocupe-se com eles. Os médicos cubanos estão soltando rojões por estarem no Brasil. Essa historinha de “arrepio da CLT” e de “escravidão” só cola entre a sua turma. O povão sabe muito bem quanto está sendo beneficiado. Daqui a uns seis meses a gente conversa.

      • Excelente resposta Edu. Esses velhacos da direita sabe muito bem distorcer as situações a seu (deles) favor. Com essa conversa travestida de jargões emprestados do direito. “… ao arrepio da CLT…” é ridículo, pedante demais, rsrsrsrsrsr.

      • Estes direitistas não tendo argumentos fundamentados, são iguais aos seus lideres políticos, que não tem soluções ou alternativas para os pobres. Para as elites tem todas as soluções e alternativas. Já caminham para 12 anos fora do Planalto e caminham para ficar mais 4 anos. Sem dúvida essa turma está preocupada com os cubanos, mas não se preocupam com o povo brasileiro.

        • Ahá, bem observado!! Quando Aébrio Neves ou outros falam em “flexibilizar” direitos trabalhistas, ou seja, acabar com eles, a direita fica eufórica. Mas agora fingem ser defensores da CLT. Haja hipocrisia.

          • Eu sou a favor de flexibilizar a legislação. Especialmente o fgts-um fundo que rende pouco e é usado pelo governo para “financiar” “obras”. Se fossemos livres essa grana seria sua para usar a seu bel prazer…

      • Eduardo
        Repare que coincidência.
        Eles não gostam de Cubanos, de Hatianos, de Nigerianos.
        Eles não gostam de Negros seja lá de onde forem.
        Na verdade se pudessem fariam exatamente como os “Cheirosos e Limpinhos” Europeus nos jogos atirando bananas e imitando Macacos.
        Eles na verdade são Racistas escondidos atraz de Pseudo – Ideologias.
        São supremacistas.

        • Verdade!

          No final das contas toda a “ideologia” da direita se resume a preconceito. A forma mais repugnante é o preconceito racial, mas o mais abrangente é o preconceito contra os “pobres” em geral.

        • Bem lembrado! e aposto que o lambe-botas dos Brancos de Olhos Azuis é um moreninho brasileiro como, de resto, somos todos. A diferença reside apenas no nosso amor a esta nação mestiça.

          • Ontem no Roda Viva ,Padilha foi firme ao responder aos ataques do mais medicos “meu compromisso é com a população que não tem convenio nem medico” surpreendeu Augusto Nunes ao informa-lo que não tem plano de saúde e lembrou ao entrevistador que ele é medico ,ontem FHC soltou mais uma perola: os salarios estão subindo mais do que a produtividade das empresas ! hoje na carta capital ficamos sabendo que a USP está falida ,declaraçao do proprio reitor ,fora a seca no sistema cantareira que desnudou que os tucanos estavam privatizando uma compania de saneamento basico com distribuição de dividendos entre acionistas !
            o que o PSDB tem de bom para mostrar ,o que?

      • Eduardo, quem sabe se a dialética da água mole ajuda essa gente entender que MISSÕES são ações de voluntariado que se justificam à diferentes títulos. Ora, é isso que quer dizer a presença dos médicos estrangeiros. O governo abriu uma frente para missões estrangeiras nesse campo. Cuba já tem tradição nesse tipo de atividade. Ora, muito simples, certos governos exportam carros, alguns até de luxo. Outros podem ter outras coisas, como por exemplo população com bom nivel de escolaridade e até muito médicos. Tal é o caso de CUBA.

        • Concordo plenamente. Já disse algumas vezes e desafiei quem fosse quando questionaram a revalidação: no Haiti, África ou outros países necessitados se exigiu prova para os médicos brasileiros que lá atuam? Se exigiu o famigerado registro? Alguém questiona que muitos brasileiros pouco ou nada recebem nesses países se não o necessário? Não. Apenas no Brasil esse tipo de missão humanitária (sim, é isso mesmo) é questionada.

      • Dar crédito a troll? Perda de tempo!! Esse tipo representa o pensamento das classes que só pensam e defendem interesses próprios, nunca do povo e adoram tumultuar, polemizar, porque são vazios de bons conteúdos e de bom senso. Para eles, o povo nunca existiu, a não ser em eleições. Em uma campanha eleitoral limpa, transparente, jamais sairiam vitoriosos. Por isso, eles têm que apelar!!!

      • Edu, venho dizendo isso há muito tempo. Observe a diferença. Um médico colombiano, pega um avião e chega aqui no Brasil querendo exercer a medicina. Ele vai ter que fazer uma prova, chamada Revalida e obter um visto de trabalho no Brasil. Depois, assina um contrato, com base na CLT e vai trabalhar por 2 anos! Um cubano, vai a seu governo e diz que quer participar do programa Mais Médico no Brasil. Cuba, prepara o médico com formação, ele assina um documento e recebe o passaporte para vir ao Brasil. Aqui ele é recebido pelo Ministério da Saúde que lhe coloca num curso de formação e depois lhe envia para uma cidade do interior do Brasil. Ele não faz o revalida, pois não vai trabalhar em todo o território brasileiro. Mensalmente ele recebe uma Bolsa remunerada do Programa Mais Médico, que não é um contrato e o resto é depositado em Cuba. Depois de 2 anos ele volta para Cuba. Portanto, os cubanos não são regidos pela CLT, pois são bolsistas de um programa internacional. Os estudantes brasileiros recebem igualmente estas bolsas para estudar e fazer estágio em outros países.

    • A CLT (que o PSDB quer extinguir) é para trabalhadores brasileiros. Os trabalhadores do “Mais Médicos” são argentinos, uruguaios., portugueses…e cubanos que EXCEPCIONALMENTE NUM MOMENTO DE GRAVE NESSIDADE estão dando assistência médica aos brasileiros. Se você se informar melhor vai saber que nos momentos de CALAMIDADE PÚBLICAS as regras podem mudar se for para ajudar as pessoas…

      Meu caro, as leis existem para ajudar as pessoas…não para dar emprego aos advogados ou juízes!

      O MAIS MÉDICOS só está ajudando os brasileiros…e os médicos inscritos no programa o fazem de livre e espontânea vontade…quer que desenhe?

        • Eles não perderam os empregos deles em Cuba. O Brasil repassa para Cuba o que é aprovado em contrato com aval da OMS.

          Os cubanos que vêm para cá vêm por vontade própria, com a vontade de salvar vidas. Diferentemente de muitos médicos mercenários, que querem apenas criar uma reserva de mercado nos grotões para servir ao bel prazer deles.

          • Acho que ele pode mesmo ganhar.
            To me lixando. Gosto apenas de conversar. Nao tenho a menor esperança no Brasil.

            Olhai (e nao venham falar que é conspiração e blablabla):

            http://globalpublicsquare.blogs.cnn.com/2014/04/21/what-happened-to-brazil/

            A pobreza mental do brasileiro é desestimulante.

            Novela, batucada, futebol, cachaça e cerveja rala com amendoim.

            No fundo, asfalto esburacado, fino. Hospital fracassado. Trem sucateado…. Estadio superfaturado, trombadinha, sequestro… E por aí vai.

            Se nao bastasse, temos aí a elite intelectual escrevendo em blogues- colocando a dicotomia esquerda do bem x direita do mal.

            Como tivemos um passado ditatorial, mesclou-se o conceito da esquerda com aquele de ser contra a ditadura. Equivoco.

            Imagine- o esquerdinha é a favor da paz e do amor. Ora, quem poderia ser contra isso, certo? Ahhhh a direita egoista, racista, homofobica!!!

            A diferença esta nos meios. A tchurma quer que o governo tire de quem é melhor, mais esperto, mais rico- e “dê”.
            A ” desigualdade” os incomoda. A miseria, nao a desigualdade por si só é que incomoda…. Tem invejinha no meio. Inveja é dose. Vejam essa coluna do seu amigo Rodrigo Constantino:

            http://m.oglobo.globo.com/opiniao/a-idealizacao-da-inveja-12326431

            PIG! Lei de meios! Controle social ! Ditadura midiática!!!

        • Se os médicos cubanos ganham uma ninharia, o que dizer do Armínio Fraga, principal conselheiro econômico de Aécio, dizendo que o Salário Mínimo está muito alto. Os médicos cubanos ganham muito mais que o salário mínimo e é uma ninharia? Então o salário mínimo não está alto demais. E no entanto a proposta dos conselheiros econômiucos do Aécio é reduzir os salários.

          MAs espanta-me a preocupação que o troll tucanalha demonstrou em relação à CLT. A maioria dos médicos de estados e municípios governados pela oposição tucanomidiática trabalham através de “cooperativas” (máfias) que não oferecem contratação pela CLT, mantendo vínculos empregatícios precários com os médicos, embolsando a maior parte do que os governos citados pagam e mantendo os seus médicos recebendo menos que recebem os médicos cubanos do programa Mais Médicos.

          Claro que tem a contrapartida, esses governos emplumados fazem vistas grossas à prática de assinar o ponto no hospital público e sair pra ir trabalhar em clínicas particulares, daí a falta de mobilização dos médicos em relação à exploração das “cooperativas” (máfias).

          Disso nem este nem nenhum outro troll tucanalha reclamam.

    • proselitismo de quem?
      a troco de que o imparcial objetivo valterLEI mistura mais médicos com coréia do norte e lamarca?
      a troco da cabecinha feita por veja globo carimbando TRABALHISMO Comunismo?

    • Á sua sordidez respondo com uma filosofia: Todo aquele que faz dos conhecimentos (academicos, culturais) uso egoístico comete crime de lesa humanidade. São hipócritas e fraudam o JURAMENTO. Medicos brasileiros; muitos formados em instituições do Estado querem manter privilégios indevidos.
      Chegam ao desplante de fazerem passeatas financiadas para manter esses privilégios. O mais grave uma paradoxal inveja dos que praticam o juramento. Inveja daqueles que amam autenticamente o ser humano no SERVIR.
      Responderão à quebra do juramento.

    • “O artigo 1º do Decreto Lei 2.271/1997, do governo FHC, permite a contratação de terceirizados para ‘atividades de conservação, limpeza, segurança, vigilância, transportes, informática, copeiragem, recepção, reprografia, telecomunicações e manutenção de prédios, equipamentos e instalações’”
      Engraçado, não vejo nenhum tucano indignado com exploração do trabalhador Brasileiro, ou seja, Brasileiro pode?

      • Terceirização è contrato com uma PJ, que por sua vez tem funcionarios. É prejudicial ao trabalhador. Mas não è bizarro como o mais médicos.

        • Brinco!!!!! Ôoooooo Brinco! Repetindo o que o o cidadão acima escreveu e você não quer entender: “O artigo 1º do Decreto Lei 2.271/1997, do governo FHC, permite a contratação de terceirizados para ‘atividades de conservação, limpeza, segurança, vigilância, transportes, informática, copeiragem, recepção, reprografia, telecomunicações e manutenção de prédios, equipamentos e instalações”‘.

          Os médicos cubanos são contratados em Cuba por uma organização internacional. Eles vem ao Brasil e tem toda liberdade de desistir a qualquer momento e voltar para o seu país. Se os cubanos se consideram prejudicados aqui, por que a maioria deles não fugiu e foi solicitar asilo nos consulados dos EUA?

          Brinco, prejudicial ao trabalhador foi o que o teu partido tentou fazer e não conseguiu, foi a tentativa de acabar com a CLT e deixar que todo patrão definisse as condições de trabalho e salário com os seus empregados.

          • Clt tem que ser revista. Me incomoda contr sindical obrigatoria e tambem o fgts quefica “preso”… Freedom!

          • Nigro: te incomoda a CLT?
            Então já sei, você não é um funcionário “ceéletista”, mas entendo a sua inveja com a CLT.
            Me incomoda o imposto sindical e a a contribuição assistencial (essa é facultativa, basta pedir pra não descontarem) ao sindicato. Meu sindicato faz campanha todo ano contra o imposto sindical e devolve-me 60% dele.
            Me incomoda o FGTS preso, a rentabilidade da sua aplicação é que precisa ser revista, mas não me incomoda a multa de 40% se demissão sem justa causa.
            Não me incomoda: 1 mês de férias remuneradas, 13°, PLR, descanso semanal remunerado, hora-extra, etc..
            Trocar todos esses benefícios pelos 8% do FGTS? Não, obrigado.
            Vai pra China, lá não tem CLT, uma das causas do “custo brasil” segundo os analistas da direita, e ainda tem crescimento do PIB acima de 5%a.a.! Olha só que paraíso pros tucanos.

    • Não estou nem aí se são médicos cubanos ou chineses ou egressos da lua.

      O importante é que eles estão no Brasil por sua própria vontade, atendendo onde os médicos brasileiros não querem ir.

      Aliás, acredito que o grande incômodo de alguns médicos contrários ao Programa “Mais Médicos” é com a concorrência, por que a medicina cubana é boa. E um pouco de concorrência faz bem.

      Fora isso, o resto é bla-bla-blá vazio.

      • Os capitalistas brasileiros amam o capitalismo, desde que seja sem concorrência. Quando a Caixa e o BB derrubaram os juros, uma procissão de banqueiros foi reclamar com o Mantega. Capitalismo é concorrência.

        Os médicos brasileiros não querem ir para os rincões, querem montar clínicas de luxo nas grandes cidades e conseguir uma boquinha em órgão público, para depois usar dedos de silicone para marcar o ponto.

      • Luis, sobre o quanto o MAIS MÉDICOS incomoda os médicos brasileiros, é uma grande verdade. Quem trabalha com eles seja em hospitais, consultórios, postos de saúde, etc., convivem com eles fazendo críticas ao Padilha, Dilma, acabando com o PT, tentando fazer a cabeça dos funcionários, pacientes, acompanhantes, enfim, jogam a ética no lixo e usam dos meios mais baixos e covardes, para criticar e falar mal desse programa MAIS MÉDICOS, eles descaradamente fazem campanha contra o governo.

    • Quanta hipocrisia, os que combateram e combatem a CLT viram seus defensores ferrenhos. Os mesmos que lutaram e lutam contra PEC do Trabalho Escravo, são os “libertadores de escravos cubanos”, pois é uma tragicomédia essa nossa elite.

    • Valterlei, você é rídículo com a sua argumentação tucano-pefelê. Você faz parte de um partido, melhor uma organização estilo famiglia: o PSDB-PFL, que fez de tudo para acabar com a CLT nos anos em que o finado FHC governou porcamente o Brasil. A sua organização mafiosa denominada PSDB-PFL quis de todas as formas brecar e impedir os direitos trabalhistas para as empregadas domésticas, não queriam que elas tivessem os mesmos direitos garantidos na CLT. Agora vem com esta de dizer que os cubanos estão sendo explorados! Os cubanos vieram de Cuba já sabendo o que receberiam no Brasil (mesmo assim pessoas como você foram vaiar os cubanos nos aeroportos), se eles estão na condição de escravos, por que a maioria deles não fugiu de seus serviços e foi pedir asilo nos consulados dos EUA e outros países que são contra Cuba?

      Valterlei, você é tão rídículo quanto os jornalistas do Roda Morta que tentaram massacrar o Padilha, nosso próximo governador a assumir São Paulo em 2015 e eleito por milhões de pessoas cansadas de dar atenção a pessoas rídiculas como você que governam São Paulo há mais de vinte anos.

      O Padilha deu baile nos jornalistas do PSDB, explicou muito bem o que quis e não caiu nas armadilhas que os jornalistas rídiculos, tal qual você, tentaram fazer.

      Valterlei ridículo, pode babar de raiva, pois o Padilha vem aí!

    • Eu tenho certeza absoluta que jamais estarás preocupado com alguma Lei, principalmente trabalhista. Estás é com a mesma paranoia de Regina Duarte, estou com medo. Medo. Medo e não sabe de que. Medo de comunistas. Ora, faz um movimento trabalhista defendendo o trabalhador brasileiro. Que tal 40 horas semanais ou 14º salário.

    • Bolsas de estudo dadas pelas instituições de fomento à pesquisa como as FAPs e o CNPq também são ao arrepio da CLT.E são dadas a brasileiros que trabalham, pesquisam, são principais responsáveis pela produção científica do pais e não têm garantias de regulamentação de férias, 13º e aposentadoria. Converse com mestrandos, doutorandos ou pós-doutorandos, ou ainda participantes de programas como jovens pesquisadores e você vai ver que os médicos do mais médicos são privilegiados.

  • Edu! tu tá pegando fogo meu filho! Posts todos os dias agora! Tu cheio de munição rapaz!
    Agora dá para se ver melhor o quanto o PSDB de SP está perdendo os cabelos! Vão quebrar o recorde de sujeira jogada em seus oponentes.

          • Está gravado, estúpido!

            Mas o Silvio Caldas teve que largar seu mestrado na Universidade Ariovaldo de Almeida Prado pra vir até aqui te explicar o contexto da fala de Lula.

            Outro dia Lula disse que estava fora, mas quando chegasse ao Brasil falaria sobre Pasadena.

            A manchete que saiu estampada no Gafe (Globo, Abril, Folha e Estadão):
            “Lula diz que está por fora sobre Pasadena”.

          • Ô Araújo e Silva, deixe-me desenhar para você, preste atenção.

            Existe uma coisa chamada CONTEXTO. Ela não é só uma desculpa, ou uma justificativa como deve parecer-lhe, mas uma circunstância, o que dá sentido ao que se diz, o que situa a informação na realidade. Aquilo que se comunica só pode ser entendido se não for isolado de seu contexto!

            Aí você, para fazer essa sua afirmação idiota, quebra uma frase, pega um pedaço e sai por aí derramando besteiras como se fossem verdades. Mas não se preocupe. A culpa não é sua. Afinal você nem sabia que tinha feito isso, não é?

            Bom, acho que você deve ter conseguido entender até aqui. Se não, faça um esforçozinho que vai. Tente ler de novo, ou arranje coragem e pergunte para alguém que saiba mais do que você.

            Continuando…

            No vídeo Lula está dizendo que o mensalão foi uma montagem e que o tempo se encarregaria de mostrar que foi julgado políticamente e não tecnicamente. A uma certa altura, a entrevistadora percebendo a oportunidade arma uma arapuca para o Lula. Ela o interrompe dizendo “… mas homens de sua confiança estão …”. Ele entende a implicação dela e retruca explicando que o que está tratando naquele momento não tem nada a ver com confiar ou desconfiar de alguém, mas da sua certeza que o processo foi uma grande mentira. Diz o ex-presidente: ” Veja, não, não… Sabe, não se trata de gente de minha confiança, sabe, ahh… ahh, tem companheiro do PT preso, eu indiquei seis pessoas para o Supremo, (…), o que eu acho, o que eu acho é que não houve mensalão… O que o contexto diz? Lula estava desqualificando a intervenção da repórter, que forçou a inclusão do ex-presidente na farsa, como vocês, aprendizes de papagaios, gostam de repetir para ver se cola.

            Se ainda não entendeu, reclame. Posso colorir para você.

            Um abraço.

          • Presta atenção no serviço, Brinco.

            Você só pode estar interpretando errado o que disse Lula por pura má fé. Você nem é tão burro assim como está se fazendo passar.

        • Edu, o que o Araújo não quer admitir é o contexto da entrevista, pelo qual se depreende que Lula não se refere aos condenados da AP-470 e sim que os indicados ao cargo de Ministro do Supremo não são indicados na condição de pessoas de sua confiança.

          Outra compreensão possível é a de que as pessoas – as que foram condenadas e as que condenaram – não devem ser vistas (antes de qualquer análise, de serem vistas no sentido de predicados de vínculo de qualquer natureza com ele, o ex-presidente) e sim como pessoas que cumpriram seu papel sob a lógica de suas consciências, independente do que possa parecer ou suscitar alguma relação. Em outras palavras, que as pessoas não podem se escudar em Lula, ou na hipotética relação com ele, para justificar seus atos. Cada um cumpriu o seu papel da maneira que assim decidiu.

          A única compreensão que não é possível fazer é a de que Lula estaria renegando o conhecimento exclusivamente com os presos na Papuda.

          De qualquer forma, nos resta imaginar que não ouviram direito ou não quiseram ouvir o conteúdo de acordo com o contexto da conversa, cuja base de argumentação girava em torno do fato mais que batido que é a história do julgamento ter sido político, e não jurídico. É o que reafirma Lula ao final da resposta quando diz que a intenção desse julgamento político era destruir o PT.

          Fora isso, só mesmo constatando o que não quero fazer, que é admitir a ausência de capacidade cognitiva dos que ouviram o que não foi dito.

      • Sr. Araújo
        Não estou aqui para defender o apedeuta. Longe de mim tal sandice..
        Mas….
        Veja o texto de VEJA. com:

        “…Na entrevista concedida à imprensa portuguesa, Lula tentou se dissociar dos mensaleiros que o ajudaram a fundar o Partido dos Trabalhadores, nos anos 1980, e a conquistar o mais alto posto da República, em 2002. Ele afirmou que embora haja “companheiros do PT presos, não se trata de gente da sua confiança”….”

        Agora veja o que o Sapão disse:

        https://www.youtube.com/watch?v=FZbDUfpQtJs

        Claramente a nosso Semanário preferido, cumprido o sagrado dever de informar, deturpa tudo…

        Quando ele diz “não se trata de homens de minha confiança”, na realidade ele refere-se ao fato de que não importa se este ou aquele são ou não da confiança dele. Ora pois…

        Agora vou embora. Estes antros comunistas me dão urticária…

        • Valeu, Silvio Caldas, brigadão pela palhinha.

          Sou admirador de toda a turma “Ariovaldiana”; se precisar de um lustro nos sapatos é só avisar.

          • Muito grato Nobre Leaks

            Quando pensei em entrar aqui, antevi reações tipo a do Sr. Luiz Henrique. Mas não me contive. A causa falou mais alto.
            Ao ler a reportagem de VEJA.com, afirmando categoricamente que Lula havia dito com todas as letras que Dirceu e Genoino não se tratam de homens da confiança dele Lula, pensei: “Das duas uma: ou o alzheimer pegou o Sapão, ou os doutos redatores do meu semanário do coração encontraram alguma brecha interpretativa na fala do língua presa…”. Ai fui procurar o vídeo no You Tube. E pimba, não deu outra, alternativa 2 na cabeça…

          • Luiz… Luiz… Calma, meu querido.

            Você não está errado em se indignar nem na dosagem da reação, só precisa escolher melhor seus alvos.

  • Caro Eduardo e demais
    A omissão de socorro, criminosamente construídas nos últimos 500 anos, pelos quinhentistas hereditários, são os mesmos que colocam a questão do CLT, que tanto eles combatem.
    Quando surgiu a PEC das Domésticas, esses mesmos grupos espernearam, por achar isso absurdo.
    Agora vem com essa conversa.
    Qualquer avanço social, terá barreiras, construídas pelos quinhentistas e depois cobradas, pelos mesmos “humanistas”, para fazer travar os avanços sociais.
    Saudações

  • Edu,

    mais um grande post, meu caro! Pra cima deles, Padilha! Presidência, Governo de SP e Prefeitura de SP em 2015!!

    Agora uma questão: será que seria possível explicar o porquê do silêncio crônico do governo Dilma? Parece que há um medo patológico de se manifestar e rebater. Quem silencia em política, logo, logo vira Judas de tanto ser malhado!

    Abraços!

    • É paradoxal, porem como responder a mentiras, calunias a assassinatos de reputação. Conto que no segundo mandato tenhamos uma lei da midia. Incentivo à midia alternativa. que as empresas-imprensa sabem que desta vez Dilma não irá na Maria Braga.
      Veja já como mudou. O Blog “Fatos e Dados” da Petrobras está reagindo. Vamos lá comentar

  • ♫ Infelizmente, cada vez me convenço mais de que o único poder sólido neste país é o chamado “Quarto Poder”, a imprensa em suas diversas formas. Em que pese a ferocidade da dita cuja, já passou da hora do governo asfixiá-la, cortando a publicidade e usando sua prerrogativa de ocupar o espaço eletrônico que, afinal de contas, é público e cedido por concessão. Quanto aos jornais e revistas – que se debatem numa longa agonia – nada a fazer além de cortar toda a publicidade, apressando assim o fim dos áulicos da gorilada.
    Mas ando inquieto, porque parece faltar ao governo o que ele mais precisa: um plano de ataque e não de defesa. A guerra civil já começou e não podemos apenas reagir. Temos que agir; vamos para as ruas e para as praças, à semelhança do que fizemos na época das “Diretas Já” e do “Fora Collor”. Não há tempo a perder.

  • “” Ao arrepio da CLT “” . Mal infornado ou mentiroso .

    “” Não adote a desonestidade como princípio ético pou moral : ela acabará por esmagá – lo “” . Anônimo .

    Aviso que não sou, nunca fui e nunca serei petista .

    Entenderam ?

  • Caro Eduardo e demais leitores:
    Vejam a que ponto chega o corporativismo e preconceito da classe médica brasileira. Um dr., com minúsculas mesmo, tem espaço na folha, é claro, para emitir sua opinião sobre o programa Mais Médicos, destilando preconceito, desinformação e mentiras deslavadas:
    http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2014/04/1446098-miguel-srougi-mais-medicos—fragmentos-sobre-a-loucura.shtml
    Fico cada vez mais indignada com os médicos brasileiros corporativistas e mercantilistas. Tenho medo de ficar doente e precisar de um desses enroladores dos convênios, já que não posso pagar consultas particulares para ser bem atendida.

    • Enquanto os doutores se esmeram em combater o programa Mais Médicos, as mazelas do setor ficam cada vez mais expostas. É tudo por dinheiro: a Organização Mundial de Saúde recomenda que as cesarianas não ultrapassem 15% dos partos, no Brasil elas correspondem a mais de 50%.

        • Porque os médicos (não todos, é claro) incentivam. Pois assim, além de poder cobrar no mínimo o triplo, ainda programam para o melhor dia e horário para eles. Acompanhar parto normal em plena madrugada para quê…

          • Nada cara. O preço é acertado entre as partes, com antecedencia, democraticamente, mesmo que o parto seja normal. É uma relação profissional, aberta.

            Obvio que a conveniencia é maior na cesarea.

            Há ainda a chance de laquear no ato.

            A mulher brasileira nao nao quer sentir dor, criou-se essa cultura da cesarea. Aposto que as mulheres de muitos colegas do blogue fizeram cesarea…..

            Eu sou defensor da via normal mas nao julgo os outros.

          • Matou a pau!
            É exatamente isso: esse papo de madrugar pra ver os filhos dos outros nascer não casa bem com o ‘eshhtchilo’ de vida da classe médica brasileira.

            É uma relação profissional muito interessante (pro médico, é claro), do tipo caracú, onde o médico entra com a cara e o casal entra com o resto.

            Brinco, o Wirso tá dizendo: já pra casinha!

        • Não fala besteira. Deixei de ir a um ginecologista porque ele se recusava a fazer parto normal, ele só fazia partos por cesárea. Os médicos impõem medo ou fazem pressão mesmo, como esse que citei. Como disse o Edi Paasos, eles querem parto com hora marcada, nada de chamados de madrugada ou nos fins de semana. Além de ganharem mais e os hospitais também. Uma mulher que quer ter parto normal tem que lutar muito para encontrar um médico que queira fazê-lo.

          • No serviço público dizendo que estão seguindo orientação do SUS, vários médicos se negam a fazer uma cesariana em casos onde o parto normal é impossível, .A consequência dessa falta de respeito é o nascimento de crianças com paralisia cerebral dentre outras patologias, e em alguns casos a criança pode vir a falecer. Outros optam pela cesariana mesmo sem indicação . O critério de escolha é que os senhores “Deuses” não querem ser incomodados . É obvio que existem médicos que veem a medicina como sacerdócio e agem diferente ,mas ainda são poucos. A grande maioria realiza o procedimento que vai lhe dar mais dinheiro,quanto as consequências de uma escolha equivocada a paciente é que terá que assumir.

          • Nigro vc é um néscio mesmo ou se faz de? Ou talvez seja pago para trollar . Estamos falando de medicina social e vc vem com lei de mercado?

          • Nelia, o sus estimula- inclusive financeiramente- o parto normal. Sou favoravel. Há, como disse o outro comentador, um efeito ” colateral” de se vez o outra postergarem a cesarea.

            O elevadissimo indice de cesareas no Brasil ocorre em geral no sistema privado. Lei de mercado. Demanda. Oferta e procura. Todo mundo feliz.

    • É bom separar as coisas, Nelia. Li o artigo do Dr. Srougi e entendo que muito do que ele escreveu é fruto de preconceito ideológico. Não concordo com a ojeriza e agressividade que ele manifesta em relação ao programa Mais Médicos. Mas definitivamente, ele não é um dr. com letras minúsculas: trata-se de um dos maiores urologistas do mundo, internacionalmente reconhecido, ético, humano e querido por colegas e pacientes. Não sou rico, mas tive a imensa felicidade de ser por ele atendido em um momento difícil de minha vida.
      Hoje às 22h o Alexandre Padilha será entrevistado no Roda Viva da TV Cultura. Entre outras coisas, quem sabe o artigo do Dr. Srougi não vai ser jogado em sua cara pelo Augusto Nunes. Se isso acontecer, penso que o Padilha saberá rebater com firmeza mas também com fineza, separando o joio do trigo.

      • Com efeito, o Miguel Srougi é uma das mais respeitadas autoridades na comunidade médica internacional em vista de suas inúmeras e inestimáveis contribuições na área da cancerologia urológica. Caso raro de médico e professor admirado e respeitado por seus próprios colegas, e como bem o disse o companheiro acima trata-se de profissional desapegado à vaidade que seu imenso cabedal poderia levá-lo a ostentar.
        Acho perfeitamente normal que se discorde de suas posições, mas acho recomendável que, antes de fazê-lo de forma parcial e facciosa, ele seja lido com mais atenção e isenção.

      • Sr. Nelson, sei bem quem é o Dr. Srougi, mas não postei aqui para tecer loas aos seus feitos, ele é conhecido e reconhecido, etc, etc. Meu objetivo foi comentar um artigo em que ele expressa sua opinião pessoal de forma preconceituosa, desrespeitosa até , para com o programa Mais Médicos, demonstrando desprezo e desapreço pelos que desse programa se beneficiam. Um médico que não põe o bem-estar da população em primeiro lugar, sejam eles de onde forem, que não é capaz de reconhecer um bom projeto social porque feito pelo partido adversário não se encaixa na visão de medicina humanitária.
        Veja o que acham os sertanejos paraibanos dos médicos cubanos, em depoimentos colhidos pelo Padre Djacy Brasileiro:http://www.obeabadosertao.com.br/v3/pe.-djacy-brasileiro/.

      • E soube, viu. O Nunes fez exatamente isso, atirou o artigo na cara do Padilha. Mas ele respondeu muito bem e não se deixou intimidar. Aliás, ele jantou a tucanada de garfo e faca.

    • O texto é escrito por uma referencia no assunto. padilha não é referencia em nada. Nada.
      É muito bem fundamentado.
      Mas nao importa, seja esmola, pão, ou médico, o estado que dá coisas é que gera votos. E vai dar certo.

  • O rei do factoide ataca outra vez! Cobre do Ministro da Justiça o nome do Padilha ter aparecido em ligações perigosas. Você, jornalista tão destemido, deveria cobrar do responsável pela notícia e não da fraca oposição.(lembra do PT na oposição?, derrubou o,hoje, amigo Collor)

      • Não simplifique.
        Teve denuncia, cpi, processo… Lulla foi um dos articuladores. E hoje é chapa do Collor!

        E agora que o STF o absolveu- vocês, ex-caras pintadas, comemoram? Pergunta pro Lindenbergh Farias o que ele acha.

        Essa decisão do stf merece aplauso- e a dos mensaleiros, não?

        Lembro das passeatas “fora collor”. A turma toda faltou à aula para “protestar”. Eu não fui. Preferi ficar na aula, coisa de reaça.

  • Para certos setores políticos em cidades do interior e de muitas da Grande São Paulo, o “mais médicos” pode também ser fator de desestabilização de práticas clientelistas.
    Quem nunca ouviu histórias de vereador que arranja transporte para os pobres virem se cuidar na Capital de São Paulo?
    Nós, paulistas, preconceituosos que somos em nossa maioria, tendemos a querer fingir que práticas clientelistas grosseiras é coisa dos rincões do país, de “regiões atrasadas” etc. Mas o estado de São Paulo está cheio delas.

  • Ate concordo com tudo isso Edu. Mas eu só voltaria a acreditar de verdade no PT, quando o partido na sua inserção na TV começasse assim: Tela escura, letras brancas aparecendo, locutor com voz grossa e imponente falando ” O que vc verá agora, nunca saiu nem sairá na mídia, pois o espaço que temos pra falar com vocês ou eh por aqui em capanha eleitoral ou numa eventual vitoria na justiça com direito de resposta. Em outras palavras, os que comandam a “comunicação” no Brasil, nao querem que você saiba o que foi feito durante nosso governo” pausa de 3 segundos e começa os videos da propaganda eleitoral. Eheh. Mas isso nunca acontecerá. O PT eh composto por muitos covardes e poucos que são de fato combativos.

    • ” Mas eu só voltaria a acreditar de verdade no PT…”
      Tem certeza que seu nome é Júlio de Bem? Não seria, por acaso, Júlio do DEM?

  • Fonte: http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2014/04/absolvicao-de-collor-confirma-julgamento-politico-de-excecao-do-mensalao-1398.html

    Fora de Pauta, mas importante:

    Absolvição de Collor confirma julgamento político de exceção do mensalão
    Se ex-presidente foi absolvido por falta de provas e se beneficiou do entendimento de que é frágil a teoria do Domínio do Fato, os réus da AP 470 teriam de ser absolvidos pelo mesmo motivo
    por Helena Sthephanowitz publicado 28/04/2014 13:00, última modificação 28/04/2014 17:04
    Gervásio Baptista/SCO/STF
    carmemlucia.jpg

    A ministra Cármem Lúcia, durante sessão que julgou e absolveu o ex-presidente Collor

    Na semana passada, o ex-presidente Fernando Collor de Mello foi absolvido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) da acusação por desvios em contratos de publicidade ocorridos durante seu governo. A ministra relatora Cármen Lúcia rejeitou a teoria do Domínio do Fato apresentada pelo Procuradoria-Geral da República (PGR) alegando falta de provas concretas de que o ex-presidente tivesse conhecimento de atividades criminosas.

    Também rejeitou testemunhos que confirmaram o envolvimento do então presidente no esquema de corrupção durante o inquérito policial, mas não o reiteraram em juízo. Na Ação Penal 470, o chamado “mensalão”, o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) também se negou a confirmar em juízo as denúncias que fizera para a mídia, dizendo que era para não judicializar uma briga política.

    A ministra invalidou depoimentos de corréus ou informantes ao Congresso, por não poderem ser admitidos como prova única para uma condenação, uma vez que não prestaram juramento de dizer a verdade. Na AP-470, Roberto Jefferson era corréu e seu depoimento na CPI não foi invalidado.

    E mais: Cármem Lúcia lembrou os antecedentes de Collor em seu voto, recordando que o ex-presidente já teve 14 inquéritos no STF, oito petições criminais, quatro ações penais e mais de duas dúzias de habeas corpus, dizendo que em todos eles o réu foi absolvido por falta de provas – no julgamento da AP 470 José Dirceu, José Genoíno, Delúbio Soares e João Paulo Cunha não tinham nenhum processo criminal contra si antes do mensalão.

    A ministra absolveu Collor justificando: “No presente caso, no exame que fiz, não consegui encontrar elementos, quer de autoria, quer de materialidade dos fatos imputados”.

    Portanto, uma grande semelhança no argumento de falta de provas e de autoria com o caso da Ação Penal 470, mas total diferença na sentença final. No julgamento de Collor, os argumentos da defesa foram efetivamente levados em consideração, enquanto não tiveram o mesmo tratamento no julgamento do mensalão.

    Mas frisemos que, goste-se ou não de Collor, acredite-se ou não na inocência dele, o STF voltou a julgar conforme sempre fez. É dever do Ministério Público apresentar provas suficientes para haver condenação. Se não o faz, seja porque não existem, seja porque não procurou o suficiente, não há como condenar um réu, em um estado democrático de direito. Se assim não for, corremos o risco de que os tribunais passem a julgar conforme “a cara do freguês”, em vez de agirem com o princípio da impessoalidade e aterem-se exclusivamente aos fatos e não às pessoas.

    Mas, infelizmente, sobretudo para a nossa democracia, o que vimos o Supremo protagonizar na semana passada foi o clássico caso de dois pesos e duas medidas. Se José Dirceu foi condenado sem nenhuma prova sequer, com base apenas no “convencimento” dos juízes pelo que os magistrados leram no noticiário, se Collor foi absolvido por falta de provas, Dirceu, Genoíno e os demais também teriam de ser absolvidos pelo mesmo motivo, assim como os outros réus contra os quais não havia provas.

    Este fato reforça o caráter de julgamento político e de exceção da Ação Penal 470. Quanto antes houver uma revisão de todo o processo que repare, pelo menos em parte, algumas injustiças, melhor será para a imagem do judiciário brasileiro. Quanto mais tarde repararem o erro, pior ficará perante a história.

    A catarse do linchamento passa, as injustiças históricas ficam como mácula eternas.

  • …parte de Vosso texto… “mas sofrendo durante horas com a viagem para muitas vezes conversarem com eles durante 15 minutos”.

    Brincadeira Eduardo.
    “15 minutos” ??? ¿¿¿ ???
    ” Conversar” ??? ¿¿¿ ???
    Muitas vezes, a maioria das vezes; nem 5 minutos.
    Se realmente houvesse tempo de uma boa anamnese, o panorama seria outro.

    Independentemente de ser açao do Governo da Presidente Dilma, devemos reconhecer; que beneficia grande parte da populaçao.

  • PT tem que fazer como o Daniel Alves fez, pegou a banana e comeu. Já tem até uma campanha #somos todos macacos.Agora também sou macaca, sou brasileira com muito orgulho. Pois, está na hora do PT fazer a campanha #peganamentira e zoar, com os dados corretos, essa oposição que não tem mais utilidade para o debate político.

  • Por essa mesmíssima razão sempre disse que não foram os brasileiros que participaram das “manifestações” reacionárias de junho, ao menos não os brasileiros do Brasil real, mas sim uma minoria privilegiada, pertencente às retardas classes média e alta, como por sinal ficou comprovado até nas pesquisas realizadas pelos institutos controlados pela mídia conservadora. Entretanto, é necessário que se trave essa briga política agora, não esperando pelo horário eleitoral gratuito para iniciá-la. E a razão é bem simples : os barões midiáticos, desesperados com a inexorabilidade dessa sua afirmação, ou seja, de que com o horário eleitoral os cidadãos serão informados sobre o real estado do Brasil, tomarão ciência das conquistas dos Governo Dilma, que já estão presentes em suas vidas, mas agora lhes serão mostradas em conjunto, incluindo-se todos os avanços obtidos, que chegam de formas diferentes na vida de cada um(ou seja, algumas pessoas são beneficiadas por uma parte deles, outros por outras e só uma parte por todos); e com isso não trocarão a certeza da manutenção e aprofundamento das melhoras que vêm experimentando, e das que foram informadas na propaganda eleitoral, pela cantinela histérica dos “jornalistas” amestrados da oligarquia midiática, voltando a reeleger Dilma, como fizeram com Lula em 2006 e com a própria Dilma em 2010. Pois bem, certos de que isso irá ocorrer, os coronéis eletrônicos pretendem, dessa vez ainda com mais ênfase que em 2002, 2006 e 2010 devido aos fracassos obtidos nesses anos, instalar um clima de caos generalizado no Brasil , na esperança de assim tornar turva a compreensão dos eleitores até para as melhoras que sentem em suas vidas. É claro que é uma esperança vã, com chances mínima de ter sucesso, pois nosso povo é muito mais inteligente do que acreditam nossa arrogante classe dominante e o igualmente arrogante séquito de capachos que os servem; mas não devemos subestimar a capacidade de instalar o caos que os coronéis eletrônicos possuem, além do mais que, se não for suficiente para manipular a vontade popular, esse caos pode possibilitar a concretização do tão sonhado golpe de estado acalentado pelos conservadores, e que “voltou à moda em sua versão modierna”, ao menos em dois pontos da América latina, Honduras e Paraguai(sem contar as tentativas frustradas na Venezuela, onde um novo golpe já está em curso, Equador e Bolívia). POR ISSO É MAIS DO QUE URGENTE POLITIZARMOS ESSA ELEIÇÃO, OU SEJA, MOSTRARMOS AOS BRASILEIROS O QUE ESTÁ EM JOGO, NÃO SOMENTE NA ELEIÇÃO FEDERAL, MAS TAMBÉM NAS ESTADUAIS, ENTRE AS QUAIS A DE SÃO PAULO REPRESENTA UM MARCO POR ABRIR A POSSIBILIDADE DE UM PRIMEIRO GOVERNO DE ESQUERDA NO ESTADO MAIS NAZISTA DO BRASIL. Essa politização precisa ser feita de duas formas, a primeira e óbvia, a ser praticada por Dilma e pelos candidatos estaduais é denunciar a direita e seu projeto neo-liberal, sem contar seu conluio com os barões da mídia e a hipocrisia destes ao denunciarem somente o governo federal(aliás, mais do que “denunciarem”, criarem uma gama de acusações falsas e fatos deformados para atingirem o PT), enquanto escondem as acusações comprovadas contra a oposição conservadora. Por sinal, essa atuação política deve corresponder, no caso de Dilma ao uso mais do que urgente do Pronunciamento em Rede Nacional de Rádio e Televisão, além das oportunidades que tem de falar em eventos e atos políticos, PARA DENUNCIAR A CAMPANHA SÓRDIDA MOVIDA CONTRA O GOVERNO E O PT, LIDERADA PELA MÍDIA CONSERVADORA(GLOBO À FRENTE) E QUE PRETENDE A QUALQUER CUSTO DENEGRIR A IMAGEM DE AMBOS COM A POPULAÇÃO, NÃO POR EVENTUAIS ERROS QUE TENHAM COMETIDO, MAS EXATAMENTE PARA ESCONDER DOS CIDADÃOS OS ACERTOS DESSES DOZE ANOS DE GOVERNOS PETISTAS, ACERTOS QUE SIGNIFICARAM A CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA E QUE POR ISSO TANTO INCOMODAM OS EXPLORADORES, BENEFICIADOS PELA SOCIEDADE INJUSTA E EXCLUDENTE QUE SEMPRE EXISTIU NO BRASIL, CUJOS INTERESSES SÃO DEFENDIDOS COM FERVOR PELA MÍDIA E POR SEUS LACAIOS. A outra ação política indispensável também só pode ser empreendida por Dilma e diz respeito à esfera administrativa, qual seja CONTROLAR DE UMA VEZ POR TODAS A POLÍCIA FEDERAL, QUE SEMPRE FUNCIONOU COMO BRAÇO POLÍTICO DO PSDB(A DIVULGAÇÃO ILEGAL DO DINHEIRO APREENDIDO COM OS “ALOPRADOS” E A INVASÃO À CASA DO IRMÃO DE LULA SEM QUE O PRESIDENTE FOSSE AVISADO PREVIAMENTE SÃO PROVAS DESSE CONTROLE TUCANO NA PF NO PASSADO, COMO O É NO PRESENTE A PRISÃO DE UM EX-DIRETOR DA PF, SEM QUE DILMA DE NADA SOUBESSE E OS “VAZAMENTOS” SELETIVOS DA INVESTIGAÇÕES DA PF, SEMPRE DESTINADAS A INCRIMINAR PETISTAS). Por que a PF não vazou para a mídia as ligações de Youssef com o PSDB, conhecidas desde a época da CPI que investigou o Escândalo do Banestado!!!!!!!!??????? Ou não “vazou” para a mídia os nomes de outros políticos, além de Vargas, que constam nas mais “recentes” ligações de Youssef, como o do Senador Valdir Raupp, um dos “queridinhos” da mídia por atacar diariamente a Petrobrás!!!!!????? Algum ingênuo pode dizer que, mesmo que as tenha vazado, essas informações não seriam publicadas pela mídia conservadora. É verdade. Mas por que a PF não vazou essas informações para a mídia progressista que, pelo que me consta, nunca foi beneficiada por nenhum “vazamento” da PF que, como tudo oriundo da maior parte das instituições nacionais, tem a cara dos interesses da direita e do PSDB. Está na hora de Dilma assumir o comando da PF, o que só ocorrerá através da troca do Ministro da justiça(trocando-se o banana Cardoso por alguém com pulso para comandar a instituição)antes que o golpismo midiático/policial bata à sua porta, e também na de Padilha.

  • Piracicaba governada pelo psdb……tb recebeu mais medicos!!!! O PIG PERCEBEU O CRESCIMENTO DA CANDIDATURA PADILHA, AI OS FACTOIDES!!! AVANTE PADILHA DE JALECO BRANCO…..

  • Edu
    Ninguém tenta derrubar frutos podres das árvores… O programa Mais médicos incomoda tanto, mesmo antes de sua implantação pelo pavor da classe médica de se ver confrontada com profissionais que vieram para cuidar de pessoas. Humanizar a prática médica não é prioridade dos conselhos e associações médicas. Os belos frutos estão sendo colhidos pela população atendida pelos bravos médicos estrangeiros e certamente tambem pelo Padilha e pela Dilma em Outubro…

  • Depois dos cubanos, chegou a vez dos haitianos sentir na pele o racismo da tucanalha e seu admiradores.

    PSDB QUER OUVIR CARDOZO E IDELI SOBRE HAITIANOS

    http://www.brasil247.com/pt/247/bahia247/138134/PSDB-quer-ouvir-Cardozo-e-Ideli-sobre-haitianos.htm

    VIANA ENTRA NA JUSTIÇA
    CONTRA SECRETÁRIA DE ALCKMIN
    Governador do Acre, Tião Viana (PT-AC), como tinha prometido, entrou hoje na justiça do Acre como cidadão contra a secretária de Justiça do governador Alckmin, que o acusou de desempenhar o papel de coiote.
    “A elite paulista não entende a dimensão humana desse problema”, disse Viana

    http://www.conversaafiada.com.br/politica/2014/04/28/viana-entra-na-justica-contra-secretaria-de-alckmin/

  • Edu, acabo de ver o Roda Viva com o Padilha…

    Nunca o PIG apanhou tanto de um politico do PT como hoje no Roda Viva com o Padilha destruindo a burrice e safadeza dos jornalistas !!

    • Nossa eu me decepcionei com o padilha. Ele é bem claro, altivo, mas Ele nao respondeu à varias perguntas, malufou geral, mem meamo sobre a DITADURA cubana.

    • Marcus Vinicius, o Roda Viva morreu há muito tempo nas mãos dos insanos tucanos que tomaram de assalto a TV Cultura. Na realidade você assistiu ao Roda Morta, como eu também. Você viu a mesma coisa que eu: o Padilha deu um baile nos entrevistadores do PIG que ficaram com muita raiva do Padilha, pois não conseguiram tirar o homem do sério.

      O Padilha conseguiu sair das armadilhas montadas pelos entrevistadores tucanos e ainda fustigou os mesmos: Ele é candidato ao governo de São Paulo, são os problemas de São Paulo que ele pretende resolver.

      O Padilha vem aí!

    • Não sou do PT, mas voto no candidato do PT em São Paulo e na presidenta Dilma, pois o Padilha foi uma das pessoas que teve a ideia e organizou o Mais Médicos. Apesar de algumas pequenas divergências em relação às ações do Governo Dilma, este governo é a continuação do Governo Lula, portanto quero que ele continue, pois o Brasil melhorou bastante ao longo dos governos de Lula d Dilma.

      Facilitaria mais se o Governo Dilma colocasse em discussão a Ley de Medios e tomasse medidas práticas para acabar com o pretenso aspecto técnico que coloca dinheiro público nos bolsos das famiglias (caso das verbas publicitárias do Governo e estatais).

      O Padilha vem aí!

  • Eu não sou de direita, jamais fui, mas também não gosto da ideia de que os profissionais do Mais Médicos – todos eles – trabalham em troca de pagamento de uma bolsa, e não de um salário, na expressão jurídica do termo. Na verdade nenhum deles tem os benefícios que a CLT assegura aos demais trabalhadores – como férias acrescidas de 1/3,13º salário, horas extras, FGTS, etc.
    Na época da implantação do programa ouvi várias discussões sérias sobre o assunto e ainda sobre o fato de não haver a proposta efetiva de estruturação de uma carreira médica, que pudesse assegurar a esses profissionais o trabalho contínuo, sem interrupções indesejadas.
    O Mais Médicos é temporário. Imaginemos médicos brasileiros que escolhem aderir ao Programa e têm três anos de trabalho e pagamento assegurados. E depois, como ganhar a vida, longe da família, em locais pequenos sem possibilidade de progressão na carreira?
    São problemas complicados, sim, mas que não poderiam inviabilizar o programa, até porque milhões de brasileiros, país afora, precisam de médicos, tanto quanto qualquer um de nós.
    Como não há verba orçamentária capaz de atender, ao menos por agora, a pretensão dos médicos, achei a solução dos estrangeiros muito boa. Especialmente de cubanos, que são reconhecidos mundialmente em atenção básica de saúde. Cuba tem prestado esse tipo de assistência em várias partes do mundo, sempre com muita competência. A questão do que eles recebem me parece tratado sempre com um viés ideológico detestável. Já recebemos médicos cubanos antes e ninguém falou nisso. E até agora não vi ninguém insatisfeito de fato. Sem falar que parte do salário vai para as famílias, que estão longe.
    Por fim, dois fatos importantes: primeiro, segundo a OMS, 80% dos problemas de saúde podem ser resolvidos pela chamada atenção básica, em que os cubanos são peritos; segundo, o próprio congresso nacional inviabilizou maiores voos na saúde, quando acabou com a CPMF.
    Mas isso é assunto para outro post.

  • Eduardo, o bombardeio é de fogo cerrado, sem interrupções. A falha não quer perder a bocarra no palácio dos Bandeirantes. Se for até o UOL, do sr. Frias, verá já nesta manhã a manchete do braço midiático da Folha com ligações carnais com o governo tucano. Como sempre diz o PHA, quem manda não fazer a Ley de Medios. E viva o Bernardo, aliado da platinada na esperança de poupar a mulher candidata.

  • LULA, não demore.

    A sua convocação é CÍVICA ..não deixe o povo perceber que seria uma estratégia oportunista e política

    Há muito o que se fazer, o que se retomar e reformar..

    CHEGA de ser conhecido como o “presidente que mais pedra fundamental lançou neste país”

    O país necessita de liderança, dum sopor de otimismo, de alguém que lhe diga que há algo depois da colina ..chega desta política depressiva de DILMA e embromadora dum Mantega

    Carro ? de novo ele vai querer incentivar carro ? ..sem condicionantes como se sendo compacto, alternativo, barato ? sem se reformar o modelo tributário que lhe incide por todos os lados ?

    A Sociedade que ver os projetos sendo entregues !!! ..a transposição, a trans nordestina, a norte sul, os portos, aeroportos e estradas, as hidrovias, os submarinos e as plataformas de lançamento ..as hidroelétricas, as fanfarras e os “tablets” gratuitos, a Fernão Dias e a BR 116 ..a saúde, a segurança, a educação de 1o mundo, as obras de mobilidade, enfim ..

    Sim, há que se fazer mais que JK, há que se entregar 50 anos em 4 (pois afinal 12 já se foram)

    e pro Genuíno, depois de tantos laudos ..ele sabe, sabe SIM que errou, e como qq outro brasileiro que sonha com um país mais isonômico, ele precisa pensar em pagar pelos seus erros

    GENOÍNO, não jogue mais lama no seu passado, demonstre coragem (que parece que lhe falta), afinal, a cruz que te pedem pra carregar já foi por demais subavaliada ..e talvez nem vc ainda tenha se dado conta do ESTRAGO que a sua forma de fazer politica (e a de todos os demais) causam , causaram e ainda causarão a esta terra.

    http://www.youtube.com/watch?v=ILiqfiaApFU

  • Duvido que algum prefeito tenha coragem de cancelar o contrato com o programa Mais Médicos. A população espera que os médicos do programa permaneçam o mais tempo possível e, para isso, deverão votar no PT, pois sabem que se a direita (psdb-dem) assumir o programa será cancelado e a desassistência voltará. Tudo é política. Até mesmo o sofrimento das pessoas, no metrô ou na saúde, passa por aí.

  • Convenhamos, o “sucesso” do mais médicos é a outra face do FRACASSO da nossa política de educação e de saúde, ou não ?

    e mais uma pérola colhida : “Hoje, só a oposição fala – através da mídia “isenta”.”

    Não me diga ?!

    E parte disso não será porque os governantes de Brasília se NEGAM a dar coletivas ? a dar SATISFAÇÃO pra população que os elegeu ?

    Fossem eles preparados e corajosos, se tivessem respostas e políticas claras, alternativas, penso que eles não fugiriam do debate e das críticas como insistentemente tentam fazer

    Aliás, do que consta, parece que até o PUTIN se submete a estas sabatinas ..já aqui, bem, só se for com entrevistadores adestrados e escolhidos a dedo, o horário e local que melhor convier

    é muita desfaçatez, falta de consideração, senso de impunidade e de respeito, viu ?!

    Verdade é que tal qual um condomínio, um presidente deveria dar entrevistas coletivas, no mínimo, todo mês (e entrevista não é discurso nem grito de palavra de ordem, bom entender)

    ..bem, talvez todo este desproposito só ocorra porque esta protegido por outra “pratica nefasta” que já nos acostumamos a ver (e que não acabará com campanhas bancadas por dinehrio público que, em verdae, tende a piorar) ..qual seja : que seria a “campanha política bem feita” por marqueteiros que só tratam de temas chicletinho, superficiais e com uma boa dose de DESCOMPROMISSO e ufanismo ..campanhas tocadas por mentiras, pra dizer dum mínimo

  • Edu,

    Todos os apadrinhados da mídia acabaram correndo da polícia. Preso não, que só petista é preso. Quem não lembra de Jânio e as forças ocultas, Adhemar de Barros seu cofre e suas amantes, Maluf e seus 20% e agora os tucanídeos e seus trens. A impre$a vai usar de todos os subterfúgios para não ficar , de novo, a pé numa estrada deserta.

  • Esses caras tem que procurar outros canais que não o pig para colocarem seus ponto de vistas. Não só repostas à escandalos, como para divulgar para o povo as realizações de suas pastas. Se não fosse o Edu, ninguém ficava sabendo que SP é que mais recebe o Mais Médicos.
    Enquanto não vem a ley de medios, se vier, os caras devem romper o boicote, pô. Divulguem na redes sociais, que propaganda paga no pig ninguém lê. Chamem blogueiros para entrevistas, como o Lula.
    Corram atrás. Os blogueiros sujos querem defender o projeto progressista, mas precisam ser mais acionados, invés de ficar dormindo com o inimigo

  • Confie muito nisso não, pelo menos aqui na região, as filas continuam intermináveis, os médicos chegam atrasados, quando vem e conseguem errar até o nome dos pacientes como fizeram com meu pai.Chega a dar medo.

  • O mais médicos é um sucesso entre os beneficiários do programa e entre pessoas sensatas desse país. Os que são contra são sempre os mesmos: globo , veja ,folha estadão e essa direita sem projeto ,sem rumo. Acho que Padilha deve partir para o ataque ,se ficar no silêncio de Dilma com certeza será prejudicado.

  • Já que o governo não reage, pois sua base de comunicação acha que dá para recuperar o terreno perdido em Horário Eleitoral, olha só o que está acontecendo:

    Pesquisa do instituto MDA, que acaba de ser divulgada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), mostra queda de seis pontos na intenção de voto da presidente, que em fevereiro registrou 43,7%; resultado, porém, ainda é maior que a soma de seus adversários, apontando vitória da candidata do PT em primeiro turno; adversário mais próximo, tucano Aécio Neves subiu quatro pontos, para 21,6%; Eduardo Campos, em terceiro, cresceu dois: 11,8%; aprovação pessoal de Dilma é de 47,9%, ante 55% em fevereiro

  • Sujeira

    Alguma coisa parecia meio estranha na tal operação Lava Jato da Polícia Federal. Primeiro a suposta participação de um ex-delegado, atualmente deputado oposicionista, no vazamento de informações à imprensa. Depois a completa omissão do noticiário a respeito dos convênios assinados pela gestão José Serra, no ministério da Saúde, com o mal afamado laboratório Labogen, que teria centralizado as transações ilegais.

    Eis que agora apareceu o rabicho político-partidário das investigações. Bem na semana em que a propaganda do PT vai ao ar, criticando o desgoverno tucano de São Paulo, surge um elo “comprometedor” do escândalo com Alexandre Padilha, o pré-candidato petista no estado. Pura coincidência, evidentemente. Afinal, é a primeira vez que o nome de Serra aparece relacionado a uma investigação da PF que atinge seus adversários em pleno ano eleitoral…

    Alguém poderia até gastar neurônios debatendo a relevância da refutada indicação do tal assessor para um cargo no laboratório, sabendo o que sabemos dos bastidores da administração pública brasileira. Mas já pouco importa o grau verdadeiramente jornalístico do factóide. Estão todos em campanha: para preservar o PSDB no Palácio dos Bandeirantes vale qualquer apelação. Não há debate possível nesse festival de hipocrisias.

    Os articuladores da candidatura de Padilha podem comemorar a transformação da insignificância em mote propagandístico. É, no mínimo, um sinal de que suas pretensões incomodam a direita midiática a ponto de obrigá-la a chafurdar no ridículo.

    http://www.guilhermescalzilli.blogspot.com.br/

  • Excelente texto, Eduardo! A maioria dos paulistas embalados pelo “locomotiva do Brasil” desconhece as carências do nosso próprio estado de SP!

  • Edu,

    se Padilha ganhar e atender verdadeiramente as expectativas tão sonhadas pelos progressistas, uma coisa que considero a mais importante é que deixe de fazer assinaturas de revistas e jornais sem licitação.
    Ou seja, é o fim da linha para a Veja, Estadão e Folha, que se sustentam muito através de convênios com o Estado dos Tucanos.

    Os inimigos mais difíceis de derrubar, o braço forte do conservadorismo, caindo frente ao progressismo.
    Este é o ponto crucial de mudança para o Estado de São Paulo, a queda da imprensa golpista de maneira natural, ou seja, sem ajuda financeira do Governo do Estado, que passaria a ter licitação para contratá-las, dando chance à Carta Capital, Samuel, Fórum, etc.

  • As declarações de Lula caíram como bomba sobre a mídia, porque qualquer crítica ao julgamento do mensalão é uma ameaça à sua credibilidade, visto que todos sabem o papel que ela desempenhou nesse processo.
    O próprio Joaquim Barbosa não criticou acerbamente a decisão do plenário do STF de inocentar os réus da Ação Penal 470 do crime de quadrilha? Aí sim, houve uma ultrapassagem dos limites, porque Barbosa tentou desqualificar seus próprios pares. E ainda lançou um ridículo e golpista alerta à nação: “a decisão de não caracterização de quadrilha foi uma decisão com influência política”.
    Finalmente Joaquim Barbosa falou uma verdade. De fato, Lula não entende nada de Judiciário. A prova disso é que nomeou Joaquim Barbosa.
    O próprio Joaquim Barbosa, ao vivo e em cores na TV Senado, sentado na cadeira de presidente do STF em sessão oficial, disse isso, de forma muito pior, quando foi voto vencido pela maioria de seus colegas.

    Em fevereiro deste ano, no julgamento de embargos infringentes, que absolveu alguns réus de alguns crimes que haviam sido sentenciados antes por placar apertado, Barbosa atacou o próprio STF dizendo que havia sido formado ali uma “maioria de circunstância formada sob medida”.

    Por coerência, Barbosa deveria ter emitido uma nota de repúdio a si mesmo.
    2014 seriam para nos brasileiros um ano de avanços. Pessoas diferenciadas e preparadas nos informariam de seus planos para educação, saúde, crédito, avanços sociais, energia, moradia, trabalho, etc.
    Não haveria embates em torno de CPI, instrumento já gasto e não mais convincente. O embate seria de idéias. Isto também na midias. Não seriam palavrões, racismo, preconceitos e ódios. Seriam discussões que nos levassem a escolher o que nos pareceria melhor. Quem conhece os planos para mudança do modelo adotado. Pode alguem dizer que existe. Mas quai são?
    Chegou o momento. E o que se vê? Tudo de novo. CPI.
    Será que não perceberam ainda que este negócio de forçar irracionalmente a barra para ganhar eleição é tiro no pé. Todo o brasil joga futebol. Quem joga futebol sabe o que é fita. Não gostamos de quem faz fita. Isto é fita. Mas qual é afinal de contas? Vão perder a eleição, de novo, usando o mesmo esquema tático. Errar é humano, persistir é burrice.
    http://www.youtube.com/watch?v=oWVL2GqkYfQ (vale a pena)

  • Olha o néscio nada inocente novamente. Drs Srougi, pai e filho, são referência em medicina mercantilista. Se o governo colocar o programa Mais Médicos em Heliópolis vão perder uma boa fonte de renda, por isso são contra.

  • O PSDB lava dinheiro do narcotrafico.Já esta comprovado que o PSDB é o braço politico do PCC.Que tal discutirmos as relações nada secretas do PSDB com o crime organizado?Do que vive mesmo José Serra?Como Aecio Neves amealhou uma fortuna de cem milhões de dolares,tendo exercido nos ultimos trinta anos cargos públicos?Que tal falarmos da relação mais do que intima entre os traficantes Zezé Perrella e Gustavo Perrella e o mesmo Aecio Neves?Oras,todo mundo sabe que Aecio Neves é um toxicomano,um alcoolatra,que promove verdadeiras orgias regadas a alcool,sexo e drogas em seu apartamento no Rio de Janeiro.O que esperar de um sujeito desses como Presidente da República?Não é bom nem pensar,porem,essa tragedia se tivesse a probabilidade de ocorrer,Aecio não passaria do segundo ano de mandato.Isso eu afirmo com toda a certeza.

  • muda tudo, sr nigro.
    E o problema para ti [eh que muda a situacaoa dos mercados medicos, das entidades de casta… e da confortabilissima (em termos relativos) empregabilidade dos profissionais brasileiros. ESTA nos numeros.
    For a esquemas com a industria dos laboratorios mao.de.gato que sao um oligopolio…
    Eh muita coisa sendo DESNUDADA, nao he , filho?
    E fora que beneficiam o PT fque foi quem enfrentou o problema pela primeira vez – exceto aquela experiencia piloto do proprio SERRA em Tocantins, lembra? Alias… foi abandonada depois, porque foi?
    e for a que… [e uma exportacao de servicos cubana… aliasmente extremamente util e necessaria e que precisa ser remunerada – como qualquer outra exportacao.
    Sinto muito, filho isto ainda vai ficar mais claro mais adiante, exceto para a direita.

  • Caro Edu, tenho grande admiração por vc, seus escritos, suas posições em tantas questões, mas permita-me discordar de quando publica comentários tipo esse tal NIGRO entre outros. Percebo, acredito, que vc queira provocar seus leitores para animar o debate mas se assim for não creio que seja frutífero, é mais um “enchimento de saco”. No mais, um grande abraço e espero que entenda minha sinceridade.

    Lucio

  • Esse throll ai precisa se preocupar é com o emprego dos brasileiros não é não? E com a CLT e os brasileiros não é não?
    Va perguntar para o Aecio Neves e Eduardo Campos. Pode perguntar pra Marina também.

Deixe uma resposta