Missão (quase) impossível: sem Neymar e com arbitragem e mídia contra

Análise

 

Pela lógica, o Brasil passar pela Alemanha deveria ser quase impossível. Apesar da brilhante vitória contra a Colômbia – que calou a boca de uma legião de críticos cegos ou mal-intencionados –, a equipe de Felipão é inexperiente em Copas do Mundo e não contará com o astro Neymar, que participou de metade das jogadas que resultaram em gols.

Como se fosse pouco, provavelmente a Seleção ainda enfrentará outra arbitragem acovardada que irá prejudicá-la como fez em quatro dos cinco jogos da Copa de 2014. E, para completar o grau de dificuldade dessa missão quase impossível, ainda passará os próximos dias sendo triturada por uma mídia que enfiou na cabeça que Dilma só será reeleita se o Brasil for campeão.

O desfalque de Thiago Silva pode ser um problema menor. Apesar de sua boa atuação contra a Colômbia e da dita liderança que exerce no time – que fez dele capitão –, não se pode esquecer do descontrole emocional que demonstrou no jogo contra o Chile e que, em outro momento de grande tensão, poderia ressurgir.

Ainda assim, Thiago era parte do esquema que Felipão montou. Esquema que terá que ser totalmente redesenhado.

Contudo, esses garotos têm sido brilhantes, na opinião deste blog. Não é pouco o que enfrentaram até aqui, para chegar aonde chegaram. A começar pelos protestos contra a Copa. Ninguém com um mínimo de bom senso pode acreditar que os protestos não afetaram o emocional de uma equipe tão jovem e, até menos de um mês atrás, praticamente virgem em uma competição desse calibre. Muito pelo contrário.

Os protestos contra a Copa intimidaram a torcida. Pela primeira vez, o Brasil entrava numa Copa sem entusiasmo do país, sem ruas e carros enfeitados. Os garotos de Felipão sabiam que corriam o risco de, jogando em casa, serem vaiados nos estádios.

O desequilíbrio emocional da Seleção era tanto que começou o jogo contra a Croácia sofrendo um desastre inédito em sua história: marcou um gol contra.

Nessa situação de adversidade extrema, a Seleção virou o primeiro jogo da Copa. E, apesar das acusações ao juiz por ter marcado um pênalti supostamente inexistente, venceu por dois gols de diferença. Ou seja: mesmo sem esse gol dito ilegítimo, teria vencido.

Chega o jogo contra o México. A Seleção passara dias sendo desqualificada pela mídia, que tecia loas aos adversários. Devido ao lance duvidoso do pênalti contra Fred no jogo anterior, espalha-se a teoria maluca de que o governo Dilma Rousseff “comprara” a Copa, ou seja, de que subornara a Fifa e todos os seus juízes.

Assim, apesar de o Brasil ter pressionado muito o México, o emocional fragilizado da equipe a deixou apática. Neymar começa a ser caçado em campo e a arbitragem não marca mais nada a favor do Brasil.

Isso sem contar a torcida apática que a Seleção teve naquele jogo, apesar de jogar em casa.

Contra Camarões, a equipe voltou renovada. Jogou bem, goleou. A arbitragem melhora. O Brasil cresce na competição, mas a mídia não perdoa. Uma seleção com um histórico tão positivo em Copas do Mundo quanto é Camarões, na mídia virou um time de várzea. A vitória do Brasil sobre esse adversário foi tratada com frieza, apesar de esta estar sendo a Copa do nivelamento das equipes.

Contra o Chile, adversário de valor que quase parou a forte Holanda, o Brasil jogou bem. Criou as maiores oportunidades de gol. Mesmo assim, empatou no jogo e só venceu nos pênaltis por conta da teoria da “Copa comprada”, que fez o juiz inglês Howard Webb não apitar nada a seu favor e ainda anular um gol que muitos entenderam legítimo.

Apesar do choque emocional de ir para os pênaltis por ação da arbitragem, a jovem Seleção brasileira se superou de novo graças a um goleiro que teria tudo para fracassar devido ao estigma que carregava desde a Copa anterior. E, claro, aos cobradores de pênalti brasileiros, que superaram os adversários também nesse quesito.

Do jogo contra o Chile para o último, a Seleção deu uma aula aos críticos. Apesar de a mídia brasileira ter passado a semana desqualificando-a, debochando de seu “descontrole” e enchendo a bola colombiana, jogou muito. Só não ganhou por placar mais elástico devido ao segundo cartão amarelo de Thiago Silva e à agressão criminosa a Neymar, que fragilizou o esquema de jogo de Felipão.

A má vontade e a falta de caráter dos críticos, porém, não conhece limites. A mídia relativiza a brilhante vitória contra a Colômbia destacando que os dois gols brasileiros foram feitos por zagueiros, como que dizendo que quem tem que fazer gols são atacantes.

Muito pelo contrário. O desempenho da Seleção no último jogo foi ainda mais animador e insinua que vencer a Alemanha, apesar de todas as dificuldades, pode não ser tão “impossível”.

Explico: apesar da grande participação de Neymar nas jogadas que resultaram em gols na competição e dos quatro gols que ele marcou, no jogo contra a Colômbia foi anulado pelas pauladas. A equipe se virou sem ele, que teve atuação apagada devido ao técnico colombiano ter engendrado um esquema (violento) para anulá-lo.

No último jogo, a Seleção provou que pode vencer mesmo sem Neymar estar bem em campo. O que se imagina, portanto, é que possa vencer sem que ele sequer esteja em campo.

Lembremo-nos de que, para craques poderem explorar melhor seu potencial, os técnicos colocam as equipes a seu serviço. O craque da equipe recebe mais bolas, tem o meio de campo trabalhando para acioná-lo. A Alemanha, pois, não terá um alvo fixo como Neymar. Isso pode ser uma vantagem.

Mas a grande aposta que se faz na Seleção é nessa garra incrível que tem demonstrado. Com certeza a equipe está mais unida do que nunca e, agora, terá a vantagem de entrar em campo como azarão. As baixas que sofreu tiram boa parte da responsabilidade de seus ombros.

Um colunista da grande mídia, aliás, diz até que “Agora o Brasil terá desculpa para perder da Alemanha”. Essa é a mídia que temos. Não é nem mais vira-lata, é apátrida. Mas pode quebrar a cara ainda mais, após ter se desmoralizado pelas previsões catastrofistas sobre a organização da Copa. A marca dessa equipe é a superação.

*

PS: este post não poderia ter sido ilustrado com outra imagem que não, de novo, a da charge que o autor do Blog fez para Neymar, jovem corajoso que, franzino como é, enfrentou de peito aberto a violência dos adversários sem jamais se intimidar, e que, no próximo jogo, estará no estádio, numa cadeira-de-rodas, torcendo com a grande maioria do país. Neymar tornou-se o símbolo da garra dessa equipe. Sua presença elevará o moral da equipe.

125 comments

  • Edu, esta Copa (das Copas) será vencida pelo coletivo!! a garra e dedicação de todos que forem a campo será o diferencial; placares elásticos ficaram no passado; 1 a 0 será goleada (desde já até para a forte Argentina), contra quem merecemos vencer na final!!! saludos!!

      • A saída do Neymar , que não estava jogando nada, exceto contra Camarões (engraçado, ele sempre joga bem contra adversários fracos) pode ser benéfico ao time brasileiro. Com ele acredito que não ganharíamos a Copa, tudo estava sendo jogado nas costas de um garoto, que por sinal já estava amarelando. Os jogadores vão querer mostrar que tem valor pois estavam sendo relegados a um segundo plano, talvez seja a oportunidade. O Brasil ganhou a copa de 1962 sem Pelé. Se bem que o Brasil ganhou a copa de 2002 e o FHC tomou um pé na…. então ganhar a Copa não significa muito, o principal já aconteceu foi realização magnifica do torneio.
        Em tempo 1, os coxinhas da grobo estão dizendo que possuem um aplicativo e 1.000.000 de downloads foram feitos, tem menos coxinha no Brasil do que eu pensava.
        Em tempo 2, torço para a Holanda eles tem um craque, Robben, joga muito, esse sim da gosto ver jogar e não é cai cai.
        Sou eleitor da Dilma, mas gosto de bom futebol.

        • Concordo “Ipsis litteris” contigo, El Bartho.

          Se Neymar jogasse metade do que dizem, seria o Pelé.

          Aliás, vendo esse ufanismo todo, essa forçação de barra pra cima do Neymar, fico imaginando se Pelé jogou tudo o que dizem ou foi só uma jogada de marketing, afinal, toda Nação precisa ter ídolos e o Brasil sempre teve os seus.

          Difícil é crer que nossa imprensa passou a não prestar apenas há 12 anos, antes era só competência e probidade.

          A verdade é uma só: ou nossa imprensa nunca foi boa bisca ou é íntegra até hoje.

          Façam suas apostas.

          • Caro colega El Bartho e amigo Wilson,
            Concordo com vocês. Penso que a seleção vai jogar muito bem contra a Alemanha e tem todas as possibilidades de ganhar. Gosto de futebol e entendo bem o que vejo. Não consigo enxergar essa grande seleção alemã de que a mídia tanto fala! E acredito sinceramente que uma boa parte dos jogadores se sentirão muito mais à vontade sem o Neymar em campo, principalmente Oscar, Fred e Hulk. No jogo contra a Colômbia esses jogadores estiveram muito bem e quando isso acontece o Neymar quase que desaparece. Neste mesmo jogo todos os atletas estavam responsavelmente empenhados — o Neymar, nem tanto! Temos muito bons substitutos, como o William, por exemplo. No Chelsea, quem fica no banco é o Oscar, não ele! E a zaga alemã é muito boa em desarme e chutões, uma vez que são bastante fortes e disciplinados, mas podem ficar perdidinhos com jogadores pequenos e habilidosos como William e Bernard! A nossa mídia é craque em criar falsos ídolos! O Neymar é um bom jogador, que de vez em quando tem lampejos de craque! E com a carência de bons jogadores que ultimamente sofre nosso país, qualquer um que carregue bem a bola, chute com boa direção e consiga fazer alguns dribles, rapidamente se torna craque, haja vista o Paulo Henrique Ganso! Não posso dizer que o senhor Pelé é rei do futebol por criação da mídia, porque não o vi jogar, mas temos outros reis que são absolutamente criação da mídia e o maior exemplo está na música! Alguém é capaz de dizer que Gilberto Gil, Chico Buarque, João Gilberto, Tom Jobim não contribuíram com suas músicas para a identidade brasileira tanto aqui dentro quanto lá fora e com muito mais respeito pelo seu País do que o senhor Roberto Carlos?! O que percebo na postura do senhor Roberto Carlos para ter se tornado rei da música no Brasil é que sempre em todas as situações conflituosas e que precisou tomar partido, seguiu aquilo que a mídia ditava como certo! Aqui em Salvador tem uma ótima cantora baiana, de voz e de repertório chamada Margarete Menezes, no entanto, quem se tornaram musas da música baiana, por criação da Rede Globo, foram, primeiro Daniela Mercury, Ivete Sangalo e mais recentemente, Claudia Leite! Nenhuma delas tem mais voz e repertório musical do que Margarete! Colegas e amigos, amo futebol, amo meu País e acredito na nossa seleção. Tem deficiência, mas também não tem uma seleção que possa dizer que é de excelente qualidade e sem nenhuma deficiência! O Brasil vai ganhar da Alemanha e vai ser hexacampeão, sem Neymar! O garoto é muito bom jogador, mas um time de seleção se forma com 23 jogadores, e o Neymar só foi deslocado para a entrada de outro!
            Abraços
            Maria Antônia

          • Prezados Wilson e El Batho

            Concordo em parte com vocês. Creio que a seleção pode ganhar sem o Neymar, com certeza. Acredito que a seleção vai se fechar ainda mais e jogar pelo Neymar também. E outros jogadores podem se tornar decisivos. Vejam só o David Luiz…
            Mas é inegável que se trata de um jogador decisivo e que preocupa qualquer defesa. Jamais amarelou, não foge do pau e não sente a pressão, mesmo sendo jovem. Hoje mesmo disse que estava sem dores e que poderia se recuperar para jogar em uma eventual final. Mas os médicos já vetaram a ideia, obviamente.
            Quanto ao Pelé, não foi fruto de marketing, não senhor! Foi campeão mundial aos 17 anos. Aos 22 anos, já tinha atingido a marca de 500 gols na carreira. Claro que teve a felicidade de jogar no grande time do Santos dos anos 60. Mas foi um jogador completo, que dominava todos os fundamentos do futebol com uma capacidade técnica e criativa desconcertante. Entre todos os grandes craques, foi o mais vitorioso. Mais que um jogador, foi considerado o atleta do século XX. Nem sempre jogava bem, nem sempre era imprescindível, mas ainda hoje é incomparável. Quem mais que ele mereceria ser reverenciado como o Rei do Futebol?

          • Querida amiga Maria Antônia…

            Seu comentário é primoroso. Você sempre diz tudo e mais um pouco.

            Concordo contigo, não só no item futebol como no quesito musical.

            Na verdade a influência da mídia é sempre perniciosa. Onde alguma dessas achésistas poderia se comparar a grande Margarete Menezes? Só mesmo com uma mão suja dessa mídia porca.

            Eu teria vergonha de exibir, como meu, um CD de Roberto Carlos ao passo que com muito orgulho digo a todos que tenho sete CDs originais de Chico Buarque e cinco do Zeca Baleiro. Também tenho CDs de João Gilberto, Gilberto Gil e outros maravilhosos brasileiros.

            Na verdade tenho também um CD do “rei”, mas esse ganhei de um cliente/amigo e como a cavalo dado não se olha os dentes…

            Na verdade, só discordei de você no que tange ao Paulo Henrique Ganso. Ele é bom e acho que ainda vai dar muuuuita alegria pro meu tricolor, ainda mais agora que jogará ao lado do Kaká.

            Por ultimo, só uma perguntinha: você torce pro Bahia ou pro Vitória?

            Um abração Maria Antônia, em você e no meu cunhado Jeffrey.

          • Sei não, Nelson.

            Lembro-me da dificuldade que foi pro Pelé fazer seu “milésimo” gol.

            Se não fosse o pênalti cobrado no pobre Andrada e talvez Pelé nem tivesse atingido a marca de Romário ou de Túlio Maravilha.

            Brincadeiras à parte uma revista argentina listou os maiores jogadores estabelecendo os seguintes critérios; a nível de clubes, todos os gols oficiais de qualquer divisão, A,B,C,D etc.. Copas nacionais e internacionais, incluindo torneios que não se disputam mais. Ligas oficias e amadoras e copas oficiais que já tenham disputado um única vez, a nível de seleção, a contagem foi de partidas entre elencos maiores, tanto em competências oficias como amistosos de seleções e até mesmo entre seleções e clubes. Na seleção juvenil somente foram apurados os gols convertidos em Mundiais, assim como Jogos Olímpicos e torneios continentais.

            BRASIL
            1°- Romario – 768
            3°- Pelé – 757
            9°- Túlio – 538
            10°- Zico – 516
            14°- Roberto Dinamite – 492
            21°- Arthur Friedenreich – 466
            27°- Ronaldo – 423
            55°- Rivaldo – 367
            81°- Bebeto – 344
            95°- Evanivaldo ‘Cabinho’ Castro – 331
            126°- Mario Jardel – 313
            147°- Sonny Anderson – 301
            156°- Ronaldinho Gaúcho– 301
            (faltou classificar Antonio de oliveira Filho – o Careca com aprox. 437 gols)

            ARGENTINA
            11°- Alfredo Di Stefano – 500 goles
            26°- Carlos Bianchi – 425
            68°- Gabriel Batistuta – 355
            71°- Diego Maradona – 354
            75°- Oscar Mas – 352
            80°- Mario Kempes – 345
            115°- Hernán Crespo – 318
            127°- Ángel Labruna – 313
            140°- Martín Palermo – 305

            MÉXICO
            16°- Hugo Sánchez – 486
            61°- Carlos Hermosillo – 362
            123°- Jared Borgetti – 314

            COLÔMBIA
            151°- Víctor Hugo Aristizábal – 299

          • O resto da lista de artilheiros latino americanos:

            PERÚ
            99°- Teófilo Cubillas – 328

            URUGUAI
            82°- Sebastián(Loko)Abreu – 344 Botafogo
            93°- Fernando Morena – 331

            PARAGUAI
            78°- José Saturnino Cardozo – 347
            94°- Arsenio Erico – 331

            VENEZUELA
            143°- Juan García Rivas – 304

            BOLÍVIA
            43°- Víctor Hugo Antelo – 391

            CHILE
            66°- Osvaldo Castro – 358
            82°- Iván Zamorano – 342

            PANAMÁ
            159°- Luis Ernesto Tapia – 296

          • Meu amigo Wilson,
            Eu e meu Jeffrey adoramos o “meu cunhado”. Eu mais ainda! Sinto-me honrada em ser considerada sua irmã! Saiba que temos o mesmo sentimento em relação à você. E eu, muito mais, porque ser irmã é mais do que cunhado. E assim vou me Perpetuando ao seu lado!
            Quanto ao atleta Paulo Henrique Ganso, é um bom jogador, que também, de vez em quando, desencanta e encanta! A ele dou um desconto, já que teve problemas sérios nos joelhos e parece ter perdido a autoconfiança depois das cirurgias! Mas façamos justiça! A personalidade forte dele foi confundida com sua habilidade com a bola! depois de alguns jogos, quando atuava no Santos, foi alçado ao posto de craque pela mídia. E pareceu mais uma praga, uma vez que a partir dali ele começou a entrar numa maré de azar! Infelizmente para ele, não o Harzar da Bélgica, que também este, no jogo contra a Argentina, parecia está imerso em sono profundo! Contudo, desejo que você veja bons jogos do Ganso ao lado de Kaká pelo São Paulo, desde que, não seja contra meu timão!
            Aqui em Salvador não torço por nenhum time, quando chequei aqui em 96, já trazia na cabeça e no coração o Corinthians.
            Abraços para você e família,
            Maria Antônia

          • Pronto! Tá feita a confusão.

            Mais um motivo pra discutir com o Canrobert, meu filho, que sempre diz que eu sou um corintiano disfarçado de são paulino. Tudo porque simpatizo com o Corinthians por causa do Lula.

            Agora tenho mais um motivo pra gostar do Coringão, minha maninha é corintiana.

            Abração, Maria Antônia.

        • Nao creio.
          a midia precisa de individualizar e fulanizar (positiv´o) sempre.
          Mesmo que se admita um overneymarzismo da midia.
          Dai nao se infere q o cara nao e uma fera do jogo. Nao virou adulto nem centrado ainda, mas é fera.
          Os onze podem sublimar, coletivizar… Coisa positiva se voce pensar que o neymar levava ao”conforto” que nao haverá mais.

    • O Brasil vai jogar melhor sem o Neymar, por dois motivos: ele estava mal posicionado.ele foi escalado para fazer a função do camisa 10, mas a características dele não é essa, ele está mais para Garrincha do que para Pelé.Ele nem cumpriu essa função, nem deixou outro cumprir.Foi muito individualista.seu futebol precisa amadurecer, se isso acontecer ele vai ser melhor que o Messi.Criticam muito o Fred, mas ele é só finalizador, precisa de um meio campo criativo e produtivo.Mas o nosso meio campo, com o Hulk e o Neymar ,estava muito individualista, principalmente contra a Colômbia.Vi o Fred bem colocado várias vezes e não recebeu a bola.
      O maior problema da seleção é estar mal treinada, mas mesmo assim confio nas nossas possibilidades, é só jogar coletivamente e não se deixar levar pelo emocional.a Argentina vai sentir mais falta do Di Maria, porque é uma seleção pior do que a nossa.

  • A palavra que é parte integrante da vida desses indivíduos ou elementos é o ódio. Eles pensam nisso 24 horas por dia. Babando de ódio tramam em suas camas; dormem acordam e isso não lhes sai da cabeça. Acordam pensando no ódio, pegam o carro pensando no ódio; trabalham pensando no ódio; voltam para casa pensando no ódio; vão para cama, pensando no mal que farão no dia seguinte, mais uma vez, ao PT e ao seu governo. S

  • O que mais gera indignação (além do “padrão Globo-Folha de Jornalismo”) é que por uma dentada sem nenhuma consequência o Luiz Suarez foi banido por 4 meses do futebol. Já uma atitude criminosa como esta do colombiano que poderia ter posto fim à carreira de um atleta – mas que alega ter sido “sem intenção de machucar” – pode ficar sem nenhuma punição, ou pelo menos, não há nenhum mecanismo para que se exija punição. Acho que nosso Ministério Público deveria tomar uma atitude contra o agressor. Sinceramente, cabe perguntar: diante das imagens do lance, o que significa afirmar que foi sem intenção? A que ponto chegará a hipocrisia dentro (e fora) de campo? Como explicar a punição (dita exemplar) ao uruguaio e deixar esta atitude do colombiano sem resposta? É isto que a FIFA chama de “moralizar o futebol”? Neste caso não cabe alegar falta de intenção, mas avaliar a cena e o resultado da mesma. Não se pode continuar a usar o critério de fatalidade de jogo para explicar barbaridades como esta. Um atleta de Seleção em quartas de final da Copa do Mundo não pode se esconder atrás de uma suposta inocência por falta de intenção, e deve assumir a responsabilidade pela atitude que tomou sabendo, sem dúvida, que estava colocando em sério risco a integridade do oponente. Ou não estaria à altura de estar na seleção de seu País. Tudo muito simples. Sem hipocrisia!!!
    A missão daqui pra frente é, sim, quase impossível. Mas somos brasileiros, não desistimos nunca!!!!
    Terça feira, todos nós seremos Neymar para a Seleção.
    Nossa indignação com este estado de coisas vai nos dar forças para vencer.
    Parabéns Edu, por mais um post incrível.

    • O time que acreditar que sem “A” ou “B” a missão é impossível é um time derrotado. O futebol é um esporte coletivo. Bernardinho, o técnico do vôlei, cortou Ricardinho que, segundo ele mesmo, era o melhor jogador do mundo. Acontece que Ricardinho já queria mandar mais que o Bernardo. No futebol desenvolvemos uma filosofia personalista: o coletivo seria uma extensão das individualidades. Me ajuda aí: eu não entendo nada de filosofia. O fato é que no futebol, com a população técnica que temos, ninguém teria topete de cortar Neymar, mesmo que ele estivesse jogando mal. Por exemplo, Zagalo não cortou Ronaldo Fenômeno, mesmo sabendo que ele estava dopado, depois da convulsão. O que diriam os patrocinadores?

      • Exato. Neymar é um bom jogador mas é UM jogador, para você ganhar um jogo você precisa de um time completo.

        E dito isso, espero que o Zinaga vá parar na cadeia. Porquê é dessa forma que se pune lesão corporal grave, o que ele fez não teve NADA A VER com uma “jogada normal”.

  • Neymar numa cadeira de rodas entregando a taça para o Capitão da Seleção brasileira de futebol ai a mídia e os coxinhas vão praticar o haraquiri!!!!

    • Ele vai receber a taça em pé! Até domingo ele ja poderá andar. Já tive esse mesmo problema.. dói muito, mas uns 3 dias imobilizado já dá pra fazer tudo.. Neymar vai levantar a taça sim!!!!!!!

  • Caro Edu,
    concordo plenamente com sua análise e para calar a boca dos que falam que a Copa foi comprada pela Dilma, digo que parece, diante do que temos visto, que se alguém “comprou” a Copa, foram aqueles que diziam que não ia ter Copa e agora não querem o hexa. Para curtir ainda mais, pergunto quanto a Dilma pagou às traves para segurarem as bolas dos adversários que poderiam ter desclassificado o Brasil.
    Não há como discutir, temos que curtir com a cara deles.
    Força, Brasil!!!!!!!!!!
    Grande abraço.

    • Adilton,eu também pensava assim em relação às traves,mas eu eu fiquei sabendo que a Dilma encomendou essas traves na escola de magia onde estudou o BRUXO HARRY POTTER e elas se movem conforme a vontade do goleiro,com um detalhe, esse processo só funciona em jogos do Brasil.

      • KKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!
        Ah, então está explicado, caro Abrantes.
        Como é que não fui pensar nisso?
        Grato pela dica.
        Abraços.

  • É, de fato, sem Neymar parece que, para a batalha decisiva da terça-feira, 08 de julho, estamos cercados pelos alemães, comandados pelo marechal-de- campo, Joachim “von Paulus” Löw. E estão dizendo que o nome atual do Mineirão das Alterosas é Stalingrado. Muitos gostam de referir-se algo pejorativamente ao nosso treinador como o sargento Felipão. Logo veremos que o nosso sargentão é, na verdade, um general Jukov redivivo, e que, neste momento, se encontra envolvido na montagem e preparação da nossa Operação Urano, para envolver num circulo de fogo os que nos cercam no Mineirão-Stalingrado, e empurrá-los de volta a Berlim.

  • Vamos que vamos, aos trancos e barrancos, vamos derrotar os sicários do PIG e irmos para a decisão no Maracanã.

    O Brasil vai passar pela Alemanha e disputaremos o título no domingo dia 13.

  • Foi uma jogada deliberada, premeditada do canalha jogador da Colômbia. Houvesse este fato deplorável ocorrido na Argentina com um jogador chave da sua seleção, como o Messi, e o escândalo estaria armado. O árbitro espanhol mostrou – se cúmplice. O salafrário zagueiro colombiano, ao intuir a derrota aos 42 minutos do segundo tempo, resolveu que se eles não passariam para as semifinais o Brasil perderia o seu melhor jogador.
    Eu tenho vergonha da falta de indignação da elite coxinha, putrefata e acima de tudo viralatas.
    É esta elite que torce mal e contra o país que está nos estádios. Não nos defende, não luta pela pátria
    Apesar da elite calhorda e da mídia partidária que torcem contra, venceremos a Alemanha e iremos à finalíssima. Ontem, em entrevista na FOX a voz mais sensata foi a do grande Passarella,o monstro sagrado eterno capitão do escrete argentino. Ao ouvir do Lothar Mathaus, ex capitão do time alemão que este último não tinha nenhuma preocupação com a nossa seleção, postura que apresentou na entrevista de forma arrogante e auto suficiente, Passarella alertou-o para que respeitasse o Brasil, pois aquela camisa amarela tem um peso e uma FORÇA que as das outras seleções talvez não tenham. Um grande adversário que nos respeita mais do que esta mídia safada, mídia que funciona como uma espécie de enclave estrangeiro em nossa pátria que comporta-se como se tivesse jurado à bandeira americana. Que vergonha desta mídia traidora das melhores e maiores esperanças do nosso povo!!!!!!!

  • impossível?
    ao contrário, caro Eduardo,
    É uma boa oportunidade para Deus provar que é brasileiro,
    E que, como nós, está de “saco cheio” dos anti brasileiros, do Pig e dos coxinhas.
    Acredito que, como se dizia em 1958,
    A taça do mundo é nossa / Com brasileiro não há quem possa / Êh eta esquadrão de ouro / É bom no samba, é bom no couro

  • Prezado Eduardo:

    Já que o nosso jogo é contra a Alemanha vou citar uma frase de um filósofo alemão, sobre lutar e vencer.
    Você disse:

    “Um colunista da grande mídia, aliás, diz até que “Agora o Brasil terá desculpa para perder da Alemanha”. Essa é a mídia que temos. Não é nem mais vira-lata, é apátrida. Mas pode quebrar a cara ainda mais, após ter se desmoralizado pelas previsões catastrofistas sobre a organização da Copa. A marca dessa equipe é a superação.”

    Assim Falava Zaratutra – ( Frederico Nietsche )
    “Encontrai um inimigo, fazei a vossa guerra, betei-vos pelos vossos pensamentos.E, se o vosso pensamento sucumbe, que a vossa probidade cante, apesar de tudo, vitória.
    Amai a paz como o meio para novas guerras, e a paz breve mais que a longa.
    Não vos aconselho o trabalho, mas a luta. Não vos aconselho o trabalho, mas a vitória.Que o vosso trabalho seja a luta, que a vossa paz seja a vitória.
    Só é possível manter o silêncio e ficar em paz quando se possui um arco e flechas: de outro modo, perde-se o tempo em discussões e querelas vãs. Que a vossa paz seja a vitória.
    Dizeis que é a boa causa que santifica a própria guerra?Pois eu vos digo que é a boa guerra que santifica qualquer causa”
    A seleção alemã é nossa adversária dentro do campo. A grande mídia é inimiga do Brasil dentro das fronteiras do nosso território. Espero que a seleção brasileira derrote a seleção alemão e nós com certeza derrotaremos a grande mídia.

  • Em tudo eu vejo um propósito maior nessa Copa das copas, o interessante é que se o Brasil for campeão, o que acredito demais, será exaltado o coletivo, o poder de superação agindo em coletividade, tudo que o país precisa aflorar como sentimento pra evoluir mais rapidamente, ao contrário da figura do herói que simboliza o pensamento da inimiga globo, de exclusividade egocêntrica.

  • Falou bem, Eduardo. A marca dessa equipe é a superação. E para mim, é a maior seleção dos últimos tempos só perdendo para as seleções dos anos 60 e 70, que fazia um futebol lindo e que muita gente hoje chama de futebol romântico. A era foi mesmo romântica, de muitos sonhos e inovações. Agora, em 2014, ver a coragem e serenidade de Neymar e desse outro menino fantástico, o David Luiz, a gente tem certeza de que essa é mesmo a nossa seleção. Para o que der e vier. E virá o melhor. Tenho fé. BRASIIIILLLLLLLLLLLLL!

  • Uma coisa que dá nojo é a equipe do ESPN no Programa Chamado Linha de Passe, bando de coxinhas da pior qualidade, torcem contra o Brasil, dizem que o Brasil não e páreo para a Alemanha, esquecendo que fomos 5 vezes campeões do mundo, síndrome violenta de vira-latas, como diria Nelson Rodrigues.

  • Nada a ver isso que você afirmou. Ano passado, no auge dos protestos, o Brasil venceu a Copa das Confederações jogando muito bem, atropelando a então imbatível Espanha na final. Essa falta de entusiasmo pela Copa vem de longe, aqui na minha rua por exemplo a última vez que a enfeitaram e pintaram foi na Copa de 1998! A verdade é que o Brasil não jogou bem até agora nessa Copa e agora acho que infelizmente a Alemanha vence. Final Alemanha x Holanda. Mas perdendo ou ganhando, a vida continua.

    • Ainda bem que você não é mãe Diná, pois apenas “acha que a Alemanha vence”. Quanto à ‘falta de entusiasmo pela Copa vem de longe”, deve vim de bem longe mesmo. Provavelmente de outro planeta, pois o mundo todo está acompanhando com muito entusiasmo a nossa copa, que aliás está contagiando e muito todo o nosso povo. Vamos lá, Brasil!

      • Mas o Tomas tem razão. Num país sede da Copa você quase não ver enfeites ou pinturas nas ruas (diferente de algumas Copas atrás) mostra que o entusiasmo estava bem aquém do esperado. Todos podem estar entusiasmados agora, mas antes não estavam não.

  • Edu. entendo sua preocupação.
    Não é que Neymar não fará falta. fará sim.
    Mas temos jogadores capazes de superar essa falta. Confio na nosso time. Vejo os jogos sem o ódio cego da direita e sem me empolgar com as vitórias. O Brasil, em que pese, alguns problemas, é melhor e tem tudo pra ganhar os jogos que faltam.
    Acredito que essa covardia generalizada contra nosso país, nosso governo, que se materializa agora em deboche e violência no campo, não vai nos intimidar. Isso tudo, ao invés de destruir nossa seleção, fará nossos jogadores mais aguerridos e mais focados na vitória.
    Nossos atletas vão superar mais essa.
    E fico triste pela pessoa do Neymar, isso quase nunca é lembrado. É um jovem que se fere e por sorte se recuperará. Gostaria de dizer a ele que agradeço seu empenho e sua seriedade. Mas que agora fique na paz de sua família e amigos e possa ter um final de copa feliz, apesar de tudo.

    Uma sugestão: Acho que os blogueiros progressistas devem homenagear Neymar e fazerem uma entrevista coletiva com ele. Isso o animará muito, ele responde muito bem as perguntas. Não se deixa levar pelo pessimismo e seria uma justa homenagem e carinhoso incentivo ao nosso grande atleta.

  • Nossa seleção não é time de um homem só e a Alemanha não é o bicho papão. Temos condições de chegar ao hexa .
    O blogueiro odeia a grande imprensa e supõe que todos odiamos. Em post anterior disse que a falta de caráter dos donos da Folha de SP é conhecida dos brasileiros.
    Ora, Eduardo. Muita gente pode até comungar com a sua crença mas daí a tentar reforçar o argumento colocando todo o povo na mesma cesta do seu pensamento é um evidente exagêro.
    Eu não vejo a tal “mìdia” como partidirizada ou golpista. Vejo-a como mera relatora de fatos e, como disse alguem num post do blogueiro lá no 247, publica análises pontuais sujeitas a serem desmentidas ou ratificadas.
    Sou do tempo em que a imprensa ajudou a destruir uma escola e tambem sou do tempo em que essa mesma imprensa ajudou a combater o analfabetismo. Quer queira quer não, ela sempre existirá, não obstante as mudanças sociais e tecnológicas que fatalmente virão.

    • Correção Pequé(no)

      Você é do tempo em que a imprensa ajudou a destruir uma escola e também é do tempo em que essa mesma imprensa tenta destruir um governo progressista.

      A verdade sobre a escola não pôde ficar sepultada, tampouco será possível a essa mesma imprensa esconder as realizações do Partido que tem melhorado significativamente a vida de todos os brasileiros.

      • Caro Wilsoleaks,
        falta ele esclarecer que “escola” a mídia destruiu e que “analfabetismo” ela combateu, bem como o que ajudou a colocar no lugar (embora já saibamos disso).
        Abraços.

        • Pequé(no) deve estar falando da Escola Base que foi destruída pela sanha sensacionalista da mídia, mas a contribuição para a educação do povo deve estar no mesmo nível da contribuição para a ciência, o boimate.

          Abração pra você também, Adilton.

        • Ô Adilton. Viveu fora do país muito tempo ?
          Em 1994 a mãe de um aluno da Escola Base de Sâo Paulo acusou um funcionário da escola de estuprar o filho de seis anos e a imprensa fez um escarcéu sem antes constatar a veracidade dos fatos. Nada era verdade mas a escola foi fechada e os donos faliram.
          Jornais sempre foram usados para ensinar analfabetos e acho que não é preciso explicar o porquê.

    • Pois é, essa não dá para passar em branco. Acabo de ler um livro sobre um homem da midia escrita.”Chatô o rei do Brasil” de Fernando Morais. Chatô era proprietário de uma rede de jornais que se estendia por todo país, do Rio Grande do Sul a Pernambuco. Eram vários jornais que formaram os Diários Associados. Em certa ocasião lhe indagam sobre o fato de ter recebido três mil….. para falar bem do governo. – Com a maior candura respondeu Chato, sim é verdade. Não fiz diferente dos outros jornais.
      Temos que saber que a midia negocia as idéias que veicula simplesmente para fazer nossa cabeça, na maior imoralidade. Afinal negócio é negócio.

    • Prezado, você precisa ser muito, mas MUITO ingênuo para acreditar que a nossa mídia “se limita a narrar os fatos”. A nossa mídia mente o tempo todo (no máximo fala meias-verdades), e para falar a verdade a mídia do mundo todo não dá de confiar cegamente. Afinal, “negócios são negócios”. São poucos os que realmente fazem o trabalho de narrar o que aconteceu, a maioria deturpa o que aconteceu para beneficiar quem pagar mais.

  • Eduardo, vc foi o meu e o porta-voz de milhões de brasileiros que pensam como vc. A equipe brasileira tem sido extraordinária por ter chegado onde chegou contra tudo e contra todos. Até a torcida brasileira nos estádios, composta de bundões da pior espécie, só festeja quando time está ganhando por uma diferença mínima de dois gols. Fora isso é de uma frieza incrível. Jogar em casa é vantajoso para todos os países do mundo, menos para o Brasil, pois com uma torcida dessas não precisamos de torcida contra.

  • Eduardo. Mais um belo texto.
    Gostei da imagem. Foi bom tê-la repetido porque a primeira não vi.
    Estava fora de casa.
    Quanto ao criminoso que aniquilou pela covardia o nosso jogador nº 1, deveria ser
    processado (não seu se cabe isso) pela justiça Judiciária (sic). o que se viu foi premeditado,
    covarde, deliberado por um elemento insano, demente alem de covarde.
    Outro covarde que nessa historia está bem etiquetado é o “tocador de apito” que ficou pastando
    e nada fez. Por sua vês onde estava o juiz auxiliar (bandeirinha) que a tudo assistiu?

    Brasileira
    05/07/2014 • 13:13 : Araqiri, cara comentarista do blog, teria que ser;
    (desculpe o mau educado sentido), em vez de uma espada na barriga, um guarda-chuva fechado
    introduzido por baixo e puxado com raiva.

  • Acredito no poder de superação de nossa seleção . O que aconteceu com Neymar não foi uma fatalidade. Quando o colombiano será punido ? Não vejo a Alemanha como uma seleção imbatível e o Brasil vai ser hexa ,apesar de toda a campanha dessa imprensa sem moral. Essa imprensa ainda vai morrer vítima do próprio veneno.

  • Eduardo, segue a mensagem que acabei de colocar lá no site do Cartão Verde da TV Cultura (que deveria mudar o nome para PSTV – que é para ficar mais parecido com a voz do dono):

    “Cartão verde, o lugar onde a arrogância e a prepotência se encontram.
    Ai, que saudades do Sócrates! Ao partir para sempre, Sócrates levou com ele o brilho e o bom senso de um dos melhores programas de futebol que havia na TV. Hoje esse programa não passa de um campeonato de egos insuflados, com um viés político onde uma TV elevada a cabo eleitoral de um partido político, desconstruiu um canal outrora dedicado a fazer da cultura sua grande prioridade.
    Para esses comentaristas temos uma Seleção que não tem mérito nenhum ao ganhar destaque nesta que está sendo considerada a melhor das Copas que já houve no mundo. Ao desconsiderar a nossa Seleção, automaticamente desconsidera-se as Seleções dos outros países pois, se não jogamos nada até agora, o que terá jogado nossos adversários?
    Rivelino, ao invés de diminuir o trabalho do nosso técnico, deveria se colocar a campo e formar atletas de nível para, quem sabe, um dia tomar o lugar do Felipão.
    Humildade, senhores, um pouco de humildade, tá?”

    Parabéns pelo seu texto, sempre correto. E agora temos sua charge. Bom demais!!

  • Edu: Primeiro foi o NÃO VAI TER COPA. Se deram mal! Agora é NÃO VAI TER HEXA.. Espero que também, desta vez, a mídia e os anti=dilmistas fanáticos (torcem contra o Brasil), se deem mal e o Brasil consiga o hexa. Apesar da falta que fará Neymar, tão bem retratado em seu excelente traço (bela homenagem!). Como já se comentou aqui, será a vitória da SUPERAÇÃO.

  • Missão (quase) impossível? Galera vai ficar mais unida. Aguarde !

    Eu amo você, BRASIL !
    Meu coração é todo seu, BRASIL!
    Eu acredito em você, BRASIL !
    O mundo espera por você, BRASIL !

  • Ótimo post.

    Nos primeiros jogos o Neymar foi decisivo, mas nos dois últimos, principalmente nesse da Colombia o restante da equipe cresceu muito. Mesmo sem o Neymar, eu acredito que a seleção possa ganhar o caneco.

    O Felipão antes de tudo é um grande motivador, vai fazer a seleção jogar para o Neymar.

  • EDÚ: quem deu uma exclusiva para Galvão+Patricia Poeta no JN? Nada mais nada menos do que o Felipão, ao vivo, em horário nobre. Cara, essa Globo é um monstro de poder! Ela ferra Dilma, PT, o povo, a seleção e mesmop assim consegue uma exclusiva do felipão em horário nobre.. A BAND, minutos antes, teve que se conformar com o professor Parreira.

    • É porquê o brasileiro médio é um cordeirinho que não pensa por si próprio, e espera que outros decidam por ele. E décadas de lavagem cerebral o condicionaram a entender que só o que a Globo diz é verdade, que a Globo seria o “chefe” e portanto todos têm que obedecer este chefe. Isso só irá mudar quando as pessoas passarem a pensar por conta própria, mas os “donos de tudo” tentariam matar todo mundo antes que isso acontecesse.

  • … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  • “Missão (quase) impossível”. … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  • “Missão (quase) impossível:” “com … mídia contra”. … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  • Parabéns pela charge!!!! … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  • A MÍDIA É A RESPONSÁVEL PELA CONTUSÃO MONSTRUOSA QUE VITIMOU NEYMAR!!!!!!!!!! ESSA É A VERDADE QUE PRECISA SER DITA AOS BRASILEIROS ATRAVÉS DA INTERNET, NAS REDES SOCIAIS, POIS, SE ASSIM NÃO FIZERMOS ESSES CANALHAS MAIS UMA VEZ “FINGIRÃO QUE NÃO É COM ELES”, E DO MESMO JEITO QUE FIZERAM COM A DESMORALIZAÇÃO DAS “PREVISÕES” CATASTROFISTAS SOBRE A COPA, QUE FORAM CAPAZES DE CINICAMENTE ATRIBUIR À “IMPRENSA ESTRANGEIRA”(QUANDO ATÉ UM SURDO CANSOU DE OUVIR OS BARÕES DA MÍDIA E SEUS “JORNALISTAS” AMESTRADOS SABOTANDO A COPA DO MUNDO DURANTE ANOS), ATRIBUIRÃO À PERSEGUIÇÃO DA ARBITRAGEM E DAS OUTRAS EQUIPES AO BRASIL AOS OUTROS, SEM RECONHECER QUE TODA A MÍDIA, LIDERADA PELA REDE GLOBO, É A CULPADA PELA VERDADEIRA CAMPANHA CONTRA O BRASIL QUE VEM ACONTECENDO DENTRO DOS GRAMADOS DESTA COPA(DEIXA EU REPETIR : A COPA É NO BRASIL E A MÍDIA BRASILEIRA LIDERA UMA PERSEGUIÇÃO AO NOSSO PAÍS DENTRO DE CAMPO!!!!!!!!!!!!!!!)E É RESPONSÁVEL POR UMA VERDADEIRA CAÇA ENGENDRADA PELAS EQUIPES ADVERSÁRIAS CONTRA OS JOGADORES BRASILEIROS, PELA COMPLACÊNCIA CÍNICA DA ARBITRAGEM COM ESSA CAÇA(QUE FINGE NÃO VER!)E PELA ESCANDALOSA DISCRIMINAÇÃO DOS JUÍZES À SELEÇÃO BRASILEIRA, EM RELAÇÃO À QUAL NÃO MARCAM NADA, ABSOLUTAMENTE NADA POSITIVO QUE POSSA RESULTAR EM CHANCE CLARA DE GOL, COM MEDO DAS REPRESÁLIAS QUE ENFRENTARÃO, REPRESÁLIAS DA PRÓPRIA MÍDIA BRASILEIRA. Ou seja, a contusão de Neymar era só uma questão de tempo, como bem disse Felipão, e destino semelhante não tiveram outros jogadores brasileiros, como Hulk(vítima do ódio mortal das fezes de microfone há muito tempo)graças à sua compleição física privilegiada, que conseguiu resistir ao verdadeiro linchamento que nossa seleção vem sofrendo em campo, o qual conta com um nível tão elevado de cumplicidade criminosa por parte da arbitragem que vemos a situação sulreal do Brasil, após ser espancado em cada jogo, sair de campo como a seleção mais faltosa. VOLTO A REPETIR, A CULPA É DA GLOBO, DA BAND, DA ESPN, DA SPORTV, DA FOLHA, DO ESTADÃO E DE TODOS ESSE BANDO DE INIMIGOS DO BRASIL QUE, EM NOME DE SUAS TARAS POLÍTICAS, É CAPAZ DE SABOTAR A MAIOR PAIXÃO NACIONAL(ALIÁS, ELES QUEREM QUE NÓS BRASILEIROS E O PAÍS SE LIXEM)E MUITO PIOR DO QUE ISSO, COMPROMETER A SAÚDE DE JOVENS ATLETAS AO PONTO DE SEREM OS RESPONSÁVEIS POR UM JOVEM DE 22 ANOS, NO AUGE DO VIGOR E TALENTO, SAIR DE CAMPO NUMA MACA E FICAR PRATICAMENTE SEM ANDAR POR UM MÊS E MEIO. É bom que o Brasil inteiro tome conhecimento disso, a mídia é culpada pelo que acontece com os jogadores do Brasil, ela detesta a seleção e endeusa seleções medíocres para tentar desmoralizar nosso time. A GLOBO TORCE ESCANCARADAMENTE PELA ARGENTINA, COMO A ESPN TORCIA PELO URUGUAI; A COLÔMBIA FOI TRANSFORMADA PELAS FEZES DE MICROFONE NA “MAIOR SELEÇÃO DO PLANETA”; SEU PRINCIPAL JOGADOR, JAMES RODRIGUEZ, FOI TRANSFORMADO EM IMBATÍVEL PARA, LOGO APÓS A DERROTA, SER METAMORFOSEESA NO JORNAL NACIONAL, POR BESTALHÃO BUENO(UM EXEMPLO CLÁSSICO DE FEZES DE MICROFONE)NUMA “SELEÇAOZINHA INFERIOR AO TIME COLOMBIANO DE 94”. Aliás, a adoração global pela Argentina merece um capítulo à parte. A despeito de nossas relações como Nação, que devem existir e fortificar-se, em matéria de futebol os argentinos são insuportáveis, imbecis, desagradáveis, patéticos, arrogantes e canalhas, deveriam merecer da imprensa e do povo brasileiro um DESPREZO MAIOR AO QUE DEVOTAM À SELEÇÃO BRASILEIRA. AO CONTRÁRIO DISSO, NUM SERVILISMO QUE CAUSA NOJO, NOSSA MÍDIA SEMPRE GOSTOU DE AGRADAR OS ARGENTINOS, O QUE REFLETE EM “CASOS DE BENEVOLÊNCIA” COM ESSES MERDAS ENTRE ALGUNS BRASILEIROS, CAPAZES DE GERAR SITUAÇÕES REPUGNANTES COMO A DE BRASILEIROS QUE TORCEM PELA ARGENTINA(ALGO QUE JAMAIS VEREMOS NELES, QUEREM QUE O BRASIL SE EXPLODA!)E AGORA TAL TARA ANTIGA DOS BARÕES MIDIÁTICOS EXTRAPOLOU TODOS OS LIMITES DO RIDÍCULO, DEVIDO AO DESEJO DE SABOTAR A SELEÇÃO E DILMA, E LEVOU À GLOBO PRINCIPALMENTE A TRANSFORMAR-SE NUMA “TORCIDA ARGENTINA”, QUE IDOLATRA UM TIME MEDÍOCRE, CUJO PRINCIPAL JOGADOR(MESSI)NÃO VEM JOGANDO NADA, E CUJA PERMANÊNCIA NA COPA É MUITO MAIS RESULTADO DA SORTE. É REVOLTANTE A POSTURA GLOBAL E ELA PRECISA SER DENUNCIADA AOS CIDADÃOS, ATÉ PORQUE ACHO QUE JÁ PERCEBI O PLANO DOS MARINHO. É claro que a Globo gostaria de ver o Brasil eliminado imediatamente(não suporta saber que o time chegou até aqui!), todavia os Marinho pensam, em último caso, em que se o Brasil estiver na final, que seja contra a Argentina e nosso time seja derrotado em pleno Maracanã, numa reedição de 50 que esses pilantras explorariam até a última gota, para “culpar” Dilma de tal maneira que muitos acreditariam que ela estava em campo. TEMOS QUE DENUNCIAR TAIS GOLPES E SABOTAGENS , CONTRA A SELEÇÃO E O POVO BRASILEIRO, E DEVIDO À URGÊNCIA DO MOMENTO ACHO QUE A MELHOR FORMA DE FAZÊ-LO É ATRAVÉS ADS REDES SOCIAIS, QUE PODEM ATINGIR O BRASIL E O MUNDO, COM A CRIAÇÃO DE “HACH TAGS” E TROCA DE MENSAGENS PARA QUE TODOS SAIBAM QUE A IMPRENSA BRASILEIRA É, ANTES DO QUE QUALQUER COISA, O MAIOR OBSTÁCULO AO TRIUNFO DO BRASIL. A SELEÇÃO E O POVO BRASILEIROS VENCERÃO A MÍDIA E SERÃO HEXACAMPEÕES DE FORMA HEROICA!

    • Caro colega Carlos Henrique,
      Nenhum de nós que tenha um pouco de bom senso e saiba ler nas entrelinhas é capaz de dizer que a nossa mídia não torce contra nosso País em todos os âmbitos, tanto dentro quanto fora, em todas as áreas! Contudo, não é exagero seu dizer que a mídia é responsável pela contusão do Neymar?! Você não está atribuindo à mídia um exagerado poder que ela não tem, visto que nem todos nós brasileiros, inclusive você, somos imbecilizados por ela?! Tenho visto que alguns comentaristas endeusam o craque Messi, mas têm motivos para isso. Ele é um excepcional jogador. É bem verdade que não está em sua melhor temporada, já que o seu desempenho não tem sido tão linear e constante! Daí dizer que a mídia brasileira é servil aos argentinos não é também um excepcional exagero?! A mídia brasileira, com raríssimas exceções, destrói a América Latina constantemente, quase tanto quanto ao Brasil! Ela pode gostar, admirar, endeusar o Messi, Di Maria, Higuain, mas para por aí! Nem tudo, meu colega, é conspiração! Tenho, também, ouvido alguns estrangeiros dizerem que a falta de total confiança na nossa seleção é que o Brasil, de uns doze anos para cá, deixou de jogar o futebol brasileiro, para incorporar um modo europeu de jogar, haja vista os lançamento de David Luiz e Thiago Silva. Você diria que isso é uma invenção de estrangeiros?! Menos, meu colega. A animosidade também cria fanáticos! E não lhe digo isso apenas pensando em você não, eu também, apesar de procurar ser cuidadosa, às vezes exagero na animosidade, na forma de agressividade! Portanto, tenhamos cuidado para não nos tornarmos iguais ou piores do que aqueles que criticamos!
      Abraço
      Maria Antônia

  • A Colômbia tem um histórico de violência, do qual não escapou nem mesmo o futebol.

    Não podemos esquecer que assassinaram o jogador da sua seleção, Escobar, poucos dias após marcar 1 gol contra na Copa de 94.

    Somente um cego ou pessoa de má fé não enxerga o movimento com o joelho feito pelo jogador ( jogador e canalha ) Zuñiga, antes de atingir a coluna do Neymar. Ele não pulou com o joelho fixo, num movimento natural de quem pula pra disputar uma bola, ele movimentou o joelho pra frente, no ar, com toda a força, para quebrar mesmo. Não mediu as consequências. ( O mordedor ( Luis Soares ) não mandou o adversário para o hospital nem o tirou da Copa e foi suspenso por 10 partidas, além de multa, e com o delinquente colombiano não vai acontecer talvez nada).

    Vejo a mídia festejar a queda do viaduto em BH, a saída de Neymar da Copa, como a vi festejar a extinção da CPMF, ( imposto para ricos ), o impedimento de cobrar IPTU dos ricos em SP, a condenação de petistas sem prova, os arquivamentos das denúncias contra os tucanos, e dezenas e dezenas de outros fatos similares. NOSSA VINGANÇA SERÁ MALIGNA. AS URNAS VÃO NOS JUSTIÇAR.

  • A contusão de Neymar.

    As reações da mídia, da blogosfera e do público em geral à contusão de Neymar mostram nossa maneira peculiar de encarar o futebol. Dividimos os jogadores em craques e “gênios”: Neymar estaria nessa última categoria. Tostão disse em sua coluna: esperemos que surja um Messias, como Amarildo, na Copa de 1962. Esquecemos que o futebol, antes de tudo, é um jogo coletivo e ninguém é insubstituível. Ontem a Holanda substituiu o goleiro, que estava jogando bem, para colocar um especialista na defesa de pênaltis. Ficamos estupefatos diante dessa atitude que, para eles, era normal. Na partida contra a Austrália o jogador holandês Bruno Martins Indi sofreu uma entrada cavalar do atacante Tim Cahill, da Austrália, e saiu de campo desmaiado, sendo levado para um hospital de Porto Alegre com suspeita de lesão na coluna cervical. Seus parceiros encararam o fato com naturalidade e não fizeram qualquer tipo de protesto. Cahill recebeu, apenas, um cartão amarelo. Nos tempos da URSS os jogadores daquela seleção eram induzidos a não protestar contra as decisões da arbitragem que, muitas vezes, prejudicava os soviéticos. Os russos continuam a fazer o mesmo. Os alemães, talvez, sejam assim também. Por falar em Alemanha, Hortência, a ex-craque do basquete, disse outro dia no Sportv que naquele país a imprensa também está sentando o pau na seleção. Eles acham que a seleção deles não está essas coisas, opinião da qual compartilho. Esta Copa provou que não existe seleção fácil de vencer. Nem a da Grécia, país assolado pela crise financeira. Os nossos possíveis adversários, daqui em diante, são todos “pedreira”. Tanto faz Alemanha, Argentina ou Holanda.

  • Não é quase impossível não, Edu. Brasil x Alemanha é um clássico dmundial. Num clássico, tudo pode acontecer. O Neymar fará falta (muita), mas já vi o Flamengo ganhar desfalcado do Zico. E se der Alemanha, não será o fim do mundo. O povo saberá dar o valor à seleção, que não estando nem de longe entre as melhores que o Brasil já teve, está imbuído daquele espírito heróico de que falava Nelson Rodrigues.
    E se o pig acha que uma eventual derrota da seleção vai prejudicar a Dilma, eles vão dar com os burros n’água novamente.

  • Já ia esquecendo. Em relação à falta que tirou Neymar da Copa, existe uma controvérsia se foi ou não deslealdade. Para mim não resta dúvida, por causa de um outro lance, em que o mesmo jogador Zuniga entra de sola no joelho do Hulk. Aquilo era para quebrar.
    A postura do juiz em deixar a porrada correr solta tem a ver sim com o clima que se criou de que há favorecimento ao Brasil.
    PS: Inacreditável: Teve um jornalista, um tal Forastieri do R7, que desejou no twitter que o Neymar quebrasse a coluna!

    • Jornalista, Juliano? Não seria um “jornali $ ta, este para mim desconhecido Forestieri. É brincadeira isto, torce contra o que o nosso país tem de melhor. Está mais para um Forasteiro, ingrato. Xou imprensa ou mídia vagabunda.

  • Rapá, essa carcomídia está partindo para o tudo ou nada mesmo. A folha acusou o pai de Neymar de fazer parte de uma “máfia” de venda de ingressos. Neymar rechaçou as acusações pelo Instagram. A folha recuou. Mas com certeza eles estão tentando achar qualquer coisa contra os jogadores, o Felipão ou a avó do massagista para poderem atacar a Seleção Brasileira. http://www.brasil247.com/+9c6z2

    Um tal de Forastieri, do R7, antes de Neymar levar a joelhada, disse no twitter que torcia para que ele quebrasse o fẽmur. Depois que Neymar se lesionou, ele festejou em um artigo. http://saraiva13.blogspot.com.br/2014/07/desejo-macabro-contra-neymar.html http://tijolaco.com.br/blog/?p=18962

    Eles já não escondem seu ódio contra Dilma, agora estendido contra a Seleção Brasileira. No fundo, no fundo, eles odeiam o povo brasileiro.

  • É vergonhosa a maneira como a imprensa brasileira se manifesta. Enquanto os jornalistas estrangeiros torcem pelas seleções de seus países, aqui no Brasil essa imprensa fajuta torce contra o seu país. Tem razão o Felipão quando diz que até os juízes escolhidos a dedo foram aqueles aqueles que poderiam prejudicar o Brasil – o jogo da Colômbia foi um desses exemplos – cartão amarelo para o Brasil e nem mesmo para aquele jogador truculento que atingiu Neimar Júnior mereceu qualquer punição por parte do árbitro Como cantava o grande João do Vale ” escorregar não é cair, é jeito que o corpo dá”.
    Avante Brasil!

  • Depois de algum tempo, volto emocionado com seu comentário. Circunstâncias obrigam-nos às vezes à essa distância temporal. Mas vamos lá. Lembro-me da brasileira, afrodescendente, nascida na Rocinha, então na Alemanha. Decide ser vereadora germânica para defender imigrantes de qualquer tez. Consegue e declara: “Aprendemos na labuta que nada é impossível ao brasileiro”. Lembra-se?

    Como joguei futebol, até como profissional, disse à minha esposa no momento da pancada nas costas de Neymar: “Isso pode ser grave. Olha onde vai o joelho do colombiano, na coluna”. O colombiano, a meu ver foi maldoso. Como o árbitro não amarelava ninguém e já havia pegado Hulk no joelho, sem amarelo, era previsível que voltasse à violência. Protegeu a pancada do joelho com o próprio corpo, para esconder a intenção. Nem amarelo levou. Confesso que chorei, e até xinguei o colombiano, assim como a emoção se abateu sobre os jogadores, no desfecho do jogo contra o Chile.

    Sei que não será fácil o jogo contra o futebol calculista da Alemanha. Mas aí, como você disse, a emoção poderá jogar a nosso favor, por Neymar. Esquecem-se os comentaristas, especialmente aqueles que nunca jogaram bola, que o futebol tem um componente psicológico enorme, precisa dela para jogar com a adrenalina a favor, individual e coletivamente. E ninguém, dos quatro times que restaram, terá, talvez, esse estímulo tão intensamente a nosso favor. Nossos jogadores poderão tirar os pés do chão e voar, como se diz na gíria dos boleiros. Tomara que seja assim. E quem sabe assim será. O espírito da genialidade de Neymar poderá pairar sobre nossos jogadores e “contaminá-los”.

    Meu coração brasileiro também entrará em campo.

  • olha, amigos – a situaçao está criada. So tem cachorro grande agora.
    E entre canarinhos e portenhos, se ambos passam tem potencial problema e se nao passam idemidem: pela disputa do terceiro lugar, esta em BH. E a pior se Brasil perde e Holanda tambem.
    Ninguem esta falando de publico, e é bom que nao fale mesmo. Esquemas gigantes de segurança tem que ser pensado e executados nas tres capitais. Nao quero nem mais saber de bastidores…A copa tem que terminar bem, enquanto Copa! Olho aberto gente e PAZ para todos.

    • Os Jabores e Pondés da vida andaram destilando seu mau humor contra o Brasil atacando a Seleção. Felipão, que de petista não tem nada, andou respondendo as “cornetadas” de Galvão e outros menos votados da velha mídia, como os comentaristas conservadores da Rádio Jovem Pan de SP (antro do Instituto Millenium no qual pontificam os “milenistas” Azevedo, Villa e Magnoli). Parece que alguns jogadores já perceberam do que se trata (torcida contra da velha mídia por objetivos políticos) e o efeito do “não vai ter hexa” de alguns fortaleceu ainda mais a união do grupo; e os jogadores mais criticados como Thiago Silva e Paulinho deram a resposta em campo. A Alemanha é forte, mas tem uma defesa com 3 zagueiros grandalhões demais e veteranos que já demonstraram que sentem o desgaste quando são confrontados com um ataque de velocidade como aconteceu contra a Argélia e, principalmente, contra Gana. A união time e torcida, com o “mordido” Felipão liderando, pode fazer com que vençamos mais este desafio.

  • foram aecio e os tucanos em conluio com a midia conservadora que comprou zuniga para aleijar neymar e dificultar o brasil, e assim prejudicar o pt e o governo dilma
    embora eu não saiba porque o pele quebrou a perna do procopio ou porque o leonardo deu uma cotovelada no tab ramos

    • VOCE WALTER E´´ A QUINTESSENCIA DA MALDADE REVIRANDO EM POLITICA ACCUSACOES SIMPLEMENTE STUPIDE E PARTIDARIE. DUAS SEMANAS A TRAZ REVELEI QUE FIFA EM ITALIANO SIGNIFICA MEDO. E AGORA VOCE PODE ENTENDER QUE TODO O QUE ESTA´´ ACONTECENDO PARTECIPA DE ESTO ESTADO DE ALMA O MEDO. E NAO E´´ CULPA DE NINGUEM E QUE DEUS TE ASSISTA VOCE ESTA MEXENDO COM FORCAS GIGANTESCAS……………..

  • Belo desenho, Eduardo! Parabéns!…

    Sobre a Copa, antes era “Não vai ter Copa”. Agora, virou “não vai ter Hexa”.

    Entretanto, independentemente do Hexa, o Brasil ganhou e o maior legado da Copa das Copas é a imagem que fica do nosso País junto ao mundo.

  • Digam o que quiserem mas esses ‘meninos’ são os 300 de ESPARTA lutando contra um exército de ROLABOSTAS !! Só peço a DEUS (ES) que não os deixe cair no campo de batalha antes da GRANDE FINAL. VIVA O BRASIL !! VIVA O POVO BRASILEIRO !! VIVA NEYMAR !! O SONHO NÃO ACABOU !! E nunca vai acabar, porque o que seria da nossa vida sem os nosso sonhos !?!

    “ANOS tuKKKânus LEWINSKYânus NUNCA MAIS !!! NO PASSARÁN !! VIVA GENOÍNO !! VIVA ZÈ DIRCEU !! VIVA A LIBERDADE, A DEMOCRACIA E A LEGALIDADE !! VIVA LULA !! VIVA DILMA !! VIVA O PT !! VIVA O BRASIL SOBERANO !! LIBERDADE PARA JULIAN ASSANGE, BRADLEY MANNING E EDWARD SNOWDEN JÁ !! FORA YOANI e MÉDICOS COXINHAS !! ABAIXO A DITADURA DO STF DE 4 PARA A GLOBO !! ABAIXO A GRANDE MÍDIA CORPORATIVA, SEU DEUS ‘MERCADO’ & TODOS OS SEUS LACAIOS & ASSECLAS CORRUPTOS INIMPUTÁVEIS !! CPI DA PRIVATARIA TUCANA, JÁ !! LEI DE MÍDIAS, JÁ !! ******* “O BRASIL PARA TODOS não passa no SISTEMA gloBBBo de SONEGAÇÃO – O que passa SISTEMA gloBBBo de SONEGAÇÃO é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

    • Bom está na hora de dar os Parabéns…a mídia(espero que o controle remoto funcione).a CBF e FIFA,grandes articuladores da direita…e Parabéns para Alemanha, pelo entreguismo da seleção,afinal não é todo o dia que a gente assiste um espetáculo desses…e quanto a esquerda,lamento muito…no Brasil como no resto do mundo foi incapaz de perceber a artimanha da direita.Golpe de mestre!!!!Os Simpsons já sabiam do resultado e nós ficamos olhando como o dois de copas!

  • Então ficamos assim, os EUROPEUS são os favoritos e nós, a ZEBRA. invertem-se as responsabilidades, Isso é bom para o BRASIL. AVOHAI !!!

    “ANOS tuKKKânus LEWINSKYânus NUNCA MAIS !!! NO PASSARÁN !! VIVA GENOÍNO !! VIVA ZÈ DIRCEU !! VIVA A LIBERDADE, A DEMOCRACIA E A LEGALIDADE !! VIVA LULA !! VIVA DILMA !! VIVA O PT !! VIVA O BRASIL SOBERANO !! LIBERDADE PARA JULIAN ASSANGE, BRADLEY MANNING E EDWARD SNOWDEN JÁ !! FORA YOANI e MÉDICOS COXINHAS !! ABAIXO A DITADURA DO STF DE 4 PARA A GLOBO !! ABAIXO A GRANDE MÍDIA CORPORATIVA, SEU DEUS ‘MERCADO’ & TODOS OS SEUS LACAIOS & ASSECLAS CORRUPTOS INIMPUTÁVEIS !! CPI DA PRIVATARIA TUCANA, JÁ !! LEI DE MÍDIAS, JÁ !! ******* “O BRASIL PARA TODOS não passa no SISTEMA gloBBBo de SONEGAÇÃO – O que passa SISTEMA gloBBBo de SONEGAÇÃO é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

  • Neymar em campo é inquestionável a suas qualidades como jogador. Entretanto, tem que amadurecer ainda mais no trato com essa mídia venal que enche a sua bola em programas como de Regina Casé e Faustão: prá começo ele teve uma atitude louvável ao falar que os jornalistas estavam precisando de psicólogo, portanto foi uma cutucada na mídia por um astro que é uma das principais figuras dessa Copa.

  • Sr. Eduardo, os adversarios chorando com medo da arbitragem ajudar a seleção visava esse efeito mesmo, dessa mesma arbitragem alem de não ajudar começar a prejudicar; mas a arbitragem foi ruim em todos os jogos, por exeplo, o frances quebrou o tornozelo do jogador nigeriano na frente do juiz e só levou um cartão amarelo, nessa copa não pode morder mas quebrar o adversario pode; e parece que entre os jornalistas torcer contra o Brasil é uma exigencia, o jornalismo esportivo consegue ser mais ruim e idiotizado do que o jornalismo economico e politico, tem jornalista que odeia tanto o tecnico da seleção que baba e treme feito um louco quando fala dele; isso me lembra a final da copa america que diziam que o Brasil iria ser goleado pela Argentina na final e o Brasil ganhou de 3X0 (ou 3×1 não lembro) e certo jornalista contrariado mandou os telespectadores “se danar”, esse é o nivel desse jornalismo esportivo incompetente e vira-lata que temos.

  • Da mesma que a maioria dos Brasileiros desejavam a presença do Neymar neste jogo, eu também desejaria. Mas, há um porém com a sua ausência: não seremos previsíveis dentro de campo. Com a sua presença, o esquema tático da equipe torna-se previsível em função de todas as bolas ofensivas ter que passar por seus pés. Com a sua ausência predominará o coletivo, fazendo que com o próprio “cone” chamado Fred ou Hulk, tenha mais liberdade em se apresentar ou fazer as jogadas. EU ACREDITO QUE PASSAREMOS POR ESTA BATALHA!

  • Abaixo o pig!!!!… “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que

  • Abaixo o pig!!!! Viva o povo brasileiro!!!! Viva o Brasil!!!! … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  • O Pig já tem seu herói nessa Copa. O Troglodita Troglodita da Bola ,O colombiano Zhuniga. A joelhada que ele aplicou ás costas do nosso craque Neymar acertou as costas dos Brasileiros e de todos os amantes do futebol. Porém Neymar ,como o povo brasileiro , saberá dar a resposta corajosa ,destemida e necessária ao Pig . e á nossa Elite colonizada bem como aos que, como o covarde colombiano, aprenderam apenas a destruir. Nosso Garoto Neymar estará logo ,como sempre esteve, assumindo seu lugar de destaque como o gigante da Bola que é nos gramados e nos nossos corações e o povo Brasileiro espera ansioso ,eu sei , para dar, através do voto nas eleições de outubro , um grande brado de vitória contra uma Elite Reacionária ,Escravocrata , que vem , através de (Joelhadas pelas costas) tentando destruir o Brasil a cinco Séculos .
    Nunca Conseguirão, porém, enquanto batucar dentro do nosso peito coraçõesde brasileiros desassombrados.

  • O Pig já tem seu herói nessa Copa. O Troglodita Troglodita da Bola ,O colombiano Zhuniga. A joelhada que ele aplicou ás costas do nosso craque Neymar acertou as costas dos Brasileiros e de todos os amantes do futebol. Porém Neymar ,como o povo brasileiro , saberá dar a resposta corajosa ,destemida e necessária ao Pig . e á nossa Elite colonizada bem como aos que, como o covarde colombiano, aprenderam apenas a destruir. Nosso Garoto Neymar estará logo ,como sempre esteve, assumindo seu lugar de destaque como o gigante da Bola que é nos gramados e nos nossos corações e o povo Brasileiro espera ansioso ,eu sei , para dar, através do voto nas eleições de outubro , um grande brado de vitória contra uma Elite Reacionária ,Escravocrata , que vem , através de (Joelhadas pelas costas) tentando destruir o Brasil a cinco Séculos .
    Nunca Conseguirão, porém, enquanto batucar dentro do nosso peito corações de brasileiros desassombrados.

  • Abaixo o pig (partido da imprensa golpista) !!!! Viva o povo brasileiro!!!! Viva o Brasil!!!! … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  • MÍDIA CONTRA? ME PERDOEM!! A REDE GLOBO ESTA’ COMPRADA PELO PT. SÓ FALA DE COPA DO MUNDO. NÃO DA’ NOTÍCIAS SOBRE ASSUNTOS SÉRIOS COMO O DESABAMENTO DO VIADUTO EM BH. VIADUTO CONSTRUÍDO COM O DINHEIRO DO PAC. ACIDENTE DE CULPA DA DILMA,!!

    • Rafinha,
      “A Rede Globo comprada pelo PT”. Está piorando!!! Eu tenho te alertado!!! Pare de ler os blogueiros reacionários! Pare de ver Rede Globo! Pare de ler Veja! Os teus neurônios já estão entrando em curto circuito! Se você não tiver cuidado, eles vão parar e você vai babar! Vá ler José guilherme Merquior ou Reali Júnior, eles são de direitas.
      Maria Antônia

  • O sucesso da copa é gigante, a humilhação para os tucanos e a mídia golpista é descomunal, caso o Brasil vença a copa, Dilma será eleita. A “direitona” é mestre em sabotagem, fizeram e farão tudo para melar a copa. Gostaria muito de ver as imagens (reais né) da fratura de Neymar e saber por que o prontuário do jogador foi recolhido do Hospital São Carlos. Não confio na CBF, nem na FIFA e nem na GLOBO.

  • Nossa! Em minha opinião, viajou legal.
    A seleção tem jogado mal a maior parte do tempo nos jogos. Isso não tira a chance de ser campeão porque nenhuma seleção está uma maravilha, e ainda tem a possibilidade de surpresa, por exemplo, a Costa Rica jogou muito pior que a Holanda (que não foi maravilhosa), teve muito menos chances, ainda assim, levou o jogo para os pênaltis, tendo uma chance de fazer um gol e se classificar no final do segundo tempo da prorrogação.
    No primeiro jogo o gol “irregular” não faria diferença porque o Brasil ganhou por dois gols de diferença!? Você não deve assistir futebol para falar isso, ou você acha que a defesa da Croácia estaria aberta como esteve no terceiro gol brasileiro, se o jogo estivesse empatado?
    O jogo do México o Brasil teve as chances mais claras, mas muito por conta da falta de mira dos mexicanos, que não acertaram quase nenhum chute no gol, e de lances fortuitos no ataque, os lances de perigo do Brasil vieram, todos, de cruzamentos, não teve jogada trabalhada. Não é mal levar perigo em cruzamentos, o problema é só ter isso a oferecer.
    Contra Camarões jogou bem o segundo tempo, no primeiro tempo deu muitas oportunidades para o adversário, mesmo com a seleção de Camarões não tendo feito nada na copa (o único gol foi contra o Brasil). Agora histórico de Camarões na copa, o que Camarões fez em copas desde 1990?
    Contra o Chile, depois que tomou o gol, o time foi muito mal, só voltou a jogar quando o Chile cansou.
    Contra a Colômbia fez um bom primeiro tempo, mas no segundo voltou a jogar mal, não ficou com a bola e não teve saída.
    Além disso, o Brasil fez três gols de bola parada, não conseguiu criar jogadas de outra maneira.
    Contra a Alemanha, o Brasil não é favorito, a Alemanha tem um bom time, bons jogadores (apesar de não ser uma maravilha). Mas isto não garante que o Brasil vá perder, existem muitos fatores que podem influenciar no resultado, por exemplo, um gol no início do jogo.
    Eu achar que a Alemanha é favorita não me faz um cara com complexo de vira latas, é apenas minha opinião, acho que é radicalizar muito desqualificar opiniões opostas à minha, mas sei que é muito comum, então não me importo muito quando fazem isto comigo.
    Só pra concluir, sei que este blog é sobre política, e leio boa parte dos textos. Acho legal ter uma voz diferente da voz das mídias mais tradicionais, cujos interesses são bem diferentes dos do povo em geral, mas ao começar a adotar posicionamentos radicais como o adotado neste texto, penso que o blog pode começar a sofrer da mesma desconfiança das mídias tradicionais, ficar sem lucidez ou imparcialidade.
    Em minha opinião a postura das mídias tradicionais nas previsões de fracasso na realização da copa foram absurdas e interesseiras, mas isto não tem muita relação com as críticas que a seleção brasileira tem recebido, e também não vejo torcida contra da mídia, apenas “cornetagem” (nem sei se existe a palavra) de torcida. Um exemplo disso foi a posição da Globo quanto ao jogador que machucou o Neymar, execrando o jogador em um lance que ele foi muito menos maldoso do que foi no lance com o Hulk no primeiro tempo, em um jogo que estava tendo pancadas dos dois times desde o início do jogo.

  • “Hoje vai jogar o time que a imprensa quer; no México jogará o meu time”. Foi mais ou menos com essas palavras que Zagallo e a seleção se despediram do Brasil e partiram para o tri em 70. A seleção estava totalmente desacreditada, e mais ainda pela insistência com que o Zagallo dizia que Pelé e Tostão não podiam jogar juntos e que seu predileto pela esquerda era Paulo Cesar “Caju” e não Rivellino. Pelé não vinha bem na preparação e Zagallo chegou ao cúmulo de colocá-lo no banco em jogo-treino contra a Bulgária.
    As críticas jornalísticas que levaram à queda de Saldanha que estava perdido, e posteriormente às convicções errôneas de Zagallo, resultaram na maior seleção de todos os tempos, aquela mesma preferida pela imprensa e pela torcida.
    Só quem não acompanha futebol regularmente pode se espantar ou se escandalizar com comentários ácidos sobre a seleção brasileira. Isso sempre ocorreu, mesmo quando tínhamos craques fora de série, e não seria agora com nosso time mediano que os crtíticos iriam se omitir, até porque o futebol é paixão nacional mas ninguem gosta de ser enganado ou de se enganar a si próprio, portanto não adianta dourar a pílula quando temos um time com pouca identificação com o povo, e que não pratica um futebol próximo à perfeição, que é o mínimo que nós brasileiros exigimos, ciosos e até arrogantes que somos de nossa grande história nesse esporte.
    De resto, não dá para falar em time muito jovem diante de Julio Cesar, D Alves, Fernandinho, Fred, com mais de 30 anos, outros próximos dessa idade como T Silva com 29, e apenas 2 jogadores, Oscar e Neymar, com menos de 25 anos. Tampouco é razoável imaginar que jogadores profissionais, maduros e com vivência internacional nos maiores times do mundo, iriam se “amedrontar” com manifestantes contra a Copa. Atribuir más atuações a arbitragens contrárias, que sequer têm ocorrido exceto quanto ao gol anulado do Hulk, é algo típico exatamente do tempo em que tínhamos complexo de vira-latas, quando não ganhávamos porque éramos “roubados” ou quando uruguaios nos davam bofetadas imaginárias e os argentinos nos chamavam de macacos, ou seja, era um coitadismo que, com nossos 5 títulos, esperamos que esteja sepultado em algum lugar do passado.
    Por fim, é equivocado interpretar críticas a nossas atuações como torcida contra esse ou aquele partido, pois com vitórias do Brasil quem lucra é a própria imprensa, pelo crescimento do interesse por futebol, maior audiência para os jogos, vendagem de revistas e jornais. Aliás, misturar política com futebol não costuma dar certo, segundo ilustrativas lições do passado.

  • Caro companheiro Edu.

    Não sei se alguém já comentou o que vou escrever, porque não lí todos os comentários.

    Parece que vc teve uma premonição ao fazer esta charge em 03/07.

    Esta bola vindo que nem fogo pelas costas do Neymar, foi a joelhada criminosa que ele recebeu.

    Parabéns pela charge.

    Grande Abraço.

  • Além de bons artigos, também um excelente desenhista. … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  • Abaixo o pig (partido da imprensa golpista) e seus lacaios, sabujos do poder. Viva o povo brasileiro!!!! … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

Deixe uma resposta