Mourão viajará para reunião na Colômbia que articula golpe na Venezuela

O presidente Jair Bolsonaro escalou o vice-presidente Hamilton Mourão para viajar a Bogotá, na Colômbia, e participar da reunião do Grupo de Lima na próxima segunda-feira (25).

A decisão do presidente brasileiro de enviar seu vice para o encontro ocorre no mesmo dia em que Nicolás Maduro anunciou o fechamento da fronteira terrestre da Venezuela com o Brasil.

O aviso de Hugo Chávez

As relações entre o PIG venezuelano e o brasileiro vêm se estreitando desde a tentativa de golpe contra Chávez em 2002. De lá para cá, a mídia brasileira – Globo à frente – vem repercutindo, ipsis litteris, a retórica de Marcel Garnier (ex-proprietário da extinta televisão venezuelana RCTV), Pedro Carmona (presidente biônico e efêmero alçado ao poder pelos golpistas venezuelanos em 2002) e companhia limitada.