Ué, mas a crise internacional não tinha acabado?

Reportagem

jornal nacional

 

O telespectador do Jornal Nacional – entre outros noticiários picaretas que embromam o país –, caso só se informe pela mídia corporativa, por certo ficou sem entender nada ao fim da edição do primeiro dia útil desta semana daquele telejornal.

Há meses que a mídia e a oposição ao governo Dilma Rousseff vêm desmentindo a presidente da República quando ela diz que as dificuldades econômicas do país se devem à crise internacional.

O blogueiro da Globo Ricardo Noblat, por exemplo, escreveu, recentemente, que “a crise internacional não existe mais”.

Também recentemente, Gustavo Franco, que pilotou o Banco Central durante o governo Fernando Henrique Cardoso, afirmou que a crise econômica do Brasil “não vem de fora” e que ela foi “autoinfligida” – ou seja, não existiria crise internacional. A crise seria só brasileira.

A Editora Abril, claro, não poderia se furtar, através da revista Exame, a espalhar a farsa de que só o Brasil estaria em crise enquanto o resto do mundo já teria se recuperado.

Mas o mentiroso mais ousado, sem dúvida, foi o economista Armínio Fraga, que teria sido nomeado ministro da Fazenda caso Aécio Neves tivesse vencido a eleição presidencial do ano passado; ele afirmou que “a crise econômica mundial acabou em 2009″.

A mentira colou. A grande maioria dos brasileiros desaprova o governo Dilma porque acreditou na mídia e na oposição quando disseram que os problemas do Brasil não são causados por crise internacional, pois esta não existiria mais.

As pessoas, então, por certo ficaram perdidas ao assistir à edição do JN de 24 de agosto de 2015.

O telejornal começou informando que a Bolsa de Nova Iorque chegou a cair mais de 6% no primeiro dia útil desta semana porque a China representa 15% da economia do planeta e seu crescimento vem despencando ano a ano.

A causa disso foi explicada pelo JN e essa explicação por certo foi o que mais deve ter espantado quem acreditou na Globo e na oposição quando disseram que não havia mais crise econômica internacional.

“Se a China cresce menos, é ruim para as multinacionais que ganham dinheiro lá. E para as empresas que exportam pros chineses. Eles são os maiores compradores de matérias-primas do mundo – e os principais clientes do Brasil”, diz o telejornal da Globo.

O JN disse, também, que “A Europa continua patinando”… Como assim, “Continua”?! A Europa já não tinha saído da crise, segundo Noblat, Gustavo Franco, Armínio Fraga etc.?!

Ao fim da matéria, o maior telejornal do país diz que o professor de economia norte-americano Sanjay Reddy opinou que os Estados Unidos não têm como baixar suas taxas de juro – que estão negativas desde 2009 – porque isso poderia “agravar ainda mais a crise nesses países”, ou seja, nos EUA, na Europa, na própria China e na América Latina.

Aí é que o público que se informa (mal) pela mídia corporativa não entendeu nada mesmo. Que crise “nesses países”? Ela não tinha acabado no mundo inteiro, menos no Brasil?

Assista, abaixo, à matéria do Jornal Nacional em questão. E espante-se também. Ou não…

 

122 comments

  • Esses caras não estão nem aí Eduardo. Tocam um terror na cabeça dos incautos, depois eles mesmos se desmentem e fica por isso mesmo. Abraços, Eduardo.

  • O Brasil já estava em recessão enquanto a bolsa chinesa “bombava” e o Estados Unidos tem a menor taxa desemprego desde 2009. Como já é de praxe no PT irão terceirizar a culpa e utilizar o crash na China como bode expiatório.

  • Que a mídia corporativa mente até uma criança já sabe. O brasileiro continua a acreditar nessa mídia que lhe vendeu uma Ditadura Militar, Fernando Collor , José Sarney e FHC só para citar alguns exemplos bem vivos porque quer , com o advento da internet essa mídia não manipula ninguém, as pessoas saem vendendo o que eles publicam ou por interesse próprio , é o caso da oposição a Dilma ou por pura ódio e preconceito latente. Não culpo a mídia por essas pessoas acreditarem nela porque bastaria uma pesquisa na Internet e saberíamos o que acontece no mundo se não o fazem é porque não querem. Cansei de todas as vezes que boa aparcela da sociedade brasileira elege um político que a saqueia, ou faz protestos para tirar quem investe nela, ou fala absurdos sem buscar fundamentação lógica ela culpa a mídia corporativa, ela diz que foi manipulada. Ninguém é manipulado por ninguém , isso é coisa de novela ou romance de péssima qualidade. Estamos na era da informação se a pessoa ainda compra informações de uma emissora que surgiu nos porões da Ditadura Militar é porque que quer.

    • Paula, sabem porque eles não pesquisam na internet? Porque essa mídia alimenta o monstro do egoísmo que habita em cada um de nós, só que com eles, este monstro tornou-se ingovernável e faminto. Logo, ele precisa dessas informações do pig para se alimentarem e, com isso, retroalimentarem o mesmo pig.

      A parcela egoísta inerente ao ser humano, que em casos de extrema necessidade vêm à tona, como por exemplo, em casos de perigo de morte, nessas pessoas o perigo vem em ver um outro irmão melhorando de vida e, em vez de se alegrarem por virem alguém melhorando, vêm como um perigo para si. Não é racional, é verdade, mas irracional, por isso transformam-se em monstros destrutivos e perigosos, daí o fascismo com que se expressam contra a mobilidade e programas sociais.

      No futuro, psicólogos (não os canalhas que servem aos interesses mesquinhos do capital ao manipular as massas e induzi-las a este fascismo) e psiquiatras irão analisar melhor isso que falo.

  • Acredito que a própria Globo já percebeu que, a cada dia que passa, está mais dificil destituir a presidenta e empossar o presidente Aécio…

    O jeito agora é tentar demonstrar a realidade de fato, pois a audiência e a credibilidade do JN vem despencando.

  • Pois é ..foi a CHINA quem “segulou” o câmbio. que facilitou a “TOLLA” de divisas com “lemessas” de “luclos”, viagens e “impotações” ..ou que “segulou” o “pleço” dos combustíveis, “talifas” públicas e demais “seviços” administlados.

    Foi a China quem preferiu, antes, turbinar o consumo interno do que o investimento, esticando e comprometendo a renda das famílias para além do seu 1o mandato ..ou quebrando o ESTADO com obrigações que lhe forçaram a a divida, ou mesmo as receitas (muitas tidas de forma extraordinária e atípica)

    Foi a CHINA que desestimulou a sua industria pela troca da importação de porcarias.

    Foi a CHINA quem desonerou setores fundamentada no imediatismo e no achismo, numa visão de CP ..foi ela que promoveu o subsídio cruzado pra grandes empresas e empreiteiras a custa de impostos regressivos mantidos pelos mais necessitados pra equalizarem juros abusivos.

    Foi ela quem tb tratou de traçar metas, acompanhar, auditar e se certificar que os INVESTIMENTOS PÚBLICOS (em especial da petroleira e na infra) ocorrem-se dentro do cronograma, prazo e expectativas TRAÇADAS.

    Foi a China quem andou prometendo creche, ou casa própria pras famílias carentes (hoje 80% inadimplentes na BAIXA renda) quando em verdade o que mais se viu foi uma explosão de oferta pra classe média e alta, com efeitos NOCIVOS e inflacionários por todo o país.

    Foi a China que insistiu em desonerar alguns setores essenciais, desarranjando os mercados, os preços relativos, a concorrência, e de quebra, deixando de rastro, MAIS de uma dívida GIGANTESCA como o foi com o setor de energia.

    Foi a CHINA que mesmo alertada pel mãe natureza, ATÉ AGORA não moveu um dedo pra se garantir conta a INSEGURANÇA HÍDRICA que afeta todo o país (exceto pela transposição do velho Chico inciada – e atrasada – pelo governo que ela sucedeu).

    Foi a CHINA que aproveitando o grau de investimento conseguido por seu antecessor, tratou de manter JUROS REAL – num tempo em que o MUNDO praticava taxa ZERO e/ou negativa – pra combater inflação ora sazonal, noutra feita estrutural e/ou inercial (indexação) sem efetivamente atacar os problemas que eram turbinados pelos gastos e pedaladas excessivas (comprometimento da renda do ESTADO de outros exercícios) mantidos pela sua turma da Fazenda.

    Enfim ..foi a CHINA que mentiu pra sociedade, que pintou um cenário rosa e farto aos seus eleitores, quando em verdade JÁ SABIA – mesmo aguardando por um COPA – que o momento estava mais pra racionalidade, comedimento e seriedade no trato dos recursos públicos escassos.

    Foi a CHINA que depois de um tempo passou a responder pelo nome de DILMA.

    ps – em tempo …SIM ..é verdade, NÃO que a crise tenha passado ..a CRISE esta sempre conosco ..mas que as economias, desde 2011 praticamente, enfrentam um período de soerguimento e superação, enquanto a nossa vem de fracasso em fracasso ,com a água sempre no pescoço, disso eu não tenho duvida

    ..e desculpe, mas por todos estes anos (pós 2008) mesmo tendo que ouvirmos falar das dificuldades duma Irlanda, Portugal, Espanha, Itália e, nos últimos 3 anos, da Grécia, falar que a crise internacional sistêmica ainda estava presente com toda a sua fúria, DESCULPE, mas eu acho que foi má interpretação sua.

    e sobre a CHINA, mais do que devido a 2008, hoje o que vemos é o exaurir de uma fórmula, da adequação de uma economia que exagerou em tentar promover seu desenvolvimento muito mais a custa dum mercado externo, super ofertada em projetos e empreendimentos ociosos, do que partido de seu consumo interno.

    MAIS AINDA ..BOA PARTE da crise que ainda nos incomoda é devido à necessidade por mudanças a serem feitas na matriz energética que hoje aquece o planeta, e que encontrou resistências por parte do cartel da OPEP que não pestanejou em superofertar o planeta desde 2013/4 pra desestimular e tentar MATAR (ou atrasar) seus concorrentes, levando consigo, pela incerteza criada, o descarrilhar de preço outras tantas commodities e suas respectivas cadeias e processos.

    https://www.youtube.com/watch?v=H2PGQzxLh1c

    “solly”, vai um pastel ? ..só UM “LEAL”

          • ahh não, aqui vou discordar ..claro que foi LULAAAAAAA, e Meirelles, os verdadeiros fiadores

            ..Mantega caiu de paraquedas enquanto seu antecessor, o linguinha, tentava se explicar pelas quebras de sigilo e farras na Mansão da Madame Jeany Mary Corner ..vulgo BATACLAN do PLANALTO

            em tempo – e hoje, nosso personagem provavelmente anda muito mais ocupado em ter que provar seu enriquecimento via “CONSULTORIA” (“legal”, mas não legítima) dado em tempos de quando ele era DEPUTADO , membro da comissão de orçamento ..pode uma coisa dessas ?

            veja o flagrante

            https://www.youtube.com/watch?v=UzruUnwExmc

    • Grau de investimento? Só para refrescar sua memória: FHC recebeu o Brasil como OITAVA economia do mundo. Oito anos depois, no final de seu mandato, tínhamos despencado para 13o. lugar. Aí entrou Lula, recuperou o país e passamos a ser a SÉTIMA economia do mundo.

      Por que FHC não fez a interligação do sistema elétrico, provocando o desastroso apagão (racionamento) de um ano que DERRUBOU nossa credibilidade internacional. Quem iria querer investir num país que RACIONAVA energia elétrica?

      Quanto à crise hídrica, o que o governador Geraldo Alstom, digo, Geraldo Alckmin, fez para evitá-la aqui no estado de SP?

          • Seu desconhecimento dos fatos é escabroso. Além de ainda termos o investment grade, a economia se mantém a 7a. Isso sem falar em quasse US$ 400 bi de reservas – FHC tinha zero, pois os US$ 26 bi que tinha haviam sido emprestados pelo tesouro americano, pelo FMI e pelo clube de Paris.

          • Outra coisa importante: Dilma ainda tem 5/6 de seu segundo mandato para governar e possivelmente entregará para seu sucessor um País bem melhor do que está agora.

            Fazer qualquer previsão nesse momento, sobre os desígnios da Nação até 2018, é o mesmo que tentar prever, aos 15 minutos do primeiro tempo, o resultado de uma partida de futebol.

            PS: Não vale citar os 7×1 da Copa.

            Abraços.

    • Conforme li no site vermelho.org.br, a China tem excelentes condições de superar essa crise que lhe abateu, pois tem uma reserva de aproximadamente 4 trilhões de dólares e ela tem o controle quase completo de sua economia, segundo o médico e economista Sérgio Barroso. Enquanto que a economia americana desde maio deste ano está em desaceleração, conforme alertou o OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

      vermelho.org.br/noticia/26911-2

    • Roma a caminho!
      Vc diz … ps – em tempo …SIM ..é verdade, NÃO que a crise tenha passado ..a CRISE esta sempre conosco.
      Concordo com vc. Enquanto tivermos FHC, Serra, Aécio, Cunha, CARF. HSBC, justiça só para um lado, elíte que quer ver um pais sempre colônia, e os midiotas assitindo a Globosta e seus pares estaremos sempre em crise.

    • Além de tudo é preconceituoso, racista e xenófobo. Quem sabe um chinês ainda não lhe enfia um pastel no orificio que ele usa para expelir essas bobagens.

  • Existe na política uma técnica chamada “por o bode na sala”

    Muito usada, consiste em, no início duma negociação, já com uma meta em vista, se apresentar uma “proposta” antipática, abusiva, desproposital e inalcançável ao interlocutor, tudo pra depois, cinicamente, ao final das tratativas, se “flexibilizar” e se chegar “finalmente” ao mesmíssimo ponto que se pretendia desde o início

    cansativo, infantil, improdutivo, mas, numa sociedade como a nossa, de RENANS brotados às pencas, útil ..em muitos casos ..mas não em todos

    Ocorre que DILMA e seu ministro da Fazenda, aprendizes de feiticeiro, parece que tentaram “treinar suas habilidades”, e se valeram do 13o pra aposentados que foi anunciado que seria pago em 2x

    Pois bem, passou um tempo e o governo, pressionado, retrocedeu, e agora pagará até o dia 24/09, duma vez

    bem ..e o que concluir desta técnica empregada entre governo e aposentados neste momento? ..da minha parte deduzo que o “bode pode até ter saído”, mas que o fedo e a NHACA grudou em DILMA, disso eu não tenho dúvidas;

    e aqui eu reflito: Precisava ter tido mais este desgaste DILMA ?

    ohh minha santa maria da periquitinha torta, que coisa ??!

    https://www.youtube.com/watch?v=QKpS4A2SkII

    • Você não entendeu nada, e acho que realmente o raciocínio seu é imposto pelo PIG. Mas vamos lá: O PMDB (Renan e Cunha, incluídos) são a doença que se precisa para governar. Fisiológicos, acabam sequestrando o governo, sem governar, e na esteira vem o baixo clero. Nisto você está coberto de razão. Mas a informação que você recebeu sobre o 13º , não foi bem assimilada. O governo vai pagar uma parcela dele aos aposentados, agora em setembro, como sempre fez, e o restante em dezembro, como sempre fez. O que havia era a idéia de pagar 25% agora em setembro, que foi alterada para 50%, que é o que sempre fez. Entendeu? Ou eu compliquei mais ainda seu cérebro?

      • A vovó Bananelli esqueceu que na época em que o PSDB estava no Governo Federal, o PSDB contava com a ajuda do PMDB, o mesmo PMDB que hoje chantageia o Governo Dilma com o pilantra do Achacador Cunha.

  • O pior é que os robôs que ainda perdem tempo com o JN, e que em sua maioria são tão cínicos e burros quanto ele, nem perceberão o engodo em que foram metidos. Assim, agirão como se nada existisse, não houvesse uma contradição latente entre a “edição” do JN de ontem e o que a direita e a mídia liderada pela Globo vêm dizendo há muito tempo. A queda nas bolsas ocorreu devido à correta desvalorização que a China impôs ao yuan, vitimado há tempos por uma especulação feroz que atingia títulos estadunidenses, que enfrentavam uma supervalorização artificial semelhantes à que inflou os títulos mobiliários e que resultou na quebra do Lemahns-Brothers e na crise de 2009. Desmentido outra piada da direita, a de que o câmbio deve ser “livre”(livre do controle da Sociedade a que pertence a moeda e subordinado ao Sistema Financeiro Internacional), a China corretamente desvalorizou o yuan que, com essa supervalorização dos títulos, estava sendo apreciado artificialmente em relação ao dólar, o que se não fosse contido iria destruir a Economia chinesa, atingindo principalmente o forte setor exportador daquele país. Com essa desvalorização do principal credor da Economia dos EUA, detentor de títulos públicos e privados dos ianques, o valor desses títulos despencaram, já que sua aquisição e negociação pelos chineses ficou menos rentável e atraente, atingindo as bolsas do mundo inteiro, ou seja os títulos negociados, diminuindo o valor deles e das empresas a que se referem, debilitando-as e, num efeito dominó, tornando seus negócios menores. CONTUDO, APESAR DO EFEITO NO RESTO DO MUNDO, NO QUE SE REFERE AOS SEUS INTERESSES, A CHINA ESTÁ CORRETA, FUROU UMA BOLHA ESPECULATIVA QUE AFLIGIA SUA MOEDA, A VALORIZARIA ARTIFICIALMENTE, E ACABARIA COM A ECONOMIA CHINESA QUE, COMBALIDA, SERIA AINDA MAIS ARRASADA QUANDO A BOLHA ESTOURASSE, OU SEJA, QUANDO SE PERCEBESSE QUE O YUAN NÃO ERA TÃO FORTE PARA ATINGIR UM PATAMAR CAMBIAL FALSO. O erro é de países que, como o Brasil, ainda não controlam totalmente o câmbio, que deve ser objeto de política macroeconômica, principalmente se pensarmos que essa guerra aflige o mundo atualmente, com a maioria dos países desvalorizando suas moedas para obter resultados comerciais, o que será ampliado agora. Enquanto não houver um governança global que estabeleça uma convivência cambial saudável, o que é difícil de imaginar se pensarmos no egoísmo imperial de ianques e europeus, o Brasil precisa livrar-se de dogmáticos neoliberais da mídia e do desgoverno FHC, revelando as merdas que preveem, e lutar de maneira soberana na defesa de nossa Economia com o uso da arma do câmbio. Divulgar a cara de pau desses agentes do neoliberalismo, como faz a mídia alternativa, é um das armas para retirar deles o poder de propagar os interesses do Sistema Financeiro e das multinacionais com a capa de “ciência”. Outra forma de fazê-lo é nas ruas, pois Economia é antes de tudo política usada de forma prática.. Vamos denunciá-los e desmascarar quais são seus verdadeiros patrões.

  • Por isto que a turma da bufunfa correu logo para acabar com a crise politica,este estado de golpismo.Sabiam que a crise internacional iria piorar,e o Brasil alem de um porto seguro é fonte(indecente)de rendimentos.Findou o golpe e agora desnudaram o rei,a crise continua e se acentuou.Tem muita gente que apos passar o espanto,vai se olhar no espelho e vera um otario.O que leva a outra questão,com mais este atestado de manipuladora a midia encontrara mais dificuldade em tentar manchar a imagem de Lula,porque alem de aumentar a faltade credibilidade,reforça a imagem do ex presidente de administrador,de quem sabe transformar crises em marolinhas.

  • DILMA disse que se arrepende por não ter visto a crise antes.

    Não seja por isso, acontece (mas não deveria) ..mas eu sei a quem, EM PARTE, TAMBÉM responsabilizar

    A boa parte da MILITÂNCIA, de interlocutores, de blogueiros e midiáticos da mídia CHAPA BRANCA que, invariavelmente, censuravam, desmereciam, humilhavam, destratavam e ofendiam muitos críticos que só queriam ser ouvidos

    ..gente que, os chapinhas, moldavam a realidade, a narrativa das ruas, aos seus próprios interesses e/ou desejos …e que com isso surrupiaram de forma violenta o direito de outros que anteviram e que queriam, como brasileiros, apenas alertar e ajudar na correção dos rumos

    No mais, sei não, mas se a PRÊ não viu esta CRISE INTERNA desde 2013 (no mínimo ..e não só depois da eleição como afirmou), em 2013 com a explosão e clamor espontâneo das ruas por todo o país ..sei não, mas acho que ou ela é despreparada de fato, ou estava, como é mesmo ?? Ahh sim, bolada, DILMA estava BOLADA este tempo todo ..só pode

    https://www.youtube.com/watch?v=CuxBuyO-qj8

    • é dificil entender as postagens desse aí…
      “DILMA disse que se arrepende por não ter visto a crise antes.
      Não seja por isso, acontece (mas não deveria) ..mas eu sei a quem, EM PARTE, TAMBÉM responsabilizar….”
      – RESPONSABILIZAR QUEM E POR QUÊ?? PELA CRISE OU PELO FATO DE A DILMA SE “ARREPENDER POR NÃO TER VISTO A CRISE ANTES”????
      Então a culpa é da militância, que além de CALAR todos os críticos e tratar com violência aqueles que queriam “apenas alertar e ajudar na correção dos rumos….”
      Então a CRISE MUNDIAL começou em 2013 com a explosão e clamor espontâneo das ruas por todo o país e foi agravada pela militância irresponsável da esquerda brasileira
      “clamor espontâneo”….kkkkkk…..poucas vezes na vida vi algo tão espontâneo quanto esses clamores.
      Mas não há necessidade de entender. É melhor se divertir com as pérolas que ele solta no meio dessa confusão/masturbação verborrágica.

  • Edu, me lembro bem que num mundo sem crise o FHC afundou o Brasil!
    Hoje, os vários neoliberais que vem vem afundando o 1º Imundo e cada vez mais
    concentrando riquezas, ainda prefiro o governo Dilma (de longe) ao do FHC, o
    incompetente. O amigo acima (o Roma calminho) confirma o que vc disse, ó problema
    político é um problema de classes.

      • Olha Roberto, eu fico perplexo com essa obsessão em esvaziar o período de Fernando Henrique no governo.

        Dizer que FHC não enfrentou crises é negar a história recente do país. Você passa por cima de crises internacionais que mexeram com o contexto economico principalmente de paises emergentes como o nosso.

        Crises como a do México em 1995, a asiática em 1997-98, a russa em 1998-99 e, em 2001, a argentina você pode até fingir que não existiram. Até mesmo os atentados terroristas nos EUA em 11 de setembro de 2001 você pode dizer que foram invenções dos americanos.

        O que você não pode negar foi o receio da eleição de Lula (2002) com suas propostas doidivanas causando uma fuga desastrosa de hot-money elevando o preço do dólar a quase R$ 4,00. Crise só superada com a “Carta aos brasileiros” , onde Lula diz que não é bem assim.

        Tenho mais ou menos sua idade. Votei em Lula preocupado com o aspecto arrogante de Collor mas votei em Fernando Henrique porque as propostas popularescas de Lula colocavam-me em estado de apreensão. E, como você pode constatar, sempre votei de maneira consciente e preocupado com os rumos do nosso país.

        Ideologias extremadas, como parece que você é tomado, jamais guiaram minhas escolhas.

        • É piada. O PT é culoado pelas burradas de FHC. O governo deke afundou porque segurou a desvalorização do real. O suge foi 1999. É muita cara-de-pau atribuir a Lula as burradas de FHC

  • Sim, a crise nunca arrefeceu, mesmo que diversas forças de esquerda tenham caído na mentira do PIG.
    EUA e Europa continuam descendo a ladeira, e cada vez mais aceleradamente. Agora, China também sente os efeitos mais fortes de seu sistema econômico, que é capitalista.

    Há trilhões de dólares em dinheiro fictício circulando pelo mundo, quantia várias vezes maior do que a economia real. Esses espasmos de crise que o mundo está vivendo podem ser um preâmbulo da GIGANTESCA bolha financeira que pode estar para estourar.

  • Edu esse publico continuará repetindo o que a Globo fala, eles são movidos apenas pelo ódio, e vão repetir que a crise é culpa da Dilma e do Lula.
    Mentiras que só o ódio faz acreditar….
    1)Quem acreditou em nossa mídia e em Aécio neves, quando ano passado disseram que a crise mundial tinha acabado. Desde 2008 que a crise se aprofunda, só a Europa perdeu +60 milhões de empregos. Grécia, Portugal,Espanha,entre outros, estão sem 1 centavo e recorreram ao FMI e aos Alemães, China cresce 1/3 do que crescia(se crescer) e a bolsa em crise.As empresas de gás de xisto dos EUA também estão derretendo.Sem contar que o mundo esta sentado em uma bomba, carregada com 700 trilhões em derivativos. A economia mundial esta desabando e o brasileiro no mundinho dele achando que é só aqui, nossa oposição, apoiada pela mídia e por parte do judiciário fazendo terrorismo, tentando desestabilizar o governo, na verdade fazem terrorismo contra a sociedade.
    2) A Petrobras vai falir e eles acreditam:Primeiro disseram que o pré sal não existia, a Petrobras provou que existia. Passaram a dizer que ela não tinha capacidade para prospectar, ela provou que podia e em menos de 10 anos já produz mais de 800 mil barris/dia. Agora dizem que ela esta falida, ela continua dando lucro e recebendo prêmios internacionais, as petros estrangeiras agradecem o apoio desses fascistas.Detalhe: Com o preço do petro em baixa, todas as empresas de petro estão sofrendo, no topo as empresas de gás de xisto dos EUA.
    3) A lava jato é corrupção do PT e eles acreditam:A lava jato pega corrupção ao longo de pelo menos 30 anos em esferas federal, estadual e municipal, incluindo vários partidos e não apenas na Petrobras. Só nesse governo eles foram afastados e poderiam ser punidos, se o Moro não tivesse transformado em um circo político. Mais esse é nosso judiciário, tão ou mais corrupto que os outros poderes. e tem gente que acredita. Porque o engavertador da republica de FHC não afastou os corruptos, porque governos antes de FHC não afastaram os corruptos?
    4)Vai ter apagão e eles acreditam: Fim de 2014(verão de 40 graus), abria torneiras em minha casa e não tinha água, no entanto ligava a TV, ar condicionado(+de 1 ), computadores, enfim utilizava normalmente tudo que dependia de energia. No entanto, ligava na Rede Globo e estava lá o apagão, ia no jornal e estava lá o apagão, ia nos grandes portais da NET e lá estava o apagão.E o apagão não veio, e São Paulo continua sem água, batendo recordes de diária e hepatite. Só sendo cego para não ver, vivemos em um enorme BBB da globo, onde o vilão é ela mesmo, e só os acéfalos não enxergam, pois estão cegos pelo ódio.

  • Edu, gostei muito das postagens de hoje. Como as explicações da globo promovem a desaprendizagem, aprendi muito hoje com alguns comentários, como os de Carlos Henrique.

  • Pois é, Edu, faz um tempinho que a gente sabe que a crise chegou aqui. Enquanto reclamávamos da falta de comunicação do governo, a oposição se aproveitava, ainda se aproveita, pra dar o golpe.

    Cá pra nós : O”Rominha calmão” passou a noite em claro elaborando seus comentários ?

  • E a bolsa chinesa continuou desabando neste pregão. Se fosse nos tempos do FHC, seria um desastre descomunal para o Brasil, pois os cofres federais estavam vazios (apesar de FHC ter vendido dezenas de estatais).

    A China é o maior credor dos títulos do tesouro dos EUA. Quero só ver a hora em que o governo chinês começar a resgatar esses títulos…

  • fORA DO CONTEXTO:
    Continua circulando a ideia de recompra pelo próprio governo, das ações da PETROBRAS, colocadas na NYSE e arrematadas por valor irrisório, segundo apregoado, pelo Soros. Seria como fazer o “tiro sair pela culatra”, pois ao que tudo indica, o episódio da PETROBRAS, insere-se no cenário de “Guerra Econômica” encetado pelas oligarquias mundiais. Ontem o Jornal GLOBONEWS, informou que as ações da empresa estão na sua menor cotação, ótima oportunidade para recompra. Mataríamos vários coelhões de uma só cajadada, reforçaríamos nossa crença na empresa, retomaríamos o controle sobre o pré-sal, livraríamos-nos da armadilha imposta pelos especuladores, no sentido de fazer-nos vergar diante dos “abutres” especuladores, usaríamos do próprio jogo dos adversários, agindo no contexto da NYSE, etc, etc. Caso esta oportunidade não seja aproveitada, teríamos um ganho marginal: saberíamos a real intenção do governo no sentido de caminhar em direção ao resgate da nossa soberania. Saberíamos se existe um diferencial entre a proposta de governo da Presidente Dilma e do PT, em relação aos demais partidos, ou se realmente todos eles são “farinha do mesmo saco”. Seria uma prova cabal da alegada falsidade das proposições da SOCOCA (SOcialismo, COmunismo, CApitalismo), uma demonstração prática da obsolescência do velho discurso ideológico, ou sua reafirmação. No meu caso seria uma oportunidade de revisão dos meus próprios conceitos, já que estou convencido de que a única solução é a da (re)construção da verdadeira DEMOCRACIA.
    P.S.: Putin e Cristina Kirchner assim o fizeram em relação aos respectivos ativos nacionais “vendidos” em ações na NYSE. Vê-se que o caso da PETROBRAS, não é um fato isolado, o que justifica afirmar tratar-se de uma “Guerra Econômica”.

  • Prezado Eduardo:

    Para João Paulo – (às 01:17)

    João Paulo disse:

    “O Brasil já estava em recessão enquanto a bolsa chinesa “bombava” e o Estados Unidos tem a menor taxa desemprego desde 2009. Como já é de praxe no PT irão terceirizar a culpa e utilizar o crash na China como bode expiatório.”

    . Gostaria que você citasse a fonte das suas informações. Não vale noticias veiculas no PIG, pois essa turma não tem credibilidade. Você como é um “estudioso” deve saber que quando se estuda comunicação devemos considerar no mínimo quatro elementos : emissor-meio-mensagem e receptor e a primeira pergunta que devemos fazer nesse processo é : O emissor merece credibilidade? em outras palavras: a fonte que emitiu a informação é confiável ? devemos perguntar tambem se o receptor tem percepção suficiente para interpretar o que leu ou simplesmente absorve a mensagem sem fazer nenhum tipo de reflexão, isso porque a nossa mídia recebe informações de agências de notícias americanas e sabemos muito bem que ” quem domina os meios de comunicações, domina a opinião de um povo” .Inventar mentiras e disseminá-las mundo afora faz parte da ideologia americana tão ao gosto dos nossos coxinhas, vira-latas
    e entreguistas.

  • Edu, mentira tem pernas curtas, como dizia minha avó. Eles mentem tanto, que se perdem, o que mais me espanta é ainda existir ser pensante que acredita nessa mídia, talvez seja o preconceito que os deixa cegos.

  • Qual a credibilidade de uma empresa que tem o desplante de dizer aos brasileiros que a regulação da mídia seria censura. Afinal, o que a globo e os seus assemelhados fizeram durante todo esse período de ataque ao governo foi o que se não uma censura ao direito elementar e constitucional a informação? Ainda bem que existe a internet e os “blogs sujos” para desmentir!

  • Realmente isso acaba desmentindo as falácias da mídia / oposição de que o mundo está todo cor-de-rosa enquanto o Brasil está em crise.

    No entanto, o PIG (Partido da Imprensa Golpista) tem uma grande capacidade de “fazer a cabeça” daqueles que têm preguiça de pensar. Mesmo com a crise iniciada em 2008, muitos “analistas” do PIG diziam que o Brasil continuou crescendo porque “o ambiente internacional se manteve favorável”.

  • E quem não lembra da dobradinha Miriam Leitão/Armínio Fraga versus Guido Mantega na Globo News.
    Ambos afirmando que a crise já tinha passado para um Mantega que chega até ficar impaciente com esse papo furado num dado momento.
    Valeria a pena até recuperar aquele vídeo.

    • Eu vi, fizeram dobradinha para ridicularizar o que o Mantega dizia (ele é educado!) e veja só quem estava com a razão!n O Naufraga falava que a crise não existia por politicagem, mas a Leitão falava acreditando, rs.

  • 24/8/2015 18:03
    DILMA TINHA RAZÃO: MUNDO VIVE NOVA CRISE GLOBAL

    Tweetar

    Seguir @PlantaoBrasilBR

    O cenário mundial das bolsas de valores após o crash chinês nesta segunda-feira 24 confirma que a presidente Dilma Rousseff, que tem feito alertas frequentes sobre a gravidade da crise global desde o início de seu segundo mandato, tinha razão. Apesar disso, ela sempre foi contestada por analistas internos sobre esta tese.

    A queda de 8,46% em Xangai – a maior queda percentual diária desde 2007 –, no entanto, afetando bolsas de valores em todo o mundo, do Japão à Indonésia, mostra que o quadro é inequívoco: o mundo enfrenta uma crise tão aguda ou ainda mais grave do que a de 2008.

    Ainda na Ásia, o índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico exceto Japão, caía 5,46%, abaixo da mínima de três anos. Hang Seng teve queda de 5,17%, enquanto Nikkei despencou 4,61%. Enquanto isso, as principais bolsas da Europa registraram perdas entre 4,6% e 5,96%.

    “Os mercados estão em pânico. As coisas estão começando a parecer com a crise financeira asiática no fim da década de 1990. Especuladores estão vendendo ativos que parecem ser os mais vulneráveis”, disse o chefe de pesquisa do Shinsei Bank, Takako Masai.

    Em menos de um ano, preços do petróleo caíram mais de 60%, derrubando ações de todas as petroleiras globais. Commodities exportadas pelo Brasil, como o minério de ferro, também enfrentam as mínimas históricas. Desta vez, até analistas conservadores, como Miriam Leitão e Carlos Alberto Sardenberg, tenderão a reconhecer a gravidade do quadro internacional.

    Com informações do portal Infomoney

    Confira mais detalhes nas reportagens da Reuters, abaixo:

    Índice europeu de ações perde 450 bi de euros em valor de mercado após tombo da China

    (Reuters) – O principal índice europeu de ações despencou nesta segunda-feira após os mercados chineses desabarem, reduzindo em bilhões de euros seu valor de mercado e atingindo a mínima em sete meses.

    O índice FTSEurofirst 300 fechou com queda de 5,44 por cento, a 1.349 pontos e perdeu cerca de 450 bilhões de euros (521,42 bilhões de dólares) em valor de mercado — pior performance de fechamento desde novembro de 2008.

    O índice chegou a cair 7,8 por cento durante a sessão, maior queda intradia desde outubro de 2008, pouco depois da falência do banco de investimentos norte-americano Lehman Brothers. O termômetro fechou acima das mínimas mas permaneceu em vias de marcar a pior queda mensal desde 2002. Seu valor de mercado diminuiu em mais de um trilhão de euros desde o início do mês.

    As bolsas chinesas despencaram mais de 8 por cento nesta segunda-feira, em sua maior perda diária desde o início da crise financeira global em 2007, após Pequim não anunciar grandes medidas de estímulo no fim de semana, mesmo após tombo de 11 por cento na semana passada.

    Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 4,67 por cento, a 5.898 pontos.

    Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 4,70 por cento, a 96.648 pontos.

    Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 5,35 por cento, a 4.383 pontos.

    Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 5,96 por cento, a 20.450 pontos.

    Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 5,01 por cento, a 97.756 pontos.

    Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 5,80 por cento, a 4.981 pontos.

    Preços do petróleo desabam para novas mínimas com temores sobre China

    NOVA YORK (Reuters) – O movimento de queda do petróleo, que já dura algumas semanas, acelerou-se agudamente nesta segunda-feira, com os preços caindo mais de 5 por cento para novas mínimas de seis anos e meio, devido a preocupações com a economia da China.

    As perdas no petróleo seguiram a queda no mercado de ações da China de quase 9 por cento, que por sua vez afetou os mercados financeiro globais.

    A maior queda diária do petróleo em quase dois meses sugere que os piores temores em relação às previsões econômicas da China (o segundo maior consumidor de petróleo do mundo) obscureceram sinais imediatos do persistente excesso de oferta como o principal motivador da baixa.

    O petróleo Brent para outubro caiu 2,77 dólares, ou 6,1 por cento, encerrando a 42,69 dólares por barril, após cair

    para a mínima do contrato de 42,51 dólare por barril, o valor mais baixo para o primeiro vencimento desde março de 2009,

    Já o petróleo nos EUA teve queda de 2,21 dólares, ou 5,5 por cento, encerrando a 38,24 dólares por barril, a mínima desde fevereiro de 2009.

    O petróleo nos EUA, que está se encaminhando para uma perda mensal de 17 por cento, registrou sua oitava semana consecutiva de perdas na sexta-feira, a maior série negativa consecutiva semanal desde 1986.

    (Por Robert Gibbons; reportagem por Karolin Schaps e Meeyoung Cho)

  • Caro Edu, o que realmente impressiona é a capacidade que tem a midia brasileira e seus áulicos de se postar contra os interesses nacionais. Por aqui, nos mostra a História, as classes abastadas macaqueavam, inicialmente, a França. Os ricos achavam “chic” mandar seus filhos estudarem em Paris. Criar escolas aqui, nem pensar. Não queriam perder tempo com esta terra de bugres e caboclos. Os anos se passaram, e o modelo a ser macaqueado passou a ser os Estados Unidos. E o pior é que essa macaquice espalhou-se também pela classe média e atingiu até os mais pobres. Encontramos pessoas chamadas Maiquel, Kellyanne, Uiliam, e por ai vai. No entanto, sendo França ou Estados Unidos, só se imita o que há de pior. Nada de se copiar o que é bom, como por exemplo, o patriotismo. A ridicularização desse sentimento é consequência direta dos anos de chumbo, quando os milicos usavam o “ame-o ou deixe-o” para discriminar aqueles que se insurgiam contra seus desmandos. Patriotismo verdadeiro significa saber-se pertencente ao país, ligado a seu destino, imbuído de responsabilidade pelos rumos que tomar. Como identificar tais sentimentos em senador da República que assina projeto de lei francamente atentatório aos interesses estratégicos do país? E nos que, abdicando de qualquer racionalidade, insistem em tentar destituir um governante regularmente eleito e contra o qual não há, rigorosamente, nada que desabone sua conduta? Triste. O bom é que a grande maioria da população tem esses sentimentos bem guardados no peito, e na hora necessária, saberá fazer uso deles.

  • Esta é uma crise, que não se sabe se vai continuar, que não tem nada a ver com a crise de 2008, não é possível que você e os participantes do blog não veja isto. Mas, vamos supor que a crise ainda afeta todo o mundo, ok, mas a pergunta que não quer calar é: por que tendo a presidenta recebida uma herança, segundo você, mais que bendita, o Brasil nos 4 anos e meio da Dilma teve, entre os mais de 200 paises, vou repetir, entre os mais 200 quase o menor crescimento? Independente de crise, a situação do Brasil se agrava a cada semana e vocês acham que a empresa, principalmente a Globo, é responsável pelo caos atual.

    • Sh, entendi. A atual crise começou na segunda-feira. Nada que ver com a crise que Dilma cita. Por isso que o crescimento da China vem despencando ano a ano. Cansei. Sua cara-de-pau é inaceitável. Se ainda desse aoenas sua opinião, tudo bem. Mas ainda ataca as dos que prnsam diferente. Acabou. Comente em outro lugar. Aqui nào tem mais vez

  • Analfabetos disfuncionais e as manifestações, por Maria Fernanda Arruda

    A iniciativa de criar um Indicador Nacional de Alfabetismo Funcional no Brasil, medindo diretamente as habilidades da população por meio de testes, foi tomada por duas organizações não-governamentais: a Ação Educativa e o Instituto Paulo Montenegro. As pesquisas que passaram a ser feitas, utilizado o conceito de alfabetismo funcional mostram qual é o quadro real: atinge cerca de 68% da população; somados aos 8% da totalmente analfabeta, resultando em 76% da população que não possui o domínio pleno da leitura, da escrita e das operações matemáticas, ou seja, apenas um em cada quatro brasileiros (25% da população) é plenamente alfabetizado.

    E as pesquisas também mostram que 38% dos nossos universitários gozam dessa condição: são analfabetos funcionais.

    Fonte: http://jornalggn.com.br/noticia/analfabetos-disfuncionais-e-as-manifestacoes-por-maria-fernanda-arruda

    75% dos brasileiros é analfabeto disfuncional. E SUA ESCOLA É A MÍDIA. E SEU CANDIDATO É AÉCIO.

  • A crise internacional deu uma trégua passageira, mas com certeza não acabou. Por outro lado, a condução da economia do Brasil nos últimos anos não foi das melhores, vide a contabilidade criativa e o uso do BNDES para financiar obras fora do Brasil, com tantas demandas internas!

  • Fora de Pauta

    A ofensiva conservadora e as crises, por Samuel Pinheiro Guimarães
    ter, 25/08/2015 – 14:52

    Publicado no Blog do Nassif

    A ofensiva conservadora e as crises, por Samuel Pinheiro Guimarães

    A sociedade brasileira está diante de uma ofensiva conservadora que se aproveita de entrelaçadas crises na economia, na política, nas instituições do Estado, na imprensa e nos meios sociais para fazer avançar seus objetivos.

    A suposta crise econômica ofereceu pretexto para implantar um programa neoliberal de acordo com o Consenso de Washington: privatização, abertura comercial e financeira, ajuste orçamentário, flexibilização do mercado de trabalho, redução do Estado, tudo com a aprovação do sistema financeiro internacional, por um Governo eleito pela esquerda.

    A crise da corrupção, cujo maior evento é a Operação Lava Jato, mas também a Operação Zelotes, esta inclusive de maior dimensão, está servindo para destruir a engenharia de construção, onde se encontra o capital nacional de forma importante, com atuação internacional, e para preparar a destruição de organismos do Estado tais como a Petrobras, o BNDES, a Caixa Econômica, a Eletrobrás etc. a pretexto de que os eventos, denunciados, de corrupção seriam apenas o resultado de serem estas entidades estatais.

    Sua privatização, que corresponderia a sua desestatização/desnacionalização, eliminaria, segundo eles, a possibilidade de corrupção.

    A crise do Judiciário, do Ministério Público e da Polícia Federal se desenvolve em várias esferas.

    O Supremo Tribunal Federal tolera que um de seus membros interrompa, há mais de um ano, sob o pretexto de vista, uma ação, cujo resultado já está definido por 6 votos a 1, sobre a ilegalidade do financiamento privado de campanhas, fenômeno que está na origem da corrupção do sistema eleitoral em todos os Partidos e veículo para o exercício da influência corruptora do poder econômico na política e na Administração.

    O objetivo deste Juiz é aguardar até que o Congresso aprove emenda constitucional, já em tramitação por obra do Presidente da Câmara, que torna legal o financiamento privado de campanhas.

    A teoria do domínio do fato, uma aberração jurídica, acolhida pelo STF, reverte o ônus da prova e, mais, torna qualquer indivíduo responsável pelos atos de outrem sob suas ordens sem que o acusador ou o juiz tenha necessidade de provar que o acusado conhecia tais fatos.

    O sistema do Ministério Público permite a qualquer Procurador individual desencadear processos com base até em notícias de jornal contra qualquer indivíduo, vazar de forma seletiva estas acusações para a imprensa, que as reproduz, sem nenhum respeito pelos direitos dos supostos culpados e sem nenhuma perspectiva razoável de reparação do dano causado pelas denúncias do Procurador nem pela imprensa que as divulgou, caso se verifique a improcedência das acusações.

    A Polícia Federal exerce suas funções com extrema parcialidade, de forma midiática, criando, na sociedade a presunção de alta periculosidade de indivíduos que prende para investigação e se arvorando em poder independente do Estado.

    Segundo depoimento do Presidente das entidades da Polícia Federal na Câmara dos Deputados, a Polícia Federal recebe regularmente recursos da CIA, do FBI e da Drug Enforcement Administration – DEA, no montante de USD 10 milhões anuais, depositados diretamente em contas individuais de policiais federais.

    A crise política decorre da decepção e do inconformismo do PSDB e de seus aliados com a derrota nas urnas em 2014 o que os leva a procurar, por todos os meios, erodir a credibilidade e a legitimidade do Governo Dilma Rousseff e, por via transversa, do Governo Lula e assim minar as possibilidades de vitória de uma eventual candidatura de Lula em 2018.

    Contam os partidos e políticos conservadores com a campanha sistemática da televisão, jornais e revistas, com base em denúncias vazadas, com a campanha de intimidação na Internet, com as manifestações populares, com o desemprego crescente causado pela política de corte de investimentos e de elevação estratosférica de juros, os maiores do mundo, para fazer baixar os índices de aprovação do Governo e da Presidenta e poder argumentar com a legitimidade e a necessidade de depô-la pelo impeachment.

    A crise na imprensa e nos meios de comunicação se desenvolve em um ambiente em que as televisões, rádios, jornais e revistas recebem paradoxalmente enormes recursos do Governo para a ele fazer oposição sistemática, erodir a confiança da população no sistema político e nos partidos, em especial nos partidos progressistas, de esquerda, poupando os partidos conservadores tais como o PSDB, que recebeu tantas doações para sua campanha de 2014 quanto o PT e das mesmas empresas ora acusadas pelo juiz Moro.

    A crise social se desenvolve na Internet, onde circula todo tipo de ofensa racista, homofóbica, antifeminina, antiprogressista e fascista, contra os políticos e partidos de esquerda, gerando um clima de hostilidade e ódio e estimulando a agressão física.

    No Congresso, os setores mais conservadores elegeram grande número de deputados e, tendo conquistado a Presidência da Câmara dos Deputados, fazem avançar, a toque de caixa, sem nenhuma atenção à necessidade de debate pelos parlamentares e pela sociedade, uma ampla pauta de projetos conservadores que inclui a redução da maioridade penal, a ampliação do uso de armas, o financiamento privado das campanhas, a terceirização do trabalho.

    O objetivo máximo desta grande ofensiva política e econômica conservadora é a tomada do poder através do impeachment da Presidenta Dilma e/ou a desmoralização do PT que leve a sua derrota fragorosa nas eleições de 2016, a qual preparará sua derrota final e “desaparecimento” nas eleições de 2018.

    O processo político de impeachment da Presidenta Dilma não avança por estarem o PSDB e PMDB divididos quanto a sua conveniência no atual momento do calendário político e econômico.

    Os três possíveis candidatos do PSDB à Presidência da República, quais sejam, Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra tem opiniões diferentes sobre sua conveniência.

    A Aécio Neves interessa o impeachment de Dilma Rousseff e de Michel Temer por crime eleitoral, declarado pelo TSE, logo que possível pois isto levaria a uma eleição em 90 dias onde espera que, como presidente nacional do PSDB e candidato que teria perdido a eleição devido a “fraude”, agora se beneficiaria devido a sua campanha persistente pela ilegitimidade dos resultados eleitorais de 2014, o que o faria o candidato do PSDB com melhor perspectiva de vitória.

    A Geraldo Alckmim interessa que o processo político, econômico e social desgaste longa e duradouramente o Governo Dilma e o PT até que as eleições municipais se realizem em 2016, com fragorosa derrota do PT e do PMDB e que tenha tempo de construir sua candidatura, com base no Governo de São Paulo, enquanto a candidatura de Aécio se enfraqueceria com o tempo como resultado de eventuais denúncias.

    A José Serra interessa também que o impeachment não ocorra, que o Governo se desgaste para que tenha tempo de reconstruir sua imagem e eventualmente possa se candidatar pelo PSDB em 2018 ou até mesmo pelo PMDB, que insiste em ter candidato próprio mas sem nome hoje viável. Afinal, Serra foi fundador do PMDB e voltaria a sua casa, construindo sua candidatura junto à classe média nacional, através de sua atuação no Senado, com toda cobertura favorável da imprensa.

    Para o PMDB, o impeachment da Presidenta representa o fim de um Governo onde ocupa a Vice-Presidência e ao qual dá apoio enquanto que um longo processo de desgaste da Presidenta, do Governo e do PT também o atingiria como partido aliado, enquanto a imprensa desgasta sua imagem na opinião pública como partido oportunista e corrupto.

    Os interesses de Michel Temer, de Renan Calheiros e de Eduardo Cunha são divergentes. Cunha acredita poder ser o candidato do PMDB à Presidência, assumindo a liderança da ofensiva conservadora e o papel de defensor da Câmara, dos representantes do Povo, mas enfrenta o desgaste das denúncias de corrupção. Michel Temer sabe que a condenação por crime eleitoral de Dilma Rousseff pelo TSE também o arrastaria enquanto que a condenação de Dilma pela rejeição das contas de 2014 pelo TCU e pelo Congresso o levariam à Presidência. Renan disputa com Temer influência no PMDB e imagina poder ser candidato em 2018 com o enfraquecimento dos demais.

    No PT, a situação é talvez ainda mais grave.

    O programa econômico conservador, ao cortar investimentos públicos e as despesas de custeio do Governo, aumenta o desemprego e afeta a demanda o que reduz as perspectivas de lucro, contrai os investimentos privados, estabelece a desconfiança nos “mercados” e reduz as receitas normais tributárias, aumentando o déficit público.

    Ao aumentar a taxa de juros, o Governo (Banco Central) aumenta as despesas do Governo e a relação dívida/PIB, reduz a atividade econômica e as perspectivas de lucro e provoca a queda da arrecadação. Ao não conseguir o aumento de receitas normais pela dificuldade em elevar tributos, passa a apelar para a venda de ativos o que é uma forma disfarçada de privatização, com resultados apenas temporários.

    Ao provocar o desemprego, ao apoiar medidas desfavoráveis aos trabalhadores como alterações no seguro desemprego, no abono salarial e outras, e ao provocar a redução do crescimento o Governo mina a sua base de apoio social e político e as bases sociais e políticas do PT.

    A retração da demanda, o aumento das taxas de juros, a contração das atividades do BNDES, a redução das oportunidades de investimento, a perspectiva de aumento de tributos afetam os interesses dos empresários e aumenta o seu descontentamento com o Governo e sua política.

    Não há liderança no PT além de Lula que, por seu lado, não vê como abandonar o programa econômico do Governo Dilma sem acelerar sua queda, mas reclama da incapacidade da Presidenta para o exercício da política.

    As pesquisas de opinião podem vir a revelar níveis de rejeição muito superiores aos que ocorreram na véspera do impeachment de Collor. Caso os níveis de aprovação caiam abaixo de 5%, o desânimo e a desmobilização dos movimentos sociais e dos sindicatos, a perplexidade dos congressistas, a posição dos candidatos a prefeito em 2016, as contínuas denúncias do Ministério Público (na realidade de procuradores individuais) contra políticos vinculados ao PT e contra o próprio Lula, a agressividade social e intimidatória conservadora podem gerar situação de gravíssimo perigo político para sobrevivência da democracia.

    O Governo, apático, atordoado e intimidado, parece acreditar em sua pureza que fará que, ao final, sobreviva, único puro, à tempestade de denúncias que atingem políticos e partidos sem compreender que o objetivo da ofensiva conservadora não é lutar contra a corrupção e moralizar o país mas sim derrubá-lo e recuperar a hegemonia completa na sociedade e no Estado.

    O Governo se retrai, não age politicamente nem mobiliza intensamente os movimentos sociais e os setores que poderiam apoiá-lo no enfrentamento a esta ofensiva conservadora que fará o Brasil recuar anos em sua trajetória de luta contra as desigualdades e suas vulnerabilidades, e de construção de um país mais justo, menos desigual, mais democrático, mais próspero e mais soberano.

    É urgente a mobilização de todas as forças sociais progressistas para combater o desemprego causado pelo programa de ajuste, que está, isto sim, gerando imensa crise econômica e social, para defender a democracia e seus representantes legítimos, para defender as conquistas dos trabalhadores, para defender a empresa nacional, para defender o desenvolvimento do país, para defender a soberania nacional e a capacidade de autodeterminação da sociedade brasileira.

    Para defender o Brasil.

    Samuel Pinheiro Guimarães é embaixado

  • Bela Matéria, Eduardo !
    O PIG ,ao querer atingir o PT, esquece que Ideologia não é ciência e ,mais uma vez, foi desmentido pela Realidade. A Crise que afeta a China os deixou desnorteados.
    O Ajuste passará e os grandes projetos (Ferrovias, Rodovias, Tranposição, Transnordestina, Aeroportos, etc) estarão prontos ou bem adiantados em 2018. Pau nos bicudos ,novamente !

  • A crise mundial existe, começou em 2008, parecia que os países iam se recuperar, mas de concreto nada. A Europa continua em crise, vários países Europeus mexeram em suas legislações trabalhistas, a fim de baratear a mão de obra, como terceirizações e outras coisas mais. Os jovens Europeus, formam e não tem emprego, e, quando encontram, o trabalho é precário. Trabalho, sem garantias e temporário. As pensões em muitos países mal dá para chegar ao final do mês. O poder de compra de muitos Europeus desabou. Agora sem falar em mais um complicador, que acaba trazendo mais inquietudes e sofrimentos para uma grande parcela da humanidade, que é a questão dos refugiados, das guerras da Síria, Iraque, Afeganistão, Líbia, sem falar na África. Tem muitos países hoje, que não são mais Estados, simplesmente estão convulsionados. Muitos conflitos, sabemos que tiveram o dedo das grandes potências. Agora o mundo tem que administrar esse grande problema que ai está. No caso da China Ela vem desacelerando já algum tempo, isto devido esse cenário econômico que ai está desde de 2008, A Rússia também vem se desacelerando devido esse cenário. Para agravar a situação de países exportadores Europeus, que exportam para Rússia, Eles fizeram um embargo à Rússia, devido o caso da Ucrânia. Com esse embargo muitos produtores agrícolas estão proibidos de exportarem para a Rússia. Os empresários Alemães que exportam carros, maquinarias também estão encontrando dificuldade, devido o embargo. Moral da história : A situação não é tão simples como parece. O Brasil como um pais importante no concerto de outras nações, também sofre todos esses efeitos adversos que soe acontecer. Aqueles que querem se informar melhor é só ler os jornais estrangeiros disponíveis na internet. Ou viajar algum desses países e ver in loco. Informar pela grande mídia local é simplesmente entregar sua capacidade cerebral a terceiros. O mundo atualmente está experimentando uma grande crise. Digo que aqui no Brasil é necessário mais do que nunca o uso do bom senso e equilíbrio a fim de que não sejamos engolfados numa crise verdadeira e de consequências inimagináveis. Sejamos prudentes ! O Brasil já algum tempo vem voltando seus olhos para Cuba, isto numa política pragmática, agora, os Estados Unidos também estão indo para Cuba, isto é puro pragmatismo, França já faz o mesmo, Reino Unido idem. Estados Unidos devem reatar os laços com Iran. Isto tudo são medidas para reabrir negócios e mercados, com intuito de saírem da crise.

  • A famiglia Marinho tem que engolir a mentira que disse. Mas ela vai comentar no seu noticiário mentiroso e tendencioso que de qualquer forma a culpa dela se enganar é da Dilma.

    Enquanto isto a presidenta Dilma insiste em dar entrevistas para órgãos mafiosos do PIG e manter a Bolsa PIG.

  • Agora vamos ter que aturar os nossos amigos midiotas afirmando com todas letras que a tv Globobo é pró PT!!!!
    Não adianta desenhar..
    Coxinha unido jamais terá juizo

  • O PIG tinha razão… A GRANDE CRISE está apenas começando… com o indiciamento do Al Cunha e a delação confirmada publicamente de que seu capenga Ah, é sim! de há muito estava em FURNAdo para além das poeiras do Faroeste!

    • Seu comentário é magnífico, Eduardo.

      Estou escrevendo somente agora porque passei o dia todo fora de casa.

      Você tocou num ponto crucial das críticas que a mídia e a oposição fazem ao governo de Dilma Roussef.

      Essa multidão de basbaques que acreditam em tudo que os jornalões e as redes de TV divulgam não devem estar

      entendendo mais nada.

      “Ué, mas não era só o Brasil que estava em crise?”

      De todo modo, é bem possível que algum desses economistas urubólogos comece a dizer que a crise econômica

      da China é “culpa da Dilma”.

      Um grande abraço.

  • Há uma boa entrevista com o Stédile no PHA, a certa altura ele fala da fase do capitalismo produtivo e esta do financeiro que está levando o mundo à falência, quer dizer, dos 99% espoliados pelo capital financeiro.

  • Há uma boa entrevista com o Stédile no PHA, a certa altura ele fala da fase do capitalismo produtivo e desta do financeiro que está levando o mundo à falência; ou melhor, dos 99% espoliados pelo capital financeiro.

  • Eu envio este link para todo o fascista que me importuna das redes sociais:

    VINTE ANOS DE ECONOMIA BRASILEIRA: 1995 / 2014

    http://www.altosestudosbrasilxxi.org.br/index.php?option=com_jdownloads&Itemid=133&view=finish&cid=152&catid=7

    Aí, depois de um tempo, eu pergunto para o fascista: Agora que você viu este estudo, você ainda quer voltar a ser governados pelos incompetentes e canalhas da oposição ?

    Bom, a resposta dos fascistas nunca vem….kkkkkkk

  • O PIG vai ter que fazer cada vez uma ginástica maior para continuar manipulando a informação de modo a induzir o povo a pensar que a crise é só aqui no Brasil. Certamente não vão recuar de sua missão política de desestabilizar o governo e de criminalizar o PT. Só que isto, agora, também, vai ficando mais complicado. As denúncias públicas dos delatores envolvendo o PSDB, por mais que escondam, vai circular. Já tem o Cunha indiciado… espero que em breve seja afastado da presidência da Câmara. Só fico pensando nos coxinhas fascistas que seguem Aécio e são os milhões de Cunha. O que andam dizendo agora? A bola do impeachment está cada vez mais murcha. Mas a manipulação do PIG continuará em alta. Vamos aguardar para ver.

  • Acabou!!
    Realmente deve estar difícil para você rebater os comentários contrários, que deve ser a maioria no seu blog hoje em dia. Entendo bem sua situação. É quase impossível justificar o que você dizia antes, junto com a Dilma e os petistas, que o Brasil estava imune à crises, e que todos que falavam o contrário estavam errados.
    Inclusive até hoje vocês continuam com a mesma arrogância de antes, achando serem os donos da verdade. Não haverá conserto sem humildade, sem o reconhecimento dos erros absurdos.
    Para mim acabou, não comento mais aqui.
    Para você não acabou ainda, vai continuar defendendo esse governo que já não tem mais como enganar o povo. Mas vai acabar em breve. Em breve não será mais um defensor do governo, pois o país não terá mais o governo que sempre apoiou.
    Adeus!!!!

    • Humberto Lino,

      Este governo enganou tanto o povo que eu achei que ele era somente bom.

      Quando fui analisar a fundo os dados: http://www.altosestudosbrasilxxi.org.br/index.php?option=com_jdownloads&Itemid=133&view=finish&cid=152&catid=7

      Percebi que ele não era bom….era maravilhoso !!!

      O Brasil só não está melhor porque a valha mídia incute na cabeça dos midiotas que o brasileiro é um povo miserável, que tudo de ruim acontece somente aqui é que seremos sempre fadados ao fracasso.

      Quem não acompanha a velha mídia vive melhor !!!

      Vá lá Humberto Lino, renove a sua assinatura da Revista Veja e seja feliz.
      Mas vá correndo, pois esse pasquim está por um fio…

    • Caro Humberto Lino,
      Sugiro ler com muita atenção à entrevista do Mestre Dalmo Dallari, postada aqui neste mesmo Blog.
      Caso tenha condições de entender o que ele disse, tire suas conclusões sobre o término breve do atual governo.
      Depois vá assistir ao Jornal Nacional.
      Quem sabe lá só falem coisas boas aos seus ouvidos.
      Sinto desapontá-lo e afirmar que o Governo atual irá cumprir seu mandato até o final, pelo menos.
      Principalmente, porque a oposição não existe.
      São um bando de arruaceiros que pensam apenas em poder e não no País e seu povo.
      Seja feliz na direita, caro amigo, se ela te satisfaz.
      Um grande abraço.

  • Mentiras como como conduta.
    Forjar notícias falsas com a intenção de enganar.
    Isso é crime.
    A Globo pratica o famoso jornalismo cara de pau.
    Mais ou menos como aquela rádio que troca a notícia.
    Quando seu jogo sujo não dá certo, muda o sentido da notícia, como a “biruta” muda com o vento.
    Já ouvi de pessoas sensatas e apartidárias, que moram no exterior, que a Globo é vista por lá como uma picaretagem explícita e sem credibilidade.
    Só nós é que damos importância aos Globais, e mais meia dúzia de coxinhas.
    Graças ao bom desempenho da Blogosfera, onde temos o Blog da Cidadania e outros muito importantes, a Globo não tem mais chances de mentir, sem ser imediatamente desmentida.
    Essa verdadeira Rede de Intrigas Globais, precisa de muito esforço para ainda manipular a população.
    Seu tempo já passou.
    Espero que o Governo dê uma freada nos investimentos bilionários que faz em propagandas na Globo.
    Por certo, já houve uma redução significativa.
    Mas o caviar ainda é de primeira qualidade.
    Até quando?

  • Incrível como suas análises estão equivocadas. O crescimento chinês é uma farsa bem montada em cima de um regime político corrupto com ajuda da esquerda americana que chegou tarde a farra neoliberal, mas veio com um apetite e voracidade incríveis.
    Os níveis de produção industrial na China têm sido totalmente irrealistas e especulativos nos últimos anos apresentando cifras absurdas, tais como de que eles consumiram cimento per capita em alguns anos equivalente a que os EE.UU levaram 100 anos. Veja o artigo de 2014 “Porque a China vai explodir…” em (http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1868) do deputado americano David Stockman.
    Como um país que 30 anos atrás era muito pobre com mais de 1,5 bilhões de pessoas, saído de um regime político miserável, pode agora ser o maior centro industrial do mundo ultrapassando os EE.UU que levaram 150 anos para se tornarem o que são?
    A explicação é que tudo isso é uma fraude descomunal com investimentos colossais de americanos e europeus num esforço absurdo para criar essa farsa chamada China.
    Veja “Cidades fantasmas, a fraude do crescimento chinês” em: https://www.youtube.com/watch?v=2yL7t0j_4tQ.

    Estou me dispondo a para e gastar meu tempo em escrever esse comentário devido minha revolta de como a gravíssima crise econômica da China está sendo minimizada em prol da exacerbação de uma possível crise brasileira. A China tem uma dívida pública mais de 200% do PIB. O Brasil apenas de 55% . A crise econômica é acima de tudo chinesa, não brasileira. E você como professor não pode sair por aí engrossando o caldo da difamação que o Brasil vem sofrendo por parte desse regime americano deplorável para nos submeter a esse caótico subimperialismo chinês.
    Eles querem se instalar em Manaus para que essa cidade sirva de plataforma de lançamento das quinquilharias chinesas para toda América latina. Se perdemos a zona franca de Manaus perdemos a Amazônia pois é o único elemento que preenche o vazio econômico da região, já que o estado do Amazonas não tem agricultura de escala.
    A grave crise econômica da China vai afetar o Brasil? Claro que vai, se você for produtor de soja, os quais vêm participando dessa farra em prol da destruição da industrialização brasileira. Plantou-se essa porcaria de soja, que é apenas feijão, desde o sopé dos Andes na Argentina até quase Belém do Pará, passando por quase todos os estados do Brasil.
    O esquema é esse: cria-se uma commodity (soja ou minério) que possa ser trocada pelas quinquilharias chinesas. Assim, vai soja e minério de ferro e volta porcaria industrial da China, a qual rouba seu emprego nas indústrias. Você ganhou alguma coisa com esse boom econômico da soja? Não! Seu salário como professor aumentou? Não! Apenas fazendeiros ganharam com esse esquema (farra das oligarquias). E isso também aconteceu nos EE.UU, onde com o acobertamento da decadente esquerda americana a esse esquema chinês vil destruiu-se empregos de US$40 a hora em Detroit e os trocou por outros de US$ 7 a hora nos Mcdonalds da vida.
    Não sirva de massa de manobra para essas elites brasileiras fracassadas, batendo o bumbo para a China contra o seu país, o Brasil.
    A China sofre a explosão previsível de uma colossal bolha de superprodução industrial e vai se adequar ao fato de que é um país pobre do 3º mundo com 1,5 de pessoas e não a Inglaterra do século 19. E se a China vai se tornar uma superpotência? Isso veremos daqui a 150 anos!

  • Olha, pra ser sincero, não sei quando é que os economistas vão abrir os olhos e ver que toda essa merda de especulação não vai rolar durante muito tempo, … o que vai rolar é que se continuarem a explorar o capital dos países em desenvolvimento, e com a baixa da economia, e ainda com a baixa produtiva, como a ressaca final que afeta a mão de obra em todo mundo, as massas trabalhadoras não tem mais o mesmo incentivo… uma coisa é certa … sem motivação e capital ninguém trabalha… ta na hora de repensar o sistema … mas isso não vai acontecer, por que tem cachorro grande que não vai largar o osso e tem cartucho pra aguentar muito tempo essa merda de crise sem se abalar… resultado… espere a crise de 29 voltar pra ver o que ela vai disparar… vc acha que os partidos de esquerda morreram com a agenda do Jorge Buch? Então espera pra ver! Acha que o Obama conquistou Cuba?… depois vão dizer que são terroristas, até porque, quem ganha voto se existir um partido contrário tentando acontecer de novo … democratas, e a direita liberal … recado pra vcs … “seus economistas de merda não fizeram a lição de casa e agora quem paga é o povo”…
    Assim como ninguém acreditaria se a globo falasse em crise, até porque brasileiro adora achar que vive no paraíso e os politicos daqui adoram pregar a estabilidade financeira em tempos de eleição, assim também vão dizer que o que falei é boato de esquerdista despeitado … hahahá espera pra ver … ninguém aguenta ser escravo e passar fome cara…
    Já tem foragido da crise na Europa até nas fronteiras da Suíça kkkkkkk….

Deixe uma resposta