Pelo Brasil, Ciro Gomes precisa pensar antes de falar

Destaque, Reportagem, Todos os posts

Corre solta polêmica boba que causou grande mal-estar em relação a Ciro Gomes por conta de mais uma das frases que ele vive soltando e que dão margem a antipetismo, machismo e tudo de ruim que vem assolando o país depois que junho de 2013 tirou a extrema-direita do armário.

Ciro Gomes é um homem público respeitável. Vida limpa, conhecedor como poucos de economia e dos problemas do Brasil e poderia, sim, vir a ser um bom presidente caso se abrisse mais ao diálogo e se repensasse seu modo de ser.

Em 2002, Ciro começou a ter chances eleitorais, mas despencou nas pesquisas após uma série de erros primários.

Naquele ano, foi chamado de “destemperado” por um ouvinte durante um programa de rádio e reagiu comprovando a crítica chamando o ouvinte de “burro” e “petista furibundo”.

Ainda naquele ano, outra frase impensada derrubou suas intenções de voto e o tirou definitivamente da corrida eleitoral; disse que a principal função de Patrícia Pillar, então sua esposa, era dormir consigo.

Recentemente, Ciro acusou Lula de “insultar a inteligência do povo brasileiro” ao manter “essa narrativa de perseguição política”. Depois tentou se explicar, mudou o discurso, mas o estrago estava feito.

Agora, surge nova polêmica com potencial para desidratar Ciro antes mesmo de sequer chegarmos ao ano eleitoral de 2018.

A Folha de São Paulo publicou matéria sobre declaração de Ciro sobre Marina Silva que fica difícil não interpretar como machismo. Apesar das acusações dele mesmo à Folha de ter manipulado suas palavras, o que ele disse permite, sim, um entendimento pouco abonador para si.

Palavras de Ciro:

“Não tô vendo a Marina com apetite de ser candidata, ou então é uma tática extraordinariamente nova que nunca vi na minha vida pública, que é o negócio de jogar parado. Não vejo ela com energia, e o momento é muito de testosterona. Não elogio isso. É mau para o Brasil, mas é um momento muito agressivo e ela tem uma psicologia avessa a isso. Não sei, eu tô achando que ela não é candidata.”

Afinal, Ciro foi machista ou não? Para a ex-candidata a presidente pelo PSOL Luciana Genro, foi. E esse entendimento protagonizou um grande quiproquó entre os dois.

Os militantes pró Ciro estão em campo tentando convencer as pessoas de que ele não disse o que disse, mas a própria história desse político sério, porém inábil com as palavras, mostra que ele foi extremamente descuidado em mais uma das suas muitas declarações desastradas.

Ciro defendeu a testosterona na política? Não. Pelo contrário, disse que “não apoia isso”. Mas, para ele, combatividade na política é “testosterona”. Isso ele disse.

O que é testosterona? A definição correta, segundo o Houaiss, é “hormônio esteroide androgênio encontrado em maior quantidade nos homens do que nas mulheres”, que, por isso, é qualificado como “hormônio masculino”, enquanto que o considerado “hormônio feminino” é a progesterona.

É óbvio que Ciro Gomes não via Patrícia Pilar como tendo a finalidade em sua vida de apenas dormir consigo, Ciro também defendeu Lula muitas vezes e o contexto de suas críticas a ele não é bem esse, mas palavras, caro leitor, são como pasta de dente: uma vez fora do tubo, não podem ser colocadas de volta no lugar de onde saíram.

Uma imagem vale mais do que mil palavras. Se o hormônio testosterona é visto (erroneamente) como “o hormônio masculino”, ao escolher esse termo Ciro sugeriu que é necessário ser homem para enfrentar um momento como o que vive o país.

Ciro poderia ter usado “combatividade” em lugar de “testosterona”. Ao usar essa imagem, reforçou o estereótipo de “machista” que o persegue há tanto tempo.

O Brasil precisa de Ciro Gomes, ou de políticos como Ciro Gomes. Se não for para esta eleição, talvez para a próxima. Mas Ciro não avança na política, apesar de ter governado o Ceará. E não avança porque não pensa antes de abrir a boca. É muito impulsivo.

O Blog da Cidadania, porém, não apoia que massacrem o pedetista por essa frase infeliz. Luciana Genro foi oportunista. Fez escarcéu por uma frase que poderia ter sido relativizada, apesar de imprópria. Ela agiu como a Folha, que deu destaque à frase de Ciro para prejudica-lo politicamente.

Quem apoia o Ciro não deve combater quem o alerta. Fará melhor por ele se o convencer a não dizer uma palavra sem antes refletir não só sobre seu sentido, mas sobre que margem dará à exploração política, tão farta em períodos eleitorais e que, em 2018, chegará ao paroxismo.

*

ASSISTA, ABAIXO, O PROGRAMA DO TV CIDADANIA SOBRE O ASSUNTO

  • Natália

    Esse é bipolar também… Uma hora fala A, outra fala Z. E já me irritou a insistência dele em dizer que a candidatura do Lula é um desserviço. Meia volta ele fala isso…

    • Alan Souza

      Aliar-se ao Lula desde o início talvez fosse a maior chance de Ciro em toda a sua carreira. Ao contrário, ele ataca o Lula jurando que com isso vai conseguir ganhar algum eleitor de Bolsonaro/Dória/Luciano Huck…

  • Celso Junqueira

    O Ciro, como o Luiz Inácio, têm idade suficiente e experiência para evitar certas situações: eles põe demais a bunda na janela. E depois reclamam dos tiros que levam. Ou tudo faz parte de marketing?

    • eduguim

      Eu diria anti marketing

    • Haroldo Mourão Cunha

      Também “dá no saco” essas histórias do Ciro! Cacete, o cara tá na política a muito tempo para ser tão ingênuo assim!
      Passa, para quem apoia Lula, que ele está querendo agrade Deus e o Diabo! E com isso desagrada a todos!
      Caso a candidatura de Lula seja difícil, vou pensar muito em voto favorável a ele!
      Só se for indicação de Lula!! (ENTENDEU CIRO??? EEEENNNNNTEEEEENNNNDEEEEEEU CIRO???)

  • Valdir-Ba

    prezado Eduardo:
    Há um provérbio chinês que diz:
    “Há três coisas que nunca voltam atrás: A flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida” e tem um ditado brasileiro que diz ” quem fala demais dá bom dia a cavalo”.

    • Haroldo Mourão Cunha

      …AGRADAR…

  • Lenita

    Edu, discordo de você em relação ao fato que essas declarações impulsivas através de palavras e expressões inadequadas sejam somente uma maneira descuidada do Ciro. O cara é isso mesmo: um babaca oportunista e sem ética, um fofoqueiro. Acho um nojo como ele se deleita em armar sua metralhadora para atacar todo mundo a sua volta para depois se colocar como o “melhor” e mais “puro”. O cara nao tem o menor respeito pelo Lula e nos últimos dois anos não perdeu nenhuma oportunidade para jogar veneno pra cima do Lula. Tenho prestado atenção em seus últimos discursos e palestras em vários lugares, vejo muita falsidade e oportunismo. Você viu como o Lula respondeu (na rádio de BH) quando indagado sobre o Ciro ? Só comentou que Ciro ja tinha disputado eleição contra ele duas vezes e engatou outro assunto.
    Enfim, Ciro é realmente machista e não consegue enganar ninguém. É o conjunto do que diz e do que não diz, somado ao body language (deplorável também) que acaba mostrando o que ele de fato é. Sinto muito mas dessa vez discordo de você. Abraços.

    • Viviane

      Complementando: a metralhadora do Ciro gira para todos, mas trava subitamente quando aponta para Aécio Neves. Por que será?

  • Luiz Guilherme Pacheco

    Seria uma situação parecida com aquela vez do Lula e as mulheres de “grelo duro”?

    • José Ricardo Romero

      Uau, Luiz. Mas que boa lembrança que você teve. A diferença é que o Ciro às vezes, enfia os dois pés na jaca por impulsividade que precisa sim controlar. Já o Lula fala estas besteiras e não se dá conta, acha que é normal quando na verdade é bem grosseiro e preconceituoso.

  • Atineli

    Ciro Gomes não parece conseguir esconder a massa da qual é feito. Não creio que ele venha a ser uma alternativa para a presidência. Não tem a menor chance.

  • Fernandes

    Luciana, meu voto não terá nunca. Se põe como esquerda raiz, mas no fim tem imensas semelhanças com o pensamento reaça. Seu purismo e sectarismo é de um bem enorme à direita. Ciro, só voto nele por necessidade e obrigação ideológica se não tiver outra opção. Tem meu respeito, mas surfa de forma oportunista no antilulismo da direita. Só aparece nos jornalões quando bate no Lula.

    • Pablo

      Seja um machista, a outra feminista, a direita usa os 2 para tirar votos do Lula.

      • Oscar Müller

        Justo, Pablo!

        Óbvio que os jornalões abrem espaço quando o assunto é bater no Lula. O fato do Ciro não aparecer no PIG de outro jeito, não o desmerece, pelo contrário.

  • cezar

    Luciana é oportunista:.esquerda burra..Ciro Gomes é acima da média..É só assistir os debates e suas entrevistas

    • Haroldo Mourão Cunha

      Concordo. Meu voto só o Lula o indicar como poste!!! E terá de conviver com isso pro resto da vida política!

    • Pedro Accioli

      Concordo cara!

      A esquerda xucra para mim é aquela que defende fervorosamente causas humanas e liberais nos costumes (ex: anti-racismo, anti-machismo, pró-aborto, etc…) só que ela não apresenta argumentos que convencem a população e só convencem professores e estudantes secundaristas e universitários! E como o Edu já disse aqui outras vezes, o brasileiro em sua imensa maioria é conservador nos costumes sim, mas uma leve maioria, cerca de 60%, apoia políticas econômicas e sociais de esquerda!

  • cezar

    https://youtu.be/K3KY239NARc.

    Essa sempre é uma boa analise

  • cezar

    https://youtu.be/OqQKSWfFx88 Outra bela análise

  • valéria PE

    Ciro deveria está apoiando Lula e se balizar para em outro momento ser candidato a presidente. Luciana se aproveitou de um comentário infeliz para aparecer.

    • Oscar Müller

      Pois então, aproveitou-se de um comentário infeliz para aparecer. Ou seja, foi descuidada e oportunista. Mesmo errado ele está certo! É aí que mora meu problema com o Ciro. Não discordo do seu discurso, mas ele é presa fácil nestes tempos do políticamente correto. De resto, temo a mão de ferro da direita, mas até acho que uma mão mais pesada da esquerda já teria nos feito bem…

      • José Ricardo Romero

        “Ciro é presa fácil do politicamente correto”. Isto mesmo, Oscar. O politicamente correto é detestável porque tem um falso brilho. É a postura predileta dos nerds, desde que alguém esteja observando. Soube de uma história (verdadeira!) que bem define o politicamente correto: nos eua um grupo de feministas decidiu criticar o conceito de history por ser machista e propôs mudar para herstory.

  • cezar

    Se privatizar a Eletrobras, tomaremos de volta’, diz Ciro Gomes..Quem do PT diz isso, ninguém

    E digo mais:

    Creio que exista um cem MIL números de pessoas que gostariam que o PT fosse mais explicito nos Seguintes assuntos:

    01-NACIONALIZAÇÃO COMPLETA DA PETROBRAS E A VALE

    02-PERMEAR AS AÇÕES PÚBLICAS COM A ECOLOGIA

    03-MAIS INVESTIMENTOS NO ENSINO BÁSICO E SECUNDÁRIO CRIAR OS SITSEMA NACIONAL DE ENSINO..

    04-TER UM CAMBIO COMPETITIVO PARA A ECONOMIA

    05-RETOMADA DO PROJETO DE ENERGIA NUCLEAR

    06-ESTIPULAR UMA TAXA DE PAGAMENTO PARA DIVIDA 80% DA POUPANÇA

    07- AMPLIAR A ATUAÇÃO DA EMBRAPA EM UMA EMPRESA COMERCIAL MANTENDO A PESQUISA

    08- RECRIAR A EMPRESA DE EXTENSÃO RURAL- EMBRATER

    09- PRIORIZAR A COMPRA DE PRODUTOS NACIONAIS NAS DIFERENTES CADEIAS PRODUTIVAS

    10- REVOGAR AS MUDANÇAS DA CLT ESTUDANDO COM OS TRABALHADORES

    11- ESTIMULO AOS PROCESSOS DE ENERGIA RENOVÁVEIS SOBRETUDO EÓLICA E SOLAR

    12- JUROS ZERO PRA AGRICULTURA FAMILIAR PAR PRODUTOS DA SEXTA BÁSICA; ARROZ, FEIJÃO, HORTALIÇAS, LEITE, TRIGO

    13- JUROS DIFERENCIADOS PRA MICROEMPRESAS

    • Zoé Brasileira

      Isso é um engano. Lula falou várias vezes em revogar todas as medidas arbitrárias dos golpistas. Dilma também ja falou isso diversas vezes. As pessoas não escutam Lula e esquecem que Lula é infinitamente mais inteligente e competente do que tudo que se apresenta como candidato. Ciro simplesmente não é confiável. Vê-se que é uma pessoa deslumbrada consigo mesma. Pior: tem valores de virilidade fora de moda.

      Ciro é sexista assumido e não passaria no teste “Me Too”/”BalanceTonPorc” que viralizou nas redes sociais do mundo “civilizado” (nem sempre tão civilizado assim, como esse movimento mostra).

    • Romanelli

      item 1 – tarde demais ..melhor trabalhar a estrutura tributária ..e o Estado continuar sócio decisivo nestas empresas

      item 4 – Câmbio diferenciado ? ..hj, pelo saldo nas contas externas que JÁ esta recuperado ..tudo indica que ele esta bem depreciado, até demais ..inclusive com efeitos deletérios sobre o poder de compra das famílias, nos combustíveis, produtos agrícolas internas e gás de cozinha ..fora importados, claro

      item 9 – ABSURDO a reserva de mercado ..a não ser em itens que NECESSITEM ser desenvolvidos ..como foram com a industria NAVAL recentemente e as sondas de petróleo, satélites e caças, por exemplo ..coloque na sua cabeça, o empresário Nacional não é santo nem vitima

      item 11 – boa inciativa ..mas isso tb não pode ser motivo pra se ENCARECER outras fontes de energia comparativa ..tipo com o gás e óleo da PRÉ SAL ..biocombustíveis (uma cadeia importantíssima tb)

      item 12 e 13 ..SEM essa de juros zero (o POUPADOR, pelo seu esforço, tb tem direito a recompensa, desde que JUSTA) ..agricultor tb é empresário ..não precisa de TETA pra se manter num país que sequer tem furacão ou neve ..e JÁ EXISTE juros diferenciado pra pequenos no mercado.

      como vc viu ..tem de tudo ..MENOS UNANIMIDADE

      Pela minha visão eu priorizaria a SAÚDE e a moradia PRA POBRE E FAVELADO ..temas multidisciplinares intimamente ligados

      A moradia impulsionaria a economia por uns 20 anos – VINTE ANOS ..e não alguns meses como a industria automobilística – ..combateria a violência, morte prematura ..aliviando a saúde, previdência, a economia como um tudo em diversos setores, a cidadania, infra, urbanidade etc

      Aliás, vc não valou do PRINCIPAL tema que deveria ser explorado para se conquistar a CLASSE MEDIA esquecida nos últimos anos e os jovens

      ..o COMBATE FIRME E OBJETIVO À VIOLÊNCIA contra a vida (inclusive com a reforma e construção de presídios) ..a defesa da VIDA e do direito acima de tudo !!!! ..hj matamos 60 mil ano ..100 mil desaparecem …valorizar a vida do bandido (que se entrega ou esta preso) do POLICIAL e militares, e da vitima também

      • oneide teixeira

        “Pela minha visão eu priorizaria a SAÚDE e a moradia PRA POBRE E FAVELADO .”
        Com que dinheiro pretende fazer isso ai?
        Se não tem poupança.
        Vai emitir moeda. criar impostos ou é tirando das arvores de dinheiro.

    • Leo F.

      O problema todo está aí: Não foi uma questão de “politicamente correto”, mas de oportunismo político puro mesmo, por parte da Genro.

      Distorcer informação de uma entrevista, para criar um factóide, ao gosto da manchete malandra que a Folha deu, é colocar o próprio ego acima de uma país esfacelado pelo desmonte das políticas sociais e de incentivo industrial.

      Ou seja, usa da mesma vaidade de Ciro para atacá-lo e posar de feminista purista, enquanto os problemas nacionais mais graves e que, deveriam ensejar uma maior unidade da esquerda, são deixados à margem.

      Bem-feito também para Ciro, que sempre se colocou como o mais “preparado”, justo ou correto e se esquece que, na estrada eleitoral até 2018, seu maior inimigo é sua língua e o que podem fazer para atingi-lo, a partir da sua metralhadora verborrágica.

      De todo jeito, espero que o PSOL pare de endossar o comportamento político desta “Ana Amélia” de vermelho.

  • Renata

    É bizarro usar essa palavra. Com o temperamento que o Ciro tem e com os valores que deixa escapar, que devem vir da formação num meio cultural machista, acho que não será a última vez. É difícil mudar com essa idade, mas ele deve tentar melhorar.

    Não sei dizer qual é a ideologia dele, e isso me deixa com um pé atrás. Mas ouço suas palestras, gosto de ouvi-lo falar, da sinceridade e do conhecimento que tem.

  • Dilma Coelho

    Infelizmente estamos perdendo o tempo nos ocupando com criaturas desses tipos, ciros, dorianas, lucianas, tremes, marinas, ratos, bandidos, ladrões, assassinos, usurpadores, cheiradores, mbls, frotas, etc. Pessoas que só merecem desprezo, serem ignoradas, não terem suas fotos frequentemente nos jornais, na maioria das vezes rindo das nossas desgraças.
    A maioria, de pessoas doentes, tendem a imitar esses estorvos, criminosos.
    EX. Masturbação nos coletivos. Um foi noticiado e logo começaram a aparecer casos semelhantes.
    Enquanto isto a direita ganha terreno e a maioria da esquerda se lamentando, diariamente, contra a mídia, que já estamos cansados de saber de suas canalhices. Quase sempre na base do “falem mal mas falem de mim”. É cansativo…
    – O que podemos fazer para expulsar esse senil usurpador e sua quadrilha? Precisamos pensar em soluções. Precisamos criar uma corrente de pensamentos e ações positivas.
    “O MAL É A AUSÊNCIA DO BEM”

  • Roberto

    Não confio em Ciro e não votaria nele NUNCA.

  • Romanelli

    Polemica boba ..os dois são destemperados
    Ambos sofrem de diarréia verborragica
    Claro q o termo usado se referia a um momento de animos exaltados ..nd a ver com machismo
    O Brasil precisa ser governado por alguem de paz ..e só LULA ja mostrou saber fazer isso ..o resto é um bando de cães hidrófobos

  • Romanelli

    importante lembrar que OUTROS que sofrem de mal parecido ..só que de FLATULÊNCIA Vocal ..já que têm muito pouco conteúdo ..são o Dória e o Bolssossauro ..e convenhamos ..quem mesmo acredita no potencial dessa turma decibélica ?
    ..uma turma que só fala pro eleitorado mais “bombado” (sem encéfalo) e de adolescente que não entende patavina do que é a vida polítca

  • ROBERTO FERREIRA DA COSTA

    Preferiria votar no Maluf do que no Ciro Gomes, pois o primeiro pelo menos não é dissimulado, assume que é ladrão e pronto. Ciro não é assim, mas um hipócrita, que faz e desfaz amizades ao sabor das conveniências, apenas um oportunista barato, filho da política da ARENA do Ceará, da qual seu pai foi militante, fundador do PSDB e trânsfuga de sempre. Agora dá uma de esquerda apenas porque sabe que não tem lugar para ele na direita. Seu momento que me dá mais asco foi quando o Delcídio acusou o Lula de corrupção, em delação obviamente mentirosa, e o Ciro reforçou a credibilidade dizendo que o Lula agora não poderia refutar a acusação, pois partia “da própria casa”. Que homem nojento!!!

  • Helena/S.Andre (SP)

    Será que Ciro não tem uma assessoria que o alerte sobre essas gafes que ele comete de vez em quando? Um político que pretende ocupar o cargo máximo do país tem que ter alguém que lhe dê suporte nesse sentido. Incrível como Ciro comete esses desacertos verbais que só lhe causa prejuízo. Antes eu até estava tendendo a votar nele caso Lula fique impossibilitado de participar das eleições do ano que vem. Mas eu, que tanto critico as pessoas que votam nulo ou em branco, acho que vou de voto nulo mesmo, pois “ELEIÇÃO SEM LULA É FRAUDE”.

  • cezar

    Já votei no Ciro e estou propenso a votar novamente..Depois se precisar voto no LULA… O PT precisa ser mais Nacionalista..Com ou sem Lula, esquerda deve criar projeto econômico nacionalista que supere lulismo

    • Atineli

      Não vejo problema nenhum com o lulismo. Foi e é o melhor até agora. Esse papo de direita torta fazendo proselitismo em blog de esquerda é muito rasteiro.

      • Renata

        Atineli, ehehe, verdade. Quando não é a “superação do lulismo”, é o “populismo”. Aliás, gostei da entrevista do Jessé Souza aqui no blog – sempre desconfiei desse negócio de populismo, intuía que havia algo de errado desde que fiz ciências sociais; o Jessé me salvou, rs. Preciso entender mais, para isso preciso comprar o livro que recém lançou, para isso preciso esperar entrar dindim, odeio essa crise que me impede de comprar um livro.

        • Atineli

          Renata, o livro do Jessé intitulado “A tolice da elite brasileira” esta disponivel online. Nesse livro tem toda a tese do Jessé, excelente. Vale a pena. Abraços.

  • cezar

    O Brasil já pôs em prática políticas nacionalistas a partir de Getúlio Vargas na sua primeira versão, quando criou Volta Redonda, deu origem à CLT e criou o salário mínimo. Eu teria preferido que não privasse tão intimamente com Filinto Müller e o general Góes Monteiro, mas ele encaminhava um projeto digno de um país industrializado.
    Eleito democraticamente, prosseguiu pelo mesmo rumo e seu suicídio é uma confissão de impotência diante da implacável prepotência da casa-grande. Incapaz, entretanto, de impedir a eleição de JK. Mino Carta

  • Salvador Ferreira

    Boa análise, Eduardo
    Vejo a Luciana como ‘um xarope amargo’ e sem indicação.
    “A língua é o chicote da bunda”
    Prá mim, Ciro era o Lula2.
    Mooooporreu!

  • Pablo

    Nenhum deles tira votos do Lula, nem o Chico Alencar que tem 1%. Na verdade a direita está preocupada agora em tirar pontos nas pesquisas, para ter mais facilidade de condenar e deixar Lula fora da eleição, por isso já estão convidando o Boulos para ser candidato.
    Estadão e Folha certamente, mesmo Boulos não declarando que é candidato, devem colocá-lo nas próximas pesquisas para ver se tira mais votos do Lula que todos esses pequeno-burgueses fracassados.
    Problema pra eles que Lula não é bobo e,já percebeu a jogada por isso se reuniu com Boulos e o MTST em São Bernardo ontem.
    Boulos deveria dizer claramente que não é candidato do PSOL.

  • Juliano Santos

    Que dá para consertar dá. Mas a fama de machista ganhou mais uns pontos. Para desfazer essa imagem terá que trabalhar para isso. Se der mais uma dessas, já era.
    É bom lembrar que o Aécio perdeu um bom número de votos femininos por causa do boato de que bateu na namorada. E num debate chamou a Dilma de leviana, que para muita gente é chamar uma mulher daquilo que não se pode chamar

  • Edna Baker

    Ciro Gomes usa esse vocabulário escandaloso para aparecer na mídia. Não deu outra, apareceu na Fôlha. Isto ė, propaganda grátis.

  • Carl

    Esse é mais um hipócrita e ele defende o golpe. Ele é o plano B dos golpistas. Gravem o que estou escrevendo.

  • oneide teixeira

    Parece que a unica opção da esquerda é Lula. Um homem com mais de 70 anos.
    Só tem “velho” no PT, ate nos jovens são “velhos”, pq a sua ideologia é velha.
    O problema do caculo “econômico do socialismo”.
    “Sem a propriedade privada dos meios de produção não existem mercados. Sem mercados não se tem a formação de preços genuínos. Sem preços é impossível realizar os cálculos de viabilidade econômica, ou seja, não se pode estimar a importância e a escassez dos bens de produção sem o que uma realocação de recursos é impossível.
    ……
    Entenderam porque da crise brasileira?
    …..
    Como o governo interfere na economia, ele cria um artificialismo de preços.
    Quando grupos se tornam “amigos do rei”, a inflação que é o aumento de moeda circulante, entre outras o governo deteriora o sistema de formação de preços.
    Com esta deterioração de preços, chega se a um ponto que não se sabe mais o que produzir e o que comprar. Sem isso como disse antes, não se pode estimar a importância e a escassez dos bens de produção sem o que uma realocação de recursos é impossível.

    • Renata

      Oneide, ou seja, sem o capitalismo não há vida.

    • Renata

      Data vênia, Oneide, com todo o respeito, falta um pouco de imaginação para você.

      • oneide teixeira

        Para quem defende como a unica opção Lula.

  • cezar

    Querida esquerda, precisamos falar sobre nacionalismo

    29/03/2016editorbrasilem5
    Querida esquerda brasileira,

    chegamos em um ponto em que todos se dão conta que uma mudança em nossos rumos é necessária, mesmo que as alternativas sejam várias.

    Vamos tocar num assunto que você não gosta de falar? Nacionalismo. Não faça careta, por favor. Não te incomoda esse monte de gente de verde e amarelo na rua, achando que é patriota? As mesmas pessoas que gritam aos quatro ventos que têm vergonha de ser brasileiro? Sim, incomoda. Mas vejamos, eles não são nossos verdadeiros inimigos. Sim, muitos ali são conservadores mesmo, mas tantos outros estão ali manipulados. E tomam como símbolo de sua manifestação aquilo que há de comum: são todos brasileiros.

    O que me incomoda, e gostaria de dividir com você, é o fato de não utilizarmos os símbolos pátrios. Afinal, não somos também brasileiros? Não é sábio para um projeto político e social de massas, simplesmente deixar de graça para o inimigo uma ideologia que mexe com algo comum a todos, você não acha?

    Sim, eu sei, a classe trabalhadora é internacional, Marx disse. Só que Marx também disse, no próprio Manifesto que “a luta do proletariado contra a burguesia, embora não seja na essência uma luta nacional, reveste-se dessa forma num primeiro momento”. Negar a nacionalidade e a influência que ela tem sobre as pessoas é querer negar a gravidade. Negar que o mundo está dividido em Estados-nação há séculos e achar que isso pode ser simplesmente jogado de lado é um erro colossal. Negar que é justamente a classe trabalhadora que carrega, nos seus genes, na sua produção diária e no seu patrimônio simbólico o ser brasileiro, é ser míope diante da realidade.

    Numa rápida análise histórica, vemos que as revoluções socialistas ocorreram, na sua grande maioria, em países da periferia do sistema. Onde a causa da libertação nacional do colonialismo e do imperialismo sempre esteve presente. Alguém negará o caráter nacionalista de Revoluções como a Cubana ou a Chinesa? De que Chávez só fez o que fez, porque aliou um projeto nacional à revolução social?

    Quando se fala em Nação, se fala em nome de todos. É um discurso legitimador, pois brasileiros somos todos nós. Para além de bandeiras, e paleta de cores, as pessoas são brasileiras porque se sentem brasileiras e esse patrimônio coletivo não pode ser negado por projetos de transformações sociais.

    Querida esquerda brasileira, sei que você passa por momentos difíceis. Mas sejamos otimistas e trabalhemos. Nas horas de crise é que aparecem as mais criativas soluções. Acreditamos na transformação como princípio, não é mesmo? A única certeza é que “tudo que é sólido desmancha no ar”.

    De quem sinceramente continua acreditando em você,

    Roberto Santana Santos

    • Pablo

      Muito bom.Esse debate é vital,e também alguém para esclarecer as diferenças entre nacionalismo em países imperialistas e países atrasados,necessariamente defensivos e anti-imperialistas.

  • Deusdédit Ramos de Morais

    A propósito da análise, vale ressaltar a sua validade no intuito de alargar o debate e o surgimento de soluções para o bem do Brasil. Quanto aos personagens e aos comentários postados, só posso dizer que representam exatamente o que a direita fascista e racista quer, não por acaso o mesmo que a a esquerda covarde deseja: a interdição e a desqualificação de qualquer um que ouse levar o debate para o necessário confronto ideológico e, até mesmo físico se necessário, que o Brasil tanto precisa para finalmente se ver no espelho da história como “NAÇÃO!”.

  • Wilson Ramos

    Ciro não tem estatura. Não em termos físicos mas morais. Eu o vi no velórios da Dona Marisa. Me parece velho, sem testosterona. Ou seja, ele mesmo acha que o Brasil precisa de algo que ele não tem.

  • Lula 2018

    Ciro tá virando o bolsonaro da esquerda, só diz bobagem.

  • Viviane

    Se tem um político em quem não confio de jeito nenhum é Ciro Gomes. Incrível como bastou ele se dizer “de esquerda” para muita gente boa ir atrás…
    Sobre as declarações, é parecido com o Luís Roberto Barroso “homenageando” o ex-colega Joaquim Barbosa chamando-o “negro de primeira linha”. Pode não ter intenção, mas ofendeu. Até Lula, com mais idade e menos escolaridade, consegue ser bem mais cuidadoso ao se dirigir a minorias.
    Agora, Luciana Genro foi de um cinismo atroz ao tentar rebater Ciro DEPOIS da explicação do contexto da frase. Algo como: “então tá, estou errada, mas vou continuar jogando para minha plateia”. Para usar frase da própria, “o sujo falando do mal lavado”.

  • cezar

    Peito e coxa de frango e o erro de que “aquele público não entende de política”
    Escrito por Wellington Calasans, Postado em Redação, Wellington Calasans

    TwitterGoogle GmailFacebook
    Por Wellington Calasans, Colunista do Cafezinho

    Acompanhei em tempo real os dois discursos proferidos por Lula em São Paulo neste sábado. Ao lado de Guilherme Boulos, falou para “onze mil famílias” (segundo o próprio líder do MTST) em uma ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, iniciada no mês de setembro. Como não poderia deixar de ser, o tema “habitação” esteve no centro das falas, revezadas entre Gleisi Hoffmann, Guilherme Boulos e Lula.

    Não apenas habitação, mas outros problemas preocupam. Por isso, o desprezo dos palestrantes em relação ao motivo da invasão a que tem sido submetido o Brasil, o petróleo, é ainda mais preocupante. Longe do que pensam as feministas, o golpe contra Dilma não foi por machismo, foi para assaltar o pré-sal. O petróleo que é o motivo de guerras nas últimas décadas em todo o mundo, e que no Brasil tem sido doado pela cleptocracia no poder, deu lugar às preferências gastronômicas do maior e mais querido líder político brasileiro, Lula.

    Coxa e peito de frango foram citados como avanço no consumo de alimentos. Postei no meu mural do Facebook o seguinte: “E Lula voltou a falar sobre peito e coxa de frango neste momento em que o pré-sal está sendo entregue. Fiquei com uma fome danada”. Provoquei o debate, pois apoiar Lula não é sinônimo de ser devoto dele. Este discurso é fraco e reduz o Brasil ao “terreno ocupado” do atual desgoverno. “Se o pré-sal for nosso, vamos comer um galinheiro inteiro todos os dias”, sugestão de discurso para os palestrantes.

    A provocação do debate na minha página daquela rede social trouxe comentários do tipo: “ele falou para aquele público. Não podia aprofundar a política”. Discordo completamente desta visão preconceituosa, pois o predominante mar de analfabetos políticos (políticos e eleitores) decorre exatamente do erro de não entender que a política está presente em tudo.

    Estão entregando os ativos do Brasil. O país terá sérios problemas para equilibrar as contas. Nem mesmo Lula, o maior líder político do Brasil, poderá resolver os problemas que se avizinham com o a avanço deste desmonte em curso. É hora de falarmos mais seriamente sobre os reais problemas do Brasil.

    Até mesmo a “democratização da comunicação social”, mencionada por Lula no segundo discurso de ontem (para delegados do PT) pode parecer obsoleto em 2018. Está cada vez mais claro que não serão mais as empresas nacionais que ditarão as regras da comunicação. A Globo perde audiência e força para a internet que é “gringa”, como tudo o que irá comandar o Brasil se não pararmos com o entreguismo da cleptocracia. A eleição em 2018 é também algo incerto.

    Sempre votei (e certamente votarei) em Lula e em Dilma. O antes e depois dos governos deles atestam que fiz as escolhas acertadas. No entanto, precisamos pensar no Brasil como Nação e não apenas como um “recorte histórico de uma sigla partidária”. É hora de reação e não de devoção

  • A frase de Ciro foi infeliz, mal construída, incompleta, mas dá para entender que ele quis falar do momento político, que é de extrema agressividade, desordem institucional, de anarquia, e que a postura de Marina era passiva, de silêncio e omissão diante dos fatos que vão ocorrendo um após o outro, numa velocidade alucinante. Por outro lado, a Luciana Genro foi puro oportunismo e desonestidade intelectual, como é próprio dela. Reforçou a exploração reacionária pela mídia golpista de um lapso do Ciro Gomes, o que a direita sempre faz para prejudicar a imagem do político cearense.

  • Belmiro Machado Filho

    Ambos, se colocados nos pratos, a balança se equilibrará perfeitamente. Ele, um boquirroto, dissimulado e desagregador. Ela, uma frustrada e despeitada que vive imersa nos seus “purismos”. O oportunismo, a deslealdade e os surtos de histeria moralista os tornam indissociáveis. O aparecimento de aventureiros como Bolsonaro, Dória, Huck se deve em grande parte a Ciro e Luciana.

  • HAERTEL DUARTE MENDES

    Ah o Ciro Gomes. São essas declarações impensadas que destroem qualquer pretensão sua de chegar ao Planalto. Num momento em que vemos processos montados sobre propriedade de imóveis que nunca pertenceram aos processados, qualquer bobagem dita por alguém que não tenha a simpatia da direita tupiniquim é suficiente para sepultar candidaturas. A direita já está trabalhando a todo vapor para destruir todas aquelas que não lhe interessam. Se o Ciro não se cuidar vai novamente ser visto como um candidato potencial a um ministério. Só isso.

  • Erivan Paiva

    Inteligente mas bobalhão, igual a peixe, morre pela boca. Controverso, polêmico, instável, agressivo. Parece um Bolsonaro mais suave!

  • Pedro Accioli

    Bom dia Edu!

    O grande problema do Ciro Gomes é esse: o temperamento aonde acaba falando bobagens na hora errada! Se ele fosse mais equilibrado com certeza teria ido para o segundo turno em 2002 contra o Serra ao invés de ter sido o Lula!

    Um abraço!

  • Pedro Accioli

    Bom dia Edu!

    E só para concluir: nem levo a sério o que a Luciana Genro diz por faz parte da esquerda xucra! E esta esquerda defende com unhas e dentes causas humanitárias e liberais nos costumes (ex: anti-racismo, anti-homofobia, pró-aborto, etc…), porém, eles não tem argumentos que convencem a população e não levam em conta que a imensa maioria da população é conservadora nos costumes, porém, 60% apoiam políticas econômicas e sociais de esquerda, como você mesmo já disse em outros posts!

    Um abraço!

  • Esse é o cara? https://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2017/10/23/bolsonaro-e-mais-integro-do-que-tucanos-afirma-ciro-gomes.htm

    Destaco o final da reportagem:

    “Ciro também fez críticas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelas alianças que fez para governar, e ao PT, que considera um partido “caudilhesco”, que depende de um único homem. “E se Deus nos tira o Lula? Quem segura o ideário do partido?”?

  • Wilson Ramos

    Caro Eduardo,

    tenho sérias dúvidas tem as qualidades que costumamos intuir nele. Concordo plenamente que é um descuidado com frases de efeito. Sempre digo que uma candidatura dele equivale a um Celso Russomano presidencial.
    Mas o que me distancia mais dele é acreditar que as patacoadas que ele fala, sem dúvida traído pelo discurso fácil, revelam o que ele de fato pensa.

  • cezar

    Lula tenta refazer a curva fechada de 2002, por Aziz Filho
    81
    SEG, 23/10/2017 – 13:29

    Jornal GGN – Se Lula não for candidato do PT na eleição de 2018, seu substituto deve estar ciente de que precisará fazer de tudo para construir uma aliança ampla o suficiente para tornar as chances do partido reais, inclusive “dormir com o inimigo”. É o que diz Aziz Filho, em artigo divulgado no portal Os Divergentes, nesta segunda (23), analisando o percurso de Lula para reproduzir no próximo ano a mesma parceria que constituiu com os empresários em 2002, após abandonar “utopias de esquerda”.

    Assine

    Por Aziz Filho

    Em Os Divergentes

    Um dos fatores que levaram à eleição de Lula em 2002, sua quarta tentativa, foi a Carta ao Povo Brasileiro, na qual prometeu uma política econômica de centro, parceira do setor produtivo. A aliança do noivado pouco provável foi de ouro puro: o empresário mineiro José de Alencar como vice da chapa. Lula ganhou e cumpriu o acordo: desprezou as utopias da esquerda que o ladeavam desde 1989 e fez um governo no qual, segundo ele mesmo transformou em mantra, “a elite ganhou dinheiro como nunca”.

    Pode-se discutir qual cônjuge traiu o pacto nupcial: o PT, ao descuidar-se da austeridade fiscal, ou “a elite”, ao deixar-se levar pelo tal “ódio de classe” travestido de combate à corrupção. O fato é que o cenário de 2018 reencontra o PT com o mesmo drama de 2002, além dos outros mais graves do ponto de vista ético. Nove em cada dez investidores dizem segurar o dinheiro por temer a eleição de alguém contrário às reformas de Michel Temer, ou seja, Lula.

    Na caravana por Minas Gerais, que começa com um ato em Ipatinga em defesa da soberania nacional, o ex-presidente quer fazer a mesma curva que o levou ao pódio com Alencar. Na sexta-feira, vai comemorar 72 anos na Coteminas, ao lado de Josué Gomes, filho de José de Alencar e presidente da empresa fundada pelo pai. É difícil reeditar a dobradinha com Josué, que é do PMDB de Temer, mas Lula já faz ponte com outros empresários de peso.

    Depois de subir nas pesquisas com o discurso do “nós contra eles”, agora precisa flertar com “eles” para reduzir a rejeição. Assim como no Nordeste, ele terá em Minas a companhia de vários políticos de partidos adversários, que não são bobos nem nada – e Lula também não é.

    Os petistas apostam nas andanças do líder ou em seu poder sacrossanto de abençoar um poste caso as sentenças do juiz Sérgio Moro – a já consumada e as que virão – sejam confirmadas, impedindo sua candidatura. São três no banco de reservas: Fernando Haddad, Jaques Wagner e Fernando Pimentel, líder das pesquisas para o governo de Minas. Um deles, além de escapar da Lava Jato, terá de aprender com o padrinho a fazer de tudo para subir a rampa, inclusive dormir com o inimigo.

  • Moreira

    Ciro sabe que sem o apoio do Lula não tem a menor chance. E fica cutucando Lula com vara curta ora avalizando ora “questionando” a perseguição de Lula pelo juiz Sérgio Moro.

    Por quê ele não faz uma caravana pelo Nordeste, como Lula teve a coragem de fazer?
    Sugiro que ele comece em Sobral no restaurante do Chicão, se refresque na Meruóca e em Tianguá e termine a caravana em Ubajara, uma das regiões onde a família Gomes tem uma certa influência.

    Depois ele deve encomendar um pesquisa para ver qual a repercussão da “caravana”. E ele vai constatar que mesmo na região onde é conhecidíssimo, ele não passa dos 5% em termos de intenção de voto para o pleito de 2018.

    Aqui no bairro onde moro em Fortaleza, algumas pessoas o chamam de mister 5% e essa história de agredir o Lula para se tornar palatável aos olhos da Rede Globo, nós nos referimos aqui como “gozar no pau dos outros”.

    Ciro Gomes só tem esparro.

  • cezar