Direita esperneia após Datafolha e exige privataria

Crônica, Destaque, Todos os posts

Confesso que meu lado obscuro se compraz com o esperneio derivado da pesquisa Datafolha que tomou de estupefação e inconformismo essa direitalha asquerosa que infecta o país.

Andei buscando as reações dessa escória e recolhi algumas pérolas.

Primeiro, as folclóricas.

Porta-voz de João Doria, Bolsonaro e Michel Temer, Joice Hasselmann desbundou e saiu logo xingando de burra a maioria esmagadora dos brasileiros que, por acaso, discorda dela. O problema é fazer isso em uma concessão pública de rádio. Mas, no Brasil, dono de meio de comunicação grande pode fazer o que quiser. Até sonegar impostos…

Já Reinaldo Azevedo, que necessita menos apresentações e é mais inteligente, não se deu nem ao trabalho de, vá lá, engendrar alguma “explicação” tosca como a de Joyce e preferiu não desqualificar a opinião da maioria sobre as privatizações e, em vez disso, dizer que erros da direita ao transformar Lula em vítima violando seus direitos – e, nisso, ele está certo – geraram rejeição à privataria.

Reinaldo está erradíssimo. Sempre houve rejeição às privatizações. Em 2015 o Datafolha já havia detectado isso, mas a primeira pesquisa que me lembro foi em 2007, do Ibope, quando mais de 60% rejeitavam privatizações. Não tem nada que ver com Lula, tem que ver com o resultado que a privataria tucana trouxe ao povo.

Mas e na Folha de São Paulo? O que o jornal disse? E seus colunistas?  Nada. Não disseram nada. Nenhum editorial, nenhuma coluna, nenhum artigo. Nem no caderno de economia. Ficaram mudos.

Mas, apesar de a privataria ser odiada pelo povo, a Folha deu voz aos leitores integrantes do único (e microscópico) estrato social que curte privatizações na proporção de 55%, os que ganham mais de dez salários mínimos por mês e que não representam praticamente nada, estatisticamente, mas que, no jornal, também fizeram como os reaças famosos e xingaram o povo.

Gentinha medíocre, não?

O problema é que o povo brasileiro sabe muito bem o que são privatizações. Ao menos as tucanas.

Seja como for, a grande surpresa ficou por conta daquele que sofreu o maior prejuízo político com a tonitruante pesquisa Datafolha: Geraldo Alckmin, do PSDB, o partido da privataria tucana e quem, há pouco tempo, disse que, atualmente, privatização não seria mais “palavrão”.

A pesquisa mostrou que ele está errado. E qual foi sua reação? A que todo reacionário burro adota quando não sabe o que dizer: recorreu ao antipetismo dizendo que vai “acabar”  (leia-se privatizar) a “tevê do Lula”.

Como pode um homem público dizer isso?

A EBC, a Tevê Brasil não é do Lula, é do povo brasileiro. Foram investidos recursos imensos para dar ao país uma tevê pública como a que todo país soberano tem. A Tevê Brasil inspira-se na BBC, a tevê pública britânica que tem a nobre missão de veicular informações e demais conteúdo que não interessam às tevês comerciais.

Enfim, não se poderia esperar nada melhor dessa gentinha medíocre que a cada dia que passa está sendo mais desmascarada.

*

Assista, abaixo, esta reportagem em vídeo. Em seguida, veja mensagem que o Blog da Cidadania tem para você.

 

*

MENSAGEM AOS LEITORES 

Os leitores financiaram o novo site. Está modernizado. Implantamos sistema de notificações de leitores, sistema de comentários à prova de fascistas e muito mais virá. Porém, precisamos de sua ajuda. O site tem agora uma pequena equipe para pagar e custos com seu jornalismo. Há várias formas de assinar o Blog da Cidadania.

PARA DOAR VIA CARTÃO DE CRÉDITO MENSALMENTE, CLIQUE AQUI

PARA DOAR VIA CARTÃO DE CRÉDITO UMA SÓ VEZ, CLIQUE AQUI

PARA FAZER DEPÓSITO EM CONTA, ENVIE E-MAIL PARA [email protected]

Com seu apoio, vamos continuar melhorando o site e nos prepararemos melhor para a guerra eleitoral de 2018

*

VEJA COMO RECEBER NOTIFICAÇÕES QUANDO O BLOG PUBLICAR NOVO POST ACIONE O SININHO 

  • simonebh

    Eu, que nem assisto mais tv, inadvertidamente pude constatar o cinismo e a mediocridade de um “comentarista” na band-news dizendo que a população brasileira foi “doutrinada”, durante os dois períodos de ditadura (do Getúlio e a de 64), a ser a favor da estatização defendendo agora um Estado forte. Quase engasguei, de rir e de raiva.

  • Viviane

    Parecido com os que diziam que o eleitor do PT “vota com o estômago”. A que ponto de falta de humanidade uma pessoa tem de chegar para não se importar com seu semelhante passando fome? Muito medo dessa gente…

  • Flavio Iseki

    Linda matéria!! Parabéns!!
    Chora tucanada kkkkkkkkkk

  • Elena

    Fora de pauta: Não poderia deixar de comentar o livramento condicional de Henrique Pizzolato pelo Ministro do STF, sr. Barroso. Aleluia! Pizzolato finalmente conseguiu sua liberdade condicional. Um dia a história vai te inocentar, não só a vc mas a todos os injustiçados no julgamento da AP 470. http://www.diariodocentrodomundo.com.br/barroso-concede-livramento-condicional-henrique-pizzolato/
    Quanto ao assunto do post eu serei sempre contra as privatizações. E até hoje não perdoo o deputado do PT-RS, Marco Maia, por não ter instaurado a CPI da Privataria Tucana, quando era presidente da Câmara dos Deputados. Sabe-se que o então deputado federal do PC do B, sr. Protógenes conseguiu 185 assinaturas de deputados para requerer a abertura da CPI da Privataria Tucana, mas o deputado Marco Maia simplesmente engavetou o pedido.

    • Romanelli

      em recente artigo no GGN Nassif dizia que Pizzolato fazia direito a isso a QUASE UM ANO ..e Barroso, mais um dos morcegões nababo, se fazia de morto e mantinha o cara preso

      • Elena

        Li sobre isso no blog do Nassif. Esse Barroso deve ser, e com toda razão, cobrado sobre isso.

  • Valdir-Ba

    A direita brasileira só conhece um caminho que é o da subserviência ao capital financeiro internacional e horror ao povo brasileiro que trabalha para ter um país livre e menos injusto. ” o mais grave e o que nos indigna é que a calamidade e a ignorância que assolam o país foram gestadas por um modelo político-econômico imposto pelas elites e estrategicamente direcionado sob um visor ideológico. Nas últimas décadas, o país tem sido presa fácil do grande capital financeiro , governado para atender aos interesses dos conglomerados bancários que exercem o controle do fluxo monetário do mundo”. Essa direita fétida vende a alma ao diabo e entrega nossas riquezas ao capital estrangeiro e quer que sejamos submissos a cultura que vem de fora das nossas fronteiras e chamam isso de progresso.

    • Romanelli

      infelizmente dessa armadilha tb não nos isentamos ..em 2015, com DILMA-LEVY no comando o país pagou R$ 500 bi de juros/ano ..mais do que saúde, educação e bolsa família somados (quase o dobro)
      .
      …e engraçado que agora com TEMER, com tx de risco e de desconfiança nas alturas ..a SELIC nunca esteve tão baixa ..e mesmo assim NÃO consegue sozinha reativar o consumo

      PROVANDO aqui o que digo a mais de década nas redes sociais ..que essa SELIC é placebo ..que serve mesmo pra remunerar rentista (o que É JUSTO, se não houver exageros, e que se mantenha um mínimo de paridade com as taxas internacionais por exemplo)

  • Mauro

    Nós já temos bons exemplos de privatização: a Vale do Rio Doce foi privatizada e a Samarco, que é sua subsidiária provocou o acidente em Mariana, por uma obra mal feita, para economizar.Sem falar nas Teles.

    • Nota do PT-SP sobre a apreciação das contas de Alckmin

      Parlamentares do PT e de oposição denunciam golpe da base do governo para aprovar contas do tucano sem transparência e com isenções fiscais.
      Saudações à quem tem coragem!
      http://www.pt.org.br/wp-content/uploads/2015/07/alckmin1-780×440.jpg
      A Comissão Executiva Estadual do PT de São Paulo saúda a força e a unidade da intervenção exemplar que os parlamentares petistas exerceram na Assembleia Legislativa de São Paulo nos últimos dias, diante da apreciação das contas e do orçamento do Poder Executivo.

      A obstrução foi necessária para denunciar a falta de transparências do governador tucano Geraldo Alckmin, que distribui isenções ficais para grandes empresas na mesma medida em que tira dinheiro da área social, das universidades públicas e não conclui fundamentais obras de mobilidade.

      Apesar dos tucano exercerem sua ampla maioria da maneira mais truculenta, atropelando as vozes contraditórias e resistentes da oposição para aprovar um relatório repleto de irregularidades, nossa bancada foi firme e não se intimidou.

      Registramos, ainda, a colaboração da militância que compõe os mandatos e a Liderança do PT na Alesp, fundamentais para essa resistência.

      Temos certeza que estamos diante de mulheres e homens de muita coragem, que se agigantam diante das duras batalhas e inspiram cada petista de cada cidade deste estado a resistir contra os desmandos do tucanato.

      Viva a Bancada do Partido dos Trabalhadores do PT de São Paulo!
      http://www.pt.org.br/nota-do-pt-sp-sobre-a-apreciacao-das-contas-de-alckmin/

  • Jimmy Cricket

    ☺ Gostei imensamente das “bundas reacionárias” mencionada no lide. Vamos chutá-las “sem
    pulo” a cada oportunidade e – principalmente – nas eleições no ano que vem.

    “Quem me vê sempre parado, distante, garante que eu não sei sambar;
    Tô me guardando pra quando a eleição chegar…
    Eu tô só vendo, sabendo, sentindo, escutando e não posso falar;
    Tô me guardando pra quando a eleição chegar…
    E quem me ofende, humilhando, pisando, pensando que eu vou aturar;
    Tô me guardando pra quando a eleição chegar…
    E quem me vê apanhando da vida, duvida que eu vá revidar;
    Tô me guardando pra quando a eleição chegar…
    Eu vejo a barra do dia surgindo, pedindo pra gente cantar;
    Tô me guardando pra quando a eleição chegar…
    Eu tenho tanta alegria, adiada, abafada, quem dera gritar;
    Tô me guardando pra quando a eleição chegar…”

  • Carlos Santos

    dsds

  • Romanelli

    CALA BOCA LINDENBERG FARIAS !!!!

    Os brasileiros se conscientizam de que veremos uma condenação e/ou pedido de vistas em 24/01 contra LULA

    TODOS já entenderam que de LULA estão cobrando posições e atitudes HIPÓCRITAS que JAMAIS nenhum governante praticou ou foi cobrado a fazer ..e se o fizesse, com certeza nenhum conseguiria terminar o mandato que o povo lhe outorgasse.

    Desafiando até o básico dum código de HAMURABI, teorias como “O DOMÍNIO DO FATO ..ou da CEGUEIRA DELIBERADA” são alguns dos conceitos contemporâneos que TIRANOS opositores, desprovidos de provas cabais e conclusivas, resolveram aplicar pra apenar seus contrários, inviabilizando assim quaisquer defesas objetivas, e/ou tornando-as praticamente IMPOSSÍVEIS de serem respondidas a quaisquer acusações partidas de acusadores ensandecidos.

    POSTO ISSO agora eu reflito:

    AFORA a inútil manchete política …porque pessoas como LINDEMBERG FARIAS ficam a todo momento desafinado o Poder Judiciário ao lançar BRAVATAS e ameças rasas caso este Poder de NABABOS ABSOLUTISTAS venha a, como se espera, condenar o maior líder que entre nós já existiu ?

    Porra senador ..vai estudar psicologia pra entender como a maioria das pessoas munidas de autoridade reagem quando são confrontadas, intimidadas ou desafiadas a não fazer, pra vc ver o que acontece ??!!

    SENADOR, se não sabe ajudar, pelamordedeus, NÃO ATRAPALHA !!!!!

  • Romanelli

    Sobre o Texto ..o brasileiro sabe muito bem que é melhor, em diversos casos, ter a presença, ação e o controle, mesmo que mínimos, sobre um Estado ineficiente e inchado, a ter que conviver com um “mercado libertino” ABUSIVO e incontrolável, por vezes ditado por expatriados.

    ..e sobre a afirmação do Reinaldo de que “a direita perdeu a oportunidade do bom debate” respondo dizendo que “debate” é o que a tal direita NUNCA quis e nem quererá fazer, pois não esta no seu DNA dividir ou ceder, se é que me fiz entender.

    Direita é sinônimo de levar vantagem ..de individualismo ..egoísmo ..ganância, acumulo, ambição, tentação, usura, multiplicação ..seleção pelo mais forte ..extinção do fraco ..opressão x submissão ..qual seja, predicados que não combinam com o “bom debate”, mas sim, com “o bom COMBATE”, pois pra direita sempre contará o vencer ou vencer ..arena aonde palavras como a cordialidade, entendimento, a comunhão e divisão, o fair play, a solidariedade e assistência aos fracos gravitam longe, muito longe mesmo de acontecer.

  • Blog da Cidadania

    Podemos evitar, sim. Evitamos durante os 13 anos de governos do PT

  • Blog da Cidadania

    O problema é que escória como você conta metade da história. A BBC pôde impor a taxa muito tempo após ser criada e se consolidar. Durante décadas foi mantida pelos investimentos públicos. O Estado fez a emissora pública se consoludar e depois a sociedade viu lógica em cobtribuir devido à qualidade. Paulo Moreira Leite trabalhou como jornalista desde os dezessete anos e já atuou em vários dos principais periódicos brasileiros, entre os quais Jornal da Tarde, Folha de S.Paulo, além de ter sido diretor de redação do Diário de São Paulo, repórter especial de O Estado de S. Paulo e correspondente em Washington da Gazeta Mercantil
    Também trabalhou por 17 anos na revista Veja, como redator-chefe e correspondente em Paris. Foi diretor de redação da revista Época e, por oito meses, foi vice-presidente da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo. Atuou também no iG e retornou à Época em 2008, onde foi repórter especial e publicou a coluna eletrônica Vamos combinar. Em janeiro de 2013, assumiu a direção da revista IstoÉ em Brasília, cargo que deixou em agosto de 2014 após a revista publicar uma matéria encomendada contra eu e o Rovai.

  • Viviane

    Sei. E quem fica desempregado devido à privatização investe com que dinheiro? E se todo mundo só investir, como fica a economia “real”?
    É cada uma que parece duas…

  • Romanelli

    desde 2010 quem investiu em BOLSA no BRASIL perdeu ..inclusive pra inflação ..Já quem ficou na renda fixa (em TODOS os anos de DILMA) saiu rindo atoa enquanto o ESTADO pagava a conta

    Claro que parte é reflexo da crise de 2008 e das commodities ..mas boa parte é da manipulação CRIMINOSA que a bolsa no Brasil sofre por interferência de NOVA YORK ..um fenômeno facilitado pela concentração bancária e pelas ADRs (concentrada na mão de poucos) lançadas la fora

    em condições normais a BOSA DE VALORES seria a melhor forma de se distribuir riqueza e prosperidade no país ..é a unica forma do pobre ganhar como patrão

  • Amferdes Fernandes

    Tomou papudo

  • Oscar Müller

    Paulo Moreira Leite e Nassif parasitas?
    Menos, germe! Coisa que nem tu, precisa lavar a boca com sabão e creolina antes de falar de pessoas como estes dois.

  • Maria Libia

    Eu faço parte de um grupo, mais ou menos 70,%, de pessoas que nem sabe onde fica a tal da bolsa de valores e olha que nasci e vivo em São Paulo. Agora sou contra a privatização porque nossas empresas foram criadas por meio do meu, do seu, do nosso imposto. Também porque as empresas privatizadas, Banespa, Telebrás, Vale do Rio Doce, etc., etc., foram financiadas pelo governo brasileiro, por intermédio do BNDES. As empresas privatizadas faturaram em 2010 – 300 bilhões de reais, ou em dólar de dezembro do mesmo ano, US$ 177 bi. A privatização de 1991 a 2002 somou US$ 87 bi, ou seja, metade do faturamento de um só ano destas empresas. Não esqueça Eduardo, que elas foram vendidas para reduzir o endividamento do país Em 1991 era US$ 144 bilhões, mas em 2002, já tudo privati,aro era de US$ 300 bilhões. Eduardo, quando você se queixar dos impostos, lembre-se que estamos pagando caro, muito caro, e ainda pegaremos, por muitos anos , por esse período vergonhoso. AGORA A HISTORIA SE REPETE.

  • Maria Libia

    Coxinha na área.