Discurso de Bolsonaro em Davos foi curto, mas com muitos dados falsos

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) discursou na tarde desta terça-feira (22) na abertura do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. Em seguida respondeu algumas perguntas de Klaus Schwab, fundador do fórum, sobre meio ambiente, corrupção e política. Em cerca de 20 minutos, Bolsonaro prometeu fazer as reformas que “o mundo espera” do Brasil para torná-lo mais atraente. No entanto, apresentou alguns dados equivocados.

Executivo do Facebook desejava violar dados de usuários

Estrela em ascensão, formado pela Universidade de Stanford, vencedor da 13ª temporada de “Survivor” e executivo do Facebook, em 2015, Yul Kwon foi personagem de um perfil feito pelo canal de notícias Fusion, que o descreveu como “o cara que está entre o Facebook e seu próximo desastre de privacidade”, guiando os engenheiros da empresa pelo perigoso território da coleta de dados pessoais.