Mais uma comparação infeliz: Onyx iguala cortes do mec a economia para compra de vestido de festa

“É que nem o pai, que tem um salário e sabe que tem que comprar o vestido de 15 anos da filha lá em outubro, mas ele está em maio. Aí, ele vai vendo o que vai entrando, o que vai gastando, e diz: ‘ih, pode ser quem não dê, então, eu não vou sair para comprar churrasco, não vai ter cervejinha no final de semana, eu não vou comprar o tênis do João”, afirmou o ministro ao argumentar que não se tratam de cortes, mas sim de uma reserva orçamentária.