Luciana Genro só aparece na mídia quando ataca o PT

Luciana Genro ataca de novo. Diz que Lula e PT fingem querer que Temer saia porque querem que ele faça “reformas” que os presidentes da República petistas nunca fizeram em 13 anos. E acusa Lula de corrupção. Justamente ela, financiada pela Odebrecht por 6 anos, pelo grupo Gerdau e pela Taurus, que fornece armas à PM. No vídeo do post, entrevista dela a Jô Soares 8 anos atrás. Um doce pra quem adivinhar o que ela disse

Resposta do PSOL a Lula é um primor de hipocrisia

A esquerda precisa se unir, mas se uma simples crítica de Lula ao PSOL provoca a resposta hipócrita e virulenta que o partido e seus expoentes deram, fica difícil. Erundina, por exemplo, vai à Folha acusar Lula de se aliar a Temer e ao PMDB sendo que, em 2004, ela se aliou a ambos como candidata a prefeita pelo PSB. É ou não é hipocrisia? Mas tem mais hipocrisias psolistas neste post. Até piores. Essa que citei é só uma delas…

Esquerdas só voltam ao poder se construírem um projeto único

Estou convencido de que a direita e a ultradireita só ressuscitaram no Brasil porque foram salvas pela oposição de esquerda ao governo Dilma Rousseff. Em 2013, o DEM já mudara de nome pra não sumir – e continuava diminuindo – e o PSDB elegia cada vez menos deputados federais. Eis que chega 2013 e vem certa esquerda vitaminar a direita. Sem as esquerdas se unirem, nem adianta perderem tempo disputando eleições. Elas mesmas acabarão se sabotando. Aliás, boa parte da esquerda mostra que gosta de ser oposição eternamente, sem perspectiva alguma de poder.

Golpistas agradecem esquerda que quer PT fazendo “mea culpa”

Pede-se aos esquerdistas que estão propondo que o PT faça mea culpa em praça pública que criem juízo e tratem de começar a combater essa direita que vem aí para tirar direitos de trabalhadores, mulheres, negros, homossexuais e concentrar a renda que o PT desconcentrou. Que tratem de estudar um jeito de Freixo governar sem alianças, se se eleger prefeito do Rio.

Não é Lula que é caçado, é o símbolo maior da esquerda brasileira

O grosso do eleitorado brasileiro não separa esquerda governista e esquerda oposicionista. É tudo esquerda. E é a imagem dessa ideologia política o grande alvo da oposição e da mídia conservadoras, bem como dos setores partidarizados e ideologizados do MP e da Polícia Federal que trabalham diuturnamente para destruir a esquerda brasileira. Mais uma vez, faço um apelo à esquerda – inclusive à oposição de esquerda – para que se una enquanto há tempo.

Esquerda soube superar divergências e reagir ao avanço fascista

Os atos em defesa da democracia e contra o fascismo da última quinta-feira foram um estrondoso sucesso, sobretudo em São Paulo. Esse sucesso só foi possível por conta de a esquerda ter tido capacidade de pôr de lado suas diferenças e marchar em conjunto pela democracia. Na última quinta-feira, a vida da direita fascista e golpista ficou mais difícil. E, daqui em diante, também. Tudo graças a uma brilhante engenharia política. A esquerda, unida, jamais será vencida. Assista ao vídeo e leia o relato do ato em SP.

Manifestações de 20/8 não são “governistas”, mas são de esquerda

A mídia corporativa e tucana agarrou-se a declarações do PSOL e do MTST no sentido de que as manifestações de movimentos sociais e sindicais de 20 de agosto não são “governistas” e “só” em defesa da democracia. O objetivo midiático é impedir que essas manifestações atenuem os delírios golpistas do PSDB, dela mesma (mídia) e de outros movimentos fascistas. Porém, apesar de não serem “manifestações governistas” elas são nitidamente de esquerda e mandam um importante recado ao conclave fascista. Um recado que certamente será entendido, que ninguém duvide.

Acorda, esquerda!

Você que se omitiu por ter ficado “desanimado”, trate de ir praticando autocensura. Do pós-golpe em diante, não será mais dono de dizer o que pensa sobre política e terá que rezar para não haver caça às bruxas contra aqueles que, no passado, professaram ideias de esquerda. Movimentos sociais e sindical serão dizimados. Partidos de esquerda serão caçados e, depois, cassados. Ou a esquerda reage ou será dizimada. Inclusive aquele setor da esquerda que acha que lucrará com a derrubada de Dilma, com a prisão de Lula e com a destruição do PT.

Quem inventou Fernando Holiday?

A história pública de “Fernando Holiday” começa no dia 22 de janeiro de 2015. Sua primeira postagem no Facebook recebeu 25 curtidas. A segunda, um vídeo, recebeu 2.396 curtidas, 568 comentários e 3.126 compartilhamentos. Essa repercussão rendeu ao vídeo quase 40 mil visualizações. O adolescente negro, de origem humilde, foi inventado do dia para noite para atacar cotas “raciais”, Dilma, PT, PSOL, MST etc. Há pistas sobre seu inventor.