Dilma não vai entrar em um jogo que só interessa à direita

Análise

golpista

 

O Brasil é um país rico. Tem um dos maiores mercados internos do planeta, uma indústria altamente dinâmica e diversificada, uma verdadeira montanha de dólares estocados (colchão cambial) e uma das maiores reservas de petróleo ainda por explorar. Talvez por isso o país esteja resistindo a um crime de lesa-pátria poucas vezes visto.

Se este país não fosse tão rico e se a sua economia não tivesse sido reorganizada ao longo da primeira década do século XXI, com todas as crises políticas que vem vivendo por certo já teria afundado em uma crise econômica, com explosão inflacionária, desemprego em massa, arrocho salarial e uma profunda recessão.

Estamos vivendo essa crise política ininterrupta há um ano e seis meses. As ruas das grandes cidades, de uma hora para outra, viraram palco de protestos de milhares de pessoas de variadas orientações políticas e ideológicas. E, ao contrário dos protestos esparsos de outrora, os da atualidade não têm pauta definida, limitando-se a bradar “contra a corrupção”.

À exceção dos protestos dos sem-teto de São Paulo e alguns poucos similares, esses atos que infernizam o país há um ano e meio são de cunho meramente político. Buscam apenas desgastar o governo Dilma Rousseff, que, ainda assim, acaba de obter nas urnas o apoio da maioria dos brasileiros.

O que se espera de democracias maduras é que os conflitos políticos cheguem a se exacerbar durante processos eleitorais, mas que, manifestada a vontade popular nas urnas, essa vontade passe a ser respeitada. Em situação de normalidade democrática, passadas as eleições os governos recém-eleitos chegam a desfrutar de uma “lua-de-mel”, ou seja, os derrotados no pleito esperam um tempo decente para retomar os ataques políticos.

Como se sabe, não é o que está acontecendo. Desde a redemocratização de fato, em 1989, nunca se viu uma guerra política desse calibre um mês após uma eleição presidencial.

Desde a primeira semana após a votação em segundo turno vem ficando claro que os derrotados se recusam a aceitar a vontade da maioria expressa na eleição. As urnas nem haviam sido apuradas, em 26 de outubro, e “analistas políticos” falavam em “impeachment” de Dilma nas televisões.

Abriram-se, então, várias frentes de questionamento ao mandato popular concedido pela segunda vez à presidente. A guerra no Congresso em torno do que a imprensa chamou de “manobra fiscal”, ou a devassa das contas da campanha petista anunciada e levada a cabo na Justiça Eleitoral, têm objetivos inconfessáveis.

Neste sábado, por exemplo, foram convocadas novas manifestações contra a presidente da República. A convocação partiu do adversário que ela derrotou nas urnas há 40 dias.

Ignorando o envolvimento de seu partido em denúncias de corrupção, Aécio convocou a voltar à rua hoje o que a Folha de São Paulo chamou de nova militância – bandos de extrema-direita que pedem volta da ditadura militar. O objetivo escancaradamente anunciado é o de não deixar diminuir a “mobilização” contra o mandato popular da adversária.

A intenção da oposição e dos maiores grupos de mídia vai ficando bastante clara. A recusa oposicionista em aprovar a mudança na Lei de Diretrizes Orçamentárias, arrancada a fórceps pela base aliada, e as seguidas obstruções no Congresso a todas as matérias de interesse do governo, revelam a intenção de paralisá-lo.

Declaração recente de Aécio Neves no sentido de querer a presidente da República “no chão” significa, por exemplo, fragilizar a relação do governo brasileiro com a comunidade internacional.

Em um quadro político como esse, mesmo com uma equipe econômica “palatável” aos grandes empresários e ao mercado financeiro, não é difícil supor que a grande aposta nessa equipe, de que faria com que os investimentos privados fossem retomados, será frustrada. E sem investimentos não haverá crescimento econômico.

Antes da eleição presidencial, grandes empresários congelaram investimentos de forma a criar uma situação de estagnação econômica que pudesse favorecer a eleição do candidato desse setor da sociedade, o candidato do capital, que quase foi Marina Silva e acabou sendo Aécio Neves.

Houve, também, empresários que pararam de investir por medo do cenário político e do terrorismo econômico da mídia, mas os maiores empresários e investidores pararam de investir para frear o crescimento e dar discurso à oposição.

Agora, com a reeleição de Dilma materializada e com a recusa da oposição e de setores da mídia a aceitar a vontade das urnas, o que pode ocorrer, apesar da equipe econômica “palatável”, é haver medo generalizado de investir, até porque surgem dúvidas quanto à continuidade de um governo que todo dia está sofrendo ameaças de ser derrubado.

O PSDB e os grandes grupos de mídia querem a paralisia do governo a fim de afundar a economia. Anseiam por recessão e desemprego de forma a facilitar um processo de impeachment ou, na melhor das hipóteses, que o país permaneça em crise pelos próximos quatro anos, sem crescimento, com aumento dos problemas sociais e econômicos, de forma a garantir a retomada do poder em 2018.

O Brasil, pois, está sendo sabotado em benefício dos interesses políticos de grupos que, apesar do crescimento oposicionista nas eleições deste ano, ainda não foram capazes de retomar o poder. O sofrimento que essa sabotagem irá impor ao povo é objeto do desejo do PSDB, do DEM, do PPS, do PSB e da grande mídia.

Nesse momento, Dilma, solitariamente, terá que decidir se aceita a guerra aberta que a oposição deseja, com tudo que implica, ou se vai contornando a situação.

Porém, essa reação à altura de Dilma e do PT, amplamente desejada pela militância que apoia a presidente e seu partido, implica em riscos. Por certo que sob a liderança do governo e de sua titular a reação levaria à rua movimentos sociais, sindicatos, enfim, todas as forças que compõem a esquerda. Porém, é preciso refletir sobre tal caminho.

Se você fizer hoje uma caminhada diurna pela avenida Paulista vestindo uma camiseta vermelha, mesmo que não seja uma camiseta do PT com absoluta certeza ouvirá insultos. Se a caminhada for noturna, a chance de agressão física será enorme.

Imagine agora, leitor, se na próxima vez que a oposição levar seus bate-paus para empastelar o Congresso o PT fizer o mesmo, levando movimentos sociais como MST ou CUT para enfrentá-los. Eis que veremos inaugurada uma guerra civil no país. Compatriotas irão se digladiar. Talvez até a tiros. Poderia haver mortos e feridos.

Quem tem visto a truculência dos fascistas de extrema-direita que devem voltar hoje às ruas de São Paulo não tem dúvida de que se uma manifestação como essa deparar com outra de viés político-ideológico inverso, sangue irá correr.

Esse, aliás, é o objetivo claro da direita tucano-midiática. Havendo um caos dessa magnitude dirão que Dilma perdeu o controle do país e não tem mais condições de governar. Eis por que as provocações de Aécio e da mídia não param. Querem que a esquerda entre no seu jogo e o país mergulhe no caos, com violência nas ruas e a economia afundando.

É hora, pois, de manter a cabeça fria. O grupo político que está promovendo esse clima no país é composto por facínoras, hipócritas, capazes de acusar os adversários de corrupção apesar de serem protagonistas de incontáveis escândalos, os quais só conseguem abafar graças ao apoio da mídia corporativa, que lhes proporciona blindagem.

Há momento de atacar e de defender. Se o adversário quer reação, há que negá-la. As provocações de Aécio e seus comparsas não estão sendo premiadas por Dilma porque pretendem convulsionar o país a poucas semanas de a presidente tomar posse do segundo mandato. Não seremos ingênuos fazendo o jogo desses vagabundos.

159 comments

  • É preciso ponderar que esse fenômeno é essencialmente paulista.

    Vou relatar um fato: Sou de Vitória-ES, aqui na ultima manifestação, dita nacional, tinha 15 pessoas na rua com faixas “fora pt’ ! Eu estava dentro do onibus, e quando parou no sinal os manifestantes me chamaram com o famoso grito de “vem pra rua”, balancei a cabeça negativamente e um dos 15 me encarrou, levantei do onibus falei que a eleição tinha acabado e perguntei se ele queria alguma coisa comigo (tenho pavio um pouco curto)…ele baixou a bola e disse: “vc é petista”…E a melhor resposta veio de uma senhora humilde sentada atras de mim: ” Ir pra rua pra que se eu tenho casa”…

    O clima ta horrível em todo Brasil, mais esses covardes que atacam em São Paulo, por enquanto atacam somente aí.

    O momento é realmente de não aceitar provocação. Deixem esses vagabundos se enforcarem na própria corda. Defino esse movimento com uma palavra: Covardia! Na hora do vamo ver, na hora de ver quem tem mais garrafa vazia pra vender, aí é outra conversa.

    • Edu,

      Na última reunião do meu condomínio, do nada, um velho nipônico endividado começou atacar Dilma. Perdi a paciência e gritei: “Tenha respeito, Dilma é a presidenta do Brasil e foi reeleita e se eu fosse você tirava o luto por Aécio e ia campiar o que fazer”. Ele olhou pra mim como se eu fosse um extra-terrestre e falou: não discuto política com mulher. Pode? A falta d’água em Sampa está atrofiando os neurônios da pseudo “crassi mérdia”

    • Claudio, eu ia comentar algo parecido com o que vc escreveu.

      Em que pese haver antipetismo no país inteiro, esse fenômeno da coxinhada enchendo o saco é reflexo do avanço da direita em SP nos últimos anos, com crise d’água e tudo.

      Por não sentir essa pressão, embora imagine a sensação de quem tem que conviver com esse clima de coxinhas por todos os cantos (Pernambuco nem sempe teve um contingente de esquerda volumoso, nos tempos do PFL a situação era casca grossa mas derrotamos aqueels desgraçados, apesar do revés que Campos provocou esse ano), não vejo como rolar golpe de um grupo isolado nacionalmente.

      Pra ter algo pareciso com golpe é preciso haver uma mobilização nacional como aquele início das marchas de junho de 2013 que depois foi definhando, mas aquilo era um saco de gatos, também tinha uns esquerdistas radicais burros no meio achando que direcionavam a massa despolitizada e depois quebraram a cara (foram os idiotas úteis da direita). Depois a Globo e mídia em geral ficou usando pequenas manifestações em duas avenidas (uma no Rio e outra em SP) pra passar a ideia mentirosa de que os protestos continuavam, quando já havia se tornando algo localizado em avenidas de SP e Rio e às vezes nem isso.

      Eu não sei o que se passa internamente no PSDB, pois tem gente dentro do tucanato que não deve estar gostando disso, do Aécio querendo tomar a sigla pra si e ainda mais em reduto de Alckmin.

      Mas como venho dizendo em alguns comentários, não há condição política hoje de rolar um golpe branco no país, pelo menos em 2014, estamos em dezembro, perto do Natal e virada de ano, o Aébrio esqueceu disso.

      Que a direita pode tentar mais pra frente o gesto, não é improvável, ainda mais com a mentalidade arcaica ibérica de golpe de estado da direita latinoamericana, mas não é algo que vá pra frente sem apoio popular, e aí entra mais uma crítica ao PT: já se passou mais de um mês da eleição e a política de comunicação do governo continua a mesma que levou ao isolamento que quase levava à derrota esse ano.

      Eu não sei aonde a Dilma quer chegar com isso, mas a meu ver isso é bem mais sério que esse chilique desse imbecil de Minas em SP já que foi escioraçado do estado natal dele.

  • Edu, mas poderiamos mostrar nossa força em lugar e dia diferente do deles, precisamos ter uma frente de esquerda e centro esquerda atuante, não é o caso mais de defender o PT e o governo, é defender o pouco que conquistamos como militantes.

    Jose Antonio

    • A situação é delicada e mesmo que haja manifestação em dias diferentes certamente aparecerão os black blocs para vandalizar.

      Acho que é hora de ter muita paciência e como disse o Eduardo. cabeça fria.

  • Sensato. O menino maluquinho não aceita a derrota. O direito de espernear é legal, mas que parece um menino pirracento, parece. Tá brincando com fogo e pior, com companhias perigosas, tipo aquele militar caduco de extrema direita saudoso da “redentora”.

  • Qualquer reação da esquerda deve ter em vista a manutenção da paz e o repúdio à agressões. Deve-se ter em mente preservar a qualquer custo vidas e integridade física das pessoas, não cair em provocações, desarmar os espíritos, e desencorajar qualquer militante progressista que veja certo romantismo em guerrilhas, etc. Muitas pessoas são boas e estão sendo artificialmente insufladas contra seus compatriotas, é preciso entender um pouco de hipnose para compreender que quando se está repetindo coisas como um papagaio, e com tanto ódio, há uma pauta midiática por trás que fica o tempo todo falseando e tirando o chão das pessoas, pregando a existência de uma crise, a falência do país e das instituições, etc, criando um clima obscuro, de modo a produzir neurose e desentendimento, tornando as pessoas estressadas e agressivas. Muitas pessoas quando interpeladas mais a fundo não sabem o que estão fazendo.

    É preciso compreender isso e entender também que hoje a presidenta se chama Dilma Vana Roussef, e amanhã também, e de certa forma ficar um pouco feliz com isso e aproveitar esse momento. Isso não é pouca coisa. Quantos países tiveram governos de esquerda durante tanto tempo? Quantos países já elegeram governantes que toda a mídia e “mercado” estavam contra? O que fizemos até aqui não foi pouco. Então é preciso relaxarmos um pouco e curtir essa situação e não ficar só preocupados achando que ela vai perder o cargo, porque se houver realmente essa possibilidade esse povo saberá defender o que conquistou com sabedoria e sem deixar o país descambar para a violência. Um bom final de semana a todos.

  • Eu já sabia que eles são muito, muito vagabundos mesmo mas não imaginava que fossem tão vagabundos assim. Há que se ter bastante cuidado mas, sempre, usar a lei para e$$es bandido$$ & Cia.

    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

    ****

    *************.

    * . . . . **** . . . . Lei de Mídias Já!!!! **** … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. **** … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  • Durante dias fiquei indignado com a falta de reação do governo federal com a conspiração descarada destes canalhas, até discordei do Sr em alguns temas estes dias ,como no caso katia Abreu, mas agora tenho que concordar contigo, cair na provocação do Aébrio vai ser um erro grosseiro , vai abrir uma pauta tão negativa para a mídia corrupta explorar que o estrago será irreversível ,o melhor a fazer é ficar nos bastidores e no ativismo paras desmascarar este golpistas e mostrar aqueles que confiaram o voto a este verme o desastre que seria a sua eleição !

  • Além do ódio que nutre, sua principal característica, pode ser que o ex-candidato age também por efeito permanente de uso contínuo de cocaína.

  • Parabéns Edu! Apesar de toda a situação que se nos apresenta, também penso como você. Eles querem a desestabilização. Mais que nunca é hora de cabeça fria e não entrar no jogo que eles tentam armar. Que haja bom senso entre petistas e simpatizantes para entender com muita sobriedade e calma, as verdadeiras intenções dos perdedores raivosos e destruidores. Muita calma…

  • Eu tenho visto truculência de AMBOS os lados ..inclusive, e MUITO MAIS, dos SEM TETO que vivem a invadir, quebrar, ROUBAR, chantagear, incendiar, interromper e vida das pessoas honestas e pacíficas, a vida das cidades, ora pichando e/ou dilapidando patrimônio alheio, quer ele seja de todos, ou de particulares.

    ..movimento que aliás, fossemos governados por ditos poGreCistas sérios, a esta altura, sequer teriam motivos pra reclamar, eles e os do MST por exemplo ..mas que, com o governo Federal só priorizando carro ou habitação pra classe média e rico, e se esquecendo SEMPRE das favelas, vocês queriam o que ? plantaram vento, e agora colhem a tempestade pelas expectativas não realizadas.

    …e mais ..como que sabendo que se dermos fim a estes problemas seculares, que a matéria prima pros seus discursos popularescos e mentirosos achariam um fim precoce em si mesmo, fim que lhes terminaria com a boquinha, parece que os ditos partidos pogGreCistas trataram mesmo é de ir levando com a barriga e com improvisos.

    Aliás, poGreCistas comandados por esquerdopatas comprometidos com o capital privado até o pescoço, estes que NÃO sabem priorizar nem criar e/ou implementar, que desrespeitam orçamentos e prazos, os mesmos que saem distribuindo benefícios a rodo pra só depois se preocuparem com custos, fontes, gargalos e de quem efetivamente VAI PAGAR a conta.

    Quanto a DILMA, penso que ela paga a conta merecidamente por seus pecados representados por sua OMISSÃO, falta de diálogo, de preparo e de competência, bem como pelos pecados dos companheiros que RASGARAM bandeiras importantes pra qq sociedade dita civilizada, como o seria a PROBIDADE, o mérito e a transparência quando do desenvolvimento de políticas públicas.

    • Macaco vê ..macaco copia

      Claro que faz parte do aprendizado e evolução da humanidade o aproveitamento da criatividade e experiência alheias ..isso abrevia tempo e experimentos, antecipa soluções ..problema mesmo é quando diversas experiências são levadas a cabo sem que no entanto se atente pras suas próprias características e necessidades.

      Dentre algumas medidas de sucesso copiadas nas últimas décadas, e que muitas foram permitidas só depois dos poderosos desbravarem estão o uso dos GENÉRICOS e a participação no lucro por exemplo, as restrições ao FUMO, corredores de ônibus, VLTs e BRTs e os códigos de defesa do consumidor.

      Doutras que se não ponderadas e/ou adaptadas podem, como o fizeram, trazer mais transtornos do que benefícios, provocar desperdício, estão as tentativas de se trazer pra SP o TREM BALA por exemplo (um sistema inviável economicamente a qq país), os pontos de ônibus caríssimos antes mesmo da vinda de ônibus barato e pontual, os relógios publicitários em vias paralisadas, as estruturas internacionais pré moldadas pra pontes e viadutos que acabam por suas dimensões encarecendo projetos (vide VLTs em Sampa por exemplo), a padronização de calçadas sem sequer se conseguir combater o nascer de favelas etc.

      Mas, mas pior mesmo são aquelas soluções paliativas que muitos governantes adotam sem sequer eles mesmos acreditarem, dentre eles:

      -Pra se “implementar o verde” em SP a prefeitura ter plantado coqueiros com Erundina, ou as tais floreiras “belezura” de Marta — estruturas fincadas a 4 mt de altura e que continham margaridinhas difíceis de aguar e caras pra se manter – mas que deve ter enricado muita gente.

      -Pra se melhorar o transporte das massas, passar a se implementar CICLOVIAS em todos os cantos dentro duma cidade de topografia caótica e MONTANHOSA como é a nossa SP, ocupando espaço já restrito e insuficiente, e paralelamente se criminalizando mais e mais o uso do automóvel.

      -COPIAR a Europa e passar a construir “coretos” e áreas de “descanso” feitos em pavimentos de madeira suspensos, se esquecendo, por exemplo, de que por debaixo, pelo acumulo de sujeira, enormes ninhos de RATO e detritos surgirão. (tipo Pça Paulo Duarte em SP que deve ter custado uma fortuna em madeira e MO).

      Claro que dentro deste COPISMO mundano outras tantas experiências carecem, pelas PRÓPRIAS ESTATÍSTICAS que não cedem, de uma melhor análise que aferisse efetivamente a verdadeira razão de CUSTO x Benefício, dentre eles:

      -o uso do cinto obrigatório, do capacete, da latinha ZERO, do fumódromo e/ou da marginalização forçada daquilo que há bem pouco era incentivado, do cigarro

      -o excesso de benefícios dados a famílias carentes que se PERPETUAM no tempo (vale frauda, Bolsa Família, vale aluguel, vale cultura, gás, energia, água e leite etc etc )

      – o estímulo a benefícios que deverão agora se estender ESTRANGEIROS ) Minha Casa, auxilio aluguel, Bolsa Família, assistência médica etc), fazendo o país remar contra a tendência internacional que prima primeiro em suprir as necessidades dos nativos e de cobrar que OUTROS GOVERNOS cuidem dos seus lá, em suas terras

      ..tudo isso e mais um pouco quando confrontado a um melhor desenvolvimento de políticas INFORMATIVAS e EDUCACIONAIS por exemplo, estas que tenderiam a erradicar estes males na origem e por um longo período de tempo ..qual seja, se atacar o problema de frente ao invés de se ficar enxugando gelo eternamente, pajeando e tutoreando BARBADOS

      Agora, o pior mesmo, pior do pior, é a cópia feita fora de hora e de época, a retardatária ou ACHISTA, desenvolvida com base em querencias ou idéias seculares superadas, como ensaia HOJE EM DIA ser a campanha pró ABORTO e a liberação da MACONHA por exemplo (*), a marginalização precoce do uso dos carros em cidades que não dispõe de alternativas melhores, a velocidade dos veículos por CULPA dos acidentes havidos com MOTOCICLISTAS, ou..

      ..ou as COTAS RACISTAS trazidas de Nações segregacionistas, pra outras que enfrentam problemas de outra natureza, como a IGNORÂNCIA e a pobreza epidêmicas que seriam melhor administradas pelo uso das chamadas Cotas Sociais (sem nunca se abrir mão dos esforços meritórios, claro) .

      Mas de tudo tudo, trágico é sabermos que pessoas que normalmente se colocam à disposição pra nos apresentarem soluções pra estes e outros problemas são, pelos nossos sistemas tortos e fisiológicos, normalmente acéfalas, munidas de espírito individualista, quando não analfabetas ou desprovidas de qualquer censo de honestidade e ciência ..fica difícil, pra falar a verdade, impossível.

      (*) nota – assim como num recente ataque feito por um cidadão que passou a bater em todos os carros à sua volta, promovendo uma perseguição cinematográfica por SP ..ou no caso do assassino do cartunista e filho ..agora SP vê um maníaco decapitar 6 pessoas, muitas à luz do dia ..em comum ? o uso sobre efeito da MACONHA , esta que turbinada, como tantas outras coisas, já não se faz mais como antigamente.

      https://www.youtube.com/watch?v=2NUdznkCZ74

      • agora, pra quem pensa que sempre busca o “the best”

        O PIOR copismo que existe no BRASIL é o uso indevido e por um longo prazo do PLACEBO DA SELIC como forma solitária de se combater a INFLAÇÃO que, no nosso caso, respeita inúmeras outras deficiências estruturais. (desde o modelo político, passando a valores morais e chegando a problemas organizacionais e setoriais)

        ..esta sim a cópia das cópias, O USO DESMEDIDO dos JUROS BÁSICOS, esta MULTI BILIONÁRIA cópia PSEUDO científica, ela que por si só nos impõem de dezenas, de centenas de outros males.

  • Caro,Edu,sublime,didático e esclarecedor sem dúvidas o melhor texto que já escrevestes porem,as forças democráticas precisam manter os cachorros loucos,com coleiras bem apertadas. Abs.

  • Caro Eduardo e demais
    Considerando esse neurotismo antiPT pelo vermelho, até os papais noéis terão que mudar a cor da roupa, pois segmentos raivosos de direita, entendem que eles fazem parte da brigada comunista que querem invadir o país; outra coisa, cerveja Brahma, nem pensar, é coisa de comunista, aquelas latinhas vermelhas, e por aí vai.

    A capa da Veja, mais uma capa capciosa, a cedilha do c, coincidentemente cai sobre o E, dando a impressão de ser o PT o Lava Jato.Bandidagem é bandidagem, Veja é sinônimo de bandidagem.

    Os números na Paulista, demonstram o enfraquecimento do movimento, pelo menos até agora.

    Saudações

  • Mais uma vez Edu vc escreve um texto excelente sobre o momento atual. Também cheguei a pensar que os petistas deveriam ocupar as galerias, mas pensando friamente mudei de idéia, pois haveria uma briga feia e as consequências poderiam ser catastróficas. Faz tempo que sabemos que a oposição quer ferrar a economia, pois é o único meio de atingir o governo. Gostaria que blogueiros e militantes parassem de exigir uma resposta da DIlma, e lessem seu esclarecedor texto. Mas, não se pode ficar parado, as manifestações a favor da Dilma tem que continuar.

  • Excelente análise Edu. Creio que é sábia a atitude de não reagir. Sou pacifista mas não sou idiota, se o contexto fosse outro eu iria para as ruas fazer o que fosse preciso mas é exatamente o que quer esses paus mandados dos estados unidos, a desestabilização do país. O objetivo é dividir para tomar.
    Obrigada pela inteligente colocação.
    Abraços
    Angela

  • ESPOSA DE JUIZ DA LAVA JATO É ADVOGADA EM ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA DE MULTINACIONAIS DO PETRÓLEO COMO A SHELL E OUTRAS, O “empresário” que disse que pagou propina ao PT no próprio Caixa 1 é primo de um Tucano destacado aqui em São Paulo, os “Procuradores” já declararam que odeiam o PT, no tempo do Lacerda da Policia Federal a gente sabia que haveria um trabalho profissional de acompanhamento para derrotar esta gente, mas atualmente não temos Ministro da Justiça nem das Comunicações e a Policia Federal está nas mãos de tucanos que deitam e rolam, pintam e bordam, agora disseram que a corrupção está em 750 empresas do governo, e o governo: Ah este se finge de morto para não ir à guerra, só que a guerra está chegando nele!!!!!
    http://luizmullerpt.wordpress.com/2014/12/05/esposa-de-juiz-da-lava-jato-e-advogada-de-escritorio-de-multinacionais-do-petroleo-como-a-shell-e-outras/

  • Se a Dilma Não vai entrar nesse jogo que só interessa á direita, alguém precisa fazer alguma coisa. Essa verdadeira ” lavagem cerebral” diuturna que á mídia golpista vem promovendo contra o governo e o silêncio do PT já está irritando a população de boa fé. A direitona que tem no DNA a má fé, deita e rola nesse clima de um país onde a justiça tem lado, e o lado de grande parte dessa corporação de interesses e dos tucanos. A uma relação de promiscuidade entre membros que dominam a justiça e o PSDB, todos sabem disso é os hierarquicamente superiores fingem que tudo corre dentro da lei. O STF de supremo só tem os privilégios e a arrogância da maioria de seus membros que não têm a mínima preocupação em promover justiça. O controle da constitucionalidade virou brincadeira. A polícia federal partidarizada mais se parece com o SS da Alemanha nazista. É sempre bom ler os acontecimentos que precederam o Golpe de 1964. Muitos, inclusive o PCB, acreditavam que as manifestações da direita eram só um blefe. Aí aconteceu o que aconteceu. Hoje, o consórcio golpista está muito mais aparelhado para dar legitimidade ao Golpe anunciado. Essa aberração do Gilmar Mendes, inimigo confesso do governo, analisar as contas da campanha de Dilma, em conluio com o ôvo da serpente transvestido de presidente do TSE, é a grande largada para a legitimação do Golpe que virá se os que prezam a democracia não sair dessa apatia que beira a irresponsabilidade, que se confunde com uma quase cumplicidade com esse consórcio criminoso que aí está para produzir um golpe ” constitucional”. A hora é agora. Amanhã pode ser tarde demais.

  • Muito bom Edu.Bem equlibrado o texto.
    Deixar o adversário perder energia sem precisar reagir. Só tenho um receio, alguns bandidos de toga, espero não serem a maioria na hora final. Se acontecer.

  • Texto impecável.
    Está passando da hora de pararmos de chamar esse golpista de Aécio Neves. Afinal, ele foi criado pelos avós?
    O nome dele é Aécio Cunha, criado por seu pai, Aécio Cunha, deputado da Arena, financiado pelo IBAD, entidade criada pela CIA com intenções puramente golpistas.
    Tancredo era muito mais esperto que isso.

  • Se todos os partidos são financiados pelas empreiteiras do “Lava a jato”, o provável dessas manifestações é a pressão que essas empreiteiras botaram em sima dos partidos que podem ajudar ela e engavetar todos os processos. No episódio do “mensalão” Lula teve que recolher a PF pois chegou no Dantas.

    • Dá até para desconfiar que o juiz Moro esteja indo mais adiante pq os destaques estão indo para o PT e a mídia gosta disso, mas aos poucos, assim que vai puxando a rede começa a aparecer os bagres, tubarões e até passarinho de bico longo.

  • A receita que está sendo usada pela direita é a mesma usada na Ucrânia. Lá virou um banho de sangue e o país acabou.
    O objetivo, lá como aquí, é o mesmo. O império quer a todo custo se perpetuar, não importa quantos milhões de mortos.
    O que fazer com essa quinta coluna?

  • Caro xará,
    Seu comentário faz-me lembrar do imortal Pasquim, quando até Paulo Francis era de esquerda: é lúcido,
    válido e inserido no contexto. Jamais aceitar a provocaçao de psicopatas, o perigo é imenso!
    Mas…
    E se os movimentos de esquerda se unissem e fizessem grandes manifestações pró Dilma, em local que
    esse pessoal não vai nunca, não conhece, nem sabe que existe: A PERIFERIA DE SP. Itaquera, Capão
    Redondo, Jardim Ângela, ou qualquer outro local que possa ser mais adequado. Lembra da manifestação
    em Itaquera, na Copa, onde foi dito que Dilma lá seria recebida com beijos? Acho que esse sentimento
    continua presente. Deixemos a Av Paulista para eles.

  • Entendi seu post, Edu. Ontem postei um comentário dizendo que estava querendo ir a essa manifestação promovida por Aécio e sua “tchurma” vestida com uma roupa vermelha só pra provocar. Desisti da idéia, que já não era tão firme, após ler seu texto. Sei lá, essa turma do Aécio está tão louca e desvairada que poderiam até provocar derramamento de sangue mesmo caso houvesse algum confronto com os seus contrários. Melhor deixá-los nesse seu discurso raivoso sem encontrar eco que justifique confrontos desnecessários. Vamos deixar que eles passem a ser visto como radicais irracionais e deixar que se destruam por autofagia. Aliás a fama do sr. Aécio lá fora é de um político brasileiro ligado ao tráfico internacional de drogas, conforme noticiado pelo site http://www.jornali9.com.

  • Prezado Eduardo:

    Desculpe-me se sou repetitivo, mas, a história está correndo de modo a dar razão a John Perkins no livro Confissões de Um Assassino Econômico. Veja os passos dessa escalada.

    1°) compramos a imprensa para insuflar a população contra o governo.

    2°) Sabotamos a economia para levá-la ao caos e à revolta popular

    3°) mandamos os marines (fuzileiros)
    Obs: aqui podemos substituir por legislativo e judiciário e modo a interpretarem de modo inviesado as leis do pais e encontrarem as desculpas que tanto buscam.

    Descobrimos o pré-sal e os caras reativaram a IV frota.
    Estamos cada vez mais alinhados aos Brics e os caras fizeram o Acordo do Pacífico.
    Criamos a Unasul e os caras deram um jeito de colocar a Colômbia na OTAN
    Criamos o banco dos Brics e os caras tentaram derrubar o avião de Putin para colocar a culpa nos combatentes ucranianos que lutam contra o governo imposto pelos EEUU.
    Volto a dizer: Se derrubarem Dilma, vai morrer gente.

  • Como sempre atento e pertinente. Excelente reflexão.
    Acredito também prezado Eduardo, que a oposição está
    politicamente moribunda, em fase terminal. Seu comportamento
    pós eleitoral e compatível com a.falta de propostas para o
    País. Querem apenas o poder pelo poder. Somente a
    irresponsabilidade transparece em seus atos e nos faz
    respirar aliviados com o seu inexorável afastamento da
    vida política nacional. Abraços.

  • Edu, desculpa a intimidade, estou ficando enjoado deste Aécio Neves. Pensava que ele fosse um político sério e tal. Mas, vejo que não passa de um menino mimado, ainda não entendeu que perdeu a eleição e os governadores do PSDB precisam de exercer o mandato de forma republicana e ele só está atrapalhando. Será que o seu Guru, FHC, não tem maturidade para aconselha-lo? saudações democráticas e estamos aí para barrar qualquer tentativa imatura de golpe.

  • É uma sinuca de bico! Não dá para radicalizar, e com o ambiente atual também não dá para sequer falar em ley de medios. Resta fazer o melhor possível para ajustar a economia e talvez alcançarmos um ambiente igual ao do segundo mandato do Lula, onde a mídia podia latir, mas ninguém ouvia.

  • O país começa a ver crescer um novo movimento que pede mais PRIVATIZAÇÃO.

    Oportunistas, interessados, simplistas ou, ou simplesmente ignorantes defendam isso.

    Um país jamais pode prescindir do ESTADO ..é perfeitamente lícito o Estado Regular e ATUAR aonde se fizer necessário, aonde o investimento privado e a concorrência NÃO chegam ..aonde o LUCRO abusivo e desmedido escraviza e empobrece ..aonde os interesses privados não se preocupam com os públicos

    A CVRD privatizada, por seu potencial de propagar o desenvolvimento e de partilhar os recursos finitos e coletivos, foi o maior dos crimes ..a TELEFONIA e Siderurgias por exemplo, nem tanto, desde que acompanhadas de regulação, ÉTICA, SEM RESERVAS nem favores, de transparência ( o que não foi o caso) ..a EMBRAER era um caso a aparte, não tínhamos mercado, ciente nem fornecedor

    Já a energia e vias, bem, só de analisarmos diariamente o CUSTO BRASIL e o risco sistêmico, já da pra termos a dimensão exata dos erros que cometemos ..no mínimo a falta de parâmetros e de parceria (divisão de riscos a setores essenciais), eu diria.

    Falar que BB, Caixa, Correios e Petrobrás precisam seguir o mesmo caminho carece de juízo e de censo crítico ..o que se precisa é se criar um modelo administrativo com objetivos e METAS, com punição exemplar a quem não cumprir e desviar.

    Agora, convenhamos, falar isso ainda no início de um governo que se AUTO ANISTIOU via um GOLPE que o defenestraria por não ter cumprido com sua RESPONSABILIDADE administrativa, aqui já falamos em sonho, né mesmo ??!!

    Administrar um país, não é pra quem quer, é pra quem sabe …e pra quem acredita na volta de LULA, escreve aí, pela andar da carruagem, pouco provável que se concretize ..parece que o cavalo encilhado já foi pro brejo tb

    https://www.youtube.com/watch?v=iw7mLsomEqM

  • Edu o que preocupa é a passividade excessiva, o golpe está em marcha, a direita está indo pra rua, eles tem a mídia e o judiciário, se não houver uma reação , um contra ponto , eles vão crescer e ai pode ser tarde demais.

  • ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

    ****

    *************

    * . . . . **** . . . . Lei de Mídias Já!!!! **** … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. **** … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  • Caro Eduardo Guimarães,
    concordo com você parcialmente. Dilma precisa se manifestar, mostrar que seu governo está e continuará combatendo a corrupção. As investigações tem mostrado que a corrupção ligada ao Lava Jato envolve todos os partidos políticos. Explicar isso é fundamental para desarmar esse circo todo que o PSDB e suas lideranças estão promovendo, Serra, postou um vídeo convocando a população e o discurso será para mostrar que o PT é o único partido envolvido. A presidenta ao falar de corrupção, pode citar todos os partidos, isso será replicado na mídia e ela estará respaldada pelas notícias que já circulam em pé de página nos jornalões e nas meias palavras dos repórteres da Globo. Não falar nada, silenciar pode ser um tiro no pé. Em relação aos investidores estrangeiros, a fala de Dilma não os afastaria, afinal como você mesmo escreve o Brasil tem um enorme potencial de crescimento e, no cenário mundial atual é uma das poucas nações com potenciam de crescimento, lembrando que a crise está generalizada na Europa. Dilma deve mostrar isso na sua fala. O ministro da Justiça, pode ser mais operante, pode questionar o fato que a mulher de Sergio Moro é ligada ao PSDB, pode questionar a ação dos policiais federais que postaram nos seus facebooks ataques a candidata Dilma e apoio a Aécio, inclusive pode afastar esses policiais. O ministro da Justiça, José Cardoso, pode questionar publicamente os vazamentos seletivos do Lava Jato. Por fim, lembrando que quem tem as verbas da mídia é o governo federal, portanto, se o governo não tem voz, deveria cortar verbas, simples assim. O SBT já dispensou alguns dos seus repórteres de ultradireita, por medo de ficar sem a bolsa imprensa. Que Dilma use o poder que foi conferido a ela por 54 milhões de eleitores.

  • Edu, excelente texto!
    Reflete exatamente o que penso, mas, tem hora que dá vontade de quebrar o pau.
    Porém, como quebrar o pau com pessoas envenenadas pela mídia (principalmente
    pela Globosta) onde, estes estão colocando para fora suas angústias, mal querer, e
    outros tipos de desequilíbrio emocional. O problema não é o PT, pois, se comprova
    que apesar dos erros é disparado a melhor forma de governar. A cleptocracia (do
    Gilmar) pertence ao PSDB e DEM e parte da justiça que é igualzinha a esses facistas
    que não querem e não sabem viver em paz e não admitem que seu próxima melhore
    de vida.
    fique na Paz, vc, sua família e a família Blog da Cidadania.

  • OK, pensando ‘friamente’, concordo com o argumento, Eduardo. No entanto, também acho que ‘reagir’ não precisa necessariamente significar ‘assumir’ a pauta do adversário (ou inimigo). Existem outras estratégias de contra-discurso e desconstrução dessa truculência, especialmente quando se conhecem os múltiplos ‘calcanhares’ desses patéticos Aquiles tupiniquins, meras ‘laranjas’ oportunistas do capital rentista internacional.

  • Dá pra saber porque esses tucanos enrustidos, como o juiz Moro, o Gilmar Mendes e outros ocupam sempre postos chave na justiça do país? Nem se fala mais no Lewandovski.
    Com a justiça aliada aos meios de comunicação fica difícil combater o fascismo da direita.

  • VAMOS AGIR E REAGIR AO GOLPE
    Trabalhadores, movimentos sociais vamos partir para as ruas para defender o governo que elegemos, antes que seja tarde. A mídia e a oposição golpistas vêm há muito trabalhando o campo, preparando a mente das pessoas para que na FINALIZAÇÃO DO GOLPE não se tenha mais nem como nem tempo de reagir. É tipo o doente em estado terminal. A família só está aguardando o anuncio da morte para sepultá-lo. VAMOS AGIR e REAGIR, enquanto é tempo.

    AÉCIO E A CONVOCAÇÃO DO “POVO”
    É muita cara-de-pau, desse Aécio. É um corrupto que, com esses movimentos, tenta afastar o olhar do povo das falcatruas dele e da turma do PSBD. O bom, para ele é que ainda tem gente que o segue, sem observar o que é que está por traz das suas ‘pretensão’. Esse corrupto vem tentando desestabilizar a economia e o País, prejudicando os brasileiros. A corrupção já vem sendo combatida com as ações da polícia e dos órgãos competentes. O que faz mesmo, o tempo todo é cortina de fumaça para tentar encobrir as suas falcatruas. VAMOS AGIR e REAGIR, quanto é tempo.

  • Edu, você tem sido um foco de lucidez e calma. Mais uma vez vou concordar com voce. Mesmo pq esses direitistas trogloditas vão caindo no ridículo.

  • Você, como sempre, muito sensato, Eduardo. Confesso que não vejo, ou via, a hora de sair às ruas para gritar contra esses cafajestes. No entanto, você coloca muito bem o que poderia resultar disso e, principalmente, que a oposição está aguardando uma reação. Aécio Neves mostra-se o que há de mau-caratismo no País. Ao dizer que quer ver o governo Dilma “no chão” mostra seu lado cafajeste, vingativo, odioso. Esse é o comportamento de todo cafajeste que bate em mulher. Aécio transformou-se numa pessoa deplorável, no louco do Congresso. Mas esse tipo de comportamento tem prazo de validade. Ninguém consegue ficar quatro anos colocando uma população que só terá benefícios com Dilma. Quem irá ficar no chão, literalmente, será esse mau-caráter e cafajeste.

  • O Nassif colocou entre linhas,que o Aebrio é literalmente um pit bull de FHC.Soltou a fera,e como um animal bem treinado e cheio de raiva,´so mandou,”pega”.È um jogo altamente arriscado e desgastante,o povo brasileiro ja demonstrou que não compactua com ações de raiva ódio.Não há como a oposição sustentar esta tática por muito tempo.Logo as pressões contra este redicalismo,tanto dentro,como fora se farão ,e ai os urubus repousam nas arvores de seus pantanos mal cheirosos esperando,espiando se aparece alguma ferida para que possam atacar novamente.Por enquanto aguardemos a mare baixar,e cobrar do governo uma melhor,maior e continua interlocução com a sociedade e a regulação economica da mídia.o que ferirá enormemente a oposição.

  • Eduardo Concordo que devemos evitar o confronto físico , mas havemos de dar respostas simbólicas. Vamos formar um cinturão vermelho em torno do Palácio do Planalto, do Palácio da Alvorada, da Prefeitura e Câmara de Vereadores de São Paulo, e de outros prédios comandados por governos populares e trabalhistas, que não só do PT, com faixas “Aqui só entra quem ganha eleição, só sai quem perde. E nós tamô aqui para garantir”. Abraços

  • Somente uma mulher que resistiu à tortura e não entregou seus companheiros, somente uma mulher que sobreviveu psicologicamente a esse grau de violência é capaz de ter a sabedoria de não morder essa isca.

    Ela foi preparada. E vai precisar muito da sua capacidade e potencialidade.

    Os canalhas estão mais agressivos do que nunca.

    Concordo com tudo que o Edu escreveu.

    Dilma, mulher incrível, admirável, Dilma e os brasileiros vão vencer mais essa.

  • Caro Eduardo, muito bom seu texto.

    Olha, só chuta o pau da barraca quem tem pouco ou nada a perder, ou a garantia de que vai ganhar. Aécio aposta no caos, mas é somente ponta de lança cumprindo papel no from político. Moro e os delegados militantes o alimentam. A mídia repercute e deforma os fatos para a sociedade.

    O Século XXI não comporta tranco militar na democracia. A receita deles está sendo construída; sabe-se o final que se deseja, esperam apenas o momento do “ponto”. Gilmar, por outro lado, se esmera para ser protagonista.

    No plano econômico, quer por alinhamento, quer pelas incertezas da opinião publicada, a expectativa empresarial vem sendo contaminada faz tempo, levando com isso à redução dos investimentos. Porém, o mesmo não ocorre com investimentos diretos estrangeiros, que só crescem.

    Ora, se é possível a estrutura do Estado ( Judiciário e Policial ) se alinhar de modo tão evidente a um determinado interesse político, como o que assistimos hoje, e esse alinhamento ser apresentado à sociedade da forma como vem sendo ( culpa do PT ), em algum momento isso vai dar liga. Essa é esperança de todos os aécios.

    A meu ver, é imperativo intervir e influenciar nisso. Quer na origem da geração da matéria-prima ( investigação do cartel da Petrobrás ), quer na difusão do seu verdadeiro significado.

    É preciso o governo participar da receita em execução para que não se ofereça um produto corrompido à sociedade.

    A meu ver, a verdadeira batalha já está sendo travada, e não é, por enquanto nas ruas.

  • O meu raciocínio,sempre foi este,não dar a mínima a este sujeito,e agir na surdina,ex:a votação vitoriosa no congresso,isto sim,é estratégia,deixem espernear,o que vale no final,são as conquistas.

  • O fio que desarma esta bomba política se chama mídia. Sem ela, as manifestações, que não são grandes, nem são noticiadas. As bravatas no congresso desaparecem. A mídia luta por sua sobrevivência. O governo tem duas opções: ou abrevia a morte da mídia para que ela perca o poder novilheiro sobre a classe média, ou negocia com ela para deixar a oposição falando só.
    A primeira opção é mais lenta. Envolve retirar recursos da mídia e incentivar o surgimento de alternativas na internet. O segundo é muito mais rápido. Significa injetar mais dinheiro na mídia e dificultar a vida dos concorrentes.
    O que não pode acontecer é a continuação do que há agora. A mídia está em posição confortável. Nada pode com sua pregação golpista. O governo ao menos deveria dizer: quer continuar neste ritmo? Então esqueçam de nossa verba publicitária.

  • Concordo que é hora de jogarmos água na fervura. Uma boa ideia é vincular esses movimentos à volta da ditadura. Até o Lobão ameaçou abandonar uma manifestação quando pediram a volta dos militares. Qualquer pessoa com um mínimo de sensatez repele esse absurdo.

  • ESTOU COM VOCÊ!
    SOSSEGA, GENTE! Sabedoria é falar na hora de falar, e calar na hora de calar, também. Os blogs sujos(ainda bem!) falam bastante, às vezes até demais… Nas manifestações de junho de 2013 – momento delicadíssimo, quando o povo (inocente útil) estava inflamado nas ruas pronto para incendiar o país, dar o golpe e entregar tudo aos eternos interessados em encampar o NOSSO PAÍS -a Presidenta falou! Como grande estadista, não jogou as bombas no terreno do vizinho, onde pudessem explodir livremente, mas colocou-as no colo e as desarmou como acho que ninguém mais talvez tivesse feito. Tudo se abrandou, perdeu força… Dilma ainda aproveitou o gás e aprovou medidas preciosas para o país. Estamos em outra sequência das mesmas tentativas: comprar a briga? Dar combustível aos incendiários? O silêncio neste momento pode ser precioso: deixa os adversários sem rumo, sem poder avaliar o poder de contra-fogo…Sossega, gente.! Dilma salvou sua vida e a de muitos com seu silêncio. Lula, tão falante, silenciou nos momentos próprios: governou (“não ia governar”), se reelegeu, elegeu sua sucessora (“o poste não ia emplacar”) e… ela fez a melhor Copa de todos os tempos (“não ia ter Copa”), e também se reelegeu! SOSSEGA, GENTE!

  • É hoje o dia do Armagedon brasileiro, segundo o PSDB. Nos portais de notícia, silêncio de suspense sobre o dia de hoje. Nenhuma notícia muito importante. No you tube o senador eleito José Serra, o da bolinha de papel, convoca para mais uma marcha do golpe. Nassif definiu bem a turma do Serra, é a tribo dos Vikings da 3a. idade, uma coisa de bárbaros cruéis, os blackbostas da 3a. idade.. E sua marcha não é a dos novos baianos, mas a da velha paulicéia golpista. Tinha de ser em São Paulo, mesmo sem a aprovação de muitos paulistas de juízo e de peso.

  • A turma de São Paulo, a parte boa paulistana, podia soltar vários balões de gás inscritos com a palavra golpe de estado ou golpistas. Ou colocar nas suas janelas faixa com Fora golpistas! Ou bandeiras brancas e faixa anunciando que a eleição já acabou. Foi no mês passado. Nada de bolinha de papel, alguém pode ser ferir.

  • Ao que parece, o autor acusa a oposição de se opor ao PT. Esse é o crime. E ser contra oa PT não é ser contra o país. Ademais, o blogueiro aposta pesado ao afirmar que o PT não usou caixa 2. Quando as provas aparecerem, vai fazer o que?

    Ps o argumento, se um rouba, o outra também pode, já deu. Logo, logo, vão querer prender o Moro.

    Ps2 o PT fustigou o governo FHC II desde o início, sem qualquer trégua.

    • E quando as provas não aparecerem, voce vai falar o que, Zé Mané? Nada, porque voces são muito cara-de-pau.
      Agredir quem veste vermelho. Chamar uma parlamentar representante do povo de vagabunda. Pedir intervenção militar americana (!?). Isso tudo é só fazer oposição, democraticamente, né?
      Deixa de ser palhaço. Mas concordo com o Edu, minha reação a provocações de boçais como o Valterlei vai ficar restrito ao verbo, mesmo

    • O que estão fazendo NÃO é oposição. Se vc acha que é, melhor ir estudar o que significa democracia e como ela funciona.

      O que estão fazendo é sabotagem e terrorismo.

      E passa LONGE de qualquer coisa que o PT já tenha feito contra FHC e sua corriola. Aliás, vc provavelmente não se lembra (ou não quer se lembrar, algo muito comum entre tucanos), mas FHC governou passando por cima de tudo e de todos com o famigerado “rolo compressor”. Não apenas aprovava o que queria (até mesmo a obscena reeleição pra ele mesmo), como barrava virtualmente todos os pedidos de CPI no Congresso (sem falar no engavetador geral da república, o “blindeiro”) e as nomeações descaradamente partidárias para o STF, a aparelhagem da PF e de virtualmente todos os cantos do Estado brasileiro, etc.

      E, mesmo nessa situação, nunca se viu a oposição fazer nem sombra do que faz hoje.

      Afinal, estão pedindo, DESCARADAMENTE, a quebra da democracia e a implantação de uma ditadura. E com um ódio palpável, incontido, FANÁTICO.

      Só um débil mental pra dizer que isso é “democrático” ou que é “oposição”.

      Pessoas normais chamam de golpe mesmo.

    • A hipocrisia maior é acusar o PT dos crimes que o PSDB comete e sai impune, como mensalão tucano mineiro, caixa 2, rouboanel, trensalão e receber grana de empreiteira da lava-jato.

      Isso sim é mau-caratismo, diria mais: tucanismo radical religioso.

      Por que o ódio visceral contra a corrupção “do PT” e do PSDB, principalmente desde, ninguém fica puto da vida a ponto de pedir golpe militar, impeachment? É alguma coisa relacionada a água cheia de poluentes e fezes humanas que os tucanos paulistas dão pra vocês beberem???

      Me explique!

    • O crime é essa oposição anti-democrática não aceitar o resultado das urnas.
      Produz com seu braço direito, a velha mídia, um mar de lama fictício em que os podres dos aliados não aparecem, apesar de serem os maiores ladrões da pátria.

    • Esse tal de Valterlei deve estar neste momento, 17:25, na avenida Paulista berrando e soltando sua baba de golpista contra o Governo popular de Dilma.

    • Meu caro, acredito que você não compreendeu o texto do Eduardo. O que se deve evitar é a provocação desses movimentos de caráter nitidamente nazifascista (ou você tem alguma dúvida sobre isso?). A presidente tem responsabilidades com o país. A “manifestação” de hoje em SP, convocada por próceres do PSDB – Mr. Serra Burns, Aético, Aloysio 300 mil Nunes (os dois primeiros convocaram, mas não apareceram) não contou nem com 1000 participantes patéticos e, vamos combinar, esses atos ridículos e golpistas procuram apenas infernizar o governo e não contam com apoio popular. Aceitem o resultado das urnas, dói menos. Acredito que quem precisa de intervenção é o Aético …psiquiátrica.
      O cinismo desse direita agride qualquer inteligência mediana. Agora Mr. Serra Burns, Aético, Aloysio 300 mil Nunes e Cia são pessoas de reputação ilibada, honra e incorruptíveis, uns santos. E o trensalão, e as privatizações, a seca em SP por falta de investimento?E a esposa do Sérgio Mora que é ligada ao PSDB? E os delegados aecistas da PF? E o Gilmar “Mentes”? E essa mídia que esconde os crimes do PSDB? E os 450kg de cocaína pegos no helicóptero dos Perrelas (íntimos do Aético – será por que?). Bando de cínicos e hipócritas. Francamente…haja paciência com tanta sordidez…

    • Q o governo de FHC foi corrupto,q vendeu estatais a preço de bananas e sumiu com o dinheiro,isso é fato … Diferente dos governos do Lula e da Dilma q ñ têm seus nomes ligados a corrupção… Em sã consciência ,vc acha q se o Lula e a Dilma fossem coniventes ou tivessem envolvidos com corrupção a oposição e o PIG já ñ teriam escancarado ,julgado e condenado os dois ? É lógico q o LULA e a DILMA são honestos ,q ñ há nada q desabone a moral dos dois ,e para o povo basta esta certeza ! Agora, Aécio abrir a boca pra falar de corrupção chega a ser piada, e o povo q de tolo ñ tem nada,já percebe q o senador não passa de um grande hipócrita …Simples assim !

  • sim, é preciso evitar confrontos nas ruas nesse momento.
    mas É preciso estar preparado para os confrontos.
    pois pacifistas também podem ser espancados.
    e os fascistas das ruas podem invadir casas, sedes de partidos e sindicatos.
    então o governo tem o dever de preparar os brasileiros para enfrentar os criminosos.
    e deveria exigir que a polícia prendesse os direitistas que cometem crimes contra o estado ou a sociedade.
    o governo pede para a PF investigar os fascistas on line?

    • É necessário que o Governo Dilma use mais e mais os espaços obrigatórios nas redes de rádio e televisão para desarmar o discurso golpista das famiglias do PIG e dos golpistas do PSDB-PFL.

  • Prezado Eduardo,

    Prezados comentaristas,

    De fato, a matéria apresenta pelo Eduardo é um painel do momento político.

    Preocupação existe e eu já comentei que é importante o alerta do GGN e deste Blog.

    Mas, permita-me, Eduardo, afirmar que os seus contornos são mais aplicáveis a São Paulo.

    As ruas das grandes cidade do país não estão “tomadas por manifestações radicais” contra a presidenta Dilma.

    Ao contrário.

    No dia 28 de outubro, dia da vitória do PT, a Avenida Paulista ficou vermelha. A própria Polícia Militar contou “mais de quinze mil pessoas”.

    Na primeira manifestação , dia 8 de novembro, em São Paulo, houve um racha entre aqueles que querem o impedimento da presidenta e os que clamam pelo retorno dos militares. Eram cerca de seis mil ao todo.

    Nesse mesmo dia, o número de manifestantes contra o governo em outras capitais não passou de mil.

    A resposta veio rápido. No dia 13 de novembro, mais de quinze mil pessoas , lideradas pelo MTST e pela CUT, foram às ruas de São Paulo. Não houve incidentes. Os que apoiam movimentos golpistas não apareceram.

    No dia 15 de novembro, a manifestação em favor de golpe não conseguiu unir mais que duas mil e quinhentas pessoas.

    No primeiro dia da votação do PLN 36, eu estava no Congresso e a tal “caravana” não passava de cem pessoas ( a maioria de São Paulo ), sendo que o líder do movimento “revoltados on line” conseguiu apenas 26 correligionários. A mídia disse que eram duzentas pessoas …

    No segundo dia, Lobão e companhia conseguiram reunir não mais que trinta pessoas na porta do Congresso, fazendo muito barulho, sem apoio nenhum da população local.

    ———————————–

    Com relação à oposição no Congresso, eu tenho a comentar que concordo que é daí que pode surgir algo realmente desestabilizante. Mas, se acontecer, terá sido sempre com o beneplácito do PMDB.

    Depois do que Kassab consegui na refundação do velho PL, eu já tenho cá as minhas dúvidas se Cunha consegue mesmo se eleger presidente da Câmara.

    Caso Cunha vença, teremos um novo “Carlos Luz” e batalhas fortes ocorrerão para tentar conter a matilha golpista no âmbito do legislativo.

    Volto a firmar que o instrumento da obstrução não está sendo devidamente apresentado à população ( principalmente aos mais jovens) pelos blogs progressistas. É uma chance que se perde para desarticular o apoio popular a esse tipo de manobra. Cruel para ambas as vertentes ideológicas.

    Seria importante também levar ao conhecimento da população que Aécio se absteve de votar contra o projeto da presidenta Dilma. Contradizendo-se de forma cabal !

    Aloysio Nunes também se absteve de votar contra o PLN36.

    Importante também mencionar a ausência de Delcídio Amaral ( o petista tucano ou o tucano petista … a critério do freguês ).

    —————————————————

    Com relação ao baixo investimento em ano eleitoral, tenho a comentar que sempre foi assim. Aqui e lá fora.

    ————————————————–

    Com relação a não aceitar provocação, estou de pleno acordo.

    Gostaria de informar, que eu fui um dos que “votaram para segurar” a convocação de revide, marcada para o segundo dia de votação do PLN36.

    Aceitar provocação é tudo o que a oposição precisa para jogar em conluio com a mídia, no sentido de demonizar , marginalizar os movimentos sociais. Realmente, não é por aí.

    ————————————————

    Vamos aguardar para conferir:

    a) a quantidade de gente que Aécio consegue colocar nas ruas da sedenta São Paulo ( Cantareira hoje com 8,2 % e sem autorização para retirar água do que seria o terceiro volume morto…. O consórcio PCJ requereu à ANA o cumprimento do acordo de 3 m3 / s para a cidade de Campinas… A ANA já aprovou o embargo … Alckmin esta no sal sem o terceiro volume morto, porque Alto Tietê secou e não dá mais pedir água emprestado de Guarapiranga…. pode ficar desesperado, porque o cenário não é nada promissor );

    b) Gilmar Mendes tem até 17 horas da próxima quarta feira para dizer que as contas da campanha do PT estão irregulares…

    Detalhe 1 , os técnicos que que ele solicitou do governo só analisaram cerca de 15 % do total e não se conseguiu acordo para pagamento de horas extras para trabalho neste final de semana. ….

    Detalhe 2 , a AGU já deu parecer favorável às contas da presidenta e MPE reiterou irregularidade na relatoria de Gilmar Mendes.

    ————————————————-

    Sou a favor de gente nas ruas, mas não sou a favor de revides e de quebras-quebras.

    Violência não contribui para a democracia. Sejamos nacionalistas de mãos limpas e de mentes sadias.

    Concluo, repetindo o que o Eduardo Guimarães escreveu e com o que eu concordo plenamente.

    … ” Há momento de atacar e de defender. Se o adversário quer reação, há que negá-la. As provocações de Aécio e seus comparsas não estão sendo premiadas por Dilma porque pretendem convulsionar o país a poucas semanas de a presidente tomar posse do segundo mandato. Não seremos ingênuos fazendo o jogo desses vagabundos. ” ……

    ————————————————

    PS:

    Eduardo, vi um filme de uma palestra que você fez em fevereiro de 2013, juntamente com o Miro Barão de Itararé.

    Vi o seu perfil e digo que :

    1) tem que fazer exercício físico. Urgentemente ! ….você está com 56 amos… tem gordura acumulada no endométrio, fuma ( não sei se come carne ) e vive em São Paulo … precisa dizer mais ?;

    2 ) tem que parar de fumar ( inclusive, o filme termina quando você diz que vai fumar )….;

    3 ) temos diferenças, mas essas são apenas no plano das ideias. O coração se compromete de forma silenciosa e escrever com a coronária entupida é bem pior… Coração mata !!! ;

    É isso, desculpe se fui além. Mas é franco da minha parte.

    Valeu.

    =======================================

    Coloco aqui trechos da matéria

    • Complementando seu excelente relato, confirmo que aqui no Rio se pode botar adesivo do PT e da Dilma a vontade. Inclusive mesmo depois de passados vários dias da eleição, se pode ver muitos adesivos da Dilma, principalmente em carrocinhas de ambulantes e nos onibus.
      Tenho impressão que esse radicalismo histérico contra o governo é um fenômeno basicamente paulista, Edu. Aqui no Rio só for no Leblon e mesmo assim, sem muita força

    • Excelente comentário.

      Tbm acho que o que estamos vendo é uma pequena minoria ruidosa e baderneira, tentando convencer o país pelo grito, e que “revidar” seria o mesmo que credenciá-la como oposição – exatamente o que eles querem.

      Melhor é matá-los de fome, negando a atenção que pedem. Quanto mais gritarem obscenidades nas ruas, menos apoio popular terão.

      O grande problema é, como sempre, a imprensa. É ela que gera, na cabeça dos cidadãos menos informados, a convicção de que há um “mar de lama”, a mesma tática que usaram contra Getúlio e Jango. Conheço muita gente que diz que votou no PT “apesar” do “mar de lama” e que diz “entender” os raivosos, com se realmente existisse uma situação de corrupção extremada.

      A realidade é irrelevante quando existe um oligopólio da imprensa. Tudo o que importa é a percepção.

      Enfim, acho que a melhor resposta aos baderneiros, e que ainda não os reconhece como opositores sérios, será dada em poucas semanas, com a festa da posse. Esse, sim, será o momento de ir às ruas.

      E o risco será a fabricação de um conflito violento nessa data. Bom o governo ficar esperto…

      E a melhor forma de combater a oposição desvairada de Aébrio é com a verdade, com paciência e com a regulamentação da mídia. Infelizmente, parece que o governo não concorda com a última.

  • Lógico que não é o caso de partir pra violência.

    Porém, a Dilma e o PT estão cada vez mais na defensiva.
    ´
    É inadmissível ganhar uma eleição e enfiar o rabo entre as pernas.

    É uma inversão total de situação.

    Já tô com o saco cheio de passar a vida toda defendendo a esquerda

    e nossos líderes cada vez mais se acovardando.

    Preocupados apenas com a governabilidade.

    Eles querem é garantir seu empreguinho, sua zona de influência.

    Torno a usar o exemplo do Stedile:

    Não é possível um partido com 800 mil filiados não ter um único

    jornal diário que seja de uma única página.

    ´

    • Faço minhas as suas palavras, José Eduardo Dyonisio. Não se trata de defender a violênciam, mas também não dá para ficar acuado, bancando o avestruz, vendo o cerco se fechar. Acorda, Dilma! acorda, PT!

    • Prezado José Eduardo:

      Comento a partir do seu próprio texto:

      ——————————————-

      Você escreveu:

      Lógico que não é o caso de partir pra violência.

      Porém, a Dilma e o PT estão cada vez mais na defensiva.

      —————–

      Comentário:

      Dilma não está na defensiva.

      Se você acha que Dilma está na defensiva, eu pergunto: o que você tem feito para apoiar o governo além de ficar comentando matéria ?

      Você já encaminhou carta ao poder judiciário , exigindo os seus direitos com relação à matéria veiculada ontem por este blog ?

      Se não o fez, faça-o.

      O CNJ tem 30 dias para responder e ele responde.

      Se 50.000 brasileiros encaminhassem email nesse sentido, é muito provável que o constrangimento de Gilmar Mendes ficasse evidente entre os seus pares.

      Concorda ?

      =========================================

      Você escreveu:
      ´
      É inadmissível ganhar uma eleição e enfiar o rabo entre as pernas.

      É uma inversão total de situação.

      Já tô com o saco cheio de passar a vida toda defendendo a esquerda

      e nossos líderes cada vez mais se acovardando.

      —————–

      Comentário:

      Não está acontecendo nada disso.

      Dilma mostra força no Congresso e articula para refundação do PL, equiparando forças com o PMDB.

      Trata-se de um modelo de coalizão.

      Não é objetivo de ninguém incendiar o cenário. Nisso, a matéria tem razão. Dilma não faz e neão deve fazer o jogo da oposição.

      =========================================

      Você escreveu:

      Preocupados apenas com a governabilidade.

      Eles querem é garantir seu empreguinho, sua zona de influência.

      —————–

      Comentário:

      Sim preocupados com a governabilidade.

      Você sabe criticar, mas não sabe responder à pergunta: qual é sua proposta concreta ?

      Por gentileza, encaminhe a sua resposta. Qual seria a alternativa de Dilma, se a população votou um Congresso ainda mais conservador ?

      Dilma Rousseff é a presidenta de todos os brasileiros e deve sim ter a sensibilidade de ouvir as urnas.

      =========================================

      Você escreveu:

      Torno a usar o exemplo do Stedile:

      Não é possível um partido com 800 mil filiados não ter um único

      jornal diário que seja de uma única página.

      —————–

      Comentário:

      Eu pergunto a você: adiantou Getúlio ter como aliado o jornal ” A Última Hora” ?

      Isso conteve a sanha de golpe ?

      Não. Não conteve, porque o mandatário deve priorizar trazer para si as forças que representam milhões de pessoas e não tentar fazer o contraponto a partir de mídia impressa. É o que Dilma faz.

      Eu vi ontem no filme, o Eduardo Guimarães explicando que num determinado momento houve uma sensação de que a democratização dos meios de comunicação fosse acontecer. Mas, por algum motivo, não ocorreu.

      Vi também o mesmo Eduardo dizendo que se o Brasil ousasse a fazer o que fez a Argentina, correr-se-ia o risco de acontecer um golpe de Estado.

      Ou seja, as coisas não são tão fáceis num país que remunera um poder evidentemente conservador , como se esse poder fosse um país paralelo, na proporção de três bilhões de reais POR DIA.

      Eu pergunto a você. Qual é o seu grau de envolvimento ? Você já procurou pelo núcleo da auditoria cidadã da sua cidade ? Você interage com o Barão de Itararé ? Você interage com o Intervozes ? Você interage com o FNDC ? Você interage com o movimento sindical ?

      Ou você se limita a dizer que está cheio de apoiar a esquerda, porque ela não faz aquilo que você imagina ser o certo, ainda que você decida sequer participar ?

      No filme do Eduardo, ele faz menção à “esquerda caviar”. Você sabe o que é isso ?

      Eu gentilmente o conclamo a ir à matéria anterior ajudar , de forma legal, a constranger o ministro Gilmar Mendes no campo dele.

      Veja lá o meu comentário, sinta-se na pele de Dilma e comece a fazer algo, ao invés de reclamar.

      Se os jovens ficarem apenas assistindo ao cenário pelas telas dos seus computadores, perderão a chance de cuidar daquilo que mais interessa a todos nós.

      Um Brasil melhor.

      É isso aí.

      ================================================================

      • Não costumo comentar muito, porém você fez vários questionamentos.

        Primeiro que não sou tão jovem quanto você pensa. Tenho 59 anos.

        No começo, quando tomei consciência política entrei para o PT e militei no núcleo de base

        do judiciário. E também na CUT regional, cuja sede era do lado dos Bombeiros.

        Faço greve desde 1987, quando a constituição proibia.

        A última greve que fiz foi em 2009. Aos 54 anos de idade.

        FIQUEI 127 DIAS EM GREVE.

        Já fui presidente de sindicato.

        Com o tempo fui cansando, porém nunca perdi a consciência política.

        E o meu dia-a-dia é buscar passar o pouco que sei para 20 pessoas no mínimo,

        TODO SANTO DIA. Meu trabalho permite que eu converse com umas 20 pessoas diferentes.

        Em relação a atitudes que não dão muito trabalho, doei pras campanhas do Genoino e do Dirceu.

        E também entrei na ação contra o Joaquim Barbosa.

        Em relação a Dilma estar juntando forças no congresso, você tem que se perguntar porque o PT

        perdeu no mínimo 18 deputados federais, fora os estaduais.

        Minha proposta concreta é o PT voltar às origens.

        Reativar os núcleos de base, politizar a militância.

        PARTIR PARA O CONFRONTO POLÍTICO. SEMPRE.

        Você fala que em certo momento houve sensação de…

        Cara, as coisas não caem do céu, nem acontecem por acaso.

        GOSTARIA QUE VOCÊ RETORNASSE COM UM PEQUENO HISTÓRICO SEU.

        QUE LOGICAMENTE NÃO CONTEMPLE APENAS SENTAR NO COMPUTADOR E MANDAR E-MAIL!!!

    • O Governo Dilma term que se comunicar mais com o povo. Tem que aparecer mais na televisão e sendo protagonista, isto só vai ocorrer se o Governo Dilma usar as redes nacionais obrigatórias.

      O Governo Dilma também tem que cortar a Bolsa Imprensa de alguns órgãos do PIG, enfraquecendo assim o bolso desses bandidos.

      • Prezado Luís Prudente,

        Pense bem se o caminho é o confronto , ou a inteligência.

        A exposição cotidiana da presidenta nas redes de TV, através de rede obrigatória é considerada “movimentação forte” por parte da área estratégica do governo. Procure saber o que isso significa.

        Por gentileza, dê uma olhada na parte “institucional” do seguinte site : http://www.abin.gov.br/

        —————————————

        Ajude no sentido da cidadania, tentando verificar antes de afirmar coisas. A credibilidade é fundamental.

        Graças à credibilidade, uma amiga que comentava comigo lá no blog da pessoa do PDT, duvidou de uma postagem atribuída ao verdadeiro Sergio Govea e , então, fomos descobrir ( ontem ) que a coisa é antiga. Eu fui ingênuo, passando dados meus na internet. Não faço mais isso.

        Só que o IP não era de Brasília e a pessoa que “julgou” não se deu ao trabalho de averiguar.

        Com calma eu chego lá.

        Não fosse a credibilidade, ela não teria me dado o toque. Sacou ?

        Portanto é importante se lembrar da história do jornal que disse que um homem “pegou uma maçã na barraca de uma velhinha indefesa, numa feira, e saiu correndo”.

        Se o jornal diz só isso, muita gente vai logo concluir que se trata de um furto.

        De fato, o jornal não mentiu. Mas “omitiu” que o homem pagou pela maçã, e saiu correndo, porque o carro dele estava mal estacionado e poderia ser multado…. Entendeu ?

        Nem sempre o óbvio é tão óbvio se você vai atrás da verdade.

        O governo não está parado. Ele apenas , no coloquial… dá corda. E está correto ao não conflitar.

        Vamos em frente.

        • O Governo Dilma tem que ter um porta-voz que vá defender o Governo diante de tantas mentiras repetidas pelos meios de comunicação do PIG. Tem que usar a tevê e mostrar o que o Governo vem fazendo. Se ficar calado, a maioria dos brasileiros não consegue ver as ações do Governo.

          Uma pessoa disse-me o seguinte: “Você diz que o Governo está certo, mas se toda a imprensa diz que o Governo é corrupto e eu assisto a tevê e leio os jornais e revistas, estou me informando, portanto.Só você diz a verdade e todo os meios de comunicação a mentira?”.

          Não é confronto, é agir minimamente, responder à população e mostrar o que vem fazendo. E é isto que o Governo não vem fazendo.

          Não podemos é confrontar com os desmiolados militantes reacionários pelas ruas, não podemos fazer provocações nas manifestações que a direita reacionária faz. Se os golpistas levam 40 pessoas para o Congresso Nacional, não podemos levar outras 40 pessoas para se contrapor, pois a Direita vai provocar a morte de um dos seus e acusar o Governo Federal.

          Mas exigir a verdade nos meios de comunicação do PIG, cortar a Bolsa Imprensa, fazer uma rede nacional obrigatória não é provocação, é informar a sociedade, a classe média e o povão.

  • Aceito em parte as ponderações do (bem informado) Eduguim, sobretudo porque sabemos que essa corja de facínoras, de corruptos vendilhões da pátria está agindo segundo um programa traçado, faz tempo, pela elite global fascista. As políticas da Dilma criaram-lhe inimigos tanto na CIA como nas envidraçadas salas de ”snifo” de cocaina de Wall Street. Sabemos do grande interesse em derruba-la no contexto dos BRICS e da guerra financeira para destruir a Russia, com o staff da sala Oval da Lunatic Asylum Whitehouse – LAW (Casa Branca), assumidamente porra louca, arrogante, provocador, incompetente, viciado, historicamente covarde, espumando raivosamente por causa do Putin, situação que ninguém pode subestimar: vale recordar as duas bombas atômicas sobre civis japoneses, decididas na LAW, como ”simples” advertência ao Stalin. Vale recordar também que os EUA são historicamente incapazes de estabelecer qualquer tipo de relação de equilíbrio e igualdade com qualquer outra nação – tanto nas questões globais como nas questões que os outros países consideram vitais para seus interesses.

    Baback Obama, o mané, professor de direito constitucional, que devassa a privacidade dos cidadãos estadunidenses 24 horas por dia, 7 dias por semana; que devassa as comunicações reservadas de empresas e chefes de Estado, reafirmou a ”exepcionalidade” dos EUA à plateia de autoconvencidos cadetes das FFAA. Em parte ele tem razão. As elites ensandecidas (e não o povo dos EUA), são excepcionais no crime, na agressão, na mentira, na fraude, na corrupção, na covardia, na provocação, na destruição, na poluição e no terrorismo: a gloriosa e super poderosa FFAA dos EUA consumiu os últimos 13 anos combatendo contra pastores de cabras em cavernas no Afeganistão, num conflito que, no melhor dos casos, pode ser declarado ‘empatado’. Agora o staff da sala Oval da Lunatic Asylum Whitehouse, quer derrubar Putin e os BRICS.

    Baback, premio Nobel da Paz, chegou a manifestar abertamente o pervertido prazer de estar “desmontando décadas de genuíno progresso” russo, e de ter tornado “uma já fraca economia russa, ainda mais fraca”. Para a plutocracia ocidental, aquele 0,00001% do topo, os reais Patrões do Universo, a Rússia e seus recursos naturais é a meta final. Consumados imbecis, todos enlouquecidamente agarrados ao mesmo delírio segundo o qual os EUA vão detonar a Rússia, redesenhar o mapa do Oriente Médio, controlar o fluxo de petróleo e gás do Oriente Médio para mercados na União Europeia e estabelecer milhares de cabeças de praia por toda a Ásia, de onde conseguirão manter o crescimento da China controlado com rédea curta (Conflicts Forum, 1/8/14). E’ mole?

    A razão pra LAW se livrar de Rousseff é clara. Ela é uma das cinco cabeças do BRICS que assinaram a formação do Banco de Desenvolvimento do BRICS, com capital inicial autorizado de 100 bilhões de dólares e um fundo de reserva de outros 100 bilhões de dólares. Ela também apoia uma nova Moeda de Reserva Internacional para complementar e eventualmente substituir o dólar. Para tanto, o modus operandi estadunidense – em sintonia com o britânico – é aquele de sempre: organizar golpes, rebeliões e contra-revoluções em países onde líderes nacionalistas estão no poder. Irã, Chile, Equador, Venezuela, Panamá e Brasil são alguns exemplos.

    Tenho em conta o contexto golpista que supera nossas fronteiras e reconheço sabedoria nas ponderações do blogueiro Eduguim mas não posso deixar de citar algumas reflexões de importantes e também muito bem informados conhecedores da nossa politica:

    Mauro Santayana – Quem cala, consente. Os governos do PT têm feito, em todo esse período, cara de paisagem. Nem mesmo quando diretamente insultados, ou caluniados, os dirigentes do partido tomaram qualquer providência contra quem os atacava, ou atacava as instituições, esquecendo-se de que, ao se omitirem, a primeira vítima foi a democracia. Nisso, sejamos francos, foram precedidos por todos os governos anteriores, que chegaram ao poder depois da redemocratização do país. Mergulhados na luta política e na administração cotidiana dos problemas nacionais, nenhum deles percebeu que o primeiro dever que tínhamos, nesta nação, depois do fim do período autoritário, era regar e proteger a frágil flor da Liberdade, ensinando sua importância e virtudes às novas gerações, para que sua chama não se apagasse no coração dos brasileiros. Se, naquele momento, o da batalha pela reconquista do Estado de Direito, cantávamos em letras de rock que queríamos votar para presidente, hoje parece que os polos da razão foram trocados, e que vivemos sob a égide da insânia e da vilania.

    Augusto Diniz – No período eleitoral, como jornalista, recebia até dez e-mails/dia com iniciativas do Governo Federal e respostas da presidenta Dilma às acusações de opositores. Hoje, no máximo, vem um ou outro release de um ministério, com a lenga-lenga de sempre. Por que o governo não ressuscita a estratégia de comunicação da campanha? A comunicação do governo é uma tragédia. Foca em responder as acusações pela mídia tradicional que trabalha para o outro lado e tem boas chances de distorcer os fatos na seção de uma espaço que seja à situação. Não faz sentido algum insistir nessa única ação. Pior é que há semanas leio em blogs e sites progressistas alertas ao Governo Federal para essa imensa falha. No entanto, não há um sinal de que algo vá mudar. A atividade dentro do governo chegou ao limite da inoperância. Pode-se alegar que estão esperando os ânimos serenarem na oposição, mas está claro que isso não vai acontecer. É muita inércia em uma era marcada pelo comunicação estruturada. Daqui a pouco a mentira irá prevalecer. Vivi 15 anos no mundo da comunicação corporativa, dirigi assessorias e nunca presencie tanto desleixo com a comunicação em um governo, estando certo ou errado. O Governo Federal usa como porta-voz para responder às calúnias o desacreditado (até pelos seus colegas, que ele mesmo afirma receber “fogo amigo”) ministro José Eduardo Cardozo. É patético!

    Breno Altman – A presidente e sua equipe mais próxima empenham-se em providências e discursos para apaziguar o capital financeiro, o ruralismo, os meios de comunicação, os centros imperialistas, as frações centristas que flertam com a direita, os próprios partidos de direita. […] O conservadorismo, com inédita determinação, expõe um apetite pantagruélico por ocupar todos os espaços disponíveis. A política do recuo, por outro lado, inibe o campo popular. Divide e paralisa as forças progressistas que levaram ao triunfo eleitoral de Dilma Rousseff. Não deixa clara qual a agenda pela qual seguirá seu segundo governo, conquistado pela narrativa do aprofundamento e da aceleração de reformas. Pouco se faz para animar a esquerda e provocar o retorno ao palco dos setores populares. Afinal, são esses os únicos destacamentos aptos a enfrentar o consórcio golpista, como a disputa presidencial deixou claro. Vale lembrar que inexiste registro histórico de intentos golpistas detidos por lamentações acerca de sua natureza pérfida.

    • Câmara de Representantes dos EUA
      declarou guerra à Rússia

      
Resolução da Câmara de Deputados n. 758 foi aprovada ontem em votação acachapante, dos dois partidos, de 411 a favor e 10 contra, no Congresso dos EUA.

Os números, impressionantes, estão em 
      https://www.govtrack.us/congress/votes/113-2014/h548



      Essa resolução aprovada em tempo recorde, apenas duas semanas depois de apresentado o projeto, apresenta a Rússia como “Nação Agressora” que invadiu a Ucrânia e foi a mão secreta por trás do atentado que derrubou o avião malaio MH-17.

      O Congresso dos EUA quer que o Império do Caos use a doutrina de segurança coletiva da OTAN,
      nos termos do art. 5º (ataque a um dos membros é ataque a todos os membros), para iniciar guerra
      contra a Rússia, embora a Ucrânia nem seja membro (mas esteja às vésperas de ser convertida
      oficialmente em principal “aliado não OTAN” dos EUA). Agora, a resolução vai para o Senado.
      Se for convertida em lei, permitirá que o presidente dos EUA declare guerra à Rússia, sem precisar
      da permissão formal do Congresso.

      5/12/14, Pepe Escobar, Facebook, https://www.facebook.com/pepe.escobar.77377?fref=ts

      • Por Redação, com informações do Brasil 247
        http://www.revistaforum.com.br/blog/2014/12/eleitores-de-dilma-se-unem-para-processar-aecio-neves/

        Eleitores de Dilma se unem para processar Aécio Neves

        Eleitores da presidenta Dilma Rousseff organizam uma ação coletiva contra o senador e ex-candidato à presidência Aécio Neves (PSDB), que afirmou, em uma entrevista, ter perdido a disputa pelo Palácio do Planalto para uma ‘organização criminosa’. O estudante de Geografia Kallil Oliveira, de Vitória da Conquista (BA), é um dos que estão à frente da ação. “Já consegui reunir 30 pessoas que vão processar Aécio por sua infeliz declaração, quem tiver interesse me informe para nos organizarmos”, publicou em seu perfil no Twitter nesta terça-feira (2).

      • Se estivermos de acordo quanto à ingerência do PIGLOBO e seus congêneres a ponto de quererem e quase conseguirem montar um governo paralelo, calcado em três poderes cuja maioria é da escolha dos irmãos Marinho e seus serviçais, imagine o que não fará uma CIA a torpedear qualquer tentativa de voo próprio de um “elefantinho travesso” como eles, os do Império do Norte, já apelidaram o nosso Brasil.
        Se eles são audazes a ponto de cercarem a Rússia, a qual dispõe de armamento atômico e tecnologia capazes de destruir os EUA e até o planeta inteiro, imagine se eles, ainda mais do que os seus serviçais entreguistas de qualquer nacionalidade que por aqui se refestelam, estes que se consideram qualquer coisa menos brasileiros que juram a nossa bandeira e amam a nossa nação, imagine se aqueles de fora deixarão de usar o seu poderio para tomar a nossa Amazônia e o nosso pré-sal? É praticamente impossível resistir-lhes, a menos que milagres aconteçam.
        Susan Sontag alertou os países da America Latina a correrem atrás do próprio desenvolvimento enquanto Bush Jr. se entretinha matando um milhão de iraquianos para tomar-lhes o petróleo. Agora que Obomba está a liberar as mãos sujas de sangue de outras partes do planeta, certamente voltar – se – à contra o Brasil, a nossa Amazônia e o Pré-sal. E contará com a inestimável ajuda de dentro, dos que taxam os eleitores da Dilma de bovinos, dos FHCs que estrelam capitulo de livro como o de Greg Palast e por ai segue.
        O que importa é saber até onde podemos ir em nosso crescimento e desenvolvimento, condições completamente indesejáveis para um império que não admite concorrentes.

  • Concordo que não se pode aceitar a provocação, mas ficar em silêncio e deixar a direita com sua mídia golpista tomar conta do cenário, também não dá, né? Dilma tem que usar os instrumentos de poder legítimos que estão a seu alcance. Um deles, o de chamar a PF às falas, já que esta instituição, sobretudo no Paraná, tornou-se uma polícia tucana e golpista. Dilma também pode usar o direito de convocar uma rede nacional de rádio e TV para explicar seus planos de governo. Por exemplo: explicar o sentido das alterações em relação ao superávit primário. É plenamente justificável para a população a proposta do governo federal, mas, sob o massacre terrorista da mídia, fica parecendo que o governo está dando um calote e que vai gerar desemprego. E o que o governo faz, ao alterar o índice do superávit primário, é justamente o contrário: quer salvar os empregos. O governo também pode explicar os investimentos da Petrobras, e mostrar que a empresa e o pre-sal são maiores do que os escândalos denunciados e combatidos em seu governo, apenas. Ou seja, o governo precisa se comunicar, pois se perder esta disputa, pode incentivar ainda mais os golpistas. Por último, o PT tem que denunciar a postura dos tucanos de não aceitarem as derrotas eleitorais – no caso de Aécio, foram duas derrotas: uma em Minas, e a outra para o governo federal. É muito ódio acumulado para quem estava acostumado a ganhar tudo de mão beijada. Enfim, o PT e o governo federal não podem aceitar provocação, mas têm que fazer política e não acreditar que as coisas vão se resolvendo automaticamente. A experiência do mensalão mostrou o quanto a ausência do enfrentamento político levou ao desgaste do PT, apenas.

  • Concordo em parte, não é preciso entrar no jogo, menos ainda usar as mesmas armas. Contudo é essencial que se comunique mostrando o que é e a quem serve esse jogo. Exatamente como você fez aqui.
    Abraços!

    • Parece que você não tem evolução mental mesmo, hein ramiza!

      Não sabe que o movimento sindical tem inúmeras correntes, que as correntes majoritárias do movimento sindical nunca tomariam uma atitude como a que foi feita por um grupo minoritário para atingir o Mário Covas, mesmo ele provocando e entrando dentro do acampamento de professores. Este grupo minoritário que atacou fisicamente o provocador Mário Covas (pois ele foi provocar os professores dentro do acampamento dos professores) até hoje compara o PT ao PSDB. Para este grupo minoritário não há diferença entre um governo do PT e um governo do PSDB.

      Até parece que o grupo minoritário que atacou o Mário Covas é da mesma estirpe que a ramiza! Não consegue discernir a realidade, o certo do errado.

      Será que no caso da ramiza, tem como evoluir mentalmente?

  • não é a batalha nas ruas, mas na comunicação, na politica, essa o governo perdeu faz tempo, a tatica da oposição/midia/judiciario de escandalos diarios e sabotagem quase deu certo em 2014, se o governo continuar acreditando no controle remoto em 2018 nem lula vai resolver, alias o governo não fala NADA !

  • Eduardo, na eleição de 2.010 andei com adesivo do PT no carro, sem problema. Aí veio o julgamento do mensalão e o PT não se defendeu. Este ano, não tive coragem de colocar o adesivo, com medo de ser agredido. Você disse que hoje não se pode sair de vermelho na Paulista que será insultado. Se repetirmos o erro e ficarmos calados, em 2018 não poderemos nem sair de casa. Em São Paulo, o fascismo avança em passos rápidos.

  • Ao ler seu artigo. Ponderei em sugerir ir para ruas. Não devemos aceitar provocação. A direita fascista só querem tumulto nada mais, criar confusão, sabotar . Vamos enfrenta – los como no judô.

  • A “militância” do psdb e do aético é composta por tucanos fanáticos coniventes com os golpes e a corrupção generalizada nas administrações tucanas pelo Brasil a fora, pela extrema direita golpista viúva da ditadura militar, que jogou esse país na lama por 21 anos, pelo poder financeiro que quer mais que a população pobre se ferre e morra de fome, como acontecia até 2003, e por interesses estrangeiros e ver novamente o Brasil de quatro e sem sapatos.

    Logo digo aos tucanos golpistas: vcs querem jogar esse país no buraco, sem democracia e falido, cabisbaixo e com a população na pobreza.

    E acuso:vcs querem mesmo não é fazer oposição ao PT, querem golpear a democracia e tomar o poder à força e deixar o país novamente na sarjeta! O preconceito, o ódio, a cobiça e a vagabundagem que vocês representam não vão conseguir vencer!

  • Sobre a tema em pauta, o que direi não é mero elogio. É solidariedade.Perfeito.No último paragrafo, a chave de ouro, pelo realismo, que não é irenista, mas fortemente realista.

  • Prezado Eduardo Guimarães,

    Concordo com muito do que você escreveu, bem como do Sérgio Govea, porém, gostaria de trazer algumas contribuições:

    1)Não podemos ficar pensando o Brasil como antes a partir de São Paulo. Pode ter protesto em São Paulo, mas São Paulo é apenas um estado. O Aécio está cada vez mais se desmoralizando com esse comportamento de convocar a elite de São Paulo, porque nem com Minas Gerais ele conta. Há que se saber que São Paulo não manda mais no resto do Brasil. As pessoas de São Paulo que apoiaram DILMA não deve aceitar provocação desses fascistas. Se tiver de fazer alguma manifestação pró-governo, PELAS REFORMAS e contra os fascistas que seja em outro dia, sem confronto que é o que eles querem para criar um conflito e tentar se passarem de vítimas com o apoio da mídia. Eles são violentos e intolerantes, observei o absurdo do que eles vem fazendo com os jornalistas/comediantes do CQC que ousam entrevistá-los;
    2)A esquerda e os movimentos populares no Brasil está atenta a tudo, se tentarem depor nossa presidenta DILMA ROUSSEFF verão com quantos paus se faz uma jangada;
    3)No meu estado teve debate recente na OAB sobre a proposta da Reforma Política da OAB, CNBB, UNE e tantas outras entidades e o auditório estava superlotado. O que se ouviu de críticas a Gilmar Mendes e a Globo foi coisa estrondosa. O que demonstra que o povo está atento a Brasília-DF. Os movimentos sobre a luta pelas Reformas vão ter continuidade com um calendário de coletas de assinaturas e debates nos sindicatos, associações de bairro, igrejas católicas, etc. Isso vai acontecer em vários estados para debater a proposta da OAB, coletar as assinaturas e entregá-las em breve ao Congresso Nacional;
    4)Acompanhei a votação do Orçamento no congresso e constatei que a DILMA está construindo uma maioria consistente. O governo aprovou a proposta por uma ampla maioria. Porém, não pode jamais relaxar. Tem de ter um diálogo permanente com o congresso e com a sociedade civil organizada. A oposição esperneia, no entanto, na hora se abstêm de votar, como foi o caso do Aécio Neves e o Aloysio Nunes.
    5)Ressalto aqui o que a dirigentes de partidos do governo, A DILMA não pode cometer o mesmo erro de LULA no seu primeiro mandato, quando excluiu o PMDB porque a sua maioria tinha apoiado José Serra, depois verificou que ele é importante na governabilidade, pois dessa vez o governo não pode excluir o PSB que por muitos anos foi aliado de primeira hora e jogá-lo nos braços da oposição de direita por conta do apoio a Aécio de uma parte do partido. É preciso verificar que o PSB terá na próxima legislatura uma bancada maior que a atual e tem quadros históricos que apoiaram a reeleição da DILMA e a eleição já passou e o governo precisa de segurança para ganhar a eleição da câmara, portanto, não deve vacilar com o Eduardo Cunha e o seu apoio da mídia. Deve negociar um espaço no governo para o PSB e tirá-lo da oposição o quanto antes;
    5)Com a revelação da ligação da esposa do juiz Sérgio Moro com o vice-governador do Paraná, do PSDB e os vazamentos seletivos ilegais da investigação que aconteceram nas eleições e que continuam contra o PT e os aliados, faz com que o magistrado seja considerado suspeito e perca a legitimidade de continuar a frente das investigações da operação lava-jato. Além das suas declarações públicas que vem fazendo de que existe a possibilidade do esquema de corrupção está em todo o país, o que compromete o principio da imparcialidade e impessoalidade, pois magistrado deve se manifestar nos autos, apenas nos autos e suas declarações e vazamentos seletivos tem sido combustível para alimentar os ataques da oposição e dos grupos fascistas contra um governo eleito de forma democrática;
    6)O PT tem de sair da toca e enfrentar as calúnias e difamações, denunciando a sociedade o complô que se faz contra o governo democraticamente eleito pela mídia e os partidos da direita: PSDB, DEM e PPS;
    7)Se o clima em São Paulo é de hostilização a quem veste vermelho em alguns lugares, então, que se vista outras cores. Como se vê eles vestem as cores da bandeira brasileira para dizer que são patriotas e nós não. As cores do país não pertencem a eles. Por um questão de se preservar a integridade física e emocional das pessoas que se vista outras cores nesses locais, ao invés do vermelho, isso não implica em perder convicções. Inclusive nas nossas manifestações podemos ir de várias cores para demostrarmos uma maior pluralidade e tolerância;
    8 Por fim, tem um ditado muito sábio que diz: “Os defensores da paz deverão estarem preparados para a guerra, se preciso for.” Grande Abraço.

  • Pelo jeito as evidências vão aos poucos forçando o blogueiro a falar em “economia afundando”.

    Como bom spin doctor, o blogueiro já vai plantando as sementes do discurso a ser trombeteado quando a economia de fato afundar: a culpa é da oposição e dos empresários malvados!!

    Aposto que leremos muito sobre isso nos proximos meses. Espero que quando isso acontecer o blogueiro explique também como foi a oposição quem “afundou” a economia se nos últimos 12 anos é o PT quem controla o Bacen, sua politica monetária e fiscal, é o PT quem controla o tesouro, a Receita Federal, o BNDES, é o PT quem controla os bancos públicos etc…

    Quero também saber mais dessa especie curiosa de empresário que, tendo a oportunidade de lucrar com o PT no poder, prefere “sabotar” a economia para lucrar só no futuro incerto, com o PSDB no poder sempre achei que para os empresários lucro é lucro e é sempre bem-vindo, antes cedo do que tarde…

    • Isso apenas demonstra bem como os tucanos, além de não entenderem nada de economia, ainda são facciosos a ponto de dizer, cinicamente, que apenas os problemas são de responsabilidade do governo atual, mesmo quando NÃO É O CASO.

      A ignorância da economia começa pela ignorância do pensamento do capitalista. Vc parte do pressuposto de que ele quer mais lucro, o que não é verdade, já que a prioridade do capitalista é manter seu capital. Ou seja, o capitalista ODEIA o risco.

      Pra não me estender – mesmo pq seria inútil, já que sua posição é dogmática e preconcebida e não fruto da razão aplicada aos fatos – o que o capitalista realmente quer é o maior lucro com o menor risco e menor investimento.

      E essa é a promessa dos tucanos a eles. Desemprego alto resulta em salários baixos, o que resulta em mais-valia, o que incrementa a margem de lucro. O mercado consumidor diminui e não é necessário investir na ampliação. A classe média encolhe e não tem capital suficiente pra eventualmente competir com o capitalista.

      ESSE é o paraíso do capitalista e essa é a política econômica tucana, temperada com muito “incentivo” ao “suplly side” – ou seja, muito capital público reduzindo ainda mais o risco do capitalista.

      É simples, quando se usa o cérebro como algo além de suporte pra cabelo.

      E disso resulta plenamente justificada a estratégia descrita pelo Edu: aumentar os preços artificialmente pra provocar um abalo na economia, trazendo os “parceiros” tucanos de volta e as políticas econômicas “certas” – aquelas que garantem a margem de lucro lá em cima e o risco lá embaixo.

      Outrossim, é hilário como vcs passaram uma década dizendo que o crescimento econômico nada tinha a ver com o governo petista, que era “resultado” das políticas de FHC (HAHAHA!) e do “arrojo” do empresariado, a despeito da “incompetência” petista na condução da economia.

      Mas, agora, apesar da crise econômica mundial, apesar da sabotagem econômica (que já vem de fora tbm) e do terrorismo econômico feito pela imprensa (que já completa 12 anos prevendo uma crise que não chega e aposta na profecia auto-realizável, que só é engolida e repetida por tipos como vc), vc vem me dizer que isso, sim, é “culpa” do PT?

      Ah, vai lamber sabão, cara…

  • Fico imaginando o quão irresponsável foram os 12 nos da turma de Aécio governando um dos Estados mais importantes da federação, Minas Gerais. Como o eleitor poderia entregar a 7ª economia do planeta de um país chamado Brasil para um irresponsável desse naipe.
    Ufa! Oh, Minas Gerais como dormiu…

  • O objetivo confessado deles É SABOTAR, vejam a confissão do Cerra, relatada no DCM.

    Fiquemos tranquilos, mas atentos.

    A reação será oportuna e eficaz.

    Pergunto: marido de funcionária de político do PSDB inquirir seletivamente, investigar, acusar, processar, condenar e prender pode?

  • O PT governou 12 anos sem ser contrariado. Oposição era para o PT como na musica: “nunca vi não comi eu só ouço falar”. Mas Lula inventou o “Fora FHC” logo depois da eleição do Presidente Fernando Henrique Cardoso. Isso era permitido, era lindo. era PT.Não é guerra, não é golpe, não é rasgar a Constituição Brasileira. É oposição, fiscalizar, cobrar, apontar erros. Acabou a fase onde tudo era permitido e ninguém falava nada.

    • Cara, vc deve estar de gozação se acha que ninguém aqui se lembra dos anos FHC. O “Fora FHC” NÃO foi invenção do Lula, NÃO foi encampado pelo PT oficialmente e só ocorreu no SEGUNDO mandato de FHC, por causa da privataria explícita e da compra da reeleição.

      E NINGUÉM ia às ruas pedir intervenção militar. Nem falava em matar FHC ou em prender todos os tucanos ou fazer do PSDB um partido ilegal.

      Ninguém foi insultado e agredido nas ruas por usar uma camisa azul.

      Não compare o incomparável e nem tente inventar outra história, pq aqui o pessoal tem memória e não vive na terra da fantasia, como vcs, tucanos.

  • O Professor Hariovalvo tem razão. A “búlgara” não tem como enfrentar essa manifestação, com o povão na rua. Olha a notícia no G1.
    http://g1.globo.com/sao-paulo/natal/sp-encantada/noticia/2014/12/consumidores-lotam-rua-25-de-marco-em-busca-de-presentes-de-natal.html
    A convocação da direita esclarecida tomou conta da 25 de Março. É isso aí, Nada de Av. Paulista. Nem pensar na Rua Oscar Freire. A manifestação foi transferida para essa manhã, na 25 de Março. Um sucesso.
    E essa impresa marrom da Globo dizendo que foi por causa das compras de Natal. Eles querem nos enganar.
    Sabe o que é colocar um milhão nas ruas? Isso não é pra qualquer um. Parece o comício da Diretas Já. Aécio é um líder nato. Vovô Tancredo deve estar orgulhoso.

  • Uma frase escrita em 2010 que está em sintonia com o momento:
    “Em uma democracia de verdade, o confronto de idéias deve ser travado com elegância, tolerância e inteligência, não com uma conduta verdadeiramente bárbara. O país que queremos não será construído com ignorância, covardia e vazão dos mais baixos instintos.” EDUARDO GUIMARÃES (12/04/2010)

  • Reflexao absoutamente correta para este momento.
    Pode ser, porem, que a situacao pode mudar mais adiante se a direita continuar apostando tudo na desestabilizacao.
    O governo, e o PT, tambem nao precisa ser tao passivos quanto estao sendo depois que a eleicao terminou.

  • Marcha convocada por Aécio é fiasco completo

    6 de dezembro de 2014 | 17:58 Autor: Miguel do Rosário

    Em:

    http://tijolaco.com.br/blog/?p=23535

    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

    ****

    *************.

    * . . . . **** . . . . Lei de Mídias Já!!!! **** … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. **** … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  • Estamos na segunda fase (‘não deve tomar posse’) da tristemente famosa citação: “Se for candidato(a), não deve ser eleito(a). Se eleito(a), não deve tomar posse. Se tomar posse, não deve governar”… PSDB-DEM-direita reacionária, quem te faz Cia? Há mais de um ano (desde junho de 2013) tentam derrubar um governo popular legitimamente eleito (e agora reeleito) e ninguém, aparentemente, faz nada para impedir esses crápulas de atuarem nocivamente contra o Brasil, via principalmente ditadura midiática que assola o País.

    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
    “Sonhando” com uma verdadeira e democrática Ley de Medios e postando:
    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

    ****

    *************.

    * . . . . **** . . . . Lei de Mídias Já!!!! **** … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. **** … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

  • Concordo com Edu. Em hipótese nenhuma devemos partir para o confronto com essa minoria. Eles querem é isso. Sabemos que Dilma e Lula tem o apoio do povo. O que a Dilma tem que fazer é saber lidar com a economia, criando empregos e propiciando investimentos para o país. Sabemos que a grande mídia está de olho em nossos movimentos. Por isso todo cuidado é pouco. Essas manifestações tendem a se refluir e cair no ridículo. O importante é que elas não tem apoio da população.

  • Aqui em Recife vários veículos ainda mantêm o adesivo de Dilma . Não podemos entrar no jogo deles ,tudo bem, mas o silêncio incomoda a militância e a todos que votaram e lutaram por essa vitória . A diferença entre o normal e o patológico é uma questão de intensidade. Aecim deveria procurar ajuda médica . O mais nojento é ver que a justiça assim como a mídia se aliou a esse insano.

  • MINHA AVÓ DIZIA: “QUANDO UM NÃO QUER DOIS NÃO BRIGAM!”

    Edu, mais uma vez, você se revela um sábio. Provocações para gerar o caos é a arma dos fascistas para dar o golpe. Dilma que não é boba, com certeza, não vai entrar em um jogo que só interessa à direita.

    Equilíbrio, bom senso e inteligência, são ingredientes necessários para momentos tão delicados como este.

    É preciso resistir, resistir e resistir, e não se descuidar, mas desesperar, jamais.

    Fácil não será, todos sabíamos que o quarto mandato petista não seria digerido pelos conservadores. Mas tudo cansa e esta onda golpista já começa dar sinais de desgaste. Até notáveis, como o global Jó Soares, já começam a condenar os exageros antidemocráticos de Aécio e do seu partido. Acho que isso vai acabar sendo um tiro no pé da oposição derrotada e da mídia que a respalda.

    Melhor arma de Dilma é a indiferença aos gestos tresloucados de Aécio, que desesperadamente busca se autoafirmar como liderança do PSDB, pois teme ser descartado.

    Rejeitado em sua própria casa, Aécio tenta fincar estacas em São Paulo, maior colégio eleitoral do país e espaço vital para suas pretensões políticas em 2018. Esquece-se, no entanto, o senador mineiro, que os tucanos paulistas Serra e Alckmin em hipótese alguma aceitarão um intruso em seus redutos.

    – Aécio, pó pará, porque este papo de impeachment já está enchendo o saco. A prova foi o protesto deste sábado, verdadeiro fiasco.

    O Aético vai ser enforcar na própria corda!

  • Caro Eduardo, Dilma tinha que combater esses caras era através da comunicação, que você e tantos criticam, um partido como o PSDB assumir a bandeira anticorrupção, só prova como o PT foi incompetente no diálogo com a sociedade

  • Edu, é uma frase batida mas realista: ” Enquanto os cães latem, a caravana passa.”. Vc viu a 15 de março hoje? Milhares de pessoas foram as compras e 800 cretinos compareceram á convocação do Aécio.
    Aqui na minha cidade, Pariquera-Açu/SP, que é um ovo, supermercados e lojas lotados, todo mundo já se preparando para as Festas. Acho que vc está certíssimo, deixa essa turma latir, uma hora eles cansam. Dilma vai ser empossada se Deus quiser, vamos tratar de politizar e conscientizar o povão. Vamos usar o Whatsapp e demais redes sociais para divulgar nossas idéias, de boa, na paz.
    As mobilizações pela reforma política vão começar, vamos que vamos!

  • Eduardo. Parabéns por mais essa lição de democracia.
    Sua análise é perfeita. Ação contra reação prejuízos trarão.
    O que eles querem (imagino) é exatamente que haja o confronto, cujo
    terá apoio da mídia que incriminará os nossos companheiros e terá
    apoio dos juízes já conhecidos.
    Esperemos que se desgastem sem o devido respaldo dos seus próprio
    companheiros que já manifestaram a não concordância com os atos
    fascistas.(Akimim, Pirilo, etc).
    Que vença a democracia!

  • “É hora, pois, de manter a cabeça fria. O grupo político que está promovendo esse clima no país é composto por facínoras, hipócritas, capazes de acusar os adversários de corrupção apesar de serem protagonistas de incontáveis escândalos, os quais só conseguem abafar graças ao apoio da mídia corporativa, que lhes proporciona blindagem.”
    Perfeito. Mas, um ministro das Comunicações pseudo mudo é demais. Não confio neste Bernardo. Um ministro mudo se comunicaria melhor, pelos gestos e pela postura.
    Tenho viajado muito, a trabalho. Ontem, apos passar três semanas entre Brasilia e São Paulo, tive a minha bagagem extraviada. O funcionário da companhia aérea descendente de orientais, ao tentar uma inútil justificativa, aproveitou para atacar tudo que está em Brasilia e, papagaiando o PIG, detonou o governo federal e a Dilma. É o que se vê, uma politica de falta de adequada comunicação do governo que leva a maioria esmagadora dos que elegeram a presidenta temerem ataques por usarem quaisquer símbolos políticos associados a sua preferência, democraticamente justa. Os minoritários encurralam e intimidam os majoritários que os venceram. Quem insufla isto? Um PIG venal e uma corriola de nanicos políticos, FHC à testa, inconformado e despeitado, a fazer escola entre os anões tipo Aecio e Aloysios VTNC.
    Não passarão, mas o custo será alto para o deslanche da nação rumo a seu destino. Algo terá que ser feito e para isto, para mostrarem os caminhos, existem os lideres. Até quando Gilmar, abutere patientia nostra?

  • Reparem bem na imagem a cara do “abominável homem dos neves.
    Cara de ódio. Cão raivoso. Faz lembrar os inocentes úteis que pediam a Pilatos que
    soltasse Barrabás. Como um congresso de respeito pode aturar um sujeito com tal índole
    fascista? Num país onde se faz respeitar a constituição, cabe aí a esse déspota a aplicação
    da lei cabível… (completem)

  • Li no site http://www.osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br que a Suiça vai transferir para o Brasil processo da corrupção de trens em SP, o que significa que a justiça brasileira receberá todos os detalhes de todas as contas dos envolvidos e que atualmente estão bloqueadas. Mas adivinha quem vai cuidar desse processo? Ele mesmo, o procurador Rodrigo de Grandis, aquele que engavetou solicitação de ajuda da justiça suiça para concluir processo contra a Alstom. Alguém acredita que ele vai dar prosseguimento ao processo aqui no Brasil? Se fosse um processo envolvendo petistas na certa ele agilizaria tudo mas como é contra o PSDB vai engavetar de novo. Esse procurador Rodrigo de Grandis já deveria estar respondendo por processo disciplinar junto à Corregedoria do MP mas foi salvo pelo ministro do STF, Gilmar Mendes.

  • Que junte Sao Paulo inteiro. Estamos prontos para proteger a Presidenta. AECIO É UM DROGADO. LOBÃO OUTRO.Nao tenhamos medo. Em MG pode andar de PT no carro, na roupa. Ninguém amola. Se ouve a todo instante é FORA PSDB. FORA AÉCIO.

  • não tive o meu comentárioo publicado, vou repeti-lo.

    Edu,
    Poderiamos marcar em lugar e dia diferente, a esquerda e centro esquerda precisa mostrar sua força, não é o caso mais de defender o PT e o Governo, e sim garantir conquistas alcançadas pela militancia de todos setores da esquerda brasileira.

    José Antonio

  • Eu até cheguei a fazer um comentário semelhante no Conversa Afiada, não com toda essa lucidez, mas esse é o caminho – de não entrarmos no jogo sujo do Aécio, FHC, Serra, Gilmar e o PIG, pois é esse é o desejo dessa trupe de golpistas. O silêncio é a melhor solução como arma nessa situação. Veja o que aconteceu com o Collor, como exemplo, não que eu esteja defendendo, porém, todo o momento que ele se defendia na televisão o efeito era contrário. A massa ainda está descansada, mas quando agitada ela se torna uma arma. E é isso que eles querem: a manifestação popular, que ainda não conseguiram em grandes proporções. Se sairmos para defesa, o efeito poderá ser inverso e poderemos agitar um monstro dormente. Nessa situação, a mídia saberá como agir diante de um clamor e manifestação popular, com as suas armadilhas carregadas de enganos e mentiras. Vejamos o caso daqueles que picharam a Veja durante as eleições, o efeito tornou-se contrário e quase colaboram com a queda na eleição de Dilma.

  • Era hora de o governo mostrar que tem o timão sob controle. Mostrar seus feitos, mostrar sua cara, afinal. Travar o bom embate, deixando claro à população que não deve e não teme. A impressão é que estamos acéfalos, que temos um governo acuado. Enfim, acho esta estratégia temerária…

  • Bastou Janot dizer que a Operação Lava Jato estava sendo conduzida por procuradores favoráveis aos tucanos para o PIG começar a intimidar o homem. Esse é o jogo da mídia golpista, agora com sua mais nova aliada a revista Isto É, quem tentar defender o governo vai ficar sob suspeita. Investigação, delação premiada, vazamento só contra membros e autoridades do PT, em caso contrário fica desmoralizado. Veja os casos dos senadores petistas Humberto Costa, Gleisi Hoffman e agora Janot que levantou suspeita sobre a investigação do juiz tucano Sérgio Moro, o novo Joaquim Barbosa, levou fogo. Se Dilma e Lula não partirem para o ataque ninguém mais vai querer defender o governo para depois ser atacado ficar sob suspeita, só os dois podem desmascarar essa farsa montada pelo PIG,

  • AS PERALTICES DE JOSÉ SERRA

    Fonte: http://atarde.uol.com.br/politica/noticias/1644336-serra-diz-que-sugeriu-campinas-no-trem-bala-para-atrasar-projeto

    O senador eleito por São Paulo, José Serra (PSDB), disse considerar “hilariante” o projeto do trem-bala, que ligaria São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas – o projeto foi muito citado na campanha de Dilma Rousseff à Presidência em 2010, quando Serra era o candidato tucano. Em uma apresentação informal a pessoas ligadas ao movimento Onda Azul – que se descreve como um movimento da sociedade civil que propõe atos de filiação coletiva ao PSDB -, Serra afirmou que o caso ilustra a falta de preparo do PT para governar.

    Para a plateia de apoiadores na noite de ontem, Serra disse ter inserido Campinas no traçado do projeto, quando ele ainda era governador de São Paulo e Dilma, ministra da Casa Civil, para atrasar o projeto, que considerava “falido”. O senador disse ainda que o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, de quem era próximo, concordou com sua análise e ajudou a atrasar o andamento da proposta. “Enfiei Campinas logo que veio o projeto. Para quê? Para complicar, verdade, para ganhar tempo. Peguei o Luciano Coutinho, que é o presidente do BNDES, foi meu colega, um sujeito informado, e falei ‘você não vai entrar nessa loucura de trem bala, né?’. Então eu vou propor que o BNDES faça um estudo e você demora. E ele fez mesmo, demorou para burro, sabe? Para ganhar tempo”, disse Serra.

    Questionado pelo Broadcast Político, serviço da Agência Estado de notícias em tempo real, sobre o assunto após o evento, Serra disse que a sua fala ali não era “coisa para levar para jornalista”, mas admitiu que usou estratégias para protelar o projeto do trem-bala, que, segundo ele, demonstrou depois não ter viabilidade econômica. “Na época eu adverti que era uma loucura e que era importante o BNDES fazer um estudo sério, mesmo que isso levasse tempo. Claro que eu imaginava também ganhar tempo, mas o BNDES de fato fez esse estudo.”

    Em resposta ao Broadcast Político a assessoria de imprensa do BNDES afirmou que a informação não procede e disse que “a decisão de incluir Campinas no traçado do trem de alta velocidade foi tomada para atender a demandas da própria região e aproveitar o potencial do aeroporto de Viracopos.”

  • …concordo que não é hora de responder a provocações e cair em armadilhas. Passarinho na muda não canta.
    MAS o silêncio não pode ser longo; aliás esse silêncio – que passa a ideia de complacência e fragilidade – quase tirou da Dilma a reeleição.
    Espero que a dura e contundente resposta venha no máximo até março de 2015, passada a posse, janeiro de novo governo e carnaval.
    Quem apanha, apanha e somente apanha por muito tempo ou cai ou perde por pontos.
    Ninguém vence uma briga apenas apanhado. E o PT precisa entender que a briga não ocorre apenas no dia das eleições de 4 em 4 anos, mas TODO O DIA.

  • Você sugere o que, então? Apanhar calado!!!!!! Discordo frontalmente dessa sua posição passiva, afinal, o Brasil não é São Paulo. Moro em Recife e até ontem mantive meu carro LOTADO DE ADESIVOS DE DILMA SEM QUE JAMAIS OUVISSE SEQUER UMA CARA FEIA AO MEU GESTO(E AI DE QUEM FIZESSE ESSA CARA FEIA!!!) TIREI-O QUANDO QUIS E APENAS POR RAZÕES ESTÉTICAS. O BRASIL NÃO É SÃO PAULO, ALIÁS SÃO PAULO PODE SER TUDO(PARA MIM NÃO PASSA DE UMA CARICATURA MUITO PATÉTICA DOS EUA), MENOS O BRASIL. Se nessa sua terrinha poderia haver confrontos, garanto que na maior parte do Brasil os que apoiam Dilma fariam manifestações sem serem incomodados. Claro que há antipetistas aqui, mas eles ficam no armário(no máximo colocam adesivos contra a Presidenta em seu carros, ainda assim é difícil encontrar carros com esse tipo de a ataque). Bancar o pacifista é que só estimulará a direita a ficar ainda mais afoita(você conhece aquele poema de Maiakovisk?). Nossa reação em conjunto, organizando passeatas de apoio a Dilma em todo o Brasil, é que os deixará amedrontados, acompanhadas por declarações públicas da Presidenta; que tem que para de ficar amedrontada dentro do palácio; chamando A MÍDIA DE GOLPISTA, JUNTAMENTE COM AÉCIO NEVES E O PSDB, E ACUSANDO A POLÍCIA FEDERAL E O MP DE INSTRUMENTALIZAREM A LAVA JATO, ATRAVÉS DO VAZAMENTO ILEGAL DE PARTE SELECIONADAS DE UM PROCESSO QUE ESTÁ EM SEGREDO DE JUSTIÇA. Essa é que tem que ser a postura. É revoltante ouvir de um blogueiro de esquerda a “sugestão” de que devemos ficar calados, como o advogado de um vídeo mostrado aqui; ouvindo insulto de fascista e vendo-os relincharem suas asneiras pela rua. Fascista que falar merda comigo sentirá uma reação pior. Aliás, já discuti com muito fascista no trabalho(o máximo que os daqui fazem é repetir as asneiras da Globo contra o PT)e deixei-os calados, chamando-os de retardado para baixo. A falta de reação foi que garantiu o sucesso do golpe de 64 e também do golpe de 54(afinal Getúlio suicidou-se para impedir um golpe e ainda assim a direita conseguiu voltar ao poder através do vice, Café Filho, durante dois anos antes das eleições). Em ambas as situações era possível reagir, como fez Brizola em 61 com a campanha da legalidade. Temos que ir para a rua, chamando o PSDB de uma corja de ladrões que roubaram este país desde as privatizações; denunciando que Aécio neves é um bandido(cheio de escândalos, que vão da Lista de Furnas até as fraudes na construção do novo Palácio do Governo em Minas)e um drogado; denunciar as fraudes da Globo e seu apoio à ditadura militar; chamar os fascistas que atacam o Governo de fascistas; dizer que a direita quer dar um golpe de estado para entregar o petróleo aos EUA, que estão por trás de tudo isso, desde as “manifestações” dos mauricinhos em junho. É isso que temos que fazer, espero apenas que um comando organizado; se não for o PT, que sejam os movimentos sociais e a mídia alternativa; convoque essas manifestações de apoio à Presidenta para ir à s ruas. Lula não caiu em 2005 porque chamou o povo para lutar; colocamos adesivos “mexeu com Lula, mexeu comigo” e fomos para as ruas. Temos que fazer o mesmo com Dilma e incendiar este país, garanto que juntamos mais gente graças ao apoio dos movimentos sociais. O que não dá é esperar que o golpe aconteça apostando na “legalidade”(como fez Allende no Chile). A verdadeira legalidade é conquistada. Temos que conquistá-la agora e não nos escondermos feitos frouxos. Vamos para o pau contra essa direita. Eles são moles e vão recuar, como fizeram em 2005. Mostremos nossa força nas ruas deste país e deixemos o PSDB e quem o comanda tremendo de medo. Se não agirmos agora, só veremos a direita destruir o Brasil. Devemos articular essa ação o quanto antes., se não quisermos ver o golpe posto em prática pelos fascistas. Não dá para esperar ou para ficar achando que a passividade resolve, passividade é fazer o jogo deles. Se atacarmos eles vão tremer. Vamos mostrar que também sabemos nos organizar.

    • Concordo, este negócio de ser frouxo não é pra mim, tenho 60 anos, é lógico que tenho de evitar certos confrontos físicos, mas é duro ver um bosta dizer impropérios contra sua pessoa e aguentar calado, tenho quase certeza que revido.

    • Caro Eduardo,
      Precisamos SIM fazer o contraponto! Vocês Blogueiros aguerridos talvez não tenham total ciência disso, mas são (junto conosco – comentaristas – militantes nas redes sociais ) os verdadeiros sustentáculos da democracia no status quo vigente no Brasil.
      Imagino que a Inteligetsia do goveno (Dilma à frente, com apoio do LULa) esteja adotando “o prudência e caldo de galinha” conforme tua análise, até o dia da posse, e esperem que a manifestação de apoio de seus eleitores se dê justamente nessa ocasião. Mas o papel dos BLOGUEIROS LIVRES na minha opinião tem que continuar sendo de VANGURDA e de proposição de CONTRAPONTO (imagino o que é morar em São Paulo nesse momento histórico do país e por isso respeito muito sua ponderação)! Todos sabíamos da tese do sangramento desde o FHC (Cerra) contra o Lula. A diferença é que hoje esse “sangramento”ultrapassou o terreno da mídia golpista que publica nas primeiras páginas de seus jornais os factóides, com o intuito de chancelar o discurso anti-PT e anti-corrupção que levaria a um fato justificável diante da opinião internacional, para o pedido do impeachment (tudo feito conforme o manual de golpes brandos da CIA). Além da mídia (PIG) agora eles têm juízes tucanos agindo coma maior desfaçatez ( lembram o que o MORO escreveu para ao voto da Juíza no STF???) E o que tem dito o GILMAR (HC para o DANTAS 2x) sobre o PT e DILMA para sempre a FOLHA? Po causa de uma matéria da Folha o JB deixou o pedido do DIRCEU para trabalhar engavetado por dois meses?? Mais recentemente também promovem as patéticas manifestações minúsculas que nas lentes do PIG ganham a dimensão que precisam para veicular a tese de que há descontentamento do “povo”, como fizeram no Congresso. Isso está parecendo mesmo a poesia do MAIAKOVSKI!!! Eles – a tucanalha – está fazendo o que sempre fizeram, mas nós não podemos/devemos deixá-los sem resposta, sem CONTRAPONTO. Tenho lido posts de BLOGIEIROS AGUERRIDOS desestimulantes!!!??? Se é consenso que o governo deve se comunicar nas próximas horas/dias, porque não pressionam, pedem reunião? Mandam carta: “Nós os blogueiros independentes achamos conveniente isso e aquilo, no lugar de escrever com medo de golpe e pessimismo? Se o cheiro ém mesmo de golpe então está na hora de chamar a militância às ruas sim, pacificamente mas muito ENFATICAMENTE para dizer em alto e bom som: NÃO PASSARÃO! Por isso concordo com outros comentaristas acima sobre agir mais na ofensiva. Nós e os movimentos organizados poderemos fazer o mesmo: sangrar o PSDB e seus pilantras – Está na hora sim de voltar a falar do PRIVATARIA TUCANA, do OPERAÇÃO BANQUEIRO, da compra da reeleição de FFHHCC, por 200mil, do TRENSALÃO paulista, do Rodo Anel, das maracutaias do ARRUDA em Brasília, do Marconi Perilo – CACHOEIRA e Demóstenes / Gilmar Mendes em Goiás, de desmacarar o Gilmar Mendes, dono de um Cursinho ilegal no DF, provável assalariado do DANTAS, que em princípio e por princípios lógicos – não tem nenhuma ISENÇÃO para julgar as contas do PT e da DILMA, visto que é publicamente contra o governo e militante do PSDB – foi indicado pelo FHC). Está na hora de voltar a de divulgar os interesses dos EUA em fragilizar a DILMA enquanto líder dos BRICS, e por conta de terem ficado fora do PRÉ-SA (CHEVRON), atentando sorrateiramente contra a soberania de nosso país e contra os 54 milhões ( seriam no mínimo 60milhões não fosse o GOLPE da VEJA – chegaram a matar o doleiro no dia 26/10, da eleição???)
      Esses senhores, FHC, Serra, Aloysio, aeCIA (Alkimin, não menos vil, não se expõem atualmente porque precisa de dinheiro para hidratar São Paulo e porque é a reserva tática para 2018) todos trabalham pela mesma estratégia a do “sangramento” e vão continuar atacando. Depois da CPI da segurança pública no RS e da CPI dos correios ( mensalão) eles já adquiriram expertise em fragilizar o PT e seus líderes. Sabem que ainda não têm o mesmo coeficiente eleitoral do LULA e agora da DILMA, para ganhar no voto ( graças à consciência política do povo – azeitada dioturnamente pela GLOBOSFERA), por isso lançam mão do judiciário, PF(que vergonha os policiais federais da lava jato do Paraná todos tucanos de carteirinha) Somando-se a isso a briga é feia junto ao empresariado, cuja maioria, em tese, estaria mais propenso a aceitar a eleição e jogar o jogo do segundo mandato da DILMA (deves ter mais informação sobre isso do que eu). No congresso, enquanto o PMDB estiver honrando a parceria o governo segue, tenso, mas com boas chances de avançar. Não entendo porque o Henrique Fontana não enfrenta de uma vez por todas o Cunha e se lança à presidência da câmara, já que a vez agora é do PT?
      Enfim, Eduardo, com todo respeito, gostaria de ver a BLOGOSFERA articulando o que fazer e não se queixando ddo silêncio da DILMA – de uma possível estratégia canja de galinha e prudência? Vamos continuar fazendo o contraponto e parar de jogar na retranca. Vamos sangrar o psdb no imaginário COXINHA. Muitos deles não são psdb e não têm convicção do que fazem e porquê fazem o jogo do anti -PT e do impeachment, ao contrário de nós que conhecemos a história recente de nosso país e NÃO VAMOS DEIXAR PASSAR golpe nenhum! Chega de mártires, Sepé Tiaraju, Tiradentes, Zumbi, Getúlio, Juscelino, Jango, Brizola e ponto. Lula e Dilma estão vivos e precisam de nós VIVOS e atuantes!

  • A ópera do impeachment perto do primeiro grand finale
    DOM, 07/12/2014 – 10:11
    Luis Nassif

    A ópera do impeachment começa a avançar para a primeira semifinal.

    Todos os capítulos convergem para o relatório de Gilmar Mendes sobre as contas de campanha de Dilma Rousseff e do PT – que deverá ser apresentado nos próximos dias.

    São várias linhas de ação, no estilo “joga-para-ver-se-cola”.

    A linha mais próxima é a tentativa de rejeitar as contas de campanha de Dilma e do PT, conforme já antecipado aqui há vários dias.

    Como se recorda, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Antonio Dias Toffoli fez uma manobra que acabou entregando as duas relatorias ao Ministro Gilmar Mendes. O relatório de Gilmar será entregue nos próximos dias.

    Para preparar o terreno, nos últimos dias houve as seguintes manobras:

    1. Hoje a Folha traz uma pesquisa Datafolha segundo a qual 60% dos brasileiros acham que Dilma está envolvida no escândalo.

    2. Já era previsível que começassem as pressões sobre o Ministério Público e o STF (Supremo Tribunal Federal). Na semana passada, Veja esboçou o primeiro ataque, com uma nota sobre supostas negociações do PGR Rodrigo Janot com empreiteiras, visando tirar o governo das suspeitas. Não ousou mais que uma pequena nota que, já na segunda-feira, era repercutida pelo viking Aloyzio Nunes no Senado e se perdeu na balbúrdia da semana. Desde a campanha, a IstoÉ assumiu o papel de linha auxiliar dos quatro grandes. Esta semana fez uma capa sobre o tema. São ataques preventivos visando inibir a atuação do Ministério Público, no caso da operação impeachment deslanchar.

    3. Nas tentativas de inflamar as ruas, até José Serra saiu das sombras para discursar em um comício pró-impeachment, visando suprir a ausência de Aécio Neves. A mídia tratou de transformar os 800 em uma multidão.

    Ventos pró e contra

    Em cima desse vendaval, já tiveram início as manobras oportunistas.

    A Globo é o grupo decisivo nessas jogadas. Na semana passada, Dilma foi visitada por João Roberto Marinho, o mais diplomático dos irmãos Marinho.

    Na sequência, o Jornal Nacional soltou matéria favorável a Dilma, desmentindo nota anterior, nas qual supostamente um dos delatores teria implicado ela e Lula nas operações levantadas pela Lava Jatos,

    Repare que nesse jogo, os fatos pouco importam. Se não tem acordo, sai a versão. Havendo acordo, dá-se o desmentido. E o preclaro Ayres Brito sustenta que a liberdade incondicional de imprensa – inclusive abolindo até o direito de resposta – é pre-condição para o direito do cidadão à informação.

    Ontem, já circulavam notícias de que Dilma deixará para o segundo semestre a questão da regulação econômica da mídia; e não pretende mexer na questão da propriedade cruzada, para não embaralhar demais o meio campo. Pretender regular economicamente a mídia sem mexer na propriedade cruzada é o mesmo que ir a uma ópera com um protetor de ouvidos.

    Nos próximos dias, as movimentações do Congresso e das manchetes de jornal elevarão a temperatura. Depois, caberá a Gilmar Mendes medir a temperatura, para avaliar até onde poderá avançar com seu relatório.

    Conhecendo-se a falta de limites de Gilmar, a probabilidade maior é que vá longe.

  • IstoÉ tenta intimidar PGR e entrega esquema que livrou PSDB paulista
    Sergio Saraiva
    sab, 06/12/2014 – 23:23

    No blog do Nassif: http://jornalggn.com.br/blog/sergio-saraiva/istoe-tenta-intimidar-pgr-e-entrega-esquema-que-livrou-psdb-paulista

    A revista IstoÉ lança mão de ministro do STF para tentar intimidar o Procurador Geral da República a envolver a Presidente Dilma com a Operação Lava Jato.

    Não há como ler de outra maneira a matéria desta semana (06/12/2014) da Revista IstoÉ: “As articulações de Janot que podem livrar o governo”.

    Por ela, não há dúvidas de que Janot estaria tentando proteger Dilma e Lula:

    “Procurador-geral da República … propõe um acordo que impede investigações que possam chegar ao Palácio do Planalto”.

    A intenção é clara, grosseira mesmo, colocar o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, contra a parede. Tenta obriga-lo, a tomar uma medida de força contra a presidente Dilma sob a pena de ser considerado venal.

    No caso do mensalão, a imprensa colocou a faca no pescoço dos ministros do STF e aquele que não condenasse pública e antecipadamente os réus era considerado um ministro que “devia favores ao PT”. Só a condenação poderia provar a “independência” do ministro. A Folha chegou a fazer reportagens comparando Barbosa com Lewandowsk e tentando mostrar que enquanto o primeiro era aplaudido pela população, o segundo era execrado. Acabou em uma carta com um pedido de desculpas a Lewandowsk de um mesário que caiu na lábia de alguns jornalistas.

    Mas, e o caso atual?

    Pela reportagem, ficamos sabendo que Rodrigo Janot teve várias reuniões com representantes das empreiteiras envolvidas na operação Lava Jato que investiga casos de corrupção na Petrobras. Mas de onde a IstoÉ tira tal certeza em relação às intenções de Janot? Não é do conteúdo da matéria, onde, ao contrário, se afirma que não há nada de mais nessas reuniões:

    “… em se tratando de um caso com a alta octanagem que têm as investigações da Operação Lava Jato, as reuniões de Janot com os empreiteiros não poderiam, a princípio, ser tratadas como um pecado. Trata-se de uma prática comum nas democracias mais maduras,…”.

    Tampouco é da proposta de acordo apresentada por Janot aos advogados das empreiteiras:

    ”… Janot… definiu qual o modelo de acordo interessa à Procuradoria:…quer que as empresas, seus diretores e executivos assumam a responsabilidade pelos crimes investigados. Pede que as empresas reconheçam a formação de cartel e que concordem em pagar multas recordes … sugere que na delação premiada sejam feitas menções a políticos de diversos partidos, e não só os da base aliada do governo, e que as empresas abram mão de recorrer aos tribunais superiores”.

    Termos duros, sem dúvida. Janot oferece pouco em troca:

    “… as empreiteiras continuariam a disputar obras públicas e seus dirigentes poderiam cumprir as futuras penas em regime de prisão domiciliar. Os casos dos parlamentares mencionados serão remetidos ao Supremo Tribunal Federal (STF) para investigações posteriores”.

    Onde está, então, a proteção ao Planalto? Bom, aí entra em cena um Ministro do STF que a IstoÉ não revela quem é:

    “Isso é um absurdo. Embora não acredite que seja essa a motivação do procurador, um acordo nesses termos protege o governo de eventuais investigações”, teria dito à ISTOÉ um ministro do STF na tarde da quinta-feira 4/12.

    Por que é absurdo, onde está a proteção?

    “Segundo este ministro, ao admitir a formação de cartel e apontar o nome de parlamentares que teriam se beneficiado, as empreiteiras estariam indiretamente colocando o governo na situação de vítima de um esquema montado pelos empresários e alguns agentes políticos, sem que fosse de seu conhecimento e do qual não obteve nenhuma benesse financeira ou política”.

    Dois atos falhos seriíssimos.

    Primeiro, a Operação Lava Jato destina-se a investigar a corrupção na Petrobras e tão somente. E, mesmo ninguém de fora, em princípio, sabendo do teor das investigações, já há ministro do STF fazendo ilações quanto ao envolvimento da presidência da República. Ou o ministro sabe de coisas das quais ainda não deveria saber, ou faz o papel do sapateiro indo além das próprias tamancas.

    Segundo, o tal ministro deve saber do que fala, pois descreve exatamente como o PSDB paulista livrou a cara no caso do trensalão Siemens-Alston. No inquérito enviado à Justiça Federal alguns dias atrás, a Polícia Federal conclui que houve um cartel, CPTM e Metrô paulistas foram “vítimas” de empresários e funcionários públicos inescrupulosos, nenhum político do PSDB que governa o Estado de São Paulo há 20 anos foi indiciado. Um absurdo? Onde estavam, então, o ministro e a IstoÉ?

    Quem seria ao tal ministro do SFT? Bem, é possível fazer suposições apenas, segundo o gosto ou desconfiança de cada um. Eu creio que cada homem tem um estilo próprio de se expressar. Para alguns, o estilo é quase uma marca registrada. Achei interessante a expressão carregada de indignação “Isso é um absurdo”.

    Joguei no Google “Isso é um absurdo, diz ministro do STF”, para ver quais costumam utilizar-se dessa expressão, encontrei um nome sem maiores dificuldades. Mas eu não sou de acreditar no que leio na internet.

    Já Janot, segundo a Folha, parece saber de onde veio o recado: de uma “imprensa possivelmente instrumentalizada”.

    Mudando do pato para ganso e não saindo da lagoa, a IstoÉ está uma peneira só.

    Pela semelhança de estilos entre os discursos de Aécio Neves e a matéria, “Vergonha! Depois de ser chantageado por decreto, o Congresso demonstra subserviência ao Palácio do Planalto ao aprovar irresponsabilidade fiscal do governo”, é possível que tenhamos encontrado o ghostwriter do senador.

  • Olá Edu,
    Postei no Tijolaço e replico aqui porque achei muito esclarecedora essa matéria do 247:

    “Bilionário manda tirar do ar a página do golpe

    Site vemprarua.org.br, que estava registrado em nome da Fundação Estudar, do bilionário Jorge Paulo Lemann, homem mais rico do Brasil, está agora indisponível; página foi criada por Fabio Tras, diretor-executivo da fundação; indignado, Lemann afirmou que sua entidade é “apolítica”; ontem à noite, senador Aécio Neves (PSDB-MG) convocou protestos nas principais capitais do País, fazendo tabelinha com o movimento “vemprarua”; marcha pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff sofre baixa antes mesmo de começar e Lemann estuda novas providências; vitória da democracia, embora o conteúdo agora esteja sendo direcionado para um domínio fora do País”
    Leia mais em http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/162893/Bilion%C3%A1rio-manda-tirar-do-ar-a-p%C3%A1gina-do-golpe.htm

    Como todo novo conhecimento, esse me trouxe novas dúvidas:
    -desde quando este site está no ar?
    -qual seu teor?
    -um diretor tem autonomia para criar e registrar um site político em nome de uma entidade sem que o patrão saiba e dê seu aval?
    -por que só agora o site sai do ar?
    -será que esse foi um dos motivos que fez com que os caciques do golpe não aparecessem na Paulista?

    MISTÉRIO!!!

  • Caro Eduardo Guimarães, sua matéria esta excelente, mas respostas deverão ser dadas em momentos convenientes, a Revoada das Galinhas Verdes não foi suficiente para impedir o Estado Novo, de alguma forma o povo evoluiu e não quer cair em esparrelas deste tipo e nem entrar em ambiente que leve a um golpe similar ao de 64, o judiciário tem dado mostras que pode apoiar mas também tem resistências.
    O que tem sustentado estas ações tem como base os escândalos na Petrobras, que de forma emblemática, surgiu para afetar as Eleições Presidenciais e se arrasta de forma a causar danos à estabilidade política e ao novo mandato da presidenta Dilma Rousseff, Até o momento contra toda racionalidade possível não ha um único político exercendo mandato que esteja envolvido no escândalo da Petrobras, tudo que se fala são especulações, dai se pode inferir as seguintes indagações: O juiz Moro esta sonegando informações ao STF para reter o processo na sua alçada? Se ele está, como vai ficar a legalidade do processo? Como o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e STF vão agir perante este fatos? Se não esta, porque permitiu que a imprensa vaze informações que não correspondem a verdade? Porque o STF está calado? Pode um juiz determinar que um investigado sob Delação Premiada só relate determinados crimes e não delate os envolvidos? Como um réu que já teve uma chance com a delação premiada volte a delinquir e receba o mesmo direito novamente? Porque todos os envolvido na investigação deste caso sempre tem ligação com o PSDB? Como surgiu a inserção “Dilma e Lula sabiam de tudo” no processo? Como e porquê houve vazamentos seletivos? Especificamente para a revista Veja? Tudo isto vai gerar a nulidade do Processo? Se sim, será que o objetivo é o de legalizar crimes? Se sim, qual a penalidade que os envolvidos na investigação e o juiz terão?. Estas são as perguntas mais óbvias que tem de ser respondidas por nossas instituições judiciárias, se serão ou não, só o futuro dirá, mas estão na mesa, as especulações comuns apenas criam instabilidades politicas que o Judiciário e o Juiz Moro tem a obrigação de não deixar prosperar, se estão deixando é porque tem algum interesse, a impressão é que elas confluem para os interesses do PSDB e do Senador Aécio Neves que insiste num terceiro turno e no golpe à Democracia, felizmente a população não tem atendido a esses apelos, salvo um pequeno grupo de interesses escusos da extrema direita.Estas são algumas indagações que fiz sobre o tema, e demais que estão neste debate, na esperança de dar alguma contribuição, grande abraço.

  • Ah quer dizer que você não pode bancar o pacifista mas os recifenses não petistas tem que ficar dentro do armário. Pode tirar o cavalinho da chuva pois São Paulo faz parte do Brasil mesmo contra a sua vontade. Manifestacoes pacificas são democráticas. E São Paulo sempre foi exemplo disso. Se houve quebra quebra algumas vezes não foi praticado por quem hoje sai às ruas de verde e amarelo e não de vermelho.

  • Trata-se de um filme ruim, a repetir – se como há um tempo atrás, se bem me recordo, na eleição presidencial de 2006,
    2006 sim, aquela em que o grande Lula moeu o sonso coroinha do Pinheirinho e do “Programa São Paulo, lata d água na cabeça”. Refiro-me ao sr. Alckmin, aquele que não moveu uma palha em beneficio de São Paulo e que se reelegeu governador com 15 milhões de votos sem precisar debater com ninguém, bastando-lhe tão somente o PIG a desconstruir e a miniaturizar os seus adversários. Voltando à lembrança, um certo togado de notável saber jurídico, o MAM, de comunicação rebuscada e de difícil compreensão para nós, simples mortais da planície inculta, pretendeu e ameaçou caçar o invertebrado Lula e, portanto cassá-lo, ele que fora eleito com maioria acachapante. Em resumo, com uma unica canetada o safo magistrado pretendia jogar no lixo os votos de quase 60 milhões de eleitores brasileiros!!!
    O filme está a repetir – se hoje, oito anos depois, com o seu congênere Gilmar, coincidentemente guindado à condição de um audacioso todo poderoso do Supremo pelo cidadão de quem se fala ter comprado a própria reeleição. Supremo magistrado a quem outro politico suspeito, adversário politico da candidata reeleita trata intimamente como “meu presidente”.
    Onde chegaremos afinal?

  • Inimigos da própria pátria, isso é o que são os golpistas. Querem o Brasil no buraco, só para satisfazer suas vaidades macabras. Se não gostam do Brasil, por que não se mudam daqui? Garanto que não vão fazer a menor falta. A atmosfera ficará muito mais agradável sem esses indivíduos de energia trevosa.

  • ja passou da hora de declarar guerra ao pig e ao judiciario , esses dois desgraçados estao todo dia sabotando a democracia desde que começaram os governos progressistas. entao ja passou da hora de ir para cima desses dois golpistas desgraçados. quer porque quer o golpe.

  • Concordo plenamente…eles não tem voto, nao tem gente, não tem representatividade…a esperaçna deles é usar a força do PT para criar um contraponto (o anti-petismo)! Agora é sabedoria e maestria e avançar sobre a estrutura economica dos conservadores

Deixe uma resposta