Com 11 anos de atraso, FHC, Aécio, Serra e Alckmin serão investigados

As primeiras denúncias sobre a Lista de Furnas ocorreram em 2005. A lista comprova que FHC, Alckmin, Aécio, Serra e muitos outros tucanos receberam doações em 2002 por facilitarem roubalheira na empresa energética. O PSDB conseguiu prender os denunciantes do escândalo e a Procuradoria Geral da República engavetou o caso. Agora, porém, o MP do Rio é que fez o pedido de investigação à PGR, já que Serra, Alckmin e Aécio têm foro privilegiado. Sem pressão, eles continuarão impunes. Só com grandes atos públicos será possível impedir a mídia tucana e a procuradoria de abafarem de novo o caso.

“Pixuleko” contra Lewandowski e Janot não pode, mas contra Dilma pode?!

A medida do STF contra os bonecos difamatórios de Lewandowski e Janot é vergonhosa. Não por seus motivos, que são absolutamente plausíveis, mas porque mostra que a Justiça usa dois pesos e duas medidas de acordo com a situação política dos cidadãos, das autoridades e das instituições. Se não punirem os pixulekos contra Dilma e Lula, que não punam contra ninguém.

Investida da Lava Jato contra peemedebês é só pra inglês ver

Até aqui, a Lava Jato serviu à corrupção ao afastar a presidente que garantia a continuidade da investigação. Mas como o afastamento dela não é definitivo e a prisão de petistas já não tem o mesmo “charme”, se a operação continuasse parada – como estava desde que a derrubada da presidente se mostrou irreversível – haveria o risco de ela voltar, já que as patuscadas de Temer estão afundando os golpistas. Por isso essa encenação sobre prender golpistas como Aécio, Cunha et caterva

Que o martírio de Lula alimente a nossa luta

Que o martírio de Lula, se se materializar – e rogo aos deuses para que tal não ocorra –, torne-se elixir a nos revigorar no combate à ditadura da “toga” que está se abatendo sobre o Brasil. Que sejamos milhões de Lulas, que sejamos a voz rouca do povo, a voz de Luiz Inácio Lula da Silva. Esperem para ver o que vocês vão armar prendendo Lula. Apenas esperem. Vocês irão se arrepender, golpistas malditos!

Estadão desmente Folha: “Investigação é só sobre Palocci”

Não chegaremos ao exagero de dizer que o jornalismo do Estadão é menos salafrário do que o da Folha, ou menos partidarizado. O Estadão, porém, apesar de todas as mentiras e distorções dos fatos que pública, parece ter um limite para sua falta de vergonha. Já a Folha de São Paulo, não. Vai ficar sustentando essa mentira até quando não tiver mais jeito. Até lá, se ainda não leu vale ler, com todas as letras, o insuspeito Estadão confirmando que a Folha mente sobre Dilma ou sua campanha estarem envolvidas na Lava Jato.

Ministro do STF sugere que faltou investigação contra Aécio

Em resumo, o que diz o ministro Teori Zavascki em seu despacho sobre a lista do procurador-geral da República é que a menção do doleiro Alberto Yousseff a Aécio ter recebido propina de Furnas não se conecta com o foco da Operação Lava Jato (corrupção na Petrobrás) e que, pasme-se, o tucano só não será processado, neste momento, porque faltou investigação contra ele.

Citação de Aécio na Lava Jato mostra que vazamentos são seletivos

A matéria da revista Veja que tentou mudar o rumo da eleição presidencial de 2014 poderia ter contido, também, o nome de Aécio Neves. Aquela capa infame da edição de 24 de outubro de 2014 poderia ter três rostos, o de Dilma, o de Lula e o de Aécio, já que o tucano também havia sido acusado por Yousseff. Aliás, o doleiro o acusado mesmo que a famosa “lista de furnas”, que tem até verbete na Wikipedia. E o pior é que a Folha de SP foi buscar aquela matéria infame de Veja para Aécio não aparecer sozinho sendo acusado por Yousseff.