Se vão igualar Agnelo e Cabral a Perillo, faltam Serra e Kassab

Análise

 

A mídia demo-tucana é viva, há que reconhecer. Está tendo algum sucesso em confundir o público para livrar a cara dos dois principais envolvidos no esquema de Carlinhos Cachoeira: a revista Veja e o governador Marconi Perillo. Globo, Folha, Estadão, Veja e certa “esquerda” vão minando a credibilidade da CPI do Cachoeira com bobagens:

1)      Dizem que estaria sendo “a mais demorada da história” – a investigação começou não faz nem um mês –, como se rapidez fosse sinônimo de apuração séria e apesar de a Comissão ter prazo de 180 dias para funcionar, os quais podem ser prorrogados por mais 180.

2)      Dizem que a CPI está virando “pizza” porque não vai – ou não ia – igualar os governadores Agnelo Queiroz e Sergio Cabral a Marconi Perillo, como se houvesse contra estes um milésimo do que há contra o governador goiano.

3)      Estão popularizando como bordão a frase estúpida do SMS do petista Cândido Vaccarezza de tal forma que até petistas desandaram a repeti-la a cada 30 segundos, ajudando a nivelar Perillo a Agnelo e Cabral.  Veremos essa frase na mídia durante anos, por conta disso.

4)      Agora, a Folha de São Paulo pegou pra Cristo uma assessora de gabinete do presidente da CPI, Vital do Rego, para estigmatizar ainda mais a CPI, o que mostra que a mídia está em busca de elementos contra os investigadores em vez de se interessar pelos verdadeiros investigados.

Tudo isso é pressão, é para não haver convocação da Veja e para deixarem Marconi Perillo em paz. Sem a revista e o governador tucano, a CPI desaba e a mídia sai do processo revigorada, discursando contra quem dirá que quis “ameaçar a imprensa livre”.

Com seu principal governador e o presidente da CPI no olho do furacão, espanta que o PMDB não reaja. Claro que parcela relevante do partido é tucana, mas a maioria não é, tanto que aprovou a aliança com o PT. A mídia, no entanto, está triturando o PMDB e este reluta em reagir.

Vai aqui, então, uma ajudinha à CPI para não se deixar trucidar pela mídia e pela ingenuidade de certa militância dita “de esquerda”.

Se querem igualar Agnelo e Cabral a Perillo apesar de só haver uma ou duas menções inconclusivas contra o primeiro nas escutas da Polícia Federal e de não haver uma mísera menção a Cabral, por que o ex-governador José Serra e o prefeito Gilberto Kassab estão de fora do rol de convocações de aliados do governo federal que a mídia e a oposição exigem?

Vamos refrescar algumas memórias.  A CPI do Cachoeira já teve  acesso a conversas telefônicas gravadas com autorização judicial entre junho do ano passado e janeiro deste ano. As escutas mostram que a construtora Delta foi favorecida por José Serra durante seu mandato de governador e pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

Por exemplo: em janeiro último, Carlinhos Cachoeira telefona para o diretor da Delta Cláudio Abreu e pergunta se ele teria conversado com o então dono da empreiteira, Fernando Cavendish, sobre “O negócio do Kassab”. Em seguida, diz que o prefeito de São Paulo “triplicou o contrato”. Esse fato é de amplo conhecimento dos membros da CPI e do Ministério Público de São Paulo.

Veja, leitor, os diálogos que fizeram o Ministério Público paulista abrir inquérito e que estão sob escrutínio da CPI

 

A Delta começou a atuar em São Paulo em 2005, quando Serra assumiu o comando do município. Naquele momento, os contratos com o governo paulistano somavam R$ 11 milhões. Em 2006, quando Serra deixou a prefeitura e se elegeu governador, os negócios se multiplicaram sem licitação. Em 2010, os R$ 11 milhões já tinham virado R$ 36,4 milhões. Entre 2008 e 2011, a Delta abocanhou R$ 167 milhões em São Paulo.

A CPI e o Ministério Público de São Paulo, porém, estão atentando muito mais para o fato de a Delta ter vencido, ano passado, uma concorrência para limpeza urbana em São Paulo no valor de R$ 1,1 bilhão. O MP abriu inquérito, inclusive, devido à existência de documentos falsos e de um edital aparentemente dirigido.

Se a Delta cometeu essas irregularidades em outros Estados e municípios, precisamos apurar se isso ocorreu também em São Paulo”, diz o promotor Silvio Marques, do Patrimônio Público.

Há muito mais contra Serra e Kassab do que contra Agnelo e Cabral. Por exemplo: em conversa gravada com autorização judicial em agosto do ano passado, um homem identificado como “Jorge” pergunta a Gleyb Ferreira, membro da quadrilha de Cachoeira, se o edital de uma licitação em São Paulo “evoluiu”.

A quadrilha disse que aguardava “Estar com o edital” naquele dia “à tarde” e que Cachoeira queria que os comparsas conversassem com o Heraldo Puccini Neto, representante da Delta na região Sudeste, pois estava conseguindo “Uma prorrogação com o secretário”.

A Polícia Federal garante que o diálogo se refere a uma concorrência de R$ 1,1 bilhão com o governo de São Paulo e que foi vencida pela empresa ligada ao bicheiro.

A Delta também conseguiu negócios suspeitos com o governo do Estado de São Paulo, então sob administração de Serra. Durante o mandato do tucano, a construtora recebeu R$ 664 milhões do governo paulista. O valor corresponde a 83% de todos os 27 convênios firmados pela Delta com o Estado de São Paulo na última década.

A obra sobre a qual se concentram as suspeitas é a de ampliação da Marginal Tietê. Além de  atrasos e falta de compensação ambiental na obra, o valor pago à Delta aumentou 75% após ela ter vencido a licitação. Ou seja: a empreiteira venceu a licitação com preço mais baixo e depois fez um acerto com o governo do Estado para aumentá-lo.

O Ministério Público de São Paulo instaurou Inquérito para apurar a existência de irregularidades na licitação, superfaturamento e conluio entre agentes públicos do governo de São Paulo, mais especificamente por Delson José Amador e Paulo Vieira de Souza, este conhecido como Paulo Preto, que, durante a eleição de 2010, notabilizou-se como um dos arrecadadores de doações eleitorais a Serra.

Paulo Preto e Amador foram alvos da Operação Castelo da Areia, da Polícia Federal, por envolvimento com empreiteiras. Entre os envolvidos da Delta com a aparente negociata com o governo de São Paulo está o diretor da empreiteira para a região Sudeste, Heraldo Puccini Neto, que está foragido após ter a prisão preventiva decretada.

Na disso, porém, saiu em qualquer outro veículo da grande imprensa. Não passa um dia sem que Globo, Folha de São Paulo, Estadão ou Veja equiparem supostas evidências contra Agnelo Queiroz e Sergio Cabral à montanha de evidências que pesa contra Marconi Perillo, mas Serra e Kassab jamais são mencionados.

Aliás, para não ser injusto, há que reconhecer que nem os militantes ditos “de esquerda” que se dizem preocupados com a “blindagem” de Cabral e com o SMS do Vaccarezza têm cobrado que Serra e Kassab sejam nivelados a Perillo como está ocorrendo com os governadores de Brasília e do Rio de Janeiro.

Não ponho a mão no fogo por nenhum desses aí. A Delta celebrou contratos com 21 Estados, com uma imensidão de municípios e até com o governo federal. Apoiarei, portanto, uma CPI da Delta. Acho até necessária. Agora, transformar a CPI do Cachoeira em CPI da Delta ou do SMS do Vaccarezza, é inaceitável. Mas se querem mesmo fazer isso, então vamos chamar todo mundo para depor, desde que esse “todo mundo” envolva Serra e Kassab.

Todavia, essa será a melhor forma de ajudar Veja e Perillo, contra os quais pesam elementos muito mais graves no âmbito das Operações Vegas e Monte Carlo. Para investigar seriamente o esquema Cachoeira, o correto seria focar nos principais envolvidos e deixar os contratos da Delta com todas essas administrações municipais, estaduais e federal para outra investigação.

A recomendação deste blog à parcela da CPMI do Cachoeira que quer apurar alguma coisa, portanto, é a de que comece a cobrar que Serra e Kassab figurem nas cobranças midiáticas que são feitas pelo nivelamento de Cabral e Agnelo a Perillo. É uma afronta a mídia e a oposição esconderem os envolvimentos desses dois com Cachoeira.

  • Marcio Batista Martins

    Os petistas como o Vacarezza poderiam nos livrar de suas trapalhadas não? Não estou aqui discutindo o teor da mensagem, e sim o amadorismo (ou intenção, sei lá) de se deixar filmar sabendo que o PIG tenta todo tipo de jogo sujo.

    • eduguim

      Já sabemos disso, mas dá pra falar de outra coisa um pouco? A sugestão de assunto está no post.

      • André Oliveira

        Se não for levantada essa questão das obras da Delta em São Paulo a CPI realmente fica comprometida. Mas do jeito que tem petista de bico grande e penas azuis e amarelas eu não duvido nada que esse SMS foi de propósito, pois, (PQP!), como é que um cara safo como o Vacarezza dá uma dessas sabendo que as câmeras estão logo atrás dele. Tem muito petista doido para essa CPI esvaziar o pneu e o estepe no meio do nada. A do Banestado foi a mesma coisa.

        • Adir Tavares

          Esse Vaccarezza é da bancada do bingo, verdadeiro mão do gato no PT, um sete um!

      • Remindo Sauim

        Caro Edu, a respeito da mensagem fotografada do Vacarezza, não é crime interceptar correspondência alheia?

        • eduguim

          Seria se tivessem interceptado o SMS, mas foi exibido em público. A pessoa não pode fazer coisas assim em público e depois dizer que foi espionada. Ele estava no plenário

          • Reinaldo

            Código Penal:

            Art. 151 – Devassar indevidamente o conteúdo de correspondência fechada, dirigida a outrem:
            Pena – detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.

            § 1º – Na mesma pena incorre:

            II – quem indevidamente divulga, transmite a outrem ou utiliza abusivamente comunicação telegráfica ou radioelétrica dirigida a terceiro, ou conversação telefônica entre outras pessoas;

          • Remindo Sauim

            Acho que o Reinaldo está certo.

          • Edu, eu tbm pensava assim, mas começo a ter dúvidas depois de pensar um pouco no assunto.

            A questão não é exatamente o local onde se lê as mensagens, mas sim a expectativa da privacidade.

            Falar no celular em público é uma coisa. A voz se propaga e todos sabemos disso e esperamos que alguém mais ouça o que dizemos.

            Sussurrar em público é algo diferente. Estamos tomando uma medida pra dificultar que outras pessoas ouçam o que dizemos. Pra alguém ouvir, é necessário que ajam de alguma forma com o intuito de ouvir o que não queremos que ela ouça.

            Acho que o SMS é um sussurro. A telinha do celular é pequena, as letras, menores ainda, nós mesmos mal conseguimos lê-la a pouca distância e, portanto, não esperamos que outra pessoa, mais afastada, a leia mesmo sem querer.

            Na verdade, para o repórter ler aquelas imagens, precisou usar do zoom. É o mesmo que estar na rua e usar uma teleobjetiva pra captar o que se passa dentro da casa de alguém, pela janela. O fato do invasor estar em local público não muda nada, pois a pessoa esperava privacidade e ele agiu conscientemente pra negá-la a ele.

            Quem lê um SMS em público tbm espera alguma privacidade. Esperamos que quem esteja ao nosso lado possa lê-lo, mas não quem está a nossa frente, ou metros atrás, assim como não esperamos que alguém veja o que se passa em nossa casa através da janela, a menos que a janela dê para a rua.

            A regra, aí, é simples: se vc pode ver, vc pode fotografar, da mesma forma que se vc pode ouvir, vc pode gravar.

            Mas, da mesma forma que a utilização de um microfone direcional pra ouvir conversa alheia é invasão de privacidade, o uso de uma teleobjetiva, pelo mesmo motivo, também é.

            Estou tendendo mas e mais pela invasão, sinceramente.

        • Davina

          hahahahahahahahahahahahah

          Só no Brasil os ratos colocam a culpa no queijo “by Millôr”

          hahahahahaha

          • Que dizer, tipo a Veja, o DEM e o PSDB tentando culpar o PT pelo Cachoeira ter se aliado a eles?

            É verdade.

            Agora, dizer que um aliado que licitamente reafirma a própria lealdade é um rato, apenas prova que o rato é vc mesmo…

          • Cirico

            Não estou entendendo essa estória.
            Quer dizer que se você disser algo em público, só porque foi uma burrada, não pode se divulgado?
            O que resta ao Vacareza é desdizer o dito. Agora, demos acreditar no desdito à luz do dia ou no dito às escondidas
            A verdade é que ele quer blindar um aliado, e daí?
            Não iria ele querer blindar um adversário, não é mesmo?

          • Haroldo Mourão Cunha

            Davina, Millor disse isso a quanto tempo? Acho que bem antes do PT, SMS, etc. existirem, ou seja, essa nossa imprensa é um atentado a democracia desde sempre!!!

          • Cirico, o Vacareza não disse nada. Ele escreveu no celular. Quem fala em público, o faz para que outros ouçam e não pode reclamar privacidade. Mas e quem escreve num celular? Eu sinceramente não espero que leiam o que estou escrevendo no meu. E vc?

      • Antonio Moreira

        Não se pode esquecer do governador tucano do Tocantins, beneficiário de uma fortuna de mais R$ 4 milhões do grupo Cachoeira.

    • Davina

      Traduzindo: Pode fazer a falcatrua, mas não seja apanhado, e se for negue, todos os simpatizantes do Partido da Trambicagem (PT) irão te dar apoio.

      Ninguém questiona o teor da mensagem do Vaca, aliás poderia ser muito pior… Só que o mané não poderia ter dado mole…
      Roube mas roube bem roubado, e não esqueça da contribuição pro PT (dízimo da roubalheira)
      PT=PMDB=DEM=PSDB=shit

      • Haroldo Mourão Cunha

        Que troll mais patético é esse que tu arrumou, Edu? Aliás, depois do que o Gerson escreveu, o Davina aqui á até um refresco. Esse um tá normal, aquele… não sei, você o conhece, eu não!!

      • Spok da Silva

        Davina,

        Você deve fazer parte daqueles 4% de descerebrados que fazem dos textos de pittbull Reinaldo Azevedo sua bíblia. Daí esse linguajar de lavadeira de beija de rio e esse ódio insano contra o que não conhece. Pegue o ranking de cassados pelo TSE e você vai ver que o PT está lá na rabada em número de punidos, enquanto tucanos e demos encabeçam a lista. Você tem todo direito de votar nessa gente, mas lembre-se: ser burra não é opção, você já nasceu assim.

        • Haroldo Mourão Cunha

          É o que dá somente agora ter sido votado, pelo STF, a questão dos anencélos, se bem que esse cara representa mais os bucéfalos!!!!

          • Haroldo Mourão Cunha

            digo: anencéfalos…

  • ivete

    Eduardo, seu site está bloqueado pelos buscadores oficiais. Consegui, através do buscador de imagens , que acabou caindo no blog.
    Forte abraço, parabéns pelo excelente trabalho, sou sua leitora assídua.
    Que Deus proteja você e sua linda família.
    Ivete

    • eduguim

      Estou tratando de resolver o problema. Agora está normal.

  • Valerio Santiago

    Eu já disse que a direita pode ser tudo,cruel,insensivel,gananciosa,egoista,desonesta,preconceiuosa etc etc.mas não é idiota.

    • Pedro Soto

      Nem um pouco.
      Olhem só a programação da TV Globo. Tudo light, bem arrumadinho, “simpático”, “agradável”, 90% do que apresentam qualquer anjo assinaria embaixo. Mas quando você menos espera aí vem o golpe baixo nos telejornais: a saúde no país é uma droga, corrupção por todo o lado (só no governo federal, é claro), estradas esburacadas, infraestrutura abandonada, indústria em crise, desemprego, etc., etc., etc.
      Eles não batem prego sem estopa. Só pensam numa coisa: devolver o poder à direitalha neoliberal.

      • Valerio Santiago

        Pedro veja essa do Eduguim corroborando o que nós dissemos – :Oposicionistas desqualificam os trabalhos da Comissão, põem governistas sob suspeita de manipulação e falam em “despolitizar” os trabalhos enquanto agem como se o governo e o PT estivessem no banco dos réus a despeito de que, até agora, os principais envolvidos no escândalo são demos e tucanos.( E o pior é que o PT tá entrando nessa).

        Responder

  • Scan

    Edu, desde o início achei que, se apertasse, a coisa ia estourar pro lado do SSerra, isso sem ter ainda qualquer informação dos contratos da Delta em São Paulo.
    Esse sujeito tá metido em tudo quanto é bandalheira nesse país. Ele e/ou seus laranjas, filha, genro, familiares e amigos em geral.
    Sempre tem um com merda até o pescoço torcendo, com apoio do PIG, pra não fazerem ondinha.
    Tenho fé que essa CPMI vá, sim, chegar a bom termo e que pela primeira vez nesse país, veremos desnudada a cáfila que representa o PSDB, DEM e assemelhados.
    E, infelizmente, você tem razão: tenho visto alguns “petistas” jogando a toalha e amaldiçoando a CPI, que mal começou, e falando, diuturnamente, em pizza.
    Forte abraço.

    • Décio – Atibaia/SP

      Scan, o que acharia, se um juiz uruguaio fosse escalado pela Conmebol, para apitar a final da Libertadores, entre o Peñarol e seu time?
      Bem a julgar pela sua opinião, de que a CPMI vai ser levada a bom termo, a despeito do advogado do Cachoeira ser o Marcio Tomas Bastos, ex-ministro do Lula, e o Kakay, advogado do também ex-ministro Zé Dirceu estar defendendo o senador Demóstenes Torres, você deve achar normal, “né mermo”?

      • Elke di Barros

        Nossa, agora o profissional tem que escolher quem deve atender:
        O obstetra: não vou fazer o parto dessa mulher porque ela é psolista.
        O odontólogo: não vou obturar esse dente de tucano.
        O padeiro: não vou fazer pães para petista.

        O ex-ministro Márcio Thomaz Bastos é ADVOGADO CRIMINALISTA, ele portanto defende CRIMINOSOS. E foi contratado, e tem o direito de defender a quem quiser e o pagar para tal. Pense um pouquinho, papagaio da Veja/Globo.

        • Virgilio

          Pra mim, o Thomaz Bastos é mais um Criminalista Advogado que Advogado Criminalista. Simples assim.

          • Não há prova maior de profissionalismo para um advogado do que defender alguém que não gosta, ou da acusação de um crime que abomina. Colocar as próprias convicções e interesses de lado pra exercer uma profissão é NOBREZA.

            Mas, pra vcs, profissionalismo virou imoralidade.

            Fazer o quê?

        • Décio – Atibaia/SP

          Hahahahaha…..ce não entende nada de futebol

      • Scan

        “Escalado” significa que um órgão dirigente o impôs a mim, certo?
        No caso em tela, minha doce cavalgadura, qual foi o órgão que me impôs os dois advogados? Eles foram escolhidos livremente pelos réus, conforme rezam as liberdades democráticas (que certamente lhe são estranhas).
        O sr. é daqueles que, num julgamento, dirige suas mágoas contra o advogado, não contra o querelante. Típico de gente meio burrinha.
        Nada tenho, portanto, contra os dois advogados.
        Se o sr., como Catão de Atibaia, deseja de mim um juízo de valores, afianço-lhe que, se colocado na situação deles, não sujaria minhas mãos. Mas isso é cá comigo.
        Portanto, caro trollxa, acho “mermo” absolutamente normal a situação.

        PS – Causa-me estranheza que o sr., tendo a idade que tem, ainda apresente um comportamento de uma criança de 12 anos desusadamente estúpida.

        • Décio – Atibaia/SP

          Talvez não saiba, mas, quando se atinge 61, os japoneses comemoram o início do retorno à infância.
          Tô chegando lá.
          E, quanto ao assunto que interessa, não há nada de ilegal, na contratação dos advogados, é certo, mas, aposto meu salário, contra o seu, de que tem dedo indicador de petistas pesadões nessa parada, ou você tem alguma dúvida de que, se jogarem merda no ventilador, não vai sobrar pra muita gente da base governista?
          Humpf….como se o Cabral não indicasse isso, dadas suas ligações com o Cavendish!!!!!!!

          • Haroldo Mourão Cunha

            Criança mal criada!!! Se não fosso o ECA, levava umas palmadinhas no popo, ai,ai,ai!!!

          • Caraca, não tem dedo nenhum. Tem é 15 MILHÕES de reais de honorários!

            Engraçado como vc supõe a existência de “dedos” quando lhe interessa, mas quando está provado que há uma ligação direta do Cachoeira com a Veja, vc a nega.

            E qual a ligação do Cabral com Cavendish? Um almoço em público? Respirar o mesmo ar? O branco dos olhos?

            Enquanto isso, Poli, que trocava figurinha com Cachoeira é “mocinho”, mas Cabral é “bandido”…

            E o que dizer do contrato bilionário da Delta com a cidade de SP? Aí vc não supõe nada, não?

            Pior, dada a ligação explícita com a Veja, o DEM e o PSDB, vc não “supõe” o dedo da imprensa ou de tucano e demo, que são quem mais perderiam com tudo isso, não é mesmo?

            Suas suposições são tão seletivas quanto sua indignação. E vc ainda quer ser levado a sério!

          • Scan

            A aposta é, como tudo que o sr. propõe, uma tolice.
            O sr. tem como provar o que disse? Tem indícios?
            Não, claro que não.
            Portanto, o senhor quer apostar ancorado apenas em suas crenças. Estas, por mais estapafúrdias que sejam, o sr. há de concordar que me será impossível refutá-las logicamente: se o sr. tem uma fé inquebrantável na existência de mulas sem cabeças, eu jamais poderia provar a não existência delas, mesmo tratando-se de uma impossibilidade biológica.
            Assim, melhor seria se o sr. comprometesse seu salário em algo mais mais útil e tangível.

          • Fernanda Paiva

            Eu tenho uma frase que considero lapidar (e viva! eu mesma a criei).
            Néscio não escolhe ventre nem lugar para nascer.
            A cidade de Atibaia com certeza não foge a regra.
            Evidente que uma boa parte desta cidade, ou a maioria, deve ser composta de bons e ordeiros cidadãos.
            Mas há exceções.
            Aqui temos a prova de uma.

      • Pela sua “lógica”, então nenhum membro do PSDB ou do DEM poderia fazer parte da CPI, já que vão investigar e julgar politicamente um cara ligado ao DEM.

        Ou será que o advogado é quem julga, na sua cabeça???

        • Décio – Atibaia/SP

          Pierri, deixe de safadeza, cara.
          A namorada do filho do Cabral morreu num acidente de helicóptero, em que o Cavendish não morreu, junto, por falta de banco no dito cujo.
          E eu nunca defendi a Veja, o teu raciocínio hepático é que te fez ver isso.
          Se o Policarpo, e a tia dele tiverem que sentar no banco dos réus, que sentem.

          • Décio – Atibaia/SP

            Scan, é sério.
            Tem um cientista, um tal João Magueijo, que, na tentativa de explicar a teoria do BigBang, descreveu a seguinte situação: num cano, por um lado, entra um rato, pelo outro, um gato, e, após um pequeno período, ouve-se um “nhac”.
            Você precisaria ter estado lá dentro, para saber o que aconteceu lá dentro?

          • Primeiro, o único safado aqui é vc, que é capaz de acusar alguém de assassinato sem nenhuma prova e gratuitamente, apenas por despeito e ódio. É hipocrisia pura vc chamar qualquer um de safado, ou reclamar de ilícitos alheios, pois vc sente orgulho de cometer um crime.

            Segundo, eu cansei de assistir essa chamada no Discovery. E sua analogia furada apenas prova que vc não a entendeu. Nem a analogia, nem a razão dela.

            Comparar a investigação do Big Bang com a investigação de um fato contemporâneo é tão absurda que nem vou perder mais tempo com isso. Perdeste apenas mais uma oportunidade de ficar calado e não deixar transparecer sua ignorância, mais nada.

  • Gerald

    Abre o teu olho, Eduardo, eu acho que tem alguém atacando o teu blog. Tem horas que não se consegue acessar de jeito nenhum. Será que é só a audiência que está tão alta assim? Se você tem algum amigo da informática, pede pra verificar se o blog não foi vítima de nenhum DoS (Denial of service), ou ataque de negação de serviço.

    Abraços,

    PS: não publique isso.

  • Emília

    Eduardo, a promiscuidade e a farra com o dinheiro público, acredito eu, acontece em todo o território brasileiro. Procuro acompanhar pelo Portal da Transparência do Tribunal de Contas dos Municípios, e lá encontro prestação de contas aprovadas, de obras concluídas, e que não foram nem iniciadas. E isso em um município pequeno como o meu, imagine o que acontece com municípios como São Paulo. O que venho descobrindo do prefeito da minha cidade, que eu votei, diga-se, é tão estarrecedor, que estou deprimida e me sentindo traída por pessoas conhecidas e que acreditava serem honestas. Imagine o que não fazem pessoas eleitas para administrar muito dinheiro de pessoas que você nunca viu na vida, como São Paulo?

  • @shinoda_lucas

    Oi

  • Nada de novo no front.O mundo gira,a Lusitana roda mas o PIG continua o mesmo.

  • antonio carlos martins

    Força Edu!!! estavamos preocupados com seu b log….esperamos que tudo ok, agora!!!

    • Pedro Soto

      Também fiquei dois dias sem acesso ao seu blog, Eduardo.

  • Décio – Atibaia/SP

    OFF TOPIC
    Na greve dos metroviários, os ditos cujos pediam aumento, em números aproximados, de 16%, o Metrô oferecia 6%, e no mesmo dia, depois de transformar a cidade de São Paulo num inferno, os caras aceitaram 6,17%, com aumento real de 1,algumacoisa%, e a greve acabou.
    Moral da história: greve absolutamente política, promovida por quem quer entregar a cidade de São Paulo ao PT, não importa de que maneira. É o clássico, “o fim justifica os meios”.
    E a pergunta que não quer calar:
    Edu, até que ponto você está envolvido nessa greve?
    Aquela exortação pelo voto no PT, feita por você, naquele episódio que relatou, em que estava feito sardinha enlatada, no Metrô, tem relação com a greve?

    • Décio, eu torço para que São Paulo continue com o psdb, se esta é a vontade vocês. E continuem no caminho do progresso.

      • Décio – Atibaia/SP

        Legal, EdiSilva, torço por isso, afinal, progredindo São Paulo, da maneira que sugere, cada dia vai ficar melhor, não é mesmo?
        E você já trocou um carro velho, por um outro carro velho?
        É assim: você troca uma porcaria que conhece, por outra, que não conhece e que pode ser pior.
        Então, a mesma coisa é trocar de partido, portanto, até por questões pragmáticas de auto preservação, prefiro seguir sem guinadas.
        Pode me xingar de “reaça”.

        • Reaça é pouco. Vc é burro mesmo.

          E muito.

          A possibilidade de piorar não é desculpa pro comodismo. A ÚNICA forma 100% certa de não melhorar é deixar como está.

          Qualquer pessoa inteligente pula fora de um barco que está pegando fogo, mesmo que possa se afogar. Pelo menos, há a possibilidade de ela se salvar, contra a certeza de morrer queimado.

    • 1 – Os seus números estão furados, a proposta aceita pelos metroviários era significativamente melhor que a oferecida inicuialmente pelo governo. Melhorou o aumento em sí, o vale refeição e o vale alimentação, em termos especificamente salariais a greve compensou. Seria melhor questionar por que o governo do estado conseguiu melhorar tanto a oferta dele em um só dia? Então estavam mentindo quando diziam que a oferta anterior era o máximo possível?

      2 – O sindicato dos metroviários é ligado ao PSTU, que é um partido de oposição que critica ferozmente o PT e chega a se alair ao PSDB contra o governo federal. Não tem sentido dizer que esse partido iria manipular o sindicato para proteger um partido que el combate ferozmente.

      3 – Os trabalhadores do metrõ não são burros para aceitar manipulação política na hora de discutir seu salário.

      4 – a greve acabou em um único dia, se tivesse conotação política teria que haver a recusa da oferta do governo do estado e o prolongamento por alguns dias. A greve acabou porque os metroviários conseguiram um aumento melhor. Isso não é greve política é discussão salarial.

      5 – O governo do estado e a prefeitura (Kassab está apoiando o candidato do PSDB) perderam uma grande oportunidade de demonstrar competência, acionando um plano de contingência que reduzisse o prejuízo para a população. Em vez disso fizeram o contrário, demonstraram descaso, incompetência e chegaram a reprimir com violência os protestos de usuários do metrô.

      Os tucanos são sempre assim, fogem de suas responsabilidades e escondem sua incompetência acusando os outros por fatos que eles mesmos provocaram.

      • Ruy, para saber tudo o que você disse, a pessoa tem que ler mais que as manchetes do PIG ou o radar on line, do Cachoeira.
        Você está exigindo demais.

        • Lúcia Adélia

          KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, EdiSilva é isso mesmo, oh coitado do Décio

      • Décio – Atibaia/SP

        Ô, Ruy, a greve teve o intuito específico de influenciar a opinião pública, visando as eleições municipais desse ano. A “trombada” entre os trens do metrô, dias atrás, veio a calhar, diga-se de passagem.
        Mas, vá acreditando em papai noel, vai.

        • Ou seja, nenhum dos argumentos do Ruy são válidos simplesmente pq VOCÊ ESTÁ DIZENDO e ponto.

          Sua ideia de “debate” é bater o pé e fazer pirraça, mais nada.

          • Décio – Atibaia/SP

            Pierri, parece que você não sabe o que é negociar!
            Você pede 10 pilas por um bem, um suposto interessado oferece 3, e você aceita 4, no minuto seguinte.
            Você tem alguma coisa, um carro, uma casa, pra me vender?

          • Novamente, é pq vc quer que seja.

            A proposta inicial era inferior à que foi aceita. Se a que foi aceita era uma proposta ruim, é o fim da greve que foi política – ou seja, o comando pelegou, aceitando uma proposta ruim só pra salvar a cara do patrão.

            Se era uma proposta razoável, a greve não era política, e eles conseguiram o que queriam.

            A única explicação que não explica absolutamente nada, e que não tem mérito algum, é dizer que uma greve que terminou rapidamente com a aceitação de uma proposta, seja ela boa ou ruim, tinha motivação puramente eleitoreira. E isso pq greves políticas não terminam no dia seguinte, haja proposta boa ou não, pois o objetivo, obviamente, é “político”.

            Mas vc é incapaz de ver o óbvio, simplesmente pq NÃO QUER vê-lo. Na verdade, pra vc tanto faz se era política ou não, o que lhe interessa é propagar a ideia de que foi e danem-se os fatos e a lógica.

        • Fernanda Paiva

          Repito a frase de antes.
          Néscio não escolhe ventre nem lugar para nascer.
          Inclusive em Atibaia, Décio.
          Eu sei de onde você extrai os seus petardos (pelo menos é o que você, na sua completa ignorância, supõe que sejam).
          Lá do saite do “lixo”, da coluna do “pedófilo das palavras”.
          Pedófilo das palavras, Fernanda?
          Como definir alguém que abusa (sem trocadilho) com seus textos de mente de inocentes?
          Ou que com seus conceitos e definições (profundos como um pires) penetra (novamente, sem trocadilho) em intelectos infantis?
          Décio é um baba-ovo de reinaldo azevedo (em minúsculas mesmo).

          • Décio – Atibaia/SP

            Fernanda, para que saiba, nasci em São Paulo, num bairro vizinho ao Paraíso, onde nasceu o Edu, e aí vivi, por exatos 56 anos e 5 dias.

        • Emília

          Décio, é por pensar que consegue manipular a opinião pública que o PSDB perde todas. E você está no mesmo caminho. Ninguém consegue enganar a todos o tempo todo, meu caro, muito menos a “opinião pública”, que vocês não sabe nem quem são, pois com certeza não é o PIG, nem os demotucanos. Essa história de “opinião pública” e a mesma coisa de “estão falando” ou “a língua do povo”. Expressões que serve para alguém opinar sem se identificar usando os outros. Resumindo: FOFOQUEIROS!

    • Serrote

      Sr. Decio,
      Já participei de muitas greves de bancários, por mais de vinte anos. Ninguém é ingênuo o suficiente para acreditar que vai obter o que está pedindo inicialmente, sabendo que a propostado empregador sempre será menor. Se esta é de uns 4%, é porque está disposto a conceder mais e, se a categoria pretende obter uns 6% ou 7%, com certeza apresentará uma reivindicação de 15% ou mesmo de 20%. Isso é normal e só se relaciona com a política na medida em que todas as greves são parcialmente políticas. Os empregados, basicamente preocupados com suas questões salariais e de condições de trabalho, não se deixam levar por greves por motivo político, ao contrário, sendo pessoas de certo nível de instrução resistem a esse tipo de manipulação com todas as forças, ninguém está interessado em perder seu emprego por causa da eleição para prefeito, governador ou até para presidente. Isso é uma ilusão de pessoas que não conhecem o universo das negociações salariais do ponto de vista dos empregados. Pode perguntar a qualquer bancário ou metroviário desvinculado da militância sindical que ele lhe confirmará o que estou dizendo.

      • Décio – Atibaia/SP

        Ah, é, é!
        Que nos convençam dessa sua teoria, os professores da rede pública, que amam o Alckimin de paixão.

        • Serrote

          Qual teoria?

    • Lúcia Adélia

      VIVA OS TUCANALHAS E OS IDIOTAS QUE VOTAM NELES, AINDA BEM QUE NO BRASIL TUCANALHAS NUNCA MAIS

      • Décio – Atibaia/SP

        Quem cospe pra cima, já sabe.

    • Se a greve fosse política, sua anta, não teria acabado. Que interesse haveria numa greve política de um dia???

      Vai aprender a pensar.

      Aliás, não sei pq o Edu ainda o tolera por aqui. Além de acusar o governador do RJ de ter assassinado a namorada do filho, vc ainda tem a cara de pau de acusar o Edu de estar envolvido com graves políticas que só existem na sua cabeça doente.

      Edu, não deixe o ar desse blog ser poluído por criminosos como esse Décio. Afinal, acusar alguém de um crime sem nenhuma prova é crime e NÃO é exercício da liberdade de expressão, mas abuso ilícito da mesma.

      Os outros trolls são apenas cínicos e sem-vergonha, mas esse é um cara tão desesperado pra aparecer que não tem escrúpulos em cometer crimes pra fazê-lo. Não acrescenta absolutamente nada ao blog, e ainda pode te colocar em problemas, já que és responsável (absurdamente, diga-se, mas é a lei) pelo que ele escreve, e se ele calunia alguém, é mais fácil ele se safar – pois é um anônimo – do que vc, que todos conhecem.

      • Décio – Atibaia/SP

        Menino Pierri, o objetivo era estragar a foto do Kassab e do Alckmin, perante a opinião pública da cidade, neste ano de eleições municipais.
        Apenas um dia, foi mais do que suficiente.

        • Décio – Atibaia/SP

          O que!, eu acusei alguém?
          Deixe de ser ridículo, Pierri.
          Sobre o Cabral, eu apenas relatei um fato, e, sobre o Edu, eu fiz uma pergunta.

          • E além de reaça e burro, ainda é cara de pau o suficiente pra dizer que “não acusou ninguém” e só “apontou um fato”.

            Vê se cresce, meu caro. Não sei qual a sua idade, e não acredito em suas afirmações dada a sua falta de escrúpulos, mas a sua idade mental é de 10 anos, em face dos seus argumentos infantis. Aliás, se vc realmente tem a idade que diz ter, deveria sentir vergonha de se rebaixar tanto.

            Sua idade não se orgulha de vc, meu caro. Até pra ser cínico é preciso um pouco de talento e inteligência…

            Reforço minha sugestão ao Edu para bani-lo. Suas acusações criminosas ainda vão causar problemas pra ele. E sua falta de vergonha na cara polui esse espaço. Discordar e falar besteira é direito de todo mundo, mas acusar alguém de assassinato e outro de sabotagem, com a cara de pau de dizer que “não acusou ninguém” não é direito de ninguém.

          • Décio, sua cara de pau não conhece limites, não é mesmo?

            Vc diz, agora que “E eu nunca disse que você disse, que o Haddad transformaria, se eleito, São Paulo numa Monte Carlo.”

            MAs eis o que vc realmente escreveu: “Hahahahaha…..você é que acredita que, se São Paulo e sua capital elegerem o PT pra comandá-las, vão virar uma……Monte Carlo!!!!”

            E isso no comentário que eu respondi e que vc agora retruca.

            Cara de pau é pouco. Mentiroso descarado, mesmo.

            Mais, folgo em saber que vc não é fã do politicamente correto. É um bom sinal para o politicamente correto, na verdade.

            E fico contente de ver que vc confirma que eu estava correto: vc tem preconceito contra o Nordeste. Não me venha com desculpinhas, pois todo racista – e os discriminadores em geral, como vc nesse caso – sempre tem uma desculpa esfarrapada, fuleira, hipócrita pra dar como “razão” de sua discriminação.

            É sempre um ato ou uma característica isolada que é elevada à enésima potência e generalizada, a “justificar” o ódio que sentem. Mas esse ódio não precisa de razão alguma, e sobrevive aos fatos, às contestações conclusivas e cogentes da desculpa furada.

            Neste caso, a desculpa escolhida é “estar pior” – algo absolutamente subjetivo e negado pelo fato de que a migração está ocorrendo ao contrário, do Sul/Sudeste para o Nordeste (o que, evidentemente, não ocorreria se estivesse realmente “pior”).

            E note a sua escolha de palavras, um verdadeiro lapso freudiano. Em vez de “estar melhor” – o que denotaria uma situação transiente, temporária -, vc diz “É MELHOR” – denotando uma diferença essencial, perene. Preciso desenhar como isso revela o que vc realmente pensa muito melhor do que todas as desculpas vazias que vc deu?

            Enfim, está claro que vc realmente não gosta do Nordeste, além de não conhecê-lo. Aliás, gostaria de saber onde foi que eu escrevi que todos os paulistas não gostam do Nordeste (e antes que vc venha mentir de novo dizendo que não foi oque vc falou, transcrevo suas próprias palavras: “Pense antes de retrucar, e vir com essa conversa mole de que paulista não gosta de nordestino.”

            Retornando agora ao assunto sendo discutido, do qual vc desavergonhadamente fugiu com esse monte de bobeiras, eu demonstrei que vc acusou, sim, o Cabral de assassinato, e o Edu de envolvimento com uma greve política, mesmo sem ter nenhuma prova, ao contrário do que vc afirmou (mais uma vez, de forma desavergonhada).

            Pelo jeito, “vergonha” é um conceito que vc desconhece por completo, ou não insistiria em dizer que não disse o que está documentado poucas linhas acima… Vc está querendo bater algum recorde de sem-vergonhice? Ou ganhar algum tipo de campeonato trollistico?

            Ou vc é assim mesmo, um mentiroso patológico e orgulhoso disso?

        • Mas que excelente imagem eles tinham, então, pra ser manchada com uma greve de um dia, hein?!

          Ah, vai plantar coquinho. Vc não sente vergonha em apresentar um “argumento” tão furado assim? Aposto que meu sobrinho de 11 anos conseguiria se sair melhor pra tentar explicar o inexplicável.

          • Décio – Atibaia/SP

            Hahahahaha…..você é que acredita que, se São Paulo e sua capital elegerem o PT pra comandá-las, vão virar uma……Monte Carlo!!!!, e eu é que sou burro, infantil, e o escambau.
            Sabe de uma coisa, seu trouxa, eu não gosto do Serra, e posso até votar no Haddad, que reputo ser um cara honesto e preparado para governar minha cidade do coração, mas, DEFINITIVAMENTE, as razões que podem me levar a fazer isso, além de não gostar do Serra, não serão as mesmas, das pessoas que acreditam em tudo o que diz o Eduardo.
            Aliás, eu não concordo em quase nada, com as razões apontadas pelo Eduardo, e que levam a capital paulista a ter esse monte de problemas, que tem.
            O que ele faz com quem tem a responsabilidade de governar, e mesmo com o povo paulista e paulistano, é uma sacanagem tremenda.
            Eu não vou aceitar isso, pacificamente.
            E sou um cara sincero: sobre sua vontade de mudar de São Paulo, caso o PSDB ganhe a eleição para prefeito, esse ano, torço para que isso aconteça, e que ele seja um cara de palavra.
            Que vá destilar seu veneno bem longe daqui.
            E, apesar de não acreditar, espero que seja bem feliz, nessa lide, apesar de achar que ele vai se arrepender.
            Mas, como dizem que não dá pra saber o gosto do pudim, pela receita………
            E sugiro o Nordeste, onde ele terá muito mais trabalho e utilidade, do que aqui, no Sul/Sudeste.

          • Décio – Atibaia/SP
          • Trollzinho, onde foi que eu disse que Haddad transformará SP em uma “monte Carlo”???

            Ah, eu não disse nada disso, não é mesmo? Mas vc não vê problemas em me acusar de infantilidade e burice por algo que eu NÃO disse, mas VOCÊ ACHA que eu penso. Mas dizer que Haddad será melhor do que Alckmin e cia NÃO é o mesmo que afirmar que fará um governo maravilhoso, pq até mesmo as minhas tartarugas fariam um governo melhor do que o tucano.

            Sabe qual o nome dessa mania de acusar as pessoas com base em algo que elas não disseram? Tem vários, mas no fundo, todos significam a mesma coisa: Desonestidade.

            Assim como tbm chamamos desonesto quem, num momento diz que prefere não “dar guinadas” e depois, quando conveniente, diz que “pode até votar no Haddad”.

            Se vc acha que o Edu faz “sacanagem” com quem tem a “responsabilidade de governar” ao apontar as falhas gritantes desses e exigir um governo minimamente correto, ninguém pode fazer nada exceto lamentar por seus “cabelos brancos” e falta de honestidade. E depois vc diz que não liga pros tucanos!

            E sua insinuação sobre o Nordeste apenas deixa ainda mais claro que tipo de pessoa vc é.

            Por fim, eis as suas acusações, de verdade, pra acabar com o seu cinismo de quinta categoria:

            Contra o Edu: “Edu, até que ponto você está envolvido nessa greve?” – Vc achou que estava sendo esperto ao usar uma pergunta carregada que pressupõe que o Edu estava envolvido, mas esperteza é algo que passa bem longe de vc, e agora isso morde-lhe a bunda.

            Sobre Cabral: “Olha o avião………”

            E mais, O Dimas pergunta: “E qual a relação do Serra com o Cavendish?”

            E vc responde: “O Serra não tem nenhum filho, cuja namorada tenha morido num acidente de helicóptero, e o resto você já sabe.”

            Como eu já disse, mesmo pra ser cínico é preciso ser inteligente e talentoso, e vc não é nem uma coisa, nem outra.

          • Décio – Atibaia/SP

            Pierri, primeiro, devo dizer que não fui picado pelo mosquito hipócrita do politicamente correto.
            O Sul/Sudeste é muito melhor do que o Norte/Nordeste, em termos de qualidade de vida, quando se considera as determinantes que estabelecem “rankings” de IDH.
            Entendeu o que eu disse?
            Pense antes de retrucar, e vir com essa conversa mole de que paulista não gosta de nordestino.
            E eu nunca disse que você disse, que o Haddad transformaria, se eleito, São Paulo numa Monte Carlo.
            Eu disse que o Edu tenta, em sua exortação pelo voto no PT, em SP, passar esse recado.
            E, como tem muita gente, nesse assunto, procurando, num quarto escuro, um gato preto, que não está lá, essa tática tem grandes chances de colar.
            E podem continuar na tentativa de criar factóides, contra o governo de São Paulo, e sua capital, em relação à teia criada pelo Cachoeira, via Delta.
            Sim, factóides, pois, até o momento em que não surgir nenhum indício real, como, por exemplo, a relação do Cabral com o Cavendish, conforme eu linkei, – você se deu ao trabalho de ler o link?, reparou no site? – no post acima, qualquer especulaçao não passará de um factóide, isso, sim, uma tentativa desonesta de julgar alguém, apenas por suposições.

          • Décio, sua cara de pau não conhece limites, não é mesmo?

            Vc diz, agora que “E eu nunca disse que você disse, que o Haddad transformaria, se eleito, São Paulo numa Monte Carlo.”

            MAs eis o que vc realmente escreveu: “Hahahahaha…..você é que acredita que, se São Paulo e sua capital elegerem o PT pra comandá-las, vão virar uma……Monte Carlo!!!!”

            E isso no comentário que eu respondi e que vc agora retruca.

            Cara de pau é pouco. Mentiroso descarado, mesmo.

            Mais, folgo em saber que vc não é fã do politicamente correto. É um bom sinal para o politicamente correto, na verdade.

            E fico contente de ver que vc confirma que eu estava correto: vc tem preconceito contra o Nordeste. Não me venha com desculpinhas, pois todo racista – e os discriminadores em geral, como vc nesse caso – sempre tem uma desculpa esfarrapada, fuleira, hipócrita pra dar como “razão” de sua discriminação.

            É sempre um ato ou uma característica isolada que é elevada à enésima potência e generalizada, a “justificar” o ódio que sentem. Mas esse ódio não precisa de razão alguma, e sobrevive aos fatos, às contestações conclusivas e cogentes da desculpa furada.

            Neste caso, a desculpa escolhida é “estar pior” – algo absolutamente subjetivo e negado pelo fato de que a migração está ocorrendo ao contrário, do Sul/Sudeste para o Nordeste (o que, evidentemente, não ocorreria se estivesse realmente “pior”).

            E note a sua escolha de palavras, um verdadeiro lapso freudiano. Em vez de “estar melhor” – o que denotaria uma situação transiente, temporária -, vc diz “É MELHOR” – denotando uma diferença essencial, perene. Preciso desenhar como isso revela o que vc realmente pensa muito melhor do que todas as desculpas vazias que vc deu?

            Enfim, está claro que vc realmente não gosta do Nordeste, além de não conhecê-lo. Aliás, gostaria de saber onde foi que eu escrevi que todos os paulistas não gostam do Nordeste (e antes que vc venha mentir de novo dizendo que não foi oque vc falou, transcrevo suas próprias palavras: “Pense antes de retrucar, e vir com essa conversa mole de que paulista não gosta de nordestino.”

            Retornando agora ao assunto sendo discutido, do qual vc desavergonhadamente fugiu com esse monte de bobeiras, eu demonstrei que vc acusou, sim, o Cabral de assassinato, e o Edu de envolvimento com uma greve política, mesmo sem ter nenhuma prova, ao contrário do que vc afirmou (mais uma vez, de forma desavergonhada).

            Pelo jeito, “vergonha” é um conceito que vc desconhece por completo, ou não insistiria em dizer que não disse o que está documentado poucas linhas acima… Vc está querendo bater algum recorde de sem-vergonhice? Ou ganhar algum tipo de campeonato trollistico?

            Ou vc é assim mesmo, um mentiroso patológico e orgulhoso disso?

          • Décio – Atibaia/SP

            Pierri, sua ignorância raivosa não lhe permite perceber a diferença entre alguém dizer que “você acredita” em algo que outrem disse, de dizerem que “você disse” alguma coisa.
            Vou erguer um brinde à dita cuja: um Johnny Walker com Actívia, a ela.

  • Concordo. Serra e Kassab na CPI. Vamos ver então como a CPI, que é sócia do governo federal, vai convocar Dilma.

    • alvaro crespo

      Se convocar, ela vai. Pense numa mulher que nao tem medo de político. Ja deixou publico os contratos da Delta com o governo federal. o q voce quer mais?

      SE convocar, ela vai falar poucas e boas, vai ser tiro em tucano e exorcismo de demos. kkkkkkkkkkkkk

    • Lúcia Adélia

      Esqueceu de como ela botou no saco o imbecil do agripino/ditadura? A Dilma não tem nada a temer o babaca

    • Canena

      Presidenta só vai se quiser, mas é obrigada a responder como fez o brindeiro Gurgel (aquele que sentou na Operação Vegas)
      A presidenta enfrentou os milicos, foi torturada e esculhambou com um senador (que fala pelo nariz) em pleno Congresso, quando iniciou a caminhada para a presidência.
      A maioria do povo não a conhecia mas a direitona tb dá suas escorregadas e aí Dilma (poste) foi para o abraço.
      Então para a presidenta isso é detalhe.

    • Celso Junqueira

      Olhe, seria ótimo a CPMI convocar a Pres. Dilma. Ela irá. E nenhum filho do Roberto Marinho poderá dizer que convocar jornalistas ou seus patrões seria “abrir um precedente”. Em 1966, toda a diretoria da Globo e o chefe Roberto Marinho foram prestar esclarecimentos à CPI Globo/Time-Life. Só o Roberto Marinho ficou duas horas sendo questionado e dando explicações. Por que seus filhos e o Civita não podem ir? Medo? Do quê?

      • Celso Junqueira

        E o Brasil estava sob a ditadura imposta em 1964 e a Globo era um dos pilares desse regime de exceção. E o “velho” Marinho teve que ir…

        • Haroldo Mourão Cunha

          Mera formalidade, já se sabia o fim desse “chá das cinco”!

  • Ronaldo Sanches

    Edu: Poderíamos pesquisar a ligação dos arapongas do Cachoeira com os tucanos paulistas.

    1-Caso Lunus.

    2-Eleições 2010. Parece que andaram atuando contra a Dilma.

  • Raini

    teste.

  • Luiz Monteiro de Barros

    As 10,50 hs quando acessei haviam 16 comentarios de acesso. Tudo bem.

  • Gilda Azevedo

    No dia em que abrirem a “caixa preta” de São Paulo…..

  • A situação de Perillo é completamente diferente da dos outros governadores. A questão, em Goiás, não é a Delta, e sim o fato de que o estado era governado pela quadrilha de Cachoeira. As escutas da PF mostraram, por exemplo, que as promoções ao posto de coronel na PM de Goiás serem decididas POR CACHOEIRA!!

    Uma coisa é a questão da Delta. Nesse ponto, a cidade de São Paulo bateu o recorde: mais de R$ 1 bilhão sob suspeita. Aliás, é bom lembrar que Kassab está sob investigação e chegou a ter os bens bloqueados pela Justiça por suspeita de fraude, também de R$ 1 bilhão, na tal da “Controlar”.

    Por isso, temos que entender que uma coisa é a investigação da Delta e da legalidade (ou não) dos contratos com ela em todo o Brasil. Outra coisa, completamente diferente, é a investigação do conluio de Perillo com a quadrilha de Cachoeira.

  • Romanelli

    Não é só a mídia demo-tucana que é viva ..mas é que os outros cometem muitas TRAPALHADAS

    Fossem éticamente bem amparados e frases como “doa a quem doer”; “cortar na própria carne se necessário”; “quem pariu Matheus que o embale” por ex, não teriam sido abandonadas pelas forças ditas progressistas.

    Aqui, à Nação, interessa SIM pegar TODOS os canalhas que esfolam o caixa do Estado há décadas

    Eu tô cansado de ver impunes estes homens públicos cravejados de interesses privados, notadamente de maioria INCONFESSÁVEIS

    eu meio que alertei, quando se misturam muitos assuntos, esta é uma fórmula antiga pra coisa dar em nada

    O que que tinha que darem corda pro Collor com a VEJA em tema polêmico ? ..isso deveria ser uma “consequência” natural da evolução das apurações e acontecimentos ..mas não, quiseram holofotes, não foi ? ..e o povo nem ficou sabendo daquilo que hoje nem começou e já tende ao esquecimento

    ..logo de cara houve aqueles que INOCENTEMENTE já achavam que poderiam purgar a Nação de todo mal ..assim não

    O que prioritariamente interessa ? Pra mim é pegar a QUADRILHA que opera em TODO território Nacional, esta (S) que tem gente envolvida com TODAS s bandeiras, em TODOS os níveis e ESFERAS de poder ..depois, inclusive e evidente, a imprensa, aqui, a PIGUENTA assim como a CHAPA BRANCA tb, se houver

    Sineramente, mais do que os outros serem espertos é concluir que os progressistas são “suspeitamente” ingênuos ..aqui realidade que me dói e que me deixa com os pêlos oriçados

    Olha, acho que o país precisa UGENTEMENTE escolher homens que estejam a altura das operações MÃOS LIMPAS da Italia ..caso contrário vamos ficar nesse chove não molha pra todo o sempre ..um aonde as diversas correntes dizem que os seus BANDIDOS e ORDINÁRIOS são menos nocivos que o do outro partido

    eu hein ..tô fora

    ps – na transmissão da GLOBO NEWS alguns parlamentares da oposição deram SHOW em incriminar Perillo, enquanto tb não descartavam a hipóteses de convovar TODOS os envolvidos e citados nas investigações (se verdade ou não, fato é que falaram) ..e enquanto isso víamos políticos do PT amarelados dizendo que só interessava Goiás, goiás, goiás, num esquema que sabidamente é NACIONAL

    ..aliás, nacional a ponto de a própria justiça ter aberto as contas da DELTA por todo o país (Delta, esta empresa que agora é gerenciada por um ex-do BC de LULA, um cara de Goías ..cujo sócio tem um EX MINISTRO DA JUSTIÇA de LULA como defensor ..empresa agora socorrida por uma empresa que tem financiamento e sócios os BNDES de LULA/Dilma tb ..e que pelo que izem é pedra angular das obras do PAC tb ..poxa vida

    • Se VC interpreta a fala de alguém como “nossos corruptos são melhores que o dos outros”, isso é um defeito seu, e não da pessoa que não falou nada disso.

      Eu sei que vc acha que não tem defeitos, mas, enfim…

      Quanto ao discurso dos “exemplares” opositores, ainda hoje vi um Senador do PSDB dizendo que o Cachoeira é culpa do PT que “instalou” o germe da corrupção no país.

      Esse é o verdadeiro discurso da oposição, e o que está por trás do cinismo daqueles que vc acha que deram “show”. Eles só entregam o Perillo PRA IREM ATRÁS DE ALGUÉM DA SITUAÇÃO.

      Se vc é ingênuo o suficiente pra achar que não é o caso, novamente, é um defeito seu, e não daqueles aos quais vc se sente superior o suficiente pra criticar pelo que vc ACHA que fazem.

      E se vc precisa que alguém desenhe pra vc a real razão dessa perseguição a Cabral, ei-la: pra forçar a situação a fazer uma pizza e livrar a cara do maior aliado da oposição – na verdade, o próprio coração da oposição – a imprensa, que é quem mais tem a perder com a investigação correta do esquema do Cachoeira.

      Os partidos simplesmente expulsam o boi de piranha, e se recuperam facilmente do estrago, mas a imprensa não pode fazê-lo.

      Enfim, o “show” foi de cinismo e enganação. E vc caiu, mais uma vez, como um patinho.

    • Odete

      Estava demorando!!!! Mas é claro que a culpa de tudo é do Lula!!!! Haja!!!!!! Vira e mexe, este pessoal não se emenda. Lula já virou obsessão. Tá na hora de mudar o disco. Vamos ser um pouquinho mais sérios, né ? Quer fazer oposição, faça. Mas tenha um pouco mais de inteligência. Haja paciência!!!!

  • Eduardo Guimarães

    teste

  • Lau Mendes

    Sempre São Paulo. Apequenam o País com seus conchavos lucrativos como se ainda vivessem na ditadura, epoca e local de onde originava todo sistema de repressão suprimindo a democracia. Parece que nada mudou.

    obs: win vista/IE 9/terra/Net/POA-RS

  • Jose Arlindo

    Eduardo,

    Ficou ótimo seu blog no novo provedor/servidor: rápido, eficiente e estável. Parece com o dono!
    Parabéns e, mais uma vez, se precisar de ajuda, conte com seus seguidores. Eu na frente.
    Abraçcos

    • eduguim

      Grato, companheiro

  • Marco

    No final vamos ver que valeu a pena, a batalha vai ser ainda maior mas já conseguimos sangrar esses porcos e eles estão atordoados. A cada dia que passa a pressão aumenta sobre eles e o lixo escondido vai aparecendo. Vamos sufocando aos poucos pois os blogs são multiplicadores de informções e usuários, eles perderam o controle e não tem um Gilmar Dantas para dar um oxigênio para eles.
    Todos sabemos como agem e já não importa mais suas ações pois ninguém mais acredita em suas versões.
    O desespero esta batendo na porta e dizendo: “Vamos fazer o que agora?” e isso fica batendo em suas cabeças o tempo todo.
    Seu reduto de ação fica cada dia menor e mais apelativo e os blog sujos mais real e comentado e assim vamos navegando neste barco.
    O Judiciário hoje entende mais o anseio da sociedade que pede justiça, igualdade, liberdade etc…. Dr. Elaina Calmon foi um marco entre o velho e o novo sistema que esta nascendo.
    O Brasil que esta sendo construido é para nos Brasileiros e isso incomaoda muito esses seres de outro mundo.
    Estamos derrubando vários Golias que a tempos estão atrapalhando nosso desenvolvimento.

    Abraços companheiros.

  • Andrea Serpa

    Vou tentar mandar só para teste.
    Falsos inocentes são aqueles que fingem não entender o post.

  • José do Ceará

    Grupo Espanhol Hierros ANON construirá Fábrica de Cimento no Ceará

    Publicado em 24/05/2012 – 5:13 por Egídio Serpa | Comentar

    Reuniram-se ontem, 23, de manhã, em Fortaleza, o empresário Raimundo Delfino, sócio majoritário da Okyta Mineração, e o economista Alcântara Macedo, que representa, no Brasil, os interesses do grupo espanhol Hierros Añon.

    Os dois trataram de acelerar o projeto de construção de uma fábrica de cimento em Jaguaruana, no interior cearense, onde a Okyta tem grande reserva de calcário.

    Este blog pode informar:

    1) a Hierros Añon quer assumir 55% do capital da Okyta;

    2) quer também antecipar os investimentos;

    3) o projeto da cimenteira prevê a produção mensal de 3 mil toneladas.

    A propósito: ontem, também, em La Coruña, ma Espanha, sede da empresa, o cearense Luiz Eduardo Barbosa, presidente executivo da Siderúrgica Anõn, a ser construída em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, reuniu-se com os diretores da Hierros Añon.

    OBS: OS Espanhois ,além da Fábrica de cimento, em Jaguaruana-CE, irão construir uma Siderúrgica
    em Caucaia(CE)

  • Dias

    A obra das novas pistas na marginal Tiête, decidida e realizada às pressas, visando apenas o calendário eleitoral, é um dos maiores absurdos já perpretados contra a cidade de São Paulo.

    Se adicionarmos então a Delta, Cachoeira, Serra, Paulo Preto, o brutamontes viaduto estaiado, até hoje entregue às moscas, mais o silêncio obsequioso da mídia partido, aliada incondicional do governo de São Paulo há vinte anos, é um descalabro campeão, em todos os sentidos, quer nos princípios do fluxo viário, quer nos princípios do fluxo financeiro, quer nos princípios do fluxo do rio, quer nos princípios do fluxo da informação correta dos fatos.

    Todos sabiam que essa obra “fast-food” não resolveria nada em relação ao tráfego, seu objetivo, pois leva de um gargalo a outros tantos, na realidade serviu apenas como peça de campanha do candidato a presidente, Zé Bolinha, em 2010 e para revelar, o jorro inútil de milhões e milhões de reais, o desastre estético, social, histórico e ambiental ao encapar ainda mais o Rio dos Bandeirantes e o absurdo maior, tudo com o contumaz silêncio cumplíce da mídia amiga, tão diligente com Cabral e Agnelo e tão omissa com kassab e Zé Bolinha, em se tratando de Delta e Cachoeira.

    Vai ver que liberdade de imprensa pra essa gente indiferenciada é isso, liberdade para escolher os fatos que devam ser investigados e divulgados.
    Liberdade à imprensa, ditadura de informação para os cidadãos.

    • Serrote

      Sem chegar a discutir como foi contratada, ficou caríssima, não cumpriu o que foi prometido em termos de meio ambiente ede ciclovia, não melhorou o trânsito e dificultou o acesso entre a pista local e a expressa. Ainda que tivesse sido cntratada com toda a lisura do univesrso já haveria motivo para investigação, da forma como não foi cumprido o que foi anunciado.

  • Hoje o Estadão publica matéria sobre o mesmo assunto do blog, porém destaca que a Delta não atuou em Minas Gerais, Santa catarina e Paraná. Quanto a São Paulo não há nenhuma referência.
    Creio que o Estadão, devido a problemas técnicos, foi impresso na gráfica da Veja.
    Êta jornaleco de 5ª categoria !

  • NÃO PUBLIQUE ISSO…NÃO PUBLIQUE ISSO!!!! Vai que deixa os caras nervosos!!!srsrsr Seu BLOG, nosso blog< cada dia mais agradável, dá gosto !!!!!!!parabéns sempre!!!!!!!!!!!

  • Marcelo

    Eduardo, concordo com você, a base aliada na CPI deveria cobrar a relação de Serra e Kassab com a Delta, enfraquecendo a pauta do PIG, pois a mesma não vai querer manter o foco na Delta com Serra e Kassab envolvidos, isso ajudaria a CPI a manter investigação na relação criminosa da Veja com a quadrilha do Cachoeira, Demóstenes e Perillo.

  • Yarus
    • Serrote

      Parece que o “rabo-de-palha” pegou fogo.

  • Paulo Roberto

    Edu,

    parabéns pelo site e principalmente pelos artigos, sempre atentos ao real.
    Chamo a atenção para o fato que Perilo se diferencia dos demais governadores, pela participação na quadrilha, mas o Cabral não está longe, acredito ser uma questão de momento e cedo ou tarde virá à luz da midia.

    abraço

    • eduguim

      outro abraço

  • Junior

    Esse é o problema dessa CPI, todo mundo tem rabo preso, não é só a oposição. Por isso não convocam governadores, nem os mais implicados como o Marconi, nem convocam o Poli da Veja e não queriam nem investigar a Delta em nível nacional.
    Por isso ela não anda com a devida celeridade exigida pela maioria de nós.

    • Não convocam os governadores pq investigar fraudes a licitação não é trabalho de CPI.

      E se convocar todos os 22 governadores, a CPI NUNCA vai acabar. Não é por outro motivo que a Constituição exige que a CPI tenha objeto determinado: pra não acabar como a do “fim do mundo”, em uma pizzsa gigantesca.

      O objeto dessa CPI são as relações de Cachoeira, e não as fraudes da Delta, um braço menor e não essencial de seu esquema. Cachoeira é quem é por causa de Perillo, Demóstenes, Veja e seus arapongas, e é nesse núcleo que a CPI deve se concentrar, e não em tangentes intermináveis envolvendo praticamente todos os governos estaduais.

      Deixa a PF investigar as pilantragens da Delta. Não precisam dos poderes de uma CPI pra isso, e estão fazendo um EXCELENTE trabalho.

      • Junior

        Mas é isso que eu estou falando, a CPI tem que investigar as relações do Cachoeira, certo?
        Então porque não convocam o Marcone Perilo e o Poli, que têm ambos notória relação com o Cachoeira?
        E a Delta então, está tão ligada ao Cachoeira, que até desconfiam que ele seja um dos donos.
        Podem estar fazendo um EXCELENTE trabalho, não nego.
        Mas eu não entendendo ainda.
        Quem sabe no final eu entenda.

        • A CPI tem que investigar o esquema montado pela quadrilha do Cachoeira. As licitações eventualmente fraudadas pela Delta são o resultado dese esquema. Por isso, não se justifica a investigação da Delta em âmbito nacional. É mero acessório, mera consequência.

          O que importa mesmo é investigar e esclarecer como essa quadrilha funcionava, quais seus objetivos, quais seus comparsas – incluindo outras quadrilhas – e, principalmente, como foi possível que ela viesse a existir, pra podermos criar mecanismos pra impedir que outras surjam em seu lugar.

          A Delta não existiria sem Cachoeira, mas esse existiria sem a Delta, então deixemos ela – e os governos estaduais – pra PF e uma possível futura CPI, e nos concentremos em acabar com a raiz do problema – que nem é Cachoeira, mas o sistema que permitiu que um Senador da República fosse um sócio de uma quadrilha criminosa com o beneplácito consciente da imprensa que se diz “investigativa” e “fiscal”.

          Isso é que é importante, o resto é ligação para o disk pizza.

  • Amanda

    teste. como sempre seu blog está ótimo! grande abraço, Eduardo

  • Marcelo de Matos

    Será que não tem uma vaguinha para o Aécio nessa lista? Segundo o “Novo Jornal”, sim. (http://www.novojornal.com/politica/noticia/no-conselho-nacional-do-ministerio-publico-esta-tudo-dominad-07-05-2012.html): “Identificados até agora na área política como participantes do esquema de Cachoeira, além de Demóstenes Torres e diversos deputados federais, estão os governadores de Goiás, Marconi Perillo (PSDB-GO), o secretário do Governo de Minas Gerais, Danilo de Castro (PSDB-MG), pai do esquema Cachoeira, viabilizado através de criminoso processo licitatório que permitiu a entrada no país da multinacional de jogos Gethec, quando exercia no governo tucano a presidência da Caixa Econômica Federal (fato amplamente comprovado na CPMI dos Bingos), o governador do Distrito Federal, Âgnelo Queiroz (PT), o governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral (PMDB), através de seu envolvimento com a construtora Delta e Beto Richa (PSDB), governador do Paraná, o prefeito Gilberto Kassab (PSD) e José Serra (PSDB) no governo do Estado (2007-2010) e na prefeitura paulistana (2004-2006). Em Goiás, o esquema operado por Cachoeira atua nos mais diversos níveis da administração pública do estado, conforme revelado pelo sitio Brasil 247, influenciando junto a parlamentares, policiais e membros do judiciário goiano. De acordo com o site, o contraventor mantinha um governo paralelo no Estado, participando de decisões do Executivo e até mesmo pagando “comissões” para funcionários. Salário adicional com dinheiro da Delta. Ainda segundo o site, Cachoeira chegava a pagar um salário extra para membros de alto escalão do governo do Estado. A verba, segundo eles, viria da Delta. Entre os supostos beneficiados estariam o ex-presidente do Detran-GO, Edivaldo Cardoso, e o secretário de Segurança Pública, João Furtado de Mendonça Neto. De acordo com o Brasil 247, Edivaldo receberia uma remuneração mensal de R$ 15 mil, enquanto João Neto ganharia cerca de R$ 10 mil. Esquema idêntico vem ocorrendo em Minas Gerais, Estado conservador onde os governantes procuram manter-se afastados da contravenção, desta forma necessitando e até mesmo tornando-se refém da atuação de intermediário, neste caso do secretário de governo Danilo de Castro, que mantém um governo paralelo desde que os tucanos assumiram o Poder em 2002. Sua influência perniciosa espalha-se por toda maquina pública. A exemplo de Goiás, também mantém total controle sobre as áreas de segurança pública, empresas estatais e outros setores não governamentais como na recente conquista do Sindicato das Empreiteiras de Obras Pública de Minas Gerais (SICEPOT). Danilo sempre foi o “interlocutor” do esquema criminoso por todo Estado, principalmente com o Executivo e Legislativo de quase a totalidade dos municípios mineiros administrados por integrantes das mais diversas legendas partidárias, inclusive da Capital, estendendo-se ao Poder Legislativo Estadual, a alta direção da Procuradoria Geral de Justiça e grande parte do Poder Judiciário. As irregularidades e desmandos executada pelo esquema, denominado “Gangue dos Castros”, vem sendo há anos objeto de diversas matérias do Novojornal. Comprovado ficha suja, Danilo de Castro se mantém no governo mesmo após edição, pelo governador, de lei proibindo sua permanência. Observa-se uma coisa comum entre os estados que integram o esquema Cachoeira, as Procuradorias Geral de Justiça tornaram-se órgão acessório do Executivo. Em Minas, vem há mais de uma década “avocando” procedimentos incômodos ao Palácio da Liberdade e a seus aliados, impedindo as investigações desenvolvidas principalmente as instalados pela Promotoria Especializada na Defesa do Patrimônio Público. Atuando também na celebração de diversos Termo de Ajustamento de Conduta (TAC´s), alguns legitimando até mesmo concorrência irregular no valor de R$ 1,5 bilhão, já anulada por desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais”.

  • Marcio

    Taí ó… Eu acho que bandido tem que ir para cadeia, seja o Serra, o Cabral, o Agnelo ou quem quer que seja.

    Portanto, eu acho que seria bom investigar a Delta, se for o caso de enquadrar o Serra, por mim tudo bem.

    Eu acho curioso é que os “progressistas” falem essas coisas não para pedir investigação geral e irrestrita, mas sim para não investigar ninguém. Quanta vontade de proteger essa gentalha!

    • E quem é que falou em não investigar a Delta?

      Se é isso que vc interpreta quando lê alguém dizer que a CPI não deve investigar a Delta, isso é um defeito seu, e não prova da malícia de quem não disse o que vc acha que disse.

      Novamente: a CPI não deve investigar a Delta por não ser essencial ao esquema do Cachoeira, não ser razoável esperar que se uma CPI investigue 22 Estados e sabe-se lá quantos municípios em 180 dias ou mesmo um ano, serem ilícitos que não necessitam dos poderes especiais de uma CPI pra serem investigados e, finalmente, por apenas embolar o meio de campo e tornar virtualmente impossível que o esquema de verdade seja devidamente investigado e esclarecido.

      Investigar a Delta é pedir uma pizza.

      E NADA disso significa que se esteja dizendo que a Delta não deve ser investigada. Deve sim, mas NÃO por essa CPI. Se for necessário, que se faça outra CPI, depois da investigação regular pela PF, mas que se resolva ESSA, primeiro, sem colocar o carro na frente dos bois, ou conduzir a CPI pra uma pizza.

      E o pior de tudo é que essa turma que cai no papinho furado da Veja e que agora quer que a Delta seja investigada, são os mesmos que vão se dizer indignados quando a CPI terminar em pizza por ter tentado investigar o acessório em vez de investigar o principal.

  • Horta

    Edu, li o editorial do Estadão “Lla, o prisioneiro do ressentimento”. Acho que os blogues mais incisivos e inteligentes deveriam rebater de quem realmente pertence o RESSENTIMENTO neste país que até hoje não aceitam Lula, só escrevem ódio e mais ódio contra o maior Presidente brasileiro. O mané tiozinho da Veja, deveria dizer O QUÊ VOCÊS “manés”, PIG/OPOSIÇÃO nutrem pelo ex-Presidente? Amor? Carinho? Respeito? Esses “manés” vizinhos de vocês como o Kassab, Alkimim e Serra que fazem parte do clubinho dos manés, vocês não NUTREM RESSENTIMENTOS, preciso desenhar.

  • Marcio H Silva

    Assistindo pela TV Senado a CPMI. Taques falando. Pedro Taques é irmão do Carlinhos Cachoeira, são igualzinho…….

  • Fábio

    Eduardo, mas será que São Paulo já não está na pauta da investigação da CPMI? Será que Agnelo e Cabral vão depor na CPMI e Serra e Kassab não? Não é possível. Por outro lado, como é possível a CPMI cobrar da mídia essa exposição do Serra e Kassab? Vejo apenas uma possibilidade se convocar um deve convocar todos os outros.

  • A oposição age, nos trabalhos da CPI, como um bando de agentes provocadores.

    • A oposição tem o disk-pizza no speed dial do celular.

  • Yarus

    http://www.youtube.com/watch?v=F6VCbJHtzdc&feature=player_embedded

    “A repórter Mirella Cunha, do “Brasil Urgente Bahia”, da Band, está agora do outro lado do garfo e experimenta um pouco de humilhação pública e pré-julgamento, suas ferramentas de trabalho na TV. A moça vem sendo linchada desde que uma de suas reportagens viralizou no YouTube há duas semanas. No vídeo, a repórter esculhamba um jovem detido sob suspeita de estupro, algemado e servido a execração na delegacia.
    A repercussão do caso ganhou novo fôlego depois da carta aberta assinada por jornalistas baianos em repúdio a abusos praticados por programas policialescos, em especial o empregador de Mirella. O documento vai direito ao ponto: a reportagem “motiva questionamentos sobre a conivência do Estado com repórteres antiéticos, que têm livre acesso a delegacias para violentar os direitos individuais dos presos”.
    Exato. A reportagem não só joga na vala qualquer noção de ética como afronta princípios constitucionais. Também não é caso isolado. Abusos contra presos desassistidos são a essência de programas do tipo, com patrocínio de agentes públicos. Mirella, a ponta vistosa dessa rede, servirá de boi de piranha, o bicho mandado ao rio para ser devorado, enquanto a manada atravessa em paz.
    Em comunicado sobre o caso, a Band diz que vai “tomar todas as medidas disciplinares necessárias. A postura da repórter fere o código de ética do jornalismo da emissora”. Está aí a retribuição a quem vestiu tão bem a camisa desse show de horror.
    É óbvio que a repórter deve responder pelos abusos, e já está na mira do Ministério Público Federal da Bahia. Mas, em última instância, a Band — mesmo que tente lavar as mãos — é a responsável por essa barbárie. Pena não valer para a emissora a máxima do “Brasil Urgente”: “O sistema é bruto e tem consequência”.”
    http://br.noticias.yahoo.com/blogs/michel-blanco/boi-piranha-174356680.html

  • Fátima

    Edu, sobre a Delta em Brasília, o PIG também silencia o que é tão bem é relatado na rede Brasil atual.

    http://www.redebrasilatual.com.br/blog/helena/blog_index/blog_view?Subject=df

  • Marcelo Lincoln

    Edú, na página inicial de seu blog na foto com a denuncia aparece uma tarja preta ocultando o texto falando da delta e do governo de São Paulo, sai e entrei varias vezes e a tarja persiste…..dá uma checada…….

  • Serrote

    Eduardo, é bom ter o seu blog de volta… ficamos preocupados e muitos postaram suas preocupações alhures (se me permite a velharia).
    Assistindo à sessão da CPMI hoje ficou claro o pavor da maioria diante da proposta de quebra de sigilo da Delta nacional e dos três governadores, o que fez com que imediatamente se encerrasse a sessão e tudo o mais fosse transferido para a próxima terça às 14 horas. Os deputados e senadores mencionaram um acordo para essa transferência, mas aqueles parlamentares de partidos menores alegaram não estar informados de nenhum acordo e queriam votar os requerimentos hoje mesmo. Para quem acompanha a CPMI de perto, mas não tem informações de bastidors, como eu, foi muito estranho e desanimador. De qualquer forma há mais alguns dias para pressionar pela inclusão de mais governadores nas investigações, o negócio é aumentar a “clientela”, já que é para focar a Delta…
    Ficou hoje ainda mais claro para mim, a desvantagem em que estamos por estar esse inquérito sob segredo de justiça, a única forma de saber alguma coisa é através daquilo que os parlamentares deixam escapar e nas perguntas que fazem quando têm oportunidade. Será que não seria adequado pleitear o fim desse segredo de justiça, se é que isso é possível?

  • Thiago Silva

    Caro Edu,

    tenho deixado alguns comentários pro reinaldinho e ele não publica nada!!!

    snif snif…

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Mas comentários de 3 leitores pedindo a volta das forças armadas contra o PT, isso tem aos montes.

    Juro, se eu encontro com esse cara na rua ele ia ouvir poucas e boas – e eu teria o dedo em riste!

    Abs

    T

    • Serrote

      Tem gente que não precisa fazer força para ser imbecil, o fato de ficar postando essas bobagens no tio cabeção já é comprovação suficiente (não me refiro a você Thiago). Porque pedir para as forças armadas não é suficiente, que eles não vão entrar nessa assim, por causa de uns mauricinhos. Eles precisam entrar em contato também com o Obama, sem esse não acontece nada nesse setor. E, no momento, ele parece ocupado com outra coisa, então vão ter que lidar com o PT sozinhos, contando somente com o apoio do seu querido tio cabeção.

      • Thiago Silva

        KKKKKKKKKKKKKKKK

        se vc visse o que tenho comentado lá

        dá uma olhada no meu post de 2010 sobre a censura que o tio cabeção impõe a quem não fala sua línguinha

        http://tshrek.blogspot.com.br/2010/11/censura.html

        Abraços

        T

        • Thiago Silva

          Desculpe, nesse caso foi o outro cabeção da inVeja

  • Sou a favor da CPI doa a quem doer. O fato é que Vacarezza desmoralizou o PT. Não é “surto de burrice” criticar os políticos do nosso próprio partido. A discussão está entre investigar a VEJA ou a DELTA. Por que não investigar as duas?! Kotscho fez um ótimo post sobre isso.

    • Pq investigar a Delta é forçar um acordão, independentemente de quem tiver culpa no cartório ou não.

      Se chamar TODOS os governadores envolvidos com contratos da Delta, não interessa se todos os contratos são legais ou não: a imprensa vai malhar até não poder mais, com o mais evidente objetivo de criar o maior caos possível, e colocar 22 Estados na berlinda, mais todos os aliados dos governadores no Congresso etc.

      Vai ser o caos, razão pela qual, s conseguirem chamar Cabral, o governo não terá opção se não ficar apenas nele. E aí a imprensa marrom vai fazer a festa, pois Cabral é meio PMDB, peça central na aliança e, nessa situação, quer ele seja investigado ou não, quer a CPI termine bem ou em pizza, o governo sai perdendo, e a perda menor é, justamente, o acordão e a pizza.

      Investigar a Delta é um tiro no pé, não por isso poder revelar podres do PT, mas por colocá-lo entre a cruz e a espada e praticamente forçar o acordão pra livrar a cara da Veja.

      E não se engane, é a Veja a razão e o ponto central de tudo isso. Perillo, Demóstenes e Cachoeira não significam absolutamente nada pra imprensa, mas colocar a Veja sob o microscópio seria um imenso abalo nessa imprensa marrom.

      Pra proteger a Veja, eles não pensariam duas vezes em jogar o país em um caos institucional, e nem em entregar a cabeça de aliados.

  • Sérgio Vianna

    Teste para publicação de comentários……

  • Osvaldo

    Prezado Eduardo,

    A mídia é porta voz da casa-grande e tem um poder maior que o próprio governo.
    Transcrevo alguns trechos da entrevista que o presidente do Equador deu ao Assange, nos quais ele fala neste assunto:

    RAFAEL CORREA: Bem… Você mesmo é ótimo amostra, Julian, de como é a imprensa, essas associações como a Sociedade Interamericana de Imprensa, que nada é além de um clube de donos de jornais na América Latina. Sobre seu WikiLeaks, publicaram-se muitos livros, o mais recente dos quais é de dois autores argentinos, no qual analisam país por país, Wiki Midia Leaks [1] . No caso do Equador, demonstra como, desavergonhadamente, os veículos não publicaram os telegramas que os prejudicavam. Por exemplo, disputas entre empresas de comunicações. E todos, afinal, decidiram não publicar suas próprias sujeiras, para não prejudicar nenhum deles. Leio para você a tradução, em espanhol, de um dos telegramas WikiLeaks que a imprensa nunca publicou no Equador.
    RAFAEL CORREA: [lendo] “…o fato de que a imprensa sinta-se livre para criticar o governo, mas não um banqueiro fugitivo e os negócios da família do banqueiro, mostra muito sobre onde está o poder no Equador…” [Mostra as páginas do livro] E esses são os telegramas que WikiLeaks divulgou e jamais foram publicados na imprensa do Equador. Para que você entenda um pouco o que enfrentamos no Equador e na América Latina.
    Nós acreditamos, que os únicos limites que devem pesar sobre a informação e a liberdade de expressão são os que já existam nos tratados internacionais, na Convenção Interamericana de Direitos Humanos: a honra e a reputação das pessoas; e a segurança das pessoas e do estado. Quanto a todo o resto, quanto mais gente saiba de tudo, melhor.
    Você manifestou seu temor – o mesmo que sentem todos os jornalistas, de boa fé –, mas que não passam de estereótipos do medo de que o poder do estado limite a liberdade de expressão. Isso praticamente não existe na América Latina, praticamente não há aqui nenhuma liberdade de expressão. Fala-se só de idealizações, de mitos.
    Vocês precisam entender que, por aqui, o poder “midiático” foi, e provavelmente ainda é, muito maior que o poder político. De fato, o poder “midiático” tem imenso poder político, em função de seus interesses, poder econômico, poder social. E, sobretudo, têm poder monopolístico para informar.
    Os veículos têm sido, aqui, os maiores eleitores, os maiores legisladores, os maiores juízes, os que criam a alimentam a ‘agenda’ da discussão social, os que sempre submeteram governos, presidentes, cortes de justiça, tribunais.
    Temos de tirar da cabeça essa ideia de que, de um lado, só haveria jornalistas pobres e perseguidos, empresas jornalísticas angelicais, empresas e veículos dedicados a informar a verdade dos fatos; e, de outro lado, só haveria ditadores, autocratas, tiranos que vivem para tentar impedir que a verdade chegue ao povo.
    Os governos que trabalhamos para fazer algo pelas maiorias, somos – nós – violentamente perseguidos por jornalistas que entendem que, por ter uma pena ou um microfone, ganhariam algum direito de vingar-se dos desafetos pessoais. Porque, muitas vezes, caluniam, mentem, injuriam exclusivamente por alguma inimizade pessoal. Os veículos de comunicação são, aqui, instrumentos dedicados a defender interesses privados.

    É importante, por favor, que o mundo todo entenda o que se passa na América Latina.

    Continua

  • Osvaldo

    Quando tomei posse na presidência, havia aqui sete canais de televisão nacionais. Nenhum público; todos privados. Cinco pertenciam a banqueiros. Imagine a situação: eu queria tomar uma medida contra os bancos, para evitar, por exemplo, a crise e os abusos que, hoje, todos estão vendo acontecer na Europa, sobretudo na Espanha. E houve uma campanha violentíssima, pela televisão, para defender os interesses dos banqueiros empresários donos das empresas, dos proprietários dessas cadeias de televisão, todos banqueiros.
    Que ninguém se engane mais. Temos de esquecer essas mentiras e estereótipos de governos ‘do mal’, que vivem a perseguir valentes e angelicais jornalistas e empresas e veículos de comunicação. Com muita frequência, Julian, acontece exatamente o contrário.
    Essa gente travestida de jornalista vive de fazer política, só se interessa em desestabilizar nossos governos democráticos, para impedir qualquer mudança na nossa região. Porque, com mudança democrática, eles perdem o poder que sempre tiveram e ostentaram.
    JULIAN ASSANGE: Presidente Correa, estou de acordo com o que o senhor diz do mercado dos veículos e meios. Já aconteceu exatamente assim, também conosco, mais de uma vez: grandes organizações jornalísticas, com as quais trabalhamos – Guardian, El País, o New York Times e Der Spiegel – censuraram o nosso material ao publicar, por motivos políticos, ou para proteger oligarcas como Tymoshenko da Ucrânia (que escondia sua fortuna em Londres); ou grandes empresas petroleiras italianas corruptas, que operavam no Cazaquistão. Temos provas disso tudo, porque sabemos o que há no documento original e o que publicaram, e o que foi omitido. Mas entendo que o melhor modo para enfrentar os monopólios e os duopólios e os cartéis num mercado é separá-los; ou criando melhores condições para que novas empresas entrem no mercado.
    ASSANGE :O senhor não tem interesse em criar um sistema que permita o fácil acesso ao mercado editorial, de modo a que empresas jornalísticas editoriais pequenas e indivíduos sejam protegidos (não regulados) e as grandes empresas editorais e grupos ‘midiáticos’ sejam separadas e reguladas?
    RAFAEL CORREA: Julian, estamos tentando fazer exatamente isso. Há mais de dois anos discute-se uma nova lei de comunicação, para dividir o espectro radioelétrico, quer dizer, o espectro para TV e rádio, para que só 1/3 seja privado com finalidades comerciais; 1/3 para propriedade comunitária, sem finalidades comerciais; e 1/3 de propriedade do Estado – não só o governo nacional; também os governos locais, municipais, departamentais.
    Mas a lei não avança. Há dois anos, apesar de haver ordem constitucional aprovada nas urnas em 2008, ratificada pelo povo equatoriano por consulta popular ano passado. Pois, apesar de tudo isso, a nova lei foi e continua a ser sistematicamente bloqueada pelas grandes empresas, nos grandes veículos. Para eles, é “lei da mordaça”. Para eles e pelos deputados e senadores assalariados que as empresas mantêm, a soldo, na Assembleia Nacional, e que lá estão para defender aqueles interesses.
    O que estamos fazendo é claro: democratizar a informação, a comunicação social, a propriedade dos veículos e meios de comunicação. Por isso mesmo, obviamente, enfrentamos a acérrima oposição que nos fazem os proprietários dos veículos e meios de comunicação e dos seus corifeus alugados, que atuam em todo o espectro político no Equador.

    CONCLUSÃO MINHA: No Brasil a mídia é intocável ( mais ainda que nos países nossos vizinhos ). Essa CPMI não vai dar em nada. O rico pode cometer o crime que quiser, jamais passará muito tempo preso. Pode cometer crime, filmar, gravar e nada lhe acontece. Os políticos tem medo ( muitos tem rabo preso ) da mídia. Os políticos não representam os cidadãos esclarecidos. E o povo é analfabeto político, por isso temos esse nível de políticos aqui. Essa CPMI vai servir apenas para os criminosos aprimorarem mais os seus métodos ( por exemplo: conferir se os telefones são mesmo à prova de grampo ).

    Os cidadãos esclarecidos teriam que ser em muito maior número, bem como o acesso à internet, que hoje é a única fonte segura de informação. Somente assim a pressão funcionaria em cima dessa canalhada que está no Congresso Nacional.

    • “Os políticos tem medo ( muitos tem rabo preso ) da mídia”

      O único grupo que sempre se beneficia da corrupção, seja de que forma for, é o dos chantagistas. E a imprensa é a chantagista-mor. Quanto mais corrupto o Estado, quanto mais corruptos houverem num país, mais a imprensa tem poder.

  • Nora Cúneo

    Edu!, fiquei preocupada….dois dias sem poder acessar o “Cidadania”. Agora tudo bem. Abraço

  • Fátima

    Edu, para teu conhecimento e a quem mais interessar.

    http://cachoeiradedados.wordpress.com/

  • Heidi Maria

    Edu,

    Acabei de ler no Terra, que Fernando Francischini do PSDB (PR) chamou o relator da CPI de tchutchuca. Mas ele está metido com Dadá, amigo de Cachoeira. Eles querem armar confusão para empastelar a CPMI e naõ espirrar “shit” neles.
    ” O NOME DE FERNANDO FRANCISCHINI (PSDB/PR) CONSTAR NO INQUÉRITO QUE SERÁ INVESTIGADO PELO CONGRESSO; GRAMPO DA OPERAÇÃO MONTE CARLO MOSTRA DIÁLOGO ENTRE FRANCISCHINI E DADÁ, UM DOS INTEGRANTES DA QUADRILHA DE CACHOEIRA “

  • Luiz Monteiro de Barros

    O que escrever? O que ganhamos e o que perdemos

    Ganhamos – O potencial caluniador da midia, escrita e eletrônica, com Veja em primeiro plano está comprometido para a maioria do que acessam a blogosfera. Perdemos: – Falta ainda ser mais permeável para a maioria da população pois ainda permanece a correlação de forças a ela favorável para que a mídia tente melar a CPMI.

    Ganhamos – O arauto da moralidade publica, Demóstenes eleito que foi pela midia, foi fulminado. Perdemos: – O que não impede que ainda a correlação de forças materiais – a escrita com manchetes; a eletrônica com entrevistas – tentar melar a CPMI

    -Perdemos: Melar a CPMI é a estratégia possível do PIG. Ganhamos: tentam diminuir o impacto que cresce na sociedade de perceber que a midia está comprometida com a contravenção mesmo que com isso admita ainda mais a sua fragilidade de convencimento.

    -Esta CPMI diferindo das outras, pois tem pessoas detidas devido volumosas investigações, pegou de surpresa os parlamentares pois os depoentes se calam. Vi até a ingenuidade de sugerirem a delação premiada: que tivessem diminuição de penas se colaborassem, esclarecido que foi que esta possibilidade jurídica não ser possível ser concedida por uma CPMI.

    -Aparentes paradoxos termos um Collor descrevendo a criminalidade da Veja para derrubar governos de esquerda. Através dos blogs, suas palavras ecoarão em defesa do PT quando caluniado.

    -Fomos impulsionados para admitirmos o exclusivo financiamento publico de campanhas eleitorais. Faz lembrar que havia o paradigma negativo; Cias de coleta de lixo, corrompe prefeitos, empreiteiras corrompe governadores e bancos corrompem presidentes

  • O problema do PIG é complicado.

    Se ele adotar a estratégia de pressionar a CPI para investigar a Delta, vai sobrar encrenca para Serra e Kassab.

    Se o PIG direcionar sua pressão para que somente o Cachoeira seja investigado, inevitavelmente a Veja entra na dança, pois Cachoeira só conseguiu tamanho poder graças à revista. Outros órgãos também podem estar implicados como, por exemplo, a Globo.

    O PIG terá que suar para tentar sair dessa CPI com dano mínimo. O Perillo já está perdido mesmo. Está na mesma situação que a Yeda Detran Crucius no final do mandato. Demóstenes também acabou politicamente, sendo cassado ou não. Mas o pior, para a oposição, é o grave dano que a Veja sofreu, pois sua imagem ficou indissoluvelmente colada à do crime organizado. Se o “Poli” e o chefão Civita forem chamados para depor, aí é o pior cenário para o PIG. Eles tentarão evitar a qualquer custo.

    • Luiza

      Penso que a estratégia do PIG é confundir as pessoas ao máximo, para ninguém entender nada.

      Dessa forma, continuarão buscando desqualificar a CPI, como puderem.

      Outro dia, no programa Zorra Total, lá estava a atriz que imita a presidente Dilma dizendo: essa CPI vai acabar em pizza… Isso é o que o PIG mais deseja e ele está usando todos os meios para confundir, confundir, confundir.

      Por isso defendo que a CPI crie um blog ou site, em linha direta com os brasileiros (como a Petrobrás fez,criando seu blog), para dar notícias; naturalmente, aquelas que puderem ser dadas sem prejudicar os trabalhos.

      Essa CPI é uma grande oportunidade de fazer uma bela depuração em várias frentes. Não pode ser desperdiçada.

    • Luis Fernando

      O único problema é que a CPMI abriu os sigilos bancário, fiscal e telefônico somente da Delta Centro-Oeste. Não sei se isso limitaria a investigação apenas em Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

    • Haroldo Mourão Cunha

      Roberto, tenho absoluta certeza de uma coisa: se a coisa ficar ruim para a imprensa, a Veja será boi de piranha!! Não vai sobrar nada para contar a história e o Civita irá ficar quietinho, pois SERÁ “aconselhado” a ficar!!!

  • carlos costa

    Marconi Perillo e a Veja são de fato peças fundamentais na quadrilha do Cachoeira; mas não mais que Demostenes; os tres são mais importantes para a investigação que o proprio Cachoeira, esse um simples bicheiro que evoluiu no mundo do crime; um bandido comum;
    em relação ao PMDB a parte que aderiu ao governo o fez em troca da vice presidencia e nunca por ser mais afinada com o PT; o PMDB se caracteriza pelo mais puro pragmatismo fisiologico; num certo sentido é mais nocivo que o proprio DEM por exemplo.

  • Fabiana

    E por que os parlamentares do PT também não levantaram essa lebre do Serra e Kassab?

    • Haroldo Mourão Cunha

      Para não dar munição para essa turma. A pior coisa que o PT pode fazer no momento é entrar nesse jogo!

  • Rubens

    Minha pergunta é: por que o PT ou algum partido da base aliada não pede a convocação de Serra, de Kassab, de Siqueira Campos, de Beto Richa e de Aécio Neves (apanhado em flagrante na prática de tráfico de influência). O que estão esperando? A mídia e a oposição ficam falando de “três” governadores e há muito peixão da oposição

    • Pq é exatamente isso que o PIG quer: transformar a CPI no repeteco da CPI do fim do mundo e forçar um acordão.

      Imagina se a CPI investiga 22 governadores… primeiro, os aliados de cada um não vão querer investigá-los e a CPI morre. Segundo, mesmo que investiguem, o que vão fazer se encontrarem provas contra todos? A CPI não pode cassar governadores, acredito. Mas mesmo assim, já imaginou o que acontece no país com 22 governadores sob suspeita?

      É uma bomba atômica chamar todo mundo. E isso sem falar na conversa sem fim sobre pacto federativo que certamente se seguiria.

      E essa bomba cairia no colo de quem? Do governo federal!

      Se conseguirem chamar Cabral, o governo vai ter apenas duas opções: ou finge que esquece dos demais governadores e fazem um acordo pra livrar o Cabral, ou chama todo mundo e o país para e sabe-se lá o que vai acontecer.

      E adivinha qual a única saída possível? A pizza…

  • JOSÉ RAMOS PEDRAL

    Não seja bobos ou muito esperaçosos. O PIG tem a justiça, OAB, MP a seu lado. Isso não dar em nada, são todos bandidos ricos. Para mim CPI – COMISSÃO PARA IDIOTA ou CPMI – COMISSÃO PARA MUITO IDIOTA. Quando chegar a justiça tudo será anulado. O CARLINHOS SERÁ VÍTIMA.

  • jose marcos

    Eduardo, estou arriado de cama com uma forte gripe e neste estado só quero saber de coisas bonitas, como por exemplo o sorriso da Vitória, portanto como não quero, neste estado, falar sobre poltica, só escrevo para que voce de um beijinho de boa noite na Vitória.

  • Sérgio Troncoso

    Eduardo, pelo visto você está em novo servidor, nova hospedagem, nova casa e seu lá o que mais, pois não entendo muito disso, mas…
    Parabéns e um abração. À luta companheiro!

    • eduguim

      grato, cara

  • Luiza

    Eduardo, essa CPI está interessante. O PIG quer confundir, mas não pode forçar muito em algumas frentes, senão sobre para ele mesmo, para Serra, Kassab.

    Mesmo assim, a estratégia é confundir as pessoas e pressionar os deputados e senadores, que precisar ficar espertos com isso.

  • Pedro Marques

    Algumas razões para convocar o Siqueira Campos para depor na CPMI

    1) Siqueira Campos recebeu mais de R$ 4 milhões do esquema Cachoeira;
    2) Cachoeira mandava avião buscar o filho do governador, Eduardo Siqueira, que, segundo ele, Cachoeira, numa conversa mantida com uma prostituta que atenderia ao Eduardo, pela bagatela R$ 1.000,00, paga pelo Cachoeira, era quem mandava no governo do Tocantins.
    3) Siqueira Campos participou de reunião com o Cachoeira tendo por tema a situação de um delegado da PF;
    3) Segundo Claudio Abreu o Siqueira Campos prometeu conceder ao grupo Cachoeira/Delta a inspeção veicular do Tocantins.

    Logo, não é possível que o governador do Tocantins não seja convocado para depor na CPMI:

  • Luana

    Eduardo, sinceramente você está pisando na bola e perdendo sua credibilidade em defender Cabral. Todos devem, Eduardo. Cabral, Agnelo, Perillo, Serra, Demóstenes, PIG.

    A questão aí não é igualar, á questão é que de fato são iguais nisto aí.

    • eduguim

      Há oito anos que aparece gente insatisfeita com minhas opiniões neste blog anunciando que vou perder minha credibilidade. Os profetas da credibilidade alheia, porém, só representam a si mesmos, por mais que gostem de falar pela maioria

      • Luana

        Não, Eduardo, não estou insatisfeita com a sua opinião. Não concordo com esta balela que você e outros estão criando para eximir Cabral; isto não existe, todos estão envolvidos.

        E sinto muito, vc vai se indispor comigo, não acredito na inocência de Cabral nem aqui nem na China.

        • Luana

          E a propósito, não estou falando pela maioria, quando falo, sempre falo por mim mesma, pelo que penso. E quando afirmo sua credibilidade, falo em relação à credibilidade que vc tem em relação a mim. Não falo pelos outros, Eduardo, falo por mim. Não tenho procuração para falar por ninguém, sempre falo por mim mesma. E sim, não confio na isenção de Cabral e nos argumentos que você, Dirceu, Pinheiro e tantos outros têm usado para inocentá-lo.

          • Haroldo Mourão Cunha

            Luana, pelo amor de Deus, santa misericórdia, “vê se entende pelo menos uma vez criatura”, Vamos investigar Cabral, o Pero Vaz Caminha, o Marques de Pombal, o Joaquim Silvério dos Reis, e o cacete, mas quando isso for objeto da investigação pela CPMI, repito: QUANDO ISSO FOR OBJETO DA INVESTIGAÇÃO PELA CPMI (dinovo: QUANDO ISSO FOR OBJETO DA INVESTIGAÇÃO PELA CPMI). Vai precisar de um desenho, sugiro o Pato Donald!

        • eduguim

          Não vou me indispor com você. Você está se indispondo comigo ao fazer decretos sobre a minha pessoa por discordar de mim. Quem você pensa que é para falar em nome de todos sobre a minha credibilidade? Deixe de ser arrogante que a sua vida será mais fácil. Sobre Cabral, pode ser culpado de tudo. Não o defendo. Só digo que não há EVIDÊNCIAS contra ele ou Agnelo nesse episódio da CPI. A menos que você tenha essas evidências e esteja escondendo. Se quiser fazer a gentileza de postar aqui, publico. Se não tem, sua opinião não é suficiente para condenar ninguém. Compare o que há contra Agnelo e Cabral com o que há contra Perilo. E depois Veja o que há contra Serra e Kassab, sobre os quais você não fala. Mande as evidências e pronto, prove sua tese.

          • Luana

            Condeno, sim, elel é pessoa pública. Agora, quanto ao julgamento, aí, sim, ele irá pela lei.

          • eduguim

            As evidências do envolvimento de Cabral com Cachoeira. Um jantar com o dono da Delta me parece nada.

          • Luana

            E vou repetir, estou falando em meu nome. E não sei qual o motivo da sua irritação por discordar de você disto aí, Eduardo.

            Eu não concordo com isto em relação ao Cabral, você pode falar o que quiser, pode xingar, pode falar o que quiser, nem eu nem você vamos mudar de opinião. Agora, se você quiser que não poste mais aqui, aí, sim, não farei é um direito seu. E eu respeitarei, tenha certeza disto.

          • eduguim

            Eu nunca pedi para ninguém educado parar de discordar. Eu me irrito quando alguém vem falar da minha pessoa em vez de falar do assunto que estou discutindo. Você vem dizer que vou perder credibilidade porque discordo de você e não aceito isso. De resto, o blog sempre lhe deu espaço

          • Luana

            E outra coisa, estou pouco me lixando para Serra ou Kassab.

      • Artur

        E quem disse que você tem credibilidade?

        • MarcRJ

          Luana.
          Nao se trata de credibilidade ou de defender uma opiniao.
          Este blog faz o que extamente o mesmo que os outros que sao financiados para defender o governo.
          Nao existe isencao aqui.
          Se as fotos em Paris ao inves de mostrar o Cabral com o Cavendish, mostrassem o Alckmim, todo mundo aqui estaria gritando para que ele fosse convocado para depor na CPMI.
          Nem o fato da Delta ter recebido milhoes de reais sem licitacao do governo do RJ parece chamar a atencao da maioria dos patriotas que aqui vem…
          Se uma CPMI se resume a apurar aquilo que jah foi investigado pela PF, ela jah nasceu morta!
          Essa CPMI tem a obrigacao de aprofundar as investigacoes sobre as atividades da Delta e de Cachoeira, mas se fizer isso vai ter muita gente do governo e da base aliada sendo apanhada com a boca na botija.
          Melhor entao concentrar os esforcos na oposicao e na Veja porque isso rende mais e nao expoe quem nao interessa ao governo.
          No final vai acabar tudo em pizza ou voce tem alguma duvida?

          • Haroldo Mourão Cunha

            Marc, meu caro néscio, vc é assim mesmo ou tá querendo enganar aos leitores do Cidadania??

          • MarcRJ

            Somente nao sou um alienado como voce, caro Haroldo.

          • Haroldo Mourão Cunha

            Bom saber que sou um alienado e não um vendido, obrigado, sr. Marc!!!

  • É incrível (mas comprovável) essa capacidade dos demotucanos e particularmente do José Serra estarem em TODAS AS FALCATRUAS que se investiga no país, nestes últimos 18 anos. Sem falar na Privataria Tucana, no caso Alstom, nas ambulâncias, exclusividades tucanas, os demais casos tornados públicos de “titularidade” de outros partidos, sempre tem um bico grande ou o próprio Serra ali no meio ou na beirada, sempre participando.
    Até na CPI em que o PIG estigmatizou o chamado “mensalão” do PT essa mesma mídia golpista precisou fazer enorme malabarismo para filtrar todas as informações sobre o “mensalão-pai” mineiro, com os mesmos operadores mineiros e que havia financiado as campanhas de Azeredo, de Aécio Neves, de FHC, de Covas, em 1998.
    No “mensalão do DEM”, do governo de Arruda, além do presidente do PSDB em Brasília e secretário de obras, que era o principal arrecadador da “campanha”, as mesmas empresas que superhipermegafaturavam serviços de call-center e fotocópias no governo brasiliense e depois redistribuíam milhões entre os beneficiários do esquema demotucano, a Uni-Repro e a Call Tecnologia, receberam mais de R$100 milhões por contratos com a prefeitura de SP e outro tanto por contratos com o estado de SP, nas administrações Serra&Kassab.
    A demotucanagem goiana está sendo agora escancarada aos brasileiros, e agora ficamos sabendo que a mesma turma faz o mesmo tipo de negócios com os mesmos Serra&Kassab.
    Por uma estrutura de alta blindagem ferrenha, permanecem ainda escondidos da opinião pública os negócios dessa mesma sociedade política demotucana nos governos de Minas e do Paraná, mas alguns odores já exalaram e ainda exalam provocando ânsias por esclarecimentos nos cidadãos desses estados.
    Isto sem falar nas centenas, talvez milhares de prefeituras e vereanças, em que os valores somados devem ultrapassar bastante o que já conhecemos malversados e desviados por praticantes desse modo demotucano de fazer política, privatizando a grana pública.
    Eu também concordo que deveria ser instituída CPMI exclusiva para a Delta como um todo, investigando suas relações com os governos do Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Tocantins, e outros estados e municípios onde ela tenha atuado.
    Mas esta atual CPMI é voltada para inquérito e averiguação da Organização Cachoeira e seu vínculo com detentores de funções públicas, com base nas investigações da Polícia Federal e suas gravações autorizadas pela Justiça Federal. Assim, para não perder o foco e produzir resultados, por ela devem ser investigados aqueles que estão notória e explicitamente mencionados e/ou vinculados à referida Organização. Se no decorrer das investigações aparecerem outros participantes, aí sim deveriam ser investigados.
    Não entendi até agora porque os cidadãos goianos ludibriados não entram com alguma ação contra o Procurador-Geral Gurgel (destituível pelo Congresso) e a Revista Veja, cobrando suas responsabilidades. E também por que não exigem das autoridades novas eleições, considerando que o suplente de Demóstenes e o vice de Perillo, com certeza pertencem à Organização Cachoeira.
    Ou talvez os goianos não se sintam ludibriados, quem sabe?

    Referências:
    http://transparenciasaopaulo.blogspot.com.br/2012/04/deltacachoeira-teve-mais-de-r-900.html
    http://namarianews.blogspot.com.br/2009/07/jose-serra-o-pai-da-comunicacao.html
    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,kassab-pagou-r-1069-mi-a-empresas-de-esquema,475485,0.htm
    http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,planilha-cita-41-empresas-e-caixa-2-de-r-11-mi-na-campanha-de-arruda,476526,0.htm
    http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,custo-da-ampliacao-da-marginal-do-tiete-ja-e-75-maior-do-que-o-previsto,743163,0.htm

  • Yarus

    Mobilização nasce na internet e tira garoto Paulo Sérgio da inexistência social

    A mobilização que nasceu nos últimos dias em torno de um garoto preso desde o fim de março e violentado psicologicamente por uma “repórter” do programa Brasil Urgente Bahia, começa a dar resultado. A Defensoria Pública da Bahia se mobilizou para apurar a situação de Paulo Sérgio Silva Sousa, de 18 anos. Ao mesmo tempo, o Ministério Público Federal entrou com uma representação contra Mirella Cunha, a repórter-torturadora.

    “Eu me senti humilhado, porque ela ficou rindo de mim o tempo todo. Eu chorei porque sabia que ali, eu iria pagar por algo que não fiz, e que minha mãe, meus parentes e amigos iriam me ver na TV como estuprador, e eu sou inocente”, foi o que disse o garoto à Defensoria Pública da Bahia.

    Não fosse a internet e Paulo Sérgio seria “só mais um Silva que a estrela não brilha”, como diz a música. Seria mais um dos que mofam nas prisões brasileiras sem julgamento formal, na situação de condenados sociais. Mas, no início da semana, o vídeo em que a enviada da Band humilha o garoto – vídeo que já estava no YouTube desde o dia dez de maio – ganhou destaque com a divulgação da história em alguns blogs – o Jornalismo B esteve entre os primeiros a atacar a conduta da “repórter” e da Band…”
    http://jornalismob.com/2012/05/24/mobilizacao-nasce-na-internet-e-tira-garoto-paulo-sergio-da-inexistencia-social/

  • Edu, sobre a nossa entrevista deixei mensagem no Fale com o Blog. Ok?
    Estou aguardando uma resposta sua.

  • Embora sejamos a sexta economia do mundo,nossa educação representa o quinto mundo(se é que isso possa existir).Portanto,enquanto não tivermos uma educação digna desse nome,teremos um povo que vota por um prato de lentilhas e politicos que se vendem por trinta dinheiros.Sinto um cheiro de pizza no ar.Creio que talvez seja impressão minha somente.Mas como acreditar num poder,o Poder Legislativo,que tem medo de uma midia que o chantageia?Como acreditar num poder,o Poder Executivo,que se dobra a denuncias infundadas de uma midia reconhecidamente golpista,traiçoeira?Como acreditar num poder,o Poder Judiciario,mancomunado com os privilegios e a corrupção?Talvez reste dançar um tango argentino,como no poema Pneumotorax de Manuel Bandeira.Educação é a chave para o desenvolvimento,mas educação de verdade e não o que temos hoje.Estamos formando conformistas incompetentes e não conseguimos formar rebeldes competentes,nas palavras do sociologo portugues Boaventura Santos.E é a mais pura verdade,porque hoje temos uma educação que forma pessoas sem a minima auto estima,sem a minima consciencia critica.A educação brasileira,nos ultimos anos,vem formando verdadeiros ignorantes.Ignorancia em cidadania,em direitos humanos e principalmente em brasilidade.Somos brasileiros mas não conhecemos nossa historia,nossa cultura.Talvez essa CPMI nem existisse se fossemos um pais mais civilizado,com um povo mais instruido.Porque politicos como Serra,Kassab,Perillo ou Demostenes talvez não tivessem tanta chance como têm,sendo o pais como é.Preferimos investir numa Copa do Mundo ou nas Olimpiadas do que na formação de quadros intelectuais e cientificos,para dar suporte consistente a um processo continuo de desenvolvimento.As escolhas de um povo(incluindo aí as classes dirigentes)condicionam,positiva ou negativamente,seu futuro enquanto nação.

  • Luís CPPrudente

    Pelas informações que ouvimos falar sobre as ligações captadas pela Polícia Federal entre Cachoeira e os governadores Perillo, Agnelo e Cabral. Há poucas evidências sobre as relações de Agnelo com Cachoeira, de Cabral com Cachoeira, no entanto, para desespero da imprensa vendida do PIG, há muitas evidências das relações entre Cachoeira e o Perillo.

    Se os deputados aumentarem o alcance da CPMI, eles podem encontrar algumas evidências ligando Cabral ao Cavendish, como também a família Garotinho ao Cavendish. Mas para a tristeza dos mesmos mafiosos do PIG, a relação entre Cavendish e os tucanos-pefelês de São Paulo é muito mais intensa e abrasiva para o desgosto dos tucanos-pefelês, pis nessas evidências aparecem Paulo Preto e a Dersa com o famoso Tunganel Viário do Cerra.

  • Daniel

    “…Mas na Delta da Cachoeira, tucano não pode sorrir…”
    Sensacional a paródia do Comédia MTV da música Roda Viva de Chico Buarque.
    http://mtv.uol.com.br/programas/comedia/videos/indiretas-ja

    • Sensacional.

      Eu já tinha visto algumas coisas desse pessoal, mas essa ganhou de todas. Principalmente pela música parodiada, (mais) uma pérola do grande Chico.

  • Marcos AC Lopes

    Enquanto um garoto inocente é humilhado, acusado de estupro (sem provas) e preso, na Bahia, os bandidos acusados com provas robustas (Perillo, Leréia, Demóstenes, Policarpo, Civita e todo o bando da privataria) andam por aí soltos e atuando criminosamente e contra o país. E a imprensa defendendo estes bandidos e acusando inocentes. Se está do lado dos crimonosos, é porque a imprensa golpista tira proveito de seus crimes. E os deputados da CPI estão todos com medo, da imprensa. Um twitaço talvez os façam criar coragem e focar naqueles que estão comprovadamente envolvidos com o crime.

  • Cláudio

    “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

    Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

  • Yarus

    Extra! Stanley Burburinho: Será só imaginação?

    Em agosto do ano passado o país passou pela “crise” do Ministério do Turismo.
    Uma operação da Polícia Federal apelidada de Voucher desmontou um esquema de corrupção que envolvia peemedebistas e uma ONG.
    O dinheiro foi repassado, mas não chegou ao destino.
    A ação desencadeou um mal estar entre a base e o Governo.
    No dia 11 de agosto o Jornal Nacional lançou mão de um grampo que serve apenas para ilustrar como as empresas de fachada eram arregimentadas pelo esquema.
    Stanley Burburinho me pergunta se teria sido este o grampo sobre o qual Dada se refere, nas conversas que vieram à tona na Operação Monte Carlo?

    FOTOS DOCUMENTO————

    Seria Dada, a serviço de Cachoeira, parceiro da TV Globo para ilustrar reportagens do JN? Será que os colegas Vladimir Netto e Ari Peixoto poderiam ajudar a CPMI a elucidar este caso? Talvez a Silvia Faria, diretora de jornalismo de Brasília à época. Ou, quem sabe, o Bonner, editor-chefe do telejornal. Ou melhor, o Ali Kamel e os Marinhos? Com a palavra os deputados da CPMI.

    Para ver a reportagem com o grampo que pode ser o Dadá basta ir aqui, enquanto ela ficar no ar, porque depois dessa tenho dúvidas se será fácil acessá-la. De qualquer forma segue um html que pode facilitar um “cache” no futuro. (( http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2011/08/mp-investiga-fraude-em-outros-dois-convenios-do-ministerio-do-turismo.html ))

  • Cláudio

    “A mídia demo-tucana é viva” ? Tem certeza ? Parece mais morta-viva, zumbi.

    Tentei postar ontem, por várias vezes, de manhã e à noite. De manhã o blog avisava estar mudando de servidor e não foi possível acessar até quase meio-dia. À noite também não consegui acessar a página do Blog da Cidadania.

    “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

    Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

    • Cláudio

      ‘ontem’, não : anteontem, 23maio2012.

      “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

      “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

      Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

  • Cláudio

    Vale sempre dizer :

    “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

    Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

  • Cláudio

    Mais umazinha :

    “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

    Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

  • Cláudio

    Caracoles : “parcela relevante do partido é tucana”… Deviam ser devidamente defenestrados por infidelidade partidária e nacional. Vê-se que não é só a Grobo e a horda PiGuenta (e seus lacaio$$) que são a eterna pro$$tituta.

    Parabéns, prezado blogueiro da Cidadania, pelo excelente trabalho, ajudando a desfazer o mal que o PiG faz e construindo um País e um mundo melhores, muito melhores.

    “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

    Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

  • Cláudio

    Ainda bem que há paulistas e paulistanos de bom combate, como, por exemplo, o valoroso blogueiro deste ‘Blog’ da Cidadania.

    O pouco que podemos fazer, de onde estamos, é torcer muito e dizer, mais uma vez (e sempre) :

    “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

    Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

  • Cláudio

    Como já disse o ansioso blogueiro, parece que a batata do “Cerra” e demotucânu$$ começa a assar.

    “limpeza urbana em São Paulo” e ‘Marginal’ ? Tem que ter limpeza é (também) política, ideológica e comunicacional. Não necessariamente nessa ordem (mas se for simultaneamente, melhor ainda).

    “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

    Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

  • pedro paulo

    Eduardo, uma coisa me ocorreu, se todo esse pessoal que teve o nome jogado na lama (ministros, secretários, empresas concorrentes, etc) por conta da conspiração midiática do PIG, entrar na justiça por reparação, perdas e danos morais, a venda de revistinhas e a programação medíocre vai criar receita suficiente para as indenizações ??

  • Roberto

    Eles estão jogando tudo para confundir. Eu, mesmo sabendo que não é o que eles divulgam, chego a me confundir, a achar que virou pizza. O PIG não vai deixar barato. E aí, tirando os que têm interesse em defender o PIG, noutros há o medo, pois, se forem contra, o PIG pode destroçá-los na próxima eleição. Vale lembrar o exemplo da Argentina. Ai, que inveja!