SMS de Vaccarezza gerou um surto de burrice

Opinião do blog

 

Posso garantir que os membros do PT na CPMI do Cachoeira estão travando uma verdadeira guerra para desmascarar a Veja e sua relação escandalosa com o bicheiro e deste com o governo de Goiás. A Editora Abril, o governador Marconi Perillo e a quadrilha montaram um esquema espantoso que, em mais de meio século de vida, nunca vi igual.

O PT precisa de apoio para desmascarar o maior esquema criminoso da história brasileira. E para, pela primeira vez, desnudar a promiscuidade que sempre existiu entre a grande imprensa e grupos políticos reacionários, promiscuidade que já produziu uma ditadura sangrenta que durou mais de duas décadas.

Na sexta-feira passada, todos os grandes jornais, telejornais e rádios só tinham um assunto, o qual caiu do céu para o esquema demo-tucano-midiático e seu envolvimento com o crime organizado: um membro petista da CPMI mandou um SMS para um aliado em que reafirmava a aliança.

A mídia, o PSDB, o DEM, o PPS e o PSOL tentam equiparar governadores da base aliada do governo Dilma ao esquema mafioso do qual o governador tucano Marconi Perillo é expoente. Apesar da enxurrada de evidências contra Perillo, a mídia só fala, agora, de um jantar de que o governador Sergio Cabral e Fernando Cavendish, dono da Delta, participaram.

Colunistas da grande mídia fingem que Perillo não existe e se concentram em Cabral e – agora um pouco menos – no petista Agnello Queiroz. Tentam desviar a atenção dos fatos escabrosos que vão surgindo contra o governador goiano e nivelam os governadores do Rio de Janeiro e de Brasília a ele apesar de não haver comparação possível.

Veja abaixo, leitor, uma pequena parte do que pesa contra Perillo e reflita se existe algo parecido contra Cabral e Agnelo.

Sobrinho de Cachoeira pagou compra da casa de Perillo, diz delegado à CPI – Política – iG

A conexão Perillo-Cachoeira – Vida Pública – Gazeta do Povo

Perillo interveio a favor de Cachoeira

Delegado confirma relação de Perillo e Cachoeira – Política – Estado de Minas 

Delegado reforça ligação de Perillo com Cachoeira

Parente de Cachoeira pagou casa de Perillo

Em gravação, Carlinhos Cachoeira diz que elegeu Perillo – O Globo

Dossiê feito por Cachoeira denuncia contas de Perillo

Perillo admite ‘pequena’ influência de Cachoeira

Perillo teria relação próxima com Cachoeira, diz delegado à CPI – O Globo 

Cachoeira mandou entregar dinheiro para Marconi Perillo

Perillo é citado como ‘irmão’ por aliado da máfia bicheiro Cachoeira

“Cachoeira é o verdadeiro governo Perillo” no Portal Luis Nassif:

Cunhada de Cachoeira trabalhava no governo de Marconi Perillo 

Cachoeira cobrou fatura de Perillo por apoio à campanha do tucano

Enquanto a esquerda se une à mídia para ficar criminalizando o jantar de Cabral, o nada sobre Agnelo e o SMS do Vaccarezza, o povo de Goiás sai aos milhares às ruas para tentar tirar o crime organizado do poder sem que a mídia dê uma mísera notinha.

O movimento Fora Marconi já promoveu três imensas passeatas de protesto e a mídia só fala de Cabral, Marconi e do maldito SMS. A censura sobre esse movimento pode ser comparada à da Globo contra as Diretas Já.

Assista, abaixo, à última manifestação contra Perillo em Goiânia.

No SMS fatídico, o deputado Cândido Vaccarezza não escreveu nada demais. Apenas a forma de escrever é que foi meio ridícula, pois deixou a impressão de que algo de grave foi dito. Mas o que, diabos, disse Vaccarezza? Nada, absolutamente nada que todos não saibam. Disse que o PT apóia Cabral e que o clima com o PMDB iria piorar.

Por que iria piorar o clima entre PT e PMDB? Supõem que o PMDB esteja relutando em convocar a Veja até porque grande parcela do partido tem rabo preso com a mídia, o que explica a arrogância midiática diante da possibilidade de a revista mafiosa ter que se explicar.

O maldito SMS, que nada tinha de extraordinário, foi um presente do céu para a máfia demo-tucano-midiática. Permitiu a criação de mais ilações sobre o governador do Rio. Enquanto isso, o foco sai de Perillo, que tem contra si uma tonelada de evidências comprometedoras que ainda podem se transformar em provas e lhe cortarem a cabeça.

Qual não foi a surpresa ao ver que os setores da esquerda estavam fazendo coro com a grande mídia, ajudando a inflar ainda mais a escandalização do nada. Para quê? Para nada. Apesar dos termos ridículos do SMS de Vaccarrezza, não passou de uma frase mal-pensada e mal-escrita.

A burrice foi tão grande que fez até arrefecer a indignação contra a Veja nas redes sociais. Milhares de pessoas estavam ansiosas para chegar o sábado e desencadearem um novo tuitaço contra a Veja, mas o SMS do Vaccarezza as desmobilizou. A mudança de foco, aliás, assanhou a máfia político-midiática, que já dá como favas contadas a absolvição da revista.

Por conta do SMS do Vaccarezza, o PT ficou isolado na luta que está travando na CPMI pela convocação de Policarpo Júnior e, conforme for, de Roberto Civita. E a convocação de Marconi Perillo ficou mais difícil, pois a mensagem por celular do parlamentar petista fez a militância comprar a tese absurda da mídia de que pesam contra Cabral e Agnelo o mesmo que contra o governador tucano.

Cabral jamais foi citado em escuta alguma. O fato de ter participado de um jantar em um restaurante chique com Cavendish está sendo nivelado a tudo que já se sabe que há contra Perillo. Sobre Agnello, é pior. As escutas mostram que ele atuava contra Cachoeira, até por isso a mídia o trocou por Cabral, pois esmiuçar muito seu caso provaria isso.

Aumentaram as chances de a Veja se livrar dessa. E, ironicamente, a militância que quer ver a revista se explicar colaborou muito ao abandonar o PT quando estava cara a cara com o goleiro. Se a Veja se safar dessa a esquerda só poderá culpar a si mesma, pois o PT está fazendo a sua parte, ainda que sozinho.

268 comments

  • Todo mundo muito nervoso. Calma! O mundo não acabou e a CPMI tem 6 (sei) meses para terminar sua investigação, que ainda nem começou. A investigação da PF é que vale e não o blablabla. A internet favorece as reações passioanais e foi o que vimos ontém.

    • ESSES PETISTAS NOJENTOS PENSAM QUE TODOS OS BRASILEIROS SÃO BURROS. MAQUEIAM UMA DEFESA DO ATO POLÍTICO ABSURDO DO VACARREZA, MANIPULAM UMA CPI QUE DEPÓIS DE 30 DIAS DE INSTALADA AINDA NÃO PRODUZIU ABSOLUTAMENTE NADA, ACUSAM TODOS OS DEMAIS POLÍTICOS E A IMPRENSA DE CRIMINOSA E AINDA QUEREM POSAR DE SANTINHOS. TODA ESSA PATIFARIA QUE TÁ ACONTECENDO NO PAÍS COMEÇOU COM O GOVERNO LULA E O MENSALÃO. TEM NADA NÃO, VÃO PROVAR NOVAMENTE O GOSTINHO DE UM NOVO GOVERNO MILITAR PARA ACABAR COM ESSA ZORRA!!!!!!

    • O “#falacavendish” poderia falar sobre as relações Delta e o governo tucano-pefelê de São Paulo?

      Poderia sim, e tem que falar, mas no momento atual que tem que ser convocado é #VejaBandida, o seu editor Policarpo e o Perillo. Com o desenvolver da CPMI, se aparecerem as ligações com o “#falacavendish”, ele tem que falar sim, provavelmente ele tem mais a falar em relação às obras em São Paulo.

      O momento é de convocar a #VejaBandida a depor.

      Ley de Medios para encerrar as atividades da #VejaBandida!

  • O Vacarezza é uma ¨Anta¨, um sabujo, tem que tomar uma esfrega. Onde já se viu, um Deputado usar esse linguajar para se referir a alguma coisa. Ele criou o problema, é muito enrolado em suas opiniões. Tem que sair de fininho, ou então fazer algo para provar a que veio.

  • Burrice é saber que a raposa está de olho e deixar a porta do galinheiro aberta.

    Como burrice, Eduardo Guimarães, se o sr. mesmo diz que “Por conta do SMS do Vaccarezza, o PT ficou isolado na luta que está travando na CPMI pela convocação de Policarpo Júnior e, conforme for, de Roberto Civita”?

    Esse Vaccarezza está parecendo o Tom Jobim, por onde passa arruma confusão. Por isso Dilma o tirou da liderança do Governo.

    O Vaccarezza ajudaria muito se ficasse calado.

    Gastamos horas de dedicação ao ativismo político nas redes sociais e o idiota em um SMS consegue estragar.

    O Vaccarezza vai chutar a bola e acerta o dedão na pedra.

    Não estamos nos dedicando para sustentar a burrice de quem não tem competência para enfrentar esse jogo pesado da CPMI.

    Aliás, o legado do Lula foi nos ensinar a não passar a mão na cabeça de incompetentes. Lembra quando o Lula encostou o Mercadante na parede para alertá-lo que a imprensa queria a cabeça do Sarney mirando o Lula, ou seja, que o real objetivo da imprensa não era o Sarney?

    • apoiado. renúncia já para não pairar suspeitas sobre a comissão. afinal há muito tempo que ele debandou para o outro lado (tucano vermelho)

      • snd e Gerson,

        concordo inteiramente com vcs…

        fica difícil (IMPOSSÍVEL, pra ser exato) explicar os deslizes do “psdb do pt” para uma pessoa minimente esclarecida, informada e com senso crítico!

        explicar(?) essa BESTEIRA do vaggarezza e convencer algum militante fanático, ignorante de pai e mãe, é fácil!!!

        com q moral eu respondo aqueles e-mails tipow… “sapo barbudo chefe de quadrilha” ou “Dilma poste de Lula propaga corrupção” ou “pt forma quadrilha aparelhando o estado e protegendo bandidos”?

        O TÍTULO CORRETO DO POST DEVERIA SER:

        >>>>SURTO DE BURRICE EM VACCAREZZA GEROU PROBLEMAS E CONSTRANGIMENTOS AO PT (O VERDADEIRO, COM MAIÚSCULAS) E À CPI<<<<.

        (pro psdb do pt, q já explicou as "consultorias" do dirceu, cardozo, paloffi e greenhalgh para o LADO NEGRO DA FORÇA, é fácil falar qquer coisa… para quem tem coerencia e trata com pessoas inteligentes e esclarecidas, q até simpatizam com o PT, é impossível explicar as coisas q faz o psdb do pt)

        Pq ningém flagrou o Fernando Ferro, por ex, trocando SMS com algum governador mafioso?

        Se o vaccarezza tivesse mandando SMS pra alguém do pt (ou até do PT, q não deve ser a "turma" dele), ou para algum político aliado q não estivesse envolvido, mesmo lateralmente, na investigação, NÃO HAVERIA PROBLEMA ALGUM NA ATITUDE, NEM MESMO SE O SMS FOSSE FILMADO, COMO FOI!

        o problema é q um petista(?) do psdb do pt foi flagrado mandando juras de amor (eu sou teu e vc é meu… isso foi ridiculo! rsrs) para um governador com indícios pra lá de suspeitos, como é o caso do cabralzinho, garantindo q ele será blindado… QUE VERGONHA ALHEIA!!!

        (na segunda-feira vou ser alvo de chacotas, COM CERTEZA!!!)

        e antes q os doutrinadores partidários (convocadados para a operação "ABAFA O FLAGRANTE DO VAGGAREZZA), amigos, melhor dizendo, PREPOSTOS do psdb do pt (pois os verdadeiros PETISTAS não gostaram nada, nadinha dessa história do vaggarezza) venham tentar desacreditar meu comentário, peço para responder duas questões antes:

        – QUEM indicou o tomas bastos para ministro? (e não foi o Lula!)

        – QUEM indicou o fernando correa para o lugar do Paulo Lacerda?

        sem responderem essas perguntas, não adianta tentar descontruir meu comentário, me desqualificando, usando os mesmos truques de sempre, blá blá blá… tanto é verdade, q o Gerson nem se digna a responder aos comentários do povo do "abafa"…

        quem não tem coragem de responder as duas perguntas acima, não está comprometido com a verdade, está comprometido com o psdb do pt (não com o PT).

    • Eu não entendi a comparação do Vacarezza com o Tom Jobim.

      Tom Jobim era músico, não era político. Quem disse que ele causava confusão por onde passava?

      Que bobagem, rapaz!

      • Claro, o Vaccarezza se tornou alvo de xingamentos, acusações, ridicularizações propositalmente. E nem teve o cuidado de escrever em bom português. Caso pensado… Caceta!

      • Pois para mim não passou de estupidez mesmo. Só que são daquele tipo que causa um estrago tão grande que, ou mata as chances de se fazer o que deve ser feito, ou via dar um trabalhão para se remendar, perde-se sinergia e pode mesmo complicar o resultado. Parece aquele adolescente estúpido que pega o carro super potente e, sem ter experiência na condução, espeta o veiculo contra outro. Ou mata ou deixa aleijado. Tem de pedir para ir ao banheiro e não voltar.

    • Gerson
      Lhe apoio nos argumentos.
      O Vaccarezza faz as “emes” e nós é que erramos em gritar.
      Só o SMS dele, sem o nosso grito já foi o estrago.
      Se fico brigando é só para defender Lula, Dilma e um programa de governo que confio.
      Os Vaccarezzas pra mim nunca deveriam estar no PT e muito menos numa CPMI extremamente séria e decisiva para a democracia no Brasil.

      • Se vc fica gritando contra o Vaccarezza para defender o Lula e Dilma, pode parar agora!!! Está tudo errado!!!
        Vaccarezza está como auxiliar direito do Lula nessa CPI, por escolha do Lula.
        Atacá-lo, é atacar o próprio Lula!!
        Portanto xingar o Vaccarezza para defender o Lula, não há a menor coerência!!!
        Não se esqueça que o PIG não queria o Vaccarezza como relator de jeito nenhum, lembra?
        O PIG não gosta do Vaccarezza, será porque né???
        Acorda galera!!! Pelamordedeus parem de cair na ladainha da direita!!!

    • Concordo inteiramente com você, Gerson… Não necessária, mas PRINCIPALMENTE aqueles que como eu, e creio, como você, e a imensa maioria dos que frequentam este e outros blogs progressistas, que militam diuturnamente na seara virtual sem ter qualquer compromisso formal com este ou aquele partido político, sem qualquer emprego ou boquinha no setor público, sem qualquer paga pelo seu nobre esforço que não seja o subjetivo prazer de ver o Brasil mudar pra melhor em todos os aspectos, tem TODO e legítimo direito de se sentir OFENDIDO com essa atitude inconsequentemente estúpida (BURRA, mesmo!) do deputado e ex-lider do Governo(?!!!) Sr. Cândido (de vargar)ccarezza. Aloprado, perde. E o MÍNIMO que se pode esperar do fanfarrão, é que ele peça pra sair; e que o faça o mais rápida e discretamente possível para não causar maiores e mais constrangimentos e embaraços ainda à todos nós, mormente aos seus colegas de partido. P.S. pra que não reste a menor dúvida, embora não possa mais me declarar simpatizante do PT com a mesma convicção e orgulho com que me declarava em seus primórdios, continuo convicto de que ele AINDA é sem dúvida, comparado aos partidos que ai estão, dos males o infinitamente menor… #VejaNaCpiJá!…

    • Gerson, tu é um cara porreta, gosto pacas dos teus comentários, mas há muito tempo que venho dizendo para o Eduardo que vou usar as mesmas armas que esses filhos de umas santas vem usando. Num guento mais dar uma de bonzinho, ético e coisa e tal! Gonzaguinha já disse certa vez: “agente não está , com a bunda exposta na janelas, pra passarem a mão nela”! Não tenho a mínima ideia do contexto inserido na mensagem do Vaccareza, portanto, não vou ficar dizendo que ele está errado, estou do lado dele e do projeto que apoio, isso é muito mais importante que ficar de picuinhas imbecis (isso não é uma indireta, certo?) aqui na esquerda.

  • “Apesar dos termos ridículos do SMS de Vaccarrezza, não passou de uma frase mal-pensada e mal-escrita.”
    Pois é Edu, e em local não apropriado.

  • Atestado de burrice com firma reconhecida. Alguém já disse que é essa a esquerda que a direita tanto gosta. Nessa briga de cachorro grande sempre um petista para fazer ou falar mer(…). Ainda não sabemos se é só burrice ou se é coisa provocada.
    Não dá pra raciocinar de outra maneira da que voce aqui expõe. Fogo amigo é a especialidade da casa(do PT). Olha que o Suplicy ainda não desandou a falar…

  • Como você consegue minizar uma coisa dessas??? O sms do Vacarezza é gravissímo para um membro da CPI, agora já sabemos que o PT não quer envestigar nada do Cabral e a leitura de qualquer um faz é a que tem coisa errada entre Cabral e a Delta. E é por isso que o PT morre de medo da convocação do Agnelo e do Cabral. E vocês não cansam dessa idéia maluca de convocar a VEJA.

    • A gente zoa os portugueses, mas inteligência nunca foi o nosso forte. Nossos políticos mais inteligentes e bem intencionados foram defenestrados pela própria militância de esquerda, como Brizola, humilhado por Lula, e o próprio Lula, pelo PSOL.
      O PT, coitado, tem na sua história a oposição à eleição de Tancredo, ser a favor do Plano Cruzado e contra o Plano Real, não ter assinado a Constituição… Tinha um grupo que era até contra a Anisitia.
      Agora, está aí, com o que lhe sobrou de mais fisiológico, se confundindo com parte do PMDB e até do PSDB de SP.
      Vaccarezza, Zé Cardozo, P. Bernardo, Suplicys, Mercadante, Lindbergh. Para que servem? São esses caras que queremos no poder?

    • Não há minimização. O SMS não é “gravíssimo”. Essa não é a “leitura que qualquer um faz”. Não dá pra dizer que há algo errado entre Cabral e Delta a partir disso e não “sabemos” que o PT não quer investigar nada sobre Cabral.

      O SMS está em português, mas parece que vcs não conseguem ler. Vacareza diz que a relação com o PMDB vai “azedar”, mas que Cabral não precisa se preocupar com isso. MAIS NADA.

      Existe uma razão pela qual a imprensa marrom e seus miquinhos amestrados estão centrando as atenções na segunda frase so SMS, e evitando a primeira. E é uma razão simples, pelo menos pra quem tem um mínimo de cérebro.

      Se a relação com o PMDB vai “azedar”, é pq há divergência de vontades entre os dois aliados, PT e PMDB. Se essa divergência diz respeito a investigação de Cabral, conclui-se que um dos aliados QUER investigá-lo, e o outro, não. Como Cabral é do PMDB, conclui-se que é o PT que deseja investigá-lo.

      Ou seja, se o estopim do tal azedamento for a descoberta de informações contra Cabral, como a imprensa marrom tenta impor e vc repete acriticamente, essa descoberta provocaria o azedamento se – e somente se – levasse o PT a querer investigá-lo.

      Mas isso é incompatível com a tese de que o PT “não quer investigar nada sobre Cabral”, o que leva à conclusão de que dizer que o SMS “revela” a existência de indícios contra Cabral e dizer que “o PT não quer investigá-los” é simplesmente impossível por ser incoerente. A revelação de indícios capaz de azedar a relação e o desejo de não investigar são mutuamente exclusivas simplesmente pq o azedamento da relação PRESSUPÕE o desejo de investigar.

      Mas vamos além. Suponhamos, por um momento, que algumas alas do PT queiram investigar Cabral, e que isso esteja “azedando” a relação com o PMDB. Ora, se uma parcela do PT quer investigar e a outra, não, em nome de quem Vacareza fala para Cabral? Não pode ser do PT, pois não há unidade de propósito dentro do próprio partido, nessa hipótese.

      Assim, não dá pra concluir que ele “revelou” que “o PT” não vai investigar nada de Cabral”. No máximo, o que seria possível dizer é que ele reafirmou o desejo de uma parte do PT, e não de todo o partido. E nada garante que essa facção hipotética consiga forçar todo o partido a fazer o que ela quer, não é mesmo?

      Enfim, de qualquer ângulo que se olhe, a única interpretação impossível do texto do SMS é justamente aquela que vc diz ser a que “qualquer um faria”.

      • É isso aí Pierre, e nada mais que isso. De resto é só esse gosto pelo sangue que me desanima.
        Desde o início sabia que alguma coisa desse tipo ia acontecer. É obvio, e ainda vai acontecer mais.
        Duro é saber que parte dessa militância sedenta por sangue, está pronta para cair no jogo sujo da direita contra ela própria. O Edu tem razão, é burrice sim!!!

        Todo mundo sabe que o PIG não queria o Vaccarezza como relator por ser o homem do Lula ali dentro da CPI.
        Todo mundo sabe que não há nada contra o Cabral, além de um jantar em Paris (o que considero anti ético, mas sem nenhuma evidência de crime).
        Todo mundo sabe que só querem lavar o Cabral para CPI para atingir o Lula.
        O que o PIG mais quer ver, é o Vaccarezza longe dessa CPMI. Porque será??? Não precisa ser muito inteligente para entender isso, precisa?
        Todo mundo sabe que depois de 400 ligações do Demostenes para Cachoeira e mais de 200 ligações de Policarpo para Cachoeira, ninguém precisa ver para saber que os tucanos e demos trocam sms com Cívita, Policarpo, Perillo, Serra etc. Ou será que a galera é que nem são tomé.

        Mesmo sabendo de tudo, (a esquerda é bem informada) as pessoas ainda fazem coro com o PIG defenestrando o Vaccarezza, que para mim, é o petista mais fundamental nessa CPMI.
        Torço para o companheiro Vaccarezza e lamento pelo crime de violação de correspondência que sofreu.
        Se fosse a Carolina Dickmam, o SBT seria processado, mas se tratando de político de esquerda, vale tudo!
        Não me espantaria se colocassem filmadoras nos banheiros, ou dentro dos carro dos parlamentares do PT. O que interessa é achar uma frase de efeito, que a militância cai como um pato.

        Um, é deputado em São Paulo e o outro, é governador do Rio. O único elo de ligação entre eles é o Lula.
        Vaccarezza está na CPI defendendo nossos interesses. Se é homem de confiança do Lula, é meu também e tem todo meu apoio.

      • Pierre,

        Você também está tentando minimizar a burrada que o Deputado Petista fez. Você pode criar as hipóteses que quiser, mas tendo a CPI, poder de justiça quando a questão é investigação, o Vaccareza tá pouco se lixando quando a questão é buscar a verdade, ele quer defender o deles. Imagina o Joaquim Barbosa mandando um sms deste tipo para José Dirceu, Que credibilidade teria o Julgamento do mensalão?
        Já está demorando demais a saída dele da CPI
        Espero que aconteça até amanhã, dado que a credibilidade da CPI já se encontra abalada.

        • Primeiro, não criei “hipóteses”. Meramente argumentei com lógica. Folgo em saber que vc não tem contra-argumentos.

          Segundo, não estou “defendendo” nada. Estou é dizendo que concluir o que o outro comentarista concluiu é ilógico, e provei isso com argumentos (e não “hipóteses”).

          Terceiro, quem cria hipóteses é vc, ao afirmar que “Vacareza apenas defende o dele e não liga pra verdade”. Vc não sabe disso, está apenas chutando com base em seu próprio preconceito.

          Quarto, Cabral não é investigado da CPI, e Vacareza não é seu juiz. Aliás, se a sua tese fosse correta, o que dizer de TODOS os parlamentares do PSDB e do DEM? Não deveriam ser suspeitos para integrarem a CPI, já que estarão julgando seus próprios companheiros de partido? Ou vc vai fingir que eles são “diferentes” ou que não tem interesse algum em “defender” seus próprios pares e aliados?

          Por fim, por não ceder à pressão da imprensa pra perseguir politicamente os aliados do governo – já que não há razão alguma pra tratar Cabral de forma diferente de Serra, por exemplo, dado que ambos encetaram acordos com a Delta – é que a credibilidade da CPI está intacta. Se Cabral e Agnelo, contra quem não existe nada além do que já existe contra todos os demais governadores, forem investigados por essa CPI, aí sim a sua credibilidade terá ido pro espaço, e a pizza será inevitável.

          Foi o que ocorreu em todas as outras CPIs, diga-se de passagem. é a tática mais velha do mundo: embola-se o meio de campo trazendo gente que nada tem a ver com a essência das investigações, pra forçar um acordão e livrar a cara dos pilantras.

          • Piere,
            O único fato que existe é que o Deputado petista mandou o seguinte sms “A relação com o PMDB vai azedar na CPI. Mas não se preocupe, você é nosso, e nós somos teu (sic).”. Apartir daí, são tudo hipóteses, você com as suas e eu com as minhas. Uma dessas hipóteses é fato, aquela que o Vaccarezza vai defender o Cabral de qualquer maneira, essa você não pode negar.

            A princípio o único investigado é o Cachoeira, mas todos podem ser investigado, então você está errado quando diz que Cabral não é investigado. O Vaccarezza tem poder justiça quando o assunto é investigação, mas ele não fará nada para investigar um governador Cabral que tem uma relação muito estreita com a Delta

            O que o Vaccarezza fez foi gravíssimo e a credibilidade da CPI está em cheque, isso também é fato. Faz um exercício aí: Imagine o Alvaro Dias mandando um sms desses para o Marconi Perillo. Como vocês estariam agora?

          • Bruce, o Cabral não está sendo acusado de nada, pois o CPMI não tem como convocar algo que está fora de suas atribuições, ou então vamos voltar àquela CPI do fim do mundo?? Não há gravações que ponham o Cabral no contexto, estão é querendo desviar a atenção do principal, mais nada. E aqui estão entrando na deles (ou na tua).

          • Acho que vc precisa verificar as definições de “hipótese” e de “fato”.

            É fato que Vacareza e Cabral são membros de partidos aliados.

            É fato que partidos aliados se defendem mutuamente.

            É fato que Vacareza disse que a relação com o PMDB vai azedar.

            É fato que relações entre aliados só azedam quando um deles quer uma coisa, e o outro, outra.

            É fato que NÃO é possível uma aliança azedar pq ambos os aliados querem defender o mesmo aliado.

            A hipótese de que “o SMS revela que há indícios contra Cabral, que vão azedar a relação entre os aliados” e “o SMS revela que o PT quer defender Cabral a todo custo” são mutuamente exclusivas. Se a relação azeda, é pq o PT quer investigar Cabral e o PMDB, defendê-lo.

            É fato que não existe menção a Cabral nas ligações interceptadas conhecidas até o momento.

            É fato que a Delta tem contratos com outros Estados.

            É fato que não há razão alguma pra convocar Cabral e não todos os demais governadores.

            É fato que o que existe contra Perilo aponta para uma relação especial entre ele e Cachoeira.

            É fato que uma CPI DEVE ter objetivo determinado, e NÃO serve para investigar toda e qualquer coisa.

            É fato que o objetivo dessa CPI são as relações da quadrilha de Cachoeira, e não a investigação de contratos da Delta.

            É fato que querer convocar Cabral é um despautério e configura perseguição política, já que a situação dele não é diferente da de outros cujas convocações não são sequer cogitadas.

            Tem fato de monte, meu caro… As hipóteses, mesmo, são as daqueles que querem pq querem ver Cabral sendo convocado pra poderem pressionar a CPI a fazer um acordão e livrar todo mundo. A imprensa marrom só sobrevive de hipóteses, que ela passa como se fossem fatos.

          • É fato que você é um bom defensor do PT, mesmo que para isso precise lenvantar hipóteses equivocadas!!

            Um Abraço

          • Deixa eu te explicar uma coisa básica sobre debates, caro Bruce: negação genérica não é argumento.

            Não adianta dizer que tudo o que escrevi não é fato, mas “hipótese infundada”. Tem que demonstrar.

            E sabe pq vc precisa apelar pra negação genérica? Pq vc não tem argumento algum. Os fatos que mencionei são públicos e notórios. Não há hipótese alguma envolvida. Mas vc não tem como brigar com fatos, então recorre ao argumento do beicinho: “é pq eu digo que é e tá acabado”.

            Qdo vc aprender a debater com a razão, e não com suas vontades inconfessáveis, aí a gente conversa.

  • Eu só não estou entendendo uma coisa: eu reprovo o que fez Vaccarezza, apesar de concordar que não havia ali nada de errado ou anormal, apenas, como disse você mesmo, “O maldito SMS, que nada tinha de extraordinário, foi um presente do céu para a máfia demo-tucano-midiática. Permitiu a criação de mais ilações sobre o governador do Rio. Enquanto isso, o foco sai de Perillo, que tem contra si uma tonelada de evidências comprometedoras…” Daí, porque sou filiado e militante do PT desde 1985, tenho que me calar pra não fazer o papel que a mídia quer que eu faça?! Simplesmente engulo a p… da merda que o cara fez e não posso nem me indignar com isso? O burro sou eu? Então eu quem não entendi que a mídia e seu batalhão de militantes jornalistas estão esmiuçando microscopicamente a vida de qualquer militante petista pra ver se encontra qualquer coisa que possa desviar o foco da CPMI? E o SMS “não passou de uma frase mal-pensada e mal-escrita”. Foi um ato nunca pensado e burramente escrito o que me deixou mais indignado ainda.

    • Quem lê o que escreve vai pensar que a coisa mais comum é filmarem os sms dos outros. Eu nunca tinha visto uma coisa dessa!!! Acho perfeitamente normal que Vaccarezza tenha caído nessa arapuca. E letra do sms é muito pequena, não da nem para o vizinho ler. O fato foi a super lente da câmera que pegou tudo. Considero isso um crime de violação de correspondência. Um abuso da mídia!!! Não vejo nenhum mico, vacilo, burrice do Vaccarezza. Mas vejo sim um mico, vacilo e burrice da militância fazendo coro com o PIG. Isso sim é imperdoável!!! Pensei que depois de 2005 nós já tivéssemos aprendido alguma coisa, mas pelo visto….

      • Não vejo invasão de privacidade pq o SMS foi escrito em público. Se ele estivesse em casa ou no banheiro, por exemplo, aí sim, mas em público é o mesmo raciocínio de falar ao telefone: ninguém tem o dever de não ouvir. FEz em público, o ato torna-se público.

        O que vejo de irreal e suspeito é o fato de que mandar um SMS é coisa que leva poucos minutos, e só poderia ser visto por um determinado ângulo. E não dá pra crer que por um tremendo acaso, a câmera do SBT estava passando por ali, exatamente naquele local, naquele exato momento, pra poder captar a imagem.

        Então, ou a equipe do SBT estava ali de tocaia por muito tempo, até chegar a oportunidade que desejavam (talvez já sabendo que aquele é o local preferido por muitos pra usar o celular) e, mesmo assim, deram uma “sorte” violenta (mas ao menos crível), ou a coisa toda foi preparada – ou em conluio com o Vacarezza, ou simplesmente pegaram uma imagem dele e adicionaram o texto “comprometedor”.

        O que não dá pra acreditar em nenhuma hipótese é que foi tudo por acaso, por coincidência.

  • Repito: fica, para mim, a dúvida sobre se o presentão de Vaccarezza para a oposição e a Veja foi acidental ou não. Afinal, por que diabos ele resolveu mandar um SMS com ares amorosos ao governador do Rio diretamente da reunião da CPI, justo numa sexta-feira pela manhã, quando as revistas semanais começam seu fechamento?

    Será que um político experiente como Vaccarezza não atentou para o fato de que havia lá batalhões de fotógrafos e que seu SMS poderia ajudar MUITO a Veja? Será?

    O próprio Vaccarezza reconheceu, em nota, que Cabral NÃO FOI CITADO em nenhum inquérito. Não há porque convocá-lo. O mesmo vale para Agnello. Já o Perillo, está envolvido até as sobrancelhas com Cachoeira e Demóstenes. E como PT e PMDB têm maioria na CPI, não há a menor possibilidade de Cabral ser convocado se os dois partidos não o quiserem. Então, por que o SMS?

    Acho que entendi os motivos de Dilma ao tirar Vaccarezza da liderança do Governo na Câmara…

    ______
    PS: a Veja já não é a mesma. Apesar desse presente do Vaccarezza ao Civita, a revista não ousou transformar o assunto em capa. A Veja realmente está acuada.

    • Nem teria porque. O próprio PT fez o serviço em sua série interminável de lambanças. Primeiro foi o laranja collorido. Agora o Vacarezza dando pontapé inicial do Programa Brasil Carinhoso, alisando o ilustre filhote da esquerda etílica que batia ponto no Antonio`s nos anos 60/70

    • Roberto, vc acha que nenhum parlamentar manda sms da cpi???? Não só manda sms como atende celular passa e-mail e sempre foi assim. Agora, francamente, achar que não foi acidental, que o Vaccarezza faria isso propositalmente é o fim da picada.

  • “Eduardo,
    sou morador do estado do rio de janeiro e tendo 33 anos de existência, votei na esmagadora maioria das vezes no PT. Você não faz ideia do que ocorre aqui com o apoio irresponsável do PT ao governo local. Um governo neoliberal hardcore (origem partidária tanto de Cabral quanto de Paes) que deixa educação e saúde a míngua enquanto as privatiza com projetos ” importados” de São Paulo como as OS’s e o “apoio” da fundação Ayrton Senna. Deslocamentos em massa de moradores pobres pelas obras da Copa e das Olimpíadas (essas feitas diretamente pelo PT) e superfaturamento descarado de obras que propositalmente atrasadas para que possam ser feitas sem licitação. O setor de transporte é calamitoso e gerido por um mafioso como Júlio Lopes um despachante das empresas e empreiteiras do setor. Isso tudo com algo que vocês ainda não tem em São Paulo: a colombianização da política local pelas milícias que tornam impossível qualquer candidato de oposição fazer campanha na zona oeste que é a maior concentração de votos do município. As milícias foram responsáveis diretas pela eleição de Eduardo Paes (conhecido pelo carinho epiteto de “Dudu Milícia”). Nos livrar do PMDB daqui é condição sine qua non para que as verbas do pré-sal e dos grandes eventos não vá para o ralo do superfaturamento e sobre algo para a população. Eu lhe respeito embora divirja muitas vezes com relação ao governo federal do qual tenho postura mais crítica… mas eu lhe garanto que nossa situação não é melhor que o reinado tucano em São Paulo (também desastroso). A diferença é que aqui pelo apoio do PT local e pela transferência dos antigos votos brizolistas que hoje vão para milicianos e evangélicos simplesmente não temos mais contraditório.

    • Eduardo.
      Verifique aí se esse “conterrãneo” alexandre vasilenskas
      é verdadeiro. Ache que é um pau mandado do “Tio rei”.
      Tem mentiras demais nos seus bla, bla,blás.

      • Quais dados meus você quer? Serve meu número no conselho regional de psicologia? 30741. Quer outros dados? Quais mentiras falei? Se quer me desmentir seja objetivo cara… é mais honesto e eficiente.

        • É tudo verdade. Votei em Cabral e voto de novo por ser alinhado com o Gov. Dilma, mas reconheço que não temos moral pra falar de SP. Esses, PMDB-RJ e PSDB-SP são, sim, farinha do mesmo saco. Coitada da farinha. Não temos opção no RJ. Por inação do PT, já que o brizolismo se desintegrou com as mortes de Brizola e Darcy Ribeiro.

          Mas esta é a nossa burrice.

          Eduardo Guimarães está certíssimo.

          A hora é da CPI do PiG. E os nossos alvos são Veja, Gurgel e Perillo.

          Cabral é outro problema. Nada a ver com Cachoeira, pelo menos até aqui.

          Falar de Cabral agora é burrice.

          • Vale tudo não é meu amigo! Até se aliar ao Collor e ao Edir Macedo e seus esquemas de financiamento da Rede Record com o dinheiro da igreja, que diga-se de passagem não sofre tributação.

          • Bucaneiro, pela sua lógica, então, o PT deveria apoiar a Veja, só pq o Collor e a Record a estão atacando.

            A sua é uma crítica infantil e inane, pra não dizer outra coisa.

            Se o PT tem uma convicção, e outros como Collor e Edir Macedo tbm a tem, por seus próprios motivos, essa convergência NÃO é uma aliança, mas apenas isso: uma convergência, que é mais do que normal em uma democracia.

            O que o PT NÃO pode fazer – e se fizesse aí sim seria um “vale-tudo” – é se pautar pelos interesses e convicções de Collor e Edir, e servir de pau mandado deles, como fez a Veja em relação a Cachoeira e a toda a oposição.

            Por fim, vc sabe que a imprensa escrita tem imunidade tributária constitucional, não sabe? Só pra checar…

    • Isso não é verdade!! O governo Cabral e Eduardo Paes tem seus defeitos mas os acertos são infinitamente maiores. O Rio de Janeiro está outro, não tem comparação!!!

      • é mesmo? Melhor em que? Na saúde onde o ministério da saúde diz termos um dos piores SUS do país? Agora privatizado pelo modelos paulista? Na educação? onde nossos resultados também são calamitosos. Será no transporte? Comandado pelo capo Júlio Lopes. Nas obras da Copa estilo maracanã? Nas remoções forçadas feitas à moda nazi pelo sr. Bittar? Ou pela ocupação militarizada das favelas em torno do cinturão turístico da cidade, obviamente algo por natureza não universalizável e que já expulsa moradores que não aguentam pagar as taxas “pacificadas”? Ou será nas milícias diretamente ligadas ao PMDB carioca?

  • A unica palavra que pode resumir essa mancada do Vaccarezza, é “Burrice”; em um momento de enfrentamento que vivemos contra a mídia corrupta e golpista, ele vai e cede ao inimigo uma arma que permitem atacar e defender-se ao mesmo tempo.

    • é isso. Ou este Vacareza é pouco inteligente ou nem sei, é um ‘tucanopetista’. Este Vacareza prestou grande desserviço à CPMI. Ele, sozinho foi quem passou a tal SMS… e deu ao PIG armamento para criticas – sem embasamento até aqui – de que a CPMI é chapa-branca e quer só pegar a oposição… nas radios só querem a convocação de Cabral e … Agnelo. Já se esqueceram do PERILLO! A midia é bandida, para nós está, a cada dia, mais e mais óbvio.

      O problema é que são eles que ocupam as ondas do rádio e emissoras de tv. Eles são os donos da mass media. O que a Record tem feito é importante, mas quase uma gota no oceano da desinformação PIGuiática.

      Sujou, Vacareza. Sujou.

  • Edu,
    O conflito que a midia quer colocar entre o PMDB e o PT tem me intrigado e o fato de ter enrolado o vice-governador de Brasilia é algo que me chamou muito a atenção.

    No primeiro momento eu conjecturei que Tadeu Filippelli pudesse está envolvido numa trama para derrubar Agnelo. Depois achei que era demais, afinal seria muito amadorismo do Tadeu e ele é um politico experiente.

    A midia está muito preocupada com as alianças que o PT e o PMDB vem fazendo a nivel estadual e municipal, a nivel federal não tem mais jeito, o PMDB não vai largar um governo vitorioso de esquerda para se aventurar com a direita que só cai nas pesquisas.

    AÍ ESTÁ O TAMANHO DA ENCRENCA.

    Aqui em Brasilia o PT NUNCA se aliou ao PMDB ( ou melhor o PMDB nunca se aliou ao PT ). 2010 foi a primeira vez, e ao conseguir isso respingou em Goás e Mato Grosso. O que está acontecendo a Perillo pode sim aproximar o PMDB goiano ao PT e isso é muito ruim para os negocios .

    Cada dia que passa, eu me convenço que o Tadeu Filippelli não conspirou contra o Agnelo e a fatia do Roriz que está magoada com o Tadeu por não ter apoiado o Roriz quando da sua desfiliação do PMDB agora querem sim criar uma nuvem de suspeita para quebrar essa aliança.

    O PT de Brasilia tem que tomar muito cuidado com essas armações e até que se prove o contrário o Tadeu Filippelli é sim inocente. Isso vale para todas as alianças.

    A REDE GOLPE está com medo e deve está sim, pois o nosso pais está mudando numa velocidade nunca vista e os golpistas vão ficando mais violentos vide o que aconteceu na Síria. Ficaram chateados da RUSSIA e CHINA não aprovarem as ações ¨ humanitárias ¨ em Damasco agora metem bomba a torto e a direito.

  • Enquanto isso as fotos da carolina…

    Concordo com o Edu não podemos cair na armadilha da velha mídia…

    Os [email protected] são do mal… Todo mundo sabe e eles estão loucos para colocar o PT no olho do furacão…
    E o PT é sem duvida o partido mais fiscalizado e uma simples mensagem distribuídas pelo PIG e ainda assim morremos de raiva… Ficamos cheios de dedos porque foi “aloprado” “camiseta do PT” “Mulher do LULA” “Chute na bunda do LULA capa do inveja” se for linkar tudo não tem espaço.

    Para entender Lista de furnas é falsa? Alstom é boato? Reeleição não houve proprina?
    Privataria tukana deu no JN?
    Resposta a velha mídia joga sujo e blinda os tukanos demo e adoram jogar pra platéia o PT e galera vibra porque eles sabem que o PT é super cobrado… Quantos abandonaram o PT na época do “mensalão”? Uma farsa criada por esta velhamídia que é resquício da ditadura e só seremos salvos quando conquistarmos a lei da mídia e reforma no judiciário!!!

    Tó com EDU e não abro…!!!

    Desculpa ai qualquer erro… rsrsrsrsrsrsrsrsr Mas sei que vc e sua generosidade vai ler com olhos de Paulo Freire…rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs
    Abraço fraterno e obrigado,

  • Tá certo, o esquema de Cachoeira e Perillo é gravíssimo

    Mas a DELTA faz parte dele ..e a DELTA esta espalhada em todo canto, aliada e grudada em todas as bandeiras tb ..e agora até conta com a intervenção da JBS, logo, do BNDES, e dum ex-do BC de LULA tb

    A DELTA esta em todo BRASIL, assim como a mída tb, inclusive em SP e no governo Federal ..e no RIO, como não? ..lá aonde inclusive ela não rubra em dar carona de jatinho a helicóptero pra este governador que adora bebericar em PaRRI ou em bronzear o popó nos redutos da BAHIA

    não não ..vc tem razão ..o esquema é de MÁFIA – coisa grande – ..só não gosto dos superlativos (MALUF ainda tá no páreo, inimputável e na BASE por ex) ..não gosto do dito “maior de todos” (me lembra as mentiras sobre o mensalão) ..mesmo pq eu ainda não o conheço por inteiro ..incluindo aqui as Olimpíadas e COPA por exemplo …pior, eu não conheço ele, NEM os outros tb

    verdade é que eu já sei aonde esta o início do novelo, Cachoeira, crime organizado e JOGO ilícito (talvez tráfico tb) ..só não sei aonde ele acaba e o que ele esconde por dentro, compreende ?

    que tal, que tal, a bem DO PAÍS, que tal desembaraçarmos tudo À medida que forem saindo citados que deveriam ser ouvidos e que DEVEM SIM prestar contas ..isso, isso ao invés de pegarmos só um pedaço do cordão pra nos distrair, hein ?

    ..tantos mistérios pra desvendar nas manhãs que abrem teu coração …

    http://www.youtube.com/watch?v=kxdsI8CQxjo

    • Você falou o que era necessário na sua segunda frase: A Delta é PARTE. A Delta é uma parte, nem sequer a principal. Não é bom sair correndo para pegar o gatinho e deixar escapar o gatão…

    • O fato da Delta ter contratos com vários governos é imaterial. Não sabemos se houve ou não qualquer irregularidade nesses contratos, e seria necessário investigar muito mais profundamente e demoradamente TODOS os contratos da Delta com TODOS os Estados com os quais ela os mantêm.

      E isso a CPI não pode fazer, por razões práticas mas, mais importante, por não ser uma questão eminentemente política. Afinal, não cabe ao legislativo cumprir o papel da polícia, exceto em situações extremas, de cunho eminentemente político e de consequências institucionais profundas, como no caso da relação do Cachoeira com um Senador, um governador e com a imprensa.

      As fraudes que porventura a Delta tenha cometido em licitações são caso de polícia, e não de CPI. A menos que alguém encontre indícios de que a Delta tenha contribuído com o caixa 2 de algum político ou partido, por exemplo, ou se, no curso da investigação de Cachoeira, perceber-se que ele usou de tráfico de influência com algum governo estadual, municipal ou mesmo federal, não cabe à CPI investigar a Delta antes da PF, pois o que ela fez é mera fraude à licitação – e se precisar de CPI pra investigar todas as fraudes de licitação, o congresso para.

      Que ela seja investigada detidamente pelo órgão competente e, se for o caso e houver a necessidade, que seja criada outra CPI com esse intuito.

      Querer incluir todos os contratos da Delta nessa CPI nesse momento é uma impropriedade que só tem uma explicação: o desejo de dar-lhe um nó e produzir uma pizza.

      Mais nada.

  • Podia dar um diploma de jegue para o Vacarezza e para o pessoal que caiu nessa conversa. Mas fica claro que tem muuuuita gente do PT que se caga inteira de medo do PIG..

  • Edu, claro que o puxão de orelha é merecido. Acho que muitos querem que o PT faça como D. Sebastião na batalha de Alcácer-Quibir, peitar, partir para cima, atacar com tudo. Isso, embora seja heroico tem péssimo resultado. O que eu tenho vontade de dizer é que, claro que teremos acordos nos bastidores. Por que não preservar o governador do Rio, ao menos enquanto não há motivo real para convocá-lo? E preservar não é a mesma coisa que blindar, que é o que estão fazendo com Policarpo e Perillo. Vaccarezza errou ao mandar a mensagem, na minha opinião, é o tipo de mensagem que deveria ser mandada do banheiro, para evitar esse constrangimento. Hoje a Dora Kramer não perdeu oportundiade de colar essa “barbeiragem” no Lula. Mas isso não tem jeito, já foi. O que parece positivo para mim é que a Veja e outros não estão avaliando bem a situação ou não estão sabendo se defender. Quem está fazendo isso, no meu entender, é a oposição, não a imprensa. O jeito, eu entendo que é cair em cima das bobagens deles, hoje já vi várias, mas nenhuma reamente boa. De qualquer forma não creio que demore para aparecer alguma… Enfim, continuarei nesta semana, criticando as paspalh9ices da imprensa que eu puder e acompanhando as reuniões da CPMI para tentar desmentir as desinformações e distorções que publicam depois. E, se persistirmos, veremos os bandidos convocados pela CPMI, e lhes serão cortadas as garras nojentas, sujas e venenosas. Estarei ao lado dos que estão fazendo o bom trabalho na CPMI, sem abandoná-los, e espero que todos reagrupem e continuem a briga. Boa semana para você e para todos.

  • Estranho, hein, esse deputado se sentar no corredor, onde estavam cinegrafistas e fotógrafos, e enviar, dali, esse SMS. Eh de uma ingenuidade tocante, mas estranha, muito estranha…

    E logo um cinegrafista do “insuspeito” SBT foi sacar a “deixa”…

  • Edu, sinceramente, hoje eu te considero uma das pessoas mais inteligentes e esclarecidas deste país.

    Peço a sua ajuda. E peço ajuda aos internautas, como diz o Silvio Santos.

    Eu, com a minha burrice crônica, ainda não entendi por que o Ministro da Justiça de Lula, Marcio T. Bastos, é o advogado de Carlinhos Cachoeira. Acho que só você conseguiria me explicar.
    Você pode escolher uma das duas: o que ele faz como advogado do bicheiro; OU: o que um advogado de bicheiro fazia como Ministro da Justiça.

    • Sugestão: procure a OAB e pergunte se um advogado pode ser responsabilizado pelos crimes de seus clientes. E depois de uma lida na Constituição e se informe sobre o que é democracia e direito de todos à defesa.

      • Pelo menos, esta parte eu já conhecia, Edu. Sou de família democrata. Mas também sei que um advogado tem o direito de recusar um cliente, ainda mais quando é o cara que derrubou seu colega Dirceu. A minha dúvida era e é por aí. Não quis provocar, mas entender o que mais existe ali. Abraços. Vá em frente. Este blog é fundamental.

          • Nunca conseguiram, companheiro. Nem conseguirão. Enfrentamos a LSN e participamos da Anistia e da fundação do PT. Votamos em Lula/Brizola/Dilma desde sempre. Mas não quero me cegar para a luta interna do PT. É preciso por o dedo nas feridas. Claro que alguém próximo a Lula advogando para CC é mais seguro que um tucano. Mas também facilita acordos e pizzas. E quanto mais transparente a história, mais interessante fica. A verdade é sempre do bem.

          • O esquema criminoso é montado por demos, tucanos, pela mídia e está sendo acobertado. Se em vez de denunciarmos isso o que já há toda a mídia pra fazer – enquanto ela esconde o lado que lhe interessa -, tornamo-nos cúmplices. Aí fica difícil deixar de dizer que agir assim, se não é má fé, é burrice. Sinto muito.

        • Sergio, o Marcio Thomaz Bastos não é filiado a partido algum.

          Não há como proibir que ele defenda o médico Roger Abdelmassih, ou o Thor Batista, ou o Cachoeira. É uma atitude perfeitamente legal, embora absolutamente deplorável. Não os acusados não mereçam defesa, mas porque ele é ex-ministro e deveria escolher melhor seus clientes para não prejudicar o ideal político ao qual esteve ligado enquanto ministro. Mas parece que ele está se lixando para esses ideais.

        • Direito de recusar um cliente todos tem, e é irrelevante, já que o que basta pra justificar o exercício ou não de um direito é a mera vontade de exercê-lo, e não cabe perguntar as razões de alguém e muito menos julgá-las.

          O que vc está dizendo implicitamente é que ele teria o dever moral de recusá-lo, por ter sido Cachoeira o mentor do mensalão e da queda de Dirceu. A vontade é irrelevante para o cumprimento de um dever, e aí sim cabe perguntar pq alguém deixou de cumpri-lo, e julgar sua atitude.

          O que não está claro é justamente pq ele deveria deixar sua suposta amizade com Dirceu – eu sinceramente não fazia ideia de que eram amigos – ou sua preferência política ditar a sua atitude profissional. Na minha cabeça, pelo menos, profissional é justamente quem isola sua vida privada da sua vida profissional.

          E garanto a vc uma coisa: Tomáz não chegou onde chegou por ser um amador… Aliás, conheço alguém que trabalhou diretamente com ele, inclusive no Ministério da Justiça e posso afirmar, com base no que me foi relatado, que Tomás é um profissional exemplar.

          E não há maior desafio profissional para um advogado do que defender um desafeto ou alguém que cometeu um crime monstruoso. Pense nisso…

          • Pierre e Edu, eu também tenho essa dúvida do Sergio e a acho muito pertinente e explico porquê:
            1º- MTBastos era o chefe da PF.
            2º- A mesma PF que prendeu Cachoeira
            3º- Portanto ele tem informações que nenhum outro advogado teria
            4º- Cachoeiro não é Thor, está envolvido politicamente em um esquema golpista para derrubar o governo que MTBastos fazia parte.
            5º- O Dinheiro que MYBastos vai receber de cachoeira veio do crime organizado
            6º- Crime organizado este, que ele (MTBASTOS) se empenhou para derrubar sendo chefe da PF como ministro.

            Há algumas peças que não se encaixam. Não recrimino MTBastos ser advogado de quem quer que seja, mas convenhamos, esse era o único cliente que até por uma questão de ética, ele não poderia advogar, já que era o chefe da PF que o prendeu.

            Essa história me surpreendeu tanto que conversei com outras pessoas (profissionais da área) que me garantiram que isso na França (onde ele conhece) não seria possível. Um outro me garantiu que nos EUA também há uma lei para o MJ com restrições severas para quando deixa o cargo. Ambos me confirmaram que isso só foi possível por falta de lei.

          • Dani, primeiro, o Tomáz não era chefe da PF que prendeu Cachoeira. O chefe “dessa” PF é o Zé Cardoso. A investigação anterior não resultou em prisão (e nem sei se o Tomáz era MJ na época).

            O MJ não tem acesso a todos os inquéritos da PF. Imagina se tivesse que verificá-los um a um! Logo, presumir que ele tenha informações que não teria de outra forma é uma temeridade.

            E mesmo se tivesse essas informações, desde que ele as use para defender um cidadão que tem direito a mais ampla defesa, não há o menor problema. As informações de um processo contra alguém não são sigilosas para esse alguém. Não há sigilo contra a parte e, assim, não há “informações que não deveria ter”.

            Problema haveria se ele tivesse sido advogado de Cachoeira e depois viesse a ser o Promotor do seu processo, podendo usar de informações sigilosas de seu ex-cliente, das quais tomou conhecimento por conta do vínculo profissional e privilegiado, contra ele.

            Fora desse caso, não há incompatibilidade legal, moral ou ética alguma. Aliás, se ao advogado cabe a missão de defender o melhor possível seu cliente, ter o máximo de informações possíveis é o melhor caminho. Lembre-se que o profissional advogado não defende o Estado ou a sociedade, mas sim os direitos dos cidadãos, independentemente de quem sejam.

            Assim, recusar a defesa de Cachoeira por ter tido acesso a informações enquanto MJ seria uma verdadeira violação do dever profissional do advogado, além de uma violação dos direitos de Cachoeira, que tem o direito de ter a melhor defesa que puder obter.

            Quanto a origem do dinheiro, lamento, mas se todo advogado for impedido de defender alguém pq o dinheiro com o qual será pago pode ou não ter origem ilícita, então nenhum suspeito teria direito a defesa.

            O Tomáz está mais do que certo. Até a hora em que aparecer alguma evidência de que ele estaria usando de sua influência ilegalmente pra beneficiar seu cliente, a atitude dele é perfeitamente ética e moral. Na verdde, um exemplo de profissionalismo.

            Como escrevi, não há desafio maior para um profissional do direito do que defender alguém de quem se discorda ou cujos atos de abomina. É o que separa o advogado de verdade do amador.

  • Eduardo Guimarães,
    Parabéns pela forma como você abordou esse assunto tão delicado. O Vacarezza cometeu um erro imperdoável e deverá pagar caro por isso. A militância não pode perdoar. Na minha humilde opinião, ele acabou.
    Mas fato é que a CPMI tem 40Gb de documentos e não se resume a esse lamentável episódio. O PiG é o PiG. De um amendoim, fazem uma paçoca que alimenta os 4% da população. A tática é a de sempre: que todas as improbidades são cometidas pelos dois lados, pois ambos são iguais, ou “farinha do mesmo saco”. E dão “credibilidade” às suas afirmações pelo “jornalismo investigativo” e na palavra sagrada dos seus colonistas e âncoras. Dão “uma forcinha” para equilibrar dois pratos da balança, nesse caso, com Marconi e Cabral. Para o velho PiG, não importa se há alguma evidência de crimes para ambos, o que fazem é criar cinicamente a equivalência. E a CPMI tem dados concretos para afirmar de fato quem é quem.
    Fora Vacarezza, avante CPMI.
    PS 1: hoje nos comentários vai haver uma porção de trolls se dizendo decepcionados com o PT, principalmente como PT de São Paulo, e que estão mudando de lado. É a campanha do Çerra em ação, tentando arrastar os indecisos.
    OS 2: um conhecido meu de Goiás, conservador, havia me dito que a passeata tinha meia dúzia de gatos pingados. Que meia dúzia mais cheia de gente, sô!!!

  • Também penso assim.Não tem nenhuma citação do Cabral nessas investigações. Tem a Delta ok.Se esta CPMI for levada a termo com determinação, seriedade e competência ,com certeza terá desdobramentos que aí sim poderá chegar a todas as pontas.Não adianta colocar tudo agora ,onde não tem provas não tem nada,só porque não se gosta do sujeito.Isso só atrapalha e serve as interesses de quem não quer ser investigado,ou seja a mídia.Eu não gosto do Cabral ,mas também não gosto do Serra e de um monte de gente.Em São Paulo também existem muitas obras com a Delta que precisam ser investigadas,mas o Serra também não é citado .Esta CPMI tem um foco que não pode ser perdido por raivas que não vão mudar nada, muito ao contrário.

    • Andrea,
      Não podemos esquecer que cada estado tem o seu Tribunal de Contas e seu Ministério Público, além de Assembleias Legislativas que TEM o DEVER de fiscalizar e investigar contratos, convênios, etc. Em se tratando de SP, posso afirmar que a Assembleia Legislativa NÃO fiscaliza e nem investiga, pois o governador mantém sua base aliada (cerca de mais de 70 deputados) NO CABRESTO. A oposição -PT, PC do B e PSOL soma 24 deputados e sequer consegue “convidar” um secretário para responder por sua pasta, pois, a maioria impede. Como seria possível fazer uma CPMI tão abrangente, com a Delta em todos estados, se os próprios NÃO querem que existam investigações? Se a Delta foi “pega” em Goiás, com o envolvimento do cacheira e do senador do dem, além de outros, é por lá que se começa a CPMI, pois é lá que reside o criminoso cachoeira e mais seu bando.

  • Pra mim a mancada do dep. Vaccarezza, por quem não morro de amores, foi não tomar cuidado com o PIG, campo minado, se fosse um SMS do tal do “Botox” ou do DEM – Óstenes para o Perillo, o “piguento” não teria filmado.
    Vaccarezza teve o sigilo telefônico “quebrado” pelo SBT. Certamente, o cinegrafista estava lá pra isso mesmo.
    Ou, alguém acha que desde que Brasília foi inaugurada o PIG vai lá pra fazer jornalismo?
    O PIG assassinou Getúlio Vargas e deu o Golpe Militar de 1964.
    Tem que se tomar todo cuidado com essa gente.
    Vaccarezza, precisa apenas ficar mais atento.
    Meu repúdio a quem queira afastá-lo da CPMI.

  • Qual a ligação do Sergio Cabral com Cachoeira? Se tiver alguma, que apareça ou calem-se. Qual o envolvimento do Agnelo com o Cachoeira? Se tiver alguma, que apareça, ora bolas!
    Agora, quanto ao envolvimento direto do Perillo, esse tem pra dar e vender. Tem de convocar o Perillo, Gurgel e a Veja, sim. Todos tem ligação direta com o esquema criminoso.
    Se surgir alguma outra contra o Cabral ou Agnelo, que os convoquem também, ora bolas!
    Quero ver o cara de botox falar asneiras depois disso!

  • (PHA)_
    “Alguns senadores poderiam, diante da gravidade do caso e da recusa de Gurgel em comparecer à CPMI, pensar no artigo 52, XI, da nossa Constituição republicana. Nossa Constituição permite que o Senado casse o mandato de procurador-geral de Gurgel. Para tanto, a Constituição exige votação secreta e maioria absoluta de senadores.”

    ————–Votação secreta e maioria absoluta de senadores———– kkkkkkkkk

  • Acho que você tem razão, Edu. O SMS do Vaccarezza foi uma burrice mas a burrice da militância do PT em repercutir a exploração que o PIG fez do episódio foi uma burrice maior ainda. O mundo da comunicação de massa é uma guerra permanente de informação e contrainformação. A premissa do PIG de que o que ele não publica não existe é uma estratégia fundamental nessa guerra. Por exemplo: apesar de terem surgido novos telefonemas incriminando Policarpo e a Veja, o PIG não deu sequer uma notinha sobre isso. Para todos os efeitos, existem apenas dois telefonemas, reconhecidos até pelo próprio Reynaldo Azevedo, ambos incriminadores, é verdade, mas que servem a interpretações desorientadoras. Reynaldo, aliás, como todos sabem, não publica comentários desfavoráveis no seu blog. Sua mensagem subliminar é simplesmente a de que todo mundo pensa como ele. Os profissionais que servem ao PIG não são bobos, são experientes e metidos a espertos, muitos conhecem as sutilezas da mensagem subliminar, sabem o que estão fazendo quando valorizam jantares e outras bobagens, não tem escrúpulos e morrem de rir dos incautos que acreditam neles. De maneira geral, a esquerda, em comparação, parece ingênua, acredita no diálogo democrático, diz claramente o que pensa, admite publicar o contraditório, confia no triunfo da verdade. É uma postura mais humana, mais bonita, mais digna. Mas ela tem de tomar cuidado e não escorregar em qualquer casca de banana da direita.

    • Se o PIG não deu uma nota, então, por que o PT se cala com o PIG?

      Como o PT tem uma CPI na mão e não convoca a mídia para depor?

      E não adianta ficar minimizando Sergio Cabral, Eduardo, ele é cretino como outro qualquer.

      Outra coisa, foi Cabral quem apresentou a Delta a Lula. Foi Cabral que fez Lula vetar o pre-sal para os outros estados com a historinha de que o Rio ia falir e fez isto pressionando Lula com a faca por ter, supostamente, votos para Dil.ma no Rio. E Lula vetou, prejudicou o país, como prejudicou as investigações da PF, afastando Paulo Lacerda, quando foi chamado às falas por Gilmar.

      Foi Dilma que foi dar a mão à mídia quando o governo dela começou. Foi Vaccarezza que foi à tribuna, quando era líder do governo na Câmara, prejudicar os outros estados no episódio do pré-sal, ao afirmar que os deputados estavam comprando terreno na Lua.

      Você pode dizer o que quiser Eduardo, mas a aliança de Cabral com o PT sempre foi uma merda, acabou com o PT no Rio, Lula sempre fez o que ele quis e o resultado está aí. Cabral não é inocente, pelo fato de ele não ser citado nas conversas.

      Mas se ele for depor, tenha certeza de uma coisa, se pedirem as quebras de sigilo telefônico e bancário dele, você vai ver a ascensão meteórica de sua conta bancária.

      Outra coisa, não falar dos tucanos que são outra cretinagem já comum, não significa que ele são imunes, todos sabem da presença da Delta em SP e todos sabem da postura do PIG com os tucanos e de suas alianças.

      Mas você há de convir que, além dos tucanos Álvaro Dias, dos pemedebistas há, também, os aliados da mídia dentro da CPI que são do PDT, o Taques e o Miro Teixeira. Ora, se o PT se curva diante da mídia e do PMDB, pede para sair porque não tem condição de governar, é fraco, não tem atitude e fica com historinha aqui.

      Vive apanhando da Veja e não age, então, é como mulher ruim, no mínimo, quanto mais apanha mais gosta. Amanhã, o PIG vai continuar com sua cantilena de sempre: e vai fazer que não é com ele, vai continuar destilando mentiras e o PT vai fingir que não é com ele.

      Enquanto isto, a militância vai continuar digladiando por aqui. Por que o Odair não convocou o Ciivita logo? Por que não convocou o Policarpo? CPI é CPI, os convocados, se não ficarem claras suas explicações, podem ser convocados mais de uma vez.

      Mas onde está a pizza? Na forma como PMDB e PT conduziram os requerimentos iniciais. Não convocaram Cavendish, ficaram na historinha de pegar Perilllo e, enquanto isto, o idiota do Vaccarezza passa o SMS para o Cabral e, em seguinda, vai cochicar no ouvido do relator.

      E tem mais, este Vaccarezza é baiano, a expressão que utilizou é extremamente comum na política baiana. Quando alguém diz fulano é nosso, fulano está com a gente, está afirmando que um eleitor, família está com determinado candidato ou com determinada coligação.

      No caso específico de Vaccarezza, em relação à CPI, ele estava falando com Cabral que o PT e o PMDb iam se proteger. Ora, se os Marinha vão falar com Temer e o PMDB recusa aprovar requerimento para alguém da imprensa depor, o que você quer que quem acompanha a política pense, Eduardo?

  • Edu muito bom o texto Escrevi isto no meu ” Twetter”:O PAU ESTA COMENDO HOJE, E O PIG ESTA AMANDO Gente uma pausa ai nesta treta por favor hoje é sexta SMS #não é comprometedor”” recebi um saraivada de Trolls dos companheiros critica de todo tipo….Agora que a onda passou vamos vê se da um Gol de Impedimento,espero…

  • Edu,

    Não acredito na burrice do Vaccarezza e nem tampouco em ingenuidade, acho que ele é da ala do PT afinada com a mídia e os tucanos, tipo Zé Cardoso e outros, logo, pra mim, isso foi armado, é traição. Como é que o cara não percebeu o repórter do SBT? E, ainda, deixou filmar com essa clareza? Não acredito na inocência dele.

  • Uma coisa é certa; água mole em pedra dura tanto bate até que fura.
    É isso que precisa ser feito em São Paulo. Furar o bloqueio da Mídia
    golpista, tem que ser a prioridade Nº 1 do partido dos trabalhadores e da
    sua militância, bem como, dos seus admiradores no qual me incluo.
    A imprensa a muito tempo está na UTI e só se mantem de pé, porque respira
    por aparelhos T$$canos.A oposição se restringe à mídia, aliás, é ela
    a verdadeira oposição, haja vista tudo que estamos presenciando onde
    uma revista semanal está envolvida com o crime organizado até o fio do cabelo.
    Sem a mídia e suas fontes não haveria oposição nenhuma ao governo
    federal, tanto do Lula, como o de Dilma Roussef

  • Caro Eduardo

    Pode um jornalista extorquir um funcionário público, obrigando-o a fornecer documentos sigilosos do Estado, sob ameaça de publicar matéria ou outras ações que levem, nas palavras da própria quadrilha, a “fuder”, “demitir”, “explodir”, “estourar” ou “arrancar a cabeça” do funcionário ?

    Em outros termos, não é crime um jornalista ameaçar alguém para que se torne sua “fonte de informação”, contra a vontade desta pessoa ? Adicionalmente: a ética do jornalismo contempla isto, ou seja, temos aqui uma relação “fonte-jornalista” admissivel ?

    Pois é exatamente isto que é relatado da atuação do jornalista Policarpo Júnior, diretor da revista Veja, sobre Aredes Correia Pires, Diretor Geral da Polícia Civil de Goiás, em NADA MENOS que um documento da Procuradoria Geral da República dirigido a NADA MENOS que o Supremo Tribunal Federal, as mais altas instâncias do Ministério Público e da Justiça do País.

    Está lá, no item 15 do inquérito 3430 da PGR, como publicado no endereço da internet https://docs.google.com/file/d/0B94I8m9jP6ScdUdweFBRdy0zLTQ/edit. Neste item o sr. Roberto Gurgel relata uma longa sequência de ligações da quadrilha, entre 23/04/2009 e 21/05/2009, quase um mês, cujo objetivo era levar Aredes a entregar documentos sigilosos a Policarpo/Veja.

    A “FONTE” aqui é o Aredes, não é o Cachoeira. E o que emerge das conversas é que o “jornalista” Policarpo estava ameaçando ‘FUDER o Aredes” se ele não lhe entregasse os documentos. E o Cachoeira e o Demostenes, quem diria, são quem tentam acalmar o POLICARPO. Sugiro que se leia o documento acima, e transcrevo abaixo alguns trechos das conversas Demostenes-Cachoeira. Antes que a imprensa podre diga que não são conversas do Policarpo, lembro logo que esta mesma imprensa podre quer levar Agnelo e Cabral à CPI por SEREM CITADOS TAMBÉM, e sem relatos de crimes dos governadores, diferentemente, ao que tudo indica, do caso do “reporter”.

    Por que será que o sr. Civita e o sr. Policarpo não vêm a público negar esta história do Demostenes e do Cachoeira ? Será que é por ser verdadeira ? Por que se calam, se têm direito de resposta imediato, amplo e irrestrito, em toda a mídia, sem precisar recorrer ao judiciário como nós, pobres mortais ?

    Abaixo alguns trechos das conversas, que revelam o “método jornalístico” de Policarpo e da Veja “de como tratar fontes não colaborativas” :
    13/05/2009, às 09:22:
    DEMOSTENES: “… Só que o reporter ligou ontem lá pro Diretor e ELE NÃO ATENDEU, e passsou paa o Norton, assessor de imprensa. Então JÁ TÁ INDO COM ESPÍRITO DE FUDER COM o Diretor. Podia falar pro “homem” atender ele, que ele quer detalhes, não quer saber de operação da Polícia Civil não. Quer detalhes, quer enaltecer o trabalho da Polícia. Agora, SE FICAR ENROLANDO ELE, AÍ PRONTO!. VOCÊ CONHECE O HOMEM.”
    CACHOEIRA: “Não, mas fala para ele não fuder O RAPAZ, não. Eu vou tentar falar com ele hoje. …”

    DEMOSTENES: “Pois é, nós podemos fuder o Secretário. Agora, MANDA O CARA PASSAR OS DOCUMENTOS e manda ele explicar, mesmo que ELE não apareça na reportagem, nem porra nenhuma. Que aí a gente dirige para o Secretário, eu falo com ele uai. Agora tem que ter o material na mão. SE NÃO… ELE QUE TEM O MATERIAL NA MÃO, QUEM É QUE VAI SE FUDER ? ELE! FAZ UMA DENÚNCIA DELE CONTRA ELES, NA SEGUNDA-FEIRA O CIDINHO TÁ DEMITINDO O HOME. CAGÃO DO JEITO QUE É!”
    13/05/2009, às 16:01:
    DEMOSTENES: “Fala mestre. O POLICARPO …”
    CACHOEIRA: “Que que tem o POLI ?”
    DEMOSTENTES: “É o POLI, tá aí, o AREDES SE RECUSOU A RECEBÊ-LO. O Norton disse que é tudo mentira, que não tem nada disso, e AÍ ELE RESOLVEU EXPLODIR O CARA. Ele me ligou e falou: “ESSE CARA É VAGABUNDO, E TAL…” e eu falei “não, espera um pouco aí…”. Você podia interferir, as vezes o cara resolve, e fala logo, fala em off. Fala com ele que é de confiança o homem, você sabe que ELE NUNCA FUROU COM A GENTE, uai. Agora se ficar um contra o outro é diferente né ?”
    13/05/2009, às 16:01:
    DEMOSTENES responde: “POLI me ligou, DIZENDO QUE VAI ESTOURAR O DIRETOR GERAL AÍ, QUE ELE, O RAPAZ, O NORTON LIGOU PRA ELE E FALOU QUE ELE NÃO SABIA DO ASSUNTO. Então falei pra ELE ter um pouco de paciência, que você ia tentar pelo menos pegar as fotos …, então você convence o RAPAZ a entregar pelo menos as fotos pra, é, a coisa, você poder ficar livre disso PORQUE AGORA A COISA TÁ VIRANDO CONTRA ELE.”
    CACHOEIRA: “… e o Cidinho falou que ia segurar, aí mandou, aí ligou pro próprio AREDES, viu ? E.. e mandou ele segurar, entendeu ? …”
    DEMOSTENES: “Mas pelo menos a foto, vê se consegue porque SENÃO ACABA ARRANCANDO A CABEÇA DO AREDES NÉ, fica a pior situação do mundo.”

  • Noves fora o mico do VACA , o Cabral vai ter que se explicar. Ele está enrolado até o talo com a Delta e otras cositas mas. Que seja colocado na parede pra dar explicações sobre seu enriquecimento ilícito e essas orgias em restaurantes e hoteis 5 estrelas em Paris.

    Quanto ao VACA, é um idiota que vive dando munição pra bandido.

    • Explicar o quê? Quer dizer que com tudo isso que há contra Perillo que reproduzi aqui você quer saber de “Cabral”? Ah, fala sério. Vamos lá, coloque aqui onde Cabral está enrolado. A CPI é para investigar Cachoeira. Se quiserem que abram uma CPI da Delta que serei o primeiro a defender a convocação de Cabral, de Agnelo e, claro, do maior cliente da Delta: José Serra.

  • Edu, eu não aposto nem um centavo, no equilíbrio de suas interpretações, aplicadas a certos fatos.
    Para mim, “não se preocupe, você é nosso e nós somos teu”, quer dizer muito mais do que o “nada demais”, que quer nos fazer engolir.
    Além disso, a relação de Cabral com o presidente da Delta vai muito além de um jantar, e se estende – ou, estendia – a familiares a agregados do governador.
    E gostaria de saber se existe melhor oportunidade para arquitetar planos mirabolantes, combinar altas falcatruas, do que num jantar?!

    • Isso é uma suposição sua. No caso de Perillo, os fatos falam por si. Mas você prefere ficar acusando Cabral do que sua mente formula a olhar os fatos contra o tucano.

      • O senhor Decio acredita que somos todos idiotas, ao omitir o fato de que Serra tem muito a ver com Cavendish,ex proprietario da Delta.Não fossem contratos realizados durante sua curta passagem pela prefeitura de São Paulo,contratos durante sua gestão no governo de São Paulo,da ordem de dois bilhões de reais para obras no Tietê,ja diriam tudo.Mas como é mais um tucano,membro da quadrilha,não tocar em seu nome é muito mais conveniente.Cabe lembrar que todos os contratos,tanto com a prefeitura,quanto com o governo de SP,foram realizados sem licitação.Oras,se Cabral deve ser chamado para dar explicações à CPMI com muito mais propriedade Serra tambem deve ser chamado à responsabilidade e dar explicações junto à comissão.Nem que seja para demonstrar que os contratos estavam dentro das normas legais.

      • Eu nunca defendi o Perillo, aliás, já disse que quero vê-lo na CPMI.
        E quero refazer meu argumento, sobre seu discernimento, na interpretação de certos fatos.
        Não é que ele é falho, não, é que você tá de sacanagem, mesmo.

  • Edu
    Desde o primeiro momento que comecei a comentar aqui, acho que já dei mostras do meu empenho em defender o gov do Lula, da Dilma e o PT como partido.
    O Vaccarezza não é nenhum marinheiro de primeira viagem. Já deveria estar muito alerta com as palavras e os atos enquanto esta CPMI corre.
    A militância acaba sendo taxada de burra quando se revolta com a irresponsabilidade mais burra ainda de um parlamentar do PT que deveria ser o primeiro a cuidar para que situações como esta sejam deflagradas.
    Uma pena que isto tudo tenha acontecido, mas o crédito maior cabe ao petista Vaccarezza.
    Lamentável.

  • Guardando as devidas diferenças, isso me lembra o vídeo do “top-top” do Marco Aurélio Garcia no episódio do terrível acidente com o avião da TAM em Congonhas que reverberou celeremente pela mídia torpe, açulando o golpismo do “caosaéreo” contra o presidente Lula. Estão buscando até cabelo em ovo pra tentar virar o jogo e desmoralizar a CPI. Em tempos de espionagens mancomunadas com jornais e revistas, é de uma inocência ímpar a falta de cuidado com determinadas atitudes. Um SMS daquele era totalmente desnecessário, além de fora de hora, e os termos usados, se o deputado ingenuamente ainda não se preocupa com a interceptação de comunicações eletrônicas, foram de uma infelicidade patética, os quais nem os aliados gostaram de ver. Isso é pra ser minimizado, mas Vaccarezza merece uma bela “piaba”, como aquelas do colégio!
    Cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém. A mídia desvia o foco do que quer apenas com o poder de sua imaginação sórdida e invenções maquiavélicas. Com um presente desses então, é sopa no mel…

  • Guimarães: não perde tempo. A esquerda é isso desisti da política por causa desses falsos moralistas. Vá cuidar da tua linda família que ganha mais, essa gente jogou o Brasil nas mãos da direita se matando entre si. São caso perdido

  • Concordo com o Sérgio 12:52. Pior que o torpedo do Cândido Burrorezza é o advogado de defesa do Cachoeira ser ex-ministro do PT. Sei que não há nada de ilegal nisso. Mas Lula devia ter sido acionado pra evitar que acontecesse, pois à mulher de César não basta ser honesta. Precisa parecer honesta. Ótima tarde a todos.

  • Bem , a coisa toda começou com a investigação do Cachoeira, aí pegaram o Demóstenes, depois apareceu o Poli, a PF tem fortes indícios que Demóstenes seja um sócio oculto da Delta, que por sua vez tem obras 23 estados (salvo engano), Demóstenes tava pensando em sair do DEM pra ir pro PMDB, Demóstenes negociou uma dívida da Delta, a Delta prosperou muito no governo Cabral, a Delta que tem contratos pra todo lado de repente começou a abandonar as obras, oras..será que esse esquema é só no centro-oeste? Se querem investigar, e apurar tudo doa a quem doer, como disse um povo aí do PT, comecem pela DELTA e vai pegar todo mundo inclusive jornalista corrupto e não é só da Veja. A veja foi criminosa criando escândalos? Foi, mas dona Dilma aproveitou a deixa pra tirar os desafetos dela do governo. Se querem limpar a corrupção e colocar tudo as claras, a CPMI não pode ter nada sigiloso, e nem investigação seletiva. Repito…é só investigar a Delta que pega todo mundo, no Governo Cabral essa relação é escandalosa é só olhar o vídeo em que Marcelo Freixo faz a denúncia dos contratos da Delta e o quanto ela recebeu de aditivos. Ser contra essa investigação é fazer o jogo da corrupção, a Delta tem todos seus contratos na esfera pública (Federal, Estadual e Municipal) com os mais variados partidos. Segeu o vídeo do Freixo com as denúncias na ALERJ, mas se quiserem podem continuar culpando única e exclusivamente a VEJA, que tem culpa mas não é a protagonista dessa bandalheira toda, paciência.. Tá aí o vídeo:

    http://www.youtube.com/watch?v=nDhS2kOR3n4

      • Se a sua única resposta é cortar quem discorda de você com argumentos sólidos, e se esconder atrás dessa história de PIG, paciência. Na boa, seu fanatismo tá comprometendo a tua credibilidade, triste isso. A cúpula do PT não é digna da tua louvação. Nâo se preocupe que não virei mais debater, ou expor o contraditório. Aliás, faça uma ressalva nos comentários: só comente se for a favor.

        • Comprometendo minha credibilidade onde? No meio da sua turma de lambe-botas da mídia golpista? Vá se catar. No dia em que minha credibilidade depender de gente como você, eu me mato

          • Essa turma vem com esse discurso bonitinho de “contraditório”, “debater”, etc.

            Conversa mole!

            Querem é trollar, nada mais. Repare que jamais tratam de qualquer ponto negativo, mínimo que seja, relacionado à oposição, no que se inclui a velha mídia (praticamente um partido político, como se sabe).

  • Edu, burrice mesmo é passar uma mensagem dessa e sair mostrando ou deixar que alguém veja. Ao que saiba, apenas ele e o Cabral deveriam saber disso, como isso veio ao conhecimento de outros? Ele não se lembra do episódio da troca de mensagens eletrônicas entre dois ministros do supremo, o caso do julgamento com a faca no pescoço, que um reporter conseguiu ver?
    Partindo do Vaccarezza não dá para pensar que isso não tenha sido de ma fé ou proposital. O tal sujeito tem jeito de vendido e age como tal. Infelizmente é impossível acreditar que ele não seja um traíra.Terminou municiando adversários.

  • A pizza do PIG não é a pizza da Blogosfera.

    Para o PIG, a CPI tem que ficar restrita a investigar governos estaduais. Senão, “é pizza”.

    Para a Blogosfera e a esquerda, a CPI tem que investigar a mega-quadrilha que reuniu um criminoso, um (ou mais de um) senador, uma revista, um juiz de instância superior e, juntos, conspiraram para dar um golpe e derrubar o Governo Lula e, mais recentemente, o Governo Dilma. Se não chamar o “Poli” e o Civita para depor, é pizza. Investigar governadores só é importante se houver envolvimento direto com Cachoeira. É o caso de Perillo.

    O ato impensado de Vaccarezza (será que foi impensado?) puxou fortemente a discussão para os governadores de estado. O PIG ficou feliz. Agora teremos que reverter isso e lembrar que essa é a CPI do Cachoeira, investigando o TODO da quadrilha. Caso contrário, a Comissão ficará discutindo se a empresa X ou Y podia ou não podia pagar a festa de aniversário do filho do governador Fulano. Nesse caso, acabou-se o foco e a CPI se arrastará para um melancólico fim.

  • Pessoal tá na hora da gente mostra ao PT que eles não estão sozinhos é que não os abandonamos vamos marca pra sabado que vem um tuitaço com a fraze PTacreditamo vocês não estão sozinhos só assim derrubaremos não só essa midia vagabuda que está tentando muda o foco das investigações pondo o vacarreza é cabral como vilões!!!, mais tambem com isso poderemos cala á boca do lixo do reinaldo azevedo é tira da cabecinha dele qualquer tipo de absolvição dos crimes cometidos por eles juntos com esse bicheiro.

  • Em Copacabana, manifestantes pedem a convocação de Cabral, Agnelo e Perillo
    Grupo protesta contra viagens de governador do Rio e faz alusão à imagem publicada por Garotinho
    Jornal do BrasilTamanho do Texto:+A-AImprimirPublicidadeUm grupo de manifestantes segue na orla de Copacabana (Zona Sul) para protestar contra o adiamento da convocação dos governadores Sérgio Cabral (Rio de Janeiro), Agnelo Queiroz (Brasília) e Marconi Perillo (Goiás) para a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito que investiga o elo entre o bicheiro-empresário que dá nome à Comissão e parlamentares e entidades públicas e privadas. Os populares cobram não apenas a convocação dos governadores, mas também explicações sobre as inúmeras viagens realizadas pelo governador do Rio de Janeiro.

    Denúncias trazidas à tona pelo deputado federal Anthony Garotinho, em seu blog, no mês passado, revelaram que Cabral e alguns secretários estaduais, além do empresário Fernando Cavendish, proprietário da Delta Construções, viajaram para Paris e Mônaco. Há suspeita de que o grupo tenha se beneficiado de dinheiro público para as viagens.

    1 / 27Muitos manifestantes usam lenços na cabeça, uma alusão à fotografia publicada por Garotinho em seu blog, quando Cabral e secretários faziam uma “farra” na Europa. Fotos: Douglas Shineidr / Jornal do Brasil
    Muitos manifestantes usam lenços na cabeça, uma alusão à fotografia publicada por Garotinho em seu blog, quando Cabral e secretários faziam uma “farra” na Europa. Na ocasião, o governador disse que estava em “viagem oficial”, buscando “investimentos para o estado do Rio de Janeiro”.

    A passeata, prevista para a manhã deste domingo, ainda não começou. Há, apenas, uma grande aglomeração da população, que não quer livrar os governadores das investigações da CPI em curso no Congresso Nacional.

    http://www.jb.com.br/rio/noticias/2012/05/20/em-copacabana-manifestantes-pedem-a-convocacao-de-cabral-agnelo-e-perillo/

    • É isso, esses vagabundos estão fazendo o jogo da mídia. Basta pegar os jornalões pra ver que é isso que eles querem: misturar tudo pra livrarem Perillo, que é o único contra quem há algo de concreto. Acho que meu dever é bloquear esse tipo de comentário que faz o jogo do PIG. Não gosto de censurar, Luana, mas você mudou de lado e estamos no meio de uma guerra. No Reinaldo Azevedo você será muito benvinda.

    • Anthony Garotinho,guardião da moral e dos bons costumes?Aham,senta lá,Claudia.Isso é tambem para quem acredita em Papai noel,mula sem cabeça,sacipererê,e boitatá.O Ricardo Gama tambem faz campanha contra Cabral e é um idiota.E todo mundo pensa tambem que o Ricardo Gama(que tem zilhões de videos no youtube acusando Cabral e Eduardo Paes)é um ético.É mais um engana trouxa, cavando uma boquinha para vereador no Rio de Janeiro e que é bem capaz de à busca de repercussão ter planejado o atentado que sofreu em 2009/2010,com o claro intuito de jogar areia na reeleição do Cabral.Como costuma atirar para todos os lados,Eduardo Paes,prefeito do Rio,tambem entrou na dança.Hoje,pela propria dinamica dos fatos deve apoiar Garotinho.

    • Luana, participar de um jantar onde se bebeu muito, nunca foi crime.

      Convidar e pagar a conta,tambpem não pe crime.

      Até o momento não achei nada nas gravações em que Cabral apareça.

      Deixa de ser boba, tudo tem um motivo, livrar Marconi Perrilo que realmente está no esquema
      Cachoeira. Já deixaram Agnelo de lado, agora é Cabral., depois dele vão procutrar outro que
      seja aliado do governo.

      O esquema é forte e tem a mídia para fazer a cabeça de gente como você.

    • O Garotinho ,Cesar Maia e toda patota devem estar adorando.Eu também não gosto do Cabral,mas sinceramente essa outra turma é detestável,tenho horror,e não vai ser por que eu não gosto do Cabral que vou ajudar essa turma a se dar bem.Nem tão pouco tirar o foco da CPMI.
      Luana ,acho que você precisa se imformar sobre qual é o objeto de apuração desta CPMI.Ela esta focada nas investigações das operações Vegas e a outra que no momento não lembro o nome, pessoas ligadas a Cachoeira.Õ Cabral não apa rece em nenhuma gravação,não é citado nenhuma vez, portanto essa CPMI não deve e não pode chamar o Cabral.Assim como não deve e não pode chamar o Serra,que também celebrou diversos contratos com a Delta.
      Uma CPI ou uma investigação especìfica para analisar o caso Delta é o espaço certo para chamar todos eles.
      Não adianta fazer todas essas acusações ao Cabral ,querendo provar que ele é isso ou aquilo, ,simplesmente porque não tem ninguém defendendo.Essa é uma confusão que já tá chato.Então que fique claro,quando uma pessoa acha que o Cabral não deve ser convocado para esta específica CPMI, porque não considera pertinente a este caso,e que isto está apenas servindo para atrapalhar o que de fato está relacionado e é extremamente importante, não significa gostar ou não gostar dele.

  • A questão central não é Perillo,Serra,Delta ou Cabral.A questão central é a quadrilha formada por um senador,um juiz de instancia superior e um bicheiro e mais um jornalista(Poli.o meigo) que tentaram dar um golpe de estado com o apoio incondicional da midia.O resto é exercicio de imaginação.

      • Se houver uma pressão dura e implacavel das redes sociais progressistas e dos blogs igualmente progressistas esta CPMI chegará fatalmente ao nucleo duro dessa organização criminosa(reunida justamente no Instituto Millenium)para dar o golpe de estado e entregar o poder a pessoa de confiança dessa organização criminosa.Certamente José Serra seria o escolhido para exercer o poder em nome dessa organização criminosa.Lembra do discurso dele quando do anuncio da vitoria de Dilma Rousseff?Apenas para lembrar:¨Isso não é um adeus,apenas um até breve¨.

  • Numa boa, esse Vaccarezza faz parte da bancada da jogatina, a presidenta Dilma já defenestrou essa criatura por já conhecer seu caráter desastroso em relação ao governo, deveria ser escanteado já faz tempo. Vá de retro satanás!

  • A militância não abandona ninguém, o partido é quem procura se afastas em todos dos sentidos. Os progressistas colocam Lula, Rui Falcão e o PT como bandeiras para tudo. Dizem amém a tudo.

    O progressistas não precisam do PT, é o contrário, foram eles quem defenderam o governo lula, quem ajudaram na eleição de Dilma, poderiam muito bem ser imprensa x imprensa, mas esta sendo imprensa x PT partido político.

  • O Vacarezza demonstrou incompetência e irresponsabilidade políticas com seu gesto que pode ser classificado de imaturo, ingenuo e/ou burrice mesmo!?Não quero acreditar, mas até parece que ele fez de própósito ao enviar tal mensagens., sem necessidade. Pois, o governador do Rio até o presente momento não tem nenhuma prova que o comprometa para qualquer coisa! Acho que o PT deveria tirá-lo da CPI. Ele vem perdendo a confiança!

  • Quero deixar desde já registrada aqui uma pergunta:

    CASO POLICARPO NÃO SEJA CONVOCADO PARA DEPOR EM UMA CPMI COMANDANDA MAJORITARIAMENTE POR GOVERNISTAS QUAL SERÁ A EXPLICAÇÃO?

    • Marcelo,
      Você tem insistido nessa pergunta. Para ele deve ter uma resposta interessante.
      Fiquei curioso. Qual seria a sua resposta para essa pergunta?

      • Minha resposta a essa pergunta é uma outra pergunta:quem garante que Poli,o meigo,não será convocado para depor na CPMI?Ou mesmo o seu chef o mafioso Bob Civita?Muitas cabeças ¨coroadas¨da oposição midiatica e parlamentar irão rolar até o termino dessa CPMI.Estamos apenas no começo.

        • Dimas,
          Eu também acho que o poly vai ser convocado, assim como civita, DEMOstenes, cachoeira, e o casal gurgel. E esse é o ponto central dessa CPMI. E também concordo que os trabalhos vão bem. Nem todos os requerimentos estão sendo aprovados devido a ter muita gente precipitada e/ou querendo distorcer. A conduta está corretíssima. Passo a passo, uma coisa de cada vez, progresso positivo e contínuo.
          Mas o Marcelo tem postado a mesma pergunta, mais de uma vez. Deixe que ele responda, para sabermos onde ele quer chegar.

          • Certamente que Poli,o meigo,será convocado para dar explicações para a CPMI.Mas isso mais para a frente,quanto todas as lacunas estiverem preenchidas e não houver escapatoria nem para ele,nem para o civita e nem para os irmãos marinho(tudo com minusculas mesmo).Quem viver,verá.Vai ser uma verdadeira carnificina,escrevam.Podem tentar quantas cortinas de fumaça quiserem,mas não evitarão a degola.

  • Não concordo Eduardo, pois precedendo tudo que ocorreu na semana passada teve a declaração do Valter Pinheiro sobre o que a CPI ia se se concentrar. A declaração parecia ser uma cortina de fumaça, mas ai os membros do PT começaram a agir alinhados com a declaração. Se estão lá para para fazer o certo, é melhor começar logo, pois o precedente, a do CPI do Banestado, ainda nos assombra.

  • Caro Edu,
    Não sei se já foi divulgado por aqui. O relatório do “mensalão” que está no STF está no link abaixo.
    Contém a acusações do PGR (observar bem a “imparcialidade” desse sujeito), os recursos, e as defesas.
    As defesas é o que mais chamam a atenção. Parece bem lógicas. Em especial a defesa de Zé Dirceu: o único que afirma que houve o que está denunciado é Roberto Jefferson, e não há qualquer prova que possa incriminá-lo como líder da “quadrilha” (termo usado pelo bob gurgel). Outras defesas como: Não parece razoável aliciar 8 deputados num universo de 513, e ainda, da própria base aliada.
    Também faz parte dos textos de defesa a questão de que os valores distribuídos aos partidos aliados era para a campanha de 2004, e era realmente Caixa 2 e não saíram dos cofre públicos, como alegam os PiGuentos.
    Também é de observar, que o Roberto Jefferson insistiu em incriminar o Presidente Lula, mas não foi acatado.
    http://www.stf.jus.br/arquivo/cms/noticiaNoticiaStf/anexo/relatorioMensalao.pdf

  • Se o PT quizer voltar às suas origens tem que depurarar seus quadros, pois tem muito petista atucanado no seu interior, a começar pelo Vaccareza, que começou a botar impecilho para se instalar a CPI da privataria do PSDB. Muito me admira um idiota deste se deixar fotografar por algum jornalista de plantão…é como se estivessem todos reunidos numa confraternização e ele abraçado com o jornalista. Deveria ser é expulso do PT, daí seria facil reconhecê-lo, pois logo se tornaria mais um tucaninho.
    Espero que o PT cumpra seu papel, a todo custo e que intimem todos os envolvidos, afinal é preciso fazer um limpa nessa política podre que estamos tendo que engolir. Os que tiverem envolvimento, que sejam punidos, inclusive a midia, pois ninguém fará falta alguma.

  • Não tem gente que diz que “o verde é o novo negro”?

    Pois o SMS é a nova tapioca.

    É uma não-notícia, pra dizer o mínimo. E a exploração da imprensa marrom sobre ele é simplesmente infantil. Como argumentei em outro comentário, é impossível dizer, a partir do SMS, que “há provas contra Cabral” e que “o PT não vai investigar”, simplesmente pq as tais provas só seriam a causa do “azedamento” das relações PT-PMDB SE o Pt estivesse decidido a investigar Cabral. Não dá pra interpretar de outra forma o que foi escrito, a não ser descontextualizando uma frase da outra – exatamente o que a imprensa marrom está fazendo.

    Se Vacareza foi ingênuo ou mal intencionado, não importa. O que ele fez não foi absolutamente nada demais e nem pode ser interpretado como uma declaração de vontade de “blindar” Cabral, exceto com o uso de muitas falácias.

    Por outro lado, a não investigação, PELA CPI, de Cabral e todos os demais governadores de Estados com os quais a Delta tem contratos é simplesmente o correto. CPI não é polícia, e só investiga o que tem importância política e institucional. Ela não existe pra investigar suspeitas de fraudes a licitação, ponto.

    O caso do Perillo é o único que difere do caso de todos os demais governadores, já que as escutas mostram a relação íntima dele com Cachoeira e a extrema influência deste em seu governo. É algo anos-luz além de meras SUSPEITAS de fraude a licitação – o máximo que se pode imputar, neste momento (a menos que surjam novas provas) a qualquer outro governador ou prefeito, ou mesmo ao governo federal.

    Ele, Perillo, cabe, sim, ser convocado e investigado, na medida em que a CPI deve investigar a influência indevida e ilegal de Cachoeira com o Estado e seus agente públicos e instituições, como a imprensa.

    E o mesmo vale para “Poli”, representante de uma instituição pública – a imprensa – que se aliou explicitamente a Cachoeira.

    Dizer que a Delta deve ser investigada na CPI por ser suspeita de fraudar licitações por ser parte do esquema Cachoeira é simplesmente má-fé. Primeiro pq tal suspeita é tênue e baseada apenas no fato de ser uma empresa ligada a Cachoeira – e isso não faz com que todos seus contratos devam necessariamente ser fraudulentos.

    Segundo pq suspeita-se tenuemente que tenha cometido fraudes a licitação, e isso não é matéria para uma CPI. Como já escrevi, se surgirem indícios de que houve tráfico de influência envolvendo governadores e outros agentes eleitos, ou financiamento de caixa 2 de partidos ou coisa que o valha, aí sim justifica-se a criação de uma CPI. Sem isso, é coisa pra ser investigada pela PF – que, diga-se de passagem, vem fazendo um excelente trabalho, a despeito das acusações dessa imprensa marrom que adoraria enterrar a PF justamente pra nunca ter que se defrontar com a revelação de suas ligações criminosas.

    • Concxordo com voce em relação ao Perillo Pierri .
      Mas , também não ha evidencias da relação íntima de Cabral com Cavendish da Delta , que justificariam investigações ?

      • Vítor Bonini, não é esse o caso a ser discutido. O foco da CPMI são as investigações da PF nas duas operações deflagradas contra o Carlinhos Cachoeira, que resultou nos grampos colhidos através das interceptações telefônicas e essas não possuem nada que coloque o Cabral no furacão. Não quero, também, afirmar que ele seja um santo, longe disso, mas o Parlamento tem um norte a seguir ou então veremos outra CPMI do fim do mundo. Que tal pedirmos um CPMI da Privataria? Presumo que, aí sim, iremos descobrir centenas de falcatruas. S´p que gostaria que essa investigação fosse iniciada após as eleições, mesmo correndo o risco de elegermos uns pulhas, somente para que ela não se torne palanque político eleitoral, mas estou aberto a outras opiniões que faça-me repensar isso!

      • Se as relações de Cavendish fossem o objeto da CPI, sim.

        Mas como o objeto da CPI são as relações de Cachoeira e seu bando, não, pois ele está na mesma situação de todos os outros governadores.

  • O que eu vi de direitóides se passando por ex-petistas com o velho mantra “não quero mais saber de PT, os partidos são todos iguais.” A velha cantilena para enganar trouxas. Incrível como o nosso pessoal cai facin facin no conto do vigário destes larápios. Temos que demarcar campos, saber quem é e quem não inimigo do crime organizado. Fernando K, pelo que eu saiba, não está preso, apesar das longa investigação da PF, que crime cometeu mesmo o ex-diretor da Delta. Jà o caso Marconi Perillo é diferente: Não era Fernando K e sim o próprio Cachoeira que era próximo ao governador, os dois tomavam café, almoçavam e jantavam juntos, com o reforço da Veja e Demóstenes. É de dar nojo ver essa cara de tacho do Álvaro Dias e cia babando honestidade na Globo, desde quando mesmo essa figura vale um vintém.

  • Desta vez, discordo de vc, Edu!!!
    Culpa da gente NÃO!!! Culpa do Vaccareza!!!
    Ele já está careca de saber que o PIG odeia os petistas e, diuturnamente, vive a fuçar-lhes a vida, na tentativa de encontrar “pelo em ovo” que os detone!!! E aí, o que faz o Vaccareza??? Dá mole pro azar com aquela mensagem infeliz!!! Vc queria q a gente pensasse o quê???

      • Eduardo,sem pestanejar assino em baixo.
        Porque essa mania do PT de proteger quem lhes cospe na cara todo santo dia?
        Que dia irão pelo menos desconfiar que o PIG não é imprensa, mas um grupelho que usa o que eles adjetivam de “meios de comunicação” para proteger demos e tucanos e fazer uma oposição infame e descarada contra os governos de Lula e agora da Dilma?

      • Exatamente, Eduardo.
        Você já disse tudo em seu post.
        Parabéns.
        Apesar de TANTOS alertas, tanto aqui no blog, como no Nassif, parece que tem gente que ainda NÃO entendeu o quanto esta CPMI é importante e pode vir a ser a primeira e única vez que, realmente HÁ chance de colocar muita gente na cadeia e desmistificar a mídia.

    • Concordo com você, Vera! Mais um tremendo tiro no pé de um integrante do PT. Será que o Vaccarezza é tão ingenuo a ponto de enviar uma mensagem dessa em pleno plenário, cercado pelo inimigo? Quem tem um alidado como ele, não precisa de inimigo!

  • A VEJA está, como reza o velho ditado, “com cara de cachorro que cagou dentro de casa”. Desde a prisão do seu sócio Carlinhos Cachoeira e a revelação das relações íntimas entre ambos que ela se recolheu.E quando tenta reagir o faz apelando para o non-sense, tal qual a carga dada em cima da Rede e as réplicas à Rede Record.
    A empáfia e a arrogância usual deu vez ao mutismo e ao recolhimento. Sabe que a coisa agora é séria e que a onça vai beber água. Tem muita coisa ainda para aparecer.
    Vacarezza é um mala sem alça. Um substituto já para ele.

    • Podemos dizer que o Vacarreza deu um Pum e melou a calça… Sou petista de carteirinha, desejo que essa CPMI vá fundo e enquadre quem tiver culpa no cartório, inclusive essa mídia canalha e vendida.

  • Edu talvez tenhas notado, que não tenho comentado muito em teu blog. Esta historiadora passou dos 70 amargurada com a burrice da esquerda na que militou pela vida. O destino da esquerda é oposição, Lula foi um acidente e só porque aprendeu a se afastar desses radicais burros. Tens meu apoio

  • O Vacarezza pisou na bola. Na minha opinião governadores, empresários, políticos, funcionários públicos, procuradores, jornalistas…enfim, quem apareceu de alguma maneira conectado ao esquema da quadrilha deve depor na CPI. Devem mirar-se no exemplo de Eriberto (o motorista), Francenildo (o caseiro) e Sandra (a secretária) que compareceram para depor, não fugiram da CPI. Se Cabral não tem nada a ver com as falcatruas da Delta (porque é evidente que elas existem) que vá se explicar. Quanto a VEJA e “Poli, PJ, Policarpo”, tenho convicção de que vai aparecer mais informação e eles acabarão tendo que depor e explicar essas trocas de favores que fizeram com o bicheiro. O material relativo ao jornalista ainda não foi devidamente “periciado”.

  • “O PT precisa de apoio para desmascarar o maior esquema criminoso da história brasileira.” Você tá começando a perder um pouco a noção da realidade em seus textos…

    • Realmente, a privataria tucana foi muito maior do que isto. Aqueles milhões de sigilos quebrados faz isso ficar insignificante, fora todo o resto que esta no Livro.

    • Se o acumpliciamento da midia com o crime organizado para dar um golpe de estado não é o maior crime de todos os tempos,pelo menos em termos de Brasil,o que é crime para vc?Ah ja sei,a farsa do mensalão montada pela midia e pelo crime organizado mais um senador e um ministro do STF corruptos como pretexto para derrubar Lula da presidencia da República.Ou as denuncias sem provas contra ministros do governo Dilma que se viu obrigada a demiti-los, com o intuito de enfraquecer esse governo e poder derruba lo com mais facilidade.Trama essa tambem igualmente urdida pela midia em acordo com o crime organizado.Quem perdeu a noção de realidade é vc.

      • Bom, tecnicamente falando, o maior crime já cometido no país foi o golpe de estado de 64. Inclusive com a participação de criminosos da imprensa e da sociedade civil. E gerou a maior pizza da história brasileira, a anistia.

        Perto disso, tudo o mais é fichinha.

        Pra mim, depois do golpe, o maior crime foi a privataria, tanto por causa do montante de dinheiro público roubado, quanto pela participação maciça – novamente – da imprensa venal.

        O caso Cachoeira vem em terceiro lugar. E a imprensa marrom, mais uma vez, está envolvida, o que faz dela a maior criminosa de todos os tempos no país. É o tal negócio, poder absoluto corrompe absolutamente, e o que é poder absoluto se não o poder de cometer os maiores crimes e sair impune e ainda incensada?

        • Para mim,.cachoeira,demostenes,policarpo,gilmar mendes,civita et alii se uniram para dar um golpe de estado e entregar o poder a quem lhes fosse conveniente no caso em tela,José Serra.Não me interessa se Cabral comeu lagosta ou caviar,se a Delta pagou ou não.O que me interessa é saber que o crime organizado queria dar um golpe de estado,quem era quem na trama golpista,quem seria o beneficiado.Quero ver esse pessoal dando explicações sobre esse fato na CPMI ao vivo e a cores.SMS de Vacarezza tambem não me interessa.

          • Concordo, Dimas.

            Mas a diferença é que os Cachoeiras e Vejas de 64 conseguiram dar o golpe, assim como os da era FHC.

            São crimes consumados.

            Os de hoje foram frustrados – pelo menos até o momento. São tentativas. Por isso, menores.

            Mas isso não quer dizer nada. Seja esse o terceiro ou o trigésimo maior crime, tbm quero ver todo mundo lá na cadeirinha do réu, suando em bicas e saindo direto pra cadeia.

  • Edu,desculpe;n creio q a tal “esquerda” deixou de apoiar apertar cêrco da mídia,pq da cretinice do vaccarezza…se essa ‘militância’ mude de lado tão rápido,é sinal q ela n quer coisa alguma -é chegada a ôba-ôba;se já n tinha condescendência c/ certa parcela,agora,c/ internet (e é o segmento q vc,indiretamente,alude),num dá p’ra desculpar…povo coitadinho,s/ informação,é o cabra só c/ acesso à tv aberta -quém ler jornal,revista,e tém net,é ignorante pq lhe é interessante,seja quais forem os motivos…o ‘normal’,seria esculhachar o vaccareza,e tocar em frente…aliás,fatos indicam q a nossa década de ascenção,talvez n gerem uma sociedade mais progressista;ao contrário,podemos deslanchar num conservadorismo e “individualismo”.Acaba tudo?Claro q n;avanço é bom,e melhor p’ra todos…no meu caso,há momentos,como este,q prefiro a terapia do “joelhaço”!Tá na hora de boa parte da galera começar a assumir responsabilidades…certos segmentos,por exemplo,tém todo direito de reclamar sobre salários e condições de trabalho;qdo conseguem,mais ou menos,o q pedem,a verdade é q n vemos o trôco…q fica infinitamente a quém do “mais ou menos”.

  • Estimado Eduardo Guimarães, acho justificada toda sua indignação quanto à possibilidade de que venhamos a perder uma oportunidade inigualável de, pela primeira vez, levar a knock-out a máfia midiática. Só que eu também penso que o principal responsável por isso é o tal Vaccarezza. Será coincidência que as aberturas para o livramento da cara da máfia midiática tenha origem justamente nos setores do PT que vêm se mostrando mais afinados com essa própria máfia midiática? Vaccarezza atualmente representa para muitos (para mim, inclusive) aquilo que o PT nunca deveria ser. Por que é de Vaccarezza que vem o tal SMS que nos coloca na defensiva? É realmente muito ruim que este acontecimento de por si insignificante esteja permitindo que o PIG encontre espaço para escapar de uma condenação exemplar. No entanto, não é a militância de esquerda quem deve ser responsabilizada por isso, e sim o inconsequente Vaccarezza. Já passou da hora de o PT se livrar dos vaccarezzas e paloccis que andam corroendo suas entranhas.

  • ” E a convocação de Marconi Perillo ficou mais difícil, pois a mensagem por celular do parlamentar petista fez a militância comprar a tese absurda da mídia de que pesam contra Cabral e Agnelo o mesmo que contra o governador tucano.”
    Não entendo qual a dificuldade. Se Cabral e Agnelo não devem, convocam-se todos e só Marconi Perilo vai ser desmascarado. Simples assim.
    Ao ficar nesse jogo de não convocar nenhum governador à CPI, fica a impressão de que, ou todos são santos ou todos devem.

    • Não é simples assim, não.

      Vai que os contratos da Delta tenham realmente alguma mutreta? Mesmo que não tenha nada a ver com Cabral, ou seja apenas uma irregularidade ou o que valha, a imprensa marrom vai centrar fogo nele pra pressionar o PMDB a amassar a massa da pizza.

      É SÓ pra isso que esse bafafá em cima do Cabral serve. Afinal, a mesma Delta tem contratos ainda maiores com SP – tanto a cidade quanto o Estado – e ninguém fala nada de Serra/Alckmin e Kassab.

      Vão procurar pelo em ovo. Basta uma vírgula fora do lugar, e a imprensa marrom vai fazer tempestade em copo dágua pra melar a CPI. Pior ainda se houver alguma coisa mesmo, aí que a CPI acaba na pizza mesmo.

      Mas o que quer que tenha entre Cabral e Delta, é questão pra PF investigar, JUNTO com a investigação de todos os outros governadores e prefeitos, e não pra CPI. Essa deve se concentrar em uma coisa só: a organização criminosa do Cachoeira e seus tentáculos nas instituições.

        • Eu não diria todo mundo, mas uma grande parte, sim. E não temos como saber.

          A questão é que o “rabo preso” que poderia existir entre Cabral e a Delta não é o tipo de “rabo preso” que uma CPI – e em especial essa CPI – deva investigar, pelo menos pelo que se sabe até o momento. Que a PF investigue, junto com TODOS os outros contratos da Delta. A PF, afinal, está fazendo um trabalho excelente e não há razão pra não deixar nas mãos deles.

          Quem estraga tudo mesmo é o Gurgel, isso sim.

  • Já não é a primeira vez que a militância cai no blá blá blá da turma do Cachoeira. Não podemos nos esquecer de que a militância deu exemplo ao defender Sarney para evitar que o crime organizado tomasse de conta deste País, o que teria ocorrido se Marconi Perillo tivesse assumido a presidência do Senado em substituição a Sarney. Jamais podemos esquecer disso.

    As provas que comprometem os verdadeiros malas serão analisadas pela CPI, não tem escapatória para os verdadeiros larápios.

  • E nao estou a dizer que Sarney é um santo, mas cá prá nós, se o Sarney tivesse caído, o que teria ocorrido se não tivéssemos dado apoio a Lula, o Perillo no Senado e com Cachoeira, Veja e Demóstenes teriam eleito Serra e ai o Brasil teria sifu

  • eu sou simpatizante do PT e serei até o fim da minha vida, nunca irei acreditar nas mentiras do PIG….mas que os deputados e senadores do PT tem que ficarem mais espertos, meditas devem ser tomadas para que os funcionários do PIG não juntem imagens e a editem para que em seus telejornais tentarem enganar a população….quando estiverem nestas salas com o PIG pelas costas…acho sensato não mandar e-mail por not, net ou cel…..eles tem que se auto policiar vigiar e cuidar todos que estão a sua volta!!!!!

  • A direitalha está querendo é botar chifre em cabeça de cavalo.

    O que tem a ver o SMS do Vaccareza com o relacionamento criminoso do Cachoeira com a Veja?
    O Cabral não tem nada com isso.

  • Que grandíssima bobagem fez esse senhor…
    Dando de bandeja uma boa capa para o contra ataque…
    Fico muito contrariado. Vendo o teu trabalho diário…
    de divulgação e crítica voluntária, esse representante
    e profissional da política “dando mole” para aimprensa…

  • Vacarezza deu uma de Roberto Freire….Umas férias da CPMI faria bem…O PT do Rio, a abse , nao quer nada com Cabral e Eduardo Paes….

  • Quem pensa que o Vacarezza é apenas um imbecil com mandato se engana redondamente. Ele é extremamente inteligente e competente. O SMS oportunamente “flagrado” tinha a intensão de disparar exatamente o que o blogueiro teme. É quase um habeas-corpus preventivo para a Veja.
    Ou todos já se esqueceram do Projeto de Lei deste deputado, liberando um veneno perigosíssimo, escrito no computador da multinacional que vende tal veneno?

  • Vc Edu, fez uma análise sem rodeios e e que expressa a verdade sobre este imbróglio na CPI.Não há nada de escandaloso neste sms do Vacareza,estranhar do óbvio:ou seja, de que o PT é um aliado do PMDB,o pior que nem sempre a recíproca é verdadeira,Se o gov. Gabral não tem culpa no cortório,isto é, nem foi citado,mas a mídia e a oposição insistem em condená-lo,como que o PT vai lavar às mãos diante de uma iminente injustiça?-O Cabral,além de ser um aliado,não há nada que o ligue ao contraventor e pq querem convocá-lo?Isto sim é mudar o foco das investigações,pois ela deve se concentrar nas pessoas citadas,envolvidas,que nomearam funcionários no gov. a pedido do Cacho como fez o Perilo,que recebeu dh,há documentação que pode ser checada;Ao contrário do Cabral e Agnelo;Não há nada que justifique esta paranoia pra convocá-los, a não ser no sentido de desviar o foco,jogar todos na vala comum e não apurar nada.Esperamos que os membros autênticos desta CPMI não se acovardem e continuem firme!

    • Se Cabral fosse do PSDB essa polemica inutil sequer teria existido,com Vacarezza ou sem Vacarezza.O ponto central é a midia juntamente com o crime organizado queriam dar um golpe de estado no Brasil e Poli,o meigo,era o elo de ligação entre a midia e o crime organizado,um homem de confiança do Cachoeira.

  • Edu

    É o PMDB estúpido!

    Já sabemos que Vaccarezza cometeu uma inconfidência e estamos todos pagando um preço por isso neste momento. Ok! Mas minha análise vai em outra direção…

    Podemos culpar a mídia, mas sabemos que a nossa aliança com o PMDB tem sempre um preço. E o PMDB acabou de cobrar a sua fatura. Aos fatos! Já sabemos que a grande mídia enviou recados diretos a Dilma para que seus representantes não fossem convocados a CPMI e recebeu como resposta da Presidenta: “O problema é deles!
    Ora, mas eles( a mídia) não iriam mesmo parar por aí. Você não acha?
    Pois é! Aí ficamos sabendo que PT( Jose Dirceu) e PMDB(Michel Temer) foram procurados por respectivamente Fabio Barbosa(Veja) e um representante da Família Marinho(Globo). Não tenho dúvida! Com o PT não tem conversa! Mas com o PMDB…

    E foi assim. O “aliado” PMDB roeu a corda, mais uma vez!
    Daí o SMS do Vaccarezza que tentava “tranqulizar” o Cabral apesar do PMDB não se somar a PT na CPMI para empadedar a Veja e convocar o Policarpo.
    E vão se somando os episódios em que o “aliado” PMDB demonstra o quanto está “comprometido”(será?) com as mudanças que preconizamos. O PMDB já disse inúmeras vezes que não irá acompanhar o PT no projeto de Regulação da Mídia. Foi o PMDB quem liderou a bancada ruralista na aprovação desse mostrengo Código Florestal que a Dilma agora terá que vetar! São os sucessivos ministros da Agricultura(do PMDB) que vem impedindo a atualização dos índices de produtividade tão fundamentais para liberar mais terras para Reforma Agrária, tão cara ao PT e a esquerda. As dificuldades na aprovação da PEC do trabalho escravo tem o “digitais” do PMDB. Mas vou parar por aqui…
    Portanto, é chegada a hora de dar nome aos bois! É o PMDB estúpido!
    Imagino que você não poderá abordar este lado de “nosso aliado” neste espaço, mas muito gostaria que vc o fizesse…
    Abs

    • É bem por aí,camarada.Apoiado.Por isso para 2014 é Dilma/Lula na cabeça.E esse será o maior pesadelo do conservadorismo brasileiro a se tornar realidade.Quem viver,verá.Por isso,tentam,sem exito,simular um rompimento entre Dilma e Lula.Nunca antes na historia desse pais,duas pessoas estiveram,nesse momento, tão afinadas quanto Dilma e Lula.

  • Posto aqui porque acho que merece ser mais divulgado e tem muito a ver com atuação da mírdia :

    “O ALGOZ QUER EQUIVALÊNCIA COM AS VÍTIMAS

    Nesta terça-feira, dia 22, a Comissão da Anistia julgará um dos casos mais desconcertantes do ciclo da ditadura militar brasileira: o caso do Cabo Anselmo. José Anselmo dos Santos foi um dos líderes da mobilização dos marinheiros nos anos 60. Em 25 de março de 1964 emprestou sua voz a um dos discursos mais inflamados da crise que levaria ao golpe de 64. Depois tornou-se um traidor convicto; um membro do aparato repressivo que admite ter sido responsável pela prisão ou morte de cerca de 200 militantes políticos. Cabo Anselmo reivindica agora uma reparação do Estado brasileiro. É esse pedido que será julgado pela Comissão de Anistia na terça-feira.No momento em que o governo instala uma Comissão da Verdade e algumas vozes na mídia – e na própria comissão – tentam vaporizar a história brasileira, dissolvendo-a em uma fornalha de suposta equivalência entre opressão e resistência nos marcos de uma ditadura militar, esse pode ser um julgamento referencial. (LEIA MAIS AQUI [http://cartamaior.com.br/templates/postMostrar.cfm?blog_id=6&post_id=986])

    (Carta Maior; Domingo/20/05/2012)”

    “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

    Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

  • Desculpe, mas é o próprio PT que tem dado seguidas demonstrações de que teme enfrentar a mídia e colocar Policarpo e Civita no banco da CPI. A CPMI do Cachoeira já está aberta há 15 dias e ninguém foi ouvido por força de requerimento. Nunca antes na história deste país tinha acontecido algo do tipo. O PT não leva mais ninguém no bico. É perceptível o corpo mole do partido no tocante a não trazer a CPI quem mais deve explicações: O procurador geral, Cachoeira, Policarpo, Civita, nesta ordem. Se o partido quer o apôio então dê a militância um sinal efetivo de que a CPMI é pra valer e não fique neste jogo mole de deixar o tempo passar e nada acontecer. A propósito, Eduardo, tome muito cuidado, mas muito cuidado mesmo, em defender Cabral. Cabral e Perilo, meu chapa, são farinha do mesmíssimo saco e estão atolados até o pescoço nos esquemas de corrupção da Delta. E o caso Cabral é ainda pior, porque as negociatas não tinham intermediários, como Cachoeira ou Demóstenes e Claúdio Abreu que faziam a ponte com a Delta, eram feitas com o próprio Cavendish. Agnelo é vítima, disso eu tenho a mais absoluta certeza e ponho as mãos no fogo.

  • Edu, outra bomba da TV RECORD na Veja/Abril…..foi muito boa reportagem-resposta aos desvios da VEja, muito bom mesmo, e se a tv record continuar a bater no PIG……a coisa vai ficar muito boa na CPMI…..foi linda esta reportagem……. parabens a TV RECORD.

  • Jansen,sua mensagem está perfeita.Estamos começando a negar o óbvio,literalmente tapando o sol com a peneira.A verdade é que como PHA disse quando veem o plim-plim muitos rebolam e esse rebolado também vem do PT.

    Na boa,quem conhece um pouquinho de Brasília,só um tantinho racha de rir com esse papo que com o PT e a mídia não tem mais conversa,agora é guerra e tal.

    Digo e repito,passa ano entra ano e NADA,NADA DE LEY DE MEDIOS,um dia a militância começa a desacreditar,heim?

  • Ley de Medios já!

    Que o Vacarezza seja meno imbecil para não dar mole para o PIG. Não é a primeira vez que o Vacarezza tem atitudes assim, como líder do Governo na Câmara dos Deputados ele complicou diversas votações para o Governo Dilma.

    O foco da CPMI continua sendo o Perillo, o Policarpo e a revista Veja Bandida. Que a CPMI exija a convocação desses integrantes da quadrilha formada pela revista Veja Bandida.

  • Bem, vc chegou ao fundo do poço, meu caro Dudu. Realmente, vc é daqueles que estão de quatro para o PT. Com que cara vc encara sua família e amigos? Deveria ter vergonha, meu Deus…

    • Eu encaro minha família e amigos com orgulho. Sabe por que? Porque defendo minhas ideias com coragem. Vergonha deve ter um vagabundo anônimo como você que insulta oculto por um pseudônimo. Você é uma ameba covarde que nunca chegará à sola do sapato de pessoas como eu.

    • Lukas, de quatro você está há muito tempo, não como você pensa, mas como um quadrúpede.

      Portanto o pensamento de um quadrúpede como você não deve ser levado em conta.

      Para não perder a oportunidade:

      Ley de Medios já!

      Convocação imediata da #VejaBandida, do Policarpo e do Perillo, pois eles continuam no centro e no foco da CPMI.

      • Esse Lukas deve ser um daqueles que fica de quatro para receber no seu orificio anal uma trolha de uns quarenta centimetros de comprimento por vinte de grossura e ainda diz,entre dentes,que tem espaço para mais uma.Eu não tenho com vagabundos como esse nenhum respeito,principalmente porque é pau mandado do PIG

  • Acho que não é tanto assim, Eduardo, a militância não ficou sem ânimo, não, uma parte dela, e acho que pequena, talvez. O Vacarezza “deu uma bola fora” mas isso não muda os trabalhos na comissão e esse episódio será logo esquecido, daqui a uns dois dias o assunto muda de novo ( acho que já mudou).
    .
    Sinceramente, não vejo como esse fato pode alterar os trabalhos na CPI, o PT, na verdade, talvez tenha até mais ânimo agora, a partir dessa tentativa de manipulação.
    .
    É preciso paciência mas as coisas estão caminhando, e a Record fez mais uma reportagem agora há pouco contra a veja, mostrando novamente os grampos que comprovam que a revista sabia de tudo.
    .
    Como diria aquele título de filme de pancadaria, “render-se, nunca, retroceder, jamais”.

    Vamos lá, bom ânimo a todos, a hora é essa.

  • Eduardo, vamos combinar: os fora-da-lei são o senhor Cachoeira e sua equipe, entre entre membros da midia, políticos e outros. O resto, é papo furado. O que queremos ver Policarpo e Civita se explicarem, como acontece na Inglaterra com Murdoch que, por muito menos, está por um fio naquelas bandas. O resto é conversa para ninar boi.

    Vão em frente, PT (que viu Lula e outros petistas serem achincalhados tantos anos) e PMDB (que precisa se indignar contra essa perseguição a seus políticos e agora, Cabral).

    Ao que saibamos, Marconi Perillo, do PSDB, é quem tem que explicar suas relações com Carlinhos Cachoeira. José Serra, do PSDB, é quem tem que explicar suas relações com a Delta, que aliás, também tem relações com Cachoeira. Esses é que têm o que temer, além, é claro, da turminha da mídia que estiver, eventualmente, envolvida com Cachoeira e cia.

  • Eduardo,

    Ciro Gomes está dando uma entrevista fantástico ao Heródoto Barbeiro, Kotsho e outros na Record News, vale a pena assistir. Concordo plenamente com ele em relação a esta falta de enfrentamento do PT em relação a plutocracia que domina o país. Vale a pena assistir a entrevista dele. Aliás, não está falando só disto, com Ciro é sempre uma grande entrevista.

  • Eduardo, hoje, estando em MG, vi, no Estado de Minas (que considero PIG também), uma matéria sobre “Dom Carlinhos Cachoeira” e a reprodução de um diálogo entre ele e Marconi Perillo. De arrepiar. Perillo se dirige a Cachoeira na base do “e então, liderança?” ou algo parecido, mas a palavra liderança é clara. Fica patente o caráter de “chefe” do Cachoeira sobre o governador. Gente, isso é uma vergonha. Esse bando do Cachoeira, pelo visto, tomou o estado de Goiás e avançou pelo Brasil afora, cooptando o governador Marconi Perillo (PSDB), o senador Demóstenes Torres (DEM) e la nave va. Tudo isso, sob o beneplácito do senhor procurador geral da República, Roberto Gurgel, bem como da mídia envolvida com a turma de Cachoeira.

    • É por este motivo citado por você e outras centenas de motivos descobertos pelas investigações da Polícia Federal que é necessário a convocação para depor na CPMI dos elementos da quadrilha formada pela Veja Bandida, Policarpo, Perillo, famiglia Marinho e a conivência do brindeiro Gurgel e o apoio inplícito do Gilmar Dantas.

  • Meus botões me dizem que foi esta a forma que Vacarezza encontrou para denunciar essa tentativa de cooptação e intervenção da Globo contra o Congresso e a democracia. Pegou mal para a Globo, não para o Vacarezza, Como se sabe, a Globo chamou Temer às falas e ameaçou punir os dissidentes da emissora.

  • É sempre necessário dizer novamente :

    “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

    Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

    • Prezado Eduardo Guimarães, sobre o comentário seguinte :

      Cláudio

      21/05/2012 • 01:39.

      Your comment is awaiting moderation.

      É sempre necessário dizer novamente :

      “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

      “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

      Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

      ‘Meu’ mau computador parece me cobrar pedágio na rede: não consigo mais acessar o Tijolaço nem postar comentários no Nassif ou mesmo votar na Enquete da página inicial do ConversaAfiada (neste, usando o IE9. Só consigo com o Firefox), além de aparecerem dezenas de conexões quando se usa o comando ‘netstat’ no prompt de comando.

      A propósito, o meu comentário anterior foi postado exatamente em 21/05/2012 às 01:39, simultaneamente a outros 3 (três) comentários meus em outros ‘blogs’ progressistas. Mas o computador parece que deu uma ‘paradinha’ e apareceu 1:40 em lugar de 1:39, de tal que posto novamente, agora às 03:13 ou 4:13, o desagravo à minha vontade livre e soberana (de publicar às 1:39).

      Ley de Medios já ! ! ! Comissão da Verdade já ! ! !

  • Admirável ! Fantástico !
    Justiça seja feita, o povo goiano dá um show de democracia, coragem, força, disposição no exercicio da cidadania; imbuído no desejo de varrer em definitivo o governador bandido “Marconi Perigo” e seus asceclas. Parabéns Goiás. Mostre ao paulista, em particular, como se faz contra a corrupção.

  • “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

    Essa afirmativa de Malcolm X é como poesia e muito verdadeira. Os dois pensamentos citados (de Pulitzer e de Malcolm X) mostram que o PiG é atemporal e onipresente. Até quando ?

    Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

  • O comentário (das 05:13 de hoje, 21/05/2012) como deveria figurar (em meu computador) na visualização de antes da moderação “Your comment is awaiting moderation” tal como postado simultaneamente por ‘copiar e colar’ nos ‘blog’s de PHA e Azenha e adequadamente visualizados em ‘O seu comentário está aguardando moderação.’ em ‘blog’s progressistas ConversAfiada e Viomundo, no mesmo horário – 5:13 -. Tentei postar também simultaneamente (5:13) no Escrevinhador mas, aparentemente, sem êxito (não sei por que, parece, meu computador tenta me ridicularizar ora neste ora em outro(s) ‘blog'(s) progressistas mas “eu sou brasileiro e não desisto nunca”) :

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

    “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

    Essa afirmativa de Malcolm X é como poesia e muito verdadeira. Os dois pensamentos citados (de Pulitzer e de Malcolm X) mostram que o PiG é atemporal e onipresente. Até quando ?

    Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

    • Além de ser brasileiro (e não desistir nunca), sou pretensamente cidadão do mundo e sendo brasileiro e cidadão do mundo vou vencer (porque, também, não desisto nunca)… :

      ora neste ora em outro(s) ‘blog’(s) progressista(s).

      As “Conexões ativas” (no meu mau computador) em alguma das mensagens anteriores (possivelmente a das 5:13) :

      Endereço externo Estado
      127.0.0.1:54164 ESTABLISHED
      127.0.0.1:54163 ESTABLISHED
      208.117.226.144:80 ESTABLISHED
      74.125.234.104:80 CLOSE_WAIT
      173.194.73.105:80 CLOSE_WAIT
      173.194.73.105:80 CLOSE_WAIT
      74.125.234.96:80 ESTABLISHED
      74.125.234.104:80 ESTABLISHED”

      “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma.” – Joseph Pulitzer (1847-1911).

      “Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” – Malcolm X (1925-1965).

      Essa afirmativa de Malcolm X é como poesia e muito verdadeira. Os dois pensamentos citados (de Pulitzer e de Malcolm X) mostram que o PiG é atemporal e onipresente. Até quando ?

      Ley de Medios, já ! ! ! Comissão da Verdade, já ! ! !

  • Extraído do Blog do Dirceu:

    CPMI: versão adotada pela mídia do ‘acordão’ PT-PMDB-PSDB é um equívoco

    A mídia adotou uma linha equivocada ao insistir que houve um acordão entre PT-PMDB-PSDB na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga o caso Carlos Cachoeira. Segundo tal versão o objetivo de pretenso acordo seria, entre outras coisas, o de não convocar os governadores até agora citados nos grampos do bicheiro e seu círculo de relações. Pretende-se vender a falsa ideia de que algo que mal começou teria terminado em pizza.

    Minha avaliação é outra. Entendo que o roteiro adotado pela Comissão de Inquérito é correto e objetivo: estudar todos os autos e áudios, ouvir os delegados responsáveis pelos inquéritos que deram origem à CPI – como já fez –, convocar os auxiliares dos governadores e da Delta. É o caminho certo para decidir se, em seguida, convoca ou não os três governadores, como quer o PSDB, ou apenas Marconi Perillo, como querem PT e PMDB.

    O prosseguimento da linha de trabalho adotada pela CPI mista do Congresso vai permitir, também, que se tome decisões sobre a convocação ou não de procuradores e jornalistas. Se se investiga ou não a revista VEJA e sua relação com o esquema Carlos Cachoeira-Demóstenes Torres.

    Diversionismo

    Não podemos e não devemos nos deixar levar por incidentes como o da não convocação dos governadores nesta semana e o torpedo do deputado Cândido Vaccarezza para o governador Sérgio Cabral – um incidente incapaz de definir o destino de uma CPMI. É um erro confundir tais incidentes com indícios, provas e elementos para investigar o crime organizado e suas ramificações nos três poderes do país.

    Há indícios sim, e são muito fortes, sobre a participação decisiva no esquema criminoso de um senador que foi líder do DEM e da oposição. Um senador que foi membro do Ministério Público e que se apresentava como representante das demandas corporativas dos procuradores e do Judiciário, seja junto ao Legislativo, seja diante do Executivo.

    Também são ridículas, risíveis mesmo, as tentativas de apresentar a relação do governador de Goiás com Carlos Cachoeira no mesmo nível das do Governador do Rio de Janeiro com o controlador da Delta. Em Goiás o crime organizado capturou o Estado e, neste caso, os elementos, indícios e provas já existentes mais do que justificam um investigação pela CPMI.

    Mais diversionismo

    Não vamos esquecer que no início do noticiário sobre a operação Monte Carlo, lá atrás, certa mídia fez de tudo para trazer de volta o caso Waldomiro Diniz. Naquela ocasião, a citação do meu nome era permanente, às vezes com mais destaque que a própria CPMI. Mas, com o aparecimento da participação do senador Demóstenes Torres no esquema, esta sim uma verdadeira bomba atômica que deixou muita gente desnorteada, a manobra diversionista ficou desmoralizada.

    Depois vieram as tentativas de envolver membros do Governo Federal, como Olavo Noleto e até o ministro Alexandre Padilha. Depois, outra tentativa diversionista, pretendendo-se desviar o foco principal da CPMI para Brasília e a empresa Delta. E agora, finalmente, essa polêmica sobre a convocação dos governadores.

    Indícios há, e são muitos. Insisto que a CPMI deve manter seu plano de trabalho. Aí sim, tendo as informações, vai decidir por exemplo se convoca ou não os jornalistas. Não adianta que certa mídia levante o argumento surrado da ameaça à liberdade de imprensa diante dos indícios que já apareceram.

    Falou-se, por exemplo, em mais de 200 telefonemas entre o diretor da revista VEJA em Brasília e a dupla Carlos Cachoeira-Demóstenes Torres. Na troca de informações pela publicação de matérias de interesse de um esquema criminoso. No conluio para o uso de gravações obtidas ilegalmente. São coisas que precisam ser esclarecidas. E as informações já estão lá, nos inquéritos das operações Vegas e Monte Carlo. É preciso levantá-las em sua totalidade e, em seguida, divulgá-las.

    E também não vamos nos esquecer da tentativa de aumentar ainda mais a confusão e a cortina de fumaça, insistindo com a versão de que o necessário esclarecimento da decisão da Procuradoria Geral da República de não investigar o esquema Carlos Cachoeira-Demóstenes Torres em 2009, como afirmou a Polícia Federal, seria algo envolvendo o PT e relacionando-o com o julgamento da Ação Penal 470 no Supremo Tribunal Federal, chamada de mensalão.

    Se a CPMI seguir seu roteiro de buscar e dar transparência a todas as informações, nada do que a mídia está prevendo acontecerá. Ao contrario, será uma das CPIs mais importantes dos últimos 30 anos e cumprirá um papel extraordinário na vida política do país.

  • É Edu, a esquerda não aprende, haja tapiocas, arre que eu já estou ficnado cansada com essa esquerda burra que desde o sempre vem fazendo o jogo da direitona, até quando?

  • Tanto é verdade Edu, que agora essa turma nojenta piguenta já está falando em regulamentação da mídia tendo a frente o seu queridinho FHC e que lá no seu instituto veio com essa pérola é mole? Eles estão se borrando de medo e agora falam em regulamentação só para fazer a que eles querem ou seja nada para ficar tudo como dantes e enganar a galera e nós da esquerda ficamos aí batendo boca com picuinhas enquanto eles agem, arre até quando esquerda?

    • Lúcia, lembro muito, nessa hora, do GRANDE MARIO LOGO, meu ídolo! Não sei se foi ele quem criou a frase, mas ele a dizia constantemente quando indagado sobre sua luta pelo PC do B: ” esquerda só se une na cadeia”!

  • Quem se lembra de como esse deputado, traidor das classes trabalhadoras, jactou-se no twitter quando foi atração principal da Revista Veja em suas páginas amarelas

  • De tudo que já vi/li na internet, cada vez mais suspeito que Vacarezza mostrou o SMS de propósito. Só falta esmiuçar com que objetivo, por que ele o fez. Ingênuo é que ele não é.

  • O Psol CONTINUA sendo uma EXCRESCÊNCIA. É INCAPAZ de ENXERGAR além do PRÓPRIO UMBIGO.

    Não percebe que se transformou ou (JÁ NASCEU?) como uma LINHA AUXILIAR do PïG e seus prepostos do PSDB, Arena>PDS>PFL>DEMo e da carniça do PPS.

  • Quem está ofendido sou eu com o amadorismo (ou intenção) do Vacarezza. É sempre assim e é sempre o PT de São Paulo que causa esses baques na luta consistente da militância.
    Tivemos o episódio do dossiê, com políticos de São Paulo e supostas acusações verdadeiras contra Serra, que acabou estourando na mão do PT de S~P porque não pensa nas consequencias de seus atos. Eles é que deveriam ter chamado a polícia se teriam acessoa material contra José Serra que os Vedoin queriam vender.

    Na crise do Sarney, que foi eleito pelo PSDB e DEM, começaram a pilhar o PT por estar defendendo o Sarney (o jogo era indispor PT e PMDB e melar a aliança, além de dar a presidencia ao PErillo) e o idiota do Mercadante me cai na casca de banana e começa a fazer declarações favoráveis ao PIG/DEM/PSDB.

    A Martadeu entrevista pra FOlha dizendo que o Lula errou ao escolher o Haddad.

    Agora o Vacarezza me dá uma dessas.

    São sempre os mesmos, sempre os de SP que fazem essas merdas.Enquanto uns são combativos e compartilham de nossa luta, o PT de Sâo Paulo, com sua crença e devoção (ou medo, ou tudo isso), sempre cria um embaraço para quem está militando com seriedade.

  • Delta = Gautama

    http://www.dpf.gov.br/agencia/pf-na-midia/jornal/2012/maio/gautama-nao-teve-nenhum-processo-julgado-ate-hoje

    Construtora, que há cinco anos viveu situação similar à da Delta, enfrenta ações que cobram R$ 131 milhões

    Silvia Amorim

    SÃO PAULO. Réus em pelo menos 11 ações judiciais por todo o país que cobram a devolução de R$ 131 milhões aos cofres públicos, a construtora Gautama e seu proprietário Zuleido Veras, que cinco anos atrás estavam na mesma berlinda agora ocupada pela Delta Construções e o empresário Fernando Cavendish, não foram julgados até hoje em nenhum dos processos decorrentes da Operação Navalha da Polícia Federal, de 2007. O GLOBO localizou ações em Mato Grosso e no Maranhão que estão paradas há dois anos no gabinete dos juízes. Só na esfera criminal, Zuleido responde a processos em ao menos cinco estados.

    A Gautama é acusada de comandar um esquema de corrupção que desviou cerca de R$ 300 milhões de obras públicas em dez estados com a ajuda de políticos e servidores. A operação da PF expôs as relações promíscuas entre a empreiteira e políticos e derrubou o ministro Silas Rondeau, de Minas e Energia.

    Por enquanto, o único resultado das investigações são os processos judiciais que tramitam em diversos tribunais do país nas esferas cível e criminal, além de uma ação penal no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Mas, até hoje, nada foi julgado, nem em primeira instância.

    Metade dos processos encontrados pelo GLOBO envolvendo a Gautama pede a devolução de quantias milionárias aos cofres públicos. Todos eles têm, além da empreiteira, outros réus.

    O caso Gautama e o atual escândalo envolvendo a construtora Delta seguem um roteiro parecido. Ambas foram alvo de uma operação da PF e de uma CPI. Após as denúncias, a Gautama foi declarada inidônea pela União, ficando proibida de fazer contratos com a administração pública. Essa possibilidade está em análise como punição à Delta.

    Na Justiça Federal de Sergipe está o maior processo em termos de indenização, e também o mais recente, envolvendo a Gautama. É uma ação de improbidade administrativa ajuizada em agosto do ano passado em que o Ministério Público Federal pede o ressarcimento de R$ 78 milhões por fraudes (superfaturamento e pagamento de propinas) nas obras da adutora do Rio São Francisco.

    Ainda no estado, a Gautama é acusada de superfaturar uma obra na cidade de Barra dos Coqueiros, vizinha à capital Aracaju. O processo é de 2009 e pede a devolução de R$ 1,7 milhão. No mesmo ano, a construtora foi acionada pela Justiça de Alagoas. Ela responde com outros réus à acusação de desvio de recursos em uma obra de combate a enchentes em Maceió que deu prejuízo de R$ 29 milhões ao erário. Em junho, o processo vai completar três anos e ainda aguarda o recebimento da defesa dos acusados. Há também uma ação no Distrito Federal que pede o ressarcimento de R$ 3,4 milhões que teriam sido desviados de uma obra de irrigação.

    Os processos mais lentos estão no Maranhão e em Mato Grosso. No primeiro, uma ação civil pública envolvendo a empreiteira está há dois anos num processo de escolha de juiz para o caso. Dois magistrados se declararam impossibilitados de julgar a causa e, desde 2010, a ação está no gabinete do terceiro juiz nomeado, aguardando resposta dele. Em Sinop, a 500 km de Cuiabá (MT), um outro processo que tem entre os réus a empreiteira e cobra ressarcimento de R$ 20 milhões está parado há dois anos no gabinete do juiz.

    Depois do escândalo, a Gautama praticamente saiu do mapa do setor da construção pesada brasileira. Até hoje, ela está impedida de fazer contratos com a administração pública. A empreiteira tentou derrubar a punição na Justiça, mas foi derrotada. Hoje ela nem aparece no ranking das 500 maiores construtoras.

    A Gautama também diminuiu em R$ 10 milhões seu capital social após a Operação Navalha, passando de R$ 53,3 milhões para R$ 42,6 milhões. No ano das denúncias, a construtora fechou filiais em quatro capitais (Rio de Janeiro, Brasília, Aracaju e Recife).

    Zuleido, que foi preso pela PF e está com parte dos bens bloqueados pela Justiça, mora na mesma mansão num condomínio de luxo próximo a Salvador, avaliada em R$ 4 milhões. O empresário nunca foi de badalação, mas no auge dos negócios da Gautama esbanjava influência. Pertencia a ele a lancha em que a presidente Dilma Rousseff, ainda quando ministra, fez um passeio com o governador Jacques Wagner pela Baía de Todos dos Santos em 2006. O barco, que custava cerca de R$ 1,5 milhão, foi um dos bens apreendidos pela PF.

    O GLOBO procurou o empresário, deixou recados com uma funcionária na residência dele, mas não obteve retorno.

    A exemplo do que a construtora Delta tenta fazer, Zuleido Veras conseguiu vender, durante o escândalo, uma de suas empresas investigadas. A Ecosama foi comprada, no fim de 2007, pela Odebrecht.

  • Confesso que , de minha parte , esta cruzada do petismo e de boa parte das esquerdas para silenciar a mídia , além de não ter a menor conexão com a realidade , nos textos e nos comentários , lembra muito as ações e opiniões de grupos religiosos radicais .
    O simples fato de sair afirmando que uma mídia ao publicar reportagens que ou não sejam de interesse do governo , ou traga a luz maracutaias e corrupções seja sinonimo de tentativa de golpe de estado , já é em sí um atestado de radicalismo politico , falta de bons argumentos e flerte com ações ditatoriais .
    Em relação ao teor das reportagens , principalmente no caso aqui , da Veja , a acusação de que seriam todas mentiras para defender interesses politicos da oposição , deturpações e reportagens encomendadas , não faz o menor sentido a luz da realidade . Afinal , se de fato as reportagens fossem mentirosas e deturpadas como afirmam os petistas , então as demissões de ministros por parte de Dilma ( em uma quantidade como nuncaantenestepaiz) teriam sido um enorme equívoco . Se fossem mentirosas , a PF não faria investigações , os resultados destas investigações não seriam aceitas pela justiça , os processos não seriam abertos e , nos casos mais antigos , os envolvidos não teriam sido nem julgados e muito menos condenados . A não ser que os delírios petistas em relação as mídias , acreditassem que a Veja e a mídia são de fato tão poderosas , que coneguiriam enganar Dilma , as instancias investigativas , os procuradores estaduais e federais e todas as instancias do judiciário !! Beira ao delírio , não é ?
    Em relação ao caso da CPI do Cachoeira , só pode ser visto com estranheza que , diante das evidencias de ligações entre Cachoeira , Delta , PAC , Cavendish , Perillo e Queiroz , o interesse e a campanha do petismo seja para investigar a Veja e o seu repórter !! Por acaso o petismo quer nos fazer acreditar que as varias evidencias , relações , contratos , viagens e contribuições de campanha milionárias não seriam evidencias mais do que concretas para que estas relações devam ser investigadas ? Fosse por acaso o PT oposição , ele aceitaria estas desculpas esfarrapadas para mantero o governo federal e de estados governados pela base aliada fora das investigações ? A blindagem da Delta , de Cavendish , de Perillo, Queiroz e Cabral é de interesse do país , ou só do governo e sua base aliada ? Por acaso também devemos acreditar que esta cruzada radical contra a Veja e Perilo seria no intuito do bem estra do país , ou que se trata de uma tentativa de intimidação ? Por acaso o petismo realmente acredita que o fato de um reporter usar das informações de um contraventor seja de fato crime ou algo inaceitável ? Por acaso o uso deste recurso , como no caso de Perilo , não é a forma de trabalho de qualquer reporter investigativo ?
    Quem sabe se consiga aqui , fazer um debate honesto e respeitoso sobre estas incoerencias .

    • O tal do Policarpo falou mais de 200 vezes com o Cachoeira. Faziam tabelinhas de interesses. O Cachoeira para faturar e Policarpo para incriminar o governo. Plantavam notícias dando ar de verdades. Compravam testemunhas e voce acha isso jornalimo correto? O mundo interio sabe dos artifícios da grande mídia brasileira que tenta derrubar um governo eleito democraticamente. Apesar do poderio da informação e principalmente da televisao o prestígio de Lula e Dilma só crescem evidenciando que a mídia golpista já perdeu muita credibilidade.

      • José Carlos , voce poderia citar algumas das tais inverdades fornecidas por Cachoeira publicadas e quais seriam as testemunhas compradas ?

        • Vítor, entenda que não se trata de calar ninguém. Ocorre que a imprensa também deve se pautar pela legalidade. A liberdade de imprensa não pressupõe desobrigações legais. Se um veículo de imprensa tem íntima relação com criminosos – criminosos esses que corrompem e vendem a prova ao veículo de informação para que este publique –, configura-se cúmplice desses criminosos. Claro que os que se deixaram corromper devem ser investigados, mas essa não é a tônica aqui.
          Pior fica quando esses criminosos inventam fatos, o que se chama factóide, ou seja, têm aparência de fato, mas não o são – e esses factóides são publicados pelo veículo para que surta efeitos políticos. E sabemos com fartura de dados que a quadrilha e a revista fizeram isso. Não seja desonesto dizendo que desconhece os áudios.
          Além da obrigação de se sujeitar à lei, a imprensa deve agir de maneira honesta, ética, imparcial. Omitir informações para não incriminar seus pares não é jornalismo, é cumplicidade criminosa.
          Paro por aqui porque, sinceramente, você transparece saber bem do que se trata, mas prefere ficar do lado dos torpes, dos criminosos, dos mentirosos, dos maus.

          • Fabio , vou comentra o que voce escreveu em duas partes .
            Primeiro , basta consultar qualquer profissional , professor ou estudante de jornalismo, para saber que , no caso do jornalismo investigativo , usar de informações de pessoas envolvidas em ilegalidades , nunca foi sinonimo de envolvimento com estes informantes . SE assim fosse , fico aqui imaginando , no caso do Cachoeira , o reporter tão e sómente poder entrevistar o Perillo , o Demóstenes ou qualquer outro envolvido neste caso , lhe perguntando se cada um estava ou não envolvido com o Cahoeira ? Não faz lá muito sentido não é ?
            Se assim fosse , reporter não poderia colher informações de traficantes , de sonegadores ,ou qualquer cidadão envolido com ilegalidades .
            Aí chegamos na segunda parte que trata da veracidade ou não das informações que o reporter colheu das suas fontes . Neste caso , voce cita a publicação de factóides e e rotula a Veja de quadrilha e eu novamente pergunto : Quais seriam estes factóides , as metiras, as verdades escondidas e as deturpações com intenções politicas , segundo voces , públicados na Veja ? Inclusive voce da a antender que estas afirmações estão claras e evidentes nas gravações ( e quem não as perceberia seria desonesto ?? ) .
            Aí eu afirmo que tenho recebido esta mesma resposta como se fosse um padrão , mas ninguém posta de forma direta , quais seriam estas evidencias de desonestidade e aliança criminosa da Veja e seu repórter .
            Quem sabe voce põe esta questão em pratos limpos e informa diretamente quais seriam as evidencias contidas nas gravações que embasam as suas afirmações acima .

        • Vítor,
          É claro que várias denúncias tinham fundamento, nos casos citados por você, em que o governo fez as demissões. Quanto a isso, não há dúvidas. O problema gira em torno de o Cachoeira se considerar o pauteiro da revista. Isso não era um delírio dele… a coisa realmente estava acontecendo. Basta analisar a gravação em que o bicheiro indica em qual coluna deveria sair determinada notícia… “bota no radar… na versão on-line já está bom… melhor se saísse na revista…” (no momento não lembro os termos exatos)
          Esse tipo de ligação, na minha opinião, vai além de um relacionamento fonte / jornalista.
          Se há uma reportagem suspeita a ser analisada, foi a matéria da invasão do hotel onde se hospedava o José Dirceu. Os métodos utilizados, a que tudo indicam, ilegais, não são exemplos de ética e bons princípios jornalísticos. A matéria foi capa da revista. Em nenhum momento a matéria conseguiu provar ou deixar claro que as relações naquele quarto de hotel eram uma conspiração contra o governo.

        • Vitor, ou você se faz de bobo, ou é bobo mesmo, ingênuo, piegas, bobão…etc..etc…por conta de pessoas tolas assim que se curva perante a mídia golpista, bandida e sem vergonha, como se fosse Deus, é que o país ficou atrasado em 30 anos. Pelo amor de Deus não cometa mais esse erro, são pessoas assim que alimentam os BANDIDOS.

          • Nádia,
            Esse aí é mais um troll.. liga não.
            Vou repetir pra ele minha frase favorita (de minha lavra, evidente).
            “Néscio não escolhe ventre nem lugar para nascer”.
            Esse troll não sabe nem definir fonte jornalística.
            O fato de um jornalista ter uma fonte criminosa, Sr. Troll, não são endosso (sob qualquer ótica que se analise) para ele não divulgar os crimes praticados pela “fonte”, ou em que esta esteja envolvida, quanto mais aqueles que estão sendo gestados pelo criminoso.
            Isso é tão óbvio que não sei porque perco meu tempo com esse ignaro.
            A questão maior aí, Troll, não é preservar a “fonte” e sim um bem maior que interessa a toda sociedade.
            Há um interesse mais relevante a ser protegido, troll.
            Vou te dar um exemplo, bem absurdo, prá ver se o teu “tico e teco” entende.
            Vamos imaginar, troll, que o sr. Policarpo seja um fervoroso católico e caia-lhe em mãos um terrorrista (sua fonte) que planeja matar o Papa.
            O que faz o Sr. Policarpo? Nada, pelo seu tosco entendimento.
            Ou melhor, bebe um vinhozinho com o terrorista, além de ajudá-lo a plantar algumas mentiras na gloriosa (sic) VEJA, a fim de ajudá-lo em seus planos para depois ter o privilégio do “furo”.
            Vá tomá toddyinho na cama, que é seu lugar, juvenil.

    • José Carlos , hoje , no blog do Nassif , apareceu a nova contabilidade das tais 200 ligações entre Cachoeira e POlicarpo . Agora passam, a ser 47 .

      • 200, 47, que importância tem isso?
        Ha dúvidas sobre quantos judeus Hitler assassinou, se, por exemplo, foram 20 milhões ou 5 milhões prá você faz uma diferença enorme, né?
        Vai ser burro lá longe.
        Se matou só 500 mil ele deixa de ser criminoso, nénão Troll?
        Pela sua lógica oblíqua ele se torna quase um santo, né?
        O que interessa, troll, é quantas reportagens o vassalo Policarpo publicou em Veja a mando do mafioso bicheiro.
        E não so isso, porque fez diligente vista grossa, ouvidos moucos, à cachoeira (sem trocadilhos) de crimes cometidos pelo bandido Cachoeira (“fonte”, segundo seu infantil conceito).
        Por que homiziou o crime organizado dando guarida às investidas de Cachoeira nos cofres públicos.
        Não adianta te falar, você nunca conseguirá entender isso.
        Talvez só se deixar de ler Veja e o “pedófilo das palavras ” (aquele que abusa de mentes infantis, que penetra em cérebros ingênuos): Reinaldo Azevedo.

  • Enquantoa Mídia suja se estrebucha o Cachoeira tá vendo o sol nascer quadrado e as provas contra a InVeja vão se avolumando. Vamos ver se o Ministro Mello vai dar outro fora liberando o o Habeas corpus tirando o do Cachoeira da reta. Vamos ver. O STF já anda tão desmoralizado com o Gilomar, mais esta acaba de inteirar!

  • Vítor, é certo que as fontes dos jornalistas chegam a ser criminosos, sim. Pode até ser de o jornalista apenas ter fontes dessas. Mas fontes variadas, conforme o caso que investiga. Quando o jornalista se une a uma fonte criminosa, quando o contato não é exporádico, quando se firma uma parceria entre corruptor e jornalista, é aí que a relação deixa de ser aquela entre fonte e jornalista e passa a ser cuplicidade criminosa. É no mínimo suspeito que o jornalista nunca denuncie o curruptor. Por que não denuncia? Porque assim não perde sua mina de matérias.
    Quanto à segunda parte de sua mensagem, a matéria de capa da revista sobre José Dirceu em hotel de Brasília é bom exemplo da deturpação do jornalismo que a revista pratica. E o caso de de robôs que manipulam o Twitter também, com a afirmação taxativa de que Lucy_in_the_Sky não existia, depois a afirmação de que os impostores haviam encerrado a conta com esse nome depois da denúncia da revista. Pequeninos exemplos recentes.
    Pior é toda a carga de matérias direcionadas a fim não de informar, mas de manipular a opinião, mediante pseudojornalismo oportunista e voltado a desestabilizar uns grupos e alçar outros a posições nobres, ainda que absolutamente não tenham nada de nobres.
    Como você lê fora da grande mídia, deve ter tido acesso às informações que demonstram a posição tendenciosa da imprensa tradicional brasileira. Com todo respeito, essa postura de ficar pedindo exemplos não é contraargumentação. Ninguém tem de mostra-lhe as informações. Elas estão livres na internet. Por isso também a mídia alternativa é melhor que a tradiciional. Jogue-se na rede e descubra tudo.
    Abraço.

    • Fabio , venhamos e convenhamos que esta questão da ligação entre Cachoeira e Perilo , até agora esta na esfera da suposição e do achismo . Da mesma forma que as tais 200 ligações que até agora ha pouco eram um fato inquestionável , agora passaram do nada a 47 , segundo Nassif .

      Com relação a reportagem sobre os encontros de DIrceu , o que axatamente estava distoircido lá ? Por acaso , voce esta me dizendo que encontros fora da agenda de trabalho , não relatados , em um hotel , entre José Dirceu ( que , até o julgamento final do mensalão não deixa de ser apontando como o chefe do esquema pelo relator do processo ) , ministros , politicos e outras figuras do governo , deva ser visto como normal e aceitável ??
      Sinceramente Fabio , por muito menos do que isto e usando das invencionices do procurador Luis Francisco ( depois julgado , condenado e suspenso peas suas ações ) , o PT quando oposição chegou a pedir o impeachement de FHC .

      Sobre a tal manipulação e deturpações por parte da grande mídia que voce citou acima , ela teria de partir do principio de que os leitores u consumidores destas mídias ( que com certeza superam em muito os leitores dos blogs progresistas ) seriam manipuláveis , alienados e incapazes de perceber as mentiras e deturpações , o que em sí é meio fantasioso né Fabio ?

      Quanto ao pedir exemplos de acusações e suposições que aparecem na coluna de comentários , sinceramente , são estes exemplos que separam o joio do trigo ou um fato de uma fofoca . De minha parte , garanto que eu não vou postar uma suposição ou acusação , sem ter uma base confiável .

      • Vítor, o Dirceu não mais era ministro, portanto não estava a trabalho. O “mensalão” foi obra de mídia, da revista também, com a mesma quadrilha. Portanto, é algo que só corrobora meu argumento.
        Se o PT pediu empedimento do FHC, é outra história.
        Penso, sim, que o leitor da imprensa tradicional é manipulável. Não tenho dúvida nenhuma disso.
        E falando em fato e fofoca, sem provas do chamado “mensalão”, você não separa “o joio do trigo”, como você mesmo falou, e acredita, ingenuamente, em uma fofoca.
        Ah!, 47 grampos com chefe de quadrilha já é muito. Espere os demais serem degravados que os duzentos serão contabilizados.

        • Perda de tempo pessoas como o Bonini se fazem de sonsas, mas a verdade é que eles pensam política como um torcedor fanático pensa o futebol, estão a defender seu clube de coração a todo instante, fatos não são suficientes, mas factóides esses são o centro da pauta de mentes tão organizadas e produtivas:
          Dilma terrorista.
          Collor caçador de marajás.
          Tudo de bom que o Lula conseguiu fazer, foi herança do FHC.
          Serra é o mais preparado. Hã???????
          Privataria Tucana é mais uma invenção do PT.
          Mensalão, mensalão mensalão, já rastrearam o dinheiro e ficou evidente a participação do Dirceu??? O da privataria sim.
          associação com o crime organizado, virou relação de jornalista e sua fonte.
          Tá loco onde esse cara vive???

        • Fábio, pessoas como Vítor, não tem jeito, somente levar à uma cirurgia e com bisturi abrir o crânio e colocar isso que você postou dentro da cabeça e consturar. Ele é cabeça dura, gente assim não tem como discutir, é teimoso, ele se acha o dono da razão, o mais inteligente, o mais sabido…deixa de lado, que é melhor…Graças à Deus que pessoas assim está diminuindo cada vez mais…

          • Nádia e demais debatedores sérios

            Esse Bonini não é um sujeito em que valha a pena sequer gastar a lâmina de um bisturi. Ele é simplesmente um troll. Aliás, o pior tipo de troll que existe. Existem basicamente dois tipos: os grosseiros do gênero “..por que esses petralhas…” e esse, que se esconde atrás de uma “argumentação” aparentemente “razoável” do gênero vendedor de terrenos na lua, mas que é facílimo de desmascarar na primeira curva do seu tortuoso texto, como bem fez o Luís Prudente (parece que não é a toa que ele tem esse nome).
            Bonini passa o tempo todo desconsiderando, com falácias, as vinculações dessa quadrilha com a mídia e vice versa, expostas pelas investigações da polícia federal.
            No entanto, rende-se incondicionalmente e sem nenhum fiapo de dúvida, às acusações de um pilantra mentiroso como Bob Jefferson. Não vacila um segundo em, baseado nelas, acusar o Dirceu de chefe do esquema do mensalão. Contradição grosseira e primária que salta aos olhos de qualquer leitor minimamente atento ao seu texto pseudo interessado em travar um debate sério.
            E como o diabo faz a panela mas esquece de fazer a tampa, ele ainda nos brinda com essa pérola: “Sobre a tal manipulação e deturpações por parte da grande mídia que você citou acima , ela teria de partir do principio de que os leitores u consumidores destas mídias ( que com certeza superam em muito os leitores dos blogs progressistas ) seriam manipuláveis , alienados e incapazes de perceber as mentiras e deturpações, o que em sí é meio fantasioso né Fabio?”
            Eu gostaria de saber do troll o que ele pensa de milhares de pessoas que gastam o seu tempo fazendo blogs e debatendo? Será que elas fazem isso como uma nova forma de coçar o saco? Só para contrariar esses “que com certeza superam em muito os leitores dos blogs progressistas”? Progressistas??? Que ato falho, hein troll !!!??? Ou por que é “meio fantasioso” acreditar no que a mídia diz, né troll?
            A bem da verdade, duvido que o próprio troll acredite no que ele escreve. Está aqui apenas cumprindo sua função, qual seja, tentar tumultuar os debates e confundir os desavisados. Não consigo acreditar que alguém venha aqui por sua cara a tapa a troco de nada, escorado numa “argumentação” para débeis mentais, apenas pela cor dos olhos dos blogueiros progressistas.
            Por falar nisso, acho esse “blogs progressistas”, que ele mencionou de forma tão expontânea e natural, vai lhe custar um belo desconto no soldo.

      • Sujeito mal intencionado esse Vitor Bonini. Quer dizer que o Zé Dirceu é o chefe do esquema do mensalão até o julgamento do mesmo pelo STF?

        Se o Bonini fosse bem intencionado ele diria que o Zé Dirceu é o suposto chefe do suposto esquema do mensalão. Mas como eu afirmei acima ele é mal intencionado e já até provou que o Zé Dirceu é o tal chefe do mensalão!!!!

        O tal do suposto mensalão não existe porque até agora não apareceu indícios nenhum da sua existência. E quem jurava que o mensalão existia e falava pelos quatro cantos disto, o tal do Bob Jefferson, disse textualmente num depoimento que nunca existiu o mensalão.

        Se o Zé Dirceu fosse membro do Governo Federal ou tivesse algum cargo no Legislativo Federal, poderia mesmo ser considerado um desvio grave ele se encontrar num apartamento com ministros e outras figuras importantes do Governo. Mas o Zé Dirceu não ocupa um cargo público desde que ele foi cassado pela Câmara dos Deputados.

        Quanto às duzentas gravações (ou mais) envolvendo o Policarpo e o Cachoeira, isto deve ser visto como normal e aceitável ??

        Mesmo se fossem 47 ligações só, com esse teor bombástico de crime organizado isto não é normal e nem aceitável para uma revista (no caso a Veja Bandida) que se diz buscar a verdade e combater a corrupção, isto deve ser visto como normal e aceitável?

        • E quem foi que colocou a mão no fogo por alguém? O que eu disse é que não há evidências contra Agnelo, Cabral e até mesmo Serra (citado nesse comentário burro ou mal-intencionado de Bob Fernandes)? Você e essa turma que tiveram surto de burrice estão comparando situações distintas e, ainda, fizeram o seguinte:
          1 – ajudaram a desmobilizar o fogo contra a Veja
          2 – ajudaram o PIG a vender uma injustiça sem provas
          3 – agiram como o PIG ao condenar com base em ilações
          Querem abrir uma CPI da Delta? Dou meu apoio. Querem transformar a CPI do Cachoeira na CPI da Delta ou do SMS de Vaccarezza? Vão se danar.

          • Esse chapéu tá afetando seus neurônios. Reflete, homem. Enquanto vocês ficam bancando os “isentinhos” e “éticos” a mídia vai desmoralizando a CPI e desanimando a militância. Além de o PIG inteiro estar martelando essa frase sem parar, seus teleguiados (ditos “de esquerda”!) vêm aqui encher meu saco com ela. Pobre mídia. Precisa tanto da ajuda do Nelson Carneiro para divulgar seus golpes.

          • Edu, estou com você, nós esquerdistas temos que ter bastante cuidado, pois, a “Tchurma” está tão desesperada porque a casa está caíndo, que estão pegando em qualquer fiozinho que apareça, para continuar com a tentativa de derrubar governo. Mais esperteza esquerdistas, não podemos dar trela e vamos ficar atentos. OJO!

      • Dei uma olhada no comentário do Bob Fernandes, parei quando ele começou a falar da tal mensagem do Vacarezza, não deu para continuar…

        Tem razão o Edurdo, ou foi burro (deixou -se manipular pela onda midiática) ou foi mal intencionado.

        Quanto a mensagem do Vacarezza em sí, desde que a 1ª vez que a ví , pensei sobre seu conteúdo: Sim más e aí? é só isto?

        Creio haver um fenômeno, um efeito devido as técnicas de marketing e neuro lingüística, empregados pelas grandes empresas de mídia, que entrando pela “porta dos fundos da cmente”, bloqueia o raciocino e o livre pensar…

        O individuo exposto constantemente a estas campanhas de marketing recheadas de neuro linguistica, promovidas constantemente nos noticiários destas empresas midiáticas e em sua programação geral tb… tende a suspender sua capacidade de julgamento e entrar num “modo de piloto automático”.

        E neste “modo de piloto automático”, quem pilota são os interesses
        que estas empresas de mídia são pagas para defender e vender.

        Daí estes “surtos de burrice”, muita gente no modo piloto automático, se deixando conduzir…

        Claro, quem exercita o habito de buscar informação variada e independente e ESPECIALMENTE, se dá ao trabalho de refletir sobre o que ” lê , ouve e vê ” , não deixa que os ladrões arrombem a
        “porta dos fundos” do seu cérebro.

        • Maś que ninguém se iluda pensando estar imune à exposição excessiva ao marketink politico midiático destas empresas, sempre é lesivo.

          O ideal é não gastar mais do 25% do seu tempo disponível para se informar com empresas como a Globo, FSP, Veja,etc…E já é muito! Eu atualmente devo estar gastando 1%…hehehe

      • Edu

        O título mais apropriado seria “A birrice do Vaccarezza gerou um surto de burrice”. Vamos fazer justiça a esse palerma. Como ele faz uma merda dessas num momento como esse????????????????

  • Sr. Edu

    “1 – ajudaram a desmobilizar o fogo contra a Veja
    2 – ajudaram o PIG a vender uma injustiça sem provas
    3 – agiram como o PIG ao condenar com base em ilações”

    culpa do Vaccarezza, reclame com ele… o vacilo foi dele em uma CPI importante como essa.

    • A culpa foi de um bando de hipócritas que querem afetar superioridade moral e vão livrar a cara da Veja. Se esse imbecis tivessem ficado quietos nada disso teria acontecido. É como o jogador estar cara a cara com o gol e um companheiro de ataque segurá-lo pela camisa para tratar de questões internas do time. É triste constatar que com a vossa burrice a Veja não corre perigo. Vocês desmoralizam o Vaccarezza, ficam nessas frases feitas (leia os comentários, vocês parecem robôs que dizem todos a mesma frase) e jogam no lixo a chance de pegar o PIG. Como se o problema do Brasil fosse o Vaccarezza e não a mídia golpista. Vão se catar

      • Calma Edu, calma. Entendo tua indignação. Para quem tem informações que permitem ter uma opinião diferente é difícil entender porque todos fazem sempre a mesma coisa. Mas, para todos que tem a mesma informação, o difícil é entender porque alguém pensa diferente.
        Infelizmente alguns poucos meios de comunicação controlam o pensamento de muita gente. Só que isso está acabando.
        Concordo com a tua opinião. Entretanto, com um pouco mais de calma. É preciso aproveitar o momento e repensar estratégias.

      • Concordo contigo Edu,
        Não é pelo o que ele postou que não há mais nada a ser apurado na CPI.
        Fazer coro com o PIG é pior que a intervenção atabalhoada do Vacarezza.

  • Nesta discussão, só tenho uma dúvida : QUAL esquerda ???? Tá parecendo que só tem ambidestro…
    Ontem estava revendo o filme “Che” de Steven Soderberg, e tem um momento onde há uma discussão justamente sobre os vários grupos que queriam ser “A” esquerda…. Sorte de Cuba que conseguiram chegar a um acordo e ter apenas um comando, senão a Revolução não teria acontecido, e estariam batendo cabeça até hoje, como a suposta esquerda brasileira, que não precisa de inimigo, nem de adversário, nem de oposição minimamente inteligente… Sorte nossa, que tivemos Lula, que conseguiu dar um olé nas facções e governar o Brasil com, e na maior parte das vezes apesar do fogo muy amigo…Tem que ter é muito saco…
    Abs

  • O artigo acima só pode ser de um alienado e xieta -petista e também alguns comentários demonstra que voces vivem em outro pais.

    Leiam o livro O CHEFE, depois voltem a comentar sobre quem foi e é o MANDANTE do MENSALÃO.

    Concordo que TODOS OS POLITICOS safados que utilizam das benécias do crime devam sim ser PRESOS em colonias penasi agricolas, é só comer ser trabalharem para isso.

    Agora se o Lula fosse para essa colonia penal iria morrer de fome pois, NUNCA TRABALHOU na vida.

    A imprensa esta ai para cumprir sua função,e tem que denunciar a TODOS.

    Vocês acham que o VACCA ‘ALOBRADO”, que determinaria, a blindagem do Cabral e também do Agnelo?

    ACORDA BRASIL.

    O Ximene,que sorte teve Cuba com O DITADOR FIDEL, e o Ali- Lula só deu OLÉ em você pois foi e esta sendo o governo MAIS CORRUPTO DE TODOS OS TEMPOS.

    Acorda XIMENE, e vai par CUBA

  • Concordo muito com o texto, mas não posso concordar com o foco dado para a “burrice”.

    Burrice, mesmo, foi postar o SMS. Sendo óbvia a informação contida nele, então para que necessidade de externá-la?
    Tenho votado com o PT, mas não posso bater continência para tudo o que ocorre, principalmente quando a “burrice” tende a ser direcionada para o lugar errado.

Deixe uma resposta