Vice-presidente da CPI: “Questão de Policarpo não está resolvida”

entrevista

 

O vice-presidente da CPI do Cachoeira, deputado Paulo Teixeira (PT-SP), concedeu hoje (29.11) entrevista ao Blog sobre o relatório final da investigação. Segundo Teixeira, ao menos a questão do jornalista Policarpo Jr., da revista Veja, “Não está resolvida”. Ele fala, ainda, sobre a posição do partido em relação ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e explica as razões para o recuo do relator. Leia, abaixo, a entrevista.

*

Blog da Cidadania – Deputado Paulo Teixeira, sobre a posição do relator da CPI, deputado Odair Cunha, de retroceder no indiciamento do procurador-geral da República e do jornalista da Veja Policarpo Jr., o que o senhor diz sobre isso? É uma posição do PT? Dizem que o PT ficou com medo da mídia, outros dizem que foi o Palácio do Planalto que pediu… Qual é a posição que levou a esse acontecimento?

Paulo Teixeira – Do relatório do deputado Odair Cunha constavam pedido de investigação do procurador-geral, tendo em vista que não há explicação sobre os procedimentos que ele adotou – ou a falta de procedimentos adotados –, e pedido de indiciamento do jornalista Policarpo Jr. Mas poucos partidos homologavam o relatório nesses termos. Havia uma ampla maioria contrária ao relatório.

Nessa ampla maioria há vários interesses. Tem o interesse que não quer o indiciamento do Marconi Perillo, tem o interesse daqueles que defendem o dono da Delta, o Fernando Cavendish, e tem o interesse dos que não querem que esteja no relatório qualquer menção ao procurador e qualquer menção ao Policarpo. Com isso, o relator entendeu que, para pelo menos ele ler o relatório a fim de construir maioria, devesse retirar o jornalista Policarpo.

Havia, entre nós, um consenso de que devesse retirar ao menos o procurador-geral, pois o objetivo principal da CPI, o foco da investigação, era o governador de Goiás e o seu aparente envolvimento com o esquema de Cachoeira.

Blog da Cidadania – Entre nós, quem, deputado?

Paulo Teixeira – No PT, o nosso consenso era de que ele devesse retirar o procurador-geral. Mas a bancada do PT quis dar ao relator Odair Cunha condições de ele tocar o relatório de tal sorte que ele pudesse, ao menos, lê-lo para votação. Então ele achou por bem retirar o jornalista Policarpo Jr.

Blog da Cidadania – Mas deputado, o PT entende que não há uma certa gravidade no fato de o procurador-geral da República ter engavetado a Operação Vegas? Ele sabia do Demóstenes Torres, sabia de tudo aquilo… O PT não entende que a conduta dele foi estranha?

Paulo Teixeira – Nós consideramos que a postura do procurador-geral foi uma postura estranha, tanto que a proposição inicial do relatório foi de um pedido de investigação. O problema, como eu te disse, ali, foi que se criou uma frente de diversos interesses que impedia sequer a leitura do relatório. Aí, o PT decidiu que, mesmo pedindo a investigação no relatório inicial, nós tiraríamos esse pedido de investigação com o objetivo de facilitar sua aprovação.

Blog da Cidadania – O PT, por si, pediria os indiciamentos do Policarpo e do Roberto Gurgel?

Paulo Teixeira – O PT proporia o indiciamento do jornalista Policarpo Jr. e isso fez parte do relatório de Odair Cunha. Mas havia debates internos, no PT, sobre o procurador-geral, sobre essa questão do indiciamento ou não, se deveria ser tocada adiante. Mas, em relação ao jornalista Policarpo, o PT é unânime. Em relação à retirada de seu nome, isso foi uma circunstância que se criou para o relator e ele percebeu que, sem isso, o relatório não seria sequer lido.

Blog da Cidadania – Agora, deputado, não seria o caso, ao menos, de a Polícia Federal abrir uma investigação sobre o Policarpo?

Paulo Teixeira – Olha, na verdade, essa questão não termina com o relatório. Qualquer deputado pode pedir, ao final, que questões que não entraram no relatório possam ser investigadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público…

Blog da Cidadania – Qualquer deputado da CPI?

Paulo Teixeira – Da CPI… Essa questão do Policarpo, na minha opinião, não está resolvida.

Blog da Cidadania – Não está resolvida… O senhor acha que pode ter algum desdobramento. E quanto ao procurador, alguma possibilidade de investigação?

Paulo Teixeira – Então… Todas as questões postas vão ficar ou dentro do relatório ou para posteriores procedimentos e providências. Isso eu não vou te adiantar. Em relação ao procurador, não saberia dizer.

Blog da Cidadania – Deputado, uma última pergunta: cogita-se que tenha havido uma interferência do Palácio do Planalto nessa decisão. O senhor confirma ou nega esse fato?

Paulo Teixeira – Não, não creio que tenha havido interferência do Planalto.

240 comments

  • Nenhuma pergunta sobre o motivo pelo qual o PT não quis investigar a construtora Delta e a sua participação no PAC?

    q falta de interesse mais estranho…

      • li a entrevista antes de fazer meu comentário e voltei a ler agora…

        Não há nenhuma pergunta sobre o motivo pelo qual o PT não quis investigar a construtora Delta e a sua participação no PAC…

        Se tiver alguma pergunta sobre o assunto, poderia transcreve-la?

        • Pense no que disse o deputado: “Nessa ampla maioria há vários interesses. Tem o interesse que não quer o indiciamento do Marconi Perillo, tem o interesse daqueles que defendem o dono da Delta, o Fernando Cavendish, e tem o interesse dos que não querem que esteja no relatório qualquer menção ao procurador e qualquer menção ao Policarpo.” Ou seja, os tucanos não vão aprovar nada que possa comprometê-los.

          • ” tem o interesse daqueles que defendem o dono da Delta, o Fernando Cavendish,”

            esse é o Vaccaria, do PT… aquele q fez juras de amor à Sergio Cabral!

            Pq o PT não quis quebrar o sigilo das contas da Delta e aprofundar a investigação dela nessa CPMI?

            essa é a questão!

            e o q eu questionei foi a falta de curiosidade do entrevistador q se fixou no “escândalo” do Policarpo Jr e não fez nenhuma pergunta sobre a posição do PT em relação a Delta!

            e se a Delta tem obras em SP, mais um motivo pro PT querer investiga-la e não o contrário…

    • Como assim? A CPI quebrou o sigilo bancário e fiscal da Delta nacional. Cavendish está no relatório. Vocês enchem o saco com essas inverdades. Pensam que aqui tem burro leitor de pig.
      Na verdade vocês querem é tirar o foco, para melar tudo. Que façam uma CPI da Delta. ih, a Delta tem contrato com vários estados, incluindo a São Paulo tucana. Então deixa para lá.
      Vá pentear tucano

    • Que investigue o PAC, mas que investigue Serra também, pois este tem muito mais a perder. Ah, esqueci que o STF só condenará PTistas, mesmo sem provas, e não julgará PSDBistas e DEMOs, cheios de provas.

  • Enfim… eles se borraram de medo do PIG. Que saudades do PT que tinha a coragem….Ainda não estou convencida. Acho que esse Odair Cunha tem rabo preso e até por isso foi escolhido para a função.
    Estou muito decepcionada. Enfim só o PT é julgado e condenado!?

    • Cristina, o que você sugere? O PT, sozinho, não toca uma CPI. Pode, sim, propor alguma outra ação paralela.
      Por falar em entrevista, publico hoje no meu bloguinho a entrevista que o cineasta Andres Wood (“Machuca) me concedeu em 2008, falando sobre seu filme, identidade e integração latino-americana. Clique no meu nick!

    • Quando a imbecilidade avolume a contradição é aparente. O mesmo acusa o PT e o relator e rebate, diz-se decepcionado. E depois, contraditoriamente: “Enfim, só o PT é julgado e condenado!?”
      Pessoas que são ‘vitrolas’, reproduzem sem refletir, mesmo sendo de esquerda. É triste ver um PSOL /PSTU (esquerda – unicas revolucionárias do mundo) em aliança com PSOL/DEM (direita) para matar a si mesmo – a sua classe trabalhadora.
      Quanta imbecilidade!!!
      Gostaria que esquerda acusasse a direita. E não a esquerda a esquerda.

    • Amigo, tb sou um petista revoltado, mas analisando o que o PT poderia fazer na CPMI, é nulo.
      A base aliada (que não tem nada de aliada), é quem manda nessa CPMI.
      O PT tem cinco votos, mas tem contra si, o PMDB do Temer(que recebeu uma comitiva da Globoimpondo ou exigindo sei lá)para votar contra, PDT de Miro Imprensa Teixeira, senador Traques digo Taques e o senador Randolfo, até o PSB está nessa corriola, pois deseja o apoio da mídia no futuro.
      Só, o PT não vai a lugar algum e com esses vendidos ao PIG, estamos fufu.

  • Eduardo.
    Não acredito que o PT vai levar adiante qualquer pedido ou denúncia, tanto em relação ao Gurgel, como em relação ao jornalista.

    O PT está fechado em relação ao seu projeto de poder a qualquer custo, e os eleitores que passem ao largo! Essa posição de minoria é indefensável, que não se lesse nenhum relatório, mas que se marcasse uma posição clara em relação ao engavetamento do Sr. Gurgel, e as relações promíscuas do jornalista. Pensam que a população é idiota, eles captularam ao poderio do PMDB, com seus proprietários de rádios e TV´s. Blindaram o Cavendish e por tabela o Cabral, estão coniventes, com o rabo preso!!

    A decepção é geral, só os militantes enraizados que ainda fazem a defesa da posição do partido nesta CPMI. É um sentimento de vazio e impotência, é isso!

    • Deixa de repetir palavras sonoras, ocas e falsas (“projeto de poder”) Acho muito importante o PT estar fechado em torno de seu projeto de poder que prestigia o País e distribui renda. Enquanto o Cavendish e a Delta estão sim no relatório da CPI.

  • Eduardo,
    Eu penso o seguinte… cabe ao relatoir, relatar… e o relator é do PT… ele não tem que se preocupar se o relatório será aprovado ou não… cabe ao PT dar condições para que o relator relate a verdade…
    Entendo que após a divulgação do relatório, devemos publicar quem aprovou e quem desaprovou o relatório… a questão não é Policarpo OU Perillo… a questão é que existem provas de que os dois devem estar contidos no relatório…
    Estou muito desapontado com o rumo da CPI… por mais que alguém possa dizer que o relator e os demais petistas não estão com medo da guerra suja da mídia golpista, a impressão é exatamente o contrário.
    Os petistas não podem ficar contentes em ver o Fernando Collor fazer o papel que todos os parlamentares petistas da CPI deveriam estar fazendo.

    Um abraço.

    • Amilcar,

      Concordo com você. Era mais ou menos isto que eu gostaria de postar.

      Relate-se e vote-se, simples assim. Saberíamos quem é quem.

      Agora quero ver quem é quem, já que qualquer participante da CPI pode pedir investigações, indiciamentos ou seja lá o que for.

      Lamentável.

  • BLÁ, BLÉ, BLI, BLÓ, BLU… Deputado deu uma de Rolando Lero.
    Vai ficar por isso mesmo.
    O que não entendo é como o PT pode se acovardar tanto. Recua agora mas vai continuar sendo fustigado sem trégua. E vai-se crinado a imagem de um partido que está envolvido em tudo que é falcatrua. Tinha que ter chumbo trocado, doesse a quem doesse.
    De resto Edu, parabéns pelo blog, que assume grande importância, a ponto de figuras públicas dar importância ao espaço.

  • Ao invés de ficar descendo a lenha no PT, que ainda é de longe o melhor de todos, mesmo com seus erros,
    devemos nos inteirar da verdade, entrar em contato com os parlamentares, líderes e militância e tentar melhorar o partido.

  • Caro Eduardo
    Quero crer que o que os reacionários mais querem, é queimar o PT em todas circunstâncias, se faz, é por que faz, se não faz, é por que não faz. Se o PT colocasse todos, teriamos uma campanha massiva da mídia, como não fez, temos a mesma campanha, adotada pelas esquerdas.De qualquer forma ele sai queimado.SE ele se retirasse e não lesse o documento, como seriam as manchetes e reportagens?!Afinal, mesmo no CPI, PT é minoria.
    O PT não amarelou, fez o possível, a maioria, que estava no CPI, estes sim os reacionários, estes devem ser atacados.Temos que inverter a bola, isso a mídia não espera e isso, os militantes não farão.
    Na duvida, eis um blogoreportagem.

    osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2012/11/odair-cunha-faz-o-que-pode-na-cpi-temos.html#comment-form

    Saudações

  • Blá blá blá blá blá blá….
    Não esclareceu nada.
    Não explicou nada.
    Escorregou igual a sabonete.
    É o que penso mesmo, tudo farinha do mesmo saco.
    Todos com medo. Se fossem os tucanos tinham arrebentado com o PT.

  • Neste momento de grande perplexidade em que levanta-se hipóteses para explicar não só o julgamento do STF mas agora também esta postura da maioria dos membros da CPI sobre, este sim, o maior escandalo investigado (pelo menos até abrir o da Privataria), sobram palpites para todos. A msioria que a situação têm só é válida para assuntos que não afetam o poder dominante. Até parece que os coligados estão lá como vigias encastelados, armas engatilhadas, pronto para defender aquilo que também os mantém. As forças ainda não são compreendidas. Não sabemos contra quem brigamos.

    Por falar em forças ocultas, o Nassif ontem publicou um brilhante e corajoso texto a respeito do recuo da CPI, intitulado “Faltam Estadistas no Brasil”, o qual imediatamente recebeu centenas de comentários.

    Hoje, muito estranhamente, este post e seus comentários desapareceram do seu blog. Mais uma vez as forças ocultas? Até mesmo em cima do Nassif?

  • Eu acho que era para o PT partir para cima, fazer um apelo ao povo para pressionar seus deputados a votarem a favor.

    Talvez um movimento pró-investigação ajude.

    Entendo que sem maioria a favor é complicado. Rapaz, como este PIG é poderoso, tem muitos deputados na base aliada contra a inclusão de “Poli” e do prevaricador. Tamos ruim de representantes.

  • Também fico muito desanimado. Mas tem que ficar claro é que o PT não tem maioria e, consequentemente, também não tem poder. Quem tem PODER nesse país é o latifúndio midiático e os banqueiros. No caso do “mensalão” e dessa CPMI eles demonstraram a sua força. Agora é lamentável, que um Relator, que não conseguiu trazer o “caneta” para depor, não percebesse que, da mesma forma, não teria condições de indiciá-lo no seu relatório. Agora vai ficar desmoralizado com a “gravata amarela” e, talvez, ainda corre o risco de, mesmo com as concessões, não vê seu relatório aprovado.

  • Veio do Planalto sim, mais especificamente do gabinete do vice, Michel Temer. Agora Edu, acho que a esquerda falhou ao dar um apoio tímido ao Odair Cunha.
    É um deputado jovem, de pouca expressão, não tinha como segurar o relatório sem uma insisiva sustentação dos partidos mais a esquerda e da opinião pública progressista. Sei que esta não se compara a “opinião publica” do pig, mas o relator não teria ficado sozinho sendo massacrado de todos os lados.
    Veja bem, Edu, mal saiu o relatório e já estavam dizendo que o Odair ia amarelar.
    PS: E o Rui Falcão nisso tudo?

  • Acho q o Paulo Teixeira está querendo aliviar o tom das críticas dos eleitores do PT que ficaram decepcionados com a frouxidão do partido na CPMI do Cachoeira. Uma coisa é certa: a suposta maioria da base aliada é uma falácia. Só existe base aliada na distribuição de cargos da administração federal. É o bônus da aliança política e é republicano esse proceder. O que não se aceita é na hora de assumir um ônus, diante da opinião publicada da mídia que é contra o governo do PT, a base aliada se esfarinha, é uma poeira que some levada pelo vento de interesses inconfessáveis. Ao PT cabe a pecha de partido covarde. Seus aliados ficam por aí dando entrevistas, fazendo pouco caso com as patifarias do emperramento de investigações, que poderiam ter sido agilizadas pelo Ministério Público. Sem falar no caso Policarpo, uma vergonhosa subserviência do Poder Legislativo frente ao Poder de Publicar – o que quiser, mesmo mentiras – da revista Veja. Quem balança o rabo para qualquer um fica sujeito a tudo. Desde a um agrado ou então um violento pontapé.

  • Continuo achando que o PT se acovardou.No jargão popular-amarelou.Se existem tantos interesses assim em defender e proteger este ou aquele,o PT ao invés de se deixar acuar,deveria denunciar.

    Apontar o dedo para os que estavam criando cortina de fumaça para proteger uns e outros.Se isso fosse criar
    constrangimentos com aliados,seria uma boa hora de testar estes aliados,chaga de aliados que só servem para os louros e honrarias quando chega a hora das eleições.

    Aposto todas as minhas fichas que o PT,encontraria gente disposta nesta CPI,mais deputados de várias legendas,inclusive oposicionistas,se se quisesse aprovar um relatório à parte como o texto original do relator.

    Já pensou o constrangimento que iria se causar para aqueles que nos bastidores manobraram para dinamitar o atual relatório,se o atual relator liberasse cada grupo para apresentar o seu próprio relatorio.

    Iriam ficar explicitados os interesses de cada um.No mais,já estou começando a aceitar a hipótese levantada por um amigo.O PT amarelou,pois isto aí é um nvo caso BANESTADO.

    Deve ter petista não querendo ver as suas relações com a Delta sendo expostas.

  • Como eleitora do Deputado Paulo Teixeira, confio plenamente nele e acho que foi feito o “possível” nesta CPMI.
    O PT NÃO governa sozinho, ter uma base aliada não significa que se pode obter apoio total sobre inúmeras questões, pois, há interesses diversos. Muitos culpam só o PT, o que, na minha opinião – está errado! Enquanto as coligações existirem – e é provável que isso perdure por muito tempo – tem-se o “possível”! E, enquanto o PMDB for o maior partido, fatalmente o “prostituto” do poder onde quem governa terá sempre seu “apoio”, com uma gama imensa de interesses, essa situação continuará. Não digo que os outros “aliados” não sejam também “prostitutos do poder”, cada qual desempenha de acordo com “interesses”.Nesse ponto, embora minoria, a oposição sempre ganha, principalmente em assuntos que a afetam. Tanto policarpo como o pgr, atendem e atenderam interesses da oposição, ou não?
    Ao Relator, minha compreensão, não posso culpá-lo! Ao vice-presidente da CPMI, Deputado Paulo Teixeira, meus respeitos, ao presidente da CPMI – nada a declarar! À base aliada, principalmente pmdb/pdt meus pêsames! À oposição, inclusive psol, conseguiram mais uma vez, infelizmente!

  • O PT que não tinha vergonha de mostrar a cara
    não existe mais…
    Mas os méritos do PT são muitos. O inimigo, por todas
    as especulações, desinformações diárias é muito maior
    do que as nossas ‘desesperanças e vergonhas’…
    Afinal um Genoíno e até um Dirceu restarão novamente
    presos em nome dessa legenda. Enquanto os Jeffersons
    da vida continuarão tripudiando de tudo e todos.
    Eduardo muito boa a entrevista. É um ‘alento’. Espero ainda
    me surpreender.
    Abraço.

  • Paulo Teixeira é mais um que tenta explicar o inexplicável.
    O partido deixou de ter representatividade. Perdeu o rumo.
    Ridícula essa insistência em menosprezar os eleitores. Não somos adestrados pelo pig. Temos um pouco mais de consciência crítica do que imaginam.
    Ou o PT se realinha aos anseios populares, ou cai para a segunda divisão.

  • Se algum dia eu encontrar esse deputado do pt de São Paulo, com certeza ele vai ouvir poucas e boas. No mínimo ele merece ser chamado de covarde, ca….ão, entre outras coisas. É inadmissível que só o Collor tenha peito para ir à tribuna. Se esses covardões do pt (onde anda o suplicy??? Ah, fazendo discurso em homenagem ao joelmir betting, da band) cerrassem fileiras em torno do ex presidente, com certeza a coisa seria bem diferente. Mas eles fingem que não é com eles, enfiam a cabeça na terra, como avestruzes e ficam vendo a banda passar. Também não se pode esperar muito de um partido que tem a marta e o eduardo, além do ‘zé’, o ministro da justiça que almeja ser ministro do supreminho. Esperar o que dessas nulidades??? Deputado Paulo Teixeira, votei no senhor. Se arrependimento matasse…….

  • O PT depende de partidos da base para levar adiante seu projeto de governo.
    Por outro lado, partidos da base como o PMDB, não têm interesse em fortalecer o PT e deixá-lo muito “independente”, pois sabem que um crescimento do PT significaria uma redução dos outros partidos.
    Portanto a base tem um equilibrio, que limita um grande crescimento do PT e também limita que todos os projetos do PT sejam colocados em prática, pois muitos destes projetos, como a lei dos meios de comunicação, não são de interesse de vários partidos da base, como o próprio PMDB.
    Portanto se o PT insiste na primeira versão do relatório, poderia provocar um desgaste junto a sua base, o que causaria problemas nas votações do projetos de interesse do governo.
    Saber governar é saber até aonde se pode ir.

  • Então tá, o PT queria mas houve uma ampla frente de interesses contrária. Ok, ok, ok.

    Mas existe uma saída:

    “Qualquer deputado pode pedir, ao final, que questões que não entraram no relatório possam ser investigadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público…”

    O QUE IMPEDIRIA O DEPUTADO PAULO TEIXEIRA DE SOLICITAR ESSA INVESTIGAÇÃO DE POLICARPO JR?

  • Penso que , depois que a casa -grande meter a botina na porta da senzala , com a desculpa de organizar essa zona ( inclusive na blogosfera ) , vai ficar cada vez mais difícil para a militância , para a sociedade , para os que defendem uma idéia de nação para o Brasil , sairem em defesa desse projeto. Nesse sentido , governo e PT estão indo ladeira abaixo numa velocidade espantosa. Só pra recordar , um trecho do Gonzaguinha : ” É!
    A gente não tem cara de panaca
    A gente não tem jeito de babaca
    A gente não está
    Com a bunda exposta na janela
    Prá passar a mão nela…

    É!
    A gente quer viver pleno direito
    A gente quer viver todo respeito
    A gente quer viver uma nação
    A gente quer é ser um cidadão
    A gente quer viver uma nação…

    É! É! É! É! É! É! É!…

  • O PT se mostrou fraco, mostrou que foge da briga, que não tem poder nenhum. Tudo bem, melhoramos economicamente e socialmente, mas politicamente mostramos que eles venceram. Eles podem fazer o que quiser, prender e soltar quem quiser, julgar da forma que quiser, dar paulada no partido o tempo inteiro, destruir suas lideranças, mas nós não podemos e não queremos enfrentá los. O que demonstra isso? Fraqueza. Infelizmente.

  • Não sou filiada ao PT, mas ligada aos movimentos sociais, populares dos quais ainda participo, que geraram e criaram o PT. Estou danada da vida como vacilo do Odair Cunha,por mim não ficava pedra sobre pedra ,porém, não é ainda agora que a direita vai acabar com o PT. Vamos cobrar dos deputados,dos dirigentes, dos militantes e ficarmos atentos… se existe uma coisa que é pior, é o golpe, é a direita voltar ao poder para ficar.Amigo, Eduardo, parabéns pela entrevista e obrigada por guerrear conosco.Saúde e força para você e sua família maravilhosa. Um abraço!

  • Prezado Eduardo,

    .. qualquer análise deverá necessariamente observar o objeto … ocorre que o objeto pertence a um contexto ou circunstância específico … assim, o objeto deverá ser analisado a partir do contexto no qual está inserido, ou está existindo, não é mesmo ?

    … todos sabemos que a maioria dos deputados e senadores daquela comissão sempre estiveram “agachados e com as calças arriadas” para a mídia … o símbolo extremo desse acanhamento entre os deputados é o Miro Teixeira, que sequer esconde sua submissão … entre os senadores, o Pedro Taques (o novo Demóstenes) e o Randolfo Rodrigues (o novo Heloisa Helena) disputam quem se oferece mais …

    .. então, nesse contexto, até as pedras sabem que qualquer relatório que sequer insinuasse revelar ao grande público o contexto no qual está inserida a mídia em nosso país, jamais seria aprovado por aquela comissão … as ameaças explícitas e implícitas produzidas pela máfia midiática faz calar – fundo porém – qualquer um que se atreva a revelar aqueles antros golpistas sustentados principalmente pelo dinheiro dos impostos que todos pagamos…

    … porém, sabemos que o deputado Odair Cunha e o PT não são marinheiros de primeira viagem… claro que todos eles sabiam que jamais o indiciamento de jornalistas e do PGR Roberto Gurgel seria aprovado por aquele grupo de políticos … assim, o relator “colocou o bode na sala”, criou o impasse revelando ao mundo quem são aqueles que estão “agachados”, e focando no essencial possível dentro das circunstâncias … o objeto, nesse caso o restante do relatório que não foi excluído, é enorme e defastador tanto para a mídia, quanto para o PGR, quanto para a oposição ..

    .. de nossa parte, cabe aceitar o fato de que o PT e seus aliados não submetidos aos interesses golpistas representados pela mídia, não têm ainda o acúmulo necessário para tal enfrentamento … a rua ainda não está devidamente representada naquelas casas políticas …

    .. porisso, é absolutamente compreensível que a presidenta, Lula e o PT não incorram na provocação sistemática a que vêm sendo submetidos … aceitar essas provocações e enfrentá-las poderia conduzir nosso país a impasses políticos e institucionais, não convenientes nesse momento em que todos deveriam estar concentrados na superação da enorme crise econômica e de valores a que todos os povos estão submetidos nessa quadra histórica …

    … assim, esculhambar o Odair Cunha e o PT considero inadequado … é o jogo dos golpistas sendo jogado pelos incautos …

    abç

    Rogerio Rais

    • Concordo plenamente com você.
      E ainda tem gente aqui no blog que diz votar no PT para a presidência, mas não vota na mesma legenda para deputado ou senador, depois quer cobrar só o PT!

  • Auhauhahuahuauahuhauhauhauhauhahuauhahuahuahuahuahu,mais em cima do muro impossível,tegiversação pura.

    Digo e repito,não acontecerá nada com Policarpo e tampouco Gurgel.Aliás,nesse blog já vi inúmeras afirmações a respeito de que Paulo Teixeira ”garantiu” ;etc e tal,mas no final o deputado ficou quietinho.

  • Acho o seguinte, se não é poissivel publicar um relatório por causa de alguns interesses (pessoais ou e partidários) se o PT fosse hoje o que sempre pregou, não voltariam atrás, ou fariam certo ou não faria nada, e lógico viria a público denunciar que estariam saindo da cpmi por não concordarem com as pressões. Os eleitores históricos do partido agradeceriam, ao contrário, me sinto decepcionado.

  • Eu penso que o Odair foi escolhido por ser uma parlamentar de ficha limpa / sem rabo preso, além de ser preparado. A questão é que além da pressão sofrida dos demais partidos e da mídia ele, na verdade, fez o que a direção do PT ordenou. Mas entendo que ele acabou manchando a sua carreira porque uma parlamentar / cidadão honrado deveria dizer publicamente que a decisão não foi dele de mudar o relatório final. Os inídicios contra o Policarpo e Gurgel era muito forte. Em qualquer país sério eles seriam punidos severamente. Cabe os leitores de Odair no sul de minas gerais puní-lo, não votando mais nele.

  • Tantos reclamam do foro privilegiado para políticos mas não vêem nada errado em jornalistas terem o mesmo privilégio.
    Qualquer pessoa física, seja ela política, jornalista, banqueiro, cirurgião plástico, empresário do ramo de jogos… QUALQUER UM que beneficie ou seja beneficiado por um grupo criminoso é, no mínimo, cúmplice. Policarpo, no caso, era bem mais que isto.

  • Tenho muito respeito pelo Deputado Paulo Teixeira, mas acho que o papel dele nessa entrevista é deplorável. Está apenas tentando acalmar a militância e os eleitores. Mas não foi ele quem mandor retirar o Policarpo e o Gurgel do relatório. Foi o Presidente do partido, o Rui Falcão, que deu a maior bronca no relator Odair Cunha e ainda desautorizou o Deputado Jilmar Tatto, em púbico e pelas costas. Quem garante que ele não vai desautorizar o Deputado Teixeira amanhã ou depois, dizendo que não é nada disso, que o assunto está encerrado? Se o Rui Falcão quer acalmar os militantes e eleitores, que trate de dar entrevista ele mesmo, falando que o assunto não está encerrado. Por que, pelo andar da carruagem, o Perillo não vai ser investigado, vai conseguir impedir no STF. Ao final, as únicas coisas que vão ter prosseguimento, são aquelas que serão pedidas no relatório paralelo dos oposicionistas. O que o relator apontar em seu relatório vai ficar em brancas nuvens. Não adianta querer disfarçar, essa foi uma grande derrota, que vai animar mais do que nunca o PIG e a oposição. As capas denuncistas da Veja vão recomeçar essa semana mesmo, com a operação Porto Seguro. As penas amestradas estão publicando os maiores absurdos e os apaniguados do Sarney, principais implicados no esquema, nem são citados. Não vai dar para recuperar a confiança dos militantes e eleitores profundamente decepcionados com conversa mole. Teria sido muito melhor se o Policarpo e o Gurgel tivessem sido retirados do relatório por votação, em alguma sessão aberta da CPMI. Deputado Paulo Teixeira, sabemos que não vão fazer nada a respeito do Policarpo e do Gurgel, que continuará com suas chantagens. Partam para outra, vejam se conseguem reduzir o prejuízo que a nova campanha de desmoralização está causando ao governo.

    • o nome do bandido que mandou tirar da cpi o nome do outro bandido o gurgel, é jose sarney, essa merda que nem o inferno quer e por isso continua como um zumbi atrapalhando como sempre o país. se a filha desviou recursos, que se abra uma investigação e que se pune os envolvidos. agora aquele mediocre do gurgel,querendo que todos os condenados, percam mandatos e sejam presos imediatamente,o país quer sim a sua prisão gurgel bandido.
      reinaldo carletti

    • Disseram, apenas, que ele não foi investigado porque o foco da investigação era outro, mas a sua quadrilha distorceu dizendo que os delegados absolveram o meliante

  • Alguns Jornalistas, aqui no Ceará, já perceberam a verdadeira “torcida contra ” da grande mídia conta o país.Em se tratando de copa do mundo ,há uma verdadeira ” figa” para que qualquer detalhe dê errado.Essa imprensa antinacional safada vai quebrar a cara : Vejam esta matéria !

    Arena Castelão de Fortaleza tem 5 geradores e duas estações de energia

    Publicado em 29/11/2012 – 4:42 por Egídio Serpa | 1 Comentário

    Categorias: Copa do MUndo 2014

    “Não faltará nem água nem luz no Castelão”, diz o secretário Especial da Copa, Ferrúcio Feitosa, sobre nota publicada neste blog.

    Irritado com o que chama de “engenheiros mal informados”, ele explica.

    Há duas subestações da Coelce às quais o sistema de energia elétrica do estádio Castelão está concetado: uma ligada à linha que vem de Tucuruí, outra à que vem de Paulo Afonso.

    Uma chave de transferência automática evitará uma solução de continuidade.

    E mais: o Castelão tem em instalação e em fase de testes 5 geradores de 340 KW movidos a gás e 1 de 450 KW a diesel.

    “Eles garantirão iluminação do campo e de outras áreas do estádio. Temos 99,99% de confiabilidade”, assegura Ferrúcio Feitosa.

  • OBRAS estruturantes de combate à seca no semi-árido Cearense:

    Convênio entre o MDS (ministério do desenvolvimento social e combate á fome) e o Governo do estado do Ceará :

    2.575 cisternas de placa serão construídas em Icó-CE

    Qua, 28 de Novembro de 2012 16:07

    O Governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), realiza solenidade para assinar ordem de implantação de 2575 cisternas de placa no município de Icó, na Região Centro Sul do Ceará. A solenidade será nesta quinta-feira (29), a partir das 15 horas, na Câmara Municipal e contará com a presença do secretário da SDA, Nelson Martins.

    O investimento é superior a R$ 4,4 milhões, oriundos do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS) e Fundo Estadual de Combate a Pobreza (Fecop). De acordo com a coordenadora do Programa de Cisternas da SDA, Neyara Araújo, as cisternas fazem parte do convênio de 33.400 cisternas entre a SDA e o MDS. “O objetivo é universalizar as cisternas de placa nesses municípios”, destacou.

    A SDA já executou até agora 60.820 cisternas de placa, em convênio com o MDS. Este ano, já foram assinadas ordens de serviço para a construção de mais 5.292 nos municípios de Pereiro, Alto Santo, Jaguaribara, Iracema, Jaguaribe e Ererê. Ao todo, o investimento para a universalização das cisternas de placa é de R$ 62 milhões, sendo cerca de 60% do valor do MDS e outros 40% de contrapartida do Estado do Ceará.

    Segundo o secretário Nelson Martins, o Programa de Universalização das Cisternas do Ceará tem apresentado bons resultados. “O Ceará é o estado que mais tem investido na construção de cisternas de placa no Nordeste, e um dos que mais construiu o equipamento”. O Secretário destacou também a importância social das cisternas de placa para garantir abastecimento d’água para as famílias do semiárido. Até o final de 2014, a meta é a universalização do abastecimento d’água no Ceará.
    Serviço:

    Solenidade de assinatura da Ordem de serviço para a construção de 2575 cisternas de placa em Icó

    Horário: 15 horas

    Local: Câmara Municipal de Icó, Avenida Ilídio Sampaio 2071, Centro, Icó Ceará

    28.11.2012

    Assessoria de Comunicação da SDA

    Lúcio Filho ( [email protected] / 85 3101.8105 – 8897.8510)

    Twitter: @ImprensaSDA

  • Enrolação pura. O fato é que a CPI se encerra sem indiciar Policarpo nem Gurgel, contra os quais há enorme quantidade de provas, principalmente as escutas feitas pela Polícia Federal.

    O PT deveria ter colocado o relatório para votação, sim. Quem fosse contra, que mostrasse a cara.

    O fato é que Gurgel e Policarpo são peças-chaves para o golpe de estado em andamento. Ao não serem indiciados, ele continuarão trabalhando pelo golpe, agora com a certeza de que o PT não terá coregem de sequer acusá-los.

    • Locatelli,
      Tudo o que a oposição queria e que a base “alienada” cooperou, foi que o Relatório NEM FOSSE LIDO!
      Como votar em alguma coisa, sem deixar que o Relator tivesse chance de ler?

  • “Nessa ampla maioria há vários interesses. Tem o interesse que não quer o indiciamento do Marconi Perillo, tem o interesse daqueles que defendem o dono da Delta, o Fernando Cavendish, e tem o interesse dos que não querem que esteja no relatório qualquer menção ao procurador e qualquer menção ao Policarpo. Com isso, o relator entendeu que, para pelo menos ele ler o relatório a fim de construir maioria, devesse retirar o jornalista Policarpo”:

    Senhor Teixeira, eu nao quero ouvir, nao quero ler, nao quero saber. Quem vazou o encontro de logistica inteirinho, do comeco ao fim, para o brasil247?

    Isso sim foi um escandalo! Ninguem aqui fora da militancia tava sequer preparado pra ver Ruy Falcao dando uma de heroi e arrotando na cara de Odair.

    Quem vazou foi Falcao e Vaccarezza: se vire com isso PRIMEIRO. Eu quero a cabeca dos dois em um pirinho de cafezinho.

  • Eduardo, o Deputado falou; falou; falou; falou e não disse nada. A verdade é que mais uma vez amarelaram para o PIG. Essa situação vai cansando!!!!

    O Duro é assistir o direitista e outrora caçador de marajá, posando de herói na tribuna do senado, quando esperaríamos que este papel deveria ser daqueles que sempre tiveram o nosso voto e apoio . Assim fica difícil, 15 anos atrás sabia com certeza quem eram os mocinhos e que eram os bandidos, hoje parece que estão todos misturados.

    Acredito que está situação só é suportável diante dos excelentes indicadores econômicos e sociais apresentados pelos dois governos da esquerda.

    Todavia, diante de comportamento politico tão vacilante, adotado pelo governo e sua base aliada, a esquerda não resistirá no poder caso os indicadores deixem de ser tão vistosos.

  • Sou petista e tenho saudades das intervenções de Zé Dirceu, Zé Jenuino, Zé Eduardo Dutra, Mauricio Hansd, Jair Menegueli e tantos outros companheiros que não deixavam a peteca cair…Que Saudades!!!!!!!

  • É claro que a questão de de “Poli’ não está resolvida, e nunca mais vai ser, o PT tirou o c* dele da seringa e botou o da Nação! Com isto, a (argh!) Veja – e obviamente todo o PiG – fica mais forte e livre para usar das ferramentas que quiser para alcançar o golpe e, desta vez, perpetuá-lo. Os escrúpulos às favas.

    Ora, se o partido que está no poder e que é o que mais apanha desses caras não tem, coletivamente, interesse (e, parece, nem forças, nem culhão) em expor esse ninho de cobras golpistas, como podemos esperar que atitude individual de um parlamentar qualquer possa dar frutos?

    Tá bom, não só não cri, como, também, não acreditei. É isso, aí, mais uma bela CPIzza!

    Viu, (argh!)Çerra? Foi preciso um blog de esquerda para lhe mostrar o que é um verdadeiro trololó petista.

    Como o Eduardo disse no post anterior, mais ou menos isto: ” Vamos ver, então, o PT deixar-se carimbar como o inventor da corrupção”

    Adianta entrarmos em discussão com vizinhos, amigos e parentes, cevados pelos jn da vida, para tentar defender o PT com seu governo e seus integrantes? Só não deixo porque sou um socialista convicto, não tenho saudades dos militares e odeio as ideias neoliberais.

  • É OUTRO BUNDÃO, NÃO FALOU NADINHA, NINGUEM AQUI É TROXINHA NÃO, SEJA CLARO
    DEPUTADO, O PT LEVOU CARTÃO AMARELO DA GLOBO, A M A R E L O U!!!.

    FUI PT, DEFENDI O PT, MAS HOJE 29/12/2012 NO SOU MAIS PT, PARTIDOS TODOS IGUAIS.
    O PT NÃO TEM MAIS MORAL PARA PEDIR NADA A SUA GLORIOSA MILITÂNCIA, NÃO FOI ISSO
    QUE EU SONHAVA DESDE 1982, COMBATENDO QUEM DIZIA QUE ERA TODOS IGUAIS,
    AGORA JOSÉ, A FESTA ACABOU, A LUZ APAGOU, I AGORA PTucanalha. FUI………….

    • Normalmente não leio textos em caixa-alta, pois essa forma de escrever agride, é como se o autor estivesse gritando. Mas li a parte em que você diz que “foi PT”. Duvido muito. Você sempre foi tucano ou até coisa pior (demo). E vem aqui com essa gritaria (caixa alta) querer nos convencer.

      A crítica ao PT que fazemos aqui é uma crítica de quem está do mesmo lado que o PT. A sua é a de quem está do lado oposto, do lado de Cachoeira, Joaquim Batman, Daniel Dantas, etc.

  • A base aliada só serve para ocupar ministérios e cargos? Quando é para aprovar qualquer coisa de interesse do Governo é um parto. Outra coisa ensurdecedora é o silêncio de deputados e senadores do PT nos momentos mais difíceis, salvo honrosas excessões, esse silêncio reforça a sensação de covardia diante do massacre diário do PIG

  • Uma perguntinha aos amigos, petistas, não petistas ou debruçados sobre o muro:

    O relatório, da forma como foi redigido pelo relator, ou seja, incriminando o quê e quem devia ser, não poderia vazar para a imprensa?

    É só uma perguntinha, por favor.

    Se o colunista quiser, também pode colaborar.

    Em tempo: não vale dizer que, se vazasse, o PIG não divulgaria.

    Com certeza, o Eduardo Guimarães divulgaria e os seus pares também.

    Eu, modestamente, também o faria.

    Grato pela atenção.

    • Não tenho certeza, mas acho que um relatório de CPI é público, e dados do PGR e investigações da PF podem e devem ser em algum momento ser confidencial. No da CPI todos já sabiam do envolvimento de “poli” e da omissão do prevaricador.

    • O relatório pedindo o indiciamento do Policarpo e a investigação do PGR havia sido disponibilizado na internet. Alguns blogs inclusive publicaram trechos dele. Mas a grande mídia não divulga nada. Age como uma organização criminosa…

    • Alberto,
      A CPI tem a obrigação de mostrar o relatório, final, conforme composto pelo relator, pra votação. Tem obrigação.
      Agora, se um ou outro componente vai aprovar ou não, o q for lido; isso, é uma outra coisa. Inclusive, pode acontecer discordâncias ou aprovações, parciais. O q está acontecendo é o relator, acomodar seu relatório ao juízo de componentes da Comissão, q o eleitor nem sabe quem são.
      Em suma. Estamos vendo uma troca de interesses e, no final, não vai dar em nada.
      … eu bem me lembro da CPI do Banestado, q o próprio PT sumiu com ele.

  • A leitura do relatório pode não ser aprovada caso seja lido na íntegra, isto é, com Policarpo e Gurgel. Mas, o que leva o PT a achar que tirá-los do relatório e aprovar um texto pela maioria, a mídia não avançará sobre eles, do próprio PT. Ou acham que a sua timidez não vai ser levada em consideração como uma ameaça ao PIG? O PT é um verdadeiro FAUSTO!! Desculpe Edu, tenho uma admiração muito grande por você, pois é uma pessoa de fibra como poucos aqui nesse país. Continuarei contigo nas lutas que propõe contra o império midiático, mas quanto ao PT…não dá mais…grande abraço.

    • O relatório deveria ser lido na íntegra, e sua aprovação ou não creditada a quem de direito, assim os interesses de cada uma seria exposto ao povo, e o povo é soberano através do voto.
      A covardia irá nos manter muito mais tempo no atraso imposto pela Pigocracia.

      abçs

      • O problema é que lido o relatório na íntegra, a CPI iria morrer ali, iriam votar contra. O correto é divulgar os nomes de quem estão contra a inclusão do Caneta e do prevaricador, divulgar nos blogs, e mídia como Carta Capital, Caros Amigos, etc…

  • Senado Federal
    Secretaria-Geral da Mesa
    Secretaria de Taquigrafia
    O SR. FERNANDO COLLOR (Bloco/PTB – AL. Pronuncia o seguinte discurso. Sem revisão do orador.) – Sr. Presidente desta sessão, Srªs e Srs. Senadores, a reunião de hoje, dia 28, da CPMI, foi destinada à leitura do relatório pelo Deputado Odair Cunha.
    Após uma acalorada discussão sobre os procedimentos regimentais a serem seguidos no tocante à discussão e votação do documento final, S. Exª, o Relator, antes de iniciar a leitura, estranhamente retirou as partes 6 e 7 de seu documento. Esses dois tópicos tratam exatamente do indiciamento do jornalista Policarpo Junior, da revista Veja, e do encaminhamento das provas respectivas ao Conselho Nacional do Ministério Público para apuração da conduta do Procurador-Geral Roberto Gurgel dos Santos perante as investigações da operação Vegas da Polícia Federal.
    Digo estranhamente, Sr. Presidente, porque o que se deve questionar hoje é o que de fato acontece ou que de fato aconteceu entre a apresentação inicial do relatório, ocorrido no dia 28 deste mês, portanto há 10 dias somente, tão somente 10 dias, e a leitura resumida feita no dia de hoje. Afinal, que fatos levaram a relatoria a retirar exatamente as principais partes do seu contundente e detalhado relatório, consubstanciado – vale frisar – em mais de 5 mil páginas?
    Para demonstrar a importância, a amplitude e o alcance das conclusões em relação a esses dois temas a que chegou o Deputado Odair Cunha, assessorado por uma competente e diversificada equipe técnica, basta reproduzir as palavras do próprio Relator na peça inicial publicada, divulgada e distribuída publicamente na semana passada.
    Sobre o núcleo de imprensa – vale dizer –, contido em 349 páginas do relatório – 349 páginas foram dedicadas somente a tratar do chamado núcleo de imprensa –, disse o Relator Odair Cunha e abro aspas: “Não restam dúvidas de que o jornalista Policarpo Junior aderiu à organização criminosa de Carlos Cachoeira, colaborando intensamente para o êxito e a continuidade de suas atividades e a impunidade de seus líderes”. Fecho aspas.
    Registrou, ainda, o Relator em seu documento as palavras do Juiz da 11ª Vara da Justiça Federal em Goiás, Dr. Paulo Augusto Moreira Lima, ao decretar a prisão do Sr. Carlos Cachoeira, nos seguintes termos, abro aspas – palavras do Juiz da 11ª Vara da Justiça Federal em Goiás, especificamente em Anápolis: “Ademais…
    Ademais, os meios de proteção ao esquema criminoso alcançaram a utilização e manipulação da própria imprensa, sempre mediante pagamento, tudo com o escopo de tentar desqualificar o trabalho desenvolvido por órgãos sérios de persecução e preservar negócios espúrios.
    E continua o Sr. Juiz: “Detectou-se, ainda, nas investigações os estreitos contatos da quadrilha com alguns jornalistas para a divulgação de conteúdo capaz de favorecer os interesses do crime.”
    Fecho aspas, para continuar novamente com as palavras do juiz citado pelo relator em seu relatório hoje apresentado. “O poderio era tanto que a organização criminosa contava com o apoio de jornalistas para ‘bater’ em trabalhos sérios que poderiam atrapalhar os ‘negócios’.”
    Ele aqui coloca entre aspas: “Há provas de que políticos abriram seus gabinetes para os criminosos, jornalistas venderam matérias e empresários apoiaram e contaram com o apoio de membros da quadrilha.” Fecho novamente aspas. Palavras do Juiz da 11ª Vara, em Goiás, Paulo Augusto Moreira Lima, utilizadas no relatório da CPMI.
    Além disso, às pp. 4.506 e 4.507, o relator, especificamente sobre Policarpo Júnior, assevera que “nessa urdida engenharia criminosa, que tinha como apoio um braço midiático, Policarpo Júnior foi um dos profissionais da imprensa mais requisitados pelo líder da quadrilha”. E continua: “Carlos Cachoeira não era um informante privilegiado”.
    Isto aqui é do texto do relator do primeiro relatório apresentado semana passada aos integrantes da CPMI. Diz ele, continuando:
    Carlos Cachoeira não era um informante privilegiado. Não abastecia jornalistas e profissionais da imprensa porque estava enlevado de um espírito cidadão. (…) Ele simplesmente os usava para atingir ou assegurar o êxito de seus objetivos criminosos. (…) Na quadra da realidade que se afirma, exsurge como aviltante da inteligência e da própria dignidade das cidadãs e dos cidadãos deste País justificar os cerca de 8 anos [oito anos!] que sustentam a relação Cachoeira x Policarpo
    Apenas como uma singela relação entre fonte e jornalista.
    As investigações sobre esse profissional nos permitem divisar que Policarpo Júnior não mantinha com Carlos Cachoeira uma vinculação que se consubstanciava apenas na relação de jornalista e fonte. Estavam unidos em propósitos claros e adrede articulados durante muitos anos.”, palavras do Relator, Deputado Odair Cunha.
    Sr. Presidente, Srªs e Srs. Senadores, pergunto a quem quer que seja se essas constatações são secundárias, como justificou o Relator para retirá-las do documento, apesar da contundência e clareza de sua própria argumentação no relatório. A gravidade desses fatos, vinculando setores da imprensa, mais particularmente a revista Veja, sempre ela, e seus servidores com o crime organizado, é ou não é de interesse da sociedade brasileira? Sobre a conduta do Procurador-Geral da República, o Relator manifestou-se, em seu documento inicial, nos seguintes termos dos quais destaco alguns trechos que, por si só, revelam o crime de prevaricação, improbidade administrativa e crime de responsabilidade, cometido por Roberto Gurgel Santos. Disse o Relator: “apuraram-se fortes indícios de desvios de responsabilidade constitucional, legal e funcional, praticadas pelo Dr. Roberto Gurgel. O PGR é livre para formar seu convencimento, mas, obrigatoriamente, ele deve tomar uma decisão fundamentada, seja ela qual for. Ele não pode permanecer inerte, obstando o prosseguimento de uma investigação policial. Sem incorrer no risco de cometer exageros, as razões assinaladas pelo Dr. Roberto Gurgel, para justificar o sobrestamento, nas palavras dele, Gurgel, ao se justificar por escrito à CPMI da Operação Vegas não se sustentam. Em primeiro lugar porque simplesmente não existe o instituto do sobrestamento de inquérito policial; trata-se de um termo inédito no processo penal brasileiro. Em segundo lugar, porque o PGR não efetuou nenhuma ação controlada, como também ele alegara, ele, Procurador-Geral, na sua defesa. Se os autos da Operação Vegas permaneceram paralisados em seu gabinete não houve nenhuma ação, tampouco controlada, aliás, o próprio Dr. Roberto Gurgel
    Aliás, o próprio Dr. Roberto Gurgel admitiu que não fez ação controlada. Porém, ele recorre a esse instituto em seu ofício para justificar, para legitimar o seu discurso, ao alegar que o inexistente instituto do sobrestamento tem fundamentação análoga à da ação controlada. Portanto, o próprio Dr. Roberto Gurgel admitiu não ter feito nenhuma ação controlada, mas, sim, algo parecido com uma ação controlada o qual ele chamou de sobrestamento.
    Continuo lendo palavras colocadas pelo Relator Odair Cunha em seu relatório apresentado há cerca de 10 dias.
    Em terceiro lugar, ciente de que não estava fazendo nenhuma ação controlada, o Dr. Roberto Gurgel chegou a argumentar que decidiu sobrestar o inquérito no intuito de possibilitar a retomada das interceptações telefônicas e de investigação.
    (Interrupção do som.)
    O SR. FERNANDO COLLOR (Bloco/PTB – AL) – Obrigado, Sr. Presidente (Fora do microfone.).
    Ora, como seria possível retomar a investigação e as interceptações telefônicas, se os autos em que se processava a investigação estavam totalmente paralisados em seu gabinete?
    E segue o Relator, com inúmeros outros argumentos e fatos revelados, até concluir em seu relatório:
    A suposta falta funcional cometida pelo Dr. Roberto Gurgel consiste, em tese, em uma conduta omissa.
    O PGR é livre para convencer-se acerca da existência de indícios de crime ou não, para oferecer denúncia, para solicitar novas diligências, incluindo a instauração de inquérito policial, ou solicitar o arquivamento das peças de informação quanto aos Parlamentares e requerer o retorno dos autos ao juízo de origem. Todavia, ele é obrigado a tomar alguma atitude. Ele é obrigado a tomar alguma atitude.
    Em hipótese alguma [diz o Relator], ele poderia ter sobrestado – leia-se interrompido – a investigação em face da organização chefia por Carlos Cachoeira.
    Ao interromper as investigações sobre a Operação Vegas, o Dr. Roberto Gurgel deixou que continuassem as ilicitudes cometidas pela organização criminosa liderada por Carlos Cachoeira.
    Destarte e diante de tudo que estamos a afirmar, recomendamos o envio das provas respectivas para o Conselho Nacional do Ministério Público.
    Fecho aspas, reafirmando que, até aqui, essas são palavras do Relator contidas no relatório apresentado há 10 dias.
    E aqui, Sr. Presidente, Srªs e Srs. Senadores, volto a perguntar: será que são esses fatos, essas conclusões do Sr. Relator temas secundários? Nada disso interessa à sociedade brasileira? Nada disso é motivo de discussão e votação na CPMI?
    Sinceramente, Sr. Presidente, não é possível compreender, menos ainda admitir, que, para o Relator e alguns membros da CPMI, não haja gravidade ou relevância para se manter no relatório as partes 6 e 7. Alegar que são fatos e circunstâncias que não constituem o ponto central da CPMI, conforme declarou o Relator, me parece que é inverter toda a lógica de uma comissão parlamentar mista de inquérito na seara da representatividade e prerrogativas do Congresso Nacional.
    Digo isso, Sr. Presidente Jayme Campos, e aqui solicito a atenção de V. Exªs, por considerar e entender justamente o contrário. Estes dois pontos, a coabitação de setores da imprensa com o crime organizado e a conduta prevaricadora do Procurador-Geral da República, são exatamente o objetivo principal da CPMI, pois tratam de assuntos de âmbito nacional, de caráter federal e natureza constitucional.
    Aliás, foram esses dois grandes fatos os principais temas trazidos à luz da população pela CPMI. Foram essas abordagens, sistematicamente por mim abordadas e trabalhadas, as novidades que a Comissão permitiu que fossem descobertas. Lembro que os demais temas e fatos abordados na CPMI já foram objeto de investigação e cujos inquéritos já estão em curso no âmbito da Justiça e do próprio Ministério Público.
    O Sr. Carlos Cachoeira até preso e solto já foi, assim como muitos dos outros integrantes de seu grupo. Seus crimes e contravenções, suas relações políticas e empresariais já foram todas desmascaradas antes mesmo de a CPMI iniciar seus trabalhos. Já tivemos um Senador julgado e cassado por esta Casa. Outros Parlamentares Federais já respondem na Câmara por suas supostas ligações com o Sr. Carlos Cachoeira. Os empresários envolvidos e as empresas utilizadas como “laranjas” estão todos mapeados, identificados e a apuração de suas responsabilidades estão em curso na Justiça tanto no âmbito federal quanto nos âmbitos estadual e distrital.
    Em relação ao suposto envolvimento de governadores com o grupo contraventor,
    trata-se de matéria de cunho e interesse estadual ou, quando muito, regional, que deve ficar a cargo e responsabilidade de apuração das respectivas assembleias legislativas, inclusive por meio de CPIs locais.
    Diferentemente, contudo, Sr. Presidente, Jayme Campos, ocorre com autoridades federais, como é o caso do Procurador-Geral da República, Sr. Roberto Gurgel Santos, e com o envolvimento de setores da mídia, cujo interesse é notoriamente de alcance nacional, envolvendo questões até constitucionais. Esses pontos, esses aspectos maiores e personagens nacionais é que devem, sim, ser objeto de investigação de uma CPMI federal, ou seja, do Poder Legislativo da União, pois são de interesse direto de toda a sociedade, de todo o País.
    Assim, Sr. Presidente, Sras e Srs. Senadores, se esses dois temas retirados pelo Relator são por ele considerados secundários, é o caso então de perguntar: o que é então prioritário? O que já está sob julgamento da Justiça, e cujos fatos, crimes e personagens todos já conhecem? A verdade é que se as partes 6 e 7 do relatório final não forem reintegradas ao texto, fica demonstrado o que venho, de forma reiterada, alertando: o Congresso Nacional, enquanto Poder da República, não se engrandece. Ao contrário, ele se apequena, submetendo-se a um órgão subordinado, como a PGR, e a setores da mídia – e a setores da mídia, Sr. Presidente! – que trabalham sordidamente para manipular a política em torno de seus interesses escusos.
    Por isso, nas minhas sugestões a S. Exa, o Senador Odair Cunha, Sr. Presidente, Sras e Srs. Senadores, vou propor a reinserção das duas partes retiradas, bem como a inclusão de outros integrantes do Ministério Público que, com ações deletérias, estão deslustrando o Ministério Público, esse instituto criado para defender a sociedade, e que vem sendo conspurcado pela atuação criminosa do Sr. Roberto Gurgel Santos, e indicar, pedir a inclusão desses outros integrantes do Ministério Público Federal, como também de outros servidores dessa revista Veja, um verdadeiro coito de bandidos que ali se encontram.
    Era o que tinha a dizer, Sr. Presidente Jayme Campos, por enquanto, Srªs e Srs. Senadores. Agradecendo a V.Exª pelo tempo extra que me foi concedido.
    Muito obrigado.

  • O fato é que há gente dentro do PT dificultando a citação dos envolvidos no relatório. Suspeito que sejam Vacarezza e Rui Falcão.

    Não culpo Odair Cunha, que fez muito bem o seu papel e expôs uma grave ferida na nossa República: a de que agentes públicos e agentes políticos, em conjunto com alguns veículos e jornalistas da grande mídia, estão irmanados com o esquema Cachoeira.

    O PT é o partido mais interessado na reforma política, na reforma no judiciário e na regulamentação da mídia. Recuar agora é retrocesso. O que o PT, os blogueiros e a militância tem que fazer é denunciar quem tirou o deles da reta: PMDB, PDT, PSOL, PSB, ou seja, a esquerda que a direita gosta.

  • Edu, realmente o PT não tem maioria no congresso o que dificulta muito as coisas,mas o que mais complica mesmo é o PT ter uma quase metade no lado de lá´, ai é dose para MAMUTE. Se o PT não vier a público como sempre fez e que o caracteriza como o Partido do Povo(haja vista que ganha no voto popular), para clarear as coisas e não ser devorado pelo PIG, vamos arrumar as malas e ir p/ Argentina.

  • A quem tiver o mínimo de decência e vergonha na cara o comentário do BOB pode ser bem esclarecedor.

    PT errou e foi omisso.Não vamos tapar o sol com a peneira.

  • Parabéns, Edu, mais uma vez, pelo banho de jornalismo que você está dando.

    Agora, em relação ao nosso companheiro do PT, é L A M E N T Á V E L.

    Tô a vontade pra fazer minhas críticas porque sou PT desde sua fundação e

    tudo quanto é eleição fico tentando fazer a cabeça do povo despolitizado.

    Portanto, o PT tá virando um bando de FILHO DA PUTA!!!

  • Relator Odair Cunha, aprenda a relatar como o outro relator MIN Joaquim Barbosa que relatou mesmo sem provas.
    O Sr tinhas as provas e não relatou.

  • Meu caro Edu, não me leve a mal mas falo de coração. Não dê crédito as palavras desses borrabotas do PT porque são uns tremendos “arregões” e a palavra deles vale tanto quanto uma nota de 3 reais. O PT só vai abrir os olhos quando perceber que isto de ficar dando respostas aos seus detratores por meio de eleições e do voto, um dia não funcionará mais e será tarde porque deixou o cavalo passar encilhado e não fez a mãe de todas as reformas com aprovação de um novo marco regulatório para a mídia. Temos aqui em Fortaleza um exemplo vivo de como a população é volúvel e às vezes inconfiável. A companheira Luizianne que fez a opção de governar para os mais necessitados perdeu as eleições do candidato que apoiava, Elmano de Freitas, porque o adversário que se elegeu, com esperteza se apropriou do discurso da prefeita garantindo a população que manteria tudo que ela tinha feito e farfia mais e melhor e com competência, disposição e muito trabalho. O povo comprou esse discurso oportunista e deu vitória ao adversário do PT. Eu sou testemunha de como as pessoas que até bem pouco tempo viviam na extrema pobreza e melhoraram sua condição de vida repete na maior desfaçatez esse falso discurso da ética e às vezes critica até o presidente Lula pela suposta corrupção endêmica que assola o país. O PT transformou-se num partido de mariconas, teme a mídia e adora os holofotes da globo. Eu não voto nos candidato do PT para deputado, vereadores e senadores desde as eleições presidenciais passadas. Votarei em Dilma para presidente. Meus deputado não serão nenhum do PT e nem o senador.

    • Eu, irei votar “NULO”, chega de jogar voto fora, pois até agora ajudei a dar votos e pedir para o PT, mas estou me arrependendo, o Haddad, ouvi dizer que já mudou muito do seu discurso, como exemplo: do Controlar, do bilhete único e até o pessoal hoje estava criticando, pois me falaram que no seu secretariado, irá colocar um cara que apoiou o tal de serra. Já estou desanimado, o pt já foi aquele, que não mais é.

  • Prezado Eduardo,

    Não foi o PT que amarelou neste relatório.

    O problema não é o pessoal do PT que participa da CPMI, o problema são os deputados e senadores dos outros partidos.

    O eleitor já aprendeu a votar para presidente.

    Falta aprender a votar para deputado e senador.

    Que esse episódio sirva de alerta aos eleitores.

    • Pois é verdade, um amigo meu que votou na Dilma e Lula, me disse que o certo é votar para deputados e senadores de outros partidos, assim, divide o poder, não concordei com ele, parece que eu estava prevendo isso. Na minha opinião o que está amarrando PT é PMDB, sei que foi necessário a coligação, mas, PMDB não é partido confiável, eu tinha certeza que iriam atrapalhar o governo do PT. Só sei que espero que o povo aprenda a votar também nos candidatos do PT ou PCdoB para deputados e senadores, só, os demais não. Os demais partidos não confio nem com vela acesa, para mim, não passam de oportunistas.

  • O PT tá é frouxo demaaais!! Por isso estamos vendo a bagaceira judiciária que anda acontecendo. Ainda hoje não consigo entender essa atitude de tudo aceitar e se calar Uma cambada de medrosos, iseguros e com atitudes de quem não tem ideais a defender! Saudades do PT com atitude!!!

  • Nada convincente essa entrenvista. Melhor seria o Partido calar e deixar cair no esquecimento. Afinal, lembranças de fatos relevantes nem sempre perduram por muito mais que alguns meses na lembrança do povo. Uma vez que me parece que o objetivo é este, que este tempo passe rápido. Bem que poderíamos dormir sem esta e outras. Só tenho a lastimar.

  • Estou decepcionado com o PT. Essa história de que os nomes não podem constar, pois o relatório não será aprovado, é prá boi dormir. Admitamos : simplesmente faltou respeito a maioria do povo brasileiro que esperava seriedade e compromisso de nossos representantes. Na verdade estamos sempre esperando, esperando…

  • Temos que agradecer ao deputado bunda mole Odair Cunha esse comentário do blogueiro chapa branca do DemoPSDB Ricardo Noblat, cuja mulher tem contratos com orgãos do governo e estatais como a Caixa iguais ao que o Luiz Costa Ponto tinha com a Câmara Federal.

    “Pensando em voz alta – Para guardar na memória!
    Ricardo Noblat
    Que dia inesquecível para o PT, ontem.

    O Supremo Tribunal Federal condenou o deputado João Paulo Cunha a nove anos e quatro meses de reclusão por crimes de peculato, lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Parte da pena será cumprida na cadeia.

    Por sua vez, reduziu a pena de Roberto Jefferson, o homem que denunciou o escândalo do mensalão.

    Ele não irá para a cadeia. José Dirceu irá, sim senhor.

    O deputado Odair Cunha (PT-MG), relator da CPI do Cachoeira, desistiu de pedir a investigação de Roberto Gurgel, Procurador-Geral da República, por ter demorado a abrir inquérito contra o bicheiro. E recuou do pedido de indiciamento de cinco jornalistas por crime de formação de quadrilha.

    O Ministério Público Federal admitiu que examina a hipótese de pedir a prisão preventiva de Rosemary Noronha, ex-chefe do gabinete da presidência da República em São Paulo e amiga íntima de Lula há mais de 20 anos.

    Chega ou quer mais?

    Quando o PT pensa que pegou a Imprensa estoura mais um escândalo e… Crau! É a Imprensa que pega o PT outra vez.”

    • Tomo PT, é isto que vc quer, um bostético como esse Noblat se vangloriando das conquistas da turma dele do PIG e das derrotas do PT.

      Não entendo, era pra ser o contrário, um partido com um grande apoio popular, com um número record de eleitores que votaram nele, acovardando-se deste jeito.

      Serra/PIG/STF 10 x 0 PT… goleada feia…

    • Você esqueceu, de pronunciar, “Roberto Jefferson, quase 7 ano de prisão em regime semi-aberto e multa de R$ 700 mil reais”, agora quero saber, e os 4 milhões que ele enfiou no bolso aonde foram parar.

  • PT – Prevaricou Totalmente.Divulgasse o relatório inicial, deixava a mostra quem é quem nesta CPI, e que os próprios montassem o relatório final,Agora acovardar,fazer joguinho,dizer que o relatório foi “amputado” para ser aprovado??? vai insultar a inteligencia das pessoas assim na merda,como Nassif disse toda a bancada do PT não Vale um Alvaro Dias.PT ja me cansou,definitivamente eu não estarei mais em defesa deste bando de frouxos,nem para apoiarem seus pares que sofreram num tribunal de exceção tiveram culhões.Irei apenas fazer a defesa da democracia,O PT que se entenda,como parece ,com a velha mídia.

  • De que adiantou meses de investigação e não se aceita que envolvidos sejam investigados? Não é esse o propósito de uma CPI, apurar fatos e depois submeter as pessoas envolvidas à investigação? Sinceramente não dá para entender.

    • Sabe o que ainda pode acontecer? do jeito que essa “tchurma” são uns tremendos caras de pau, podem ainda entrar com processo contra Odair Cunha por prevaricação, duvida? eles são muito cínicos, cara de pau, sem vergonhas, são bem capazes de fazer isso, já fizeram coisa pior.

  • Por falar em Policarpo Jr. poderíamos iniciar, se ainda não existir, uma campanha dos leitores dos “blogs sujos” para boicotar a imprensa marron, a começar pelo pasquim desse pseudojornalista. Para não haver dispersão de forças, faríamos um a um.

  • Cara, acho que vou jogar a toalha de tentar defender o PT… apenas vou continuar votando no PT, mas defender chega…. nem mesmo o próprio partido quer se defender… é duro ficar gastando saliva e cérebro contra os direitóides para a gente ver uma atitude destas do PT.

    Sei não, eu forçava o relatório com os meliantes devido, se não saísse por causa dos parlamentares contra, eu colocaria a boca no trombone e mostraria porque não foi aprovada.

    Eu falo isto, mas sei que é difícil. O parlamento ruim que temos.

  • Sr. Eduardo Guimarães,
    eu não voto mais pois já passei da idade. Quando votava sempre votei no PT, desde a sua fundação
    Agora não votaria em candidatos do PT, nem para síndico de prédio.
    Bando de frouxos não honram as calças que vestem.
    Jésus da Silva

  • Prezado Edu,

    Sou eu, o chato.

    Mudar a relação com a imprensa via CPI, STF, “lei de medios” é valido mas muito difícil na atual conjuntura, estes caminhos representam o “atacado”.

    Minha sugestão?

    O varejo.

    Comer pelas beiradas.

    O PT deve recorrer a justiça comum para se defender quando for atacado, afinal, hoje, qualquer um pode inventar qualquer coisa contra Lula e o PT sem se preocupar com as consequências, esta apatia é responsável por muitos dos excessos e loucuras da mídia, alem disso, para muita gente boa, o silencio do PT é uma confissão de culpa.

    O PT não é uma ONG pobre e desprotegida, o PT é um partido politico forte, ligado a sindicatos e movimentos sociais com recursos humanos e financeiros para enfrentar disputas jurídicas.

    Recorrer a justiça independente do resultado é um sinal de coragem, pois mesmo sendo derrotado o PT terá na pior da hipóteses, a chance de divulgar a sua versão dos fatos, influenciar os ânimos dos juízes e mapear as tendencias dos magistrados.

    Alem disso tudo, vamos ser pragmáticos, o governo federal tem direito a um grande leque de nomeações e indicações a fazer, seja nos TJs, TCUs, etc.

    Qual o critério usado?

    Eu não sei, mas se o PT investir na justiça comum poderá identificar quais são os magistrados que compartilham de seus valores e aspirações e usar isto para melhor fazer suas escolhas.

    Isto é legitimo e democrático.

  • Edu seria importante você fazer um levantamento donomes de todos os deputados que barraram no relatório os nomes de Roberto Gurgel , Policarpo ,Roberto Civiita e outros da mídia envolvidos com a máfia de Cachoeira. É importante revelar quais os interesses desses deputados que os levanta a defenderem tanto esse banditismo nos meios de comunicação, seria por terem concessões de radio ou tv ? Seria bom publicar os nomes dos deputados que tem em seus n omes ou em nomes de laranja concessões públicas de rádio e tv para todos sabermos quem são. É necessário se divulgar isso para que o povo não elege esses deputados. Quanto ao procurador Gurgel ele prevaricou e essa investigação tem que ser profunda seja por meio da CPI ou não, tanto esses pistoleiros da mídia quanto o pevaricador Gurgel e sua esposa precisam ser investigados!, essas cachoeiras de crimes não podem passar impune.

  • Edu seria importante você fazer um levantamento dos nomes de todos os deputados que barraram no relatório os nomes de Roberto Gurgel , Policarpo ,Roberto Civiita e outros da mídia envolvidos com a máfia de Cachoeira. É importante revelar quais os interesses desses deputados e o que os levam a defenderem tanto esse banditismo nos meios de comunicação; seria por terem concessões de radio ou TV ?

    Seria bom publicar os nomes dos deputados que tem em seus nomes ou em nomes de laranjas, concessões públicas de rádio e TV para todos sabermos quem são.

    É necessário se divulgar isso para que o povo não vote e eleja esses deputados.

    Quanto ao procurador Gurgel, ele prevaricou e essa investigação tem que ser profunda seja por meio da CPI ou não, tanto esses pistoleiros da mídia quanto o prevaricador Gurgel e sua esposa precisam ser investigados!, essas cachoeiras de crimes não podem passar impune.

  • Tenho lido vários blogs até então simpáticos ao PT e ao governo e a indignação dos comentaristas, às centenas em cada blog, é imensa. PT e petistas covardes é quase um atributo unânime entre aqueles que antes aplaudiam esse partido. A coisa parece que virou feia para o lado dessa caricatura mal-ajambrada de partido popular. Até no blog “Os amigos do presidente Lula”, onde normalmente não há comentários, um artigo da Helena defendendo o Odair recebeu 78 comentários, apenas 6 concordando com o artigo e todos achincalhando o PT e o Odair. Covardes é o adjetivo quase unânime dessas pessoas que, para desgraça do PT, são eleitores como eu que confessam, como eu, que não mais votaremos no PT. Há uma revolta que talvez seja de gravíssimas consequências para o PT e para o governo (Dilma foi bastante criticada também, com fúria e decepção). Torço para que essa decepção seja irreversível e que os eleitores deixem de votar no PT, de apoiar o governo e se desloquem para a esquerda (PSB nem me passa pela cabeça; é pior que o PT), já que essa agremiação de puxa-sacos da mídia velha não tem traços de vergonha na cara e de ideologia qualquer que seja.

  • As respostas do Dep. Paulo Teixeira e todas a desculpas esfarrapadas do PT para não incluir a dupla Gurgel / Policarpo Jr. no Relatório Final da CPMI do Civita/Cachoeira soam como a emenda pior que o soneto.
    Deixam os nomes do caras lá, se o aliados de araque e a oposição moralista de fachada vota contra o Relatório, paciência, aí o PT deixaria o ônus para os amigos da Veja e do Cachoeira, simples assim.
    O PT não precisaria se ajoelhar dessa forma tão humilhante.
    Dep. Paulo Teixeira, com todo o respeito!
    Que conversa mole!

  • Só o Edu acredita no PT. Pelo menos ele poderia pedir ao deputado que entrasse no seu blog para ver a opinião dos seus “colaboradores”. Vejam se não é a mesma coisa: CAMILO TAVARES, cineasta, DIRIGIU um documentario “O DIA QUE DUROU 21 ANOS”. onde consta como os EUA contribuiram com o golpe militar de 1964. John Kennedy e Lyndon Johnson, mais a colaboração forte dos embaixadores no Brasil, de institutos como o Instituto de Pesquisa e Estudos Sociais (IPES) e o Instituto Brasileiro de Ação Democrática (IBAD), a compra de parlamentares. Fala também dos militares que fizeram exatamente o que os americanos queriam. Castelo Branco, ao assumir, a primeira medida que tomou foi acabar com a lei que limitava a remessa de lucros excessivos das empresas americanas. Entregaram nosso mercado para os EUA e hoje são as grandes empresas americanas que estão nos setores estratégicos da economia. http://thepiratebay.se/torrent/6355682. Este documentário foi pesquisado durante três anos. Esta todo documentado. Agora me digam: Ontem não está se repetindo hoje. PENSEM BEM NISSO.

  • Não é novidade pra ninguém que nossa base aliada, com raras exceções, não é comprometida com reformas importantes como a política e em especial a das comunicações. Isto ocorre por conta de vários fatores deste serem detentores de meios de comunicação, passando por razões ideológicas e muitos por serem sensíveis a chantagem, por conta de seus “rabinhos de palha”.
    Fico surpreso com vários leitores deste espaço se dizerem surpresos com o PT! Ora bolas, nem sequer convocar o Policarpo conseguímos e queriam que o Gurgel e ele fossem denunciados?
    O pior de tudo isso é a conclusão de que o PT desgraçadamente frustrou!!!

    Se algo fez de errado o PT e principalmente o executivo foi ter ampliado com a sua indicação de PGR e de ministros do STF, duas importantes instituições com o Partido da Imprensa Golpista.

    Um cenário que antes era difícil no Congresso, com a palhaçada da ação penal 470 que juntou todo mundo para liquidar com lideranças importantes do Brasil, faz com que esta mesma base fique mais ainda amedrontada. Afinal, quem faz chantagem precisa que o outro se sinta fraco.

    A médio prazo, para melhorar um pouco a situação é no meio do ano que vem indicar um PGR decente e os futuros ministros do STF comprometidos em ajudar a democratizar o Brasil. Assim fazendo e tendo um bom retorno nas urnas de 2014 quem sabe possamos fazer alguma coisa de reforma de verdade!
    Por enquanto vamos distribuindo renda e melhorando a situação de nosso povo e país que já tá de bom tamanho!!! Para o PIG, vamos ter que esperar um pouco!

  • Perceberam agora, porque é que não adianta nada instalar a CPI da Privataria?

    A base aliada do PIG (eu disse base aliada do PIG) não deixa investigar nada, vai ficar o tempo todo questionando a lisura das “privatizações” (concessões, né?) feitas pela Dilma, o STF distribui habeas porcus preventivos a torto e a direito pra ninguém falar nada, e no final não se aprova relatório algum.

  • Edu me perdoe, mas essa pendenga foi ao Forno, graças a esses deputados Minúsculos/Invertebrados do P T , agora , o Rui Falcão , ah o Rui Falcão, vou lhe enviar um URINOL, bem pequenino, do tamanho da sua Estatura.

  • Meu caro Edu.
    Essas atitudes do PT são lamentáveis.
    A militância está sem poder defender essa e outras questões estranhas.
    Ultimamente só temos colhido decepções, senão vejamos:
    – Votação dos royalties do petróleo – 5 deputados petistas votaram contra a educação e o governo.
    – O ministro da Justiça dá uma declaração nas páginas amarelas da Veja (cruz credo) afirmando que o mensalão existiu mesmo depois que Roberto Jefferson disse que não tem como provar isso.
    – Dos 10 senadores do PT, somente 4 vão pagar do seu bolso o IR do 14º e 15º salários, ou seja os demais vão deixar para NÓS contribuintes esse pagamento.
    Chega, isso é o suficiente, mas tem mais que se for relacionado vai dar umas 20 páginas.

    O que está acontecendo com esse PT…. alguém pode esclarecer?

    Abraços

  • Aos Decepcionados: Prá onde vou?Pro PTdoB,Pro PCdoB?Pro Psol?PSB?Partido da Classe Operária,etc,etc…?Dá licença!Eu fiz esta País mudar,acompanhei este país crescer,dividir renda,criar oportunidades prá quem nunca teve. Com todos defeitos do PT,quero continuar nele até a minha morte.Até aqui minha luta não foi em vão.Confio no meu Presidente e na minha Presidenta e ai!Se quiserem podem pular do Barco da Esperança.

    • Disse tudo! não vamos nos esmorecer, pois esta é a intenção da “tchurma”, pois assim eles alcançam o objetivo, enfraquecer o partido para voltar ao poder, não adianta, serei PT até o fim.

    • A sua concepção dos partidos , de um modo geral, e do PT , em particular, é absolutamente a-histórica. O PT , assim como qualquer partido, se define pelos seus objetivos programáticos,por sua composição social e ,principalmente , por sua ideologia .O PT, muito mais que outras organizações que se consideram de esquerda, já nasceu sob a constante ameaça de se converter em seu contrário.Isto porque se definiu por ser um partido fundado na pluralidade que, inevitavelmente, leva a permanentes e intensas disputas internas. O PT não é nenhuma instituição sobrenatural, imutável, petrificada. Dentro dele travam-se lutas, sendo que algumas dessas lutas nem sempre serão “companheiras”, fruto de divergências entre as escolhas de caminhos que levariam aos mesmos lugares. Antes de afirmar que irá morrer com o PT, deve-se afirmar que irá morrer com os mesmos princípios que o levaram um dia a acreditar no PT. Assim, mesmo que o PT se converta em seu contrário ( e a História está plena de exemplos desse tipo de transformação súbita) você irá para o túmulo defendendo as mesmas idéias. Se assim não for, perde-se a capacidade de discernimento pessoal não apenas para confiar no partido mas também para perceber as ameaças de degenerescência que sobre ele pesa. Inclusive, para , se for o caso, ter a coragem de ir para outro lugar ou inventar um outro lugar para se ir. Desde que se tenha os mesmos princípios.
      Não se pode tomar uma instituição partidária por uma espécie de seita religiosa, que tudo pode, e em quem devemos confiar cegamente por que recebeu dos deuses do Olimpo a função intransferível e irrevogável de ser uma entidades sobrenatural , depositária de um programa que também lhe teria sido revelado por novos apóstulos, tornados ,por isso mesmo, seus dirigentes maiores. O Capital pressiona o tempo todo os indivíduos do PT , buscando cooptá-los ( portanto, afirmo que o Capital pressiona , o tempo todo, a mim e a você, tentando nos cooptar). As formas para fazê-lo são variadas e muitas delas consideradas aceitáveis. Um mandato de deputado, as mordomias que isso trás consigo e por si mesmo pode fazer muita gente balançar, fraquejar, e os farejadores dessas fraquezas de caráter estão por todos os lados, atentos, para recruta-los para suas causas nada nobres. Quanto mais os parlamentares e dirigentes petistas vão se tornando autônomos em relação às bases partidárias, como estamos presenciando cada vez mais acontecer , maiores são as chances de o partido se transformar em mais um partido da ordem, de colaboradores de classe, de oportunistas que não prestam as contas de seus atos a nenhuma instância,e que tem no PT apenas um lugar institucional para seguir com suas carreiras vitoriosas de “representantes formais do povo”.

  • CPI para quê? Qualquer deputado pode pedir investigação, como diz o petista entrevistado. A propósito, ela já está pronta, é a quem foi enviada à CPI… E também qualquer partido pode representar contra o jornalista, por exemplo o PT. Por que não o faz?

  • Ou seja: falou muito e não disse nada. O PT sem Lula, que está sem mandato, é um capacho onde todos pisam e ele fica alí, quietinho, esperando mais.

  • Lendo os comentários,fiquei satisfeito em saber que não constituo uma insatisfação solitária com a bancada petista. Reparem que não estou me referindo ao PT como um todo, mas à sua bancada no Congresso Nacional. Isto porque, para mim, uma das táticas dos setores conservadores tem sido a de surfar na onda petista, utilizando-a para propulsionar os seus interesses.Desse modo,como bons conhecedores da Ciência Política, buscam interferir no processo eleitoral para fazer prevalecer os seus interesses particulares ,colaborando para fortalecer no Congresso Nacional uma bancada petista com perfil mais conservador, mais afeta às decisões de bastidores, sem consulta às bases, sem querer ouvir as vozes das ruas e principalmente, sem querer se fazer ouvir pelas ruas. Isto se faz através do financiamento legal das campanhas nas eleições proporcionais, consultando a lista de candidatos lançados pelo PT em cada estado e abrindo as suas burras para financiar essas candidaturas mais simpáticas aos seus interesses privados. Paulo Bernardo, assim como o deputado Vacaria ,são casos emblemáticos de candidaturas petistas que reúnem muito mais chances de se eleger, do que outras situadas mais à esquerda, por conta de seus financiadores ( todos eles certamente legais, digamos de passagem) que interferem na campanha para distorcer as eleições proporcionais a seu favor.
    A grande verdade é que a quantidade de cretinos parlamentares dentro do PT tornou-se inestimável. Não sei se já constituem maioria, mas , caso não se aprove uma reforma eleitoral que institua o financiamento público de campanha, coibindo qualquer outra forma de financiamento, certamente esses setores terminarão por controlar o PT dentro do Congresso Nacional, mesmo que não sejam maioria dentro do próprio partido.
    Desse modo, percebam como alguém como Paulo Bernardo pouca diferença faz para outrem que simpatize com o PMDB e não muito com o PT. Para um empresário com visão pragmática, melhor que até se diga do PT, pois ele não é nenhum tolo para se deixar guiar pela denominação. O que importa é que seus interesses sejam bem representados. Será que ele conseguiria alguém não -petista melhor do que Paulo Bernardo para desenvolver as SUAS políticas dentro daquele ministério? E assim, as coisas vão cada vez mais fugindo ao controle das bases partidárias, em um partido que nasceu se vangloriando de sua democracia interna. As armadilhas institucionais são sem conta para desfazer os efeitos dessa democracia interna. Uma delas, o financiamento privado da campanha. A mídia também sempre dará destaque a alguém do PT que se afine mais com os seus interesses. Quem for atento a esse tipo de coisa, notará que a mídia tem os seus “petistas” queridinhos,prediletos, aos quais concede alguns mimos que nega a outros. Sempre considerei o número de aparições na TV do atual ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardoso, muito maior do que o seu peso como liderança política representativa do PT.
    Agora, só para finalizar, concordo com alguém que disse que o PT não deveria ter tomado uma posição em função da correlação de forças dentro da CPI. Mesmo sabendo que o relatório não seria aprovado, deveria ter decidido por apresentá-lo, como sendo realmente um relatório que expressava a vontade da maioria das bases fora do parlamento que apoiam o governo Dilma. Dialogando com essas bases ( e que não são apenas petistas) para que fizessem barulho nas ruas, nos sindicatos, nas universidades, no movimento dos sem terra, dos sem teto, das mulheres, enfim, nos movimentos sociais, visando ,pelo menos, amplificar para muito além do Congresso a denúncia contra esse jornalismo marrom. Ao não proceder dessa maneira, o PT , ou melhor, os parlamentares petistas, abriram mão de suas ligações e de seus compromissos com as bases e nos tiraram um importante instrumento de politização de nossas mãos, que nos permitiria precisamente denunciar e mobilizar o máximo de pessoas em torno do relatório original do deputado Odair Cunha. Para essa bancada, os apoiadores do PT fora do parlamento são cada vez mais vistos como cabos eleitorais e cada vez menos como militantes, como companheiros de partido que necessitam ser consultados. Esse filme já passou muitas vezes na Europa e converteu vários partidos antes também dos trabalhadores em partidos liberais burgueses ,colaboracionistas, conservadores,e até mesmo neoliberais , como o são o Partido Trabalhista inglês e o PS francês.

  • Edu vc acha que o Haddad possa seguir esta sugestão do Ilmar Franco em seu artigo reproduzido no Cafezinho

    “Se eu fosse Haddad, me preparava desde já e começava a montar um gabinete digital de qualidade, que lhe permita receber e transmitir informações, fazer a defesa política de seus projetos e, sobretudo, reagir aos ataques violentos que seguramente receberá da oposição midiática”

  • Depois que a Petrobras criou o seu blog Fatos e Dados, os ataques pararam, ou melhor os factoides. Eu mesmo já nem o acesso. Tornou-se um blog cultural, mas está lá para eventualidade

  • Prezado Eduardo, seria muito interessante que tivéssemos acesso aos nomes dos que fazem parte desses grupos de interesses que impediram a leitura do relatório como foi concebido pelo relator. Tenho certeza que conhecer esses nomes contribuiria muito para entendermos o que de fato acontece no Brasil e também entendermos a paralisação dos partidos de esquerda e do planalto, frente a essa loucura que estamos vivendo no Brasil. Por favor, continue na sua luta incansável para desvelar a realidade dos fatos!

  • PEREIO TUITOU PRAS VELHOTAS DO JÔ
    Ontem à noite, o impagável Paulo Cesar Pereio tuitou uma série de textos imperdíveis sobre “As Meninas do Jô”:

    Pereio ‏@Pereio1

    Nenê vai nanar. Mas, fica a indagação: há quantos anos essas velhotas do Jô não tem um bom orgasmo?
    Expandir11 hPereioPereio ‏@Pereio1

    Dispenso-me de ser elegante com as provectas do Jô. Quem topa fazer esse tipo de jornalismo (escroto), não deve esperar flores nem bombons.

    Expandir11 hPereioPereio ‏@Pereio1

    Mais de 40 milhões de brasileiros que eram famintos no tempo de FHC, foram dormir de barriga cheia. E estão cagando para as velhotas do Jô.

    Tem várias:

    (Tá no post As vencedoras do Prêmio Jabuti)
    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/as-vencedoras-do-premio-jabuti#comments

  • Pra mim, este tal de Odair e toda turma do PT, são uns verdadeiros covardes acobertam os corruptos verdadeiro. Porque este relator de maia tigela, não colocou o prevaricador os jornalistas e deixasse ver, qual seriam as argumentações destes outros pilantras do Congresso e Senado sobre o indiciamento ou não destes vagabundos. Estão com o rabo preso por acaso? Não é possível que este partido se acovarde tanto assim. Infelizmente o Brasil, não tem mais jeito.

  • Como alguns mais belicosos por aqui acham que os 5 integrantes do PT mais os 2 do PCdo B poderiam enfrentar os outros 27 do PMDB, do DEM, do PSOL, do PMDB e os demais alugados pela direita midiática? Acho que já foi muito a leitura prévia indiciando o Poli e o Gugu.

  • Vamos parar com essa conversa de bêbado pro delegado!!!… Que história é essa de que “havia, entre nós (do PT), um consenso de que devesse retirar ao menos o procurador-geral”? Poderia explicar por quê?
    É tudo muito triste.

  • Achei as respostas sobre o prevaricador geral da república um tanto evasivas. E encontrei um texto que explica melhor do que o dep. Paulo Teixeira as razões do recuo do relator Odair Cunha. Encontrei a indicação no blog do Saraiva, com o título ‘Odair Cunha, a CPI do Cachoeira e a ‘coragem’ do cabo Anselmo
    Por: Helena Sthephanowitz, especial para a Rede Brasil Atual”. Bem interessante, vale a pena conferir.

  • Se não poderiam enfrentar, pelo menos que por questão de honra delimitassem território.
    Os nomes de Gurgel e Policarpo Jr. ficariam e aí fosse pra votação e pronto.
    Ôpa fomos derrotados.
    A rendição na maioria das vezes é mais humilhante que a derrota.

  • Também fiquei revoltada jurando nunca mais votar no PT. Mas, lendo os comentários e analisando friamente a situação, cheguei a conclusão que, muitos eleitores tem responsabilidade no que está acontecendo. Como é que Randolfe, Miro, Taques, e outros foram parar lá? Muitos dos que votaram em Lula e Dilma votaram nessa corja. Até os do PT tem que ser bem analisado se tem rabo preso, se tem compromisso com a vontade popular, etc. Não adianta colocar o PT no topo e não dar poder a ele. Tem que se fazer uma faxina no congresso a começar pelos do PT.
    Quanto a Odair Cunha, pelo menos ele teve a coragem de incluir os nomes de Policarpo e Gurgel no relatório, se não foi adiante, é outra coisa.

  • Pessoal qualquer semelhança com o golpe em gestação no Brasil a espera de uma oportunidade mais marcante não é mera coincidência. Gestado alias já está deste 2003. Tentaram com Serra em São Paulo e não deu certo. Certo?

    “Na noite da quinta-feira, 21 de junho, a Câmara dos Deputados apresentou a acusação formal que embasaria o impeachment. Lugo foi notificado às 18:10, dando à sua equipe de defesa 17 horas, noite adentro, para preparar a argumentação. Ao meio-dia da sexta-feira, diante dos 45 senadores, teria 2 horas para refutar as 5 acusações listadas no libelo acusatório”
    Então lá foi assim. Quem quiser pode ler na íntegra o golpe do Paraguai vão a
    http://www.ocafezinho.com/2012/11/29/reportagem-especial-o-golpe-no-paraguai/ O refrão de de que a Historia se repete como uma farsa fico a pensar no nosso STF. Trecho de lá no Paraguai:
    “Junto a essas gravíssimas suspeitas, que se confirmadas mais que justificariam o impeachment de um presidente em qualquer país democrático, a acusação não apresenta nenhuma – nenhuma – evidência. Explica o documento: “todas as causas mencionadas acima são de pública notoriedade, motivo pelo qual não necessitam ser provadas, conforme o nosso ordenamento jurídico”.
    Vai além. “Todas as evidências, que são públicas, demonstram que os acontecimentos da semana passada não foram fruto de uma circunstância derivada de um descontrole ocasional, pelo contrário, foi um ato premeditado, onde se emboscou as forças da ordem pública, graças à atitude cúmplice do Presidente da República”, diz a parte final da acusação. Que conclui com um alerta: Lugo “não somente deve ser removido por juízo político como deve ser submetido à justiça pelos fatos ocorridos, a fim que isso sirva de lição a futuros governantes”.
    “Nas 17 horas que teve para tentar refrear o juízo político, a equipe de defesa de Lugo impetrou um recurso de pedido de inconstitucionalidade na Corte Suprema de Justiça às 8:24 horas do dia 22 de junho, alegando que o direito de defesa não havia sido respeitado. A resposta chegou na segunda-feira seguinte, quando Federico Franco já comandava o país”

    Eu de novo: porem cada povo com o suas características. Lula afirmou que as mudanças no Brasil são inexoráveis quero acreditar que tudo se encaixa para a formação de uma América Latina berço de uma nova civilização. Paradoxalmente o golpe paraguaio resultou na admissão da Venezuela. No Brasil as conseqüências do julgamento da ação 470 não consigo prever. Quem se arrisca mas que não ponha em perigo o processo de diminuição da desigualdade de renda das famílias.
    Neste ínterim looooooongo vamos nos apoiando e sustentando minimamente a blogosfera. Que nos valam os deuses e aborte as tentativas de golpe no Brasil.

  • Sempre votei no PT, mas nunca me filiei.
    Gracas a Deus, pois não passam de uma turma de covardes.
    Os que não eram covardes, como Dirceu, acabaram condenados sem provas e com o PT quietinho, morrrendo de medo do PIG.

  • Faltou perguntar ao deputado porque o Collor (vejam só) ficou sozinho no CPI e no plenário do Senado, durante este período, sem nenhum aparte ou apoio de qualquer deputado ou senador do PT. É um absurdo a covardia deste partido e governos Lula/Dilma. Tomam porrada todo santo dia e ficam fingindo que não é com eles. Para mim, infelizmente, é o começo do fim do PT como partido de esquerda, embora não exista outro partido viável para vencer a direita. Por enquanto.

    • Recentemente eu fiz um comentário no Conversa Afiada sobre esta questáo. O que estaria amendrontando esse pessoal? Não seria resquícios de forças externas? Lá fora nações extão sendo destruídas em derimento do povo. Está acontecendo alguma coisa “nas entrelinhas” que nos está escapando. Estão atropelando a Constituição com toda a sua soberania e levando junto a Justiça. Essa situação é muito ruim já que pode levar as pessoas a se desiludirem e deixar o país entregue às chamadas forças ocultas.

  • É impressão minha ou tem muita gente do PSOL comentando aqui que não vota no PT.
    Senão votar no PT ou votar em quem?
    Voto 100% no PT.
    Não confio no PSB, PDT e muito menos PMDB.

    • Eu sempre votei no PT e continuarei a votar por que não vejo nada melhor, não vejo nenhum programa de governo melhor e jamais votarei na direita. O que está se questionando aqui é a covardia do partido frente às safadezas da oposição-mídia-base aliada. Base “aliada”, que na verdade, só ganha os benefícios do governo, mas se comporta como oposição. Podemos exigir do governo que apoiamos; comprometimento, honestidade, coragem. Eu votei num tal político para senador, que eu não o via com bons olhos, mas por ele ser da base aliada, e tirar da jogada o candidato do DEM, me decidi por ele, entretanto, se assim não o fosse, nem em sonho eu arriscaria votar naquele tal. Por isso posso exigir do PT que respeite a confiança que depositei no partido, cri que o tônica seria ditada pelo PT e não pelos políticos da tal base “aliada”. Esses caras estão se aproveitando de nós e o PT faz cara de paisagem. Por isso, votar no PT, sim, porém, militar, não.

  • Eu me desfiliei do PT em 2001 e me filiei ao PCdoB , mas continuei a votar nos candidatos Lula em 2002, 2006 e Dilma 2010. Sempre defendi o Ex presidente Lula e estou do lado do governo Progressista representado na pessoa da Presidenta Dilma !. Mas a covardia do PT em relação ao Caneta e ao Prevaricador Geral da União é de deixar a gente sem rumo!

  • O relatório inicial foi tornado público sim. Claro que não foi publicado integralmente na mídia, mas foi colocado na Internet e diversos trechos colocados em blogs.
    Como a grande mídia continua construindo a verdade que lhe interessa, o recuo no relatório está sendo cobrado exclusivamente do PT, sem se realçar que o PT, sozinho, não tem votos para aprovar o relatório.
    Assim é e sempre foi a política: um jogo de negociações entre os interesses envolvidos.
    Basta ver a quem mais interessaria o indiciamento do Policarpo e a inclusão do Gurgel, para ver quem não queria isso no relatório. Evidente, que ao PT interessava sim.

    Quanto a vazamentos, há outra questão de suma importância, que, novamente, como interessa à grande mídia, não vem merecendo a atenção que deveria: é o vazamento de informações policiais e judiciais, ainda em fase de investigação ou de inquérito. Inclusive de ações sob sigilo. Isso é ilegal e os responsáveis pelos vazamentos deveriam ser localizados e responsabilizados.
    O fato de a grande mídia dar a esses vazamentos os pesos e as interpretações que lhes interessa é mero detalhe.
    O que fica evidente, é que há muitos Policarpos na mídia e dentro das próprias instituições.

    • Concordo, o PT sozinho não tinha como aprovar o relatório sozinho, e tem gente da base aliada defendendo interesses “inconfessáveis”. Precisamos saber quem foram os do contra e ventilar o nome deles, porque a grande mídia jamais o fará.

  • Alguém tem a lista dos deputados e Senadores que são donos ou tem participação em Televisão, Rádio, Jornais ou revistas?

    A lista dos deputados da CPMI do cachoeira?

  • Valeu o esforço Eduardo, mas sinceramente não convence. CPI já tem fama de não valer nada. Só prosperou a que deu origem ao mensalão, e os resultados estão aí após sete anos.
    Nâo tem conversa. As palvras do deputado Teixeira, que é do PT, quem não o conhece, poderia ser confundida com qualquer integrante da base oposicionista.
    Eu cada vez mais me convenço que, a depender dessa base “aliada” do governo, qualquer outro instrumento que venha encurralar a direita, ficará só na vontade. Olha que eu estou sendo otimista quando digo, se tiverem vontade. Por que acho que nem isso eles tem.
    Gasta-se dinheiro, tempo, enche as nossas paciências, para no final ficar como se nada tivesse ocorrido. Por incrível que pareça, a té o Cachoeira está solto. E antes disso o ex-senador Demóstenes reassumiu o cargo no MP de Goiás!
    Foram envolvidos uma penca de gente que entrou mudo e saiu calado da CPMI. Produziu-se um processo de mais de 4 mil páginas para que? Eu teria vergonha na cara se concedesse uma entrevista dessa. A exemplo do que ocorreu com muitos depoentes, seria melhor que ele, Paulo Teixeira, entrasse calado e saísse mudo. pelo menos dessa forma ele não copiaria os gestos dos depoentes (entraram mudo e sairam calados).
    Para mim é uma vergonha que o PT tenha nos seus quadros atuais, deputados com essa envergadura de anão.
    Poderiam contra argumentar as minhas palavras. Mas a verdade é que quem é deputado e se dispôs (acho né) entrar na luta como parlamentares foram esses, como Paulo Teixeira e outros do PT que se aventuraram nessa empreitada. Para fazerem isso?
    Do que adianta ter-se em mãos, materiais do porte do livro Privataria Tucana, Operação Satiagraha em estado catatônico, Operação Vegas sob o bundão do Gurgel que a base aliada na CPMI arregou, Operação Monte Carlo, Lista de Furnas… Para que? Para nos fazer passar mais raiva, se elas vingarem como CPI?
    Meu senso crítico pode estar exagerado, mas o meu desânimo minha desilusão é incontrolável.
    Meus pêsames a todos aqueles dos quais eu poderia me orgulhar.

    • Francisco, é muita ingenuidade da sua parte, me desculpe.

      Essa CPi teve um único objetivo: criar uma cortina de fumaça para dividir a atenção com o julgamento do mensalão. Nunca se pretendeu investigar nada a fundo, pois a principal envolvida é a Delta, integrante do Pac, associada ao governo. Levar a coisa adiante seria suicídio…

      Bom, com o resultado do julgamento, condenação de Dirceu, Genoíno e etc… não tem porque levar a farsa adiante. Essa história de Policarpo Jr, Gurgel, etc… faz parte do show.

      Ponto. Acabou o teatro.

      • O seu governador alkimin disse que a Delta não tinha quase nenhum contrato com SP. Descobriu-se que tinha mais de 1 bilhão de reais. Só essa ninharia. Quem tava com medo era o Governo Federal?……Tucanóide!

      • “Essa história de Policarpo Jr, Gurgel, etc… faz parte do show”.
        Pois é. Com essa afirmação o que eu tenho a ver contigo.
        Absolutamente nada.
        Então continue a assistir o seu show.
        E claro. No JN, porque ele é imbatível.
        Bom divertimento.

          • Marcelo
            Não há mal que sempre dure, nem bem que nunca acabe.
            Quem ri por último ri melhor.
            Mas voltando ao assunto, que conclusão genial a sua não?
            Eu sou um eterno insatisfeito. Já voce aceita qualquer porcaria. Parece claro isso não?
            Defender a oposição sem idéias, parece fazer bem a indivíduos do seu tipo.
            Com certeza vc não é beneficiário do… (me deixa te agradar) Bolsa Esmola, Bolsa Vagabundo, não é beneficiário do Proune, não é negro com certeza, mas deve ser homofóbico… (fala sério, acertei né, mas é lógico que vc não vai confessar).
            Então, volto a dizer, voce não tem nada a ver comigo.
            Voce está debatendo com a pessoa errada. Se manca cara!

  • Edu

    Que me desculpe o Deputado. Sua entrevista foi xoxa, saiu pela tangente e não convenceu. Na verdade o PT amarelou. O Deputado tinha que partir para cima e, caso seu relatório não fosse aprovado, ficaria claro quem está protegendo esse pessoal, como já demonstrou o Miro Teixeira. Não tem desculpa. O PT estáficando desmoralizado. A Pre sidenta (na qual votei e acho que está conduzindo bem a economia), treme diante da mídia, não regulamenta seu uso ( ali adiante na Argentina, não tem recuo. O Supremo de lá confirmou que até 7/12 o conglomerado Clarin tem que desfaer seu império. Não tem choro. Se fosse aqui, hein?), apanha todos os dias da globo, do globo, estadão, folha e veja e nada acontece. Pelo contrário enche as buras de dinheiro desses veículos. Vai chegar um ponto que a Presidenta ficará desgastada. E aí?
    O que está parecendo é que alguem está com medo da mídia. Essa é a verdade.

  • O deputado Paulo Teixeira falou, falou … enrolou e não explicou, de fato, nada.

    Quando EU faço um relatório, o relatório é meu; relato o que acho que deve ser relat
    ado. Se outros gostam ou não, se concordam ou não, problema deles — e deverão justificar as discordâncias. Por isso não entendo essa história-pra-boi-dormir de que “eles não iam aprovar o relatório” ou “não iam nem ler” — aliás, essa.de não ler parece-me um absurdo total; ora, dê-se ao respeito!

    O relator deve relatar e ponto final; afinal, ele assume ou não o que está relatando? E o relatório fica, no mínimo, para a posteridade.

    CHMA, eng° eletricista.

  • Canário na muda não canta.
    Estou mudo e decepcionado com tudo isso que estamos vivenciando.
    Essa Sr. Paulo Teixeira, como todo vice é “ave de arribação”, se desloca
    para onde o vento vai. – Salvo o grande Zé Alencar -.
    Nas resposta do Sr. Teixeira, sente-se muita incerteza, muita insegurança.
    Creio seja melhor, no meu caso, não “cantar” mais. Ficar na muda, só lendo o
    que se posta no post.

  • Na verdade, o Relatório não é do relator, mas da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito!!!
    Quem tirou os nomes dos canetas, chumbetas e prevaricador do Relatório final não foi o relator, mas os membros da Comissão Parlamentar Mista e Inquérito que são comprometidos com o PIG e com o cachoeira e ainda com o judiciário vendido!!!
    Os parlamentares do PT não podiam apresentar um relatório que não seria aprovado, porque diriam que houve pizza, pois, inquérito sem relatório final não é sério!!!
    Esses que aqui dizem que o relator amarelou diriam a mesma coisa se o relatório não fosse aprovado!!!
    PT sempre!! Por enquanto não há outro partido em que se possa confiar!!
    Um abraço!!

    • Me desculpe João. Não é bem assim. Palhaçada por palhaçada que o PT tomasse posição intransigente. Que a comissão não aprovasse nada e o ônus ficariam com aqueles que pressionaram para tirar o bundão do Gurgel e o Policarpo.
      Agora, o relatório aprovado do jeito que foi, para que serve?
      E outra coisa. Qual a vantagem dos membros condutores da CPMI serem do PT? Que força eles tiveram?
      Foi a CPMI mais ridícula que já conheci. As provas estão aí. Cachoeira solto e Demóstenes também. E até ontem ocupava o seu cargo no MP de Goiás.
      Enquanto isso o PIG continua a malhar o Zé Dirceu e o Genoíno.
      Qualquer novo escândalo colocam o Zé Dirceu e o Lula.
      E assim eles vão minando nossa confiança, e que algo possa ser feito para contra atacá-los.
      Munição existem aos montes. Já disse no meu comentário anterior.

  • A indignação é explicável, mas o que logo, logo começa a aparecer são os oportunistas que extrapolam a crítica e a indignação quanto ao assunto tratado, e começam a pregar a demonização ou a generalização tentando colocar tudo no mesmo saco. Não estão no mesmo saco não, não concordo com muitas coisas sobre a condução do governo do PT, tais como a questão agrária, a questão dos venenos agrícolas/agronegócio, essa questão da mídia, etc., mas não quer dizer que os outros sejam melhores, porque não são nem parecidos. Continuo votando e acreditando que esse ainda é o melhor caminho.

  • Eduardo,mandei ontem,ao PT,questionamentos sobre a conduta “covarde”,tanto de parte da direção,quanto de alguns parlamentares do PT em relação ao linchamento diário que o Presidente LULA tem sido vítima da imprensa e ,não está sendo defendido com a mesma força com que é atacado.É lastimável.Quando estava no exercício da Presidência,nosso querido Presidente era bajulado ao limite;hoje,vários PTistas,mais parecidos com tucanos,até se escondem.Vergonhoso.Será que não entendem que,o Presidente LULA é MUITO MAIOR do que o PT?
    Eduardo,só para esclarecer.Tenho 38 anos,comecei minha militância PTista aos 14 em uma pequena cidade do interior de PE(Alagoinha),sempre ao lado do MAIOR Presidente que o BRASIL já teve.Por isso minha indignação para com alguns(claro que não estou generalizando).
    Abraço fraterno.

  • O PT Capitulou. Simples assim! E o PIG ri do PT, Cachoeira ri da CPMI, o Gurrgel ri do Collor, o Cavendish ri da CPMI, o Perilo pode estar dormindo melhor e nós cansamos de chorar! Simples assim.

  • Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão. Ah esse PT…

    E ainda tenta nos fazer crer que surgirá alguém que denunciará o Policarpo…. e blá blá blá.

    Se não conseguiu levar adiante a principal investigação, no melhor momento!

    Nem o Collor, que é quem está sendo mais incisivo nessa questão, está conseguindo.

    Em poucas palavras, para não alongar o assunto: o PT deixou a peteca cair e está desmoralizado.

  • Que decepção. Que covardia. Agora me respondam qual foi a vantagem para o partido dessa manobra pusilamine? Esse PT deve ter sedido a alguma chantagem, pois não há vantagem objetiva nenhuma nisso. Esse é o mal de se botar a mão na lama, derrepente se està inteiro dentro dela.

  • Sabe quando algum deputado(de qualquer partido, incluindo-se o covarde PT)vai, após o fim da CPI, pedir investigações sobre um “jornalista” amestrado do PIG? NUNCAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! E enquando isso, a Globo faz chantagem : ao mesmo tempo em que lança “hipóteses”, faz tentativas escancaradas para dar o golpe : Ontem, numa reporcagem sórdida(do tipo não tem nada a dizer, mas ao mesmo tempo disse), a Globo tentou envolver Lula com a tal Rose. A “MATÉRIA” ALÉM DE CANALHA, É UMA AFRONTA À LÓGICA, UMA VEZ QUE INSINUA UM SUPOSTO TRÁFICO DE INFLUÊNCIA DE ROSE JUNTO A LULA, MOSTRANDO “E-MAIL’S” DELA PARA UM DOS IRMÃOS VIEIRA, NOS QUAIS O SUJEITO PEDIA A ROSE PARA CONSEGUIR UM CARGO E ELA COMPROMETIA-SE A FALAR COM “PR”(SEGUNDO A GLOBO, LULA). NA PRÓPRIA MATÉRIA, AFIRMAVA-SE QUE AS NOMEAÇÕES DOS IRMÃOS VIEIRA OCORRERAM MAIS DE UM ANO APÓS A TROCA DE E-MAIL’S(PORTANTO SÓ UM DÉBIL MENTAL ACREDITARIA QUE HOUVE ALGUMA INFLUÊNCIA DE ROSE EM UM ATO OCORRIDO MAIS DE UM ANO APÓS ELA COMPROMETER-SE A “PEDIR” PELA NOMEAÇÃO DOS VIEIRA). ALÉM DISSO, TAMBÉM MOSTRA-SE QUE OS VIEIRA TINHAM GRANDES QUALIFICAÇÕES PARA OS CARGOS QUE OCUPARAM, PORTANTO A NOMEAÇÃO DELES É TECNICAMENTE JUSTIFICÁVEL, E ALÉM DISSO PEDIR PARA ALGUÉM SER NOMEADO EM UM CARGO PARA O QUAL POSSUI EXPERTISE TÉCNICA NÃO É ILEGAL, AO CONTRÁRIO, É NATURAL E FAZ PARTE DAS ATRIBUIÇÕES DE UMA ASSESSORA, QUE POSSUI A FUNÇÃO DE FORNECER INFORMAÇÕES PARA AQUELE QUE ASSESSORA TER ELEMENTOS DIVERSOS PARA ESCOLHER O MAIS ADEQUADO NA HORA DE DECIDIR. Em suma, a matéria é caso de polícia, mais no Brasil pode servir para a mídia criar o clima de histeria política necessária para o golpe futuro(a Veja da semana que vem deverá fazer a segunda reporcagem sobre o caso, de preferência assinada por Policarpo, o verme que o PT poupa por medo da mídia, com a anuência de Dilma e seu pavor diante das propostas para a democratização da opinião e da informação). É por não “entender”(na verdade ele entende perfeitamente, só tem muito medo da mídia)o perigo que enfrentamos, que o PT continua com suas concessões e elucubrações idiotas enquanto esssa gente planeja um golpe de estado, que deverá ocorrer ainda em 2013. É por isso que novamente reafirmo que as forças populares precisam ir às ruas; não para defender o PT, seus parlamentares frouxos ou vitórias politiqueiras em CPI’s), mas para DEFENDER O PROJETO DEMOCRÁTICO-POPULAR QUE VEM MUDANDO ESTE PAÍS E, POR ISSO MESMO, COMO ACONTECEU COM OS OUTROS PROJETOS SEMLHANTES NO PASSADO; ESTÁ AMEAÇADO PELA MINORIA EXPLORADORA QUE DESEJA MANTER O PAÍS PARA 0,5% DA POPULAÇÃO(E PARA OS EUA)QUE SEMPRE EXISTIU E RESULTOU NUMA DAS NAÇÕES MAIS DESIGUAIS DO PLANETA. Está na hora de irmos às ruas e podemos começar partindo desse ataque Global a Lula, mostrando à população que “A Globo quer dar um golpe e colocar Lula na cadeia”, só assim acuaremos a oligarquia que controlam a mídia e pretende decidir nosso futuro.

  • Novamente eu tentei comentar (educadamente) a mais recente desculpa amarela da Helena no blog “Os amigos do presidente Lula” e não conseguí. Fico, no entanto, satisfeito de ver que a repercução dessa nova desculpa esfarrapada continua causando respostas revoltadas dos leitores que não mais se deixam enganar por esse partidinho covarde que é o PT. Continuam caindo de pau. Agora estão levantando calúnias contra aqueles que criticam o PT tentando desqualificá-los. Não apenas chafurdam, mas mergulham gostosamente na merda. A minha intervenção tinha o objetivo de opinar sobre os riscos do PT perder para o PSDB o apoio do PMDB. É o grande medinho do PT, perder essa aliança que de fato não existe e só prejudica o partido. Dá vontade de vomitar! Se o PMDB se aliar ao PSDB nem assim a oposição ganha as eleições e seria extremamente salutar para o PT se livrar do PMDB.

    • Concordo com vc, José Ricardo. Acho que o PMDB, sob a batuta do maestro Temer, é que pressionou o relator a tirar o indiciamento do Policarpo e do PGR Gurgel. Há no PT um certo medo de perder essa coligação com o PMDB. Por isso vemos o PT tomar, algumas vezes, estranhas decisões que desagradam a maioria dos petistas. Mas aí é hora de se perguntar: de quanto será o prejuízo ao PT perder a aliança com o PMDB? Se perder, o PSDB vai abocanhar a oportunidade com unhas e dentes, sem sombra de dúvida. Mas de tudo isso, espero que em julho/2013, quando termina o mandato do PGR Gurgel, a presidenta Dilma tenha a sensata decisão de nomear outra pessoa para o cargo, se até lá o dito cujo não sair por outro motivo. Espero, ansiosamente, que aconteça um fato novo que provoque a queda desse Gurgel antes de julho de 2013, pois li outro dia que o dito cujo está engavetando um processo contra a Sra. Roseana Sarney há mais de 100 dias. Porque será?

      • Gente, não subestime o poder do PMDB!! Ele não ganha nas urnas talvez porque não tenha bons nomes ou o próprio partido já não seja mais visto com bons olhos pela população, mas que eles são bem infiltrados e bem influentes, disso não duvido. Eles governam por tabela, sempre se aliando ao partido que venceu a eleição. Na verdade, quem se alia ao PMDB deve ser o partido que é eleito, pois se não fizer assim, não vai ter como governar. Eu achava que o maior câncer do país fosse o PSDB, mas agora começo a achar que é o PMDB…

  • Belo texto do Miguel do Rosário. Segue abaixo:

    O relator da CPI do Cachoeira, Odair Cunha, decidiu retirar os nomes do procurador geral da República, Roberto Gurgel, e de Policarpo Júnior, jornalista da Veja, da lista de indiciados no relatório final da comissão. O recuo veio após uma semana de terríveis pressões midiáticas. Não seria nem surpresa, no maquiavélico e sinistro jogo de poder em Brasília, que a operação da Polícia Federal que invadiu o escritório da presidência da República em São Paulo, também tenha sido deflagrada como represália à ousadia de Cunha.

    Enfim, o jogo é pesado, e Cunha sofreu pressões da própria base aliada.

    Muitos comparam a situação no Brasil com a da Inglaterra, onde jornalistas foram denunciados sem que nenhuma crise política fosse deflagrada, nem se falou em atentado contra a “imprensa livre”. As circunstâncias, porém, são absolutamente diferentes. O jornal implicado no escândalo de Rupert Murdoch, News of the World, era um tablóide sensacionalista sem nenhum peso político no país. O que Odair Cunha fez, ao citar Policarpo Júnior, foi mexer no centro do maior poder midiático da América do Sul, o cartel formado por Veja, Globo, Folha e Estadão.

    Esse cartel age sempre unido, e com seu poder inaudito para destruir reputações, humilhar, chantagear, não encontra obstáculos. O grau de concentração também não encontra paralelo em nenhum outro país ocidental. Se o símbolo de Leviatã, popularizado pelo inglês Hobbes, já fez algum sentido, não existe nada melhor do que esse cartel midiático para representá-lo.

    A cada eleição, todavia, ele tem se enfraquecido, porque seus marionetes, seus lobistas, tem perdido espaço na república. Eis a razão do ódio cada vez mais extremado que notamos em seus gestos.

    Não esqueçamos que um bicho acuado é capaz de manifestações incríveis de força. Essas reações, contudo, não significam que o bicho ficou mais forte. É nesse momento de desespero e declínio que ele dá suas mais surpreendentes demonstrações de vigor.

    Assim ocorre com a nossa mídia. O recuo de Odair dá a impressão de derrota, mas não acho que seja assim. Ao contrário, acho que houve um aumento explosivo da consciência acerca do poder da mídia. Não tínhamos essa consciência antes. No ambiente pós-democrático, a mídia passou a se auto-promover como paladina dos valores democráticos e inimiga da ditadura. Até hoje é assim, com suas matérias sobre a comissão da verdade, e reportagens sobre a morte de Marighella. Não percebemos que, no bojo daquela mídia liberal, vinham ocultas as mesmas forças que fizeram e sustentaram a ditadura. Quando caimos em si, era tarde. O Globo já havia conquistado as mentes e corações do Brasil pós-golpe. Mais que isso, a mídia engoliu o mercado de trabalho intelectual, o que é sua maior fonte de poder. Pobres daqueles que não trabalham na grande imprensa.

    Daí que hoje temos consciência do poder concentrado e nefasto da grande mídia. Não que ela represente o mal em si. Longe disso. A mídia, como todo poder totalitário, sabe que é preciso agradar os súditos de vez em quando. Ser magnânima. Daí ela distribui, sempre com muita astúcia, sempre de maneira ponderada, sopros e mordidas. Mas sabe exatamente quando aplicar um golpe.

    Hoje temos consciência do que é um golpe midiático. É pegar um fato verdadeiro, uma denúncia real, e aumentá-la, engatá-la em outras, misturar elementos, produzir um ambiente de crise, perigo e urgência. Manipular as consciências sempre foi o maior talento dos poderosos, sobretudo desde a invenção dos meios de comunicação de massa.

    Com o advento da internet, acreditamos que haveria uma revolução, porque enfim chegara o momento em que todos teriam acesso às mesmas informações, e poderiam levantar a voz. Ocorre que o mesmo poder que tocou às massas, também tocou à mídia. Ela também se beneficiou da internet. Criou portais, contratou milhares de pessoas para geri-los, pagou centenas de blogueiros para escreverem colunas. E agora é novamente a grande mídia que sai à frente na geração dos aplicativos para smartphones, tablets, etc. Ou seja, a mídia velha, como a chamamos, ainda é bem enxuta e enérgica!

    Entretanto, o poder político é fundamental, e não é por outra razão que é nesse campo onde vemos a mídia perder as estribeiras e exibir todas as suas asquerosas garras, tentáculos e presas de monstro enlouquecido. O vampiro, diante de sangue fresco, não consegue disfarçar sua verdadeira natureza. Seus olhos injetam-se e arregalam-se, seus dentes crescem e ele salta, quase inconsciente de si mesmo, sobre a vítima.

    Uma lei para regular esse ambiente selvagem no qual a nossa mídia faz o que lhe dá na telha só será possível quando o maior número de pessoas tiver plena consciência de que se trata de uma lei necessária e justa. Infelizmente, o momento não é chegado, e isso se reflete no parlamento. A maioria dos parlamentares vê a questão da mídia como uma briga pessoal entre um determinado setor da mídia e o PT. Mas não é isso. O principal adversário da mídia, ou melhor, desse cartel midiático, não é o PT, e sim a própria liberdade do povo, por mais estapafúrdio que isso possa parecer. O cartel midiático tem tanta força porque passou a representar um anteparo à torrente cada vez maior, cada vez mais forte, dos anseios populares. Por isso temos setores que se agarram com tanta gana à mídia. Às grandes agências de publicidade não lhes interessa mudar nada. Elas estão consolidadas, ganham milhões com bônus de volume, e evidentemente é mais fácil lidar com três ou quatro grandes jornais do que com trezentos.

    A própria concentração urbana no Brasil, algo doentia, favorece a situação. Nos EUA, temos grandes e poderosas cidades espalhadas por todo o território. Aqui temos São Paulo, que nos infográficos populacionais aparece como uma bolha gigante, sorvendo a vontade de todo país para si mesma.

    A decisão do deputado Odair Cunha, de remover os nomes de Gurgel e Policarpo, não foi uma derrota. Foi um recuo. Ah, mais um!, dirão todos, irritados (com razão). Sim, mais um recuo. Mas seria injusto afirmar que não há também ataques! O próprio relatório, por exemplo, foi um corajoso ataque. Só que não temos a mídia. Esse é o problema. Na Inglaterra, há muito mais pluralidade. Quando as autoridades convocaram jornalistas e o magnata Rupert Murdoch para depor, não se viu um contra-ataque massivo, coordenado, homogêneo, de todos os grandes meios de comunicação, contra a decisão. Não. Primeiro porque o jornal em questão, como já disse, era um tablóide sem projeção política. Segundo porque temos vários jornais e revistas de esquerda na Inglaterra. Terceiro porque mesmo a mídia inglesa conservadora não tem essas características leviânicas que vemos por aqui: não é agrupada num “cartel político”, não detem a concentração absurda de mercado que vemos por aqui, e não tem um histórico de apoiar golpes.

    Estamos lutando contra um Leviatã poderoso. Os parlamentares, mesmo recuando, são nossos aliados, não o contrário. Temos que pensar em estratégias para ajudá-los a se protegerem contra as chantagens sistemáticas de que são vítimas, e não fazer o jogo da mídia para enfraquecê-los ainda mais.

    Tenho martelado, constantemente, uma solução óbvia. Temos que investir na formação de consciência crítica. Temos que profissionalizar e aprimorar a crítica da mídia. Criarmos cadeiras especializadas sobre o tema nas faculdades, nas escolas, nos campos e construções. Prefeitos, deputados, secretários, ministros, governadores, presidentes, todos devem investir na construção de espaços próprios de crítica midiática. Não adianta esperar cair uma nova lei do céu. É preciso agir agora, nesse exato momento, fazendo o que for possível. A muralha da China não foi erguida num dia.

    Mais que tudo, não podemos perder a esperança, ou promover o desencanto e o negativismo. Se o povo esperasse a iniciativa de seus representantes políticos, jamais haveria revolução em parte alguma do mundo. Temos que nos organizar, aperfeiçoar nossos blogs, nossos discursos, afiar nossas espadas e calibrar melhor nossos fuzis retóricos.

    O objetivo, por fim, não é destruir a mídia, que é uma entidade abstrata, conceitual, indestrutível. O inimigo é o cartel midiático formado por setores reacionários e golpistas da mídia. Este sim deve ser aniquilado, mas para isso acontecer, temos que enfraquecer suas fontes de financiamento. A própria mídia sabe disso e tenta fazer isso com a blogosfera, ao tentar sufocar a irrisória publicidade institucional que dois ou três blogs mais famosos dispõem.

    A luta dos liluputianos da democracia contra o gigante totalitário da mídia não terminou. O recuo de Odair Cunha é uma dispersão momentânea, um gesto espontâneo de autodefesa. Mas não representa o fim da batalha. Haverão muitas outras frentes, e estou confiante de que venceremos no final, porque a justiça e a democracia estão do nosso lado. Não queremos dinheiro, nem poder, nem status, apenas uma distribuição mais plural e equilibrada do poder da mídia.

    Daqui a dois anos, enfrentaremos mais uma batalha titânica contra os desmandos de nossos murdochs tupis e venceremos mais uma vez. Chegará um tempo em que fingindo recuar, atrairemos a mídia para uma armadilha da qual ela não conseguirá sair. Aí sim, poderemos comemorar o fim de um pesadelo que iniciou em 1964. Nossa democracia estará consolidada.

      • Edu: o caso é simples. O Paulo Teixeira diz que só retiraram o Policarpo e o Prevaricador Geral do Relatório, para poder aprová-lo. Mas que depois, qualquer deputado ou senador pode representar ao MPF e à PF pedindo investigação. Aí eu, que não tenho mandato pergunto: E PORQUE ESSE DEPUTADO OU O PROPRIO ODAIR, NÃO PEDEM AGORA MESMO ESSE INDICIAMENTO, EM NOME PESSOAL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

        Simples assim! aprova-se o relatorio sem Policarpo e sem Gurgel, e o ODAIR e todos os deputados que quiserem assinar na CPI e fora dela, entregam uma outra comunicação ao MPF e à PF!!!! E denunciam à nação os noomes do deputados que se recusaram a assinar o relatório com os dois !!! Porque não fazem isso? Porque ninguém propõe isso? MEDO, esses deputados do PT se BORRAM , se SUJAM de MEDO DA MIDIA!!! É a MIidia e não seus eleitores que eles respeitam!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Em tempo, é impressionante o verdadeiro ódio que uma parte da nossa elite e o PIG têm ao ex-presidente Lula. Que coisa impressionante.

    Fico me perguntando: por que tanto ódio?

    • LUIZA:
      Eu acho que sei por que do oidio ao LULA…
      O pessoal do lado de la passam 10 anos tentando fazer do kareca muiti colorido seu presidente, e o
      LULA , arruma indicando preles um Kareca heroi de uma só cor, cotista, do STF, menino que mudou é
      carregou o BRAZIL na coluna…
      Se imaginou o Homem do ano tiver, sucesso, e os petistas, cornetarem por dez anos na orelha dos tucanos. Ta vendo pessoal foi o LULA que indicou o paremte do RUI barbosa deixou a cama arrumada…
      Aja testiculos ate eu ficaria com odio deu…

  • Estou tão revoltado com a atitude do PT, representado pelo relator Odair, que não aceito esta estorinha de eliminar do relatório final os nomes de “poli” e do prevaricador. Era para o PT ou fechar assim, ou então não fechar.

    Neste momento de guerra o PT deveria mudar a forma de agir. O PT tem que dar um jeito de politizar a população, tem que se aliar a uma rede de TV, a Record seria a mais próxima para isto. Sei que lutamos contra a parcialidade das concessões, mas tá demais e bastante desproporcional a força do PIG. Não dá para combater com estilingues os inimigos que usam fuzis. Uma Record, que já tem uma grande audiência, se ficasse mostrando o tempo todo a farsa que é o parlamento, que não quer aprovar um relatório que envolva “poli” e o prevaricador, então o rumo poderia ser outro.

    Para isto tem que baixar a verba do PIG e aumentar a dos amigos, até porque não seria ilegal, o PIG recebe muito mais.

    Acho também que o PT tem que colocar amigos no MP e no STF.

    Tem que parar de ser bonzinho e ficar na fita como o corrupto, e o PIG/PSDB/DEM/PPS ficarem dando gargalhadas. “Quem se abaixa muito acaba mostrando a bunda” (A expressão é feia, mas conota muito bem a realidade).

    Tem que instaurar a lei dos meios de comunicação com urgência.

    Tudo o que falei em conjunto. Chega de muita cautela.

    O ataque é a melhor defesa.

    Perda de popularidade não ocorrerá, pois os parlamentares de votarem nos projetos bons para o povo serão bem vistos, com uma mídia a favor ajudando, como a Record, teríamos mais força. Com parlamentares atuando para ir de contra corruptos do outro lado, que fiquem somente os que não têm rabos presos.

    Cansei do PT frouxo, cheguei ao limite com ele. O golpe está em curso e iremos retroceder logo-logo.

  • A Folha parece ter mudado a versão sobre a Operação Porto Seguro. Diz hoje que: “Indiciado pela PF na operação, José Weber Holanda, afastado do cargo de advogado-geral-adjunto da União, teria ajudado o ex-senador Gilberto Miranda na aprovação do projeto de complexo portuário de R$ 2 bilhões na ilha, que é área de proteção permanente”. Se Weber ajudou Gilberto Miranda, que já começou, por sinal, algumas obras do porto em território santista, administrado por João Papa, do PMDB, e Geraldo Alckmin, do PSDB, o que Lula tem com isso? Como o PIG conseguiu dar essa guinada e blindar o governador? Paulo Vieira, homônimo do famoso Paulo Preto, outro Vieira na vida do governador, também deu uma tremenda mãozinha nesse empreendimento. O PIG, porém, resolveu limitar-se à investigação da suposta ingerência de Rosemary na indicação desse novo Paulo, embora saibamos que ele foi rejeitado pelo Senado, que só o aprovou em nova seção a pedido do senador Magno Alves. As obras do porto não serão investigadas, nem a possível ingerência de Alckmin em todo esse imbróglio. A blindagem, no caso, é ampla, geral e irrestrita. Já disse o Paulo Vieira (Paulo Preto) sobre a CPI do Cachoeira: “Se a CPI abrir as contas do eixo Rio-São Paulo cai o Brasil” (vide link abaixo). Epa! Então é melhor deixar o Brasil de pé. http://www.youtube.com/watch?v=5-QHPq1jKzY A Folha diz ainda: “Um dos maiores negócios flagrados na Operação Porto Seguro, o complexo portuário da ilha de Bagres, em Santos (SP), dá sinais que começa a sair do papel. A Folha percorreu a região ontem e encontrou operários em pontos de acesso à ilha ou em pequenas balsas”. Olha lá: vamos preservar os bagres. Será que o bagre do Lula (Belo Monte) vale mais que o bagre do Alckmin? Eis o paraíso de Miranda: http://www1.folha.uol.com.br/poder/1193563-negocio-de-ex-senador-em-ilha-comeca-a-sair-do-papel.shtml

  • Quanta maxesa (machesa) desse teixeira hein! Um digno representante do PT (Partido dos Traidores) Vá se catar, perderam a oportunidade, agora vão ver o que dá pra fazer??? Oras….Apósto como domingo vai ter um desses covardes dando entrevista ao Kenedy Alencar, aquele que disse que o Policarpo não cometeu crime nenhum.

  • Aos amigos, simpatizantes ou filiados do PT, que agora se sentem desmotivados e desiludidos: a situação está realmente difícil e muito grave. Precisamos manter a cabeça no lugar e continuar acreditando numa solução melhor para todos. E é sempre bom lembrar: A união faz a força!

  • estou cada vez mais preocupada com estes acontecimentos. lá, bem lá no fundo, apesar de uma tática diferente, pode haver a mão dos americanos, a fim de causar distúrbios no país. olhem o pré sal e o aqueduto guarani, além das terras indígenas com riquezas minerais. principalmente porque é um país contiinental e não há como invadir.
    abraços Eduaro para ti e família e um beijo especial para a guerreira Vitória.

  • TEIXEIRA: A VERDADE É QUE VCS “MIJARAM” NA ARVINHA
    Deixaram a militância envergonhada
    Se vcs achavam que não tinham “culhão” pra indiciar o diretor de jornalismo da VEJA e o engavetador Gurgel, ficassem na de vcs. Isso deveria ter sido discutido internamente. Essa entrevista que vc está concedendo aqui pro Cidadania poderia ser exatamente para isso: avisar a militância e os simpatizantes que vcs preferiram aguardar mais um pouco.
    O que o ODAIR fez?

    Ficou com um hen nhen nhen desgraçado nos nossos ouvidos nas últimas 3 semanas fazendo acreditar que o PT ia pra cima. Que tinha respaldo de um monte de parlamentares petistas, até então em cima do muro. É o que eu pensei e tenho certeza que um monte de gente pensou. Ou seja: agora vai.Doa a quem doer. O PT vai enfrentar o cartel. Vai fazer jus ao voto.

    VOCÊS ENRIÇARAM A MILITÂNCIA… e deram pra trás. Se acovardaram diante do CARTEL MIDIÁTICO que vcs sabiam e sabem que é forte. Não estou dizendo que é fácil. Todos sabem como a MÁFIA MIDIÁTICA age no Brasil. Mas não é possível que vcs não tinham informações de bastidores se era viável ou não!

    O RECUO COVARDE Pegou mal pro Governo, pro PT como partido, para vcs parlamentares que ficaram com uma imagem de FRACOTES (é só passear pela blogosfera e confirmar) e para toda a militância que está BROCHADA…

    É isso, Teixeira: a militância está acabrunhada, brochada e puta da vida com vcs. Eleitos por nós para serem DIFERENTES de um “álvaro ou agripino” da vida.

    Hoje, até que vcs provem ao contrário, são iguais qq demo ou tucano da vida. Um parlamentar do PT tem que ter diferencial.

    Aliás, aproveito este espaço para perguntar: ONDE ESTÁ VC SENADOR SUPLA? Nunca mais te vi ou ouvi. Pelo menos, apareça para cantar, neste momento triste, blowin’ in the wind …

  • Caro Eduardo,
    Seus textos são aulas de democracia, ética e solidariedade, além da coragem de ser transparente com transparência, sem qualquer névoa embassadora.
    É um paradígma para quem se pretende ser político de uma república pretensa democrática.
    O político e o partido, teóricamente representantes do povo que os escolhe, tem o dever democrático da coragem para condignamente defender o seu eleitor, o povo em geral e sua pátria. É para isso que são eleitos. A covardia não tem espaço na política nem no governo. O covarde se torna conivente da corrupção e dos corruptos quanto não tem a coragem para os denunciar. Pior , que apesar de tudo, ainda contam com enorme apoio popular – a traição é maior. A frustação e a indignação causam desilução naqueles que depositaram seu voto de confiança e esperança. É esse o sentimento em mais de 80% da população brasileira. A distância entre amor e ódio é ínfima quando a revolta é grande. Que será de 2014?Que será de nós, o povo?
    Como dizia Fernando Collor, o político tem que ter aquilo roxo, e, parece que hoje o Senador é o único que ainda o mantem collorido. De fato, a política é para cabra macho. Quem não é capaz não se estabelece.
    Não sou petista; o meu partido é o PC do B, e como meu partido sempre apoiei o PT. Era a nossa esperaça. Não me arrependo do meu voto dado, mas, ultimamente, preciso rever minha posição e melhorar minha seleção, apesar de considerar “ruim com, pior sem” – infelizmente.
    Quanto ao Dep. Odair Cunha, não honrou o feijão que comeu e tão pouco a calça que veste. Se borrou todo. Se houve pressão, deveria fazer o relatório que deveria ter sido feito e deixasse para os que fossem contrário ter a coragem de em público, ao vivo e a cores revelassem os seus motivos. Assim todo o povo saberia quem era contra, independente de partido. Foi uma vergonha nacional. A maior frustação desde a lei Dante de Oliveira.
    Quanto ao FHC, seria melhor manter a boca fechada para ao menos preservar a imagem de sociólogo, pois sua história como Presidente saiu mais suja que puleiro de pombos. Não tem moral para criticar se quer os vermes que chafurdam nos escrementos tucanos.
    Deputado Paulo Teixeira, troca de muleta, por que essa já quebrou.
    Eduardo, muito obrigado por este espaço livre e democrático.
    Darvin Silva.

    • Putz!!! Quem topa inundar a caixa de entrada do Ministro Joaquim Barbosa com mensagens de AGRAVO a ele?!?!?!?!?!??!?!?!?!?!?! Estou seriamente considerando a ideia… Estou até bolando um texto…

  • É… li todos os comentários e acho que a maioria tem razão ao menos em parte de suas afirmações sobre essa entrevista. É porque a explicação é frágil demais e por mais boa vontade que se tenha não dá para concordar com o que foi feito e o que foi dito. Tudo bem que o relatório final não passaria como estava, mas era preciso incomodar mais antes do desfecho.

    Acho que uma pergunta deveria ter sido feita ao deputado. Perguntar se ele ou se algum membro da CPI teria manifestado interesse em requer investigação sobre o procurador e o jornalista da Veja. Quem sabe, o próprio Paulo Teixeira.

    Uma coisa que me incomoda bastante: em política mesmo quando não se vai conseguir alguma coisa de interesse, seja do legislador, partido, governo ou grupo se expõe o que será feito de forma massiva para se provocar um debate — e mais adiante, um desgaste no grupo opositor. O relatório primeiro o papel de mostrar o que seria feito e claro, sofreu duras críticas da grande imprensa — com quem não contamos mesmo.

    O relator foi então para a elaboração de um segundo relatório. Mais ou menos na boa. Quase que de forma tranquila. Pouco depois divulgou a retirada dos nomes de forma cordial, quase como se tivesse errado no anterior. Faltou o pedido de desculpas para completar o quadro.

    Esse tempo deveria ter sido usado para vazar informações de interesse. Os nomes seriam retirados, mas era preciso valorizar mais a ação, era preciso haver uma resistência, criar embaraços, provocar novas discussões, era preciso fazer Veja e Gurgel sangrarem, como se diz em política. Eu não vi qualquer movimento nesse sentido.

    Bem, a explicação do deputado não me convenceu também.

  • Peço que o envio anterior seja substituído por este

    É… li todos os comentários e acho que a maioria tem razão ao menos em parte de suas afirmações sobre essa entrevista. É porque a explicação é frágil demais e por mais boa vontade que se tenha não dá para concordar com o que foi feito e o que foi dito. Tudo bem que o relatório final não passaria como estava, mas era preciso incomodar mais antes do desfecho.

    Acho que uma pergunta deveria ter sido feita ao deputado. Perguntar se ele ou se algum membro da CPI teria manifestado interesse em requer investigação sobre o procurador e o jornalista da Veja. Quem sabe, o próprio Paulo Teixeira.

    Uma coisa que me incomoda bastante: em política mesmo quando não se vai conseguir alguma coisa de interesse, seja do legislador, partido, governo ou grupo se expõe o que será feito de forma massiva para se provocar um debate — e mais adiante, um desgaste no grupo opositor. O relatório primeiro teve o papel de mostrar o que seria feito e, claro, sofreu duras críticas da grande imprensa — com quem não contamos mesmo.

    O relator foi então para a elaboração de um segundo documento. E se recolheu mais ou menos na boa. Quase que de forma tranquila. Pouco depois veio a divulgação do novo relatório com a retirada dos nomes de forma cordial, quase como se tivesse havido erro no documento anterior. Só faltou o pedido de desculpas para completar o quadro.

    Esse tempo deveria ter sido usado para vazar informações de interesse. Os nomes seriam retirados, mas era preciso valorizar mais a ação, era preciso haver uma resistência, criar embaraços, provocar novas discussões, era preciso fazer Veja e Gurgel sangrarem, como se diz em política. Eu não vi qualquer movimento nesse sentido.

    Bem, a explicação do deputado não me convenceu também.

  • O PT já tem know-how em melar CPI (e a cueca também, de medo…). Pra salvar o relator da CPI do Banestado José Mentor (PT) o próprio PT enterrou a CPI que incriminava 99% de tucanos. São uns jênios! (PHA)

  • Edu

    Sou leitora assídua desse blog. Nem sempre comento, mas fico refletindo.. Coisas da idade!! E fico me perguntando coisas:
    – qual o sentido do poder num estado democrático de direito?
    – estar no poder significa ter que tipo de poder?

    Algumas vezes penso que, em nossa urgência histórica, desejamos que apareça um dom Sebastião com “aquilo roxo” , capaz de realizar tudo o que acreditamos ser necessário para mudar nosso país.
    E nos indignamos, nos revoltamos, dizemos impropérios, criticamos, ficamos desalentados, nos sentimos traídos quando nos defrontamos com os caminhos tortuosos de construção de uma democracia representativa.
    Viver a história, com seus avanços e retrocessos, é bem mais difícil do que estudá-la a posteriori. E dói!!
    Sinto que preciso superar o desalento e dirigir minha indignação para aqueles que a produzem. E, honestamente, me recuso a engrossar o coro dos que , por motivos vários e conflitantes, culpam o PT por tudo de ruim que ocorre no país.
    Para evitar a companhia daqueles que diuturnamente colocam o PT no centro do Coliseu para ser destruído, fico aqui lutando para fugir tanto da ingenuidade de acreditar num partido ideal quanto da certeza de que estar no poder é tudo poder.
    Uma difícil equação para quem certamente não lerá nos livros o final desse episódio histórico.

  • Tenho 70 anos, sou petista e sei da luta que foi para chegar onde chegamos, sofremos todos os tipos de preconceitos, fomos chamados de idiotas, lunáticos e com o maior orgulho assiti a vitória de Lula, primeiro Presidente do povo, e Dilma a primeira mulher Presidente do país. Hoje com triteza sinto vergonha dos Senadores e Deputados Federais do PT um bando de bundão que morre de medo do PIG está imprensa corrupta, frouxos sem corragem com raras exceções.

  • “Paulo Teixeira – Não, não creio que tenha havido interferência do Planalto.”

    QUER DIZER: o cara é Vice-Presidente da CPI e diz “não creio”, ou não sabe. Aí tem coisa…..!!!!

    – De outra banda, que democracia é essa que determinado(s) setore(s) de nossa República tem poderes ilimitados? Que podem tudo. Passam por cima da Constituição, destroem reputações, pintam o sete, desenham o oito e são intocáveis? Que democracia é essa em Dilma Roussef? Inteligência e bom senso são coisas totalmente diferentes, viu Dilma?

  • Não adianta o Paulo Teixeira vir com esta conversa para adormecer bovinos. O relatório da CPMI do Cachoeira tem a capa e todas as suas páginas da mesma cor das cinco estrelinhas de avaliação dos comentários feitos lá no blog do Nassif e, assim, ficará conhecido para a posteridade: RELATÓRIO AMARELO.
    A atitude do PT foi vergonhosa! Até o Borris CCCasoy pode dizer isto com propriedade e, infelizmente, demos que lhe dar razão. O PT perdeu a minha fidelidade e o meu respeito.

  • É a correlação de forças estúpidos… Temos que juntar muito mais votos nas câmaras, assembléias legislativas, congresso, etc. Votos avançados, progressistas. Ou então fazer a revolução, que não dá ainda… Fazer uma verdadeira reforma política, etc, etc, etc. Não dá para sacrificar e jogar na lama os poucos deputados e senadores que temos. O resto é só esperneio. Todo mundo tem direito de esperniar. Mas tbem botar a cabeça no lugar e não perder a perspectiva. As vitórias que conseguimos são muito grandes. Porisso a elite tá tonta. Quem viver verá…..

  • Não consigo entender esse mutismo público do PT, difícil imaginar que seja estratégico, difícil acreditar que o partido e sua bancada não consigam alguma via de diálogo com a sociedade. Por mais que seja necessário constituir alianças, tudo tem um limite. Como avisam muitos e há muito tempo, há risco de se perder o respeito e a credibilidade. Prá que serve o Parlamento, afinal? E além do Parlamento, nenhuma outra arena de luta? Nenhuma outra plataforma de voz? Esse povo todo não circula pela blogosfera? Nenhuma iminência consegue criar um fato político e pautar a grande mídia? Nem mesmo um comentário ou um mínimo ‘highlight’ sobre o Relatório? Essa entrevista é tudo o que têm a dizer? Arrrrrre,,,

  • Meu caro Eduardo, para mim esses Parlamentares do PT pipocaram feio, quero ver se esses mesmos Parlamentares, cujo Presidente da Câmara é do PT, tenham um pingo de coragem colocando a CPI da Privataria Tucana para andar.
    Um grande abraço.

  • Será que esse Paulo Teixeira não ficou nem vermelho de dar uma desculpas esfarrapadas destas. Quem tem uns parlamentares desse naipe não precisa de oposição do Alvaro(Cantão do Pinhais)Dias, do Agripe(sui)no Maia, do Aluisio $300.000,00 Nunes, etc.etc.esses PETISTAS estão todos no mesmo balaio.quem diria.

  • Tem muito tucano no PT, tem muito traíra no PT, tem muito oportunista no PT….enfim o PT tá mais para direita do que para esquerda. Traiu o VOTO do povo brasileiro, se vendeu para ser escravo na Casa Grande!!! Se fosse um partido de verdade teriamos: LISTA DA FURNAS, PRIVATARIA TUCANA já em andamento no Congresso Nacional???

  • Nesta entrevista nada foi revelado que justificasse a posição do PT. Essa foi a maior explicitação de covardia do PT. Sempre votei no PT e me sinto traído. O PT é conivente com bandidos. Por quê? Não sei, mas o fato é que o PT não é digno de confiança, pois é igual aos demais. É triste, mas, pragmatismo tem limite, aliás, não se trata nem disso, mas de canalhice, mesmo.

  • Eu já não acho mais que eles tenham “amarelado”. Isso é o que a mídia golpista quer que a gente pense. Na verdade, acho que foi o que o deputado Paulo Teixeira disse: se não retirassem, o relatório sequer seria lido. Não assinariam. Botaram a faca no pescoço do Odair Cunha, pelo que percebi. O que precisamos saber é quem são os traíras que não querem Gurgel nem Policarpo investigados. Miro Teixeira, com certeza, é um deles. Mas e o resto dos “bois”, quem são? Esses são poupados e quem fica no papel de vilão, pra variar, é o PT. De toda forma, a mídia arranja um jeito da culpa recair sobre o partido… é uma canalhice sem fim…

  • Eu já não acho mais que eles tenham “amarelado”. Isso é o que a mídia golpista quer que a gente pense. Na verdade, acho que foi o que o deputado Paulo Teixeira disse: se não retirassem, o relatório sequer seria lido. Não assinariam. Botaram a faca no pescoço do Odair Cunha, pelo que percebi. O que precisamos saber é quem são os traíras que não querem Gurgel nem Policarpo investigados. Miro Teixeira, com certeza, é um deles. Mas e o resto dos “bois”, quem são? Esses são poupados e quem fica no papel de vilão, pra variar, é o PT. De toda forma, a mídia arranja um jeito da culpa recair sobre o partido… é uma canalhice sem fim…

  • Entrevista providencial. Estamos na mesma, sem partido, porque diante da canalhice toda que acompanhamos, o partido não enfrentar a própria base aliada, com ou sem a interferência do Planalto, sinaliza que é tudo uma geleia geral, como no caso do “mensalão” ou caixa 2, nem sei mais.

  • Concordo com o Ricardo Silveira, essa entrevista não nos diz nada. Falta mesmo é coragem desses nossos representantes. Enquanto a oposição nos faz sangrar a tal governabilidade é usada pra nos fazer engolir sapos. Está passando da hora do PT e o governo falar grosso sim!

  • A frouxiidao do pt signific a que nao devemos votar na legenda e her muito criterio NA bescolha do candidato, o voto NA legend a elege muito vabundo.

  • Vamos ver se a bancada do PT toma uma decisão corajosa e enfrenta essa. Não vão bater mais do que já estão fazendo, e o povo já deu mostras que não acredita mais na velha mídia.

  • Não adianta espernear e nem tapar o sol com a peneira…O PT atual perdeu a linha, demoliu seu passado honrado. Com o vírus da corrupção, agora a corroê-lo como se dá, desde sempre com absoluta naturalidade. Uma intervenção profunda e enérgica é necessária PT adentro. É preciso recuperar a fé e os ideais perdidos.O PT foi envolvido antes por oportunistas audaciosos, depois por incompetentes covardes. Neste exato instante a exibição de velhacaria proporcionada pelo relator da CPI do Cachoeira, o deputado petista Odair Cunha, é algo magistral no seu gênero. Leiam como se deu que ele entregasse a alma ao demônio da pusilanimidade. Ou ele não acredita mesmo no que faz, ou deveria fazer? E assim, abrir espaço para o espectro negativo do PSDB contra o PT. Inadimissível! Chegou a hora de aplicar a Lei de Talião: “olho por olho, dente por dente!”, pois toda ação gera uma reação. Chegou a hora de reagir contra as baixarias do PSDB, principalmente de Minas Gerais, Paraná e São Paulo. Sua população não pode aceitar suas velhacarias em benefício do capital e com o nosso dinheiro!

Deixe uma resposta