Até onde o PT pode ir ao denunciar parcialidade da mídia?

Análise

 

A campanha eleitoral à Presidência em 2014 vem exibindo marcantes diferenças de todas as campanhas que ocorreram no país desde 1994, quando PT e PSDB passaram a se enfrentar diretamente naquela e em todas as eleições subsequentes.

Algumas dessas diferenças são mais visíveis e óbvias. Pela primeira vez após 5 eleições polarizadas entre tucanos e petistas, a disputa em segundo turno, se houver, pode não ocorrer entre PT e PSDB, só que em prejuízo deste último e em benefício do PSB.

Ao longo dos últimos dias, espalharam-se boatos de que Marina Silva abriu larga vantagem sobre Aécio Neves. Esses boatos afirmam que tracking encomendado pelo PSDB revelaria a virtual desidratação da candidatura tucana.

Tracking, para quem não sabe, tem como objetivo medir diariamente informações assimiladas pelo eleitor. Assim, a divulgação das sondagens diárias (em geral, por telefone) possibilita aos leitores identificar com antecedência a tendência evolutiva das pesquisas.

Oriunda do inglês, a palavra tracking significa rastreamento, trilha ou caminho.

Pois bem: o tracking dos partidos estaria mostrando que Marina, agora, teria até 10 pontos de vantagem sobre Aécio. Mas não é só isso. Essas sondagens mostrariam que ela também já teria ultrapassado Dilma no segundo turno, em consonância com recente pesquisa Datafolha.

O PSDB e o PT parecem não saber como lidar com a influência eleitoral macabra que a morte de Eduardo Campos está exercendo sobre o eleitorado. Quem vai bater primeiro em Marina?

Os dois partidos que dividem entre si as disputas pela Presidência desde 1994 temem atacar Marina, mas sabem que, se não se contrapuserem logo a ela, os efeitos advindos da comoção pela morte de Campos podem cristalizar sua vantagem eleitoral.

Apesar de Marina representar risco real de derrota para Dilma no segundo turno – risco que o fraquíssimo Aécio não representaria devido ao seu gigantesco telhado de vidro e à sua imagem de playboy irresponsável –, o PSDB, ainda que nesse eventual segundo turno se alie à candidata do PSB, sofreria um baque que talvez lhe pudesse ser fatal.

A representação dos partidos no Congresso será definida no primeiro turno e se Aécio ficar em terceiro lugar a bancada tucana sofrerá forte redução após 12 anos minguando eleição após eleição – isso sem falar do DEM, que pode, inclusive, sumir ao longo da próxima legislatura.

O PT, por sua vez, tende a eleger número igual ou maior de deputados que em 2010 e o PSB pode continuar sendo o partido que mais tem crescido no país, eleição após eleição. Mas, desta vez, pode crescer muito mais.

A mídia já começa a se arrepender de ter inflado tanto a bola de Marina. Neste sábado (23), por exemplo, Veja e Estadão batem nela. Reinaldo Azevedo, porta-voz oficioso do PSDB, já tinha começado a bater em Marina durante a semana.

A mídia inflou Marina após a morte de Campos pensando apenas em gerar um segundo turno entre Dilma e Aécio. Colunistas tucanos como Elio Gaspari haviam previsto que Marina tiraria votos de Dilma por ambas serem “de esquerda”.

Este Blog já dizia que era uma aposta errada. Em primeiro lugar, quem se manteve firme no voto a Dilma apesar da artilharia midiática impressionante que a tem fustigado, não muda mais de opinião. E, além disso, de esquerda Marina não tem mais nada.

A campanha marinista é coordenada pela virtual dona do banco Itau; o economista que faz a cabeça dela é tão ou mais neoliberal quanto o aecista Armínio Fraga. Eduardo Giannetti é um economista daqueles que cultuam o Deus mercado e que vendem a tese de primeiro fazer o bolo crescer para depois dividi-lo, ou seja, que os ricos devem ser priorizados e quando ficarem suficientemente ricos aí dividem tudo com os pobres…

Na verdade, há quem acredite que um governo Marina seria mais neoliberal que um governo tucano.

A sintonia ideológica entre Marina e Aécio, portanto, é grande. Tão grande que o tucano já anuncia, em off, que irá apoiá-la se ela passar para o segundo turno com Dilma.

No xadrez da política, o acaso deu a Marina uma situação ímpar: ela cresce devido à comoção póstuma do eleitorado e, por conta dessa mesma comoção, atacá-la, mesmo que apenas politicamente, pode chocar esse eleitorado.

O PSDB não tem muito que fazer. Se atacar Marina para recuperar o segundo lugar, além de poder vir a ser inútil ainda impedirá os tucanos de apoiarem-na no segundo turno – ela mesma, dependendo do nível dos ataques, poderia recusar esse apoio.

O PT não tem tantos problemas com Marina. Ao menos no primeiro turno. Seu principal problema é a intensidade dos ataques da mídia. Sobretudo do Jornal Nacional. Na sexta-feira, o telejornal inventou desemprego no Brasil justamente no momento em que temos a mais baixa taxa de desocupação da história.

A tese do JN é ridícula: o desemprego estaria baixo porque as pessoas não procuram mais emprego, como se tivesse havido algum aumento exponencial do contingente de pessoas que não procuram trabalho.

A verdade é que o Brasil está gerando menos empregos não só pelo nível mais modesto de atividade econômica, mas, também, porque o nível de emprego está muito alto – é mais fácil criar muitos empregos quando o desemprego é grande, mas quando está muito baixo fica mais difícil.

Em relação aos que não procuram emprego, Globos, Folhas, Vejas e Estadões debitam o fenômeno a “desalento” de quem procura e não acha, o que é uma piada porque ainda persiste o fenômeno de empresas que precisam de empregados não estarem encontrando.

A verdade é que o aumento da renda ao longo dos anos recentes permite hoje a mulheres e jovens dedicarem-se, respectivamente, às tarefas domésticas e aos estudos. Simples assim.

Contudo, como a mídia – sobretudo o poderoso Jornal Nacional – vem se dedicando a metralhar Dilma sem parar, finalmente o Brasil está vendo uma reação do PT em uma campanha eleitoral na tevê.

Na última quarta-feira, Lula apareceu na televisão e no rádio fazendo a primeira crítica à mídia em um programa eleitoral desde a eleição presidencial de 1998. Em 2002, 2006 e 2010, o PT passou aquelas campanhas apanhando da mídia sem acusá-la.

A iniciativa de Lula de atacar “certa imprensa” na tevê mostra que, no comando da campanha de Dilma, venceu a tese do enfrentamento da mídia. Ao menos por enquanto. Dizer que essa tese venceu, aliás, deve-se ao fato de que o comando da campanha petista está dividido entre reagir e não reagir.

Nesse aspecto, vale refletir sobre até que ponto a campanha de Dilma vai reagir ao bombardeio da mídia. Hoje, Aécio e Marina têm sobretudo o Jornal Nacional, que tenta convencer o país de que ele está afundando.

Em 2006 e 2010, não funcionou. Mas talvez porque o ritmo da economia estivesse muito forte e porque a mídia optara por combater o PT dando maior peso a “denúncias de corrupção” contra petistas. Agora, com parcela muito maior do eleitorado acreditando na mídia, deixá-la vender a tese do desastre econômico iminente seria verdadeiro suicídio eleitoral.

Por isso Lula atacou a mídia no programa de Dilma de quarta-feira (21).

Mas até onde a campanha de Dilma irá na denunciação do partidarismo midiático? Lula fez um ataque pontual ou o primeiro de muitos?

A mídia não reagiu ao ataque de Lula; fingiu-se de distraída. Os colunistas de sempre não revidaram. Notinhas escondidas nos jornais limitaram-se apenas a registrar a primeira acusação à mídia em horário eleitoral em mais de 15 anos.

O Blog apurou que a mídia optou por não reagir a Lula para não lhe dar publicidade, pois a audiência do horário eleitoral ainda é pequena e uma acusação dessas, vertida por alguém com a credibilidade e a popularidade ainda muito fortes de Lula, pode ter efeitos imprevisíveis.

A edição de sexta-feira do Jornal Nacional inventando desemprego justamente quando o nível emprego no país está em seu patamar mais alto revela, antes de tudo, que a mídia está disposta a tudo. Se comete a vilania de dizer que o desemprego cresce justamente quando ele está tão baixo, o que mais pode vir por aí?

A opinião desta página é a de que a mídia irá aumentar o terrorismo econômico, combinando essa estratégia com as velhas denúncias de “corrupção”.

Ao PT, à campanha de Dilma, a Lula – inclusive como cidadão – não restará outra alternativa que não a de reagir à mídia. Mas até onde eles podem ir?

Se quiserem reagir, os petistas têm um arsenal considerável de elementos para provar que a mídia atua em favor da oposição.

Racionamento de energia que nunca ocorreu ou o “manchetômetro” da Uerj (estudo de divisão da universidade que mostra que a mídia critica Dilma de forma obsessiva e desigual) seriam instrumentos poderosos para convencer o eleitorado.

Mas a campanha de Dilma pode ir mais longe. Por exemplo, poderia explicar ao eleitorado que uma empresa como a Globo seria ilegal nos Estados Unidos, no Canadá, na França, na Inglaterra, na Alemanha, enfim, em qualquer país desenvolvido.

Os brasileiros não sabem que no Primeiro Mundo não se permite que grandes grupos de mídia concentrem propriedade de todas as plataformas – tevê aberta e a cabo, rádio, internet, imprensa escrita, telefonia etc. Nos EUA, aliás, há limite para audiência que uma tevê ou rádio podem ter.

Sim, é isso mesmo, a potência “marxista” do Norte obriga o dono de uma tevê a vender parte do negócio caso sua audiência ultrapasse um certo patamar. Tudo em benefício da pluralidade na imprensa.

A campanha eleitoral é curta. O PT e a própria Dilma – que, em tese, é quem dá a palavra final sobre a própria campanha – não têm muito tempo para pensar.

Tudo dependerá das próximas pesquisas. Se, além de ultrapassar consistentemente Aécio, Marina ultrapassar consistentemente Dilma em simulações de segundo turno, a campanha dilmista irá para cima da mídia muito antes de ir para cima da adversária de fato.

Até aqui, Lula deu só um aviso. Como seu ataque à mídia foi discreto, ela fingiu que não viu.

O ataque do ex-presidente à mídia e a reação passiva dela, porém, sugerem dois fatos. O primeiro é que o PT está muito preocupado com o avanço de Marina, e o segundo é que a mídia teme se tornar personagem da disputa eleitoral.

114 comments

  • Senti tristeza nas sua palavras Eduardo, a mesma que venho sentindo com esse crescimento da Marina, acho que desta vez ficaremos mesmo para trás, lamentável os rumos futuros do país.

    • Acorda! É apenas uma reflexão. Não vamos baixar a cabeça. Temos que mostrar como a Marina não tem condições de ser chefe de nada, ainda mais uma presidenta!

      Temos que mostrar que ela está servindo aos banqueiros e os banqueiros não querem a manutenção dos programas sociais.

    • Cara Grazie
      Nós não ficaremos para trás não.Dilma ganhará e com ela o povo.
      Wall Street abandonou Aécio, Marina, que oi adotada por eles, irá ajudar a enfraquecer o PSDB, DEM entre outros, mas não ganhará.
      A oposição (diga-se Wall Street) irá entrar em parafuso.
      Saudações

  • Leio muito seus artigos, mas neste vou discordar de alguns pontos. Sim, Marina inchou, mas não cresceu, devido à irresponsabilidade midiática. Mas no mundo de hoje em dia a notícia de hoje é papel velho amanhã. Daqui a bem pouco tempo Marina vai se desidratar, primeiro pela própria incompetência em conviver em sociedade e também pelo massacre do PIG. Mas espero, sim, que a fala de Lula não seja única, mas que ele volte a falar sobre a mídia e também sobre quem são Aécio, Marina e o que representam. Mas discordo que Dilma corre perigo. Obviamente não devemos ficar em cima do salto alto, mas a batalha ainda está longe de terminada. Lembro-me de 2010, quando Dilma, por bem pouco, não levou no primeiro turno, e concorria exatamente contra Marina. Naquele segundo turno o ímpeto da campanha foi redobrado, o que não duvido que aconteça de modo diferente neste ano.

  • Há duas vertendes, resultado da politica nos ultimos 15 anos, a primeira criada pela Mídia os “coxinhas” são contra o PT os mau informado, grosso, sem escrupulos. o segundo grupo “Sujos” pessoas que conhecem o jogo da Mídia que são favoravel há uma imprenssa isenta e informativa, defendento a Lei dos Médios.

  • Caro Eduardo,

    Diante desta situação sombria para a Presidente Dilma e para o PT, eu pergunto a você, ainda que possa parecer despropositado, não seria melhor o Ex-Presidente Lula entrar como candidato a Presidente, enquanto ainda há tempo, uma vez que o cacife eleitoral dele é muito maior que o da Presidente?
    Quero ressaltar que fiz esta pergunta a você, porque estou muito preocupado com a entrada da Marina como candidata. Na atual conjuntura, não sei se a Presidente Dilma tem condições de vencê-la.

    Abraços,

    Herbert.

    • Não tem como mudar mais o candidato, todos estamos com a Dilma e com ela vamos ganhar novamente esta eleição, pois é necessário que ganhemos, caso contrário, todas as nossas conquistas podem ir acabar com o canetaço dos banqueiros.

      O povo brasileiro não vai querer perder as conquistas sociais que obteve com os governo Lula e Dilma. O povo brasileiro vai renovar o mandato de Dilma Rousseff.

      Após isto temos que cobrar a Ley de Medios e o fim imediato de todas verbas publicitárias para a grande imprensa, para posterior discussão de como se gastar essas verbas publicitárias sempre pensando no aspecto social. Temos que secar as fontes do PIG.

  • Caro Edu,
    penso que esses esclarecimentos sobre a grande mídia deveria continuar nas mãos do Lula, pois para enfrentar o gigante midiático só mesmo um gigante de aceitação popular como ele.
    Grande abraço.

    • Caros,
      desculpem-me o erro: “…esclarecimentos sobre a grande mídia DEVERIAM continuar…”
      PS:
      Posso estar errado, mas o Serra ainda “vive”.
      Abraços.

  • Que tal o PT bunda mole falar do DARF da Globo e do DARF do Itaú?

    Eu acho que a Dilma ainda pensa no controle remoto, mas não teve como impedir que o Lula focasse o tema com seu arrependimento tardio.

    A liderança do PT deve estar se questionando porbastante arrependida do comportamento de avestruz durante todos estes anos.

    Não foi falta de alerta. Inclusive deste humilde leitor do blog. Se o Eduardo procurar no seu arquivo verá há quanto tempo venho me irritando com o comportamento dos incomPTentes neste assunto.

    Para não dizer que não existe a “Primavera Vermelha” o site Muda Mais está fazendo um excelente trabalho.

    Mas bato na tecla de que falta um concorrente da esquerda para disputar as manchetes nas bancas e os noticiários da TV.

    E não vou comentar a tremenda falta estratégica do PT não ter investido na educação política. Este crescimento da candidata messiânica-millenarista prova quantos eleitores brasileiros, principalmente jovens, são ingênuos e incautos.

  • A FOLHA QUE APOIOU A DITADURA É CONTRA A DENTADURA

    Entenda o imbróglio lendo o que este navegante escreveu no Blog Conversa Afiada, de PHA

    Contribuição de um navegante que está mordido com a cobertura das eleições:

    A Folha descobriu que o governo Dilma distribuiu dentaduras para quem precisa.

    Ela acha que foi uma só, para aquela senhora que apareceu no programa.

    Não, dona Folha, o caso é mais grave:

    Só em 2013, o governo entregou 413.275 próteses dentárias pelo programa Brasil Sorridente, que o Lula criou em 2004.

    Antes do Brasil Sorridente, 3 em cada 4 brasileiros chegavam aos 65 anos de idade sem um só dente na boca.

    Dentista era luxo de rico.

    O Brasil Sorridente é o maior programa de saúde bucal do mundo. Atende 80 milhões de pessoas em 4.951 municípios.

    Dona Folha acaba de ampliar o programa mínimo da oposição:

    Por um Banco Central Independente, Livre e Soberano!

    Libertem nossos juros!

    Desemprego Já!

    Abaixo a dentadura!

  • Só em pensar que a mídia tem todo este poder de manipulação diante de todos os avanços sociais em benefício do povo brasileiro é inacreditável que a opção do controle tenha sido defendido pela nossa presidenta.

  • O programa do PT hoje me passou a ideia que eles ainda estao insistindo na versao Dilma e seus Omeletes!! Ai Ai… Esse negocio da Dilma ficar fazendo Omeletes, enquanto a vaca ta indo pro brejo, nao me agrada!

  • Como Dilma não se rende ao capital especulativo, o primeiro passo da Marina foi justamente tentar agradar ao mercado.
    Fez isso antes mesmo de dizer o que vai fazer para o povo. Mas esse, a meu ver, será um de seus mais graves erros. Ela tenta passar a imagem de imaculada, mas não há nada que macule mais um candidato perante o povo do que a defesa de banqueiros.
    Juros altos significam menos consumo, crédito mais caro para compra de bens, como carro e casa própria.
    Menos consumo controla sim a inflação, mas contrai a economia severamente. Já que ninguém compra, o empresário não investe para aumentar a produção. Se não vende, demite para cortar gastos. Se demite, serão menos consumidores e aí vira círculo vicioso.
    Ter juros altos é bom apenas pra banqueiros. Não é bom pro governo, já que aumenta o gasto com a dívida pública, o que aumenta a necessidade de superávit primário, o que significa menos gastos com obras de infraestrutura, o que gera mais desemprego e voltamos àquele círculo vicioso. E não é bom para diversos outros setores da economia que dependem de juros mais baixos para o seu faturamento, como construtoras, montadoras, grandes varejistas etc.
    Uma das críticas do capital é que a Dilma não deixa a Petrobras aumentar a gasolina. Por eles a gasolina deveria estar em 5, 6 reais. Tudo que ganhariam com as ações da Petrobras devolveriam na bomba de combustível. Não iriam conseguir manter o carro e voltariam a andar de ônibus. Como a gasolina é importante componente de preços de qualquer setor, isso contribuiria para elevação da inflação de A a Z e o resto do ganho com as ações seria corroído.
    Aí seria perfeito para os rentistas. O governo seria obrigado a elevar os juros para controlar a inflação que ele mesmo criou aos elevar o preço da gasolina.
    E o povo que se dane.

  • Acho que os ataques do Lula à mídia têm que ser muito mais fortes e diretos. Têm que dar nome aos bois e aos fatos. Chega de ter tanto medo da Globo. O Brizola não tinha. O programa eleitoral do PT tem que se contrapor, imediatamente, com números, a notícias tendenciosas como essa do desemprego.
    A eventual reação do PT vai ajudar, também, a um inicio de descrédito na mídia.

  • Antes de começar a falar sobre o texto, quero ressaltar um aspecto que torna ainda mais cínica a “tese” de baixo desemprego devido à diminuição dos que procuram emprego, defendida pelo Jornal Nazistal da Globo. Assim, antes de mais nada essa “tese” é uma falácia porque O PERCENTUAL DE DESEMPREGADOS É CALCULADO EM RELAÇÃO À POPULAÇÃO ECONOMICAMENTE ATIVA(QUE É PARA QUEM NÃO SABE A PARTE DA POPULAÇÃO QUE ESTÁ EM IDADE PARA TRABALHAR). NINGUÉM VAI NOS LOCAIS DE TRABALHO PARA SABER QUANTAS PESSOAS ESTÃO DISPUTANDO AS VAGAS DISPONÍVEIS; É RIDÍCULO IMAGINAR-SE ISSO. Portanto, o índice de desemprego independe se mais ou menos pessoas procuraram trabalho, uma vez que comparado o total de empregados com carteira assinada em relação ao total da população economicamente ativa, descobre-se quantos dessa população ainda não estão empregados, consequentemente que percentual esse número de desempregados representa em relação à população economicamente ativa, o qual é definido como a taxa de desemprego. PORTANTO A TAXA DE DESEMPREGO NO BRASIL É SIM BAIXÍSSIMA E NÃO ADIANTA GLOBO E SUA CORJA INVENTAREM NENHUMA FANTASIA ABSURDA PARA ESCONDER ESSE DADO INDISCUTÍVEL. Atitudes desse tipo nos mostram mais uma vez o quanto é urgente que a Sociedade Civil represente junto ao ministério Público Eleitoral para que abra uma investigação destinada a averiguar a parcialidade da rede Globo de Televisão, que usa uma concessão pública para fazer política, tentando impor seus interesses ao discernimento do eleitor. Feita essa observação, gostaria de saber de onde você tirou que a população está acreditando mais na mídia do que no passado!!!!??? Além de ser discutível até se olharmos somente pela questão Lógica; se as pessoas vêm gradativamente aumentando seu descrédito na mídia, por que essa tendência reverteria agora, com o show de desmoralizações diárias que bombardeia os meios de comunicação?); a própria estabilidade eleitoral de Dilma, que mantém-se no mesmo patamar de votos apesar dos ataques que vem sofrendo há quatro anos, são outra prova de que essa credibilidade midiática não existe. Além do que esse patamar é semelhante aos que Lula e ela mesma possuíam nas eleições anteriores e colocam Dilma próxima de vencer no primeiro turno. É verdade que existe um contingente de indecisos, que podem em tese ir para a ecocapitalista Marina Silva e gerar o segundo turno(só acreditarei que Marina tem todo esse tamanho que dizem que ela tem quando souber de alguma pesquisa séria – cadê o Vox Populi? – a embasar essa afirmação. Até lá ainda a considero um produto da “margem de erro”), como também é verdade que o circo criado com a morte de Eduardo Campos e as “balas de prata” de última hora continuam sendo armas para a mídia atingir Dilma e provocar o segundo turno, sem contar o terrorismo econômico. EXATAMENTE POR ISSO, INDEPENDENTEMENTE DO TAMANHO REAL DE MARINA, ACHO QUE O PT PRECISA NECESSARIAMENTE BATER MUITO NA MÍDIA, DESMORALIZANDO-A DE FORMA CONCRETA, OU SEJA APRESENTANDO OS FATOS QUE MOSTRAM AS MENTIRAS MIDIÁTICAS QUE NÃO SE CONFIRMARAM : APAGÃO, “INFLAÇÃO DO TOMATE”, COPA DO MUNDO QUE IRIA SER UM FRACASSO, DESEMPREGO, ATRASO NA OBRAS; OU SEJA, MOSTRAR DIDATICAMENTE AOS BRASILEIROS O QUANTO A MÍDIA MENTE PARA ELES TENTANDO MANIPULÁ-LOS. NESSE ATAQUES, CITAÇÕES DIRETAS À GLOBO(QUE TAL O USO DO LOGOTIPO DA EMPRESA, COMO EM 89?)PODEM SER DISCUTIDAS NA CAMPANHA, DESDE QUE NÃO DEEM MOTIVOS PARA A MÍDIA REAGIR DENTRO DO HORÁRIO ELEITORAL, EXIGINDO ALGO QUE ELA NÃO DÁ : DIREITO DE RESPOSTA. Se reagir aos ataques do PT em sua programação, Globo e sua turma estarão dando uma visibilidade ainda maior ao horário eleitoral, o qual tenderá a ser mais visto a medida que os ataques contra a mídia forem mais diretos. Se você tem contatos no PT, envie essa sugestão diretamente a alguém que possa fazê-la chegar a Dilma. Acredito que a combinação da desmoralização da mídia, juntamente com o esfarelamento na intenção de votos de Marina Silva, que começará em breve(que candidata poderá manter-se firme quando destrói a maior parte das alianças eleitorais que seu partido construiu?)irão eleger Dilma no primeiro turno. Sem contar que devemos sim espalhar na INTERNET as denúncias de corrupção que envolvem Marina, por exemplo o caso do marido dela, que vendeu madeira apreendida pelo IBAMA. Além do que, sob esse aspecto ainda tenho dúvidas, mas acho que a mídia, principalmente a de São Paulo, tem medo de Marina e não querem ver o PSDB esfarelar-se, o que ocorrerá se Aécio ficar em terceiro lugar, assim talvez os barões da comunicação acabem dando uma forcinha ao tentarem debilitar um pouco Marina, achando que assim permitem a Aécio crescer, tomando votos de ex-indecisos que teriam escolhido a ecocapitalsita, mas poderiam mudar para um outro anti-Dilma, desde que sua fadinha da floresta fosse revelada para eles como é, um sonsa com características ditatoriais. Continuemos no ataque, conscientizando a população sobre o horror que é a concentração da opinião e da informação nas mãos de uma oligarquia(já preparando-a para entender uma futura democratização da mídia)e mostrando os feitos extraordinários de Dilma, que a vitória virá em primeiro turno.

  • Perfeita sua colocação Eduardo. Aos 70 anos depois de algumas eleições resolvi prestar atenção nos que não votam em hipótese alguma em um candidato, pelas pesquisas, corretas ou não o resultado é desolador. Num segundo turno Blabla vence, espero estar enganado.

  • Edu, o PT não pode perder tempo, tem que dizer no programa eleitoral que a mídia está desequilibrando a disputa eleitoral para o maior cargo do país, que deve ser uma disputa democrática.
    Esperar pra ver, é perder tempo e não poder se recuperar!

  • Hoje, pesquisas de 2º turno não tem a menor validade. Nem mesmo as do 1º turno podem oferecer alguma certeza, sendo dado que há muito tumulto no “mercado de votos”. Pelo que se comenta, e eu vejo essas informações com divertimento pela angústia dos tucanos terem errado a mão ao passar glacê na cara da candidata Marina, a Dilma não perdeu intenções de votos (ou muito pouco, se tanto). Quem se esborrachou foi o Aécio. É necessário lembrar que em todas as eleições, quem sai na frente ganha no 2º turno, seja para presidente, governadores ou prefeitos. E em todos os casos houve união entre partidos dos dois lados. Só há exceção a esta regra empírica e histórica no caso de eleições em estados ou algumas cidades que praticamente empataram no 1º turno. Caldo de galinha é bom como prevenção, o Eduardo tem toda razão, mas também não vamos exagerar. Todo mundo sabe que na hora de registrar o voto há uma lógica que costuma resistir aos mais ardentes desejos. Costuma dar o óbvio. O governo deveria se preocupar mais é com possíveis fraudes na contagem de votos.

  • Edu,

    É preciso que nesse momento a campanha da Dilma introduza a IRONIA para tratar da situação da mídia.
    O brasileiro é mestre na arte de fazer um jogral ou uma “sketch”.

    Durante anos o raciocínio do brasileiro foi “treinado” por programas irônicos como Jô Soares, Chico Anysio entre tantos outros programas.

    É hora de usar esse repertório contra a própria televisão!!!
    Como ?
    Simples…

    O programa eleitoral da Dilma deveria ter um quadro chamado: Verdade x Mentira
    Nele, deveriam aparecer Lula e Dilma, sentados, atrás de um cenário, imitando os casais de apresentadores dos telejornais.

    Os dois apresentariam as verdades em contraste com as mentiras da mídia.

    Mas, o mais importante seria deixar no ar, em todo programa, uma pergunta para que o povo raciocinasse sobre ela. Aí no dia seguinte, os dois trariam a resposta a pergunta do programa anterior. Apresentariam novas boas notícias e deixariam, de novo, uma nova pergunta no ar e assim, sucessivamente.

    Seria maravilhoso ver as notícias sobre o Brasil por um ângulo positivo.
    Seria diferente.
    Faria o povo pensar.
    E o principal…chamaria a atenção do eleitor!!!

    A mídia seria pega de calças na mão!!!

    Seria tão desconcertante para os apresentadores dos telejornais que eles fingiriam que não seria com eles a paródia !!!

    O programa deveria ser didático, abordando coisas simples e respondendo perguntas como:
    – Você eleitor, sabe como funciona o bolsa família ?
    Aí o programa mostraria como uma família é cadastrada, como ela é acompanhada e como ela deixa o programa. Mostraria a melhora na educação e na saúde das crianças que estão no programa. Mostraria o o número de pessoas que já deixaram o programa.

    Aí, ao final do “jornal” deixariam o comentário: Agora que você sabe como funciona o Bolsa Família, veja como funciona o programa Mais Médicos!!!

    Seria um programa i-m-b-a-t-í-v-e-l !!!

    Tem dois tipos de pessoas que não votam no PT:

    1) o grupo dos fisiológicos e preconceituosos, que execram tudo o que for relativo ou próximo ao PT e as ideias de esquerda. (Audiência de Veja, Estadão, Folha e seus asseclas)

    2) o grupo de pessoas mal informadas, que não votam no PT por alienação ou simplesmente porque durante anos só ouviu coisas ruins sobre o partido e seus candidatos.

    É sobre esse segundo grupo que a campanha tem que atuar fortemente.
    Este é o grupo de pessoas que está na dúvida se vota na Marina ou na Dilma.
    Este segundo grupo será o fiel da balança entre ter ou não ter segundo turno.

    Já imaginou a Dilma apresentando um “telejornal” desses e ao final ela levantando a mão direita, dando um aceno e dizendo: Boa noite, Brasil !!!

    • Puxa, Tião Macalé, achei a sua ideia excelente!!
      Por favor, faça com que isso chegue até o pessoal da campanha. Acho, como você, que nada melhor do que o humor para melhorar a vida das pessoas. E nem precisa ser o Lula e a Dilma fazendo o papel de âncoras. Há bons atores que fariam isso muito bem.

  • Muito bom Eduardo são de informações como estas sobre a concentração das plataformas da midia, que vc postou ai que precisamos para bombardear no facebook. Outra questão que o PT poderia reforçar é sobre a SAÚDE – está pegando junto à população pq a midia não informa de quem é a competência sobre a SAÚDE Pública que é tb dever dos municípios (prefeitos) e dos estados (governadores). Jogam o ônus sempre para o governo federal .Seria importante informar na campanha quanto de recursos o governo federal repassou aos municípios para área da saúde, e ressaltar PSDB de São Paulo que deixou de repassar só para a Santa Casa mais de 70 milhões ( os hospitais de caridade são um escândalo público estão matando e maltratando as pessoas (santa casa de Londrina PR – 2 casos de parentes , meus que culpam a Dilma), Os médicos que atendem convênios e particular levam pacientes para operar nestes hospitais usufruindo gratuitamente de toda a infraestrutura (medicamentos, curativos e o pessoal, equipe de enfermagem ,etc) leva limpinho o pagamento dos particulares e sobrecarregam a estrutura. Basta Investigar.

  • Temos praticamente um mês para lutar contra a porca mídia corporativa. Ou contar com o acaso e o fogo amigo que ainda está rolando entre os candidatos antiDilma. Imagino a sorte de torcida que algumas pessoas estão fazendo, pessoas que nunca fizeram nenhum esforço e estão ‘contra tudo que está aí’, mas votarão numa candidata que não agregou nada de novo, pelo contrário, a maior agregação de Marina é o Itaú, com seu programa de governo neoliberal agora escancarado também pela candidata. Fico pensando na ironia do mal-estar do governador paulista que tem um vice marineiro. Passar mal pode ser fatal. Pela adesão rápida de muita gente, gente que acredito, não se filiou ao partido que Marina queria criar, fico impressionada e concordo com a Cristiana num comentário feito no Nassif. Como pessoas comuns, que estão bem aquém dos interesses corporativos e das altas finanças, fazem de uma eleição uma disputa pessoal em que os próprios interesses estão em jogo e em alto risco? Seu port Eduardo é bem claro sobre os últimos acontecimentos. Mesmo assim, agarro meu otimismo e caminho junto daqueles que querem desta vez vencer a mentira. Antes que reclamem, não considero o partido e a candidata que sigo, os únicos detentores da verdade. Nem tampouco nós o somos, mas fomos aqueles que mais foram atacados e seguimos em frente, o PT é o oitavo lugar na pesquisa sobre a corrupção, o PSDB é o primeiro e o PSB está na frente do PT. Essa pesquisa me agrada, pelo menos. E condiz com aquele ditado “Quando aponto o dedo para o vizinho, tenho três apontados para mim”. Com o pé no chão, sigo convicta com meu voto. Dilma 2014.

  • O PT chegou tarde. Acreditar que o horário eleitoral supriria o bombardeio do monopólio midiático pode ter sido um erro. Torçamos para que não.
    Como de certo modo observado no texto, os jornais nacionais da vida são “horários gratuitos” contra o PT. Não sei se já há pesquisas apurando esses primeiros dias, mas há um grande risco de os eleitores estarem fazendo uso do controle remoto de que Dilma Rousseff e Paulo Bernardo tanto gostam: termina o JN, e o sujeito pula para a TV por assinatura ou vai para o computador.
    Mas a entrada de Marina com toda essa força no páreo indica uma situação relativamente cômica: mostra que o PSDB também é vítima do comportamento da mídia!
    Os tucanos tinham tudo para ser um partido mais forte do que é e, mesmo perdendo eleições, com grande chances de se firmar no imaginário como os sempre necessários partidos conservadores em democracias.
    Mas não. Os preguiçosos do PSDB, em vez de fazer eles próprios o trabalho de oposição, preferiram, ao longo dessa era petista, terceirizar tão nobre papel para a mídia, para júbilo das judites britos da vida.
    A situação difícil de Aécio é irmã gêmea das patetices de Álvaro Dias e Carlos Sampaio, todos serelepes com qualquer denúncia ridícula da Veja e da Folha. Ou será que acreditavam que mesmo os eleitores de direita nunca se perguntariam por que tanto apetite por CPIs em Brasília por um partido que abafa tudo nas assembleias legislativas de estados como São Paulo e Minas?
    A fatura da mídia demorou mas chegou: para o PT com a constatação de que o partido não se firmou – ao menos não na forma como deveria – como o partido que realizou transformações importantes sobretudo para os mais pobres; e para o PSDB na forma de um partido que abdica das propostas políticas, mesmo que insensatas, para viver de cara fechada exigindo que a sociedade se indigne com factoides da Veja.
    Num quadro desses , normal que ascenda uma figura que renega a política (associada, é claro, a Heráclito, Bornhausen, Neca etc).

  • Eduardo concordo com sua análise, mas tem dificuldades que vem para o bem, acredito que a Dilma consiga se reeleger, infelizmente tem que ser assim, senão prevalecerá a visão medíocre que o pt e o governo tem em relação a mídia e que basta a campanha na mão de marqueteiro que tudo se resolve, mantendo publicidade oficial nessa midia enquanto a blogosfera exerce um papel fundamental hoje que é de permitir que qualquer cidadao possa participar discutir política contra esse falido sistema politico e formas ultrapassadas de organizar os partidos políticos, a sociedade quer participar fazer politica e nao somente em períodos de eleições, nao podemos deixar a marina tirar proveito disso com sua demagogia e manipulação escondendo seus verdadeiros parceiros que nao estão ao lado do povo, e mais um vez a blogfera exercerá um papel heróico nessas eleições em defesa da sociedade. Blogsfera que até hoje Dilma não recerbeu para conversar, ela que ja deu entrevisra e participou de tanto lixo no pig precisa rever essa postura daqui par frente.

  • Exemplo de proibição de concentração de mídia está aqui mesmo na América do Sul. Na Argentina também passou a ser proibido recentemente, mostrando que o nível de consciência política do argentino está mais vivo do que nunca.

  • Eduardo, boa tarde, olha a situação está difícil e convenhamos não foi por falta de aviso dos “Blogs Sujos”, que a comunicação do Governo Dilma era uma m…, mas Dilma mantinha-se imperial, tudo é dela, as obras são dela, o governo é dela, dá tremendas broncas em todo o mundo, só que o povo que paga a conta quer participar, não fez esforço para cativar o povo, agora aparece com um monte de obras, as pessoas acabam não acreditando e o Lula tem que se esgoelar para tentar salvar a reeleição, se houver reeleição só por Deus e Lula, aprenda esta Dona “nariz empinado” Dilma

    • O José Dirceu é do PSDB? O Delubio não era o tesoureiro do PT? O GENUÍNO É de qual partido? A quem pertence essa gangue de criminosos que está na cadeia?

      • ”Não há nada contra José Dirceu mas a literatura jurídica me permite condená-lo”.

        Rosa Weber, Ministra do Supremo Tribunal Federal.

  • Caro Eduardo e colegas,
    Tenho tido uma certa dificuldade de emitir uma opinião mais madura a respeito dos últimos acontecimentos políticos, principalmente para aqueles que têm a senhora Marina Silva como protagonista. Os únicos fatos que me parecem claros é que quem mais perderá com a candidatura dela pelo PSB – ex-partido de esquerda – é o senhor Aécio Neves. E, com absoluta certeza, a mídia patronal, que deu um tiro no próprio pé, quando até uma semana atrás a tratava como ‘fada salvadora’ da manutenção de seus privilégios, visto que ela seria útil apenas como a candidata que levaria o senhor Aécio para o segundo turno. Esse segundo fato prova o quanto em politica nada, absolutamente nada, é definitivo e linear! Outro fato que para mim é visível é o êxtase em que se encontra a senhora Marina. Não me parece que se comportar desse modo lhe cause qualquer constrangimento! Será que ela tem consciência de que deixou de sentir emulação e passou a ser o próprio êmulo?! Ela está tão embriagada de si mesma, que não parece preocupar-se em causar vexame aos seus aliados de última hora, nem aos aliados de horas atrás, que isso mais tarde, logo ali, lhe vai ser cobrado, e, sem dúvida, de forma voraz, daqueles que há poucos dias lhe exaltavam a capacidade de aglutinação política e seu ‘carisma’! Como resistir à tentação do “sorria você está sendo filmada”?! Por que ela não consegue perceber que a manipulação da linguagem pode ser tão-somente um embuste?! Trata-se de um modo perverso de fazer que ela pense que é muito importante, poderosa e necessária, quando, na realidade, de modo sutil estão dizendo “tome cuidado, estamos te filmando”!
    Penso que a mídia vai conseguir durante toda a campanha do primeiro turno colocá-la em água quente e depois esfriá-la, concomitantemente! Por razões bem óbvias, veem nela a possibilidade — diria até grande probabilidade — de dar continuidade ao projeto neoliberal seu e de seu partido político PSDB. Não desejo que ela se eleja, no entanto, como as probabilidades do senhor Aécio foram reduzidas, a mídia comercial investirá pesado a favor dela, caso haja segundo turno. Contudo, como em política tudo é possível, se ela for ao segundo turno junto com a presidenta Dilma, teremos, sim, no Brasil, um novo modo de fazer política, ao juntar o êxtase sonhático da senhora Marina com embriaguez de fato do senhor Aécio, que resultará no velho e sempre igual modo de fazer política!
    Abraços
    Maria Antônia

    P.S.: Eduardo, permita-me uma observação. No parágrafo do seu texto “os brasileiros não sabem que o Primeiro Mundo não se permite(…)”, não são todos os brasileiros que não sabem que em grande parte da Europa e nos Estados Unidos não é permitido o monopólio da mídia. Aqui no blog todos sabem. Desde final da década de 80, os antropólogos e os cientistas sociais em acordos com a ONU não usam as terminologias de Primeiro, Segundo e Terceiro Mundos (apenas os direitistas arrogantes o fazem), uma vez que o que torna um país diferente na qualidade de vida de seu povo não é apenas o quão rico e civilizado ele é, mas as razões e as formas pelas quais seus governantes fazem a distribuição de renda para seu povo. Por isso, hoje se usa as terminologias países desenvolvidos e em desenvolvimento, visto que corrupção, violência, roubo, assalto, estupro e todo tipo de crimes existentes cometidos pelo homem, em todos os graus, são apenas diferentes em número.
    Abraço
    Maria Antônia

  • Foi o plano real que tirou milhares de brasileiros da miséria, e não essa política petista de dar esmola aos pobres ao alto custo dos cofres públicos. Está certa a mídia em divulgar isso. Não há nada de parcialidade!

  • Seria interessante se, além dos resultados das pesquisas eleitorais, a campanha da Dilma passasse a divulgar o manchetômetro,

    “Dilma cresce em todo o Brasil!!! E a mídia continua criticando: 82 a 4”

    No mínimo, colocaria o manchetômetro no centro da discussão política.

  • Depois digam que a culpa é só da mídia!

    “Não vou acabar com o fator previdenciário no segundo mandato e nem tratei dessa questão”, afirmou a presidente em Novo Hamburgo (RS), após visitar o sistema de trens urbanos.

    A fórmula leva em conta o tempo de contribuição, a idade da pessoa que se aposentou e a expectativa de vida da população. O método é criticado pelas centrais, que consideram que o uso da expectativa de vida reduz o valor do benefício.

    “Acho que qualquer mudança na Previdência tem que levar em conta a forma pela qual há o envelhecimento da população brasileira”, argumentou a presidente. Sem isso, segundo ela, mudar “é uma temeridade.”

    “Acho que quem falar que vai acabar com fator previdenciário tem que falar como é que paga (os benefícios)”, disse Dilma.

    http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/dilma-afirma-que-nao-vai-acabar-com-fator-previdenciario-se-for-reeleita

    Então, como é?

  • “Por que não processam logo a globo, por conta da sonegação?”

    Já fiz essa pergunta a mim mesmo! Se realmente essa sonegação existe, como explicar que não tenham processado? Muito estranho!

  • O PSDB tudo fará para Aécio Neves ir para o segundo turno, mas não baterá muito na Marina. Se ela for para o segundo turno, eles vão exigir algo em troca para apoiá-la e isso passa por posições no Governo. Marina não terá como fugir a acordos. Penso que é isso que o PSDB tentará, uma vez que quer acima de tudo derrotar o PT e Dilma.

  • A loba em pele de cordeiro, Marina Silva é uma incógnita e uma incerteza para os comerciantes, para os pequenos e médios industriais. Tenho certeza que nenhum comerciante vai querer se arriscar nessa coisa temerária chamada Marina Silva, eles vão preferir a segurança de um Governo Dilma, dá mesma forma que os empreendedores industriais não devem se sentir confortáveis com a Marina Itaú, eles também devem preferir a segurança e a certeza de desenvolvimento do Governo Dilma.

    • Caro Luís Prudente,
      Você está se esquecendo de um fato bem importante, quando diz que os empresários, comerciários e industriais preferirão a reeleição da presidenta Dilma à eleição da senhora Marina Silva. Ela, apesar de já ter decorrido bastante tempo, ainda conserva a magoa que sente do PT, do Ex-presidente Lula e especialmente da presidenta, e que não parece se arrefecerá! Ela fará qualquer coisa para destronar a senhora Dilma! Haja vista a ausência total de preocupação em demonstrar a felicidade pela morte de Eduardo Campos! Estou sendo dura? Vou mudar. Haja vista o êxtase de extrema felicidade em ocupar o cargo deixado pelo senhor Campos. E ademais a maioria dos pessebistas são admiradores leais dos tucanos. Penso até que poderiam se tornar um grupo político só, nem precisariam aumentar ou diminuir letras na sigla, já que todas já estão lá no PSDB! Se a senhora Silva, em sua aventura política, for eleita presidenta do Brasil, terá apenas duas opções: fazer tudo o que o PSB mandar, apesar de, de vez em quando, fazer a representação de política independente e rebelde, encenação tão tosca que só convence a antas, e uma das ordens será governar com o PSDB; ou romper com os pessebistas e buscar apoio do PT e/ou do PMDB. No entanto, essa segunda opção, penso que será pouco provável, visto que os seus conselheiros econômicos são neoliberais, portanto, todos de direita (aqui se caracteriza a falta de concordância de que você fala), e, por mais que digam que o PT já não é um partido de esquerda, duvido muito que os petistas se juntem a essa choldra!
      Abraço
      Maria Antônia

  • Ontem, eu estava em um aniversário e ouvi uma senhora de uns 60 anos dizendo que deixou de assistir á globo porque ficou horrorizada com o comportamento de bonner e poeta (as letras minúsculas nos nomes são propositais) durante a “entrevista” com Dilma.
    O povo brasileiro acordou.

  • Caro Eduardo Guimarães, sua abordagem está parecendo a comoção da morte de Eduardo Campos, que fez com que a candidatura de Marina tenha sido inflada a níveis não esperados. Calma pessoal, deixem a poeira assentar e com os debates e programas eleitorais, a população seja devidamente informada do Brasil na sua realidade. Hoje vi um artigo falando sobre as 40 (quarenta) razões (segundo a própria) para se votar em Marina, que se analisados politicamente, a mesma pode ser chamada de “COLLOR DE CHALE” sendo a solução definitiva para os problemas sócio/econômicos da nossa imensa Nação, principalmente quando se trata da “CORRUPÇÃO”, argumentando que será a unica capaz de acabar com esse mal no Brasil e se demorar mais um pouquinho ela vai acreditar que é o “MESSIAS” e que vai acabar com a corrupção no Planeta. Ela argumenta que é provida de Espírito de Equipe e que possui um Imã que só atrai pessoas honestas para o seu lado (outra contradição), coisa que não acredito, pois na primeira investida já fez voar pena de pomba (PSB) para tudo quanto é lado junto ao seu partido de aluguel, ou seja, o PSB. Calma Eduardo, pois muita água ainda vai rolar por baixo dessa ponte. O que a Oposição Midiática está esquecendo, é que não estamos na Era Collor, quando o domínio da Mídia era muito grande, o que não acontece no momento atual, pois alem da credibilidade da Grande Imprensa está muito baixo (prova da grande queda da audiência da Imprensa Escrita/Falada e Televisada), temos o Fator Redes Sociais (Blogueiros ditos sujos) que se constitui um verdadeiro contraponto as investidas da Mídia Oposicionista (Bonner que o diga).

  • Lula precisa partir para o ataque à mídia, não dá para continuar na base da indireta tem que ser assertivo dando nome aos bois.
    O principal telejornal da Globo, o JN, já sente o resultado do descrédito pelas mentiras, pós Copa do Mundo. Então não precisa esperar mais nada é partir para cima da mídia com toda a força e prestígio público do nosso grande presidente Lula.

  • Seus comentários deixam a pessoa deprimida, vc sempre puxa para baixo parece até que o completo de vira-lata também o contaminou . Maria esta “inflada” como bola de sabão, mas diante de um debate sério ela não se sustenta. SE UNIU a tudo que sempre combateu e essa união que agora parece estar em lua -de-mel, logo…logo vai cair na rotina e os defeitos vão começar a aparecer, aliás já começaram . Se depois de tudo que o LULA/DILMA fez por esse país afora, todo o progresso, obras, programas sociais, inclusão, destribuição de renda, a copa etc etc etc SE AINDA ASSIM PERDER PARA UM VEXAME POLITICO COMO MARINA. Eu sinto muito porque sou brasileira e vou continuar morando aqui é minha pátria. MAS O BRASILEIRO MERECE RELINCHAR E DAR COICE
    PORQUE É SER MUITO BURRO, vamos combinar!!

  • Segundo turno , se tiver e claro!!! DILMA e AECIO!!!Pelo que ouço , aqueles que estavam com AECIO não mudam, não mudaram , não mudarão , os que votam na DILMA idem! então os votos que a MARINA está ganhando que não são o que estão divulgando, são dos indecisos.as pessoas que votam no PT , estão quietas , parecem ter medo, mas depois do rolo com o dito avião que o PSB usava , foi um alerta geral, tipo:mas que podridão !! a imagem que MARINA quer mostrar não tem nada a ver com a verdade , mas sim com a mentira disfarçada na cara!,,CAMPOS foi mais uma vítima que aceitou ser enrolado! e esses companheiros que caíram fora, são sim dignos de aplausos, eles sabem das COISAS!,,,um abracao a todos!!,,

  • A candidatura Marina Silva é vazia de conteúdo e de apoio político. O que a mantém em pé é a comoção pela morte de Campos e a ideia subjetiva de que o PSB encampa uma nova forma de fazer política.

    Puro engodo!

    Quando Marina for convocada a falar todos perceberão que defunto algum possui carisma e que sua retórica é pra lá de manjada.

    Os programas partidários e os debates entre candidatos evidenciarão toda a fragilidade da candidatura hibrida, que, inclusive, recorda bastante a trajetória do caçador de marajás, Collor de Mello.

    Marina não passará!

    Porque hoje o brasileiro não é mais tolo como foi no passado. Só um eleitorado extremamente estúpido trocaria suas conquistas por devaneios, utopias e fórmulas milagrosas.

    Nosso Povo nada tem de bobo, pelo contrário, é bastante inteligente.

  • hoje, bem fora da pauta, no momento registre outra vitoria maiuscula de V.Putin na Ucrania.
    Mandou o comboio humanitario de centenas de caminhoes pintados de branco invadir ,pacificamente, a Ucrania para socorrer os caras do Leste. Tinha esperado uma semana e mais suportando provocaçoes protelatorias.
    E com uma nota oficial da chanceleria para que kiev assumisse toda, integral responsabilidade se atacar o comboio que agora se dirige a Lugansk. Claro que nao podem fazer nada, e tanto o Obamenko como
    Pornoschenko, batman e robin vão ter que se rasgar. Agora o governo da Holanda – a maior vitima do MH17- dizer que NAO vai revelar o conteudo integral das caixas pretas.. isso ai tem um nome que a gente nao quer dizer aqui devido as senhoras presentes.

  • Será que a Marina é formada em História mesmo? E o que é a História, senão a luta entre exploradores e explorados? Marina nega o conflito, ao dizer que vai governar com o melhor do PT e do PSDB, porque já se bandeou para o lado dos dominadores. Marina é medieval, é o atraso. Não acredito que o Brasil vá na onda desta Collor de Saias.

  • Lula precisa ser mais incisivo. Tem que dar nomes , Não pode ter medo da globo . Não creio que o eleitor de Dilma mude de lado ,mas permitir, não reagindo as mentiras plantadas pelo PIG é perigoso . Porque o PT não vai ao TSE ?

  • Eduardo Guimarães é fraquinho demais como analista… Aécio tem teto de vidro??? E Dilma e o PT então tem teto de que com Pasadena, Mensalão, Porto em Cuba, caso Roseana, partido tratar como heróis bandidos condenados que a maior parte do país odeia etc, etc ,etc??? Teto de manteiga? Aécio é o menos conhecido, com menor rejeição e maior potencial de crescimento ( tem mais seguidores que Lula e Dilma no Facebook, ou seja, com quem sabe quem são ambos e seus passados)… Aécio ganhando é presidente, perdendo é senador mais 4 anos e vem forte conhecido em todo Brasil para próxima eleição, ou seja, PT pode perder nesse e na próxima, e sem poder agora que acostumaram, eles vocês petistas sim vão ficar desestruturados (lembrando que devem apanhar novamente em SP e como em 2010, tomar a virada em Minas quando descobrirem a ligação de Pimenta com Aécio como descobriram a dele com Anastásia em 2010).

    E que cara mais mentiroso… EUA terra da liberdade de imprensa como valor imutável e de expressão também (diferente da Cuba ajudada pelo PT com construção de Porto enquanto nossa infraestrutura continua devendo muito e com repasse de 70% da grana que deveria ir para médicos, a um governo que a mais de 50 anos mata, prende e tortura dissidentes), com “limite para audiência”? Aaaaaa ACORDA, sua cegueira ideológica-partidária já passa do limite, você torce para o PT com a paixão cego de um torcedor de futebol, mas futebol ainda cabe paixão cega, em política não! Mentir desse jeito já não é apenas cegueira ideológica-partidária, já fede a falta de caráter mesmo…

    No mais vá ao supermercado e veja a inflação para quem não ganha bolsa família nem bolsa blog, veja que toda imprensa livre, não patrocinada por estatais é contra os corruPTos, veja que açoes da Bolsa sobem quando Dilma está mal nas pesquisas, que todos não cegos ideológicos com estudo e mais aceso a informação não votam no PT, será que todos estão errados e só petistas certos (que se acham donos da verdade e são anti-democráticos a ponto de achar que oposição sempre está errada e nunca faz nada de bom e os trata como inimigos, e não parte da democracia)?

    Acorda e vá se tratar Eduardo. No dia que admitir que Plano Real do Ministro FHC e estabilidade economia conseguida depois em seu governo foram o que começaram a salvar o Brasil (tudo junto com Lei de Responsabilidade Fiscal, que o PT foi também contra, como também nem assinar a Constituição de 88 quis), aí quem sabe você estará curado! Não dá para ter nem raiva ou nojo de você (apesar de ser doente irracional que por paixão cega não consegue ver a verdade e mente para si e para outros), apenas pena!

    E a pena será maior quando seus asseclas saírem do poder.

    • Que interessante! Acho que nem você acredita nessas mentiras da mídia contra o PT. Se acreditasse mesmo, não precisaria vir aqui, pois se o que ela diz é verdade, então para que se incomodar com a nossa discordância?

      Você decretou que somos mentirosos e como o que a sua mídia diz é mentira pura, você vem aqui ofender o Eduardo.
      Você não é digno de beijar os pés dele.

    • Luis,
      Você tem quantos anos? Estava viajando para algum planeta desconhecido? Seu comentário é tão simplório e ingênuo que somente sendo muito imaturo para escrever tanta abobrinha! Vou citar apenas duas.
      — Aécio se não se eleger presidente do Brasil, terá mais quatro anos no Senado para ser conhecido. Você certamente não assiste a TV Senado e não leu nem assistiu nos veículos de comunicação em que se desinforma. O senhor Aécio Neves, como senador, não aparece para trabalhar. Procure na TV Senado, nos últimos três anos e meio em que lá figura como Senador, quantas vezes ele apareceu e qual a sua atuação! É alguma coisa próxima de zero! Quando aparecia era apenas na parte da tarde, com a cara toda amassada para na tribuna fazer algum discurso sem nexo contra o governo. Procure saber de quantas Comissões ele participou! Nenhuma! Quantos projetos ele apresentou nessa sua primeira passagem pelo Senado! Ou você é totalmente inocente e/ou é totalmente anta!?
      — O Eduardo tem o governo e o PT como seus asseclas!? Que mixórdia é essa?! Você tem dicionário em casa?! Corra, vá ao dicionário, pai dos afeitos ao ato de inteligir e consulte-o! Luis, nem tudo está perdido, nós de esquerda somos bem generosos e estamos sempre ajudando vocês a nos contra-atacar com alguma argumentação decente, mas nem para isso vocês servem!
      Maria Antônia

  • EDUARDO:
    Ontem pedi para meu neto de 12 anos fazer uma enquete em sua escola na cidade de S. J. do Rio Preto.
    A pergunta era oas seus colegas- Para quem seus pais iram votar? Foi um sucesso…
    A cabou com meus medos, duvidas, preocupações, palpites e criticas…
    Adivinha oque deu: DILMA 80%, MARINA 40%, AECIO 30%…
    Como sou descofiado, vou repetir a enquete sò que desta vez com os professores se ele for esperto,
    como foi na eleição passada .
    Acompanhou o pai para votar, pediu para digitar, despenou o paizão, clavou 13 e fim, levou um cascudo, o meu não era no PT, agora ja era kkk…( deu DILMA e vai de NOVO).
    Tal vó tal neto ou melhor ele sabe portugues…

  • O medo do PT em relação à mídia é tão gigantesco que levou todo esse tempo e pauladas no lombo pro Lula dar uma reagida, modesta, mas pelo menos é uma reação.
    A coisa toda é tão absurda que nem é preciso citar legislação americana ou pedir que mostrem o Darf: basta desmentir sistematicamente as mentiras veiculadas diuturnamente pelo PIG. Mas tem que ser categórico e dar nome aos bois, falar pro jornalista que enfia o microfone na cara: a matéria que você publicou é mentira, o seu jornal faz campanha, vocês inventam, distorcem, a notícia x era falsa, a y era invenção, a z era pra favorecer o candidato de vocês e por aí afora.
    Quando a reação vier, e ela virá se esse simples ato de responder às inverdades publicadas diariamente for praticado pelos petistas, aí sim, fala como é em outros países, pede o Darf etc.
    Mas primeiro, tem que ter coragem de se contrapor às mentiras propagandeadas todo santo dia…
    Essa reação inicial dá um pouco de esperança, mas se ficar só nisso não adiantará nada.

  • ♫ Sei não, Edu. Tenho a sensação de que todo esse comício à beira do túmulo deixou-nos cansados; eu pelo menos fiquei. E a direitalha também: uma visita ao blog do Josico mostra que só tem robô escrevendo as abobrinhas de sempre. Os camisas pardas sumiram. Não visitei outros blogs da gorilada, porque não tenho estômago para isso; mas a coisa deve ser mais ou menos geral.
    Agora, essa titica do matagal apenas inchou e não cresceu. E vai meter as patas pelos cascos daqui para frente, derrapando no rancor enorme que a rói na alma (?) e ela estampa na cara. Sua capacidade para criar caso ultrapassa a capacidade de arregimentar outros rancorosos e ela vai esboroar o PSB. De resto, quero ver como vai contornar o fato de ser apoiada pela Neca Setúbal (Itaúúú) e seus rentistas, Armínio Fraga incluso.
    Mas quem está numa sinuca de bico é o Aéreo Never: não pode atacá-la para não perder seu apoio em um eventual segundo turno; e não pode deixar de atacá-la para não perder o segundo lugar. Haja pó para não desanimar…

  • Enquanto IBOPE e DataFolha estiverem soltos,soberanos, temos que aturar os pastores (de votos inexistentes) somando quase 5% e agora,nesses trackings mais do que fajutos, elaborados sabe-se lá por quem, que assustam principalmente Aécio Neves. Com base em que acreditar que a trágica morte de Eduardo Campos haja sido uma comoção nacional, quando se vê por tudo que foi reportagem que efeito nessa dimensão somente ocorreu em Pernambuco. influindo como mostrado,na já conhecida e ridícula Pesquisa Boca de Túmulo no voto de todos os brasileiros? E mais, que somente exerceu impacto, e benéfico para Marina Silva ? Não dá para ficar fazendo conjecturas com propaganda da oposição, que tenta a todo custo inventar votos, usando para tanto pesquisas. Só tem um problema: a arrumação que estão fazendo não está indo na direção do candidato mais confiável. Pelo que se vê nos programas eleitorais, como Marina,com essa voz e esse aspecto tão estranho ao povo,somente com blá,blá,blá (nada mais certo do que chamá-la de Blá, Blá Bá Marina), possa angariar votos à direita e à esquerda? Deve ser uma questão de fé, mas vá ter fé assim,sei lá onde! Não dá para acreditar nessa tramoia. O tempo, e não demora, dirá. Falta consistência em tudo. Estão tentando armar uma estratégia para ver se ao menos chegam ao segundo turno. A dificuldade é o blá, blá, blá, as mentiras e, principalmente, esconder os reais propósitos dos candidatos de oposição. Já tentaram três vezes,e não deu certo, porque sempre esbarram no mundo real,na realidade,que é sentida na pele,influindo de forma positiva a vida de todos. Na realidade,há muito que a oposição e a mídia perderam o tracking.

  • Edu, não consigo acreditar que Marina possa estar na frente de Dilma nas pesquisas, mas se isso for verdade não podemos deixar o Brasil voltar ao atraso. Edu o que podemos fazer para que isso não aconteça?

    • O que vc jâ faz ao comentar este pos, conversar com as pessoas, argumentar. A esquerda se dividiu. E se cslou. Temos que ir pra cima. Tem muito jogo

      • Caro Edu, um comentarista lá no Blog do Nassif retratou os tipos de “indecisos” que estão aparecendo nesse momento (os marinistas de ocasião, com o falso manto do “apartidarismo”) onde a gente percebe o quanto o analfabetismo político, alimentado pelo PIG, está causando mau aos cidadãos de nosso país:

        – Indeciso expectador e covarde: “Não quero me comprometer com nada do que “está aí”

        – Indeciso cria do PIG: “A política e os políticos brasileiros são todos corruptos;”

        – Indeciso LGBT: “São todos machistas e homofóbicos! Vamos ao novo a ver se sai o casamento gay.”

        – Indeciso consumista: “vamos mudar, quero algo novo.”

        – Indeciso individualista: Não sei o que é melhor para mim. Vou experimentar Marina.

        – Indeciso hesitante: “medo de errar o leva a decisão amorfa e alternativa;”

        – Indeciso irresoluto: “Quer mudar a cada quatro anos (se possível em dois).”

        – Indeciso trêmulo: “Espera consultar o Ibope antes de votar, para “ganhar” a eleição.”

        – Indeciso mal informado : “Não conheço os pontos fracos da Marina, mas sou contra os outros candidatos porque assisto à Globo e leio a Veja.”

        – Indeciso irresponsável : “Como sou contra tudo, vou dar meu voto de protesto em Marina. Se trouxer o caos, que se dane.”

        – Indeciso curioso: “Vou votar na Marina e ver que acontece.”

        – Indeciso mineiro: “Estou decidido a ser indeciso, vou ficar em cima do muro com a Marina.”

        – Indeciso religioso: “Deus mandou uma mensagem através da morte do Eduardo Campos.”

        – Indeciso radical: “Sou radicalmente contra a política e os políticos. Marina vai dar um basta radical nisso.”

        – Indeciso precipitado: “Não aguento mais quatro anos, eu quero agora o futuro prometido.”

        – Indeciso até o final: “Vou aguardar até o dia da eleição.”

  • fatos obscuros………a embaixadora americana em silêncio total, em nenhuma pagina vê-se uma manifestação sua, sobre qualquer assunto de interesses mútuos entre os países, esse silencio, colabora com a versão de que a CIA matou o Eduardo campos, pois com a medíocre, os americanos voltam a tomar conta do quintal….a policia federal, tem o dever de solucionar essa questão, antes de outubro, que muitos delegados lacerda e protegenes, ainda existam dentro da corporação.
    reinaldo carletti

  • Acho que expor as falcatruas da globo e mostrar para o eleitor que a mídia, através do “manchetômetro”, ataca o PT de forma desigual não convencerá o eleitorado. Pelo menos a classe média.

    Olhei em uma comunidade do facebook que apoia o Aécio após denunciarem o “aécioporto” e ninguém acreditou nas reportagens, xingando inclusive o PT de inventar histórias e de terem jogado dinheiro fora com aeroportos em Cuba. Ou seja, é muita ilusão!

  • A SUPOSTA INFECÇÃO INTESTINAL DE GERALDO ALCKMIN

    O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, em conluio com a Rede Bandeirantes de Comunicação, inventou uma infecção intestinal para não participar do debate promovido pela própria Rede, ontem à noite.

    E assim o Alckmin escapou de responder a perguntas inconvenientes sobre o racionamento de água em São Paulo, perguntas que inevitavelmente teriam sido feitas pelo Padilha. Tudo combinado.

    • Vamos ver até quando ele vai fugir. Vai chegar uma hora que vai ficar muito difícil ele não encarar o debate. Ou será que ele vai ficar inventando dor de barriga toda hora pra ficar fugindo dos debates até as eleições? Olha só a ironia de uma internauta: “Isso é que dá ficar comendo coxinha e tomando água do volume morto do Cantareira”

    • Foi essa mesma impressão que eu tive, quando a Rede Bandalha anunciou que o Picolé de Chuchu não participaria do debate. O cínico e mentiroso Alckimin fugiu do debate, pois seria massacrado.

      E a Rede Bandalha foi conivente com o farsante Alckimin.

      • Correto Luis o canal anunciou como se fosse uma coisa normal e não anormal o principal adversário não comparecer, deve ser porque ele segundo anuncia já ganhou e ele acha que não precisa se explicar, quando ele cair então vai ser pego de jeito para esclarecer os demandos do PSDB frente ao governo de SP.

  • JORNAL DA BAND: Boechart faz terrorismo com o preço da carne

    Foi ontem à noite. Boechart começou dizendo que o preço da carne tinha sido reajustado em mais de 9%, baseado nas informações de um repórter que visitou UM ÚNICO supermercado.

    Segundo ele, 9% é maior do que a inflação anual declarada pelo governo, como coisa que a inflação pudesse ser medida por um reajuste sazonal (falta d’água) de um único produto.

    E disse ainda que a tendência dos preços era o de continuar aumentando, porque nos próximos dias o Brasil vai exportar carne para a Rússia, e que as pessoas mais pobres aqui no Brasil serão as mais afetadas, porque o Brasil vai exportar carne de segunda qualidade.

    Antes foi o tomate de Ana Maria Braga, agora é a carne de Boechart. Com um agravante no segundo caso: Boechart é quem comanda o Departamento de Jornalismo da Rede Bandeirante (ou será o Fernando Mitre?) e precisa se informar melhor a respeito das coisas que estão acontecendo no Brasil para não ser ridicularizado. E eu dou uma sugestão: ele e seus amigos jornalistas deveriam ser obrigados a assistirem ao programa eleitoral da Dilma. É ali que está a verdade. Ouviu, Boechart?

    • É isso aí! Frase curta mas sintetiza a maior verdade. E ontem li no uol que a Marina já está alertando seus eleitores sobre as mentiras que vão aparecer na internet sobre ela. Um reporter perguntou: “Que mentiras?” e ela não respondeu nada.

  • Edu,uma batalhaou guerra é perdida de 2 jeitos,no convencional,apos os embates e um lado ganha porque o outro ja não tem como reagir,foi conquistado,o seu território. A outra forma,e tenho como exemplo a famosa geração de prate do volei brasileiro,que na final contra os americanos,claramente entraram derrotados em quadra,o jogo se tornou apenas uma formalidade para confirmar os americanos como campeões, Vi um filme (não lembro,mas só a cena que ficou marcad em minha mémoria) um oficial diante da tropa e de seus superiores desferiu aguns comentários desanimadores,pessimistas,ao entrar na barraca dos oficiais,o generakl o esbofetia várias vezes e lhe diz – jamais diga estas coisa na frente da tropa,eles caminham para mortr,e precisamconfiar em seus lideres,eles tem que ter a confiança de que não é vã a batalha que vão lutar.O que me leva a algumas considerações :Jamais entrarei em uma batalha perdedor,pois é melhor não participar,Onde quero chegar,não preciso,não quero ouvir,ver sentir espiritos de pre-derrotados.Temos uma batalha dificilima,como tem sido não só nas eleições,mas no dia a dia.”oficiais” de campo,blogueiros,gente de grande influencia,que mostram pessimismo extremo,derrotados,não preciso contaminar meu espirito com isto,O Rodrigo Vianna,em eleições passadas parei de ler o seu blog,bastante pessimista.E nesta eleição farei a mesma coisa.quem estiver com o espirito abatido,ficar falando obviedades.como vai ser dificil,bla,bla,a este calejado soldado,sinceramente não merece a perda do meu precioso tempo.Nem devemos demonstrar quaisquer sintoma de desanimo.Na minha cabeça,no meu espirito tem a certeza da vitória,se ela se dara em primeiro ou segundo turno tanto faz,mas não entrari nesta como peru de natal.

    • Douglas, assim ė que se fala !! Vamos pra cima deles !! O jogo está apenas começando… Ainda faltam 2o tempo… prorrogação… disputa de pênaltis.. Não há hipótese de desanimo !! Venceremos !!

  • Defendo a corrente que a estratégia mais eficiente é o enfrentamento direto, com manifestações em frente à sede da Rede Globo, da Editora Abril, da Folha de São Paulo e do Estadão. Para tal, o partido deveria colaborar e proibir seus filiados de concederem entrevistas para o PIG.

  • O Problema é enfrentar consistentemente a onda Marina. Primeiro, a onda atual é no telefone.
    Dois o Pt e o programa do PT não enfrentaram ainda a questão da classe me´dia metropolitana e é ai que estão os indecisos que acham que Marina “vai mudar”. Há que descontruir Marina e FALAR PARA ESSE JOVEM INVISIVEL DA CLASSE MEDIA MEDIA METROLOPLITANO. O PT NÃO O VE, NÃO FALA PARA ELE E NÃO SABE O QUE FALAR PARA ELE A CLASSE MEDIA, ABANDONADA PELO PT. A QUESTÃO É ESSA.

    • E Laura, estou achando que você tem razão sim. A Marina é um perigo real, justamente porque guarda, para esse eleitorado urbano principalmente jovem de classe média, a aura de modernidade (ecologia, forma alternativa de fazer politica, etc.) que ela incarnou na eleição em que obteve os famosos 20%.
      Não entendo como essa aura “moderna” ficou colada nela, ja que hoje o que vemos é um poço de contradições com essa Marina do passado: guinada econômica à direita, obscurantismo messianico, autoritarismo e personalismo que não consegue mais esconder.
      Concordo com você que esse eleitoradp urbano de classe média é o que menos foi beneficiado, pelo menos imediatamente, com o salto que o pais deu nas ultimas décadas. E não acho que tentar desconstrui-la denunciando o curupira do ITAU que ela esconde debaixo da saia de ninfa da floresta possa sensibiliza-los. Mas acho que são bem mais sensiveis ao medievalismo de suas idéias religiosas, e o retrocesso que isso pode representar em termos de costumes em geral. Sendo este ssunto bem mais proximo desse “seu” eleitorado, é o calcanhar de aquiles que temos que privilegiar.

  • pesquisa, folha globo não tem aceitação, vamos aguardar 5- 10 – 2014 ai veremos quem esta na frente de quem e trabalhar, com informação corretas, agora a culpa de todas falcatruas midiáticas é da Dilma deveria ter implantado lei de mídias, vão fazer de tudo para derruba-la

  • marina é retrocesso, estamos a ver uma pessoa despreparada tentando tomar o poder, sendo governada por um banco estrangeiro, da licença, isto diz andar para traz empobrecimento da nação, é dar o galinheiro para a raposa, fora marina não nos representa

  • Dai a Globo poderia mostras como nos USA o americano paga somente 7% de imposto total sobre a anergia eletrica enquanto no brasil é 34%, podia também mostrar que o americano paga somente 9% de imposto num automóvel enquanto no brasil á aliquota minima é de 57% e a máxima de 113%, ainda nesta seara a globo mostraria que que nos USA não existe estatal de petroleo e os preços da gasolina lá é a metade do Brasil e mais lá não se mistura gasolina com água , alcool e solvente, mostraria também que o indice de mortos por homicidios lá ( pais que a compra e venda de armas é livre), é menos da metade que o daqui, poderia também dizer que lá os politicos trabalham em prol do país invadem naçoes fazem guerrasm mas tudo para beneficiar o povo americano, já aqui os políticos trabalham dia e noite pensando em como roubar mais o povo e ficarem mais ricos.
    Aliás quando o PT ( campanha de padilha) foi buscar exemplo de redução de criminalidade e eficiencia , ele buscou aonde? em cuba? Não! nos USA em NY, pois é sabido que a NYPD é a melhor e mais eficiente policia do mundo.
    Então acho que o PT hoje, não passa de um ZUMBI sem rumo fará somente um governador e Dilma certamente será derrotada , pois já disse, Vale tudo pra apear o PT do poder , e a pior coisa que o PT poderia fazer é abrir guerra conta a globo, pois a globo fica 24 horas no ar em mais de 16 canais ( canais do grupo globosat) e a Dilma apenas 12 minutos, sem contar que a globo tem 100% do território coberto.

    • Só que a credibilidade da globo não é maior do que a do Fernandinho Beira Mar. Por isso, ela, assim como você, perdeu en 2002, 2006, 2010 e perderá em 2014.

    • KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK…

      “… lá (nos EUA) os políticos trabalham em prol do país invadem nações fazem guerras, mas tudo para beneficiar o povo americano…”

      Já tomou o seu ‘remédinho’, hoje, ô COLONIZADO !?!? !?!?

      “ANOS tuKKKânus LEWINSKYânus NUNCA MAIS !!! NO PASSARÁN !! VIVA GENOÍNO !! VIVA ZÉ DIRCEU !! VIVA A LIBERDADE, A DEMOCRACIA E A LEGALIDADE !! VIVA LULA !! VIVA DILMA !! VIVA O PT !! VIVA O BRASIL SOBERANO !! LIBERDADE PARA JULIAN ASSANGE, BRADLEY MANNING E EDWARD SNOWDEN JÁ !! FORA YOANI e MÉDICOS COXINHAS !! ABAIXO A DITADURA DO STF DE 4 PARA A GLOBO !! ABAIXO A GRANDE MÍDIA CORPORATIVA, SEU DEUS ‘MERCADO’ & TODOS OS SEUS LACAIOS & ASSECLAS CORRUPTOS INIMPUTÁVEIS !! CPI DA PRIVATARIA TUCANA, JÁ !! LEI DE MÍDIAS, JÁ !! ******* “O BRASIL PARA TODOS não passa no SISTEMA gloBBBo de SONEGAÇÃO – O que passa SISTEMA gloBBBo de SONEGAÇÃO é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

  • Eduardo, gostaria de indicar um documentário que assiste esse final de semana no cinema. Chama-se “O mercado de notícias”, de Jorge Furtado (Ilha das Flores). Fala justamente sobre a mídia atual no Brasil e entrevista alguns dos melhores jornalistas atuais (muitos dos chamados “blogs sujos”). Vejo como uma obra importante tendo em vista o momento atual no Brasil, pra entender a mídia e como somos influenciados por ela. O site do filme: http://www.omercadodenoticias.com.br/ .

  • Ainda temos muito jogo Edu. Concordo com você que nós devemos nos envolver sempre na disputa eleitoral, afinal é o futuro não só do Brasil mas do Planeta (via BRICS) esta em jogo.
    Mas quem decide é mesmo o “tal povão”. Eu ja tinha desistido de ter esperança em uma vitória do Lula até que chegou 2002. E em 2006, com todo o jogo sujo “mensalionatario” do pig, Lula se reelegeu.
    Posso me enganar, e por isso, pela minha consciência limpa, vou novamente lutar, argumentar com os coxinhas (como de adiantasse), fazer campanha no dia, etc, mas se o “povão” quiser manter suas conquistas, ninguém vai conseguir impedir. Mas se o “povão” se deixar enganar, vai levar um prejuízo tão grande e rápido que em 4 anos consertarão.
    Grande abraço meu querido amigo guerreiro!

  • O PT passou muito tempo se deixando atacar por todos os lados pela mídia (direitista). Conviveu por dez longos anos com a lorota do mensalão que acabou ganhando ares de verdade com a condenação (por pressão midiática, e sem provas, de José Genoíno e José Dirceu). Agora o tempo é curto para criticar a mídia (direitista), que não confia em Marina dos Bagres, mas não tem outra alternativa senão apoiá-la para derrotar o PT. Marina seria uma espécie de mal menor para eles, ainda mais que está “dominada” por sua amizade com dona Neca Setúbal (do Itaú) que defende abertamente a autonomia do BC num eventual governo Marina. Se ela (Marina) não se enquadrar ao que deseja a direitolândia e o financismo ladrão e lesa-pátria, a mesma mídia (direitista) que terá que engoli-la e tolerá-la agora, fará com ela o mesmo que fez com Collor. E esse é o risco que o país corre, da instabilidade política.
    Quem tem responsabilidade com o fortalecimento da democracia em nosso país tem que advertir quanto a esse risco. Quem prefere ser inconsequente ou ingênuo que corra esse risco, e depois que não venha chorar o leite derramado.

  • Edu, a oposição é fichinha. Nosso inimigo é o PIG. Temos que desmascará-lo sempre. E ao PT falta coragem de enfrentá-lo. Achei pouco (mas válido) a crítica do Lula ao PIG. Abraço.

  • ****:D:D . . . . ‘Tá chegando o Dia D: Dia De votar bem, para o Brasil continuar melhorando!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D . . . . Vote consciente e de forma unitária para o seu/nosso partido ter mais força política, com maioria segura. . . . . ****:L:L:D:D . . . . Lei de Mídias Já!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. ****:D:D … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …:L:L:D:D

  • Talvez um governo desastroso de Marina faça esse povo entender o quanto o governo petista de Lula e Dilma foi bom para Brasil em todas as areas e crie um choque de realidade na população que hoje, odeia o PT por conta de tanta mentira e manipulação da midia.

    Um governo deastroso de Marina fortalecerá o retorno do PT,e acredito que se o PT voltar será para fazer reformas sérias que nao pode ou nao quis enfrentar de fazer. O tiro pode sair pela culatra para os ditadores baroes da midia, uma volta do PT nesse caso pode ser muito mais duradoura e revigorar as politicas ideologicas e sociais do partido. Uma coisa é certa: a populaçao nao vai aceitar a piora de sua vida em um governo Marina.

  • presidente, apesar de todo o respeito que tenho pelo senhor, acho que está um pouquinho tarde para denunciar ou confrontar a “certa imprensa”.
    mais de uma decada de “relações republicanas” com a midia empresarial que tem lucros vultosos com concessoes publicas; regada a bndes e anuncios estatais carissimos e desinformando e atacando as posiçoes de quem lutou para que o pt chegasse ao poder, ja causaram estrago significativo ao animo de muitas pessoas que deveriam estar apoiando a reeleiçao da sua candidata.
    entre os parenteses de “relaçoes republicanas” nao sugiro censura ou qualquer cerceamento ao direito de qualquer opiniao, mas que a imprensa fosse limitada por leis que garantissem a igual expressao de diversas posiçoes ideologicas e nao so as da direita ou neoliberais. os estragos gerados por esta midia a categorias profissionais e manifestantes imediatamente promovidos a baderneiros e vagabundos sao irreparaveis.
    a santidade da liberdade de expressao dos grandes jornais e redes de tv e a inexistencia de voz de quem se opoe a suas posiçoes conta decadas e o pt optou pela inaçao.
    senhor presidente, com todo o respeito que o senhor me inspira e diante de sua tardia manifestaçao em relaçao a “certa imprensa” posso apenas deixar a minha mais sincera manifestaçao: Bem feito!

  • A sociedade pode se convencer de que a globo não é amiga do PSDB, muito menos da Marina, é só inimiga do PT. O leitor e eleitor está amarrado, recebendo informação pautada em torno de uma disputa paralela, e por parte de quem participa do jogo.

Deixe uma resposta