Jornalista da Globo News debocha do Piauí por apoiar Dilma

denúncia

 

Às 19 horas e 10 minutos do último domingo, agora com a votação encerrada em todo o Brasil, a apresentadora dos programas Jornal da Globo News (Edição das 18h) e Arquivo N, ambos da emissora a cabo Globo News, postou no Twitter um comentário literalmente asqueroso.

Assim como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso faria na manhã do dia seguinte, em entrevista ao UOL, ao atribuir aos “desinformados dos grotões” – leia-se, do Nordeste – a vitória de Dilma Rousseff no primeiro turno, Leilane difundiu preconceito contra nordestinos.

Confira, abaixo, o tuíte da jornalista

Começava, ali, uma onda de ataques preconceituosos contra as regiões Norte e Nordeste do país, nas redes sociais. O que, aliás, já se tornou regra nas últimas eleições. Sobretudo quando o PT obtém grandes vitórias.

O comentário da apresentadora da Globo News no Twitter recebeu vários comentários de apoio, inclusive com manifestações de mais preconceito contra o Nordeste, o que demonstra bem o sentido do comentário dela. Porém, a maioria dos comentários foi de repúdio.

 

Leilane respondeu e, como sempre, respondeu como respondem os preconceituosos quando são pegos no pulo: disse que “não foi compreendida”.

A apresentadora foi muito bem compreendida. Além de insultar os piauienses, ao dizer que “não foi compreendida” insultou a inteligência das pessoas que se revoltaram com seu comentário debochado e preconceituoso não só contra o Piauí, mas contra o Nordeste.

Quem não compreendeu nada, porém, foi Leilane. Querendo ser engraçada, insinuou que a votação maciça de Dilma no Norte e no Nordeste se deveria à incapacidade de discernimento daquela parcela do povo brasileiro. Contudo, quem não discerne é a jornalista da Globo News.

O Nordeste vive, em 2014, situação inversa à do resto do país no que diz respeito a crescimento econômico. Confira, abaixo, gráfico do IBGE sobre o crescimento do Nordeste em comparação com o do resto do país.

Seria esperável que uma jornalista com tantos anos de estrada e que trabalha no maior império de mídia do país fosse melhor informada. Ou então, se for bem informada, seu problema será má fé mesmo…

Por fim, como se vê o preconceito contra o Norte e o Nordeste por votarem em causa própria, não surgiu do nada. Formadores de opinião como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, ou como a apresentadora da Globo News, são responsáveis por tanta ignorância.

E o pior é que a eminência desses propagadores de preconceito não fez com que alguma autoridade sequer se manifestasse.O máximo que aconteceu, até agora, foi a OAB do Ceará se manifestar no sentido de que acionará os racistas que estão difamando o Norte e o Nordeste nas redes sociais.

Segundo o jornal Tribuna do Ceará, a Ordem dos Advogados do Estado do Ceará “Entrará com ação contra internautas que postaram mensagens preconceituosas contra nordestinos após o resultado do 1º turno da eleição de 2014, no último domingo (5)”

O jornal ainda informa que a onda de preconceito está sendo reunida em um perfil no Tumblr chamado de “Esses Nordestinos”. As denúncias serão reunidas e analisadas por dois procuradores.

O que revolta, porém, é que não houve iniciativa nenhuma do Ministério Público ou mesmo da Justiça Eleitoral. O que se percebe é que o envolvimento de gente como FHC e Leilane faz com que as autoridades finjam não ver o que está acontecendo.

192 comments

  • Ser PETISTA,
    É ser caluniado diariamente por uma imprensa que, não muitos anos atrás, emprestava seus caminhões para transportar os cadáveres da ditadura.
    É sofrer o ódio de uma elite que, de tanto explorar a humildade do povo brasileiro, acha-se no direito de usá-lo como seu escravo.
    É ser condenado sem provas, porque a “literatura jurídica” o permite.
    Mas ser PETISTA também é,
    Lutar pela igualdade das pessoas e melhoria de suas condições de vida.
    Promover a paz e a justiça social.
    Ter a certeza estar fazendo o melhor de si em favor dos mais necessitados.
    Porque no nosso país não temos negros, brancos, índios, ricos, pobres, sulistas ou nordestinos. Temos irmãos, que devemos respeitar e proteger, porque essa sim é a Lei de Deus.
    Por isso, digo ao mundo com todo orgulho: EU SOU PETISTA.

    • Fernando, perdão mas farei de tuas palavras minhas palavras.

      “Ser PETISTA,
      É ser caluniado diariamente por uma imprensa que, não muitos anos atrás, emprestava seus caminhões para transportar os cadáveres da ditadura.
      É sofrer o ódio de uma elite que, de tanto explorar a humildade do povo brasileiro, acha-se no direito de usá-lo como seu escravo.
      É ser condenado sem provas, porque a “literatura jurídica” o permite.
      Mas ser PETISTA também é,
      Lutar pela igualdade das pessoas e melhoria de suas condições de vida.
      Promover a paz e a justiça social.
      Ter a certeza estar fazendo o melhor de si em favor dos mais necessitados.
      Porque no nosso país não temos negros, brancos, índios, ricos, pobres, sulistas ou nordestinos. Temos irmãos, que devemos respeitar e proteger, porque essa sim é a Lei de Deus.
      Por isso, digo ao mundo com todo orgulho: EU SOU PETISTA.”

      • voce respondeu tudo obrigado por responder por mim sou P T sou 13 tenho cerebroamo o povo nordestino sou paulista e sou brasileiro o p s d b representa tudo de repugnante que tem de pior no brasil

    • Eu sou PETISTA, e sou agora o MAIS NOVO NORDESTINO deste meu Brasil.
      Infiltrado na massa cheirosa..do Paraná…
      Paraná, o mais novo ninho de TUCANO..
      Estarei aqui firme e forte…Nação Nordestina…Logo pego um avião para passear
      ai nestas praias maravilhosas..e conversar com este povo CHIK no URTIMO.

    • Em 08 de outubro de 2014

      Eu sou filiada ao PT desde 1988 e tenho muito orgulho disso e agora com esses ataques, me orgulho mais ainda. AVANTE PARTIDO DOS TRABALHADORES, esses ataques só nos fortalecem.

    • Também sou petista Fernando! E com muito orgulho por sinal! Moro em SP e falo para quem quiser ouvir, SOU PETISTA. Detalhe básico, não sou analfabeto e muito menos desinformado, sou apenas um ex-aluno da rede pública do Estado de SP com mestrado da Unicamp e doutorado na USP. Adoro uma discussãozinha política básica, pois como diz o grande jornalista Fernando Brito (Tijolaço), a política sem polêmica é a arma das elites. Tenho dados bem atuais na ponta da língua para defender o Grande Lula e a Grande Presidenta Dilma, meus alunos coxinhas sofrem nas minhas mãos, todas as discussões políticas eles apanham, tem horas que fico com dó, mas continuo batendo com mais e mais argumentos! O último otário que falou bobagem em minhas aulas sobre eu ser petista esta de orelha quente até hoje!
      Viva Lula!
      Viva Dilma!

  • Sou Nordestino, voto Dilma! Amanhã ela estará em Aracaju e eu também, sairá ônibus da cidade onde moro, mas pretendo chegar antes e esperar, vamos pocar as urnas em Sergipe.

  • Sou Nordestino, voto Dilma! Amanhã ela estará em Aracaju e eu também, sairá ônibus da cidade onde moro, mas pretendo chegar antes e esperar, vamos pocar as urnas em Sergipe. Seguir em frente sempre!

  • Há males que vem para o bem.
    Se o Nordeste tinha alguma duvida em relação ao PSDB, agora espero que não mais tenha.
    Cabe a nós fazer chegar as pessoas (principalmente os nordestinos e descendentes de nordestinos que vivem no sudeste) o que representa o voto nessa turma.

    • Companheiros do Norte e Nordeste: depois dessa ofensa explícita, demonstração de racismo da mídia e do tucano-mór FHC contra vocês, agora a Dilma tem que ter uma votação próxima de 100% nessa região.

      Vamos derrotar os racistas do sul e do sudeste, vamos enfiar goela abaixo deles o projeto de um país mais justo e sem ódio.

      Se os tucanos neoliberais vencerem, este país vai explodir, as massas enganadas irão para as ruas pedindo as cabeças desses canalhas elitistas, que ” prometem falsamente melhorar a vida do povo privatizando o Estado brasileiro para seus compinchas.

  • Acabei de ver a noticia que o PSOL não apoiará ninguém no segundo turno. Apenas recomenda que não vote no Aécio, mas que o voto no segundo turno de um partido que não se sente representado é mais um veto do que voto.
    É uma pena que a esquerda continue assim. Penso que a maioria dos eleitores da Luciana irão votar na Dilma, mas uma sinalização clara neste sentido pelo partido, seria um avanço.
    Vamos em frente…

    • O psol é egoísta, as idéias deles é que são boas, o problema é que eles esquecem de combinar com o povo. Eles querem ver o circo pegar fogo, querem a desestabilização assim como os eua. Só que o psol é um nada e os eua são os poderosos

    • Caro Manoel

      A tática de ficar em cima do muro é típica dos covardes e de quem já escolheu um lado. Ficando neutro já está apoiando o lado mais forte, ou seja, o Aécio e todo o PIG.
      A esquerda brasileira, infelizmente não tem coragem suficiente de assumir coisa alguma e sempre se deixa levar pelo canto da sereia da direita.
      Foi assim com Getúlio e Jango e agora com Lula e Dilma.
      Não tem competência nem coragem para serem vidraças e por isso ficam sempre no papel de pedra, já que assim não precisam assumir nada.
      Triste fim para gente que se dizia praticar o novo na política.

      • Votei na Marina pelo projeto do 13º para os pobres do Bolsa Família, pois acho que no Natal todo mundo tem o direito de fazer uma boa ceia e comprar uma lembrancinha para as crianças. Sou do Partido do saudoso Betinho o Brasil Sem Fome e Sem Miséria!

        • Pura demagogia da Marina, Claudio José.

          Se não me engano na página 61 do programa de Marina dizia textualmente que seria necessário mudar a CLT e com toda certeza a mudança não seria para beneficiar o trabalhador, Néca?

          Mas de qualquer forma parabenizo-o pela opção em Dilma agora no 2º turno.

  • Em resposta a quem questiona como pode votar no Collor, em referência ao Nordeste. Da mesma forma que votam em Serra, Tiririca, Maluf…tudo em SP, quer mais?

  • E alguem poderia esperar algo diferente disso?
    Se essa jornalista fosse séria provavelmente já teria sido demitida.
    Acho graça dos médicos dizendo que devemos escolher quem tem proposta sérias.
    Eles gostam de seriedade e sobriedade e fazem mas votam e fazem campanha para Um playboy que, segundo os eleitores mineiros, tem maus hábitos. Difícil de entender

    • Na classe médica, a minoria trabalha, a maioria gosta de rapinar a previdência social, tem casos de que fizeram parto em homem e cobraram o inss.

  • O GRÃO-TROLL FHC

    O maior e mais gorduroso dos trolls da direita é ele, FHC, o troll de todos os trolls, não por acaso, o capo de tutti capi da privataria, do apagão, do desemprego, do arrocho e da compra do Congresso para a própria reeleição.

    E cujo objetivo agora, ao desqualificar os nordestinos e nortistas, eleitores de Dilma, atua abjetamente como um criminoso xenófobo, racista e secessionista. Que a presidente Dilma, e não a candidata, denuncie esta tentativa criminosa de divisão dos brasileiros, sabe-se muito bem com que propósitos, e não caia na provocação deste energúmeno, que se diz tão bem informado, tão crente na Globo e na Veja, que chegou a acreditar durante 18 anos numa jornalista da Globo que lhe dera, na cocheira, a informação de que seria pai biológico de novo, Isso é que ser bem informado, não é mesmo? Quá, quá, quá.

    Em tempo: a jornalista que deu aquela notícia a FHC não foi a Leilane, mas bem que ela satisfaz FHC com informações e opiniões asquerosas como a que postou pelo Twitter.

  • Eduardo,ontem em um programa de famigerada news,o entre caspas,tinham duas pessoas para debater a situação de marina no 2ºturno.O lógico seria ter,um representante de aébrio e outro de Dilma,apenas alguém representando marina,ou um representante de cada um dos três candidatos.Acho que meu raciocínio está correto.Só que,para minha não perplexidade,estavam lá maurício rands(marina) e,creia,andréa matarazzo(aébrio).E aí,aquela isenção que não existe,se mostra total.Imagina o que vem por aí.A briga vai ser dura.ESTOU PRONTO.

  • Realmente dá o que pensar.. Como pode um povo de um estado tão rico votar em uma quantidade tão grande de lixo político: Alkmin, Serra, Telhada, Feliciano, Tiririca, Collor, Jânio, Maluf, etc.. etc..
    Todo o lixo político quando se pensa que morreu é ressuscitado pelos paulistas.
    Como dizia Vinícius de Morais: “São Paulo é o túmulo do samba” e agora se tornou o cemitério da política.
    Parece até a série do AXN Ressuretion.

  • O meu comentário é o seguinte: esta “jornalista”, pintadona, com olhos azuis, porém do tamanho de olhos mico, de tão feia deve “repugnar” mesmo o povo do norte/nordeste do país, porque, simplesmente, de tanta inveja, ela não pode desfrutar das belezas e lindas praias daquela região. A pele dela, de tão feia e “pigmentada”, não suportaria aquele sol maravilhoso…. Vá curtir sua feiura noutro canto “apresentadora”… Você é simplesmente ridícula… Responda: e São Paulo que vota em “Tiririca”, Maluf, Russomano, Bolsonaro, etc.??? Dá prá pensar? E o Rio, que vota em Romário? Dá prá pensar?

  • Edu, o fato de o Ministério Público e a Justiça Eleitoral não se manifestarem em relação a esses atos de preconceitos e discriminações é porque estas manifestações vem justamente do partido que é INIMPUTÁVEL E SELETIVAMENTE protegido, assim com certeza o pessoal que comanda e exerce função nesses órgãos sabem que se tocarem nas pessoas que compôem o P$DB e aliados, serão destituidas ou perseguidas por este partido, agora imagine se o Aécio vence a eleição, eles podem terem lado, mas tem medo (pra não dizer aquela palavrinha que fidelix tanto gosta) de perderem seus cargos e privilégios num governo aecistas, eles sabem que podem acabarem como aquela modelo de BH e ou então presos como aquele dono do site NOVOJORNAL.
    Não me supreenderei se até o final deste segundo ainda vai aparecer alguém muito influente e importante no cenário político nacional defendendo estes preconceituosos dizendo que o “petismo” estaria tentando tirar a “liberdade de expressão” destas pessoas que VOMITAM seus nazifascimos na população que não vota e nunca votará no P$DB e seus asseclas.
    grande abraço e beijos na Victória (como ela está?)

  • Eu ia dizer que a melhor resposta a esta preconceituosa seria votar na Dilma. Mas me lembrei de que engrossam as suspeitas de que houve fraude nas urnas eletrônicas a favor do Aécio, principalmente em São Paulo e Paraná. Nas vésperas a Dilma tinha quase o dobro e tinha subido 1% em relação à pesquisa anterior. Um salto destes do Aécio faz lembrar do Aloisio 300 mil que ganhou as eleições para o senado saindo de terceiro lugar para primeiro em menos de dois dias antes do inicio da votação. Lá a justiça eleitoral de São Paulo fez suas primeiras experiências fraudulentas que está aprimorando agora. Será que serão confirmadas as minhas suspeitas muitas vezes manifestadas aqui de que estava em curso um golpe oposicionista e midiático com a cumplicidade da justiça eleitoral? Quem não se lembra do caso Brizola/Proconsult?
    Com a palavra os agilíssimos analistas do PT.

  • Esses ” jornalistas” da rede globo são piores, mais golpistas que seus patrões que tiveram sua empresa fundada, cresceram e foram cevados pela ditadura militar, sendo a tv globo na prática a porta-voz daquele regime de trevas, tortura e morte que infelicitou o Brasil e seu povo por longos 21 anos.

    Em tempos de regime democrático, em toda eleição presidencial sempre aparece a ” mão de gato ” da rede globo de televisão em alguma armação político/eleitoral tentando influir nos destinos políticos do país, sempre a favor dos candidatos do capital e das elites reacionárias do país, basta lembrar da edição confessada por seu editor do debate Collor-Lula no segundo turno em 1989; da montanha de dinheiro dos aloprados nas vésperas do primeiro turno de 2006,quando chegaram a omitir a queda de um avião civil que matou mais de 200 brasileiros para faturar com a foto da ” montanha de dinheiro ” editada e montada por um delegado da polícia federal; em 2010 quando o jornal nacional tentou transformar uma inofensiva bolinha de papel jogada na cabeça do candidato tucano Serra num perigoso objeto de mais de 2 quilos, etc….

    Será que esses jornalistas tem consciência de onde trabalham ou conhecem a história e trajetória da rede globo de televisão na vida politica deste país ?

    Não me atrevo a adjetivar o que são esses jornalistas, que comem na mão da direita, mas há tempos atrás alguém falou que a rede globo era lixo em estado puro.

    Se a carapuça servir, bom proveito.

  • Resposta à altura pra essa gente, leiam.

    CARTA ABERTA DE UMA NORTISTA
    PARA OS SULISTAS
    por Fabiana Agra*

    Meus irmãos sulistas – sim, queiram vocês ou não, somos irmãos, somos filhos de uma nação chamada Brasil, que vem sendo construída há 514 anos – como nortista de nascimento e por convicção, sinto-me obrigada a escrever para vocês após os últimos acontecimentos, em que vimos reacender a mais vil xenofobia endereçada a nós, do Norte e do Nordeste, devido os resultados do primeiro turno das Eleições 2014.

    Em primeiro lugar, meus irmãos, não somos nem melhores nem piores do que vocês, somos fruto de um país continental, cheio de diferenças e de contrastes e que, por circunstâncias históricas, nós daqui de cima fomos explorados através de uma colonização vil e de uma política perversa, que retiraram o melhor de nós, que foi usufruído por vocês; sem contar que houve uma imigração planejada para os estados do Sul e Sudeste, onde vocês tiveram a oportunidade de desenvolver-se de uma forma bem mais organizada.

    Sim, nós daqui de cima já passamos fome, já fomos muito ignorantes, uma massa de milhões de analfabetos, que vivia das esmolas que os governos anteriores vez por outra mandavam, governantes esses que nunca se importaram em preparar o nosso povo para conviver com as intempéries do clima e nem de diminuir o abismo social em que vivíamos.

    Somente após 2002, meus irmãos, é que esse quadro começou a mudar e, hoje em dia, o Norte/Nordeste é também uma terra de amplas possibilidades: seu povo está melhorando de vida, a educação chegou através de dezenas ou até mesmo de centenas de estabelecimentos educacionais federais, obras estruturantes estão sendo erguidas e, se os bons ventos continuarem favoráveis para nós, a geração nascida neste novo século estará em pé de igualdade econômica com vocês, que tiveram a “sorte” de receber a maior fatia do bolo até bem pouco tempo atrás.

    Meus amigos sulistas, sinceramente eu não entendo o porquê de tanto ódio direcionado a nós. Eu nasci e cresci ouvindo dizer que o Brasil era a terra da gentileza, uma nação de povo amigo e hospitaleiro – quer dizer que tal máxima só se aplica para os gringos que aqui chegam para usufruírem das nossas belezas naturais, do nosso clima e, muitos deles, das nossas mulheres e crianças? Quer dizer que vocês se consideram uma “gente diferenciada” e se acham no direito de tratarem a nós, daqui de cima, como uma “sub-raça”? Eu gostaria muito de ter esses meus questionamentos respondidos de forma coerente.

    Outra coisa: vocês estão alardeando, do Oiapoque ao Chuí, que nós, do Norte/Nordeste, não sabemos votar. Ah, é? E o que vocês me dizem da votação esmagadora recebida por Tiririca, Bolsonaro, Feliciano, Coronel Telhada e Delegado Olim? Como vocês explicam esses votos tão conscientes e inteligentes? Quem não sabe mesmo votar, hein? Nós daqui, votamos majoritariamente em Dilma porque somente a partir dos governos de Lula e Dilma a classe mais pobre desse imenso Brasil saiu da linha da miséria, são mais de 40 milhões de pessoas que hoje em dia tem a mesa farta, roupas compradas com o seu próprio dinheiro, e milhares de pessoas que estão tendo a oportunidade de estudar, de viajar, de trocar experiências… Eu votei e votarei em Dilma, meus amigos sulistas, porque, entre outros avanços, o Brasil não é mais devedor do FMI – pelo contrário, nosso país agora empresta dinheiro -, e caso vocês ainda não saibam, o Brasil saiu do mapa da fome, algo que somente 35 países do mundo foram capazes de realizar.

    Pois é, meus irmãos. Eu continuo sem entender o motivo de tanto ódio da parte de vocês – será o stress dessa vida caótica? Pode ser. Então, para acabarmos de vez com essa coisa horrível, chamada “cultura do ódio”, da minha parte eu perdoo as ofensas gratuitas que recebi nos últimos dias e convido-os a nos visitar. Venham para cá passar uns dias, garanto a vocês que serão muito bem recebidos! Venham para cá que nós daqui faremos questão de mostrar para vocês o nosso lugar, a nossa gente, a nossa gastronomia. Vocês irão perceber que o Norte/Nordeste é um lugar repleto de encantos e com um povo que sempre foi receptivo – mas que, agora, além de receber bem, também está tendo as mesmas oportunidades que vocês sempre tiveram.

    Mas caso vocês não possam dar uma esticadinha até aqui, há outras formas de conhecer a nós, nortistas: basta pegarem uma das milhares de obras escritas por um de nós; vocês irão deliciar-se com os livros de Jorge Amado, Rachel de Queiros, Ariano Suassuna, Graciliano Ramos, João Cabral de Melo Neto, Ferreira Gullar… E se não gostam muito de ler, que tal ouvir uma boa música daqui dessas bandas? Temos de todos os estilos, de Zé Ramalho, Raul Seixas, Alceu, Djavan, Gil, Caetano, Bethânia, Fagner, a Zeca Baleiro, Ivete, Pitty, Herbert Viana, Chico César, Elba…

    Finalmente, sem querer aprofundar-me na política, creio que já justifiquei meu voto para vocês – apesar de desnecessário, faço questão. Já vocês, meus irmãos, sintam-se à vontade para elegerem quem vocês bem entenderem, o nome disso é democracia. Infelizmente, a escolha de vocês, caso não seja a melhor, refletirá em todo o país que, até o momento, está tomando um rumo certo e confiável.

    Ah, ia esquecendo de uma coisa: nós daqui temos a maior admiração pelos jumentos, animais inteligentes e que desde o início da colonização, foram companhia de todos os desbravadores dessa terra. Portanto, eu particularmente, não me sinto ofendida em ser chamada de burra, de jumenta, de maneira alguma. Fiquem à vontade.

    É isso, meus amigos do Sudeste/Sul. A nossa bandeira é uma só, e o nosso pavilhão verde-e-amarelo não pode agasalhar esse tipo de ódio pela sua própria gente nem por povo nenhum do planeta! Vamos deixar de propagar essa raiva gratuita, que só faz diminuir moral e eticamente quem a espalha. Vamos sim, ajudar a construir a grande nação que merecemos! Quem se habilita?

    * Fabiana Agra é advogada, jornalista, escritora e paraibana com muito orgulho.

    • Cara Fabiana

      Sou paulista nascido no interior do estado, mas às vezes me envergonho de ter nascido aqui. Um povo tão trabalhador e lutador que se deixa contaminar pelo preconceito contra seus irmãos que um dia ajudaram a construir a riqueza deste estado. São Paulo é a maior cidade nordestina fora do Nordeste. Foram os nordestinos que ajudaram a construir metrôs, edifícios, e toda a infraestrutura deste estado muitas vezes em situações precárias e desumanas.
      Mas São Paulo vem se tornando o cemitério da política. Só como exemplo: Collor só se elegeu por conta da grande votação em 89 dada pelos paulistas. Depois vem Maluf, Jânio, Serra, Alckmin, Tiririca, Telhada, Feliciano e lixos quetais.

      Me envergonha a capacidade desse povo de ressuscitar lixo político.
      Mas podes crer que esses são minoria e que a grande maioria desse povo ama seus irmãos do Norte/Nordeste.

    • Clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap…

      Lavou minha alma.

    • Cara colega Fabiana, sou nascido no interior do Estado de São Paulo, paulista da ” pura gema ” como se diz, sou filho de um pequeno pecuarista e uma dona de casa, tenho 10 irmãos, sempre estudei em escolas públicas, também sou Advogado e tenho muito orgulho do nosso grande país, de norte a sul e de todos os brasileiros filhos desta terra abençoada por Deus, mas parece que amaldiçoada por certo tipo de gente que deseja introduzir entre nós o ” ovo da serpente ” do ódio, do racismo e da discriminação como prega certa elite econômica e política, sendo seu porta-voz um sociólogo (!), FHC, ex-presidente da Republica que parece pregar o desprezo a outros cidadãos apenas porque o governo Lula lhes deu um mínimo de dignidade, que para muitos significa apenas não morrer por falta de comida neste país tão pródigo em produção de alimentos.

      Essa elite que olha somente para seu umbigo e para seus interesses mesquinhos não me representa e não representa também certamente outros milhões de paulistas, que não compactuam com essa visão estreita e superada de separação de classes e racismo social.

      Brasileiros do norte e nordeste, estamos juntos e misturados nessa luta para evitar o mal maior da vitória do neoliberal Aécio Neves e seus feitores, representantes dos interesses da nossa burguesia reacionária e lesa-pátria e seus mandantes estrangeiros.

      Vamos aproveitar cada dia deste segundo turno para conversar com as pessoas e garantir a vitória da Dilma dia 26 de outubro, para que vença a solidariedade, um país mais justo e não o ódio, o interesse de poucos, o preconceito e ignorância dessa gente.

    • Maria Amélia, parabens pela tua carta. Aqui no SUL, SC tem muita gente que vota PT/Dilma/Lula. Vamos batalhar e dar o troco no dia 26. O povo brasileiro merece.

    • Minha irmã do Norte:
      Sou carioca e estou tão envergonhado e indignado quanto você.
      Também acho uma ofensa aos jegues chamar essa gente de burra.
      O probrema é o seguinte: é uma gente que não se sente brasileira e para a qual o Brasil é um desterro.
      Seu sonho é morar em niviórqui. Mal sabem que o símbolo mais coxinha da cidade, o Waldorf Astória, acabou de ser comprado por uma merreca por investidores chineses.
      Agora, o país não pode se sentir ofendido por abobrinha de gente que elegeu uma seca de proporções homéricas como valor político. E as consequências da seca na saúde da população (pobres e ricos) nem começaram a aparecer, ou sequer ser discutidas. Refiro-me a uma rede de esgoto que, sem água é inoperante, um lençol freático infestado de coliformes infiltrando em uma rede de água podre e sem pressão, uma concessionária cujo único compromisso é com os acionistas não vai gastar dinheiro com injeção de cloro na rede, principalmente nas áres de baixa renda.
      Minha irmã, acho que o antigo nordeste de Vidas Secas e do Auto da Compadecida migrou para São Paulo e sua metástese, Paraná. Veja bem, não os nordestinos, mas o atraso.

    • FABIANA ANGRA:
      Sou paulista mas antes de tudo muito BRASILEIRO, quando lia sua carta, minha esposa de volta da
      farmacia deu me um recado do farmaceutico. Que eu não ficase triste, porque ia dar AECIO desta vez.
      Respondi algo que serve para os eleitores “desinformados e pobres”, jamais ficarei triste se ocorrer…
      Afinal não sera os eleitores de DILMA ou eu, que traimos nosso BRASIL.
      Morro analfabeto mas jamais traidor…

  • Boa tarde, Eduardo. Eu vim aqui, porque estou preocupada com a urna eletrônica. Ela não é aceita em quase lugar nenhum. Eu acho que houve fraude. Seria possível não usar a rede eletrônica no 2º turno?
    Eu li umas 3 matérias que você escreveu, porque eu não frequento os blogs. Eu fui lá no Tijolaço e aqui, porque são os que a minha irmã mais gosta, somente para falar sobre a urna. Mas eu nem disse a ela que viria. Ela está bem emocionada e foi mesmo proibida de entrar em qualquer blog. Ela está hospitalizada no momento.
    Dou meus parabéns a você mais uma vez. Você fica bem acima de tantos blogueiros que eu vi por aqui. Minha irmã sempre diz isso e agora eu reafirmo.
    E eu acho que esqueci de dizer o meu nome antes. É Ana.
    Um abraço e eu espero que a gente possa vencer o mal que está no país. O mal é o PSDB, mas é a mídia também. Um tem que acabar e o outro não pode voltar. Pelo bem dos nossos filhos.

  • Eles estão futucando onça com vara curta, estão assanhando a militância petista e mexendo com o brio nos nordestinos, somos acima de tudo, um forte, somos imbatíveis.
    Sou privilegiado, sou nordestino e petista, com muito orgulho, sou esclarecido.
    DILMA 2014, LULA 2018.

  • Caro Eduardo,

    Eu não sou muito dado a fazer vaticínios, mas acredito que todas palavras de ódio proferidas por diversas figuras conhecidas, e dirigidas ao povo nordestino, podem produzir um efeito contrário, ao que essas pessoas imaginam. É deplorável ouvir de gente desse “naipe” o mais profundo desrespeito que nutrem pelo povo daquela região.

  • Por viver aqui no Sul, Interior do RS, já ouvi alguns comentários bem cretinos sobre nossos irmãos do Norte e Nordeste do país. Parece que cretinice pega. De minha parte nenhuma babaquice dita ao meu lado fica sem resposta.

  • A classe dominante brasileira nunca escondeu sua inferioridade em relação à elite européia e até mesmo à elite corrupta e indecorosa dos EUA. Ao comando do servilhismo sempre foi a elite paulista que obcecada em ”desbaianizar” a força-trabalho ordenou a imigração branca de massa. Era o delirio da nossa ”americanização” no final do século XIX.

    Concordo plenamente com o leitor Roberto (post anterior, Roberto 07/10/2014 – 19:44) — No capitulo ”Eugenética e involução economica” do livro Late Victorian Holocausts, o autor Mike Davis escreveu : ”’Não acontecera como fora previsto pela teoria: emigração do norte/nordeste aos polos de crescimento do sul-este. Os governos da elite branca iniciaram a financiar a imigração de massa da Italia, Alemanha e Portugal. Até mesmo as ELITES NORDESTINAS adotaram com muita determinação essa ”europeização”. Na Bahia, autoridades barravam estradas para aprisionar retirantes e confina-los no isolamento dos campos de concentração. Era um modo desumano e criminoso para conquistar consenso do governo central e obter verbas pelo serviço prestado.

    As instituições nascentes da cultura brasileira, baseadas sobretudo entre Rio e S. Paulo, lamentavam as carências intelectuais e morais das massas nordestinas, gente inferior por natureza. Era o racismo como política nacional. Essas instituições foram as primeiras, na história do nosso continente, que programaram a ”eugenética positiva”: gente como o baiano Nina Rodrigues afirmava que o cruzamento racial fosse responsável pelo banditismo, heresia religiosa, etc.”

    Incapacidade pra trabalhar, indolência, pouca inteligência, vicio, etc., foram alguns dos motivos expostos pela elite paulista pra justificar o desumano programa de desintegração nacional; mas a historia sempre foi outra muito diferente tanto é que o calhorda J. F. Kennedy, presidente dos EUA, sabendo do que era capaz o homem nordestino, autorizara a CIA a preparar e iniciar a infiltração militar naquela região.

    Francisco Julião agitou o problema: ”Por que exaurem nossas riquezas, levando nosso ferro, nosso manganes, nossa areia monazitica, sugando nosso trabalho, nosso suor, nosso sangue? Por que infestam nosso nordeste, aos milhares, como uma praga maldita? Pois não estão aqui como amigos, mas como inimigos. O norte-americano é nosso irmão como Cain foi de Abel”. Muitos carrapatos Yankes ficaram no Brasil e os nordestinos ignoram — ainda hoje — que conviveram com seus algozes.

  • De uma coisa não podemos reclamar neste pleito: as máscaras estão caindo pelo desespero.

    De qualquer forma, uma das piores jornalistas da grobo rsrs é grobo, Leilane, vai correr pro FHC e dizer que sou mal informado por falar grobo???

  • Edu

    Esse povo com sobrenomes estranhos esquecem que estão aqui porque seus pais e avós também sofreram preconceito nas terras de origem. Foram botados fora e deviam respeitar esse solo e seus habitantes.

  • o governo do PT ficou 12 anos apanhando calado, sendo caluniado, achando que estava tudo bem, que o controle remoto resolvia, agora aos 44 do 2º tempo quer politizar a eleição ?

  • Nordestinos e demais brasileiros que apoiam o esforço que o Nordeste fez nos últimos 12 anos para avançar social e econômicamente: vamos lançar uma campanha para

    100% DE VOTOS DO NORDESTE EM DILMA NO 2º TURNO

    (até o ACM de Salvador e o Paulo Câmara de Pernambuco vão ter que entrar na campanha, assim como a Renata Campos, esposa de Eduardo Campos)

  • Olha gente, vou bater a real.

    Graças a Deus que o voto é secreto.

    Só mesmo esse recurso é que vai permitir que um cidadão nordestino possa votar tranquilamente em Aécio Neves sem ser linchado pela população local.

  • Deus nos livre, a mídia ( TVs, rádios, jornais, revistas, todos)
    contra o PT, um partido progressista. Estão tendo
    uma atitude profundamente antidemocracia, numa campanha sórdida.
    Não existe lei contra tamanha ferocidade?

  • Edu, Dilma está agora no Piauí para abrir a campanha do 2º turno, ao vivo no Tijolaço. Pelo amor de Deus ligue para alguém da campanha e peça pra ela falar “tem jornalista zombando do Piauí….”, na fé de ir a 90%

  • a situação é bem complcada Edu, temo seriamente por uma vitória do aécio, as vezes penso que isso seria o melhor, para que esse povo burguês e preconceituoso quebrasse a cara, mas com ctz se aécio fosse eleito teria a mídia ao seu lado e é óbvio que o PIG vai encher a bola dele e endeusar o seu governo!! estou revoltado com essas manifestações preconceituosas. tenho sangue nordestino na veia e me orgulho disso. sou nascido e criado em guarulhos-sp, tenho nojo da maioria do povo paulista que sempre se achou mais do que os outros. e o pior de tudo é continuar com um governo que dura 28 anos e nada é feito, falta água em sp e todos acham isso normal que isso é culpa do tempo, que a culpa é de são pedro, rsrsrs até a dilma já foi rotulada culpada pela seca em sp kkkk.
    fazia tempo que eu não ficava tão desanimado e tão revoltado com uma eleição. e não é só para presidente, minha indignação é tbm em relação aos deputados federais, estaduais, governadores e senadores, uma matéria na internet aponta que não houve renovação nenhuma no parlamentarismo. as mesmas cobras de sempre continuam… e sp fez o favor de reeleger o tiririca… só aí a gente vê que o povo de sp tá muito preocupado com as “mudanças”

  • As “otoridades” do MPF e da “justiça” Eleitoral são de direita, filhinhos de papai nascidos em berço de ouro e que tiveram sua grande chance de trabalhar num órgão público com um salário muito bom graças aos concursos abertos pelo PT. PSDB desde criancinhas, caso pudessem também estavam postando esses tipos de comentários asquerosos.

  • Como paulista e paulistano me sinto envergonhado com essas declarações dessa jornalista pré-paga da midia-empresa e do senhor FHC a respeito dos brasileiros do norte e nordeste. Será que não sabem que São Paulo é a maior cidade nordestina do país? Que vergonha.
    Espero que os nordestinos e seus descendentes deem uma lição nesses reacionários votando em massa na DILMA 13.

  • O Nordeste cresce a taxas chinesas há vários anos. Quem está freando o crescimento do país é justamente a velha e enferrujada locomotiva SP, que há 20 anos – agora serão mais 4! – vem sendo desmontada e dilapidada pelos tucanos. Preciso dizer mais?

  • Caro Eduardo. Sou de Santos, SP e costumo viajar ao nordeste uma vez ao ano isso há mais de 25 anos. Acompanhei todo processo de inclusão social e industrial do nordeste ao mundo contemporâneo com o trabalho de Lula e Dilma ao longo desse tempo. No momento estou em Jaboatão dos Guararapes, cidade fronteiriça a Recife. No dia 05 de outubro votei em transito numa seção eleitoral instalada em uma grande Faculdade no Bairro de Piedade. Votei com o coração apertado, triste e decepcionado com muitas pessoas daqui de Pernambuco. Muitos veiculos passavam por mim com adesivos “fora Dilma” isso me cortou o coração e ainda persiste , agora com maior intensidade tendo em vista o segundo turno. Me revolta, pois muitos nascidos aqui não se identificam com o nordeste. Alegam um orgulho de ser nordestino mas se comportam como paulistas fossem, é frustrante! Essa semana a viúva de Eduardo Campos com sua prole e todos os eleitos pelo PSB, declararam apoio formal ao adversário de Dilma e Lula. Para mim é incompreensível essa posição tendo em vista que o próprio finado só se tornou uma figura nacional por obra de Lula. Apesar de todos os insultos que o nordestino vem sofrendo por parte desses ignorantes paulistas há muitos Pernambucanas que declaram votar no mineiro. Uma curiosidade que quero salientar. No dia 5 de abril de 2013 no 57ª Congresso Estadual de Municípios de São Paulo, realizado no Mendes Convention Center, em Santos. Eduardo Campos foi informalmente lançado por seus correligionários como candidato a presidência. Lembro dos adesivos como s dizeres “Um caminho para um novo Brasil”, fiquei revoltado com a traição do neto de Arraes a Lula que o tinha como amigo. Passados aproximadamente um ano e meio na mesma cidade de Santos acaba sua carreira política. Sinto hoje, por parte de seus familiares uma segunda traição. Ao invés da elite Pernambucana se revoltar com os insultos paulistas essa mesma elite se alia a eles. Duas regiões que mais sofrerão com as politicas que serão adotadas pelo candidato do retrocesso são exatamente: Santos e Recife. Com a mudança das regras do pré-sal, muitos planos traçados tendo como base o petróleo serão abandonados. Em Recife, a refinaria Abreu e LIma, os Estaleiros, a montadora Fiat, entre outros projetos e em Santos a Base de Operação da Petrobras para o Pré-sal, um conjunto de Edifícios construido no centro antigo de Santos, pequenos estaleiros destinados a manutenção de navios e sondas, entre outras coisas que giram em torno do setor também serão afetados. Mas, se o mal acontecer e o desemprego em massa voltar, a população que hoje clama pela saida de Dilma aprenderá que política é o tema mais importante de suas vidas. Se não aprendem pelo amor aprenderão pela dor.

    • Concordo! Porque infelizmente alguns só aprendem quando dói no bolso. Mas para aqueles que mais precisam do Estado é certamente muito pior. Pois é o estômago e a alma que doem!

  • Edu, onde está a forte manifestação do PT contra esses absurdos preconceituosos desses lixos tucanos?
    Não vi ainda o PT falar grosso e nem mesmo a presidenta Dilma contra esses canalhas direitistas.

  • Funciona mais ou menos assim: FHC vendeu metade do país de forma suspeita, e diferentemente dos seus companheiros de ideário, Fujimori, Menem, Salinas e Sanches de Lozada, todos presos ou processados, ele é diariamente incensado. Dessa forma se sente livre para dizer que os eleitores do PT vivem em grotões e são ignorantes. Meu Deus, se já estão atacando os eleitores que votam nos adversários imagina como vai seria o governo desse povo!!!

  • Reitero aqui o que já externei em outra ocasião: Sou paulista, sei da importância do meu estado e me orgulho dele. Mas sinto uma vergonha enorme quando vejo manifestação explícita de odioso preconceito partindo dos cá debaixo, como se fôssemos melhores que os lá de cima. Preconceito, ódio e ignorância. Ódio principalmente à Dilma, que se transfere àqueles que votam nela. Porém, de nada adianta aceitar a “corda” e
    ficar brigando com palavras, muitas vezes também preconceituosas. A arma é uma só: O VOTO. O voto do mais humilde nordestino (sulino também) tem o mesmo valor de o de FHC e Leilane, e é isso que eles não aceitam e os faz dizer o que dizem. A arma mortal para eles é o nosso VOTO, não nossas palavras. Certamente muitos votos de nordestinos de São Paulo não foram dados à Dilma no 1º turno. Segundo o ex-presidente são mal informados. Que tal, se todos nós, do sul, centro-oeste, norte e nordeste os informássemos?

    PS: Não sou eleitor do Tiririca mas não o incluo absolutamente junto com os outros eleitos aqui em São Paulo e cognominados de lixo. Para mim isso também é preconceito.

  • … e se isso for ações dos americanos para defraglar uma guerra civil neste país. país dividio, país facilmente conquistado. abraços, Edu, recomendaçõs à famÍlia e um beijo especia para a princesa guerreira Victoria.

  • Essa dona foi ancora do RJTV, saiu porque só falava merda uma ignorante, mulher de um grandalhão da Globo. Uma anta em pessoa. O que ele fala não se deve em levar em consideração, pois os piauense são infinitamente mais inteligentes que ela. Ela deveria trabalhar no zorra total no papel de Ofélia.

  • As pessoas valorizam demais estes bandidos da globo. Vamos fazer Nossa lei da mídia e deixar estes bandidos falando só. Pra que perder tempo e se irritar com estes jornalistas de aluguel dos tucanalhas? Minha vida mudou depois que deixei de ver pig.

  • Alguém me dizer por que esse zum zum zum sobre as eleições de São Paulo?
    eE verdade que estão fazendo alguns levantamentos dizendo que tem casos estranhos?

    • Olha, eu achei MUUUUUUUUUITO estranho o Alckmin vencer em TODOS os municípios, com exceção de apenas 01, onde perdeu pra Padilha. A estranheza é porque acredito que nem nas eleições anteriores em que não tínhamos crise d’água e descontentamento geral, ele conseguiu esse feito. Aliás, ele venceu até mesmo em municípios em que a Dilma saiu vencedora. É pra se investigar e o PT precisa agir rápido, sim.

  • De Cora Ronai, a maníaca do smartphone: “Quanto pior o IDH do estado, mais votos para Dilma. Pois é.” Acho que quando a dondocona da gangue marinha descobrir que seu estado tem o maldito do Bolsonaro como o mais votado, não vai ter botox que esconda aquele seu rosto tosco. Isto se essa babaca não for ela própria uma eleitora do facínora.

  • Paraná Pesquisa para o segundo turno: Aébrio 54, Dilma 46. Acho que a onda agora é o playboy. Caminhamos a passos largos para o buraco mas, há muitos anos eu ouvi o General Vernon Waters falar, em bom português: “o Brasil não cai no buraco porquê é maior que o buraco”.

      • Caro, na primeira volta o Aébrio foi subestimado. Mas no final o que aconteceu ta lá: erraram com ele mas, pode-se dizer, que acertaram com Dilma. Não duvido que há uma onda Aébrio, sendo assim ele pode ter se distanciado, espero, honestamente, que estes números estejam anabolizados. Porém, depois que o Pernambuco aderiu a osMarina, isto apesar de tudo que receberam de apoio no governo petista, o que posso dizer? Digo, na música de Zé Ramalho: E vida de gado, povo marcado…povo feliz! Espero que o João Santana acerte a mão no marketing, senão como diz outras músicas da MPB: Levanta, sacode a poeira e da volta por cima. Ou: Começar de novo vai valer a pena…

        • DG, cuidado pra não repetir as “máximas” do PIG, a eleição em PE foi bem confusa, eu diria que anormal. Foi um verdadeiro massacre o apelo irracional da viúva de Campos e da corja calhorda dele. Nem nas eleições do próprio se via tanta propaganda do PSB, parece que gastaram todo o dinheiro nacional do partido em PE.

          O Lula também teve culpa pelo fenômeno Campos e Marina em PE, coisa que muita gente no PT ou quem apoia não gosta de admitir e pouca gente levanta a bola da questão (que é necessário). O Lula em nenhum momento mostrou ou procurou mostrar que houve uma ruptura dele com o Campos, coisa que dirigente do próprio PSB (criticando a Marina) admitiu que era a estratégia deles, de se apresentar como continuidade do Lula e não como candidatura de oposição. Não é tão fácil convencer o povo, com imprensa blindando o Campos por 8 anos e o principal líder do país (o Lula), sendo pernambucano, não falando abertamente que Campos era um traidor. E agora nem dá pra falar isso sob risco do povo cismar com o discurso.

          Mas a preocupação é exagerada porque não leva em conta que Dilma teve 43% de votos em PE, apesar da canalhice do PSB e que Aécio teve só 6% (não sei se foi o índice mais baixo do país mas foi um dos), sendo que a maioria dos que votaram na “sonhática” votarão em Dilma no segundo turno. A região NE fecha com Dilma. O negócio é assegurar vitória dela em Minas, no Rio e Rio Grande do Sul pra pôr a pá de cal no Aécio, independente do voto de SP (em SP capital o PT pode diminuir ao extremo a diferença de votos que teve pro Aécio).

          Não entendo o desespero e o jogar de toalha, eu não acreditava em vitória no primeiro turno por tudo o que o PIG fez inflando a Marina, o que ninguém esperava era o crescimento estranho do Aébrio, mas não vejo motivo pro desespero quando o PT e principalmente a Dilma dependem só deles pra vencer, com PIG e tudo contra.

          A Globo não dirá absolutamente nada do que passa em Pernambuco com precisão, aliás, ela nunca fala pro país, a Globo tem uma rixa particular com Pernambuco, pela posição estratégica histórica do Estado e pela rixa que sempre rolou com a elite do Rio, quem quiser se informar sobre PE e alguns estados é bom consultar o pessoal do próprio estado, apesar de que admito que o pessoal de PE na rede é bastante ausente, muito em virtude da animosidade que se cria quando estoura esses ataques regionais, o bairrismo aflora e o povo se retrai não querendo muito papo, o que é um erro, mas acontece.

          • Uma coisa é certa: o Lula não pode adotar esse tom que evita confronto no segundo turno, essa postura “paz e amor” dele está sendo lida ou vista pela direita como medo da direita, ele vai ter que partir pro confronto citando nominalmente os inimigos. Ele no primeiro turno evitou ao extremo citar o nome do Aécio e de vários, o que está em disputa são os avanços sociais do próprio governo dele e uma mudança profunda da estrutura política e histórica do país, não é tempo mais pra esse discurso apaziguador com essa direita sem vergonha entreguista que sempre tenta minar o país transformando-o em colônia dos EUA ou de outra potência.

            E discordo do pessoal que diz que citar FHC é se distrair do Aécio, FHC e Aécio são coisas grudadas, bateu em um está batendo no outro. FHC, com a vaidade de pavão dele, cometeu um erro ao apostar na radicalização do discurso bairrista segregador, só que isso tem que ser utilizado contra os tucanos pra mostrar o que eles representam (o PSDB está “fascistizando” o Brasil com as forças neoliberais da mídia, Veja, Globo etc, a página do Constantino no Facebook é um entulho, ele tá chamando o PT de “bolivariano” pra atiçar a paranoia anticomunista dos coxinhas) e não só chorume.

    • Enquanto isso nós ficamos apoiando o kit educação , ao mesmo tempo em que perdemos milhões de votos dos conservadores religiosos, que em matéria de programas sociais nem são tão conservadores assim.
      Esse é o maior conto do vigário que a direita enfiou goela abaixo dos otários da esquerda.
      É isso aí. Percamos todas as conquistas do povo brasileiro nos últimos 12 anos, mas defendamos até a morte o kit de educação sexual nas escolas.

  • FHC e os coxinhas do PIG estão fazendo um belo trabalho para a reeleição da Presidenta Dilma, pois alguns amigos nordestinos estão com sangue nos olhos de tanta raiva destes ordinários e preconceituosos.

  • Essa senhora, Leilane Neubarth, como disse Eduardo Guimarães tem “anos de estrada”, aliás, tem 55 anos de idade, não deveria se expor ao ridículo com essa tuitada tão tola quanto pernóstica. Não é a toa que saiu da matriz (Globo) e foi pra filial (Globo News).

  • Tem várias coisas que sou incapaz de entender.
    A última é: como pode alguém assalariado, remediado e minimamente inteligente votar num sujeito cujo mentor econômico afirma, pra quem quiser ouvir, que “o salário mínimo está muito alto”.
    Desculpem-me aqueles que atribuem a ascensão do playboyzinho de meia idade e vagabundo Aécio unicamente à despolitização mantida pelo PT durante 12 anos (é certo que ocorreu mesmo), mas deve haver alguma coisa a mais e que me escapa…

    • Vox, também não viu a onda Aébrio. Chega! Vou fazer um despacho pro João Santana acertar no marketing, muita reza também. Sei lá, tem uma senhora que lê cartas aqui na calçada da minha rua, é mais confiável. O fato é que o palyboy deve estar surfando bem, aliás ele é surfista. E, segundo o Rovai é também um sedutor. Então não tem pra ninguém: a Erundina e a viúva já devem estar na lábia dele.

    • Não. Ela não estava debochando de SP. Se fosse essa a intenção, citaria os altos percentuais de Aécio na SP da seca e os baixos percentuais no Nordeste da retomada econômica.

  • Sou de Santa Catarina – Floripa, amo m eu Brasil e nele esta inserido o nordeste e sempre passo minhas ferias la. O que me incomoda é que acada eleição o preconceito cresce em relação aos nordestino, e pior, ninguém toma uma providencia sequer, se é que é possível fazer algo, quando se tem uma justiça em que uma pessoa derruba um direito de resposta que fora legitimado por 7×0 no tre. Como acreditar em justiça?
    Qto ao comentário desta senhora, nem levo em consideração afinal a imprensa brasileira de um modo em geral esta engessada apenas repetido oque seus chefes “estes sim preconceituosos” mandam para o teleprompter e os bonequinhos bem pagos repetem.
    Sinto uma dor no peito em pensar nas injustiças que serão praticadas neste pais com uma possíivel eleição de Aecim, afinal nada sera investigado e claro se for contra o nordeste nem haverá preocupação afinal para esta gente neoliberal, ,o nordeste é o cancer do Brasil.
    Que Deus tenha misericordia de nps.

  • Edu, estes jornalistas são uns boçais!
    Alquimia deu uma lavagem em Dilma Bolada, em SP, nem por isto a jornalista se questionou, “isso dá o que pensar…”!
    Creio que aí tem preconceito embutido contra o estado nordestino e o seu povo!
    É o mesmo preconceito dos letrados como FHC, que afirmam que os pobres não sabem votar, como se eles fossem infalíveis!
    Tomara que neste 2º turno os piauienses e todos os nordestinos marquem 100% em Dilma!

  • Dito por alguém de lá de dentro: Leilane teria inteligência (bem) abaixo da média…

    As reticências podem ser preenchidas pela própria.

    Os tucanos estão começando a usar sapatos altos, além de namorarem – como sempre – com os coturnos.

    A Globo é isso aí: o lixo!

    Pra cima deles, Dilma!

    O Piauí não é melhor nem pior do que São Paulo. Mas em sua maioria, foi bem mais inteligente ao votar – votou maciçamente em quem o beneficiou. Já São Paulo, onde resido – sou carioca mas acho que isso não me torna nem melhor nem pior do que ninguém – votou pela cabeça global, provinciana e folhetinesca.

    Se São Paulo sofre de complexo de locomotiva, piauí … piauí … pra eles!

    Obs: o Piauí é lindo.

  • Um dia o câncer bate lá naquele “examinho inocente” aí uma pessoa dessa reclama da vida! Passa a porra da vida dando valor a grana, posição etc. Discrimina, espezinha, zomba e acha que não vai ser castigada pela vida…

  • Luciana Genro diz que o Psol se manterá neutro no segundo turno, mas desaconselha voto em Aécio.

    Fonte: Blog do Nassif

    Jornal GGN – A ex-presidenciável do Psol, Luciana Genro, concedeu uma entrevista à imprensa para explicar que o partido irá se manter neutro durante o segundo turno da eleição entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). A socialista argumentou que nenhum dos dois postulantes defendem as bandeiras esquerdistas que o Psol defendeu este ano, mas frisou que a militância está livre para votar em quem quiser. A ressalva ficou por conta do projeto à direita do PSDB. “Nós desaconselhamos o voto em Aécio Neves”, disparou.

    Nós desaconselhamos o voto em Aécio Neves, diz Luciana Genro

    Da Revista Fórum

    Em coletiva realizada em São Paulo na tarde desta quarta-feira (8), a ex-candidata à presidência da República pelo PSOL, Luciana Genro, declarou que seu partido não apoiará nenhuma candidatura. Como justificativa, Genro disse que a chapa de Aécio Neves (PSDB) representa o “retrocesso” e que Dilma Rousseff (PT) é um “continuísmo conservador”.

    Especificamente sobre o voto, a ex-deputada federal explicou que, embora não faça aliança com ninguém para o segundo turno, o PSOL libera seus filiados e militantes “para livremente escolherem em que votar”. No entanto, refutou o voto no candidato tucano. “Nós desaconselhamos o voto em Aécio Neves”, frisou.

  • LEILANE … sabe o que dá o que pensar?
    que você arrota, peida, cheira suor quando não toma banho, o cabelo enseba, o pézinho cheira chulé, o bafo de manhã é insuportável. Quando vai no banheiro o cheiro do seu’ cocozinho’ incendeia pela suite.
    Igualzinho a qualquer brasileiro, seja ele um carioca da Barra da Tijuca, um paulista da Vila Nova Conceição ou um piauiense lá do sertão que acorda e nem sempre tem a certeza do que vai por na panela para o almoço. Entendeu? Viu como vc é diferente?

    • Sem contar que quando morrer vai pra debaixo da terra virar comida de verme ou pra ‘churrasqueira’ virar pó.
      Como qualquer, eu disse QUALQUER ser humano vivente nos nossos dias.

      Pó pará, nazista asquerosa!

  • Não é apenas o Vox populi que está omisso. Desde o nosso ministro da justiça até o presidente do PT. Apesar de formalmente não estar filiado ao PT mas a minha história no partido onde milito desde1982 informalmente e formalmente me sinto no direito de solicitar ao Sr. Ruy Falcão informações sobre a pauta tratada no almoço com o Sr. Otávio Frias que num determinado momento destratou o maior líder do nosso partido. Depois daquele episódio um petista deveria pensar duas vezes antes de sentar a mesa com esse indivíduo proprietário de um jornal hipócrita, tendencioso, conservador e golpista.

  • Essa jornalista parece que está perdendo a razão – depois de largar o marido para viver com a ZÉLIA Duncan está tão histriónica, afetada , parecendo uma atriz em vez de jornalista- chega a dar do.

  • eu só entendi que deveriam seguir o exemplo do Piaui, evoluiu muito no Governo Lula e agora mais ainda com Dilma, enquanto lá mesmo com falta de tudo continuam votando nos tucanos.

  • Jornalista pautada (o) é lumpen-jornalista. Essa moça teve inúmeros orgasmos durante o mensalão na globonews. A pessoa que menospreza outro semelhante é desprezível.

  • No começo eu não estava mais começo a ficar muito desconfiado desse súbito crescimento de Aécio, muito estranho, nenhuma pesquisa identificou esse crescimento, a disparidade se deu só com ele. O que é mais fácil de ter ocorrido? Ninguém perceber esse crescimento e absolutamente todos serem pegos de surpresa, ou algum tipo de fraude na urna eletrônica, inclusive com varias pessoas dando depoimento que achou estanho o comportamento da máquina, eu sinceramente estou muito desconfiado, depois do que o STF fez no episódio do mensalão, não duvido de mais nada!

    • Delano:
      Desde domingo a noite eu tive essa mesma preocupação.
      Achei suspeitíssimo esse aumento absurdo dos votos do Aécio em tão pouco tempo, contrariado as pesquisas realizadas.
      Em 1982 Brizola identificou a fraude da PROCONSULT imediatamente após o inicio das apurações, basicamente a partir das projeções efetuadas pele Rádio Jornal do Brasil que analisava o perfil dos resultados parciais do eleitorado da CAPITAL, BAIXADA FLUMINENSE e INTERIOR do Rio de Janeiro.
      Dito isso, como pode agora TODAS as pesquisas apontarem para um valor e o resultado ser tão maior assim?
      Como a CAIXA PRETA das urnas eletrônicas pode encobrir qualquer mutreta, e tiveram mais de 30 anos para preparar outro golpe, facilitado agora pela impossibilidade de se confrontar os resultados, nada me tira da cabeça que tem “caroço nesse angu”.,
      Trabalhei em TI ao longo de 34 anos desde 1979 e costumava comentar com meus usuários, quando pediam alterações num sistema, que “Em INFORMÁTICA, a gente só não conseguia fazer chover, …ainda!”, pois um dia no futuro isso iria acontecer.
      Dizia isso justificando que normalmente precisávamos era de recursos: MÃO DE OBRA e TEMPO.
      Portanto, sabendo que o percurso entre apertar o botão e o voto aparecer na totalização é longo, tudo é possível, e não falta gente com MUITO$ RECURSO$ para executar a “TAREFA”.

  • Eu fico aqui pensando como que o Alckmin venceu em todos os municípios do estado de SP, esquisito não????? o chuchu foi um péssimo governador. Eu não confio na idoneidade das urnas aqui em SP.a maquina PSDBISTA aqui é poderosa demais.

    Viva o Piauí e viva Dilma

  • E vamos ficar calados!!!!!!??????? essa vaca de botox precisa ir para a cadeia, assim como os amos dela. Desse modo, é mais do que necessário que organizemos uma denúncia ao Ministério público Federal, como também à organizações de direitos humanos, nacionais e internacionais. O O MUNDO PRECISA SABER QUE FHC E A MÍDIA BRASILEIRA, LIDERADA PELA GLOBO E4 SEUS LACAIOS, COMO TAMBÉM UMA HORDA DE CAVALGADURAS SULISTAS ESTÃO DISSEMINANDO ÓDIO NA INTERNET ATRAVÉS DE MANIFESTAÇÕES PRECONCEITUOSAS QUE BEIRAM A MAIS EXTREMA XENOFOBIA E QUE QUALQUER COISA QUE VENHA A ACONTECER COM UM NORDESTINO, NO BRASIL E NO MUNDO, PODERÁ TER A RESPONSABILIDADE DESSE ATO IMPUTADA PELA SOCIEDADE A ESSES DISSEMINADORES DE PRECONCEITO, AINDA QUE DE FORMA INDIRETA. JÁ QUE EMBORA NÃO TENHAM PRATICADO O ATO VIOLENTO, CRIARAM O INCONSCIENTE COLETIVO CAPAZ D ELEVAR DOIDOS DO BRASIL INTEIRO A REALIZAREM-NOS. É isso que precisa constar numa Denúncia que a mídia alternativa deveria realizar, com o apoio do Cidadania e as assinaturas dos leitores deste espaço. Além disso devemos iniciar uma campanha para que todos os nordestinos , que vivem ou não no Nordeste, cancelem suas assinatura da Globo News em seus pacotes de TV a cabo, levando os Marinho a sentirem no bolso os efeitos do preconceito deles(se essa égua relincha tamanha sordidez, sem dúvida recebe respaldo do dono) e exigindo a demissão de Leilane Neurbarth. Além do que o Governo do Piauí deveria pressiona processar a Globo e FHC imediatamente, coisa que o eleitorado daquele estado deveria exigir de seus governantes. É necessário que divulguemos esses crimes nas redes sociais, mostrando que se existe um estado burro no país é São Paulo, que vota nos merdas do PSDB que acabaram com as reservas de água. Está na hora da população brasileira saber quem são esses fascistas do PSDB e puní-los nas urnas e na cadeia. Outro golpe que está armado, e mais uma vez alerto o Cidadania sobre ele, é a fraude nas “pesquisas” que sairão amanhã e que todos sabem colocarão Aécio na frente, não porque o cheirador tucano esteja de fato, mas porque começou a guerra da Globo e dos institutos que a servem para direcionarem os votos do eleitor na direção que querem os donos da mídia. O Cidadania precisa procurar o Ministério Público Eleitoral parara conseguir a reabertura da Representação destinada a investigar o crime de fraude de pesquisas eleitorais. O tempo é curtíssimo e Globo e sua turma , com o apoio da Cia, não hesitarão em praticar essa e outras manobras piores, principalmente se continuarmos omissos.

    • Hoje já começaram as pesquisas fajutas.
      Temos que alertar os incautos que só a partir dos debates e dos programas eleitorais do segundo turno é que as pesquisas começarão a ter algum significado.

  • Essa história de urnas que paravam no meio da votação aconteceu com muita gente. Inclusive comigo. Estava tudo correndo bem até eu digitar o voto para presidente, nesse instante apareceu uma barra indicando 20% e não sei se meu voto foi ou não computado. Os mesários fizeram cara de desentendidos e foi o que aconteceu. Depois soube que muitas pessoas viveram a mesma situação. A quem denunciar?

  • De: Maria Antônia Ferreira Monteiro, brasileira, nordestina, piauiense e humana de costumes e princípios éticos e morais em atos e não em discursos.
    Para: Leilane Neubarth, jornalista, apresentadora e cínica, mentirosa, asquerosa e juntando tudo o que possa ser nojento – ABJETA! (Eu estou fazendo uma leitura com minhas referências e posso lhe garantir que são muitas e nenhuma delas colhida nos lixos nos quais a senhora trabalha).

    Senhora Leilane, ”…o que dá o que pensar o fato de 71% de piauiense terem votado na senhora presidenta? Seja honesta e cumpra com seu dever de jornalista que é ou seria o de dar informações sobre os acontecimentos e não o de fazer juízo de valor sobre eles! Já que os fez, explique, explicite, desenhe se for possível, para que eu e outros piauienses entendamos sua tão difícil capacidade de interpretar!
    Como justificativa à sua vilania, a senhora diz: “adoro o Piauí e seu povo. Sei que não vou…” A senhora adora o Piauí e seu povo de que modo?! Já esteve no Estado? Onde? Adorar o Piauí, pode simplesmente ser, adorar a geografia do Estado! O que tem em meu Estado de tão bacana para que mereça a sua abjeta atenção e sentimento?! Adorar o seu povo, com absoluta certeza é uma falácia, própria de quem não tem noção do que diz! Eu poderia dizer que a senhora é uma mulher sem noção e como jornalista não sabe se comunicar?! Ou é apenas cinismo?! A senhora foi verdadeira, sem máscaras, quando, implicitamente disse que o piauiense votou na Dilma porque é nordestino e ignorante e mente quando diz que adora o Estado e seu povo! Senhora, me diga, o que acha do canal de televisão em que trabalha e se a senhora se considera uma jornalista que contribui junto com a empresa na qual trabalha com o desenvolvimento do nosso país e de que maneira isso ocorre?! As referências que tenho e os parâmetros que uso para analisar e avaliar a contribuição que vocês dão a sociedade brasileira, e aqui, me refiro à sociedade mais carente e menos instruída por conta do séculos de exploração e abandono, é que, nosso país sempre produziu riqueza a partir da exploração e da produção da pobreza e vocês são os maiores beneficiários dela! A senhora e o canal de televisão para o qual trabalha destrói o futuro do povo brasileiro mais carente, todos os dias. O seu comportamento e o da maioria de seus colegas denotam isso diariamente, ininterruptamente, de modo abjeto, e, portanto, desumano! Eu, costumo dizer que a Rede Globo, a maioria de seus jornalistas juntamente com o PSDB e seus asseclas são uma choldra ignóbil! O seu comportamento valida meu modo de pensar! A senhora como jornalista deveria se envergonhar de receber tão excelente salário para destruir a estima de pessoas que já não possuem uma boa estima por causa de sua miserável e difícil existência que dar sentido a sua não menos miserável e comezinha vida de dondoca alienada, escrota e inescrupulosa! A senhora com seu cinismo e indiferença produz a miséria que tanto a senhora e seus pares despreza em nosso país! Tudo o que produz miséria não deveria ser aceito por ninguém, mas principalmente por gente que vive da exploração da miséria de seus semelhantes! Se ser jornalista não serve para denunciar os preconceitos e a exploração dos mais pobres, para que serve?! Não serve para nada? Senhora Leilane, a verdade não tem muito a ver com conteúdos, mas, com procedimentos, e, a senhora foi sórdida, mesquinha, nojenta e alienadamente partidária! Melhore seu conteúdo, já que procedimentos fazem parte do caráter e caráter podre é da personalidade! Indico-lhe um excelente livro de Jürgem Habermas — Teoria da competência comunicativa – quem sabe a senhora melhorando seu conteúdo possa conter um pouco do seu veneno!
    Me despeço te desejando o que o excelente Augusto dos Anjos diria a uma dondoca alienada como a senhora!
    “Vês! Ninguém assistiu ao formidável
    Enterro de tua última quimera
    Somente a ingratidão – esta pantera
    Foi tua companheira inseparável!”
    Maria Antônia

  • Essa coitada da Leilane é muito burra… Antigamente, quando jovem, era uma mulher bonita… Qual será o critério, ou mesmo o teste para estas apresentadoras?

  • A globete se acha mais esperta do que realmente é.

    A forma como ela escreveu trai sua verdadeira intenção. Não importa se ela omitiu a conclusão de seu pensamento pra fingir que não falava com o preconceito, a forma como escreveu a revelou.

    Ela uniu duas orações com uma conjunção adversativa (“já”), indicando que as duas orações são diferentes. Até aí, tudo bem. O problema é que isso é uma comparação. E, quando comparamos apenas duas coisas, colocamos aquela que é comparada em segundo lugar.

    Quer dizer, a primeira oração é aquela com a qual a segunda é comparada. E isso conduz a um julgamento da segunda oração e não da primeira.

    Tanto que, na frase: “Zé é calado, já Zoca…”, não apenas não precisamos completar a frase pra concluir que Zoca é qualquer coisa menos calado (por causa da conjunção adversativa depois da vírgula), mas nos é sugerido que “ser calado” é o padrão do qual Zoca se desviou – ou seja, há alguma razão, mesmo desconhecida, pra esperar que Zoca fosse calado, porém ele se desvia da “norma”.

    É o mesmo caso da frase da globete. “Dilma tem 25% em SP, mas 71% em PI”. Quer dizer, a globete esperava que ela também tivesse 25% em PI, e os 71% foram “surpreendentes”, “anormais”, “diferentes”. “E essa diferença nos faz pensar”, completa, reforçando que a segunda oração contrasta com a primeira, e não o contrário.

    Ao comparar duas coisas dessa forma, é sempre a segunda que é comparada com a primeira. É a segunda que DIFERE da primeira, nunca o contrário. E isso implica que a primeira é a “norma”, o paradigma da qual a outra se “desvia” e com a qual é comparada e, portanto, julgada.

    E isso pq ela, inconscientemente, ordenou os fatos de acordo com o preconceito dela. A votação em SP, pra ela, é a “norma”, é o “razoável”. A do PI, em contraste, é “surpreendente” e o que a faz “pensar”.

    Tivesse ela usado a conjunção aditiva “e”, estaria considerando as duas orações como equivalentes: “Dilma teve 25% em SP e 71% no PI, algo pra se pensar”, e não haveria problema algum pois nenhuma das duas orações teria função diferente da outra, nem lhes teria sido atribuído um valor implicitamente.

    Mas o preconceito dela, de tão arraigado, não permitiu que ela escrevesse de forma neutra.

  • muito instrutivo OBSERVAR preconceituosos
    se exibindo fogosos
    sendo ASSISTIDOS friamente
    desmascarados objetivamente…
    quando a máscara cai
    mostrando a cara de pau… ai… ai…

  • “Seria esperável que uma jornalista com tantos anos de estrada e que trabalha no maior império de mídia do país fosse melhor informada. Ou então, se for bem informada, seu problema será má fé mesmo…”

    ___________________________
    Viram como é simples desmontar uma falácia?

    É isso, parabéns!

  • Edu, dá uma olhada nos sites de notícias. Se repetirem o que a Eliana cheirosinha e limpinha andou falando por lá no GNnews, mais mentiras atingindo o PT. Agora mostraram a imagem de um jatinho que, segundo eles, vinha com dinheiro para compra de votos em MG e que o personagem principal é um ex- assessor de Zé Dirceu que esteve envolvido naquela trama da campanha de Dilma em 2010 (a mesma em que estava o autor do Privataria Tucana). Ora, quem seguiu as notícias do G1, Estadão e Uol, viram pequenas matérias comentando que Aécio pagava militância para acompanhá-lo nas passeatas, viram na última passeata a história do cidadão mineiro que não o cumprimentou quando apareceu com assessores, pedindo um copo de água. Acho que estão atacando antes que as verdadeiras fraudes venham a aparecer contra eles. Tem coisa podre nesse rolo, para variar. Aliás, vale a pena rever o discurso da loura da foia em que dizia ser contra o preconceito, que Dilma estava usando o bordão do rico contra o pobre, do sul contra o nordeste para prejudicar a campanha do Aécio. Embora o discurso da sensatez tenha vindo logo depois dos ataques nos blogues sujos. O FHC não lançou o preconceito?! Provocou e agora a culpa é do PT?! Mãe de Deus, haja paciência para tanta desfaçatez!

    • Só para completar, no final da fala da Eliana Catanhede, ela disse que estava com medo, com a cara mais cínica do mundo. É a nova Regina Duarte, sem mérito de interpretação.Vou adorar se alguém resolver escrever sobre o medo de Catanhede…

  • O preconceito está totalmente presente nnese comentário mulher irracional. O Piauí com um governador do PT pensa em eleger o presidente do mesmo partido para poder ter mais benefícios, não peli candidato ser bom, porque nenhum é, não há candidatos bons, cada vez mas a situação só piora. Então NÓS PIAUIENSES pensamos no futuro de nosso estado que está crescendo, e com um presidente do mesmo partido que nosso governador isso será um benefício a mais!

  • O ITINERÁRIO DE UM DESASTRE – 45 escândalos da era FHC

    45 MOTIVOS PARA NÃO VOTAR EM TUCANOS E BANDIDOS SEMELHANTES COMO OS DO PFL

    Analisem – Você tem boa memória?

    Se você já esqueceu, lembramos aqui 45 fatos, sendo que todos eles envolvendo casos de corrupção, que aconteceram no país nos oito anos de FHC.

    O BRASIL NÃO ESQUECERÁ

    45 escândalos que marcaram o governo FHC com apoio do PSDB

    ITINERÁRIO DE UM DESASTRE

    Nenhum governo teve mídia tão favorável quanto o de FHC, o que não deixa de ser surpreendente, visto que em seus dois mandatos ele realizou uma extraordinária obra de demolição, de fazer inveja a Átila e a Gêngis Khan. Vale a pena relembrar algumas das passagens de um governo que deixaou uma pesada herança para seu sucessor.

    1994 e 1998. O dinheiro secreto das campanhas: Denúncias que não puderam ser apuradas graças à providenciais operações abafa apontaram que tanto em 1994 como em 1998 as campanhas de Fernando Henrique Cardoso foram abastecidas por um caudaloso esquema de caixa-dois. Em 1994, pelo menos R$ 5 milhões não apareceram na prestação de contas entregue ao TSE. Em 1998, teriam passado pela contabilidade paralela R$ 10,1 milhões.

    A taxa

    média de crescimento da economia brasileira, ao longo da década tucana, foi a pior da história, em torno de 2,4%. Pior até mesmo que a taxa média da chamada década perdida, os anos 80, que girou em torno de 3,2%. No período, o patrimônio público representado pelas grandes estatais foi liquidado na bacia das almas. No discurso, essa operação serviria para reduzir a dívida pública e para atrair capitais. Na prática assistimos a um crescimento exponencial da dívida pública. A dívida interna saltou de R$ 60 bilhões para impensáveis R$ 630 bilhões, enquanto a dívida externa teve seu valor dobrado.

    Enquanto isso, o esperado afluxo de capitais não se verificou. Pelo contrário, o que vimos no setor elétrico foi exemplar. Uma parceria entre as elétricas privatizadas e o governo gerou uma aguda crise no setor, provocando um longo racionamento. Para compensar o prejuízo que sua imprevidência deu ao povo, o governo FHC premiou as elétricas com sobretaxas e um esdrúxulo programa de energia emergencial. Ou seja, os capitais internacionais não vieram e a incompetência das privatizadas está sendo financiada pelo povo.

    O texto que segue é um itinerário, em 45 pontos, das ações e omissões levadas a efeito pelo governo FHC e de relatos sobre tentativas fracassadas de impor medidas do receituário neoliberal. Em alguns casos, a oposição, aproveitando-se de rachas na base governista ou recorrendo aos tribunais, bloqueou iniciativas que teriam causado ainda mais dano aos interesses do povo.

    Essa recompilação serve como ajuda à memória e antídoto contra a amnésia. Mostra que a obra de destruição realizada por FHC não pode ser fruto do acaso. Ela só pode ser fruto de um planejamento meticuloso.

    1995. Extinção da Comissão Especial de Investigação. Assim que assumiu a presidência da república, em 1995, Fernando Henrique Cardoso baixou um decreto extinguindo a chamada Comissão Especial de Investigação, instituída pelo antecessor, presidente Itamar Franco, que, composta por representantes da sociedade civil, tinha o objetivo combater a corrupção. Seis anos mais tarde, em 2001, fustigado pela ameaça de uma CPI da Corrupção, o presidente Cardoso conseguiu desviar a atenção da sociedade criando uma tal Controladoria-Geral da União, que se notabilizou por abafar as denúncias que motivaram sua criação.

    45 escândalos que marcaram o governo FHC

    1 – Conivência com a corrupção

    O governo do PSDB tem sido conivente com a corrupção. Um
    dos primeiros gestos de FHC ao assumir a Presidência, em 1995, foi extinguir, por decreto, a Comissão Especial de Investigação, instituída no governo Itamar Franco e composta por representantes da sociedade civil, que tinha como objetivo
    combater a corrupção. Em 2001, para impedir a instalação da CPI da Corrupção, FHC criou a Controladoria-Geral da União, órgão que se especializou em abafar denúncias.

    1995. Quebra do monopólio da PETROBRÁS. Pouco se lixando para a crescente importância estratégica do petróleo, Fernando Henrique Cardoso usou seus rolo compressor para forçar o Congresso Nacional a quebrar o monopólio estatal do petróleo, instituído há 42 anos. Na comemoração, Cardoso festejou dizendo que essa era apenas mais uma das “reformas” que o país precisava fazer para se modernizar.

    2 – O escândalo do Sivam

    O contrato para execução do projeto Sivam foi marcado por escândalos. A empresa Esca, associada à norte-americana Raytheon, e responsável pelo gerenciamento do projeto, foi extinta por fraudes contra a Previdência. Denúncias de tráfico de influência derrubaram o embaixador Júlio César dos Santos e o ministro da Aeronáutica, Brigadeiro Mauro Gandra.

    3 – A farra do Proer

    1995. O inesquecível PROER: Em 1995 o ex-presidente Cardoso deu uma amostra pública do seu compromisso com o capital financeiro e, na calada de uma madrugada de um sábado em novembro de 1995, assinou uma medida provisória instituindo o PROER, um programa de salvação dos bancos que injetou 1% do PIB no sistema financeiro – um dinheiro que deixou o sofrido Tesouro Nacional para abastecer cofres privados, começando pelo Banco Nacional, então pertencente a família Magalhães Pinto, da qual um de seus filhos era agregado. Segundo os ex-presidentes do Banco Central, Gustavo Loyola e Gustavo Franco, a salvação dos bancos engoliu 3% do PIB, um percentual que, segundo economistas da Cepal, chegou a 12,3%.

    O Proer demonstrou, já em 1996, como seriam as relações do governo FHC com o sistema financeiro. Para FHC, o custo do programa ao Tesouro Nacional foi de 1% do PIB. Para os ex-presidentes do BC, Gustavo Loyola e Gustavo Franco, atingiu 3% do PIB. Mas para economistas da Cepal, os gastos chegaram a 12,3% do PIB, ou R$ 111,3 bilhões, incluindo a recapitalização do Banco do Brasil, da CEF e o socorro aos bancos estaduais.

    4 – Caixa-dois de campanhas

    As campanhas de FHC em 1994 e em 1998 teriam se beneficiado de um esquema de caixa-dois. Em 1994, pelo menos R$ 5 milhões não apareceram na prestação de contas entregue ao TSE. Em 1998, teriam passado pela contabilidade paralela R$ 10,1 milhões.

    1996. Engavetamento da CPI dos Bancos. Disposto a controlar a crise aberta pelas suspeitas sobre o sistema financeiro, o presidente Fernando Henrique Cardoso ameaçou e “convenceu” as lideranças do Senado a engavetar os requerimentos para instalação de uma CPI sobre os bancos. Em compensação, o ministério da Fazenda se comprometeu (e nunca cumpriu) a prestar contas ao Senado sobre o PROER. Decepcionada, a CNBB distribuiu nota dizendo não ser justo “que se roube o pouco dinheiro de aposentados e trabalhadores para injetar no sistema financeiro, salvando quem já está salvo ou já acumulou riquezas através da fraude e do roubo”.

    5 – Propina na privatização

    A privatização do sistema Telebrás e da Vale do Rio Doce foi marcada pela suspeição. Ricardo Sérgio de Oliveira, ex-caixa de campanha de FHC e do senador José Serra e ex-diretor da Área Internacional do Banco do Brasil, é acusado de pedir propina de R$ 15 milhões para obter apoio dos fundos de pensão ao consórcio do empresário Benjamin Steinbruch, que levou a Vale, e de ter cobrado R$ 90 milhões para ajudar na montagem do consórcio Telemar.

    1996. Modificação na lei de Patentes. Cedeu em tudo que os EUA queriam e, desdenhando às súplicas da SBPC e universidades, Fernando Henrique Cardoso acionou o rolo compressor no Congresso e alterou a Lei de Patentes, dando-lhe um caráter entreguista e comprometendo o avanço científico e tecnológico do país.

    6 – A emenda da reeleição

    O instituto da reeleição foi obtido por FHC a preços altos. Gravações revelaram que os deputados Ronivon Santiago e João Maia, do PFL do Acre, ganharam R$ 200 mil para votar a favor do projeto. Os deputados foram expulsos do partido e renunciaram aos mandatos. Outros três deputados acusados de vender o voto, Chicão Brígido, Osmir Lima e Zila Bezerra, foram absolvidos pelo plenário da Câmara.

    1996. Escândalo do SIVAM | : O projeto SIVAM foi associado a um superescândalo que redundou na contratação da empresa norte-americana Raytheon, depois da desqualificação da brasileira Esca (uma empresa que acomodava “amigos dos amigos” e foi extinta por fraudes contra a Previdência). Significativamente, a Raytheon encomendou o gerenciamento do projeto à E-Systems – conhecido braço da CIA. Até chegar a Raytheon, o mondé foi grande. Conversas gravadas apontavam para o Planalto e, preferindo perder os anéis para não perder os dedos, Cardoso demitiu o brigadeiro Mauro Gandra do ministério da aeronáutica e o embaixador Júlio César dos Santos da chefia do seu cerimonial. Depois, como prêmio pela firmeza como guardou o omertá, Júlio César foi nomeado embaixador do país no México.

    7 – Grampos telefônicos

    Conversas gravadas de forma ilegal foram um capítulo à parte no governo FHC. Durante a privatização do sistema Telebrás, grampos no BNDES flagraram conversas de Luiz Carlos Mendonça de Barros, então ministro das Comunicações, e André Lara Resende, então presidente do BNDES, articulando o apoio da Previ para beneficiar o consórcio do banco Opportunity, que tinha como um dos donos o economista Pérsio Arida, amigo de Mendonça de Barros e de Lara Resende. Até FHC entrou na história, autorizando o uso de seu nome para pressionar o fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil.

    1997. A emenda da reeleição: O instituto da reeleição foi comprado pelo presidente Cardoso a um preço estratosférico para o tesouro nacional. Gravações revelaram que os deputados Ronivon Santiago e João Maia, do PFL do Acre, ganharam R$ 200 mil para votar a favor do projeto. Os deputados foram expulsos do partido e renunciaram aos mandatos. Outros três deputados acusados de vender o voto, Chicão Brígido, Osmir Lima e Zila Bezerra, foram absolvidos pelo plenário da Câmara.

    8 – TRT paulista

    A construção da sede do TRT paulista representou um desvio de R$ 169 milhões aos cofres públicos. A CPI do Judiciário contribuiu para levar o juiz Nicolau dos Santos Neto, ex-presidente do Tribunal, para a cadeia e para cassar o mandato do Senador Luiz Estevão (PMDB-DF), dois dos principais envolvidos no caso.

    Subserviência internacional: Um único exemplo: ao visitar a embaixada norte-americana, em Brasília, para apresentar a solidariedade do povo brasileiro aos EUA por ocasião dos atentados de 11 de setembro de 2001, Cardoso e seu ministro do exterior, Celso Lafer, levaram um chá de cadeira de 40 minutos e só foram recebidos após passarem por uma revista que lhes fez até tirar os sapatos.

    9 – Os ralos do DNER

    O DNER foi o principal foco de corrupção no governo de FHC. Seu último avanço em matéria de tecnologia da propina atende pelo nome de precatórios. A manobra consiste em furar a fila para o pagamento desses títulos. Estima-se que os beneficiados pela fraude pagavam 25% do valor dos precatórios para a quadrilha que comandava o esquema. O órgão acabou sendo extinto pelo governo.

    1998. O escândalo da privatização (1): A privatização do sistema Telebrás e da Vale do Rio Doce foi marcada pela suspeição. O ex-caixa de campanha de Fernando Henrique Cardoso e de José Serra, um tal Ricardo Sérgio de Oliveira, que depois foi agraciado com a diretoria da Área Internacional do Banco do Brasil, não conseguiu se defender das acusações de pedir propinas para beneficiar grupos interessados no programa de privatização. O mala-preta de Cardoso teria pedido R$ 15 milhões a Benjamin Steinbruch para conseguir o apoio financeiro de fundos de pensão para a formação de um consórcio para arrematar a cia. Vale do Rio Doce e R$ 90 milhões para ajudar na montagem do consórcio Telemar.

    10 – O “caladão”

    O Brasil calou no início de julho de 1999 quando o governo
    FHC implementou o novo sistema de Discagem Direta a Distância (DDD).Uma panegeral deixou os telefones mudos. As empresas que provocaram o caos no sistemahaviam sido recém-privatizadas. O “caladão” provocou prejuízo aos consumidores,às empresas e ao próprio governo. Ficou tudo por isso mesmo.

    1998. O escândalo da privatização (2): Grampos instalados no BNDES pescaram conversas entre Luiz Carlos Mendonça de Barros, então ministro das Comunicações, e André Lara Resende, então presidente do BNDES, articulando o apoio da Previ para beneficiar o consórcio do banco Opportunity, que tinha como um dos donos o economista Pérsio Arida, amigo de Mendonça de Barros e de Lara Resende, nos leilões que se seguiram ao esquartejamento da TELEBRÁS. O grampo detectou a voz do ex-presidente Cardoso autorizando o uso de seu nome para pressionar o fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil.

    11 -Desvalorização do real

    FHC se reelegeu em 1998 com um discurso que pregava “ou eu ou o caos”. Segurou a quase paridade entre o real e o dólar até passar o pleito. Vencida a eleição, teve de desvalorizar a moeda. Há indícios de vazamento de informações do Banco Central. O deputado Aloizio Mercadante, do PT, divulgou lista com o nome dos 24 bancos que lucraram muito com a mudança cambial
    e outros quatro que registraram movimentação especulativa suspeita às vésperas do anúncio das medidas.

    1999. O caso Marka/FonteCindam: Durante a desvalorização do real, em janeiro de 1999, os bancos Marka e FonteCindam foram graciosamente socorridos pelo Banco Central com R$ 1,6 bilhão, sob o pretexto de que sua quebra criaria um “risco sistêmico” para a economia. Enquanto isso, faltava dinheiro para saúde, educação, desenvolvimento científico e tecnológico

    12 – O caso Marka/FonteCindam

    Durante a desvalorização do real, os bancos Marka e FonteCindam foram socorridos pelo Banco Central com R$ 1,6 bilhão. O pretexto é que a quebra desses bancos criaria risco sistêmico para a economia. Chico Lopes, ex-presidente do BC, e Salvatore Cacciola, ex-dono do Banco Marka, estiveram presos, ainda que por um pequeno lapso de tempo. Cacciola retornou à sua Itália natal, onde vive tranqüilo.

    2000. O fiasco dos 500 anos: O Brasil completou seu 500º aniversário sem uma festa decente. Em nome da contenção de gastos determinado pelo FMI, Cardoso proibiu as comemorações, que ficaram reduzidas às armações do então ministro do Esporte e Turismo, Rafael Greca. O fiasco foi total. Índios e sem-terra foram agredidos pela polícia porque tentaram festejar a data em Porto Seguro. De concreto mesmo, ficou uma caravela que passou mais tempo viajando do Rio de Janeiro até a Bahia do que a nau que trouxe Pedro Álvares Cabral de Portugal até o Brasil em 1500 e um stand superfaturado na Feira de Hannover. A caravela deve estar encostada em algum lugar por aí e Paulo Henrique Cardoso, filho do presidente, está respondendo inquérito pelo superfaturamento da construção do stand da Feira de Hannover.

    13 – Base de Alcântara

    O governo FHC enfrenta resistências para aprovar o acordo de cooperação internacional que permite aos Estados Unidos usarem a Base de Lançamentos Espaciais de Alcântara (MA). Os termos do acordo são lesivos aos interesses nacionais. Exemplos: áreas de depósitos de material americano serão interditadas a autoridades brasileiras. O acesso brasileiro a novas tecnologias fica bloqueado e o acordo determina ainda com que países o Brasil pode se relacionar nessa área. Diante disso, o PT apresentou emendas ao tratado – todas acatadas na Comissão de Relações Exteriores da Câmara.

    2001. Racionamento de energia: A imprevidência do governo Cardoso, completamente submisso às exigências do FMI, suspendeu os investimentos na produção de energia e o resultado foi o apagão no setor elétrico. O povo atendeu a campanha de economizar energia e, como “prêmio”, teve as tarifas aumentadas para compensar as perdas de faturamento das multinacionais que compraram as distribuidoras de energia nos leilões de desnacionalização do setor. Uma medida provisória do governo Cardoso transferiu o prejuízo das distribuidoras para os consumidores, que lhes repassaram R$ 22,5 bilhões.

    14 – Biopirataria oficial

    Antigamente, os exploradores levavam nosso ouro e pedras preciosas. Hoje, levam nosso patrimônio genético. O governo FHC teve de rever o contrato escandaloso assinado entre a Bioamazônia e a Novartis, que possibilitaria a coleta e transferência de 10 mil microorganismos diferentes e o envio de cepas para o exterior, por 4 milhões de dólares. Sem direito ao recebimento de royalties. Como um único fungo pode render bilhões de dólares aos laboratórios farmacêuticos, o contrato não fazia sentido. Apenas oficializava a biopirataria.

    2001. Acordo de Alcântara: Em abril de 2001, à revelia do Congresso Nacional, o governo Cardoso assinou um “acordo de cooperação internacional” que, na prática, transfere o Centro de Lançamento de Alcântara para os EUA. O acordo ainda não foi homologado pelo Congresso graças à resistência da sociedade civil organizada.
    Acordos com FMI: Em seus oito anos de mandato, Fernando Henrique Cardoso enterrou a economia do país. Para honrar os compromissos financeiros, precisou fazer três acordos com o FMI, hipotecando o futuro aos banqueiros. Por trás de cada um desses acordos, compromissos que, na prática, transferiram parte da administração pública federal para o FMI. Como resultado, o desemprego, o arrocho salarial, a contenção dos investimentos públicos, o sucateamento da educação e saúde, a crise social, a explosão da criminalidade.

    15 – O fiasco dos 500 anos

    As festividades dos 500 anos de descobrimento do Brasil, sob coordenação do ex-ministro do Esporte e Turismo, Rafael Greca (PFL-PR), se transformaram num fiasco monumental. Índios e sem-terra apanharam da polícia quando tentaram entrar em Porto Seguro (BA), palco das comemorações. O filho do presidente, Paulo Henrique Cardoso, é um dos denunciados pelo Ministério Público de participação no epísódio de superfaturamento da construção do estande brasileiro na Feira de Hannover, em 2000.

    Planalto, TRT de São Paulo e cercanias: O famoso Eduardo Jorge Caldas, ex-secretário-geral da Presidência, um dos mais eficazes “gerentes financeiros” da campanha de reeleição de Fernando Henrique Cardoso, se empenhou vivamente no esquema de liberação de verbas para o TRT paulista. As maus línguas ainda falam em superfaturamento no Serpro, lobby para empresas de informática, ajuda irregular à Encol e manipulação de recursos dos fundos de pensão na festa das privatizações.

    16 – Eduardo Jorge, um personagem suspeito

    Eduardo Jorge Caldas, ex-secretário-geral da Presidência, é um
    dos personagens mais sombrios que freqüentou o Palácio do Planalto na era FHC. Suspeita-se que ele tenha se envolvido no esquema de liberação de verbas para o TRT paulista e em superfaturamento no Serpro, de montar o caixa-dois para a reeleição de FHC, de ter feito lobby para empresas de informática, e de manipular recursos dos fundos de pensão nas privatizações. Também teria tentado impedir a falência da Encol.

    Autoritarismo: Passando por cima do Congresso Nacional, Fernando Henrique Cardoso burlou o espírito da constituição e administrou o país com base em medidas provisórias, editadas e reeditadas sucessivamente. Enquanto os presidentes José Sarney e Fernando Collor, juntos, editaram e reeditaram 298 MP’s, Cardoso exerceu o poder de forma autoritária, editando mais de 6.000 medidas provisórias.

    17 – Drible na reforma tributária

    O PT participou de um acordo, do qual faziam parte todas as bancadas com representação no Congresso Nacional, em torno de uma reforma tributária destinada a tornar o sistema mais justo, progressivo e simples. A bancada petista apoiou o substitutivo do relator do projeto na Comissão Especial de Reforma Tributária, deputado Mussa Demes (PFL-PI). Mas o ministro da Fazenda, Pedro Malan, e o Palácio do Planalto impediram a tramitação.

    O escândalo dos computadores: A idéia de equipar as escolas públicas com 290 mil computadores se transformou numa grande negociata com a completa ignorância da Lei de Licitações. Não satisfeito, o governo Cardoso fez mega-contrato com a Microsoft para adoção do sistema Windows, uma manobra que daria a Bill Gates o monopólio do sistema operacional das máquinas. A Justiça e o Tribunal de Contas da União suspenderam o edital de compra e a negociata está suspensa.

    18 – Rombo transamazônico na Sudam

    O rombo causado pelo festival de fraudes transamazônicas na Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia, a Sudam, no período de 1994 a 1999, ultrapassa R$ 2 bilhões. As denúncias de desvios de recursos na Sudam levaram o ex-presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA) a renunciar ao mandato. Ao invés de acabar com a corrupção que imperava na Sudam e colocar os culpados na cadeia, o presidente Fernando Henrique Cardoso resolveu extinguir o órgão. O PT ajuizou ação de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal contra a providência do governo.

    Mudanças na CLT: Fernando Henrique Cardoso usou seu rolo compressor na antiga Câmara dos Deputados para aprovar um projeto que “flexibiliza” a CLT, ameaçando direitos consagrados como férias, décimo terceiro salário e licença maternidade. Graças à pressão da sociedade civil o projeto estancou no senado.

    19 – Os desvios na Sudene

    Foram apurados desvios de R$ 1,4 bilhão em 653 projetos da
    Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste, a Sudene. A fraude consistia na emissão de notas fiscais frias para a comprovação de que os recursos recebidos do Fundo de Investimentos do Nordeste (Finor) foram aplicados. Como no caso da Sudam, FHC decidiu extinguir o órgão. O PT também questionou a decisão no Supremo Tribunal Federal.

    Explosão da dívida pública: Quando Cardoso assumiu a presidência da República, em janeiro de 1995, a dívida pública interna e externa era de R$ 153,4 bilhões. Outro dia, em abril de 2002, essa dívida já era de R$ 684,6 bilhões. Hoje, a dívida alcança 61% do PIB.

    20 – Calote no Fundef

    O governo FHC desrespeita a lei que criou o Fundef. Em 2002, o valor mínimo deveria ser de R$ 655,08 por aluno/ano de 1ª a 4ª séries e de R$ 688,67 por aluno/ano da 5ª a 8ª séries do ensino fundamental e da educação especial. Mas os valoresestabelecidos ficaram abaixo: R$ 418,00 e R$ 438,90, respectivamente. O calote aos estados mais pobres soma R$ 11,1 bilhões desde 1998.

    Violação aos direitos humanos: Exemplo: em 1996, o Brasil ganhou as manchetes mundiais pelo chamado “Massacre Eldorado do Carajás”, no qual 19 sem-terra foram assassinados no sul do Pará.

    21 – Abuso de MPs

    Enquanto senador, FHC combatia com veemência o abuso nas edições e reedições de Medidas Provisórias por parte José Sarney e Fernando Collor. Os dois juntos editaram e reeditaram 298 MPs. Como presidente, FHC cedeu à tentação autoritária. Editou e reeditou, em seus dois mandatos, 5.491medidas.

    Explosão da violência:Fernando Henrique Cardoso transformou o Brasil num país super violento. Na última década, o número de assassinatos subiu quase 50%. Pesquisa feita pela Unesco em 60 nações colocou o Brasil no 3º lugar no ranking dos países mais violentos. Ao final do mandato do presidente Cardoso, cerca de 45 mil pessoas são assassinadas anualmente no Brasil.

    22 – Acidentes na Petrobras

    Por problemas de gestão e falta de investimentos, a Petrobras
    protagonizou uma série de acidentes ambientais no governo FHC que viraram notícia no Brasil e no mundo. A estatal foi responsável pelos maiores desastres ambientais ocorridos no País nos últimos anos. Provocou, entre outros, um grande vazamento de óleo na Baía de Guanabara, no Rio, outro no Rio Iguaçu, no Paraná. Uma das maiores plataformas da empresa, a P-36, afundou na Bacia de Campos, causando a morte de 11 trabalhadores. A Petrobras também ganhou manchetes com os acidentes de trabalho em suas plataformas e refinarias que ceifaram a vida de centenas de empregados.

    Renda em queda e desemprego em alta: A Era FHC foi marcada pelos altos índices de desemprego e baixos salários.

    23 – Apoio a Fujimori

    O presidente FHC apoiou o terceiro mandato consecutivo do corrupto ditador peruano Alberto Fujimori, um sujeito que nunca deu valor à democracia e que fugiu do País para não viver os restos de seus dias na cadeia. Não bastasse isso, concedeu a Fujimori a medalha da Ordem do Cruzeiro do Sul, o principal título honorário brasileiro. O Senado, numa atitude correta, acatou sugestão apresentada pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR) e cassou a homenagem.

    Desenvolvimento Humano. Segundo o Human Development Report 2001 (ONU), o Brasil ficou na 69ª posição, atrás de países como Eslovênia (29º posição), Argentina (34º posição), Uruguai (37º posição), Kuwait (43º posição), Estônia (44º posição), Venezuela (61º posição) e Colômbia (62º posição).

    24 -Desmatamento na Amazônia

    Por meio de decretos e medidas provisórias, o governo FHC desmontou a legislação ambiental existente no País. As mudanças na legislação ambiental debilitaram a proteção às florestas e ao cerrado e fizeram crescer o desmatamento e a exploração descontrolada de madeiras na Amazônia. Houve aumento dos focos de queimadas. A Lei de Crimes Ambientais foi modificada para pior.

    25 – Os computadores do FUST

    A idéia de equipar todas as escolas públicas de ensino médio com 290 mil computadores se transformou numa grande negociata. Os recursos para a compra viriam do Fundo de Universalização das Telecomunicações, o Fust. Mas o governo ignorou a Lei de Licitações, a8.666. Além disso, fez megacontrato com a Microsoft, que teria, com o Windows, o monopólio do sistema operacional das máquinas, quando há softwares que poderiam ser usados gratuitamente. A Justiça e o Tribunal de Contas da União suspenderam o edital de compra e a negociata está suspensa.

    26 – Arapongagem

    O governo FHC montou uma verdadeira rede de espionagem para vasculhar a vida de seus adversários e monitorar os passos dos movimentos sociais. Essa máquina de destruir reputações é constituída por ex-agentes do antigo SNI ou por empresas de fachada. Os arapongas tucanos sabiam da invasão dos sem-terra à propriedade do presidente em Buritis, em março deste ano, e o governo nada fez para evitar a operação. Eles foram responsáveis também pela espionagem contra Roseana Sarney.

    27 – O esquema do FAT

    A Fundação Teotônio Vilela, presidida pelo ex-presidente do PSDB, senador alagoano Teotônio Vilela, e que tinha como conselheiro o presidente FHC, foi acusada de envolvimento em desvios de R$ 4,5 milhões do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Descobriu-se que boa parte do dinheiro, que deveria ser usado para treinamento de 54 mil trabalhadores do Distrito Federal, sumiu. As fraudes no financiamento de programas de formação profissional ocorreram em 17 unidades da federação e estão sob investigação do Tribunal de Contas da União (TCU) e do Ministério Público.

    28 – Mudanças na CLT

    A maioria governista na Câmara dos Deputados aprovou, contra o voto da bancada do PT, projeto que flexibiliza a CLT, ameaçando direitos consagrados dos trabalhadores, como férias, décimo terceiro e licença maternidade. O projeto esvazia o poder de negociação dos sindicatos. No Senado, o governo FHC não teve forças para levar adiante essa medida anti-social.

    29 – Obras irregulares

    Um levantamento do Tribunal de Contas da União, feito em 2001, indicou a existência de 121 obras federais com indícios de irregularidades graves. A maioria dessas obras pertence a órgãos como o extinto DNER, os ministérios da Integração Nacional e dos Transportes e o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas. Uma dessas obras, a hidrelétrica de Serra da Mesa, interior de Goiás, deveria ter custado 1,3 bilhão de dólares. Consumiu o dobro.

    30 – Explosão da dívida pública

    Quando FHC assumiu a Presidência da República, em janeiro de 1995, a dívida pública interna e externa somava R$ 153,4 bilhões. Entretanto, a política de juros altos de seu governo, que pratica as maiores taxas do planeta, elevou essa dívida para R$ 684,6 bilhões em abril de 2002, um aumento de 346%. A dívida já equivalia em 2001, preocupantes 54,5% do PIB.

    31 – Avanço da dengue

    A omissão do Ministério da Saúde é apontada como principal causa da epidemia de dengue no Rio de Janeiro. O ex-ministro José Serra demitiu seis mil mata-mosquitos contratados para eliminar focos do mosquito Aedes Aegypti. Em 2001, o Ministério da Saúde gastou R$ 81,3 milhões em propaganda e apenas R$ 3 milhões em campanhas educativas de combate à dengue. Resultado: de janeiro a maio de 2002, só o estado do Rio registrou 207.521 casos de dengue, levando 63 pessoas à morte.

    32 – Verbas do BNDES

    Além de vender o patrimônio público a preço de banana, o governo FHC, por meio do BNDES, destinou cerca de R$ 10 bilhões para socorrer empresas que assumiram o controle de ex-estatais privatizadas. Quem mais levou dinheiro do banco público que deveria financiar o desenvolvimento econômico e social do Brasil foram as teles e as empresas de distribuição, geração e transmissão de energia. Em uma das diversas operações, o BNDES injetou R$ 686,8 milhões na Telemar, assumindo 25% do controle acionário da empresa.

    33 – Crescimento pífio do PIB

    Na “Era FHC”, a média anual de crescimento da economia brasileira estacionou em pífios 2%, incapaz de gerar os empregos que o País necessita e de impulsionar o setor produtivo. Um dos fatores responsáveis por essa quase estagnação é o elevado déficit em conta-corrente, de 23 bilhões de dólares no acumulado dos últimos 12 meses. Ou seja: devido ao baixo nível da poupança interna, para investir em seu desenvolvimento, o Brasil se tornou extremamente dependente de recursos externos, pelos quais paga cada vez mais caro.

    34 – Renúncias no Senado

    A disputa política entre o Senador Antônio Carlos Magalhães
    (PFL-BA) e o Senador Jader Barbalho (PMDB-PA), em torno da presidência do Senado expôs publicamente as divergências da base de sustentação do governo. ACM renunciou ao mandato, sob a acusação de violar o painel eletrônico do Senado na votação que cassou o mandato do senador Luiz Estevão (PMDB-DF). Levou consigo seu cúmplice, o líder do governo, senador José Roberto Arruda (PSDB-DF). Jader Barbalho se elegeu presidente do Senado, com apoio ostensivo de José Serra e do PSDB, mas também acabou por renunciar ao mandato, para evitar a cassação. Pesavam contra ele denúncias de desvio de verbas da Sudam.

    35 – Racionamento de energia

    A imprevidência do governo FHC e das empresas do setor elétrico gerou o apagão. O povo se mobilizou para abreviar o racionamento de energia. Mesmo assim foi punido. Para compensar supostos prejuízos das empresas, o governo baixou Medida Provisória transferindo a conta do racionamento aos consumidores, que são obrigados a pagar duas novas tarifas em
    sua conta de luz. O pacote de ajuda às empresas soma R$ 22,5 bilhões.

    36- Assalto ao bolso do consumidor

    FHC quer que o seu governo seja lembrado como aquele que deu proteção social ao povo brasileiro. Mas seu governo permitiu a elevação das tarifas públicas bem acima da inflação. Desde o início do plano real até agora, o preço das tarifas telefônicas foi reajustado acima de 580%. Os planos de saúde subiram 460%, o gás de cozinha 390%, os combustíveis 165%, a conta de luz 170% e a tarifa de água 135%. Neste período, a inflação acumulada ficou em 80%.

    37 – Explosão da violência

    O Brasil é um país cada vez mais violento. E as vítimas, na maioria dos casos, são os jovens. Na última década, o número de assassinatos de jovens de 15 a 24 anos subiu 48%. A Unesco coloca o País em terceiro lugar no ranking dos mais violentos, entre 60 nações pesquisadas. A taxa de homicídios por 100 mil habitantes, na população geral, cresceu 29%. Cerca de 45 mil pessoas são assassinadas anualmente. FHC pouco ou nada fez para dar mais segurança aos brasileiros.

    38 – A falácia da Reforma agrária

    O governo FHC apresentou ao Brasil e ao mundo números mentirosos sobre a reforma agrária. Na propaganda oficial, espalhou ter assentado 600 mil famílias durante oito anos de reinado. Os números estavam inflados. O governo considerou assentadas famílias que haviam apenas sido inscritas no programa. Alguns assentamentos só existiam no papel. Em vez de reparar a fraude, baixou decreto para oficializar o engodo.

    39 – Subserviência internacional

    A timidez marcou a política de comércio exterior do governo FHC. Num gesto unilateral, os Estados Unidos sobretaxaram o aço brasileiro. O governo do PSDB foi acanhado nos protestos e hesitou em recorrer à OMC. Por iniciativa do PT, a Câmara aprovou moção de repúdio às barreiras protecionistas. A subserviência é tanta que em visita aos EUA, no início deste ano, o ministro Celso Lafer foi obrigado a tirar os sapatos três vezes e se submeter a revistas feitas por seguranças de aeroportos.

    40 – Renda em queda e desemprego em alta

    Para o emprego e a renda do trabalhador, a Era FHC pode ser considerada perdida. O governo tucano fez o desemprego bater recordes no País. Na região metropolitana de São Paulo, o índice de desemprego chegou a 20,4% em abril, o que significa que 1,9 milhão de pessoas estão sem trabalhar. O governo FHC promoveu a precarização das condições de trabalho. O rendimento médio dos trabalhadores encolheu nos últimos três anos.

    41 – Relações perigosas

    Diga-me com quem andas e te direi quem és. Esse ditado revela um pouco as relações suspeitas do presidenciável tucano José Serra com três figuras que estiveram na berlinda nos últimos dias. O economista Ricardo Sérgio de Oliveira, ex-caixa de campanha de Serra e de FHC, é acusado de exercer tráfico de influência quando era diretor do Banco do Brasil e de ter cobrado propina no processo de privatização. Ricardo Sérgio teria ajudado o empresário espanhol Gregório Marin Preciado a obter perdão de uma dívida de R$ 73 milhões junto ao Banco do Brasil. Preciado, casado com uma prima de Serra, foi doador de recursos para a campanha do senador paulista. Outra ligação perigosa é com Vladimir Antonio Rioli, ex-vice-presidente de operações do Banespa e ex-sócio de Serra em empresa de consultoria. Ele teria facilitado uma operação irregular realizada por Ricardo Sérgio para repatriar US$ 3 milhões depositados em bancos nas Ilhas Cayman – paraíso fiscal do Caribe.

    42 –Violação aos direitos humanos

    Massacres como o de Eldorado do Carajás, no sul do Pará, onde 19 sem-terra foram assassinados pela polícia militar do governo do PSDB em 1996, figuram nos relatórios da Anistia Internacional, que recentemente denunciou o governo FHC de violação aos direitos humanos. A Anistia critica a impunidade e denuncia que polícias e esquadrões da morte vinculados a forças de segurança cometeram numerosos homicídios de civis, inclusive crianças, durante o ano de 2001. A entidade afirma ainda que as práticas generalizadas e sistemáticas de tortura e maus-tratos prevalecem nas prisões.

    43 –Correção da tabela do IR

    Com fome de leão, o governo congelou por seis anos a tabela do Imposto de Renda. O congelamento aumentou a base de arrecadação do imposto, pois com a inflação acumulada, mesmo os que estavam isentos e não tiveram ganhos salariais, passaram a ser taxados. FHC só corrigiu a tabela em 17,5% depois de muita pressão da opinião pública e após aprovação de projeto pelo Congresso Nacional. Mesmo assim, após vetar o projeto e editar uma Medida Provisória que incorporava parte do que fora aprovado pelo Congresso, aproveitou a oportunidade e aumentou alíquotas de outros tributos.

    44 – Intervençãona Previ

    FHC aproveitou o dia de estréia do Brasil na Copa do Mundo de
    2002 para decretar intervenção na Previ, o fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, com patrimônio de R$ 38 bilhões e participação em dezenas de empresas. Com este gesto, afastou seis diretores, inclusive os três eleitos democraticamente pelos funcionários do BB. O ato truculento ocorreu a pedido do banqueiro Daniel Dantas, dono do Opportunitty. Dias antes da intervenção, FHC recebeu Dantas no Palácio Alvorada. O banqueiro, que ameaçou divulgar dossiês comprometedores sobre o processo de privatização, trava queda-de-braço com a Previ para continuar dando as cartas na Brasil Telecom e outras empresas nas quais são sócios.

    45 – Barbeiragens do Banco Central

    O Banco Central – e não o crescimento de Lula nas pesquisas – foi naquele ano o principal causador de turbulências no mercado financeiro. Ao antecipar de setembro para junho o ajuste nas regras dos fundos de investimento, que perderam R$ 2 bilhões, o BC deixou o mercado em polvorosa. Outro fator de instabilidade foi a decisão de rolar parte da dívida pública estimulando a venda de títulos LFTs de curto prazo e a compra desses mesmos papéis de longo prazo. Isto fez subir de R$ 17,2 bilhões para R$ 30,4 bilhões a concentração de vencimentos da dívida nos primeiros meses de 2003. O dólar e o risco Brasil dispararam. Combinado com os especuladores e o comando da campanha de José Serra, Armínio Fraga não vacilou em jogar a culpa no PT e nas eleições.

  • Preconceituosa! E muitos de nós ainda pagamos caro para ter esta porcaria de canal a disposição. Ajudamos a pagar o salário desta porcaria de ser humano.

  • Que preconceito dessa imprensa golpísta e da Elite!
    Fizeram assim desde as primeiras eleições do Lula.
    O Ex-Presidente Fernando Henrique do PSDB/TUCANO chamou os brasileiros de caipira;
    Os aposentados eles chamaram de vagabundos;
    E agora com o seu preconceito chamou de Ignorantes os Nordestinos e Nortistas, usando o termos de GROTÃO, se somos do grotão o que eles querem com o nosso voto. FORA TUCANALHADA E AÉCIO DO PÓ.
    Não suportam ver pessoas pobres ter a casa própria;
    Empregada doméstica ter seus direitos sociais garantidos;
    Milhões de brasileiros e brasileiras pobres nas Universidade virando Doutores;
    Acesso a crédito para reformas e construção de moradias;
    O salário mínimo que antes valia 65 dólares, hoje vale mais de 322 dólares;
    Pobre ter direito de andar de avião;
    Filhos de agricultores ter acesso a Universidade também;
    Escolas técnicas Federais fechadas e Universidades falidas pelo Governo do PSDB durante 08 anos do Governo Fernando Henrique;
    Medicação de graça;
    Inclusão dos negros e mulheres;
    Oportunidades para a juventude, estudando no exterior e no País, um mundo de oportunidades.

  • Vamos que vamos: Dilma de novo com a força do povo ! ! ! !

    Com Dilma, a verdade vai vencer a mentira assim como a esperança já venceu o medo (em 2002 e 2006) e o amor já venceu o ódio (em 2010). ****:D:D . . . . ‘Tá chegando o Dia D: Dia De votar bem, para o Brasil continuar melhorando!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D . . . . ****:L:L:D:D . . . . Lei de Mídias Já!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. ****:D:D … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …:L:L:D:D

  • Não é possível, mais um vazamento da PF do Zé. Agora é para tentar detonar o Pimentel

    Eu digo ha 4 anos que a Dilma perderia a eleição se mantivesse este inepto, covarde e traidor no ministério

    Não é possível, que merda, PQP. Ninguém apura estes vazamentos??? é assim, vaza tudo que pode prejudicar o PT e fica por isto mesmo??????

    A PF invade gabinete presidencial em SP, o ministrinho não sabia e a Dilma mantém este tucano paulista no ministério da justiça?????

    Acho que ou a Dilma esta de rabo preso com este ministro ou ela nunca quis ganhar esta eleição. Não da para aceitar ela ter mantido este cara no cargo por 4 anos.

    A gente batalha, batalha, já perdi amigos briguei com parentes, tudo pela eleição da Dilma e vem a PF do Zé para dar munição aos tucanos.

    SE eu estiver errado peço desculpas, mais infelizmente tudo mostra ao contrário

  • O que fizeram os governos Lula e Dilma em relação aos comprovantes das urnas? Na Venezuela foram eles que garantiram as vitórias do Chávez e do Maduro. E quanto a imposição casuistica da votação biométrica sem testar durante alguns anos? Em outros países estão estudando há anos se adotam a votação eletrônica por ser suscetível a fraudes. Agora, então, com a descentralização de última hora dos cuidados com as urnas, encarregando os TREs de contratar empresas sem licitação, que por sua vez contrataram até por telefone pessoas com “algum”conhecimento de informática e com acesso total ao software, a memória das urnas, qual a dificuldade de mudar os votos nelas contidos? Houve muita gente votando sem que aparecesse justamente o rosto da Dilma. Houve milhares de pessoas cujos nomes não constavam das listas nos locais de votação. Sem falar nas 3 mil urnas com problemas.. Em São Paulo e no Rio a fraude correu solta. Estranhamente o Ministro Toffoli “advertiu”, na véspera do pleito, que tentaram violar o site do TSE, mas que não conseguiram. Teria sido uma insinuação prévia???

  • Realmente, há muitas coisas para pensar:

    1) Por que o PSDB não se abre a um debate verdadeiro e nem se abrirá, por que continuaremos vendo Aécio dizer frases de efeito sem explicar o que pretende (a verdade: se ele abrir, ninguém vota nele).

    2) Como o PSDB irá desidratar os programas sociais do atual governo (a verdade: eles não gostam desses programas e mentem quando dizem que vão vitaminá-los).

    3) Como o PSDB tentará de tudo para entregar o pre-sal às operadores de petróleo estrangeiras, se ganhar as eleições (a verdade: é tudo o que eles querem, de preferência, repetindo a privataria tucana descrita no livro de mesmo nome, cujo autor é Amaury Ribeiro Jr. Livro esse insuspeito, por que foi patrocinado por amigos de Aécio).

    4) Por que o PSDB não venceu em MG (a verdade: por que “Os Mineiros Viram o que o PSDB Fez no Verão Passado”, parodiando o filme. Controlaram a mídia com mãos de ferro, construíram dois aecioportos e por aí vai).

    5) Por que o PT, com todo o bombardeiro midiático, esteve na frente no primeiro turno (a verdade: por que com todos os seus defeitos, o PT e sua base aliada defendem os mais humildes).

    A lista é gigantesca… E essa jornalista foi tremendamente infeliz. Um dia ela foi digna, lutou pelas eleições diretas, nos anos 80. Atualmente, é essa figura amorfa que vemos na GloboNews. Aliás, ela tem todo o direito de votar no PSDB, mas nem ela, nem ninguém tem o direito de desfazer de quem vota em Dilma. É anti-democrático, é feio, é coisa de gente que não tem inteligência para argumentar.

    • Adiciono o seguinte comentário: dá também o que pensar a maneira como o PSDB está usando um macete interessante, que é o de incitar o sentimento de patriotismo em muitos inocentes úteis, sendo esse um sentimento forte em muitas pessoas. O objetivo é que as pessoas achem que o PT está “destruindo” a Petrobrás (e não é o partido PT, trata-se de um grupo de meliantes travestidos de executivos e políticos, ainda que tenha gente do PT). Preparem-se para ver gente vestida de verde e amarelo na campanha do PSDB na TV. Aliás, segundo conhecidos meus, o PSDB está esbanjando ferramentas de marketing em sua campanha.

      Esse jogo precisa ser invertido e desmascarado, de forma clara, ainda que bem educada. O ponto real, crucial é que foi o tucano FHC quem quase acabou com a Petrobrás, e isso precisa ser abertamente dito, nessa nova fase da campanha eleitoral. No livro O PRINCIPE DA PRIVATARIA, isso é bem explicado, em capítulo específico sobre a Petrobrás, para quem quiser ver. Há muito material para mostrar quem foi FHC e quem é Aécio. Os vídeos e feitos administrativos de ambos precisam ser resgatados e exibidos. Sou contra a exibição de vídeos pessoais, aí seria baixaria.

      Essa campanha precisa ser “a hora da verdade”. É preciso mostrar a verdade, de maneira curta, grossa e educada. Se os assessores de comunicação de Dilma estiverem em linha diferente dessa, o PT poderá perder, em minha opinião. Foi sabendo a verdade que os eleitores de Marina Silva perceberam o blefe que era ela, como opção de presidente (e se ela apoiar o PSDB, provará definitivamente qual é e sempre foi o seu lado). E por gentileza, ponham gente de verde e amarelo na campanha do PT. O tempo de propaganda não pode ser só de nhém-nhém-nhém, usando palavras do próprio FHC, o qual, um dia, diga-se de passagem (e muitos jovens não sabem disso), se referiu aos aposentados como “vagabundos”.

      • O povo não conhece as falcatruas de aecio, está na hora de mostrar a todos quem é esse corrupto que posa de bom rapaz e esta enganando a inteligência do povo(collor fez a mesma coisa), E agora ele vem propor uma discussão sobre programas, campanha de alto nível, isso tudo para tentar maquiar o poço de corrupção e imcopetência que foi seu governo de fhc e de Minas Gerais, bem ao contrário agora está na hora de mostrar aos brasileiros a verdadeira face desse lobo em pele de cordeiro, discriminam o nordeste como se fossem um lixo a parte do país, então conclamo o povo nordestino quem votou em branco ou nulo ou se absteve na eleição, vbamos todos às urnas no segundo turno votar em DILMA 13 e derrubar de vez esse fascista de quinta categoria, somente vai governar para os ricos desse país se fosse eleito.O governo de FHC/PSDB/AECIO, é o pior de tudo na política brasileira, os paulistas estão engessados ao apoiar essa corja mas as urnas vão mostrar que estão enganados e vamos eleger DILMA A MELHOR PRESIDENTE QUE ESTE PAÍS JÁ TEVE ATÉ HOJE.

  • “Minha filha já alcançou coisas que eu não alcancei e meus filhos não passam fome… Eu digo pra eles: olha, vocês têm de estudar porque tem a oportunidade que eu não tive. A única herança que eu tenho é botar eles na escola”, diz dona Norma Alves Duarte. “Estou terminando meus estudos e pretendo continuar… Quero fazer curso de enfermagem, fazer faculdade e dar uma vida melhor para minha mãe, porque eu não quero seguir a carreira que ela teve. Quero ter um futuro para lá na frente eu me orgulhar”, completa a jovem Mirele Aline Alves da Rocha.” — Esses depoimentos estão no curta-metragem ”Severinas”, disponível na internet, que a documentarista Eliza Capai realizou por meio do concurso de microbolsas de reportagem da Agência Pública de Jornalismo Investigativo.

    ”Uma vez que ninguém pode sem crime espoliar seu semelhante, oprimi-lo, violentà-lo, matà-lo, a classe dominante brasileira dà por assente que o proletario não è semelhante, por ser inferior.”  (Leblon)

    A violência das elites, sobretudo das elites nordestinas, não tem somente o objetivo de garantir a submissão do povo; insiste em desumaniza-lo. Quem resiste, vai morrer; quem cede, degrada-se; a vergonha e o temor vão ofender-lhe o carater, desintegrar-lhe a personalidade. O programa das elites, particularmente das elites nordestinas, é continuar mantendo o povo nordestino na condição de rendição permanente.

    Fernando Brito escreveu: ”O PT e seu Governo devem olhar bem para o que são e para com quem conta, nas horas do combate e  deixar de lado a pretensão de ser de  ”todos”, algo  que se esfumaça a cada embate, um vício que Darcy Ribeiro selou com a frase  sobre  querer ser “a esquerda que a direita gosta”. Porque, afinal, a direita não gosta dela, não. Tanto que despreza e odeia, mesmo quando seus privilégios são intocados. A classe dominante brasileira é burra, tão burra que não quer ser a elite de um país imenso. Prefere ser o capataz de uma colônia.”

    A corrupta elite nordestina, mosca pousada no coco do cavalo da elite branca, é a pior de todas. Maldita herança do colonizador; reconhecida como a quintessência da covardia, da discriminação, da ganancia, da tirania e da ferocidade, é aceita pela elite branca do sul-este na condição de ”mosca”

    Em tempo:

    Grampos da Polícia Federal revelam esquema milionário durante governo de Eduardo Campos. Investigações revelaram intensa atividade de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e corrupção de empresários e políticos ligados ao PSDB e ao PSB. http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Politica/Grampos-da-Policia-Federal-revelam-esquema-milionario-durante-governo-de-Eduardo-Campos/4/31952

    Como disse um conhecido compositor carioca, Eduardo Campos parou de mentir por motivo de força maior.

  • O Movimento dos Sem-Mídia precisa fazer um ato defronte à Jovem Pan, na Av. Paulista, alguém tem que denunciar os crimes daquela concessionária de radiodifusão para assustar (o termo é este mesmo) o PIG, já que o PT não tem UM advogado para denunciar os abusos, e o Ministério Público paulista está sob o sovaco do Alckmin.

  • Sou Nordestino e moro no Piauí. Essa garota pode ter agido com preconceito sim, porém, não acredito que seja por arrogância, mas sim por ignorância de alguém que não conhece bem o assunto o qual aborda.

    Como falam nos comentários, algumas perguntas:

    – O voto de um paulista vale mais que o de um nordestino?
    – Por qual motivo um paulista seria mais inteligente que um nordestino? Lembrando que no Piauí está uma das melhores escolas do Brasil (Dom Barreto)
    – Cada região tem sua necessidade, pela lógica, os mais fracos serão os que mais crescerão.

    Por último, saiba a diferença entre arrogância e ignorância. Caso seja necessário, busque no dicionário o significado de cada palavra.

  • Lastimo e me penitencio: durante anos pensei que a moça fosse “bem informada”. Por ingenuidade minha, claro! Afinal, ela é ” in-formada” nos grotões da Grobo: é, como já disse a Mariana Godoy “o jeito paulista [grobal] de fazer notícia”.

  • Seja por fidelidade canina aos donos da emissora, seja por ideologia similar, não se pode esperar outra coisa de quem recebe o contra-cheque todo mês da estrela-mor do PIG. Termos um Paulo Moreira Leite na Folha é uma exceção que só se explica porque os Frias querem se dizer (e fingir) plurais, coisa com que a Globo não se importa. Para os Marinhos,é pau em pobre, preto, puta, prostituta, nortistas e nordestinos. O bacana, porém, é ver o tanto de reações contrárias e a ‘pseudo’ jornalista (está mais para porta-voz da Casa Grande) se obrigada a dizer alguma coisa, ainda que uma desculpa esfarrapadíssima. Da próxima vez ela deixa a boca fechada, que combina com sua carinha e voz arrogantes.

  • Depois das insinuações preconceituosas de Leilane Neubarth, da Globonews, sobre o Piauí – é claro que elas estão disseminadas em toda a rede, mas vinda de uma jornalista que pressupomos ser competente para chegar onde chegou, essa merece várias respostas.

    Tenho algumas verdades para dizer sobre o Piauí:

    Estive duas vezes em Teresina, capital. Na primeira, para participar do congresso de História Cultural. Posso dizer que foi um dos lugares mais hospitaleiros em que já estive e não só por parte dos amigos que já sabia que encontraria por lá. É pela facilidade de se puxar uma conversa com o(a) desconhecido(a) que está do lado, pelo sorriso simpático da moça que trabalha na padaria onde tomava meu café, pelas caronas que me foram oferecidas quando as pessoas de lá percebiam que eu era de fora e estava meio “perdido”, etc. No mais, a cidade apresenta problemas sociais como qualquer outra cidade brasileira.

    Na outra vez, fui para participar de um concurso da UFPI. Não passei, mas pude conhecer melhor ainda a solidariedade e a hospitalidade do povo do Piauí. Na viagem, perdi meu notebook, com todos os estudos fichados para o concurso e a bibliografia em PDF (recuperei depois pela empresa através da qual fiz o voo). Ao contar minha situação, o proprietário do hotel em que eu estava percorreu toda a cidade comigo até localizar um lugar no qual esses equipamentos eram vendidos pelos preços mais baratos e ainda disse que se eu precisasse de dinheiro para a compra de um novo, ele me emprestaria. Isso para um ilustre desconhecido. Nunca esquecerei desse gesto e, apesar de não ter passado no concurso, posso dizer a receptividade e a atenção que os piauienses destinam aos forasteiros é algo raro nesses tempos pobres em experiências humanas.

    • Caro Joachin Melo,
      Obrigada pelo depoimento sobre o povo e a capital de meu Estado! Apesar de Teresina ainda ter um povo, em sua maioria, hospitaleiro e gentil, já foi melhor! Eu, particularmente, adorava quando ela, ainda, conservava os hábitos e costumes de uma cidade provinciana e quase esquecida pelo resto do Brasil! Entretanto, nos últimos vinte anos a população aumentou em quase cem por cento e a gente já percebe os maus hábitos e costumes dos grandes centros urbanos! O Estado tem recebido muitas empresas, principalmente do agronegócio, inclusive, os paulistas, cuja única preocupação é explorar o povo piauiense! Como parece ser inevitável, expande-se, também, a cultura de baixa qualidade e isso se pode ver claramente, na música! Infelizmente, os governantes não têm o mesmo interesse em desenvolver o social como têm pelo investimento na expansão da economia, e, isso tem feito a violência que era baixíssima, aumentar a cada ano! Quando quem realmente tem poder, que são os donos do capital, tomarem um pouco de consciência — se é que isso é possível de acontecer — de que são os maiores responsáveis pela violência em todos os aspectos, e, os governantes, diminuírem suas dependências dessa choldra, tenhamos um país menos injusto e com menos encarcerados!
      Abraço
      Maria Antônia

  • vamos fazer uma análise simples:
    a) È subordinada da Globo,
    b) não conhece o Brasil, deve está querendo uma empregada doméstica, de preferência nordestina,
    c) não se conforma porque somos vencedores mesmo com todas as intempéries pelas quais passamos.
    d) com esse sobrenome pode ser originária de países NAZISTAS….

    Mas senhora, não se apoquente não, vamos votar em quem acreditamos ter feito as mudanças. Somos brasileiros, pertencemos a uma nação, nosso voto pesa a mesma coisa, mas temos o direito de não concordar com sua postura..mas é melhor te banhar nas águas frias e sujas do Tietê, afinal água é uma coisa que falta por ai..
    Se quiser o Piauí mande um pouquinho pra vcs..em gratidão as esmolas que nos enviavam no passado, porque somos o Estado mais rico em água subsolar, mas ninguém podia acessar na época de seu governo..agora não! temos até para emprestar…
    Espero que sua postura não seja preconceituosa mesmo, porque não precisamos da Globo tanto quanto Vossa Senhoria

  • Dá pare pensar mesmo. São Paulo, estado mais conservador do Brasil, dominado em todos os setores pelos Tucanos e com esta urna nada confiável.
    Se fosse o TSE, no segundo turno substituiria todas as urnas utilizadas no primeiro turno em são paulo e acompanharia de perto o transporte, instalação e a votação.
    Eu também desconfio.

    • FHC, esqueceu que teve maioria em todos os estados do Nordeste quando foi eleito Presidente pela primeira vez, enquanto isso Lula teve teve maioria apenas no RS. Na reeleição FHC novamente teve maioria em todo o Nordeste com exceção do CE, onde a maioria foi de Ciro Gomes, e Lula somente teve maioria no RS e RJ. Isso dá o que pensar….

  • Leilane começa a ficar fora dos padrões de beleza necessários às apresentadoras da Globo. Pondo-se, servilmente, ao lado dos que crê sejam os poderosos, ela acredita que cuspindo para cima possa permanecer no emprego mais um pouco. Em certas pessoas a sordidez não tem limites.

  • A Gloebells deveria apresentar o DARF ao povo brasileiro e parar de sonegar. O preconceito contra o norte/nordeste é a cara da imprensa GOLPISTA.

  • Aliás, é uma perua SUBURBANA que venceu na vida. É só observar o sotaque pesado da carioca suburbana!
    Leilane, respeite o povo nordestino, que não comunga com a roubalheira do teu partido (PSDB).

  • IMPORTANTE : UM RECADO PARA MEU QUERIDO NORDESTE

    O FERNANDO HENRIQUE CARDOSO LÍDER DO PSDB DECLAROU QUE QUEM VOTA NO PT É IGNORANTE – BURRO AO ATRIBUIR aos “desinformados dos grotões – leia-se, do Nordeste” , FALOU DIRECIONANDO SEU PRECONCEITO-COMENTÁRIO AOS NORDESTINOS.

    Sou nordestino e sei que se o PSDB ganhar as eleições eles vão boicotar e acabar com o desenvolvimento DO NORDESTE por retaliação vingança, já que a Dilma tem boa quantidade de eleitores no Nordeste . O PSDB vai acabar com tudo que conquistamos graças aos governos do Lula-Dilma.

    Analisem : se uma das pessoas mais importantes do PSDB tem preconceito contra nordestino, imaginem o resto do partido. NÃO PODEMOS VACILAR, PARA EVITAR O RETROCESSO VAMOS NOS MOBILIZAR CONVENCENDO PARENTES E AMIGOS A VOTAREM NA DILMA

    COM FÉ EM DEUS OS NORDESTINOS INDIGNADOS COM A DECLARAÇÃO DO PRECONCEITUOSO FHC VÃO DAR A RESPOSTA NAS URNAS ELEGENDO A DILMA PRESIDENTE. ___VAMOS NOS UNIR PARA QUE O NORDESTE CONTINUE SE DESENVOLVENDO E NOSSOS IRMÃOS NÃO TENHAM QUE MIGRAR PARA SP E RIO PARA MENDIGAR EMPREGOS E SER DESCRIMINADOS e HUMILHADOS

  • A sra. Neubarth deve estar tendo aulas de política com o nobríssimo sr. MERDAL. Este senhor catedrático em falar asneiras já ganhou prêmio até internacional e aqui virou imortal. Realmente o BRASIL não um país para pobres e sim para este tipinho gente como esses dois. Aliás, o PSDB tem pérolas irrepreensíveis, como do Imortal Príncipe que pelo seu aparelho excretor superior já elogiou os Aposentados chamando-os de VAGABUNDOS (como se trabalhasse muito e não vivesse da grana dos Fóruns de S.Paulo, Pasta Rosa, PROER, entrega da Vale do Rio Doce, … ) e agora por esses dias chamando od NORDESTINO de analfabetos/burros/idiotas/… . Então Neubarth se você visse o tape de suas apresentações de seu jornal, veria o montaréu de asneiras que consegue falar em tão pouco, será 88 palavras por minuto! Um conselho: Não saia da tv gRobo porque não arranjará uma colocação de jornalista nem para irradiar briga de galo.

  • O NORDESTE ACORDOU ! Por décadas construimos São Paulo , Brasilia, etc é éramos chamado de um povo trabalhador. Cansamos de ser subalternos agora queremos ser protagonistaS ! agora somos “burro”, cansamos de ver a riqueza do pais ir só para o Sul e Sudeste, cansamos de de ver nossas praias serem invadidas no verão pelos sulistas, para gastarem as “migalhas`” e se divertirem as nossas custas. Acorda NORTE! porque o nordeste acordou. Agora nos nordestinos ” Cabra da peste ” vamos invadir A “praia” DOS sulistas, ” ETA POVO RETADO É NORDESTINO , CHUPA QUE É DE UVA PAULISTANOS” RSSSSSSSSSSSSS

Deixe uma resposta