Direita prefere destruir o país a aceitar justiça social

Opinião do blog

fundo do poço

 

O biênio 2013 – 2015 ficará registrado na história como um período em que uma das maiores nações do mundo cometeu um literal suicídio. Com requintes de crueldade, tomada por um surto autodestrutivo que talvez jamais seja explicado.

Há míseros dois anos, o Brasil despontava como potência emergente – finalmente o país do futuro estava se tornando o país do presente.

A economia crescia pouco, mas crescia continuamente; a inflação estava alta por conta da forte demanda, mas estava controlada; a taxa de investimento privado vinha subindo; o desemprego caía mês a mês.

Enquanto o resto do mundo se contorcia em uma crise internacional interminável, então no quinto ano, com europeus e americanos à beira da convulsão social, o Brasil parecia uma ilha de prosperidade e estabilidade.

A nova classe média vivia um sonho dourado. Famílias viam seus filhos e netos se tornarem os primeiros universitários da linhagem, o sonho da casa própria se materializava, os salários tinham cada vez mais poder de compra.

Eis que surge, na maior metrópole do país, um movimento inexplicável. Com a renda em ascensão e o desemprego despencando, partidos de esquerda, professores universitários e estudantes desencadeiam uma guerra contra aumentos de passagens no transporte público.

As passagens de ônibus e metrô iriam subir 20 centavos. Em um momento de valorização dos salários e queda do desemprego, não era para tanto. Mas esses grupos radicalizados tinham uma proposta tentadora – para os incautos: em vez de aumentar o preço do transporte público, a endividada capital paulista deveria fornecer transporte de graça para todos.

Décadas de problemas no transporte público foram jogadas no colo do recém-empossado prefeito paulistano, Fernando Haddad.

Um prefeito que mal tomara pé da situação escabrosa da administração herdada de José Serra e Gilberto Kassab, obviamente que não tinha meios de atender à demanda surpreendente de, do nada, oferecer transporte público de graça para todos ou ao menos transferir para os cofres públicos, já combalidos, o custo dos reajustes contratuais com as empresas de ônibus.

Os grupos de ultraesquerda, porém, tinham um plano para pôr de joelhos o novo prefeito. Importaram uma tática de protestos conhecida como “bloco negro”, que se valia da destruição do patrimônio público e privado, com uso até de bombas incendiárias para parar a cidade, impedindo o trânsito nas principais vias e desesperando a população que tem que ir trabalhar e retornar para casa todos os dias.

A influência de “pensadores” de ultraesquerda sobre as mídias, sobretudo as mídias alternativas, romanceou aquele processo. Sem alguma razão lógica em um país que vinha se desenvolvendo a passos largos e distribuindo renda, aquele processo foi visto como positivo.

Eis que o governo paulista, controlado pela direita fundamentalista religiosa, opta pela violência como forma de conter os abusos contra o povo paulistano em vez de buscar diálogo. Da violência policial, brota, então, um fortalecimento do movimento radical.

Incrivelmente, os grupos radicalizados ditos “de esquerda” se voltam contra o prefeito em vez de culparem o governador, e o partido de Fernando Haddad vira a Geni das manifestações. Às dezenas de milhares, entre bandeiras de partidos como PSOL, PSTU, da Rede de Marina Silva e outros, os brados de “fora, PT!” ecoam pelos quatro cantos do país.

Agora, após a violência da ditadura tucana em São Paulo, as ruas de todo país são tomadas por centenas de milhares de congêneres dos bichos-grilos paulistas, aos brados de “Fora, PT!”. Com o Brasil vendo aquelas marés humanas bradando contra o partido que o governa, Dilma Rousseff torna-se depositária de uma revolta por vinte centavos.

Nesse momento, a extrema direita vê oportunidade que não encontrava havia mais de uma década. E sai à rua.

Todo lixo social do pais invade as ruas, agora transformadas em uma gigantesca rave em que cabiam de radicais de esquerda a neonazistas. A mídia corporativa vê a oportunidade que tanto ansiava e minimiza a insensatez que aumenta. E até a incentiva.

Eis que, em meados de junho de 2013, os autores esquerdistas daqueles protestos se dão conta de que pavimentaram as ruas para a ultradireita e se recolhem, após dobrarem os governos do Estado de São Paulo e da capital na questão dos aumentos das passagens.

Chega 2014 e a ultraesquerda tem outra ideia de jerico. Decide que a Copa do mundo era a culpada por todos os males nacionais e volta às ruas quebrando e incendiando, tentando impedir a realização do evento. O país perde a oportunidade de obter lucros altíssimos, pois o fluxo de turistas acaba sendo muito menor do que poderia.

Nas redes sociais, grupos organizados de extrema-direita e extrema-esquerda tratam de compor vídeos e memes em inglês para assustar os turistas estrangeiros, chegando a dizer que se viessem ao país correriam risco de vida devido à radicalização dos protestos contra a Copa.

Chega a eleição presidencial e Dilma Rousseff parece ter poucas chances de se reeleger. A economia já se combalia diante dos ataques pela esquerda e pela direita, que assustaram investidores e ensejaram uma progressiva paralisação da economia.

Enquanto isso, os dois candidatos de oposição mais competitivos ameaçam o país com reformas ultraliberais como privatização de bancos públicos, desvalorização do salário mínimo, independência do Banco Central.

A esquerda radical percebe que não poderia implantar o socialismo e, pior, que estava para ver surgir um regime ultraliberal que resultaria em graves retrocessos, sobretudo no que diz respeito ao processo de distribuição de renda que fizera o índice de Gini brasileiro melhorar como jamais ocorrera por aqui desde que fora criado para medir a concentração de renda das nações.

Por pouco, muito pouco, Dilma se reelege. Porém, o custo de quase dois anos de sabotagens da economia, com redução drástica de investimentos devido à insegurança gerada pela política, impõe que as políticas anticíclicas sejam abandonadas.

Não dá mais para renunciar a impostos para manter o ritmo da economia, do crescimento, dos salários e da queda do desemprego. Há que fazer um ajuste fiscal. Muito mais brando do que seria feito pelos principais candidatos a presidente derrotados por Dilma, mas, ainda assim, um ajuste duro, pois implicaria em um freio de arrumação na economia.

Sem novas sabotagens, porém, em alguns meses estaria tudo resolvido. A economia daria uma parada, mas, no segundo semestre – agora com os investidores mais confiantes devido ao equilíbrio entre receita e despesa –, o país recomeçaria a crescer, o emprego voltaria a subir, os salários a se valorizar e a desigualdade a cair.

Eis que a extrema-direita se recusa a aceitar o processo de soerguimento do país. Unindo-se à centro-direita tucano-midiática e a grupos radicais conservadores incrustados na Polícia Federal e no Ministério Público, desencadeia uma ofensiva “contra a corrupção” que paralisaria a economia ao emitir sentenças condenatórias contra grandes empresas antes do devido processo legal.

Já não é mais polêmico dizer que a política está destruindo a economia. Todos já reconhecem que a política está afundando o país.

Os grupos de ultradireita fazem a festa. Pouco lhes importa o futuro. Só a destruição da esquerda – inclusive daquela que tanto os ajudou – interessa. Saem à rua, agora sem pudor, e pedem nada mais, nada menos do que um golpe militar. A esquerda a tudo assiste impassível, em seu “mimimi” contra medidas econômicas sem as quais o país afundaria muito mais.

Esse é o resumo da ópera. A direita radical ataca por um lado, a esquerda radical ataca por outro e o país mergulha em um buraco político, econômico e institucional cujo fundo ainda não é possível vislumbrar.

Em breve, os próximos capítulos do suicídio do Brasil.

187 comments

    • Entrem neste link:http://www.jb.com.br/opiniao/noticias/2015/06/21/a-chantagem/
      Fiz este comentário sobre esta opinião do Jornal do Brasil, muito bom editorial.
      A opinião deste jornal me faz sentir um cientista político. Por que coisas tão obvias não levam as pessoas de bem deste país que tem poder de persuasão a fazer algo por este país? Por que estão tão quietos e deixando que a mídia corporativa se aliam a verdadeiros gangster para emiti8r opinião contra um governo que claramente fez mais pelo país e pelo seu povo? Por que não criticam severamente o uso das estruturas do judiciário tão descaradamente para produzirem dúvidas perante ao povo da lisura das atividades do governo em vez de combater a corrupção de fato, já que nunca se teve tanta liberdade para tal. A mais de um ano vemos uma tentativa de inviabilizar um governo só porque tem em seus fundamentos econômicos um viés um pouco mais nacionalista. Não importa para esta gente o custo desta empreitada golpista, nem que para isso levem o país ao abismo, afinal, esta claque nunca se importou com isso, pois assim estava quando Lula o tirou da 12ª economia do mundo pra colocá-lo na 7ª como está hoje. Pelo amor de Deus peço aos intelectuais de bem deste país que ajudem este país e a seu povo a se libertar deste carniceiros de nações e deixem seu país em paz seguindo seu trilho natural e chegar finalmente à maturidade a ao protagonismo de suas ações.

  • Com uma aprovação de 10%, segundo o Datafolha, Dilma fica agora ainda mais acuada. Se já era ridicularizada e motivo de deboche no congresso, agora a situação tende a se agravar. E tem ainda o TCU, que caminha para rejeitar as contas do governo de 2014.

    É a bala de prata que faltava. Rejeitadas as contas, o impeachment é iminente. Rodrigo Janot não poderá se esconder, terá que fazer alguma coisa. Deve mandar o caso para o congresso, que nas mãos de Eduardo Cunha não vai perder essa oportunidade.

    Ai a coisa fica nas mãos dos deputados. Quem vai ter coragem de NÃO votar pelo impeachment de uma presidente que tem patéticos 10% de aprovação?

    Eu não estou preocupado com 2018, porque 2018 é em 2018. Não me importa se o Lula está perdendo para Aécio Neves, segundo o mesmo Datafolha, o que importa, o que é grave, o que é questão de urgência é a situação delicada de Dilma, que está para cair.

    Caindo Dilma, Temer assume e vai propor um pacto de governabilidade. Vai governar com PSDB. Com DEM. E com todos esses facínoras de extrema direita.

    * Pra eu não dizer que o Datafolha foi um desastre completo para Dilma, para Lula e para o PT, vou dizer que caiu a taxa dos brasileiros que acham que a situação econômica vai piorar. Foi de 60% para 53%. Pode ser que os brasileiros vejam com certo respeito o ajuste fiscal e tendem a acreditar que ela possa dar certo.

    • Falam impeachment muito facilmente, como se fosse possível apenas por vontade. É preciso provas de ato criminoso para iniciar o processo. Claro que é possível fabricar tais evidências, mas não é tão simples assim tirar um presidente do cargo, mesmo que exista uma maioria que queira.

    • Quem acredita em datafolha? O que eles querem é que mané como você acredite que a Presidenta não tenha apoio. Derrubar ela por que? Tem algo contra ela? Isto é golpe. FHC quebrou o país 3 vezes, deixou em situação exponencialmente pior, sem luz, devendo ao FMI, desemprego e miséria e ninguém quis apeá-lo do poder. Se tentarem derrubar a Dilma é golpe. Aqui não não parlamento, é Presidencialismo.

  • Qual a verdadeira origem do poder da República do Paraná? Porque grandes empresas se submetem a ele? Sabemos muito bem como funcionam as coisas no Brasil… Mega empresários se submetendo a um juiz de primeira instância? Conta outra…

    • Vem do norte a inspiração do capataz Moro.

      Pierre Charasse: ”O inimigo do bloco ocidental agora não é o comunismo, mas sim todos os povos não ocidentais (os BRICS, ALBA, Unasul, Venezuela…), em http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Internacional/A-Guerra-Fria-ainda-nao-acabou/6/30426

      Um alto assessor da presidência dos EUA disse a um repórter, para a coluna “Magazine” do New York Times, que “Quando agimos criamos nossa própria realidade. E enquanto você estuda essa realidade (…) nós agiremos novamente –, criando outras novas realidades, que vocês também podem estudar, e é assim que são as coisas. Somos atores da história (…) e vocês, todos vocês, só podem estudar o que nós fazemos.” — 17/10/2004, “Faith, Certainty and the Presidency of George W. Bush”, Ron Suskind, The New York Times, “Magazine”, em http://www.nytimes.com/2004/10/17/magazine/17BUSH.html?ex=1255665600&en=890a96189e162076&ei=5090&_r=0

      Major Ralph Peters: «Não existirá paz. O papel das nossas FFAA é o de manter o mundo aberto à nossa economia e desimpedido ao nosso assalto cultural (superioridade em todos os campos do viver economico e civil).  Para tanto deveremos prever de matar considerável quantidade de pessoas» (“Constant Conflict: a look behind the philosophy and practice of the US push for domination of the world’s economy and culture”. US Army War College: Parameters, Summer 1997, pp 4-14.)

  • òtima análise Edu, infelizmente não sabemos o que vai acontecer com essa nova fase da lava-jato, mas que vai complicar a nossa combalida economia, isso vai…muito triste e infelizmente as perspectivas não são nada boas…

  • Belo texto Edu.

    Para quem não tem cérebro, mas tem o mínimo de caráter, e para quem consegue pensar, é fácil ver que tudo foi conforme você conta.

    Um terremoto virtual, um holograma de catástrofe, inexplicavelmente foi criado e aproveitado por espertalhões, e as pessoas, sem qualquer elemento concreto para isso, foram se atirando num abismo de verdade.

    Tal qual uma transmissão radiofônica de Orson Wells sobre uma invasão extraterrestre que causou pânico entre a população novaiorquina em 1938.

    Só que, diferente de um programa de rádio, quem provocou isso que não tenha a falsa ilusão de que sairá incólume. Com certeza, mais dia menos dia, principalmente se chegaram ao poder, vão receber a conta em dobro.

    Bem por isso, consta que uma rádio e um jornal foram depredados no Equador pela população, quando descobertos após replicarem o trote de Orson Wells.

    Vamos ver aqui, quando o povão descobrir que foi induzido a enfiar seu futuro no “focinho” – nenhum trocadilho com Aécio

  • Suícidio do Brasil uma ova! O país está sendo assassinado pela Dilma e com requintes de crueldade! O que a Dilma fez com o setor elétrico é imperdoável.E as formas artificiais de controlar a inflação também foram desastrosas.Não culpem os outros pela incompetência da Dilma.Se ela não fosse irresponsável e tivesse mantido o Meireles no BC e o Levy no tesouro ,além de cortar alguns ministérios e gastos com propagandas(que vocês tanto falam)o país não estaria nessa situação calamitosa. E, se ela tivesse feito desde de 2011 o que está fazendo agora ,ou seja:ajustar o seguro-desemprego e o abono salarial e fazer concessões à iniciativa privada ,além de contrair empréstimos internacionais para aquecer a economia (empréstimos esses que só seriam pagos daqui a séculos quando a crise já tivesse passado e ela nem fosse mais presidente)com certeza a situação era melhor que a atual.Então se a popularidade da Dilma está tão ruim, isso só se deve à incompetência dela mesma na condução da economia , pois como disse sei lá quem:”É a economia estúpido”!Talvez os empresários estejam mesmo boicotando o país e o seu ódio ao PT seja maior que a sua ânsia por dinheiro, só que eu morro e não acredito nisso.

      • Marcela, você deve ser bem novinha. Até espero que seja, senão, é bem babaca. Quem viveu como adulto nos anos anteriores ao PT sabe que toda essa situação que está acontecendo era uma constante nos governos Collor, Itamar, FHC, só que muito pior, porque nem a mídia sabotando a economia eles tinham. Então, eram ruins mesmo.

        Novamente, espero que você seja nova, porque não sabe o que foi ser jovem e pobre naquele período, sem emprego, sem oportunidade, sem possibilidade de estudar, e o pior, sem sequer perspectiva, assim, merece até um desconto. Agora se você era adulta, também repito, é muito babaca, talvez uma burguesinha babaca.

        Só de não se lembrar que nesse país já teve racionamento de energia e nem crise hídrica como a atual houve, já mostra a besteira que você tá falando. Se não fosse, no mínimo, os investimentos em termoelétricas, você teria limpado sua bunda no escuro por muito tempo, porque se fosse no tempo do FHC, certamente não teria escapado disso.

        • Cláudio, assino embaixo, sei muito bem do que você está falando. O mal que esses governos fizeram aos jovens e adolescentes daquela época deixou marcas que permanecem até hoje.

        • Eu endosso tudo que vc disse, Claudio. Eu, como funcionária do Banco do Brasil na época do FHC, sofri muito com o quase desmonte do Banco. Se essa turma retornar ao poder, e espero oxalá que não volte, o Banco do Brasil será privatizado e aí, adeus créditos agrícolas.

  • Essa luta e muito desigual e injusta. Eles, ao fazerem a lavagem cerebral, conseguem transformar o brasileiro em fantoches. Tenho tido discussões quase que diárias com parentes “imbecilizados” pela mídia. Não desanime, companheiro! Estamos juntos nessa causa!!

  • Edu, mais uma vez é um prazer poder comentar mais um brilhante texto seu aqui.

    O fato é que o movimento de sabotagem iniciado desde o começo do primeiro mandato Dilma, em nenhum momento conseguiu ser detido.
    Sendo apenas ampliado, este combate anti- PT se pulverizou em todos os segmentos mídiaticos e conseguiu penetrar melhor em camadas da população a partir que a tática da sabotagem econômica começou a gerar seus efeitos:

    Hoje fica muito claro que existe uma espécie de pacto entre os maiores empresários e industriais brasileiros, de simplesmente não colaborar com nenhuma iniciativa do governo federal.
    Afinal, a crise que o Lula chamou de Marolinha foi vencida com investimentos que naquele momento foram aceitos, e o efeito disto foi a ampliação da hegemonia petista no planalto ( coisa que os empresários brasileiros não tem mais interesse em ver acontecer)

    O exemplo mais claro foi a política econômica do então ministro Guido Mantega. Heterodoxa e com viés desenvolvimentista, investiu em desoneração e na formação dos campeões nacionais.
    Os mesmos campeões que foram flagrados financiando o movimento Vem Pra Rua etc.

    Hoje existem até quem se diga de esquerda não enxergue todo este contexto e prefira jogar toda a culpa no PT, afinal na cabeça destes colegas o Partido dos Trabalhadores além da obrigação teria o poder de extinguir toda uma fauna de conservadorismo ou exorcizar todos os espíritos de porco contidos nesta nação desde sua origem.
    Fato é que o PT hoje é alvo de todo tipo de ódio, desde o já conhecido Reinaldo Azevedo a por exemplo este blog (http://www.tsavkko.com.br/) em que o autor veste a camisa da velha esquerda do nem nem e já arma sua batucada para quando o maléfico e traidor PT deixar o poder.

    • Dom Diego
      (ou é o Sargento Garcia?)

      Num texto que poderia ser reduzido a um terço, inicia muito bom e encerra como um, desculpe, coxinha.

    • O que explica esse ‘republicanismo exagerado’? Medo! Medo de enfrentar os inimigos. Argentina, Equador e Venezuela enfrentaram a mídia e derrotaram. Aqui, Lula ‘achou’ que salvando seus negócios criaria novos amiguinhos. Disse, mês passado, que salvou algumas dessas empresas de mídia da falência. Inexplicável! Dilma vem e diz a pérola: ‘Melhor controle da mídia é o controle remoto’. Não dá! É muita inocência! E outra. Não se justifica gastar quase dois bilhões de reais em propaganda em TV. Estamos assistindo, pasmem, propaganda da Petrobras na Globo. Inclusive anunciando na Fórmula 1 e no Campeonato Brasileiro duas das maiores fontes de receita da Globo. Quer o quê?

      • É isto Antônio, o governo dormiu com o inimigo, alimentou-o com gordas verbas publicitárias, fez omeletes em suas cozinhas, tratou-o com todas as benesses imaginárias e pasme, acreditou no controle remoto. Achava que a Presidenta, quando encarou o Agripino, era a pessoa mais indicada para arrostar a turba que já se assanhava naquela época, mas seus conselheiros são débeis, pusilânimes e responsáveis pelo seu afastamento da luta.

      • Não dá para transformar o Lula em algo que ele não é. Grande líder, mas negociador. Não fez enfrentamentos e mudanças estruturais. Toda a sua experiência, desde o sindicato, é de negociação e conciliação. E Dilma não é boa para fazer política. O Edu descreveu o processo tal como ocorreu. Houve erros – faltou coordenação política, porta-voz, comunicação e há uma direita retrógrada e poderosa em espaços importantes, como apontou o Edu. Mas há de fato uma grande crise, não só no Brasil, e uma orquestração para desestabilizar governos progressistas da região. Quanto à economia, se for me basear na situação que estou vivendo, estamos no fundo do poço. A gente lamenta que tudo isso possa levar ao fim de uma política efetiva de inclusão social como o Brasil jamais experimentou.

  • O Brasil é o país do mínimo das forças conservadoras, e dentro deste país do mínimo, acho o Nassif e muitos blogues de esquerdas cruelíssimos com presidenta Dilma. A partir do mínimo e do impedimento que a mídia/oposição/TCU/STF/MP/juiz federais… colocam é que têm que ser analisado o Brasil. O minha Casa minha vida, é um feito histórico, o fome zero, o aumento do salário mínimo e não adianta remar ou favorecer a maré, o Brasil dá passos larguíssimos na infra estrutura, não é o que os progressistas desejam, mas… é o que a riqueza/pobreza do país comporta. Um presidente pouco pode influenciar na asneira coletiva da mídia/oposição, não h[á meios sem ser carimbado de autoritário, coisa que certamente da oposição neste país terá pois há a “conivência” integral da mídia. O que há na realidade é que se as esquerdas, ou simpatizantes de um governo progressistas, nãos modificarem seus comportamentos adesistas, dificilmente o governo/PT sairá desta situação. Perece “estar toda as esquerdas em cima do muro”, até mesmo numa expectativa de vitória da direitona para “aí sim firmarem seus posicionamentos contraditórios” – seria como afirmar ((raras exceções) estou grande, mas.. vou ficar maior com a vitória e fracasso da direita no poder. VOCÊS (todos os blogues progressistas, têm que partir doa realização na prática de todos os governos) A PARTIR DO PONTO MÍNIMO. Se bem que houve muitos governos para fazer (sem oposição do ponto mínimo) para fazer e não fizeram. Por isto, acho vocês cruéis com a Dilma. Ela faz, pelo ponto mínimo não faria, estaria inerte, esta é a intenção da política brasileira atualmente, ao ponto mínimo para atingir a economia e tomar o poder. Matemático e simples assim, os progresitas são “levados ao matadouro por este raciocínio crítico à Dilma”.

  • A culpa nunca é do governo? Nadinha?
    As contas estão desajustadas porque o governo gastou muito para garantir a eleição de Dilma. O Fies é um exemplo disso.
    A política econômica de Dilma I foi um fracasso, e a real culpada por essa crise. Nem mais nem menos.
    Mas querer de alguém que defende o governo em qualquer situação um mea culpa é pedir demais.

  • Edu, sua análise da situação é perfeita porque vai às causas da atual crise, o que desencadeou tudo, os protestos contra o aumento de R$0,20 nas passagens de ônibus, trens e metrô, mas eu acredito que deveríamos acrescentar que já havia um ódio descomunal da classe média contra o governo, mas que cada um pensava que era individual, ou no máximo seu e de sua família e amigos, foi quando em junho de 2013 descobriram que era coletivo, eles responsabilizavam o Governo Petista, Lula e Dilma, pelo acesso dos mais pobres a bens e direitos essenciais, quem convive com a classe média SEMPRE OUVIA: “qualquer um agora pode ter carro”(desoneração de impostos), por isso o trânsito parou, filhos da classe media tradicional “tendo que conviver” com os novos classe média em Universidades Públicas (cotas), no Serviço Público, (cotas),pior, ex –pobres em Universidades Particulares ( FIES), disputando com classe média tradicional postos de trabalho, podendo comprar sua casa própria ( Minha Casa Minha Vida). A classe média, acostumada a ter “serviçais” que entravam pelas portas dos fundos e por elevador de serviço, agora tendo que se “misturar” com esta “ente diferenciada” em Shoppings Centers ( Meca da Classe Média), aeroportos e outros ambientes outrora exclusivos, acresce a tudo isto os novos classe média completamente despolitizado e loucos para parecerem classe média tradicional ( Ouvi o filho de uma pessoa que trabalha no edifício onde moro, falando ao cel. :” Não mude o Brasil, Mude do Brasil”). Não podemos esquecer que a tudo isso, nunca ouve por parte do governo uma reação a altura, viajando nos finais de semana para conversar com o povo, começando sempre nos lugares onde tinha apoio , ter um Porta Voz que todos os dias comentasse as noticias, desmentisse as mentiras, o Governo poderia ter usado as pesquisas do Manchetometro para conseguir algum espaço nas rádios, televisões e jornais, poderia ter falado mais através de cadeia de rádio e televisão, poderia ter tido um Ministro da Justiça, enfim chegamos ao ponto que que chegamos em que a pergunta de PHA em Blog Conversa Afiada, resume toda a perplexidade : Como é que se prende alguém porque pode continuar a cometer crime numa licitação que ainda não foi licitada? Eu respondo: Ontem tivemos mais uma palhinha do que é governo Dilma: O Ministro da Justiça, o Zé Republicano, candidamente confessa que sabe que o Juiz da República do Galeão, seção – Paraná, alegou para a prisão dos dois Presidentes das duas maiores empreiteiras do Brasil: Eles poderiam participar de licitações do governo NO FUTURO, eles foram presos por algo que ainda Não Aconteceu, ou melhor, por um pretenso crime que ainda não aconteceu, por dois motivos: Não foram condenados ainda 2) as licitações que ensejaram as prisões será no futuro: é a vida imitando a arte: Filme MINORTY REPORT. Sim infelizmente chegamos ao que retrata o filme Minority Report…é deboche demais com a cara da gente!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Eduardo, admiro teu trabalho, mas esse blog parece ter sucumbido à visão fatalista, míope e imediatista que parece ter tomado conta da esquerda brasileira.

    O Brasil, talvez devido às suas dimensões continentais, tem um complexo interessante: raramente enxergamos nossa situação no contexto global. É como se vivéssemos num mundo paralelo. Somado a isso, temos o excepcionalismo à brasileira, no qual nos achamos mais incapazes que os outros países, ou nossas mazelas são piores, mais dramáticas.

    A situação atual, de maneira resumida, é a seguinte: o Império Estadunidense enfrenta um processo irreversível de declínio; o principal instrumento de hegemonia do Império é o dólar. O que dá ao dólar seu lastro é o petróleo. E o exército. A isso dão o nome de “petrodólares”. Saddam Hussein e Gaddafi queriam negociar a venda do Ouro Negro em euros… E o destino deles é conhecido de todos.

    Após a crise de 2008, os maiores credores do Império, lenta mas inexoravelmente, criam alternativas ao dólar e ao sistema financeiro baseado nele. O Brasil está entre eles. Pra “piorar” nossa situação, temos a maior reserva de petróleo encontrada nos últimos anos.

    O grande problema que os BRICS enfrentam no momento está como preparar um pouso suave do Império, sem que ele destrua todo o planeta em uma guerra nuclear. Aí, tudo passa a fazer sentido. As vacilações, a postura incrivelmente paciente da Rússia com uma Ucrânia infestada de nazistas comandados pelos norte-americanos, as concessões absurdas da Dilma Roussef aos mercadistas (pra nós elas parecem absolutamente desnecessárias, fato. Mas e para quem está no centro do poder? Que tipo de ameaças a Dilma deve ter recebido para trair seus princípios pessoais?).

    Outra peculiaridade brasileira: uma dificuldade crônica em pensar a longo prazo. Me diga, Eduardo: faz sentido pensar em meses (o tempo do tal “suicídio do Brasil”) quando o jogo que está sendo jogado no tabuleiro da geopolítica irá se desenrolar em décadas? Estamos apenas sentindo as dores do parto de uma nova ordem, que pode nos beneficiar. Mas, colocando a situação atual em perspectiva, é inegável que estivemos muito piores nos anos 90, e ainda piores nos anos 80. É revoltante ver o legislativo e o judiciário pilharem o país num momento de fragilidade, como hienas, mas não é possível afirmar se isso continuará ou se é apenas uma anomalia momentânea.

    O importante é não tirar o olho do gato. Ou seja: a inserção do Brasil como um dos principais atores da nova ordem global centrada na Ásia.

    • Amei esta sua tirada: Temos o excepcionalismo à brasileira, no qual nos achamos mais incapazes que os outros países, ou nossas mazelas são piores, mais dramáticas.

    • Sr. VISITANTE:
      Muito obrigado pelo contra ponto. faz muito tempo, li sobre a queda de muitos impérios e perguntei para mim mesmo.como uma potencia mundial poderia ruir na atualidade?
      Resposta como os demais, todos se auto destruirão de dentro para fora, como cada um de nós…

    • É verdade, pode ser uma estratégia de Dilma não querer partir para um enfrentamento e provocar o “inimigo”, que, ao que parece, encontra-se agonizante. Não faz muito tempo li no site redecastorphoto.blogspot.com.br a análise do jornalista Pepe Escobar sobre isso que vc escreveu. Torço para que a análise dele esteja certa.

  • Caro Eduardo

    Ótima análise do triste momento do nosso país. Estamos vendo o Governo Federal refém de grupos radicais que querem tirar a Presidenta Dilma e voltar aos governos neoliberais e entreguistas de antes de 2003.

    Se nada for feito para barrar os excessos de poder do juiz Moro, de Eduardo Cunha e de Renan Calheiros, o PT será destruído e o país sofrerá grave retrocesso em várias áreas.

    E o pior de tudo, perderemos o Pré-Sal que é nosso principal passaporte para o desenvolvimento e para a vida que sempre sonhamos e merecemos.

    E é claro que não podemos esquecer que todo este quadro se pinta e continuará sendo pintado com as pinceladas de TERROR MIDIÁTICO dos donos da mídia corporativa brasileira e internacional, que querem um Brasil subalterno aos seus próprios interesses e aos interesses dos Estados Unidos.

    A Presidenta Dilma precisa sair de seu gabinete, entrar em contato mais direto com o povo, dialogar mais com o Congresso, usar mais os rádios e tvs, sentar na mesa para dialogar e fazer acordos com os trabalhadores em greve, entre outras coisas.

    Um bom domingo para ti e tua família. Um abraço.

  • Concordo Caro Edú em gênero número e grau com sua avaliação. Porém, acho a atual situação é resultado diretamente proporcional à inépcia da Equipe Dilma e seus ministros Tucanos (Cardozo, Mercadante, etc.) e o PT com seus parlamentares também Tucanos como Delcidio Amaral, Palofi, além do inerte e amorfo Rui Falcão.

    O Partido da Tremedeira continua tremendo de medo e acho que nem reaje mais. Mais do que “Cego, Surdo e Mudo” o que eles são mesmo é Campeões de “COVARDIA”, e neste balaio estão todos, inclusive a alienada Presidenta e também um pouco do Lula. Jamais esquecerei eles assistindo de camarote o linchamento Moral e Físico (como não?) do Dirceu, Genuíno, João Paulo e Delúbio. Se não reagiram lá, como vão reagir agora?????

  • Excelente, Eduardo.
    E poderíamos acrescentar, também, que em junho de 2013 não era pública, ainda, a questão Petrobrás.
    É como na fábula do lobo e do cordeiro: “…se não foi você que sujou essa água que estou bebendo, então foi seu pai”.

  • Edu, boa tarde!
    Em resumo ao seu post, só concluo três coisas:
    1º. Uma oposição feita de incompetentes, de vendidos e de mau caráter;
    2º. Uma elite fascista, egoísta,e de corruptos;
    3º. Um governo de covardes. Tem hora que não pode se sujeitar a essa execração onde se rasga a constituição, onde um judiciário é conivente com um plano de desestabilizar o país e um bando de
    midiotas ainda concordam com que esta ocorrendo. É claro que existe exceções nestas alternativas, mas o quadro está muito claro para que se possa enxergar o ocorre atualmente.

  • É como diz o Mino Carta: ” O problema do Brasil são os brasileiros”. Por seu relato destruíram tudo e a nova classe média recuará e voltará a ser pobre e assim sucessivamente. A nossa engenharia, os engenheiros, farão concurso público para outras funções. Petrobras será Petrobax com certeza e considerando o grau de experiências vividas pela sociedade, principalmente quanto a nova classe média, não admitirá recuos, reagirá e aí a convulsão social.

    • Sabia que as crianças brasileiras são as que mais assistem TV no MUNDO? Quase CINCO horas por dia, em média!! E qual será o canal, hein? Não somente desenhos, mas novelas e muita, muita publicidade dirigida a elas. E isso já há muito tempo.

    • Lembro que na época do governo FHC no concurso do Banco do Brasil de 1998 teve muitos engenheiros desempregados que foram admitidos no BB. Uma vez desempregados, e não conseguindo colocação no mercado de trabalho, viam no concurso do BB uma oportunidade de atuarem em sua área no Departamento de Engenharia do Banco. Foi triste ver gente com curso superior completo se sujeitar a prestar concurso para nível médio.

  • 15ª fase da Operação Lava-Jato será chamada de Operação Brahma

    Já visualizo a 15ª fase da Operação Lava-Jato. Nome da operação: Brahma. Presos: Luis Inácio Lula da Silva, José Dirceu e Antônio Palocci. Crime: promover o mercado brasileiro a nível internacional e pertencer ao PT. Posição do governo: “tem de investigar”. Fala do Ministro da Justiça: “não existe ninguém acima da lei”, “A Polícia Federal é uma instituição republicana”, “decisão judicial tem de ser cumprida”, “tem de investigar”.

  • Eduardo, esta é a receita, tim tim por tim tim, dos manuais de revolução colorida do Império do Caos.
    Devido á situação mundial, com o partido atlanticista cada vez mais acuado por Russia, China, BRICS, era óbvio que o Brasil, devido à sua posição na AL, seria alvo de um ataque do tipo.
    O que espanta é a absoluta incapacidade do governo, e seus partidos de apoio, de preverem o evento e se planejarem para o enfrentamento. Republicanismo?

    • Eu estou decepcionada com o ministro do STF, sr. Ricardo Lewandowski. Deixando o juiz moro botar fogo no país com suas prisões arbitrárias e ele preocupadíssimo só com a questão salarial do judiciário. Francamente.

  • Assim é se lhe parece. Conhece a anedota da mãe que assistia o filho marchar com a perna esquerda, enquanto todos os demais usavam a direita, e comenta com a pessoa ao lado: “olhe, só o meu filho marcha certo, todos os demais estão errados”. Como dizia Sartre, ‘o inferno são os outros….’
    O país desmorona sr. Eduardo, graças às pedaladas do governo, graças à política errada de insuflar a população a consumir a qualquer preço e aí está o resultado. Graças às mentiras que a presidentA contou na campanha eleitoral (está fazendo tudo o que acusou a oposição de fazer), e a culpa é de quem saiu às ruas para reclamar dos 20 centavos ( que eu também acho que foi errado)? Não vou nem citar a responsabilidade da presidentA, mas os sr. Guido Mantega deveria ser chamado às falas e explicar tudo de errado que fez na economia durante o governo Dilma Roussef. É um irresponsável.

  • O relato dos fatos ocorridos estão perfeitos. Agora, não podemos fazer ma análise simplória da conjuntura. Para sabermos como sair de ma situação ruim, temos de procurar os motivos que levaram a esta situação. Talvez, isso, não importa mais pois o governo está acuado e sem grande capacidade de manobra para reagir. Infelizmente, não queria estar dizendo isso, mas os erros cometidos, não foram muitos,mas foram fatais para que chegássemos a esta situação. E não vejo como sair dela, por enquanto.

  • Eu já estou cansando de tanto bombardeamento da “media” à Presidenta Dilma . Ta tão chato que acho que a Dilma deveria sair fora e entregar a direção do País para o PSDB e daqui ha alguns anos a frente mandar todos os Brasileiros ideotas que conseguiram melhorar de vida saindo da pobresa e muitos entrando na classe média uma grande parte da população comprando carro zero e viajando de avião e sem contar que agente não è cliente do FMI E MANDAR TODOS FAZER O QUE O BOECHAT MANDOU O SILAS MALAFAIA pois vai ser um chororo só.

  • Infelizmente acho que o Reinaldo Azevedo está certo, finalmente o PT conseguiu unir o Brasil, estão todos contra o Partido dos Trabalhadores !

  • Além da crise política instigada dia e noite pela oposição de direita e a imprensa conservadora, temos parte do ministério público federal, da polícia federal e do judiciário do Paraná materializando a figura daquela famosa metáfora, de um macaco com um revolver carregado na mão e prontos para destruirem as maiores empreiteiras do Brasil, causando milhões de desempregados.

    Se o Brasil for para a recessão, guerra civil, golpe de Estado ou miséria social, onde quem tem pouco terá que se defender dos milhões que não terão nada, merece pela elite que tem.

    Ou se coloca um termo nessa insanidade política-midiática-judicial em curso, que ameaça se instalar no Brasil pelo messianismo enlouquecido de um juíz federal de 1a. instãncia e acovardamento dos Tribunais Superiores, em verem a constituição federal e nossas leis estupradas diariamente na vara federal de Curitiba e nada fazerem ou o caminho realmente será o descrito nesse artigo.

  • Calados e acovardados, nós o Povo, e os Três Poderes todos assistimos um juiz usando a Polícia Federal para sequestrar e deportar pessoas para um Campo de Concentração que ele montou em Curitiba.

  • É sobre o estelionato eleitoral nada? É a corrupção na Petrobras que prendeu o tesoureiro do PT??? E as pedaladas fiscais??? Sempre a culpa é dos outros??? Acho que vc está vendo fantasmas demais!!!

  • Parabéns Eduardo.
    Um texto para ser enviado aos “desligados”, guardado para as próximas
    gerações, e principalmente para os meninos de hoje, cujos pais vivem do quanto pior melhor.
    Grande abraço.
    (espero o próximo capitulo)

  • Concordo com seu texto, Edu.
    O PT, leia-se Lula( parece o único ser pensante do partido), esqueceu que o mais difícil é mudar o comportamento das pessoas. Junte um juiz que quer acabar com a Petrobrás a qualquer preço, gerando milhões de desempregados( e ele lá tá preocupado com quem paga o salário dele), e a gente se sente como o profeta que prega no deserto.
    Para o proer tudo, para as empreiteiras nada.
    Também concordo com o comentário de “Um Visitante” às 15:25 . O parto vai ter que acontecer. Só não dá pra ficar de braços cruzados.

  • Eduardo, você que tem condições de se comunicar com pessoal graúdo do PT, avisa que a coisa tá mais crítica do que nunca. Se o governo não reagir logo vai ser tarde demais, pois estão querendo queimar o Lula de qualquer jeito. A Dilma é honesta e boa administrado, mas isso não basta, tem que saber jogar o jogo político.
    tem que ser honesta sim, mas tem que ter jogo de cintura, pois os calhordas estão unidos e com planos ousados.
    Observe que não tem um dia que não haja um ataque ao governo, desde que a Dilma ganhou as eleições até hoje, não teve um dia se quer de paz e só agora o Ministro da justiça teve uma tímida e pálida reação.
    Dilma teria que requerer o horário na TV a que direito, e usar as redes sociais para expor as questões à toda sociedade.

    A comunicação do governo continua falha e incompetente.
    Mostrar que as forças armadas estão atentas para que todos os poderes constituídos cumpram a constituição.

    Muitos desses calhordas notaram o imobilismo do governo e tão se aproveitando disso.

    Se o governo não reagir logo vai cair, comprometer a candidatura do Lula e perderemos toda as conquistas que conseguimos nos últimos anos.

  • Li todos os comentário até agora, e achei perfeito o comentário postado por “Um visitante” (21/06/2015 • 15:25). Concordo com tudo o que foi escrito por ele. Também concordo com todo o texto do Edú em gênero número e grau com sua avaliação. Faço apenas um adendo a esta discussão: a parcialidade seletiva do judiciário e também da grande mídia teria algum objetivo? Por exemplo, a total omissão do judiciário e da imprensa em relação ao esquema de repasse de dinheiro por meio de licitações superfaturadas da empresa Furnas Centrais Elétricas S.A em 2002., ou em relação ao Trensalão Paulista , ou em relação ao Mensalão Mineiro, etc.

  • O problema todo são os privilégios. As elites querem manter suas riquezas protegidas e as classes médias vassalas os seus privilégios. Todo o jogo político no Brasil se resume a isto, nada mais. Devemos, as forças democráticas e populares lançar imediatamente a CAMPANHA “NÃO TOQUEM NO LULA” O Lula, nosso Líder maior é um grande conciliador. Tão conciliador que tem coragem de tratar de sua saúde nos Centros Médicos do inimigos.

  • Falamos da situação como se fosse responsabilidade sempre do ‘outro’. Quem é de esquerda, fala da direita predadora e quem é de direita, dos erros do governo. E falamos do congresso como se não o tivéssemos eleito. E a nossa parte? Povo, sindicatos, movimentos organizados. Qual é a nossa responsabilidade nessa história? O que devemos fazer para não deixar passar os desvarios do Moro, do STF, do MP…? Não há governo que se sustente sem o povo, Dilma não vai se manter se não tiver apoio. Diante desse congresso, só temos as ruas.

  • “Direita prefere destruir o país a aceitar justiça social” . A frase diz tudo. Eles pensam que o desemprego pega apenas os mais pobres. Acham que terão recursos para condomínios, carros blindados, colégios particulares, planos de saúde e etc. Antes somente 5 % tinha, e olhe lá! Preferem viver numa espécie de Índia de casta econômica a viver num “Canadá tropical”! Sempre pensei que quem estudava e enriquecia não podia era ignorante. Estava errado. Os letrados e ricos daqui são os mais estúpidos!

    • Caro Eduardo,
      Não discordo de que a direita, em todos os seus degraus, não quer o bem do país e muito menos a ascensão dos mais pobres, isso é histórico e não vai mudar. Contudo, a força que hoje demonstra foi alimentada contínua e ininterruptamente pela inação do PT, tanto nos governos do Lula e absurdamente nos governos da presidenta Dilma. Todo esse processo que hoje vivenciamos, tanto o mutismo do PT quanto a algaravia da direita, começaram em 2005. Um ex-presidente acovardado e um Ministro (Joaquim Barbosa) cooptado e incorporado ao movimento dos oportunistas ciosos de seu poder para a destruição. Porque sabiam, sempre souberam que, em toda existência da humanidade, a desonestidade e a mentira se tornam uma certeza, quando quem tem a verdade está cheio de medo e de dúvidas! Desde o malfadado mensalão, todos os golpes da direita foram para punir o Partido dos Trabalhadores por corrupção, mas nenhum deles foi dirigido contra a corrupção.
      Cioran dizia que: a razão pela qual temos pesadelo é porque durante o dia não damos curso aos nossos maus instintos. Mas o que fazemos? Preferimos nos livrar deles pela oração e pelo chamado pensamento positivo. Só poderemos ter noites tranquilas se não fugirmos deles. Afinal, são nossos, devemos conhecê-los e dominá-los. Descobriremos que se não nos tornarmos mais felizes, com absoluta certeza, teremos mais tranquilidade. Lula preferiu ignorá-los sendo diplomático. A direita não tem nenhuma vergonha de usá-lo. Por isso está deitada em berço esplêndido! Que povo vai continuar a seguir um líder que nao tem coragem e força para defender seus companheiros e seu governo?! Mesmo que ele tenha feito maravilhas por ele?! Ninguém respeita quem não tem atitude diante da injustiça, diante da calúnia, diante do imbuste, diante da mentira… Não se pode oferecer diálogo a quem aponta uma arma! Segundo Tocqueville, o povo francês passou a odiar a aristocracia quando essa perdeu seu poder. O que aconteceu com o Thiago Silva na Copa do ano passado, quando todos necessitavam dele?! Sentou em cima da bola e começou a chorar! Tivesse ele, gritado, berrado, se indignado, lutado, talvez a história pudesse ser outra. Resultado. Hoje perdeu a braçadeira de capitão e tem estado na reserva. As pessoas mais simples, mesmo que não entendam de que modo realmente acontece o embate político, quando vê e ouve calúnias e injustiças se revolta, no entanto, quando ela se repete constantemente e o injuriado e injustiçado não se defende, pior, se cala, o espiríto de revolta, que a princípio era cheio de calor e certezas, emorece e com o tempo se apaga.
      Abraços
      Maria Antônia

  • Edú,

    A justiça social e um dos pilares da Constituição Brasileira de 1988 e a direita (torta na nacionalidade) percebeu que com mais inserção do povo menor a probabilidade desla ganhar uma eleição e então resolveu puxar o piano ao invés do banquinho, As vezes tenho vergonha de ser paulista. Vivo ameaçando que vou morar em Salvador e qualquer hora nem meu neto me segura.

  • Infelizmente temos na extrema esquerda e direita o penamento de que fodas o povo e o país desde que assumamos o poder e no meio um centro que igual pendulo vai onde esta o poder,centro direita para ser mais especifico,e a centro esquerda em suas direções são de uma imcompetencia fruto de sua covardia ou o contrario que da no mesmo.Para piorar temos grupos de coxinhas no MP,Judiciario e PF (fruto de decadas de elituzação do ensino superior).Como tenho um natureza otimista aliada a esperança que é inata ao ser humano,so posso torcer que tenhamos chegado ao fundo do poço e a subida é o unico caminho.Por isso não entragarei “a rapadura” tão facil,o que acontece agora no país esta e saira muito caro para os lados que disputam o poder,mas o preço de uma vitória da direita brasileira sera tão caro que muito provavelmente sera tambem sua quase ou total extinção.Se apedrejam o PT,Dilma,Dirceu e principalmente o Lula,amanha vão lamentar sua falta.Meu Deus,como podem existir seres humanos tão insanos.

  • ótimo e esclarecedor texto,Eduardo Guimarães. Eu participe das jornadas de 2014 e sou testemunha de tudo que você escreveu. Concordo com você. A esquerda irresponsável abriu espaço para a ultradireita com consequências que prejudicam o Brasil até hoje.

  • De volta de desgastantes férias em João Pessoa e Fortaleza, trouxe na cabeça uma pergunta prá te fazer.

    Edú,
    A direita e sua mídia, talvez consigam tirar o PT do poder, na marra.
    Prá quê?
    O povo foi induzido pela mídia a crer que o PT é o capeta…. Mas…
    Assim que a direita assumir, conhecendo seus líderes, o povo descobrirá, rapidamente, que o PT não é o capeta… O capeta é outro…
    E aí?
    O que acontecerá?
    Nesse momento o povo (não os coxinhas branquinhos que protestaram nas capitais) reagirá…
    O que acontecerá?
    Se este buraco que ilustra seu post já tiver sido aberto, quem o tampará?
    Se alguém não o tampar, o que o povo fará?
    Afinal, a mídia quer chegar perto do cofre por razões obvias mas, e os tucanos?… Prá que querem mesmo o poder?
    Um grande abraço prá você e sua família.
    Desejo de coração, saúde e sucesso. Sempre.
    Celso

  • Meu pai sempre disse que muitos estudavam pra ter diplomas de burros. Vejo as elites dos doutores, principalmente os de toga, fazerem papel de retardados pra ferrar o povo. Acho que tá na hora das forças armadas algemarem Gilmar e Moro por desrespeito à Constituição.

  • Puxa! Nunca pensei que a culpa por tudo era do Alckmin e dos Black Blocks. Não deixa de ser um ponto de vista. Vc deve ter alguma informação de cocheira dos serviços de inteligência do governo. Imagino que eles tenham detectado o pecado capital do fatídico golpe em gestação. Eles têm a fórmula para brecar esse bólido ou a queda de Dilma é inevitável?

  • A China este ano vai crescer pouco, mas vai crescer mais que os 5 anos, já incluído 2015, de governo Dilma. ( China 7% Dilma 6%). Os petistas dizem que PIB não enche barriga, aliás uma tese muito profunda, mas PIB alto faz crescer as industrias, o comercio os serviços etc e é este o objetivo de todos os paises. Desde 2009 o Brasil só fez se enrolar, a ponto do TCU elencar 13 pedaladas que pode causar um enorme embaraço ao governo. O PT, no começo do governo Lula, conheceu, de 2003 até o final de 2008 o maior crescimento do mundo em várias décadas, e foi um dos países que menos soube aproveitar, melhorou, mas poderia melhorar muito, mas muito mais. Após a primeira crise, que foi MUITO GRANDE E QUE AFETOU TODO O MUNDO o Brasil não mais se recuperou, como disse nossa presidente , a marolinha virou uma grande onda e teremos este anos e certamente no ano que vem, um país em recessão. como dizia nosso “maior presidente” nunca antes na história desde país. Lula na palestra que fez aos religiosos culpa a nossa presidente pelo desgoverno atual no Brasil e com razão, mas esqueceu de lembrar a grande oportunidade que perdeu, pois apesar da distribuição de renda que aconteceu no seu governo, não aproveitou o imenso potencial do Brasil.

    • Marcito, só por você ter ‘comprado’ a crítica do Lula na reunião com os religiosos tal como a mídia a vendeu para você, já sei em que diapasão você está. Engole tudo sem recorrer às fontes, sem refletir, sem questionar.

  • Uma aula de história. Agora falta a análise psiquiátrica. O que leva um país e um povo a cometerem suicídio ?Haveria uma conspiração internacional por trás de tudo isto ? Bem, penso que faltou educação e experiencia de vida à população, dominada por uma elite mesquinha acostumada a saquear o país. Com um coletivo tão alienado como o brasileiro, será que quando chegarmos ao fundo do poço, aprenderão a dar valor a suas conquistas ?

  • É muito difícil fazer pessoas que não viveram os governos de Color, Itamar e FHC entenderem o que é passar dificuldades. Se os partidos da direita voltarem ao poder veremos alguns desastres acontecerem. Segue uma lista do que será feito e suas consequência: Privatização do BB – financiamento à safra agrícola sai prejudicado; privatização da CEF – financiamento para construção de moradias será só para classe média alta; privatização da Petrobrás – gasolina mais cara e pré-sal sob administração dos EUA; o BACEN será independente e elevará a taxa SELIC fortemente (crédito caro) – para beneficiar mais ainda os rentistas; revisão da Lei das Empregadas Domésticas – retorno da empregadas às condições anteriores à Lei; privatização ou fechamento dos cursos técnicos e universidades federais – empresas privadas desejam o domínio do segmento educacional (vai ficar caro estudar); revisão ou até mesmo a eliminação do sistema de cotas – negros voltam a não ter perspectiva de futuro; achatamento do salário mínimo – um ex-ministro já disse que subiu muito, vai congelar os aumentos; eliminação gradual do Programa Bolsa Família – volta a população invisível (ainda não resolveram como será feito por temerem uma possível convulsão social); paralisação das investigações sobre o HSBC e Zelotes – rico não pode ser investigado estão acima da lei. Provavelmente estão estudando colocar alguns partidos da esquerda na ilegalidade ou cassar seus registros. Arquivem essa pequena relação para comparar com o que realmente irá acontecer se a população tiver coragem de votar na direita.

    • É isso aí, Roberto Guimarães. Prevejo o pior dos cenários caso a direita retorne ao poder. E, infelizmente, quando as pessoas começarem a se dar conta da burrada que fez, o país terá perdido muito e verá reduzidas as chances de consertar o estrago que fizeram.

    • Li o texto e achei interessante só que cheio de erros, ia deixar passar mas eu apanhei mto, tomei mto spray de pimenta na cara e bomba de gás sem motivo pra ficar calado agora:

      Primeiro as jornadas de junho não se resumiram a 20 centavos de aumento de passagem. Os 20 centavos foi a gota d’água, foi o último suspiro de uma população que não aguentava mais tantos problemas. Uma população que vê os preços aumentando a 6% ao ano na época quando nos países desenvolvidos 2% era elevadíssimo. Uma população que no caso viu que o cartel do transporte controla a política de precificação do governo e queria empurrar mais essa goela abaixo. A resposta radical do passe livre (que eu não apoio) é sim viável (outros países têm isso, se quiser mando link) mas não necessariamente é solução porém é natural que um movimento popular faça propostas populistas.

      Esse “sonho dourado da nova classe média” foi desmascarado como ilusão, um afago aos impulsos consumistas de uma sociedade cada vez mais superficial e vazia mas sem alicerces para sustentá-lo. A tudo isso se combina com uma retórica de que “está tudo bem” quando não está.

      A política econômica anti-cíclica implementada não pode ser criticada por ser anti-cíclica, tem que ser criticada pela forma que foi feita e pelo que estava sendo dito. O expansionismo fiscal e monetário na época não era justificado simplesmente como algo para contra-balançar uma crise internacional mas como o caminho para o desenvolvimento de longo prazo, uma mentira descarada e deslavada, se fosse verdade os gastos teriam sido concentrados em saúde, educação, infra-estrutura, investimento e não em dar subsídio setorial, reduzir juros de banco público, ficar incentivando a demanda (de curto prazo diga-se de passagem!). Não só isso, o tamanho do expansionismo fiscal e monetário foi todo errado e agora estamos pagando por isso.

      Nessa hora vc ve que a politica economica do governo não tinha nenhum interesse no bem da economia, tinha interesse político de um partido desgastado.

      E desgastado por que já que os índices sociais e econômicos melhoravam? (E melhoravam mesmo). Porque existe uma pletora de problemas da sociedade brasileira que são completamente ignorados pelo PT sem contar a qtde enorme de problemas com soluções incompletas e vagabundas. Sabe como isso se refletiu nas manifestações? Na falta de uma pauta reduzida e um direcionamento claro dos anseios da população. A população em geral nem sabe o que está acontecendo quanto mais saber no que implica cada opção de política pública e portanto que rumo tomar, o nível do debate político e de política publica é baixíssimo basta ver as coisas que são ditas nesse grupo mesmo.

      Pra mim a tônica do PT é a de distribuir migalhas e querer te convencer que é um banquete, um partido que não faz nem o básico mas já acha que faz muito! E dá desespero como cidadão vc ver que as outras alternativas conseguem ser piores ainda, aí pergunto, será que o problema é esse ou aquele partido ou é a sociedade e o sistema?

      Vc quer um exemplo de problema no Brasil que o PT não resolve só dá uma remendadinha e depois quer passar uma de que fez grandes coisas? O BNDES por exemplo (que em uma oportunidade anterior foi discutido).
      Ao em vez do PT reformar o sistema bancário, estudar pq temos o maior spread bancário do mundo (repare que eu n to nem falando dos juros, to falando do spread) e formas de combater isso o PT usa banco público e BNDES pra ajudar uma parte dando empréstimo subsidiado. Isso é tapar o sol com a peneira.
      O BNDES que deveria ser instrumento de desenvolvimento economico para o país é usado para dar privilégios a uma classe empresárial que consegue navegar pela sua burocracia, a lógica do empréstimo não atende as necessidades do país, basta vc saber fazer.
      Soluçao do PT? Cartão BNDES!
      Ah fala sério neh? O cartão do BNDES é ótimo, ajuda a usar melhor os recursos do banco mas daí a achar que isso é solução é sacanagem pq o filé mignon continua no prato dos mesmo que continuam comendo sem pagar! O problame não foi resolvido vc deu um cala-boca pra disfarçar.

      E tem inúmeros exemplos e mais exemplos do PT fazendo isso, é uma coisa sistemática.

      Sobre essas manifestações de impeachment eu não comento pq n participei, minha posição atual é que deveria ter a campanha dela e do Aécio impugnadas pela quantidade de canalhices que foi dito e feito na eleição mas essa justiça eleitoral (outra instituição lixo desse país) deixa tudo rolar e fica tudo por isso mesmo. Quanto a impeachment acho cedo pra falar, tem que ver como anda esse caso aí na justiça.

      Não a Copa do mundo nunca foi colocada como culpada por todos os males nacionais, isso é uma mentira deslavada. A copa do mundo era colocada como uma idéia péssima, um disperdício de dinheiro, uma extravagancia de um país de renda média que quer ser visto como rico propelido por um partido que queria fazer algo emblemático justamente pra distrair a sua população do seu trabalho vagabundo que estava fazendo. Foi questionado sim que país é esse aonde Copa tem prioridade sobre saúde e educação. Essa história de que Copa ajuda a economia é outra balela, olha os estádios largados aí tendo prejuízo (parece que são 8 em 12) e MESMO QUE a copa ajudasse a incentivar a economia será que é a melhor forma de aplicar esse dinheiro? Não haveria formas melhores de usá-lo? Pra mim é bem óbvio que sim.

      Só pra constar a redução dos investimentos no Brasil não tem nada a ver com perseguição política ao PT, tem a ver com um país e um governo que não gera confiança, empresário pode não gostar do PT mas tb n é trouxa de deixar de ganhar dinheiro numa boa oportunidade por causa de partido.

      Quanto ao ajuste fiscal, engraçado como é isso, sempre quando aperta o sapato, quando precisa de ajuste (e precisa mesmo) quem paga a conta sempre é o pobre e o trabalhador neh? Isso é que é ser partido de esquerda? Cade o imposto sobre riqueza que já está com pelo menos 200 anos de atraso? Cade o empoderamento do trabalhador no local aonde trabalha? Cade a redução dos benefícios direcionados aos ricos?
      Isso é ser partido de esquerda? Fala sério neh…

      • Magno, lendo seu comentário não resisti e acho no direito de falar. Enfrentei filas quilométricas para vaga de emprego, vi amigos, família sem dinheiro para comprar um pão, vi maquininhas em supermercado alterando o preço a cada semana subia, vi minha mãe que ganha salário mínimo conseguindo apenas comprar a cesta básica, as demais despesa não dava, vi amigos chorando por estar 2 anos desempregados, vi pessoas de 40 anos já fora do mercado de trabalho, vi apenas os filhos dos ricos na universidade, pobre nem pensar. E quando vejo um comentário como o seu me dá vontade de rir muito, é muita hipocrisia dizer isso como se somente o PT que TEM QUE FAZER ALGUMA COISA, os demais partidos NÃO PRECISA, COMO NO CASO DO PSDB, ninguém cobra NADA DELES, apenas cobram do PT que foi o ÚNICO PARTIDO QUE FEZ ALGUMA COISA, nos meus 51 anos de vida, NUNCA VI NENHUM PARTIDO FAZER QUALQUER COISA PARA O PAÍS E NUNCA NINGUÉM COBROU NADA, APENAS ACEITAVA, ATÉ CORRUPÇÃO TODO MUNDO ACHAVA NORMAL. AGORA VEM OS HIPÓCRITAS CHEIO DE MIMIMI. VÁ TE CATAR MAGNO.

        • Olá Nádia!!!..
          Nasci no governo do Juscelino.
          Passei por João Goulart (bebê, é claro);
          Comecei a estudar no auge do militarismo (que hoje não julgo ditadura como a mídia enfatiza);
          Minha juventude (20 anos) foi vergonhosamente ENGANADA em prol de um “País Livre”…Diretas Já!! Apoiada por TODOS OS PARTIDOS QUE CONTINUAM A ENGANAR…
          Comi, a muito custo (depois de enfrentar muitas filas, o que era novidade para a população) o pouco de carne a venda, devidamente congelada e sem gosto (isso é apenas um pequeno exemplo entre tantos)…
          Mas ainda com fé de que um dia tudo mudaria…
          Pintei minha cara para destituir “o começo” de um governo descarado…Aí pensei…agora vai,,!!!
          Ledo engano…..
          Gatilhos, gatilhos…até que a economia começou a dar luzes de estabilização…diminuindo desemprego, importações acelerando (claro, porque até então não tínhamos muitas opções nas gôndolas dos mercados) por conta de um Plano chamado Real…, porém sindicatos que se sentiram enfrequecer (pois só queriam recolher contribuições) e Lula’s (que por conta de um acidente de trabalho que mutilou um dedinho da mão (que recebe aposentadoria até hoje do governo por conta disso) nasceram de uma “carona” de um revolucionário polonês (Lex Valessa..lembra??) que estava na midia mundial….Ahhh…abençoado polaco, porém quando ele caiu (porque europeu não é brasileiro), esse aprendiz de Che Guevara (que deve estar se revoltanto na tumba) resolveu levantar a bandeira desse político romantico, ou romantico político (dúvda…)
          Sem mais delongas, quero apenas dizer que MORRO de saudades (nunca imaginei falar isso) da “tão famigerada” ditadura…sabe porque???
          – Nenhum general da época enriqueceu, e tampouco seus filhos e netos por conta de terem sido presidentes;
          – O que eu aprendi na escola estadual nessa época, se equivale hoje a uma escola particular;
          – Traficante tinha que realmente se esconder, caso contrário estava literalmente fuzilado;
          – EU brinquei, e andei nas ruas de minha cidade (que é uma capital do sul) sem a menor preocupação;
          – Tinha respeito, não medo, pelos policiais, professores (brigávamos para carregar os cadernos deles);
          – Morador de rua, era obrigado a se recolher e aceitar ajuda do governo com alimentação, vestes e encaminhamento, caso contrário era CANA;
          – Punguistas, ladrões, homicidas, estupradores, sequestradores, além de raros era CANA MESMO;
          – Merenda escolar??…variada e apresentada conforme o calendário mensal…
          – Classe pobre???…estudava de graça, recebia uniforme e material gratuitamente….não falhava MESMO;
          – Menores em casas e cinemas noturnos????…Nem pensar….tinha fiscal pra isso…e funcionava, pois eu era precoce em altura, e fui barrada ..era cada qual no seu quadrado…
          – Repressão??? sim… existia, para os insatisfeitos sem causa….
          Enfim, socialmente era tudo extremamente organizado para o bem estar de famílias….economicamente, deixou a desejar, pois afinal o exército não foi feito para organizar a economia e sim o social…

          Veio sob muita pressão interna e externa a anistia em 79…..vibramos….Ahhhh…que lamentável foi!!!!….Nos meus 18 anos vibrei com a notícia, porém nem nos meus piores pesadelos imaginei o quanto me arrependeria….Saudades do Figueiredo!!!….
          Tenho certeza de que ele passaria o poder sem pressão alguma a qualquer civil idoneo, desde que o povo brasileiro não fizesse a besteira de colocar esses pulhas no poder….mas enfim, nada é perfeito!!!
          Porém, FHC veio não sei de onde nem porque, mas veio….
          Foi um mal necessário para o País, pois herdou uma divida de inflação imensa, e como nada acontece do dia pra noite, ajeitou a casa e a cama para o seu sucessor deitar e levar adiante…
          Veio o Lulalá…lá não sei de onde, pois se aproveitou, e alinhavou tanta porcaria para esse Brasil varonil que até hoje respinga no governo de sua sucessora que insiste em achar que NÓS que vivemos na época dela somos imbecis….
          Portanto, se vc viveu e esqueceu, só estou relembrando a poucas pinceladas…, e, se não viveu, procure conhecer os dois lados da moeda para depois se expor de forma tão enfática, que chega a ser além de fanática, totalmente hilária….
          Desculpe, mas repito, nossa Pátria não precisa de fanáticos alienados, …precisa de CIDADÃOS!!!…
          Partidos e pessoas não são a NOSSA PÁTRIA…
          NOSSA PÁTRIA SOMOS NÓS!!!!…O POVO TÃO SOFRIDO E ENGANADO!!!!
          Quer saber???….Pergunta a qualquer político, vereador, prefeito, deputado estadual, federal, senador ou presidente se eles concordariam em ganhar um salário NORMAL, e com o mesmo bancar todas as suas despesas com funcionários e moradias como qualquer outro ser comum, em nome do GRANDE AMOR PELO PAÍS COMO DIZEM…….
          Se encontrar alguém me avise, pois farei questão de indicá-lo a uma homenagem especial diante de todos os maiores governantes do planeta….
          Me poupe amiga…..e se poupe!!!!
          Não existe político que não seja político com quem lhe interessa…..é tudo politicagem, portanto, não se desgaste….apenas expie….entendeu???…

        • rsrsr, Em qualquer circunstância pense logo no Poder de JESUS com o Espírito Santo Verdadeiro,nada
          passa, sei que não é fácil conviver com erros, e o BRICS vem aí orque EU Marcio Tolledo sem partido algum
          torço pelo ENTENDIMENTO e a Felicidade do meu querido BRASIL, futebol CBF 7×1 nunca mais, tem que ser Fiel igual os Corinthianos, faça Sol ou CHUVA série B – Voltamos e somos o Melhor, nada como refletir e espantar os fantasmas com o Espírito que Anda na Invisibilidade da LUZ Invisível e Poderosa Força KANON…,aprendam que ao romper o saco da Paciência costure-o e a tua PAZ-FORÇA-ALEGRIA pela Vida
          Humana vale a Pena, e olha que já estive a beira da morte com depressão aguda desde 1996 – PSDB exatamente, e fiquei desempregado e meu salário caiu pela metade inclusive na carteira profissional, agora falar mal do PT é fácil e os tal de bosta de Illuminati não tem o PODER DA IGREJA MESSIÂNICA MUNDIAL = IMMB onde
          sou membro desde 31-maio-1992 = site : http://www.messianica.org.br ou também a LBV Religião de Deus, Paiva Neto = ((www.religiaodedeus.org))) só a Fé raciocinada e controlada equilibrada e de misericórdia Perdoa a
          Ignorância Humana, temos o Livre Arbítrio inviolável, O BEM =Amor, Construir, frutos da Paz,Paciência, Prosperidade Real, O MAL = ódio,Inveja,confusão,destruição de si mesmo (a) vc escolhe a sua Direção…
          Paz para todas as FRONTEIRAS, eis a reconstrução do Projeto Alvorada = Novo Éden = B R A S I L …
          (((M.Tolledo)))

        • Parabéns, Nádia. Ele vem falar em inflação de 6% ao ano, nos comparando com países desenvolvidos? Isso é pra rir muito. Agora ele vai ver pra quanto vai a inflação depois da crise política que a Direita meteu o país. Esse Magno deve ser muito jovem ou tem memória muito fraca. Leia mais a história política do Brasil, Sr. Magno.

    • Ora Roberto, seja mais claro. Tão logo a direita assuma o poder, criancinhas serão devoradas, black bocs invadirão aeroportos para espancar pobres e o minha casa minha vida será usado para fazer casas de campo e veraneio,
      Seu comentário é insultante a qualquer leitor provido de capacidade de discernimento.

    • Desculpa, mas como assim??
      Concordo que ja passamos por muitos apertos.
      Mas vc acha que a epoca que te pareceu de ouro do Lula, nao tem nada a ver com a economia internacional á epoca e ainda por cima nao foi consequência do Plano Real???
      Fala serio….kkk

  • O PT já era, Dilma com a graça do bom Deus será deposta, na sequencia estado de sitio ( art 137cf) depois iremos fazer uma limpeza geral nessa nação , assim como houve a desnazificação da Alemanha, aqui haverá á despetização e a dezesquerdização , ou seja , vamos extinguir com lixos como PT, PCdoB , PSTU.PCO,PSOL,seu militantes e simpatizantes, dessa vez não vai haver conversinha mole, tampouco resquicios, seremos muito melhores que os militares, não faremos prisioneiros, aguardem o dia se aproxima.

  • Caro Edu.
    Perfeito seu resumo dos acontecimentos que nos levaram à situação que estamos hoje.
    Só não podemos nos esquecer dos interesses internacionais que dão apoio e articulam com financiamento esses movimentos antibrasileiros.
    Escreva algo para nós nesse sentido.
    Parabéns!
    Grande abraço.

      • Eu assim como não devemos assistir à desconstrução da pouca justiça social que conquistamos, tb não devemos dar espaço para a direita se manifestar aqui como o fezeram. Deixar que a participação passe do campo das opiniões para o campo das ameaças é demais. Duvido que os coxinhas da veja me deixariam postar qq coisa a favor do PT ou do Lula. Chega de ficarmos debaixo da cama, já estamos cansados do desse democratismo q só incita a mais violência.

  • um romance tendencioso.

    Falando assim, parece que o governo foi apenas vítima de uma conspiração maluca.

    O governo é gastão, e corrupto. Não apenas este, todos.

  • Não restam mais dúvidas que o governo da Presidente Dilma está cerceado, se é que não acabou e ela espera o momento de deixar o palácio.
    Mudar o governo ou um governo do Brasil poderia até ser normal, mesmo nestas circunstâncias.
    No presente momento, a mudança de governo significa entregar a possibilidade da soberania plena do país que começou a se transformar em uma nação. Infelizmente voltará ser o país de uns poucos, nem tão poucos assim.
    O ódio sistemático, alimentado principalmente pela Folha de São Paulo e o papel canalha do seu diretor, colunistas e jornalistas tem vários motivos.
    Nossa soberania incomoda os donos desse país que são os donos dos cartéis, um país tudo é cartelizado.
    Um país moderno e que seja de todos não permite os cartéis e suas margens de lucro, tão altas que podem ser tratadas como pornográficas.
    Um país moderno não admite nem permite que o capital espolie a nação sob a forma de aplicações “na viúva”, como dizem. Seguras, sem risco algum e com rentabilidade que supera a que se consegue em qualquer país que chamam de civilizado.
    Quando começaram os problemas da presidente? Não foi com o aumento das tarifas de ônibus em São Paulo.
    Foi quando ela reduziu a taxa básica de juros. Nossos industriais e grandes comerciantes são rentistas, não usam seu capital no seu negócio, usam o BNDES com juros subsidiados.
    Para compensar a perda de rentabilidade de suas aplicações, elevaram os preços dos produtos, a indústria e o comércio. Principalmente, supermercados, eletrodomésticos e materiais de construção.
    O governo errou em não enfrentar esse conluio. Pudera, com Gerdau e outros do mesmo calibre como conselheiros!
    Os erros políticos foram muitos, a começar do pacto que Lula acreditava ter conseguido e que se manteria e principalmente erros do PT que continuou aceitando em suas fileiras gente que fazia exatamente aquilo que diziam, iriam fazer diferente.
    No auge da popularidade, Lula deveria ter proposto a reforma política através de uma constituinte exclusiva e que fosse referendada pela população. Também deveria ter apresentado um projeto de controle da mídia, a mesma mídia que está por derrubar o governo nos próximos dias.
    Lula deveria ter sido mais cuidadoso na nomeação de juízes e membros do TCU. Hoje Dilma padece e talvez perca seu mandato porque Lula, agindo de forma republicana não rejeitou a indicação de Nardes, apesar da carta que recebeu alertando para o caráter da figura.
    Errou com Joaquim Barbosa e o Fux, como o próprio admitiu, devemos ao Dirceu.
    Por falar em José Dirceu, onde anda ele depois de pedir doações para pagar sua multa e hoje sabemos estar riquíssimo, graças a suas “consultorias” que não passaram de tráfico de influência.
    Falemos do Palocci que já agia de forma desonesta enquanto prefeito de Ribeirão Preto. Lembram que ele abriu uma licitação para compra de alimentos para a merenda das escolas do município e entre os itens estava o molho de tomates com ervilhas. Claro! Sua mulher tinha ligações com a única fábrica que iria produzir o tal molho.
    E o João Paulo Cunha que me deixou envergonhado como brasileiro. Eu um brasileiro comum tomei conhecimento como todos que este senhor no cargo de presidente da câmara, aceitou um trocado de R$ 50 mil e teve o descaramento de mentir frente às câmeras dos telejornais.
    Hoje estão eles e os demais do PT muito bem, igualzinho a todos os políticos que combatiam e pasmem, usaram das mesmas práticas. Claro, com uma enorme diferença em relação aos demais. São burros e ignorantes, deixaram rastro de todo mal feito!
    E a direção do PT, que diferença tem em relação ao PSDB, PTB, DEM, PMDB e outros partidos? Nenhuma!
    A diretoria atual comanda com mão de ferro e em nada diferem dos demais Usaram e usam o partido em benefício próprio, admitindo todo tipo de falcatrua dos seus membros nos cargos eletivos, exemplo próximo, o Gilmar Tatto na prefeitura com suas ciclovias e futura desapropriação das garagens de ônibus. Se queixam do que?
    Acredito que o único que se salva é o Genoino pelo seu caráter e seu trabalho por um Brasil mais justo, um país para todos. Até aqui um exemplo de caráter e convicção.
    A militância do PT está calada, acuada, desanimada. Pudera!
    Por tudo que fizeram, acreditavam no que faziam, e o que viram?
    Seus principais dirigentes metidos em todo tipo de falcatrua.
    A Presidente também errou e muito!
    Algum dia ela talvez nos explique porque o Cardozo ainda está no Ministério da Justiça. Um pilantra desde o tempo em que era vereador em São Paulo, ao tempo da Marta prefeita. Resolveu investigar os contratos de coleta de lixo e limpeza urbana para fustigar o Maluf, Pitta e outros prefeitos anteriores. Resultado, contratos com preços maiores do que haviam sido assinados pelos prefeitos anteriores. Seu maior trabalho no Ministério da Justiça foi namorar uma deputada jovem e bonita do RS.
    Omisso e irresponsável. Não sou advogado, porém acredito que lhe caiba um processo por prevaricação no cargo que ocupa. Manifestações, com bem disse a Presidente, devem ser livres. Porém, no momento em que descambaram para as ameaças e ofensas, tipificadas no código penal, uma providência deveria ter sido tomada. E ele não tomou nenhuma, tão pouco exigiu seriedade e apartidarismo do juiz Moro e seus auxiliares.
    Por algumas entrevistas e seminários da então candidata Dilma, reconheço que ela é a mais preparada no deserto da nossa política e sabemos também que ela é avessa e odeia os políticos.
    Porém, recolher-se ao palácio e governar como se estivesse em um país normal em que a oposição também quer uma nação grande e soberana, é omissão. Nenhuma palavra sobre o que acontece, como se não fosse com ela. Talvez em poucos dias lhe custe muito caro!
    Apesar do seu viés nacionalista, ela não pode nem poderia ter agido como agiu. Não sei se por ela ou pelos péssimos conselheiros que tem. Renan Calheiros iria ser cassado pelos seus pares no episódio da pensão ao filho, paga por uma construtora. Ele só não foi cassado porque o Mercadante trabalhou incansavelmente para evitar. Por quê? Hoje o governo padece nas mãos desse pilantra que é o Renan.
    Há outro episódio do Mercadante e do qual, talvez, poucos se lembrem. , Não lembro se era senador ou deputado, ele apresentou um projeto para moralizar alguns aspectos que envolviam o SERASA a Associação Comercial de São Paulo que diziam respeito à negativação de pessoas para crédito e a forma como isso ainda é feito. Sumiu, bastou aparecer a notícia e sumiu! Tenho todo o direito de perguntar, quanto ele recebeu para calar a boca?
    A presidente foi inábil no episódio da eleição do presidente da câmara a começar do candidato escolhido por ela ou por seus assessores. O candidato escolhido por ela não tem um único trabalho relevante como deputado, é mais um que se deu bem com verbas, cargos e benesses.
    Tão inábil que os protagonistas do Brasil hoje são Eduardo Cunha e os tais “pastores” muito mais próximos da figura de um estelionatário do que homens de fé.
    Se a presidente perder seu mandato, será pelos erros do PT e por seus erros, sua omissão em relação à política e a comunicação com seus eleitores.
    Nos primeiros meses enquanto o moleque de Minas aprontava onde estava a presidente para rebater as falsas acusações? Onde estava para rebater os veículos de uma imprensa canalha? Os seus eleitores, como eu, nos sentimos abandonados.
    Sabemos que a presidente trabalha e muito e os problemas também são muitos, mas uma palavra de confiança e garra dita com altivez teria posto esses títeres no seu devido lugar.
    Uma palavra da presidente contra o “moleque democrata” que não aceita o resultado da eleição.
    Um moleque, guiado pela irmãzinha que acredita ter nascido em uma família predestinada a dirigir o país, igualzinho a um senador por São Paulo, aquele da bolinha de papel que prometeu o petróleo para a Chevron.
    Parece que vai cumprir a promessa feita aos americanos!
    Acredito que ela pensa estar em um país democrático com instituições sólidas no qual os ocupantes dos cargos agem de forma republicana pensando no bem do país. Falácia!
    Talvez isso tenha a ver com a repressão que sofreu e neste ponto o Brasil cometeu um erro.
    Algumas coisas do governo militar, apesar dos pesares, foram boas para o país, algumas coisas deveriam ter continuado, ainda que tenha sido feitas, implantadas ou apoiadas pela ditadura militar. Abandonamos tudo, como se nada tivesse prestado ou tivesse ou teria utilidade!
    Nosso serviço público, nos cargos de direção está tomado de calhordas que se vendem por uns trocados ou algum bem. Exemplos não faltam!
    Se a presidente vier a perder seu mandato, será pelos erros do seu partido e pelos seus erros.
    Infelizmente o país perderá muito mais, perderemos nossa chance de soberania plena, perderemos nossa chance de liderar a AL. Perderemos o BRICS, perderemos avanços e desenvolvimento como mostra o vídeo do link:

    http://www.youtube.com/watch?v=HlJ1u1GgaFs

    Coisas que foram possíveis graças ao viés nacionalista e de soberania do Lula e da nossa Presidente.
    Perdermos nosso futuro!
    Definitivamente seremos um país de segunda classe.
    Adormecido em berço esplêndido?
    Não! Definitivamente morto pela incúria e pela ganância dos políticos que temos no Congresso e nas outras casas legislativas do país.
    O pior é que nenhum deles usurpou ou tomou seu atual mandato, foram todos eleitos pelo povo.
    Uns votam por ignorância outros porque se sentem poderosos frente a um povo miserável.
    Alguns “muitos” com “complexo de vira-lata” que consideram Miami o centro do mundo e outros ainda porque se venderam por trinta moedas ou até menos do que isso.

    • Pois é Antonio… Nada presta nesse País, né? Nem situação nem oposição. Só você é que presta e por isso empresta seu tempo para nos brindar com esse seu texto prolixo, que naturalmente mandaremos pro lixo.

      Abração, de tamanduá.

      • Não foi isso que escrevi. Não escrevi que nada presta, escrevi sim sobre erros e que são inegáveis e que não vemos medidas para correção de rumo.
        A presidente precisa falar com aqueles que confiam nela e por confiarem reelegeram para mais um mandato que, temo não chegar ao final.
        Que não fale à Globo ou outro dos veículos canalhas da mídia, mas que diga uma palavra.
        Temo pelo país e por nosso futuro como nação independente.
        Quanto à sua classificação sobre um texto “prolixo”, melhor teria sido rebater com suas ideias e não com esse argumento coxinha.
        Usou um argumento coxinha e não contestou ou discutiu nada do que escrevi.
        Faça o que quiser com esse texto, foi escrito para pessoas que conseguem pensar e discutir seriamente.
        Não é seu caso!

        • Antonio…
          Seu problema é que você não se enxerga. Você se acha melhor que os petistas que estão ao lado de Dilma por longos anos. Você acha mesmo que Dilma vai confiar mais em um sujeito igual a você ou em gente igual a você, que atira pra todo lado e diz esse tanto de merda do PT, ao invés de pessoas da alta cúpula do partido?
          Zé Dirceu só está riquíssimo na boca de coxinha. Nem a justiça que fez o levantamento de sua vida financeira diz isso.
          Palocci foi inocentado pela justiça.
          João Paulo Cunha recebeu dinheiro de caixa dois pra pagar dívidas de campanha, mas foi condenado porque participou de mensalão. Você sabe dizer como teria sido a participação de João Paulo Cunha? Será que ele cobrou propina pra votar com o PT ou será que os duzentos e poucos mil reais foi pra pagar parlamentares do PSDB que também votaram favoráveis nas matérias que Joaquim Barbosa acusou o PT de havê-las comprado?
          PROLIXO !!! Você fala muito, Antonio, fala muito, mas não diz coisa com coisa.

          • Esse Antonio tá com jeito de Vovó Bananelli.

            Tem cheiro de Vovó Bananelli, tem forma de Vovó Bananelli, tem essência de Vovó Bananelli, tem espírito de Vovó Bananelli, mas o infeliz assina…Antonio.

    • Não, Antonio, agora não é hora para desânimo. Vamos fortalecer o PT. Não podemos entregar os pontos. O PT está solicitando, para aqueles que querem ajudar financeiramente o partido, que o faça mediante contribuições voluntárias. Vamos fortalecer o PT, gente.

      • Não estou desanimado, relatei o que vem ocorrendo e aquilo que ao meu ver, são erros, ocorreram e não vejo atitudes ou medidas para saná-los.
        O país, nossa soberania e nosso futuro como nação independente é que estão em jogo.
        Eu não quero o fim do PT.
        Quero sim, que a atual diretoria que é em grande parte responsável por manter todos aqueles que fizeram exatamente o contrário do que pregaram por anos entregue a direção do partido para militantes e simpatizantes.
        Os que lá estão, hoje, nada fazem, nada dizem e estão sem moral nenhuma para mais nada.
        Quanto as contribuições não me recuso a colaborar, mas gostaria muito que o Palocci, Dirceu, João Paulo e outros ajudassem também.
        O Palocci é um safado de carteirinha desde que era prefeito de Ribeirão Preto, já o José Dirceu não poderia ter feito o que fez
        Ele não!
        Ele era a imagem mais altiva do partido.

  • O mal do PT é se acovardar diante dessas situações, se esconder usando a democracia como desculpa. O fato de que se possa expressar o que se pensa não pode deixar as pessoas impunes. Como essa direita doente já percebeu que é assim que o PT vai jogar, então sabem que tem a faca e o queijo na mão: pessoas perturbadas e estupidos o suficiente para fazer por eles o trabalho de sujo de jogarem elas mesmas no buraco!

  • Não gostaria de pensar assim, mas soou como um réquiem a um Brasil moribundo, mas a esperança é que nós Brasileiros o reergueremos. Seu resumo relata um triste caminho para o Brasil, caminho que os incautos pavimentaram, regidos pela lavagem cerebral global e do pasquim da abril e afins, caminho utilizado pelos párias de sempre, aqueles que viveram do suor dos trabalhadores desde sempre e não se conformam em compartilhar direitos cidadãos. Que nos esforcemos para levantar o Brasil novamente, que tenhamos a dignidade de sair às ruas e mostrar para essa elite, e seus incautos lambe-botas, que este país é feito de cidadãos de fibra e forjados na luta. Grande abraço.

  • Bom dia Eduardo Guimarães.
    Como pessoa leiga numa democracia gostaria de saber qual a função do ministério da justiça no País de Sérgio Moro?

  • Esse seu discurso não cola mais: tentar pôr a culpa nos outros dos próprios erros.
    O PT está há 13 anos no governo c/ apoio na base, teve chance de fazer o que tinha de ser feito e não fez.
    No começo pegou a boas ondas da economia mundial com o aumento das commodities e depois abriu o crédito e agora as “munição” acabou.
    Não investiu pesadamente na educação, capacitação profissional e na infraestrutura, que são coisas que realmente iriam melhorar a eficiência da economia e aumentar a renda per-capita.
    Ao invés disso preferiu aumentar os gastos para apenas criar uma bolha de crescimento que previsivelmente teria um fim. E o “fim” chegou.

  • Acho que em 2013, já tinha muita gente descontente com muita coisa (não só 20 centavos) e as manifestações não iniciaram essa confusão, foram só um reflexo.

    Esqueça a corrupção, o PSDB rouba mais do que o PT.

    O governo nunca tem culpa?

    Esses ajustes deveriam ter sido feito muito antes! O PT preferiu enganar e prejudicar o país para não correr risco de perder a eleição, e quase perdeu.

    Escreva a verdade e substitua: ” Direita prefere destruir o país a aceitar a justiça social” por “PT prefere mentir e destruir o país a abandonar o poder”.

  • Perfeito Edu!

    O que você escreveu é a mais pura verdade!

    A Direita brasileira não quer ver o país se desenvolver! Não quer ver a população pobre melhorando de vida! São gente sem coração, rancorosa e sem caráter!

    Sem mais!

  • Resumindo: a atual crise não é culpa do governo Dilma!! É culpa da direita e ultra-esquerda que sabotaram a economia, além da crise mundial. O governo não errou na economia. Portanto não esperemos um mea-culpa da Dilma.

    Entretanto, Lula fez o seguinte relato na última quinta-feira, dia 18/06:
    “Tem uma frase da companheira Dilma que é sagrada: ‘Eu não mexo no direito dos trabalhadores nem que a vaca tussa’. E mexeu. Tem outra frase, Gilberto [Carvalho], que é marcante, que é a frase que diz o seguinte: ‘====>Eu não vou fazer ajuste, ajuste é coisa de tucano<====’. E fez. E os tucanos sabiamente colocaram Dilma falando isso [no programa de TV do partido] e dizendo que ela mente. Era uma coisa muito forte. E fiquei muito preocupado”.

    • “o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva abriu o coração a um seleto grupo de padres e dirigentes de entidades religiosas no auditório de seu instituto, anteontem, em São Paulo. Em tom de desabafo, criticou duramente a presidente Dilma Rousseff e creditou ao governo dela, sobretudo no segundo mandato, a crise vivida pelos petistas”

      Se ele mesmo já jogou a toalha e admite que “a vaca tossiu”, que “ajuste é coisa de tucano”, e que a culpa de tudo isso é da Dilma, buscar ânimo onde? Dar contribuição financeira? Depois de reveladas as fortunas amealhadas pelo Zé Dirceu e pelo Palocci e suas “consultorias” milagrosas? Só pode ser ingenuidade.

  • Eduardo, bom dia A ideia não é apenas destruir o Brasil. É destruir e entregar as joias da coroa. Serra. FHC, Aécio e principalmente Cunha estão se apropriando do controle, com ajuda de Moro, MP e também do PT (Zé Cardozo, Mercadante, e outros frouxos). E Dilma, plantada no Palácio, feito avestruz. Deus proteja o Brasil.

  • Eduardo Guimarães, parabéns…
    Você foi muito claro,objetivo e conciso.
    Os grupos de esquerda continuam contribuindo com a agenda da direita.
    Sempre ouço,dos dois lados PSTU,PSOL ,da turma do Aécio do PSDB,que o PT errou e a crise atual deriva desses erros.Em 2013,houve na Praça da República uma manifestação da direita e, na Praça da Sé uma dos partidos de esquerda que diziam defender a Comissão da Verdade. Eu me confundi com relação ao local e desci na República e vi faixas “FORA DILMA”. Voltei e fui para a Sé e me juntei com a manifestação ” de esquerda” indo em direção ao DOI-CODI. Mas, pra minha surpresa,ouvi no carro de som várias vezes FORA DILMA. Pensei que que havia me juntado a outra manifestação de direita quando encontrei uma conhecida,também indignada, e saímos da manifestação. Ora!!! a Dilma foi presa e torturada, jamais poderia ter esse tratamento.
    Agora se agarram “nos erros do PT”. Gostaria que saber quais são esses erros!! Até onde sei ,foi para defender o emprego dos trabalhadores , a renda e manter a inflação sob controle,acreditando na retomada da economia mundial…que não aconteceu. Então as razões da crise no Brasil não são meros erros do PT que,apenas buscou sobreviver à crise internacional mas, que não mostra sinais de recuperação a curto prazo. Quem errou???

  • O país está quebrado. Não vamos nos auto-enganar. Inflação chegando a casa dos dois dígitos, recessão e desemprego em alta. Pessoas estão sendo mandada embora dos seus serviços. Aos montes. Eu converso com muitas pessoas todos os dias. Todos tem casos de demissões recentes nas famílias.

    A direita está feliz com isso? Está
    A direita goza com isso? Goza.

    Entretanto o caos atual não é culpa da direita. É culpa, vamos ser justos, das medidas tomadas por Dilma em todo o seu primeiro mandado e também de Lula.

    O povo está com raiva do PT. Está com raiva da Dilma. Está com raiva do Lula.

    A direita incita essa raiva? Incita.

    Mas não é dela a culpa do povo estar odiando Dilma, PT e até o Lula. O povo sente na pele que o país quebrou.

    • Ah bom. Vocês, por ódio do PT, preferem a bancarrota. Já imaginaram como ficaremos todos nós com a ruína da economia? Todo mundo irá à falência, e se for empregado, ficará sem trabalho.
      O governo? Qualquer que seja o titular, sem contar com uma economia sólida, deixará de existir.
      E ai? Ficaremos esperando que os americanos venham nos salvar? Santa Inocência. Eles só querem o pré-sal. O resto que se exploda.

  • Caro Eduardo

    Como eu, acredito, você não tem formação em economia. Desestruturamos nos últimos 3 anos os preços relativos, e não vejo que num período de 6 meses decurso suficiente para recompô-los, é este o mais grave dos meus “diagnósticos”.

    O roteiro seguido pelo Levi, de autoria da anterior equipe econômica, estava escrito desde outubro de 2014, ver o orçamento enviado ao congresso o qual o próprio executivo impediu sua votação. A Dilma em nenhum momento foi forte o suficiente para se dirigir com franqueza à população.

    Dilma não entregou nenhum de seus anéis e a direita repete de forma irresponsável o comportamento das esquerdas. É isto? Respondo; – Não, não é isto. Os movimentos es(ex)pontaneos das massas foram objeto de guerra de versões e a esquerda perdeu, porque anti-popular, e toma maioridade penal, moralidade, código de execuções penais, etc, etc, etc
    abraços
    Marcelo

  • Muito bom, Edu. Realmente é triste desperdiçarmos estes momentos – Copa, Olimpíadas, Brics, pré-sal, etc – por conta daqueles que nunca se importaram com o Brasil. E a mídia canalha se encarrega de idiotizar a massa de olhadores de novela. Tá cada vez mais difícil manter o otimismo.

  • Edu, você fez o resumo real do que aconteceu A extrema esquerda tem a culpa nisso, assim como tiveram culpa no governo de Getúlio e o golpe de 64. A extrema esquerda não aprende nunca.

    • Mas, Nádia, você acredita que só a extrema esquerda, a direita e a crise internacional tenham culpa na atual crise econômica?
      O governo Dilma não cometeu nenhum erro na economia? Se ela cometeu, não devia reconhecer?

  • COXINHA

    Coxinha significa
    Aquela pessoa que fica
    Se achando da elite capitalista
    E cuja cabeça encolheu
    Porque o cérebro desceu
    Para o interior da barriga.

    Não é de se admirar
    Que fique difícil pensar
    Cercado por vísceras podres
    Por isso levantam cartazes
    E gritam com arrotos e gases
    Amaldiçoando os pobres.

    O coxinha quando se deita
    Rezando ao deus da direita
    O seu preconceito exala
    E enquanto seus dentes rangem
    Para a direita pede a casa grande
    E para a esquerda pede a senzala.

    O coxinha exige justiça absoluta
    Contra a esquerda corrupta
    Mas finge que não vê
    A corrupção que é praticada
    Pela direita dissimulada
    Liderada pelo PSDB.

    A esquerda tem muitos pecados
    Mas é melhor ser por ela representado
    Do que ser chamado de coxinha
    Porque a falta de conteúdo crítico
    É o que inspira os maus políticos
    A nos amassarem feito farinha.

    Eduardo de Paula Barreto

  • A direita está em guerra contra quem mexeu,e continua mexendo com o de mais sagrado pra eles: O$ $eu$ privilégio$$$$. A direita só tem um medo:o de perder seus seculares privilégio$$$$. O que a esquerda está esperando numa guerra??? Flores???? Tem que partir é para o confronto ao lado do povo,mas para isso tem que irforma-lo. O PIG destorce a informação. Não existe mudança sem atrito.

  • Direita = Esquerda
    Nazismo = Fascismo = Socialismo
    Homens podres escolhem qualquer alternativa mais extremada para turvar mentes mais inocentes e contaminar o processo político com meias verdades e mentiras completas.
    Todos iguais na ânsia de poder e dinheiro, para dominar os ditos incapazes de pensamentos próprios.
    Geram artigos e comentários “sérios” como estes. Que inclusive cumprimentam o autor, que escreveu nada sobre o nada, pinceladas surrealistas sobre delírios de uma imaginação fantasiosa.
    Seriedade e correção ética? Pra que?
    Vergonha na cara? Pra que?
    O povo? Que se dane o povo…

  • Lendo todas as postagens tive uma certeza…
    Realmente o país está dividido…
    Muitos que se se mostram indignados com a direita, infelizmente mostram que são coniventes com a falta de ética e o xiiíismo do PT que quer se manter no poder a qualquer custo…
    Mesmo que isso signifique destruir a cadeia produtiva brasileira e até mesmo entregar o país aos chineses como está sendo feito e ninguém se dá conta…
    Depois de quebrarem a Petrobras a estamos entregando sem nos darmos conta, aos caras de gato…
    O fato é que todos os avanços que a esquerda conseguiu nesses anos de governo do PT se perderam devido aos seus erros e da desonestidade dos seus governantes que usaram a esperança do povo brasileiro para tirarem vantagens eleitorais e para si próprios…
    Não voto em partidos…
    Porque infelizmente todos eles se mostram corruptos…
    Vivi o tempo da ditadura…
    E sei o quanto sofremos naqueles tempos difíceis…
    Mas reconheço que naquele tempo o brasileiro tinha espirito cívico…
    As instituições e a lei erma respeitadas…
    Hoje vivemos na base do salve-se quem puder…
    Onde a lei de Gerson foi extra-oficialmente promulgada…
    E todo mundo quer levar vantagem, visto o que acontece com nossos políticos, governantes, empresários e parte do povo em geral…
    Eu sinceramente acredito que a alternância no poder é o que mantem sadia a Democracia…
    Vimos que a tentativa do PT em se manter no poder a qualquer custo custou ao pais sua quase falência e a descrença internacional…
    Somos motivo de chacota par o mundo…
    O sonho magalômano de nossos dirigentes em trazer grandes eventos internacionais par o Brasil — Copa do Mundo e Olimpíadas — não trouxe os benefícios na área de infraestrutura que desejávamos…
    E o pior, serviu para que a corrupção geral e desenfreada aqui se instalasse nos mais diversos níveis…
    Não precisávamos disso…
    A necessidade é tão somente investir nos serviços essenciais como saúde, educação, segurança e numa justiça isenta, livre e soberana…
    Taxar quem não concorda com essa total bandalheira de coxinha, para mim é querer negar o direito de protestar contra o mal que se instalou no pais…
    É fazer-se de cego com relação a tudo de ruim que aí está…
    Muitos pensam assim por levarem algum tipo de vantagem…
    Outros por teimosia não querem acordar do sonho que compramos…
    E ainda muitos, são realmente cegos e alienados…
    A verdade é que o Brasil caminha para o pior cenário a passos largos…
    Não há credibilidade em nossos governantes para reverter esse caminho sem volta…
    Penso sim que algo de radical deva ser feito para retomarmos o rumo da paz, ordem e progresso…
    Se nossos governantes fossem realmente patriotas, abririam mão do poder e renunciariam em prol de uma nova rodada de eleições…
    Desta vez auditadas internacionalmente…
    Para que não houvessem dúvidas quanto a sua lisura como acontece com a que manteve o PT no governo da nação…
    Um pacto deveria ser feito entre as correntes políticas para que o resultado das novas eleições fosse respeitado por todos e juntos todos nós brasileiros trabalhássemos juntos para reconstruir nossa nação combalida…
    Pensem nisso e se mobilizem enquanto é tempo…
    Pois infelizmente desse jeito que estamos, o pior nos aguarda…

  • É só verificar as manchetes do globo, da folha, do estadão. Os jornais das TVs, as estações de rádio. Nenhum governo resiste aos veículos partidários clandestinos. Na Copa fizeram a mesma coisa e se deram mal no final. Estão repetindo. Espero que se deem mal também. Na verdade há uma conspiração. Todos os poderes estão unidos contra o governo do PT. Só não vê quem não quer. Com certeza foram à Itália pedir para Pizzolato ser extraditado. Já estava tudo certo e de repente as coisas mudaram. É só apurar. Essa gente não brinca em serviço.

  • O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pregou, nesta segunda-feira (22), uma “revolução” no PT e afirmou que a sigla tem os vícios de todo partido que cresce e chega ao poder.

    “Não sei se o defeito é nosso, se é do governo. O PT perdeu a utopia”, afirmou.

    Lula disse ainda que os correligionários “só pensam em cargo, em emprego, em ser eleito”, em referência a cargos no governo federal e disputas eleitorais.

    “Nós temos que definir se queremos salvar nossa pele, nossos cargos, ou nosso projeto”, discursou ele, durante seminário “Novos desafios da democracia” promovido pelo Instituto Lula com a presença do ex-primeiro-ministro espanhol Felipe González.

  • O texto é impecável até os últimos parágrafos, quando dá uma pequena derrapada ao conceder importância demais aos que pedem novo golpe militar. É lógico que um ou outro é idiota o suficiente para fazê-lo a sério. Insisto, porém, que a maioria está só se valendo de táticas diversionistas. O grosso dessa galera, no fundo, não está nem aí para os militares. Eles sabem que o golpe está nas mãos do Judiciário, PF e MPF, with a little help from mídia, é claro.
    Enquanto procuramos militares debaixo de nossas camas, neste exato momento o Brasil tem presos políticos em processos que “respeitaram (ou estão respeitando) o devido processo legal” (e quem é louco de dizer o contrário e ser apedrejado em praça pública?) e a “república do Paraná” está funcionando a todo vapor, cumprindo à risca o papel – decerto muito bem planejado – de destruir a economia nacional, abrindo nossas porteiras – mais ainda, como se fosse necessário – para o grande capital internacional salvador.

  • Concordo com a essência do seu texto, todavia há equívocos nele que precisam ser esclarecidos. Para começar, acreditar que os “protestos” de junho de 2013 foram somente obra da esquerda radical é ingenuidade. É claro que a esquerda radical, com a sua imensa capacidade para ser burra, serviu como inocente útil nessa História. Mas as “manifestações” de junho foram muito mais do que isso, fizeram parte de uma grande articulação DA EXTREMA DIREITA, com apoio estrangeiro(obviamente da CIA)visando impedir a reeleição de Dilma Roussef e, em última caso, quem sabe até derrubá-la no primeiro mandato. A maior prova disso é que não foram um episódio isolado, não ocorreram apenas no Brasil, mas sim em vários países da América latina que têm Governos contrários aos interesses dos EUA e das oligarquias locais, e não aumentaram passagem de ônibus em 20 centavos, com semelhanças impressionantes. “Black blocs”, “indignados”, “jovens” revcoltados, apartidarismo forjado, propostas conservadoras, caracterizaram esses movimentos em países como Argentina e Venezuela, do mesmo jeito que aconteceu no Brasil em período semelhante. Como aliás o são todos os acontecimentos na América Latina, nossos processos históricos dão-se de forma semelhante, ocorrendo quase ao mesmo tempo e com os mesmos atores internos e externos envolvidos. Não acredito que o MPL e os outros “esquerdistas” que participaram dessas “manifestações” o sejam de fato de esquerda, ao menos em suas lideranças(não acho que sejam ingênuos), embora tenham arrastado muitos idiotas esquerdista nessa loucura, que foi desde o início abraçada pela extrema direita assumida. Do mesmo modo não acho que a repressão da PM paulista foi gratuita, além dessa gente saber que isso iria ocorrer, garantiram com afinco que isso acontecesse, seria ingênuo acreditar que o PSDB estaria de fora de uma articulação conservadora desse naipe(agora mesmo o Vi o o Mundo denuncia encontro de Aécio neves com George Bush ainda em 2004)e não daria o apoio “logístico” necessário para exponenciar as “manifestações” de junho. E qual o melhor apoio a uma “manifestação” do que uma repressão forte o suficiente para transformar os “manifestantes” em vítimas e angariar-lhes apoio, mas fraca o suficiente para permitir que os atos acontecessem novamente!!!!!!!!!!!!!!?????????É claro que imbecis de esquerda colaboraram muito com a direita e aqui quero ressaltar o “trabalho” de Wladimir Safatle. Nunca vi um sujeito para sabotar mais um Governo de esquerda do que aquele ali, com sua teorias sobre o “conservadorismo” dos Governos do PT. provavelmente ele deve achar progressista a Folha de São Paulo que o emprega! Dito isso, passemos para as eleições. Dilma Rousseff caminhava como favorita no pleito, apesar da sabotagem de junho, e novamente uma ação “estranha”, a queda do avião de Eduardo Campos(que parta mim foi obra da CIA)colocou a eleição já ganha pela petista em perigo, já que permitiu a entrada da melífula Marina Silva, novamente alçada à sua condição predileta, a de bucha de canhão do PSDB. Ainda assim, Dilma , depois de passar por apertos, chegou às vésperas do pleito com chances de vencer em patamares semelhantes aos de 2010(há até um posto deste blog, feito próximo à eleição, que confirma essa afirmação). Novamente entra em cena a direita com suas sabotagens, dessa vez juntando à ação da mídia um outro agente essencial para o golpismo conservador, o Judiciário. Famoso por fabricar farsas jurídicas destinadas a destruir o PT desde o “julgamento do mensalão” em 2012(intento que fracassou ao não impedir um esmagadora vitória do partido nas últimas eleições municipais, inclusive conquistando a Prefeitura de São Paulo, o judiciário volta ao protagonismo(quem o conhece sabe o quanto ele é reacionário, desde juízes a funcionários), devidamente apoiado pelos igualmente reacionários Ministério público e Polícia Federal que, como o judiciário, são antros da classe média mais tacanha, principalmente a alta, famoso por sua burrice, cegueira, ignorância, arrogância e truculência. Com essas mesmas características,desencadeia-se a “operação” lava Jato, que poderia chamar-se de maneira mais adequada de Operação Destruir PT)encabeçada por um sujeitinho famoso por seu antipetismo, Sérgio Moro, que além de vir de uma família famosa pelo conservadorismo(o pai chegou a abandonar uma locadora de filmes que frequentava, somente porque o dono da loja votava em Lula e o irmão é um famoso incitador de ódio a Dilma e Lula na INTERNET), o próprio Moro caracterizou-se por, como assessor de uma Ministra do STF(salvo engano, Rosa Weber)proferir os votos famosos da Ministra, como o que condenou José Dirceu sem provas, afirmando que elas não existiam, mas a “literatura” permitia condená-lo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!?????????? Precisa explicar mais?. Ao contrário de alguns analistas de esquerda, inclusive este blog , jamais acredite na Lava Jato nem por um minuto. Sempre soube que Moro não era sério e que a operação visava destruir o PT, Dilma e Lula. Foi a Lava Jato, mais precisamente o vazamento falso para a Veja de uma delação de Yousseff que nunca existiu(a qual afirmava que Lula e Dilma receberam propina das empresas que atuavam para a Petrobrás)que tornou uma eleição que caminhava para resultado idêntico ao de 2010 em uma vitória apertada, que deixou o país cerceado por um clima político que, se provavelmente poderia acontecer mesmo com uma vitória folgada, sem os resultados apertados do pleito não teria tido a força que tem e continua tendo. É óbvio que, junto com esses resultados e com a própria Lava Jato, há a ação da mídia. Instituindo no país um clima de ódio ao PT, que arrasta-se há treze anos, vendendo o partido como “inventor ” da corrupção e atacando a Economia com uma pregação pessimista que assemelha-se ao fundamentalismo mais alucinado, Globo e sua turma debilitaram o Governo e o país, ajudando a aumentar exponencialmente os problemas econômicos e a instalar um clima de ódio ao partido nunca existente no Brasil, clima que por enquanto ainda se restringe à classe média e parece muito maior do que é. Contudo, existem os erros do Governo, o mais óbvio deles vem desde Lula, que foi não democratizar os meios de comunicação. Acreditar que a manutenção do controle da opinião e da informação nas mãos da extrema direita seria barrada pelo “discernimento “de uma população despolitizada, que se politizaria automaticamente com a ascensão social, foi de uma ingenuidade monstruosa, que só pode ser explicada quando desmascarada como covardia. Do mesmo modo, a continuidade de políticas neoliberais, que começou quando o Governo Dilma em seu início no primeiro mandato, freou o ritmo de expansão econômica e culminou com o “ajuste” de agora, foi outra falha terrível. Não sou contra o ajuste, mas sim contra a forma como foi feito e principalmente a forma como foi apresentado. SERIA OBRIGATÓRIO QUE O GOVERNO DILMA FIZESSE O AJUSTE TENTANDO PUNIR OS MAIS RICOS E NÃO APENAS OS POBRES. NÃO IMPORTA SE AS MEDIDAS QUE ATINGISSEM OS RICOS NÃO PASSASSEM NO CONGRESSO, DILMA AINDA ASSIM TERIA FEITO O AJUSTE(MANDARIA AMBAS AS MEDIDAS, AS QUE TAXAVAM OS RICOS E OUTRAS IMPOPULARES) E TERIA GANHO A BATALHA POLÍTICA, UMA VEZ QUE DEIXARIA A CONTA DA PENALIZAÇÃO DOS POBRES PARA O CONGRESSO E IRIA FICAR NA POSIÇÃO DE SABOTADA PELOS PARLAMENTARES. Outra falha política imperdoável. Contudo, após esse cabedal de falhas e da ação articulada da lava jato e da mídia, o país assiste agora impassível a uma encruzilhada(agravada pela eleição de Eduardo Cunha para a Presidência da Câmara, outra medida que talvez fosse possível evitar)da qual só sairá se a esquerda e o PT partirem para a ofensiva. Para fazê-lo TÊM QUE FAZER POLÍTICA. PARA COMEÇAR, RETIRAR ESSE BOSTA QUE SE DIZ MINISTRO DA JUSTIÇA E QUE QUANDO ABRE A BOCA É PARA LEGITIMAR A LAVA JATO, RETIRANDO SEU CARÁTER POLÍTICO E DIZENDO QUE O PT “CONFIA ” NA JUSTIÇA. E NO QUE MAIS CARDOZO E O PT CONFIAM!? NA FADA MADRINHA!!!!!!!!!??????? SERÁ QUE DILMA ESFORÇA-SE PARA TER O PIOR MINISTRO DA JUSTIÇA DA HISTÓRIA DESTE PAÍS!!!!!!!???????? Retirar Cardozo e iniciar a luta política, também em nada ajudada pelo idiota “Congresso” do PT(que de uma chance para arregimentação política virou um convescote de burocratas partidários), passa pelo partido, mas principalmente por Lula e pelo apoio das centrais sindicais, principalmente a CUT, e de movimentos sociais que parecem ter juízo, como o MTST e o MST,como também da UNE, é o primeiro passo para essa luta, que se não desembocar nas ruas e no parlamento imediatamente, poderá tornar irreversível o processo golpista em andamento. Como ponto inicial, denunciar a Lava Jato e retirar Sérgio Moro de seu ponto de pistolagem golpista é a medida mais indispensável, juntamente com uma freada em Eduardo Cunha. Embora pareçam fortes, pilantras do naipe desses dois, e o restante da direita e a CIA que os apoiam, morrem de medo do povo organizado. Se conseguirmos arregimentar mobilizações populares, conscientizando ao menos a parcela organizada da sociedade, explicando-os o mal que ameaça suas vidas, poderemos iniciar uma reação ativa ao golpismo, que obrigaria a mídia a parar de sabotar o Brasil (que tal voltarem as denúncias referentes à sonegação da Globo ou os protestos em frente às sedes da emissora) e poderia despertar os cidadãos para o patrimônio que ainda têm e a ameaça que os cerca. Precisamos agir agora, incluindo-se o começo dos contatos entre as forças organizadas(que tal a mídia alternativa procurar Lula)para que a reação inicie-se logo, antes que Sérgio moro e seus aliados destruam o Brasil.Não nos esquecemos de atacar a Globo, uma das mais importantes sabotadoras deste país e defensora “ad eternum” dos interesses dos EUA. Não podemos permitir que essa reação ianque, aliada à nossa classe dominante, destrua um processo de libertação que não começou em 2003, mas vem séculos e congrega todo o pensamento progressista deste Brasil

    • Seu comentário foi o mais acertado que li. Vamos reagir contra mais um golpe da direita. Quem assistiu dia 20 de junho o filma sobre Visconde de Mauá, na Rede Brasil, viu que a história se repete, pois temos uma elite burra, conservadora e vendida aos interesses internacionais, ou seja, não têm compromisso com o país, não são patriotas e é claro que devem levar vantagem em todo o estrago que fazem.

  • Edu, excelente análise, concordo! Só faltou dizer, na minha opinião, que a vitória da direita midiática e judicial, foi (ou na melhor das hipóteses), está sendo; por WO.

  • O grande erro do governo foi praticamente pedir desculpas por ganhar as eleições. Dilma sumiu praticamente 3 meses, e isso deu força para a oposição. E também, em vez do governo manter a base eleitoral que tinha conseguido a “duras penas” nos últimos dias da eleição, descambou completamente para a direita. Convocou para ministro uma pessoa ligada ao Bradesco, que claro, enfiou uma recessão no país. Ninguém é contra ajustes de fraudes no seguro-desemprego ou de pensões, mas colocar somente nas costas dos trabalhadores o ônus do ajuste fiscal é romper com tudo que sempre foi defendido pelo PT. Onde está a taxação das grandes fortunas? E as medidas contra a sonegação? Por que o governo não jogou duro nas CPIs Zelotes e HSBC? Por que o governo continua mantendo a bolsa PIG? Por que os deputados e senadores do PT não vão para a tribuna gritar, espernear ou brigar com a direita? Como é que o ministro Zé da Justiça se mantém por dois governos incólume? Por que o ministro não contradiz um juiz de primeira instância que está claramente sendo partidário? Enfim, são tantas derrapadas que está difícil defender o governo.

  • O nome disso todo tem nome, sobrenome e seu oficio é ser juiz.
    E se fosse médico cortaria a cabeça do paciente para curar a enxaqueca.
    A historia deverá creditar ao juiz da empáfia a pior crise do século ceifando milhões de postos de trabalho
    para proteger ladrões que se intitulam donos da honestidade

  • Esse é o momento ideal para que a esquerda patriótica se una aos empresários nacionalistas e comecem um amplo movimento em Prol da Democracia e da Soberania Nacional, convocando protestos, em cada estado, na frente do Ministério Público e do Fórum, contra essa campanha diabólica de sucateamento e dilapidação do país. Já estou aqui, na minha cidade, convocando uma rede de amidos para reagir a esse golpismo jurídico-midiático. A hora é agora. “Quem sabe faz a hora, não espera acontecer”.

  • Eduardo, se a direita quer destruir o Brasil, a estrema esquerda, deu sua forte contribuição e será forte corresponsável se o pior acontecer. O título do post deveria incluir de alguma forma a extrema esquerda, que teve um papel marcante nos fatos, conforme você mesmo disse. Ou se não for toda a extrema esquerda, no mínimo os “meninos e meninas” que começaram tudo, que atacaram Haddad no começo de seu governo. Uns bobos. Por conta de 20 centavos, puseram o País em sérios problemas. E agora, onde estão?

    Mas não acredito no pior. Existe uma geopolítica maior e diferente nos tempos atuais. Dentro dela, há novos fatos como algo chamado BRICs. Não creio que uma China ou mesmo uma Rússia, parceiras atualmente, assistirão a isso tudo passivamente. Não sei se isso é bom ou ruim, mas não creio que seja interesse desses países que o governo de centro-esquerda que temos no Brasil, ainda que de esquerda light, caia. O mundo mudou e os radares deles se voltam também para cá.

    Sobre os EUA, nem eles estão dando tanta “pelota” assim para os extremados, a não ser talvez alguns grupos de direita, que talvez patrocinem alguma atividade anti-governo por aqui. Há algum tempo, tentaram enviar ao presidente Obama uma petição pedindo que ele interviesse no Brasil. Isso foi considerado “suspicious” pelos americanos. Ou seja, quem fez a petição, caiu no ridículo.

    Sobre a baixa reprovação de Dilma, evidentemente, o povo está chateado. Acreditou que não sofreria, que os empregos seriam protegidos. Foi o que a campanha eleitoral sugeriu. Entendo que a economia melhorando, tudo melhora. O problema é o PIG, que não ajuda e com suas más notícias, várias inclusive falsas, ajuda a piorar a economia. Infelizmente, ele joga com a direita e ajuda a afundar o Brasil (talvez até por que parte dele esteja afundando).

    Resumindo, o pior pode acontecer? Pode até ser, mas não necessariamente. Talvez o panorama geopolítico seja mais amplo do que conseguimos enxergar. Quem saberá?

  • Entendi então a culpa da crise no Brasil é da Europa e dos EUA, dos 20 centavos de aumento da passagem de ônibus em São Paulo, da direita (mesmo não estando no poder) e do juiz Sérgio Moro, mas não dos políticos que roubaram as estatais e da nossa “competenta presidenta” que adora pedaladas. Tá explicado então. Ainda bem que você me abriu os olhos eu estava sendo enganado pela mídia golpista.

  • Leandro Konder, em seu grande livrinho da coleção Primeiros Passos, denominado Dialética, se referia ao capitalismo como uma espécie de bruxaria, que colocando-a em funcionamento, depois não teríamos mais domínio sobre ela. Dizer que o grande mal da humanidade está no capitalismo, poderia soar como mais um jargão, um lugar comum, desses que provoca bocejos ou expressões de raiva ou desdém em nossos opositores. Conheço alguns, mais novos ou mais velhos que eu, formados em boas faculdades, exercendo a Medicina ou o Direito, ou aposentados em alguma estatal (ex-tatal do tipo Companhia Vale do Rio Doce), que se jactam de dizer “sou um capitalista”. E uma direita fascista que celebra sua prosperidade parece ser a completa tradução deste momento contraditório que vivemos. Consumidores compulsivos e críticos impetuosos das políticas de inclusão social verificada no Brasil nos últimos anos. Estas pessoas são aquelas as quais Umberto Eco se referia como os “imbecis que ganharam espaço nas redes sociais”. Estamos perdendo os Konder, os Suassuna, os Abujamra. Temos ainda o frei Beto, o Boff, o Nassif, o Altamiro Borges e mais quem? Não nos faltam intelectuais, combativos, reflexivos e que veem possibilidades para o Brasil. É assim que vejo também o Eduardo Guimarães, que combina no seu blog reflexões tanto sobre a política quanto sobre a sua vida familiar, com boa dose de verdade e originalidade. Alia no seu texto o combate à inação das esquerdas e à arogância da direita com o cuidado em relação às futuras gerações. Combate e cuidado. Enfrentamento e carinho, Dureza e ternura. Neste seu recente texto põe a nú o risco que se nos avizinha. É um momento difícil este que vivemos, mas que não nos percamos pelo desespero. Desesperar jamais…já diria o Ivan Lins. É preciso continuar a produzir textos neste blog, é necessário organizar um churrasco com os amigos, é fundamental manter os cuidados com a família e, para trazer mais uma vez Leandro Konder, “semear dragões”, tarefa fundamental de quem pensa o Brasil com as suas contradições, para além das fórmulas prontas e acabadas, para além do retrocesso que pretendem nos impor, por meio desta elite retrógrada mancomunada com os grandes meios de comunicação de massa. Se a política está acabando com o Brasil, não é apenas um problema da política. Assim como não é um problema da literatura o fato de Paulo Coelho ser um best seller. Um abraço.

  • Quem tiver um pouco de curiosidade e ler este texto do link abaixo ficará com a pulga atrás das orelhas em relação ao tipo de acionista da Petrobrás. Os analistas que justificam o sobem e dessem das ações alegam que o motivo da queda de hoje, 23/06, por exemplo, é que a empresa anunciou que fará um corte menor nos investimentos, ou seja, vai investi mais do que se pretendia de acordo com plano de negócios da empresa, não é curioso imaginar que os investidores ficam tristes ou desperançosos quando a empresa da sinal que vai crescer mais ao invés de diminuir? Por outro lado justificam uma esperança ou animação dos acionistas se a Petrobrás perder os 30% que a lei já lhe garante de propriedade das jazidas e de operadora única de todos os blocos, ou seja, se perder a mina de ouro, os acionistas ficariam alegres, logo as ações teriam forte alta. Pergunto a todos será que estes caras acreditam tão facilmente que todos nós brasileiros decentes e honestos somos completamente idiotas? A Petrobras tem acionista ou abutres ou simplesmente laranjas das grandes petrolíferas cujo sonho é torna-la uma mera subsidiária delas. Há de se supor que se a Petrobrás anunciar um lucro recorde para o segundo trimestre deste ano, as ações vão cair, afinal os acionistas, segundo seus analistas teriam ficado tristes, pois assim a Petrobrás ficará muito grande. Meu Deus como é ruim me sentir tão impotente diante de tantos entreguistas e lesa pátrias. Gostaria que o governo federal fizesse sua análise também sobre estes aspectos estranhos à lógica, ora será que é viável para os interesses deste país manter uma empresa como a Petrobrás como de capital aberto diante de tantos carniceiros associados a estes analistas tupiniquins pagos pelos concorrentes para inverter toda a lógica do bom senso?
    http://www.infomoney.com.br/petrobras/noticia/4119541/corte-petrobras-deve-ficar-abaixo-esperado-diz-agencia-acoes-viram

  • Penso que as pessoas até podem estar bem intencionadas ao fazer estas análises quilométricas como comentário, mas gente, é preciso acordar para o fato de que Lula está na reta para ser preso. E não se vê um movimento de parte de nenhum grupo, instituição, enfim, o PT fazendo discurso de elogio ao Lula na câmara.. Os assassinos que nos assaltam , gente poderosa no planeta estão aqui e muito firmes e bem apoiados por gente que quer o PT fora a qualquer custo, os privilegiados que mamam no judiciário a ponto de criarem até bolsa viagem aérea para todos os procuradores. Minha filha trabalha no fórum e está preocupada porque vão entrar em greve e já foram avisados que ficarão sem salário. Este é o povo da justiça, que fazem uma banana para os funcionários da base que são espoliados cada vez mais. Então eu vi uma sugestão que deixo ao Eduardo e a todos que alguém colocou como talvez uma saída. Já que o governo não age, o partido não age, o povo é a esperança para este país.. E assim pensei em recorrer a este blog com a ideia de que assim como fizemos vaquinha para pagar multa do Dirceu e outros, poderiamos lançar uma campanha para reclher dinheiro para colocar textos ou vídeos na mídia, conclamar artistas , atores, conclamar os trabalhadores, para contribuirem de alguma forma. O Lula está encurralado. Quem pensa que os facínoras da direita vão desisitr ou perder forças está muito enganado porque todos sabemos que são apenas laranjas, lacaios dos bilionários que querem nos roubar e destruir. É preciso acordar antes que seja tarde. Sem o Lula, estaremos sem pai nem mãe.. Reunir os blogueiros para tomar poisção seria algo urgente a ser feito.

  • Eduardo, você é uma pessoa inteligente e sabe que não foi uma conspiração da direita e da esquerda que destruiu a economia do país. Leio você faz tempo e me lembrei deste post em que VOCÊ alertava para o esgotamento do modelo lulista de crescimento: http://www.blogdacidadania.com.br/2011/08/como-a-crise-pode-nos-pegar/.

    Acho que o PT precisa, sim, fazer uma autocrítica, semelhante àquela que fizeram os partidos de esquerda da Europa. Precisamos reconhecer a importância de eficiência, das parcerias com o setor privado, da necessidade de melhoria dos serviços públicos etc. Essas são pautas de esquerda no mundo inteiro, menos aqui. Quando vejo gente do PT querendo radicalizar… Vamos voltar ao ostracismo dos anos 1980.

  • Sabe algo que ganharia manchetes fácil para a Dilma? Condenar os bolivarianos. Pode até soar traição, mas isso renderia muuuuuuuitos pontos aqui dentro, a um custo quase zero. Getúlio fez isso com o Perón e, por um tempo, deu certo.

  • Antes de tudo é preciso conhecer a História,em especial a do Brasil.Tenho mais de 70 anos e além do estudo , já presenciei e participei de muitos movimentos.A verdade é que sempre que se instalava um governo voltado para a população,em especial para melhorar a vida dos despossuídos,lá vinha o golpe disfarçado de vários nomes.Esses golpes tanto vinham de fora como de dentro para manter a “dominação” favorecendo os testas de ferro e a elite dominante.Apesar disso Brasil melhorou muito;Não havia SUS;na escola pública o governo dava no máximo o prédio,o professor e o quadro-negro.A zona rural era quase abandonada completamente.Poucas estradas,poucas opções de variedade de alimentos.A idade média de vida de morte natural girava em torno de 50 anos e mais de 70% de analfabetos.O que se agravou muito foi a violência,o uso de entorpecentes e a corrupção endêmica expandiu principalmente como forma de política que tem que ser combatida em todas as frentes e níveis.Com o uso da razão,sem ódio,com conhecimento,podemos superar esse divisionismo que se instalou entre o povo,pois não estamos torcendo para times de futebol,e sim para a política que exige mudança de posição conforme mais informações e ações necessárias.

  • DILMA (Maria-a-Louca):
    Criticou o governo.
    Criticou o Juiz Sérgio Moro.
    E autocrítica? Ela fez autocrítica? (RESPONDA ESSA.).

    Mas não somos nem BREGA e nem otários, pois:

    1.
    Sabemos quem é a mãe e o pai da falência do Estado do Rio de Janeiro.
    2.
    Da morte da onça pintada.
    3.
    Da ciclovia da morte.
    4.
    Da falta de leitos em hospitais.
    5.
    Da falta de vagas em creches.
    6.
    Da falta de escola de qualidade.
    7.
    Da falta de transporte público digno.
    8.
    Dinheiro roubado lavado na África.
    9.
    Aumento de ônibus no Brasil inteiro.
    10.
    Vontade DO PT de voltar com a CPMF.
    11.
    Chikunguya.
    12.
    Do aumento de doenças no Brasil, como a ZIKA, que apareceu do nada, por falta de saneamento básico e prevenção do Estado.

    Enquanto o povo está órfão… A corrupção tem pai e mãe.
    ¿Adivinha quem é o pai & a mãe?…

    [Lula & Dilma].

  • O imenso buraco que estampa esta matéria, nada mais é do que, o buraco deixado pelo nove dedos e a anta petista enquanto estiveram no comando do país e, corroborados por toda a escoria de partidos que os apoiava e apóia. Simples assim!!

Deixe uma resposta