Prisões desumanas aumentam criminalidade, seus manés!

denúncia, Reportagem

manes-capa

 

O recente episódio de privataria carcerária no Amazonas comprovou fatos estarrecedores dos quais alguns sabem, outros intuem e muitos nem suspeitam ou se negam a admitir mesmo diante das provas mais irrefutáveis. Esses últimos são uma ameaça à sociedade.

Na última quarta-feira, este Blog publicou matéria mostrando os abusos praticados pela Umanizzare, uma das empresas privadas para as quais a privataria tucano-peemedebê está entregando presídios como o Complexo Prisional Anízio Jobim, em Manaus. Os comentários dos leitores, porém, dividiram-se entre racionais e irracionais.

Os comentários de leitores sobre a matéria que preciso destacar não foram colocados no artigo em si, mas na chamada para o Blog da Cidadania colocada em sua página no Facebook. Obviamente, houve comentários racionais de horror ao morticínio selvagem que ocorreu naquela prisão, mas pessoas de mentalidade bizarra deixaram comentários assustadores.

manes-1


Se você achou esses comentários ruins, outros pioram dramaticamente a partir daqui. Uma pessoa, aparentando baixa escolaridade e condições sociais humildes, comenta o horror em Manaus pedindo “intervenção militar”.

 

manes-2

Automaticamente, você vai ao perfil da pessoa para saber mais sobre alguém que comenta dessa forma uma questão como essa, ou seja, uma pessoa que pede a volta da ditadura militar – que fez as cadeias se tornarem fábricas de monstros – como “solução” para problema que o regime autoritário foi quem criou no país.

O perfil bizarro de “Wilias Shakespeare” no Facebook não surpreendeu. Lá estava o demente-mor que insufla o país em direção a soluções selvagens e perigosas como a de aumentar o sofrimento nas prisões para combater o crime: Jair Bolsonaro, esse psicopata que é a essência viva do movimento fascista que eclodiu no país a partir de 2013.

No vídeo acima, Bolsonaro e o porta-voz da ditadura Alexandre Garcia (Bom dia Brasil/Globo) insuflam a população a acreditar em soluções finais como a que o deputado fluminense prega ao fim desse mesmo vídeo.

O apresentador do programa Global até diz alguma coisa certa em meio ao discurso do medo que propaga em um horário em que as pessoas mal começaram o dia: “(…) As prisões estão um caos, caindo aos pedaços. Uma sujeira, são matrizes do crime (…)”

Essa frase deveria fazer as pessoas refletirem que se as prisões “caóticas” e “caindo aos pedaços” têm relação com a mortandade e com a criminalidade, já que Alexandre Garcia cita o fato de as prisões serem ruins em seu comentário, então a solução seria construirmos prisões decentes, que tratem os criminosos com humanidade, reinserindo-os na sociedade em vez castigá-los por anos a fio com celas superlotadas, promiscuidade, doenças, violência etc.

Mas a mente de Bolsonaro não entende qualquer coisa que difira de sua mentalidade fascista. Então, a frase do apresentador da Globo não é captada ou refletida, apesar de que foi uma pequena frase lúcida em meio a um enorme discurso de desestabilização emocional do público. E, assim, Bolsonaro conclui o vídeo pregando simplesmente que presidiários sejam… mortos!

Os comentários seguintes ao artigo-denúncia contra a Umanizzare e a privataria carcerária em geral, não são melhores. Na verdade, conseguem ser piores.

manes-3

Dos dois comentários acima, o primeiro é de alguém que não consegue sequer expressar em palavras aquilo que pensa, um pobre coitado conduzido pelo discurso do ódio de Bolsonaro. Mas o comentário seguinte, mais bem formulado, apesar de conter tanta estupidez, foi escrito por alguém alfabetizado e que sabe exprimir suas ideias, por piores que sejam. Assim, vale comentar.

Moacyr Pereira Junior é o nome de indivíduo que parece ser de classe média alta. Em seu perfil, ele parece se gabar de sua condição social e de ser um “capitalista”. Sobre seu comentário, vale dividi-lo em tópicos para mostrar quão estúpido é.

Comentarista – Então a culpa dessa barbárie é da administração privada do presídio?!

Não, é das paredes da prisão, Mané! Claro que é da administração. Se quem administra qualquer estabelecimento (sobretudo prisional) não for responsável pelo que acontece dentro dele, quem será o responsável?

Comentarista – A violência está espalhada por todos os outros presídios, com administração terceirizada ou não

Nesse ponto, o tal Pereira Junior tem razão. Porém, ele não entende que todo o sistema carcerário brasileiro é ruim, estatal ou privado, mas esse de Manaus é pior quando a privatização, segundo o discurso “capitalista”, deveria torná-lo melhor, já que não acontecem tragédias como essa em outros presídios. Ou seja, o presídio privatizado é pior que os outros.

Comentarista – Graças a uma legislação penal frouxa, permissiva, e vocês me vêm com essa falácia ridícula de culpa da administração carcerária?! Por que vocês não vão cagar de bruços?!

Esse é o discurso mais pernicioso que se pode conceber. Ele acha pouco o sofrimento dentro das prisões brasileiras. Quer uma legislação mais dura, dizendo que é “frouxa” e “permissiva”.

Note bem, leitor: nas prisões brasileiras o condenado pode ser torturado até a morte, decapitado, dorme em celas em que alguns prisioneiros têm que ficar de pé para outros dormirem; as prisões brasileiras estão infectadas de doenças como tuberculose, aids etc, em larga escala; ser assassinado é risco constante.

O que há de “frouxo” ou “permissivo” em uma legislação que encarcera pessoas por anos em masmorras cheias de horror como essas?

Já temos mais de 600 mil presos no Brasil. Não há lugar para prender mais gente, não há lugar nem para quem já está preso, o país não tem recursos para construir mais prisões. De que adiantaria aumentar as penas? Ou será que esse psicopata quer que as prisões implantem castigos físicos e/ou até execuções?

Mas sossegue, tem mais.

manes-4

Quantas vezes você já ouviu coisas assim por aí? É uma teoria pronta que parece inapelavelmente correta. Então o cidadão honesto recebe um quarto do que ganha um presidiário? É isso o que acontece no Brasil?

O valor que esse indivíduo diz que o cidadão honesto recebe é o valor do salário mínimo. Digamos que todos ganhassem mesmo o salário mínimo. Mas será que os presos são pagos para ser presos? E ainda quatro vezes mais que o cidadão honesto?

Você acredita nisso? O tal Silvio Rabelo, que esconde a cara atrás de uma bandeira, leva um monte de idiotas com ele em sua viagem de estupidez. Mas a culpa não é dele. A culpa é da dita “grande imprensa” brasileira.

manes-6

A teoria que O Globo espalha com essa matéria é a de os presidiários brasileiros terem “regalias”. É uma matéria burra porque um presidiário evidentemente que precisará ser alimentado, precisará de água, precisará de cuidados médicos, se for mantido vivo.

Mas a teoria que se espalha por conta de uma imprensa como essa é a de que quem for condenado à prisão deve ser abandonado para morrer de fome, de sede ou talvez deva ser assassinado de uma vez, para que não custe nada.

A comparação é esdrúxula e induz as pessoas é burrice. Não é o investimento com presos que é alto, é investimento em educação que é baixo, mas pessoas de mente curta como o tal Silvio Rabelo entendem da pior forma possível uma tese como a de O Globo.

E a barbárie opinativa prossegue

manes-5Comecemos pelo segundo comentário da imagem acima. Claro que neonazistas anônimos não são novidade, mas o problema é o contexto.

Gente com a mentalidade que você viu nesta matéria não é novidade no Brasil, mas quando está sendo feito um esforço para convencer a sociedade de que é preciso piorar as condições carcerárias em vez de melhorar, ganha força a pregação de vermes como Bolsonaro ou “jornalistas” que insuflam a sociedade a acreditar nessas baboseiras sobre o sistema carcerário.

Já a Norma Coimbra (penúltima imagem acima) deve achar que seu comentário foi o máximo. Cometeu crime, tem que sofrer torturas desumanas, tem que ser jogado em uma masmorra na qual será seviciado por anos, até que termine sua pena, quando aquele que cometeu um crime será devolvido ao convívio social.

Não existe uma única sociedade civilizada que acredite que a forma mais inteligente de tratar infratores da lei é torturando-os impiedosamente em celas infectas e superlotadas, com espancamentos, estupros etc.

Mesmo nos Estados Unidos não se aceitam prisões tão desumanas como as nossas – e note-se que os EUA têm uma qualidade de vida absurdamente ruim para todos, presidiários ou cidadãos honestos, diante do fato de que são o país mais rico e poderoso do mundo e estão (muito) longe de ter melhores prisões ou qualidade de vida.

Nos pequenos países nórdicos ou mesmo nos grandes países da Europa ocidental, prisões são vistas como instrumentos de reinserção social. Tratam com decência mínima ou até máxima os infratores da lei, porque só um povo estúpido busca tornar mais selvagem quem já apelou à selvageria.

O que fazer com essa legião de manés que com suas opiniões pré-fabricadas pela mídia e por políticos como Bolsonaro sustenta essa política estúpida de mantermos máquinas de enlouquecer como são as nossas prisões? Como explicar a essa gente tão ignorante que essa política carcerária cruel é o que faz a criminalidade e a violência serem tão altas?

E o pior é que a explicação é muito simples. Qualquer pessoa com dois neurônios seria capaz de entender, caso a mídia explicasse.

As pessoas são presas por diversos crimes, inclusive por crimes mais leves. Um jovem que cresceu e vive na rua e é usuário de drogas comete um furto ou até um assalto para sustentar seu vício. Vai preso. Não matou nem feriu; apontou uma faca e levou o dinheiro de alguém.

Preso, o assaltante ou ladrão pé-de-chinelo é condenado, vá lá, a 5 anos de prisão em regime fechado. Sem advogado, fica dez anos em cana. Um belo dia, sai. Até porque, já cumpriu pena há anos e as autoridades, em algum desses “mutirões judiciais”, lembram que ele existe.

Na prisão, logo que entrou nosso personagem foi estuprado, sofreu pequenas mutilações, quase morreu sob espancamentos, enfim, passou tudo pelo que passam presidiários no tal país que dizem ser bonzinho demais com bandidos.

O sujeito entrou na cadeia, digamos, com 18 anos. Fica lá até os 28, quando deveria ficar até os 23. Mas sai. É colocado no meio da sociedade que quis torturá-lo e da qual, agora, ele irá se vingar, pois durante a década no cárcere foi torturado e humilhado tantas vezes que acabou enlouquecendo.

Agora, aquele jovem que entrou na prisão porque queria dinheiro para sustentar um vício incontrolável se tornou talvez um psicopata que tem prazer em provocar dor e sofrimento nos outros. Agora, nosso personagem é um monstro.

Todos deveríamos exigir que as nossas prisões recuperassem os que abrigam para que, quando saíssem, pudessem ao menos trabalhar pelo próprio sustento sem cair novamente nas tentações do crime. Mas fazemos o contrário do que seria de nosso interesse…

Ao exigir que nossas prisões sejam desumanas, ao difundirmos a mentira de que as punições no Brasil são brandas, colaboramos com a produção de monstros que, um dia, sairão da masmorra e virão para cima de nós.

Deixe de ser mané. Exija do Estado que recupere os criminosos antes que suas penas terminem, sobretudo os que cometeram crimes mais leves e sairão antes da cadeia. Prisões desumanas desumanizam pessoas e você poderá dar de cara com uma delas.

*

Maranhão, após a eleição do comunista Flávio Dino, é o Estado com menor déficit de vagas em presídios.

62 comments

  • Quem é mais monstro, o bandido ou o “cidadão de bem” que exalta matanças e chega até a citar Auschwitz? O que é mais criminoso, assaltar alguém (por exemplo) ou empilhar seres humanos em espaços mínimos, em celas quentes, úmidas, sujas, lugares em que defecam, dormem e comem ao mesmo tempo e tão pequenas que precisam fazer rodízio para dormirem? As pessoas parecem estar perdendo a noção.

    Nenhum país do mundo vai respeitar o Brasil por suas violações aos direitos humanos. Estamos no mesmo time de países em que o horror é cotidiano, como Afeganistão e Haiti. O imaginário sobre o Brasil no mundo, neste momento, é esse. Esse coxinha idiotizado pela mídia, no entanto, exalta o absurdo e não se dá conta do que está fazendo ao país.

  • Edu
    É interessante essa questão das prisões, as pessoas têm dificuldade de entender a complexidade do que está no nosso entorno. O governo do estado de São Paulo negou por anos a existência do PCC e deu no que deu. O extremismo político de Geraldo Alckmin e asseclas deixou desassistida a população mais carente mas, como sabemos, não existe vácuo de poder. Os tentáculos do crime organizado se tornaram maiores com o passar do tempo pela omissão da direita ao social. Membros de facções criminosas se tornaram lideranças políticas e não duvido que tenham influência dentro do Ministério Público, Congresso Nacional e Poder Judiciário. Em alguns anos, graças à nossa direita, teremos um presidente da república membro de uma dessas facções. Pessoalmente, ainda tenho dúvidas se seria pior ou melhor do que o que temos hoje.
    Grande abraço

  • Boa tarde Edu!

    O fato das prisões brasileiras serem desumanas faz sim com que bandidos se tornem cada vez mais perigosos ao invés de recuperá-los! A imensa maioria dos bandidos em uma cadeia NÃO são psicopatas que não podem ser curados (lembrando que psicopatia não tem cura e os psicopatas SEMPRE tem bom comportamento dentro dos presídios) e são cruéis por causa da repressão e da falta de oportunidade que a sociedade impõe as pessoas excluidas, consequentemente estas irão ao mundo do crime, infelizmente!

    Um abraço!!!

  • Rapaz, os comentários são assombrosos. Estamos na idade média ? Outro dia assistia um Documentário produzido por Machael Moor, “Invasão Americana”, feito na Europa. Na sua passagem pela Noruega, Moor visita um presídio e fica surpreso: o preso, acreditem, fica numa suíte, muito bem alojado, e muito feliz pelo tratamento. E os Principios ?Perguntou Moor. Resposta: Humanitários, respondeu o guarda penitenciario. Então… resumindo, no meu entender,
    a culpa do nosso atraso em todos os sentidos está na falha da Educação.

  • Oba! Não faz nem uma semana que o ano começou e já aconteceu um verdadeiro circo de horrores neste país. Linchamento de ambulante em metrô, chacina em Campinas, revolta com mais de centena de mortos em Manaus e Roraima, fora outras coisas que a gente nem ficou sabendo, já que barbaridades diárias ainda piores nas periferias e nos morros não são notícias mais. Definitivamente: os três poderes no Brasil não existem, não há autoridade, não há conhecimento e projeto de como sair desta enrascada, vigora o caos com a economia abaixo da linha do colapso total, as autoridades batem cabeça tentando se safar, a imprensa velha distópica não tem mais a menor credibilidade no seu noticiário mirabolante em que tenta salvar a barra dos políticos e criar uma expectativa otimista. Como não creio que o cordeirismo dos brasileiro, este comportamento de bom mocismo não vai mesmo protestar e muito menos ainda fazer o que é necessário, uma guerra civil para retirar das elites o poder e devolvê-lo ao povo, como não partido político e muito menos políticos que tenha a mínima condição de conduzir a menor que seja das pressões populares, fico otimista com a possibilidade de, no andar da carruagem, o sistema cair por gravidade, desabar por conta própria, tornar-se insustentável pelas suas próprias deficiências. Oba, vamos torcer pelo pior, muito pior.

  • Boa tarde Edu

    O comentário de Norma Coimbra demonstra mais uma vez o que pensa a maioria da classe média em todos os seus segmentos, ela separa as pessoas em cidadãos de bem e indivíduos do mal, isto é, o criminoso pode escolher entre o bem e o mal. Uma simplificação maniqueísta desse porte revela uma preguiça de refletir e provavelmente o pensamento espalhado por “religiões” afora. Além disso o comportamento de gente desse tipo é o de Pilatos, ou seja, lavo as mãos e eu não tenho nada com isso. Exime-se assim da responsabilidade de seu voto irresponsável que perpetua a violência quando não permite que governos progressistas diminua a desigualdade social que é a fonte primeira da violência.
    No fundo são sádicos e desumanos.

  • Essa direita fascista que assimila as notícias por osmose nunca vai entender o que é saber entender um pouquinho que seja o que é justiça, solidariedade, união, são pequenos de cultura, o que sabem memo é olhar no espelho roto e se sentir iluminado.

        • Todos os governantes se acovardam. Não têm coragem de gastar em presídios porque o eleitorado não quer. A mentalidade do brasileiro é que bandido tem que ser preso no inferno. Povo atrasado, não entende porque nós países desenvolvidos o Estado gasta muito com prisões. É porque prisões desumanas criam monstros que cedo ou tarde saem da cadeia. Mas mentes como a sua não conseguem alcançar fato tão simples.

          • Nos países desenvolvidos há educação e ensino públicos de qualidade. No nosso país sabemos como é a realidade, em que pese os esquerdopatas apregoarem que estava tudo maravilhoso, como na campanha do PeTê em 2014. De modo que a aritmética é simples: temos saúde, educação e sistema carcerário de péssimas qualidades. Onde o senhor, como governante pretenderia investir? Eu fico com educação e saúde.

      • Não é verdade, pois cabe ao Governo federal elaborar e implantar estratégias e metas a serem alcançadas, e por criar os programas de prevenção e controle da violência e criminalidade, , promover a integração dos órgãos e instituições de todo o país que tratam de segurança pública, combater o narcotráfico, a corrupção, entre outros crimes . Por falar nisso, as prisões dos estados governados pelo PT são humanizadas ??

        • Você está completamente desinformado. Quem administra 99.99% dos presídios são os governos estaduais. E nenhum Estado teve coragem de investir no sistema carcerário porque o povo burro acha que prisões devem servir para a sociedade se vingar dos bandidos

  • O que fazer com essa quantidade de manés? ..vc pergunta

    Pra mim, chamá-los ao diálogo e tentar demonstrar seus erros ..desatinos ..meio o que vc tentou fazer sem que no entanto nos portemos como sendo os únicos detentores do saber ..fato que não somos

    Quanto a 656 mil presos ..e não tem mais lugar pra ninguém ..PROBLEMA não é bem esse

    ..escutei de “especialistas” que 40% dos presos estão ali ILEGALMENTE ..ilegalmente ..porque o PODER JUDICIÁRIO (com 3 em cada 4 juízes recebendo acima do teto) não funciona ..é lento, preguiçoso

    Muitos condenados ali já cumpriram suas penas ..tem direito a remissão ..ou a outra opção de confinamento ..QUARENTA, 40% ..número que subtraído faria com que o numero de presos caísse pra 400 mil ..número muito próximo do capacitivo do sistema

    E quanto a privataria ..claro que tem agravantes que não só o da responsabilização pelos desvios ..ali tem o fato dos preços estarem SUPERFATURADOS ..ofato do Estado estar bancando LUCRO sem necessidade ..o fato de estar havendo um autentico estelionato com a boa fé da população

    ..veja só vc ..num país em que o SM passa de pouco mais de R$ 900/mês ..vermos Estados pobres e inviáveis gastando mais que isso (no caso do Amazonas 4,5 x mais) pra manter gente presa

    é os fim….

  • Aquele que é vítima da sociedade e que “apontou uma faca e levou o dinheiro de alguém” já fez isso contra o senhor ou contra alguém querido? De qualquer forma, leve-o para casa. Tem pena? Investimento em educação é realmente baixo, então pergunte aos governos do PeTê que ficaram treze anos no poder.

      • É por isso que nossos índices educacionais são os piores. Não queria que a mama Vana tivesse caído. Mesmo fazendo um governo horroroso e ter mentido nas eleições eu queria que ficasse para o povo movido a mortadela percebesse sua burrice. Depois que foi impichada (não vai ter golpe, vai ter luta. Rsrsr) vocês conseguiram ganhar um discursinho de esquerda. Porém, sem moral.

    • O Brasil de 2002 a 2013
      Prof. Luiz Alberto de Viana Moniz Bandeira

      – Gastos Públicos em Saúde:
      2002 – R$ 28 bilhões
      2012 – R$ 106 bilhões

      – Gastos Públicos em Educação:
      2002 – R$ 17 bilhões
      2013 – R$ 94 bilhões

      – Estudantes do Ensino Superior:
      2003 – 583.800
      2013 – 1.087.400

      – Risco Brasil (IPEA)
      2002 – 1.446
      2013 – 224

  • Pois é, Eduardo, a burrice e a ignorância disseminaram-se incontrolavelmente nesse ex-país hoje amaldiçoado. Daí porque nada mais me surpreende! Chego até a suspeitar de deliberado envenenamento por chumbo nas nossas fontes de água. Contaminação por chumbo pode causar irracionalidade e explosões de violência. Teoria conspiratória? Talvez! Mas o fato é que os EUA foram os principais responsáveis estrangeiros pelo golpe. E todo mundo sabe ou deveria saber que eles são capazes de qualquer coisa para desestabilizarem, tumultuarem e no limite destruírem países que não se submetem aos seus interesses. Enfim, se tiver algum químico por aqui, que tal um exame das águas que chegam às nossas casas? Quanto aos alimentos deixo a mesma recomendação.

  • Tá, você até tem razão sobre as condições desumanas de nossas prisões brasileiras, mas na lista de prioridades que o estado está em divida com a sociedade, as cadeias podem esperar, ou os manés que você chama não merecem saúde, segurança, ensino e atualmente um tão procurado emprego. Só pode ser petista mesmo!

    • Como conversar com um suposto adulto que conclui sua pergunta com um insulto? Foi com essa mentalidade tacanha que as cadeias brasileiras se transformaram em fábricas de monstros

  • Ué, desta vez o massacre – o terceiro maior da história – ocorreu num presídio que não é privatizado…
    A manchete poderia ter sido:

    “Estatismo carcerário (como em Roraima) recria escravidão no Brasil…

    Segue o ranking da morte:

    111 mortos em São Paulo – Carandiru – 1992 (estatal)
    56 mortos em Manaus – Compaj – 2017 (privatizado)
    33 mortos em Boa Vista – Penitenciária Agrícola de Monte Cristo – 2017 (estatal)
    31 mortos em Benfica (RJ) – Casa de Custódia de Benfica – 2004 (estatal)
    31 mortos em São Paulo – Penitenciária do Estado – 1987 (estatal)
    27 mortos em Porto Velho – Urso Branco – 2002 (estatal)
    18 mortos em São Luís – Pedrinhas – 2010 (estatal)

      • É, privatização feita com empresários amigos de políticos com contratos superfaturados pra financiar suas campanhas eleitorais e seu enriquecimento, e também pra pagar pessoas do estado (que deveriam fiscalizar direito os contratos) pra fazer vista grossa obviamente não é uma privatização de verdade.

        Se as privatizações fossem todas feitas sem pilantragem, com empresas sérias contratadas por licitações sérias (e fossem bem fiscalizados) teria 500% mais de chances de dar certo.

        • Esse comentário é a prova de que você não lê os meus posts; só vem despejar sua opinião burra aqui. No post anterior mostrei que os Estados Unidos estão abandonando as prisões privadas, mas suas opiniões não se baseiam em fatos, mas no que você quer que seja fato. Publicar gente como você é difundir burrice. Mas o Blog vai mudar em breve e comentaristas assim serão banidos. Leia e aprenda http://www.bbc.com/portuguese/internacional-37195944

  • O governador do Maranhão melhorou muito o presídio de Pedrinhas (que era trastemente famoso por casos pavorosos equivalentes ao do Amazonas e Roraima). Foi só fazer o contrário do que esse bando de fascistinhas propõe. Foi feito investimento na formação do presos, combateu-se a lotação.

  • Essa situação nos presídios vem de anos. Porque , nos treze anos de governo petista, essa situação degradante não foi resolvida?
    Se o blogueiro está preocupado com bandidos que vivem em condições sub humanas que adote-os.
    O governo deve investir em saúde e educação `para brasileiros decentes que nada devem à justiça.
    Bandido bom é bandido morto.

    • Como sempre, burrice cavalar e frases feitas como a de levar pra casa. Para seu governo, quem administra o sistema prisional são os Estados. Bicho burro

        • O Brasil de 2002 a 2013
          Prof. Luiz Alberto de Viana Moniz Bandeira

          O Brasil de 2002 a 2013
          Prof. Luiz Alberto de Viana Moniz Bandeira

          Gastos Públicos em Saúde:
          2002 – R$ 28 bilhões
          2012 – R$ 106 bilhões

          44 – Gastos Públicos em Educação:
          2002 – R$ 17 bilhões
          2013 – R$ 94 bilhões

          45 – Estudantes do Ensino Superior:
          2003 – 583.800
          2013 – 1.087.400

          46 – Risco Brasil (IPEA)
          2002 – 1.446
          2013 – 224

  • Desculpe, Eduardo mas humanas ou desumanas as prisões não influenciam no aumento da criminalidade. O principal fator é acesso as armas de fogo. Países em que o porte de arma é restrito, é menor o número de criminosos. Já onde as armas são até incentivadas o número de criminosos é maior.

  • O que fazer com a questão da criminalidade é tarefa de diagnóstico simples, porém de difícil aplicação. Precisamos diminuir a concentração de renda, a qual, é a grande geradora de criminalidade, já que é cinismo esperar que alguém que nasceu e se “desenvolveu” em condições degradantes não vire um marginal; ao mesmo tempo em que os presídios precisam ser reformulados radicalmente para tornarem-se locais de recuperação de indivíduos e não masmorras bárbaras destinadas aos excluídos pelo Sistema. O PROBLEMA ESTÁ NA REALIZAÇÃO DESSAS DUAS AÇÕES, JÁ QUE INTERESSA AO SISTEMA, SUSTENTADO NA CONCENTRAÇÃO DE RENDA E NA EXCLUSÃO, TRATAR ASSIM OS QUE DELE NÃO FAZEM PARTE, A OS EXCLUÍDOS COMO DESNECESSÁRIOS DENTRO DA POLÍTICA DE EXPLORAÇÃO E APROPRIAÇÃO DA RIQUEZA DO CAPITALISMO, QUE GERA UM MASSA DE DESASSISTIDOS CADA VEZ MAIOR. Fazer essa modificação do Sistema é que é bastante difícil, viu-se que mais uma vez um Governo apenas moderadamente reformista(jamais revolucionário), que não mexeu nas estruturas fundamentais da exploração, foi derrubado por uma golpe. Imaginem o que aconteceria quando alguma administração atacasse pilares fundamentais da exclusão e exploração capitalista!!!!!!!!!!! TÃO DIFÍCIL QUANTO ALTERAR O SISTEMA É MODIFICAR A “MENTALIDADE” DESSES ANIMAIS QUE RELINCHARAM NO FACEBOOK TODA A SUA ABISSAL IGNORÂNCIA E SUA SÓRDIDA FALTA DE CARÁTER!!!!!!!!!!!! Conheço vários como esses aí e mais uma vez reafirmo que o problema deles é mais do que a burrice, que é imensa junto com a ignorância. Seu problema primevo é a falta de caráter, a existência neles de uma natureza deformada e uma índole sórdida que não podem ser alteradas. Portanto, não adiante perdermos tempo tentando modificá-los, precisamos sim difundir os valores do Humanismo e da Civilidade entre aqueles que, não tendo uma índole deformada como a desses merdas, não conseguem construir um posicionamento Humanista, e ficam na omissão resultante da falta de conteúdo, por não terem conhecimento adequado sobre as causa econômico-sociais da marginalidade e sobre os valores adequados que guiam um processo punitivo civilizado, baseado na reinserção social. Tirar da cabeça dessas pessoas mitos como o de que nossas leis penais são brandas(ao contrário, o Brasil possui uma das maiores populações penais do mundo, em termos absolutos e proporcionais, e uma legislação penal punitivista, feita em desacordo com os valores progressistas da Constituição, mas que, devido ao apelo demagógico do punitivismo, jamais teve sua inconstitucionalidade decretada); explicar-lhes que é, NA QUASE TOTALIDADE DOS CASOS, A EXCLUSÃO SOCIAL A GERADORA DA MARGINALIDADE(FORA ISSO SÓ AQUELAS MENTES DOENTIAMENTE CRIMINOSAS, QUE CORRESPONDEM A UM NÚMERO ÍNFIMO DE PESSOAS) TAMBÉM É ESSENCIAL PARA TRAZERMOS A MASSA PARA O LADO DO HUMANISMO, E AINDA EXPLICANDO-LHES TAMBÉM QUEM SÃO OS VERDADEIROS CRIMINOSOS : OS LATIFUNDIÁRIOS, OS CAPITALISTAS E OS BANQUEIROS QUE MATAM E CONDENAM MILHÕES À MISÉRIA, O QUE AJUDARIA A MOSTRAR-LHES QUE A OPÇÃO HUMANISTA É TAMBÉM UM A OPÇÃO PELA CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE JUSTA ONDE O MAIOR DOS CRIMES HUMANOS,A EXPLORAÇÃO DO HOMEM PELO HO9MEM, QUE GERA TODAS AS BARBARIDADES HUMANAS(EM SUA IMENSA MAIORIA)É O PRIMEIRO A SER COMBATIDO, JÁ QUE SEU FIM LEVARÁ AO FIM, OU À DIMINUIÇÃO EM GRANDE ESCALA, DE TODOS AS OUTRAS BARBARIDADES HUMANAS. Quanto a esses animais que rosnam no facebook, uma Humanidade calcada nos valores da Solidariedade e Igualdade os fará recolherem-se ao lixo de onde nunca deveriam ter saído. pois são incorrigíveis

  • São apenas imbecis. Pessoas que não enxergam um palmo adiante do nariz. Não vão fazer “festa” nas redes sociais quando os massacres, ainda confinado entre paredes forem para as ruas. Espero que não sobrem balas perdidas para eles.

  • Com relação ao tal Moacyr Pereira Júnior, em Santa Catarina existe um jornalista chamado Moacir Pereira! Espero que seja apenas uma infeliz coincidência, pois apesar de trabalhar para a RBS e de ter muitas opiniões com as quais não concordo, o jornalista parece ser uma pessoa decente, que não merece um filho desses!

  • Eduardo, mas você que entrou para a política agora consegue compreender o horror dessa classe média alta ou baixa desses comentários?

    Usar os adjetivos que você usou não ajuda a tentar fazer coxinhas e mortadelas chegar num consenso minimamente civilizado.

    Veja, você concordou em partes com o Alexandre Garcia (claro que nos bastidores a opinião dele talvez seja pior do que a do Bolsonaro).

    Por que então não nos informar como Dino está resolvendo o problema? Ou por que, ao invés de atacar essas pessoas que fizeram comentários rasos, não mostrar a elas que numa sociedade na qual governos estaduais fecham escolas o resultado só pode ser a barbárie. De repente cai a ficha…

    De fato, o massacre não partiu dos agentes (lá privados) como no caso do Carandiru (aqui estatais). Se péssimas condições dentro dos presídios fossem justificativas para massacres, teríamos massacres 365 dias por ano. Há cadeias muito piores do que os presídios, por exemplo.

    Já houve rebeliões em presídios modelos, com assassinatos inclusive.

    Não acho que a maioria dos presos tenha esse histórico de pobreza-vício-roubo para bancar o vício-injustiça na cadeia. Talvez por isso a classe média não tenha pena da população carcerária.

    Eu acho Eduardo, que quando você provava por A + B a incompetência tucana em diversas áreas da administração pública, a má fé e o partidarismo do Moro e da Lava Jato, quando escancarava os números da gestão petista na melhoria de vida da população, sem descer ao baixo nível dos mini-bolsonaros da vida, o Blog era muito mais perigoso e irritante para a direita.

    Seus adjetivos desqualificadores saíram do controle depois das eleições de 2014 ou um pouco antes.

    Só acho… rsrs

  • Tucano, petista, comunista, PCCista ou farrista ?

    Veja o elemento da matéria abaixo

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/na-cracolandia-uma-coligacao-pcc-psdb/

    Interessante que este movimento dos SEM TETO do Ipiranga infernizou por aqui ..deles eu conto a tentativa de montar TRÊS enormes favelas..

    ..das quais duas ainda sobrevivem por terem sido instaladas encima de APAs no Ipiranga ..e APA vc sabe, é terra pública, de interessante das gerações, ou seja, terra de ninguém ..principalmente por JUSTIÇA e Ministério Publico de SP que não quer confrontar ninguém (se não houver interesse político no caso ..AQUI EU DIGO E PROVO se v se interessar em saber)

    ..mais, na época das tais invasões sempre correu solto o envolvimento de MILITANTES da ex vice prefeita Nadia Campeão ..uma campeã de encrenca tb na região do Sacomã

    fala verdade ..tem gente que nasceu pra encher o SACO dos outros ..né não ?

    • O manoelli gosta de falar dos sem-teto.
      Os latifundios brasileiros, sr manellllli, centenas ou milhares deles, SE INSTALARAM em cima de terras publicas e não públicas, de preferencia em terras de posseiros pobres ali havia decadas, mediante GRILAGEM e isso desde D pedro I. E o nome disso é precisamente ”invasões”.
      Bastam 15 anos pra um devogado de grileiro pedir usu capião mas cento e cinquenta anos nao bastam para uma familia de quilombolas conseguir algo parecido.

      E eles tinha e tem Terra e Teto.

      • Um ladrão não justifica outro LADRÃO

        Dois errados não fazem um certo

        a ocisão faz o ladrão ..e quem perde a TODA a população

        certo Augus_tolo

  • O rap nacional anos 90s jã avisava sobre isto!
    Oução o fim de semana no parque do Racionais;
    Presta atenção na letra da musica vcs vão descobrir a barbaridade que a peruireferia vive a anos e só agora vcs estão vibendo.
    AAA o masacre mo Caramdiru foi muito mais que 111 pretos ops presos.
    Emrtão foi muito mais que 56 pretos ops presos!

  • Edu, não resta a menor dúvida que essa cambada de manés querem o que o neonazista comentou. A “solução” para essa gente é o extermínio puro e simples dos “bandidos”.
    Que são uma massa uniforme segunda essas “mentes” tico e teco. Não tem aquele que é inocente e espera julgamento, nem o que roubou uma laranja na feira e também aguarda julgamento. 60% dos presos já deveriam estar soltos segundo a justiça! Por serem inocentes ou por suas penas serem curtas de pequenos furtos.
    Não importa. Matem todos! Como se fossem insetos, baratas, mosquitos da dengue. E esses nazistas ignorantes e debilóides se dizem cristãos. Me assusta ficar imaginando quantos deles existem em nossa sociedade, Edu

  • :
    : * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra♥♥S♥♥il e postando: A grande mídia (mérdia) é composta por [email protected] [email protected] a serviço dos ianque$ e do $ionismo de capital especulativo internacional e outras máfias (como a ma$$onaria) [email protected] canalhas direitistas…
    .
    PARA A ENÉSIMA PUTifARIA ( patifaria + putaria ) DA DIREITA:
    Foi com muito cálculo que se preparou mais essa para o PT (e/ou as esquerdas, o progressismo/trabalhismo). E, ao que parece, o partido não contava nem se preveniu para essa eventualidade. Aliás, é estranho o número de vezes que o PT é pego de calças curtas, desprevenido e perplexo. E, o que mais espanta, é que seus inimigos nem parecem ser tão espertos assim.
    .
    AS MORDOMIAS DOS MARAJÁS EM PÉ DE GUERRA:

    Os 17 mil juízes receberam em média 46,1 mil por mês em 2015;

    Os 1,2 mil promotores e procuradores de Justiça recebem salário máximo teórico de 33,7 mil mensais;

    Magistrados e promotores têm auxílio-moradia de 4,3 mil mensais. Se morarem juntamente com um cônjuge que também tem direito a auxílio, ambos recebem da mesma forma;

    Todos têm 60 dias de férias por ano e, em caso de trabalho fora do local, uma diária equivalente a 1/30 da remuneração mensal;

    Pena máxima em caso de punição disciplinar: aposentadoria compulsória com salario integral (i$$o é punição mesmo ou é premiação ?…)
    .

    Poesia contra a distopia (Distopia = Ideia ou descrição de um país ou de uma sociedade imaginários em que tudo está organizado de uma forma opressiva, assustadora ou totalitária, por oposição à utopia. “Distopia”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/distopia [consultado em 01-10-2016].)

    ::
    SARTREANA
    .
    Maldita seja toda esperança
    que faz continuar o mal
    do bem que só se alcança
    no viver sempre (des)igual
    .
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    DE VERSOS
    .
    A dor de passar pelas pessoas
    e depois deixá-las me consome:
    Como viver tantas coisas boas
    só para alimentar de saudades essa fome?…
    .
    É infinita essa fome de amar
    e ser feliz fazendo outros felizes
    Mas, um, como pluralizar
    em frutos diversos as nossas raízes?…
    .
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    NÓS
    .
    A tv me promete
    o leite da moça,
    o prazer em pó,
    líquido,
    instantâneo,
    integral…
    .
    Que faremos de nossos olhos,
    de nossas mãos?

    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    CEM RIMAS
    para o PT e o PSTU
    .
    A vida passa de graça
    e fica ainda mais rica
    nos olhos de esperança
    que às mãos multiplicam

    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    KWY
    .
    .
    P
    …e
    …….n
    …………s
    …………….o
    …………………logo(S)
    ……………………………..p
    ……………………………..e
    ……………………………..s
    ……………………………..o

    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    B……………………………A
    …I………………………I
    …….S………………C
    ………..T………N
    …………….Â
    .
    .
    tele……………………..visão

    tele……………………..vazão

    tele……………………..vazio

    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    P O E M A C O N C R E T O
    .
    O aço e o cimento conjugados
    ((pedra jo…g………a………………d………………………a)
    nos olhos (de vidro))
    no dia a dia da vida.

    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    CLIC
    .

    a……l…u…z

    a…s…s…o…m…b…r…a

    a….s………s….o….m….b….r….a….s

    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    Poema de A a Z (POEMAZ)
    .
    Cantar contra
    todo encanto
    enquanto tudo
    contar contra
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    C Í R C U L O
    .
    Palavra: fetiche
    Palavra: fantoche
    Palavra: feitiço
    Palavra: fantasma
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    C I L A D A ou C O I S A S
    .
    Palavra
    falada,
    calada
    palavra
    .
    Palavra
    calada,
    falada
    palavra
    .
    calada
    palavra
    falada
    .
    falada
    palavra
    calada
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    M A T E R E A L I S M O
    para o povo brasileiro (1989)
    .
    Até quando
    morrer pela vida?…
    Até quando
    viver morrendo,
    em vão,
    por tudo
    o que é não?…
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    outra “fábula moderna” ou “a modernidade revisitada”
    para o(s) poeta(s) inédito(s) e a humanidade
    .
    musamada passeava pelos campos em alegria
    quando confusa abelha pica-lhe o peito
    pensando ser, talvez, uma outra flor que havia
    desabrochado no ar, por algum mágico efeito
    .
    “Eu”, atento fauno, de plantão, todo insuspeito,
    apressa-se em aliviar a dor que a crucia,
    com muito remédio, da mesma abelha, de mel feito,
    para uma das flores irmanadas em harmonia…
    .
    e menos de se esperar não seria
    vir, de uma flor para outra flor,
    ver o bálsamo para crua agonia:
    .
    por enquanto, de bom, o mel lambe-lhe a dor
    e, lambendo sua nua forma, o mau desejo (se) alivia
    (d)a profunda picada no peito que lhe deu Amor…
    .
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    rotina
    para o poeta Paulo Machado
    .
    homem de rituais
    modernos
    modernamente
    morro todos os dias
    do mesmo jeito:
    desfeito em contas e em cantos
    mais nada
    tudo menos
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    negócio
    para o poeta Rubervam Du Nascimento
    .
    a morte industrializada
    sob o rótulo “VIDA”
    abastece em cada rês
    a existência perdida
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    massa
    .
    a cidade cr…e………s……………………..c…………………………………………..e
    e a gente
    …………………desa
    …………………par
    …………………ec
    …………………e

    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    capitolismo
    .
    predadores à espreita
    muito mais que esperto
    tem-se que ser sempre vivo
    .
    preço da evolução
    lei da sobrevivência
    juras de a-mor
    juros e mais ou menos valia
    .
    antenas atentas
    vigiam os espaços
    (e o tempo)
    da vida
    mínima
    nas promoções do dia-a(-)dia
    .
    é isto o que vinga:
    a morte é hereditária…
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    foi ou é ou será
    .
    não o feito
    nem a coisa por fazer
    ou o imperfeito perfeito
    :
    o que me anima
    é a magia lógica das possibilidades
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    RÉ – EVOLUÇÃO
    .
    O homem, animal racional,
    trilhando seus caminhos,
    trocou o bem pelo mal,
    a florosa pelos espinhos.
    .
    O homem, em sua evolução,
    tem corrido sem parar,
    tem parado o coração,
    tem deixado de amar.
    .
    O homem, senhor dos animais,
    em seu constante progresso,
    não sabe mais o que faz:
    se continua ou inverte o processo…
    .
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    .:.
    ::
    .:.
    ReXistência
    .
    Não deixe que aluguem o seu pensamento:
    Simplesmente mude de canal ou desligue a TV
    Diga “NãO” à Rede Goebbels
    …………………………………………….(Cláudio Carvalho Fernandes)
    ::
    (En la lucha de clases)
    .
    En la lucha de clases
    Todas las armas son buenas
    Piedras
    Noches
    Poemas
    …………………………………………….(Paulo Leminski)
    ::
    (Não é a beleza)
    .
    Não é a beleza
    Mas sim a humanidade
    O objetivo da literatura
    …………………………………………….(Salamah Mussa)
    ::
    A existência precede a essência.
    …………………………………………….(Jean-Paul Sartre)
    ::
    .:.

    * 1 * 2 * 13 * 4
    .:.
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *

    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) !!!! Lula (sem vaselina) 2018 neles (que já tomaram DE QUATRO) !!!!

    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

  • Eu ia colocar meu comentário, mas aí ví que a maioria dos comentários são repetições boçais das palavras de ordem obtusas e do mesmo discurso de ódio da direita que a midia divulga diuturnamente, todos crivados de ofensas ao blogueiro. Aí eu desanimei de escrever porque meu comentário vai ficar perdido no meio desse mar de asneiras que a trollagem publica aos borbotões nesta sessão de comentários.

    Vejo o Eduardo rebatendo as asneiras mas suas respostas são desperdiçadas porque os trolls não se importam em repetir e repetir as mesmas asneiras, independentemente de serem desmoralizadas pelos argumentos do blogueiro.

    Solidarizo-me com o Eduardo não apenas pela qualidade de seus argumentos mas também porque acho um absurdo as agressões e a falta de educação dos trolls, porém me abstenho de tentar ajudar na argumentação que por conta das infinitas repetições daqueles que não sabem e nem querem debater, mas apenas trollar, no sentido mais emblemático desse jargão da Internet, por me lembrar de um importante preceito sem o qual é impossível manter um forum de debates que é: “Não alimente o troll”, E a trollagem do blog já está bem gorda.

    De qualquer forma quero deixar meus parabéns ao texto do Eduardo, como sempre muito bem escrito e fundamentado.

Deixe uma resposta