Rebaixamento da nota do Brasil desmente “melhora da economia”

Destaque, Reportagem, Todos os posts

A semana termina com uma péssima notícia para o Brasil. A agência de classificação de risco Standard & Poor’s rebaixou a nota do Brasil como bom pagador.

Antes de falar dessa má notícia e das lendas que a mídia está construindo em torno dela, vale dizer como é estarrecedora a notícia de que o “mercado financeiro” – ou seja, os bancos –, bem como os grandes empresários, preferem que Geraldo Alckmin se eleja presidente em outubro.

Será que se esqueceram do que o PSDB fez com o país?

Vejamos algumas manchetes da época.

 

Já no governo Lula, a história foi bem diferente. Em abril 2008, o Brasil foi classificado pela primeira vez com o grau de bom pagador passando da categoria de especulação (BB+) para grau de investimento (BBB-) pela S&P, seguido pela Fitch Ratings, em março do mesmo ano e, em setembro de 2009, pela Moody’s.

A falta de reservas cambiais baixas que nos meteu na desastrosa maxidesvalorização do real em 1999 acabou durante o governo Lula. Até hoje o país tem quase 400 BILHÕES de dólares de reservas.

O desemprego renitente da era FHC despencou com Lula até 2014, pouco antes de a Lava Jato e o Congresso de Eduardo Cunha começarem a sabotar o governo Dilma para tirarem o PT do poder após a direita perder 4 eleições seguidas para ele.

E com Lula o Brasil atingiu o chamado “grau de investimento”, ou seja, ao contrário do que acaba de acontecer, as agências de classificação de risco consideraram o Brasil bom pagador e lhe deram o reconhecimento disso via nota de credita conhecida com “investment grade”, ou “grau de investimento”.

O que significa isso? Para entender como é importante ter uma boa nota de crédito, basta dizer o seguinte: uma boa nota – ou grau de investimento – significa que o país recebe mais investimentos estrangeiros para construir fábricas, grandes obras etc., pois significa que aquele país é seguro para investir.

O fato é um só: o rebaixamento da nota de crédito do Brasil desmonta cabalmente a falácia do governo Temer e da mídia que o bajula dizendo que a economia do país estaria “melhorando”. Está melhorando coisa nenhuma.

Se o Brasil estivesse melhorando, não estaria sendo considerado um país arriscado para investir. Esse é o sentido do rebaixamento da nota de crédito do Brasil pela agência Standard & Poor’s: dizer ao mundo que nossa economia está uma droga e que, portanto, não é seguro investir aqui.

Assista, abaixo, a reportagem em vídeo e, em seguida, leia mensagem do Blog a você.

 

 

UM MINUTO DA SUA ATENÇÃO

Apoie o Blog da Cidadania. O site tem custos – equipe técnica, hospedagem, cobertura (telefonemas, deslocamentos). Assinar um dos primeiros blogs políticos do país, que já existe há 13 anos, é forma de militância política. Há várias formas de assinar. Confira, abaixo. E obrigado pelo apoio. 

PARA ASSINAR VIA CARTÃO DE CRÉDITO MENSALMENTE, CLIQUE NO LINK https://www.mercadopago.com/mlb/debits/new?preapproval_plan_id=282c035437934f48bb0e0e40940950bfAQUI 

PARA ASSINAR VIA CARTÃO DE CRÉDITO UMA SÓ VEZ, CLIQUE NO LINK https://www.vakinha.com.br/vaquinha/financie-o-jornalismo-do-blog-da-cidadania

PARA FAZER DEPÓSITO EM CONTA, ENVIE E-MAIL PARA [email protected]

*

VEJA, ABAIXO, COMO RECEBER NOTIFICAÇÕES QUANDO O BLOG PUBLICAR NOVO POST. ACIONE O SININHO 

 

  • Avelino de Oliveira

    Caro Eduardo
    Uma das inúmeras moedas de trocas, dos golpistas, dessas ditas agencias de riscos, foi a reforma da previdência.
    Não saiu no tempo previsto, portanto essa importante nota cai.
    Temer corre, tem que cumprir as promessas da traição.
    Saudações

  • Romanelli

    Desculpe ..mas não é hoje o dia de algumas manifestações TARDIAS em favor de Luiz Inácio Lula da Silva ? ..então cadê a convocação e os lembretes ?

    Eu não entendo alguns Blogs e soldados da dita esquerda ..Parece que vivem dormindo de BOCA ABERTA ..babando ..papando mosca enquanto a fúria radical conservadora avança

    Já passou da hora de agitar essa água parada !! Cadê os acampamentos, o debate, os comícios e os simpósios pela LIBERDADE contra a politicagem da Justiça ?

    Incrível que quando é pra apaziguar, muitos INSTIGAM ..quando pra CRITICAR companheiros administradores medíocres que colocam (ram) todo um conjunto de idéias e de ideais em risco, protegem, perseguem e HUMILHAM os que se arriscam

    E agora ..quando é pra movimentar em favor dum LÍDER perseguido ..publicam artigos que, PRO ATUAL MOMENTO, não tem a menor importância

    ..e depois eu é que seria um QUINTA COLUNA ??!!

    https://www.youtube.com/watch?v=J9ptViJI2bY

  • Elena

    Fora de pauta: Olha só esse link, dica de um comentarista no blog do Nassif: Exclusivo, “Tríplex: decisão de juíza federal absolve Lula e contradiz frontalmente Moro” http://quidnovi.com.br/exclusivo-triplex-decisao-de-juiza-federal-absolve-lula-e-contradiz-frontalmente-moro/

  • Juliano Santos

    Como que era mesmo? “Recuperar a confiança do investidor” né? Não sei quantas vezes a dona Leitão repetiu esse bordão, quantos “analistas econômicos” foram à Globonews com esse script. Só sei que foram muitas e era nos apresentada como uma frase mágica, um abre-te sésamo. Sem Dilma, PT e o tal “populismo econômico” e com um governo “responsável”, os empresário daqui e de fora iam sair investindo a torto e a direito.
    Não aconteceu? Dona Leitão não se faz de rogada. É porque ainda não saiu a reforma da previdência. Amnésia total em relação aos governo Lula. Inclusive para poder pintá-lo de aventureiro de extrema-esquerda, o outro lado da moeda do Bolsonaro. Sinceramente, o que impressiona é que tenha gente que ainda acredita no pig.

  • Elena

    E tem este post publicado no site http://www.redebrasilatual.com.br falando sobre uma ação que o advogado Rubens Rodrigues Francisco, que vem a ser diretor jurídico da Associação para Defesa e Amparo das Vítimas de Abuso e Poder (Pró-Vítimas), ingressou nesta quarta-feira (10), no papel de amicus curiae, com pedido de liminar, no recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à sentença condenatória do juiz Sérgio Moro, que será julgado no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), no próximo dia 24. Neste post temos a descrição do desastre que será para o Brasil se o TRF-4 condenar Lula em segunda instância, pois além dos EUA outros países estão aguardando o julgamento do Lula para entrar com ação contra a Petrobrás, ou seja, “se os desembargadores do TRF-4 confirmarem a sentença de Moro, estarão atestando que a Petrobras é um lixo e que o governo brasileiro só tem bandido, embasando assim processos. É um cheque em branco porque a Petrobras se tornará alvo de ações indenizatórias e roubo de ativos em toda parte do mundo em que opera. Seremos então uma massa falida gigante. Por isso a condenação de Lula é um cheque em branco na mão dos estrangeiros, é a destruição da Petrobras e a entrega do pré-sal”. . http://www.redebrasilatual.com.br/politica/2018/01/se-confirmar-moro-trf-4-vai-dar-cheque-em-branco-para-paises-onde-a-petrobras-opera

  • João Ferreira Bastos

    Vamos até a pagina do trf4 e defender a democracia e a legalidade

    https://www.facebook.com/TRF4.oficial/

  • João Ferreira Bastos

    Edu, acabou a farsa.
    Juiza de BSB, penhora o apartamento da OAS que criminosamente o amigo do traficante insiste em dizer que é do LULA.

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/decisao-de-juiza-federal-sobre-o-triplex-do-guaruja-contradiz-frontalmente-moro/

  • Robson