Sob Temer, anarquia militar ressurge no país

Há 40 anos o presidente Ernesto Geisel convocou ao palácio do Planalto o então ministro do Exército, general Sylvio Frota, e o demitiu. Encerrava-se a anarquia militar no Brasil. Geisel restabeleceu o poder do presidente da República sobre os generais. Durante 40 anos, essa ordem foi respeitada. Coube a Michel Temer o papel trágico (e ridículo) de presidir o ressurgimento desse descontrole institucional.

Salvação de Temer prova que impeachment de Dilma foi golpe

A salvação de Temer foi ruim para a Justiça, mas boa para a política. Não ficou dúvida de que o impeachment de Dilma foi golpe devido à escandalosa diferença de tratamento entre ela e Temer. Contra Dilma pesou manobra contábil e contra Temer crimes graves. Para a história e para as pessoas intelectualmente honestas ficou provado que o golpe foi golpe. O Brasil ganha com isso. O povo pôde entender tudo e ano que vem dará o troco.