Carmem Lúcia encerra seu período como presidenta do STF depois de uma atuação vergonhosa

Cármen Lúcia reuniu seus principais assessores no Supremo em um jantar, em Brasília, antes de se despedir do comando da corte. Disse que sai em “um momento muito difícil para o país”. Ela só esqueceu de dizer que isso se deve, em muito, por sua atuação golpista à frente do tribunal que deveria ter garantido ao país o cumprimento da Constituição Federal.

Lula dá xeque-mate e já controla eleição 2018

A juíza teleguiada por Moro recuou de novo. Autorizou visitas, médico e até uma esteira ergométrica que negava. Além disso, foi intimada pelo STF a explicar seu comportamento. Está descobrindo a dimensão nacional e internacional do ex-presidente. E os golpistas, de repente, descobrem que, mantendo sua candidatura, Lula controla a eleição presidencial de 2018.