Após atentado, acampamento pró Lula entoa “Bom dia, presidente Lula”

O atentado a bala que feriu duas pessoas não intimidou o acampamento montado pela militância do PT a 750 metros da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Os militantes, logo cedo, entoam o habitual grito de “bom dia, presidente Lula”, proferido todas as manhãs através de microfones e megafones e e que o ex-presidente ouve de sua cela. Assista

Direita mirou em Lula e atirou no próprio pé

A extrema-direita e a mídia pretendiam passar uma mensagem de revolta popular contra Lula, mas, como o escorpião da fábula, perderam-se pela própria natureza. Em vez de manifestações democráticas, empreenderam uma caçada criminosa a ele, sob a tese de que têm direito de atacar fisicamente e até matar quem pensa diferente. Tornaram Lula um mártir. Deram um tiro de canhão no próprio pé.