Uma Bolsa-Dondoca para a madame, por favor

Crônica

Enquanto Lula e Dilma se preocupavam com futilidades como tirar dezenas de milhões de brasileiros da pobreza extrema, em implantar o virtual pleno emprego no país, em fazer a renda média do trabalhador bater recordes sucessivos de crescimento, em levar médicos a regiões em que muitos nunca foram atendidos por tais profissionais durante toda uma vida, aqueles que realmente importam neste país foram deixados à míngua.

A crueldade da ditadura lulopetista, porém, ultrapassou todos os limites com o recente aumento do IOF sobre os gastos dos turistas brasileiros no exterior. Esse governo sádico acaba de impor mais uma sevícia a essa pobre classe social rica que, lá se vai mais de uma década, vem sendo submetida a torturas cada vez mais diabólicas e que agora, para completar, nem pode mais buscar refúgio consumista em Miami.

Para se refazer das agruras nacionais, as madames e os doutores podiam ir obter suas bolsas Prada, seus X-Box ou mesmo um mísero burgundy Henri Jayer de 16 mil dólares em condições monetárias minimamente aceitáveis. Agora, no entanto, graças à perversidade de Dilma Rousseff tais condições ficaram insuportáveis.

É um crime de lesa-pátria, se não de lesa-humanidade. Só porque uma classe social que tem tanto do que reclamar – não é mesmo? – torrou vinte bilhõezinhos de dólares em compras de bugigangas no exterior, chegando a desequilibrar as contas externas do país, a imperadora vermelha baixou uma carga desumana de impostos sobre quem produz.

E o que é pior: para torrar tudo em programas sociais para uma gentinha que não faz a menor ideia do que são esses itens tão essenciais a qualquer pessoa com um mínimo de bom gosto.

Mas eis que surge uma heroína, fidedigna defensora dos pobres e oprimidos ricaços. Essa verdadeira Joana D’Arc dos Jardins e do Leblon tem nome e profissão. Eliane Cantanhêde, uma simples colunista de jornal, levantou seu brado retumbante contra a iniquidade lulodilmista.

Quem não leu o grito de indignação contra a crueldade rubra da presidente da República agora pode conhecer esse documento histórico que se ombreia à Declaração francesa dos Direitos do Homem e do Cidadão – muito mais chique do que as declarações de direitos humanos sucedâneas.

O post, claro, prossegue em seguida, logo que o leitor tiver ingerido um copo d’água para arrefecer a emoção.

——

Eliane Cantanhêde

Presente de grego no Natal

BRASÍLIA – Os viajantes brasileiros deixaram (deixamos) mais de US$ 20 bilhões no exterior neste ano. No fim das contas vai dar umas cinco vezes mais do que a compra de caças suecos para renovar a frota da FAB, a serem pagos durante décadas.

Em vez de aquecer a economia do Brasil, estamos movimentando o comércio e gerando empregos nos países alheios, sobretudo nos ricos. Miami passou a ser o principal destino da brasileirada, que volta com malas gigantescas abarrotadas de peças de grife e todo tipo de bugiganga.

Na versão cor de rosa do governo, tudo isso é resultado do sucesso: o país está bombando, e os brasileiros estão cheios de amor para dar e com montanhas de dinheiro para viajar e gastar. Mas a realidade é outra e tem um nome: preço. Os preços no Brasil estão pela hora da morte.

Numa tarde em Miami, sentei para tomar um café e me senti em casa, mas a minha casa é aqui. À mesa da direita, paulistas; à da esquerda, nordestinos. E havia três moças de Minas. Todos cheios de sacolas.

Na volta, fiquei vagando duas horas num shopping em São Paulo à procura de lembrancinhas de Natal e tudo o que comprei foram dois lencinhos de seda, só para não sair de mãos abanando. Ah! E gastei R$ 60 de estacionamento num único dia.

Os produtos nacionais viraram artigo de luxo, os importados custam três vezes mais que nos EUA. Nem as feiras e o comércio popular escapam. Imagine a aflição da maioria de trabalhadores ao procurar brinquedos, tênis e roupas para os filhos.

Não foi nenhuma surpresa saber que o comércio teve seu pior Natal em 11 anos. A surpresa ficou por conta da reação desvairada do governo: em vez de se preocupar e se ocupar com os preços internos abusivos, aumentou o IOF e penalizou os cartões de débito em moeda estrangeira. Falta pão? Suprimam-se os brioches.

Se o brasileiro ficar, o bicho preço come; se correr, o bicho imposto pega. Obrigada, presidente Dilma, pelo presente de grego no Natal.

—–

Essa classe que afirma, pela pena da colunista revolucionária, que não pode pagar os preços extorsivos do Brasil – e que, como mostra essa colunista, já não encontra por aqui os itens que lhe apeteçam o paladar consumista –, diante de tanta carestia teve que recorrer aos aeroportos que a ditadura petralha encheu de “paraíbas” e “baianos”.

Com tantos brasileiros vivendo nessas condições degradantes na ponte aérea Cumbica/Galeão-Miami, a presidente da República vai à televisão e ainda tem a petulância de reclamar do que fazem a colunista e seus coleguinhas ao alardear racionamentos de energia que teimam em não dar as caras, crises inflacionárias que não se materializam, surtos de desemprego que ninguém vê.

Aquela que um site dito “de homens bons” chama de “búlgara escarlate” bem que poderia, em seu pronunciamento do último domingo, ter anunciado um programa social para madames como a tal colunista. Uma espécie de Bolsa-Dondoca. Uns mil dólares mensais para cada membro da família. Para sacar o benefício bastaria procurar as boas casas de câmbio dos shoppings e dos aeroportos. Com câmbio subsidiado, claro.

303 comments

    • Boa pergunta. Será que os rentistas que não produzem uma agulha sequer entram nas estatísticas dos desocupados? Será que os que vivem da Bolsa BNDES entram também nas estatísticas dos beneficiários do Estado Malvadão?

    • Quem não está trabalhando e tem idade para isso entra na estatistica. Pensei que isso fosse óbvio.

      Ah, as mães que ficaram em casa, para cuidar dos 4 filhos, o que lhes permitiu ir ao posto de saude e descbrir essa coisa maravilhosa, chamada “METODO CONTRACEPTIVO” tambem.

      Coisa que elas, alias, nucna saberiam o que é, se continuasse trabalhando para cuidar dos 4 filhos.

      E como elas não tem mais filhos, oprque sabem evitar agora, quando as cirancas crescerem, vão voltar oa trabalho.

      Mas isso é tão obvio. Pensei que todo mundo soubesse.

      As criancas? tão na escola, condição sine qua non pra se receber o Bolsa Familia.

      • Na verdade, sua resposta “óbvia” não foi tão óbvia assim…. Para ser considerado desempregado, nas
        estatísticas oficiais, além de ter idade para estar no mercado de trabalho e não está trabalhando, é preciso
        está procurando emprego. Caso contrário, não faz sentido colocar como desempregado quem simplesmente
        não quer trabalhar ou, pelo menos, não procura tal coisa.

        Ou seja, uma dona-de-casa que não está procurando um emprego remunerado não entra nas estatísticas.

        Para as estatísticas, uma coisa é “desempregado” (que é o que defini acima); outra é “pessoa sem emprego”
        (que engloba todos aqueles que não trabalham).

    • A resposta é simples, Adams (e não é minha, vi em um blog dia desses):
      se estão desempregados, entram, se não estão, não entram 🙂
      Um bom 2014 para você e para todos os que reclamam que tudo está ruim (de preferência com Brasil campeão e Dilma reeleita) hehe.

  • Sr.Edu

    Pessoal:

    Amigo Edu,espero que ainda esteja seguindo as recomendações médicas
    cubanas,persevere,estamos com você,continue um usando “babador” e
    troque a cada 4 horas.
    Que a felicidade sentida com a estréia da jovem Stella,entre nós,
    vos acompanhe por toda vida e além.

    PÚBLICO:
    Ao Edu.
    Aos amigos do BLOG : Roberto Locatelli e Wilsoleakes Alves.
    À quem interessar possa.

    Brincando no DOMINGO, falei do ELFO,gostei Do Senhor dos Anéis,sou um
    rômantico,mas temos que ser fiel as nossas raízes históricas.
    Lembram do “O Homem de Virgínia,o Virginiano”.

    “Sem Lealdade tudo que escrevo é papo furado”.

    Voces meus primeiros amigos virtuais,podem me chamar como quiserem.

    — Estando os 3 como testemunhas,não vítimas,passarei a assinar:

    o bolivariano.

    Valeu,bom ano novo!

    PS- Edu, nas culturas mais antigas era costume combinar o casamento,logo
    após o nascimento de meninas fadadas a serem inteligentes e bonitas,
    pense nisso.Sou Ateu a bastante tempo,descobri tardiamente minha vocação
    para Profeta.

    • Por hoje, minhas despidas.

      Trolls e PIGagaios como profetizado, não estão de bom humor.
      Vou tentar mudar meu estilo literário de “realismo-fantástico”,
      para “ficção científica”.

      “Senti um forte desequílibrio na Força”.

      Bom Ano Novo !

      Saudações Democráticas

  • “E gastei R$ 60 de estacionamento num único dia.”

    Em São Paulo.

    E a culpa é da Dilma?

    Ensina essa jega quem manda em São Paulo há 20 anos.

    Aproveita e pergunta quanto ela gastaria com pedágio para ir à praia.

  • A sua capacidade de escrever merda é suplantada a cada post. Nao sei pq me espante em ler comentarios com pau no cu etc.

    A que nivel vcs censeguem chegar??

    Guerra civil para vc é pouco. Vc quer mesmo uma ditadura, obviamente tipo socialusta.

    • Hummm…

      Está parecendo que os comentários, ao final do ultimo post, mexeram profundamente com o reaça Carlos Augusto, o Gugu.

      Parece que em certas pessoas algumas palavras, por pequenas que sejam, têm a propriedade de suscitar instintos adormecidos, e recordações doridas, mas nem por isso menos aprazíveis.

      É… Tenho mesmo que vigiar minha boca, afinal esse Blog, apesar de versar sobre a sacanagem da mídia imoral, não é um site ou blog pornô.

      • Sr. Wilsoleaks Alves

        Fim de ano. FIm de Férias.

        Antecipo minhas despedidas, na verdade, minha delicadeza,
        provoca a todos.
        Foi uma honra e um privilégio ter sido seu virtual irmão.

        Grato.

        Bom Ano Novo !

        Saudações Democráticas.

        • Ô Maurício, sem essa, amigo. Nem o Mestre Jesus agradou a todos.

          Direto tomo umas bordoadas aqui e lá no Nassif, mas nunca me deixo abater.

          Não nos melindremos ante as adversidades e os comentários desabonadores, o importante é manter a integridade moral e a consciência de que ao menos tentamos dar o melhor de nós, claro, muitas vezes o nosso melhor não é o suficiente, mas, que se há de fazer se somos o que somos?
          Como já dizia Caê, o coxinha: cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é.

          Só discordo de você quanto ao amigo virtual. Não sou seu amigo virtual coisíssima nenhuma, sou seu amigo de fato, amigo virtual é o homem-aranha, o super-homem, o Shrek…
          Meu e-mail para contato é [email protected] e você será sempre bem vindo.

          Um abração.

  • Excelente, Eduardo. A mais fina ironia e uma escolha primorosa da imagem congelada do vídeo das “classes cheirosas”. Pegou esta pilantra no seu melhor momento. A ideia da bolsa dondoca só é boa se for complementada com a passagem…apenas de ida.

  • Eduardo…

    Outro dia o Locatelli disse que você o inspirava em seus comentários, ótimos, por sinal, mas pelo visto não é só o Locatelli que se inspira em você, o Professor Ariovaldo de almeida Prado, também. Ou será o contrário?

    • Sr, Wilsoleaks Alves.

      Wilson,meu irmão.

      Lendo o POST do Edu.

      Levando em conta a INÉDITA e Histórica decisão da
      Presidente da República Federativa do Brasil,
      Dilma Roussef de diplomaticamente cancelar
      a visita oficial ao Pres.Obama.

      Os Trolls/PIGagaios virão MUITO BEM mal-humorados.

      “Gritai : Alerta ! e Soltai os CAẼS de Guerra” W. S.

      Fraternas Saudações Democráticas.

  • O da “Boquinha de Chupar Ostras” não me deixa outra opção, senão o de reconhecer sua infatigável capacidade de se apresentar imbecilizada em troca de seu salário.

    Alegre, esperarei também de modo infatigável, futuras manifestações de igual nível. Afinal das contas, a muito se foi de nossas páginas, Christoph o Ex-Campineiro.

  • A Folha deveria ser distribuída gratuitamente nos cruzamentos de tanta propaganda imobiliária e de automóveis. Virou panfleto. Claro, com o aviso: “Ministério da Saúde adverte – ler faz mal para o coração (será que por isso a leitura foi proibida na Papuda?). E, acompanhada de Dramin, pro leitor não vomitar.

  • Ela estava, na verdade, nas autllets, que são infinitamente mais baratas que qualquer similar em qualquer parte do mundo. As lojas de de ponta como Giorgio Armanni, Carolina Herrera, etc., nos Shopings de qualquer parte do mundo teem preços similares.
    Eu estive em New York em novembro, as autlets de la estavam abarrotadas de chineses, indianos, brasileiros, europeus e principalmente orientais.
    Em New Jersey, cidade que eh quase um bairro na periferia de New York, um vendedor dominicano me contou que eh comum chegarem grupos, principalmente ingleses, que ficarem 24s no período do Black Friday, entram pelo aeroporto de New Jersey, fazem as compras e vão embora sem sequer pagar hospedagem. As Outlets ficam, praticamente, na porta do Aeroporto da cidade.
    A questão eh o Estados Unidos eh o centro de consumo de todo Mundo, quando os japoneses estavam em euforia de crescimento, só dava japonês em toda parte, agora são indianos, chineses e brasileiros.
    Vá ao Peru, Machu Pichu esta abarrotado de turistas brasileiros e alemães. Quando fui viver no Peru, só via americanos, europeus e israelenses. Agora, com a crise, eles desapareceram, os europeus que ainda seguem visitando são os alemães, os latinos e brasileiros estão tomando conta do pedaço.

    • Desculpem as pedradas no Português, escrevi com raiva da idiotice dessa gente e mandei sem corrigir.
      Numa viagem que fui, disse uns desaforos a um desses paulistas idiotas no hotel. Antes de Lula, o que mais encontrava em hotéis do primeiro mundo eram profissionais, de nível superior brasileiro, como garçons. Agora, eles são os hóspedes.
      Digo o mesmo para meu irmão, que tem uma pequena empresa. Ele vivia na requenguela antes de Lula, agora que estah produzindo a ponto de não dar conta da clientela, acredita que estah muito bem, apenas por sua competência. Meu irmão taxista está com a vida muito mais organizada, nunca mais precisou do apoio da família. Esse adora Lula.
      O problema dessa classe média eh que são burros.
      O único na minha família que não está melhor de vida eh meu irmão que trabalha com mercado financeiro, mesmo assim, eh o rico da família. Ganhou rios de dinheiro com FHC e depois com Palocci.

      • Muito esclarecedores seus comentários!

        A tática da direita golpista brasileira e de seus “jornalistas” é sempre a mesma: comparar o que há de melhor no exterior, especialmente nos “states”, com que há de pior no Brasil. É o que fez a “cheirosa”: comparou os preços da Daslu com os das liquidações de Miami!

      • Ah, Neideg… Quisera eu, saber dar pedradas tão certeiras quanto as tuas.

        Como bem falou o Edi Passos, seus comentários foram bastante esclarecedores.

        Abração.

  • Trabalhei pau a pau com meus empregados, fui à falência duas vezes mas insisti e ganhei dinheiro no unico setor que conheço bastante que é o meio grafico. Neste meio tempo paguei meus impostos, os salários sempre sairam em dia, recusei ofertas de “facilidades” em pagamento de taxas e impostos. Anos a fio trabalhei dobrado e e explorei a mão de obra da minha familia sendo que hoje tenho condições de levá-la a Miami.
    Como eu há centenas de brasileiros e pergunto; nós que produzimos, geramos trabalho e pagamos impostos somos os cretinos ? Não temos o direito de reclamar da carga pesadíssima de impostos ?
    Irresponsavelmente você estimula uma luta de classes que seria extremamente danosa para o país.

      • Errou na gracinha moço. Jamais precisei de qualquer tipo de bolsa para sustentar os meus.
        Aliás, respeito é bom. O blogueiro é leniente com ataques a quem diverge.

    • Talvez a maior bobagem do texto seja tratar todo mundo que viaja no exterior como rico. Alguém vê rico pagando viagem pra Disney de classe econômica em 24 parcelas na CVC?

      Enquanto isso, ignora-se o aumento singelo de 1600% em um tributo, escondido no final de ano. Os bancos continuam bem, obrigado, pq a taxa é na população (segundo o Eduardo, os “milionários” do carnê de viagem). Imagina se o PT vai sangrar instituição financeira.

      Sem contar a benesse de taxar quem busca fora do país produtos melhores a preços menores, pq a indústria nacional é acomodada e mimada pelo governo há mais de 40 anos, independente de superfaturar porcarias a cada ano.

      E tem quem aplauda, como o Eduardo, que esconde isso atrás de um maniqueismo estúpido de “pobres X ricos”, como se só houvesse esses dois grupos no país.

      • Afinal. zóinho, qual é a tua?

        Rico tu não é porque rico não perde tempo com internet, pelo menos não com blog de política..
        Se é pobre, então cospe no prato que come.
        E aí?

    • O duro é ter que explicar pra esses ‘pseudo-empresários de sucesso’ que até aqueles que recebem BF pagam impostos.
      E isto é facílimo de constatar: é só pegar um ticket de caixa de supermercado. Tá lá embaixo: TRIBUTOS!

      A ignorância é tão grande, que não enxergam isso ou fingem que não enxergam.

      Imaginem como ficarão quando tivermos imposto sobre grandes fortunas….

  • contra a “cara de pau” e a estupidez “dessa gente” ridícula do “PIG” (proba imprensa gloryosa),
    só o bom humor salva!
    o escracho é o que eles merecem…………….
    ÇERRA é 45 ( em 2038)

  • A Criação do “Bolsa Dondoca”, seria a melhor noticia que os homens bons e mulheres boas teriam neste final de ano caso fosse implantada ainda hoje, para os bem nascido!
    Mas a triste realidade é esta: A búlgara usurpadora que por ora ocupa indevidamente o trono do mais preparado só pensa na gentalha, na choldra e em suas bolsas esmolas… Como diria o Professor Hariovaldo, L A M E N T A V E L !

    Ps: Falando sério (ou não), me deu uma pena da pobre moça rica que sentou numa mesa para tomar um café em Miami e que a sua direita haviam paulistas e à sua esquerda “nordestinos”… pensei logo em outra moça rica que tinha medo de encontrar em Miami o porteiro do próprio prédio em que morava.

    Tudo culpa da búlgara e do eneadáctilo!

  • Dói estar comprando minhas bugigangas exclusivas em Miami, e me deparar com nordestinos e nordestinas e ainda, à minha esquerda, snif, snif, snif …..

    PS.: Nos últimos 11 anos o bicho escolhe o que comer, não come mais qualquer porcaria… !!!

  • É MUITO CINISMO DESSA ORDINÁRIA!!!!!!!!! A DONDOCA DEVE ESTAR MUITO “CHEIROSA” MESMO, USOU O MESMO PERFUME CHIQUE DE AECINHO “CHEIRADOR”, AQUELE PERFUME QUE SÓ PESSOAS “DE NÍVEL” COMO OS PERRELLA, CONSOMEM PARA ESCANCARAR SUA SUPERIORIDADE MORAL. Quer dizer que essa cretina tem a petulância de reclamar da alta dos preços no Brasil, mas é cínica o suficiente para esquecer da fortuna que gastou em passagem, hospedagem e transporte em Miami, enchendo os bolsos dos estadunidenses que estão falidos!!!!!!!!!!! (Não é à toa que o outrora nada receptivo EUA, agora vive “chamando os brasileiros”. Obama e sua corja não passaram a adorar os “latinos”, que ricos ou não para eles serão sempre gente de segunda classe, o que querem é recuperar-se com o dinheiro do Brasil, que lhes é doado por idiotas como essa e outros das classes média alta e alta, que adoram relinchar sua breguice e imbecilidade em Miami). O cinismo, a ignorância, a desfaçatez, a baixeza, a arrogância e a mediocridade mental dessa gente são tão escancarados que eles não somente não se dão conta do absurdo orçamentário que fazem ao gastar fortunas com passagem, hospedagem e alimentação(coisa que não precisariam gastar se comprassem no Brasil, sem contar o maior entrosamento de estarem comprando em seu país, com vendedores que falam a sua língua), mas são incapazes de de perceber a esquisofrenia óbvia de seu discurso, AFINAL, SE EXISTEM MILHÕES DE IDIOTAS COMO ESSA IMBECIL GASTANDO FORTUNAS NO EXTERIOR, É EXATAMENTE PORQUE ATÉ PARA ESSES DEMENTES A SITUAÇÃO MELHOROU BASTANTE, UMA VEZ QUE MAIS BRASILEIROS, PRINCIPALMENTE OS DAS CLASSE MÉDIAS QUE TANTO ODEIAM O PT, PUDERAM PASSAR A RELINCHAR SUA IMBECILIDADE E A TER PREJUÍZO GASTANDO MAIS NO EXTERIOR SÓ PARA ESCANCARAR SEU DESLUMBRAMENTO COLONIZADO, COISA QUE ANTES ERA RESERVADO APENAS PARA UMA MINORIA, DA QUAL SEM DÚVIDA ALGUMA A DONDOCA AMESTRADA NÃO FAZIA PARTE, LIMITANDO-SE NO MÁXIMO A SEREM “DAMAS DE COMPANHIA” DOMÉSTICA DAS MADAMES DE SEUS PATRÕES, BANCANDO AS BABÁS DAS CHEFES PARA DESFRUTAREM MIGALHAS DO DESLUMBRAMENTO COLONIZADO DE SUAS AMAS, O QUAL TANTO “ADORAVAM”, MAS NÃO PODIAM TER ACESSSO. Ou seja, até para a satisfação das taras reacionárias e colonizadas desses conservadores, o progresso econômico e social do Brasil foi favorável, contudo sua miopia, sua capacidade de distorcer os fatos, sua esquisofrenia, seu seu ódio e sua estupidez são infinitos e os deixam incapazes de enxergar. DILMA FEZ MUITO BEM EM AUMENTAR O IOF DAS COMPRAS NO EXTERIOR, TRATA-SE DE UMA MEDIDA DE TRIBUTAÇÃO PROGRESSIVA QUE, EXATAMENTE POR ISSO, FOI VISTA COM TANTO ÓDIO PELA MÍDIA REACIONÁRIA E POR FASCISTA COMO CATANHEDE, JÁ QUE TRATA-SE DE UMA MEDIDA DE DISTRIBUIÇÃO DE RENDA EM PRIMEIRO LUGAR(QUE RETIRA RECURSOS DOS QUE TÊM MAIS, E GASTAM COM FUTILIDADES, PARA ATENDER AOS EXCLUÍDOS POR NOSSO MODELO DESUMANO DE SOCIEDADE), ALÉM DE DESTINAR-SE TAMBÉM AO EQUILÍBRIO DA BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA, QUE TEM ENTRE UM DOS FATORES A PREJUDICÁ-LA O DESLUMBRAMENTO IDIOTA DE UMA “ELITE”(E OUTRA NEM TÃO “ELITE” ASSIM), CUJA CARACTERÍSTICA PRINCIPAL, ALÉM DA MEDIOCRIDADE MENTAL, É ÓDIO AO BRASIL BRASIL E AO SEU POVO E UM DESLUMBRAMENTO BABACA COM O EXTERIOR, OU SEJA, ADORAM SABOTAR O NOSSO PAÍS. PARABÉNS DILMA, CONTINUE A MATAR CATANHÊDE E SUA CORJA DE ÓDIO, TODAVIA VÊ SE VAI A PÚBLICO MOSTRAR AO CIDADÃO COMUM O QUANTO ESSA GENTE NÃO VALE NADA E SÓ SE PREOCUPA EM EM DESTRUIR AS COISAS BOAS QUE ESTAMOS CONSTRUINDO NO BRASIL, TRABALHANDO CONTRA A JUSTIÇA E A IGUALDADE, INTERESSANDO-SE SOMENTE EM PERPETUAR A EXPLORAÇÃO, A OPRESSÃO E A MISÉRIA. SE ALGUMA CRÍTICA O GOVERNO MERECE RECEBER É O DE CONTINUAR A APANHAR CALADO DIANTE DE A ASNEIRAS QUE SÃO PODERIAM SER FACILMENTE DESMONTADAS SE O PT TIVESSE CORAGEM PARA REAGIR..

      • Camarada, qual a taxa de impostos que você acharia justa? Conta pra nós! Mas não me venha com essa norma de desoneração da folha de pagamento, isso aí era feito na era pré-getulista, ou seja, escravidão indireta! Sabia que quando comecei a trabalhar, num grande banco, a mais de 30 anos, ouvia uma frase: “ou você estuda ou trabalha”. Sabe por quê? Nós tínhamos hora de entrar, de sair era quando deixavam! Sabe as horas extras? Hum, que horas extras???? Isso não se restringia à minha empresa, era fato corriqueiro o total desrespeito com o trabalhador! E você vem falar de trabalho honesto de empresário?

        Luta de classes já!!!

      • Prezado Sr. Kaspar,

        Experimente dar uma lida nos comentários sobre uma notícia política do G1, preferencialmente uma que mencione Lula ou Dilma, e seja apresentado ao exército de zumbis que a velha mídia e seus “jornalistas” pariram. Creio que depois disso não te surpreenderás mais com comentários exaltados eventualmente feitos por aqui!

        Que em 2014 seus negócios prosperem ainda mais, que possas continuar viajando com a família para Miami ou para onde melhor lhe aprouver, mas que a grande maioria do povo brasileiro, que nunca viajou para o exterior, muitos nem para a capital do próprio Estado, possa continuar comendo três vezes ao dia e, de vez em quando, bebendo uns refrigerantes (ainda que seja tubaína) e uma cervejinha!

        São meus sinceros votos!

  • Li na internet e achei pertinente para contrapor seu pobrissimo post

    …. o fato de que, por estar em posição claramente minoritária no Brasil, os liberais e conservadores acabam tendo que estudar e ler mais, enquanto a esquerda, em maioria, precisa apenas repetir slogans. É a escolha preferida dos preguiçosos, e por isso vemos um hiato enorme nos debates, com liberais e conservadores bem mais preparados quando o foco precisa estar nos argumentos. “no Brasil, revolucionário é ser liberal”.

    ……. A esquerda percebe a gradual mudança na direção do vento ideológico, e por isso tem reagido de forma tão histriônica e agressiva.

    Nosso melhor aliado é o livre debate de ideias. Não temos medo dele, ao contrário da esquerda

    • Joseph…

      Onde estão os argumentos dos liberais e conservadores? Gostaria muito de conhecê-los.

      Estarei ansiosamente aguardando pela exposição de seus profundos estudos, mas espero não ter que esperar deitado, sentado já estou.

    • Sr. Stilleben…

      Se o sr. se der mesmo ao trabalho de responder, bem entendido. ‘Não temos medo do debate de ideias.’
      O verbo está no plural. A quem o senhor se refere? É um pigmeu ignorante que pergunta.

    • “Nosso melhor aliado é o livre debate de ideias.”
      Uai! Pensei que o melhor aliado fosse o Barbosinha-AP-Miami-por-10paus…
      Bom, mas já que mudaram, concordo!
      Quando tiverem alguma que não seja de jerico, nos procure para debatê-la.
      Até lá, por volta de 2032, junte-se aos seus no blog do Reinaldinho Cabeção, o Eunuco.
      Lá o relincho é prata da casa.

  • E o que foi que ela escreveu que não seja verdade? Sai mais barato (inclusive para os ‘incluidos’) fazer compras fora do Brasil. Os impostos são extorsivos e a culpa NÃO É SÓ dos empresários. O governo (todos os níveis) tem que fazer caixa para custear suas ‘despesinhas’, como fazer implantes de cabelos viajando com os impostos pagos por nós e os cabeleireiros que são deslocados para o Planalto. Desde a administração anterior. Este post cheira a desespero ou a falta do que ‘falar’.

  • Edu, sinceramente, como ela é colunista do pig até aceito que escreva num viés à direita. Mas ela escreve com o fígado de dondoca e o jornalismo, mesmo que tendencioso, fica reduzido a poucas linhas incompletas.
    Vamos tirar a parte que ela diz que os brasileiros só estão viajando mais porque os preços aqui são exorbitantes. E não por causa do mundo cor-de-rosa de Lulilma. Como se pagar por passagem e hospedagem nos EUA sempre estivesse disponível aqui para a “ralé”.
    Não há dúvida que o brasileiro está gastando demais lá fora. Então a medida é corretíssima. Diz a dondoca dublê de jornalista que gastam muito lá por causa dos preços daqui. Mas então porque ela não se aprofunda nessa questão? Vai falar em custo Brasil, impostos? Com as desonerações, a redução do custo da energia?
    Ela não quer é abordar o lucro-Brasil. Grandes empresas que por constituirem monopólios alargam suas margens de lucro até onde podem. Quer falar mal do Lula e da Dilma? Então cobre que eles pouco fazem para combater a oligopolização da economia. Aí não né? São todos anunciantes do seu patrão

  • Nem preciso mais de ceia ou outros quitutes para a passagem de ano. Deliciei-me neste seu post, Edu!

    Aproveitando, Feliz Ano Novo pra vc e sua linda família e aos caros companheiros daqui e suas respectivas famílias.

    Ah! Um PÉSSIMO 2014 pra EC e tudo o que ela representa. Péssimo na concepção dela, pois sendo assim, será um maravilhoso ano aos comuns e também aos lúcidos e da elite – poucos, mas há.

    Abração, vovô babão.

  • È injustificável aumento de impostos,aumentar IOF sob o pretexto de sangria de dólares é incompetencia, para proteger um sistema tributário antiquado, se quisesse mesmo impedir a fuga de moeda o mais simples seria diminuir a carga tributária local.
    O Brasil que dilma prega não existe, enquanto uma americano paga 38 mil reais por um Ford Fusion, no Brasil pagamos 105 mil reais, isso é apenas um exemplo, outro básico é que com o preço de um Ford Focus no Brasil compramos um Camaro nos USA.
    O SM lá é de R$ 2500,00 aqui é de R$750,00< portanto não temos nada a comemorar….

    • Chapinha, procure saber sobre comércio exterior e todo os custos de importação de um bem, o frete, o seguro e, depois, os impostos.
      E não venha com essa de governo em relações meramente comerciais, onde ele entre para garantir, ser avalista. Os vendedores, sempre empurraram para o comprador do terceiro mundo todos os custos inerente à mercadoria até a chegada às “prateleiras”!
      Já ouviu falar em protecionismo? Nãããoooo??? Cara, vá nos esteites, tu vai saber!

  • Segundo madame, “à direita, paulistas (sempre eles à direita…); à frente, pessoas de Minas”. E à esquerda? Eram nordestinos! Assim, no geral. Baianos, alagoanos, cearenses? Ela não se importa, como mostra seu patético texto.

  • Oi gente! Ninguém vai responder com tamanha delicadeza esse
    panaca provocador Mauricio Benedito?
    Fiquei com nojo que nem sei passar disso: PANACA!

    • Sr.Salvador Ferreira.

      Aprecio a delicadeza e o Bom-humor.

      Não foi minha intenção provocar ninguém.

      O Livre-pensar é só pensar.

      Há seu propósito, não sou um PANACA !
      Talvez seja mesmo um Profeta.
      Na dúvida….

      Saudações Democráticas.

    • Estava de férias, Salvador?

      Andou sumido, mas ainda bem que chegou, isso aqui tava tranquilo demais sem suas aspergidas.

      Acho que você não entendeu muito bem o comentário do companheiro Maurício.

      Um abração, Salvador.

  • Por que ela não bradou contra a criação e aumento de taxas pelo Alckmin (PSDB) no final de ano (Lei 916/2013). Essa Cantanhede acha que todo mundo é idiota par levar a sério o jornalismo partidário da Folha. Tem mesmo é que aumentar os impostos para os mais ricos que vão fazer suas comprinhas no exterior e gerar emprego lá fora.

  • é so uma medida administrativa, comum.
    Necessaria porque o pessoal esta gastando muito lá fora. E nao se sabe se resolve.
    Eles nao vao admitir que o empresariado local tem lucro mto alto. O cara padrão nunca vende no comercio por menos do dobro do valor que comprou. E ha itens em que é o triplo. Mas sao coisas inconfessaveis, ne dondoca? O unico imposto pesado é o icms
    O resto é evitavel, contornavel, driblavel por gente como ela.

  • Com relação ao preço do estacionamento, não se pode esquecer, cara coluni$ta, qe é da alçada do governo de SP, um governo da extrema direita, muito grato e digamos, bondoso com os membros desta imprensa, que adora ir lamber botas de estadunidenses e gastar ali naquela espelunca seu salário e suas mesadas.
    Mas não é só isso, a dondoca também disse que “[…] em vez de se preocupar e se ocupar com os preços internos abusivos o governo não fazer nada para conter os preços […]? Ué, mas ela não é defensora da não intervenção do governo???
    Edu, sobre o Bolsa-Dondoca, ela já recebe dos consulados estadunidenses e dos seus poodles europeus!

  • Tudo muito engraçadinho, post e comentários. Mas no fim do dia todos vão acabar pagando os mesmos preços extorsivos que a dondoca. Espero que achem bem engraçadinho na hora de pagar também.

  • Edu,
    Sugiro uma Bolsa muamba.
    Afinal, aos olhos dos americanos,e meus, são todas muambeiras…
    Feliz 2014 para todos!
    Edu, parabéns pelo nascimento da Stella.
    Brilha uma nova estrela!
    Tudo de maravilhoso para vc e família.

  • Eliane Cantanhêde poderia fazer um enorme favor: Mudar-se para a cafona Miami e escrever suas besteiras rasas de lá mesmo… tanto, gosta tanto… que fique por ali… Ah, mas ela é paga para ficar por aqui,não é? Para que suas ideias (pagas) ajudem a formar uma colônia deles aqui… ahhhh, entendi!

  • O que a madame não entendeu é que os preços no Brasil são altos em comparação aos do exterior justamente porque o câmbio, aqui, está sobrevalorizado. O IOF ajuda e equilibrar a conta, ainda que não resolva.
    Fora isso, as compra a crédito já estão, há anos, com alíquota de 6,28%. Na realidade, o aumento atual foi para acabar com a fraude ao fisco impetrada por uma minoria de espertalhões que comprava a débito no exterior para fugir da alíquota, utilizando facilidades fornecidas por bancos.
    Agora, o que não fica totalmente explícito no texto da madame é que muito do consumismo desvairado alimenta vendas de sacoleiros de luxo, prática vedada e tida como crime.
    É engraçado que essa gente brada contra a corrupção mas não se envergonha de trazer 5, 10 mil dólares de contrabando enfiado em bagagens de mão, bolsos, cuecas e calcinhas.
    Um abraço Edu, e próspero ano novo.

    • Nao é contrabando. Sao itens de uso pessoal. Roupas e etc nao entram na cota. Exceto se trouxer 10 vestidos de 50 paus.
      E usar o cartao de debito nao é fraude, é planejamento tributário. Que hipocrisia pessoal.

      • Nigro, roupas entram na cota sim! e o que vocês fazem, viajando para o exterior para “fazer enxoval” é crime tipificado: chama-se descaminho, introduzir mercadorias estrangeiras no país sem o devido recolhimento de imposto. Agora posso imaginar como são suas malas. Gostaria muito de assistir uma revista nelas na volta da “festa”.

        • Nada cara. Ja fui revistado varias vezes… Certa vez tinha uma mulher com duas malas de vetidos reluzentes que se deu bem mal….
          Eu nao. Vuajo a lazer, nao so para os Eua, aproveitando as facilidades que existem agoranpara compra de passagens e pacotes. Claro que fazer compras é legal mas sem essa loucura de gastar uma fortuna…. A maior parte dos gastos acaba sendo com o dia a dia, atracoes, restaurantes e etc. Isso tambem vai ser sobretaxado agora. Ou não- basta levar grana viva que nem iof tem… Quem vai gostar são os ladroes de malas nos aeroportos.

    • Então pro governo dinheiro a crédito custa o mesmo que débito? Eu reconsideraria esse argumento, especialmente pq é mentiroso. Ninguém fugia de alíquota, até pq havia cobrança de iof no cartão de débito.

      Se o governo realmente queria parear cartão de crédito e cartão de débito internacional (o que repito, vai contra a lógica de qqer teoria macroeconômica, visto que um é dinheiro vivo e o outro é promissória), que trouxesse um para baixo e outro para cima, igualando os dois lá pelos 4%. Mas isso é operação pra fazer caixa, 2014 tem eleição, tem muita promessa pra pagar pra base e não é dos queridos bancos que o governo vai tirar dinheiro.

      Aliás, bolsa dondoca não tem, mas bolsa banqueiro está firme e forte.

  • “Por mais que um Tucano voe, jamais alcançará uma estrela”

    Que a Stella vivia em país mais justo, mais digno, com muita saúde prosperidade e educação.

    Edu, pra você e pra todos que fazem parte do Blog, mil acontecimentos bons em 2014… extensivos aos familiares.

    Abraços a todos.

    Saguy

  • Edu,

    A luta do Anderson Silva em Las Vegas havia muitos dos chamados brasileiros defendidos por essa pseudo colonista da Falha de São Paulo. Qto custa o ingresso? Pelo que foi noticiado ingresso de mil dolares. Muitos cidadãos defendidos pela colonista viajaram exclusivamente para fazer compras e assistir a luta que foi frustrante.

    Parece que a COLONISTA nunca colocou os pés na Santa Efigênia e 25 de março. Lá muitos verdadeiros brasileiros conseguiram comprar suas lembranças de natal, só não sei se foram lenços de seda.

    Um dia seremos livres desse falsos patriotas da estirpe da colonista da falha de são paulo.

    Feliz ano novo EDU.

    Jurubebadigital
    (Belém/Pará)

  • Interessante essa senhora e o seu preconceito. Às vezes, o subconsciente trai esse pessoal ao se aflorar e desnudar as suas discriminações. Quando ela fala da mesa à direita, cita os “paulistas”, mais além, cita as “moças mineiras”… Até aí tudo bem. Já à esquerda, ela diz que estão os “nordestinos”. É como se o nordeste todo fosse um único estado da federação. É o famoso epíteto de “paraíba” ou “baiano” para denominar todos esses irmãos brasileiros, que aqui no sudeste, infelizmente a maioria usa. Já adianto que sou mineiro e não estou portanto falando em causa própria, mas considero um absurdo esse tipo de descriminação. São as diferenças que fizeram e vão fazer o Brasil um País melhor para se viver, inclusive a tolerância com as nossas diferenças.

  • Eduardo, fineza substituir o post anterior por este (fiz algumas correções)

    Interessante essa senhora e o seu preconceito. Às vezes, o subconsciente trai esse pessoal ao se aflorar e desnudar as suas discriminações. Quando ela fala da mesa à direita, cita os “paulistas”, mais além, cita as “moças mineiras”… Até aí tudo bem. Já à esquerda, ela diz que estão os “nordestinos”. É como se o nordeste todo fosse um único estado da federação. É o famoso epíteto de “paraíba” ou “baiano” para denominar todos esses irmãos brasileiros, que aqui no sudeste, infelizmente a maioria usa. Já adianto que sou mineiro e não estou portanto falando em causa própria, mas considero um absurdo esse tipo de discriminação. São as diferenças que fizeram e vão fazer cada vez mais o Brasil ser um País melhor para se viver, inclusive sendo a tolerância com as nossas diferenças, um fator vital para a boa convivência do povo brasileiro e para a unidade nacional.

  • O meu termômetro de aferição do governo Lula-Dilma é a “elite”. Se a “elite” elogiar,sou contra. se a “elite” detonar,o governo está certo,governando Para Todos,mas priorizando os que mais precisam.
    Pelo menos prá isso a “elite’ presta. rsrs

  • “Sob o pretexto das festas de fim de ano, a presidente volta à TV para fazer autoelogio e campanha eleitoral. Lamentavelmente, a oposição não pode pedir direito de resposta.

    Nenhuma palavra sobre as famílias vítimas das chuvas e as obras prometidas e não realizadas. Nenhuma menção à situação das empresas públicas, à inflação acima do centro da meta, ao pífio crescimento da economia. Nenhuma menção à situação das estradas, à crise da segurança e à epidemia do crack que estraçalha vidas.

    Apenas como exemplo, na ilha da fantasia a que a presidente nos levou mais uma vez, a qualidade do ensino tem melhorado e a criação de creches é comemorada.

    Enquanto isso, no Brasil real, os resultados dos testes internacionais demonstram o contrário: o analfabetismo parou de cair e, das 6 mil creches prometidas por ela em 2010, apenas 120 haviam sido entregues até outubro.

    Essa nova e abusiva convocação de rede de rádio e televisão é mais uma demonstração da falta de limites de um governo que acredita que a propaganda e o ilusionismo podem demonstrar força, enquanto, na verdade, só acentuam a sua fraqueza.”

      • E antes que me venha com aquela conversinha de ‘argumento pobre’ etc, este papinho de “nova e abusiva convocação de rede de rádio e televisão” não é nova, nem abusiva e nem coisa alguma, a não ser uma atitude natural da mandatária do país, que não só pode como deve utilizar as concessões públicas para explicar e mostrar ao povo o que estas mesmas concessões não explicam ou mostram.
        Isso aí é dor de cotovelo do mauricinho chupador de canudinho do Leblon*, já que a rádio dele deixa de faturar por dez minutos quando a presidenta fala….

        *estou sendo bonzinho… com o Collor já falavam em supositório…

  • Na jugular, Edu.
    Como essa galera do PIG e teleguiados sofrem, como é pesada sua carga: Não deve ser fácil carregar tanto rancor, inveja e ódio no coração, principalmente sabendo que vamos reeleger Dilma em 2014.
    Feliz Ano Novo para todos.

  • SR. EDU!!!
    Deixando de lado essa ;lili mala bugiganga” Parabéns por mais um presente” a Stela” , hoje és vovô , amanhã bizavô, e depois tataravô!!!! SRSRSR
    UM 2014 CHEIO DE ESTRELAS….CHEIO DE PAZ E VITÓRIAS AO SENHOR, FAMILIA E CERTAMENTE A TODOS AMIGOS DESTE BLOG !!!!!!!!!!

  • O problema não é o aumento em si.
    É que a tal “bulgara escarlate” (lol não conhecia essa) e seus petistas e amigos preferem aumentar impostos ao inves de olhar pro proprio umbigo e parar de jogar grana fora com ministerios de araque e cargos comissionados, isso sem falar na corrupção.

    Gastos com bugingangas são bons….Para as lojas… Ora Eduardo vc mesmo celebrou a gastação do comércio de natal. Ou não? E cada um gasta com o que quiser nao me importa a vida pessoal de ninguem.
    Se quem pode prefere comprar em Miami, fazer o que? É mais barato. MUITO mais barato.
    E não falo de relógios de 10 mil dólares. Falo de camisetinhas infantis de 40 reais que vc leva por menos de 5 reais.
    Facilite-se a vida do nosso comércio parando de sangrá-lo como vampiros.
    Um exemplo é o tal videogame playstation. Pra variar o nosso é o mais caro do mundo.aaaahhhh mais é superfluo… Ok mas e as lojas e toda a cadeia envolvida??
    Continuarei comprando tudo que puder no exterior. Agora comprarei dolar em especie.
    E parem a hipocrisia. Parem de usar software pirata e baixar torrents. E aos governistas, parem de usar avioes da FAB, comer caviar no aviao, de se hospedar em hotel de luxo e de levar comitivasnridiculas para, por exemplo, visitar o papa.

    E sobre o pronunciamento marquetologico de ontem, li esse texto do constantino, que merece aalgumas criticas mas tem pontos interessantes:
    http://veja.abril.com.br/blog/rodrigo-constantino/democracia/a-guerra-psicologica-do-governo/

    Abs

    • O que dizer de um comentário destes? Que você peça para governo diminuir os gastos digamos “superfluos” (engraçado que o mesmo não vale para a taxação do PS4) como excesso de ministérios (isto ainda tem que ser posto em discussão…), ok, desde que não venha aqui pedir que corte no social. Agora, reclamar de um aumento que vai doer no bolso daqueles que podem pagar, é de chorar. Vamos parar com esta lenga-lenga. Quem pode pagar imposto, tem que faze-lo. Sempre defendi, a vida toda, o imposto sobre as grandes fortunas….defendo o IPTU diferenciado proposto por Haddad. Também defendo que quem tem grana para viajar para o exterior todo ano pague sim uns 6% a mais por isso nas suas compras. Qual o problema? A Eliane ou você vão deixar de ir pra Miami por causa dos 6% que o governo está garfando? Claro que não. O problema de nossa elite é que ela quer tudo para ela…desconto no IR por causa do colégio particular do filho (pobre não sabe nem o que é isso); desconto no IR por causa do plano de saúde privado; estudar em universidade pública de graça (até pouco tempo atrás só a elite brasileira alcançava a universidade pública), bancado pelo imposto de todos nós. Eu quero mais é dividir e que vocês paguem pelo privilégio que possuem. Não reclamo de pagar imposto. Se eu estou pagando é porque eu tenho mais que outros que precisam…

      • Ricardo, não vou comentar mais nada, disseste o básico, eles não querem entender, eles querem mais e mais. Essa turma da colunista cheirosa retirou do orçamento 40 bilhões e entregou para banqueiros, industriais e grandes comerciantes. Muitos não tem ideia a maldade que fizeram para os pobres suprimiram da saúde 240 bilhões em seis anos.

        • Claro. Por sorte posso fazê-lo. Alguns planos sao ruins, mas apenas raros são piores que o Sus.
          E vocês? Bom o Lula se trata no sirio, sem falar nos outros grão petistas, como Genoíno. Será que eles deduziram do IR?
          E a filharada do lula genoino, estudou em escola publica??? Duvido.

        • Pago…porque estão ao meu alcance. Só não reclamo de ter que pagar imposto. Todo ano vou lá e acerto as contas com o Leão sem sonegar um centavo. Também não vou reclamar de ter que pagar 6% a mais se proventura for viajar para o exterior. É um privilégio poder fazer todas estas coisas. O mínimo que tenho que fazer é pagar meu imposto direitinho, sem reclamar.

      • Sem contar que quem prefere Miami pode ser a “elite” financeira (aquela de maior renda, apenas) porque elite mesmo tem um gosto mais apurado. Mudando de assunto, já viram a “homenagem” musical do Professor Hariovaldo? Feliz 2014 a todos.

      • Nossa gente. Calma.
        1) realmente temos o nosso “lucro brasil”. As montadoras wue o digam. E elas aonda ganham reduções de IPI do governo. Vai entender.
        2) o governo sim torra grana no que nao deve. E falo de governo. O PT inclusive. Ora vao dizer que ter essa penca de ministerios inuteis com fracassados à frente é legítimo??? E o edital para compra de milhares de bom bons sonho de valsa?? Só pra exemplificar. E a comitiva de puxa sacos que viajou com Dylma para Roma?
        3) quantos cargos comissionados? Só no primeiro ano 15 mil nomeações. Aparelhamento do estado?? Nada imagina…
        4) miami dá de 1000 em qualquer pseudocidade brasileira. Rio então, dá dó. Se falar em Boston então vishhhh
        5) corrupção?? Não. Valdomiro diniz, valério, etc???
        6) legal o internauta assumir que faz download ilegal. É o que eu digo.
        7) o problema não os 6%. É o “governo” não administrar nada. Faz nas coxas e depois rouba mais grana do cidadão para tapar o buraco. Ou não é???

        • O José Genoíno mora numa casa de classe média baixa em São Paulo.
          Cadê o dinheiro que ele roubou para você chamá-lo covardemente de corrupto?
          Vocês, de uma só penada só, surrupiaram 40 bilhões da saúde da classe pobre brasileira.

          • E o que tem a ver a aparência de uma casa com as condições financeiras de pessoas que agem nos subterrâneos das finanças?

          • Nao precisa enriquecer para ser corrupto. Sacar dinheiro ilegal do valerio para pagar contas da campanja do Lula, e fazer remessas ilegais para o exterior para pagar o duda mendonça são sim atos de corrupção.
            Faço uma ressalva: de todo o bando o Genoíno ao menos agiu avhando que fazia algo bom. Já o delúbio e o Dirceu, duvido.

        • Nigro, uma perguntinha: quando vai às compras em Miami você procura a alfândega voluntariamente para declarar suas bugigangas e pagar 50% de imposto de importação ou faz como 99,9 dos sacrificados que viajam para lá e sonegam imposto quando voltam?

          • Não estouro a cota. Viajo muito não sou sacoleiro. 500 dolares por cabeça dá pra fazer a festa. Se for com a familia são 2000 dolares.
            A rf não pega essas bobeiras . Eles querem coisas graúdas.

        • Menino Nigro, uma pergunta para você gastar um pouco de seus ticos e tecos: porque a Coca-Cola custa mais caro que o Guaraná? 1…..2……3……4……5…… Pensou? Tá eu espero. 6….7….8…. Não por favor nada de nacionalismos! Não é disso que estou falando.

          Melhor melhor mesmo que você tenha pensado em impostos que são iguais pra ambos. Custos de mão de obra, equipamentos instalações e etc.. também é tudo idêntico. Por que um é mais caro que o outro?

          Royalties.

          Royalties são aquela parcela que as matrizes das grandes multinacionais beliscam da venda de seus produtos mundo afora e que vai para o bolso de duas dúzias de acionistas também multinacionais e que não estão nem um pouco preocupados se você está gostando do preço ou não. Estão se lixando pras populações dos países onde estão instalados. Querem mais é que tudo se exploda. E se não der certo no pais A mudam pro pais B.

          E no caso dos refrigerantes em questão vamos combinar que o marketing norte-americano é muito mais “eficiente” que o brasileiro e vai daí que você como outros milhares de brasileiros prefiram a Coca-cola mesmo custando mais caro e quando tomam um copo da dita cuja em Miami acreditam piamente que o grande mal do Brasil são os impostos ( para criarem ministérios a mais….. me responda rápido: qual a quantidade correta de ministérios em um pais?) impostos que ao fim e ao cabo são usados pro seu país funcionar e não os royalties que financiam as mansões nababescas nas quais você jamais porá seus pés.

          Repare que eu não estou aqui defendendo partido nenhum. Estou apenas refletindo sobre o meu pais e o comportamento dos meus conterrâneos. Cheirosos ou não.

          Grandes abraços

          • Concordo. Mas somos livres para tomar o que quiser. O posicionamento das marcas depende de diversos fatores, o marketing sendo um dos principais. Ora se a galera topa pagar caro, pra que baixar o preço? Se você fosse o nono da coca cola, baixaria o preço???
            Se você procurar um vinho argentino aqui na importadora e comparar com o Varejo americano, verá uma diferençade até 30%!!
            Imposto menor, burocracia menor, competição maior, preço menor! Aqui no Brasil vinhos lixo custam mais de 50 reais!!

          • Por favor, defina “vinho lixo”, enólogo de araque.
            Compro malbecs excelentes por 23 reais; compro tempranillos bons pelo mesmo preço e compro tannats uruguaios que são muito , muito bons.
            Compro vinhos franceses do Languedoc-Roussillon e Côtes-du-Rhone e alguns Chenin Blanc sul africanos por 50 reais pouco mais ou menos.
            São excelentes vinhos a baixo custo.
            Deixa de falar bobagens e vá aprender mais sobre o assunto.
            Só não serviria para seu gosto apurado (sic!) caso fosse um daqueles idiotas que gostam de discutir sobre as diferenças entre o terroir e o einzellage.
            Deixa de ser ridículo, moleque.

          • Ai scan. Não se exalte. Cruzes.
            Eu não disse que sou enólogo. Mas modéstia à parte, entendo um pouco do assunto como você. E como vc, sei que “gosto não se discute” não é mesmo?
            Sim é possivel comprar vinhos bons a preços módicos. E não adianta listar as uvas ou as regiões. Mesmo em regiões afamadas há vinhos medíocres, e vice-versa.
            Mas os GRANDES vinhos, ah esses são como Ferraris. Não são pro nosso bico, salvo ocasiões especiais.
            Voltando aos seus malbecs e franceses de 30-50 paus, nos eua vc paga, não raro, menos de 7 dolares. Sim, este é valor dos vinhos. Um valor que os torna acessíveis a todos.
            Agora pagar o DOBRO ou o TRIPLO pelo MESMO vinho, produzido aqui ao lado, na argentina, contantontoda a milhagem de transporte é estranho não?
            Gosto não se discute. Tenho direito de achar os vinhos que julgar ruins, UM LIXO, como você tem também. Então não precisa ofender, cuidado com a pressão Scan.
            No mesmo tema, recentemente tivemos um movimento da indústria vinícola nacional pedindo SALVAGUARDA ao governo… Pode? Por sorte a reação sa sociedade os fez calar a boca, pondo-lhes goela abaixo seus péssimos vinhos. Há bons vinhos nacionais, destaco o angheben e o dom laurindo. Mas no geral são LIXO. O que vc acha?
            Claronque há o aspecto do lucro brasil, mas os impostos pesam muito. Basta ver o tamanho da sessão de bebidas e tabaco no free shop e o comércio ilegal de cigarros BRASILEIROS vindos do Paraguai…
            Pra fnalizar, usei o vinho como exemplo mas o mesmo vale para qualquer mercadoria que entra no nosso atrasado país.

            Abs

    • Pegue o custo de produção mais os impostos e verás que o Playstation fica muito abaixo do que é de fato e longe de ser o mais caro do mundo. Por que é o mais caro então? Por que as pessoas compram.

      Todos sabem que o problema não é o “custo Brasil”, mas sim o “LUCRO BRASIL”. Os fabricantes de eletrônicos e diversos outros produtos cobram no Brasil preços muito acima do cobrado em outros países porque vendem do mesmo jeito que se cobrasse o preço certo. E se cobrarem os preços escorchantes daqui em outros países eles não vendem.

      Isso não tem nada a ver com o governo.

      Por mim você vai para o exterior e não volta. Um sijeito que posta uma referência para um texto do ridículo do Constantino não fará a menor falta por aqui.

      Faça do Brasil um lugar melhor, vá para o exterior e não volte.

    • Olha só o Tea Party brasileiro (o chá aqui é de boldo)…falando em hipocrisia o moralista se manifesta.

      Falando de corrupção como se não fosse um crime de 4 mãos, afinal só o governista fica na mira, o civil corrupto fala que só pode “trabalhar” se entrar na dança, que está sendo “obrigado” a isso.

      Mal concluiu algo sobre o tema e o problema virou os ministérios? Já que é assim melhor acabar com todos eles. Afinal qual é de “araque” e qual é “bom”?

      Quem decide isso? O Nigro (não é negro)? O PIG? E precisamos falar da sonegação de impostos que no Brasil o segundo maior do mundo e pior das américas, 317 grandes empresas no Brasil estão devendo esses impostos.

      No caso do golpe fiscal tucano do IPTU e ISS tava de conluio com grandes incorporadoras e construtoras. No caso do Trensalão, o propinoduto tucano, as empresas foi quem denunciaram o cartel elaborado junto com os governistas (de são paulo). E a Globo sonegando mais de 300 milhões de reais? Dívidas de clubes esportivos?

      O exemplo do garoto é o videogame playsation. Vai comprar em Dólar, ah que pena, vamos sentir falta dos seus dólares. Desde que eu era pequeno o playstation é caro no brasil nunca vi um vendido no brasil a não ser importado o que por ser importado fica mais caro. Relógio de 10 mil em Miami? Na Black Friday né?

      Porque não é feito na zona franca de Manaus? Ajuda o comércio e a indústria. Porque a Sony não quer ? Não fazem outros aparelhos lá? Estranho né? É feito na china?

      E depois de todo o trololó com o preço das coisas supérfluas ainda nos pede pra comprar programas (supérfluos) que não sejam piratas.

      Cara é supérfluo não se importe…

      Continuarei baixando tudo que puder no exterior (piratebay). E venderei à reais em espécie.

      Búlgara Escarlate (superheroína) embora seja gaúcha e mineira de coração. E brasileira na sensibilidade e plenitude.

      Nigro (não é negro) ? É italiano né? Americano?Afrikâner?

    • Constantino antologico: “Dilma enaltece uma das menores taxas de desemprego do mundo, mas nada fala sobre a quantidade enorme e crescente de pessoas que dependem de esmolas estatais para viver. Como pode? Em pleno-emprego mas tendo de gastar cada vez mais com… desempregados?”

      • Tá ruim pra você? então meu caro, a porta de saída é a serventia da casa, pode ter certeza que NÓS POVO BRASILEIRO agradeceremos, pois para nós está BBBBBBBOOOOOOOOOOOOOOOMMMMMMMMMM DILMAIS! E VIVA PT!

      • Se a vida é tão boa para os beneficiários do Bolsa-Família, por que você não larga seus afazeres e se junta a eles? Vou repetir aqui o que escrevi acima…aposto o quanto você quiser que você, ao final de cada ano, recebe muito mais, como você chamou…esmolas, do governo do que qualquer beneficiário do Bolsa Família. Deixe de ser hipócrita ou, ao final do ano, deixe de pedir seu desconto no IR pelos dependentes que tem, ou pelos gastos com saúde e educação privados. Afinal, estas também não seriam esmolas? A já sei…você quer tudo só prá você. O resto que se dane. Típico, não!!!

        • O que? Ainda tenho que ajudar o governo com MEU $$$$$ ?
          Pago BASTANTE IMPOSTO. Além dos impostos direitos, temos os impostos embutidos, até em remédio.
          Ah, e a CPMF? Pobrezinhos, foram surrupiados. Intressante que Lulla ficou com a grana por 5 anos e nada fez de significativo. Intressante também que no ano seguinte à queda da CPMF a arrecadação global do governo….AUMENTOU!!!
          A arrecadação governamental é show no Brasil…. Já os serviços…
          Enquanto todas as esperanças do país estiverem com o governo….

          Veja-se a Dilma:
          -Guerrilheira de araque
          – Nem mestrado conseguiu qualificar
          – lojinha falida de 1,99
          e…..

          VIROU PRESIDENTE DA REPUBLICA, INDICADA POR LULA……

      • Nadia,

        Não me considero replay.minha tese é simples: o PT é corrupto e incompetente como os antecessores.
        Dolar na cueca, waldomiro diniz, remessa ilegal de dolares para pagar duda mendonça no exterior, isso sem falar no mensalão que o PT insiste em negar.

        • E replay por replay, o que dizer da turma que repete os mantras e jargoes bregas: julgamento midiático, preso político, PIG, bla blarina….
          Olhem para o umbivo do Pt e verão que está imundo.
          Vc não acha ?
          Bjs

          • Waldomiro Diniz nunca foi parceiro de José Dirceu. Waldomiro foi indicação do PTB de Roberto Jeferson para a assessoria do Ministro Chefe da Casa Civil do Governo Lula. José Dirceu não tinha como saber da desonestidade de um indicado.

            Fazer mal juízo de José Dirceu apenas porque ele tinha entre seus assessores um sujeito que era indicação de outro partido da base aliada é o mesmo que fazer mal juízo de Dilma por alguns de seus Ministros terem sido exonerados por conduta imprópria, sem nos esquecermos que o indicado do PTB, o Waldomiro, foi pego recebendo propina em outra situação e em outro governo.

            Você é um tremendo picareta, vagabundo e mau-caráter, Nigro, mas tá no lugar errado porque aqui não engana a ninguém.

        • Nigro…

          Todos esses escândalos que você citou já passam de dez anos e com os seguintes atenuante para o PT:

          Os dólares na cueca de um assessor de José Nobre, irmão de José Genoíno, nada tinha a ver com o PT, e tanto que o caso foi arquivado.

          Waldomiro Diniz era um servidor de terceiro escalão que em 2002 foi pego recebendo propina. Detalhe importante: em 2002 o PT ainda nem era governo.

          Se a remessa para Duda Mendonça no exterior foi ilegal, então porque o marqueteiro foi inocentado?

          Quanto ao mensalão nem é preciso falar nada porque é um descalabro total da justiça.

          sua retórica é tosca, Nigro, aliás, tal qual você e sua corja reacionária. Não é a toa que são oposição e, ainda permanecerão assim, por um longo, longo, muuuuito longo tempo.

          • Bom ter sido inocentado, no Brasil…. Quer dizer pouco. E waldomiro que coisa era parceiro do JD….
            O PT é corrupto como todos os demais partidos.

          • Waldomiro Diniz nunca foi parceiro de José Dirceu. Waldomiro foi indicação do PTB de Roberto Jeferson para a assessoria do Ministro Chefe da Casa Civil do Governo Lula. José Dirceu não tinha como saber da desonestidade de um indicado.

            Fazer mal juízo de José Dirceu apenas porque ele tinha entre seus assessores um sujeito que era indicação de outro partido da base aliada é o mesmo que fazer mal juízo de Dilma por alguns de seus Ministros terem sido exonerados por conduta imprópria, sem nos esquecermos que o indicado do PTB, o Waldomiro, foi pego recebendo propina em outra situação e em outro governo.

            Você é um tremendo safado, Nigro, além de ser vagabundo e mau-caráter, mas tá no lugar errado porque aqui não engana a ninguém.

            PS. Desculpem a repetição do comentário, mas o primeiro havia saído no lugar errado.

          • Concordo que o Pt vai ficar por muito tempo. Fazer o que? É que nem ser favelado- vc se acostima mas não gosta.
            Alem do mensalao- que a tchurma insiste em negar- houve varios episodios. Não são exclusividades petistas entretanto.
            E o M Valerio??? É inocente também??? Defendam este pobre injustiçado.
            O problema é a mania de não olhar pro proprio umbigo, ser invejoso e colocar a culpa dos seus fracassos nos outros.
            Olha o Lula… Esse cara eu admiro. Foi operario por 10 anos apenas. Desde entao é político profissional. Juntou patrimonio, ganha uma p &$$$$$$$ só pra falar (mesmo que besteiras). Eu o invejo!
            Não sou tucano. Aliás, NUNCA votei em ninguem!!!! Sempre nulo. Escolher entre lixo e porcaria eu deixo para vcs.
            Nao defendo corrupto. Não sou partidário de ninguém exceto de mim mesmo… Não me afeta saber que os mensaleiros foram presos. Espero que em breve os trensaleiros os acompanhem.
            Quem sabe eu consiga mesmo ir morar em Miami? Deixo uns imoveis alugados aqui pelo olho da cara e vi o disso que tal???

            Beijos fraternos

    • Quando você diz que vai continuar comprando tudo o que puder no exterior,significa que você e todos os que gastam desenfreadamente no exterior,não estão nem aí para o desequilíbrio que essa gastança pode provocar nas contas públicas,então o governo tem a obrigação de diminuir esse impacto,onerando mais quem se propõe a isso.

      • Claro. Como adeptonde Adam Smith, movivento a mão invisível. Bom, se o governo reduzisse seus desperdícios, e por conseguinte os impostos, e o comerciante brasileiro fosse submetido à uma competição mais acentuada, inclusive pelos produtos importados, teríamosnim cenário de negócios mais favorável.

      • Perda de tempo discutir com o sr.Nigro. A mentalidade coxinha classe média udenista é samba de uma nota só. O problema do Brasil é imposto, como se fosse o unico a cobrar. É corrupção, com se fosse o unico a ter.
        Vale a pena debater com o pessoal da direita que insiste que a intervenção do estado trava o crescimento economico. Isso deveria estar enterrado com a crise de 2008. Mas não, está mais vivo que nunca.
        E no Brasil, com uma economia altamente oligopolizada, o grande capital tem o poder de chantagear o governo, jogando com o emprego da população.

  • Caríssimo Eduardo,

    Alvíssaras! Mais um adepto da Búlgara Vermelha que retorna ao aprisco dos homens de Benz! Aleluia! Li emocionada o seu arrazoado; você faz um diagnóstico correto das nossas desgraças: depois que o comuna Barbudo assumiu o poder, nunca mais tivemos sossego. Pra você ver o tamanho de nosso sofrimento ao presenciarmos a pobraiada comendo 03 vezes ao dia, comprando casa própria, carro 1.0…até andar de avião, o lumpesinato está andando…Ah, assim não pode, assim não dá! E depois, comer demais fará essa gentalha engordar ao extremo e depois superlotar os consultórios de nossos bravos médicos varonis, querendo uma cirurgia bariátrica…Fiquei deveras feliz, menino Eduardo, ao saber que você (que tem berço nobre, pois oriundo de legítima cepa de famíglia quatrocentana) largou mão dessas aventuras rubro-subversiventas e caiu de volta no seio da realeza paulistana. Próximo compromisso do menino: assistir, por cinquenta pratas, palestra inolvidável do nosso guru-Mór, Dom Fernando H., vulgo Boca de Sovac.., digo, Boca de Sacol…, digo, Farol de Alexandria I, o que ilumina nossas mentes singulares!

    Um ósculo piedoso da Baronesa.

    *Post Scriptum: Para evitar recidivas vermelhentas, sugiro ao menino submeter-se, candidamente, aos Santos Flagelos de Santo António Estigarríbia do Pescoço Pelado…e depois, ajoelhar-se, piamente, sobre trinta tampinhas de Crush, viradas para cima, obviamente!

  • Olha… Vocês vão desculpar, mas madame Cantanhede está correta quando diz que o custo de vida em Miami é menor que no Brasil. À boca pequena fiquei sabendo que um AP em Miami pode sair até pela bagatela de dez dólares.

  • Gostei do seu texto. Acrescentaria às dondocas a bela figura de Maitê Proença, aquela que é contra o Bolsa-Família mas recebe uma pensão por ser filha “solteira” de pai ex-procurador de estado.

    Contudo, as coisas estão muito caras mesmo. Eu nunca pus os pés fora do Brasil, embora não seja pobre. Sou classe média desde que nasci e graças a deus assim permaneci quando fui embora da casa dos meus pais. Não tenho maiores conhecimentos sobre economia para saber o que ocorre, mas parece que o ingresso de novos consumidores inflacionou o mercado: há pouca oferta de bens e serviços, a qual não dá conta da demanda. Resultado: uma certa carestia. E da carestia veio o seguinte: como está difícil arcar com gastos de plano de saúde, escola, supermercado básico, e o supérfluo nosso de cada dia, claro, começa-se a questionar a qualidade dos serviços públicos.

    A questão, a meu ver, nem é o apelo dessas senhoras com padrão de beleza escandinavo, quase, que é por demais exagerado. O negócio é que a reclamação começa a respingar sobre setores que foram inclusive beneficiados por políticas do governo atual. Sim, há pessoas em cidades interioranas aqui do nordeste, que frequentam universidade pública pelo fato de o governo a ter expandido até o sertão, que reclamam em bases similares às das senhoras de padrão de beleza quase escandinavo.

    Há que se lembrar também o seguinte: o padrão de letramento do cidadão médio, qual é? Revista VEJA/JORNAL NACIONAL ou CARTA CAPITAL/Internet? Ano que vem, surgirá um bombardeio em torno da comparação padrão Fifa dos estádios de futebol da Copa versus extrema falta de qualidade dos serviços públicos. O problema não são as senhoras de faces semi-escandinavas, inofensivas, mas sim o bombardeio do ano que vem. Mensalão já era: a nova “blitzkrieg” é a Copa. Capa da VEJA desta semana: “UMA COPA, DOIS PAÍSES. OS DESAFIOS PARA O BRASIL EM 2014, DENTRO E FORA DOS GRAMADOS”. A batalha só está começando!

    • Basta ver a “reporcagem” do UOL sobre pretensos escândalos da Copa, hoje, logo na primeira página. Mente com tal desfaçatez que nem aceita mais comentários contestando as mentiras, apesar de manter a “reporcagem” no ar. O pior é que há gente que deve acreditar piamente. Ou fazer questão de propagar, mesmo sem acreditar. Pela resposta predominante sobre a situação atual do Brasil, na enquete entre os frequentadores do site, fica explícita a “miopia” da maioria.

  • “fazer a renda média do trabalhador bater recordes sucessivos de crescimento”…. Me pergunto aonde ocorreu isso?!! No Brasil de Lula e Dilma no qual o aumento do salário mínimo é de míseros 6,78 %, mal cobrindo os
    custos da inflação??!! Acho que não…. A política do salário mínimo dos governos do PT são uma das maiores vergonhas para um governo dito de esquerda.

    • Como é corrigido o salário mínimo no Brasil.

      O salário mínimo do trabalhador brasileiro será reajustado com base na Lei n° 12.382, de 25 de fevereiro de 2011, até 2015.

      A legislação trata, entre outros pontos, da política de valorização a longo prazo do valor mensal mínimo recebido. Pela regra, a cada ano, o aumento do salário mínimo corresponderá à variação do Produto Interno Bruto (PIB) do ano retrasado mais a inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

      Mas se você ainda não conseguiu entender, Fabrizio, eu posso lhe fazer um croqui.

      • Isso é o reajuste mínimo que o governo se obriga a dar. Não quer dizer que o governo federal deva se
        restringir a essa porcentagem mínima de aumento. Isso é óbvio. Porém, para alguns, é quase obrigação
        defender o governo em quaisquer circunstâncias, mesmo com esse aumento ridículo do salário mínimo.

        • No governo do cínico sociólogo, fhc(minúsculo) nem a inflação era repassada, o Salário Mínimo era ditado pelo FMI.
          Pensando bem, o fhc não governou o Brasil, apenas o arrendou ao FMI e aos Yankes.

          • Pô, assim fica difícil…. Eu comento que algo está errado, que tal medida é ridícula, que o governo tem feito
            pouco, aí vem alguém para defender e diz: “mas no governo FHC era pior”.

            O governo FHC acabou faz doze anos…. O brasileiro quer saber daqui para frente, não ficar comparando o
            pouco com o medíocre. Não é possível que uma pessoa de esquerda se contente com esse salário
            mínimo risível que é pago no Brasil.

        • O PT está no governo há 12 anos
          Porque você, em vez de se ater SOMENTE ao ano que passou, não faz uma média do aumento do salário mínimo nesse período dos governos Lula / Dilma.
          Não seria muito mais honesto?

        • Fabrizio, vou te uma chance de mostrar sua inteligência: por que o governo federal não pode, RE-PI-TO, NÃO PODE REAJUSTAR o salário mínimo como ele deveria?
          Não vale dizer “Ah! por que ele é mau, um péssimo administrador”… e coisas mais do que batida, todos já conhecem essas mentiras!

          • O governo federal acaba perpetuando o salario minimo “inconstitucional” por assim dizer, simplesmente porque não é possivel estabelecer o salario ideal para cobrir tudo o que a constituicao coloca…

            IV – salário mínimo, fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, sendo vedada sua vinculação para qualquer fim;

            Como sempre nossa constituição cria obrigações e direitos, mas não em como viabilizá-los. Aí ficamos nesse triste faz-de-conta.

    • Engraçado mesmo é ver sites de aposentados (que ganham acima do mínimo) exigindo que seus vencimentos sejam reajustados de acordo com esse índice “mínimo” 🙂

    • Contra fatos não há argumentos…já ouviu falar!!!

      Aumento da renda do trabalhador = 124,9%
      Inflação acumulada = 78,2%
      Período = jan/2003 a jul/2013
      Fonte: IPCA/IBGE e PME/IBGE

      Talvez se deixasse de ler só o Globo, Veja e assemelhados, consigas ver a realidade. Não é à toa que Lula e Dilma alcançam os níveis de popularidade que ostentam…é tão somente a REALIDADE.

      • A popularidade de Dilma é construída sobre um castelo de cartas. Pode ruir a qualquer sopro de vento mais
        leve…. Ficou provado através das manifestações das Jornadas de Junho. É muito marketing, muito fala-fala,
        muita sugesta, mas pouco benefício real para os brasileiros. Só sabem ficar comparando com o tenebroso
        governo FHC.

    • Então você tem saudades na era FHC? quando o salário mínimo mal dava para comprar cesta básica, eu NUNCA ESQUECEREI ISSO, pois, minha mãe é aposentada por invalidez, ganha o salário mínimo, antes do Lula, eu a ajudava, porque o salário dela só dava para fazer a compra do mês, APENAS O BÁSICO, não sobrava para as outras despesas. Hoje, não preciso mais ajudá-la, com o salário mínimo, ela faz BOA compra no mês, paga todas as despesas, e hoje TEM MÓVEIS NOVO, e a casa está reformada e tem até um carrinho na garagem; ENTÃO MEU CARO DEIXE DE SER HIPÓCRITA.

  • Moro em um prédio bastante simples, nos confins de Recife, próximo à Universidade Federal de Pernambuco. Sabe quanto custa um apartamento aqui, neste prédio em que estou, com uma vaga na garagem e menos de 70 m² de área? Quase R$200.000,00. O antigo proprietário comprou, há 5 anos, este apartamento por R$ 50.000,00.

    É difícil explicar para um jovem recém saído da faculdade que as coisas andam bem no Brasil quando ele tem poucas perspectivas de comprar um apartamento na sua cidade. O padrão de vida antigo, de uns 15 anos atrás, não era esse. Já ouvi dizer que em Europa/EUA ter um imóvel não é coisa para o bico de qualquer um. Tudo bem. Mas também tenho notícias sobre imóveis de extrema qualidade muito bem localizados em boas cidades e bairros de Europa/EUA bem mais em conta do que imóveis singelos aqui no Brasil, em cidades como Rio de Janeiro e São Paulo.

    A classe média tradicional, ao reclamar, tem lá seu quinhão de razão. Tanto que li, neste fim de semana, que Dilma planeja adequar o Minha Casa, Minha Vida a esse segmento social, a fim de aumentar a presença do programa em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro – onde os preços dos imóveis realmente botam para quebrar. Gosto de brincadeirinhas com relação a Eliane Catanhede e lamento que não se tenha falado da Maitê Proença. Ninguém dever ser imune a críticas, nem mesmo as duas senhoras semi-escandinavas. Mas, brincadeiras, à parte, existem problemas. Existem problemas. As brincadeiras não os varrerão para baixo do tapete – conforme bem sabe o governo, que não tergiversa, age.

    • Feliz de quem pode almejar a compra de um imóvel, porque na época de FHC o sonho da casa própria era apenas miragem. Vivíamos pagando aluguéis escorchantes, mudando a cada 1 ou 2 anos, sem jamais pensar em adquirir um imóvel, porque simplesmente não existia a mínima chance. O Sistema Financeiro da Habitação era um engodo.

      Quem acha que hoje está ruim, saiba que pode piorar muito com uma administração tucana, que no passado só beneficiou ricos empresários, banqueiros e latifundiários.

      Claro que devemos sempre buscar melhoras, o governo Dilma pode melhorar muito, mas não existe, no cenário brasileiro, outro partido com projetos e propostas reais, que contemplem a grande maioria da população, senão o Partido dos Trabalhadores.

    • Se você for na Europa (Espanha e Portugal, por exemplo), vai ver preços de imóveis muito baratos. Sabe porquê? Chama-se crise, meu amigo. A crise barateia tudo. Menos o custo de vida de quem está desempregado…

      • Eu também vivi as duas épocas.
        Eu comprei a minha casa que moro até hoje em 1997, ou seja a 16 anos atrás por uns 100 mil reais.
        Consegui dar entrada com minhas economias da poupança de uma vida inteira e financiar uma pequena parte faltante.
        Hoje esse mesmo imóvel que moro não dá pra comprar por menos de 500 mil. Isso mesmo 500 mil.
        Se fosse hoje que eu fosse comprar o imóvel jamais conseguiria. Teria que abrir mão de uma casa de 3 dormitórios e ficar com uma de 2 numa região mais periférica.
        Não há como negar que o PT fez um bom governo. Reduziu o desemprego e estabilizou a economia. Mas no Quesito “Inflação” dos imóveis a coisa foi um desastre. Colocaram grana no mercado para financiamento mas não investiram em qualificação de mão de obra para construção civil e não fizeram nada pra freiar a especulação imobiliária.

        • Hoje está muito mais fácil conseguir financiamento e com juros bem menores. Também tem muito mais oferta de imóveis.

          A valorização dos imóveis é um fato que ocorre não por erro do governo, como você tenta fazer parecer, mas como uma consequência do aumento de poder aquisitivo de todas as classes sociais e da concentração urbana nos grandes centros.

          Realmente com o desemprego violento que havia em 1997 a demanda por imóveis estava bastante deprimida e os imóveis estavam com preços muito mais baixos. Mas também eram muito poucos os que podiam comprar o imóvel aproveitando os preços, pois a maioria não tinha dinheiro nem condições de financiamento.

          O problema da classe média tradicional é que eles pensam somente neles mesmos. Se o país estiver mal, o povo estiver mal, a pobreza aumentar, a fome atingir milhões, eles estão pouco se lixando. Somente vêem o mundo pelos seus interesses pessoais imediatos.

    • Existem problemas na área de habitação que afetam diretamente a parcela da população da classe média tradicional. Não estou dizendo que votarei em PSDB ou em PSB. Estou simplesmente batendo em uma tecla que é percebida por boa parte desse setor do eleitorado. Daí a tentativa do governo de implementar a terceira fase do “Minha casa, minha vida” a tempo da eleição do ano que vem. Se o problema não existisse, Dilma e equipe perderiam tempo com sua solução?

      Que a classe média tem lá seu dinheiro para viajar para o exterior e comprar, ótimo, ela tem. NÃO ERA ASSIM HÁ 15 ANOS, QUANDO VIAJAR PARA O EXTERIOR ERA PRIVILÉGIO DO CRÈME DE LA CRÈME DA CLASSE MÉDIA. Mas que a compra do primeiro imóvel virou um problema, mesmo para profissionais bem situados no mercado como médicos, engenheiros, advogados, bem situados no mercado, repito eu (ou seja, com dinheiro na carteira), isso é inegável. “Ah, o problema era pior há quinze anos”. Quem tinha que ganhar ou perder há quinze anos já ganhou ou perdeu. O Partido dos Trabalhadores concorrerá com promessas para 2015 em diante. A imprensa apagou o que ocorria há 15, 20 anos. Mas será mesmo que o segmento classe média tradicional tinha mais dificuldade na hora de comprar sua casa? Não estou falando do geral, estou falando do segmento classe média tradicional. Pequeno parêntese: meu pai é funcionário de banco estatal, da velha guarda. Raspou todas as economias da família em 1993 e adquiriu um imóvel em uma boa área da cidade de Fortaleza-CE, onde vive até hoje com minha mãe e uma de minhas irmãs. É uma casa enorme. Jamais ele conseguiria repetir o feito hoje em dia. A classe média tradicional tinha expectativa de ter um bom imóvel. Com um grande sacrifício, mas conseguiria. Hoje ela faz um sacrifício maior ainda para ter um imóvel absolutamente “meia boca”.

      Tudo melhorou no Brasil. Eu vivo comentando aqui sobre a fartura das compras de Natal – ontem eu vi novamente o supermercado cheio, com as pessoas comprando quitutes impensáveis há 15, 20 anos. Mas é inegável que há um grande ponto de insatisfação junto ao segmento mais jovem relacionado à habitação. Quem já comprou sua casa, beleza. Já comprou. O diabo é que existe um oceano de eleitores que não comprou ainda e não vê a compra num horizonte próximo. Mas está aí o governo prestes a fazer algo nesse sentido. Se a questão da habitação para a classe média-média fosse mamão com açúcar, o governo simplesmente não estaria perdendo tempo com ela, como está agora com a formulação da terceira fase do “Minha casa, minha vida”.

  • agora, sempre que pode ,o Dudu de Pernambuco dá um jeito de caluniar o nosso governo federal .ele não tem jeito, continua sem brilho moral e intelectual. desleal com os companheiros ,ele não reza pelos brasileiros ,só pelo seu próprio bolso.

  • (Antes de mais nada, perdão por compartilhar por aqui um link da editora ABRIL, mas é que achei o texto relevante.)

    Dilma vai ajudar classe média a comprar casa (http://abr.ai/1eR1oiB)

    A presidente Dilma Rousseff vai repaginar o programa Minha Casa Minha Vida, uma das apostas de sua campanha à reeleição. Ela planeja ampliar o valor máximo do imóvel financiado – que hoje está em R$ 190 mil – para beneficiar mais uma parcela da classe média.

    Na terceira fase do programa, a ser lançada neste ano eleitoral, a ideia é facilitar a compra da casa própria por jovens casais, principalmente em regiões metropolitanas.

    (…)

    Dilma procura uma forma de aumentar as faixas de renda dos beneficiários do Minha Casa Minha Vida – que atualmente vão de R$ 1,6 mil a R$ 5 mil – , reforçando a presença do plano de habitação em centros urbanos, como São Paulo, Rio e Belo Horizonte.

    (…)

    Além da terceira fase do Minha Casa Minha Vida estão no radar do governo o reforço do Mais Médicos e do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), pelo qual a presidente disse estar “fissurada”.

    A equipe de Dilma quer evitar que o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e o senador Aécio Neves (PSDB), seus prováveis adversários em 2014, capitalizem as insatisfações com os serviços públicos.

    Ao slogan da oposição, na linha do “fazer mais e bem feito”, ela reage dizendo que é preciso “seguir mudando”. “Nós fizemos uma política de transferência de renda, uma de valorização do salário mínimo, uma de aumento de emprego.

    E o que aconteceu? Criamos uma classe média nova, que hoje quer mais e melhor serviço. Isso ocorre em qualquer país do mundo”, afirmou Dilma em café com jornalistas, há onze dias.

      • Opinião, minha cara, é tal qual bumbum: todo mundo tem. A democracia funciona assim. Não preciso da sua autorização para ler ou deixar de ler o que eu bem entender. Já educação para reagir de forma civilizada em face de opiniões divergentes das do próprio umbigo… Isso são outros quinhentos. Não são todos que têm.

        Eu li muita coisa com que não concordo por aqui e não disse nada. Dei várias opiniões diferentes das da maioria, qual o problema? Ofendi qualquer comentarista de alguma maneira? NÃO. Ah, sou eleitor da Dilma, assim como fui do Lula em suas duas eleições presidenciais.

        Só que não sou funcionário do PT, militante “hardcore” ou coisa do gênero para concordar incondicionalmente com tudo e transformar por passe de mágica o Brasil em uma Terra Encantada em que tudo está muito bem. Fico feliz em notar no governo um estado de ânimo completamente diverso de gente como os fanáticos militantes – Bin Ladens com o número 13 pintado de vermelho na testa. Surge um problema pelo qual o governo é cobrado? O governo tem apresentado tentativas de ação, projetos etc. O que pessoas como os Bin Ladens com o 13 pintado na testa fazem? Lincham quem questiona a infalibilidade do governo – quando nem este se diz infalível. Cansa ver o quanto a adesão incondicional a um projeto político torna ditatorial o cérebro de tanta gente.

        Passe bem.

  • Deixemos a MUAMBEIRA Cheirosa de lado, ela não nos acrescenta em nada, é uma pobre coitada adotada pela elite burguesa do PIG.
    Quero desejar ao senhor Eduardo e família, aos companheiros aqui desse espaço democrático e acolhedor, UM FELIZ 2014 com muita saúde e muitas VITÓRIAS.

    um grande abraço

    Maria Amélia

  • Esses sacanas, estão explorando o Brasil até hoje, explorando o povo até hoje. Edu, você poderia traçar um paralelo da frase Mario Amato, presidente da Fiesp num pronunciamento de eventual eleição de Lula à Peresidência, declarou ele à nação: SE LULA FOR ELEITO 800.000 EMPRESÁRIOS DEIXARÃO O PAÍS. Pergunte à nação se foi cumprida a poimessão?

  • Mitos econômicos Brasileiros #1: “O Brasil tem a maior carga tributária do mundo”

    Mitos são assim: alguém cria, outros repetem e os demais acreditam e passam adiante. E quanto mais a narrativa é ouvida sem reflexão, mais o mito se torna incontestável e se torna verdade. Também em economia os mitos existem. Mas raramente resistem à frieza dos fatos duros. Assim, o Novas Cartas Persas inaugura a seção “Mitos Econômicos Brasileiros”, que vai procurar justamente estimular a reflexão e o debate para desmistificar o senso comum construído e disseminado no noticiário.

    Os primeiros três mitos da seção se referem à famigerada “carga tributária”, eternizada todo ano, em “recordes” registrados pelo diletante “impostômetro”, sempre uma boa pauta para os últimos meses do ano. Não raramente, as notícias do “impostômetro”, data de recolhimento de imposto de renda ou sobre carga tributária vêm também acompanhadas da opinião (sem fundamento) travestida de fato: “a carga tributária do Brasil, que é a mais alta do mundo…”; ou ainda “o brasileiro é quem mais paga imposto no mundo…”. E assim ficamos.

    Não é beeeem assim. Estamos longe de ter a maior carga tributária do mundo. Vamos aos fatos. Quando comparamos com os países da OCDE, em geral capazes de prover serviços públicos de qualidade, constatamos que o Brasil não está nem no “top 10” da lista da OCDE:

    Em comparação com os países ricos, não temos, nem de longe, a maior carga tributária do mundo: o país está no meio da tabela, é o 15º entre 35 países. Em listas com mais países, como o da Heritage Foundation, o Brasil cai para a 30ª posição.

    Texto completo em:
    http://limpinhoecheiroso.com/2013/12/29/mitos-economicos-brasileiros-e-a-maior-carga-tributaria-do-mundo/

  • Não presente de grego, mas sim do diabo, foi o que ofereceu essa eterna musa da febre amarela a incautos que correram para vacinar-se atendendo a seu chamado. Mas Incompreensível mesmo é até hoje não ter sido chamada para responder junto a justiça pelas consequências funestas do ato então praticado. E tem quem ainda ache que o Mentirão foi sério e a justiça brasileira não é seletiva e nem mesmo tem lado. Só rindo.

  • Edu, parabéns pela nova neta! De avô para avô!
    Que venham mais netas, já que parece que sua verve irônica se aflorou. Seus textos são sempre muito bons, diria até mesmo ótimos! Mas esse me fez rir num momento que estou meio pra baixo!
    Um Bom ano pra você e todos os seus. Um beijo especial no coração de Victória!
    Luz para todos nós!

  • Antes desejo a você e a familia, especialmente a Vitoria um 2014 vitorioso!
    Mas Eduardo, não sei como uma pessoa da qualidade intelectual de uma Eliana dessa tem espaço para escrever tanta mediocridade ainda falar abobrinhas. Essa moça já foi desmentida no ar ao vivo pelo jornalista Jorge Pontual em um programa da Globo News e não toma vergonha. Só o PIG mesmo.

  • Edu

    Fiquei muito preocupado depois de ler este teu artigo.
    Tenho certeza que se escreveres mais dois nesta mesma linha, o PIG te contrata.

    Um excelente 2014 para você, família e aos frequentadores deste cafofo.

  • Antes do Lula, havia uma piada. a piada da latinha. lá tinha isso, lá tinha aquilo. Conclusão, lojas fechadas, ninguém alugava, a economia não girava. Só havia arrocho salarial. Brasil quebrado. Esse pessoal não pode voltar mais. Se voltar, não dou 3 anos para uma boa parcela da população ficar desempregada. Esse pessoal tem uma visão de nação completamente diferente da visão do PT. O PT tem seus méritos e deméritos, mas os méritos, são bem superiores aos deméritos. Continuar com Lula e Dilma é certeza que as coisas vão continuar e melhorar. Não vamos trocar o certo pelo duvidoso. Não se pode brincar com o futuro, se brincarmos, a fatura, por certo virá.

  • Edu,

    Era uma vez um bando de tucanos – como se sabe, o coletivo de pássaros é bando, cuja raínha é empertigada e dita “cheirosa” , perdidos na noite suja, fugindo do ministro da Justiça que está a fim de colocá-los atrás das grades (gaiolas)

  • Essa panaca que se acha jornalista e colunista,cujo marido é marqueteiro do bicudos emplumados,não passa de uma verdadeira lambe botas dos marinho, de uma idiota de marca maior.”Comprei dois lençinhos de seda”.É tão imbecil que com certeza desconhece que possivelmente esses “lencinhos de seda” vieram da China,um dos maiores produtores de seda do mundo.A frase “à minha direita paulistas e à esquerda alguns nordestinos” com certeza é um deslavada mentira e mostra as claras,o seu preconceito,sua cretinice.

  • Ora, ora, ora…
    Finalmente alguns comunistas empedernidos, até ontem admiradores da Búlgara Escarlate e do Mefisto de Garanhuns, estão se juntando ao coral dos Homens Bons e de Benz!
    Constato que o blogueiro vermelhusco dá a mão à palmatória e tenta transformar este locus cibernético em algo verdadeiramente útil à nossa causa vencedora.
    Como doravante não creio que continue sendo financiado pelos dólares Maduro-Evolulocastristas, ordenarei a meu intendente que faça, em meu nome, uma contribuição pecuniária substancial ao sítio e envidarei esforços para que o Excelso Maister Hariovaldo retire o Blog da Cidadania de nosso index.
    Entrementes, sugiro ao ex-comunista Eduardo Guimarães que troque o nome do sítio para algo mais palatável: “cidadania” recende demasiado a “cidadão”; numa palavra, a pobraiada.
    Em nome de São Josemaría Escrivá, eu vos saúdo!

  • Sr. Nigro !

    A França acaba de taxar as fortunas dos Milionários ………aqui só pq aumentou o IOF de quem ganha aqui e gasta lá fora ……estão chorando ……..vai chorar lá na França …………

  • Wilso.
    Estava em “Belô” tirando umas férias.
    Sabe cumé né? Ferias de aposentado é sempre maior.
    Já tô de volta e petista como nunca. (de carteirinha).
    Abraço fraterno.

    • Você merece, Salvador.

      Mas agora prepara aí que esse ano de 2014 vai ser jogo duro. Mas não tenho duvida de que venceremos.

      Um abração, grande amigo.

  • Tenho um amigo brasileiro, casado com uma finlandesa, que mora em Helsinque. Ele reclama da alta carga tributária paga pelos residentes da Finlândia, mas reconhece que ela retorna na forma de serviços públicos (assistência médica, educação, etc.). Como tais serviços são de boa qualidade, ele afirma que não precisa gastar uma segunda vez, como fazem os brasileiros de classe média, para contratar serviços privados, Nossos compatriotas mais necessitados, entretanto, não têm essa opção: são obrigados a usar o SUS, escolas públicas de baixa qualidade, transporte público sofrível, etc. Nossas estradas estão esburacadas, não há segurança pública, temos poucas ferrovias, não temos hidrovias, o tráfego nas grandes cidades é caótico… Entendo que os impostos cobrados, em nível federal, estadual ou municipal, não devem ter caráter punitivo, mas devem ser gastos de forma eficiente. Em outras palavras, o poder de tributar e a responsabilidade de bem gerir o dinheiro público deveriam caminhar juntos. Não é o que se vê no Brasil.

  • Na ERA DAS TREVAS do ‘FDP, digo, fhc’, os sacoleiros iam para o PARAGUAY, e eles, viviam reclamando que o Brasil não tomava nenhuma atitude contra o contrabando de produtos paraguayos, hoje os sacoleiros cheirosos vão para MIAMI, e se revoltam quando o Governo toma uma atitude contra o CONTRABANDO ‘CHIQUE’. Vá ser cara de pau assim lá em HIGIENÓPOLIS, teu !!!

    “ANOS tuKKKânus LEWINSKYânus NUNCA MAIS !!! NO PASSARÁN !! VIVA GENOÍNO !! VIVA ZÈ DIRCEU !! VIVA A LIBERDADE, A DEMOCRACIA E A LEGALIDADE !! VIVA LULA !! VIVA DILMA !! VIVA O PT !! VIVA O BRASIL SOBERANO !! LIBERDADE PARA JULIAN ASSANGE, BRADLEY MANNING E EDWARD SNOWDEN JÁ !! FORA YOANI e MÉDICOS COXINHAS !! ABAIXO A DITADURA DO STF DE 4 PARA A GLOBO !! ABAIXO A GRANDE MÍDIA CORPORATIVA, SEU DEUS ‘MERCADO’ & TODOS OS SEUS LACAIOS & ASSECLAS !! CPI DA PRIVATARIA TUCANA, JÁ !! LEI DE MÍDIAS, JÁ !! “O BRASIL PARA TODOS não passa no SISTEMA gloBBBo de SONEGAÇÃO – O que passa SISTEMA gloBBBo de SONEGAÇÃO é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

  • Quando comecei a ler o texto pensei estar no sitio sagrado do Prof. Hariovaldo. Ri muito.

    Vejam bem, paulistas são paulistas, de minas é de minas, mas nordestinos são nordestinos( imagino o ódio que ela sentiu).

    Mais um pequeno detalhe: Se a bichinha pode pagar R$ 60,00 de estacionamento, ela tá bem na foto, não?

    UM ÓTIMO ANO NOVO PRA TODOS.

  • Requiem para os (de)…formadores de opiniões regiamente comprados, digo melhor, alugados para carrear a boiada na direção pretendida pelos seus respectivos patrõezinhos riquíssimos. Patrõezinhos bilionários às custas do mais abjeto, desprezível e criminoso pacto de sonegação cujo leque abrange, de um a outro extremo a quadrilha piguenta global das comunicações mentirosas e distorcidas que visa, sem trégua, instalar governos entreguistas e acumpliciados com a mega sonegação, a entrega do que pertence ao povo em troca de gordas propinas, em descarado conluio com as altas esferas que reúnem banqueiros, ases do judiciário e empresários antipatriotas, confiantes acima de tudo em uma sucia de donos de meios de comunicação imunes à qualquer lei.
    Requiem para os (de)formadores Ana Maria Braga, Eliane Cantanhede, as cinco viúvas negras das novelas globais, as menininhas do Jô, uma tal Hypololito, que me perdoem as que não pude lembrar, mal assisto este lixo de tv que os sonegadores dos impostos e da noticia despejam de caçamba diariamente sobre a população.
    Falam de tudo, apunhalam a nação e o seu povo dia após dia, mostram-se piegas ao entrevistarem as beatas a respeito do papa, insuflam subliminarmente a revolta na copa, todos os dias inventam uma nova crise, mas…sobre a sonegação que os patrõezinhos praticam e que deveria atirá-los na Papuda, sem direito a prisão domiciliar, isto elas não dão um pio.
    O fim de vocês elite de meia tigela e donas de iates com tubulações caríssimas em inox já chegou pelo descrédito e vocês nao se deram conta. Chegará a hora em que a oposição neste país, de tanto apanhar do Lula reconhecerá o quanto vocês a atrapalham e gritará alto e bom som no idioma miami-ês das madames: SHUT UP.

  • O mal do petista é a falta de senso crítico.o Sr. Valdir Barsanulf escreveu que no governo FHC o salário mínimo não era corrigido nem pela inflação. Não sei se é má fé ou ignorância , já que o aumento real do salário mínimo começou logo após o Real e para espanto deste ignorante(no sentido de não saber) a d iferença entre o aumento real de FHC e Lula foi pequena. Sem o controle da inflação pelo Real não teríamos aumento real do salari o mínimo. Faça um esforço e pesquise no IBGE.

  • Edu ,parabéns pelo excelente texto.Quanto a essa senhora ,sua mediocridade dispensa comentários.” o nosso caminho é feito por nossos próprios passos. Mas a beleza da caminhada depende dos que vão conosco”. FELIZ ANO NOVO a você Edu,a sua família e a todos os navegantes desse blog .

  • …aqui no meu município,Recôncavo Baiano,tém um feira de roupas q,c/ uns 50 reais, a gente reforma nosso guarda-roupa…Àos zinfernos Catanhêde e Miami!…cafona uma e outra

  • Eduardo, parabéns pela chegada da netinha Stella. Mais uma estrela na família Guimarães. Aliás, uma belíssima família. Uma bênção de Deus. Aproveito para desejar a você, aos seus e a todos que frequentam esse blog um 2014 repleto de momentos felizes, realizações pessoais, profissionais e espirituais. Abraço a todos!!

      • E você acha que “bater no mensalão” é discurso para a oposição?

        E as propostas?

        E os projetos?

        Quais as prioridades que eles vêem para o País?

        Quais os rumos que eles propõe para o País?

        NADA???!!!

        Por isso que a oposição está cada vez mais desmoralizada, eles ficam no denuncismo hipócrita, posando-se de vestais sem convencer ninguém e sem apresentar NADA que o povo espera de quem se propõe a governar.

  • Caríssimo Edu,

    Alvíssaras!

    Algum de seus leitores citou antes meu imaculado grito fino e elegante que somente aristocratas usam, logo, tal invocação de vitória é proibida aos pobres.

    Venho por meio desta mensagem, lá diretamente do site do professor Hariovaldo Almeida Prado, para me solidarizar ao seu escelentíssimo texto, que visa defender os interesses das minorias ricas e brancas de olhos azuis.

    Comprar quinquilharias no exterior faz parte da cultura dos dominadores, o qual deve permanecer e tender apenas ao seu aperfeiçoamento. Mas, essa terroristasinha que ousou usurpar o trono de Lorde Chirico Serra, tem tomado medidas que visam diminuir claramente os interesses das classes dominadoras! O que é um absurdo!

    Alvíssaras!

    Quero deixar claro que eu e minha confraria já estamos armando um ardil muito secreto que culminará com um Revolução tão Revolucionária que o calendário brasileiro, obrigatoriamente, terá de voltar 50 anos atrás, o que nos levará de volta aos frutuosos e justíssimos tempos de 1964 e a grande Revolução Gloriosíssima, que garantiu democracia e grana a rodo e mordomia aos ricaços do Brazil!

    Alvíssaras!

    Nas reuniões com sábios da Veja, Estadão, O Globo e demais digníssimos representantes da imprensa justa e transparente veremos o que deve ser feito, para libertação do povo das garras desta búlgara travestida de Hobbin Hood!

    E mais: o instituto Dataprado já tem apurações parciais de que o favoritismo da falsária não passa de 0,001%, deixando os outros 99,999% de favoritismo para qualquer um, menos ela!

    Alvíssaras!

    O sol brilhará de novo, e os ricos poderão enriquecer exorbitantemente como nos velhos tempos, e não apenas enriquecer.

  • A classe média “tradicional” desconsidera a possibilidade de frequentar a rede pública de saúde. E tome a classe média pagando por um plano de saúde a fim de frequentar a rede médica particular. A desgraça é que a rede privada não presta lá um serviço muito bom. E tome reclamação na Agência Reguladora de Saúde – ANS. O diabo é que, dizem muitos usuários, reclamar na agência reguladora não tem lá grande serventia. A classe média sente o peso dos impostos e sente a mordida no carnê do plano de saúde particular. Só que, desgraçadamente, não sente o bem estar no dia a dia quando o negócio é saúde. Eis um problema em nosso país. Não adianta tentar varrê-lo para baixo do tapete. Daí o programa “Mais médicos”. Só que a classe média “tradicional” não vai a hospital público. A rede privada funciona bem? E aquelas negativas absurdas de atendimento? Com a palavra a ANS… Ah, mas a ANS não funciona… Então vai ao Procon… É meio mambembe. Entra na Justiça… Ah, mas o Judiciário é pelos planos de saúde… etc., etc., etc.

    Problema é o que não falta em nosso país, a verdade é essa. E eles não ficam muito bonitos em contraste com os estádios padrão Fifa. O bombardeio está começando. Vide capa da VEJA desta semana.

    Setor de saúde suplementar deve fechar o ano com 50 milhões de beneficiários – Agência Brasil (http://bit.ly/1kX2KZq) – 30/12/2013 – 12h59

    Alana Gandra
    Repórter da Agência Brasil

    Rio de Janeiro – O ano de 2013 foi “muito positivo” para o setor de saúde suplementar e deve registrar um crescimento de 4% nos planos de assistência médico-hospitalar, segundo o presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), André Longo. “Nós vamos chegar ao final do ano com 50 milhões de beneficiários de planos de assistência médica.” A expectativa é que também seja registrada uma expansão superior a 7% nos planos odontológicos, que em novembro já haviam superado os 20 milhões de beneficiários.

    Longo ressaltou que 2013 foi um ano de fortalecimento do papel da ANS. “Houve um crescimento na procura da agência, tanto para buscar informações, como para fazer reclamações. A agência hoje já é a principal referência para o consumidor de plano de saúde.” Em 2012, a ANS registrou quase três vezes mais reclamações que os Procons, explicou. De acordo com dados do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), foram feitas 27 mil reclamações referentes a planos de saúde nos Procons, enquanto a agência contabilizou 78 mil.

    O índice de solução de conflitos sobre as negativas de cobertura atingiu 82,6% entre janeiro e outubro deste ano – de cada cinco reclamações, quatro foram resolvidas. “Isso é, para nós, fruto do monitoramento da garantia do atendimento, no sentido de induzir a uma mudança de comportamento das operadoras para que elas efetivamente passem a atender aquilo que o consumidor contratou.”

    Segundo Longo, isso garante um protagonismo para o consumidor. “A agência adota uma medida cautelar a cada três meses para os produtos que estão com mais reclamações procedentes. Isso protege os beneficiários e indica que as operadoras precisam melhorar o atendimento para voltar a comercializar os produtos.” Ele lembrou que atualmente 150 planos de 41 operadoras estão suspensos – são 4,1 milhões de consumidores, o que equivale a 8% dos 50 milhões que têm planos de assistência médica privada.

    O programa de monitoramento da garantia de atendimento aos clientes de planos de saúde ganhou velocidade em 2013. Longo explicou que até o ano passado a ANS examinava somente os prazos máximos de atendimento e, este ano, o programa foi ampliado para todas as negativas de cobertura de procedimentos assistenciais.
    Em paralelo, foram criadas regras para que o consumidor seja melhor informado. Entre elas, citou a obrigatoriedade de a operadora informar por escrito em até 48 horas, em linguagem clara e acessível para o consumidor, o motivo da negativa de cobertura. “Obrigamos as maiores operadoras, com mais de 100 mil beneficiários, a criarem ouvidorias.” De acordo com Longo, 98 operadoras nessa condição implantaram ouvidorias ao longo deste ano.

    Ele percebeu ainda uma maior atenção das operadoras para o cumprimento das regras da agência durante 2013. “Isso tende a garantir mais acesso, mais qualidade assistencial para os consumidores”. Nesse item, salientou a importância da revisão do rol de procedimentos, concluída em 2013 e que passará a vigorar no próximo dia 2 de janeiro. Foram incorporados 87 novos procedimentos, com destaque para os medicamentos orais para tratamento de câncer, que podem ser utilizados em casa, pelo beneficiário. “As operadoras vão ter a obrigação de entregar isso ou de reembolsar o beneficiário pela compra.”

    André Longo reconheceu que o setor é complexo e ainda existem insatisfações e reclamações. “A agência tem se esmerado para melhorar os mecanismos de gestão, para dar mais protagonismo ao consumidor e interagir cada vez mais com as operadoras para entregar um serviço de mais qualidade, garantindo tudo aquilo que foi contratado pelo consumidor.”

    Mais importante do que multar as operadoras pelo descumprimento de regras contratuais, destacou que é preciso resolver o problema. Para o presidente da ANS, o programa de monitoramento da garantia de atendimento e a medida cautelar de proteção do consumidor têm induzido uma mudança no comportamento das operadoras. “Muito mais pedagógico do que as multas, que têm efeito regulatório e econômico”. Ele garantiu, no entanto, que a ANS “não vai deixar de multar nunca”. A intenção, acrescentou, é ampliar a proteção do consumidor.

    Edição: Andréa Quintiere

    Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil


  • “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer.


    “Se você não for cuidadoso(a), os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo.” *** * Malcolm X.



    Ley de Medios Já ! ! ! . . .



  • Edu e amigos do Blog, Feliz Ano Novo!

    ANO NOVO, JOVEM BELO ANO ( Cláudio José)

    Ano novo, tudo novo

    Ano velho, tudo velho

    Ano novo, sonhos

    Ano velho, partida

    Ano novo, esperança

    Ano velho, alegrias e tristezas

    Ano novo, promessas

    Ano velho, lembranças

    Ano novo, tempo de amar, desejar e conquistar

    Ano velho, passado recente de lutas e glórias

    Ano novo, o mais jovem belo ano, feliz ano novo!

  • Essa “jornaleira” é impronunciável, hoje na Folha (sempre a folha) tenta de maneira periclitante com seu texto relatar sofrimento??? Certamente com intenção de ATRITAR as forças armadas com o governo como se TIVERA ESTA CAPACIDADE, muito ruim, muito ruim…

  • Prometo que só falarei mal do pig e seus papagaios coxinhas ano que vem, ou seja, amanhã. Então se prepara, Edu, no dia 1 de janeiro estarei aqui de novo ajudando voce e os outros comentaristas a apontar as deficiências da imprensa brasileira, a pior do mundo, merecidamente apelidada de pig.
    Até lá desejo felicidade a toda a magnifíca família Guimarães e a todos do blog (até aos coxinhas, não na eleição). E que voce, animado com a chegada da Estella, entre 2014 mais preparado que nunca. Avante General!

  • Edu, a dondoca reclama de barriga cheia. No tempo do príncipe da Privataria e que era bom. O valor máximo para gastos no exterior era de R$ 500,00. Feliz ano novo!

    • Não são 6% a mais de IOF que vai impedir quem tem dinheiro de ir ao exterior. Quem foi prejudicado foi o remediado que vai a Miami pela CVC pagando em 24 vezes. Aqueles que gastam R$10.000,00 numa viagem vão pagar R$600,00 a mais de IOF, o preço de um tênis.

      • O problema não é a grNa em si. É a mania do governo em tapar os seus buracos advindos de incompetência. Roubo e desperdício) com o dinheiro dos outros.
        Corta um ministerio fora, corta o cartão corporativo, para de colocar caviar nas viagens do Mantega, para de comprar uísque caro com nosso dinheiro e terá os seus milhões.
        Para exemplificar….
        Além daquele caso folclorico da “ministra da igualdade racial-lol” que gastou até no Free Shop, tivemos entre 2004 e 2008 um aumento de 900%.
        O “ministro da pesca” foi pro carnaval com ver a do governo e disse que era a trabalho, pois uma das escolas de samba falava do Bacalhau… Pior é que não se pesca Bacalhau no Brasil…
        Sem falar nas ” comitivas reais “que dilma leva pra cima e pra baixo, para se hospedad em hotéis de luxo.
        Até o Delúbio, que era o “PC farias” do PT e não tinha cargo no governo, viajou com o Lulla….
        “URSO QUE NUNCA VIU MEL QUANDO COM SE LAMBUZA”
        Petê, faça como qualquer família brasileira. Se falta grana, se os preços aumentam, corte gastos superfluos, e a coisa se ajusta. Não precisa nos roubar mais dinheiro.

        Vejo que muitos internautas adoram doar dinheiro para o governo. Abra uma conta no BB para depositos voluntarios para nosso “pobre “governo.

        Feliz ano novo (se for possível)

        • Nigro, como você mesmo fala, “faz a festa com dois mil dólares”. Mas quem viaja ao exterior não tem só 500 dólares de isenção, tem mil: 500 no exterior e 500 no free shop na volta. E é essa “festa” de vocês que prejudica muito o país. Cada avião lotado significa cerca de 400 mil dólares de isenção de imposto, um absurdo. Essa cota nem deveria existir. Um operário que compra um radinho chinês paga imposto de importação e quem tem muito mais recursos viaja pra fora e ainda tem mil dólares pra gastar sem pagar imposto. Sem contar que a quase totalidade mente na Alfândega e entra no país com mercadorias muito além da cota, sonegando imposto de importação. Duvido e muito que você nunca extrapole a cota.

      • E prefiro comprar um tenis donque pagar imposto abusivo. Tenis caro hein? Deve ser no Brasil. Nos eua compro 2 por 35 dolares cada….
        Lukas vc baixa torrent pirata na internet, compra jogo na santa efigenia… Acertei?!
        Em tempo só uso artigos originais.

        • É, Nigro, você um coxinha que deve estar tomando prozac para aguentar o tranco de pagar seus itens “orginais” com a nova alíquota de IOF. AI AI AI, como é duro ser fiel aos produtos originais carérrimos com uma carga tributária dessas não é. Acho que pra você só resta se mudar para Miami ou Orlando, ai pronto, sempre vai pagar barato por todo esse leque de produtos maravilhosos. Boa viagem!

          • Coxinha??? Cara que diabo é isso?
            Bom, eu trabalho muito. Incluindo os domingos. Me considero feliz.
            Pago meus pesados impostos em dia .
            Já fui assaltado e minha mulher já sofreu sequestro.
            Tenho filhos em escola privada e pagompalnonde saude bem caro.
            Tenho carros.
            Tenho tv a cabo.
            Sou igual a voce.

            Bjs

        • Nigro, você se acha melhor que os outros só porque usa coisas originais? Parece o Rei do Camarote, aquele paulista babaca que gasta rios de dinheiro na boite com gente que nem conhece e bebe champanhe com foguinho.

          • Eu também já comprei itens originais no exterior. Na Malásia comprei, em lojas que vendem roupas de grife para turistas, camisas sociais a R$20,00 com etiqueta “made in Italy” e selo de autenticidade da George Armani. Truxe para mostrar para amigos e pessoas que “adoram” roupas de grife originais. Estas mesmas roupas são sempre fabricadas pelos asiáticos e vendidas nos nossos Shoppings Centers por valores absurdos e os clientes (inteligentes) saem felizes por só usarem “originais”.

          • Nao falo de grifes. Eu nao compro caro justamente por isso. Agora a turma que defende a moral absoluta dos impostos usa software pirata e faz serviço sem nota…
            Novamente em relacao às grifes- eu não dou bola, mas há quem dê. Não me importo com a vida dos outros. Cada um na sua.
            Os internautas aqui, no entanto adoram julgar onsuposto consumismo alheio…

  • caro Eduardo guimaraes, o tal blog dos homens bons , que chama a presidenta de bulgara escarlate é um site de ironia para com a direita brasileira, não é um site de direita verdadeiro. tem muita gente de esquerda que odeia esse site e muita gente de direita que o aprova sem se darem conta de que é apenas ironia, que muitas vezes não é percebida. è o tal blog do ficticio prof hariovaldo de almeida prado

      • e como…. e, por falar em humor, eu creio que esta sra. está a nosso serviço,vejamos: quando da convenção do psdb ela se referiu a eles como “”xerorizinhos “”,agora solta uma desta na virada do ano, em véspera de eleição.

  • Edu,meu filho!!! Você me obrigou a ler isto?? A Folha publicou essa coisa? Tem certeza que não é obra de ficção? A “massa cheirosa” se superou,(agora que tá na globo) vai disputar feio com os novelistas da casa. Pensando melhor, vamos criar o troféu do Gastão,o Vomitador-personagem do Jaguar-para premiá-la.Bleargh……..!

      • Tô fora, pessoal, não me comprometam.
        Esse tipo de pessoa sempre vota nulo, fica no muro, reclama de tudo e todos, é “apartidário”, livre pensador, não segue nenhum partido ou ideologia, se acha livre de qualquer influência, pensa em si mesmo como “o cara”, acha-se sabedor de tudo e no comando de suas próprias idéias. O pobre coitado só não sabe que é um inocente útil e que o voto nulo dele (se é que na hora H ele não crava direita na urna e não conta pra ninguém!) é objeto de muita discussão e de tramas políticas perfeitamente planejadas desde muito anos.

  • Gostei foi do café onde ela sentou: à direita, paulistas; à esquerda, nordestinos. Como sou cearense, gostei do fato de nordestinos ficarem na esquerda, mesmo em Miami.

Deixe uma resposta