Nova absolvição de Vaccari complicará Moro

Análise, Destaque, Reportagem, Todos os posts

O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto foi condenado pelo juiz Sergio Moro em diversas ações penais da Lava Jato: a primeira, de 15 anos e 4 meses de reclusão, em 21 de setembro de 2015, pelos crimes de corrupção, de lavagem e de associação criminosa; depois, em 18 de maio de 2016, a 9 anos de prisão pelo crime de corrupção passiva, e em 15 de setembro de 2016, a 6 anos e oito meses de reclusão pelo crime de corrupção passiva.

Neste ano, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) absolveu Vaccari duas vezes, por maioria, pela 8ª Turma, por insuficiência de provas.Agora, uma provável nova absolvição de Vaccari está para acontecer.

A primeira condenção, de 15 anos, e a segunda, de 9 anos de prisão, foram derrubadas pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região em junho e em setembro devido ao fato de que, infringindo o parágrafo 16 do artigo 4º da lei 12.850, de 2 de agosto de 2013, o titular da 13ª Vara de Curitiba condenou reiteradas vezes o ex-tesoureiro do PT sem o concurso de provas que sustentassem as acusações de delatores de que foi alvo e que resultaram em sua prisão.

Depois de duas absolvições no Tribunal Federal da 4ª Região (TRF-4), que reviu as condenações do juiz Sergio Moro, o petista aguarda o julgamento do caso com o único pedido de prisão que o mantém atrás das grades, marcado para 7 de novembro.

Nesta data, a corte vai julgar a apelação do petista na investigação que o condenou em regime fechado por corrupção no esquema de desvios da Petrobras que abasteceu campanhas eleitorais do PT.

Se for absolvido pela terceira vez, a determinação da prisão é suspensa e Vaccari poderá responder às outras ações contra si em liberdade – apesar de que Moro não para de condenar o ex-tesoureiro furiosamente, sem provas, com viés claramente político.

Depois de duas absolvições no Tribunal Federal da 4ª Região (TRF-4), que reviu as condenações do juiz Sergio Moro, o petista aguarda o julgamento do caso com o único pedido de prisão que o mantém atrás das grades, marcado para 7 de novembro.

Nesta data, a corte vai julgar a apelação do petista na investigação que o condenou a 10 anos em regime fechado por corrupção no esquema de desvios da Petrobras que abasteceu campanhas eleitorais do PT. Se conseguir a vitória, a determinação da prisão é suspensa e Vaccari poderá responder às ações em liberdade.

Pela lógica, Vaccari deverá ser absolvido também dessa terceira condenação. Juristas que acompanham a Lava Jato dizem que, assim como nas outras condenações por Moro, Vaccari foi condenado também nessa exclusivamente por conta de delações sem provas contra si.

Vaccari é um símbolo da Lava Jato e um símbolo para o antipetismo militante de Moro, do MPF, da PF e para os movimentos fascistas que apoiam os ditos “super-heróis” da República de Curitiba.

Se for absolvido pela terceira vez, a situação de Moro ficará complicada ao menos em termos de imagem pública, ainda que não se cogite punição por agir contra a lei ao condenar a morrer na cadeia, sem provas, um cidadão de vida limpa.

A perseguição de Moro a Vaccari é óbvia e evidentemente criminosa porque o magistrado infringiu a lei que estabeleceu e que regula as “colaborações” de delatores, já que se baseou apenas nas acusações deles para condenar a penas tão duras o ex-tesoureiro do PT.

Vaccari completou 59 anos nesta segunda-feira, 30 de outubro de 2017. É o terceiro aniversário que ele passa encarcerado, sem família, exposto ao sofrimento de uma masmorra brasileira.

A possibilidade de Vaccari ser absolvido pela terceira vez após passar por esse inferno indigna todos os cidadãos decentes deste país, sobretudo enquanto gente como Aécio neves desfruta da mais descarada e revoltante impunidade.

*

Confira, abaixo, meu comentário em vídeo.

  • Joao Arruda

    Edu, por favor coloque a % de processos de Moro que o TRF-4 referendou,

    • eduguim

      leia o post

      • Joao Arruda

        Eu li, porem esta informação não aparece. Qual a % de processos do Moro que o TRF-4 confirma ?

        • eduguim

          se leu deveria saber que isso não tem relevância na questão em tela. Se você ficar preso indevidamente por 3 anos vai querer saber quantas sentenças de Moro foram reformadas? No caso de Vaccari, duas sentenças consecutivas. Se a reforma da terceira para a mesma pessoa não lhe disser nada, de que adianta falar com você. Na verdade, está quase pronto o sistema pelo qual para comentar a pessoa terá que fazer um processo que me permitirá excluí-la se ficar me fazendo perder tempo com bobagens. Vou desenhar pra você: o sujeito ficou 3 anos na cadeia e, de repente, será considerado inocente das acusações que o fizeram ficar preso por cerca de mil dias. Isso não lhe diz nada porque você é um imbecil.

          • Michelangelo Albuquerque de Alvarenga

            “está quase pronto o sistema pelo qual para comentar a pessoa terá que fazer um processo que me permitirá excluí-la se ficar me fazendo perder tempo com bobagens. ”

            leia-se:

            está quase pronto o sistema pelo qual para comentar a pessoa terá que fazer um processo que me permitirá excluí-la se a pessoa me deixar absolutamente sem argumentos”

          • eduguim

            Nenhum de vocês fascistas conseguem deixar alguém sem argumentos. Conseguem perturbar repetindo as mesmas coisas sem parar

          • andre

            Olá Eduardo,
            Admiro o seu trabalho. Porém a pergunta do João Arruda tem uma certa relevância. Explico, caso a % de processos do Moro que o TRF-4 confirma na lava-jato possa ser sabida, poderíamos provar a incapacidade do Moro em ser isento. E mais pode-se pleitear a exoneração do mesmo por incapacidade técnica.

          • Itamar

            Pessoal, o Eduardo tem toda a razão, mesmo que 99% das sentenças do moro fossem ratificadas pelo trf-4 e apenas no caso do Vaccari ele estivesse errado, seria imperdoável, pois, como homem da lei que deve fazer cumprir a lei, o fato dele mesmo descumprir a lei apenas para poder condenar um inocente é inaceitável, mesmo que possuísse uma carreira irretocável, o que obviamente não é o caso.

    • Sergio L

      Babaca, a hora do moro está chegando. Para quem era “unanimidade”, sua rejeição bate recordes, mes após mes.
      Se até o trf-4, que tem um amigão/padrinho do moro votando contra apenas petistas, absolve, é porque o cretino no moro comete CRIMES.
      Não, não confiamos NADA no trf-4, mas tudo que fizer justiça com pessoas INOCENTES, será comemorada!

  • Paulo Galvão

    Excelente notícia, espero que se confirme em breve (e parabéns pelo site, ficou ótimo, enxuto, rápido de carregar e bem agradável, sucesso sempre camarada)

  • Oscar Müller

    Neste Brasil surreal que estamos vivendo, não me parece impossível o TR4 mudar de idéia, e resolver não acatar o tal parágrafo 16. Afinal a suprema justiça já não lixou o art.5 da constituição lá no mensalão?
    Mas sou otimista, continuo acreditando que reste alguma sombra de moral pairando acima das togas.

    • Michelangelo Albuquerque de Alvarenga

      Oscar, o TFR-4 vem acertando TODAS, sem excessão ! Eles são ótimos e corrigem todas as sentenças do Moro, inclusive no aumento de pena, como veremos novamente em Maio ou Junho…

      • Hermes Sanchez

        Atenção, Edu:

        Não sou o Hermes Sanchez!
        Este problema permanece…

      • Oscar Müller

        Oxalá, Michelangelo!
        Se continuar assim, é de se restabelecer alguma esperança! Tomara esta brisa de moralidade e respeito às leis contamine a classe!

  • Judge Moroon e o nome dele!

  • Joao Arruda

    Edu, muito bom saber que voce confia plenamente no TRF-4 !

  • Atineli

    Edu, esse juiz vai um dia colher os frutos merecidos de suas ações abusivas, de verdadeiro bandido. Moro é exemplo de maldade em estado puro. O retorno virá e o tombo será enorme. A história do Vaccari é tão impressionante quanto o que ele faz com Dirceu e Lula. Prepare-se juizeco que teu fim será tenebroso, e não demora.

    • Miron

      Edu, sei que vc é um gentleman mas eu não sou: manda esse joão mané ir (…)

      • eduguim

        Rsrs

  • Romanelli

    Em se confirmando ..e se esgotando todos os recursos ..uma ação de reparação compensará parte do prejuízo material

    O prejuízo moral estará amplamente restaurado ..já o emocional e temporal NUNCA MAIS

    triste constatar q será a sociedade que vai arcar com esta reparação material ..e não o malgistrado que com sua lava jato já brindou o país com recessão falências e milhões de desempregados

    Bom lembrar aqui o conceito trazido pelo código de Hamurábi que dizia que provado o erro do juiz detrator, este não só deveria reparar o erro ..como sofreria com doze vezes do mesmo castigo

  • napnse pode falar em democracia e igualdade de direitos quando somente um lado recebe condenacoes….aqui no brasil…evidencia que o judiciario esta para a polotica e vice versa…ganha quem grita mais.

  • jossimar

    Quando o país retornar à normalidade democrática espero ver TODOS os integrantes desta desgraça conhecida como lava jato atrás demitidos do serviço público, processados e presos pela destruição que causaram ao Brasil.
    Os verdadeiros bandidos são os lavajateiros traidores da pátria que desde o início agiram contra os interesses e planos geopolíticos do Brasil a mando das finanças internacionais.
    O resultado da lava jato é o que estamos vendo no país todos os dias: um bando de ladrões no governo entregando todo o patrimônio nacional a preço de banana para os estrangeiros que foram os verdadeiros mentores e financiadores deste crime lesa pátria conhecido como lava jato.

  • Luiz Carlos P. Oliveira

    JOÃO ARRUDA: aqui você não está lidando com coxinhas acéfalos. Todos percebemos a sua ironia em “confiar no TRF4”. Só que o TRF4 talvez não tenha a mesma atitude contra o Lula, que deveria ser de ater-se aos autos e às provas. Não é à toa que juristas do mundo inteiro apontem inconsistência nas provas contra o Lula. Mas como coxinha só é movido por ódio, vale tudo para incriminar o Lula. Caiu a tua máscara, comedor de capim.

  • Luiz Carlos P. Oliveira

    EDU, tens o nosso apoio. Coxinha tem que ser varrido dos blogs de esquerda. Nos blogs coxinhas nós não temos espaço. Eles que postem suas idiotices nos blogs golpistas. Ninguém aguenta mais os mesmos mimimis de sempre. Bloqueie esses babacas, pois eles não tem nada a somar.

    • eduguim

      Verdade luiz

  • Hermes Sanchez

    Alguem dúvida de que o Vaccari é um bandido rematado? Ele, cujo apelido era Mocha (em razão da mochila na qual transportava o dinheiro sujo), e que criou o termo “pixuleco” (mote com que ele se referia à propina que recolhia), que era freqüentador assíduo do escritório do Alberto Youssef, que mediou o empréstimo fraudulento da Schaim ao PT, que foi pivô do caso Bancoop no escambo sobre famílias de bancários que perderam seus imóveis, que foi o portador de cerca de 5 milhões desviados da Petrobras para o PT. O fato de ser solto, embora temporariamente, é motivo de alegria? Um tipo desprezível que é absolvido pela fragilidade de nossa Justiça, é esse que merece estar na rua?

    • eduguim

      Banco do é o cara no qual você votou pra presidente. Vaccari é inocente

  • valéria PE

    Vaccari deveria processar o estado. Enfim uma boa notícia.

  • Jose Ricardo Grillo

    Edú,
    Fico feliz em saber do aumento de inscrições, pois isso mostra credibilidade.
    Parabéns !
    Ricardo Grillo

    • eduguim

      Valeu

  • Antonio Luiz

    Que tal fazermos um juri popular virtual e aplicarmos penas aos delinquentes de Curitiba e asseclas, por este país afora?
    Por exemplo, se Dirceu, com mais de 70 anos de idade, e Othon, com mais de 80, receberam penas de prisão perpétua, por quê Moro não poderia ser condenado a uns 50 anos de prisão? Afinal é um dos principais responsáveis pelos crimes contra o país seu povo: desemprego, destruição da indústria, Petrobras, destruição da esperança, insuflador de mentiras, desobediente contumaz da Constituição, quando deveria respeitá-la e defender.
    Que pena merece este fora-da-lei?

  • Luis Campinas

    Moro entrou o prometido que era condenar Lula. Quem prometeu e não vai entregar chama-se Globo e os demais órgãos de imprensa consorciados com a Lavajato. E o que lhes cabia neste latifúndio? Lula não estar nas pesquisas de 2018 como franco favorito! Edu, muito bem lembrado por você, fiquemos de olho na decisão do TRF 4 porque num país tido democrático um cidadão, caso seja reformada a sentença, terá permanecido trancafiado por três anos sem prova alguma de culpa. Isso é estarrecedor que esteja ocorrendo. Aliás, sua cunhada já fora presa por uma semana por erro dele Moro e sequer pedido de desculpas recebeu. Isso aqui…

  • Luis Campinas

    …entregou…Desculpem me!

  • Zibinho Meireles

    É o vergonhoso padrão penal do torquemada Moro. Até quando imbecis aplaudirão um justiceiro travestido de juiz? Da costela do torquemada de Curitiba sairam o fundamentalista da Bíblia, Bretas, do RJ, e Walisney, de Brasília, que protegeu os ricos sonegadores da Zelotes como o Itaú, os gaúchos da TV RBS etc.

  • Romanelli

    Pera aí ..se for verdade que LULA disse que esta perdoando golpista eu quero falar

    EU NÃO !!!

    Não votei em Dilma pro 2o mandato ..mas a verdade é que o NOSSO VOTO, até o anulado, foi desrespeitado por este bando de GATUNOS que se escondem principalmente nas siglas do PSDB e DEMO ..Evidente que tem muito gatuno do PMDB, PP e PTB que tb não podem receber indulto

    Claro que a bem da civilidade e coletividade, os ânimos devem serenar pra que o projeto de UNIÃO e RE construção do país prospere e aconteça no menor espaço de tempo possível

    EVIDENTE que a democracia de MINORIAS sexistas, racistas, regionalistas, religiosas ou de qq outro tipo deveriam serenar pra que questões MUITO MAIORES e urgentes, que dizem respeito a MILHÕES de pessoas, possam ser retomadas (como com a saúde, educação, SEGURANÇA, assistência, mobilidade e moradia) mas..

    ..mas esquecer estes líderes SEM POVO, nem glória, SEM MORAL que nos golpearam, JAMAIS

    em tempo – alguns golpistas que estão na minha lista e que deveriam ir pro LIXO DA HISTÓRIA, além de prestarem conta a tribunais constitucionais seriam – MEMBROS do STF, Temer e seu BANDO, Henrique Meirelles, THC, Serra, Aécio, Aloysio Nunes, Antonio Anastasia, Agripino Maia, Cassio Cunha Lima, Magno Malta, Cristovan Buarque, Marta Suplicy, Ana Amélia, Simone Tebet e claro, generais do exército, membros do judiciário, empresários e lideranças de artistas como Paulo Skaf, Regina Duarte (de novo), Marcelo Madureira e Flavio Rocha entre centenas que não pensaram duas vezes antes de agir de forma DESLEAL e VIOLENTA contra a sociedade que os abriga. VERMES !!! isso que são

  • Batista

    Eduardo, sinceramente, nas atuais condições de temperatura e pressão nas decisões do judiciário seletivo brasileiro, em especial em certa região agrícola e adjacências no sul do país, não entendo o objetivo, em relação ao momento, de divulgar esse post e outro anterior anunciando que Vaccari irá ser solto, elencando consequências, ao invés de aguardar o fato se consumar na próxima semana?

  • Celso Junqueira

    Se o juizeco não entregar a mercadoria (Lula) será enforcado no jardim da Casa Branca.
    Obs: para ser nazi-fascista-coxinha-comedor de alfafa-marmitequeiro como alguns por aqui (Arruda, Alvarenga e outros) é preciso ser estúpido, ignorante, acéfalo, cafumango, labrosta e biltre?
    Então é verdade que as pessoas de esquerda são mais inteligentes.

  • José de França Bueno

    Compartilhado.

  • Thais Santos

    Espero que o Vaccari seja solto. Não vejo nenhum tesoureiro de nenhum partido preso. Ele já foi absolvido e deve ter o direito de ser solto. Vejo ladrões soltos, assaltando o patrimônio público dia sim e outro também. Esses caras que vem aqui encher o saco, não estão preocupados com a corrupção, com a justiça, ou com o Brasil. Eles vivem num mundinho onde são todos “santos do pau oco” e ficam querendo vender a ideia que são pessoas informadas, mas são um “bando”…
    Edu, parabéns por seu trabalho! Abraços

  • Avelino

    Caro Eduardo
    Nem Moro, nem Temer, nem globo, nem Serra, nem maçons, nem ninguém dos golpistas não estão nem aí, os EUA os protegem.
    Foi dado um golpe, que na realidade invadiu e ocupou de vez o Brasil, agora é hora de distribuir a riqueza e aumentar os ganhos dos rentistas.
    Caro Eduardo, não se é mais uma mera oposição, agora se é resistência. Estes lacaios que aqui O Brasil está dividido, entre os entreguistas e a resistência.
    Como sugestão, por que você não coloca no blog a opção de bloqueio, junto aos comentários?
    Tentei inúmeras vezes.
    Saudações

  • antonio carlos raposo

    Já passa da hora de banirmos os trollers das seções de comentários dos blogs.
    Não é difícil – mas gasta tempo – identificarmos esses robozinhos demo-tucanos que só querem azucrinar nos blogs de esquerda.
    Parabéns pelo trabalho, Edu!!!

  • mallman santos

    E qual seria o valor que o Moro , e não o Estado teria de pagar como indenização ao Vacari sendo inocentado definitivamente?

  • José Inaldo de França

    Parabéns pelo excelente trabalho, feito com honestidade e firmeza! A nossa esperança no Brasil e na humanidade está em termos pessoas destemidas e ousadas a encarar esses que parasitam e destroem a esperança pelo cinismo e falta de amor à verdade.

    • eduguim

      Grato José

  • Denise

    Parabéns Edu! Seu trabalho é honesto, fiel ao fatos. A verdade sempre aparece. Vaccari é inocente e Moroou é parcial e vendido aos EEUU.

    • eduguim

      Grato, Denise

  • Carlos Romualdo Corio

    Esse juizeco de merda deveria treinar mais. Minha sugestão é que ele intime o Aécio, assim ele melhora a performance e começa a trabalhar realmente com provas.

  • Sergio Vianna

    “Vaccari é um símbolo da Lava Jato e um símbolo para o antipetismo militante de Moro, do MPF, da PF e para os movimentos fascistas que apoiam os ditos “super-heróis” da República de Curitiba.”
    “Se for absolvido pela terceira vez, a situação de Moro ficará complicada ao menos em termos de imagem pública, (…) ao condenar a morrer na cadeia, sem provas, um cidadão de vida limpa.”
    Avisados, os juízes do TRF-4 não titubearam: Mantiveram a condenação e ampliaram a pena, agora para 24 anos por corrupção passiva.
    Basta ler um trecho do despacho do juiz-revisor-relator do TRF-4:
    “Vaccari, direta ou indiretamente, em unidade de desígnios e de modo consciente e voluntário, em razão de sua posição no núcleo político por ele integrado, solicitou, aceitou e recebeu para si e para o Partido dos Trabalhadores os valores espúrios oferecidos pelo Grupo Keppel Fels e aceitos também pelos funcionários da Petrobras, agindo assim como beneficiário da corrupção”.”
    Essa decisão do Tribunal foi preventiva, para atender a demanda de Sérgio Moro e para impedir que a condenação original se transformasse em absolvição e assim colocando em destaque negativo o papel de juiz original de Moro.
    O argumento usado pelo juiz-revisor-relator do processo no TRF-4 é pobre no que se refere ao Código Penal e o Código de Processo Penal. Vaccari não é e nunca foi funcionário público, e corrupção passiva é um tipo de crime cometido por funcionário público que usa de sua função para obter benefícios (no caso, financeiros ou de posse de bens móveis ou imóveis) que são pagos por um agente corruptor, aquele que pratica a corrupção ativa.
    Para que quiser aprofundar o conhecimento sobre a corrupção passiva basta clicar no link: https://permissavenia.wordpress.com/2012/12/12/sobre-corrupcao-passiva-art-317-cp/
    O fato principal desse imbróglio é o de Vaccari ter sido condenado, agora em segunda instância, por já ter sido absolvido outras duas vezes pelas mesmas acusações e uma nova absolvição representaria uma exposição negativa da condenação determinada por Sérgio Moro.
    Ou seja, uma decisão corporativa, que tenta aliviar Moro neste momento e transfere o debate para o STJ, o próximo foro a examinar a questão por recurso da defesa de Vaccari.
    Mais uma vez, Vaccari foi vítima de um golpe e de atitudes políticas que não deveriam permear um julgamento jurídico, técnico.
    E para ficar bastante evidente a perseguição, ainda aumentaram para 24 anos de reclusão a pena de Vaccari, fato que não guarda relação com o bom senso, com a lógica, cuja condenação, desprovida das essenciais provas que corroborassem as acusações dos delatores, todos eles condenados a menos da metade do tempo de prisão imposto a Vaccari, causa-nos indignação e arrepios – ainda mais se conhecemos que o crime de corrupção passiva é punido com penas de 2 a 12 anos de reclusão. Porque 24 anos? Um escárnio!