Mercado aposta que Alckmin será presidente, mas topa Bolsonaro, Doria…

Destaque, Todos os posts, Últimas notícias

Nova pesquisa realizada pela XP Investimentos com 211 investidores institucionais entre os dias 21 e 23 de novembro apontou que o mercado espera pela eleição de um candidato pró-mercado e que deve dar continuidade à agenda reformista do governo Michel Temer.

Para 46% dos respondentes o vencedor será o atual governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), enquanto o apresentador Luciano Huck surge como o segundo mais citado, com 19%. Já o deputado Jair Bolsonaro subiu de 3% para 17% dos citados pelo respondentes. O atual ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD) será o novo presidente na opinião de 8%, enquanto o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), tem 3% das menções, ante 42% da pesquisa anterior.

O ex-presidente Lula (PT) é apontado por 2% dos respondentes, ante 6% do último levantamento, enquanto outros nomes foram apontados por 5%.

A pesquisa diverge bastante dos últimos levantamentos eleitorais, que mostram Lula na dianteira das intenções de voto. A outra parte da pesquisa com investidores institucionais contém simulações sobre os cenários para bolsa e dólar caso Lula, Bolsonaro, Alckmin, Huck e Doria.

Nos cenários com candidatos de direita, as previsões do mercado são róseas. Com Lula, apesar de os dois governos dele terem sido oásis de prosperidade e estabilidade, o “mercado” prevê bolsa despencando, dólar disparando e todas as outras desgraças que previa antes de ele chegar ao poder em 2002 e nada daquilo se confirmar.

 

 

  • José Inaldo de França

    O olho do “mercado” é maior que o cérebro!

    • Oscar Müller

      Decerto!
      Em 2002 pude comprar o imóvel que resido, naquele então bem acima das minhas pretensões, pois o Sr Mercado puxou artificialmente o dólar, que estaria subindo “por medo que o Lula vencesse”. Qualquer pessoa com mais de dois neurônios sabia que era uma balela. O dólar subiu vertiginosamente até as eleições, voltando à realidade logo depois. Bem, se eu ganhei nessa, foi o Sr Mercado quem ficou no prejuízo…
      É, o Sr Mercado tem este poder, e pode tentar repetir a estratégia em 2018 (é o que a pesquisa da XP aponta), pois como disse o José, tem olho maior que o cérebro, mas a estratégia é uma faca de dois gumes, pois o jogo da especulação fica com cartas marcadas. Fiquem atentos e aproveitem, só cuidem para realizar até o dia da eleição!

  • VR5

    Eduardo, sua postagem não ficou incompleta? “Quando di” e daí acabou…

    • Blog da Cidadania

      estava lá à toa. Grato, já tirei

  • Leonardo Ferreira Nascimento

    Entendo que a visão do “Mercado” financeiro é totalmente programática (e pragmática): Lula, apesar de ter representado anos de estabilidade e inclusive, no primeiro mandato, fortes ajustes econômicos, não está organicamente ligado ao interesse mais liberal do grande empresariado.

    Que no Brasil, é suicida.

    Além de não ser tão badalado nos mesmos círculos sociais e eventos informais da alta sociedade, não assume projetos totalmente privatizantes (como com Petrobras e Eletrobrás) e/ou de reformas tão profundas sobre o trabalho formal.

    Além é claro, de ser liderança máxima em um partido ainda atrelado a movimentos sindicais e sociais críticos aos preceitos econômicos do próprio mercado.

    • Blog da Cidadania

      bem por aí

    • Robby Souza

      agora lhe pergunto: tudo isso que você mencionou é do interesse de 95% da população brasileira? Que realmente trabalha e produz pra esse pais? https://uploads.disquscdn.com/images/a96d6f7fcb12bfa74182859811b206ee5d84c65ec0571a7dd743d3fc962d7573.jpg

      • Leonardo Ferreira Nascimento

        Exatamente por isso! No Brasil, temos uma classe dominante tão imediatista, que acredita piamente que, aumentar sua própria “margem” (lucro ou rentabilidade) sera mais “eficaz” em cima de um trabalhador empobrecido.

        Quando na verdade, é esse trabalhador (adequadamente remunerado e socialmente incluído, na sua dignidade de cidadão) que garante o mercado interno de consumo à boa parte dos seus produtos, no médio prazo.

        Sendo que, políticas anti-povo como as que têm sido aprovadas são implosivas à própria estabilidade econômica do país.

  • Naylson Brasil

    Eu não entendo;
    Pq tanta regeição ao nome do Lula?

    • Blog da Cidadania

      jogo político

      • Robby Souza

        não isso é pior que jogo politico, isso é chantagem das elites

  • Luís CPPrudente

    A tal de XP Investimentos fez essa enquete com 211 investidores institucionais. Logicamente que esses “investidores institucionais” (nome pomposo para empresários?) por representarem o dito-cujo Mercado vai dar a vitória para alguém que o dito-cujo Mercado quer. Se a tal XP Investimento (provavelmente um “investidor institucional”) fizesse uma enquete com os trabalhadores e não fraudasse essa enquete, o resultado seria que o próximo presidente é Lula, pois a maioria dos trabalhadores querem, pois enxerga no Lula uma pessoa que pode reverter a destruição dos direitos sociais que tem o apoio e beneficia os “investidores institucionais”.

    • damarato Sampaio

      Trabalhadores da CUT, MTST, MST, UNE e Black Bloc. Piada.

  • Valdir-Ba

    Prezado Eduardo:
    “Nos cenários com candidatos de direita, as previsões do mercado são róseas. Com Lula, apesar de os dois governos dele terem sido oásis de prosperidade e estabilidade, o “mercado” prevê bolsa despencando, dólar disparando e todas as outras desgraças que previa antes de ele chegar ao poder em 2002 e nada daquilo se confirmar.andidatos de direita, as previsões do mercado são róseas. Com Lula, apesar de os dois governos dele terem sido oásis de prosperidade e estabilidade, o “mercado” prevê bolsa despencando, dólar disparando e todas as outras desgraças que previa antes de ele chegar ao poder em 2002 e nada daquilo se confirmar.”
    Este cidadão invisível que os analistas e beócios da grande mídia chamam de mercado financeiro mesmo tendo ganho grandes somas de dinheiro nos governos do PT não engolirão um novo governo de trabalhadores, pois, eles têm como objetivo sabotar a economia real, aquela que gera emprego e dar melhorias de condições de vida à maior parte de uma população. Eles preferem encolher o mercado de trabalho a fim de aumentar a massa de miseráveis e consequentemente oferecerem menores salários aos candidatos a empregos. ” A idéia central do sistema financeiro é exatamente o fato de poder se mais rápido do que a economia real. No entanto, movendo-se mais rápido o setor financeiro passa a chantagear os dirigentes do país e pode sabotar a economia real ” Nós tivemos isso no governo Dilma quando ela diminuiu o valor das contas de energia e a taxa de juros reinante na economia. A sabotagem foi tão grande que além de ser posta prá fora do cargo de presidente, a intensa campanha midiática chamando-a de incompetente encheu a cabeça de uma boa parte da sociedade que até hoje não analisou o que está por trás dessa ruptura política que está nos conduzindo aceleradamente para o fascismo. O governo fascista e entreguista do Michel Temer está vendendo o patrimônio nacional a preço de banana no fim de feira e é por isso que a grande mídia que é tambem entreguista defende esse bando de traidores.

  • Mario Lopes

    O mercado deve ter síndrome de escorpião.

  • Robby Souza
  • Roberto

    O deus-mercado é subserviente aos EUA. E tio Sam já decidiu: o Brasil tem que ser fornecedor de petróleo a preços baixos e mão de obra a preços mais baixos ainda. É uma espécie de divisão de tarefas entre os países, como se cada país fosse departamento de uma empresa mundial. A diretoria dessa empresa fica em Washington, claro.

  • Roberto

    Doria não deu, virou farinata. Huck tá mais sujo que pau de galinheiro. Agora vamos de Dr. Rey!! https://uploads.disquscdn.com/images/f8a74e3738a498ad0f799503520eab8de0c4abd59881658bfcf221e8f9056408.jpg

  • Paulo Guedes

    Essa pesquisa me lembra palestra de Serra a empresários do segmento óleo-gás em que saiu aplaudido ao vender a entrega do pré-sal. Os basbaques, incapazes de somar 2+2 sem o uso de uma HP, não entenderam que as multi jamais privilegiariam o parque industrial brasileiro em detrimento, p.e., do chinês e seus custos menores. É pela incapacidade de enxergar a frente que embarcam numa bolsa de indices crescentes sem que a produção o seja: apostam todas as fichas nas reformas de Temer em que aumentem seus lucros sem incremento de produção e consumo. São fenomenais…

  • Oscar Müller

    Edu, perdoa o off-topic: Suas intervenções nos comentários se confundem com as dos usuários que não tem avatar definido, todos aparecem com o quadradinho vermelho do blog. Personaliza o seu!

    E caros companheiros leitores, explorem as opções que aparecem ao clicar no balãozinho junto do seu nome (à direita no início dos comentários), o novo sistema enriqueceu muito o blog, é bem bacana, por ali você fica sabendo, por exemplo, se alguém comentou sobre alguma postagem antiga, pode ver quantos votos positivos e negativos teve cada participação sua, e mais.

    Hoje explorando o sistema disqus, pude responder à pergunta que o VR5 me havia feito há 3 dias, nas postagens da matéria “Sistema de comentários antifascista entra no ar nesta quarta-feira (22)”. O sistema também deu ao blog esta nova dimensão, aproveitem!

  • Pedro Accioli

    O mercado quer liberais no poder! Simples assim!

  • SOLANGE

    SE EM OUTROS TEMPOS, COM LULA MESMO, O PINOQUIO NAO GANHOU….MUITO MENOS AGORA ELE GANHARAH PORQUE QUE TODO MUNDO SABE QUE NO PSDB NINGUEM PRESTA.

  • Renata Rangel

    Que o mercado se exploda!!!!! ai quem sabe tirem a bunda da cadeira e vão arranjar um emprego de verdade, bando de sangue suga,