Bolsonaro faz novo discurso de apenas 3 minutos em Davos

Enquanto o presidente da Colômbia, Iván Duque, falou em inglês por dez minutos sobre a economia 4.0 (a atração da noite era uma apresentação do CEO da Microsoft, Satya Nadella, falando sobre “Um futuro centrado em humanos para a América Latina”.), Bolsonaro fez diferente.

Ou melhor, fez igual. Falou por três minutos. E se escudou no discurso que domina: falou que a América Latina está ficando livre dos esquerdistas e que o seu governo prega a abertura comercial.

Nota da Andifes sobre a nomeação de reitores nas universidades federais

Nos próximos quatro anos, todas as universidades federais vivenciarão a renovação ou mudança de seus gestores. É essencial, então, afirmar publicamente a importância de serem conduzidos ao cargo de reitor ou reitora aqueles docentes autonomamente indicados no primeiro lugar pelo colégio eleitoral de suas respectivas universidades, sendo garantido assim um elemento definidor da democracia, que é o respeito à vontade da maioria.