Caso Veja/Dirceu revelará em que país você vive

Opinião do blog

Estou em Curitiba a trabalho, envolto em reuniões durante o dia e em intermináveis jantares de negócios à noite, de maneira que serei curto e grosso ao dizer um fato que peço que anote em sua agenda mental, leitor, caso queira saber em que país tem vivido.

A melhor coisa que poderia ter acontecido ao Brasil foi a Veja ousar tanto quanto ousou em seus delírios de poder. Pouco mais há o que dizer em relação a esse caso, apesar de a “grande” imprensa ter sonegado seus prestimosos serviços à Nação.

Isso porque a “pequena” imprensa deu conta do recado fazendo uma cobertura célere e objetiva do caso tanto em blogs como em sites, com análises claras e fundamentadas e até matérias informativas dignas de qualquer grande veículo.

Já na manhã de domingo (28), por exemplo, o site Brasil 247 saía com uma entrevista com Rogério Tonatto, gerente do hotel Naoum, onde ocorreram eventos dignos de folhetim de suspense. À tardinha, o site Viomundo publica nova entrevista do mesmo Tonatto.

Ficamos bem servidos de imprensa, os que temos internet e interesse pelo jogo do poder. Mas e o imenso “resto” da sociedade?

Bem, mas a questão não é essa. O que quero dizer muito rápida e claramente a você, caríssimo leitor, é que esse caso veio a calhar em um momento em que o governo Dilma já manifestava oficiosamente a intenção de engavetar qualquer projeto de regulação da mídia.

Com esse ato delirante de ousadia da Veja, um ato de crença absoluta na impunidade, na premissa inaceitável de que a “grande imprensa” está acima da lei e dos demais cidadãos, agora saberemos, de uma vez por todas, em que tipo de país vivemos.

A revista e seu repórter têm contra si acusações gravíssimas, clara e insofismavelmente inscritas no Código Penal e que contam com provas documentais, testemunhais e, se bobear, até uma confissão assinada publicada nos seus blogs de esgoto…

Se o que a Veja ousou não gerar os desdobramentos que enumero a seguir, portanto, esqueça. Voltemos à prancheta porque este país estará fadado à perda de mais esta janela de oportunidade. Eis o que tem que ocorrer:

1 – A Justiça tem que condenar a Veja. E não só penal e pecuniariamente, mas também a se retratar e a dar espaço equivalente às suas vítimas. E rápido, pois provas não faltam.

2 – O governo Dilma Rousseff tem que enviar ao Congresso Nacional um projeto de lei que imponha regras a esse prostíbulo nojento que é a Comunicação no Brasil.

166 comments

      • Eu penso que ele quis dizer que não acredita que o governo tenha coragem de enfrentar a grande mídia. Mesmo depois da invasão do hotel pelo repórter se deu destaque na mídia ao “poder” de Dirceu (o que seria previsível). Eu não vi deputados petistas “esperneando” contra a revista. Se alguém souber de algum me avise.

      • Não foi isto que eu disse. Só não acredito que alguém faça alguma coisa contra.

        Nem um

        1 – A Justiça tem que condenar a Veja. E não só penal e pecuniariamente, mas também a se retratar e a dar espaço equivalente às suas vítimas. E rápido, pois provas não faltam.

        Nem outro:

        2 – O governo Dilma Rousseff tem que enviar ao Congresso Nacional um projeto de lei que imponha regras a esse prostíbulo nojento que é a Comunicação no Brasil.

        • Se depender da Dilma, que confraterniza com o inimigo, e do Hibernardo, que não sei que apito apita, não irá acontecer nada que atenda as nossas expectativas.

        • Não devemos contar com rapidez do Judiciário. Propositadamente o Judiciário é moroso principalmente quando julga criminosos do colarinho branco.

          A Dilma já demonstrou que não esta muito interessada em enfrentar a mídia. A prioridade do seu governo não é essa. Dilma vai se limitar a torcer que a veja coninue dando com os burros n!agua demonstrando a verdadeira indole da imprensa brasileira: traidora e golpista.

          Apenas o povo nas ruas pressionando fará a Lei dos médios sair do papel.

      • Eduardo veja a respossta de Augusto Nunes (VEJA) para um comentarista do seu blog:
        Vocês são testemunhas da minha paciência infinita com o sofrimento dos milicianos nesta segunda-feira. Mas a insistência do companheiro exige o tratamento de choque. Já começou: dois croques na cabeça, uma voadora na testa, uma piaba no pé da orelha, duas pernadas pernambucanas, um trançapé amazonense, duas surras de rabo de tatu, um rabo-de-arraia na moleira, três rasteiras do Pelourinho, dois trompaços na nuca e, para concluir, o glorioso Martelo de Mossoró.

          • Postei no blogue do nunes e ele simplesmente cortou a minha postagem para falar besteiras.
            Aqui o Eduardo publica integralmente a posição dos representantes do tucanato ou melhor do Serra.
            Vi fotos deste sr. na época da ditadura junto com militares.

      • Desculpe a intromissão, mas não é a revista veja que está acima da sociedade e das leis.
        São as leis e a sociedade que está muito abaixo da veja e das outras.
        Estão de joelhos.
        E quem se abaixa demais acaba mostrando a bunda!

    • Eduardo, para ajudar a esclarecer os fatos, segue a nota de esclarecimento do escritório de Advocacia Tessele & Madalena sobre a natureza e motivo da ocupação do quarto 1.606 do Hotel Naoum pelo Zé Dirceu, que a ” murdochiana” Veja tentou invadir.

      Como se verifica, não se trata de nenhum ” gabinete” do Zé Dirceu em Brasilia como a Veja distorcidamente afirmou, não é nada obscuro, ilegal ou irregular.

      O uso do local decorre de um contrato de reciprocidade entre os escritórios de advocacia em Brasília e São Paulo, existe desde o ano de 2007 e está REGISTRADO na Seccional da OAB/DF desde essa data.

      Essa nota foi publicada ontem a noite no Vi o Mundo do Azenha.

      29 de agosto de 2011 às 19:43

      Escritório de advogados diz que Veja é versão tupiniquim de tablóide inglês

      Nota à imprensa

      A revista Veja perpetrou uma série de atos atentatórios ao regular exercício profissional do escritório Tessele & Madalena – Advogados Associados, numa atabalhoada tentativa de invasão de domicilio ao apartamento 1606 do Hotel Naoum, locado para uso privativo do nosso escritório, na qual o jornalista Gustavo Nogueira Ribeiro, se utilizando de ardis e subterfúgios, passou-se por seu hóspede, para fins da retirada de objetos pessoais daquela unidade.

      O caso já é objeto de apuração pela Polícia Civil do Distrito Federal (Ocorrência 4658/2011-0), que investiga também se a revista Veja foi a responsável pela instalação de equipamentos de espionagem nas dependências do prédio. Posteriormente, para adentrar nas dependências do nosso escritório, dito jornalista fez-se passar por assessor do prefeito de Varginha/MG.

      Mantemos com o escritório Oliveira e Silva e Ribeiro Advogados, de São Paulo, desde dezembro de 2007, um acordo de cooperação técnica, regularmente registrado no Conselho da OAB/DF, e que prevê, dentre outras obrigações, o uso comum de instalações, estrutura, logística, recursos humanos e técnicos, aos advogados associados a ambos escritórios, em trânsito em São Paulo e Brasília. A suíte que a Veja tentou violar está alugada desde setembro de 2010, para Tessele & Madalena – Advogados Associados e faz parte desse rol de utilidades disponíveis aos advogados, quando em trânsito em Brasília.

      Trata-se de uma relação legal e transparente. Não existe nada de misterioso ou suspeito, como insinua a revista. Já os métodos empregados pela Veja, que, neste episódio, abandonou todos os critérios jornalísticos e se enveredou em uma operação típica de polícia política privada, atropelam os preceitos básicos do Estado Democrático de Direito.

      Com relação ao caso Boris Berezovski, o sócio Hélio Madalena repele qualquer insinuação ou vínculo com tais fatos e buscará na esfera judicial a recomposição da verdade.

      A revista Veja se escuda nos fundamentos legítimos da liberdade de imprensa para atacar e difamar aqueles que elege como seus adversários políticos. A versão tupiniquim do tablóide News of the World, do empresário Rupert Murdoch, que pratica um jornalismo de teses independente dos fatos, se superou nesse episódio na medida em que lançou mão de práticas, que, esperamos, sejam severamente condenadas pela Justiça.

      Tessele & Madalena – Advogados Associados

      Como se verifica, a cada dia que passa fica pior a situação do tablóide da Marginal do Tietê, parece que por lá as coisas fedem tanto quanto o poluido rio que passa em frente a sede do antro midiático.

  • Os dois parecem ser gêmeos univitelinos.
    Muita coincidência esta aparência física, difícil diferenciar o Roberto do Rupert.
    O sobrenome poderia ser Murdita(mistura de Murdoch com Civita) ou Cividoch(mistura de Civita com Murdoch).

    • Que tal a dupla caipira : rupert e robert (o)… rsrsrs…

      Sério : Se não haver pressão sobre os politicos em Brasilia, temo que não vai dar em nada.

      O bernado (minusculo mesmo) já tá todo melado com a mulher, além dos dois serem pau mandados… A dilminha já tem 3 ministros trocados e já dá sinais de que não quer mais perder tempo em enfrentamentos com a midia…

      Para mim a zóia deu mais um xeque mate, para ver se a presidenta joga a toalha de vez !!!

      O Edu tá certo em dizer que temos que lutar [ara que as coisas aconteçam.

      sds

  • Prezado Eduardo. Eu gostaria muito que isso acontecesse, mas sendo otimista, o máximo que veremos será alguns processos judiciais irrelevantes. A Veja pagará indenizações e continuará, com certa prudência durante um tempo, mas voltando à carga daqui algumas edições.

  • Caro Eduardo, quisera estar tão confiante quanto você de que o ‘Naoungate’ vai gerar os desdobramentos que você enumera acima… Ando meio cético, não só em relação ao governo Dilma, como com a esquerda brasileira em geral. E será que é tão pouco importante assim o fato de, como você diz, …’a “grande” imprensa ter sonegado seus prestimosos serviços à Nação’? Será que um deslize dessa magnitude já pode, simplesmente, prescindir da divulgação pela mídia ‘não-alternativa’, para gerar as reações que se espera? Realmente, não sei… Tenho o palpite ruim de que dentro de poucos dias, o ‘Naoungate’ será página virada; só mais um item na ficha criminal desse ‘periodicuzinho’ dos Civita, que já é imensa há muito… Claro, suponho e quero crer que a parte afetada diretamente nesse delito (José Dirceu) cuidará de levar o caso à justiça e, assim, torná-lo mais do domínio público. Mas será que tal atitude, aliada à cobertura na mídia alternativa, serão por si só suficientes para produzir os resultados que todos esperamos? Me parece otimismo exacerbado… Espero, realmente, estar errado.

    • Agora vejamos sinceramente: Como podemos cobrar de DILMA que dê a cara pra bater e envie a lei de meios para o congresso sendo que Lula com 90% de aprovacão NÃO enviou o projeto já pronto do Franklin? E responderão: ele não tinha maioria no congresso. E DILMA TEM? Tem nada, ela tem um conjunto de parasitas ávidos por benesses, verbas e cargos, e defensores do status quo, se Dilma tomar a iniciativa , os lesa patria do congresso serão os primeiros a detona-la e digo lesa patria de TODOS OS PARTIDOS, esquerda incluidissima. Noves fora o congresso podre que foi eleito pelo POVO, o que dizer do POVO? Alguem pelamor me convenca que nosso povo fará alguma manifestacao de peso pedindo a lei d meios, exigindo o pnbl, exigindo a baixa da taxa indecente de juros, exigindo que a justica prenda e condene RICOS também! Só pra ter uma idéia, somos 70 milhoes de internautas e o IDEC conseguiu inacreditaveis 170 mil assinaturas contra o AI-5 DIGITAL, isso significa o quê? Significa que nosso povo merece cada sacanagem à que é submetido porque não nos mobilizamos pra nada importante nesse país, só vemos turbas em extase e dispostas a tudo quando tem jogo da selecao e carnaval. Os conscientes são um numerozinho insignificante, e o PT vai ganhar a proxima eleicao se a economia do país ajudar, do contrario tudo que foi iniciado vai retroceder como já vem acontecendo com Dilma. Vão nos prometer novamente na campanha tudo que estamos pedindo aqui mas novamente ficarão só nas promessas.

  • Estes mandantes de crimes ora terceirizam o serviço sujo ora usam os próprios jornalistas para a empreitada. Pelo que eu saiba o Murdoch ingês não foi tão atrevido quanto o Murdoch brasileiro. Parece que o Murdoch britânico mandava espiões fazerem o serviço sujo e não os próprios jornalistas. Se bem que para a política isso não tem o menor sentido, pois o que vale o mandante, ou seja, o Civita.

  • Perfeito! Faço minhas as suas palavras! Essa mídia é de dar asco mesmo e o Governo precisa se mexer, ousar, ter mais coragem para enfrentar esses criminosos.

  • Estou torcendo para que este escândalo resulte pelo menos no direito de resposta, uma vez que de defender-se de acusações falsas é um preceito constitucional.

    E olhe lá que no Brasil não há nem mesmo autoregulamentação da mídia. Como se sabe, isso existia na Inglaterra e, como isso não impediu as ações de Murdoch, claro que haverá reformas por lá.

    Por aqui parece reinar a impunidade, há um silêncio sepulcral dos Murdochs tupiniquins sobre a arapongagem da Veja, o que é compreensivel, pois todos usam do mesmo método sujo. Só mesmo a lei para impedir esta afronta às nossas liberdades individuais. Afinal de contas se a Veja não for contida em suas ações criminosas, qualquer brasileiro estará à mercê de ser monitorado em seus aposentos.

    • Estes mesmos que bradam contra a regulação das comunicaçõe, são todos a favor do AI5 digital do Azeredo e ainda tem a cara de pau de se dizerem contra a censura.

  • Edu,

    O que nós veremos assim que for impossível continuar a operação abafa que tomou conta da mídia com relação a esse episódio é aquele corporativismo imundo por parte da grande imprensa. Veja, Folha, Globo e Estadão ficarão unidos feito unha e carne e acusarão o governo de todas as formas de querer controlar a imprensa, e ainda omitirão os delitos que a Veja cometeu. Será que o governo e a justiça terão peito para tomar uma providência, mesmo com os ataques virulentos que sofrerão? Acho que realmente esse episódio servirá para avaliarmos o resto do governo da Dilma e qual será seu perfil.
    Abs e bom retorno!

  • O Governo para acabar com essa farra de baixarias da imprensa decadente tem que providenciar duas coisas: A regulação das comunicações e uma possante Estação de Tratamento de Esgoto.

  • Edu, você não acha que uma medida que poderia muito bem ser adotada pelo governo seria o fim de toda a propaganda publiciária governamental em veículos de comunicação?

      • Edu,

        Concordo contigo e acredito que não há como generalizar com relação as propagandas de modo generalizado. Todavia, seria um bom começo o governo suspender suas propagandas na VEJA na medida em que a revista encontra-se sob suspeita da pratica criminosa. Não é assim que ela trata o governo ? Até que o processo termine as propagandas ficariam suspensas. Acho que seria um bom começo antes de uma Lei específica.

  • Acabei de ver no SBT o escroto do Boris Casoy repercutir a matéria da Veja e ignorar a espionagem criminosa da mesma.
    O safado reaça não teve pudor em fingir que a Veja não deu uma de Murdoch, apostando que o que não sai no pig, não existe. Esses caras do pig não valem nada e tem que ser combatidos pois são o entulho da ditadura militar. Revoltante!

    • Pensei que este simpatizante e membro do CCC estivesse aposentado, pois faz um tempinho que não ouvia e nem lia comentários sobre este fascista do Bóris CCCasoy.

      Para não perder o costume: “Ley de Medios” já!

      Devemos cobrar a nossa presidenta disto: “Ley de Medios” já.

  • Eduardo, o que tens contra prostíbulos para fazer tamanha comparação desabonadora com essas tradicionais casas de tolerância e benemerência?

    Fedentina Nojenta, além de mais apropriada a obra, poupa a secular instituição da injusta comparação e dá um toque mais 3D aos emissores de dejetos.

  • A luta contra a grande mídia é algo muito mais complexo do que alguns imaginam,ela não se resume em dois tópicos, ela existe em todas as democracias do mundo,não é a toa que a grande mídia é considerada por muitos de o 4º poder,alguém sabe o que aconteceu com o Rupert Murdoch,como andam os processos,olha que estamos falando da Inglaterra,não é um país qualquer,imagine aqui no Brasil,que está engatinhando em sua democracia, onde as instituições começam, só agora, a se fortalecer,mas ainda se curvam aos interesses mais diversos ,essa luta põe em cheque alguns princípios fundamentais da democracia.Um processo de regulamentação da mídia no Brasil precisa ser bem formulado,bem estruturado e com amplo apoio,devido a sua enorme diversidade, não basta ter só a vontade, algo que tenho certeza não falta a nossa presidenta.Sabemos que não há concenso sobre o assunto,por isso temo que alguns na ânsia de ver a mídia colocada no seu devido lugar,como eu,façamos algo que não renda os frutos tão desejados.

    • li comentário dizendo que a Editora de livros didáticos do Murdoch foi proibida de fornecer Livros Didáticos pa Nova Iork, por improbidade notória.

      Que tal a JUSTIÇA daqui fazer igual. Secar a fonte de vendas de livros didáticos da Abril para os governos. Afinal, a Abril/Veja é notóriamente NÃO-PROBA…

  • Bom dia Eduardo Guimarães
    Há mais de um mes fiz lhe um apelo para que visitasse o blog do Lukas.

    Um dia antes de ser internado 25/07/2011 ele me enviou um e-mail dizendo assim:
    “Oi,.Tem uma estatística no meu contador de visitas online que dá pra saber quais blogs acessaram o meu. O Cidadania, do Edu, esteve na área agora há pouco.
    Valeu, de novo. E eu vou dormir que tô muito tenso.”

    Eis o post de hoje lá na Casa do Noca

    Adeus
    Aos noqueiros queridos.
    Infelizmente o nosso Lukas – após uma longa batalha – nos deixou no final da tarde de hoje.
    Não há palavras. Somente agradecimento a todos que o apoiaram nessa longa jornada.
    Os amigos de Maringá poderão se despedir dele nesta terça-feira, no salão nobre da Capela do Prever.
    O sepultamento deverá ocorrer no final da tarde.
    Agora ele descansa.
    Agora ele eterniza.
    Não há tempo para indagações sobre os porquês de nossas vidas.
    Temos só a certeza de que ele foi um dos homens mais amados desse planeta que ele tanto adorava.
    Ele acredita num país melhor, em um ser humano ainda melhor.
    Que ele continue nos protegendo. E nós, junto com ele, sempre acreditando.

    Beijos em todos.
    Isa

    Se puderem, quem puder, vá ao blog Casa do Noca do Marcos César Lukaszewigz e deixe seu abração.

  • Eduardo, comentário que deixei ni site da Carta Capital, vez ou outra, fazendo coro com o restante do PIG:
    “Então está aberta e liberada a instalação de câmeras clandestinas em nossas casas?
    Quem os donos da Veja, Folha, Estadão, Globos, Record, Carta Capital tem recebido em seus escritórios ou casas ultimamente?
    Teríamos então liberdades para estalar câmeras nestes locais?
    É isso?
    Tá liberado?
    Aqueles aqui que estão criticando Dirceu, gostariam de ter câmeras clandestinas instaladas em suas casas, ou escritórios, ou de seus familiares?
    Ou só vale pra Zé Dirceu?”
    PS !:
    Estve ontem fazendo um curso na Capital (Largo do Arouche), o “centrão” se transformou num “lixão a céu aberto”.
    PS 2: Rádio Bandeirantes(pérola): “O Metô anda lotado porque as pessoas procuram serviço de boa(?) qualidade(?)”. he, he, he….

  • Edu,

    Estou tentando romper o bloqueio da nossa mídia sobre o caso.

    Por favor ajude a divulgar este post, em inglês:

    http://redd.it/jywfs

    Ajude também a divulgar a campanha no twitter:

    Trying to break the silence of the media about @veja – please help us to promote this story: http://redd.it/jywfs #VejaInvaders

    Nós vivemos em uma ditadura midiática; a nossa última esperança é a mídia internacional.

  • Tenho certeza de que, se deixarmos esse caso apenas ao sabor do trâmite comum das instituições, ele não gerará nenhuma consequência para os marginais da Veja. Assim, é necessário que polícia, MP e Justiça sejam pressionados pela mobilização da Sociedade Civil. A primeira etapa para a construção dessa mobilização já foi muito bem construída : a mídia alternativa mergulhou de cabeça no caso, cobriu-o com excelência, através de matérias que explicitavam todas as violações penais levadas a cabo pelos bandidos da Veja, com a única intenção de satisfazer às ambições de poder de seu patrão. Violações que ultrapassaram as já conhecidas calúnias e difamações da empresa, atingindo a delituosidade penal mais “comum” devido a prática de crimes como invasão de domicílio; violação de privacidade, chegando mesmo a beirar o mais vulgar calote. Devemos agora utilizar a explicitação de todos esses delitos, realizada pela mídia progressista, e passar à segunda etapa dessa luta, a qual ocorrerá não somente através da divulgação das matérias da mídia independente para o grande público(com acesso ainda limitado aos veículos não controlados pelos coronéis eletrônicos), mas também pela garantia de que esse conhecimento virá acompanhado pelo estímulo ao debate, à reivindicação e ao questionamento sobre a situação ditatorial em que encontram-se as comunicações no Brasil(controladas por 13 famílias, que as usam como arma para imposição de seus interesses políticos graças à censura a quaisquer opiniões e/ou pessoas que divirjam da ideologia da classe dominante, única divulgada em tais meios, como se correspondesse à Verdade universal, apesar desses veículos serem concessões públicas e/ou sustentarem-se com dinheiro público). Desse debate, decorrerá de maneira natural a terceira etapa da luta para construir-se a verdadeira liberdade de expressão neste país : a pressão social, nas ruas, através da qual os brasileiros exigirão do Governo Dilma a efetivação de medidas que tanto garantam o surgimento de um sistema de comunicações plural e democrático, quanto imponham limites legais a ação de qualquer organização midiática, limites que garantam que o desejo de informar não ser torne o escudo para que sejam violados outros direitos dos cidadãos. Se não agirmos, lembrando que não estaremos defendendo nenhum Governo ou partido, mas construindo a Democracia, a Liberdade e a Justiça da qual nós e nossos filhos seremos os beneficiados, tenho praticamente certeza de que o Governo Dilma mais uma vez cederá à sua covardia e fingirá que nada aconteceu. É imprescindível que essa oportunidade não seja perdida.

    • “Como invasão de domicílio; violação de privacidade, chegando mesmo a beirar o mais vulgar calote”

      Você tem provas disso ? Não tem porque não houve invasão de domicilio nem violação de privacidade. Gritar expelindo perdigoto é uma coisa, olhar sob a luz do direito é outra diametralmente oposta. Nem advogado de porta de cadeia pegaria uma causa com base nestes argumentos.

      “Situação ditatorial em que encontram-se as comunicações no Brasil”

      A Folha de hoje traz uma manchete falando em fraude em empresa de parentes de Alckmin. E a história de que o Pig não divulga escândalos da oposição ? Já sei. Vai di\er que de vez em quando eles falam umas verdades.

      “Verdadeira liberdade de expressão neste país”

      Sei. E ela se faz com a mordaça da lei argentina. Assim ninguem mexe com ministro inidôneo, funcionário venal ou instituições que sorteiam licitações.

      • Dracula, ao contrario,sendo bastante claro,para defender um ato ilicito como vc defende é porque vc é mesmo possuidor de um pessimo carater e me parece ser tambem possuidor de uma deficiencia certamente mental,como seu padrinho Reinaldo Azevedo.Ouve invasão de privacidade,o reporter entrou no quarto de José Dirceu,uma camera foi instalada para se monitorar a entrada e saida de pessoas e só não ouve¨plantação¨de provas comprometedoras que ¨incriminassem¨o ex chefe da casa civil porque a camareira não quis compactuar com essa ação criminosa,que é tipica da midia golpista e entrou em contato com a segurança do hotel.Eu sei que vc não irá entender o acabei de explicar porque vc é um imbecil e normalmente os imbecis so entendem,quando entendem,aquilo que normalmente convem a eles,imbecis.Mas houve um crime,praticado por um marginal a serviço de uma organização criminosa chamada editora Abril e ponto final.

      • Alucard/Merdocard : SEU IMBECIL, HÁ UM BOLETIM DE OCORRÊNCIA, FEITO PELO HOTEL(E NÃO POR DIRCEU)PROVANDO A OCORRÊNCIA DA INVASÃO DE DOMICÍLIO!(COMO TAMBÉM HÁ UMA DECLARAÇÃO DO GERENTE DO HOTEL GARANTINDO QUE AS IMAGENS NÃO FORAM FEITAS PELAS CÂMARAS DE SEGURANÇA , OU SEJA, A VEJA FILMOU NO HOTEL SEM AUTORIZAÇÃO DELE E TAMBÉM NÃO OBTEVE LICENÇA DE DIRCEU PARA FILMÁ-LO : ISSO É INVASÃO DE PRIVACIDADE, IDIOTA!) HÁ OS TESTEMUNHOS DE DIVERSOS FUNCIONÁRIOS E DO GERENTE DO HOTEL! O QUE MAIS VOCÊ QUER, SEU CANALHA PAGO PELA DIREITA! ATÉ CANALHICE TEM LIMITE! SÓ UM VERME COMO VOCÊ, UM TROLL ASSALARIADO PODE TER A CARA-DE-PAU DE TENTAR NEGAR OS CRIMES DA VEJA. QUANTO À SITUAÇÃO DITATORIAL DAS COMUNICAÇÕES : EM QUE PLANETA VOCÊ VIVE!!!???? DE QUE MAIS SE PODE CHAMAR UM PAÍS ONDE PRATICAMENTE TODOS OS MEISO DE COMUNICAÇÃO ESTÃO NAS MÃOS DE 13 FAMÍLIAS PROPRIETÁRIAS!!!!! ONDE APENAS UMA ÚNICA VISÃO DE MUNDO, UMA SÓ IDEOLOGIA É DIVULGADA, APESAR DE ESSES MEIOS EXPLORAREM CONCESSÕES QUE PERTENCEM A TODOS OS BRASILEIROS E SUSTENTAREM-SE COM DINHEIRO PÚBLICO!!!!! VOCÊ NÃO VALE NADA! E ENTENDE DE DIREITO TANTO QUANTO DE HONESTIDADE : ALÉM DOS CRIMES DA VEJA QUE ATÉ UM CEGO CONSEGUE PERCEBER(LASTREADOS EM PROVAS), VOCÊ FINGE QUE NÃO VÊ O DESRESPEITO À CONSTITUIÇÃO(QUE PRECONIZA QUE AS COMUNICAÇÕES NO BRASIL DEVEM ATENDER À SUA FUNÇÃO SOCIAL)EM QUE CONSISTE O CONTROLE DA MÍDIA POR UMA MINORIA, POR UMA OLIGARQUIA QUE COMPRA O APÔIO, A CONSCIÊNCIA E AS MENTES DE PROSTITUTOS, DE VENDIDOS DA TUA LAIA!

  • O Governo da Tia Dilma está perdendo de “goleada”, mas agora tem a “bola” e se ousar fazer o “gol” ganhará a partida para o Brasil.
    Vai Tia Dilma, chuta!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Como perdendo? Aprova tudo que quer no Congresso, tem a maior base aliada conseguida democraticamente por um governo no Brasil. A Dilma só perde nas páginas da imprensa golpista. Na vida real ganha todas.

  • A primeira coisa que tem que acontecer é chutar o Paulo Bernardo da pasta de Ministro das Comunicações, com ele não haverá avanços. E para isso eu torço até que o PIG consiga derrubá-lo, mas parece que o PIG já sacou que o Paulo Bernardo já está domesticado.

    Se esse caso da Veja não for um divisor de águas será a hora de amarrar o jegue.

    Em tempo: Eduardo, muito cuidado com o que te oferecem para beber; pode ser veneno. Precisamos de você vivo e atuante.

    • Prezado Eduardo, nestas viagens, cuidado TAMBÉM com os passageiros ao lado e não se distancie das suas bagagens .
      A bandidagem midiática já deve ter contratado meliantes para “plantarem” delitos contra seus inimigos .

      Saude !! Paz !! Sucesso nesta Jornada !!!

    • Gerson, leio sempre suas postagens e na maioria das vezes concordo com a sua visão política.
      Paulo Bernardo concordo com vc é uma decepção, mas o que ele está fazendo no ministério das Comunicações é de pleno acordo com a Dilma. A orientação é da presidenta, Se esse petista de araque (como muitos outros) não segue a política do governo a Dilma tem que fazer o que fez com demitidos.
      O problema é a nossa presidenta antes de se apoiar em quem a elegeu, prefere visitar quem a agrediú e continua agredindo, criando crises fictícias para sua administração.
      Um ministro que pega um trabalho do Franklin Martins e joga na lata do lixo, não podemos esperar nada.

  • O megalopinico dos Civita se calou. Outro inSetti da Abril, o Ricardo Setti, não disse um pio sobre a piada do ano. Os rastejantes da Veja estão atônitos.

  • Vejam só essa manchete da primeira página do UOL de hoje:
    “Empresa de parentes de Alckmin é suspeita de fraudar prefeitura”

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/967322-empresa-de-parentes-de-alckmin-e-suspeita-de-fraudar-prefeitura.shtml

    Vejam que absurdo essa maldita imprensa golpista petista querendo manchar a honra do melhor governador que SP ja teve…

    Afinal o que o cunhado tem haver com ele? Onde estão as provas que ele foi beneficiado com o suposto trambique do cunhado pra ter seu nome citado em manchetes em letras garrafais de primeira página?
    Você não vai defender o nosso glorioso governador desse ataque covarde dessa mídia golpista?

    • Chamar o UOL de imprensa petista é muito para qualquer cabeça. Não sei se o Alckmin deve alguma coisa ao seu cunhado – digo isso porque voce escreveu …”o que o cunhado tem haver com o Alckmin”…

  • É possível publicar a foto do repórter? Vai que por circunstância a gente seja vizinho do sujeito, ou ele namore alguma conhecida ou, quem sabe, nossas crianças se relacionem com as crianças dele. A foto nos permite evitar a convivência com tais pessoas.

  • Pô! Tava passando da hora de algum parlamentar do PT se manifestar na Tribuna,né? Agora, é partir sempre pro ataque e chega de ficar na defensiva! O PIG só presta acuado.

  • A paciência bem planejada é uma arma poderosa.
    Acho que nós temos muito que aprender com Gandhi.
    Nós estamos avançando lentamente, mas com passos firmes.
    Não é preciso que enfrentemos o que a Bolívia e a Venezuela e o Equador estão enfrentando, onde tem muitos jornalistas dos respectivos Pig´s dando uma de vítimas de perseguição política.
    Vamos ter uma lei de imprensa sim, mas isso tem que ser discutido amplamente com a sociedade.
    Acho que a blogosfera deve atuar nesse sentido, fazendo ver a necessidade dessa discussão.

  • Será que o Zé Cardozo Dantas , vai enfrentar a quadrilha do sistema Dantas de Comunicação ?
    Zé , é como o pessoal do Daniel Dantal se refere ao Jose E. Cardozo , afinal ele foi na Itália defender o Dantas.

  • Eu quero ver é se agora o PIG vai ter a sem-vergonhice de voltar com aquela campanha babaca da “moralização”.
    Com a omissão com relação à invasão da Veja se borraram todos.

  • Estranho caso. Como a revista adivinhou que naquele período, autoridades da República, de primeiríssimo escalão iriam visitar Dirceu? Que força cósmica fez com que um simples “repórter” pudesse flagrar ministros, presidentes de estatais, senadores e deputados, no dia exato, na hora exata, no local exato, em atividades que exigem a máxima discrição e segurança redobrada? Existe uma explicação científica para o fenômeno. O “repórter” da revista é medium. Com a força do pensamento “leu” a agenda de autoridades da República que iriam visitar Dirceu. Assim, soube, com absoluta antecedência, que naquele período (quais os dias, quais as horas e em que local) ele poderia instalar uma câmera clandestina e espionar estas altas autoridades, que a exemplo de Dirceu, são cidadãos ingênuos, marinheiros de primeira viagem, primários, neófitos nas conspirações de Brasilia e portanto, caíram como patinhos, se deixando docemente fotografar pelo inefável “repórter”. Que coisa fantástica! Não é sensacional, a força do pensamento e da mediunidade?

  • Embora concorde com sua opinião, não sou tão otimista quanto a uma possivel condenação. Basta ver o que fizeram com o Protógenes e os habeas-corpus miojo (sai em 3 minutos) para os “acima da lei”. Como já falei, a raiz, o núcleo do câncer de corrupção neste país está no judiciário.

  • Caro eduardo, ninguém tentou entrar no seu quarto de hotel em Curitiba?

    Cuidado hein! Sei que você não tem nada para esconder, mas se o invasor for um repórter da Veja é provável que aproveite a invasão para surrupiar um casaco, um relógio ou o que encontrar.

    Esse é o nível dos jornalistas da grande imprensa, depois de anos selecionando os grandes expoentes do esgoto e pondo para fora quem quer que tenha um mínimo de decência.

  • Para não dizer que o PIG só “inventa” casos de corrupção no PT et caterva. Está em destaque no UOL e foi matéria da Folha:

    Empresa de parentes de Alckmin é suspeita de fraudar prefeitura

    Cunhado do governador é procurador da Wall Street, que teria falsificado papéis para pagar taxas menores

    Valor fraudado seria de R$ 4 milhões; donos da empresa e o governador não se pronunciaram sobre a investigação

    EVANDRO SPINELLI
    GIBA BERGAMIM JR.
    DE SÃO PAULO

    Uma empresa de familiares de Lu Alckmin, mulher do governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB), é investigada sob suspeita de ter se beneficiado de uma fraude de R$ 4 milhões contra a Prefeitura de São Paulo.
    Segundo a prefeitura, a Wall Street Empreendimentos e Participações Ltda. falsificou documentos para pagar um valor menor de outorga onerosa, uma taxa cobrada para autorizar a construção de prédios altos do edifício Royal Street, na av. Brigadeiro Faria Lima, área nobre da zona oeste paulistana.
    O licenciamento da obra correu na prefeitura entre 1994 e 1999, quando foi efetuado o pagamento.
    Os sócios da Wall Street são Maria Paula Abreu Cesar Ribeiro, Adhemar Cesar Ribeiro Filho e Othon Cesar Ribeiro. Maria Paula é mulher de Adhemar Cesar Ribeiro, irmão de Lu Alckmin e procurador da empresa. Em 2006, ele participou da arrecadação da campanha de Alckmin à Presidência.
    Alckmin é adversário político do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD). A fraude apontada teria sido efetuada na gestão do então prefeito Celso Pitta, já morto.
    A prefeitura, em 2000, chegou a notificar a Polícia Civil sobre indícios de fraude, mas as investigações não avançaram. Na época, Alckmin era vice-governador.
    Em 2001, já na gestão de Marta Suplicy (PT), a própria prefeitura arquivou o caso.
    A suposta fraude voltou a ser investigada, segundo Edilson Bonfim, corregedor-geral de São Paulo, na quinta-feira, quando ele recebeu uma denúncia anônima.
    Ontem, em entrevista coletiva, Bonfim detalhou o esquema de fraude, mas não relacionou o caso com parentes do governador. Informou apenas o nome da empresa e o endereço do imóvel.
    Os responsáveis pela Wall Street foram procurados pela Folha, mas não se pronunciaram. Alckmin também não comentou.

    O ESQUEMA
    De acordo com o corregedor-geral, a Wall Street fraudou o valor do metro quadrado que constava do carnê do IPTU do imóvel com o objetivo de enganar os técnicos da prefeitura e conseguir aprovar o empreendimento pagando um valor menor pela construção do prédio.
    Segundo Bonfim, a empresa deveria ter recolhido R$ 4,2 milhões pelo direito de construir um prédio de 4.100 metros quadrados, mas pagou apenas R$ 184.744.
    O rombo do esquema de fraude no pagamento de outorga onerosa já totaliza R$ 41 milhões até agora.
    Foram identificados dois tipos de fraude. A falsificação da guia do IPTU para reduzir o valor da outorga onerosa atingiu apenas a Wall Street.
    No outro tipo de fraude, as construtoras exibiam guias verdadeiras do pagamento da taxa, mas com a autenticação do banco falsificada.
    Como a prefeitura não tem sistemas de controle eficientes e não fazia checagem dos documentos, os alvarás de aprovação das obras eram emitidos mesmo sem que o dinheiro tivesse caído na conta do município.
    As construtoras acusadas de terem se beneficiado do esquema são Odebrecht, Zabo, Onoda, Porte e Marcanni.

  • A trapalhada da VEJA prova mais uma vez a necessidade da regulamentação da mídia que não é sinônimo de censura. Franklin Martins, Nassif Altamiro Borges, entre outros estavam certo: Há que se criar uma regulamentação da mídia. De concreto, Lula deixou o tal Marco Regulatório. Produzido pelo ministro Franklin Martins, até o momento continua estacionado no Ministério das Comunicações, dando a impressão de que o ex-presidente empurrou para a Dilma o abacaxi que não queria descascar.

  • Eduardo, ser justa a Record News no jornal do Heródoto abordou o tema. Tentaram inclusive falar com a Veja que se recusou dar entrevista. Na quinta-feira Zé Dirceu estará no seu programa (21:00 hs). Eu não perco. Abraço.

  • Deputado Edu, não sou Otto, talvés otário por acreditar que a Presidente tenha coragem de comprar essa briga com o PIG, no mais estou com inveja do OTTO pela cerveja, quando visitará as áquas quentes de Caldas Novas pra tomar outra cerveja com este otário que é seu fã e sonha em te conhecer e ter um dedo de prosa de cinco munutinhos com vc pra aprender um milésimo de sua nobre sabedoria????ABRAÇOS AO OTTO e a VC e tomara que a cerveja e miduim salgadinho não lhes dê dor de barriga, é apenas uma brincadeira, é pura inveja,Hê,Hê,Hê…

  • Caro Eduardo
    Recebi alguns emails da “rede do mal” contendo acusações para desqualificar o Ministro José Carlos Toffolli do STF. As argumentações indicam claramente que o alvo é o julgamento do mensalão. Sugiro que você estude a respeito e publique as informações. Pode ser coincidência ser neste momento em que explode a lambança da Veja. A conferir.
    Obrigado

  • Infelizmente o governo deixará passar mais essa oportunidade e a justiça somente dará um procesinho e a vejinha pagará sorridente uma idenizaçãosinha com o gordo dinheiro que ela recebe de publicidade do mesmo governo que ela ataca e ridiculariza, ou seja, ela só vai devolver alguns que ela recebe e vai ficar tudo por isso mesmo até ela voltar a atacar e quem sabe acertar de cheio o seu objetivo, aí já era, não adianta chorar mais e nem querer o leite de volta porque será tarde.

  • Concordo ponto.Digo ainda ,se não houver nenhuma manifestação oficial do governo ,a decepção vai ser enorme,posto que todos nós que apostamos nesse projeto, passamos por desgastes tremendos ,aguentando as tramoias dessa mídia .Espero inclusive que entre hoje e amanhã o Eduardo Cardozo fale alguma coisa.O trabalho dos sujinhos foi demais , o Zé Dirceu elogiou no seu blog.A pressão está aumentando ,e os invejosos desdenhando mas na real doendo e roendo.

  • A sede de poder dessa máfia “abrilesca”, é irracional.O bom nisso tudo, é que acabam bebendo do próprio veneno e, chegará o dia, que só terá como leitores(ou eleitores), fantasmas.Não leio essa revista e não aceito nenhuma de suas ofertas para que eu a assine.

  • Na minha opinião a ley de medios só sairá por pressão da sociedade civil,que somos nós todos.Esperar que o governo faça alguma coisa é esperar até cansar,posto que nenhum governo faz coisa alguma se não houver uma pressão irresistivel.Se nada fizermos,não é o governo ou o parlamento que fará alguma coisa.

  • Fosse um jornalista da Carta Capital que pulasse na piscina do Serra investigando suas relaçoes com o banqueiro dantas, os indigentes mentais que defendem a veja ja estaria exigindo o fechamento da concorrente.

  • blogosfera e jornais pequenos estão de parabéns, repercussão, que não poderia ser diferente, esta no nível do problema exige, mas jornais e grande imprensa, e vergonhoso , seus silêncios, serão cobrado!

  • “Calma, pessoal. De vez em quando, convém lembrar que repórter não é Polícia e a Imprensa não é Justiça, e também não deveria se considerar inimputável como as crianças e os índios. Vejam o que aconteceu com Murdoch, o ex-todo-poderoso imperador. Numa democracia, ninguém pode tudo.”
    Ricardo Kotscho

  • Será que Barbosa conseguirá desmurdochizar a Veja?
    Tem que começar pela demissão de Reinaldo Azevedo, murdochista roxo

    Se bem que nem cabe a mim dar sugestão para melhorar o esgoto, o murdochismo é uma escola do pig nacional, todos adotam o mesmo método, dai o silencio sepulcral da midia nacional diante da arapongagem do Civita

    • Desta vez a “Oia” se superou. É que nem aquele caso do ladrão que assalta e é pego com o resultado do furto nas mãos. Não tem desculpa. O que eles fizeram foi abusurdo e para piorar (eles ainda poderiam dar uma desculpa mais ou menos assim): O Reporter extrapolou as suas atividades, foi um desvio de conduta etc. e etc., mas a própria Oia” se condenou sem apelação pois publicou um monte de asneira na sua edição de Domingo convalidando a “burrice” do moço. Parece que a Direção da “Oia” está senil. Então moçada! não tem apelo: “Cana” e multa neste pessoal!

  • O murdochismo é uma certa escola adotada pela velha mídia, daí o silêncio sepulcral diante da arapongagem contra Dirceu, parece que todos adotam o mesmo método, posso estar enganado mas é o que parece.

    Quem cala consente

    Em tempo: conforme informa a comentarista raquel, a Record noticiou. Ainda bem

  • Boris Casoy advoga para a Veja
    Enviado por IV AVATAR DO RI…, ter, 30/08/2011 – 13:07

    Meu comentárioRealmente o Brasil é o paraíso de Murdoch. Quem esperava alguma notícia da arapongagem contra Dirceu sendo veiculada em algum outro meio de comunicação pode esperar sentado. Justiça seja feita, a Record noticiou, inclusive entrevistará Dirceu, vítima da espionagem. Fora isso, o silêncio é sepulcral, aliás, a Bandeirantes repercutiu o objeto do crime como se fosse jornalismo. Na maior cara de pau!http://3.bp.blogspot.com/_xouULh7tF44/S5vEYeqU99I/AAAAAAAAFfE/Kf4Dq36szmo/s400/boris-casoy-cinico.jpgPor Altamiro Borges

  • É por isso que eu gosto deste blog. Aqui, até os “marmitequeiros”(vejam o que dá ler Guimarães Rosa) chamam o PIG de ??…, de ?? … de ??? de PIG!!!!

  • De concreto há a informação que José Dirceu vai processar a revista. Não sabemos qual a atitude do hotel onde se configurou flagrante violação da intimidade de seus hóspedes. Com o Poder Judiciário que temos isso não vai dar em nada, no máximo uma indenizaçãozinha decidida daqui a 10 anos. Quanto ao governo federal propor uma legislação regulatória da mídia acho sonho de uma noite de verão. Por outro lado, não vejo atitudes mais firmes na crítica ao que a revista fez. Tirando um ou outro depoimento isolado parece que as lideranças políticas e mesmo entidades como OAB não estão dando importância ao assunto. Até na imprensa alternativa as manifestações são tímidas. Desse jeito nada muda neste país, infelizmente. Reproduzo abaixo mensagem enviada à Folha:

    Prezada Suzana e Senhores Editores,

    É do conhecimento geral a matéria publicada pela revista Veja sobre José Dirceu cujo conteúdo é um furo n´água. Apesar do mutismo da Folha, no que foi acompanhada por Estadão, Globo etc., sabemos também que o repórter incumbido da matéria cometeu crimes tais como a tentativa de entrar no apartamento onde Dirceu estava hospedado e a instalação de micro câmera em área interna do hotel. Tais crimes foram denunciados à polícia conforme boletim de ocorrência realizado em 24/8. Blogs como Viomundo reproduzem entrevista com o gerente do Hotel Naoum na qual ele confirma esses crimes. Até o momento nenhum jornal, ou órgão de comunicação, da chamada grande imprensa dedicou uma linha ou espaço para informar dessa ocorrência. A Folha em particular, da qual sou leitor diário, costuma quase que semanalmente repercutir as matérias de capa da Veja. Frequentemente essas matérias servem de ponto de partida para o jornal produzir suas próprias reportagens. Estranhamente nesse caso a omissão é total. Estranho porque por conta da utilização de métodos escusos o publisher Murdoch foi obrigado a retirar de circulação um de seus jornais e Veja ao utilizar métodos semelhantes não compromete apenas a si mesma, mas a imprensa como um todo. O mínimo que se esperava dos diversos órgãos de comunicação era uma manifestação de repúdio à utilização de práticas criminosas. A ANJ até agora não se manifestou e seu silêncio transmite a sensação que a corporação é mais importante que os princípios jornalísticos que ela diz defender, tais como ética, imparcialidade, isenção, apartidarismo entre outros. Finalmente não custa lembrar que a ANJ é presidida pela Sra. Judith Brito, ocupante de importante cargo dentro do Grupo Folha.

  • A se provar que Veja usou de artifícios criminosos para em tese fazer jornalismo, é hora de exigir na Justiça que o panfleto dos Civita tenha o mesmo destino do News of the World.
    Antes que o esquema de Veja sequestre o processo democrático que é tão caro à sociedade brasileira.

    revista forum.

  • Caro Eduardo
    A veja foi pega, os bancos também, continuam a matar líderes sindicatilistas, continuam a querer sabotar o país de qualquer forma e não medem consequência para isso, mas nada acontece para eles.
    Saudações

  • Com o Poder Judiciário já esta sendo provocado. Quanto ao governo federal propor uma legislação regulatória da mídia acho que urgentemente, os blogs já estão alertando.

  • O método de jornalismo praticado por Rupert Murdoch, ancorado em escutas ilegais e espionagem criminosa, começa a ser punido nos EUA. Thomas DiNapoli, auditor da contabilidade pública do Estado de Nova York, recusou-se a autorizar um contrato de US$ 27 milhões que o Estado tinha planejado com o braço educacional de Murdoch , a Wireless Generation. A razão implícita é a falta de idoneidade de quem pratica jornalismo delinquente para fornecer material educativo à infância e à juventude. Antes mesmo da decisão de DiNapoli sindicatos de professores já haviam batido de frente com o atual responsável pelos negócios educativos de Murdoch, Joel Klein, que foi cooptado diretamente do posto de diretor do sistema escolar de Nova York para fazer o meio de campo entre News Corp e as compras de material didático do Estado. O segmento educativo é a nova mina de ouro das empresas jornalísticas também no Brasil. A editora Abril é uma das mais atuantes no ramo. Em 2010 Grupo Abril anunciou a compra do Anglo – rede de educação especializada em cursos preparatórios para o vestibular -, tornando-se a segunda maior empresa do setor. O grupo criado a partir dessa aquisição deve faturar cerca de R$ 500 milhões e já controla as operações das editoras Ática e Scipione com um portfólio pedagógico de 3,5 mil títulos. A ‘Abril Educação’, equivalente a Wireless Generation de Murdoch, não é a única coincidência entre os dois grupos. A exemplo da News Corp, a Abril através da revista Veja também pratica um método de jornalismo assemelhado ao que levou ao fechamento do News of the World. A sintonia reafirmou-se- em recente episódio em que um repórter da revista semanal tentou instalar um equipamento de espionagem no quarto de hotel ocupado pelo ex-ministro José Dirceu, em Brasília. Uma camareira acossada pela reportagem de Veja para colaborar na invasão denunciou o método criminoso de jornalismo que, desta vez, foi abortado. O MEC e o governo de São Paulo, que tem suculentos contratos com a Abril Educação, bem como a UNE e sindicatos de professores não se manifestaram sobre o episódio.
    fonte : http://www.cartamaior.com.br/templates/index.cfm

  • Xará,
    Me explique, se puder, qual a missão que o (ex)banqueiro Fábio Barbosa terá na direção do grupo “abril”?
    Não lhe parece que há algo muito estranho nessa “contratação”? Ã coisa parece ser muito menos administrativa do que estratégica e, como sabemos, o PIG, incluindo-se a in(veja) tem muita bala na agulha e não pode ser despresada…

  • Ontem (29/08), assisti na cultura, um programa jornalístico e que apresentou uma entrevista com José Dirceu, era para ser uma entrevista sobre o seu papel na eleição de Lula, vinculado à luta armada, etc.. Mas o que aconteceu realmente foi que ela só serviu para um tal Nãoseioquê Vila ou coisa parecida, desancar toda uma raiva contida contra o Dirceu e sobre o suposto mensalão. Esse cara está quase sempre ali como especialista para atacar o PT.

  • vou reproduzir

    O caso Veja e o enojante silêncio dos éticos de plantão

    Enquanto novos segmentos de brasileiros se mostram estupefatos ao ‘descobrirem’ algo que para a imensa maioria já era conhecido – o comportamento marginal de boa parte da chamada ‘grande imprensa’ do nosso País e o jornalismo de esgoto que entregam para a sociedade – é de causar espanto (mas plenamente esperado) o silêncio criminoso e revelador de alguns éticos de plantão. Não escutei até agora nenhum discurso do senador Pedro Simon dizendo que esta ação da Veja se assemelha às práticas da ditadura, de invasão e de sequestro de pessoas. Onde está o nosso senador Cristovam Buarque, para dizer que, com esta ação criminosa, a revista mostra o quanto falta uma boa educação para os que se dizem jornalistas. Ou Cristovam concorda com a ação só por ser Dirceu um conhecido desafeto político seu? Ainda no senado, vergonhoso e muito educativo o silêncio de Álvaro Dias, uma espécie de sub-político que se quer uma espécie de referência em termos de moralidade e de comportamento. Todos estes éticos de plantão colocaram convenientemente o rabinho entre as pernas. É só procurar para ver se eles falam alguma coisa. Não falam por medo. Por conivência. Por cumplicidade. Por falta de coerência, vão empurrando a própria hipocrisia para debaixo dos tapetes – ou alguém pensa que só o PT empurra sujeiras para debaixo dos tapetes? Pode-se dizer que o grande culpado pelo estágio de degradação no qual chegou a imprensa nacional são os Governos do PT – porque estes não tiveram a coragem de implantar o marco regulatório na área das comunicações. Os governos do PT foram omissos e coniventes com a ditadura das agências de publicidade, que, por conta dos BVs (Bonificações de Volume), continuam despejando milhões de reais do povo brasileiro todo mês nas arcas desta imprensa podre, carcomida, viciada e, sabe-se agora, adepta de práticas criminosas. Percebe-se que boa parte do PT tem tanta apreço por esta mídia que só no fim da tarde de ontem a bancada do Partido na Câmara Federal emitiu uma nota. Faria melhor se enquadrasse a presidente Dilma para que ela parasse com esta conivência, esta relação promíscua que a Secom do seu Governo tem com estes representantes do submundo. Voltando ao silêncio… Onde está Suplicy que nestas horas cala e quem cala sempre consente. OU Demóstenes Torres e sua enfadonha ladainha – logo ele que ganhou espaço na espúria revista com a história de carroxinha de um grampo que nunca aconteceu. Onde foram parar os justicialistas hipócritas do jornalismo nacional, esta turma de pequenos aprendizes de fascistas do CQC e outros programas – sempre tão ciosos das coisas certas? Onde estão estes que sonham em ocupar o lugar do Judiciário e condenar quem lhes convém? É uma situação patética, mas que serve para desnudar a farsa de um circo que oposição (e mesmo da situação), segmentos do Judiciário – não escutei nem um pio do sempre midiático Gilmar Mendes, do irrequieto Marco Aurélio Melo (dois destes que não conseguem se portar como magistrados e que adoram dar pitacos de ocasião em qualquer assunto). O que foi feito da OAB, que sob o comando de Ophir virou uma espécie de porta-voz de alguns grupos de oposição, sempre dispostos a referendar qualquer ataque contra o Governo Federal? Ou será que este silêncio é pelo medo de que a ação da Veja torne o Zé Dirceu – já tipificado e condenado como bandido pela mídia – em vítima de uma solerte armação? Será que Cristovam, Simon, Álvaro, Gilmar, Demóstenes e tantos outros resolveram ficar quieto por medo de Zé Dirceu? Estou cada vez mais convicto de que por trás desta estranha cumplicidade destes paladinos está o medo que a figura do Zé Dirceu desperta numa classe política que sabe que precisa não apenas ‘condená-lo’, mas torná-lo um cadáver insepulto – um morto vivo que só possa viver nas sombras. Mesmo sem conhecer Zé Dirceu de modo mais profundo, posso assegurar que este medo todo destes ‘éticos de plantão’ mostra que Zé Dirceu é ainda o grande nome da política nacional. E a Veja acaba de mostrar isto, tornando-o vítima de uma armação que envergonha por tudo que revela.

    • A “Oia” fez foi dar um punhado de tiros nos pés. Deram uma grande publicidade ao José Dirceu. Tudo que publicaram sobre ele só fez torná-lo candidatíssimo a Presidente da República. Tentaram uma coisa inexplicável que foi mostrar que ele tem é muito prestígio e reune com os figurões da República. Eta. Revistinha porca!
      Eu, se fosse o Zé Dirceu telefonaria ao Civita e diria: “Brigadin Civita”

  • NADA VAI ACONTECER.
    Eles continuam lá no esgoto chamando Lula de apedeuta, de bandido, de ladrão, petista de vagabundo e leitores de jumentos. Tem outro lá que ameaça processar comentaristas que discordam dele e publica o IP das pessoas.

    Eles são donos do Brasil.
    PONTO FINAL.

  • Edu amigão, hoje fui surpreendido com a seguinte reportagem na Fôia: “Empresa de parentes de Alckmin é suspeita de fraudar prefeitura”. Muito embora é notícia que só aparece no fôia.com, e no rodapé.

    Eu pensava que o Serra não tinha mais todo esse poder.

    Sugiro um post com a foto do Alckmin, de avental, com uma vassoura em uma mão, e uma pá na outra; e a cabeça do próprio cunhado sobre a pá. E o título: “Faxina no governo dos outros é refresco”.

  • Cá com meus botões, Eduardo, acho que o mundo está entregue a uma minoriazinha safada, corrupta e gananciosa que não abrirá mão, de jeito nenhum, dos seus privilégios. Estou descrente de tudo, e acho que estamos trocando merda por bosta a cada dois e quatro anos, pois quem manda mesmo não mostra a cara, é como cupim, quando a gente menos espera já corroeu tudo.

  • Tenho falado !!! Esta “Grande Imprensa de Esgoto” ainda faz muito barulho, mas não o sificiente pra eleger um presidente !!! Bye bye direita raivosa !!!

    • Saulo, de fato o único discurso deles(pig, psdb, demos…) é o da corrupção. E só discurso mesmo pois a prática já sabemos. Aliás, até o discurso estão perdendo

      • Saulo……tô contigo……fico com saco cheio, quando vejo gente descrescrente aqui, reclamando que não vai dar em nada………COMO NÃO????? Olha nós aquiiiiiiii opinando…..vamos ser mais otimista e botaa lenha na fogueira da direita…….enquanto eles veêmmm, nóis fumo e já vortamoooooooooo……só perereca mija prá trazzzzz…….

  • Pedro Simon fez um incrível discurso dizendo que Lula no seu instituto e Dirceu em seu ap no hotel ,comandam um governo paralelo que enfraquece Dilma.Citou a primavera árabe, para mostrar como o povo pode ,sem que se perceba, se organizar e derrubar um governo.Ao mesmo tempo reafirmava não acreditar que existia pessoas interessadas em derrubar o governo Dilma. Cristovam Buarque disse que o comportamento do Lula apequena a presidenta,e que o comportamento do Zé Dirceu não é ilícito mais é lesivo e desrespeitoso.Ou seja ,sem ter o que dizer fazem críticas vazias ,demonstrando toda a inveja e raiva reprimidas.Tão republicanos e preocupados com o País ,com a ética, mas nenhuma palavra a respeito da conduta criminosa da revista Veja.HIPÓCRITAS.

    • O Simon morreu faz tempo, mantém-se de pé apoiado na sua cara-de-pau em defender os maiores corruptos aqui no RS, e fazer discurso moralista em Brasília.

      • Triste cena Flávio,triste cena no nosso País. Infestado de tristes figuras que se auto proclamam arautos da ética e da moralidade.Enquanto isso os deputados federais garantem o mandato de Jaqueline.Isso foi só um aparte.Voltando ao assunto, estou muito p. da vida mesmo.A grande mídia já era o esperado, mas nenhum sinal de fumaça do governo até agora me deixa indignada.Precisa mais o que?

  • FORA DE PAUTA: A presidenta Dilma roussef está ,neste momento, em Garanhuns-PE procedendo a aula inaugural da faculdade de Medicina daquela cidade do agreste pernambucano.A Dita faculdade é estadual ,mas conta com a colaboração do Governo federal na edificação de sua Infraestrutura(laboratórios etc) que são caríssimos.Isso é o processo de universalização e de interiorização do ENSINO SUPERIOR neste país.Quanta diferença da era tucana ,onde se proibia a construção de uma simples escola técnica(o governo Lula fez 208 e a Dilma pretende fazer mais de 200 também);
    Recentemente,próceres tucanos(ideólogos) preconizaram medidas radicais para a area economica e adminstrativa do país (privatização total das estatais/mudanças constitucionais para cortar direitos sociais/cortar gastos em programas sociais etc) esses tucanos NADA TEM A OFERECER AO POVO, noutras palavras,o programa deles é IMPRONUNCIAVEL, pois se o fizer, perde mais uma eleição(a quarta)

  • O plano é dominar toda a imprensa,que já está nas mãos dos sionistas há muito mais do que desejamos.Incitam o povo com balelas,mentiras e manipulação,para manter o PODER,….São os facínoras de sempre,com o mesmo modus operandi.Penso que deve haver algum trato,contrato,cláusula,acordo,qualquer coisa entre os governos,que plácidamente,aturam,colaboram,fazem vista grossa e ainda sustentam esses traidores,lesa pátrias e marginais.Após refletir,cheguei a triste constatação que os marginais da imprensa devem ter muitos políticos e PAL- LAMENTÁVEIS na gaveta.Quem sabe,chantageados… Se a PF e o MPF não entrar nas investigações,terei como confirmadas minhas suposições.Além de ser caso de polícia,também é hora do governo rever contratos e ACABAR COM ESSA POUCA VERGONHA DE SUSTENTAR ESSES MEDÍOCRES! Milhões de reais são gastos com essa bandalheira.Dinheiro público,o que nos faz vítimas duplamente.Temos o DIREITO de EXIGIR que nosso dinheiro seja gasto em projetos que alimentem o país de boas idéias e em propostas honestas.Vamos reverter essas verbas para a pesquisa científica,ao invés de pagar os salários desses traidores,lambe botas dos ianques.Vamos varrê-los para os quintos…e lá,no seu habitat natural,que esbravejem,gritem,vociferem e levem consigo os meia dúzia colonizados,que ainda acreditam neles.A lei dos médios é uma necessidade.ATENÇÃO parlamentáveis!Serão punidos pela complacência atual,nas próximas eleições.Não há mais lugar para covardes.Façam e façam agora.Desculpem o desabafo,mas é duro esperar pela MÁ vontade desses políticos covardes! Revejam os contratos,seus molóides.Instale uma CPI,seu Álvaro demagogo Dias! Mostre seus nervinhos,ACM Neto.Não são os valentes?Mentirosos compulsivos,sempre se valendo da mídia safada e tacanha.Viva a ARGENTINA!

  • Não sei se alguém já pensou na seguinte hipótese:
    Li hoje que o Senador Aécio Neves quer conversar com o Governo, ou seja, mesmo na oposição ele quer dialogar o que o transforma num estadista, que pensa só no Brasil; por outro lado teríamos gente do PT conspirando contra o Governo, leia-se Dirceu, ou seja, contra Lula e o Lulismo. Com esse raciocínio, a imprensa transformaria a oposição em estadistas enquanto que os Lulistas em traidores.
    Estas posições estão parecendo coisa orquestrada, como sempre, entre a mídia e a oposição.
    Grato.

    • Todo mundo sabe quem é Aécio Neves,até as pedras das calçadas proximas ao palacio da Liberdade,em Belo Horizonte e os grãos de areia da praia de Ipanema.A midia querer fabricar mais um estadista não me surpreende,fizeram isso com Collor e deu no que deu.A verdade é que a direita perdeu todas as bandeiras,inclusive a da luta contra a corrupção(vale ressaltar que para a midia golpista,corrupção no Brasil existe apenas desde 2003,desde quando Lula assumiu o poder em janeiro desse ano).Estou plenamente convicto de que a população como um todo ja percebeu essa jogada e que toda essa aproximação com o governo Dilma é para tentar atingir primeiramente Lula e depois a propria Dilma,porque uma coisa é certa,quem nasceu para lobo jamais será cordeiro,será sempre lobo.Durma com o inimigo e tenha a certeza de que ele te trairá,mais dia menos dia,porque é da genetica dele,a traição faz parte de sua conduta normal.Com essa oposição antidemocratica,antipopular e antinacional não ha a minima possibilidade de acordo ou de dialogo.Mas Dilma faz o jogo dela,dando corda para essa oposição covarde e corrupta,para que ela(a oposição)com a propria corda com que tentou laçar o governo e manieta-lo se enforque.

      • Concordo com vc Dimas, inimigo é inimigo. O problema é que agindo da maneira que está agindo, Dilma vem dando cartaz à oposição que está se despedaçando, é o que o Eduardo Guimarães vem alertando a muito tempo.

  • Cara, voce já nos revelou em que país vivemos!
    A folha publicou a ficha falsa e não deu em nada, essa “invasãozinha” não dará em nada também. Que saudades do Brizolão. Só ele para fazer o JN ler aquela nota no ar, ao vivo, depois dele ninguém mais.

  • Alo Eduardo: A Record News mostrou reportagem sobre as denuncias da Veja, mas tambem foi tentar entrevistar os trombadinhas da Veja e eles se recusaram a dar entrevista.

  • Prostíbulo Eduardo? Certo que o que Abril e Veja fazem é de uma vileza a toda prova mas, querer comparar com as práticas das meninas já é demais. Digo isto porque elas, ao menos, nos oferecem algo em troca e a Abril – Veja, oferece apenas o pior que a merda pode nos oferecer, no fedor daquilo que imprime.

    Quem me me dera o cheiro fosse o de perfumes vulgares, daqueles que de modo brincalhão, muitos chamam de “perfuminho” – mamãe já vou para a zona!”.

    A que ponto chegamos, querer a blogosfera (e a massa cheirosa também) traçar paralelos entre prostíbulos e a Editora Abril; as meninas não merecem este tratamento, não com uma concorrência deste nível e de seus “cólon…istas”.

  • EDUCAÇAO NEOLIBERAL: Segundo o Blog “sujo” Conversa afiada, a vitrine neoliberal do PIG está em situação crítica: A educação no vizinho Chile está na seguinte situação: As familias não abastadas têm que escolher QUAL filho irá para a faculdade ,pois os outros ficarão sem esse direito ,devido ao valor caro cobrado pelo Governo,Daí a crise educacional naquele país andino.Se os tucanos tivessem ganho por aqui, estariamos pagando hospitais,escolas,pedágios,agua,o ar…..Esses tucanos são por excel~encia EXCLUDENTES, é só ver a tentativa de repassar metade dos leitos hospitalares para os pacientes conveniados(com convenios médicos) e assim ,aqueles do SUS, teriam que concorrer à metade dos leitos….Ps; O PIG está caladinho quanto a problemática chilena….

  • Alguém já sentiu na pele a cicatriz que uma persequição da mídia por questões políticas deixa na pele ? É muito sério o que a Veja fez..Incrível como o governo ignora ,parlamentares ignoram ,jornalistas sérios ignoram.Não é preciso gostar do Zé Dirceu , é preciso gostar e respeitar a democracia e o estado democrático de direito.Não dá para confundir.As vezes dá vontade de fugir para comunidades paz e amor ,tipo anos 70 he he.

  • Não adianta, o PIG definha…
    Aqui em SC, terra piguenta, o jornal com maior tiragem, é um folhetim com fotos de belas mulheres semi-nuas e de manchetes policialescas. Custando apenas R$ 1,00 , são vendidos(?), no máximo, 30 mil por dia.
    Profissionais desesperados diariamente criam todo tido de notícia para alavancar as vendas e nada…
    Tentaram migrar para a internet, mas a linguagem jornalista tradicional não se encaixa em novas tecnologias.

    Na TV acontece o mesmo. Nos tele-jornais, denúncias e mais denúncias, e nada da audiência retornar aos patamares anteriores. As receitas de bolo, peixe e outras não sensibilizam o público… Estão perdidos!

    De jornalistas viraram jornaleiros, e dos ruins.

  • Eu fico pensando na seguinte possibilidade.
    Será que esse fato não foi feito de caso pensado?
    Será que Abril é tão burra assim de provocar uma ilegalidade sabendo que poderá ser condenada.
    É aí que reside o que eu penso.
    Com toda a certeza ela deve saber que não será condenada e que se tratou de uma provocação para que o governo vá para o confronto.
    Como foi dito, ninguém do PIG, comentou essa matéria, portanto para a grande maioria da população ela supõe que o povão lhe dará razão.
    Não é sintomático que o episódio do jornaleco do Murdoch foi noticiado exaustivamente e nem bem foi para a prateleira, e a Abril vem e provoca o mesmo erro?
    Eles estão fornecendo munição para o governo sair da retaguarda e atacar.
    Ontem o JN noticiou um “atentado” contra a afiliada da Globo em Maringá.
    Adivinhem o que o casal 171 respondeu?
    Que a Globo defende a liberdade de imprensa e que fatos como esse não os intimidarão.
    Podem esperar que virão mais fatos parecidos.

  • O governo federal não pode perder mais essa chance, já perdeu várias, é uma boa oportunidade de começar a emplacar coisas importantes como a Ley de Medios, mesmo pq se o governo ficar quieto vai dar mais munição para o PiG pensar que pode fazer o que lhe der vontade de fazer.

  • A agressão à Dirceu foi um ensaio da GAFE (Globo, Abril, Folha, pra ver até onde eles podem ir nos ataques e atentados ao Governo Dilma. Aliás esta é uma cédula de duas cabeças. Eles avaliam todo o desbotamento que fizeram ao longo do tempo com uma pessoa que defiinitivamente não era simpática nem com os seus, mas que também não é o satanás de rabo. E Dirceu tem os méritos, sua história e seus direitos de cidadão. Ao mesmo que atinge a gestão Lula, requentando matérias.

  • Para mim,nesse assunto de ilegalidade, parcialidade e gangsterismo midiático o Brasil dá de 5 x 1 na Grã Bretanha. Para cada Murdoch lá, existem 1 Civita, 1 Frias, 1 Mesquita, 1Marinho e 1 Saad aqui.

  • Parafraseando você, “prostíbulo nojento” não é só a Comunicação: são as Telecomunicações! E existe as parcerias e sociedades empresariais, entre um e outro! Recentemente, publiquei em meu blog (mais uma denúncia) a grave irregularidade de uma destas empresas, o que repercutiu no MariaFrô: http://quantizado.blogspot.com/2011/08/nefasta-embratel-agindo-de-ma-fe-com-o.html . Não tenho a mínima dúvida de que um assunto se relaciona intimamente ao outro: abusos nas comunicações, nas telecomunicações, empresas irmãs e parceiras fazendo e acontecendo neste complacente ambiente brasileiro de negócio$ e exploração! Só vamos resolver um e outro juntos! Conforme as entidades têm denunciado as propostas do governo para o PNBL, denúncias contra o AI5 Digital, abusos da imprensa, manipulações, etc… Tudo isto é farinha no mesmo saco! E, sem denúncias frequentes, mobilização crescente e pressão da sociedade, posto que até os governos capitulam, não vamos sair deste inferno que se tornou o setor da Comunicação umbilicalmente ligado ao da Telecomunicação no Brasil!

  • “A melhor coisa que poderia ter acontecido ao Brasil foi a Veja ousar tanto quanto ousou em seus delírios de poder”

    A melhor coisa, na verdade, foi a revelação da “ousadia”. Se investigar direito, outras “ousadias” serão descobertas!

  • “agora saberemos, de uma vez por todas, em que tipo de país vivemos”:

    Puteiro. Eh por isso que nao estou la.

    “A revista e seu repórter têm contra si acusações gravíssimas, clara e insofismavelmente inscritas no Código Penal e que contam com provas documentais, testemunhais e, se bobear, até uma confissão assinada publicada nos seus blogs de esgoto…”:

    Nao vai dar em nada e todos voces sabem disso. Exceto os que nao sabem em que pais vivem.

  • As fotos do post são bem sugestivas. Os dois rostos, ou melhor, as duas tremendas caras de pau, lustradas com óleo de peroba à exaustão, quase que coincidem por superposição. A cara de um é o focinho do outro. Por extensão, o mau caráter de um é marca registrada do outro. São autênticos poderosos chefões, devem ter muito mais coisas em comum. Engraçado que enquanto o sem-vergonha Murdock está na berlinda, no mundo inteiro, os daqui fazem de conta que não têm nada a ver com o imbroglio, fingem que não são farinha do mesmo saco. E por falar em PIG, continua o incansável e periódico trabalho piguiano (da Folha do Godfather Frias) no sentido de limpar a barra do Aético Never no inconsciente da coletividade brasileira, especialmente dos que são fissurados nas novelas da Globo. No UOL de hoje (02.09.11), aparecem os belos rostos de simpáticos atores e atrizes globais, sorridentes, joviais e aparentemente bem-amados, famosos, celebridades que se negaram a fazer o teste do bafômetro. Esta atitude vil e irresponsável de alguém dirigir embriagado, uma condição prévia para que vidas inocentes sejam criminosamente ceifadas, passa a ser, no jornalismo de blindagem do PIG, uma contravençãozinha, coisa pequena, um pecadilho venial, quem sabe, algo de que um futuro candidato a presidência pelo intocável e infalível Partido da Imprensa Golpista não teria por que, em momento algum, de se envergonhar. Faz-me lembrar o salafrário jornalista do NYT e sua “isenta” reporcagem sobre o bebum Lula. E como o PIG se rebelou, àquela época, contra a atitude dura do apedeuta!

  • Parece que nem Sartre com sua Náusea, nem doutissimas fontes conceituais sobre a verdade factual, onde se inclui a verdade lógica e moral, tudo isso de pouco adiante, para enfrentar e derrotar a poderosa horda dos pigmeus no caráter, como entre inúmeros, estão os que fazem, os que apoiam coisas como revista veja. Será que o bom senso, o institinto coletivo está morrendo? Cadê esses predicados por parte também das chamdas autoridades públicas, tão empenhadas e com mérito noutros combates. E autoridades, em especia[il, a partir do plano munícipal, com sequência no estadual e culminância na ordem federal? Está mais do que na hora de também as forças jovens, que reaparecem em defesa de direta de seus ineteresses, pressionarem os poderes legislativos, judiciários e executivos, com relação aos desmandos e obsessões de todos os extremistas politicos, filósofos de botequins e fundamentalistas de seitas e religiões, para banir da praxe pesudo informativa e de exxpressão tudo quanto se assemelhe, que cópias fiéis ou caricaturas de todos os meios da anti-comunicação.

Deixe uma resposta