Pesquisas revelam descrédito da grande imprensa e da oposição

Análise

Na semana que termina, foram divulgadas duas pesquisas de opinião que permitem conclusões que vão além daquilo que pretenderam apurar. Uma delas foi feita pelo Instituto Análise, do sociólogo Alberto Carlos Almeida, autor do livro A Cabeça de Eleitor, e a outra é de autoria do sociólogo tucano Antonio Lavareda.

Ambas revelam um quadro desalentador para uma oposição que, a despeito de contar com um apoio propagandístico e estratégico da grande imprensa que dispensa maiores comentários, há quase uma década vem fracassando em voltar a ser uma real alternativa de poder, aos olhos da população.

O que mais chama atenção é a resiliência da popularidade do ex-presidente Lula. Nove meses após deixar o poder, período durante o qual tem sofrido uma campanha negativa na imprensa ainda maior do que a que permeou seus dois mandatos, e ainda não tendo mais os meios de se manifestar que a Presidência da República concede naturalmente aos seus ocupantes, sua popularidade está mais forte do que nunca.

A pesquisa do instituto Análise mostra que, após oito meses (foi fechada em agosto) de governo Dilma, a boa lembrança de Lula continua intacta entre o eleitorado e influenciando decisivamente o jogo político e eleitoral. Para Alberto Almeida, coordenador do instituto, um dos dados que chamam mais atenção é a permanência da popularidade de Lula – o que o torna um fator de extremo desequilíbrio no jogo presidencial.

Durante o seu governo, Lula alcançou 80% de aprovação (ótimo + bom). Agora, com a artilharia da mídia contra si, as teses sobre “herança maldita”, as “marchas contra a corrupção” convocadas pela mídia e que visam seu período de governo, a aprovação do ex-presidente subiu e chegou a 82%. Segundo Almeida, “Isso significa que o eleitorado está com saudades de Lula”.

Ironicamente, a pesquisa divulgada pelo jornal Valor Econômico revela ainda um fato que, analisado pelo prisma correto, mostra que a grande imprensa, além de não ter credibilidade para desmoralizar Lula, pode estar reduzindo a popularidade da presidente Dilma com sua tentativa de forjar uma suposta ruptura política e administrativa de seu governo com o de seu padrinho político.

A aprovação ao governo Dilma é exatamente a metade da de seu antecessor: 41% de  “ótimo” e “bom”. E enquanto 3% dos entrevistados consideram que Lula foi ruim ou péssimo, 16% avaliam Dilma como tal. Nesse aspecto, as tentativas da presidente de tentar manter uma relação civilizada com a imprensa podem estar sendo vistas como “traição”.

A pesquisa também mostra que o governo Lula se tornou medida de comparação para o povo. Os que aprovam a administração Dilma Rousseff justificam a opinião com a percepção que têm de que a presidente está “dando continuidade ao que o Lula fez”.

Para os que previsivelmente dirão que a pesquisa do instituto análise é “comprada”, que o instituto é “petista” etc., vale analisar pesquisa levada a cabo pelo cientista político tucano Antonio Lavareda, pesquisa que, na semana que termina, pôs o PSDB em pânico.

Caciques tucanos se insurgiram contra a divulgação da pesquisa devido ao quadro tétrico que revelou, pois confirma todos os dados da pesquisa do instituto análise e mais alguns outros, todos altamente negativos para a oposição. Revela que, hoje, tanto José Serra quanto Aécio Neves não teriam a menor chance numa disputa com Dilma e muito menos com Lula.

Por fim, o PT pode dormir tranqüilo por conta da forma como o alto escalão tucano avaliou a pesquisa de Lavareda. Ao menos na visão do presidente do partido, Sergio Guerra, os tucanos devem insistir nas táticas de luta pelo poder que permearam a década passada.

Em primeiro lugar, a idéia “brilhante” dos tucanos é a de insistir ainda mais na teoria de que tudo que Lula realizou se deve ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Julgam que, apesar de a grande imprensa repetir essa teoria há quase 10 anos, ela ainda não se fixou na mente do eleitorado porque nas campanhas eleitorais o ex-presidente costuma ser “escondido” pelo seu partido.

A avaliação tucana não debita essa ocultação de FHC pelos seus pares à péssima lembrança que seu governo deixou nos brasileiros e que foi a responsável pela tentativa praticamente desesperada de votarem no enigma Lula em 2002, buscando como que uma última alternativa para um país que parecia não ter jeito antes de o PT chegar ao poder.

Por absurdo que pareça, a interpretação da oposição declarada e da dissimulada é a de que FHC só não desfruta de bom conceito por conta de não ser suficientemente exaltado e, assim, imprensa e oposição partidária podem passar a empreender uma forte campanha pela reabilitação de seu “legado”.

E não fica só nisso, o delírio conservador. Devido ao grande “sucesso” das campanhas moralistas que a direita empreendeu contra o governo Lula e que continua empreendendo contra o governo Dilma, a avaliação do presidente do PSDB e da parcela do partido que o apóia é a de que se deve insistir ainda mais na criminalização do PT e do ex-presidente Lula.

É possível prever, assim, que, nos próximos meses, oposição e mídia devem intensificar o denuncismo contra o legado de Lula e contra o governo Dilma, bem como a exaltação da era FHC e a difusão da tese de que tudo que está acontecendo de bom hoje no país se deve a um governo que terminou, em 2002, sob forte desaprovação da sociedade.

Dilma, Lula e o PT deveriam agradecer aos adversários. Se bobear, ainda farão com que Lula seja canonizado.

94 comments

  • A oposição midiático/tucana está naquela situação sugerida pelo famoso ditado popular:

    – Se ficar o bicho come, se correr o bicho pega.

    Pelo andar da carruagem, teremos o PT no poder por bem mais que os 20 anos que os tucanos de FHC e Sérgio Mota sonharam um dia.

    A única saída para os tucanos é se reciclarem e repudiarem o núcleo de suas crenças, que quase inviabilizaram o Brasil na gestão FHC, como as privatizações do patrimônio público, o corte de gastos públicos, o arrocho salarial, o desmonte da legislação trabalhista, a devoção ao ” deus mercado “, etc.

    Sem isso, o PSDB vai continuar a minguar e seu caminho é o mesmo de seu parceiro de derrotas, os DEMOS, em estágio avançado de extinção.

    • Mas como o PSDB é isso – privatização do patrimônio público, corte de gastos públicos, arrocho salarial, desmonte da legislação trabalhista, devoção ao ” deus mercado “, etc. – deve seguir minguando até se transformar em outra coisa igualmente ruim, como vemos acontecer com a Arena desde o fim da ditadura. Infelizmente, conservadorismo, fazer política apenas em benefício próprio, e ter profundo desamor ao próximo e ao país, são características humanas e políticas que não tendem a desparecer.

      • A questão central e que dá para perceber é que estes TucanoDemos não gpstam de trabalhar. Este pessoal não gosta de trabalhar, mas sim sãochegados a um bom vinho e umqueijo fondue em Paris.
        Trabalhar não é com eles , então preferem o Estado mínimo, pois privatizando eles não precisam fazer nada,somente recolher impostos.
        Né mesmo Padin Çerra?

        • Taí uma verdade, acho que você acertou na mosca.
          Mas também, quem precisa trabalhar com uma mídia lhe passando a mão na cabeça, igual uma mãe de um filho mimado ?

    • “A única saída para os tucanos é se reciclarem”
      O problema, caro Donizetti, é saber se a oposição é lixo orgânico ou reciclável. Isto ainda não está claro

        • O tempo todo eu leio que eles vão “resgatar” a bandeira da social-democracia, que constitui o nome do partido. O problema deles é que se há um partido que conseguiu resgatar a social-democracia no país, foi exatamente o PT, o que torna muito dificil a tarefa deles de diferenciar-se. Além disso, grande parte dos eleitores que votam na oposição são extretamente reacionários e querem justamente uma guinada ainda mais à direita dos partidos contrários ao governo. Então não vejo muitas perspectivas para eles no curto prazo, ainda que me assuste com o neo-conservadorismo que parece estar ganhando espaço no país e que se deve não apenas ao PIG mas também aos setores religiosos.

        • a qual voce esqueceu de escrever, a corrupcão nos governos fhc, foi muito maior do que nos anos lula, segundo essas proprias pesquisas.
          reinaldo carletti

        • Sr. Eduardo, Não correriam o risco de ir contra o Oligopolio midiático, se optarem pelo povo, perderiam até em Resende como diz PHA.(Conversa Afiada). Sem a mídia desapareceriam do cenário político.
          Então creio eu que não devemos esperar esta mudança de rumo.

          • CLÁUDIO tem toda razão: um partido que se deixa pautar pela mídia mais reacionária do planeta, e tem como ideólogos o bispo de Guarulhos, o vendedor Malafaia, e o Rei do Esgoto, está buscando a morte política por décadas.
            Há espaço para um partido conservador no Brasil, mas o povo repele a extrema-direita e anti-nacional. E essa turma do PIG e da igreja falangista ainda não entrou no século XIX, enquanto o Brasil disparou…

        • Eduardo, concordo com voce. Uma oposição política consequente, fiscalizadora, ética e propositiva é muito importante para nosso Brasil.

          Nenhum governo sabe tudo e acerta tudo, correção de rumos são importantes para que não haja desperdício de recursos públicos ou adoção de políticas públicas equivocadas. Isso é do jogo democrático e saudável.

          A questão é que a atual oposição representada pelo PSDB e DEM, tornou-se mera caixa de ressonância dos interesses ou idiossincrassias ideológicas da mídia conservadora. Ficou refém dessa mídia e de seu modus operandi, que prima pela criação em série de falsas crises políticas e entrou no jogo do “quanto pior melhor desde janeiro de 2003, com a posse do Presidente Lula/PT. Tem fracassado sistematicamente em seu intento de invialibizar o governo federal, mas tem prejudicado imensamente o progresso do país.

          Numa completa inversão de papeis e valores, hoje é a mídia partidarizada que dá o tom e diz qual é a música para a oposição dançar ou representar seu papel.

          A oposição política, que é legítima em qualquer nação democrática, está a reboque das pautas da mídia partidarizada, que usurpou de forma ilegítima seu papel no jogo político/democrático.
          Dona Judith Brito da ANJ deixou isso muito claro, eles são a oposição ao governo do PT.

          Ocorreu uma inversão de papeis, pois hoje parece que é o rabo ( a mídia ) que está balançando o cachorro ( a oposição ) e não o contrário, que seria o mais lógico e razoável.

          A oposição demo/tucana terceirizou para a mídia conservadora sua pauta política, é a oposição que corre atrás das denuncias e factóides criados pela imprensa.

          Isso explica o verdadeiro beco sem saída no qual se encontra a oposição ao governo Dilma/PT.

        • Carissimo

          Adorei a ideia da reciclagem, caiu muito bem para o PSDB. O que se recicla?
          Mas nem tudo se recicla. Aqui na Alemanha tem o Schwarzer Müll que é o lixo que nao se encaixa nem no bio, nem em plastico, aluminio, etc.

          O idel era uma atualizacao, mas quando tentaram o debate o Farol logo determinou que se afastassem do povo, logo, sem povo nao tem voto, sem o tal nao se chega ao poder. É Dilma e Lula, nao tem para ninguem.

    • Donizeti, concordo com você na avaliação de qual seria a melhor estratégia para o PSDB sair da crise em que se encontra. Esquecer o passado e apresentar propostas e projetos para o futuro, deixando de lado a prática de oposição intestina, raivosa e sem critério que adotou nos últimos quase nove anos.

      Mas eu acho que eles não tem mais condições de mudar. Tanto na privataria deslavada do governo FHC quanto na oposição sem rumo nem escrúpulos que praticaram durante o governo Lula, o comprometimento do PSDB com a extrema direita, o neoliberalismo selvagem e os mais toscos e retrógrados preconceitos de classe foi a fundo e muito além do ponto sem retorno.

      O PSDB não tem mais nenhum futuro, hoje esse partido é uma legenda alugada pela mídia, ou por assim dizer um braço partidário de uma mídia que está hoje só representa o que há de pior na sociedade, o preconceito, a mentira e a falta de escrúpulos.

      Deve surgir uma nova oposição para ocupar o espaço de oposição propositiva que hoje está vazio, mas ela deve sair da própria base aliada. Para a oposição demotucanalha (incluindo aí o PPS) só restará a saída apontada pelo PSD, ou seja, a formação de legendas partidos nanicos que funcionem como legendas de aluguel, atuando como balcão de negócios dos oportunistas, mas sem qualquer relevância na política nacional.

      Um fim execrável para partidos infames, a escória da política nacional.

      • Muito boa sua análise Ruy.

        Acho muito ruim para o Brasil esse eterno clima de ‘fla-flu’ que se criou na política.

        Parece uma verdadeira guerra de extermínio entre o governo federal e a oposição, mas quem criou esse clima de antagonismo foi a mídia conservadora em sua tentativa de golpe contra o governo Lula em 2005, quando a partir de uma denuncia vazia do deputado roberto jefersos criaram o tal de ‘”mensalão midiático”.
        O problema foi que os tucanos compraram da mídia essa estratégia de tirar Lula e o PT do poder por vias transversas, com uma crise institucional.

        De 2005 até hoje, não existe mais diálogo civilizado entre o PT e o PSDB, os ânimos se acirraram de tal forma que nenhum lado admite enxergar alguma qualidade ou acerto no que o outro faz.

        Pior para o PSDB, que perdeu para o PT praticamente todas as bandeiras que tinha quando de sua fundação, sendo que a social democracia ficou somente no nome do partido, pois praticaram as políticas mais desastrosas e retrógradas nos 8 anos do tucanato de FHC. O PSDB ficou mais com a cara do PFL que os próprios demos.

  • Durante os oito anos de (des)governo dos tucanos, seus olhos estavam voltados para os EUA e Europa com suas políticas neoliberais. Olha o resultado aí? desemprego, recessão e todos os países de primeiro mundo atolado em dívidas. Hoje estamos vendo os países em desenvolvimento como Brasil, China, Rússia, Índia e América do Sul, sendo espelhos para o resto do mundo. Imaginem como estaríamos hoje se o país estivesse nas mãos dos tucanos?

  • deu no r7
    “Na Polônia, Lula recebe prêmio e doa US$100 mil a país africano”.

    aposto uma bala (de banana) que a direita vai criticar!
    direita:
    – tanta gente precisando aqui (até eu kkkkk) e ele doa para o estrangeiro.

    esse povo vai criticar lula até se ele inventar a cura para o cancer!

  • Não são claras as propostas do PSDB nos tempos de mobilização social e afirmação do Brasil como a maior democracia emergente do mundo. O Partido conseguiu plotar uma imagem ruim na mente do eleitorado por causa do entreguismo e estagnação da Era FHC. Essa estratégia de reivindicar feitos de um governo póstumo não vai dar certo: o plano real (obra do governo Itamar) vai completar vinte anos e eles ainda estão falando nisso! Deve ser única coisa boa que FHC fez na vida.

    De acordo com essas pesquisas, parece que grande parte da população identifica o PSDB como o partido das elites, dos ricos e dos que não gostam dos pobres. Até a própria elite parece assimilar essa idéia. O povo também percebeu que a imprensa velha, coitada, serve ao grande capital, aos poderosos. Só gostaria de criar um alerta para um dado importante: a questão da inércia da popularidade da Dilma devido suas tentativas de aproximação com a Mída.

    Outra coisa interessante que percebi foi a forma como a presidenta trata a imprensa em duas entrevistas matinais: para a Globo, empresa jornalística venal, tratamento de pé com uma Dilma apressada, desconfiada e cautelosa. Para a Record, empresa de comunicação que ainda é uma incógnita na mente de muita gente, entrevista descontraída numa mesa de café da manhã maravilhosa com uma Dilma alegre, sorridente, calma e com um coragem para olhar o telespectador nos olhos e informar sua opinião sobre temas relevantes. Dilma imprime seu estilo como nunca se viu antes.

  • Oposição como , Serra-Alvaro Dias-Catanhede-Miriam Leitão- José Agripino Maia- Aecio Neves- FHC a Midia brasileira , em que contribuiu nos últimos 40 anos para a diminuição da desigualdade na nossa nação? Que tipo de contribuição ou propostas apresentaram? Não querem reforma política, não querem fiscalização do IR e falam em moralidade ( denuncismo só contra os adversários) . Infelismente não temos oposição no Brasil e é necessário o contra argumento, mas de quem não tem idéias é elistista e só quer manter previlégios nada se pode esperar.

  • O problema é que essa onda de denuncismo já foi muito explorada pela oposição e mídia que não faz mais efeito e até produz efeito contrário ao que pretendem. É como um remédio (no caso veneno) que de tanto se usar acaba criando resistência ao organismo atingido.

    Álvaro Dias já virou piada pronta ao ficar nos corredores do congresso tentando angariar assinaturas pra abrir CPI. Qualquer CPI, não importa, desde que seja contra o governo. Chega um momento que o povo se enche e manda essa turma ir lamber sabão. kk

    A oposição chegou num ponto tal que me faz lembrar do sapo dentro da panela de água quente: Vc coloca um sapo dentro de uma panela com água fria. Deixa-se ele ficar um tempo naquele ambiente confortável e depois começa aquecer a água lentamente. Chegará um momento que a água esquentará numa proporção tal que o ambiente ali se torna insuportável e ele vai procurar sair de lá dentro, mas aí já será tarde demais. Ele se acostumou tanto tempo naquele ambiente confortável, criou ali uma identidade, que não consegue mais reunir forças pra dali sair. E morre cozido.

    Abraços Edu.

  • colaborar na politica dilmista, aceitar um agenda minima de politicas “de Estado” em cooperaçao com ela, lançar politicos novos e de cabeça nova em suas fileiras e… esperar o medio prazo, prazo de maturaçao junto á nova Classe C , que estará ainda mais conservadora.
    Gostaram, tucanos?
    Receio que nao.
    Mas essa é minha receita, e sincerissima pra voces tirarem o pé da lama.
    Ah, ia esquecendo: e deixar de seguir ou patrocinar a Midia burra e alienada do povo ( a linha Plimplim atual, Cbn ,RBS e que tais). Porque nao é proibido ser oposiçao critica com pes no chão. É apenas mais inteligente.

  • Já ví que o PIG sentiu o golpe e o acusou em vários posts em blogs dedicados ao demotucanato.
    Não vai adiantar.
    O que os demotucanos precisavam fazer é impossível de conseguirem, que é demonstrarem que estariam arrependidos de terem entregue as riquesas do Brasil nas mãos de apaniguados oportunistas, fora que ainda teriam que contar com a amnésia dos aposentados vagabundos, dos funcionários que perderam seus empregos no enxugamento das empresas privatizadas, da inflação alta e juros exorbitantes.
    Eles teriam que se reinventar, mas a empáfia é maior e continuam a tomar atitudes e discursos que até o mais ingenuo percebe que o grande desespero é por estarem perdendo terreno e votos.
    Perderam play boys.

    • Com esses “gigantes em estatura física e moral”, a oposição está ferrada de vêz.

      O Covinhas mal começou sua carreira e já age como um político das antigas, acobertando malfeitos e corrupção na tucanolândia paulista. Foi o Estadão que noticiou.

      O ACminho é legítimo herdeiro das práticas politicas de seu finado avô, que ficou conhecido na política como ” toninho malvadeza.”

      O Aécim das Minas Gerais, parece que está somente preocupado em curtir a vida nas praias e noites cariocas; É o único caso de um político mineiro que fica mais fora do seu domicílio eleitoral do que nas montanhas de Minas.

      Mas ainda vejo uma lúz no fim do túnel para a oposição tucana/midiática, só que é o trem da história vindo em sentido contrário.

  • politica tucana , sao paulo:

    A Linha Amarela do metrô, QUE tem operaçao PRIVADA, aquela da estaçao do desastre em PInheiros, funcionando agora plenamente, tem duas regrinhas:

    1º – Se o numero de passageiros cair abaixo de determinado patamar, o governo tucano do estado
    pagará a diferença aos privados. Eu tambem gostaria de ser capitalista sem risco.
    2º Uma clausula de contrato fixa reajustes de tarifa para o futuro ( o mesmo que na telefonia (o ‘pulso’ mais caro do mundo ) e na Kilowattaria (idem).

    Numero maximo de passageiros por metro quadrado?
    Não, isso nao tá previsto em contrato não.

  • A propósito, mais uma “boa” notícia para a oposição:

    AVALIAÇÃO POSITIVA DO GOVERNO DILMA SOBE PARA 51%, DIZ CNI/IBOPE

    A avaliação positiva do governo da presidente Dilma Rousseff cresceu em setembro, mostrou pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta sexta-feira (30).

    De acordo com o levantamento, 51% dos entrevistados consideram o governo Dilma ótimo ou bom, contra 48% em julho. A melhor avaliação do governo Dilma foi apurada em março, quando chegou a 56%.

    A pesquisa mostrou ainda que 34% apontam o governo como regular, contra 36% há dois meses, e 11% o classificam como péssimo ou ruim, ante 12% em julho.

    A avaliação positiva da presidente também subiu. Em setembro, chegou a 71% ante 67% apurados em julho. Em março, Dilma havia recebido a melhor avaliação positiva, com 73% de aprovação.

    A pesquisa foi realizada pela Ibope sob encomenda da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Foram ouvidas 2.002 pessoas em 141 municípios entre os dias 16 e 20 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.

    ( http://noticias.uol.com.br/politica/2011/09/30/avaliacao-positiva-do-governo-dilma-sobe-para-51-diz-cniibope.jhtm )

  • Tb gostei São Lula.
    O título de São, é dado a pessoas que se dedicaram ao próximo e assim sendo Lula está no caminho certo.
    Durante oito anos de governo, Lula se dedicou ao próximo.
    Todas as classes foram amparadas pelo são Lula, dirão, mas as elites ganharam muito dinheiro, aí é que está o lado do santo,
    Ele não foi presidente de todos! Vai ser santo de todos. Todos participaram da distribuição do bolo.

  • “é a de insistir ainda mais na teoria de que tudo que Lula realizou se deve ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso”
    Só podem acreditar que a maioria da população brasileirra é otária.

  • Edu, fique tranquilo quanto a estrategia de resgatar FHC, qualquer analise, a mais banal possivel mostrará o quanto é fragil a base desses argumentos, a não ser que eles dessem um jeito de voltar no tempo enviando o exterminador para matar LULA, ainda em Garanhuns. O passado não pode ser mudado, muito menos pela vontade do PSDB.

  • Eitcha juíza arretada sô!

    “Eliana Calmon contra os togados impunes”

    Blog do Ricardo Kotscho – 30/09/11 às 11:16

    Cesar Peluso deve ter ficado particularmente incomodado com uma comparação feita pela corregedora nacional de Justiça Eliana Calmon, quando ela diz: “o Tribunal de Justiça de São Paulo só vai se deixar ser investigado no dia em que o Sargento Garcia prender o Zorro”.

    Os donos do poder do Judiciário não admitem qualquer controle _ nem externo, nem interno. Julgam-se inimputáveis, como as crianças, os idosos e os índios. Dos 33 juízes punidos pelo Conselho Nacional de Justiça, desde a sua criação, em 2005, o Supremo Tribunal Federal já concedeu liminares suspendendo as penas de 15 deles.

    É por isso que cada vez mais gente acredita que no Brasil só vai para a cadeia quem não tem dinheiro para contratar um bom advogado. Neste momento, 35 desembargadores estão sendo investigados pela corregedoria do CNJ, mas de que adianta o bravo trabalho de Eliana Calmon se depois o STF vai lá e concede liminares tornando todos inocentes?

    Eliana Calmon que se cuide. Basta ver o que aconteceu com a juíza carioca Patrícia Acioli, que combatia a corrupção dos fardados do andar de cima da PM do Rio de Janeiro. Levar a sua missão com honestidade às últimas consequências pode ser perigoso.

    leia post na íntegra: http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/

  • Corretíssimas as suas observações, Eduardo.
    E não é só no Brasil. Em toda a América do Sul a grande mídia é igualzinha ao PIG nacional. Dedica-se ininterruptamente a defender os interesses das elites e das transnacionais que dominam o mundo ao mesmo tempo em que tentam desconstruir a imagem dos verdadeiros líderes, partidos e movimentos populares.
    E não tem adiantado nada. Lula, Hugo Chávez, Evo Morales, Rafael Correa,Cristina Krchner, Fernando Lugo, Pepe Mujica ,Dilma Rousseff e Ollanta Humala aparecem cada vez melhor nas pesquisas de opinião.
    E o Piñera no Chile,de direita, incensado pelo PIG de lá, está com apenas 20% de aprovação. Já sobre a Colômbia, onde Juan Manoel Santos também é de direita puro sangue, não tenho informação atualizada, mas sei que há um forte movimento de protesto nas ruas, contra a política neoliberal, atrelada aos EUA, que ele está desenvolvendo, especialmente em relação à educação pública e à saúde.
    Aqui no Brasil no sábado passado, foi divulgada uma pesquisa, encomendada pelo PSDB, que revelou um resultado realmente impactante. Se a eleição presidencial fosse agora, DILMA GANHARIA NO PRIMEIRO TURNO.
    Seria eleita com 59% dos votos, enquanto Serra teria 25% e Marina 15%. Se fosse uma pesquisa encomendada pelo PT, diriam que houve mutreta. Mas…
    Trata-se de um fenômeno surpreendente, já que o PIG só fez e faz armar contra a Dilma.E mesmo assim, muitos que não votaram nela,se arrependeram e hoje votariam nela.
    Pessoalmente conheço várias pessoas nessa situação: viraram a casaca, e estão encantados com o desempenho da Presidenta. E reconhecem que foram intoxicados pela campanha virulenta do Serra , maliciosa da Marina e pelo PIG. E por incrível que pareça, alguns deles que tinham preconceito contra políticos oriundos da esquerda, já consideram que isso não importa, que o problema nesse caso, fica irrelevante diante da nteligência,competência e posições éticas da Presidenta..
    Dá-lhe Lula! Dá-lhe Dilminha! Chora PIG!
    E vamos que vamos!

  • ‘oposição e mídia devem intensificar o denuncismo contra o legado de Lula e contra o governo Dilma, bem como a exaltação da era FHC”

    Água mole em pedra dura tanto bate até que fura? Não se a agua mole for o pig e a pedra dura for o Lulão
    Exaltação da era FHC? Será que vão tentar conven$er uma escola de samba a fazer do FHC seu enredo para o próximo carnaval
    Cruzes! nem o “criôlo doido’ aceitaria botar o FHC no seu samba

  • Não adianta o PSDB conversar, conferenciar, “refundar”, se não extirpar a linhagem neoliberal do partido. Vejam o que está ocorrendo na Europa e nos Estados Unidos: multidões cada vez maiores exigindo a fim do absolutismo de mercado, do enxugamento de estado e da perversa e desastrosa concentração de renda. Chegou-se a um ponto em que mais e mais pessoas estão emigrando do outrora 1º Mundo para o Brasil, em busca de trabalho e emprego! Viram agora por que as tais “passeatas contra a corrupção” aqui no Brasil não juntam mais do que 50 ridículos manifestantes? Tem gente aqui que se acha imune à concentração de renda. É. As classes médias européia e americana também pensavam assim, e olhe no que deu. Então, ou o PSDB (o DEM já foi pro beleléu) reformula seu programa, ou continuará no ostracismo até acabar de uma vez, no guilhotinaço que vai sofrer em 2014.

  • “a difusão da tese de que tudo que está acontecendo de bom hoje no país se deve ao governo FHC…” – Peraí. Peraê! Se os governos de LULA/DILMA são mera continuação do anterior (FHC I e II), então por que cargas d’água os tucanodemos criticam tanto o atual, sob a alegação de que está “tudo errado”, e que pra isso precisa ser mudado? Sé é a continuação, haveria de ser igual. E se fosse igual, não necessitaria de mudanças. Perceberam a falta de lógica? Então tá na cara que não um não continua o outro, nem é igual. A “correção de rumo” que eles pregam nada mais seria que um retrocesso a um passado de miséria absoluta, de quebradeira geral, desemprego, concentração de renda etc. Vade retro, cambada neoliberal!

  • Outro dia conversando com meu irmão que mora em SP, ele me chamou a atenção para uma coisa que estava percebendo no comportamento da mídia, Eduardo. Segundo ele, ela ia levantar bandeiras e fazer crer que era a sociedade que estava a levantar, ia apoiar, mas dá a impressão de que não era ela. Não deu outra, a tentativa de levar a população às ruas e fazer crer que tal ideia era oriunda das redes sociais, foi uma das.

    Mas eles continuam com a empreitada, e as duas pesquisas não apenas afirmam o óbvio como qualquer conversa que se tenha com o cidadão comum no dia-a-dia, se confirma, como pode-se perceber através de outras análises. O que chama mais atenção, neste momento, é a contradição entre o que eles falam no que respeita à economia e o real desta economia. Todos os dias, nos telejornais e nos jornais impressos, os analistas do PIG estão a destruir e desconstruir qualquer coisa que venha do governo.

    O descrédito surge a partir daí, ou seja, não dá para você vê e ouvir, por exemplo, Míriam Leitão, Sardenberg, Joelmir, vaticinarem só coisa ruim sobre a economia, dizendo que o governo fez isso ou aquilo errado. Não bate meu caro. Você acha realmente que um governo que quer se reeleger vai está fazendo besteira na economia?
    E não apenas isto, um país que quer sair da condição de emergente e tornar-se potência, vai ficar fazendo besteira na economia em meio a uma crise mundial deste tamanho?

    Dilma em algum momento passa a ideia de alguém que é irresponsável com as contas públicas, ou ela foi escolhida pelo perfil de austera e zelosa pela coisa pública? São afirmativas da mídia que não batem. E o povo começa a perceber isso, ou seja, o projeto de governo é um projeto de país. Não é um projeto apenas de partido político. Mas um partido que acolhe diversidade e identidade nacional. Um partido que ele elegeu em meio a todo um simbolismo um homem do povo, que tem a cara da maioria do cidadão e da vida do brasileiro comum.

    Curiosamente, este homem mudou a vida de muitas pessoas, sejam comuns ou não. E isso está a amargurar, irritar, causar insatisfação a muita gente. Tudo isso é na verdade, no fundo, no fundo, um conflito tácito de classe. Acredito que meu irmão tem um pouco de assertiva quando fala sobre isto. Veja a situação da mídia agora no caso da ministra Calmon. Por que não apoiaram o Judiciário, mas acolheram a ministra? Por que estão começando a perder a credibilidade do povo e, se apoiassem o Judiciário neste momento, dariam um tiro no próprio pé, simples assim, pois se não todos, a maioria do povo brasileiro não é satisfeita com a Justiça deste país, pois no cotidiano costuma-se dizer: justiça para branco e rico, pobre lascado se ferra.

    São muitas coisas que este país precisa avançar enquanto sociedade, Eduardo, e as redes sociais estão aí para fazer as coisas andarem e não prevalecer mais o pensamento único. É inegável a mudança que Lula fez neste país, em todos os aspectos. Os comentários dos colonista da imprensa passam a ser algo ressentido, raivoso, rancoroso e fora do tom, é como alguém que não quer que o país cresça e mude de paradigma.

    É alguém que deseja aquela velha forma de dizer ao outro o que deve ou não deve deixar de fazer, por imaginar que pode controlar tudo e todos. Estamos em 2011, até 2014 teremos muita coisa para ver.

    • Mariana,vc expressou de forma brilhante aquilo que eu sempre pensei com referencia ao discurso da midia,nem vou me alongar muito no comentario porque vc ja disse praticamente tudo.A midia vai num caminho enquanto a população vai num outro radicalmente oposto.Ou seja, a midia se descolou completamente da realidade de tal modo que o que se le ou o que se ouve na midia é como se fosse uma historia de ficção de terror que ninguem consegue enxergar no seu dia a dia,à sua volta.Como a oposição parlamentar insiste em pautar suas estrategias de ação pelo que diz essa midia delirante,acaba tambem por se distanciar e muito da realidade e portanto das demandas e dos anseios da sociedade.Dessa razão decorre o descredito e a decadencia dessa oposição parlamentar e da midia delirante.Se a ficha desse pessoal,principalmente a ficha do pessoal da midia,caisse,acabaria essa situação ridicula e porque não dizer grotesca em que oposição parlamentar e midia se meteram.

  • O pós-Lula, pós-Dilma e pós-PT não virá nem do PSDB, nem do DEM nem do PiG. E nem da direita lulo-dilmista, PMDB à frente. Anotem aí.

    Esses demo-tucanos deviam é sossegar e recolher seus punhos de renda, pra não os sujarem com o queijo e o vinho da França. Podem aguardar a nova classe C lulista revelar seu conservadorismo, como um colega escreveu acima.

    Quanto ao Piñera, ex-ministro de Pinochet, o PiG de lá não é com G de golpista. É com G de governista.

  • Eduardo

    Você tem toda razão. É mesmo o inferno astrológico da mídia, o que começamos a assistir.
    Vejamos, com atenção, os resultados dessa pesquisa do IBOPE encomendada pela Confederação Nacional da Indústria que saiu HOJE:

    http://g1.globo.com/politica/noticia/2011/09/71-dos-eleitores-aprovam-presidente-dilma-diz-ibope.html

    Os resultados obtidos pela Dilma são esplêndidos.
    Ela tem 71% de aprovação e o pecentual de entrevistados que consideou o Governo Dilma ótimo ou bom subiu para 51%.
    Nem Fernando Henrique nem Lula conseguiram esses índices aos nove meses de governo.
    Só o Lula poderia ter nos dado esse presente: Dilma Rousseff. Como ele não é mesquinho nem invejoso, como tem sabedoria e inteligência de sobra, como ama o povo brasileiro, escolheu com muito zelo quem o iria suceder. Gracias Lula! Gracias Dilma!
    O melhor da festa é ver que a midiona vendida é obrigada a publicar os resultados dessas pesquisas.
    É hora de partir para a Reforma Política e a Lei da Mídia. E ficar de olho na Comissão da Verdade.

  • Perfeito texto,como sempre. É oportuno relembrar que a oposição(psdb+dem+pps) definha a passos largos no Nordeste (onde até 1998,tinha alguma expressão com tasso,Marco maciel etc) ;Os Prefeitos municipais estão deixando o psdb e se alinhando a base de governo estadual e/ou federal.Os projetos estruturantes e as obras locais são fatores que atraem,sem se falar na sobrevivência política.Qume de sã consciencia vai ficar atrelado a lideranças obsoletas que nada têm a oferecer em matéria de futuro.Além do mais ,por ideologia,o psdb e o dem(o) pregam menos estado o que significa desmonte de órgãos estatais(experiencia de triste memória) , o que significa órgãos sucateados,fechados e com a burocracia desmontada. No nefasto periodo de 1998-2002, faltava até papel higiênico nas Universidades federais.Isso ainda está muito vivo na memória de todos.Diferentemente de joje, quando novos edificios são construídos(IFETs e UNIVERSIDADES) ,os políticos veem tudo isso e vão aderindo a base do governo; Quem vai ficar contra tudo isso, além da midia safada e alguns suicidas eleitorais ? A Transposição, Metrôs,Ferrovia transnordestina,Siderúrgicas,Refinarias,Obras da copa(estadios,avenidas,viadutos,tuneis etc).Some-se a isso a performance do governo Dilma diante da crise(vai ultrapassá-la) e um reserva de luxo (Lula) . O que o conasórcio do inferno tem para oferecer além da demagogia e da mentira, pois já sabemos o QUE e QUEM eles defendem ? Só de vemos, com ajuda desses patriotas(Blogs sujos) combater as ações dessa midia traíra aos interesses nacionais, pois a oposição está sendo desidratada rapidamente lá no Nordeste(segundo maior colégio eleitoral).O PSD vai abocanhar grande parte das lideranças reminicentes do psdb e dem, diminuindo as chances deles em 2014….

  • Contrariando o Ministro de propaganda de Hitler,(uma mentira repetida muitas vezes torna-se verdade,ou o torturador de Winston em “1894” de que 2+2 às vezes podem ser 5),jamais os intelectuais do tucanato conseguirão convencer a gente deste país que a desastrada política do FHC,que infelicitou a nação por 8 anos,ocasionou o sucesso do “apedeuta” nordestino(agora nem tão mais apedeuta assim,devido aos numerosos títulos honoríficos recebidos mundo afora),que ousou entrar pela porta da frente na Casa Grande.
    Esta elite “cansada” ainda vai chorar lágrimas de esguicho.

  • Tem mais perigos à frente…

    O PSDB degenerou muito quando começou a se deitar com o PFL; Serra foi o único candidato a presidência em 2010 que foi contra a lei que pune o trabalho escravo mais severamente.

    Agora, o PSD, que é o PFL mal vestido de cordeiro, vai se aninhar no governismo. E, francamente, com todas suas qualidades, este é governo que despreze aliado? Temo que não.

    Se vai ser uma aliança como a com o PP (que não fedeu nem cheirou), com o PMDB (que interfere nos rumos da política, mas não sei se na ideologia interna do PT), ou se será como a amizade do PSDB com o PFL/DEM (que, me parece, empurrou o PSDB mais pra direita e pra defesa do grande capital),não sei…

    Mas qualquer uma das hipóteses e possível. Então se preparem!

    * Me desculpem mais uma vez se me engano: mas o PP e o DEM não eram os dois herdeiros da ARENA? Se o PP e o DEM sangraram em direção ao PSD, e o PSD e o PP são governistas, dá pra dizer que a maior parte da ex-ARENA vai apoiar o governo?

  • O PSDB e o DEM vão acabar aqui no Nordeste:

    30/09/2011 – 15h56
    Ex-governador do Sergipe deixa PSDB e deve ingressar no PSD

    O ex-governador do Sergipe Albano Franco, principal nome do PSDB no Estado, entregará nesta sexta-feira (30) carta de desfiliação do partido.

    O tucano está insatisfeito com a direção nacional da legenda, que decretou intervenção no diretório estadual em junho para impedir a eleição de um aliado do ex-governador.

    Franco, um dos fundadores do PSDB no Estado, foi governador do Sergipe de 1995 a 2002. Foi eleito senador duas vezes, em 1982 e 1989, e fez parte da Arena, partido de sustentação da Ditadura Militar, do PDS, que sucedeu a Arena, e do PRN, onde ajudou a eleger o ex-presidente Fernando Collor (hoje senador pelo PTB-AL).

    O tucano foi derrotado na disputa para o Senado em 2010. Segundo jornais do Estado, o destino mais provável do ex-governador é o recém-fundado PSD, do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, partido em que pode disputar vaga na Câmara dos Deputados em 2014.

  • “É possível prever … que, nos próximos meses, oposição e mídia devem intensificar o denuncismo contra o legado de Lula e contra o governo Dilma, bem como a exaltação da era FHC e a difusão da tese de que tudo que está acontecendo de bom hoje no país, se deve a um governo que terminou em 2002, sob forte desaprovação da sociedade.”

    Caro Eduardo, na minha opinião, se a oposição demotucanalha insistir nessa tese, estará assinando um gigantesco atestado de burrice e um certificado de absoluta falta de visão; o que nem é tão surpreendente assim, se analisarmos as campanhas eleitorais, candidatos e prática política corriqueira que a mesma vem apresentando e/ou desenvolvendo desde muitos anos atrás… Querer revitalizar FHC é, obviamente, optar por dar murros em ponta de faca. Quanto a seres como José Serra e Sérgio Guerra, nem é preciso dizer nada. E até mesmo Aécio, pode-se tranquilamente dizer, está com a imagem desacreditada e sem o menor cacife para uma disputa presidencial; aliás, para mim, ele nunca passou de um blefe.

    Então, fica a pergunta: Quê oposição fará frente a Dilma em 2014? E ao perguntar isto, me refiro obviamente a ‘oposição com chances reais de vitória’. Pessoalmente, não acredito no tal PSD do Kassab, apesar de um certo engenho político de seu articulador. Na minha opinião, existe um certo espaço, até aqui muito mal explorado, para um partido de oposição à esquerda do PT. Mas apesar de existir esse espaço, não existem, acredito, personalidades dispostas e/ou capazes de ocupá-lo.

    A dinâmica política brasileira caminha para uma situação que, pelo menos em parte, é bastante similar àquela que está em vigor atualmente na Argentina, onde a situação, certamente, permanecerá no poder nas eleições de 2012, por pelo menos uma forte razão: absoluta falta de alternativas. O presente governo brasileiro, a meu ver, tenderá a permanecer no poder por duas razões: (1) a primeira delas é a que reproduz a situação argentina e já concreta e manifesta, trata-se da falta de alternativas, tanto à direita como à esquerda do atual governo brasileiro; (2) a segunda razão, por enquanto, ainda está no reino das probabilidades, mas acredito que virá efetivamente a se concretizar: Dilma vai se impor como uma forte personalidade política da era petista pós-Lula que, por não ser antagônica, mas complementar à herança de Lula, virá somar-se a este, que estará mais forte e atuante que nunca; isto, por si só, tornará quase que impossível uma vitória de oposição em 2014.

  • O que ocorre neste momento histórico é que a direita não tem saída, seja saída política, seja econômica.

    Só isso explica porque o deus-mercado, assim como seu representante na Terra, o FMI, insistam na mesma receitinha envenenada para, supostamente, combater a crise: menos impostos para os muito ricos e menos salários e programas sociais para a população. Os governos que adotam essa receita estão provocando o naufrágio econômico de seus países. Mas não conseguem mudar. Seguem todos, conformados, para o abismo.

    Isso também é o que explica porque a oposição demotucana insiste em bater a cabeça no mesmo muro que já lhe causou vários “galos”, na esperança de, um dia, derrubar esse muro. Continua colhendo os frutos de sua opção: cada vez declina mais. E, no entanto, não muda de estratégia. Simplesmente não consegue. Os demotucanos construíram um inferno, com largo apoio da mídia e agora não têm saída a não ser morar nele.

    Hoje, analistas entendem que a verdadeira oposição está no próprio Governo. Trata-se do PMDB. Esse sim, teria condições de apresentar um candidato em 2014. Esse(a) candidato(a) não derrotaria Dilma, muito menos Lula. Mas pelo menos teria mais votos de que o Zé Bolinha de Papel ou o Aébrio Neves.

  • Edu,
    acho que o objetivo desse denuncismo no final é o voto distrital, claro de um jeito que lhes seja favoravel,
    só assim pros tucanos reverterem o grafico acima. o problema é como conseguir isso com uma bancada que é minoria, só com apoio do pig mesmo, logo veremos a salvação do pais pelo voto distrital nas novelas, programas matinais, humoristicos, enfim só restou o pig

  • Eita que notícia boa. A galera dos 4% que odeiam Lula, formada pelos mais ricaços e alguns servos alucinados da direita, deve estar louca de raiva. Só pudera, desprendendo uma dinheirama para seus colunistas capangas e tentáculos midiáticos para tentar desmoralizar Lula, Dilma e o PT, sem surtir efeito algum. O povo já não é mais tolo, podemos dormir sossegados, que o país continuará alavancando.

    Isto é prova de que Dilma não precisa temer esta imprensa mafiosa, e sim implantar a lei dos meios de comunicação e acabar com a iniquidade dos maiores corruptos e ladrões do país (DEM,PSDB, PPS, GLOBO, VEJA, FOLHA, ETC…)

  • Mais uma vez, Eduardo, você escreve um belo texto e, com sempre acerta o alvo. Darei apenas o exemplo da minha família, que não é pequena, votamos no FHC no dois mandatos e, no Lula em 2002, como voto de protesto, pois o Lula, para nós, era um enigma. O Lula fez um governo que nos surpreendeu a todos, surpresa boa claro, e por causa disso passamos a votar sempre no PT. E, não adianta o PIG e nem a oposição falar o quer que seja contra o PT, que não acreditaremos, a não ser que a administração petista mude radicalmente.

  • Hoje aconteceu um fato revelador de como está a situação no PSDB.

    @Aloysio_Nunes resolveu jogar mercadoria no ventilador. Em seu twitter @Aloysio_Nunes decidiu em público revelar seu descontentamento com o PSDB inclusive partindo para defesa do Jose Serra.

    Alega que o PSDB não tinha representação no Senado há 15 anos e que foi ignorado pelo PSDB que o deixou de fora da recente propaganda do PSDB que está no ar na tv. Alega que ele e o Serra foram ignorados, não aparecem na referida propaganda, e confessou que revelaria esse descontentamento em público mesmo.

    Nesse momento não tenho como transcrever mas está lá no twitter dele que é @Aloysio_Nunes

    Pode ser que o @Aloysio_Nunes esteja procurando motivo para debandar para o PSD. Aguardemos.

    • Gerson, vi no CAF, a indicação de um link para o reinaldo cabeção que declara-se em pânico , com as intervenções do Aloisio no twitter. Um dos amiguinhos do reizinho comentou tbm que o cerra retirou de seu twitter as referências ao PSDB e que a janela de oportunidade para o nuevo Kassabdem, é , salvo erro de memória, dia 7/10. Pronto, como se diz em “Acaju”; lá vão mala e cuia pro nuevo kassabdem: Aloiso e a Criatura…. bon apetite! a coisa tá ficando hilária: será que a Blamarina tbm vai ??? esta merece. formaram a chapa perfeita, ela e o cerra..ahahahah

      • José Serra hoje é um tucano sem poleiro. Fala demais na internet e não consegue ser líder nem no PSDB. Aliás, não consegue aparecer nem em propaganda do PSDB.

        As únicas pessoas que ainda acreditam no Serra são os seguidores incautos dele no twitter.

  • Olha a diferença quando o meio de comunicação tem competência e os jornalistas se comportam como jornalistas e como pessoas equilibradas e bem educadas:
    http://noticias.r7.com/videos/veja-na-integra-entrevista-exclusiva-com-a-presidente-dilma-rousseff/idmedia/4e847b5192bbe1b858e3d8ca.html
    Dilma tranquila, tratada com o respeito que merece, rende que rende e fala ao seu povo com a inteligência e o coração. uma entrevista imperdivel.
    Parabens aos entrevistadores, à Presidenta e a Record.

  • Prezado Eduardo,

    Faço das palavras de Jussara Seixas as minhas palavras.
    Foram dirigidas à jornalista da Globo que cobriu o evento do prêmio do Lula.

    Mas as palavras dela servem para Lavareda, para os tucanos e para os filotucanos:

    Prezada jornalista Deborah Berlinck da Globo
    Gostei da reposta que você recebeu de Richard Descoings, diretor do instituto francês Sciences Po. Você não está envergonhada de ter feito uma pergunta tão cretina, safada, pretendendo constranger Descoings e o ex-presidente Lula? Querida Deborah, onde você estava quando FHC afundou o Brasil? Onde você vivia quando o povo brasileiro comia o pão que o diabo amassou, no desgoverno de FHC? Onde você estava quando todas as CPIs para investigar as maracutaias do desgoverno FHC foram engavetas pelo engavetador-geral da República, Geraldo Brindeiro? As CPIs pretendiam investigar compra de votos de parlamentares para garantir a reeleição, privatizações escusas, o PROER dos bancos. E o caso Marka-FonteCindam, do amigo Cacciola: apóis a desvalorização do real, em janeiro de 1999, os bancos Marka e FonteCindam foram graciosamente socorridos pelo Banco Central com R$ 1,6 bilhão, sob o pretexto de que sua quebra criaria um “risco sistêmico” para a economia. Enquanto isso, faltava dinheiro para saúde, educação, desenvolvimento científico e tecnológico. O contrato para execução do projeto Sivam foi marcado por escândalos. A empresa Esca, associada à norte-americana Raytheon, e responsável pelo gerenciamento do projeto, foi extinta por fraudes contra a Previdência. Denúncias de tráfico de influência derrubaram o embaixador Júlio César dos Santos e o ministro da Aeronáutica, Brigadeiro Mauro Gandra. Tem mais: desvios na Sudene, calote no Fundef, apoio ao terceiro mandato consecutivo do corrupto ditador peruano Alberto Fujimori, o apagão, por imprevidência e falta de investimentos, o afundamento da P36 por falta de investimento. A miséria, a fome de 54 milhões de pessoas (IBGE 2002). O desemprego recorde, a epidemia de dengue, os juros estratosféricos, o descaso com os aposentados, chamados de “vagabundos” por FHC. Querida Deborah, FHC deveria receber o prêmio de pior presidente do Brasil, pelo conjunto de sua obra: quebrar o país três vezes, promover a miséria, a fome e desemprego recorde, pelo crescimento pífio, pelo aumento da divida externa, por deixar o FMI mandar e desmandar na nossa economia, pela corrupção desenfreada. E você, acha que merece um prêmio por ser uma jornalista inescrupulosa que fez uma pergunta imbecil e capciosa?
    Jussara Seixas

  • Prezado Eduardo,

    As palavras abaixo servem também para Lavareda e sua turma, não é mesmo?

    Prezada jornalista Deborah Berlinck da Globo
    Gostei da reposta que você recebeu de Richard Descoings, diretor do instituto francês Sciences Po. Você não está envergonhada de ter feito uma pergunta tão cretina, safada, pretendendo constranger Descoings e o ex-presidente Lula? Querida Deborah, onde você estava quando FHC afundou o Brasil? Onde você vivia quando o povo brasileiro comia o pão que o diabo amassou, no desgoverno de FHC? Onde você estava quando todas as CPIs para investigar as maracutaias do desgoverno FHC foram engavetas pelo engavetador-geral da República, Geraldo Brindeiro? As CPIs pretendiam investigar compra de votos de parlamentares para garantir a reeleição, privatizações escusas, o PROER dos bancos. E o caso Marka-FonteCindam, do amigo Cacciola: apóis a desvalorização do real, em janeiro de 1999, os bancos Marka e FonteCindam foram graciosamente socorridos pelo Banco Central com R$ 1,6 bilhão, sob o pretexto de que sua quebra criaria um “risco sistêmico” para a economia. Enquanto isso, faltava dinheiro para saúde, educação, desenvolvimento científico e tecnológico. O contrato para execução do projeto Sivam foi marcado por escândalos. A empresa Esca, associada à norte-americana Raytheon, e responsável pelo gerenciamento do projeto, foi extinta por fraudes contra a Previdência. Denúncias de tráfico de influência derrubaram o embaixador Júlio César dos Santos e o ministro da Aeronáutica, Brigadeiro Mauro Gandra. Tem mais: desvios na Sudene, calote no Fundef, apoio ao terceiro mandato consecutivo do corrupto ditador peruano Alberto Fujimori, o apagão, por imprevidência e falta de investimentos, o afundamento da P36 por falta de investimento. A miséria, a fome de 54 milhões de pessoas (IBGE 2002). O desemprego recorde, a epidemia de dengue, os juros estratosféricos, o descaso com os aposentados, chamados de “vagabundos” por FHC. Querida Deborah, FHC deveria receber o prêmio de pior presidente do Brasil, pelo conjunto de sua obra: quebrar o país três vezes, promover a miséria, a fome e desemprego recorde, pelo crescimento pífio, pelo aumento da divida externa, por deixar o FMI mandar e desmandar na nossa economia, pela corrupção desenfreada. E você, acha que merece um prêmio por ser uma jornalista inescrupulosa que fez uma pergunta imbecil e capciosa?
    Jussara Seixas

  • Pelo andar da carruagem,para me utilizar de uma expressão um tanto anacronica ou pelo andar do trem bala,para ser mais contemporaneo aos fatos que pretendo comentar,a oposição parlamentar tal como a conhecemos e que se encontram no PSDB e naquilo que sobrou do DEMO,tende a na pratica desaparecer.Errar uma vez é humano,errar dua vezes é burrice,errar tres vezes já demonstra um certo grau de dissociação aguda com a realidade,já não se trata mais de burrice e sim de loucura.Tendo perdido tres sucessivas eleições,para a presidencia da república, com o mesmo discurso,não conseguiram se reciclar,não conseguiram se atualizar e tudo leva a crer que irão perder as eleições de 2014,pois certamente continuarão com o mesmo discurso,pautados pelo PIG,que continuou parado no inicio dos anos 90 e de lá não saiu.

  • Numa coisa eu concordo com a oposição: a popularidade de Lula e do PT se deve ao legado de FHC e o resto da demo/tucanada (então, PFL, Arena, UDN, dêem o nome que quiserem…), rsrsrs.

  • O Globo, representando o pig, através de sua jornalistinha,mostrou toda a sua arrogância, prepotência, insensibilidade e desrespeito com aquelas perguntas imbecis e despropositadas. Querer questionar uma decisão de uma instituição reconhecida internacionalmente por sua seriedade e respeitabilidade foi realmente uma demonstração da mesquinhez e da mediocridade da mídia brasileira. Isto provavelmente reforçou o acerto da homenagem ao Lula, que foi capaz de fazer tudo o que fez, apesar de toda a perseguição desses verdadeiros marginais que comandam a imprensa brasileira.
    Quanto à oposição psdb/pefelista, sempre governou sob o comando de Washington e do FMI. Não havia programa de governo, nem planejamento , nem nada. Fhc não passava de um garoto de recados, sempre à espera das ordens do norte para exercer sua vassalagem. Por isso, nunca apresentam programa algum. Serra só sabia falar que sabia fazer, mas não dizia o que. Seu “programa” se resumia a construir EMAs, e os oportunistas aumentos de salário mínimo e bolsa família, o que ele sempre combatera.Uma enganação mais que evidente.

  • O protesto dos gregos no dia de ontem contra a equipe do FMI que foi verificar o andamentos das medidas impostas a Grécia de privatizações, cortes de aposentadorias, redução de salários e garantias sociais me lembrou o desastrado governo do PSDB, quando essas caras nos impuseram a mesma coisa por empréstimo de míseros 30 bilhões pra que o Brasil não quebrasse. Hoje as reservas brasileiras passam dos 300 bilhões. PSDB, DEMos e seus políticos corruptos e incompetentes, nunca mais.

    • O PT tem que rebater os ataques doS desesperados tucanos, uns , até malucóides como o Senador Mario Couto do Pará, outros cínicos como o Duarte Nogueira, o que não dar é prá ficar no canto do ringue esperando porrada. Sou adepto de que a Melhor defesa é o Ataque. À Luta PT, nós somos maioria na câmara e no senado e temos que tratorar essa turma que ferrou o Brasil e os Brasileiros, inclusive EU, como aposentado com uma tunga de 40% da minha aposentadoria devido o fato previdenciário criado pelo FHC, DEM, PSDB E PPS.

  • Caro Eduardo, sabe aquele vizinho chato, sempre reclamando de tudo, pentelhando, que voce tolera mas que corta caminho quando percebe que ele vai chegando? Assim é o PIG e seus “colonistas” enjoados e metidos: deitam falação, preconizam a desgraceira geral que o povo escuta por um ouvido e sai pelo outro… E aí entra em cena uma palavrinha mágica COMPARAÇÃO e isto é fatal para as pretensões oposicionistas dos profetas do caos: esse mesmo povo COMPARA o que foi feito por eles( demotucanalhaspps e apoiadores midiáticos) quando foram governos com o que está sendo feito nesses 09 anos de Lula/Dilma…. e o resultado é o que já sabemos.Como se diz : os cães ladram e a caravana passa!

    • Caro, no entanto é impressionante o quanto tem de gente, razoavelmente esclarecida, que ainda usa estes meios para se (des)informar. Um pá de colegas meus, alguns ocupapam cargos de chefia e até executivos, leem sistematicamente a “veja”.
      Consegui, por outro lado, que alguns parentes não renovassem a assinatura do panfleto do PSDemB….

  • A direita é delirante. A direita é estapafurdia. A direita é de uma nota só(“corrupção” da Esquerda). A DIREITA MIDIATICA-PARTIDÁRIA É AMADORA. Para que ninguem tenha dúvida disso, NÓS A PAUTAMOS, em um caso até simples(não tão simples assim): A questão ESQUERDA X DIREITA. Fizeram, décadas a fio, questão de “sumir” com a palavra ESQUERDA e seu amplo siginificado patriotico, claro. Resultado pra direita? SIFU. Ainda, nessa mesma questão,: Quem tem coragem de se intitular sendo de DIREITA? NINGUEM. Ser de direita É DOENÇA. Partiu de nós essa percepção(ainda falta muito)., a todos, dar nome aos inimigos. E a direita é a INIMIGA DA HUMANIDADE. Os fatos daqui e do mundo(falido por ela direita) comprovam isso. Isso tudo a meu ver, claro. Só não é a “meu ver”, pelo fato de ser CONSTATAÇÃO MUNDIAL é a de que LULA É O SABIO. LULA É NOSSO SUPER “STAR”. LULA É A LENDA.

  • hehehe
    é só dar a corda que eles fazem o serviço sozinhos, claro que vocês já leram mas:

    BRASIL SE ARMA CONTRA A RECESSÃO MUNDIAL: FHC ACHA ‘PRECIPITADO’

    Governo amplia protecionismo à indústria e vincula crédito do Pronaf à aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas com pelo menos 60% de conteúdo nacional. Medida identica,com requisito de 65% de nacionalização, foi tomada em relaçao ao setor automobilísco. Nessa mesma direção, a Presidenta Dilma anunciou um pacote de incentivos à indústria da defesa (leia matéria nesta pág). Trata-se de usar o poder de compra do Estado para fomentar e manter o nível do investimento na crise. Exigência de conteúdo nacional norteará também o acesso a incentivos fiscais na produção de computadores, tablets, televisores etc Ações refletem a convicção de que é preciso fortalecer o mercado interno ante a perspectiva de longa contração na economia internacional. Ilustra esse diagnóstico o drástico recuo nas cotações das commodities, que em setembro registraram as maiores quedas desde a crise de 2008. Outro sintoma: o efeito irrelevante da ampliação (acanhada para o tamanho da crise) do Fundo Europeu de resgate financeiro que teve o apoio alemão esta semana. No dia seguinte as Bolsas despencaram. O mundo escorrega para a recessão. Mas o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso saiu a campo, na 5ª feira, segundo o jornal Valor Econômico, para qualificar como ‘ precipitado’ o corte nas taxas de juros no Brasil. Reconheça-se no tucano o mérito da coerência. Em crises mundiais anteriores, na sua gestão, a resposta sempre foi doutrinariamente ortodoxa e pró-cíclica: aumento dos juros, arrocho no salário mínimo, redução do crédito, cortes brutais no gasto público, perda de receita fiscal e salto no endividamento público. Com alguns efeitos colaterais, a saber: quebra do Estado, perda de reservas, colapso da infraestrutura, desemprego e fuga de capitais. A avaliação veio nas urnas em 2002, 2006 e 2010.

    Carta Maior (atalho aí do lado)

  • Ahhh,se não fosse o Pig e a sua “benemérita” ação em favor do PSDB,provavelmente teríamos mais um na lista de espécie extintas.Mas parece que este esforço é como apagar incêndio com copo d’água.Fica tentando conclamar ajuda,apontando a doença corrupção como um dos fatores da extinção,e descobrem que estão sozinhos desta vez.Talvez eles descubram que quem está em perigo também,e, eles mesmos e seus velhos hábitos são a maior ameaça a sua sobrevivência.

  • Lula é o nosso eterno presidente. Taí as pesquisas que comprovam isso. Lula é realmente o marco na história política do Brasil. O Brasil de antes do Lula e o depois de Lula. Apesar de toda a barulheira de nossa mídia preconceituosa não tem como negar: o Brasil mudou a sua cara. Hoje somos um país respeitado lá fora. O Brasil que outrora era conhecido apenas como o país do Pelé, um país que não devia ser levado a sério segundo De Gaule, hoje é um país visto como uma futura potência mundial. Só temos que comemorar os sucessivos prêmios de reconhecimento internacional ao nosso grande Lula. Só posso dizer muito obrigado Lula. O Brasil inteiro te agradece.

    • O Brasil de fato é muito respeitado lá fora: o país da bunda, das mulheres fáceis, da falta de leis, da exploração de menores…
      Talvez bloqueiem meu comentário. Não seria estranho, pois estamos na ditadura do século 21.

  • O povo deve pensar que é novela as noticias da globo, e como novela tudo é mentira, ninguem acredita, pior é que é mentira mesmo. A globo não é seria como diria De Gaulle.

    APARECIDA DE GOIÂNIA.

  • Parece piada, mas é isso mesmo o PSDB vem dizendo que o FHC é desaprovado porque as campanhas deles o esconderam. É que eles acreditam piamente que o povo brasileiro é burro e sem momória. kkkkkk

  • Eh, eh, eh,…

    O melhor a dizer para este pessoal da matilha pró-PSDB é que, o fato de jogar Bom-Ar, apenas disfarça o fedor daquilo de onde desprendeu e que, infelizmente,(ou felizmente para o povo) m* continua a ser m*.

  • Vamos ser burro assim lá no Instituto Milenium! Pela primeira vez em minha vida, quase(e eu disse “quase”, mesmo assim não consegui)que fico feliz pelo PSDB existir! A miopia dessa gente ao analisar pesquisas é proporcional à cegueira que têm ao analisar a Sociedade brasileira! A POPULAÇÃO NÃO ESTÁ NEM AÍ PARA ESSE “DENUNCISMO” HIPÓCRITA DOS BARÃO DA COMUNICAÇÃO, DE SEUS “JORNALISTAS” AMESTRADOS E DOS POLÍTICO DEBILÓIDES DA DIREITA! Os brasileiros sabem; em sua compreensão política que ainda é simples, todavia sofistica-se a cada dia; que “isso tudo é coisa que todo político faz” e que o que interessa é “a melhora que Lula promoveu em nossa vidas. Por isso que eles não gostam de Lula”. Essa é a visão do brasileiro médio, a que se ouve nas ruas e, apesar de sua argumentação simples(resultado das sequelas que a despolitização e a violência da direita promoveram em nosso povo)traduz uma percepção bastante profunda : A população percebe claramente a distribuição de renda e o fortalecimento da Economia que Lula realizou, como também enxerga a mentira que esconde-se por trás do “denuncismo” seletivo dos barões midiáticos e de seus lacaios amestrados.OS NÚMEROS DESSAS PESQUISAS MOSTRAM QUE MINHAS OBSERVAÇÕES SÃO O RESULTADO DE UMA CONSTAÇÃO DA REALIDADE E NÃO UMA EXPRESSÃO DE DESEJOS RECÔNDITOS, COMO O SÃO OS DELÍRIOS ESQUISOFRÊNICOS DOS TUCANOS E DOS “COLUNISTAS” RETARDADOS DE NOSSA MÍDIA. Para se ter uma ideia da maluquice dessa gente, vamos a um exemplo : apesar dos números que poderiam ser ainda melhores, Dilma teve um aumento de popularidade, sendo que o crescimento maior ocorreu na região Sul, fato inédio, já que essa região(como também o Sudeste)são marcados pelo gigantesco atraso político). Assim, pela primeira vez o Nordeste foi superado como a região onde a popularidade de Dilma mais aumenta. Diante desse fato, a “interpretação brilhante” de nossos “jornalistas” muares foi a de que a imbecil “faxina” de Dilma teria causado o aumento de sua popularidade no Sul, o que evidencia uma leitura para lá de distorcida dos fatos. Para começar, A POPULARIDADE DE DILMA JÁ É TÃO ALTA NO NORDESTE(REGIÃO CARACTERIZADA PELA EVOLUÇÃO POLÍTICA E PELA TRADIÇÃO PROGRESSISTA E DEMOCRÁTICA)QUE SERIA MAIS DO QUE ESPERADO QUE SEU CRESCIMENTO SE TORNASSE MENOS ACELERADO, UMA VEZ QUE SÓ RESTAM ENTRE A MINORIA QUE NÃO A APÓIA EM MINHA REGIÃO, AQUELES ATAVICAMENTE CONSERVADORES, PORTANTO COM MENOS CHANCES DE MUDAREM DE OPINIÃO(NORMALMENTE CONSTITUEM A ÍNFIMA MINORIA QUE AINDA DÁ CREDIBILIDADE AOS BARÕES DA COMUNICAÇÃO). Quanto ao aumento no Sul ter sido causado pela tal “faxina” : É UM DELÍRIO PARA LÁ DE ALUCINADO! SE FOI EXATAMENTE QUANDO DILMA INTERROMPEU A TAL “FAXINA”(MOVIDA PELO DENUNCISMO SELETIVO DA MÍDIA HIPÓCRITA)QUE SUA POPULARIDADE CRESCEU NAQUELA REGIÃO MAIS DO QUE EM TODO O BRASIL, COMO PODERIA SER A “FAXINA” A CAUSA DESSE CRESCIMENTO, ESQUISOFRÊNICOS DE GRAVATA!? O MAIS PROVÁVEL É QUE, APESAR DA TRADIÇÃO REACIONÁRIA E ATÁVICA, O SUL FINALMENTE TENHA COMEÇADO A DESPERTAR PARA O PROGRESSO QUE O BRASIL VIVE(NINGUÉM CONSEGUE SER TÃO BURRO DURANTE NOVE ANOS)E, DEVIDO A ESSE DESPERTAR ATRASADO, A POPULARIDADE DE DILMA TENHA DADO UM SALTO ENTRE OS ACORDADOS! O QUE NÃO DÁ É PARA ATRIBUIR-SE UMA CONSEQUÊNCIA EXATAMENTE À CAUSA QUE NÃO MAIS EXISTIA QUANDO ESSA CONSEQUÊNCIA SURGIU. DESAFIA A SANIDADE, COMO TAMBÉM A MAIS ELEMENTAR LÓGICA CARTESIANA!

Deixe uma resposta