Ibope (e companhia) versus Vox Populi: alguém está mentindo

denúncia

Graças à divulgação da pesquisa Vox Populi na rodada de pesquisas eleitorais desta semana, foi possível chegar a uma conclusão inevitável: alguém está mentindo sobre os números de Marina Silva e Dilma Rousseff recém-divulgados por esse e outros institutos.

Na terça-feira (23), foram divulgadas as pesquisas CNT/MDA, Vox Populi e Ibope. Os dois primeiros institutos foram a campo no sábado (20) e no domingo (21) e o terceiro, com maior amostragem de eleitores, também no dia 22.

O instituto MDA ouviu 2002 eleitores, o Vox Populi 2000 eleitores e o Ibope, 3010 eleitores.

MDA e Ibope apuraram números muito parecidos tanto no primeiro quanto no segundo turnos, mas o Vox Populi apurou percentuais fora das margens de erro desses institutos.

Para entender, veja o gráfico abaixo

 

Como se vê, o percentual de Marina em primeiro turno no Vox Populi está fora da margem de erro do MDA e do Ibope. Na banda inferior da margem de erro desses dois institutos, Marina poderia ter 25,2% no MDA e 27% no Ibope, mas, no Vox Populi, ela aparece com 22% e, na banda superior da margem de erro desse instituto, poderia ter, no máximo, 24,2%.

Já o problema no segundo turno afeta Dilma, em vez de Marina. Na banda superior da margem de erro do Ibope, a presidente poderia ter 43%, mas, no Vox Populi, Dilma aparece com 46%. Na banda inferior da margem de erro deste instituto, porém, só poderia ter 44%.

Agora façamos uma “conta de português”. O TSE estima o eleitorado brasileiro em 140 milhões de eleitores. Cada ponto percentual, portanto, vale cerca de 1 milhão e 400 mil eleitores.

A diferença fora da margem de erro do percentual de Marina no primeiro turno do MDA para o primeiro turno do Vox Populi, é de 1,2 ponto percentual, ou 1,68 milhão de votos. Já a diferença entre Vox Populi e Ibope é de 2,8 pontos percentuais, ou 3,92 milhões de votos.

No segundo turno do Ibope, a diferença fora da margem de erro de Dilma para o Vox Populi é de 1 ponto percentual, ou 1,4 milhão de eleitores.

A diferença de 1 ou 3 pontos percentuais pode parecer pequena, mas há que levar em conta que estamos fazendo o cálculo FORA da “margem de erro”, ou seja, estatisticamente a diferença é significativa, fora da metodologia proposta pelos institutos conflitantes.

Além disso, há o fato clamoroso de que no resto dos números (ou na maioria dos números) os três institutos concordam. Nos números de Marina no primeiro turno e nos de Dilma no segundo, portanto, ocorrem exceções.

Por que só nesses pontos há discordância?

Vale lembrar, aqui, a lei 9.504, de 30 de setembro de 1997, Artigo 33, § 4º : A divulgação de pesquisa fraudulenta constitui crime, punível com detenção de seis meses a um ano e multa no valor de cinquenta mil a cem mil UFIR

Caso ainda não tenha me feito entender, reproduzo, abaixo, matéria do portal IG de 12 de maio de 2010.

clique na imagem abaixo para visitar o site original da matéria

O que gerou a investigação que a matéria acima informa foi justamente esse tipo de “diferença”.

A análise da denúncia feita por este Blog em 2010 ficou a cargo da vice-procuradora-geral de então, doutora Sandra Cureau, quem, há época, muitos diziam ser “tucana”. Hoje, o vice-procurador-geral-eleitoral é o doutor Eugênio Aragão, a quem não se atribui esse tipo de inclinação política, por assim dizer.

Talvez alguns leitores não tenham entendido o recado, mas os institutos de pesquisa por certo entenderam. Senão, serei mais direto: qualquer cidadão pode representar à Procuradoria pedindo uma investigação como a de 2010. Um cidadão como este que escreve, por exemplo.

Como dizem em espanhol, portanto, ¡Ojo, señores!

152 comments

  • Algumas observações:

    1) A margem de erro não se refere à “verdade”, mas aos resultados da amostra. Isso significa que dois institutos, com amostras diferentes, podem ter resultados bem diferentes (fora da margem de erro) sem que para isso algum deles esteja mentindo.

    2) Há de se verificar, portanto, a metodologia de cada pesquisa. Você pode obter o relatório desta e outras pesquisas no site do TSE. (Pesquise no google por “pesquisas eleitorais tse”). Aqui está o relatório da pesquisa do Vox Populi:

    http://pesqele.tse.jus.br/pesqele/jasper/relatorio/EditalPublicacaoJasper/gerarRelatorio.action?id=25818

    3) O número de entrevistados pelo Vox Populi (2000 pessoas) é *muito* menor do que o número de entrevistados pelo Datafolha (11424 pessoas). O Datafolha também visitou mais do que o dobro de municípios do que o Vox Populi (402 contra 147).

    4) Quando um único instituto apresenta dados tão díspares, é de se desconfiar que aquele que apresentou resultados diferentes está errado, e não os demais. (A não ser é claro que tenhamos evidência de um conluio entre institutos de pesquisa.)

    5) Em 2010 o Vox Populi também apontou vitória de Dilma no primeiro turno, enquanto que o Datafolha (tão criticado pela blogosfera) apresentou dados mais próximos da realidade.

    Fontes:

    Vox Populi: http://pesqele.tse.jus.br/pesqele/publico/pesquisa/Pesquisa/visualizacaoPublica.action?id=25660

    Datafolha: http://pesqele.tse.jus.br/pesqele/publico/pesquisa/Pesquisa/visualizacaoPublica.action?id=25880

    ===

    A razão pela qual eu bato tanto nesta tecla não é para desanimar, mas para evitar que a gente trabalhe com dados fora da realidade — mesmo que eles nos sejam agradáveis.

    Vale lembrar que, de tanto acreditar na mídia que lhe é favorável, o PSDB descolou-se da realidade do país — e esta foi uma das causas de sua derrocada.

    “Conheces teu inimigo e conhece-te a ti mesmo; se tiveres cem combates a travar, cem vezes serás vitorioso. Se ignoras teu inimigo e conheces a ti mesmo, tuas chances de perder e de ganhar serão idênticas. Se ignoras ao mesmo tempo teu inimigo e a ti mesmo, só contarás teus combates por tuas derrotas.” – Sun Tzu

    • Caro, por alguma razão você parece achar que desconheço informaćões básicas como as que fornece. O fato é que você confundiu tudo. Esse processo de 2010 que a matéria do IG relata é de maio e o primeiro turno ocorreu 5 meses depois. Estou achando que não leu a matéria… O que ocorreu em maio referiu-se ao empate de Dilma com Serra que o Vox e o Sensus davam e Ibope e Datafolha não davam. Uma semana após a abertura dessa investigação pela PF, Datafolha e Ibope convergiram para os números de Vox e Sensus. Está tudo no arquivo do Blog. Sugiro verificar. A Procuradoria acolheu minha tese. O que você cita não foi bem assim. CINCO MESES depois, Ibope, Sensus e Vox erraram sobre o 2o turno por muito pouco. Só o Datafolha anteviu. Mas 5 meses antes, errou e teve que se corrigir. Já entrevistei e debati com o diretor do Datafolha; já entrevistei o diretor do Vox. Está tudo no arquivo do Blog. O que ocorreu em 2010 está se repetindo. Creia-me: não sou um curioso. Sei do que estou falando

      • Eduardo,acho que vc que não entendeu a analise do companheiro acima.Ele não faz contra ponto a sua.Apenas alerta a militância para não descansar nas pesquisas e abrir a guarda.lembro-me bem das situações citadas por vc em 2010.Realmente ibope e folha não captavam o crescimento de Dilma enquanto vox e sensus ja mostravam ela a frente de serra,o que levou os dois institutos a convergirem os dados.Mas também é fato que o Vox através de trakin diário no portal IG sustentou até o ultimo dia a vitória de Dilma no 1°turno.Vale o alerta,acredito também pelo que vejo nas ruas,que os dados do Vox estão um pouco fora,embora torço para estar errado.O fato é que não podemos relaxar a luta deve ser até o ultimo instante.abraços.

        • Leandro, entendi perfeitamente e o único que acertou em 2010 sobre 2o turno foi o Datafolha e, como vc mesmo disse, Vox acertou sobre ultrapassagem de Serra por Dilma. Quanto ao que vc vê na rua,papo mais leigo impossível. Não serve de nada. Depende de seu estado, cidade, classe social etc. Não tire base nenhuma disso. Eu, por exemplo, moro na região da avenida Paulista. Aqui, em 2010, Serra teve média de 90% dos votos

      • O fato de pesquisas diferentes darem resultados diferentes não é, necessariamente, sinal de que uma delas esteja mentindo — que é a premissa do seu artigo.

        O Datafolha pesquisou mais de 11 mil pessoas em mais de 400 municípios, contra as 2 mil pessoas entrevistadas pelo Vox Populi em menos 150 municípios.

        Pesquisas com amostras tão diferentes podem dar resultados diferentes — nesse caso o que a margem de erro nos diz é que *aquelas pesquisas*, se forem repetidas 100 vezes, apresentarão resultados dentro da margem de erro em 95 vezes.

        ***

        Como disse Sun Tzu, a gente precisa conhecer nossa força real, e não acreditar em dados que possam inflar nossa confiança. É perigoso acreditar nos dados do Vox Populi apenas porque nos parecem melhores.

        Eu prefiro trabalhar com dados conservadores e evitar o clima de “já ganhou”, que tenho visto se espalhar pela blogosfera.

        • Em primeiro lugar, o Datafolha não foi citado no post porque não fez pesquisa no período citado. MDA, Ibope e Vox foram a campo simultaneamente. Em segundo lugar, se todos os dados divergissem, tudo bem. Mas só alguns dados divergem e a maioria deles concorda. Creia-me: tenho largo conhecimento do assunto.Você leu o post sem atenção e com viés preconcebido. Há algo muito estranho nesse cenário. Qualquer um oode ter adulterado a pesquisa. Pode até ser o Vox – leia o título do post. Até isso lhe escapou.

          • Ei Foo !

            Será que você pode nos dizer qual a data dessa pesquisa Datafolha que supostamente teria entrevistado mais de 11.000 eleitores em 400 municípios?

            Eu nunca ouvi falar de uma pesquisa com tantos entrevistados e gostaria de conhecê-la mais a fundo.

            Tá Fooda !

          • A partir de tão ‘nobre’ enunciado, passarei a não mais discordar de suas insinuações, falácias, críticas desconstrutivas e demais abobrinhas aqui postadas…
            Ou melhor, não as lerei mais.

      • Eduardo, acredito que a manipulação mais séria está sendo feita pelo Ibope e Datafolha nas eleições para governador de São Paulo, aí é que está o xis da questão.

        Não acredito que com o péssimo governo tucano no estado o Alckimin esteja realmente dando esse passeio no Skaf e no Padilha, que as pesquisas dizem.

        Não dá para crer que o tucano tenha 49%, Skaf 17% e Padilha minguados 8%, com toda essa crise de água no estado inteiro e racionamento na grande são paulo e muitos bairros da populosa periferia da capital, sem falar na crise da segurança pública, caos na saúde e baixo crescimento economico, roubalheira no Metrô e CPTM, etc…

        Estão manipulando de forma brava as pesquisas para o governo estadual, já que vão perder minas no primeiro turno com o Pimentel do PT.

        Em São Paulo é que está o foco da manipulação, tentando fazer o picolé de chuchu vencer no primeiro turno aqui.

    • Vou falar como estatísitco. Essa margem de erro é a mais pura ilusão.
      Todos os institutos usam amostragem por cotas e este tipo de amostragem não é probabilístico (confirmadamente aleatório), portanto o cálculo que os institutos fazem é como SERIA a margem de erro SE (e somente se) a amostra FOSSE aleatória.
      Sobre isso tem muito pouco material disponível http://www.inf.ufsc.br/~borgatto/Economia/falaciaPesquisaEleitoral.pdf

      Não acho, com isso, que as pesquisas não tenham nenhuma validade, Mas não dá pra lê-las de forma tão literal, As pesquisas servem mais pra ver as tendências.. quem está crescendo, caindo, etc…
      Neste aspescto Dilma está estagnada desde julho (pelo menos), Marina ganhou muitos votos com a morte de Campos, mas está numa leve tendência de queda e Aécio também está estável. Agora se Dilma tem 37, 38, 45, 35% não dá pra saber. Se Marina tem 22, 25 ou 30% também não sabemos. O que se sabe é: Dilma na frente, seguida da Marina e Aécio fora do 2ºturno (que também não dá pra saber se vai ocorrer)

      Tem um povo que está usando séries temporais com big data pra tentar pojetar o resultdo da eleição. Pelo menos usam os dados de todas as pesquisas divulgadas. Vale a pena acompanhar: pollingdata.com.br

      ABRAÇOS!

      • O problema é que as pesquisas não refletem a realidade, mas a influenciam profundamente.

        Em vez de descrevê-lo, elas criam o cenário.

        Profecias auto-realizadas.

  • Edu, como vc mesmo vem dizendo, ibope e outras empresas compradas vão se ajustando, aos poucos, à realidade. Na próxima e última semana da campanha, vamos ver que percentuais eles vão apontar. O que não diminui em nada, pelo contrário, o crime que estão cometendo!

  • Os dois institutos estão guardando a pesquisa real referente ao primeiro turno. Ela aponta Dilma 43%, Margarina 21% e Aébrio 15%. Ainda não publicaram para não fazer a bolsa cair, a mídia perder faturamento na propaganda política paga e não permitir que o PT abra as garrafas de champanhe. Estão resolvendo qual o melhor momento de comunicar esse fato aos perdedores.

  • Edu, o procurador e vice, também são cidadãos, porque então não tomam a iniciativa de investigação, esperam ficar mais claro?!
    Como estas pesquisas foram publicadas ontem, espero que já hoje, sejam tomadas as providências cabíveis!

  • então ..o correto, pra coibir, na duvida, era realmente o MP tomar providências, mas..

    e vai acontecer alguma coisa ? ..imagina ..ta dentro da margem, dirão !!! (e não faltarão técnicos que os socorram)

    Ontem mesmo noticiaram que a fila dos processos em atraso só aumenta, já passa de 95 milhões

    ..média de 1 pra cada 2 brasileiros (eu mesmo tenho 5 na fila ..pra ganhar, irrefutáveis ..mas ..não anda) ..há juízes que tem mais de 19 mil processos pra analisar/ano..

    ..e enquanto isso o IMOBILISMO providencial do Legislativo e Executivo continua assombroso, pois nenhum destes dois poderes parece querer ter regras e leis transparentes que nos faça sentirmos que aqui, no BRASIL, os JUSTOS é que teriam que ter vez e prioridade.

    ..falar em acabar com “princípios constitucionais abjetos” (hoje nem vou repeti-los aqui) ou numa REFORMA do código de processo civil e penal, ninguém fala, longe disso..

    FORA ainda que neste meio jurídico ainda existem “DEVOGADOS” astutos que ganham horrores pra nos impregnar com esta sensação de que “vivemos numa terra de ninguém”, de espertos, de inimputáveis, de recursos infindáveis pra poderosos, e de irresponsáveis em todos os níveis.

    Veja: um exemplo:

    Carlos Almeida Castro,apelidado de Kakay (com K e Y mesmo, chic), advogado milionário, de renome, prestígio e transito (o que é muito importante neste meio), midiático e bem relacionado, teve entre seus clientes publicados um José Dirceu (de quem é amigo intimo), Carolina Diekman, Demóstenes Torres, Marconi Perilo, Duda Mendonça, TELEXFREE, Salvatore Cacciola, Rosena Sarney, Zelia Cardoso de Mello, Odebrech, Andrade Guitierrez, Antonio Carlos Magalhães, Sergio Cutolo(*) entre outros..

    ..pois bem ..eis que hoje se noticia que diante da DECISÃO do seu mais novo cliente, Alberto Youssef, de ele topar fazer a DELAÇÃO PREMIADA – esta que promete ser mais retumbante que os “inacessíveis” HDs de Daniel Dantas – KAKAY disse que se assim, que ele deixará o caso..

    snif.. snif.. maguôO (já até imagino ele fazendo bYKYnho)

    interessante ..pra que facilitar se agente pode complicar, né ??!! ..e fod?-se o país

    http://www.youtube.com/watch?v=AJFIbrIh850

    (*) contam que neste caso ele teria ganhado R$ 16 mm só pra dar bom encaminhamento (uau) e por o nome ..foderoso !? ou nós é que somos menores que átomo pra estes caras ?

    éhh, acho mesmo que já passou da hora de termos que dar uma RÉ em alguns desmandos pra esta causa PÚBLICA, pra podermos fazer fluir nossa ré-publica ..ou isso, ou a barbárie

    • Convenhamos, à vezes ter o cérebro fritado tem lá de suas vantagens.

      Em dia de andar de BIKE, Haddad vai da sua casa até a prefeitura (andou logo em LADEIRA, na descida), mas não sei antes ouvir do senador Suplicy – que o esperava à porta – a seguinte “incontinência”:

      “..eu vim de ônibus, da Rebouças até aqui, peguei o Aclimação, tava SUPER lotado..”

      Pois é Maldadd, é isso que eu ESCUTO DOS MEUS FILHOS todos os dias ” ..o ônibus ta super lotado, atrasado” ..e pior que o pai sequer consegue pegá-los de carro, pois tá tudo parado, penso

      ..mas teve mais..

      Maldadd ao final da entrevista disse que “ninguém quer hostilizar o usuário de carro..” ..piada, vocês já o fizeram, hoje somos PÁREAS, sub cidadãos de um sub país.

      de bom é que ele lembrou que as ciclovias encontram um outro grande desfio, O MEDO dos pais – e da sociedade – em poder trafegar ali com segurança.

      e nunca é demais retomar, pois ´so criticar sem dar a cara a tapa tb é fácil.

      PREFEITO:

      1. UNIFIQUE o horário de uso das faixas de ônibus (tá uma bagunça, a noite é difícil ler as placas c/os diversos horários)

      2. LIBERE aqueles espaços pros fretados

      3. No horário em que a faixas não são exclusiva, NÃO PERMITA que outros veículos as usem como estacionamento ..dê chance pro usuário de carro poder trafegar um pouco mais livre em horários alternativos

      4. INCENTIVE a construção de estacionamentos conveniados em pontos estratégicos, próximos ao transporte de massa.

      5. INSTITUA a política de SP com menos semáforos, menos CRUZAMENTOS e menos conversões saídas no meio das vias à esquerda (temos centenas delas) ..esta provado !!! é FÍSICA, o que se ganha em velocidade e se deixa de perder em tomada e retomada é uma BARBARIDADE em tempo, dinheiro e menos poluição tb

      http://www1.folha.uol.com.br/multimidia/videocasts/2014/09/1520741-em-dia-de-pedalada-haddad-comete-gafes-e-pede-isencao-de-imposto-veja.shtml

      • Então, algumas coisas que me frustram nesta esquerda contemporânea, nesta em que cada vez mais me sinto um alienígena.

        – apoiar o ABORTO em época da existência e distribuição gratuita de DEZENAS de anticoncepcionais, planejamento familiar, sexo responsável e de DST

        – liberação da maconha – droga com propósitos alienativos – em tempo de colhermos e nem darmos conta de tantos PASSIVOS com outras drogas já legalizadas, ou com tantas outras mais pesadas.

        – inconformismo em se aceitar acordos pretéritos, em se ficar pedindo revisionismo e revanche como com a ANISTIA e jogando pra segundo plano o enfrentamento a tantos problemas seculares saúde, educação desvafelamento por exemplo)

        – apelar pra discursos sectários como RAÇA ou SEXO e detrimento da CIDADANIA PLENA (a do 5o artigo)

        – estabelecimento duma “Comissão da verdade MUNICIPAL em SP” justo aonde temos tanto por fazer.

        – IMPOR formas alternativas de transporte individual numa época em que AINDA não ofertamos transporte de massa satisfatório.

        – tratar a política não como a arte do entendimento e do possível, mas como insufladora do maniqueísmo, da escolha e/ou invenção de inimigos a serem vencidos ..duto dentro da máxima de ame-nos ou deixe-nos.

        – o esquecimento de princípios como justiça e ética, dando preferência “aos afinados tudo, ao adversários, a lei”

        – não terem ainda decretado a moratória ambiental, com o desmatamento ZERO, o fim da caça e da pesca comercial em mares e rios”

        – ficar repetindo MANTRAS que não se aplicam a situações extremas e/ou a movimentos psicopáticos ..do tipo, somos pela paz, independente de quem agride, ao se abster de apoiar o combate explícito a um ISIS por exemplo, um movimento que deve o desplante de praticar atos do tipo:

        http://www.youtube.com/watch?v=NAQEZ2_Xoa4

        não dá pra entender ..que ALÁ nos porteja

          • Esse Bananelli, além de ter um texto muito chato, está (ou é) completamente fora da casinha, pois chega ao ponto de ‘comentar’ exaustivamente a si mesmo. Parece aquele chato que conta a piada e é o único que ri dela. Haja ego (dele) e saco (alheio). Só enxerga o caos e parece que a proposta dele é a cicuta coletiva… Já pensou o que deve ser conviver com uma criatura assim?

        • Realente, vc deve ter vindo de outro planeta. Afinal, NENHUM dos ponto que vc elenca corresponde ao que a esquerda efetivamente defende.

          Apoiamos a descriminalização do aborto e não a prática do aborto.

          Não apoiamos a liberação completa da maconha, mas a sua descriminalização e regulamentação.

          Não existe acordo sem que uma das partes manifeste livremente a sua vontade. Não existe acordo imposto por uma das partes à outra.

          Reconhecer que existe, SIM, racismo e sexismo não é “apelar pra discursos sectários”.

          Eu até ia mostrar, ponto a ponto, como vc DISTORCE maliciosamente as propostas pra depois se dizer um “alienígena” e atacá-las – o que é uma falácia lógica chamada de homem de palha -, mas a sua má-fé já está mais do que clara nos pontos acima. E como todo mundo aqui já te conhece de outros carnavais, não vou perder mais meu tempo com quem é ignorante, arrogante e, pra piorar, descarado.

          Aliás, o fato do seu “entendimento” das propostas da esquerda ser idêntico às distorcções feitas pela direita mais baixa e descarada apenas demonstra que vc não é um alienígena, mas um estranho no ninho.

        • Como escreveu dias atrás nossa colega Rita, seu prezado pai diz que devemos conhecer melhor os adversários para então lidar com eles.
          Dito isso, passei a ler as bananelices, (não tudo porque o saco aqui é pequeno), e capto algumas coisitas que mostram o porquê do sujeito esgarçar os dedos de tanto escrever merda:
          Ex:
          “Ontem mesmo noticiaram que a fila dos processos em atraso só aumenta, já passa de 95 milhões

          ..média de 1 pra cada 2 brasileiros (eu mesmo tenho 5 na fila ..pra ganhar, irrefutáveis ..mas ..não anda) ..há juízes que tem mais de 19 mil processos pra analisar/ano..

          ..e enquanto isso o IMOBILISMO providencial do Legislativo e Executivo continua assombroso, pois nenhum destes dois poderes parece querer ter regras e leis transparentes que nos faça sentirmos que aqui, no BRASIL, os JUSTOS é que teriam que ter vez e prioridade.”

          Ou seja: o crápula tem 5 ações na justiça que ele considera ganhas, mas que não ‘andam’, aí vem com essa de que ‘justos’ como ele deveriam ter prioridade e ainda por cima bota a culpa no legislativo e executivo.

          E nós aqui digladiando…

          Alô, Eduguiiiiimmm

    • Aqui no Rio de Janeiro os juízes aprovaram R$ 7.000,00 de auxílio Educação. Já os processos…….. em algumas varas são 8 meses apenas para juntar uma petição ao processo.
      Fico indignado que ninguém fala nada contra o judiciário. Para a imprensa, para a população o judiciário está bom? Tem de se rever muita coisa. Há muito a ser feito, mas, falta interesse em mexer na nobreza, pois, são estes que vão julgar depois suas causas.

      • Caríssimo, “Judiciário” é um termo abrangente demais. O Judiciário, enquanto organização judiciária, envolve um tribunal constitucional – STF, um tribunal de recursos ordinários, ou não constitucionais – STJ, cinco Tribunais Regionais Federais – que julgam as causas em que a União, suas autarquias e empresas públicas sejam parte ou tenham interesse, e 27 Tribunais de Justiça – 1 em cada Estado da federação. Alem disso, há um Tribunal Superior do Trabalho – TST, e 27 Tribunais Regionais do Trabalho, também 1 em cada Estado. Já dá pra ter uma noção do tamanho dessa organização. Mas o deficit de juízes e servidores é notório, e o quadro atual é insuficiente para dar conta da quantidade de processos que abarrotam varas e tribunais. Muitos apontam os vários recursos disponíveis nos códigos de processo como os causadores do gargalo, mas o direito brasileiro é garantista e assim, resta investir na qualificação e no aumento da quantidade de varas, juízes e servidores, além de adotar, de vez, o institudo da mediação extrajudicial. Mas isso custa dinheiro, e aí coisa trava.

    • É sério mesmo que vc é tão arrogante que não é sequer capaz de perceber a própria ignorância?

      Haja saco pra te aturar! Pior que eu ia parar de ler nos “princípios constitucionais abjetos” mas continuei só pra me deparar com um chororô arrogante sobre advogados.

  • Edu, parabéns. Não vejo nem nos ”blogs sujos” tão aguerrida luta na denúncia da disparidade que acompanha as pesquisas eleitorais.

    Valeu, companheiro.

  • Edu,
    a frase que se cunhou aqui entre nós é que no Brasil “os jornalistas são piores que seus patrões”(M.C.) Como você não tem patrão, é “o cara”. Parabéns pelo seu trabalho.

  • Vou repetir aqui meu comentário, que ainda está aguardando na fila de moderação:

    Algumas observações:

    1) A margem de erro não se refere à “verdade”, mas aos resultados da amostra. Isso significa que dois institutos, com amostras diferentes, podem ter resultados bem diferentes (fora da margem de erro) sem que para isso algum deles esteja mentindo.

    2) Há de se verificar, portanto, a metodologia de cada pesquisa. Você pode obter o relatório desta e outras pesquisas no site do TSE. (Pesquise no google por “pesquisas eleitorais tse”).

    3) O número de entrevistados pelo Vox Populi (2000 pessoas) é *muito* menor do que o número de entrevistados pelo Datafolha (11424 pessoas). O Datafolha também visitou mais do que o dobro de municípios do que o Vox Populi (402 contra 147).

    Fontes:

    Vox Populi: http://pesqele.tse.jus.br/pesqele/publico/pesquisa/Pesquisa/visualizacaoPublica.action?id=25660

    Datafolha: http://pesqele.tse.jus.br/pesqele/publico/pesquisa/Pesquisa/visualizacaoPublica.action?id=25880

    4) Quando um único instituto apresenta dados tão díspares, é de se desconfiar que aquele que apresentou resultados diferentes está errado, e não os demais. (A não ser é claro que tenhamos evidência de um conluio entre institutos de pesquisa.)

    5) Em 2010 o Vox Populi também apontou vitória de Dilma no primeiro turno, enquanto que o Datafolha (tão criticado pela blogosfera) apresentou dados mais próximos da realidade.

    ===

    A razão pela qual eu bato tanto nesta tecla não é para desanimar, mas para evitar que a gente trabalhe com dados fora da realidade — mesmo que eles nos sejam agradáveis.

    Vale lembrar que, de tanto acreditar na mídia que lhe é favorável, o PSDB descolou-se da realidade do país — e esta foi uma das causas de sua derrocada.

    “Conheces teu inimigo e conhece-te a ti mesmo; se tiveres cem combates a travar, cem vezes serás vitorioso. Se ignoras teu inimigo e conheces a ti mesmo, tuas chances de perder e de ganhar serão idênticas. Se ignoras ao mesmo tempo teu inimigo e a ti mesmo, só contarás teus combates por tuas derrotas.” – Sun Tzu

    • Assim como Sensus trabalha para o PSDB e a CNT/MDA é de Clesio Andrade, do mensalão tucano Você parece achar que o PT está na ilegalidade. Em 40 dias vai entender tudo. Vocês vão perder de novo

  • Existem, na minha opinião, coisas mais importantes pro povo, que o resultado das pesquisas.
    O poder de manipulação da mídia, que quer apenas chegar perto do cofre (que está cheio), cresce a cada pleito.
    A massa de manobra, a legião de estúpidos que foi criada, principalmente entre os mais jovens é impressionante…Não são número suficiente para mudar o resultado do pleito, hoje, mas em breve o serão.
    O Brasil precisa de uma lei de meios de comunicação – Não como a Argentina, recém implantada mas, como a da Inglaterra, também recém implantada.
    Não é possível que a “vida” da sexta economia do mundo seja manipulada por uma mídia suspeita e de má qualidade editorial como a Brasileira.
    Espero que, eleito, o PT finalmente promova ou melhor, dê ao povo Brasileiro este presente.

  • Edu, dado o adiantado da campanha, talvez melhor seria se começassemos ja a montar e representação para o TSE. Aqui tens mais um ao seu lado, amigo.
    Flavio Lima

  • Não tendo fraude nas eleições é o que importa, daí certamente Dilma ganha em primeiro turno. Não acredito que uma mostra de 2000 a 3000 pessoas possa retratar a realidade. Pelo que vemos nas ruas, é Dilma vencedora na primeira tentativa.

    • Acredito que esta diferença é maior a favor de Dilma. As pesquisas são feitas em cidades grandes e médias. Não acredito que a mídia vá para as cidades pequenas onde o PT deverá ter um resultado ainda melhor

    • Valberlene, se a pesquisa for séria, uma amostragem de 2000-3000 pessoas é muito alta e boa, daria sim pra retratar o quadro eleitoral. A questão é que, pelo histórico de alguns institutos, essas pesquisas costumam ser manipuladas pra induzir o eleitor ao voto de político “x” (da direita) ou pra boicotar a vitória do PT em primeiro turno, o que teria um impacto político considerável.

  • Edu, parabéns pelo texto. Mas mesmo considerando alguns erros do Vox, a pesquisa deles bate mais com as pesquisas estaduais que foram soltas na segunda-feira. A queda de Marina Talibã Silva foi acentuada em vários estados e a subida de Dilma também, no Ceará Dilma tem quase 60% dos votos, até em Santa Catarina (redulto histórico do PFL/DEM e dos Bornhausen) Dilma está ganhando e com boa margem à frente (acho que o PT jamais venceu em SC):
    http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/eleicoes/2014/noticia/2014/09/em-santa-catarina-ibope-aponta-dilma-37-marina-24-e-aecio-20.html

    Então algo não bate com a pesquisa nacional do Ibope, a Dilma a meu ver já passou dos 40% (nos votos válidos isso sobe mais) e a Marina deve ter caído pra casa dos 25% por aí e o Aécio subiu. Aécio ainda pode pegar e passar Marina, apesar do desempenho pífio dele e seria uma boa pra Dilma.

    Por isso que o PIG está confuso com a própria lambança que fez de inflar a tucana-verde, pois se o Aécio perde no primeiro turno o PSDB se desmonta nacionalmente, o PIG vai agir no congresso com que partido com um PSDB enfraquecido?

    Se o Aécio passa, a chance dele perder pra Dilma é muito maior que a de Marina Silva em tese, apesar de que eu acho o inverso pois tucano em segundo turno faz campanha suja e pode engrossar a menos que haja uma rejeição geral à figura dele. A Marina falando é um desastre completo, a Dilma desmontaria ela num debate só com as duas.

    • Esta pesquisa feita em SC não deve ter sido realizada aqui na minha cidade, porque o reacionarismo aqui…

      Preciso arrumar uma camiseta vermelha com o nº 13 bem grande pra ir na zona eleitoral votar. Pela lei, se somente eu estiver portando tal vestimenta não há nada de errado, e certamente estarei sozinho, hehehe

      Corro o risco de levar uma pedrada, mas…

      • Oi Luciano…

        Aprendi a ler os comentários do post anterior só por causa de você, que sempre chega no final da conversa.

        Pode até ser arriscado andar com propaganda do PT, mas imagine que as pessoas que te admiram e estão na dúvida em quem votar, assim que te verem, com um 13, deixarão de ter dúvidas.

        Um abração, mano Luciano.

  • Edu

    Quantas pesquisas cada instituto ainda vai divulgar antes do primeiro turno? Uma? Duas? Se houver convergência, será algo brutal. Mas a julgar pelas pesquisas estaduais mais recentes do próprio Ibope, mostrando o esfacelamento da Marina e o crescimento da Dilma, é de se supor que as tendências indicadas pelo Vox Populi sejam mais realistas. Aparentemente, o Vox Populi não está manipulando suas amostragens nacionais.

  • E quero frisar o caráter simbólico dessa eleição em Pernambuco, que pode não estar sendo citada mas terá um peso considerável pois é a terra natal do Lula e onde o mesmo parecia imbatível (o PIG explorará isso e a esquerda está dando pouca atenção à questão). Dilma começou a subir e já empatou ou passou Marina em Pernambuco tirando uma diferança inicial (depois da morte de Dudu Precatórios) de 9 pontos, a tendência é que ela chegue em 5 de outubro a frente da Marina com boa diferença a favor.

    O problema é a eleição pro governo de PE pois o candidato apoiado pelo PT (coligação, Armando Monteiro) estava disparado na frente e após da morte de Dudu Precatórios o fantoche de Campos, Paulo Câmara havia aberto uma vantagem de 10 pontos sobre ele mas ontem baixaram isso nas últimas pesquisas com o aumento de intenção de votos pra Dilma (que puxará os candidatos apoiados pelo PT e pro senado com o João Paulo).

    Qualquer derrota do PT em PE esse ano o PIG usará isso pra dizer que a áurea de popularidade de Lula já não é mais a mesma. O erro a meu ver do PT nacional (pois ele entra em atrito muitas vezes com os PTs locais) e do Lula na campanha de PE, primeiro foi tratar essa eleição de PE como algo menor quando é cheia de simbolismos direcionados ao Lula.

    Segundo ponto é que a Dilma está mostrando que tem boa popularidade própria se descolando um pouco do Lula, algo que não é ruim. Certos setores do PT é que não gostam disso, os mesmos que implicaram contra a campanha dela em 2010.

  • Probabilidades de um quadro tão sui generis – considerando 95% de certeza dos institutos:

    1. ibope e mda erraram:

    Chances: 0,05 * 0,05 = 0,0025

    2. Vox Populi errou

    Chances: 0,05

    3. Falcatruas no Ibope, falha no DMA

    4. Falcatruas no DMA e falha no IBOPE

    5. Falcatruas no IBOPE e FALCATRUAS no DMA

    6. Falcatruas no Vox Populi

    Pela navalha de Okan:

    fico com a opção 5.

  • Eduardo, perdoe-me pelo fora de pauta, mas acho que esta carta do Sr. Luiz Alberto Moniz Bandeira endereçada ao presidente nacional do PSB Roberto Amaral tem de ter o conhecimento de toda a blogosfera:

    “O Politólogo brasileiro Luiz Alberto Moniz Bandeira, residente na Alemanha, enviou a seguinte carta ao presidente nacional do PSB, professor Roberto Amaral:

    Estimado colega, Prof. Dr. Roberto Amaral
    Presidente do PSB,

    A Sra. Marina Silva tinha um percentual de intenções de voto bem maior do que o do governador Eduardo Campos, mas não conseguiu registrar seu partido – Rede Sustentabilidade – e sair com sua própria candidatura à presidência da República.

    O governador Eduardo Campos permitiu que ela entrasse no PSB e se tornasse candidata a vice na sua chapa. Imaginou que seu percentual de intenções votos lhe seria transferido.

    Nada lhe transferiu e ele não saiu de um percentual entre 8% e 10%. Trágico equívoco.

    Para mim era evidente que Sra. Marina Silva não entrou no PSB, com maior percentual de intenções de voto que o candidato à presidência, para ser apenas vice.

    A cabeça de chapa teria de ser ela própria. Era certamente seu objetivo e dos interesses que representa, como o demonstram as declarações que fez, contrárias às diretrizes ideológicas do PSB e às linhas da soberana política exterior do Brasil.

    Agourei que algum revés poderia ocorrer e levá-la à cabeça da chapa, como candidata do PSB à Presidência.

    Antes de que ela fosse admitida no PSB e se tornasse a candidata a vice, comentei essa premonição com grande advogado Durval de Noronha Goyos, meu querido amigo, e ele transmitiu ao governador Eduardo Campos minha advertência.

    Seria um perigo se a Sra. Marina Silva, com percentual de intenções de voto bem maior do que o dele, fosse candidata a vice. Ela jamais se conformaria, nem os interesses que a produziram e lhe promoveram o nome, através da mídia, com uma posição subalterna, secundária, na chapa de um candidato com menor peso nas pesquisas.

    O governador Eduardo Campos não acreditou. Mas infelizmente minha premonição se realizou, sob a forma de um desastre de avião. Pode, por favor, confirmar o que escrevo com o Dr. Durval de Noronha Goyos, que era amigo do governador Eduardo Campos.

    Uma vez que há muitos anos estou a pesquisar sobre as shadow wars e seus métodos e técnicas de regime change, de nada duvido. E o fato foi que conveio um acidente e apagou a vida do governador Eduardo Campos. E assim se abriu o caminho para a Sra. Marina Silva tornar-se a candidata à presidência do Brasil.

    Afigura-me bastante estranho que ela se recuse a revelar, como noticiou a Folha de São Paulo, o nome das entidades que pagaram conferências, num total (que foi, declarado) R$1,6 milhão (um milhão e seiscentos mil reais), desde 2011, durante três anos em que não trabalhou. Alegou a exigência de confidencialidade. Por que a confidencialidade? É compreensível porque talvez sejam fontes escusas. O segredo pode significar confirmação.

    Fui membro do PSB, antes de 1964, ao tempo do notável jurista João Mangabeira. Porém, agora, é triste assistir que a Sra. Marina Silva joga e afunda na lixeira a tradicional sigla, cuja história escrevi tanto em um prólogo à 8a. edição do meu livro O Governo João Goulart, publicado pela Editora UNESP, quanto em O Ano Vermelho, a ser reeditado (4a edição), pela Civilização Brasileira, no próximo ano.

    As declarações da Sra. Marina Silva contra o Mercosul, a favor do subordinação e alinhamento com os Estados Unidos, contra o direito de Cuba à autodeterminação, e outras, feitas em vários lugares e na entrevista ao Latin Post, de 18 de setembro, enxovalham ainda mais a sigla do PSB, um respeitado partido que foi, mas do qual, desastrosamente, agora ela é candidata à presidência do Brasil.

    Lamento muitíssimo expressar-lhe, aberta e francamente, o que sinto e penso a respeito da posição do PSB, ao aceitar e manter a Sra. Marina Silva como candidata à Presidência do Brasil.

    Aos 78 anos, não estou filiado ao PSB nem a qualquer outro partido. Sou apenas cientista político e historiador, um livre pensador, independente. Mas por ser o senhor um homem digno e honrado, e em função do respeito que lhe tenho, permita-me recomendar-lhe que renuncie à presidência do PSB, antes da reunião da Executiva, convocada para sexta-feira, 27 de setembro. Se não o fizer – mais uma vez, por favor, me perdoe dizer-lhe – estará imolando seu próprio nome juntamente com a sigla.

    As declarações da Sra. Marina Silva são radicalmente incompatíveis com as linhas tradicionais do PSB. Revelam, desde já, que ela pretende voltar aos tempos da ditadura do general Humberto Castelo Branco e proclamar a dependência do Brasil, como o general Juracy Magalhães, embaixador em Washington, que declarou: “O que é bom para os Estados Unidos é bom para o Brasil.”

    Cordialmente,

    Prof. Dr. Dres. h.c. Luiz Alberto de Vianna Moniz Bandeira
    Reilinger Str. 19
    68789 St. Leon-Rot – Deutschland
    Tel.: 0049-6227/880533
    Fax: 0049-6227/880534

    • Excelente, parabenizo-o pelos esclarecimentos. Gostaria que seu pensamento chegasse a família de Eduardo Campos e a integrante do PSB Sra Erundina, que de forma estranha, abraça marina e sua nova política entreguista. Rasgaram o programa de governo de Eduardo Campos e mesmo assim contam com apoio daqueles que se diziam fiéis ao partido. SerÁ que vale tudo para chegar ao poder? Essa pergunta já está respondida pela candidata marina e seu programa de governo.

      • Estranho mesmo, por que a Luiza Erundina se calou (e se acovardou) diante da ofensiva neo-liberal que tomou de assalto o PSB?

        Luiza Erundina, você que sempre foi lúcida, o que acontece? O PT quando pediu o apoio do Maluf não foi para acabar com a CLT, para entregar o BC para os financistas, para entregar a Petrobrás e o Pré-sal para a Chevron. E Você disse não , não compactuaria com a aliança entre PT e Maluf.

        E agora, Luiza Erundina, você mesma sabe da união dos Bornhausens, de Heráclito Fortes, de Walter Feldman e de outros tucanos com a Marina. Sabe da plataforma conservadora e reacionária da Marina, sabe que a Marina é muito mais as ideias entreguistas do PSDB e você nada diz!

    • Você, como sempre, correndo pra lá e pra cá, não, Cid? Participação ativa! Vejo praticamente tudo o que manda e leio praticamente tudo o que escreve!
      Isso é militância!

  • Talvez seja mais seguro trabalharmos com a média de todas as enquetes, como fazem outros países. Mas ainda acho estranho o ibope e a datafalha manterem, insistemente, incoerências inexplicáveis em suas pesquisas como apontou um internauta no ConversaAfiada:

    Resumo de uma interessante avaliação da última “pesquisa” do Ibope feita por um internauta no blog “Conversa Afiada”:

    “[…] sobre a avaliação do governo feita pelos eleitores, segundo o Ibope:

    A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma tem a aprovação de 37% dos eleitores entrevistados – no levantamento anterior, divulgado no último dia 12, o índice era de 38%. O percentual de aprovação reúne os entrevistados que avaliam o governo como “ótimo” ou “bom”. Os que julgam o governo “ruim” ou “péssimo” são 28%. Para 33%, o governo é “regular”. Os dois índices são os mesmos do levantamento anterior.”

    Dentre os que julgam o governo “ruim” ou “péssimo”, a Dilma não conseguirá nenhum voto, óbvio. Agora, considere o seguinte raciocíno: 37% dos eleitores que avaliam o governo como ótimo ou bom vão votar com a Dilma, claro. E dos que dizem que o governo é regular (33%) , pelo menos 1/4 desse percentual (~8%) vai votar na Dilma. E eu pergunto outra vez: por que não 1/4?

    Some agora 37 + 8 e veja quanto temos. Em outras palavras, o que o Ibope está tentando me convencer é do seguinte: dos 33% dos eleitores que avaliam o governo como regular, ninguém, absolutamente ninguém, vai votar na Dilma. Isso é o maior absurdo que eu já li em toda a minha vida.”

    Assino embaixo desse raciocínio.

  • os acontecimentos evoluem , e assim podem crescer as sombras, amigos.
    sr ministro da justiça, o sr está acordado? Presidenta, a sra despreza as sombras?
    Vi pessoa q nada entendem de politica, estudo até metade de 2º grau dizerem ter percebido q MS nao tem nada, vai mudar o petroleo, so tem as costas quentes com os Bancos e que votaria talvez Aecio no 1º turno para afasta-la e entao Dilma no 2º. Semanas antes nao pensava assim. Outros ali perto nao discordavam, isso significa o que?
    sintonia bem fina agora – eliminar triunfalismos e deboches demasiados e ultrajantes a adversario!
    fazer como as organizaçoes e times alemaes: nao deixar nada ao acaso.
    O comparecimento evitando ausencias no nordeste inteiro é importante. Vigilancia planejada na petrobras, vigilancia dobrada em furnas, nos transportes em sp-rj- bh, nas noticias de Radio, nao ir a debates depois… do antepultimo dia de propaganda permitida e anunciar isso com antecedencia.

  • Edu, trabalhei durante 37 anos na imprensa, no departamento de arte, e uma das minhas incumbências era apresentar graficamente as pesquisas. Para fazer isto corretamente acabei fazendo analises mais apuradas sobre elas.
    1 – Elas não mentem, mas também não falam a verdade.
    2 – O eleitor não responde a pesquisa fazendo uma analise, dá uma resposta da hora. Se já tiver candidato a resposta corresponde a realidade, se não, muita água ainda vai correr por ali.
    3 – O mais correto na evolução das pesquisas é a seguinte: se JACARÉ ABRIR A BOCA nos últimos 15 dias quem estiver em cima está eleito.
    4 – Quanto as 3 pesquisas deste início da semana, em todas o jacaré abre a boca, Dilma cresce, Marina caí e o Aécio lá na rabeira também cresce, e pode empatar com a socialista.
    5 – Dificilmente quem ganha no 1º turno sai derrotado no segundo.

    • Vou pensar com carinho no que vc disse

      Colega, ninguém chega aos 50 normal, sabia ??!!

      trago aqui assuntos do cotidiano ..diversos, múltiplos ..não me contenho só se por amizade, tenho PRINCÍPIOS

      ..me exponho, ARGUMENTO, apresento FATOS e fontes ..sugiro, cobro ..persigo a verdade de forma incansável ..aceito o lógico, o racional, o homem de BOA VONTADE ..a dureza da realidade ..não me prendo a ideologia nem a interesses VIS, mesquinhos e imediatistas, enfim ..acho que não estou sozinho nessa

      Agora, até confesso, sou meio chinês no método ..admito a boa vontade, o respeito e o coletivo de Confucio ..mas não me furtaria, tal qual Mao, NÃO fosse o justicialismo voluntarioso e o erro imponderável duma sentença capital, não me furtaria a cobrar pela BALA usada, e/ou a apertar o gatilho pra muita maldade, TRAIÇÃO e mentira que vejo ..enfim

      http://www.youtube.com/watch?v=auouKRLkids

      • “..não me prendo a ideologia nem a interesses VIS, mesquinhos e imediatistas…”

        Canalha!

        E sobre o atraso da justiça com as suas 5 ações?

        Nada de interesses imediatistas, né?

      • Cara, vc não argumenta nada. Homem de palha não é argumento, mas falácia. Seus textos são puro sofisma barato recheado de mentiras deslavadas e muita ignorância.

        Vc escreve, por exemplo, que a esquerda apoia o aborto, em vez de dizer, COM HONESTIDADE (afinal, se não for honesto não é argumento), que apoiamos a descriminalização do aborto. Nem vou repetir o que escrevi antes pra não perder mais tempo com vc.

        Sua afirmação de que vc “argumenta” é demonstradamente falsa.

  • Xará, eu que sou estatísitco, sobre o título do post “(…) alguém está mentindo”, acho que TODOS os institutos estão mentindo. Amostragem por cotas com cálculo de margem de erro de amostra aleatória é uma grande mentira.

      • As pesquisas aqui no Brasil têm sido feitas com amostra por cotas (cada entrevistador tem um determinado número de pesquisas a fazer, divivios por sexo,idade,etc). Quando você “exclui” um entrevistado por já ter preenchido a quantidade necessária daquela cota (p.e, homem de 35-45anos), você “exclui” automaticamente a aleatoriedade da amostra.
        Se a amostra não é aleatória, ela não é probabilística, logo não é valido fazer conta de margem de erro. Mesmo nos casos de não se usar amostra por cotas, nestes levantamentos você precisa que a pessoa se disponha a responder e isso já elimina quase toda a aleatoriedade do estudo. (quando eu fazia entrevistas, menos da metade das pesssoas queriam responder)

        (Sobre as cotas: http://www.inf.ufsc.br/~borgatto/Economia/falaciaPesquisaEleitoral.pdf )

        O que me intriga é que os CONREs só façam uma ou outra discussão sobre o tema mas não se posicionam.

        Então, na minha opinião, os instutos mentem quando afirmam ter margem de erro de 2 ou 3 pontos. Deveriam dizer que não se pode aferir qual a margem de erro da pesquisa (mas daí ninguém paragaria os 200-300mil que eles cobram)

        Outra opinião pessoal é que não ter margem de erro bem definida não invalida as pesquisas, mas muda a forma de interpretá-las. Eu vejo que na prática, elas acertam com margem de 5pontos em média (isso é uma percepção bem pessoal).

        Eu vejo outras questões que também influem na diferença entre a pesquisa e o resultado das urnas, mas me alongaria demais.

        Finalizando, a “mentira” dos instituos está em dizer que CIENTIFICAMENTE a margem de erro é de 2 (ou 2,2 ou 3) pontos.

        • Concordo 100% com nosso amigo estatístico sem nenhuma margem de erro hehe, é uma ilusão achar que cada eleitor tem a mesma possibilidade de ser entrevistado e vou mais além, eleição é uma ação e intenção de voto uma opinião. Parte do eleitorado pode querer votar em determinado candidato e declarar, mas poderá votar em outro porque sua decisão de voto não vem da sua opinião, mas da sua comunidade, família, religião, sindicato etc. ainda mais em um país patriarcal como o Brasil, portanto tão importante quanto perguntar a intenção de voto é perguntar os fatores que levam à decisão do voto. Sem contar as perguntas para esquentar o eleitor ambíguas ou tendenciosas, a manipulação da manchete na divulgação e a experiência do pesquisador. Já a manipulação das fichas de entrevistas que pode ocorrer, aí já seria caso criminoso mesmo dentro da margem de erro.

  • Mais um pitaco: quem garante que um instituto de pesquisas tão desacreditado que recebeu até o apelido de “datafalha”, fez REALMENTE mais de 11.000 entrevistas? Eu, pessoalmente, não acredito.

  • Eduardo Guimarães, está fácil verificar o que está ocorrendo, vejamos: IBOPE/MARINA – 29% – VOX/MARINA – 22% IBOPE/INDECISOS – 5% – VOX/INDECISOS – 12% A diferença entre as duas pesquisadoras é de 7%, tanto de DILMA/MARINA como INDECISOS. Portanto, 07% dos indecisos do VOX estão incluídos na Marina pelo IBOPE. Aí está a mentira, não sei qual dos institutos.

  • Excelente trabalho para se aprofundar a reflexão sobre o papel estratégico dos dados pesquisados e divulgados por estes institutos. Ainda se discute pouco este tema, preocupação importante deste blog, e pouco se debate sobre suas metodologias. Além disso, enquanto se prepara a realização da necessária reforma política, algumas questões deveriam entrar na agenda do debate. O papel e a importância do Senado deveriam estar entre elas. Não tenho visto divulgação ou análises nacionais sérias sobre as projeções de voto para a escolha do 1/3 dos senadores. Os institutos de pesquisa de opinião não apuram tais intenções de voto? Onde poderia localizá-los, se for o caso?

  • Parece que estou comentando com pressa, mas não, Eduardo. Acompanho suas análises desde 2010 e entendo que por mais que Loo queira expor o contraditório (um direito da democracia), não consegue ofuscar o título de seu artigo: “Ibope (e companhia) versus Vox Populi: alguém está mentindo”.

  • Com Dilma, a verdade vai vencer a mentira assim como a esperança já venceu o medo (em 2002 e 2006) e o amor já venceu o ódio (em 2010). ****:D:D . . . . ‘Tá chegando o Dia D: Dia De votar bem, para o Brasil continuar melhorando!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D . . . . Vote consciente e de forma unitária para o seu/nosso partido ter mais força política, com maioria segura. . . . . ****:L:L:D:D . . . . Lei de Mídias Já!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. ****:D:D … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …:L:L:D:D

  • Os inocentes e os mal-intencionados vão dizer que quem está errado é o Vox, já que o Globope e o DataFalha são institutos sérios ligados às sérias e honestas famiglias Marinho e Frias!

  • Percebi agora, infelizmente, um dado que deve ser levado em conta:

    Nao é trollagem. Mas é bom colocar aqui antes que coloquem depois.

    Partindo do principio que os nanicos devem ter uns 4 ou 5%
    A — TOTAL DOS 3 PRINCIPAIS CANDIDATOS NO 1O. TURNO:
    B — TOTAL DE 2 CANDIDATOS NO 2O. TURNO:
    –A– –B–
    81 – 83 – MDA
    86 – 82 – IBOPE
    79 – 85 – VOX POPULI

    Ora, “A” sempre deveria ser maior que “B”… Isto é um indício de extrema polarizacao Dilma X os dois
    É mais fácil um eleitor radical de um candidato votar nulo, que todos os eleitores migrarem para apenas 2.

    Deve-se olhar isto com cuidado antes do ataque.

  • Rio de Janeiro, 24 de setembro de 2014

    ONU: Direção

    PROJETO: A HORA DO PLANETA CRIANÇA

    Caros amigos (as) gosto de ajudar quem precisa de ajuda, por isso vou sugerir um projeto, que pode ajudar as crianças do mundo inteiro: A HORA DO PLANETA CRIANÇA, onde a ONU convocaria os empresários e trabalhadores do mundo inteiro, para uma vez por ano, doarem uma hora de trabalho (fazer uma hora extra) para ajudar Instituições de Caridade e ONGs que trabalham pelo futuro das crianças. Amigos (as) com um pouco de criatividade e boa vontade nós podemos tentar melhorar esse mundo em que vivemos.

    Atenciosamente:
    Cláudio José, um amigo do povo e da paz.

    • Ô Claudio José, que pena…

      Você poderia ter aproveitado que a Dilma foi discursar na ONU e ter mandado seu projeto pela Presidenta.

      Agora já foi. Fica pra próxima.

      Abraço.

    • Pois é Roberto…

      E quantos milhares de votos poderiam ser descartados numa pesquisa com 11.000 pessoas?

      Depois, ainda tem gente afoobada achando que quantidade é qualidade.

      Grande abraço, Mestre Locatelli.

  • A partir de Segunda-feira, dia 29.09.2014, não vai dar mais para se manipular pesquisas, usando a “margem de erro”, votos dos nanicos, ou indecisos/brancos e nulo, sob pena de serem flagrados em crime eleitoral e perca total de credibilidade…

  • Não devemos colocar a coroa de louros antes da hora. Temos que conversar, conversar, conversar com os amigos a respeito das porralouquices que os adversários (ou inimigos) do PT pretendem implantar no País, caso vençam as eleições. Temos que alertar os nossos confrades em relação às possibilidades de que essas tentativas não apresentem, como contrapartida, os resultados esperados, fatos que poderão até mesmo comprometer a estabilidade do nosso regime político.
    De minha parte, é isto o que estou fazendo há tempos.
    No dia 5 de outubro, pretendo, logo cedo, ir à residência da minha genitora, que tem 98 anos de idade, colocá-la no meu carro e acompanhá-la até à sessão eleitoral, para que ali ela possa votar pela reeleição de Dilma.

  • Caro Edu, fico lembrando de qual era a aprovação do Lula quando saiu do governo. Ele colocou a Dilma lá, com essa aprovação e a olhos vistos, Dilma está fazendo um grande governo e só quem não quer e nem vai admitir isso é essa direita entreguista, oportunista e retrógrada em conluio com a mídia das “grandes famílias” da elite.
    Eles escondem o leite e acredito que Dilma ainda ganhe no primeiro turno.

  • Estamos na reta final desta campanha e neste momento além de intensificar nossa mobilização, levando nossas bandeiras e camisetas vermelhas para a rua nas campanhas da Presidenta Dilma, dos nossos candidatos aos governos estaduais, nossos senadores e senadoras e nos candidatos aos parlamentos

    Por isso quero chamar a atenção de todos e todas para duas importantes mobilizações. Neste final de semana vamos lutar para defender os direitos trabalhistas e da política de valorização do salário. Se você também acha que CONQUISTAS E DIREITOS DOS TRABALHADORES é algo que não se mexe, não se arrisca, não pode ter retrocesso, mobilize-se, junte-se a Dilma. Confirme sua presença e convide seus amigos e amigas clicando aqui.

    Precisamos, desde já, organizar nossa militância para garantir que a vontade do eleitor seja expressa pelas urnas. Se você tiver mais de 18 anos procure o PT em sua cidade. Como fiscal, você receberá um crachá de identificação e todas as orientações necessárias, além do apoio de um plantão jurídico que dará todo o suporte aos fiscais quando alguma irregularidade for identificada.

    O PT tem muita tradição e experiência na fiscalização do processo eleitoral e o envolvimento da nossa militância será fundamental para conseguirmos acompanhar as mais de 400 mil seções eleitorais espalhadas em 95mil locais de votação, nos 5.570 municípios no Brasil.

    A nossa democracia é um patrimônio de todos e todas, vamos garantir a lisura e a transparência destas eleições e nós sabemos que é nessa hora que o PT mostra sua força. Por isso no dia 5 de outubro, além de votar 13, seja um fiscal voluntário e ajude o PT a defender a democracia brasileira.

    Ajude a divulgar este chamado nas redes sociais clicando aqui!

  • Cara, fiquei com medo desse chamado…nunca vi o PT pedir apoio de voluntários fiscais….a coisa pode ficar feia…eu já estou esperando pedido de impugnação dos ‘Endeusados’

    • Nunca viu? Então você não deve ter participado de campanhas pelo PT, pois sempre há pedidos para fiscalizar as milhares de urnas espalhadas pelo país. Somente com muito voluntariado da militância e simpatizantes isso será possível.

  • já vi pesquisa com estratificação e amostragem perfeitamente corretas MENTIR. Tudo foi registrado no TRE-AM em 2004.
    Na ocasião, para colher amostras de classe social, instrução, estrutura familiar, e outros, um institutio de pesquisa simplesmente “visitou” um bairro que tinha sido, diga-se, urbanizado anos antes por um dos candidatos. Alguma metodologia no mundo leva em conta esta variável?
    Precisariamos saber quais são os “municipios” visitados pelos institutos, só para começar.

  • Uma pesquisa que mostra um cenário mais apertado não é ruim não.
    Isso impede que a militância fique acomodada e acaba evitando surpresas.
    Quanto mais apertado parecer que está, melhor.

  • E este cidadão aqui, que assinará a Representação, pergunta porque essa Representação já não foi enviada!!!!!!!!!!!!!!??????????? Afinal, se já não bastasse o calhamaço de indícios de fraudes nas pesquisas eleitorais anteriores(deformações da amostra, manipulação na margem de erro)a discrepância entre os números do Vox Populi, se comparados aos do IBOPE e MDA, É UM INDÍCIO ESCANCARADO DESSA MANIPULAÇÃO. É tão claro ainda mais porque os institutos da direita nem se preocuparam em disfarçar, colocando dados errados em relação a todos os números, mas concentraram seu “erro” somente no que interessa, ou seja, aumentaram os votos da decadente Marina Silva e rebaixaram Dilma. Desse modo, escondem que a eleição caminha para definir-se em primeiro turno. Temos mais de uma semana para o pleito e candidatura Dilma segue um rimo constante de crescimento(cresceu, se comparada com o último Vox populi, 4 pontos em uma semana), enquanto Marina caiu cinco pontos. O que significa que a próxima semana poderá encontrar Dilma com 45% das intenções de votos e Marina próxima dos 17% de Aécio Neves, que não sai do lugar há muito tempo. É esse fato que IBOPE, MDA e Datafarsa querem esconder e vêm conseguindo fazê-lo, exatamente para modificar a realidade conforme o desejo de seus patrões. Lembrando que em 2010, foi exatamente a Representação, solicitada pelo MSM junto ao MPE que impediu a continuidade de uma quadro idêntico ao atual, Dilma já ultrapassara Serra e o Datafolha escondia, apoiado, ainda que de forma branda, pelo IBOPE, sendo que ambos os institutos eram desmentidos pelo Vox Populi, onde já se via o quadro de liderança de Dilma, ao qual os dois institutos tiveram que aderir, finalmente retratando a realidade, por medo da investigação do MPE que, além das penas criminais, destruiria a a reputação desses institutos, que não só fazem pesquisas em ano de eleição, mas trabalham com isso durante todo o tempo e obviamente veriam seus clientes minguarem se ganhassem fama de mentirosos. DEVEMOS AGIR DESSE MESMO JEITO, ANTES QUE A MANIPULAÇÃO DE IBOPE, DATAFARSA E MDA CONSIGA DEFORMAR UMA REALIDADE QUE CONSTRÓI-SE CONFORME A VONTADE DOS ELEITORES, DIRECIONANDO-A AO GOSTO DA MINORIA DOMINANTE QUE CONTROLA ESSES INSTITUTOS E DESEJA IMPEDIR A VITÓRIA DAS FORÇAS POPULARES. JÁ PERDEMOS TEMPO DEMAIS COM VACILAÇÃO, ENVIEMOS ESSA REPRESENTAÇÃO, A QUAL ASSINAREI APOIANDO, AMANHÃ.

  • O Vox Populi perdeu muito de sua credibilidade depois da lambança do Coimbra, afirmando categoricamente que não haveria 2º turno em 2010.

    No entanto, é bom ter em mente que essas pesquisas não refletem a realidade exatamente tal como ela é. Questões de método e exceções dentro do universo de amostragem escolhido podem ter um efeito significativo nos resultados sem, contudo, configurar tentativa de fraude.

    De qualquer forma, se há algum instituto errado, o mais provável seria o Vox Populi, já que ele discrepa de todos os outros.

    • Morro de rir. O Ibope também disse que não haverus 2o turno em 2010, palhaço. O Vox perdeu a credibilidade entre vocês tucanos? Grande coisa. Seu partido acabou.

      • Opa. Quanta agressividade, Eduardo. Creio que o meu comentário não foi ofensivo.

        Quer dizer que, se eu não concordo com você, ou não acredito que o Vox Populi tenha a mesma credibilidade que antes, automaticamente sou um palhaço tucano, e isso lhe dá o direito de me ofender e zombar de mim?

        Caro, Eduardo, este seu blog já foi um ótimo espaço para discussão política de alto nível. Espero que esta minha mensagem lhe possa ajudar a retornar àquele Eduardo de antigamente, mais equilibrado e respeitoso, menos envenenado de preconceitos, e menos disposto a despachar rótulos.

        Vale.

  • Mas teve um post esses dias atrás que você disse que o Vox Populi estava a trabalho do PT, logo a resposta de qual instituto de pesquisa está mentindo fica óbvia! Ou não Eduardo?

    • Sensus e MDA trabalham pro PSDB. Sensus oficialmente. Datafolha pertence a um jornal que faz oposição ao PT há 12 anos. Você não gosta dos números do Vox e fica desqualificando o instituto, mas a eleição está aí, safadinho

      • Engraçado é que , se há erro , só pode ser do instituto que aparentemente se inclina para o PT , jamais para os outros , que são claramente alinhados com a oposição . Afinal , a direita é corretíssima , ética e moralmente intocáveis.
        Morro de rir com isso. A dissimulação , conveniencia e falta de visão das pessoas é flagrante .
        Essas pessoas não conseguem enxergar nada além do óbvio ?

  • Bom, Edu…

    Dois dias depois o Vox Populi divulga uma nova pesquisa, que parece uma errata da pesquisa anterior.

    Desta vez Dilma tem 38%, Marina 25%, e Aécio 17%.

    Dado que Dilma está em trajetória ascendente e Marina descendente, não seria absurdo supor que há alguns dias Dilma tinha 36% e Marina 27% — exatamente o resultado do MDA,

    Nesse cenário, os resultados do IBOPE — Dilma 38% e Marina 29% estariam dentro da margem de erro.

    O que me parece inteiramente absurdo é acreditar que Dilma tinha 40% e Marina 22%, como disse o Vox Populi. Absurdo pois, se este fosse o caso, teríamos que nesses poucos dias Dilma caiu 4 pontos e Marina subiu 5 — quando nada indica que isso possa ter ocorrido.

    Conclusão:

    Ninguém estava mentindo. Quem errou (feio) foi o Vox Populi, que agora confirma os resultados dos outros institutos de pesquisa.

    E o mais importante: é melhor levar as pesquisas a sério do que superestimar sua própria força — pois este é um caminho certo para a derrota.

      • Eduardo,

        você prima pelas análises lúcidas e brilhantismo de ideias. Mas quando o tema é pesquisas você acaba comprometendo suas análises. O Vox Populi virou piada até entre os petistas. O fato é que todas as pesquisas concordam nas tendências e o Vox anterior foi uma vergonha tão grande que até o R7 escondeu os resultados ao divulgar a pesquisa de hoje.

        Com toda a consideração, esqueça o Vox Populi.

        Liberio

      • Pois é Edu, nas pesquisa do Vox/Carta Capital o mais estranho é a diferença, em relação a pesquisa Vox/Record, em relação ao segundo turno. Estranho mesmo! Como vc escreveu, alguém está mentindo ou muito errado.

        • Ninguém mentiu; o Vox Populi apenas errou.

          E errou tão feio que elimina até mesmo a possibilidade de manipulação, pois daria muito na vista.

          Espero que isto desmonte, por uma vez por todas, a idéia de que os outros institutos de pesquisa manipulam seus resultados. Ok, eles podem errar — mas não há nenhuma evidência concreta para além do nosso desejo de ver nossos candidatos na frente.

          E a melhor prova de que ninguém estava falsificando os resultados é que a última pesquisa do Vox Populi convergiu para os mesmos resultados.

          Moral da história: Institutos de pesquisa erram. Mas quando diversos institutos apresentam dados similares, podemos ter um grau maior de confiança nas pesquisas.

  • É verdade agora saiu uma nova pesquisa da Vox com Dilma 38, Marina 25 e Aecio 17. A anterior dava Dilma 40, Marina 22 e Aecio 17. O mais preocupante é o segundo turno, enquanto na primeira Vox Dilma tinha 46 contra 39 da Marina, nesta última Dilma tem 42 e Marina 41. Antes de mais nada quero dizer que sou eleitor convicto da Dilma e essas variações das pesquisas irão nos fazer sofrer até o dia 5 de outubro. Toda a sorte do mundo para a nossa candidata Dilma.

  • Francamente , conhecendo os métodos altamente “éticos” e “probos” de discutir e informar política à massa de Veja , Globo e Folha de São Paulo , não me surpreenderia nem um pouco com a manipulação de números , métrica, amostragem das pesquisas de Datafolha e Ibope.
    Vai ser uma maravilha no dia 5 , os números do Vox Populi se confirmarem.

  • O trecho “Afinal , a direita é corretíssima , ética e moralmente intocáveis.” num comentário acima só pode ser piada. Eu não acredito em “social democracia”, nem nos políticos deste pais e muito menos acredito que este modelo político nos levará a uma epopéia.

Deixe uma resposta