Por trás da ‘valentia’ midiática contra Dilma, os EUA (?)

denúncia

 

Ao longo do mês que finda, veio se fazendo notar uma subida de tom de grandes grupos de mídia contra Dilma, quem, até há pouco, gozava de condescendência por parte desses grupos, os quais, ao longo dos dois primeiros anos do governo dela, concentraram a artilharia em Lula e no PT, poupando-a.

Nesse aspecto, editorial recente do jornal O Estado de São Paulo surpreendeu ao usar um tom que poucas vezes se viu contra um governante no pós-redemocratização. Só contra Lula – que, pelo senso comum, era menos aceitável para esse veículo do que a atual presidente – a virulência foi tão intensa.

No último dia 21, em editorial intitulado “Dilmês castiço”, o jornal da família Mesquita pôs a crítica política de lado e partiu para a xingação ao afirmar que a presidente da República teria “dificuldade de concatenar ideias, vírgulas e concordâncias”, ao qualificar como “desastrada” sua “condução da política econômica” e ao acusá-la de “despreparo” e de usar “frases estabanadas e raciocínio tortuoso”.

O editorial, pouco objetivo em argumentos, preferiu criticar algum escorregão no português da presidente, como se já tivesse existido algum governante capaz de jamais infringir a gramática ou a norma culta durante falas improvisadas – o Google pode recompensar quem se dispuser a caçar escorregões de FHC no uso do idioma.

O mesmo tom desrespeitoso e insultuoso usado pelo Estadão contra Dilma, nas últimas semanas vem sendo visto com frequência na revista Veja, no jornal O Globo, na revista Época, na Folha de São Paulo etc.

Quem tiver memória do período imediatamente anterior ao golpe de 1964, deve estar experimentando um déjà vu. Os editoriais e artigos que esses veículos publicavam usavam tom idêntico, apelando ao xingamento e a acusações à ética e à capacidade administrativa de Jango Goulart que dispensavam fatos.

Em pronunciamento feito da tribuna do Senado em setembro do ano passado, o senador pelo PMDB do Paraná, Roberto Requião, lembrou o uso que esses mesmos veículos de hoje faziam do xingamento contra Jango. Veja, abaixo, um trecho.

Às vésperas do golpe de 1964, o desrespeito da grande mídia para com o presidente João Goulart e sua mulher Maria Teresa chegou ao ponto de o mais famoso colunista social do país à época publicar uma nota dizendo que na Granja do Torto florescia uma trepadeira. Torto, como referência ao defeito físico do presidente; trepadeira, como referência caluniosa à primeira-dama do país”.

Até aí, não haveria nenhuma novidade se não fossem boatos que vêm circulando na internet e que, nas últimas 24 horas que antecederam este texto, chegaram a este blogueiro por vias menos nebulosas, ainda que sem comprovação.

Duas pessoas conhecidas por este que escreve – e desconhecidas entre si – relataram a mesma história: funcionário da embaixada dos Estados Unidos em Brasília teria presenciado conversa em inglês entre um membro daquela representação diplomática e o embaixador Thomas Shannon.

Segundo os relatos, os diplomatas discutiam o envolvimento norte-americano na eleição do ano que vem e seus contatos com grupos de mídia e partidos de oposição, entre outros. Uma das fontes afirma que os EUA estariam empenhados em pôr fim à “onda vermelha” que teria engolfado a América Latina e, sobretudo, a América do Sul.

Nesse contexto, a volta da direita ao governo do Brasil teria o condão de desencadear um efeito dominó que reverteria uma independência da região que estaria na base das dificuldades dos Estados Unidos de superarem a crise econômica na qual estão mergulhados desde meados da década passada.

A indústria ianque, por exemplo, estaria enfrentando dificuldades para exportar para a América Latina em razão de sua exagerada aproximação com a China e com outros países asiáticos. Acordos comerciais de interesse norte-americano estariam sendo bloqueados por governos “excessivamente independentes”.

A aliança pela “libertação” do Brasil da tal “onda vermelha” envolveria os próprios Estados Unidos e, do lado brasileiro, grupos de mídia, partidos de oposição e lideranças políticas como Aécio Neves, Marina Silva e Eduardo Campos, bem como setores do Ministério Público e do Supremo Tribunal Federal.

Teoria da conspiração? Pode ser. Não se pode afirmar que esses relatos procedam sem que os relatores apresentem provas. Mas tampouco dá para descuidar de hipóteses tão verossímeis, dado o histórico da relação promíscua entre os EUA e setores da elite latino-americana. Vale abrir o olho.

171 comments

  • Caro Eduardo!

    Não é preciso confirmar ou não, estas ” hipóteses “. Na verdade não considero hipóteses e sim fatos concretos. Qualquer pessoa atenta aos movimentos deste grupo ( PIG, MPF, STF ) claramente vislumbra o que eles tem como objetivo. É muito claro. Por covardia de enfrentamento do governo, do PT e do congresso nacional, o golpe está em andamento à muito tempo.

  • Não somente é factível, como é bem provável que isso esteja realmente acontecendo. Quem ainda não viu, vá ver o filme documentário “Um Dia que Durou 21 Anos”…

  • Não vejo nada de novo, afinal, NADA é eterno, MUITO MENOS VITALÍCIO ..tem-se sim é que se MNOSTRAR SERVIÇO e suprir as expectativas, só isso

    No tocante a querer liderar, influenciar, torcer, preferir, acho que todos tem lá dos seus “legítimos” interesses, inclusive Cuba e China ..agora, acho que o que não pode é sair da trilha e partir para o achincalhamento, desconstrução e/ou divulgação de mentiras que visem uma desconstrução golpista pura e simples

    Aliás, ofensas destas que, hoje mesmo, eu vi aqui partido de ninguém menos que o colega “Scan” ..será ? será que ele tb esta a serviço do tio Sam ?

    “.. Como não acredito que Dilma seja obtusa, não me resta outra alternativa que não a de enxergá-la como uma pessoa nefasta, seja pela covardia, seja pela malemolência, seja pela irresponsabilidade ..Esta mulher acabará por colocar a corda no pescoço do Dirceu e esfaquear Lula pelas costas: ela tem lado e não é o de cá…” (by Scan, na pauta ” além de não regular…”)

  • De vez em quando a presidente acerta, como neste frase: “E eu quero adentrar pela questão da inflação e dizer a vocês que a inflação foi uma conquista desses dez últimos anos do governo do presidente Lula e do meu governo”.

        • Você entende o que a presidente fala? Se entende, parabéns, pois ninguém com um mínimo de Q.I consegue entender esse Dilmês e a falta de simpatia e conhecimento que a presidente tem.

          Mas, de vez em quando, como na frase acima, a presidente fala uma verdade: a conquista da inflação pelo PT nos seus 10 anos de governo.

          • Não tem problema você não entender. O povo brasileiro entende direitinho. É até bom que vocês não entendam

          • Nestes casos, fica praticamente impossível apresentar “provas”. No entanto, como disse o Orlando Bernardes em comentário acima, o histórico da relação dos EUA com a América Latina mostra que o Tio Sam é bem esclarecedor. Na antevéspera do nefasto golpe militar no Chile, Henry Kissinger declarou: “nós não vamos ficar sentados vendo governos comunistas ganharem eleições”.

            A situação econômica dos EUA é gravíssima, embora isso seja camuflado pela mídia daqui e de lá. Eles estão à beira do abismo. E não é só “abismo fiscal”, como foi noticiado no final do ano passado. É abismo econômico e social. A direita nativa é totalmente subordinada a Washington.

            Essa direita não tem grandes esperanças de derrotar Dilma em 2014. Até a cidade de São Paulo, considerada reduto tucano, deu vitória ao PT em 2010. Assim, eles fazem o que a direita sempre faz nesses casos: preparam o golpe de estado. Não é à toa que Marco Aurélio Mello reafirmou sua opinião de anos atrás de que a ditadura foi “um mal necessário” para evitar que a esquerda vencesse as eleições. Seu colega Fux também disse que ele é contra “o primado da maioria” como forma de eleger governos. Êpa!

            Infelizmente, certa esquerda parece não ter aprendido nada em 1964. Continuam cometendo o mesmo erro, isto é, confraternizar com o inimigo na esperança de fazê-lo mudar de atitude.

          • O povo entende tanto o que Dilma fala, que a sua aprovação é de 79%.

            Por falar em inflação, por certo você esqueceu que FHC ao sai do governo, deixou uma inflação de 12,.56%, além de uma dívida com o FMI, paga por Lula.

          • É verdade. Ninguém com um mínimo de Q.I. (como parece ser o seu caso) consegue entender o Dilmês. Isso é compreensível, pois há teorias que dizem que os seres mais obtusos tendem a ser repetidores contumazes do lixo midiático e da direita conservadora. Coisa de capacidade de apreensão mesmo. É por esta razão que gente como Maluf, Serra e outros sempre tiveram votação volumosa, pois encontram em gente como você o terreno propício para a fermentação do esgoto. Entendeu?

      • Eita, mas a coisa tá feia para esta direita. Nunca tinha visto tantos troll juntos ladrando seu ódio em um único tópico. O desespero bateu mesmo na direita e eles não querem mais perder 2014, nem que seja no golpe. Tá na hora de deixar o republicanismo de lado e partir prá valer contra estas matilha. Não minha opinião, comentários estúpidos, delete.

  • Concordo. Não preciso de confirmação para a conspiração da direita. Sempre houve, é como dia o PHA citando Casablanca: são os suspeitos de sempre.

    • Tô por aqui, tb. Não preciso e nem quero ou espero provas de conspiração de direita. A suspeita já é suficiente para que nos mobilizemos. No caso, específico do post, essa nem é suspeita, tá na cara mesmo.

  • Ou o PT acorda,ou , vai ser encolhido pela tsuname direitista .
    PT põe o povo na rua.
    Denuncie estes cretinos entreguistas.
    Expulse os traíras Suplicy e jorge Viana, afinal quem cai na Rede é traíra.
    Coloque o PSB pra fora,afinal eles só votam contra o governo.
    O PT está se deixando dominar pela onda golpista.

  • Eduardo, se não pontual e explicitamente no contexto do momento, é pública e notória essa promiscuidade (porque não dizer parceria) que nunca deixou de existir, ao menos desde o golpe de 64. A grande imprensa brasileira é vassala do império e defende seus interesses à frente dos interesses nacionais, isso é fato.

  • Só há uma solução para Dilma: cortar as asas desses folgados, que usam as concessões públicas para irem contra o país. Ela já sabe como cortar essas asas: diminuindo drasticamente as verbas publicitárias, dividi-las equalitariamentes a todos os meios de comunicação, inclusive para aqueles que hoje são quase minúsculos.

  • Não há a menor dúvida que as elites brasileiras, e a midiática em especial, sempre abanaram o rabinho para o total domínio norte-americano. Cabe ao povo brasileiro continuar a cortar, como vem fazendo desde 2002, esse rabinho tão amistoso aos interesses alienígenas…

  • Caro Eduardo.

    Através das décadas, os americanos sempre procuraram eleger um bode expiatório externo em quem jogar a culpa pelas suas mazelas.E o maior mal que já se viu no final do século 20 e nesse início do século 21 se originou por lá, o tal do neoliberalismo.
    Este formato de gestão econômica já nasceu morto.E, agora que a terra do Tio Sam se contorce vítima do seu próprio “remédio”, busca outros meios de sair do buraco em que se meteram.E a fórmula é a mesma de sempre; manipular ou mesmo derrubar governos que contrariem os seus interesses.
    Mas, no nosso caso, temos algo a mais com que nos preocupar nesse xadrez geopolítico; nosso Pré Sal, que conforme documentos divulgados pelo Wikileaks, deixou a indústria petrolífera norte americana “salivando”.(E que levou o governo Bush a reativar a 4ª frota naval que estava nas suas bases na costa leste.)
    Recentemente você divulgou aqui no seu blog um link do youtube sobre um documentário chamado Guerra à Democracia, que escancara os métodos que o Departamento de Estado Dos EUA e a CIA utilizam para garantir que uma determinada nação seja sugada até as vísceras.Sob pretexto de “manter a democracia”, apóiam golpes de estado e toda a sorte de vilania, ceifando milhares de vidas apenas para garantir o seu padrão de vida às custas dos povos do restante do planeta.
    MAS, as perguntas que de fato me inquietas é:
    Se o governo brasileiro sabe disso, o que está fazendo a respeito?Que medidas está tomando?Como garantirão a lisura do processo eleitoral e a blindagem do sistema contra fraudes?
    Creio que não só eu, mas outro colegas deste blog devem se perguntar o mesmo.

    • Lúcida a sua colocação, o seu ponto de vista, os EUA sempre viveram às custas das misérias dos países do 3º mundo, viveram e vivem sugando e roubando as riquezas desses países para manter o seu padrão luxuoso e extravagante, vivem promovendo guerras, invadindo países como recentemente o Iraque e o Afeganistão para vender o seu armento bélico, é uma potência por que vivem sugando e infelicitando povos, destruindo vidas para manter o seu alto padrão de vida.

      • Obrigado aos colegas do blog.

        Mas, os verdadeiros elogios cabem ao Edu, que nos fornece tanto informação de qualidade como também espaço para debatermos idéias, expormos as nossas e ouvirmos a de nossos colegas.

  • Tem sim muita coisa estranha no ar, não só aqui como na Venezuela…
    O Caprilles ainda não desistiu do golpe . Dia 1 de maio será a grande aclamação da oposição de que Nicolás roubou na eleição.

    Ele tava quietinho depois da bagunça, agora está todo assanhadinho. Foi só o Colorado ganhar no Paraguai que o assanhamento da direita voltou com tudo.

    Não Edu, não é teria da conspiração não.

  • e ainda teve gente que comemorou a vitória do obama, até a marina e o eduardo se venderam para os eua…os demais nomes e orgãos citados não é surpresa nenhuma!!!

  • “Onda vermelha que se espalha pelo continente”. Daqui a pouco vão falar em “bolchevização da América Latina” e outros disparates. Como diz o Paulo Nogueira:”Pausa para risos…”.
    Esses caras ainda procuram comunistas debaixo de suas camas. Um dia, darão de cara com o Ricardão…

  • É uma situação existente desde longe. Concomitando com esta informação, foi publicado neste site (em inglês) uma possível farsa no atentado terrorista em Boston. A fonte é esta:

    http://beforeitsnews.com/alternative/2013/04/pictures-that-prove-double-amputee-was-an-actor-at-boston-bombings-2626684.html?utm_campaign&utm_source=http%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2F%3Fref%3Dcws&utm_content=awesm-fbshare-small&utm_term=http%3A%2F%2Fb4in.info%2Fp2Qu&utm_medium=facebook-post

    No facebook há uma menção a este site e uma tradução do descrito. No perfil chamado “Deep Web BR”. Segue texto:

    HOLLYWOOD FICA EM BOSTON?

    Você sabia que os E.U.A. através da CIA (Central intelligency Agency), em 1979, treinaram o Osama Bin Laden e sua patota, para combater os soviéticos no Afeganistão?

    A DEEP WEB BR entrou de cabeça para TENTAR descascar a cebola, sobre os recentes ataques a bomba em Boston, e chegamos à algumas conclusões aterradoras, iremos demonstrar aqui os fatos, provas, e indícios de uma CONSPIRAÇÃO de fazer inveja aos melhores roteiristas de Hollywood, nem que seja necessário fazer algumas pessoas chorar..
    A turminha do contra deve tá se perguntando “Mas esses nerds de internet não sabem de nada e ficam querendo chamar á atenção com histórinhas para boi dormir?” Não é isso?
    A verdade que nossa equipe conta com pessoas dedicadas, nas mais distintas áreas da sociedade, não estamos aqui para brincar e não estamos aqui por um acaso!
    A verdade é que os atentados recentes em Boston não passam de uma farsa! Chorou? Ainda não? Eu sei.. Teremos que nos esforçar mais, não é?

    Primeiro Ato – Cena 1 – O ator na cadeira de rodas

    Segundo nosso especialista em bombas que é das forças armadas, nos narra uma explosão em ângulo inferior (de baixo para cima), sabendo que o artefato foi deixado “no chão”.. Numa explosão em ângulo inferior o sangue das pernas da vítima, seria lançado para cima, seu sangue cobriria seu rosto, atingindo até seus cabelos e respingaria nas pessoas ao seu redor e não é isso que acontece.. Outra especialista em primeiros socorros analisa as disparidades em relação a os ferimentos.. O trauma corto-contundente das pernas seccionadas rompendo artérias fariam com que a vítima entrasse em óbito em poucos segundos devido a grave hemorragia, o ser humano adulto têm cerca de cinco a seis litros de sangue, nesse caso seria impossível sobreviver, caso se fosse feito um torniquete rapidamente, a vitima entraria em estado de choque, ficaria branca, possivelmente vomitaria, e não é o que acontece, suas mãos e lábios mostram ótima circulação arterial..
    http://api.ning.com/files/MyF4ZQ2dSLgOjjFPCOzTsv42WQfnc3iiBc4mXAcX-34KIemiV*AHRMCsHJijqEv39MjB4*AwkUPUotM2dNkQUGteOE6XNMoO/boston5.jpg

    Segundo Ato – Cena 1 – Explosão

    Essa é a mais carocha, o cara de capuz, ajuda a colocar as próteses feridas falsas no ator citado acima (de camisa bi-color cinza), a mulher que também está em cena serve para encobrir a picaretagem..
    http://i.imgur.com/C8qHMkp.jpg

    Segundo Ato – Cena 2

    Neste quadro as pernetas machucadas já estão no lugar, na correria toda o cara de capuz leva alguns segundos para colocar seus óculos escuros, mais uma evidência..
    http://i.imgur.com/iLjGbWo.jpg

    Segundo Ato – Cena 3 – Golpe Pronto

    Já com seus óculos de sol, a mulher que encobria a cena faz o sinal de tudo pronto, (com toda a histeria ninguém percebe nada)..
    http://i.imgur.com/L5EfD4d.jpg

    Segundo Ato – Cena 4 – Comoção Para Mídia

    Perceba o sinal fake da mulher (com as mãos abertas e sem nenhum sangue aparente), para chamar atenção do cara de capuz para as câmeras, ambos sinalizam, o ator perneta levanta sua prótese (modelo CIA 2013), esquerda por cima do ombro da mulher, sem sangue, ossinho seco como um martini, nem na parte superior acima do joelho.. (Que a essa altura era para estar esguichando o melado!)..
    http://i.imgur.com/7fjVqAW.jpg

    Segundo Ato – Cena 5 – O Derramamento do sangue Falso

    Com a palma esquerda da mão aberta a vigarista agora faz o sinal, ela vira a cabeça para a direita, o rufião de capuz capta o sinal e começa o derramamento de sangue (RH+ CIA), na calçada atrás da vigarista. Agora é a vez do perneta dar aquele show para os otários (sem sangue), ergue as derrotas das próteses tipo (CIA 2013), para o ar..
    http://i.imgur.com/5WEw6mm.jpg

    Segundo Ato – Cena 6 – Show Para a Midia

    Notem meus queridos, estamos vendo um quadro de uma bi-amputação em um ser humano adulto com seis litros de sangue em seu corpo, o sangue não espirra em ninguém, mais cai no chão? E lá vai o perneta tentando ganhar um Oscar, abrindo as mãos para atrair as câmeras para nos engrupir, trazendo com ele o casal picareta..
    http://i.imgur.com/s1i5jpe.jpg

    Terceiro Ato – Cena Final – Engula Essa!

    Onde está a porra da pólvora? A tal panela de barro que envolvia o artefato? Os pregos? O chamuscamento na calçada? Os espirros de sangue? Só cena, nada mais, cada grito de terror um flash para te trollar, são atores picaretas tentando nos fazer de vaquinha de presépio (olhem para a cara desse otário e de diga que esse puto tá sofrendo?)..
    http://api.ning.com/files/MyF4ZQ2dSLhTy3Z*r0ZyR3lSX*H4ovYlRV5jPw0Z-Ru7*ItH0EVypyPbwIbKi*sOa8bFbhuHzeAc8cZvg2XVDOwAtDGK–Aj/64252_448847741869899_6696014_n1.jpg

    Agora me pergunto o por que de tanta cena, o que devemos esperar? Conhecendo o “Tio San”, que mandou apagar o próprio presidente (kennedy), só para ter a guerra do Vietnã e com isso faturar uma grana no famoso lob de material bélico? Quatro alternativas me passam pela cabeça..
    1. Será que já invadiram a Coreia do Norte e nós nem ficamos sabendo, achando que aqueles tubos de esgoto travestido de míssil balístico do ”porpeta” do Kim Jong-un são reais?
    2. Um golpe do Partido Republicano contra o sorridente Obama na tão esperada “reforma da imigração” que vinha caminhando a paços largos no senado ianque?
    3. Pode ser também que queiram matar dois em uma, ajudando a pobre e falida França a acabar com os “muçulmanos” do Mali?
    4. Ou a pior de todas, ficaram putos do Rio de Janeiro ter ganhado a disputa com Chicago para as olimpíadas, e estão já ensaiando um ataque “orquestrado” para o Brasil em 2016, nos usando como base de lançamento para mais um conflito lucrativo?

    Obs¹: http://3.bp.blogspot.com/-tITcUFhFeHg/UXcoONDT2II/AAAAAAAAKNM/yVtuMp7a-fo/s1600/3dB2nOZ.jpg

    Obs²: Na imagem 8… é possível um homem perder a perna e não esboçar reação? Pela perna também passa a artéria femoral, onde passa uma GRANDE quantidade de sangue. Uma simples amputação pode gerar uma hemorragia a ponto de ocasionar óbito. Ele não está pálido, lábios estão com a cor normal, não apresenta sinal de tontura ou fraqueza. A perna não aparenta estar queimada, o que talvez pudesse ter salvado a vida do rapaz, caso a queimadura estancasse o sangramento.

    Obs³: Isso é uma TEORIA…

    Fonte: http://beforeitsnews.com/alternative/2013/04/pictures-that-prove-double-amputee-was-an-actor-at-boston-bombings-2626684.html?utm_campaign&utm_source=http%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2F%3Fref%3Dcws&utm_content=awesm-fbshare-small&utm_term=http%3A%2F%2Fb4in.info%2Fp2Qu&utm_medium=facebook-post

    Reclamações, façam por lá. Abraço.

    São tantas perguntas e tão poucas respostas, só nos resta esperar!

    ~Dracul
    ~Spidey
    ~Intruder

    Fonte: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=152606571581206&set=a.129833533858510.26475.129813833860480&type=1&theater

    Não duvido que isto seja real. Lembrando o 11 de setembro, existe também outras versões do fato. Vale salientar que já foi comprovada a farsa das divulgações das armas de destruição em massa que os EUA usaram para invadir o Iraque. Nos temos o pré-sal e um governo “vermelho”. O que eles podem inventar para nos derrubar?

    • Caro Sávio,
      Concordo! Quem ainda não assistiu o filme “Mera Coincidência” com Al Pacino e Robert de Niro, assista!
      Texto muito lúcido, caro Eduardo!

    • Savio.
      Você me fez ganhar o dia hoje.
      Obrigadão.
      Quando assisti Guerra ao Terror, que ganhou o Oscar, me senti um grande idiota e me segurei na poltrona mil vezes para não sair do cinema aqui em Salvador. Me segurei, e consegui chegar ao fim do filme, só para saber em que m…..a de mundo vivemos hoje.
      Pior foi ver que uma enquete do UOL dava aprovação de mais de 90% para as ações da polícia dos EUA.
      Qualquer invasão americana para “DECLARAR A AMAZONIA” como de interesse da Terra terá, com certeza, aprovação dos mesmos “mais de 90%” braZileiros, infelizmente. Estou com 61 anos, espero morrer antes.

      • Pois é meu amigo, o pior é ter gente aprovando as atrocidades americanas. Mas, dentro do meu senso comum, acredito que nem tudo que os EUA faz é tão aprovado assim, nem por nós brasileiros, nem pelo mundo e até pelos próprios estadunidenses. Talvez até pelo fato de os norte-americanos já ficarem com a orelha em pé quando algo acontece lá. Um exemplo é a guerra do Iraque, a grande farsa das armas de destruição em massa. Bem, de qualquer modo, é bom ficar de pé quanto aos EUA.

        E aí amigo, também moro em Salvador. Abraços.

  • So que agora tem internet. E foto de celula de qualquer lugar.
    E mil modos de fazer cruzamentos de dados, horas e minutos, a tal linha de tempo. E os blogs vao jogar tudo no ventilador. Surge o caso e em minutos os coordenadores de campanha estao sabendo. Vamos para o pau.

  • Só um detalhe,Nos aureos tempos de golpes e ditaduras,não havia o contraponto da internet,e nem os “formadores de opinião” tiveram um público tão restrito.O que houve recente no Paraguay e Honduras foi por variaveis internas que ajudaram o golpe.Na Venezuela,foi a morte prematura de Chaves,e que não havia um “herdeiro”,algum indicado que o eleitor pudesse identificar,Colocaram Caprilles tambem como um chavista,num processo que confundiu.No Brasil,apesar do poder ainda forte da mídia,e de uma parte da elite econõmica,não é ainda forte o suficiente para retomar o poder.Vão tentar com Marina,Aecio e Campos.para ter segundo turno,esperando que como a fracassada estrategia do mensalão,Lula e Dilma estejam desagastados.Apesar da paralisia de Dilma em qualquer avnço na retórica com o PIG(continuam as polpudas verbas,nada de regulamentação,e nem respostas aos ataques) o PT parece que vai acordando e ja da sinais de vida.Esta pec que esta causando alvoroço,é mais um aviso,um alerta a setores do judiciário.O mensalão começa a fazer agua.Não tem mais o controle da informação,não tem unanimidade na elite econômica,começam a perder o seu braço judiciário,não tem nomes,projetos,alternativas ao que esta aí.Ofensas pessoais não ajudam,ao contrariop angariam mais revolta,é um tiro no pé.Passando 2014,nãso elegem nem prefeito.pois este jornalismo que ai esta,é moribundo,seu prazo de validae é curto.Veremos em 2018 quantos jornais e rvistas impressos ainda existirão.E na internet a banda toca de outro jeito.

  • Brilhante texto, especialmente para provocar a memória nacional (e o papel dos EUA na conjuntura política internacional de ontem e hoje). Por isso a importância de espaços como este, na condição de instrumento capaz de mobilizar a opinião pública para impulsionar projetos voltados ao controle social sobre o Judiciário e à instituição de um marco regulatório sobre os meios de comunicação, e (apesar dos pesares – não vejo outra saída neste contexto) reforçar o papel do Congresso na garantia do Estado republicano.

  • Vamos lembrar que Jango tinha mais de 70% de aprovação (ótimo e bom) pelo IBOPE. Então, aprovação do povo não é impedimento para um golpe. Quanto ao terrorismo em Boston, acesse Pragmatismo Político e vejam fotos de mercenários presentes no espetáculo.

  • Está sugerindo que por medo dessa “ingerência” americana não haja eleição ano que vem?
    Pare com essas teorias. Tudo vai ser no voto: quem ganhar leva. Bem simples.

    • “Está sugerindo que por medo dessa “ingerência” americana não haja eleição ano que vem?”

      Pronto, lá vem um direitóide amante dos EUA deturpar tudo. O PT não precisa temer haver eleições ano que vem, pois seu candidato – que está em alta cotação junto ao PIG – está em baixa cotação junto ao povo.

  • Olá, Eduardo!

    Saúdo inicialmente a melhora da Victória.

    À política, agora.

    Sou um daqueles que não vislumbrava possibilidade de golpe no Brasil. E semelhante julgamento não derivava em absoluto da descrença do ânimo da direita a tanto. Muito ao contrário. Cria – como até hoje creio – que os interesses a serem atingidos por um golpe institucional não jusficavam os custos, inclusive os financeiros, de uma operação de tamanha envergadura.

    A essencialidade da participação dos Estados Unidos da América em golpes na AL creio dispensar maiores comentários e sempre esteve implícita em meu raciocínio.

    Em outras palavras, descria de um golpe ao estilo anos sessenta ou setenta.

    Infelizmente, dou a mão à palmatória, ao menos em parte. Preciso repensar as coisas com base não só nas invectivas do aparelho midiático e assemelhados, que, como você, concordo, vêm aumentando de tom, como também ante à uma reformulação estratégica do capital hegemônico quanto aos significados abstratos e concretos do reposicionamento latino-americano (grosso modo) em relação a protagonistas mundiais extra-continentais (China, principalmente).

    É sem dúvida preocupante o que vem acontecendo. Saudações.

  • O secretário de estado dos eua há poucos dias deixou escapar que considera a América Latina como quintal. Como foi baixíssima a repercussão quanto ao insulto, podemos esperar que a cambada do norte vai se assanhar.

  • Eduardo uma das coisas que mais me apavora é a hipótese de o processo do mensalão ter sido feito propositalmente com defeitos para a decisão não subsistir. Terá sido normal uma ministra dizer que não há nada contra José Dirceu mas a literatura jurídica lhe permitia condená-lo, ou o ministro dizer que a verdade é uma quimera, e que cabia aos réus provar a sua inocência, e não aos acusadores provar a acusação?

    Tenho medo de que esse processo, sendo anulado, ou as penas diminuídas venha, por pressão da mídia e da oposição, causar um levante ”popular”, com empresas obrigando os trabalhadores a comparecer aos protestos de rua. E que a campanha eleitoral seja dominada por esse assunto, o que faria com que finalmente o povo resolvesse votar nos seus inimigos. Tenho em mente o exemplo venezuelano, com um povo de consciência política muito maior do que a de qualquer brasileiro, que por pouco não colocou um inimigo capital sentado na cadeira de Hugo Chávez.

    Em suma, uma agitação tão grande que poderia finalmente convencer as Forças Armadas a intervir com um golpe militar, ou mesmo, uma intervenção estrangeira do tipo da que foi feita na Líbia.

  • É…a mesma estratégia de golpe em:
    Getúlio,JK,Jango,Lula e agora Dilma.
    É notório que outra vez o PIG,STF,PGR,
    alguns empresários,PSDB,PPS etc.
    querem entregar as nossas riquezas.
    O pre-sal, é só uma delas.
    Como sempre os mesmos sabotadores,
    os mesmos entreguistas,os mesmos traídores
    do Brasil e do povo brasileiro e da America Latina.

    Grande contribuição Eduardo!!!
    Dessa vez não passaram!!!

  • Prezado Eduardo:
    Estamos sempre falando da presença e participação da CIA na história do Brasil, através da representação diplomática dos EUA. ” Em abril de 1962 o nosso presidente João Goulart visitou o presidente Kennedy em busca de ajuda financeira. Lá conseguiu-se um acordo de 398,5 milhões de dólares através da AID – Agência para o desenvolvimento Internacional, destes, 131 milhões era para o nordeste do Brasil. A AID montou em Recife uma sede nesta cidade e para reforçar a base consular americana na região encarregou a CIA de tomar conta de toda a segurança. As operações eram supervisionadas em Washington pelo coronel J.C.King. Apenas em 1962 a CIA gastou 5 milhões de dólares(segundo o embaixador americano Lincoln Gordon, mas, segundo o ex-agente da CIA Phillip Agee o valor foi na realidade 20 milhões. Todo esse investimento tinha como único e exclusivo objetivo apoiar atividades contra o presidente Goulart. Dois anos depois tivemos o golpe militar que nos presenteou com uma ditadura de 25 anos.
    Naquela época o Brasil não tinha o pré-sal. O que foi dito pelo general americano Alexandre Hiag serve para o governo brasileiro e para o Brasil “As sociedades industriais ocidentais estão altamente dependentes dos recursos petrolíferos da região do Oriente Médio e uma ameaça ao acesso àquele petróleo constituiria uma grande ameaça ao nosso interesse nacional vital. Isso terá de ser enfrentado de uma maneira que não exclui o uso da força”. Se o capital(dinheiro) não for em busca de mais dinheiro, ele se acumula e perde o seu valor.
    Como bem nos disse o capitalista Warren Buffett”Há uma luta de classes, tudo bem, mas é a minha classe, a classe rica, que está fazendo a guerra e estamos ganhando. Eu citei o caso do nordeste brasileiro porque o nosso governador de Pernambuco, conhecido como Dudú traira é do Recife. Como o seu nome está sempre aparecendo ao lado da turma de direita e golpistas, o velho Arraes deve está com uma baita vergonha do seu neto e herdeiro político.

  • Realmente Eduardo, nós que queremos viver num país soberano, com a economia dinâmica e forte, que seja capaz de internalizar as suas riquezas, temos que ficar atentos para as tentativas dos países desenvolvidos de frear nosso desenvolvimento, principalmente, do falido EUA, que num momento de desespero econômico pode interferir direta ou indiretamente em nossa jovem democracia (de novo!).

    Porém, acredito que devemos nos manter confiantes e engajados, já que em tempos de internet as coisas não são tão simples para casa grande, além do importante processo de inclusão social feito pelo PT, o qual coloca uma massa de trabalhadores ao lado do projeto do PT, não vai ser tão simples pra eles interromper as melhorias de renda e emprego dos últimos 10 anos, o povo quer mais, e sabe que só o PT fará isso por eles. Caso os EUA e a Casa Grande tente alguma coisa, nosso Lulão coloca os trabalhadores nas ruas, que no governo do PT tiveram mais oportunidades e reajustes reais de sues salários, aí o bicho vai pega, quero ver quem vai ser homem para nós enfrentar.

  • Dado o histórico dos barões da imprensa, partidos de direita e imensas parcelas do judiciário brasileiros (?), não há nada do que se duvidar quanto a essas informações.

    Resta a população ficar atenta e ao governo acordar, eu não compro gato por lebre, como Marina Silva, Eduardo Campos e Aécio, por exemplo.

  • Eduardo, tudo é possível.

    De qualquer forma, seria bom o governo se mexer.

    Nessa hora, a caneta presidencial pode ser interessante, sacando das caixas de bondades e maldades o que for interessante.

  • Edu,

    Só tenho uma pequena “correção” no seu belo texto: trata-se, na realidade, de subserviência conspiratória, praticada alegremente pela nossa midiona metida a besta que caminha celeremente para a extinção.
    Abração.

  • Os aumentos ocorridos em tudo em janeiro de 2.013 foram significativos. Duas ações: atitudes concatenadas e em bloco, objetivo de desfazer efeitos de diminuição de custos de tarifas de energia elétrica na inflação e o povo não sentir a melhoria e utilizar do parâmetro inflação para detonar o governo Dilma. Criticam as tarifas e impostos, o governo federal diminui ou amula seus valores, enquanto osm governos estaduais mantêm ICMS que deve valer atualmente mais de 40% de taxas e impostos sobre combustíveis. O ICMS em MInas Gerais do Aécio Neves (Anastasia é cria dele e o Lacerda BH idem) é de 30% sobre energia elétrica e 25% na telefonia. A Presidente Dilma deveria cobrar oficialmente que diminuam os impostos também.

    Ações concatenadas e em bloco e será pior. caos aéreo foi diminuído com um aliado do Serra junto ao governo Lula, Jobim, por mais que falte infraestrutura não se justificava tantas mudanças. Como já foi dito aqui, ao invés das forças armadas hoje o judiciário e o PIG são os principais. O golpe está em curso. E podem ter certeza que vem dos americanos mesmo, essa turma do PSDB e aliados só quer ficar no poder, obedeceram cegamente a ordem de implantar o consenso de Washington (FHC) e há uma turma de papagaios que os seguem, nem alienados são, na realidade simplórios. Um grande país é bom para todo o seu povo e eles consideram que fora dos 20% que têm muito, o restante seria como escravos.

    O golpe está em curso.

  • Há meses tenho percebido que as ações que anteciparam o golpe de 64 estariam sendo revividas com outra roupagem. Não só Dilma está sendo atacada ferozmente, mas, toda pessoa que ousar lhe defender, por meio da rede, passa a receber ameaças de perfis fake, nas redes sociais e por e-mail. Eu, sou uma dessas pessoas que desde novembro de 2012, tenho tido minha vida devassada por grupos, insatisfeitos com minhas publicações. Agressões, calúnias e difamação, via rede, são as armas utilizadas pela nova versão dos golpistas. Ao longo de seis meses, foram mais de 50 perfis falsos, criados unicamente para atingir minha moral e levantar calúnias sobre mim na rede. Novos tempos novas armas.

  • Há fortes indícios que os EUA estão tramando um golpe branco no Brasil contra Dilma e o PT. Um diálogo entre um funcionário do corpo diplomático e um tal de “SB30”, foi presenciado por uma dentista, que tem inglês fluente e atende funcionários de várias embaixadas em sua clínica, no Setor de Mansões Sul em Brasília (nas quadras internas), entre elas a dos EUA. No diálogo o funcionário informava que estava em tratamento, e que mandassem outra pessoa pegar “o professor” no Aeroporto, vindo da África do Sul, com conhecimento fluente da língua portuguesa, e que seria o responsável pelas estratégias. Num trecho da conversa falou-se em “campesinos”, como se fossem fazer um trabalho segmentado entre às pessoas com menos conhecimento, os mais beneficiados pelas políticas públicas do PT. Isto é tudo.

  • Para poder saquear a América Latina e tirar as riquezas do seu povo, os Estados Unidos precisam por no governo do Brasil o Aécio Neves ou o Eduardo Campos. O PT implantou um projeto de nação que é tudo o que os Estados Unidos não querem. Eles se desenvolveram e agora tiram a escada para que outro país siga por esse caminho. Foi assim em 1964, quando João Goulart anunciou o plano que poderia desenvolver o país, com reforma agrária e investimento em educação, que o golpe veio. Os Estados Unidos conseguiram com o golpe civil-militar retardar o desenvolvimento do Brasil em 40 anos. Se o João Goulart tivesse prosseguido e houvesse a eleição presidencial de 1965, seríamos hoje uma Coréia do Sul. A Globo, Folha, Veja e Estado são parte da manipulação midiática do Departamento de Estado que é quem está por trás desses ataques ao PT e à Presidenta Dilma Rousseff. Juntos estão o MPF, parte do STF, o PSDB e o DEM. A função da subelite brasileira é ser uma força de ocupação no país. Esse grupo social que é representado pelos mais ricos do Brasil tem sua matriz ideológica nos Estados Unidos, Europa e Japão, a quem servem caninamente. Não querem desenvolver o Brasil e sim se aproveitar das riquezas do seu povo. A grita pela volta do juro alto é uma forma de locupletação da subelite brasileira. Ela entrega os destinos do país a forças alienígenas, desde que possa continuar fazendo parte do saque. Não tenho dúvida de que a eleição do Joaquim Barbosa entre os 100 mais influentes foi coisa de alguma agência de inteligência dos Esteites para o enfrentamento na OEA. O Obama para a América Latina tem se revelado um verdadeiro carrasco, vide Honduras, Paraguai e a Venezuela. E eu que tinha comemorado a eleição do primeiro presidente negro dos Esteites.

  • Nada fora do normal quando todos sabemos que todos os paises, sobretudo os chamados “centrais” tem interesses estrategicos, especialmente no campo economico.
    A esquerda veio se organizando e articulando acoes visando a ocupacao do cenario politico na America Latina, principalmente depois da criacao do Foro de Sao Paulo, cujos principais personagens foram Lula e Fidel Castro.
    Nauela epoca as esquerdas eram oposicao na maioria dos paises latino-americanos e desde entao passaram a vencer eleicoes e ocupar mais espaco, sobretudo sob a bandeira da justica social.
    Se o regime democratico traz consigo a premissa da alternancia do poder, nada mais logico do que as forcas que agora se encontram na oposicao se articulem com vistas a substituirem quem hoje estah na situcao.
    O momento se mostra oportuno devido ao fato de que a crise economica mundial tem gerado efeitos negativos na economia brasileira e o governo nao tem demonstrado habilidade em lidar com essa situacao, alem do fato que estando no governo a mais de dez anos, eh normal que ocorram desgastes e desacertos que sempre sao explorados por quem estah na oposicao.
    Quanto a interesses americanos participarem nesse processo nao seria nenhuma surpresa. O Brasil jah teve os EUA como seu principal parceiro comercial e hoje tem a China. Certamente quando da primeira eleicao do ex-presidente Lula, Cuba, por exemplo, tinha interesse na vitoria eleitoral de Lula e nao se chamou isso de conspiracao.

  • Acabo de assistir a “o dia que durou 21 anos” e, embora soubesse tintim por tintim de tudo aquilo, ao ver as coisas assim tão bem documentadas levei um choque. Também acho que a atmosfera golpista jamais deixou de rondar a América Latina, sendo que o Brasil é, dentre todos os seus países, o maior e o mais importante, e, portanto, uma vítima em potencial. Hoje, tem ainda a imensa riqueza do pré-sal e outras coisas mais. Enfim…

  • No Brasil quem ganha a eleição , não leva.
    O STF, de forma unilateral dá ganho de causa minoria, que não tem voto.
    A mídia e o STF estão brincando com a democracia.
    2013 não é 1964.
    Agora temos Internet para fazermpos uma mobilização mundial em tempo record.
    Não votei no STF, portanto não me representam.
    ACORDA PT!
    Convoca o povo a ir às ruas.
    Denuncie no Programa do Partido o que está acontecendo.
    Correr atrás do prejuízo pode ser tarde demais.
    vamos dar força ao Nazareno.

  • O povo não quer saber de PIB OU PIBINHO, não quer saber SE A PRESIDENTA FALA OU NÃO O PORTUGUÊS correto.
    O povo quer é EMPREGO, MELHORIA NAS CONDIÇÕES DE VIDA, EDUCAÇÃO, SAÚDE ,LAZER e MORADIA e isso OS GOVERNOS PETISTAS TEM NOS DADO.

    VIVA LULA, VIVA DILMA, o povo é sábio vai reeleger Dilma para que nunca mais sejamos escravos dos imperialistas norteamericanos e seu FMI.

  • A direita sempre apela para golpes quando lhe faltam votos. Foi assim em 1964, quando o antigo PTB, representando os interesses dos deserdados sociais, crescia a cada eleição. Está sendo assim com o PT
    que cresce em números de eleitores apesar dos esforços da mídia e da oposição para desconstrui-lo. A direita animada com o resultado do Capriles na Venezuela vai tentar voltar ao poder ainda uma vez pelo voto. Se não der, não se iludam, não terá a menor inibição de lançar mão de outros meios. Claro, sempre com a inspiração e o patrocínio dos norteamericanos, que, como todos sabem, são ” campeões” da democracia.

  • Sr. Eduardo, que a mídia é um dos braços que sustentam o império e reproduz os seus interesses está nos livros, e nos documentos históricos, quem quizer comprovar é só ir atras; o que não entendo é que, aqueles que são alvos desse conluio, se deixem abater sem botar a boca no trombone, é um medo rídiculo que faz com que o povo acredite em tudo o que le ou ve; colegas meus, instruídos, replicam tudo que que sai nos jornais sem nenhuma autocrítica, imagine nos confins dessa terra; o segredo está na comunicação, que os de lá se aproveitam para propagar suas idéias e suas mentiras, os de cá é que estão paralisados e sem reação; me lembro do artigo estapafurdio daquele jornalista estadunidense que propagava que a bebedeira estava atrapalhando o Lula a governar, foi tomado por um declaração estupida por que vivemos aqui, mas e no exterior? agora saem com essa da Dilma ter o pensamento obtuso, é contrapropaganda da brava e se não abrirem os olhos do povo irá funcionar.

    • Quer um site imparcial e apartidário?
      Crie um!
      E daqui há alguns meses, volte aqui e diga se seu site tem condições de ser imparcial e apartidário….

    • Pois é, o blog de seu amado tio rei é totalmente isento, não faz campanha para a direita. Por isso que Edu deveria ser tão isento feito ele. Poupe-me.

  • “Como se já tivesse existido algum governante capaz de jamais infringir a gramática ou a norma culta durante falas improvisadas –”
    Quem escreve isso decerto ignora que tivemos um presidente chamado Jânio Quadros.

    • Quem?
      O “fi-lo porque qui-lo?
      “Bebo porque é líquido, porque se fosse sólido comê-lo-ia”
      Quando criança e até uma parte da juventude eu admirei o JQ, mas agora que passei a saber mais da verdadeira história recente do Brasil, não tenho mais nenhuma consideração pelo dito cujo.
      Sua renúncia foi uma coisa sem p´[e nem cabeça.
      Quanto ao uso do vocabulário, é o mínimo que se esperaria de um professor que publicou até dicionario da lingua portuguesa…..

  • O achincalhe e falta de respeito com governantes de orígem popular é uma constante.Getúlio,Kubistchek,Lula e agora Dilma sempre serão alvos,principalmente quando se arriscam a mexer em vespeiros defendidos sem guarida pelos conservadores de plantão financiados pelo grande irmão do norte.Nenhuma novidade.Os entreguistas de sempre são sobejamente conhecidos e mostram sem pudor suas nefandas caras e idiotizantes teorias econômicas.

  • Os folhas da puta não testaram suas hipóteses com a ficha falsa da Dilma? Por que de cá não podemos temer certas conspiratas?
    Josias de Souza, um dos folhas da puta mais folha da puta está tendo acesso a documentos secretos da PF, no caso Freud Godoi. É bom ficar atento.

  • De conspiratório isso não tem nada. Eles torturam, assassinam e desestabilizam sem pudor, na frente de todos. Por outro lado, seus cúmplices não tem princípios nem sentimento de pátria. Há toneladas de provas dos horrores que eles cometem em todo o planeta. Esse papo de teoria conspiratória é o meio que encontraram para fazer negacionismo. Só isso.

  • Fico indignada com a admiração cega que muitas pessoas da minha geração tem pelos EUA.
    Eu, no máximo, respeito cidadãos e cidadãs estadunidenses da mesma forma como merecem respeito pessoas de qualquer lugar do planeta. É só.

    • Nada a ver. Os Estados Unidos é o berço da democracia e da liberdade. É a maior Nação que existe na Terra. A única Nação que garantiu, de fato, liberdade ao indivíduo. Não existe o social. Existem apenas os indivíduos e as famílias. Aliás, eu já disse aqui que a palavra “social” deveria ser retirada de todos as leis, inclusive da Constituição. Eu amo a América! Quisera eu ser cidadão americano! Vejam o caso desses terroristas de Boston. Eles foram acolhidos pela maior Nação do mundo, cursavam universidade a custa do cidadão americano e, no entanto, atacaram justamente aqueles que os acolheram e que os retiraram do obscurantismo. É inacreditável.

      Na verdade, quem estuda História corretamente, sabe perfeitamente que os Estados Unidos sempre foram a nossa pátria co-irmã. Sempre estiveram ao nosso lado. Sempre! Devemos muito aos Estados Unidos, não o contrário. Portanto, nunca deveríamos ter deixado a proteção dos Estados Unidos. O nosso lugar, como país, é alinhado em tudo com a América. É o que penso.

      Às vezes eu fico pensando de onde vem tanto ódio contra os Estados Unidos? No caso de alguns países, até entendo, mas no caso do Brasil?

      Engraçado… O senhor blogueiro fala em libertação da onde vermelha… Por acaso Dilma Rousseff é de esquerda? Francamente, ela é mais de direita que de esquerda. Não é tanto quanto eu gostaria, mas que é de direita, ah isso é…

        • Esse pateta do Mickey Mouse é mesmo um cínico, um traíra, um amante do golpismo dos EUA. Um defensor das ações “democráticas” dos EUA: invadir países e massacrar seus povos, desestabilizar governos considerados hostis aos interesses comerciais, militares e políticos dos EUA.

          Um exemplo de “democracia” dos EUA é o envio das suas temíveis frotas navais para os países que não queiram ter o estilo de vida estadunidense, ou seja, obedecer a “democracia” do império estadunidense.

          Esse fascista e pateta Mickey Mouse diz o que o império deseja: ” Os Estados Unidos é o berço da democracia e da liberdade. É a maior Nação que existe na Terra.” É a maior ameaça à democracia de qualquer país, é o maior império belicista e arrogante que existe e se acha o centro do Universo, tudo gira ao redor dos imperialistas estadunidenses.

          “É inacreditável”, como diz o pateta, traíra e fascista Mickey Mouse, que pessoas panacas, doentes e cínicas como o próprio Mickey Mouse, venham a dizer tamanha besteiras e asneiras. E usando as palavras de Voltaire: Não concordamos em nada com as patetadas e idiotices ditas pelo fascista Mickey Mouse, mas permitimos que ele venha a dizer as suas asneiras e suas preferências fascistas neste blog, pois ele exemplifica o que é um idiota, um pateta, um asno a serviço do PIG e do império belicista chamado EUA.

      • Esta exclamação ” Quisera eu ser cidadão americano! “, mostra a mediocridade de V. Sa.,
        Qualquer pessoa com caráter tem respeito e amor aos seus antepassados, sua pátria, sua família, o que o senhor não possui.

      • Sr. Augusto,

        Sempre é tempo….aproveita que mais e mais brasileiros estão indo passear no exterior e compra uma passagem para os EUA…sem volta…só não sei se eles vão te aceitar….

      • E aí velhaco, por que não se manda para lá? Mas o difícil vai ser eles aceitarem vc, a não ser que queira ser clandestino e vá limpar as privadas dos seus amados irmãos norte-americanos.

        Eu já sei por que vc ama os EUA, é porque eles ajudaram e incentivaram a implantação de uma ditadura sangrenta e cheia de torturadores aqui no Brasil e na América Latina. É disso que o velhaco gosta.

        • Em que planeta vive esse tal de Augusto? Para não saber quem são os Estados Unidos e os malefícios que eles causam à humanidade e principalmente a nós da América Latina? Eles querem que a gente continue sendo o quintal deles e nos tratar como países de terceiro mundo e subdesenvolvidos.

      • Sua sorte sua é não tratarem você, aqui no Brasil, como tratariam se você fosse americano e tivesse esses arroubos de “quisera eu ser cidadão de tal país”. Isso se chama TRAIÇÃO!

      • “Berço da democracia e da liberdade”??? O que o senhor imagina que a “Terra da Liberdade” faria com jornalistas e instituições de seu país que, por ventura, colaborassem com a China para prejudicar o governo americano??? E por no Brasil isso pode (vide contados do PSDB e de jornalistas conhecidos com representantes da “diplomacia” americana)??? Por acaso, eu sua visão, valemos menos? Somos inferiores?

      • UNiversidade as custas dos americanos??????????
        Se vai puxar o saco deles pelo menos nao fale besteira, NAO HA ALUNOS EM UNIVERSIDADES AMERICANAS FINANCIADOS PELO GOVERNO AMERICANO (A NAO SER QUE SEJA PESQUISADOR DE ARMAS).
        ENSINO SUPERIOR LA EH PAGO!!!!!!!

      • “Brasil, ame-o ou deixe-o”
        Te garanto que esta deve ser a frase que vc mais odeia, né?
        Foi cunhada por aquela gente que vc diz que fez um bem danado pro Brasil entre 64 e 85…
        Se gostas tanto assim da ‘america’, vai-te, ó otario de galocha!

        • completando a frase para o nosso ilustre amigo Augusto….aqui no Brasil: au…au…au…, lá nos EUA: caim…caim…caim… klkkkkkkkkkkk….como diz besteira meu caro, como é que é? o “terrorista” que detonou a bomba em Boston tinha a educação sustentada pelos EUA? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk isso mostra que é “bem” informado…

      • O que tem de vitima das ideias de Edward Bernays nao esta no gibi… So existem individuos… Concordo em parte sobre os EUA, pois la surge o que ha de mais podre como o que ha de mais divino, inclusive as teorias de manipulacao das massas que foram, sao e serao criadas, aperfeicoadas la, a maioria do povo eh gente boa, ou seja, enquanto alguns setores poderosos nao entram no circuito para acordar os individuos que possuem monstros insaciaveis de sangue que existe em cada um de nos, teoria de Freud. Ai entra o governo, que eh o instrumento para elites deitarem e rolarem e que por uma causa por muito obscura para os ” individuos” os entorpecem, ludibriam e por fim os seduzem fazendo tudo que eles querem, lembra do caso das torres? E depois invadiram o Iraque e ate hoje eles matam muita gente por la, mas isso nao interessa, o que interessa eh os negocios da elite, manter-se funcionando.
        Por fim se o prezado Augusto pertencer a confraria Hariovaldiana, entao venho humildemente pedir desculpas pela resposta e acatar todas as suas afirmacoes como a mais pura verdade e de um brilhantismo impar.

      • A piada é boa. Quer dizer, quase cheguei ao riso. Claro, não fossem todos os mortos que teriam algo a dizer, não fosse o cala boca que os EUA deram. Bem, quer dizer, é sério mesmo? Ué, então muda pra lá já!

  • Pois vamos “documentar” mais essa sua afirmação, que de teoria da conspiração não tem nada : DOCUMENTOS OFICIAIS, PUBLICADOS PELO WIKEALKS, DA EMBAIXA DOS EUA EM BRASÍLIA, APONTAM O CONTATO DIRETO DOS IANQUES COM TRÊS “JORNALISTAS” AMESTRADOS BRASILEIROS; MERVAL PEREIRA, WILLIAN WAACK E DIOGO MAINARD; COM O OBJETIVO DE COORDENAR A AÇÃO DESTES E DOS GRUPOS DE MÍDIA A QUE PERTENCEM PARA INFLUENCIAR NA DERROTA DE DILMA ROUSSELF NAS ELEIÇOES PRESIDENCIAIS. Portanto, temos aí uma prova documentada(os documentos foram postados no site do seu amigo PHA, têm o timbre da Embaixada dos EUA para procvar sua autenticidade), do velho golpismo estadunidense, apoiado pelos capachos e inimigos da pátria de sempre(os barões da comunicação e seus lacaios)contra Governos que procuram modificar a ordem social canalha em que vivemos, já um pouco amenizada pelos dez anos de Lula e Dilma, retirando-os do poder para reinstalar a exploração de milhões de brasileiros por um minoria de parasitas e a entrega de nossas riquezas para as multinacionais dos EUA. FOI EXATAMENTE ISSO, E COM ESSA MESMA CAMPANHA DIFAMATÓRIA, QUE FIZERAM EM 64. Contudo, ao contrário daquela época, temos agora um prova documental do envolvimentos de “brasileiros”(esses vermes deveria perder a nacionalidade)e de instituições nacionais em uma tentativa de desestabilização de um Goevrno legítimo e de construção de um golpe de estado. Quanto às “instituições”, refiro-me que, do mesmo modo que o IBAD e o IPES em 64, agora os mesmos documentos da embaixada dos EUA informam sobre o envio de recursos da CIA para financiar o Instituto Millenium, o antro dos nazistas de direita; empresários, donos da mídia e “jornalistas” amestrados; como uma instituição responsável pela formulação de “táticas” destinadas a desestabilizar o Governo Dilma, as quais entre outras coisas envolveriam forjar um clima de crise econômica para minar a aprovação da Presidenta entre a população. Essa denúncia é gravíssima, é provada documentalmente, e por isso mesmo devemos levá-la à frente; ou seja, não devemos esperar que Dilma faça algo(do mesmo modo que em relação à concentração da mídia, ela não fará nada e ainda teremos que ouvir Paulo Bernardo chamar de “ansiosos” aqueles que querem acabar com a absurda ditadura que vigora nas comunicações no Brasil); devemos nós mesmos reagir ao golpe em curso; lembrando que fazemos isso não por Dilma ou pelo PT, mas pelo país que queremos, pelo futuro que nós e nossas famílias teremos; e encaminhar essa denúncia , com os documentos que a corroboram, à Imprensa Internacional(principalmente à progressistas, jornais de esquerda como o Página 12 e o Liberation); à UNASUL e às organizações Internacionais de Direitos Humanos(o direito de decidir livremente seu destino e organização política é assegurado pela ONU aos povos), tanto à ONU como a grupos independentes. Posteriormente, devemos contactar a Sociedade Civil organizada para, após o início de um campanha de conscientização interna entre aqueles diretamente influenciados por essas associações, ir às ruas denunciar o golpe que está em curso para tentar direcionar o resultado das eleições de 2014, acusando os barões da mídia e seus lacaios por isso, com ênfase nos três empregadinhos da embaixada estadundiense a quem me referi no início do comentário. Ou agimos agora, ou se ficarmos parados como em 64, teremos o mesmo desfecho.

    • Carlos, também penso o mesmo, é o nosso interesse que está em jogo, não é Lula, Dilma ou PT, somos NÓS que corremos o risco de voltar aquele sistema econômico que estão enfiando goela abaixo nos países e que conhecemos muito bem, neoliberalismo, que na verdade são uns bandos de “zóiudo” que só pensam em lucrar.

      • Será que não se poderia criar filiais do Instituto da Cidadania e começarmos a discutir as formas de nos manifestarmos por este Brasil afora?

  • … teria presenciado conversa em inglês entre um membro daquela representação diplomática e o embaixador Thomas Shannon.
    Segundo os relatos, os diplomatas discutiam o envolvimento norte-americano na eleição do ano que vem e seus contatos com grupos de mídia e partidos de oposição, entre outros.

    O embaixador iria discutir com outro diplomata americano um assunto desta natureza diante de funcionário local subalterno?

    Que eles falem entre si sobre isto é totalmente factível, mas com testemunha nem em sonho…

    • Jorge, meu caro, sua posição não tem sentido, qdo se trata da situação, aI, envolvendo conversa entre dois cidadãos, americanos. Pelo visto, vc nunca conviveu com gente natural dos EEUU…. Posso lhe adiantar, com toda certeza e isenção q eles se portam como donos de uma superioridade, sem medida.
      Eu morei num hotel, em um interior, desses,com um rapaz, americano, funcionário de uma organização de “ajuda”, chamada Corpo da Paz. Esse rapaz era técnico em agronomia e a época era no ano de 1965. Eu sou carioca e pra esse interior fui trabalhar em uma empresa de âmbito, nacional. Lá, qdo cheguei, encontrei várias pessoas, dos mais diferentes lugares do nosso País… Então, mtos de nós q lá chegamos pra trabalhar, fomos morar em hotel; o q deu margem a conviver com esse jovem, q deveria ter menos de 30 anos de idade. E o rapaz, nem falava português… foi aprendo, algo melhor, com a convivência. Ele, diariamente, madrugava e partia pra campo, dar assistência técnica…. aos colonos. Acho q posso contar q a região era a do Vale do Itajai, se estendendo, até a região da divisa de SC, com RS. Pois, bem, com o tempo, fomos descobrindo, nós, moradores do tal hotel, q o rapaz prestava sua assistência (?) e fazia um relatório mensal de suas atividades, do q via e tirava conclusões em suas andanças. E no transcorrer dessa convivência, certa vez, tbm, declarou, pra quem estivesse próximo, ao redor, q iria colocar em seus relatórios, claramente, os desvios de procedimento dos políticos, se apropriando de grana “doada” pelo governo dos EEUU. Dizia q não se conformava, mais, com essa malversação de valores…. Esse fato, na época, nos afastou, desse convívio,.. Nessa altura, já passado coisa de um ano, o rapaz já se comunicava, desenvolto, num Português, razoável; foi qdo eu ao fim da jornada de trabalho, cheguei ao hotel e encontrei o rapaz, chorando, em um canto. Pensei q seria pelo gelo q lhe estávamos dando, em represália; ao q ele me esclareceu, mostrando uma carta, em Inglês, a ele dirigida, pelo Peace Corps, mandando q ele fizesse as malas, pra retornar ao lar…. Na verdade, naquele momento, ele me confidenciou q não queria voltar; pq, inclusive, corria riscos de ser mandado pra guerra do momento.
      Pra vc sentir, Jorge; essa é, apenas, uma historia, desimportante, de um espíão, americano, aqui no Brasil.
      Eu, junto, poderia lhe segredar, q trabalhei alguns meses na contabilidade – agpra. já no Rio, de um programa, desses, de “ajuda”, americana. Foi o famoso AID; sigla, em inglês, de Agência Interamericana de Desenvolvimento…. risos Essa peça de “ajuda” americana, tratava de um programa através do qual essa Agência financiava compras brasileiras, nos EEUU. Excelente ajuda, meu caro: vou lhe emprestar grana; mas vc tem de usar essa grana, comprando produtos…. americanos.
      Igual a isso, ai, os EEUU nos ajudaram, mto… Antes da II Guerra, nossas CA’s seguiam manuais de procedência francesa. Equivalia afirmar q nossos militares seguiam o modelo, francês. Contudo, com o fiasco do Exército Francês, da tal linha de defesa construída pelos franceses e q não deu conta de segurar as Divisões Alemães, consequência da rendição francesa, pra evitar maiores males…. Meu velho Pai era militar e se viu obrigado a saber Francês, pra estudar em compêndios na língua francesa. Findo a guerra, o coitado foi obrigado a estudar e rápido, Inglês, pra tratar com seus novos instrutores…. americanos. Esses Regimentos Escolas – acredito, foram o começo da influência americana, junto aa oficialidade, brasileira. No início, acho, o militares americanos vinham servir, aqui, no Brasil. Igual àquele rapaz, técnico em agronomia…. Com o passar dos anos, os militares brasileiros passaram a ir p’ros EEUU, fazer “cursilhos”….
      Jorge, atualmente, não sei se vc reparou, os EEUU é uma grande guitarra de fazer dólares, pra financiar guerras, pelo mundo, ou corromper as mais diversas pessoas, numa grde variedade de países…. Essa situação se mostra insustentável e já ouvimos, daqui, a procura e perseguição de novos meios de dominação, do império. Eu n ão acredito q vc não se tenha dado a desconfiar de como o Pres Lugo, caiu do cavalo; não posso acreditar q vc nem desconfia dessas “primaveras árabes”. O poder do império, Jorge, se observa, até, mta gente boa acredita, nessa tal “crise financeira, mundial”. O próprio Pres Obanana pregou, em suas falas eleitorais: “Q os jovens, nos EEUU, já não se interessam em servir ao Tio San. Q manter soldados, americanos, q já nem existem, em mais de 190 paises, não está dando margem…. Q, modernamente, agora, outras formas de dominação de corações e mentes, terão de ser usadas.” Esse, Jorge, foi o discurso do Obanana, pro eleitorado….
      Parece, cara, q vc não escutou, nem ouviu falar. Talvez, nem queira ouvir críticas, tamanhas.

      • Vamos supor que suas teorias de conspiração estejam corretas, e a URSS na jogada?

        Nada, não teve “espião russo” aqui não teve brasileiro fazendo “turismo socialista”, aprendendo a matar brasileiros a fazer bomba etc.
        Sem contextualizar não tem como entender o espirito da época.

  • Quem viveu os dias que antecederam o golpe, sabem que o “clima” hoje é muito semelhante.
    A diferença entre aqueles dias sombrios e hoje, é que havia muita agitação nas ruas, muita reinvindicação de direitos, muitas greves, carestia, problemas econômicos, etc e tal.
    Hoje não.
    Hoje a economia vai bem, há emprego, a inflação é combatida pelo Governo, temos esperança na melhoria da Educação, muito melhor distribuição de renda e sobretudo, as FFAA ainda estão envergonhadas com a cagada que fizeram. Porém, a imprensa marrom, conservadora e golpista arranjou um novo aliado, o STF.
    O modo de operação para desestabilizar o Governo é o mesmo utilizado pela imprensa
    O que salta aos olhos é que a imprensa tem dado com os burros n’água, pois as “crises” por ela criadas ràpidamente se vão sem deixar marcas e mostrando o quanto é infantil, antinacionalista, golpista e ridícula.
    Em realidade, sabemos que a imprensa nacional odeia o Brasil e sua gente (eu, você, todos que me lêem e por aí vai).
    Assim sendo, esse aumento de tom na voz da mídia, só encontra resposta em sua “teoria”. Sim, os Estados Unidos desta vez não enviarão a Quarta Frota, mas estarão respaldando o STF e a imprensa, sem sombra de dúvida.
    Para 2014, já botei as barbas de molho. E você ?

  • Com certeza o fascismo do Tea Party estadunidense conta com o apoio dos dois partidos dos EUA, Republicano e Democrata, para desestabilizar governos populares e nacionalistas que defendem a soberania de seus países contra a sanha imperialista dos EUA.

    Por aqui as famiglias do PIG, udenistas de corpo e alma, querem que o Brasil esteja na influência nefasta dos EUA.

  • Os ataques à Dilma se intensificaram assim que o Aécio se lançou candidato… a impren$$$a (lógico que ela é paga…) obviamente apoia candidatos da direita/extrema direita, que se prestam a baixar as calças e tirar os sapatos para os EEUU e os tubarões do capitalismo internacional. Os mesmos tubarões que fazem guerras e mais guerras, que poluem desenfreadamente e que estão levando a humanidade para a extinção!

  • Edu, eu já havia percebido isso, a propaganda de partido de Eduardo Campos está além da imaginação, é muita grana, todos os dias, em todos os intervalos, assim como era do PSDB. A Marina faz tempo que se entregou à luxúria, basta lembrar a abertura da olimpíadas em Londres, com certeza já faz tempo que ela está recebendo “$um$ $agradinho$”, agora pode ter certeza que Eduardo Campos também se encantou. Joaquim Barbosa então nem se fala, depois do Mentirão, do jeito que atropelou todos os direitos do ser humano, ficou claríssimo que também está ganhando “$um$ $agradinho$”, entre outros ministros também, a mídia recebe o “$um$ $agradinho$” e a globo com certeza leva a maior parte. Isso não precisa de muita inteligência para perceber, está muuuiiiiiiiiittoooooo na cara, sabe porquê? eles são óbvios demais, usam estratégia antiga, sempre as mesmas, assim chega até nos agredir. Quanto aos erros de português, para dizer a verdade, acho muita petulância, o importante é o que vêm de dentro, lá no fundo de nosso espírito.

  • Gostaria que 49 amigos blogueiros conseguissem tempo para escrever um verbete sobre os mais “proeminentes” jornali$ta$ do PIG. O título da obra seria “50 tons de marrom: como o jornalismo brasileiro foi parar na lama”… Olha que o “time” é primoroso, ali há desde os estúpidos completos (da veja), até os imbecis-mirins, que são os garotos de recado de Serra et caterva.
    Dá nojo assistir ao jornal da globo, dá nojo ler a veja, dá nojo ler estadão, folha, metro, época etc… ouvir a CBN é um martírio… assistir band e sbt é suicídio intelectual.
    O pior é que esses bandidos ganham muita grana do Tio Sam. Há muito tempo insto a Polícia Federal a vasculhar as fontes de renda desses obtusos golpistas, que adoram ser sacoleiros de luxo em Maiami, e falar mal do Brasil, alimentando continuamente nosso complexo de vira-latas.
    Acorda, povo! Parem de dar dinheiro a Róliúdi, a Microsófiti e ao Merdonalds!

  • Como disse Evo Morales, os EUA é o único país onde não há risco de golpe por lá não haver embaixada americana. Eduardo, o que você descreveu não necessita de provas. É fato. É histórico.

  • Edu, não sabemos se isto é verdade ou não. Agora eu creio que sim e digo porque.
    Na Venezuela, nosso querido vizinho ao norte, tivemos uma tentativa de golpe que foi capitaneada pelos mesmos atores que são descritos ai neste seu texto. A Globo, a Veja, a Folha e o Estadão deles, apoiados pelo banco Itaú deles e mais alguns ruralistas deles, levaram uma multidão para um lugar onde estavam posicionados franco atiradores deles e estes atiraram nas pessoas. A Globo deles alterou as imagens, assim como fez com a bolinha de papel assassina do Serra ou o debate Lula x Collor ou a eleição de Brizola e ai, com o apoio de meia duzia, sempre eles, de militares retiraram o presidente do cargo. Antes mesmo de terem derrubado o presidente os EUA já estavam reconhecendo os golpistas! Portanto, alguém tem dúvidas do que você ouviu é factível? Que papel cumprem os EUA no mundo? Olhem o que vem fazendo em especial depois de 11 de setembro.
    Na Venezuela não deu certo por duas razões importantes: os militares de lá respeitam a constituição os nossos…??? Eles acham que 64 foi golpe? A PM de SP acha que 64 foi golpe? Voltando e também porque o povo foi informado(por meios de comunicação do exterior) que o presidente fora golpeado e não que tivesse renunciado conforme noticiou a Globo deles.
    Pra piorar o cenário por aqui, eu diria que o Brasil é muito mais importante do que a Venezuela porque, além de ter tudo que o mundo precisa, tem uma liderança fundamental para a esquerda da América Latina. E pior que isso, aqui temos instituições frágeis como o nosso parlamento e outras como a PGR e principalmente o STF que com exceção de alguns de seus membros, iriam se reunir no dia anterior pra ajudar a tramar a coisa. Eles inclusive não se envergonham de dizer que o golpe foi necessário!!! Se fazem o que fazem imagine com apoio dos EUA?
    E a Dilma continua brincando com fogo. Não indica o juiz do STF não se sabe porque!!!!

  • O golpe esta articulado, cabe aos verdadeiros brasileiros refutá-lo, temos hoje uma geração de puxa sacos de americanos, nossos costumes esvaem-se, nossa nacionalidade desmorona-se.
    Os entreguistas e os escravagistas do império articulam o golpe.

  • Recentemente, o secretário de estado americano John Kerry chamou a AL de quintal americano, acrescentando que pretendia mudar a atitude de algumas dessas nações. Quando lembro do Obama em visita ao Brasil dando a ordem para invadir a Líbia na presença de nossa presidenta Dilma, aquilo para mim foi mais que um abuso. A guerra fria acabou. Que história é essa dos EUA dizerem que essa parte ainda é deles? Na verdade eles consideram a terra inteira sua propriedade. Se não aceitam eles atacam. Simples assim. Tudo em nome da ‘democracia’ do 1%, porque o povo americano está comendo grama, sem saúde, sem teto e sem esperanças. Não estão vendendo para a Europa em crise, não emplacaram a ALCA. E agora vão atirar para tudo quanto é lado. E compram os vendilhões do templo da moralidade por aqui. Os fariseus do pig, do STF, da oposição medíocre.

  • Quem ler “Fórmula para o caos”, do respeitado historiador Moniz Bandeira, verá que é muito mais que isso que o blog está denunciando. Usam sempre a mesma fórmula.

  • Boa noite, Eduardo

    Infelizmente, os americanos sempre tramaram golpes contra o mundo, em geral, e contra a América Latina, em particular. Eles NUNCA deixaram, POR UM SÓ MOMENTO, de tramar contra a DEMOCRACIA na América Latina, pois, eles têm CERTEZA de que a América Latina SEMPRE FOI, É e SEMPRE SERÁ o eu quintal.
    E, claro, sempre contaram e sempre contarão com os TRAIDORES DA PÁTRIA!!
    Um abraço.

  • Qualquer pessoa meio-informada sabe que os EUA não deixarão escapar a oportunidade de no ano que vem colocar um governo simpátido aos americanos dentro do mais vulnerável BRIC.

    A crise americana não é brincadeira, eles estão empenhados em combatê-le DE QUALQUER MANEIRA e isto inclui tomar de assalto a America Latina tal como elucidado no filme “O Dia que Durou 21 Anos”, onde relatam a posicao de lideranca estrategica do Brasil na America Latina.

    Fracassado o assalto à Venezuela, por enquanto, as forças agora se voltarão para o Brasil. Não tenham dúvida que dinheiro não faltará para as campanhas oposicionistas à Dilma. Dinheiro não será problema para eles.

    Digo mais, se a guerrilheira Dilma acha que a batalha do proximo ano será fácil, ela está muito enganada. Se ela quiser salvar o passado e presente dela na luta pelo Brasil, acho bom começar a se armar melhor. Seria vexame para a Vanda terminar sua história de guerrilha com uma derrota tão humilhante.

    http://operamundi.uol.com.br/conteudo/reportagens/27373/wikileaks+eua+atuaram+para+unir+direita+venezuelana+em+2012+mostram+documentos.shtml

  • Eu so sei dizer que a direita latinoamericana é golpista,que isso faz parte de seu DNA.E o engraçado é que tanto a União Europeia assim como os Estados Unidos estão se transformando em um barril de polvora prestes a explodir,por conta desse maldito sistema neoliberal que a midia golpista brasileira tanto defende.Será que vai continuar valendo a pena dizimar as esperanças de 99 por cento das pessoas para que apenas 1 por cento dos mais ricos continue cada vez mais ricos?Isso é uma estrategia que pode funcionar a medio prazo.Mas a longo prazo,que é o que vem acontecendo, gera tensões insuportaveis.Alternativa hoje é ou socialismo ou barbarie.Ha uma terceira alternativa:a guerra.A escolha está nas mãos dos lideres mundiais e tambem em nossas mãos,já que somos parte dessa tragedia.

  • Depois da derrocada do comunismo no mundo, os Estados Unidos deixaram de se interessar pela América Latina. Por que este novo interesse pela região? PETRÓLEO, muito petróleo na Venezuela, e agora no Brasil. Por que invadiu o Iraque? Petróleo. Por que querem dominar Irã? Por que derrubou o Kadafi na Líbia? PETRÓLEO. E a Síria? Porque é o corredor do petróleo russo e ucraniano para o ocidente. O Brasil precisa sair das mãos do PT para que se apossem do nosso petróleo. Para isto devem gastar o que for preciso com os traidores da pátria na mídia, na política e no judiciário.

  • Próximo presidente precisa se aproximar do Brasil, diz senador americano.
    O Brasil é uma das prioridades nas relações internacionais americanas e cabe ao próximo presidente –seja o democrata Barack Obama ou o republicano John McCain–, estreitar os laços diplomáticos entre as duas nações, informou nesta terça-feira o senador americano Chuck Hagel, republicano de Nebraska.
    “Não posso afirmar aos brasileiros o que é melhor para vocês, mas não importa quem seja eleito: Brasil e América Latina serão parte fundamental da política internacional do próximo governo”, disse. De acordo com o senador, a dificuldade dos EUA que manter relações mais próximas com o Brasil está em desafios como a presença de “alguns líderes da região com quem não concordamos”.
    Hagel não declarou apoio a nenhum dos candidatos, mas seu histórico indica uma relação mais próxima a Obama.
    Fonte: Folha de SP
    Precisa falar mais? e ainda tem o filme “Guerra contra a Democracia” que mostra um diretor da CIA declarando como eles pensam a respeito das repúblicas das bananas……

  • Eduardo, que bom que sua menina melhorou. Graças a Deus!

    Em tempo, estive nos EUA no final do ano passado, pouco antes do furacão de NY e não fiquei com boa impressão. A impressão que tive é que o povo tem sofrido, especialmente a partir de 2008, com a crise do “subprime”. Se não fosse a forte ajuda do governo Barack Obama em várias empresas (exemplo: empresas automobilísticas), a situação seria muito pior.

    Entretanto, penso que os piores inimigos do Brasil estão dentro do nosso País e são de nacionalidade brasileira, embora duvide que sejam verdadeiros brasileiros. São os vendilhões do templo, aqueles que para se locupletarem, criam ou alimentam “nebulosas transações” com o patrimônio público (como diz a música do Chico Buarque “Vai passar”). Vale para corruptos e corruptores. Será que um dia a Suprema Corte (STF) colocará essa gente no lugar certo, ou seja, no chilindró? Desde que o Brasil foi descoberto por Portugal até o momento, o Judiciário brasileiro tem livrado a cara dos inimigos do Brasil, exceto no caso dos clássicos 4 P`s (pobre, preto, p… e petistas).

    Em tempo, mudando de assunto, mas na linha de ilustrar como algumas pessoas podem ter visão estreita e machista (nesse caso, sendo sexo feminino!), ontem vi na internet duas páginas sobre a atriz Luana Piovani:

    1) Na primeira página, essa critica, de forma altamente deselegante, a presidenta Dilma Roussef, em função da recente PEC do Congresso (Poder Legislativo) contra o Supremo (Poder Judiciário). Luana não sabe distinguir entre os três Poderes, não sabe que Dilma Roussef preside o Poder Executivo. Santa ignorância! Dilma tem mais o que fazer. Como é que uma pessoa que não tem essa distinção básica entre os Poderes ainda acha que tem cabedal para fazer cultura?

    2) Em outra página, li que Piovani achou correto Gerald Thomas, aquele diretor de teatro que “se acha” (pessoalmente, acho-o um chato), assediar uma moça que trabalha no “Pânico” (passando a mão sob sua saia). Piovani inclusive teria insinuado que a referida moça seria “acompanhante”. Parece que Luana acha que está certo desrespeitar uma mulher, por mais sensual que seja sua roupa e isso é extremamente machista.

    Tentando dar um desconto à Luana Piovani na parte política (afinal, com o PIG martelando baboseiras na cabeça das pessoas ingênuas ou mal informadas todo santo dia…), pode-se dizer que a segunda parte acima é lascar, não?

    Ainda sobre a ignorância de alguns atores e atrizes (não de todos, obviamente), há algum tempo vimos um vídeo na TV ridículo, produzido por ator chamado Sérgio Marone. No vídeo em questão, um grupo de famosos e famosas critica a construção da usina de Belo Monte. Nunca vi tanta baboseira em tão pouco tempo de vídeo, que, aliás, deve estar no You Tube. O tal Marone fez uma pesquisa completamente equivocada sobre a necessidade da Usina e sobre suas informações técnicas; ele expôs os artistas do vídeo (vários globais e, para minha tristeza, até a atriz Lília Cabral) a um real vexame. Até a Veja, que é trash (lixo), ridicularizou o vídeo em sua capa.

    Finalizando, o que se constata é que parte da classe dita “artístico-cultural” do Brasil é fraca em educação e cultura. Não todos, obviamente. Nota 10, por exemplo, para artistas como Marieta Severo, José de Abreu, Paulo Betti, Chico Buarque e vários outros. Caetano, de quem eu gostava muito artisticamente, nos últimos tempos só dá bola fora; tomei forte antipatia em relação ao seu trabalho, que achava inovador, e nem consigo ouvi-lo mais.

  • EUA anda engasgado por não ter conseguido, graças ao Lula, nos enfiar a ALCA goela abaixo.

    Quem duvida da enorme possibilidade levantada pelo blog é bom “abrir o olho” e ver “o dia que durou 21 anos”.

  • “O editorial, pouco objetivo em argumentos, preferiu criticar algum escorregão no português da presidente… O mesmo tom desrespeitoso e insultuoso usado pelo Estadão contra Dilma, nas últimas semanas vem sendo visto com frequência na revista Veja, no jornal O Globo, na revista Época, na Folha de São Paulo etc.”

    Se forem por aí, eles estão perdidos.

    Quem liga pra erros de português são aqueles que já votam na oposição. Portanto: estão pregando para os já convertidos. O povo não liga para erros de português, haja vista a imensa a popularidade do Lula.

    A maior ameaça é o terrorismo econômico promovido pela mídia.

    Nós já sabemos que a mídia é capaz de influenciar a economia; basta lembrar da queda súbita da produção após a crise de 2008. O Lula falou que a crise chegaria no Brasil como uma marolinha, mas a mídia fez tanto terror que os empresários adiaram a produção, levando a um tombo que só foi recuperado ao longo do ano.

    Se eles continuarem a acusar o aumento da inflação, é possível que as empresas aumentem o preço de forma defensiva, e isso gere um efeito cascata.

    A única coisa que me acalma, nessa hora, é o pensamento de que um aumento irreal possa ser seguido por uma fase de correção — ou seja, se os preços subirem sem necessidade, é possível que haja deflação lá na frente.

    Isso depende em parte das importações; e talvez explique o recente déficit comercial.

  • TEORIA DA CONSPIRAÇÃO? E POR QUE NÃO? NÃO É PARANÓIA, É FATO. NÃO IMPORTAM AS RAZÕES: TODOS UNIDOS CONTRA LULA, DILMA E O PT…

    O PSOL curvou tanto para a esquerda que se aproximou da extrema direita. Os extremos se tocam. Esquerdistas e direitistas quase não se distinguem mais do objetivo em comum: a desconstrução de Lula e do PT. Os fascistas por motivos óbvios; os esquerdistas por deformação intelectual (ou até mesmo por mau-caratismo de alguns): defendem a tese insana que a “reconstrução” da esquerda no Brasil, passa necessariamente pela desconstrução do PT, sem a qual não será viável, por isso reforçam as ações da direita reacionária: acabar com o “lulopetismo” é premissa maior. Ingenuidade, vaidade, ou estupidez? Em minha opinião, as três. O PSOL atira no próprio pé; é a esquerda que a direita adora; o inocente útil; o sonho de consumo dos golpistas! Não sabem ou fingem não saber, que a eliminação do PT provocará uma reação em cadeia em todo o continente, e será o fim da esquerda na América Latina. No fundo, por trás desta lógica ilógica se esconde o verdadeiro motivo: a síndrome do “Ex”. A ideologização purista passa a ser um eufemismo de revanchismo. Quem se torna um “Ex” tem o seu ego ferido, e passa a agir com o fígado; desperta em si o ódio patológico por não ter sido correspondido. Busca-se de qualquer maneira, uma justificativa para legitimar sua vingança.

    Ontem recebi em minha casa um velho amigo, ex-petista histórico que foi preso e torturado durante o regime militar. Deixou o PT junto com os dissidentes que fundaram o PSOL. É professor de História, aposentado, e dedicou sua vida inteira à causa socialista; tudo que ganhava era para bancar a luta, e ainda o faz. É um militante de muito valor e tenho por ele o maior respeito, entretanto, hoje, discordo dele em quase tudo. No passado passava horas na praça central do meu bairro – periferia da Capital paulista – distribuindo folhetos que mandava imprimir pagando do próprio bolso. Defendia com veemência o Partido dos trabalhadores e o seu líder maior: Lula. Na sala de aula o assunto dominante quase sempre era sobre o PT, e foi punido diversas vezes por isso. PSDB, FHC e Globo eram seus alvos prediletos. Infelizmente inverteu a pauta, e hoje o foco dele é Lula e o PT, seus inimigos declarados. Tornou-se um anti-Lula obsessivo, tem por ele desprezo mortal. Diz que o pragmatismo do governo petista engessou os movimentos sociais e anestesiou a militância de esquerda, e que Lula é o grande responsável por isto.

    – Concordo em parte, mas há de se considerar o contexto atual. Se o socialismo ideal é impraticável, pratica-se o socialismo possível!

    – Quando lhe indaguei: por que os psolistas quando petistas eram chamados de “xiitas” pelo PIG e agora não são mais, e por que a Globo não bate no PSOL e o PSOL não bate na Globo e nos tucanos??!!… Tergiversou: nada a ver!

    Depois de uma discussão acalorada, ele se levantou irritado e foi embora. No entanto, a nossa amizade continua, ela está acima das paixões políticas!

    Mudando de assunto.

    Edu, alegra-me saber que Victória está melhor. Acredito que a batalha que sua filhinha trava contra a doença que a acomete, já não seja mais assunto exclusivo da família, pois, compartilhamos todos, deste mesmo sentimento. Chego a pensar que o amálgama que nos une com tanta fidelidade, talvez seja o grau de humanização que Victoria agregou a este blog. Ela simboliza a essência do amor, a pureza no seu estado maior, que tanta falta faz ao convívio civilizado, e você Edu, altruística e sabiamente, compartilha conosco. Gostaria de lembrá-lo que embora freqüentasse o Blog da Cidadania há bastante tempo, o fazia apenas como leitor; mas foi a partir do seu post: “A menina que roubou o ódio”, que então sensibilizado, resolvi participar ativamente tecendo os meus comentários.

    Sem dúvida alguma, Victória faz a diferença! Ela é a luz que ilumina os nossos corações, o antídoto que neutraliza o ódio que tenta se apossar de nossa alma. Se Deus existe, ei-Lo em Victória!

    Um abraço.

  • Bom dia Edu!

    A prova e constatação mais clara e obvia do que vocêr está falando, está aqui:

    Blog Conversa Afiada: “Documentos da diplomacia norte-americana divulgados pelo portal Wikileaks que revelam a estreita ligação da imprensa capitalista e entreguista brasileira e de políticos influentes da oposição, com o imperialismo” americano.

    http://www.conversaafiada.com.br/pig/2013/04/23/wikileaks-cerra-mainardi-ataulfo-e-traak/

  • Caso isso esteja em marcha (deve estar) haverá, e nao so no brasil, o seguinte:
    a-modus operandi
    b-nele, financiamento de verbas secretas da CIA-e similares,e dentro disso. Coisa de 20, 30 MI -USD em cada;
    haverá criaçao e revitalizaçao de Entidades, empresas, ONGs e Institutos locais… todos de fachada com CNPJ e tudo…
    c-propaganda politica de grupos opositores com simbolo de UMA CÔR (foi feito no Ira, Georgia, russia, colombia,mexico…)
    d-Uso dos canais da democracia normais: Tribunais, Imprensa golpista e ATENÇAO.: o T.S.E. e T.R.E
    e-Uso de algum golpe e ‘acidente’ repentino, com mortes e EMOÇAO explorada pela Midia -e tudo atribuido ao
    governo e ao PT.
    f-alguma treta com base legal no TSE.

    E para quem for do ramo, ou gente q tiver responsabilidade nos entornos de brasilia, sugere-se TAMBEM montar um gabinetezinho informal…
    de troca confidencial de informaçoes em detalhe entre os servicios secretos – e diplomaticos- dos hermanos da america do sul. Todos incluso nosotros.
    Quem dorme de touca é Chapeuzinho Vermelho.
    Note-se: vermelho.

  • É muito triste ver estas coisas acontecendo, e com certeza não é apenas teoria da conspiração, e ver o governo, o PT, o Lula, a Dilma (incompetentíssima na política e medíocre nas outras áreas, como a economia e o social) dormindo e deixando acontecer. Traindo o sonho do povo brasileiro.

  • Quem avisa amigo é

    -ANTES de culpar os outros, melhor atentar aos próprios erros antes que seja tarde (se é que já não é)…

    Recentemente o país foi tomado por uma ONDA de pessimismo generalizado partido dos mais variados setores.

    Desnecessário dizer que fora de um eventual dirigismo e aproveitamento político, o que há de fato é um descontentamento latente, um desgaste que cresce entre muitos dos que antes apostavam neste governo.

    De algumas reclamações que tenho visto com frequência, destaco:

    1. No tocante a desoneração – é cada vez mais comum escutarmos que a DESONERAÇÃO tributária deveria ter sido muito mais concentrada em itens de PRIMEIRA NECESSIDADE, como no ramo da ALIMENTAÇÃO e MEDICAMENTOS, itens estes que raramente o mercado nos oferece de concorrência e/ou de opção frente a outros setores que, bem ou mal, são mais vulneráveis à substituição e/ou eventual importação.

    2. Reclamações na Segurança Pública – cheguei a escutar, e confesso que tive dificuldades em discordar, de que se 92% da população é favor da diminuição da maioridade penal, como é que pode a nossa presidente se “atrever” a DISCORDAR, não escutar, e a apresentar opinião contrária sem ao menos conseguir se justificar ? ..fora ainda de voltar a ouvir do velho argumento, que na minha opinião é irrespondível, de que se o CIDADÃO tem responsabilidade e discernimento pra VOTAR aos 16, como é possível que o mesmo não saiba dar importância à vida e ao sofrimento de suas vítimas ?

    3. Descontentamento partido da frustração de expectativas – este fato eu tenho percebido partido de pessoas mais próximas e de antigos soldados da DILMA, pessoas que por ex. se sentiram frustradas com a inação no sentido de nos oferecer um código DEMOCRÁTICO de regulação daS mídiaS.

    Enfim, penso que, sem ter que falar no TERRORISMO dos que pregam o descontrole da INFLAÇÃO por ex., ou mesmo dos GOLPISTAS que inventam o apagão aéreo e/ou elétrico, que fraudam a história e/ou fatos, penso que se continuar neste ritmo, o governo de DILMA não conseguirá em 2014 emplacar a sua tão sonhada re-eleição, bastando para tanto que qq aventureiro munido de MEIA duzia de bravatas consiga de fato arrebatar o coração das massas hoje absurdamente fragmentado.

    ps – apesar dos progressos havidos na regulação dos planos de saúde, na desoneração dos veículos, linha branca, eletro, construção civil, na política mais agressiva por sobre os juros, e na tentativa de se desenvolver um intervencionismo mais dinâmico por sobre os agentes econômicos, ou ainda de seu governo não nos ter exposto a CRISES estruturais e /ou econômicas mais severas, penso que tudo isso se tornará migalha e detalhe quando confrontado às promessas que ainda não foram concretizadas desde a época de LULA I (melhorias na INFRA – norte-sul, portos, estradas – transposição, na saúde pública e segurança)

    -JOGO EMPATADO no golpismo BARATO

    PSDB 1x 0 – quando o Aócio propõe mandato de 5 anos sem reeleição e, no passado, pra THC, seu partido ter comandado o GOLPE que resultou-lhes num 2o tempo pro tucanato.

    PT/PMDB 1 x ! – quando empatam o jogo ao coibirem a criação de novos partidos ..isso em que pese que EU não acredito neste modelo representativo ..mas que é GOLPE, é !!!

    http://www.youtube.com/watch?v=4T_to-UiVkc

  • Eduardo comenta sobre o gasto do governo em propaganda, 9 bilhões em 10 anos.

    Reportagem do Estadão:

    Os gastos crescentes com a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e o uso cada vez mais comum de serviços terceirizados de assessoria de imprensa nos órgãos públicos criaram nos últimos anos uma máquina estatal de informações que emprega mais de 3.600 profissionais e cujos gastos anuais giram em torno de R$ 900 milhões.

    A estrutura de comunicação federal se divide em três eixos.

    O primeiro se propõe a ser uma espécie de “BBC brasileira”, com um serviço público de informações envolvendo a TV Brasil, a TV Brasil Internacional, oito emissoras de rádio e a Agência Brasil, que produz notícias com acesso livre.

    O segundo envolve a NBR, que integra a estrutura da EBC. O canal institucional transmite ao vivo todas as cerimônias da Presidência e tem programas de rádio reproduzidos em todo o País: a Voz do Brasil – diário, obrigatório para todas as emissoras, de segunda a sexta-feira, das 19 h às 20 h -, Café com a Presidenta, Bom Dia Ministro e Brasil em Pauta.

    Esses dois eixos sob o chapéu da EBC contam com orçamento de R$ 533 milhões este ano – 21% superior ao de 2012. A estrutura dispõe de 1.926 profissionais.

    O terceiro eixo é o de assessorias de imprensa. Os gastos anuais do governo federal com esse serviço – incluindo Presidência e ministérios – são de R$ 97 milhões. Cerca de 500 profissionais cuidam da imagem da administração, repassando informações oficiais a jornais, TVs, rádios e canais de internet privados. Nas empresas estatais, como Petrobrás e Correios, a estimativa – elas não divulgam números – é a de que o gasto chegue a R$ 250 milhões ao ano, com 1.200 profissionais envolvidos.

    Boa parte dos serviço é terceirizada. Duas empresas privadas dominam o mercado da informação pública na Esplanada dos Ministérios: a FSB Comunicações e a Companhia de Notícias (CDN).

    A FSB tem, por exemplo, 84 profissionais à disposição do Ministério da Saúde e do Ministério do Turismo. Na pasta da Saúde, são atendidos 800 pedidos da imprensa por mês e produzidos 200 textos de divulgação. A empresa produz ainda 100 peças jornalísticas – com viés pró-governo – ao mês. Elas ficam à disposição de 2 mil rádios espalhadas pelo País. Há ainda a atuação nas redes sociais, que recebem cerca de 4 mil intervenções mensais da assessoria.

    Audiência. O projeto mais ousado do governo refere-se ao primeiro eixo da estrutura de comunicação estatal: a criação de uma rede pública de informações.

    A EBC foi criada há seis anos, na gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após a fusão das antigas Radiobrás e TVE-Brasil – esta com sede no Rio. Ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) à época, Franklin Martins dizia que a rede serviria para se contrapor à “grande mídia”.

    Nessa meia década, o sinal da TV Brasil, que emprega 479 funcionários, chega a 61% da população, com 7 emissoras próprias e 45 afiliadas. A audiência, porém, é baixa. Em 2012, a preferência pelo canal na Grande São Paulo variou de 0,06 a 0,11 ponto no Ibope.

    • A audiência é baixa porque em matéria de tv no Brasil temos uma imensa massa de otários ávidos por assistir coisas que denigrem a vida alheia, que mostram coisas particulares das pessoas, coisas essas em sua maioria que nem foram autorizadas a publicar, fora os tão cobiçados (sic) reality shows….
      A tv pública não existe pra isso. A questão é mudar esta cultura inútil do brasileiro, só que com a ‘ajuda’ de pessoas com mente deformada como a sua, isto está longe de acontecer. Daí vir aqui replicar esta ‘reporcagem’.
      tsc tsc tsc

  • O s países ditos desenvolvidos, da América do Norte e Europa, históricamente colonialistas e exploradores das riquesas da América Latina a partir de determinado momento e período histórico, foi utilizado um torquinete e de forma gradativa foi interrompida a sangria que alimentava estas economias, consequentemente o processo de desenvolvimento econômico foi invertido. Explicando-se desta forma as dificuldades de algumas nações em superar suas dificuldades econômicas. Estas nações consideradas desenvolvidas em todos os aspectos da sociedade humana, proclaman-se representantes da justiça e da democracia, mas, só até o dia em que o sonho americano não for ameaçado de se transformar em pesadelo. Que é o que parece que está acontecendo.

  • Getúlio veio do sul, fez um governo trabalhista e, naturalmente, foi derrubado pelas forças opostas ( elite e mídia)

    Jango veio do sul, fez um governo trabalhista e, naturalmente, foi derrubado pelas mesmas forças opostas.

    Dilma veio do sul, está fazendo um governo trabalhista e, naturalmente, está sendo derrubada pelas mesmas forças.

    ATÉ QUANDO?

    • Pequena correção,
      Assim como JK (Diamantina), Dilma(BH) é mineira da gema, só foi
      para o sul ,assim como vários companheiros revolucionários e de
      esquerda, apos ser presa e liberta, lá era um ambiente historicamente
      menos hostil.

  • Apesar de leitor assíduo, não tenho o costume de comentar em seu belíssimo blog, Edu. Mas hoje gostaria de deixar o link de um texto do Prof. Sírio Possenti (da UNICAMP) sobre o editorial do estadãozinho (assim mesmo, com letra minúscula e no diminutivo) feito de um ponto de vista linguístico para mostrar as escorregadelas “conceituais” (ou a má-fé) do jornal.

    Abraços para você e para toda a sua família!

    http://terramagazine.terra.com.br/blogdosirio/blog/2013/04/25/quem-aqui-o-pai-fuma/

  • Sr Augusto Bandeira do Brasil, ao demonstrar o amor ao EUA, seria interessante considerar que; Si la vivesse terias grande possibilidade de ter sido um dos terroristas procurado pela cia,fbi!

  • Caro (expensive?) Augusto,
    bem que V.Sa. poderia se inscrever no augusto exército americano, e como um perfeito marine ir lutar “pela democracia” no Afeganistão ou Iraque.

    • Expensive mesmo!
      O Eduguim gasta uma nota pra informar a gente sobre o que o PIG não mostra, e vem um rola-bosta aí com esta de ‘amo a america de paixão’….
      Como disse Paulo Ricardo: “Que desperdício’!

  • Adoro quando eles usam o termo “despreparo”. Sempre lembro do “mais preparado”.

    E quanto aos EUA, no Brasil as pessoas só se indignam com o que ouviram da boca do Willian Bonner e tenha sido revereberado pelo Jabor. Se não passou na Globo, não aconteceu.

  • Não custa nada lembrar que Shannon é veterano da tentativa de golpe na Venezuela, em 2002. Junto com Hugo Llorens, deu todo o apoio para o golpista Pedro Carmona. Olho nele!

  • É dona Dilma vou votar novamente no projeto do PT e do ex Pers. Lula,mas infelizmente desa vez vamos perder,eu nunca vi um chefe de estado municiar tanto um inimigo como estou vendo agora ,da quase para pensar que e proposital.

  • Defender a Presidenta o mauricinho PIP do Mercadante não faz. Agora para defender a Falha ele se apresenta sem ser chamado. A Constituição só vale para eles. Grandes democratas esses americanos!!

  • Brasil: de estilingue a vidraça.

    A bem da verdade é bom que se diga o seguinte:
    O Brasil alçado à 5a ou 6a potência mundial deixou de ser a “Republica das Bananas” como era chamado até há pouco tempo atrás.
    Deixou de ser estilingue para se tornar vidraça !
    Passou a ser um dos principais competidores do mundo de hoje e disputa seu lugar junto com os EUA no primeiro lugar, a China no segundo lugar, o Japão no terceiro lugar, a Alemanha no quarto lugar e depois está embolado juntamente com a França e a Inglaterra na disputa pelo quinto lugar das maiores potências mundiais.
    No continente americano é a segunda maior economia, logo depois dos EUA, deixando o Canadá para trás, como também já deixou para trás a Itália, terceira economia da Europa, e bem para trás outros fortes países europeus como a Espanha, a Holanda, a Dinamarca…
    No grupo dos BRICS, só é superado pela China, deixando para trás a Russia, a Índia e a Africa do Sul.
    De todos os competidores acima de si próprio no pódio das grandes potências, somente a China, hoje seu principal aliado comercial, tem uma economia realmente forte e em crescimento.
    A Alemanha começa a estagnar, e os EUA, Japão, França, Inglaterra estão todos sofrendo uma forte corrosão em suas economias e estagnação no desenvolvimento social e econômico além de enormes problemas em sua política externa.
    Tanto os EUA como a Inglaterra tem sérios problemas sociais e de segurança interna causados pelos inimigos que desenvolveram ao longo dos séculos fazendo com que tenham que dedicar uma grande parcela da produção de bens de seus povos aos gastos com defesa interna e uma soma ainda mais inacreditável de recursos à sua defesa externa.
    Todos estes países voltam seus olhos para o Brasil, com muito sol, muitas e belas praias, muita alegria com o samba, o futebol e o carnaval, todos empregados e ganhando bem, a classe média crescendo num ritmo muito forte e consistente…. E sem inimigos!
    O Brasil é uma das maiores reservas de produtos essenciais do mundo, inclusive e principalmente petróleo e minerais estratégicos, rico em energias baratas e renováveis como a energia hidroelétrica e uma população jovem e em crescimento contínuo fazendo dobrar a população do país em meros 35 anos enquanto a Europa e o Japão tem taxas de crescimento populacional negativo.
    200 milhões de pessoas que falam a mesma língua, professam mais ou menos as mesmas religiões cristãs em 8,5 milhões de Km2 de boas terras, muitos rios e florestas e 3 mil Km de exuberantes costas marítimas…
    Enfim, o Brasil navega em mares de almirante e em céus de brigadeiro…
    Mas, olhando para o todo, sabemos que os recursos de nosso planeta são finitos.
    São aquilo que temos dentro de nossa esfera planetária e ponto final.
    Tudo o que temos no planeta exceto a atmosfera e as águas profundas dos oceanos, é teoricamente de propriedade dos países onde as riquezas se encontram, e todos que as querem tem que disputar pelo seu uso, quer comprando, quer tomando…
    E é ai onde se encontra a principal falha, fraqueza, ou quiçá “a principal virtude” do Brasil.
    Ao disputarem os recursos em todos os cantos do mundo, EUA, Inglaterra, França, Rússia, China, Japão e Alemanha construíram ao longo dos séculos um vasto arsenal bélico que os mantém líderes incontestáveis na corrida pelos recursos do planeta: Se não for pelo domínio destas riquezas em seus próprios territórios, estes recursos serão conquistados onde quer que estejam pela força de seus canhões, como foi ricamente demonstrado na história de nossa civilização.
    O paradoxo incongruente desenvolvido durante os cinco séculos da história do Brasil mostra que, enquanto somos e sempre fomos detentores de uma das maiores fontes de recursos naturais, energia e territórios do planeta, somos ao mesmo tempo um país militarmente fraco, quase anêmico, incapaz de defender seu patrimônio da predação de seus competidores mais musculosos. Por isso, nossa riqueza foi constantemente roubada e contrabandeada para os quatro cantos do mundo, privando-nos por 5 séculos de as usufruirmos enquanto estes usurpadores bucaneiros revestiram seus prédios e suas catedrais com o ouro e as madeiras de lei que saíram de graça de nossas terras.
    Contam as lendas em vários países da Europa, que Portugal e os portugueses, devido sua proximidade e fortes laços culturais e de sangue com os mouros, foram alguns dos melhores mercadores da Europa antiga. Não tinham território, nem exércitos, mas eram muito ricos, tinham uma cultura refinada e laços comerciais e afetivos em todo o globo, antes mesmo que o novo mundo e o extremo oriente fossem conhecidos e acessíveis aos europeus dos países centrais. Prova disto são as colonias e enclaves portugueses ao redor do mundo que datam ainda do século XV.
    O Brasil e os brasileiros, culturalmente herdeiros dos portugueses, são conhecidos mundo afora pela sua cordialidade, amistosidade e fácil relacionamento.
    Conta uma outra história –esta contada por portugueses quando instigados com a “sina” de termos sido colonizados inicialmente por eles– que tivemos sorte em termos os lusitanos como patronos de nossa cultura, pois enquanto os Estados Unidos da América do Norte foram colonizados e povoados “na bala do revólver” nossas fronteiras foram expandidas pelas conquistas em tratados comerciais com os nativos e com os vizinhos, o que não é totalmente verdade nem totalmente mentira…
    Diferentemente dos europeus e anglo-saxônicos em geral, não cultuamos a belicosidade como um elemento fundamental em nossa cultura.
    Por sermos não beligerantes e tão vulneráveis, temos sido há séculos explorados e colonizados física, econômica e culturalmente pelos nossos “irmãos” mais musculosos do hemisfério norte.
    Até o começo do século XX foram os ingleses nossos principais algozes e dominadores, que, passada a primeira guerra e com o caixa insuficiente para custear sua política colonial global, passou a incumbência da América do Sul aos seus herdeiros e sucessores, os norte-americanos, que já possuíam uma grande frota armada e, com uma frota aérea cada vez mais armada, tornava fácil a tarefa de manter o domínio de “seu quintal” no continente.
    O que vemos hoje é nada mais do que um capitulo à mais nesta história que começou com a queda do velho império britânico.
    Naquela época, apesar de ser militarmente um país de “quinta-categoria” o Brasil tornou-se uma grande potência econômica mundial, à partir do fim das oligarquias da monocultura do café e o início da fase nacionalista de Getúlio Vargas em 1930.
    Com os países europeus arrasados pela Primeira Guerra Mundial e já se preparando para a Segunda Guerra Mundial, o Brasil tornou-se um grande exportador de matérias primas essenciais para o esforço de guerra daqueles países.
    Seu maior concorrente era ninguém mais, ninguém menos que os Estados Unidos da América do Norte, que já naquela época via no seu grande irmão do sul um grande concorrente pelos mercados mundiais e um dos detentores das maiores riquezas naturais do planeta.
    Com isto em mente, a contaminação das aspirações de crescimento e independência do povo brasileiro tornou-se para os EUA uma política de estado e tem guiado a política externa americana em ralação ao Brasil desde então, e a história está cheia de elementos para demonstrar e nos ensinar como devemos nos proteger desta força tão avassaladora como egoísta de nossos irmãos musculosos do norte.
    Durante a Segunda Guerra Mundial os EUA insistiram com o Brasil para que permanecesse ao seu lado e para isto colocou como opções ao Brasil: os se alinha conosco ou os invadimos, naquela que teria sido sua primeira batalha na guerra.
    O Brasil que era neutro e não queria se envolver na guerra e para não ser invadido facilmente, se alinhou aos EUA e se desconectou de grandes parceiros comerciais em guerra como a Alemanha o Japão e a Itália, perdendo com isso a maior parte de seu comércio exterior na época.
    Sedento de músculos militares desde o entremeio das duas grandes guerras mundiais, o Brasil foi seduzido pelo canto de sereia dos americanos de que, armando-se junto aos americanos, seria elevado a grande potencia militar mundial depois da guerra acabar e um dos principais membros do conselho das nações, em termos atuais algo como membro do conselho de segurança da ONU, o que nunca aconteceu até agora.
    Tornou-se sim um grande comprador e dependente de armas dos EUA, substituindo seus antigos fornecedores, França, Itália e Alemanha, e viu-se por várias vezes recebendo gato por lebre em suas transações militares com o big brother do norte. A primeira vez em plena Segunda Guerra Mundial quando recebeu velhos fuzis manuais ao invés dos modernos fuzis de repetição que haviam encomendado e pago aos americanos. A guerra ficou parada para os brasileiros por quase duas semanas até que os fuzis velhos que receberam em pleno campo de batalha foram substituídos pelos novos. O mesmo aconteceu muitos anos depois, com peças de substituição para a esquadrilha de jatos Phanton comprados pelos brasileiros que tive que ser toda aposentada por falta de peças de reposição… Nos anais das relações militares entre os dois países existem muitos outros casos semelhantes relatados.
    A aliança do Brasil com os EUA foi isto sim, muito interessantes para os americanos. Durante a segunda guerra os EUA infiltraram vários de seus militares de inteligência entre os militares brasileiros e conseguiram incutir na cabeça destes a xenófoba doutrina de “anti-comunismo” que grassava tanto nos EUA como nos países que conquistaram durante a Segunda Guerra, e que veio desaguar primeiro no golpe militar que derrubou Getúlio Vargas do poder em 1945, depois, no golpe ao segundo governo democrático de Getúlio Vargas em 1954, depois, novamente em 1964, onde os mesmos militares americanos que se aproximaram dos militares brasileiros durante a Segunda Guerra Mundial estavam mais uma vez prontos para desembarcar sua frota de guerra nas costas brasileiras caso falhasse o golpe militar que apoiavam contra outro governo democrático, o de João Goulart.
    Aquilo que acontece exatamente hoje, é novamente a tentativa dos EUA em manter o Brasil preso e escravo de seus interesses egoístas e imperialistas. Ontem como hoje os EUA usam uma política inteligente de dominação, não só aqui como em todo o mundo: escolhe à dedo uma pequena elite local “manejável” (antigamente chamada de “pelegos”, aquelas peles de carneiro que são colocadas sobre a sela dos cavalos para tornar as cavalgadas mais macias) e oferece o mundo inteiro aos seus pés, com a recíproca de que esta elite de pelegos interfira e sirva de “amortecedor” na condução do país, para que não se desvie daquelas diretrizes impostas por eles.
    Primeiro foram os militares da Segunda Guerra Mundial, depois foram jornalistas e formadores de opinião como o grupo liderado pela UDN e Carlos Lacerda na década de 50, depois novamente a imprensa e os militares em 1964 e agora, além da imprensa pelega e golpista, temos engajado também um grande setor do Poder Judiciário brasileiro, munidos de grande vontade de defender o império em detrimento do povo brasileiro.
    Os militares brasileiros de hoje, exceto alguns poucos que se inflamam e lançam farpas à condução do país por antigos revolucionários de esquerda, estão tranquilos e não querem mais meter a mão na cumbuca. Estão definitivamente comprometidos com a importância da projeção do país no cenário mundial e não querem novamente ser polícia política dos brasileiros.
    Estamos numa onda crescente de crescimento e geração de renda enquanto aqueles países do chamado “primeiro-mundo”, perigosamente armados até os dentes estão desesperados à beira da banca-rota, querendo à todo custo manterem seu espaço e status-quo como os grandes “xerifes” do mundo.
    O quanto mais convulsivo estiver o Brasil melhor será para aqueles que querem nos dominar. Precisamos manter a calma e seguir nosso destino como povo e nação independente.
    Queremos ser amigos de todos os povos do mundo, inclusive do próprio povo norte-americano, de quem tivemos muitas boas referencias e exemplos no passado. Temos que separar o que é o povo americano do que são aqueles apátridas supra-nacionais que fazem esta política destrutiva de dominação e escravização de outros povos.
    Temos que ser muito inteligentes para entendermos o intrincado cenário político/social/econômico brasileiro e mundial que está à nossa frente, muito difícil de ser entendido e onde é ainda muito mais difícil descobrir quem é quem neste contexto.
    Temos que valorizar o momento de prosperidade que conseguimos e não simplesmente joga-lo fora pela janela.
    Poderia ser ainda melhor? Sim, poderia.
    Não fosse a tremenda oposição mercenária e destruidora que se faz neste momento no Brasil para barrar este crescimento, nossa posição no cenário mundial estaria ainda melhor. Todas nossas instituições estão sendo atacadas ao mesmo tempo num esforço avassalador para fazer o país parar e ai então nos dominarem mais facilmente.
    Temos que continuar na mesma filosofia que nos foi transmitida pelos portugueses: Fazer intercâmbio de todas as formas no mundo inteiro tornando-nos mais inteligentes, mais prósperos, mais ricos e não cairmos na tentação de lutarmos entre nós próprios, pois são coisas auto-excludentes. Se continuarmos o maniqueísmo que estão nos querendo impor e desestabilizarmos o país e a América do Sul onde somos líderes indiscutíveis e amigos de todos, nos tornaremos mais fracos e mais vulneráveis àqueles que nos querem ver vulneráveis.
    Temos que, isto sim, nos orgulhar de nosso país e de nosso povo, buscar em nossa história as origens dos problemas que hoje nos assolam para termos mais confiança em nossas decisões nestes dias, e tomarmos o caminho certo, independente do que dizem as grandes correntes de informação que hoje no Brasil não são mais confiáveis.
    Portanto, não caia no conto do vigário dos pelegos exploradores do Brasil !
    Se entrarmos na dividida que os belicosos nos enfiam goela abaixo PERDEREMOS TUDO O QUE JÁ CONQUISTAMOS.

  • Eduardo, talvez voce não tenha observado, mas … a campanha contra Dilma segue duas vertentes.
    Uma, são as críticas contra a Petrobras e os fundamentos da economia, como se nos governos tucanos a vivêssemos com uma inflação baixíssima, com pleno emprego e PIB lá em cima ( isto é o tiro no pé deles).
    Duas, é a visibilidade que estão dando ao Aécio, divulgando qualquer bobagem que o homem diga, mesmo que vá de encontro à realidade dos fatos, como no caso recente de encampar a sandice de Gilmar Mendes, de que quem ataca o Congresso é o governo. Por outro lado, a mídia esta esmerando com as fotos do Aécio nos seus jornais e revistas, apresentando-o como um tipo de líder e outros que tais. Está lembrando muito a campanha midiática do “caçador de marajás”.

  • Eu não levaria esse augusto muito a sério. Ele fala essas besteiras apenas para provocar. Não é possível que na “vida real” alguém seja tão estúpido assim.

  • Edu, você já assistiu ao documentário O Dia que durou 21 anos?

    Imperdível… Verás o histórico da embaixada americana… Verdadeira aula de história!

    Abraço
    Diogo

  • Depois de ver confirmada a continuidade da Revolução Bolivariana na Venezuela, os gringos vem com tudo pra cima de nós. Se não atender aos interesses americanos não é democracia.

Deixe uma resposta