Consultor de Witzel é reconhecido por vítimas e delator por praticar extorsão

O policial civil Flávio Pacca, apresentado pelo governador Wilson Witzel como seu “assessor especialista na área de tiro”, foi delatado ao Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público, por um homem que se passava por policial civil somente para praticar extorsões. Após ser preso, em 2017, o falso agente passou a colaborar com as investigações.

Mapa da violência contra a mulher é divulgado pela Câmara dos Deputados

Segundo o relatório, cerca de 43% das vítimas de estupro possuem menos de 14 anos, o que é considerado estupro de vulnerável. “Meninas em formação ficam paralisadas sem compreender que quem deveria protegê-las é seu principal abusador. Este dado mostra o quão é urgente tratar das violências às quais as meninas estão expostas”, diz um trecho do documento.

Líder do PT denunciará ao STF indústria de delações da Lava-Jato

A denúncia do ex-executivo da OAS Adriano Quadros de Andrade de que ele vendeu o teor da sua delação por R$ 6 milhões, na avaliação do líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), “traz a prova que nós precisávamos do esquema subterrâneo, criminoso, ilegal e perverso por trás das delações da Lava Jato”. Em vídeo divulgado nesta sexta-feira (1º), Pimenta afirma que vai voltar a denunciar para o Supremo Tribunal Federal e para a Procuradoria-Geral da República a indústria de delações “forjada por Sérgio Moro e a turma da Lava Jato para enriquecer um punhado de pessoas e garantir a impunidade”.

Governo paranaense cederá avião para Lula viajar até velório do neto

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá a disposição um avião do Governo do Paraná para viajar a São Paulo neste sábado, 2 de março, para o velório do neto Arthur Araújo Lula da Silva, que morreu no início da tarde desta sexta-feira, aos 7 anos, em decorrência de uma meningite meningocócica. Segundo a gestão paranaense, a aeronave foi um pedido da Polícia Federal, o que indicaria que o petista recebeu ou está prestes a receber a autorização judicial para deixar a prisão temporariamente em Curitiba, onde está desde 8 de abril.