Curso interno do Banco do Brasil contra assédio sexual é criticado por Bolsonaro

A instituição oferece vários cursos on-line de aprimoramento para os servidores. Eles somam pontos que classificam os bancários para promoções que surgem dentro do Banco do Brasil. A maior parte é optativa. A única exigência é que seja feito o conjunto de aulas que trata de ética, respeito no trabalho, fim de preconceito e combate ao assédio. O tema é considerado prioritário e, por isso, é o único conjunto que o BB diz que deve ser feito durante a jornada de trabalho. Bolsonaro, entretanto, atacou a exigência desses cursos numa seleção interna para assistente técnico.

Em 12 cidades, mulheres tiveram mais chances de morrer por agressão do que por câncer

Mulheres residentes em ao menos 12 municípios do país têm as mesmas – ou mais – chances de morrer vítimas de agressão do que de doenças do sistema circulatório ou câncer (as duas principais causas de óbitos femininos no país). Enquanto, em todo o Brasil, a média de mortes femininas por agressão representa 0,88% do total, há cidades em que esse número salta para até 19,5%. Este é o resultado do cruzamento de dados oficiais que constam no Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde com dados populacionais extraídos de pesquisas do IBGE.

Petistas lembram Dia Internacional da Mulher e convocam para a luta

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara dos Deputados postaram nesta sexta-feira (8), no Twitter, mensagens que lembram a passagem do Dia Internacional da Mulher. Deputadas e deputados recuperaram as conquistas das mulheres ao longo da história, e ao mesmo tempo alertaram a sociedade sobre ameaças aos direitos patrocinados pelo governo Bolsonaro. Entre as deputadas petistas, os protestos se voltaram principalmente contra o machismo e a violência às mulheres ainda disseminados pelo País, e de repúdio à Reforma da Previdência.